e-Books Incríveis para Você! Leia o Boletim e Cadastre-se!
 
 
Mãe de Isabella Nardoni - entrevista á Patricia Poeta-Fantástico -
Volta à Página Anterior

Pai de Alexandre Nardoni discorda das afirmações de Ana Carolina Oliveira

Ana Carolina Cunha de Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, concede entrevista a Jornalista Patricia Poeta para o Programa Fantástico e Contrariado o Pai de Alexandre, "rebate" as declarações da ex-nora.

Imagem por: Elizabeth Misciasci

Pai de Alexandre Nardoni, o advogado Antonio Nardoni,

Dr Antonio Nardoni- Pai de Alexandre Nardoni
Dr Antonio Nardoni- Pai de Alexandre Nardoni

avô paterno da menina Isabella, disse que Ana Carolina Cunha de Oliveira, mãe da criança, mentiu e omitiu informações.
 

Por: Elizabeth Misciasci

Ana Carolina Cunha de Oliveira desabafa e se emociona em entrevista

Anna Carolina Oliveira, é entrevistada pela Jornalista Patrícia Poeta, com exclusividade para o Fantástico e é criticada pelo Advogado Antonio Nardoni, avô paterno de Isabella Nardoni.

Ana Carolina Cunha de Oliveira, mãe de Isabella Nardoni -

- Ana Carolina Cunha de Oliveira, mãe de Isabella Nardoni -

Ana Carolina Oliveira, concedeu domingo (11/05/2008) entrevista exclusiva para o Fantástico, da TV Globo. Com abatida e com aspecto de cansaço, se emocionou por várias vezes.

Mesmo abalada, Ana conseguiu demonstrar firmeza para afirmar que acredita no envolvimento direto de Alexandre pai Anna Carolina Trotta Jatobá, madrasta de Isabella no crime. Não negou quando questionada, que acreditava que o casal acusado no assassinato de sua filha, brigava por ciúmes dela e se esse poderia ter sido o motivo da morte de Isabella.

Por várias vezes, não conteve as lágrimas... Durante a entrevista, afirmou que não havia se manifestado antes, para não se expor ainda mais, uma vez que se disse nervosa, abalada e cautelosa. Confidenciou que tratava todo e qualquer assunto que envolvesse Isabella, com o avô, que não falava com Alexandre e que evita inclusive aproximações com a família Nardoni.

Contou como era a convivência com Isabella, relembrou e levou ao conhecimento da maioria do público, que no dia do assassinato de sua filha, estava chegando à casa de uma amiga, que, aliás, também mora nas imediações de sua casa, e do prédio de Alexandre, quando o celular tocou, e Anna Jatobá, gritando muito, deixou vago o que havia acontecido.

Anna CarolinaTrotta Jatoba

Anna Carolina Trotta Jatoba em Presídio Feminino de Tremembé

 

Assim, deu a impressão de que a menina havia se afogado em conseqüência de queda na piscina.

Anna Carolina relatou com riqueza de detalhes, que quando chegou ao local do crime, viu Isabella caída, com os lábios roxos, mais perdeu a noção do que se passara. A preocupação estava totalmente voltada à filha, que ainda encontrava-se com vida.

Sobre a única entrevista que o casal concedido ao jornalista Valmir Salaro, (exibida também no fantástico) a mãe de Isabella foi firme ao dizer que aquilo “não foi convincente”.

Ana informou que praticamente não falava com o pai de Isabella e que a “ponte de ligação” entre eles, era Antonio Nardoni. Ela ressaltou o papel preponderante do mesmo:- “Tudo que eu tinha que resolver, e que envolvia o Alexandre, eu ligava para o pai dele (Antônio)”, não se negou ao responder que Alexandre, Alexandre pagava pensão de R$ 250 (Duzentos e cinqüenta reais) para Isabella. As demais despesas, como médico, dentista, enfim... Era por “conta” Ana Carolina Oliveira.

Afirmou ainda, que neste período, o que esta sendo mais doloroso para ela:- “Voltar do trabalho, chegar a casa e não ser recebida pela filha; não poder dormir com ela, com as pernas entrelaçadas, como era o costume das duas. Essa é a hora mais difícil do dia.” Ana Carolina Oliveira, de 24 anos, que passou hoje o primeiro Dia das Mães sem sua filha, Isabella Nardoni, de 5 anos, morta no final de março ao ser jogada do sexto andar do apartamento do pai, Alexandre Nardoni, e de sua madrasta, Anna Carolina Jatobá, mencionou muito sua mãe (Dona Rosa).

Disse que não havia “feito plano” para a data e que estaria ao lado da mãe. Outro momento em que Ana Carolina Oliveira demonstrou-se fragilizada e extremamente emocionada, foi quando falou das condições em que estava Isabella, quando deram entrada no hospital.

 

Ana Carolina chorou muito e afirmou estar extremamente nervosa e abalada


Relatou que quando soube do falecimento de sua filha, a abraçou e beijou muito... Que em nenhum momento imaginou que Isabella pudesse ter sofrido “entre outros” esganadura, porém disse que percebeu a línguida da filha parcialmente fora da boca.

Exaltou sua mãe, (Dona Rosa) anunciando que fora a avó que trocou e cuidou da neta junto com ela... Que desde o dia do ocorrido, Alexandre em nenhum momento tentou falar com ela ou deixou demonstrar que queria (no mínimo) se explicar...

Confirmou que sabia por parentes de Nardoni e pessoas próximas, que o casal brigava muito em razão do ciúmes de Jatobá por ela, mais que seria este, inconcebível e descabido, já que Ana Oliveira, nunca dera motivos para isso.

Finalizou agradecendo as manifestações de carinho, a todos que apoiaram e estão apoiando; que acompanhará de perto ao desfecho do crime, reiterando que não deixará se enfraquecer, pois lutará (inclusive já sendo arrolada como testemunha da acusação) para ver punir os responsáveis pela morte de Isabella. Chorando e fazendo o País lhe acompanhar numa inegável comoção, foi categórica, ao proclamar que buscará e verá a Justiça ser feita!

 
Antonio Nardoni, avô paterno da Isabella, disse que Ana Carolina Cunha de Oliveira, mãe da menina, não falou a verdade, que mentiu e omitiu informações na entrevista que o "Fantástico" exibiu domingo (11/05/2008).

Antonio Nardoni diz que, "ultimamente", os dois não se falavam, mas que Ana Carolina teria entrado em contradição na entrevista ao afirmar que soube do ciúme de Anna Carolina Jatobá por meio do próprio pai de Isabella. Também disse que Ana Carolina "se entendia" com Jatobá sobre questões relacionadas à menina.

Informou que Ana Carolina Cunha de Oliveira, era ciumenta e nutria tal sentimento, sendo este, ciúme de Anna Carolina Jatobá por causa do pai de sua filha Alexandre. Na opinião dele, ela (mãe de Isabella) era inconformada com a relação do casal:-

"A Jatobá tirou o Alexandre dela", afirmou! Informou ainda Dr Nardoni, que, antes disso, Ana Carolina de Oliveira e Anna Jatobá eram amigas.

"Elas se falavam e trocavam e-mails antes de o Alexandre ficar com a Jatobá", acrescentou.

Concluiu ainda, que Ana Carolina de Oliveira deixou de informar que, além da pensão mensal de R$ 250, (duzentos e cinquenta reais) Alexandre, dividia despesas como roupas, material, formatura e passeio escolar.

"O que ela comprava, ela acaba dividindo com o Alexandre. É estranho ela falar só o valor da pensão, como se fosse só aquilo", disse ele, que definiu Ana Carolina como de "gênio difícil". De acordo com Antonio Nardoni, o valor da pensão era maior, mas Ana Carolina e Alexandre concordaram em reduzi-lo. "Acho que ela deveria ter explicado."
Ele credita que o depoimento de Ana Carolina Cunha de Oliveira à Justiça, como testemunha de acusação, será prejudicial para o casal e que pretende impedir seu testemunho em Juízo.

Sem declinar nomes de suspeitos, informou que, há cerca de vinte dias, vem recebendo ameaças de morte.
"As pessoas mandam carta e recado por outras pessoas. Isso faz aproximadamente de quinze a vinte dias. Mudei de carro por causa disso (das ameaças)", alegou que não registrou um boletim de ocorrência para evitar mais polemicas e transtornos a sua família, ao caso e atrair mais ainda a mídia. Finaliza.

Dr. Antonio Nardoni e filha- Caso Isabella Nardoni

Na íntegra o caso Isabella Nardoni

Notícias Atualizadas

Missa e Familiares da Princesinha Isabella

 

-Caso Isabella na íntegra-

Do Ocorrido Primeiro Mandato de Prisão - Cartas do Pai e Madrasta de Isabella Nardoni - Reconstituição do crime Pela Perícia


INQUÉRITO, Fotos, Reconstituição e Indiciamento

Denuncia do Ministério Público, DESPACHOS, Mandato de Prisão do Casal, TransferÊncias

Segundo Mandato de Prisão com despacho na íntegra, Unidade Prisional Feminina de Tremembé Anna Jatobá

Qualificação dos Acusados - E indeferimento, despacho na íntegra Liminar pelo Supremo Tribunal de Justiça

Álbum de família de Ana Carolina Cunha de Oliveira - Mãe de Isabella Nardoni- 01

Álbum de família de Ana Carolina Cunha de Oliveira - Mãe de Isabella Nardoni- 02

Álbum de família de Ana Carolina Cunha de Oliveira - Mãe de Isabella Nardoni- 03

Álbum de família de Ana Carolina Cunha de Oliveira - Mãe de Isabella Nardoni- 04

Desabafo da Mãe de Isabella Ana Carolina da Cunha Oliveira em entrevista ao Fantástico


“Caso Isabella” é tema de artigo de crônica no jornal francês Le Monde 14/05/2008
Cronica Le Monde "O SORRISO DE ISABELLA ASSOMBRA O BRASIL"

Trajeto e início da Instrução Criminal de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Trotta Jatobá em Juízo (28/05/2008)

Interrogatório dos Acusados em Juizo, Enfoques acusações e comportamentos

Defesa convida Legista George Sanguinetti/ Caso Isabella

-Quem é Sanguinetti -Casos Paulo Cesar Farias, Luciana Marcolino e Caso Denise Piovani atuação do perito que assume a defesa do Caso Isabella

-Parecer informação, casos, contestações e Avaliações George Samuel Sanguinetti Fellows e Drª Delma Gama e Narici

-Polêmicas geradas por Peritos da Defesa, contestações e notícias sobre o Caso Isabella Nardoni

-Opiniões e Publicações sobre os Peritos George Samuel Fellows Sanguinetti e Delma Gama

Parecer Técnico dos -PERITOS DA DEFESA - CONTRARIAM LAUDOS

-Cálculo das perícias, laudo de 57 páginas é apresentado pelo IC de Sp.

02 e 03/07/2008 Depoimentos das Testemunhas de acusação do Casal Nardoni

30/07/2008 Testemunhas de Defesa do Casal

07/08/2008- George Sanguinetti ouvido por carta precatória em Alagoas

09 e 12/09/2008 Perita Delma Gama e Narici , internação, força coercitiva, evasão e prisão

Caso Isabella, por psquiatria Especializada

Caso Isabella Nardoni -Resumo Notícias Aqui

Caso Isabella Nardoni - Últimas Notícias- Notícias Aqui

Revista zaP!

 

 

 
 

 

Galeria De ImagensImagens Isabella Nardoni

 
  Volta à Página Anterior