Colunista

Elizabeth Misciasci

Ponto de Encontro

Arquivo

Mônica Guedes participa de show de lançamento de coletânea sertaneja em São Paulo/SP

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2014 10:56:00

Nesta quinta-feira (13), a Villa Country, em São Paulo/SP, será o ponto de encontro de grandes nomes da música sertaneja. Vai acontecer, a partir das 23h, o lançamento da 10° edição da coletânea “Buteco Sertanejo” que reúne músicas de grandes artistas do gênero.



E, entre os artistas que farão parte da coletânea, destaque para a cantora e compositora Mônica Guedes, com a canção “Pode até rolar”. A artista, aliás, irá apresentar sua canção - para o público presente - que já alcançou mais de 650 mil visualizações, no Youtube.



“É uma grande honra poder fazer parte desse projeto maravilhoso que é o Buteco Sertanejo. Ter sua música em uma coletânea que conta com tantos artistas de qualidade e que são respeitados por todo o Brasil é motivo de muito orgulho”, disse Mônica Guedes.



Outro artista que também estará na coletânea e vai cantar sua música de trabalho, na quinta-feira, é o cantor Rick Ribeiro. A canção “Vai na frente”, inclusive, faz parte da trilha sonora da novela “Em Família”, da Rede Globo. A música ganhou um clipe no fim do ano passado que contou com a participação da modelo e apresentadora Nicole Bahls.


MÔNICA GUEDES

Além da canção “Pode até rolar”, o novo CD de Mônica Guedes traz outras duas faixas inéditas, o arrocha pop “Uma noite só não satisfaz” e a romântica “Coração teimoso”.



Aos 25 anos, a artista paulistana celebra o reconhecimento de seu trabalho. A cantora foi selecionada no Brasil para concorrer ao Grammy Latino 2013 por seu disco anterior “A Mil Por Hora”.



O trabalho, aliás, virou um DVD promocional. Gravado na casa de shows Villa Country, em São Paulo/SP, o álbum é um registro ao vivo da tour “A Mil Por Hora”, que inclui canções do CD e também clássicos do sertanejo, como “Nuvem de lágrimas” e “Ainda ontem chorei de saudade”.



Para ouvir suas músicas e conhecer um pouco mais de Mônica Guedes, acesse o site www.monicaguedes.com.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Circo Spacial encerra as férias de verão com oficina de “Vivência Circense” para pais, mães e filhos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2014 14:06:00

Para encerrar as férias de verão com chave de ouro, o Circo Spacial realiza uma oficina de “Vivência Circense”, direcionada a adultos e crianças. Uma ótima oportunidade para que pais e filhos possam aproveitar juntos momentos de descontração e alegria.



A oficina acontece no picadeiro do Spacial e tem por objetivo, levar através da vivência, a disciplina e o conhecimento das práticas circenses em diferentes áreas, como, por exemplo, tecido, malabares e outras técnicas de solo, envolvendo também palhaços, equilibristas e contorcionistas.

As atividades – orientadas e monitoradas por profissionais do Circo Spacial - são indicadas para crianças a partir de 6 anos e adultos de qualquer idade, desde que habilitados para atividades físicas. Inscrições até o dia 22 de janeiro.



Sobre o Circo Spacial

O Circo Spacial foi fundado por Marlene Olímpia Querubin, no dia 9 de agosto de 1985. Tudo começou com o sonho de seu filho, Jacson Querubin – que na época tinha apenas de quatro anos. Ele sonhou que através de uma nave espacial, conseguia levar – numa viagem fantástica e imaginária – muita alegria, magia e grandes emoções para crianças de todas as idades. O sonho do menino Jacson foi apenas a semente lançada que germinou rapidamente através de sua mãe, que na época trabalhava na área de marketing e mantinha contatos com vários empresários, inclusive circenses.

Nascia assim o espetacular Circo Spacial que abriu pela primeira vez suas cortinas com uma equipe composta por artistas, parentes, amigos e outros profissionais que acreditaram no sonho. Acabou se transformando num circo inovador em várias áreas, modelo seguido anos depois por outros circos.

O Spacial é uma empresa moderna que também possui um espaço multiuso composto por hall de entrada e praça de alimentação onde também acontecem performances, exposições, eventos, treinamentos corporativos e lançamentos de produtos.



Serviço

Onde - Circo Spacial www.spacial.com.br

Local - Travessa Simis, n. 300 c/Av. Moises Rooysen (ao lado do Carrefour do Center Norte) – SP

Dia - 23 de janeiro de 2014 – quinta-feira

Horário – Das 15h às 17h

Faixa etária – a partir de 6 anos

Valor - 50,00 / pessoa (cada participante vai ganhar um ingresso do Circo Spacial para assistir ao espetáculo “A História do Circo”, que poderá ser utilizado no dia e horário de preferência).

Inscrições – Pelo telefone (11) 98234-3381 ou pelo email spacial@spacial.com.br

Usar roupa para ginástica

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Dany & Diego realizam show em Nova Odessa/SP nesta sexta-feira (13)

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2013 11:07:00

Depois de assinar com a Sony Music Digital, em novembro, Dany & Diego realizam, nesta sexta-feira (13), em Nova Odessa/SP, o primeiro show de sua mais recente turnê. A apresentação vai acontecer durante a festa “Natal e Ano Novo Encantado”, que conta com a realização da N. Souto Produções Artísticas, em parceria com a ACINO - Associação Comercial e Industrial de Nova Odessa e a Prefeitura Municipal de Nova Odessa.



O show que está previsto para as 21h, será na Praça Três Poderes, em frente a Prefeitura Municipal. Na oportunidade, Dany & Diego irão apresentar, pela primeira vez, a música “Telefona que eu vou”. A nova canção de trabalho da dupla mostra o lado versátil e romântico dos irmãos de Santa Bárbara d’Oeste/SP.



“Nosso fim de ano está sendo muito especial. Iniciamos uma grande parceria com a Sony Music Digital que promete muita coisa boa para 2014, além de termos a possibilidade de realizar um lindo show para o público de Nova Odessa e região. Esperamos todos nossos fãs e amigos para fazer uma grande festa com a gente”, convida Diego.



O “Natal e Ano Novo Encantado” que acontece entre os dias 09 e 31 de dezembro terá uma programação toda especial voltada para as festas de fim de ano, com apresentações todos os dias na Praça Três Poderes e na Praça da Estação.



DANY E DIEGO

A dupla Dany & Diego já é sucesso em todo Brasil com músicas como “Bate a bota no chão” gravada com a dupla Teodoro & Sampaio, “Cabulosa”, “Tempo ao tempo”, “Aqui só tem filé”, “Chuva fina”, e “Então tá” que contou com a participação do cantor Gusttavo Lima.



“Contradição” - o novo álbum da dupla que conta com 11 faixas inéditas e mais seis regravações é uma mistura de sertanejo universitário, clássicos sertanejos e balanço. Uma combinação perfeita de sucesso! O quinto trabalho da dupla está sendo divulgado digitalmente pela Sony Music



Para ouvir suas músicas e conhecer um pouco mais de Dany & Diego, acesse o site www.danyediego.com.br.

Divulgação

SERVIÇO

Evento: Show Dany & Diego

Data: 13 de dezembro

Local: Praça Três Poderes

Entrada franca

Mais informações: (19) 3458 4885

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SESC SANTO ANDRÉ CELEBRA A CONSCIÊNCIA NEGRA

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2013 15:18:00

Show com Quinteto em Branco e Preto, Histórias de Mitos Africanos e programação infantil com a Cia. Etc e Tal animam o feriado no ABC Paulista





No dia 20 de novembro, o Sesc Santo André comemora O Dia Nacional da Consciência Negra com programação especial para toda a familia: Show com Quinteto em Branco e Preto, Omo-Oba – Histórias de Princesas, com a escritora Kiusam de Oliveira e o espetáculo infantil Draguinho, - Diferente de todos, parecido com ninguém com a Cia. Etc e Tal animam o feriado daqueles que optarem pela diversão no ABC Paulista.



Apresentando seu mais novo trabalho, que leva o nome de “Samba 70”, o Quinteto em Branco e Preto lança mão de figurinos e cenografia de época para mostrar ao público obras notáveis do samba setentista, apresentando releituras de clássicos como Você Abusou, de Antônio Carlos e Jocafi, Falador Passa Mal, dos Originais do Samba, O Bêbado e o Equilibrista, entre outros, além de prestar homenagem a Adoniram Barbosa, mestre do samba paulistano. A apresentação acontece às 18h, no espaço de Eventos da Unidade.

Mais cedo, no início da tarde, a longínqua cidade de Dragz é o cenário de um divertido espetáculo que conta a história de Draguinho, um jovem dragão que descobre, de repente, que não é capaz de soltar fogo pela boca ou pelo nariz. Através de muitas gargalhadas e momentos de reflexão, o público é convidado a se encantar com esse simpático personagem, e a se questionar sobre onde está a beleza do mundo. Nesta montagem a Cia. Etc e Tal lançou-se por dois novos caminhos: apresentar um solo para o público mirim e adaptar de forma bem fiel o livro homônimo de Claudio Galperin para a linguagem teatral. O espetáculo acontece às 12h, no teatro.



Já às 15h, a escritora Kiusam de Oliveira apresentará uma contação de histórias baseada no livro Omo-Oba: histórias de princesas, de sua autoria. O livro reconta mitos africanos, divulgados nas comunidades de tradição ketu, pouco conhecidos pelo público em geral e que reforçam os diferentes modos de ser femininos. A atividade é gratuita e acontece na Área de Convivência do Sesc Santo André.



CONFIRA PROGRAMAÇÃO COMPLETA



show

QUINTETO EM BRANCO E PRETO - SAMBA 70

Duração: aprox. 90 min.

No Espaço de Eventos.

Livre
R$ 10,00 iii R$ 5,00 uuu R$ 2,00 ttt
20/11. Quarta, às 18h



espetáculo

DRAGUINHO - Diferente de todos, parecido com ninguém!

Atuação solo: Marcio Moura. Direção: Alvaro Assad e Melissa Teles-Lôbo. Texto: Adaptação do livro homônimo de Claudio Galperin.

Duração: 50 minutos.

No Teatro.

Livre
R$ 10,00 iii R$ 5,00 uuu R$ 2,00 ttt
20/11. Quarta, às 12h





contação de histórias

OMO-OBA: HISTÓRIAS DE PRINCESAS

Na Área de Convivência.
Livre
Grátis
20/11. Quarta, das 15h às 16h



Sesc Santo André
Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar
Fone: (11) 4469-1200
Acesso para deficientes físicos
Estacionamento: R$ 3,00 a primeira hora e R$ 1,00 cada hora adicional (desconto de 50% para matriculados)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

João Carlos Martins rege a Bachiana SESI-SP em concerto com ingressos esgotados no Teatro do CIEE

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2013 15:17:00

Concerto dedicado a Bach tem solos da violinista Elisa Fukuda, dos flautistas Edson Beltrami e Isaura Melo e do tenor Jean William



O maestro João Carlos Martins rege a sua Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP na terça-feira, dia 12 de novembro, às 19h30, no Teatro do CIEE, em concerto com a interpretação de parte do repertório que será apresentado no Metropolitan Museum, em Nova York, no dia 7 de dezembro.



A apresentação dedicada a Bach começa as execuções do “Concerto de Brandemburgo nº 3 e nº 4” e prossegue com a cantata “Obrigado senhor, obrigado senhor”, adaptação livre do compositor Almeida Prado. Em seguida, a orquestra interpreta duas árias da Paixão Segundo São Mateus, de Bach.



Bachiana SESI-SP

Quando João Carlos iniciou o projeto de criar uma orquestra apenas com a iniciativa privada, muitos duvidaram, mas já são mais de mil apresentações nos principais teatros do Brasil e com participação em grandes palcos ao redor do mundo. A qualidade dos músicos da Bachiana, selecionados entre as melhores orquestras brasileiras, tem sido muito elogiada. São profissionais que fazem questão de aprimorar seu talento com trabalho e estudo. Assim, a orquestra, fundada em 2004, não tardou a ganhar o merecido reconhecimento. Após cinco temporadas em que se apresentou pelo Brasil, encantou o público americano com cinco atuações de gala, sendo duas no Carnegie Hall em 2007 e 2008 e três no Lincoln Center em 2009, 2010 e 2011.



Maestro João Carlos Martins

Símbolo de superação e talento, João Carlos Martins iniciou seus estudos de piano aos oito anos, e três anos depois começava a carreira no Brasil. Aos dezoito, já estava tocando no exterior. Considerado um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach, teve como um dos pontos altos de sua carreira a gravação da obra completa para teclado deste gênio da música. Por problemas físicos, abandonou os palcos como pianista no ano de 2002. Mas não deixou a música de lado e retornou aos palcos em 2004 como maestro. Apresentou-se com sucesso em Londres, Paris e Bruxelas como regente convidado, imprimindo a mesma dinâmica que fazia quando pianista. Hoje, aos 73 anos, é regente da Bachiana Filarmônica SESI-SP, já lançou 25 álbuns, escreveu um livro emocionante sobre sua vida, intitulado “A Saga das Mãos”, é o único brasileiro a ter sua vida registrada por cineastas europeus por duas vezes e conta com um registro fotobiográfico, lançado na ONU, descrevendo em imagens sua belíssima trajetória.

Divulgação


SERVIÇO:

Concerto da Bachiana SESI-SP no Teatro do CIEE

Regência: João Carlos Martins

Dia: terça-feira, dia 12 de novembro

Local: Teatro do CIEE

Endereço: Rua Tabapuã, 445, Itaim Bibi

Horário: 19h30

Ingressos esgotados

Duração: 90 minutos

Classificação etária: 8 anos

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Convite - Duca Leindecker para o lançamento de seu terceiro livro O menino que pintava sonhos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2013 15:16:00

O músico e escritor Duca Leindecker lança o seu terceiro livro “O menino que pintava sonhos” no próximo dia 12 de novembro, na Fnac Paulista, Av. Paulista, São Paulo. O público poderá acompanhar uma noite de autógrafos junto a um pocket show especial com canções de seu recente álbum “Vóz, Violão e Batucada”.



Após emocionar milhares de leitores com suas obras anteriores: “Casa da Esquina” e “A Favor do Vento”, Duca apresenta aos fãs de seu trabalho “O Menino Que Pintava Sonhos”, uma história sobre ilusões e verdades. Ou verdades e mentiras, se nos apegarmos às duras lições da realidade, que retrata a história de Jules, um menino com uma vida pouco comum. Habituado a viver num cotidiano difícil, se defendendo das tragédias, dos dramas familiares e de surpresas do dia a dia, Jules perceberá a necessidade de ter que sobreviver a tudo. Ao escolher um caminho a seguir, mostrará no decorrer das páginas que, se há um lado sóbrio na vida, sempre haverá uma porta aberta para a esperança.



Além de ter um grande destaque literário, Duca Leindecker é um dos músicos mais consagrados do País. Cantor, compositor e produtor, foi convidado na década de 90 por Bob Dylan para viajar pelo Brasil, ganhou quatro troféus Açorianos de música, e foi líder da banda Cidadão Quem, com a qual lançou sete CDs e um DVD e marcou presença no Rock in Rio III. Criou o Pouca Vogal, ao lado de Humberto Gessinger da banda Engenheiros do Hawaii, projeto em que os dois cruzaram o Brasil no tour do CD e DVD gravado ao vivo em Porto Alegre. Recentemente, Duca lançou o disco solo Voz, Violão e Batucada.



Serviços:

Data: 12/11/2013

Horário: 19h

Local: Fnac Paulista

Endereço: Av. Paulista, 901 térreo mez. e 1º subsolo – Bela Vista – São Paulo (SP)

Telefone: (11) 2123-2000

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Show “Pé na África” com Banda Maravilha, Leandro Learth e a participação de Margareth Menezes na Afroétnica Flink Sampa

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2013 15:13:00

O cantor e apresentador da Tv Mundi, Bukassa Kabengele, apresenta o show “Pé na África” com a Banda Maravilha de Angola, Leandro Learth, ritmistas e a participação de Margareth Menezes na Afroétnica Flink Sampa - Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra.

O show é gratuito, dia 17 de novembro (domingo), das 13h às 15h, no Palco Diversidade no Memorial da América Latina, em São Paulo.

Banda Maravilha - Angola



A Afroétnica Flink Sampa contará com mais de 70 atrações culturais e acadêmicas gratuitas, de 15 a 17 de novembro, no Memorial da América Latina. Programação completa em www.flinksampa.com.br.



AFROÉTNICA FLINK SAMPA

SHOW PÉ NA ÁFRICA – GRATUITO

Data: DOMINGO 17 de novembro Horário: das 13h às 15h

Local: Memorial da América Latina – Praça Cívica – Palco da Diversidade

Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda - São Paulo

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O AVESSO DO SUCESSO

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/10/2013 16:32:00

Ruy Martins Altenfelder Silva*

Entre 1991 e 2010, um salto de 47,8% elevou o Brasil da categoria “muito baixa” para “alta” no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Além disso, o Relatório de Desenvolvimento Global 2013 classifica o País como um dos responsáveis pela “ascensão do Sul” na nova geopolítica mundial, em razão dos programas de inclusão social, com transferência de renda e investimentos em saúde e educação. Esse tripé – que é a base do cálculo do IDHM – resultaria no aumento das capacidades e oportunidades das pessoas, com reflexos na qualidade e condições de vida de apreciável parcela da população.

Na perspectiva nacional, o cenário do desenvolvimento humano é promissor, com pontuação que passou de 0,492 para 0,727, numa escala que vai de zero a um. Mas o choque da realidade vem com um mergulho no microcosmo dos municípios, que revela a persistência de fortes desigualdades regionais. Segundo o Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013, a renda per capita oscila entre R$ 1,7 mil e R$ 210. No quesito adultos com ensino fundamental completo, a variação cai de 80% para 13%. A longevidade ou expectativa de vida de uma criança ao nascer, que no Sul bate em 78 anos, desaba para 66 anos no Nordeste. Aliás, os 50 municípios pior classificados estão todos no Norte-Nordeste, com o último lugar ocupado por Melgaço, no Pará. Em contraposição, os 10 melhores, com São Caetano do Sul à frente, se dividem entre os estados de São Paulo (com 7), Santa Catarina (2) e Espírito Santo (1).

Dos três indicadores que compõem o IDHM, a longevidade foi a que mais contribuiu para o salto no ranking (crescimento de 23%), seguida por renda (14%). Sem surpresa para quem acompanha a questão jovem no Brasil a educação ficou na categoria “média”, com crescimento de 128%, devido principalmente à frequência escolar e não à qualidade do ensino. Tanto que, entre os 5.565 municípios, somente cinco atingiram o patamar muito alto de desenvolvimento.

Tais números ganham contornos mais preocupantes quando alinhados a outros indicadores. Em 2010, o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre-FGV) detectou que cerca de 1,5 milhão de jovens, entre 19 e 24 anos – a maioria concentrada nas faixas mais pobres – nem trabalham, nem estudam e nem procuram emprego. Trata-se da face mais perversa de um problema detectado pelo Dieese no final de 2011: metade dos jovens de 18 a 20 anos estava sem emprego, provavelmente por falta de capacitação para aproveitar o momento aquecido do mercado de trabalho.

Se o Brasil realmente pretende ascender a patamares compatíveis com outros países que integram a faixa de alto desenvolvimento humano, não pode continuar descurando de políticas públicas que assegurem às novas gerações bem mais oportunidades de ingressar no mercado de trabalho. Entre outras razões, porque os jovens e suas famílias precisam ser motivados por perspectivas concretas de progresso pessoal, de renda e de condições de vida mais dignas. E também porque, no futuro, a sociedade como um todo terá de estar apta a dar sustentabilidade ao desenvolvimento de um País que já ultrapassou os 200 milhões de habitantes e continuará a crescer.

Caso contrário, a maioria deles poderá ser cooptada pelo crime organizado – tendência crescente nas estatísticas policiais – ou recair em ocupações informais, duas opções que aumentarão a vulnerabilidade dos milhões de brasileiros condenados à exclusão no estratégico momento em que chegam à fase produtiva da vida. O círculo vicioso somente será quebrado com a oferta de um projeto de vida a esses jovens, que passa não só pela inclusão escolar e assistência à família, mas também pela formação para o trabalho e a cidadania, dotando-os da autonomia indispensável para o resgate da autoestima e para a realização pessoal.

Aí está posto o grande desafio de reduzir a desigualdade na educação e na formação profissional, talvez as maiores e mais perniciosas disparidades sociais. Para vencê-la, ações sérias e responsáveis, destinadas a oferecer um futuro melhor aos jovens, devem ser estimuladas e multiplicadas. Principalmente aquelas que comprovaram seu potencial inclusivo, como é o caso do estágio e da aprendizagem. O balanço de meio século de atuação do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), com 12 milhões de jovens encaminhados ao mercado de trabalho, certifica o impacto saudável das duas modalidades de formação na empregabilidade e na construção de um futuro promissor.

*Ruy Martins Altenfelder Silva é presidente do CIEE e da Academia Paulista de Letras Jurídicas (APLJ).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

João Carlos Martins recebe Tiago Abravanel em concerto da Bachiana SESI-SP

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/10/2013 16:30:00

Concerto na Sala São Paulo ocorre no domingo, dia 3/11;

ingressos já estão à venda



Depois da apresentação com ingressos esgotados no Teatro Bradesco em 10 de setembro, o maestro João Carlos Martins repete a parceria de sucesso com o cantor e ator Tiago Abravanel e rege a sua Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP no domingo, dia 3 de novembro, às 21h, na Sala São Paulo.



O concerto conta com repertório que abrange de obras clássicas a músicas do cancioneiro popular brasileiro. A Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência de seu maestro titular, interpreta “Intermezzo”, de Pietro Mascagni, “Sinfonia nº 5 em Dó Menor – Op. 67”, de Beethoven, “Cinema Paradiso”, de Ennio Morricone, e “Ária da 4ª Corda”, de Bach.

Acompanhado pela Bachiana SESI-SP, Tiago Abravanel relembra a época em que esteve em cartaz com o musical “Tim Maia – Vale Tudo” e canta músicas eternizadas na voz do cantor e compositor carioca como “Primavera”, “Azul da Cor do Mar” e “Gostava Tanto de Você”, além de “Tudo a Ver com Teu Olhar”, de Edgard Poças e Paul Mounsey, música feita especialmente para Tim Maia, mas o intérprete carioca morreu antes de gravar.

Ele vai interpretar também “Oração em Canto”, letra de Edgard Poças sobre melodia do “Concerto nº 2 para Piano e Orquestra”, de Serguei Rachmaninov. “Eu só tenho 25 anos e tenho muito a aprender. É uma honra ser convidado a participar desse projeto”, afirma Tiago Abravanel.

“Tenho feito toda a temporada da Bachiana SESI-SP deste ano baseada em Mozart, mas sempre convido um artista popular que eu respeito para participar de um concerto. Fiquei contente de convidar o Tiago pelo seu incrível talento”, completa João Carlos Martins.



Os ingressos para este concerto, que custam de R$ 50 a R$ 150, já estão à venda na bilheteria da Sala São Paulo, pelo site www.ingressorapido.com.br e pelo telefone 4003-1212.



Bachiana SESI-SP

Quando João Carlos iniciou o projeto de criar uma orquestra apenas com a iniciativa privada, muitos duvidaram, mas já são mais de mil apresentações nos principais teatros do Brasil e do mundo. A qualidade dos músicos da Bachiana, selecionados entre as melhores orquestras brasileiras, tem sido muito elogiada. São profissionais que fazem questão de aprimorar seu talento com trabalho e estudo. A orquestra, fundada em 2004, não tardou a ganhar o merecido reconhecimento. Após cinco temporadas em que se apresentou pelo Brasil, encantou o público americano com cinco atuações de gala - duas no Carnegie Hall, em 2007 e 2008, e três no Lincoln Center, em 2009, 2010 e 2011.


Maestro João Carlos Martins

Símbolo de superação e talento, João Carlos Martins iniciou seus estudos de piano aos oito anos, e três anos depois começava a carreira no Brasil. Aos dezoito, já estava tocando no exterior. Considerado um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach, teve como um dos pontos altos de sua carreira a gravação da obra completa para teclado deste gênio da música. Por problemas físicos, abandonou os palcos como pianista no ano de 2002. Mas não deixou a música de lado e retornou aos palcos em 2004 como maestro. Hoje, aos 73 anos, é regente e diretor artístico da Bachiana Filarmônica SESI-SP, já lançou 25 álbuns, escreveu um livro emocionante sobre sua vida, intitulado “A Saga das Mãos”, é o único brasileiro a ter sua vida registrada por cineastas europeus por duas vezes e conta com um registro fotobiográfico, lançado na ONU, descrevendo em imagens sua belíssima trajetória.


Tiago Abravanel

Tiago iniciou sua carreira como ator em 2004, com dezessete anos, na peça teatral “TeenBroadway”. Atuou em outras peças como “Avoar”, “Aroma do Tempo”, “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá” e “Pinóquio”. Em 2007, fez parte do elenco do musical “Miss Saigon”, e, durante os anos de 2009 e 2010 atuou no aclamado musical “Hairspray”, sob direção de Miguel Falabella. Em 2011, estreou na televisão com personagem Davi, na novela Amor e Revolução, de Tiago Santiago, exibida pelo SBT. No mesmo ano, assumiu o papel principal no musical “Tim Maia - Vale Tudo”, baseado no livro de Nelson Motta, no qual interpreta o cantor Tim Maia, tendo sido muito elogiado pela crítica. Em 2012, Tiago é convidado pela autora Glória Perez para atuar na novela Salve Jorge, na TV Globo. Atualmente, participa do quadro Dança dos Famosos, do Domingão do Faustão, e está escalado para a próxima novela das 18h da TV Globo, Joia Rara.

SERVIÇO:

Bachiana Filarmônica SESI-SP na Sala São Paulo

Regência: João Carlos Martins

Participação especial: Tiago Abravanel

Dia: domingo, dia 3 de novembro

Local: Sala São Paulo

Endereço: Praça Júlio Prestes, 16, Santa Cecília

Horário: 21h

Duração: 90 minutos

Ingressos:

Balcão superior e Camarote Superior: R$ 50

Coro: R$ 90

Plateia elevada: R$ 120

Balcão Mezanino e Plateia Central: R$ 150

Pontos de venda: bilheteria da Sala São Paulo (tel. 11 3223-3966, pelo site www.ingressorapido.com.br e pelo telefone 4003-1212

Telefone para informações: (11) 3045-0121 (Fundação Bachiana)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Loiras e lindas se apresentam no Festival de Comédia de Petrópolis

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2013 09:41:00

Quarta-feira, dia 11 de setembro, a partir das 20h, o Theatro D. Pedro abre as portas para duas loiras se apresentarem pelo 2º Rei do Riso. O espetáculo Batom Comedy, com Giovanna Fraga e Sil Esteves.

Divulgação

Parece piada falar que duas loiras sobem juntas ao palco para fazer Stand Up Comedy, mas não é. Loiras, lindas e inteligentes, Giovanna Fraga e Sil Esteves são as responsáveis pela criação do show de humor Batom Comedy, que visa inserir o Rio de Janeiro no contexto feminino do Stand Up Comedy de todo o Brasil de uma forma diferenciada.

Criado pelas humoristas, o show apresenta a dupla numa comédia pra lá de interessante, onde muitas situações do cotidiano são expostas de maneira natural e inteligente, apesar da loirice, em um novo modelo de Stand Up: as comediantes estão sempre juntas no palco. O que torna o show mais dinâmico e divertido. Alternando entre Stand Up, pequenos shows musicais e doses e mais doses de improviso, as comediantes levam bom humor e diversão para o público em aproximadamente 1h e 20minutos de pura gargalhada, podendo ter uma participação especial diferente a cada espetáculo.

Idealizado e realizado pelas próprias atrizes, o show de humor não conta com apoio cenográfico e nem muitos recursos auditivos. Sempre muito independente, a dupla é responsável também pela criação e interpretação dos textos, além da direção. Resumindo: as loiras fazem tudo. Até pensam.

Juntas, já se apresentaram em diversos palcos no Rio de Janeiro e em São Paulo, e participaram dos programas "Agora é Tarde", com Danilo Gentili, e CQC. Em trabalhos separados, as humoristas já foram vistas no Canal Multishow (Sil) e no Domingão do Faustão (Giovanna). No início do ano Sil Esteves lançou seu primeiro longa-metragem, “CLAUN”, em Rotterdam, na Holanda.

Giovanna Fraga é atriz profissional formada pelo Teatro Villa Lobos (RJ) e jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, Giovanna tem experiência em assessoria de imprensa, teatro, televisão e eventos empresariais. Versátil, Giovanna trabalha com comédia e drama e está no meio artístico desde 1988.

A atriz Sil Esteves tem uma carreira de quase dez anos no teatro, onde já participou de montagens clássicas como "A Casa de Bonecas", de Henrik Ibsen. Porém é na comédia que ela se destaca e se sente em casa. Atualmente no stand up comedy criou e desenvolveu o espetáculo “Batom Comedy" junto com sua parceira Giovanna Fraga. Espetáculo que permanece em temporada no Rio de Janeiro e São Paulo.

Dia 18 de maio, quarta-feira, é a vez do espetáculo BIG, uma comédia que aborda as temáticas da vida cotidiana de um anão. Conhecido como Gigante Leo, Leonardo Reis é o atual campeão do Prêmio Multishow de Humor, sendo a nova revelação do canal Multishow. Fez sua estreia no stand-up comedy em 2010, no grupo Comédia Carioca. Embora faça teatro desde os nove anos de idade. Em 2011, ganhou projeção nacional ao ser o vencedor da regional Sudeste II e o vice-campeão geral do 1º Campeonato Brasileiro de Stand-up Comedy, promovido pelo festival Risadaria, maior evento do humor da América Latina.

E para encerrar a temporada, Depois do final feliz, uma comédia romântica protagonizada por André Mattos e Roberta Repetto que retrata a história de um casal de classe média alta, Tadeu e Sofia, à beira de um ataque de nervos. Tudo isso porque Sofia resolve expor, em uma noite como outra qualquer, todas as suas dúvidas sobre o seu casamento de quase 20 anos com Tadeu, quarta-feira, dia 25 de setembro, às 20h.

Os ingressos já estão à venda, com alternativas múltiplas e pra lá de interessantes. A inteira por espetáculo sai por R$40,00 (quarenta reais) e a meia entrada por espetáculo por R$20,00 (vinte reais), destinada à estudantes, idosos, deficientes físicos, menores de 21 anos, professores e clientes dos apoiadores com filipeta carimbada, mas não para por aí, o site Petrópolis Desconto (www.petropolisdesconto.com.br) está vendendo os ingressos por apenas R$18,90 (dezoito reais e noventa centavos) para cada espetáculo e através do selo Amigo da Cultura por apenas R$15,00 (quinze reais), para compras antecipadas a partir de 5 ingressos.

Todo cliente Porto Seguro, nas apresentações produzidas pela Xdaquestão Produções, é Amigo da Cultura e pode comprar ingressos para todas as apresentações por apenas R$15,00 (quinze reais).

Os pontos de venda são o Cinemaxx Mercado Estação, à Rua Paulo Barbosa, 296 Centro – Petrópolis/ RJ, a Di Farina, à Rua Treze de Maio, 184 - Centro – Petrópolis/RJ, na bilheteria no Theatro D Pedro, à Praça dos Expedicionários, s/nº, Centro – Petrópolis/ RJ e no Top Cine - Hipershopping ABC, Rua Teresa, 1515, Alto da Serra – Petrópolis/ RJ.

AS ARTISTAS

Giovanna Fraga
Atriz profissional formada pelo Teatro Villa Lobos (RJ) e jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, Giovanna tem experiência em assessoria de imprensa, teatro, televisão e eventos empresariais. Versátil, Giovanna trabalha com comédia e drama e está no meio artístico desde 1988.

Sempre muito atenta ao mercado de trabalho, Giovanna Fraga foi considerada uma das revelações do humor niteroiense pelos jornais O Globo e O Fluminense. Em 2011 foi semifinalista do quadro de humor "Quem chega lá?" do Domingão do Faustão, e em 2012 foi convidada pela direção do programa para participar do quadro também de humor “Jogo da Comédia”, onde apresentou Stand Up Comedy, personagem e uma imitação. Criadora de um dos poucos grupos de humor feminino do estado do Rio, Giovanna viajou o país com o Grupo de 4 Mulheres.

Atualmente Giovanna trabalha com seu show solo (Soy Gio) e com a dupla Sil Esteves no show Batom Comedy. Com temas variados sobre o cotidiano em geral, Giovanna arranca risadas de homens e mulheres e é garantia de casos, histórias e situações bem divertidas.

Giovanna se destaca também em eventos empresariais. Muito cogitada para animar ações pontuais de grandes empresas, Giovanna cria textos e faz adaptações de diversas situações para atender a solicitação de clientes e atingir os funcionários da empresa contratante.

Sil Esteves
A atriz Sil Esteves tem uma carreira de quase dez anos no teatro, onde já participou de montagens clássicas como "A Casa de Bonecas", de Henrik Ibsen. Porém é na comédia que ela se destaca e se sente em casa. Atualmente no stand up comedy criou e desenvolveu o espetáculo “Batom Comedy" junto com sua parceira Giovanna Fraga. Espetáculo que permanece em temporada no Rio de Janeiro e São Paulo.
No improviso com Fábio Nunes, desenvolve o espetáculo "Riso FáSIL", formato único onde a dupla improvisa formatos curtos, e também faz parte do Grupo de Improviso Alcatéia onde participou de diversos campeonatos de improvisação, entre eles Campeonato Carioca de Improvisação 2011 e 2012. Levou o "Improviso brasileiro" para Buenos Aires onde improvisou em castejano no espetáculo Improcallupo.

Participou do renomado Festival de Improvisação de Amsterdam 2013, que reúne improvisadores do mundo todo, em destaque “Os Barbixas” (Brasil-SP) e “Os Improváveis” (Portugal-Lisboa). Foi dirigida por grandes diretores como Bemvindo Sequeira, Richard Righeti e Chico Anysio. Integrou trupe de “As Valentinas - A incrível batalha das mulheres que pensam rápido demais”, dirigida por Fábio Nunes e participou do quadro de humor “Deixa que eu compro” do programa dominical Fantástico da Tv Globo , apresentado pelo Tadeu Shimith.

SERVIÇO
BATOM COMEDY
Com Giovanna Fraga e Sill Esteves
Data: Quarta-feira, 11/09/2013
Horário: 20h
Local: Theatro D. Pedro
Praça dos Expedicionários s/nº
Centro – Petrópolis/ RJ

BIG – Baixinho, Inteligente e Gostoso
Com Gigante Léo
Data: Quarta-feira, 18/08/2013
Horário: 20h
Local: Theatro D. Pedro
Praça dos Expedicionários s/nº
Centro – Petrópolis/ RJ

DEPOIS DO FINAL FELIZ
Com André Mattos e Roberta Repetto
Data: Quarta-feira, 25/09/2013
Horário: 20h
Local: Theatro D. Pedro
Praça dos Expedicionários s/nº
Centro – Petrópolis/ RJ

Ingressos
Inteira por espetáculo: R$40,00 (quarenta reais);
½ entrada por espetáculo: R$20,00 (vinte reais) - Estudantes, idosos, deficientes físicos, menores de 21 anos, Professores e clientes dos apoiadores com filipeta carimbada;
Petrópolis Desconto por espetáculo (www.petropolisdesconto.com.br): R$18,90 (dezoito reais e noventa centavos)
Amigo da Cultura*: R$15,00 (quinze reais)

* O Amigo da Cultura é o valor especial e promocional para aquisição de lote com pelo menos 5 (cinco) ingressos e só será vendido até a véspera do evento.

PONTO DE VENDA
Cinemaxx
Mercado Estação
Rua Paulo Barbosa, 296
Centro – Petrópolis/ RJ

Di Farina
Rua Treze de Maio, 184
Centro – Petrópolis/RJ

Theatro D Pedro
Praça dos Expedicionários, s/nº
Centro – Petrópolis/ RJ

Top Cine
Hipershopping ABC
Rua Teresa, 1515
Alto da Serra – Petrópolis/ RJ

PRODUÇÃO LOCAL
Xdaquestão Produções
(24) 2231-9707

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Dany & Diego apresentam novo show em Caraguatatuba/SP e Caçapava/SP

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2013 09:32:00

Com um novo repertório, Dany & Diego seguem na estrada com a “Tour 2013” neste final de semana. Na sexta-feira (13), a dupla realiza show em Caraguatatuba/SP, na casa de shows Nyx Club, às 23h.

Divulgação

No sábado (14), é a vez dos irmãos de Santa Bárbara d’Oeste/SP se apresentar, às 23h, na Estância Nativa, em Caçapava/SP. Ponto de encontro de grandes artistas da música sertaneja, a casa também recebe no próximo dia 27, o show de Henrique & Juliano.


- “A música é muito dinâmica e temos de estar sempre atento ao mercado. Estamos com o repertório pronto e com muitas novidades para mostrar para todo o público que comparecer aos nossos shows, neste final de semana”, comentou Dany.


- “Temos a grande oportunidade de fazer arte através da música. E, toda vez que subimos no palco para cantar, temos a certeza que a música tem a capacidade de marcar a vida das pessoas. E, o que queremos, através do nosso show, é isso, poder fazer parte da vida delas e eternizar momentos”, disse Diego.


DANY E DIEGO

A dupla Dany & Diego já é sucesso em todo Brasil com músicas como “Bate a bota no chão” gravada com a dupla Teodoro & Sampaio, “Cabulosa”, “Tempo ao tempo”, “Aqui só tem filé”, “Chuva fina”, e “Então tá” que contou com a participação do cantor Gusttavo Lima.


“Contradição” - o novo álbum da dupla que conta com 11 faixas inéditas e mais seis regravações é uma mistura de sertanejo universitário, clássicos sertanejos e balanço. Uma combinação perfeita de sucesso!


Para ouvir suas músicas e conhecer um pouco mais de Dany & Diego, acesse o site www.danyediego.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Caso Pesseghini

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2013 13:57:00

Sargento da Rota foi morto 10 horas antes que demais vítimas, dirá laudo


























Foto: Arquivo da Família

O sargento da Rota Luís Marcelo Pesseghini, de 40 anos, foi assassinado dez horas antes que os outros parentes mortos na Brasilândia, na Zona Norte de São Paulo. A Polícia Civil suspeita que o filho do sargento, o adolescente Marcelo Pesseghini, de 13 anos, matou o pai, a mãe, a avó e a tia e na sequência se suicidou entre a noite de domingo (4) e a madrugada de segunda-feira (5).

A informação sobre quando o sargento foi morto é baseada na análise das manchas de sangue e constará no laudo do Instituto de Criminalística que será entregue à Polícia Civil. O laudo necroscópico das outras vítimas também deverá ser concluído na próxima semana. A Polícia Civil aguarda agora a análise do computador usado pelo adolescente e dos telefones celulares da família.

Esta semana, a polícia já havia informado que exames preliminares apontavam a sequência de mortes na residência da Rua Dom Sebastião. Primeiro teria morrido o pai do garoto, depois a mãe, a cabo Andréia Regina Bovo Pesseghini, de 36 anos, em seguida, a avó dele, Benedita de Oliveira Bovo, de 67 anos, e a tia-avó, Bernadete Oliveira da Silva, de 55 anos.
Crime em família SP 08/08 (Foto: Arte/G1)

Depoimentos
Nesta sexta-feira (9), um professor e uma professora do Colégio Stella Rodrigues, onde estudava Marcelo, foram ouvidos pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A Polícia Civil não deu detalhes sobre os depoimentos.

"Nós queremos saber, principalmente, o comportamento do garoto na escola. Se ele fez alguma confidência, qualquer coisa neste sentido. O que vier para a gente, venha de onde vier, vai nos ajudar para gente ter uma visão completa do caso", disse o delegado Itagiba Franco, do DHPP. Ele insistiu no foco da polícia agora em descobrir a motivação do crime.

A Polícia Civil quer ouvir também duas vizinhas da família do garoto. Uma delas teria presenciado por diversas vezes Marcelo colocando e tirando o carro da garagem da casa onde ocorreram os crimes. A outra vizinha, segundo Franco, relatou a uma emissora de televisão ter visto um carro rondando a casa da família Pesseghini. A polícia tenta ainda localizar outras duas vizinhas que teriam ouvido os tiros e outros colegas de Marcelo. Para a Polícia Civil, Marcelo é suspeito de assassinar a própria familia e depois se matar.

O delegado geral da Polícia Civil, Luiz Maurício Blazec, disse que a investigação ainda não está concluída. "Nada está sendo desprezado, todos os informes trazidos pelas testemunhas estão sendo verificados e serão checados. A linha de investigação principal ainda é a autoria atribuída ao menino. O caso ainda não está concluído, aguardamos os laudos a fim de que eles possam ou não comprovar de forma concreta esta tese", disse Blazec.

Nesta quinta-feira (8), um policial militar ouvido no DHPP disse que o sargento da Rota Luís Marcelo Pesseghini, de 40 anos, havia ensinado o filho a atirar. A informação foi confirmada pelo delegado Itagiba Franco, responsável pela investigação.

Todas as vítimas morreram com tiros na cabeça disparados pela pistola .40 que pertencia a Andréia, indicou a perícia realizada nos corpos. O delegado citou que Marcelo tinha 1,60 metro e não era um garoto franzino, apontando que ele tinha condição de manipular a arma. A testemunha disse ter presenciado uma dessas "aulas de tiro", que ocorriam em um estande na Zona Sul da capital paulista.

O PM, que morava na mesma rua da família, também informou ao DHPP que o sargento e a mãe do jovem, a cabo Andréia Pesseghini, ensinaram o filho a dirigir automóveis e que o jovem tirava o carro da família todos os dias da garagem. O automóvel foi localizado na rua onde o garoto estudava e a polícia investiga se ele dirigiu até lá, assistiu à aula e só depois retornou para casa e se matou

O procurador-geral de Justiça, Márcio Fernando Elias Rosa, designou nesta quinta os promotores Norberto Joia e André Luiz Bogado Cunha para acompanhar as investigações sobre as mortes da família na Zona Norte. Os promotores deverão acompanhar Franco em todas as oitivas.

Motivação

O delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Luiz Mauricio Blazeck, disse nesta quinta-feira que as investigações buscam, agora, a motivação do crime.

Questionado se existe a possibilidade da participação de outra pessoa no crime, Blazeck informou que essa “não é uma questão fechada”. “Dependemos dos laudos para confirmar isso. Por enquanto, continua a versão inicial”, disse, em relação ao envolvimento apenas do garoto de 13 anos nos assassinatos.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro “DESVAIRADOS INUTENSILIOS” do Cyber Poeta Silas Correa Leite

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2013 12:33:00

Pequena Resenha Crítica

Livro “DESVAIRADOS INUTENSILIOS” do Cyber Poeta Silas Correa Leite
Todas essas criaturas a que chamas animadas,
como aquelas a que negas a vida, sem razão
melhor do que a de não as veres em ação – todas
essas criaturas têm, em grau maior ou menor,
capacidade para o prazer a dor; mas a soma geral
de suas sensações, é, precisamente, aquele total
de felicidade que pertence de direito ao ser divino,
quando concentrado em si mesmo. Edgar Allan Poe

“DESVAIRADOS INUTENSILIOS”, Editora Multifoco, Rio de Janeiro, é o novo livro de poemas de Silas Correa Leite, o Cyber Poeta tachado pelo site Capitu de “O Neomaldito da Web” (o autor está em mais de 800 links da net), que no programa “Provocações”, do Antonio Abujamra, da TV Cultura de São Paulo, exprimindo sua latente poética da tristeza, disse que “corta os pulsos com poemas”; também disse que se sente um “E.T.” entre nosotros, e que, “como a vida não lhe deu limões, fez limonadas de lágrimas”. Pois os poemas da safra desta nova obra, ““Desvairados Inutensílios””, tem todas essas lágrimas em contracorrentes, têm esses ácidos multiformes, essas sutilezas esplendentes, mais catarses, onirismos, surtos-circuitos, correntezas hilárias, delírios, irrazões, errações e ousadas experimentações, próprio do estilo do autor.
Humor ora discreto, ora rompante, quando não plangente, ou mesmo curto e grosso. Humor e brevidade, bem próprio desses nossos tempos de correria (e tantas infovias efêmeras) e amarguras. Galhofa, ironia, na linha de Oswald de Andrade (poeta da semana da arte moderna), com invencionices, desvarios, inutensílios, e, claro, dissonâncias de acordes breves. Tudo a ver.
Minimalista? Neoconcreto aqui e ali. Há ainda o dizer no desdizer, ficando a vertente no implícito, o pulso no tácito, o dizer (fazer poético) obliquo, a palo seco. Haiquases, sim. Acordes dissonantes na linha do seu feitio, tipo “Silas e suas siladas”. Conflitos com filtros (olhos obtusos), briancanças verseiras, twitter-poemas até. O nada-que-é-tudo serpenteando versos ridentes, risadores. O clic e salta o verbo: insights, iras certeiras. Já pensou? Inventando o inexistente, o olho mágico é do poeta ou de sua cetra parideira de poemetos, feito uma metralhadora dialética? O Poeta Silas não oscila seu deleite derramado.
Tem seu espiral de haikais e tankas diferenciados. Alinhava suas tessituras – no “tear do silencial de ‘mins’ e h2outros” como muito bem diz ele – feito até, por que não, um antipoema que ainda é, assim e por isso mesmo, também, poesia pura. Ou, vá lá, impura como jojobas ácidas. Guloseimas ocres. Fios (fiações) literais vários, meio neozen, meio Pessoa, Drummond, Bandeira, Maiakovski, Bertold Brecht, Frederico Garcia Lorca, José Saramago, Manoel de Barros, Mário Quintana, Robert Bob Dylan Zimermam. Será o impossível? Ai de ti Babilônia Bandeirantes. Ou a Neverland Santa Itararé das Artes, Cidade Poema, a terra-mãe do autor, que a canta em verso e prosa e baladas and blues. Poesias com in/fluências várias, meteoritos-maroteiros. Bulbos letrais.
Marotices literárias. Ler, rir, curtir. Sentir. Bijuterias com alguma angústia-vívere, mais a solidão-albatroz, um certo medo-coisa, disparates, instante-trevas (luz). Bulbos-surtos-circutos portanto. Lacre e limo. Lume e húmus. Humor e técnica de aproximação com a lucidez-loucura. Chorumes e a tal da bendita (maldita) antilira. Niilismo. Pode uma coisa dessa? “Desvairados Inutensílios” é isso: pós-Porta-Lapsos (o último livro de poemas do autor), sendo um boêmico tabuleiro de mixórdias letrais mesmo, avessos de reversos, experimentações cítricas, quando não pan poesia.
Pensadilhos? Pensamentos trocadilhos, diz ele. Pensagens? Pensamentos mensagens, diz ele, com seus tantos neologismos do arco da velha. Melhor morrer de overdose de poesia do que de normalidades hipócritas? Antes sóbrio do que mal acompanhado, trocadilha o autor, muito bom nisso, textificando ócios do oficio de tentar ser um Ser. Não é fácil. Escrever poesia é extra/vazar o lume neutro de fugas, ilhas movediças, facas cegas em palavreiros. Poemas letras de rock. Poemas histórias em quadrinhos. Mas poemas bem contemporâneos.
A faca é cega mas ainda corta, diz a balada.
Os entrecortes epigramáticos – a faca nos dentes - nos entremeios (e entreveros) poéticos tem tudo a ver com o que cria o Cyber Poeta Silas Correa Leite, já elogiado por Moacyr Scliar, Álvaro Alves de Faria (que já o entrevistou duas vezes na Rádio Jovem Pan), Ignácio de Loyola Brandão, João Silvério Trevisan, Rodrigo de Souza Leão, Sergio Vaz, Antonio Miranda, Plínio Marcos, Marcelino Freire, Elio Gaspari, Pedro Maciel, Miltom Hatoum, Araken Galvão, Antonio Cabrita (Moçambique, África), e outros.
Ítalo Calvino disse “O homem contemporâneo é dividido, mutilado, incompleto, hostil a si mesmo: Marx o chama de alienado, Freud de reprimido; um estado de harmonia antigo foi perdido, aspiramos a uma nova totalidade” A poesia do Cyber Poeta Silas Correa Leite muito bem – e ainda filósofo-irônico - exprime (e agoniza?) isso. Tempos tenebrosos. Ser Humano é uma desnatureza que deu errado?
Poesilhas: pois é: lendo o poeta você vê (sente) uma espécie assim de ‘ilha de edição’ – prisioneiro de sua própria existencialização? - que é o seu contundente fazer poético de louco desvarrido; com seus poemas atirados como se em garrafas vazias pedindo socorro, resgate, rumo, âncora, casa, paz, lar. Feito um Homero sonhando uma Itararezinha que talvez só existe mesmo em sua cabeça, em sua imaginação.
Habemus o cyber poeta a ferro e fogo, cerveja e enxofre, mas, ainda assim e por isso mesmo, seu mosaico lustral no livro de poemas “DESVAIRADOS INUTENSILIOS”. Salve-se quem puder. Periga LER
-0-
Crítico Antonio T. Gonçalves, São Paulo, 2012
Jornalista e Professor Universitário
E-mail: antoniotito1012@bol.com.br
Blog: http://antoniot.goncalves.zip.net/
Site:
http://cavalosselvagens.wordpress.com/

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

VINTENA DE HUMOR Por: Silas Correa Leite

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2013 12:32:00

Sacadas e Bravatas Sobre o Humor
(Quase microensaio sobre humor e desaforismos contudentes afins)
"Humor é uma forma de ser valente” SHARON STONE

Para Ronald Golias, In Memoriam, o maior de todos.
E para outros grandes humoristas brasileiros, como
Grande Otelo, Dercy Gonçalves, Oscarito, Moacir Franco,
Arnaud Rodrigues, Renato Corte-Real, Mazzaropi,
Juca Chaves e popular Palhaço Carequinha

“Freud e Marx não explicam?
O humor explica. E complica.
Por isso, humor e iluminura...
Silas e suas siladas
.................................
Existir é busca. Sorrir é fashion e morrer é farinha de rosca da rota
01)-O melhor do humor mesmo, é aliar o sarcasmo à ironia frutífera e a cintilância de pensar o que ninguém pensou ainda, e fazer chiste estrambólico sobre as alegrias e pirotecnias da vida, na verdade um verdadeiro circo armado a céu aberto...
Sociedade é pântano, rir disso é a salvação da lavoura saindo pelo ladrão, apesar da praga de urubus de alguns insensíveis de grosso calibre
02)-O verdadeiro humor é natural, criativo, comunicador, revolucionário, e, pela própria natureza, uma falsa e inexata medida acima e sobre todas as coisas mutáveis, perenes, inclusive sobre contornos de rotinas ensandecidas e parcas mesmices existenciais...
O mundo é harmonioso. O homem é cínico-destrutivo. Só o humor reconstrói a mancha da barbárie. Será o impossível?
03)-Se desejamos seriamente aplicar-nos no humor artístico e na arte humanitária de fazermos todos “cerrirem” por atacado, temos que nos sentir clarificados no espelho da vida, e sacar antes da lágrima o riso contundente e contagiante que transforma, irradia paz e envolve almas...
Viver é livro. Rir é final feliz na portabilidade do durante. Tirar de letra no efeito risador-ridente é para evitar sequelas de enfrentações íntimas e intimidadoras.
04)-O humor convém a todos, está no DNA da mesma espécie humana que historialmente infla a barbárie, mas permite esse um prazer risível além do sexo e do verdadeiro amor, porque traz a beleza estética e lustral, cênica e palavral, o que nos faz sentir parte de um contexto existencial de harmonia e equilíbrio que, às vezes, sérios, destemperados, em sofrências e cantagonias, marrudos e destemperados, fora do eixo, desgovernamos em causas rudes, amorais, de sentidos pífios, não sacamos de forma normal e pura...
O final feliz de existir já no ancestral propaga: no final feliz todos morrem. E ainda não vamos rir desse bendito trocadilho que é fava da existência?
05)-O humor não só comemora a vida, mas evoca-a, surpreende, refaz, reestima, toca o intocável, emerge o indizível, permite fluir a risadoria por excelência, para tornar a vida mais significante, suportável e desentrevada... Os deuses devem ter sido humoristas, para criarem, o que criaram? Ai de nós...
Guerra e Paz. Crime e Castigo. Cem Anos de Solidão. Junto com tudo isso de livral e lustral, prefiro também um causo bem contado à beira do lual do Rio Itararé.
06)-O humor está para a narração sinfônica e historial do mundo, como o onanismo está para a solidão espacial da espécie no espaço...
Humor deveria ser religião. Assim na terra como no céu. Os deuses devem estar enfezados?
07)-O humor consiste em transformar geleiras em vulcões, silencitudes e solidões em espetáculos, carraças em santidades frontais desarmadas, nuvens em lírios, sempre questionando o que é indevido, reformatando o que é trivial, e coroando as incompletudes de sentido gracioso por defeito de fabricação de nosotros, que, no sério, baixamos a guarda, a estima, quando, no humor hilário acabamos por procurar calma pra se coçar...
Quem tem humor e amor sempre alcança. Com labor também. Mas depois vai rir de tanta vida louca para o reles final com muita panca e pouca dança
08)-Para ser humorista basta ter alma de criança, juventude de marés e experiência de vento xadrez, renegando o intragável, filtrando o gracioso e soltando a franga das palavras que toquem céus em seres telúricos...
No principio era o caos. Já pensou que baita forfé de humor divinal, era essa época de universal estúdio de edições entre poeiras cósmicas?
09)-Existem humoristas sérios, profissionais de humor, improvisos cênicos de percursos, contadores de causos, mentirosos, pescadores, inventores do inexistente, aventurosos piadistas de trem periféricos, e poetas que, além das amarguras letrais, também atravessam sinais e, sem lenço e sem documento, circunstancialmente caem na gandaia boêmica de tirarem joelhos da água, ovos do pelos e ocasos de pérolas de papel-arroz amanteigado...
Os loucos riem da própria desgraça, riem dos louros das vitórias e das morenas da derrota. Porque então não vamos nosotros rir de nossa lucidez de órfãos de Marx, de Freud, de Darwin, de Nietsche e de Bill Gates?
10)-Que lugar ocuparia o Humorista na cidade, na sociedade, nesse mundo de muito ouro e pouco pão, de propriedades-roubos, de circos armados em todos os antros, de palhaços fortuitos, palhaços no poder, palhaços palaciais rindo dos descamisados e excluídos miseráveis?. Talvez um escultor de miserabilidades refletidas na falência social da espécie...
Rir é o melhor orgasmo tipo mate-leão, já vem queimado. Melhor porque em tese é “de grátis”, feito um desencarilhamento pertinente, precoce, estilo ilegal, imoral e encordoamente de engorda, mas, sem alienação existencial ou efeito colateral de proximidades de entornos promovidas a vácuo
11)-Cristo foi o maior e melhor humorista revolucionário que existiu, porque, no berçário ninhal teve de companhia animais e magos viajosos que viam estrelas peregrinas, tanto que transformou água em vinho, beijou leprosos, disse que os últimos serão os primeiros, perdoou mulheres da difícil vida fácil, foi crucifixado e lá de cima perecendo ainda perdoou seus infelizes e mal-amados algozes, e, os comuns, os marcados pela ignorância sepulcral, achando que aquilo não era filosofia, mas religião, sem saber que a fé remove religião, fundaram senis papados impunes, pompas decrépitas risíveis, rotos impérios insanos, amorais e inumanistas, e deu nisso: guerras santas que na verdade era eram pecadoras, e os bárbaros eram eles mesmos, porque igrejas-circos, igrejas-bancos, igrejas pântanos, igrejas suásticas, inquisitórias igrejas no hitlerismos de falsos dogmas e santidades espúrias de ocasião, como igrejas hipócritas, acabam por nos fazer rir disso mesmo: o luxo-fusco do nada e ninguém tecendo loas ao religare que não tem nada a ver com aquilo, e seria cômico se não fosse trágico, fálico, alienação paraexistencial. Idiotas unidos jamais serão vexados?
Penso, logo, me lixo. Vai encarar ou preferes um dolé de groselha preta com corante de mortadela de soja?
12)-O mais sábio dos homens, perto do humor e do humorista propriamente dito, será uma bananeira que já deu goiaba, um arco-íris marrom, um lacaio do lucro, do poder, da pose, do status quo, das mixórdias das implicações de ter que servir e sobreviver nesse tacho, quando o humor como libertação, como levitação, torna-se a nossa única escora possível, junto com a poesia e a música, para não passarmos em brancas nuvens (e páginas de rosto) nessa existêncialização a que fomos convidados para dançar, para existir na mais plena pólvora de nossa resistência, com a portabilidade do mavioso riso, do marcante sorriso, até como oxigenação da própria alma...
Quem não chora não Brahma, mas quem não ri não Devassa. E eu sou da Igreja Universal do Reino das Louras Geladas em Braile Quantico
13)-Os homens das cavernas não riam, porque não pensavam o sentir e nem sentiam o pensar. Quando tiveram uma lasca de luz orbital, escreveram e desenharam nas paredes que os conflitavam e ao mesmo tempo os protegiam de uns e outros. Do humor deles, entre a sombra e a escuridão, nasceu a arte de reproduzir o filosofal de ocasião e sentimento, com cores primárias de flores entintadas, objetos, momentos, símbolos e animais. Era o humor poético de se revelarem artistas, filósofos primordiais, sentidores, rindo do próprio limite, rindo de si mesmo, procurando palco iluminados para seus recalcados chãos de estrelas interiores...
Quem ri por dentro é lombriga no feriado
14)-O espanto, o olhar, o diferenciado captar dentro do inominável, pescando momentos, frases e simplórias operas bufas aqui e ali, faz do humorista um retratista a cronicar momentos e sentenças, auroras e prelúdios, gracezas e perguntamentos, mancadas e desaforos, desvarios e inutensilios, redondos em quadrados, vergonhas em poses oficiais, rebentos em arrebentações, mentiras em verdades pegajentas, verdades pueris em momentos cínicos ou hilários. O humorista é um inventariante de cenários, um pescador de cismas, um riscador de fósforos em acasos, um colhedor de canteiros em ilhas de entrelinhas?
Da zona de fricção disparamos, do útero viemos, à placenta da terra-mãe voltaremos. Entre uma coisa e outra, a gestação de nossas vidas exigem rirmos, até como paliativo de perdoar para socializar, amar para conseguir, e sorrir para não customizar neuras e sequelas adquiridas de percursos instintais
15)-A moral não é apenas um ramo da filosofia, mas está no pilar do humor que a calcula, detona, saca ou inspira, porque sendo o humor a melhor homeopatia, nele está inserido a moral de rir da própria sombra, chutar o pau da barraca, desafinar em concertos, e, mais, muito mais, com vareio de imaginação e criatividade, mostrar o retrato caricato do ser, da dor, do medo-rabo, da sociedade, desse mundo de loucuras santas, riquezas impunes e lucros injustos, porque o real, a seco, é um pé no sacro, já que toda história é remorso e o que está por fora é um mero humor bruto na bateia dos desafetos...
Rir é mágico, tapete zoador. Sorrir é grude como gosma-lacta. A existência é isso que soa quase aquilo: barulhar contentezas e prazeiranças para nunca inteiramente desprovidos cairmos em nós, quando podemos cair em si maior. E entre a cruz e a espada do vai e volta, temos que ordenhar um almanaque de anedotários para uma contação hilária que afrouxealguns parafusos da cruz herdada e enferruge o gume da espada. O humor é cético mas ainda corta...
16)-O humor não é uma crença. Nem uma doutrina, nem um conceito ou filosofia, mas dá de dez a zero em tudo isso, porque, em si mesmo traz, traduz, tem a coragem de; tem conceitos, amor, filosofia, fé e a sua própria montanha mágica: fazer o engodo ser ridicularizado, mostrar que o real está nu e ainda cantar em verso e prosa que o rei rude roeu a roupa do rato...
Quando um não ri do outro, é porque está se vendo no espelho e não achou graça nenhuma em si mesmo, enquanto em si mesmo uma baita lesma lerda
17)-Só os humoristas são felizes, porque assim e por isso mesmo são capazes de alcançar o céu aqui mesmo, de tocarem ressentimentos e aliviarem o peso de existir, porque, parafraseando o poeta que veio das gerais Minas, o mundo não pesa muito, não pesa mais do que a mão de uma criança sobre o ombro; por causa do humor não pesa mais do que a mão de um anjo no nosso espírito, e também, a seco, falando sério, sem humor, ninguém segura esse rojão de existir...
Humor é pau pra toda obra, mesmo que no final, o invocado sempre julga o politicamente correto do que na contação do exagero sobra
18)-O humor destila o medo-rabo, o medo-coisa, o medo-ranço, o medo-albatroz, o medo-espelho, o medo-in natura, e acaba tudo num riso orgânico porque não apenas quem ri primeiro sacou o óbvio (como quem ri fora de contento sentiu o divino), como quem ri por ultimo pode ser o personagem da anedota, personagem de historia em quadrinhos sem balão de dizeres, ou o caricato ovo em pé da piada pronta...
Riu? Salvou-se. Ajoelhou tem que zerar.
19)-Zombar da vida é mais do que uma filosofia: é um humanista estado de espírito que confronta podres poderes, regras-nódoas, rigor-formal, rigor-formol, testamentos-naftalinas, normas-paredes (solidão de papel-espelho) e, arrebentando tradições e vacâncias, chistes chulos e poses ignóbeis, preenche vazios existenciais de gracezas e prazeiranças. Rir é o melhor genérico, rir é o melhor negócio, rir é a melhor válvula de escape pro cheiro do ralo, tudo junto e misturado. Sacou ou quer que um desenhe um cofrinho aberto?.
Rir é o chamado “Esse Lado Para Cima” do tal “Cuidado Frágil”, que é a embalagem vencida dessa vida chã, num mundão sem porteira, em que todos os penetras são engraçados, quando riem da própria viagem de estarem nessa alma nau espiritualmente enriquecedora e teluricamente cavernosa, o que os faz rir como se pagassem um dizimo de sermos, estarmos e permanecermos firmes e loucos da pá virada, pensadores e sentidores em busca de uma louca varrida que nos dê o humor de sua graça, de seu amor e descendentes como novas esperanças para um devir gracioso e festivo...
20)-Humor, fonte de todo saber imediatista e primário, olhar acima e sobre todas as coisas, faz das tripas barracão de zinco, reduz a significâncias ao seu verdadeiro estado de ser, cobra um ser ético-plural-comunitário, tem a sua própria utopia leve e suave, sem estresse, sendo ainda e assim, por isso mesmo, uma eterna busca laboriosa daquilo que nem todos sabemos, que poderá ter sido óbvio e não nos iluminamos para saber antes e com base, por isso, o humor potencializa o sangue cênico, a lágrima do parágrafo, o desdizer no tácito, a implicância no oficial, dando gostosas páginas de rostos e restos para nossas divagações, peregrinações e dúbios eixos imaginários que não nos levam a nada, pois só o humor pode nos levar à nós mesmo, principio, meio e fim dessa sociedade sem eira e nem beira, dessa realidade contundente e sem chão, botando então, fogo na canjica de rirmos de nossas próprias insignificâncias e finitudes. Ria se puder. Rir é ficar nu de nosso próprio estar, ser, permanecer e continuar. Vida, morte, existir? Quer maior anedota do que tudo isso como choro e ranger de dentro? A minha parte quero em pílulas de desimportâncias e desaforismos.
E quem ri por ultimo apague a luz. Desperto ninguém é normal. A cloaca é maios embaixo. Pergunte ao pó. Mexe com quem está cético!
Habemus Humor!
-0-
Cyber Poeta Silas Correa Leite – Anarquista Técnico, Socialista Simbólico, Livre Pensador Que Sonha um Humanismo de Resultados, Cervejetariano e Escritor Nas Horas Vagas Que Pulsa Maior...
Planeta Terra, O Único Que Tem Cerveja - Santa Itararé das Artes
São Paulo, Samparaguai, o Estado Máfia - E-mail: poesilas@terra.com.br
Blog premiado do Uol: WWW.portas-lapsos.zip.net
Texticulo da Série “Eram os Deuses Corinthianos?”

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Caso Suênia Souza Farias

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/07/2013 11:34:00

Publicação Original com o ocorrido em:
http://www.eunanet.net/beth/news_coluna.php?col=58&pst=5268

Atualizado em Julho de 2013



Para ler em tamanho original, clique:
http://www.eunanet.net/beth/iblog/suenia_souza.jpg



**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
beth@eunanet.net
**Twitter @Revistazap

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Acusado de matar família vai a júri popular em Sorocaba, SP

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/07/2013 09:37:00

Julgamento será no fórum de Sorocaba (SP).
Yuri Barizon é acusado de planejar assassinato do padrasto e da irmã.


O júri popular de Yuri André de Souza Milani Barizon, acusado de planejar o assassinato da família em outubro de 2011 em Araçoiaba da Serra (SP), está marcado para a manhã desta quinta-feira (11). O julgamento será no fórum de Sorocaba (SP).

Yuri André de Souza Milani Barizon é acusado de ser o mentor do assassinato do padrastro e da irmã.

Relembre o caso
Na noite de 14 de outubro de 2011, a mãe, as duas irmãs e o padrasto de Yuri dormiam na chácara da família, quando Maicon e Leandro entraram atirando. A irmã mais nova e o padrasto morreram na hora e a mãe e a irmã mais velha foram atingidas em várias partes do corpo.

Para simular um assalto, Maicon e Leandro atiraram contra o carro da família, com o qual Yuri se dirigiu até um posto da Polícia Rodoviária para pedir ajuda. Pelas marcas das balas, no entanto, a perícia constatou que o carro não poderia estar em movimento quando foi atingido.

Na delegacia, Yuri acabou confessando a participação nos assassinatos e afirmou que a ideia inicial era apenas "dar um susto" no padrasto.

Yuri e Maicon também são acusados pela polícia do assassinato da avó, ocorrido um mês e meio antes. A mulher, de 83 anos, foi morta com golpes na cabeça, segundo apontaram as investigações, mas o caso será julgado separadamente.

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
beth@eunanet.net
**Twitter @Revistazap
Com Informações:
G1 Sorocaba e Jundiaí

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A obesidade como modelo - pais obesos, filhos obesos"

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2013 07:52:00

O comportamento familiar no combate/prevenção à obesidade.


O tema é “A obesidade como modelo - pais obesos, filhos obesos". Dentro desse assunto podemos falar sobre o quanto a criança procura no pai e na mãe um modelo a ser seguido. Mesmo sem perceber, os pais acabam levando os filhos a maus hábitos alimentares. Não adianta dizer para as crianças comerem verduras e legumes, se os pais acham que estes alimentos têm gosto ruim. É preciso ensinar pelo modelo: o que é bom pra mim é bom pra você.

Para que a criança tenha hábitos saudáveis é preciso que os pais acreditem, de verdade, nesses hábitos.


Um outro tema interessante é: "A comida como recompensa ou punição" . Nesse caso poderíamos abordar a questão de como os pais fazem associações em relação à comida. Se a criança se comporta bem pode comer um chocolate. Se tirar uma nota boa, come sobremesa. Se não comer tudo, não pode assistir televisão. Durante a semana não se toma refrigerante; somente no final de semana podemos comer pizza.


As associações punitivas e recompensatórias que fazemos com relação à comida podem fazer com que no futuro a criança tenha uma relação completamente disfuncional em relação ao assunto.


A psicóloga Adriana Manzano, da Clínica Super Healthy, diz que “comida não é presente, comida não é estrelinha no caderno da escola. Comida é energia pra manter a gente em pé e saudável”.


Para a especialista, o uso da comida como ação compensatória criou essa ‘onda’ de que comendo a gente vai ficando feliz ou triste.


Além da psicóloga, podem complementar os temas com a pediatra Natasha Penido, especialista em Obesidade pela Harvard Medical School e a nutricionista Paola Moreira.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Fibromialgia: dor crônica em todo o corpo atinge mais as mulheres.

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2013 07:51:00

Uma dor no corpo todo que, muitas vezes, fica difícil definir se é nos músculos ou nas articulações. Junto, surge um cansaço inexplicável, um sono que não passa, problemas de memória e concentração, ansiedade, formigamentos ou dormências, depressão, dores de cabeça, tontura e alterações intestinais. Esses são alguns dos sintomas de uma doença que, embora muito comum, ainda não é muito conhecida: a fibromialgia. Ela acomete cerca de 4% da população mundial adulta e é até oito vezes mais comum em mulheres, principalmente entre os 30 e 50 anos de vida.
A fibromialgia é uma síndrome clínica que se manifesta, principalmente, com dor no corpo todo. Muitas vezes fica difícil definir se a dor é nos músculos ou nas articulações. Os pacientes costumam dizer que não há nenhum lugar do corpo que não doa. Uma característica de quem sofre com a doença é a grande sensibilidade ao toque e à compressão de pontos nos corpos.
Segundo o neurocirurgião Dr. Paulo Porto de Melo (CRM 94.048), não existe ainda uma causa definida, mas há algumas pistas de porque as pessoas têm Fibromialgia. Os estudos mostram que os pacientes apresentam uma sensibilidade maior à dor do que pessoas sem Fibromialgia. Na verdade, seria como se o cérebro das pessoas com Fibromialgia interpretasse de forma exacerbada os estímulos, ativando todo o sistema nervoso para fazer a pessoa sentir mais dor. A doença também pode aparecer depois de eventos graves, como um trauma físico, psicológico ou mesmo uma infecção grave.
“O mais comum é que o quadro comece com uma dor localizada crônica, que progride para envolver todo o corpo. Hoje, com técnicas de pesquisa que permitem ver o cérebro em funcionamento em tempo real, descobriu-se que pacientes com Fibromialgia realmente estão sentindo a dor que dizem sentir. Mas é uma dor diferente, em que não há lesão no corpo, e, mesmo assim, a pessoa sente dor”, explica o médico formado pela Unifesp, colaborador do Departamento de Neurocirurgia da Universidade de Saint Louis (Missouri- EUA) e introdutor e pioneiro da neurocirurgia robótica no Brasil.
A dor do paciente é real
Mesmo não sabendo a causa exata, algumas situações provocam a piora das dores em quem tem fibromialgia, como excesso de esforço físico, estresse emocional, alguma infecção, exposição ao frio, sono ruim ou trauma. E muitos ainda sofrem com a descrença, até mesmo por parte dos médicos. Muitos ainda não acreditam na Fibromialgia. Isso porque ela é uma doença em que não existe uma lesão dos tecidos – não há inflamação ou degeneração.
Na prática clínica, não há como provar que a pessoa está sentindo dor crônica – a reação corporal é muito diferente do que na dor aguda, afirma Melo. O paciente não está agitado, suando frio, gritando como acontece em um infarto ou uma cólica renal. Na dor crônica, na maioria das vezes a pessoa comunica-se bem e parece calma. “A reação à dor nota-se na presença de depressão, afastamento social, alteração do sono e cansaço. Tudo isso leva algumas pessoas, até mesmo profissionais de saúde, a terem dúvidas se os sintomas são reais ou não”, esclarece o médico.
Para um diagnóstico, o paciente deve procurar um médico que, mediante a história clínica e o exame físico, determinará se existe outra doença causando os sintomas e pesquisará a presença de pontos gatilhos para a dor. Existem 18 pontos (nove de cada lado) que são pressionados pelo médico a fim de determinar se ocorre exacerbação da dor e características definidores da fibromialgia.
Dores frequentes e difusas pelo corpo, não associadas à atividade física ou outras doenças, presentes em período superior a três meses (mostrando que são crônicas) aliadas ou não a sintomas de depressão, ansiedade, distúrbios do sono e intestino irritável são indícios da doença.
Com o diagnóstico firmado (por critérios clínicos) é preciso estabelecer uma linha de tratamento. Como a doença não tem cura, o tratamento almeja a melhoria da qualidade de vida e a reversão dos sintomas associados. Existem quatro frentes que devem ser abordadas conjuntamente:
1- Mudança do estilo de vida (medidas não farmacológicas)
Controle do peso, atividade física regular sob supervisão, alimentação balanceada e psicoterapia destacam-se entre as medidas mais importantes.
2- Tratamentos dos sintomas associados
É fundamental intervir nos sintomas associados à dor, como na depressão e ansiedade, os sintomas intestinais e tratar incisivamente os transtornos do sono.
3- Medicamentos
Existem dois grandes grupos de medicamentos. Aqueles que tratam a dor na hora, mas que não devem ser usados em longo prazo (analgésicos comuns, anti-inflamatórios, opioides) e aqueles que previnem a dor, usados diariamente, mais adequados para o tratamento crônico da doença.
4-Outras medidas
Acupuntura, tratamentos térmicos, fisioterapia analgésica, hidroterapia, etc. O resultado do tratamento é geralmente bastante satisfatório, mas exige muito empenho por parte do paciente e, como em toda doença crônica, traz resultados a médio e longo prazo.
“Embora não exista cura, a Fibromialgia não é uma doença progressiva. Ela nunca é fatal e não causa danos às articulações, aos músculos, ou órgãos internos. Em muitas pessoas ela melhora com o tempo, e há casos nos quais os sintomas retrocedem quase totalmente”, comenta o médico.

Fonte – Dr. Paulo Porto de Melo (CRM 94.048), médico neurocirurgião formado pela UNIFESP, colaborador do Departamento de Neurocirurgia da Universidade de Saint Louis (Missouri- EUA), introdutor e pioneiro da neurocirurgia robótica no Brasil.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Espetáculo musical traz canções consagradas para teatro de Rio Preto

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2013 21:13:00

Peça infantil traz músicas de Toquinho, Marisa Monte e Balão Mágico.
Apresentação será neste domingo (12), a partir das 15h30, no Sesc.


Com a participação de artistas de várias companhias de teatro, o espetáculo musical “Azul Cor-de-rosa Com Sabor de Chocolate” conta com canções de compositores e intérpretes já consagrados elaborados para as crianças. A peça será apresentada neste domingo (12), às 15h30, no teatro do Sesc de São José do Rio Preto (SP), com entrada franca.

O espetáculo traz canções de Toquinho, Palavra Cantada, Marisa Monte, Saltimbancos, Balão Mágico, Adriana Calcanhoto e finaliza com “Azul Cor-de-rosa Com Sabor de Chocolate”, canção que dá nome ao projeto e foi composta por Filipe Murbak.

Em maio, as peças teatrais infantis apresentadas no Sesc têm como fio condutor a musicalidade. Ao todo, serão apresentados dois novos espetáculos da Cia. Ópera na Mala, além de apresentações da Digna Cia. e da Cia. Cabelo de Maria.

Apesar de serem gratuitos, os espetáculos são limitados à capacidade do teatro do Sesc. Sendo assim, os ingressos começam a ser distribuídos às 14h30 na Central de Atendimento.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Brasília: Campanha Teatro Acessível realiza espetáculos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2013 21:11:00

Um espetáculo totalmente acessível levou a secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (SCDC/MinC), Márcia Rollemberg, e alunos de escolas públicas do Distrito Federal ao teatro na tarde desta sexta-feira (10). Eles prestigiaram o espetáculo Um Amigo Diferente? que simboliza a Campanha Teatro Acessível. Arte, Prazer e Direitos.

A campanha pelo teatro acessível é realizada pela ONG Escola de Gente e tem como objetivo mobilizar governo e sociedade civil para o cumprimento das leis de acessibilidade em toda e qualquer iniciativa cultural. A peça é uma adaptação do livro homônimo da jornalista Claudia Werneck, fundadora da ONG Escola de Gente.

Márcia Rollemberg reafirmou a importância de trabalhar em prol de políticas públicas de acessibilidade no MinC. "Pretendemos compor uma rede de pessoas que já trabalham nesta área para que a gente fortaleça esta pauta no país, insira o tema nos planos municipais e estaduais de Cultura e estabeleça orçamento e a rubrica da Acessibilidade", afirmou.

Os alunos que trocaram a sala de aula pelo teatro gostaram da história de Lucas, o protagonista que era tido como uma pessoa "diferente". A acessibilidade fez toda a diferença para Jessé Cardoso (foto à direita), estudante do CEF 15 de Ceilândia que tem deficiência visual. "Nunca tinha ido a uma peça assim. Vir aqui hoje e ver esta peça foi quase como se fosse realidade, parecia uma história mais real que as outras".

Uma peça divertida e acessível

Antes de entrar na sala de teatro, as crianças recebem um fone de ouvido. Por meio dele, é feita a audiodescrição da peça e assim é possível entender tudo o que acontece em cena, mesmo quando nada é falado. Caretas, gestos, a dança, a música e as roupas dos personagens, por exemplo, são descritos com riqueza de detalhes.

Sobre os assentos, um folder com pontinhos altos. É o programa da peça em braile. Com ela, a criança cega pode ler o que está escrito. Para dar boas-vindas aos espectadores, Claudia Werneck explica às crianças todos os recursos de que o espetáculo dispõe.

Além disso, uma TV no palco mostra tudo o que é falado. Para crianças surdas que não conhecem ou não usam libras. No outro canto do palco, auxiliares se revezam apresentando a peça em libras, linguagem usada pelos deficientes auditivos. Quem não ouve pode acompanhar toda a história.

Neste sábado (11), a partir das 9h, crianças de todas as idades poderão participar da Oficina Teatro Acessível. É no Teatro do Brasil 21 Cultural, com entrada franca.

Fonte: Ministério da Cultura

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

16ª Feira do Estudante – Expo CIEE 2013

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2013 09:44:00

LOUNGE DE INTERCÂMBIO NA EXPO CIEE 2013

A 16ª Feira do Estudante – Expo CIEE 2013 terá, pela primeira vez, um espaço destinado exclusivamente a informações sobre intercâmbio para estudo, estágio e trabalho voluntário no exterior. O lounge tem o apoio do British Council e da Brazilian Educational & Language Travel Association (Belta). Os organizadores aguardam 60 mil visitantes nos três dias de evento, repetindo o sucesso da edição 2012. O evento é gratuito e será realizado nos dias 17, 18 e 19 de maio, das 10h às 20h na sexta-feira e no sábado e das 10h às 18h no domingo, para jovens que procuram informações sobre o mercado de trabalho e vagas de estágio. A Expo será realizada no Pavilhão da Bienal (Parque do Ibirapuera), na capital paulista. Inscrições antecipadas facilitarão o acesso dos visitantes à feira e podem ser feitas no site www.ciee.org.br .

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Projeto John Lennon Educational Tour Bus vai percorrer a Inglaterra

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2013 09:36:00

“Este é um projeto que John Lennon adoraria”.

Yoko Ono Lennon


O projeto social não-lucrativo John Lennon Educational Tour Bus inicia 2013 com uma turnê pela Europa, a partir de Liverpool. Criado pela viúva de Lennon, o ônibus é dedicado a jovens em busca de oportunidades para produzir uma música, vídeo, foto, app de jogos ou projetos de transmissão dentro de um estúdio de gravação móvel. A única exigência é que sejam originais. Este programa inovador conta com o apoio de companhias como Montblanc, Apple e Sony que contribuem com equipamentos de última geração e recursos financeiros, movidos pelo compromisso com a arte, a cultura e a educação.

Além de convidados especiais, Yoko também esteve presente no Museu de Liverpool, no dia 8 de maio, para o lançamento da turnê europeia do John Lennon Educational Tour Bus. O evento foi transmitido ao vivo para boa parte do mundo.

“O ônibus educacional é um enorme sucesso nos Estados Unidos. Mas John sentiria uma emoção a mais com este lançamento na Europa, começando por Liverpool, sua cidade natal” – Yoko Ono Lennon.

Este veículo incomum irá percorrer a Inglaterra e outras capitais europeias. Em junho, porém, estará estacionado em South Bank, centro de Londres, durante o Meltdown Festival, que tem curadoria de Yoko.

“Estou muito emocionada em levar o Educational Tour Bus para Meltdown. Todas as crianças que são interessadas em fazer música e aprender como usar instrumentos em um estúdio de gravação devem visitar o ônibus e aproveitar este presente!”, diz Yoko Ono Lennon.

Os planos para a turnê europeia do Lennon Bus tiveram início há 16 anos, quando o primeiro Lennon Bus ganhou a estrada nos Estados Unidos. Yoko desenvolveu o projeto com Brian Rothschild e o lendário gerente musical David Sonenberg para proporcionar aos jovens o acesso a estúdios de gravação de última geração, como uma forma de inspirá-los na criação de projetos originais que refletissem as suas ideias, valores e criatividade.

Assim como o primeiro Lennon Bus, o ônibus europeu abriga uma equipe de três engenheiros produtores e incluirá paradas em escolas, faculdades e festivais. Estão previstos três workshops gratuitos para que os jovens possam produzir canções originais, gravar os audios e os videos de divulgação com qualidade profissional, em equipamentos Apple, Sony, Avid, violões e guitarras Gibson, Epiphone Litepanels, Roland, Genelec, Neutrik, Thomann, SSL, Audio-Technica, NewTek, Todocast por Globecomm, e mais – tudo em um só dia!

Nos Estados Unidos, o Lennon Bus também tem uma história ilustre na produção de hits, com singles de The Black Eyed Peas e Fergie gravados a bordo. Continuando esta tradição, a edição europeia convidará artistas de renome para participar, como mentores dos estudantes, e utilizar as facilidades de gravação do ônibus durante a turnê. As novidades introduzidas no ônibus incluem dois ambientes de estúdios, câmaras de video robóticas, portas de vidro comutáveis que mudam de claro para o opaco, para maior privacidade, tela verde Reflecmedia, sistema de trilha Sky Manfrotto para as luzes suspensas, câmeras e microfones, e um novo nível superior, o “Peace Deck” criado para a realização de entrevistas, música ao vivo, DJs e bandas.

Lennon Bus Europe é um veículo único, desenhado pela Ketterer Truck Company, com estúdio integrado proporcionado pela Sony Professional Solutions Europe. O ambiente interior é assinado pelo designer Tom Junglas. O engenheiro chefe do Lennon Bus, Jeff Sobel, acompanhou de perto cada detalhe da produção para garantir o melhor para estudantes e profissionais da música.

A agenda da turnê Reino Unido & Europa e o mapa interativo pode ser encontrado em www.lennonbus.org, onde os visitantes também podem ver todo o conteúdo que será criado a bordo. As próximas paradas do Lennon Bus estão previstas para China e Japão.

Sobre o John Lennon Educational Tour Bus

John Lennon Educational Tour Bus é um projeto sem fins lucrativos que proporciona a mais alta qualidade tecnológica para que estudantes de todas as idades possam experimentar a gravação profissional de áudio e vídeo HD. Após 16 anos percorrendo os Estados Unidos, o novo Lennon Bus for Europe se caracteriza pela tecnologia mais atual em áudio, vídeo, equipamentos e produtos. O conceito começou como um desdobramento do John Lennon Songwriting Contest, concurso de música que proporcionava oportunidades para cantores profissionais e amadores ao redor do mundo.

O ônibus viajará o Reino Unido e a Europa durante um ano, proporcionando visitas e workshops gratuitos aos jovens em escolas e festivais com a presença de artistas renomados.

Lennon Bus Europe é patrocinado por Apple, Montblanc, Sony, Avid, True Religion, Neutrik, Thomann, Gibson Guitars, Epiphone, Baker & McKenzie, Genelec, NewTek, TodoCast by Globecomm, Vox Amps, Mobile Roadie, Audio-Technica, Roland, JamHub, SSL, Sonicbids, Genelec, Litepanels, Manfrotto, Clear-Com, AJA, Anton/Bauer, Copperpeace, Applied Acoustics Systems, McDSP, Native Instruments, IK Multimedia, Noise Industries, iZotope, Slingerland Drums e Mad Mimi.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Emma Thomas apresenta “O peso, o tempo” de Lucas Simões e fotografias do projeto “Mulheres Centrais” do Coletivo Garapa

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/04/2013 22:53:00

São Paulo, março de 2013 – No dia 18 de abril, às 19h, a Emma Thomas promove a abertura da exposição “O peso, o tempo”, terceira individual do artista Lucas Simões, que apresenta trabalhos resultantes de suas novas pesquisas envolvendo diferentes volumes, texturas e materiais inusitados. No espaço anexo, o Coletivo Garapa expõe algumas obras relacionadas ao recém-lançado livro Mulheres Centrais, projeto desenvolvido pelo coletivo e a jornalista Sabrina Duran, em 2010. A exposição fica em cartaz até 29 de maio.

No espaço expositivo da galeria, o artista plástico Lucas Simões apresenta duas séries de novos trabalhos. Na série ”Provável Horizonte” são apresentados objetos de memória tátil cotidiana, replicados em topografias subjetivas, maquetes de horizontes de refúgio, que buscam recriar em simulacros abstratos a potência de interiorização da paisagem natural construídas aqui de cimento e papel.

Em outra série intitulada “Continentes” a matéria prima utilizada é a fotografia pessoal anônima. Pilhas de fotografias são encaradas como continentes de memória, ou trabalhadas poeticamente pelo artista através de intervenções como a de diluição de fotografias em parafina.

De acordo com Lucas, uma frase do artista Nuno Ramos explica um pouco sobre o propósito dessas novas investigações do artista: “é preciso devolver aos objetos fabricados e de uso comum a autonomia do que não tem autor e nem utilidade nenhuma” (Cujo, 1993 - Editora 34).

Para Juliana Freire, sócia da galeria Emma Thomas, através destas ações Lucas consegue afastar o espectador do conforto habitual; já que as peças de cimento são extremamente semelhantes às feitas de plástico ou isopor. “Ao reproduzir em matéria pesada e densa estes objetos, eles deixam de ser efêmeros e passam a ser observados como formas de sensações em potencial, como se estivessem paralisadas no tempo’’, explica.

Coletivo Garapa Mulheres Centrais
Já no espaço anexo da galeria, o Coletivo Garapa expõe obras que são um registro das personagens retratadas no projeto Mulheres Centrais, que fala sobre a vida de 10 mulheres que vivem ou trabalham no centro da capital paulista. Em 2010, o coletivo, em parceria com a jornalista Sabrina Duran, entrevistou uma cantora lírica, uma stripper, uma escritora, uma florista e decoradora, uma artista plástica, uma ex-modelo e atual segurança, uma cozinheira de comida japonesa, uma fotógrafa, uma gerente de bar-confraria e uma ex-designer e atual mãe, tendo o cerne de suas vidas apresentado em uma exposição no Instituto Cervantes.

Na Galeria Emma Thomas, essas obras estarão expostas e o público poderá adquirir as obras a partir do preço inicial de custo. São obras com diversos valores, R$ 350, R$ 250 e R$ 150, e cada comprador poderá (ou não) adicionar valores a cada uma das peças. Desse modo, é o público que define o preço final de cada fotografia exposta. Além disso, no dia 27 de abril, das 15 às 18h, o coletivo promove uma tarde de autógrafos do livro, que estará a venda por R$60,00.

Lucas Simões
Formado em Arquitetura e urbanismo pela PUC Campinas e Politecnico di Milano (Itália), reúne qualidades técnicas muito diversas em cada nova pesquisa. Em seus trabalhos situa o seu fazer artístico ainda dentro da área de arquitetura. Neles as duas práticas se atravessam e borram seus contornos. Trabalha com intervenções em objetos e imagens através de cortes, queimaduras e relevos, subvertendo assim seus significados.

Trabalhando com volumes e ritmos não se restringe a um único suporte, e nisso pode-se notar a importância da materialidade do material adotado em cada experimento. Trabalha com fotografia, mapas, livros, concreto, silicone, resina, acrílico, etc.
Tem participado de várias exposições, das quais se destacam: Vencedor do Grande Prêmio do Salão de pequenos formatos da Amazônia – UNAMA, Belém do Pará, em 2010; Salão de Arte Contemporânea de Ribeirão Preto, no MARP – Museu de Arte de Ribeirão Preto, em 2010; Tem trabalhos presentes nas coleções do MAC-USP e do Itaú Cultural.

Coletivo Garapa
A Garapa foi fundada em 2008 pelos jornalistas e fotógrafos Leo Caobelli, Paulo Fehlauer e Rodrigo Marcondes. Atualmente conta com o fotógrafo Eduardo Ducho na equipe, além de uma extensa rede de parceiros e colaboradores. Essencialmente é um espaço de criação coletiva, que tem como objetivo produzir narrativas visuais, integrando múltiplos formatos e linguagens, pensando a imagem e a linguagem documental como campos híbridos de atuação. Desenvolvem projetos para ambientes distintos: da fotografia estática à interação multiplataforma, do vídeo à instalação site specific. Além de produzirem e dirigirem filmes institucionais, publicitários e documentários; e desenvolverem plataformas multimídia, ensaios fotográficos e exposições. Estão baseados na Casa de Cultura Digital, em São Paulo.

Sobre a galeria Emma Thomas
A galeria Emma Thomas, das sócias Flaviana Bernardo e Juliana Freire, foi inaugurada em 2006 com o intuito de democratizar a arte contemporânea, modificando e adaptando as práticas do mercado a fim de aproximar a produção artística do público em geral. A galeria representa cerca de 14 artistas da nova geração e em maio de 2012, ganhou o Prêmio de Melhor Galeria Jovem em Buenos Aires. Além das mostras, projetos e feiras nacionais e internacionais, o novo programa da Emma Thomas promove o livre intercâmbio do conhecimento e do questionamento cultural. Desde outubro de 2012, a galeria está em novo endereço no bairro dos Jardins e passa a contar com a empresária Mônica Martins como nova sócia.

“O peso, o tempo”, de Lucas Simões @ Galeria Emma Thomas
Abertura: 18 de abril, das 19h às 22h
Período expositivo: 19 de abril a 29 de maio
Rua Estados Unidos, 2205, Jardins – São Paulo
contato@emmathomas.com.br
www.emmathomas.com.br
De segunda-feira a sexta-feira, das 11h às 19h; sábados das 11h às 17h
Entrada gratuita/ Livre

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro-musical sobre rei Davi é transformado em espetáculo

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/04/2013 22:50:00

Apresentação ocorrerá na Universidade Presbiteriana Mackenzie, no dia 27



Davi - o Rei Musical, livro com CD que faz parte da Coleção Educação Musical lançado pela Editora Luz e Vida, vai ganhar um espetáculo, que será apresentado dia 27 de abril, em São Paulo. A peça homônima, que mistura teatro e música, ocorrerá às 19h30, no auditório da Universidade Presbiteriana Mackenzie, e a entrada é um kit de higiene pessoal, que será doado aos dependentes químicos.

Indicado para o terceiro ano do Ensino Fundamental (para criança até 10 anos), o livro-musical conta em seu repertório de canções adaptadas sobre a história do Rei Davi, salmos e playbacks, para que os professores possam trabalhar o conteúdo em sala de aula. O livro também apresenta atividades para coordenação motora e desenvolvimento intelectual. “O objetivo é apresentar às crianças a importância da música e do louvor, através da história do Rei Davi, de maneira bastante alegre e descontraída”, ressalta a autora da obra e do espetáculo, a professora Roseli Rosário Pimenta.

O espetáculo será apresentado pelo grupo musical composto por professores, cantores juvenis e solistas da Escola de Música Gálatas, de São Paulo. A peça terá ainda a participação de dois corais: um infanto-juvenil, formado por crianças de 6 a 13 anos da Escola de Música Gálatas, Igreja Metodista Livre do Brasil de Rudge Ramos, Igreja Metodista Livre do Brasil de Baeta Neves e Comunidade Evangélica Família. O outro coral é composto por adultos.

Na parte teatral, haverá apresentação da Turminha Querubim - grupo de teatro da Editora Luz e Vida. “Será uma opereta, em que não somente os coros, mas também os solistas interpretam os personagens Davi e Golias, cantando músicas de grandes compositores da história da música, com letras adaptadas ao contexto histórico. Curiosidades sobre o mundo sonoro-musical também fazem parte dos diálogos dos personagens da Turminha Querubim”, informa a professora Roseli. A peça tem duração de 60 minutos e para mais informações, basta acessar o site www.luzevida.com.br/social/teatro ou fazer contato pelo telefone (41) 2169-2244.



Sobre a Luz e Vida: Criada em 1954, a Luz e Vida é uma empresa sem fins lucrativos, que tem a finalidade de produzir material de qualidade, atuando na divulgação dos valores sociais universais. Há quase 60 anos no mercado, mantém-se fiel à sua missão de levar ao cliente produtos de qualidade que levam mensagens cristãs de amor, bondade e edificação – o que a torna reconhecida como uma das mais importantes editoras do setor. O principal destaque da empresa é a linha do personagem Smilingüido, produzida desde 1989, que ao longo do tempo ganhou uma divertida turma de amigos e conquistou crianças e adultos, no Brasil e no exterior.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

House Beach 2013 - E-music à beira mar

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/04/2013 22:43:00

Balneário Camboriú, litoral norte de Santa Catarina, vai ser palco da sexta edição do House Beach. Assinado por nomes como Green Valley e DjCom, o weekend party que já virou a tradicional despedida do verão no sul do país terá três dias e contará com 16 atrações divididas em cinco festas.



House Beach, o weekend party mais charmosos do litoral brasileiro, vai acontecer no próximo final de semana, dias 12, 13 e 14 de abril no Infinity Blue, um paradisíaco resort na praia dos Amores em Balneário Camboriú, litoral norte de Santa Catarina. Ao todo serão cinco festas incluindo a pool party, que é sempre um show a parte, quando as beldades de todo o Brasil brindam o ultimo calorzinho do outono na piscina do resort.

Já o line up é um show a parte. Para animar as festas que acontecerão na sexta-feira fim do dia - nas boas-vindas dos hóspedes - , e a noite, no sábado a tarde e a noite e no domingo pela manhã, já estão confirmados nomes como Christian Luke, Miss Nine, Chris Lake e Norman Doray.

Ainda há ingressos avulsos para as festas, e também os pacotes de hospedagem limitados, à venda.



Serviço:

O que: House Beach 2013

Quando: 12, 13 e 14 de abril de 2013 (Cinco festas)

Onde: Infinity Blue – Balneário Camboriu / SC



Festas:



Sexta-feira / 12 de abril

Welcome Sunset – 16horas

Marco Tomelim e Rodrigo Kost

White Party – 23h

Rafael Ferreira / Andre Sarate / Chris Lake (UNK)/ Mario Fischetti



Sábado / 13 de abril

Pool Party – 14h

Amanda Chang / Diego Moura / Miss Nine (ALE) / Hands Up

Saturday Gathering

Rodrigo Vieira / Norman Doray (FRA) / Christian Luke (AUS)



Domingo 14 de abril (festa exclusiva para hospedes)

Guest Party – 8h

Daniel Kuhnen / Dekko



Informações: www.greenvalley.art.br / facebook.com/housebeachsc / 47.3360.8097

Ingressos: www.ingressonacional.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Alunos e professores de aviação de SC poderão realizar intercâmbio nos EUA

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/04/2013 22:39:00

Acordo do SENAI com escola da Flórida é um dos resultados da participação em feira do setor na Flórida, da qual participam também as primeiras indústrias catarinenses de aviação

Florianópolis, 11.4.2013 - Alunos e professores de aviação do SENAI em Santa Catarina poderão realizar intercâmbio com a Central Florida Aerospace Academy (CFAA), escola especializada no setor, localizada em Lakeland, na Flórida-EUA. As tratativas para o acordo de cooperação entre as duas instituições foram iniciadas nesta semana, com a visita do presidente do Sistema FIESC, Glauco José Côrte, e diretores do SENAI à CFAA. Este é um dos primeiros resultados práticos da participação catarinense na Sun'n Fun, a segunda mais importante feira de aviação do planeta. Além disso, a Wega Aircraft, de Palhoça, que está expondo aviões na feira, fechou parceria com uma representação comercial local para a venda de aeronaves no mercado americano.

Localizada no campus da Sun'n Fun e do Aeroporto de Lakeland, a CFAA mantém 250 estudantes em cursos de nível médio e técnico. A instituição possui similaridade com o SENAI, pois integra uma rede de educação profissional, que, em outros campi atende outros setores da economia. As duas entidades também poderão desenvolver cursos em parceria, na modalidade a distância.

Além das negociações para a formação profissional, a participação catarinense na feira está atraindo a atenção da mídia especializada e do público que visita o evento, principalmente pelo fato de os dois aviões Wega 180 que estão expostos terem se deslocado numa viagem de mais de 7,5 mil quilômetros. Foi uma verdadeira aventura para monomotores, com capacidade para dois lugares. O proprietário da Wega, Jocelito Wildner, está confiante em bons negócios e faz planos de ampliar a produção dos kits (o modelo é experimental e os proprietários montam as aeronaves), devido ao acordo firmado com a representação comercial americana. "As perspectivas são de muitos negócios", afirma.

O presidente do Sistema FIESC concorda com as boas perspectivas abertas pelo setor aeronáutico catarinense com a participação na Sun'n Fun. "O Wega está fazendo muito sucesso. O projeto da Novaer também foi apresentado. Apresentamos à imprensa a estrutura do parque industrial do Estado", salienta Côrte. "A presença da FIESC está abrindo novo mercado para produtos catarinenses da aviação. Estamos recebendo muitas visitas no estande da FIESC e da Apex-Brasil, que apoia o programa da aviação, junto com o governo do Estado. Estamos realmente abrindo um novo caminho importante para a economia de Santa Catarina", acrescentou.

Além de Côrte, a missão catarinense é composta pelos presidentes da SC Par, Paulo César da Costa, e da Fapesc, Sérgio Gargioni, além de outros diretores do Sistema FIESC, como o coordenador do Comitê da FIESC para o Desenvolvimento da Indústria Aeronáutica, César Olsen. Também participam executivos da Wega Aircraftde Palhoça, e da Novaer Craft, que planeja se instalar em Lages, para também produzir aviões.

Além de visitar a feira e a CFAA, a missão catarinense visitou a Piper Aircraft, que, juntamente com a Beechcraft e a Cessna, integra o trio das grandes fabricantes americanas de aviões de uso geral. Fundada em 1927, a Piper já produziu em torno de 150 mil aeronaves, de 160 modelos diferentes.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Hérnia de Disco: Causas e Tratamento.

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/04/2013 10:01:00

Inicialmente pode parecer só uma dor nas costas comum, mas, com o tempo, sintomas como dores no braço, na perna, formigamento nos pés e/ou nas mãos, dormência nos braços e/ou nas pernas, diminuição de força e atrofia de musculatura, passam a incomodar e até a limitar os movimentos em tarefas rotineiras. São os sinais da Hérnia de Disco, doença degenerativa da coluna vertebral, que, na maioria dos casos, não tem resultado com tratamentos simples e a intervenção cirúrgica torna-se a única saída para controlar a doença.
A hérnia pode acometer qualquer parte da coluna, mas é mais frequente na região lombar, perto da linha da cintura, do que na área cervical - a nuca. O disco, localizado entre uma vértebra e outra, funciona como um amortecedor. Por dentro, na parte chamada núcleo, ele é gelatinoso. E por fora, no anel, é duro e resistente. “A hérnia ocorre quando essa espécie de geleia que recheia o disco escoa através de fissuras no anel, provocadas por um trauma, por esportes de alto impacto ou até mesmo pelo envelhecimento. Esvaziado, o disco sai de posição e comprime os nervos, disparando a dor”, explica o médico neurocirurgião Paulo Porto de Melo (CRM 94.048), formado pela UNIFESP, colaborador do Departamento de Neurocirurgia de Saint Louis (Missouri- EUA) e introdutor e pioneiro da neurocirurgia robótica no Brasil.
Entre as principais Hérnias Discais estão as cervicais e as lombares.
•Hérnia de Disco Lombar
Pode se apresentar como lombalgia, quando só dói o nervo; ciatalgia, que irradia para as pernas pelo nervo ciático e lombociatalgia, que causa dor nos nervos e nas pernas. Muitas pessoas podem ter hérnias, mas não sentir os sintomas dolorosos. Na maioria das vezes, analgésicos, anti-inflamatórios, relaxantes musculares e fisioterapia resolve a questão. “No entanto, uma vez vitimado por uma crise, o paciente pode voltar a ter outras, uma vez que este disco não está mais normal. Isso acaba afetando a capacidade da pessoa de exercer algumas de suas funções e restringindo seus movimentos”, explica o neurocirurgião.
Como é o tratamento?
Para lidar com esta nova dinâmica da coluna vertebral, o ideal é sempre procurar apoio médico. Atualmente existem várias opções de tratamento para hérnias discais. Desde tratamentos conservadores, fisioterapia, acupuntura, medicação até tratamentos mais invasivos. “Quando falamos de tratamentos mais invasivos, há uma ampla gama disponível. Desde procedimentos percutâneos, isto é, que não há necessidade de fazer um corte na pele para resolver a situação, em que o paciente tem alta no mesmo dia da internação, até procedimentos maiores, que estão se tornando cada vez menos invasivos”, diz o especialista.
Através da cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral é possível resolver situações extremamente complexas da coluna (hérnias, fraturas, deslocamentos, estreitamentos, etc) através de pequenos portais, reduzindo o trauma cirúrgico, a permanência intra-hospitalar, a dor pós-operatória e o período até a plena reintegração às atividades pré-operatórias.
•Hérnia de Disco Cervical
A hérnia discal cervical tem sua origem idêntica à lombar, ou seja, uma ruptura no ânulo fibroso (camada externa do disco) leva ao extravasamento do conteúdo discal (núcleo pulposo). “A sintomatologia, no entanto, pode ser diferente. Isto se deve ao fato de existir na coluna cervical a medula. Quando a hérnia acontece na altura da coluna vertebral cervical, a diferença maior é que os sintomas afetam membros superiores”, explica Melo. A pessoa pode ter dor na escápula (região posterior), na região axilar, perto do trapézio ou extremo do ombro, irradiando pelos braços e podendo afetar até os dedos.
Como é o tratamento?
Na maior parte das vezes o tratamento conservador resolverá o problema dentro de alguns dias. Mesmo após a resolução dos sintomas, faz-se necessário um acompanhamento regular para avaliar se os outros discos, sobrecarregados pela falência do disco doente, não vão também apresentar problemas. Segundo o Dr. Paulo Porto de Melo, se houver déficit motor ou alteração no controle dos esfíncteres, há indicação de cirurgia em caráter de urgência para que sequelas sejam evitadas. Casos aonde o tratamento conservador não consiga resolver a sintomatologia também são indicados, classicamente, ao tratamento cirúrgico.
O tratamento conservador é realizado com auxílio de medicamentos anti-inflamatórios, corticóides, relaxantes musculares, analgésicos, acupuntura e fisioterapia. Já o tratamento cirúrgico possui inúmeras alternativas, envolvendo desde tratamentos percutâneos (através de um pequeno furo na pele, de aproximadamente 0,5mm de diâmetro) até os tratamentos convencionais, passando pelas cirurgias minimamente invasivas. “Atualmente pacientes jovens são tratados com a filosofia de restaurar a coluna à sua situação normal, ideal. Isto fez com que fossem desenvolvidas próteses discais que não necessitam ser trocadas, e que fornecem à coluna cervical a possibilidade de manter a sua mobilidade”, diz o médico.

Fonte - Paulo Porto de Melo (CRM 94.048), médico neurocirurgião formado pela UNIFESP e Colaborador do Departamento de Neurocirurgia de Saint Louis (Missouri- EUA), introdutor e pioneiro da neurocirurgia robótica no Brasil.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Tratamentos para evitar a pele áspera no frio.

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/04/2013 10:00:00

O vento forte, a poluição, o frio, o ar seco e as mudanças bruscas de temperatura são apenas alguns dos fatores que dificultam a hidratação da pele, deixando-a com uma aparência opaca, áspera e sem viço. Isso acontece porque, em temperaturas baixas, há uma diminuição da transpiração e uma menor umidade do ar, levando a uma menor hidratação natural da pele. Além disso, nesta época, é comum se tomar banhos mais quentes, que retiram a oleosidade natural de forma mais intensa, diminuindo o manto lipídico que retém a umidade da pele. “Não é só uma questão estética. A pele desidratada pode ter sua função de proteção comprometida, ganhar aspecto envelhecido, sem elasticidade e com tendência à descamação. Além da pele ressecada ser mais frágil e sujeita a irritações”, explica a fisioterapeuta Mariana Moraes, do Zahra Spa & Estética.
No entanto, tratamentos simples e rápidos podem fazer uma grande diferença. Confira algumas dicas da especialista:
Limpeza de Pele
Uma boa limpeza, além de recuperar o brilho e a viscosidade, pode deixar a pele livre de diversas impurezas produzidas pelas glândulas sebáceas e que a derme não conseguiu expelir, tais como espinhas, cravos e miliuns (bolinhas de sebo sob a pele).
A limpeza de pele é ideal para se fazer antes de qualquer outro tratamento estético facial mais profundo. A técnica utilizada baseia-se no biotipo cutâneo, de acordo com as características individuais. “Deve-se observar a ficha de avaliação prévia do cliente para selecionar os cosméticos adequados e definir a prioridade na limpeza de pele, como extração de lesões acneicas, por exemplo”, diz Mariana Moraes.
Hidratação Facial
Indicado para peles desidratadas, desvitalizadas, opacas, desnutridas ou envelhecidas por fatores biológicos e cronológicos, o tratamento com hidratação profunda inicia-se com a higienização do rosto e esfoliação da pele para remoção de células mortas. Depois é utilizada a técnica de drenagem facial com pedras frias para proporcionar total permeabilidade do produto pelas células. Em seguida é realizada a aplicação da máscara hidratante nutritiva, vitamina C e finalização com filtro solar. “O resultado é uma hidratação intensa, estabilização da umidade e a restauração do ponto de equilíbrio ideal, devolvendo a flexibilidade e elasticidade da pele”, explica.
Hidratação Corporal
“Geralmente as pessoas focam no rosto, mas a pele do corpo também precisa ser hidratada”, ressalta a fisioterapeuta. Para isso, essa técnica restabelece a hidratação corporal e promover a beleza e suavidade da pele, evitando o envelhecimento precoce, formação de estrias e a flacidez da pele. É realizada por meio da esfoliação, hidratação com massagem relaxante-revigorante e finalizada com a manta térmica. Dentre os inúmeros benefícios, ela ajuda a combater a celulite; previne formação de estrias; ajuda a uniformizar a tonalidade da pele tirando manchas e melhora a circulação sanguínea.
Hidratação Ouro 24K
Mariana Moraes explica que esse tipo de tratamento tem resultados mais amplos e profundos. Ele age nos canais da uréia, regenerando e dando luminosidade ao tecido. As partículas de ouro trabalham na síntese do colágeno e da elastina, fornecendo maior hidratação ao tecido. A hidratação protege a pele sensível, melhora o tônus, a textura da pele, escondem as imperfeições e ajuda na produção de colágeno.


Fonte- Mariana Moraes, fisioterapeuta do Zahra Spa & Estética

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Descubra as vantagens e desvantagens de interromper a menstruação

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/04/2013 09:59:00

Dores pelo corpo, inchaço, desconfortos, cólicas e alteração no humor são apenas alguns dos indesejados sintomas que a menstruação pode proporcionar mensalmente as mulheres. Por causa desses incômodos, cada vez mais mulheres estão optando por adotar métodos para interromper a menstruação. A ideia de cessar o ciclo menstrual é um assunto que rende debates, seja com as amigas ou entre os médicos, já que a menstruação exerce a importante função de preparar o corpo da mulher para engravidar, além de ser um sinal de que o organismo está saudável.
De acordo com a ginecologista e obstetra Dra. Erica Mantelli (CRM-124.315), o primeiro passo de quem deseja parar de menstruar é procurar o ginecologista. A maioria dos métodos para interromper a menstruação pode provocar algum efeito colateral já que a falta dos hormônios femininos altera as funções do organismo e pode gerar danos à saúde como aumento de peso, retenção de líquido, entre outros.
“A mulher precisa passar por uma avaliação para o médico verificar se ela apresenta sintomas intensos de TPM (Tensão Pré-menstrual) que prejudiquem seu dia a dia. Existem algumas doenças que também se beneficiam com a suspensão da menstruação, porém essa decisão deve ser feita juntamente com o médico. Infelizmente muitas mulheres emendam uma cartela na outra ou tomam remédios sem orientação médica e podem apresentar graves problemas de saúde”, explica.
Qual método posso usar?
A ginecologista Erica Mantelli revela quais são os métodos mais utilizados pelas mulheres para suspender a menstruação. Veja se eles realmente funcionam.
Injeção de progesterona
Após três meses utilizando o método, 60% das mulheres têm a menstruação suspensa. “Essa injeção contém uma grande quantidade de progesterona, que fica depositada no organismo, sendo liberada em pequenas doses diárias”, diz a ginecologista.
Vantagens: Diminui a irritabilidade e agressividade. São muito úteis no tratamento de doenças crônicas que pioram durante a menstruação.
Desvantagens: Aumento de peso significativo e diminuição da libido.
Implante subcutâneo
É um pequeno bastão semi-rígido contendo hormônio que é liberado diariamente em pequenas doses. Sua inserção é feita no braço e a validade é de três anos.
Vantagens: O implante consegue interromper a menstruação e também melhora os sintomas da TPM e endometriose.
Desvantagens: Pode causar sangramentos indesejados e irregulares.
Diu hormonal
O dispositivo intrauterino libera diariamente uma pequena dose de hormônio, durante cinco anos.
Vantagens: Pode provocar amenorréia (interrupção da menstruação), diminuindo as dores da endometriose e das cólicas menstruais.
Desvantagens: Pode Provocar sangramentos irregulares.
Pílula de uso contínuo
São pílulas que contém a mesma dose de hormônio e são tomadas sem pausa. “Caso a mulher tome a pílula de três a cinco meses, sem pausa, ela pode vir a sofrer sangramentos irregulares, além de outros sintomas como dor de cabeça, retenção hídrica e, em alguns casos, hipertensão”, esclarece a Dra. Erica Mantelli.
Vantagens: Podem ser usadas por mulheres que estão amamentando, pois não interrompe a lactação.
Desvantagens: Pode não bloquear totalmente a ovulação e por isso a eficácia como anticoncepcional pode ficar prejudicada em mulheres que não estão amamentando.
Análogo Hormonal
É uma substância injetada por especialista, mensalmente, por via intramuscular ou subcutânea. Atua inibindo a produção dos hormônios pelos ovários. “Esse método é utilizado nos casos em que é aconselhável o bloqueio do ciclo menstrual. Na endometriose e na puberdade precoce, por exemplo, ou em mulheres com miomas ou doenças crônicas”, indica a ginecologista.
Vantagens: Consegue interromper a menstruação na maioria dos casos.
Desvantagens: A queda dos níveis hormonais pode desencadear os sintomas da menopausa, como calor, aumento de peso, redução da libido e da massa óssea. Não deve ser usado por mais de seis meses.
Menstruar ou não?
Interromper os ciclos menstruais mensais pode reduzir o risco de surgimento de endometriose, miomas uterinos, cistos de ovário, infertilidade causada por obstrução das tubas uterinas, câncer de mama, útero e ovário, além de amenizar as cólicas e auxiliar no combate à anemia e à tensão pré-menstrual.
Para muitas mulheres a menstruação mensal também é sinal de perfeito funcionamento do seu organismo e muitas mulheres ficam preocupadas com uso constante de medicamentos causar infertilidade. “Geralmente os métodos hormonais não causam infertilidade permanente. As mulheres que fazem uso de medicamentos para suspender a menstruação devem fazem um acompanhamento criterioso com seu ginecologista, para verificar as alterações indesejadas e controlar as taxas hormonais” alerta a médica.
Vale lembrar que esses tratamentos não são aconselhados para as mulheres fumantes, que têm problemas na tireóide ou que já tiveram trombose. Independente do tipo de medicamento escolhido para suspender a menstruação, todos contém hormônios que só devem ser utilizados com indicação médica, pois podem aumentar o risco de infarto, trombose, derrame e alguns tipos de câncer.



Fonte- Ginecologista e Obstetra Dra. Erica Mantelli (CRM 124.315)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Varizes na Gravidez: O melhor tratamento é a prevenção

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/04/2013 09:58:00

Em meio a tantas mudanças físicas e alterações hormonais da gravidez, algumas das futuras mamães ainda têm que enfrentar o aparecimento das incômodas varizes. Essas veias tortuosas e dilatadas, um problema na vida de qualquer pessoa, exigem maiores cuidados durante esses nove meses. Isso porque, embora o desconforto com sintomas como dor, peso, cansaço, inchaço, formigamento e câimbra nas pernas, seja enorme, não é recomendado nenhum tipo de tratamento estético ou remoção cirúrgica durante a gestação.
Segundo o especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser Dr. Ary Elwing (CRM-22.946), passar por uma cirurgia só é recomendável após o nascimento do bebê.
No entanto, o problema não deve exigir tanta preocupação. Se as varizes apareceram na primeira gravidez ou em quem nunca teve o problema, há grandes chances delas diminuírem após o parto. Geralmente de três a quatro meses depois. "Mas quem tem varizes a partir da segunda gestação tende continuar sofrendo com esse mal depois do nascimento do bebê”, alerta Elwing.
Porque as varizes aparecem?
Grávidas ou não, as mulheres são as maiores vítimas das varizes. A hereditariedade, o aumento de peso, a vida sedentária e o uso de hormônios são alguns dos fatores que contribuem para o seu aparecimento. Na gravidez as chances dos vasinhos aparecerem são ainda maiores por conta do desenvolvimento do útero. “O órgão cresce e pressiona as veias da região pélvica e da cava inferior, o que, por consequência, acaba aumentando a pressão sanguínea nos vasos das pernas”, explica Ary Elwing.
Cuidando das pernas e pés
Para aliviar os sintomas ou evitar o aparecimento das varizes, adote medidas simples na sua rotina:

• Pratique exercícios diariamente, uma caminhada curta já ajuda. Ao pisar, o sangue dos pés é bombeado para cima;

• Evite o excesso de pressão sobre as pernas;

• Sempre que possível, sente-se com as pernas elevadas para facilitar a circulação sanguínea;

• A veia cava inferior está localizada no lado direito do corpo, deitar-se do lado esquerdo ajuda a diminuir a pressão sobre ela, melhorando a circulação;

• Vestir meia elástica não elimina as varizes, mas previne o agravamento das que já existem e o surgimento de novas. Elas podem ser desconfortáveis, mas são imprescindíveis;

• Não cruze as pernas ao sentar-se


Fonte - Dr. Ary Elwing (CRM-22.946), especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Vídeo-Laparoscopia revela informações importantes quanto às desordens ginecológicas.

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2013 11:04:00

Os problemas ginecológicos nem sempre podem ser esclarecidos por meio de exames físicos, raios-X e ultrassonografia. Por isso, a vídeo-laparoscopia é recomendada para ajudar a identificar dados importantes referentes à infertilidade ou às questões ginecológicas. “Com o diagnóstico laparoscópico, o médico consegue observar o interior da região pélvica. E se uma condição anormal for detectada, é possível solicitar uma cirurgia laparoscópica para correção da alteração”, informa o ginecologista Joji Ueno (CRM-48.486), autor do primeiro livro brasileiro sobre vídeo-laparoscopia/histeroscopia. O procedimento consegue identificar uma série de problemas como endometriose, miomas, cisto de ovários, gestação ectópica (fora do útero), aderências e salpingite (inflamação das trompas). “Alguns destes casos, podem causar infertilidade e/ou gravidez de risco. Detectá-los é a maneira mais segura de tratar a paciente”, diz o médico. Por isso, o procedimento é considerado bastante vantajoso em comparação à cirurgia tradicional (laparotomia).
De acordo com Ueno, a vídeo- laparoscopia oferece diagnóstico precoce e preciso; causa menos trauma e sangramento; reduz o risco de infecção; proporciona a resolução imediata de algumas patologias, com menor tempo de internação; assegura a volta às atividades normais após um período de sete dias; possibilita menor formação de aderências; e garante melhor resultado estético. “Ele é bem menos invasivo que o tradicional”, acrescenta o especialista.
No pós-operatório, a paciente fica em torno de 6 a 8 horas internada. É considerada uma cirurgia mais confortável, pois não é agressiva como a laparotomia e deixa menos cicatrizes. Além disso, causa bem menos dor o que favorece um retorno precoce às atividades cotidianas.

Para quais procedimentos é mais indicada:

Retirada de cistos ovarianos, miomas e ovário

Tratamento de gestação tubária

Investigação sobre infertilidade

Diagnóstico e tratamento de endometriose

Esterilização (laqueadura tubárea)

Histerectomia (retirada do útero)

Dentre as principais vantagens deste procedimento, Joji Ueno destaca:

• São feitas pequenas incisões (bem menores que a cirurgia tradicional)

• Causa menos dor durante o pós-operatório

• Oferece menor risco de infecções

• Deixa menos cicatrizes favorecendo a estética

• Reduz o período de internação e gastos com medicamentos

• Garante mais segurança e eficácia no diagnóstico e realização de procedimentos médicos


Fonte-Ginecologista Joji Ueno (CRM-48.486), doutor em medicina pela Faculdade Medicina da USP e responsável pelo setor de Histeroscopia Ambulatorial do Hospital Sírio Libanês e Diretor na Clínica Gera.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Exames anuais que toda mulher deve realizar

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2013 11:03:00

Quando foi sua última consulta médica? O ideal é se preocupar com a saúde sempre, e nãos apenas quando sente algum problema. A partir dos 20 anos de idade, toda mulher precisa realizar diversos exames preventivos, pois eles ajudam a detectar e prevenir possíveis problemas de saúde. De acordo com o clínico geral e fisiologista do exercício João Pinheiro (CRM-SP 74.184), todas as mulheres com ou sem atividade sexual devem realizar alguns exames periodicamente. “Seguir essa rotina laboratorial ajuda a rastrear doenças, como por exemplo, o câncer uma dos mais frequentes em determinadas faixas etárias. Além disso, é uma maneira de garantir que a saúde vai bem”, explica.
A mulher deve realizar um exame periódico de saúde anual ou, pelo menos, de dois em dois anos. “Por meio desses exames, o médico pode identificar os fatores de risco para que a paciente possa modificá-los evitando o aparecimento de doenças. Durante a consulta, o médico deve orientar a paciente sobre a mudança de comportamento para melhorar a saúde”, destaca o clínico geral.
Além disso, independente da idade, manter a consulta rotineira ao ginecologista é fundamental. A mulher deve fazer o exame ginecológico completo, mesmo que não esteja sentindo nada. “Essa consulta é constituída do exame das mamas, toque vaginal que permite ao especialista examinar os órgãos internos da pélvis feminina. Além de papanicolau e exames simples que servem para reduzir o risco de câncer”, ressalta o clínico geral.
Check up: Para cada idade um exame
Nunca é tarde para transformar o check-up em um cuidado de saúde. Porém, quanto mais cedo for feito, maiores as chances de prevenir doenças. O clínico geral João Pinheiro revela quais são os exames pedidos pelos médicos em cada faixa etária da mulher:
A partir dos 11 até 18 anos
Ultrassom pélvico para descobrir algum problema nos ovários ou útero. Toda queixa da adolescente deve ser investigada para tratamento precoce de problemas como ovários policísticos ou endometriose.
A partir dos 20 até 30 anos
Papanicolau, ultrassom de mamas e pélvico, exames de sangue e urina, exames que previnem uma série de doenças ginecológicas. Controle de colesterol, triglicérides, glicemia e creatinina.
Nessa fase, é importante fazer uma avaliação de pintas e presença de manchas no corpo. Além disso, realizar exames para prevenção de doenças hematológicas como anemias, hepáticas e cardíacas. Todos devem ser feitos anualmente.
A partir dos 30 anos
A mamografia é indicada a partir dos 35 anos. Quem tem histórico familiar de câncer de mama deve começar aos 30. Já a radiografia de tórax é recomendada às fumantes. “Nessa idade, a mulher precisa manter um cuidado especial com o sistema reprodutivo devido ao aumento de incidências de câncer de mama e de colo do útero”, alerta João Pinheiro.
A partir dos 40 anos
Inicia-se a preocupação com a menopausa e com a osteoporose. Além dos exames indicados nas fases anteriores, é importante acrescentar a densitometria óssea, responsável por diagnosticar a osteoporose. “Caso o resultado apresente algum grau de perda de massa óssea é necessário refazê-lo anualmente. Já para as mulheres que apresentam resultado normal, o exame pode ser feito a cada dois anos”, afirma o clínico geral.
Um exame com testes de perfil hormonal também deve ser feito pelas mulheres que estão iniciando o climatério, uma irregularidade menstrual que antecede a menopausa. Outros que entra nessa lista é a ecografia pélvica e o transvaginal para avaliar os ovários e verificar a presença de cistos, endometriose, pólipos ou miomas. E o exame proctológico para diagnosticar o câncer de intestino.
A partir dos 50 anos
Como prevenção, é preciso fazer exames de sangue para verificar o colesterol completo e a glicemia para detectar o surgimento do Diabetes. Esse exame deve ser feito duas vezes por ano. O exame de fundo de olho também é indicado para avaliar o grau de comprometimento das artérias e lesões provocadas pelo Diabetes e pela hipertensão arterial. “Os cuidados precisam ser redobrados nessa fase, pois é fundamental checar a presença de Diabetes, hipertensão arterial e osteoporose, muito comuns a partir dos 50anos”, diz o médico. A periodicidade desses exames deve ser semestral ou anual dependendo dos resultados e do estado de saúde.
A partir dos 60 anos
Cuidados com a osteoporose devem ser intensificados, com a realização periódica da densitometria óssea. “Nessa idade, a mulher precisa consultar um cardiologista para a prevenção de hipertensão arterial e doenças do coração. Os demais exames como dosagem do colesterol, glicemia, cálcio e hemograma também não podem deixar de ser realizados”, reforça o clínico geral.
Lembre-se: cheque seu coração
Além dos exames ginecológicos, o coração também precisa passar por um check-up. O médico irá verificar sua pressão sanguínea, a taxa de lipídios, os níveis de colesterol (LDL, que é o colesterol ruim e HDL, que é o bom) e triglicerídeos. Faça o exame se possui:

• Histórico familiar de infarto ou morte súbita (principalmente em parentes de primeiro grau);

• Pais ou irmãos com aumento do colesterol;

• Sintomas como falta de ar, palpitações e dores no peito;

• Medidas de pressão frequentemente acima de 135x90 mmHg;

• Tabagismo;

• Diabetes;

• Doença cardíaca na infância ou sopro cardíaco;

• Sobrepeso ou obesidade.

A avaliação cardiológica de rotina é obrigatória. Não ignore os fatores de riscos, pois eles podem causar complicações graves como acidente vascular cerebral (AVC) e infarto, o que afeta de forma drástica a qualidade de vida de qualquer pessoa.


Fonte- João Pinheiro (CRM-SP 74.184), clínico geral e fisiologista do exercício, de São Paulo

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Saiba como identificar o orgasmo feminino

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2013 10:17:00

Ainda não existe uma regra básica para determinar se você sentiu ou não orgasmo. Para atingir essa intensa sensação de prazer, as mulheres, geralmente, costumam ser estimuladas por toques, carícias e beijos, as famosas preliminares. E, neste clima, o orgasmo ocorre naturalmente. De acordo com a ginecologista e obstetra Erica Mantelli (CRM-124.315), durante o orgasmo a mulher tem uma grande sensação de prazer físico e contrações involuntárias na musculatura vaginal. “A lubrificação da vagina e a musculatura da pélvis apresentam contrações rítmicas, sendo que isso varia de mulher para mulher. Algumas sentem contrações fortes e outras mais suaves”, explica.
Na fase de excitação, bem antes do orgasmo, já acontecem algumas alterações importantes para a mulher chegar ao clímax. A primeira é a lubrificação, pois a vagina libera secreções para facilitar a entrada do pênis. “Há também o alongamento e a abertura do canal vaginal. Em algumas mulheres, há ereção dos mamilos e do clitóris”, destaca a ginecologista.
Sinais do corpo
Quando a mulher é estimulada seu corpo reage com uma série de mudanças que progridem até que chegar ao orgasmo. O corpo passa a emitir alguns sinais de que orgasmo está próximo. São eles:
-O mamilo fica endurecido.

-Automaticamente, a vagina e o útero contraem-se.

-A vagina fica mais lubrificada.

-A vagina vai se contraindo até finalmente atingir o orgasmo.

-Ele não dura mais que alguns segundos, mas é arrebatador e dá para saber que aconteceu.

-Depois disso, a vagina relaxa e sofre pequenas contrações involuntárias.

-O corpo fica relaxado, quase que anestesiado.

Será que foi?
Geralmente, o tempo padrão que uma mulher leva até atingir o orgasmo é de, mais ou menos, oito minutos. O orgasmo feminino dura entre 6 e 10 segundos, porém, algumas mulheres podem ter orgasmo que dura até 20 segundos. O tipo de orgasmo muda de acordo com a pessoa e o momento, por isso não existe uma única maneira única em descrevê-lo. Algumas mulheres gritam, choram ou riem na “hora H”, enquanto outras ficam em silêncio e têm reações mais discretas. “Quando o corpo atinge o “clímax” a pele e o rosto ficam mais rosados, os músculos podem se contrair, ha aumento da frequência cardíaca e do ritmo respiratório. Nessa hora, as mamas ficam mais sensíveis e o corpo fica mais relaxado, afirma a ginecologista.
Ainda não teve um?
Muitas mulheres têm dificuldade para chegar ao orgasmo. A solução para o problema requer treino e autoconhecimento. “Conhecer o próprio corpo facilita chegar ao clímax, mas nem sempre essa é a causa principal. Fatores físicos, algumas doenças e problemas psicológicos como estresse, baixa autoestima, insegurança, uso de drogas e álcool podem dificultar que a mulher se envolva com o parceiro e, neste caso, atrapalhar o relacionamento sexual. Mas é possível superar todas essas dificuldades com uma conversa entre o casal ou ajuda de uma psicoterapia”, recomenda Erica Mantelli.
Para você chegar lá
Estar à vontade no relacionamento sexual e na companhia do parceiro é um passo importante para a mulher relaxar e atingir o orgasmo. A ginecologista Erica Mantelli enumera algumas dicas para ajudar neste processo na hora H:
Pensamentos leves
Nada de ficar pensando em problemas ou ficar tentando controlar as reações do seu corpo. Aproveite o momento. “O segredo é liberar e mente e não ficar pensando no que está sentindo. Fazendo esse exercício é possível ir para outro nível de prazer”, garante a médica.
Conheça o próprio corpo
Ter conhecimento das áreas do seu corpo que dão mais prazer pode ajudar na hora de manter uma relação sexual. Não se preocupe com a estética e perca a vergonha.
Preliminares
Use e abuse de gel lubrificante nas preliminares. Quentes, gelados, com sabor. Eles ajudam a lubrificar e a deixar a pele mais sensível aos estímulos. Use produtos específicos que sejam recomendados pelo seu médico.
Contato com o clitóris
O clitóris é a parte mais sensível do corpo da mulher. Por esse motivo não é indicado estimulá-lo sem a lubrificação da vagina. “Entrar em contato com o clitóris muito cedo pode causar desconforto na mulher. É necessário que ela esteja excitada para sentir algum prazer”, conta Dra Erica Mantelli.
Relaxe e curta o prazer
Lembre-se que o orgasmo é uma reação reflexa e varia em cada mulher. Então, nada de ficar frustrada se não consegue com penetração e só com masturbação. “O sexo é o conjunto e não só a penetração. Isto é importante também para os homens, que podem procurar outras maneiras de proporcionar prazer à mulher”, finaliza a ginecologista.


Fonte- Ginecologista e Obstetra Dra. Erica Mantelli CRM: 124.315

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Como aliviar as dores vasculares no verão

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2013 10:17:00

As altas temperaturas podem causar alguns sintomas circulatórios e provocar sensação de peso nas pernas, inchaços ou formigamento. Tais incômodos normalmente são acometidos em pessoas que trabalham muito tempo sentadas ou ficam em pé na mesma posição. Por isso, ao sentir algum desses sintomas, é importante manter-se em alerta e buscar orientação médica para saber se é um sintoma decorrente do calor ou indica algum problema grave na circulação.
De acordo com o angiologista Ary Elwing (CRM-22.946), especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser, o aumento da temperatura faz com que o cansaço nas pernas aumente. “Geralmente quando o corpo é exposto à temperatura elevada, as veias se dilatam, podendo provocar formigamentos, inchaços e dores nas pernas e nos pés, o paciente deve tomar algumas medidas preventivas, sendo que a melhor prevenção é procurar o Angiologista para diagnosticar e tratar corretamente cada caso”.
As viagens longas e o sono reduzido podem comprometer o descanso das pernas e dos pés e, consequentemente, causar inchaços. “Isso acontece porque o sistema linfático e o venoso não estão funcionando da maneira correta. No verão, a pressão arterial fica mais baixa e o consumo de sal contribui para o organismo reter líquido e provocar inchaço”, afirma o angiologista.
O calor, o peso e demais fatores como predisposição genética, sedentarismo, uso de pílula anticoncepcional e reposição hormonal e até uso de salto alto podem agravar ainda mais as essas manifestações no verão. “Ao notar os primeiros sinais de desconforto, o ideal é consultar um médico angiologista ou cirurgião vascular para detectar e tratar o problema” aconselha o médico.
O perigo do salto alto e das rasteirinhas
No verão, muitas mulheres abusam dos saltos altos em festas e das rasteirinhas no dia-a-dia porque são mais confortáveis. No entanto, o angiologista Ary Elwing faz um alerta sobre estes calçados: “Usar salto exagerado, acima de sete centímetros ou uma sandália muito baixa, compromete o músculo da panturrilha fazendo com que a pessoa se locomova sem contrai-lo. E se ele não é contraído, a circulação venosa é comprometida e surgem dores”, ressalta. O recomendado é apostar em saltos médios de 3 a 4 cm. E quando for usar salto alto, não ficar longos períodos com o calçado.
Para avaliar se o inchaço e a sensação de peso nas pernas e nos pés não passam de uma doença de verão, o médico Ary Elwing diz que o ideal é sempre procurar seu médico , pois algumas medidas orientadas por leigos pode piorar o quadro em vez de ajudar.
Alivie as dores vasculares
O angiologista Ary Elwing elaborou alguns truques para driblar os incômodos no verão, confira:
Viagens longas
Use meias elásticas que podem auxiliar no controle do inchaço, mas lembre-se que ela deve ser prescritas por um médico.
Movimente-se
Faça exercícios físicos que envolvam a musculatura da panturrilha (batata da perna) e pratique treinos específicos para o fortalecimento dessa região, pelo menos, três vezes por semana. O exercício pode contribuir para o bom funcionamento da circulação.
Eleve as pernas
Com o intuito de que os pés fiquem mais altos do que a região inguinal (das virilhas), eleve as pernas por uns 15 minutos, diariamente. Isso ajuda no retorno venoso do sangue e dá alívio às sensações.
Boca fechada
Controle o excesso de peso, pois o sobrepeso sobrecarrega o sistema venoso.


Fonte- Angiologista Ary Elwing (CRM- 22.946), especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Como pegar um bronze sem prejudicar a pele

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2012 08:03:00

Com a chegada do verão, muita gente já planeja conquistar uma pele bronzeada para desfilar durante toda a estação esbanjando sensualidade e beleza. No entanto, é fundamental não extrapolar quando o assunto é exposição ao sol. “O excesso de sol pode trazer prejuízos à saúde da pele, mas com medidas simples, muitas vezes, torna-se possível conseguir uma bela cor sem colocar a pele em risco”, afirma o dermatologista Fernando Passos de Freitas (CRM-106.504).
Por isso, o especialista indica uma receitinha básica para te acompanhar durante toda a temporada praia-mar-calor. Confira!
Use filtro solar sempre!
Aplique o produto 30 minutos antes da exposição solar e reaplique-o de acordo com a transpiração ou após entrar na água. “Fique atento às regiões do corpo normalmente esquecidas como as orelhas, os lábios, dorso dos pés e das mãos”, ressalta o médico.
Bronzeie-se gradualmente
Não tente adquirir a cor do verão inteiro no primeiro dia de férias. O bronzeado só começa a aparecer de 48 a 72 horas após a primeira exposição solar. “Este é o período necessário para que a melanina (pigmento que dá cor à pele) seja produzida e liberada pelas células”, explica o médico. E lembre-se: evite a exposição ao sol entre 10h e 16h.
Respeite seu tom de pele
Não adianta exagerar. Dependendo do tom de pele, é quase impossível você terminar o verão com a pele dourada ou moreninha. Portanto, veja a tabela abaixo:

Tipo de pele Descrição

Tipo I Pele muito clara, sempre queima, nunca bronzeia

Tipo II Pele clara, sempre queima e, algumas vezes, bronzeia

Tipo III Pele menos clara, às vezes queima e sempre bronzeia

Tipo IV Pele morena clara, raramente queima e sempre bronzeia

Tipo V Pele morena escura, nunca queima e sempre bronzeia

Tipo VI Pele negra, nunca queima e sempre bronzeia

Aposte na esfoliação
Para retirar todas as células mortas e garantir um bronzeado uniforme e duradouro, faça uma leve esfoliação na pele três dias antes da exposição ao sol.
Alimentação power
Outra dica é dar uma ¨mãozinha ¨ ao organismo. Escolha alimentos ricos em betacaroteno, substância que ajuda a ativar o bronzeado. “Nessa lista entram cenoura, abóbora, mamão, melão, batata doce, couve, repolho, espinafre, agrião e o brócolis”, ensina o médico. Além de auxiliar no tom da pele, o betacaroteno é um antioxidante que ajuda a prevenir o envelhecimento.



Fonte- Dermatologista Fernando Passos de Freitas (CRM-106.504)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Homens já buscam a micropigmentação para corrigir as sobrancelhas

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2012 08:02:00

A vaidade masculina aumenta gradativamente e, nas clínicas de estética, muitos homens já procuram a micropigmentação para corrigir falhas e delinear as sobrancelhas. “Os profissionais precisam estar atentos a essa demanda, pois alguns se especializam ao rosto feminino e quando se deparam com um rosto masculino, muitas vezes, não conseguem um desenho natural, deixando-o com um olhar feminino ou até andrógino”, alerta a micropigmentadora Vanessa Silveira, mestre em Micropigmentação Fio a Fio 3D, formada pela Long time Liner- Contore Make Up, em Munique, Alemanha, diretora do Instituto Vanessa Silveira que atende e forma profissionais que desejam atuar nesta área.
A busca pela técnica vem atraindo os homens mais vaidosos, pois muitos têm sobrancelhas irregulares, com falhas e sobrecarregadas. “Outra causa que motiva os homens a se interessarem pela micropigmentação é a presença de pequenas cicatrizes nas sobrancelhas”, diz a especialista. Com a técnica, é possível solucionar o problema, preenchendo os locais onde os pelos não nascem mais, deixando o resultado natural e sem colocar em dúvida a orientação sexual de cada um.
Entenda mais sobre a micropigmentação
A micropigmentação de sobrancelhas fio a fio 3D é uma técnica onde são utilizadas agulhas de diferentes pontas para simular vários tipos de pelos, simulando fios de diferentes espessuras e comprimentos garantindo volume e design bem natural. “Essa é uma das técnicas mais procuradas e o trabalho é tão natural que se torna difícil para o próprio cliente distinguir qual é o pelo dos fios criados pela micropigmentação”, garante Vanessa.
O procedimento não causa hematoma e é praticamente indolor. E de acordo com Vanessa, a micropigmentação fio a fio 3D é o que há de mais moderno quando o assunto refere-se à estética de sobrancelha. “O profissional desenha fios finíssimos em tamanhos, cores e formas seguindo a linha natural do rosto do cliente criando um efeito tridimensional”, completa.
E para garantir um resultado harmonioso, alguns cuidados são essenciais. “Antes de iniciar o processo, é preciso analisar o rosto do cliente para adequar a técnica à necessidade de cada um”, diz. Além disso, as habilidades técnicas, a sensibilidade estética do profissional e a utilização de material de alta qualidade (pigmentos, dermógrafo e agulhas) são condições fundamentais para definir o sucesso do trabalho.


Fonte- Micropigmentadora Vanessa Silveira, mestre em Micropigmentação Fio a Fio 3D, diretora do Instituto Vanessa Silveira que atende e forma pessoas interessadas em trabalhar nesta área.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O INFINITO Por: Miguel Rubio

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2012 12:43:00

O INFINITO
Por: Miguel Rubio


Como que será que surgiu tanto esplendor?
Como será que se fez luz, da escuridão?
Devia ter dentro do peito, tanto amor,
Eu imagino que teria mais de um coração!

Como será que ele fez toda essa terra?
Lhe deu a sombra, com um céu todo estrelado,
E fez a água, guardou um pouco na estratosfera,
Para o orvalho beijar as plantas encantado!

Ele está em teu caminho, com certeza,
Está em tudo, que você pensa em duvidar,
Sua defesa será sempre a natureza,
Porque foi ele quem fez tudo; prá lhe dar,

E acredite, só existe uma resposta,
Prá todos nós, sejam crentes ou ateus,
Creia ou não, mesmo que você não gosta,
Esse poder é o infinito, seu nome: é DEUS!

Autor: Miguelzinho da vila
www.poetapoemapoesia.com.br

Contato com o Autor:
miguelzinhodavila@hotmail.com

Em 10/11/2012

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Mitos e Verdades sobre A Toxina Botulinica

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2012 12:32:00

A toxina botulínica é sucesso em eliminar rugas e os famosos “pés de galinha”? E agora está sendo aplicado também nos cantos da boca, no queixo e até nas axilas? A vantagem é que você não precisa esperar um mês para ver o resultado, em até 48 horas já é possível notar as modificações. E tem mais: a aplicação é praticamente indolor, garantem os especialistas. Apesar de ser uma das técnicas mais solicitadas pelo público feminino, à ação da toxina botulínica ainda é tema de discussão nas rodas de conversa entre mulheres.
A toxina botulínica é a melhor técnica para prevenir as rugas, excesso de suor e promete corrigir marcas de expressão de uma maneira rápida e eficaz. Além de ser indicado para tratamentos faciais, ele também proporciona efeitos de relaxamento de musculaturas específicas causadoras de espasmos musculares ou estrabismo,
Segundo a dermatologista, Vanessa Penteado, Médica da Clínica Pantheon de Campinas, a toxina botulínica paralisa a musculatura onde é injetada, de forma que o músculo paralisado não consegue enrugar a pele e desta forma não se formam as rugas.
“O tratamento pode ser feito por quase todas as pessoas, independente da idade e sexo. Feito com anestesia tópica, não necessita internação e centro cirúrgico. Praticamente indolor e com resultados totalmente naturais, com duração média de 3 a 6 meses, mas isto vai depender da idade da pessoa, tipo de pele e músculo”, explicou.
O primeiro passo para aplicação da toxina botulínica é a pomada anestésica. Ela tem a finalidade de entorpecer a região que será tratada. Logo após é feito uma assepsia da pele com antissépticos, e o medico faz um estudo sobre o movimento muscular.
A toxina botulínica é aplicada com microagulhas, muito finas, e que possuem uma camada de silicone protetor, que permite a punção a ser mais fácil e sem dor A aplicação tem a duração de no máximo 10 minutos, e a pessoa pode voltar imediatamente às atividades do dia a dia. Os médicos recomendam não deitar por quatro horas e também evitar ginásticas pesadas no dia da aplicação. Mesmo sem contraindicação na juventude, os especialistas recomendam aplicação do botox após o aparecimento de rugas de expressão forte.
O Botox provoca algum tipo de efeito colateral? A cara fica esticada? Botox deixa a boca torta? É normal as mulheres levantarem esse tipo de dúvida, pois os mitos e verdades sobre a técnica são muitos. A dermatologista Vanessa Penteado esclarece algumas verdades e mentiras sobre o uso da toxina botulínica.
“A maioria dos casos de efeito colateral acontecem pelo uso indevido do botox. Ele pode provocar consequências como assimetrias faciais temporárias e queda das pálpebras”, orientou.

Desvendando os mistérios do Botox:

O efeito fica artificial?
Aplicado corretamente, não. Atualmente, com novas técnicas de aplicação podemos tornar a fisionomia a mais natural possível.

Existe algum creme antirrugas ou produto caseiro com efeito similar ao Botox?
O efeito dos cremes só vale para a superfície da pele, pois os músculos são mais profundos. Somente o botox consegue atingir os músculos e nenhum dos cremes possui a toxina botulínica do tipo A em sua composição.

O rosto perde volume ao longo dos anos?
Com a perda natural o ácido hialurônico presente na pele, o organismo fica incapacitado de repor essa substância, que deixa a pele mais hidratada e volumosa. Para corrigir o efeito, é necessário usar o preenchedor á base de ácido hialuônico de origem não animal que pode aumentar o volume de algumas áreas.

Após aplicar Botox podem surgir hematomas?
Em alguns casos, pouco frequente, podem aparecer pequenos vasinhos que causam um pequeno hematoma.

Pode ser aplicado frequentemente?
Não. O efeito da toxina botulínica dura em média de 3 a 6 meses. Só poderá receber novas aplicações depois desse período. Quando as rugas começarem a aparecer novamente e o movimento voltar podem ser iniciados novas aplicações.

Em que situação a toxina pode ser injetada nas mãos?
Somente quando a pessoa sofre de transpiração excessiva, podendo ser ocasionada pela constituição genética ou por alterações emocionais. Quando o botox é aplicado nas palmas das mãos, a transpiração praticamente cessa. O mesmo caso ocorre com as axilas. Esse excesso de sua chama-se hiperidrose.

Botox deixa a boca torta?
Aplicação incorreta pode deixar algumas áreas do rosto assimétricas. Porém, a finalidade do botox na boca é relaxar a musculatura, a técnica é diferente do preenchimento que injeta volume.



Fonte- Dermatologista Vanessa Penteado, Médica da Clínica Pantheon de Campinas

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Exame de Histeroscopia: Descubra quando deve ser realizado

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2012 12:31:00

Você tem acima de 50 anos? Já passou da menopausa? Está com dúvidas sobre o surgimento de pólipo endometrial, miomas ou câncer endométrio? A melhor maneira para acabar de vez com essas questões é marcar uma consulta com o seu ginecologista para a realização do exame de histeroscopia.
A histeroscopia é a chave para detectar doenças que normalmente desenvolve nas mulheres depois da menopausa em torno dos 50 anos. Cerca de 10 a 24% das mulheres podem sofrer de lesões precursoras do câncer endométrico. Já os miomas responsáveis por provocar hemorragias atingem 25 % das mulheres ainda em idade fértil. “Na pesquisa das causas de infertilidade e abortamento, a histeroscopia é um dos principais exames. Pois, as condições perfeitas do interior do útero determina uma boa evolução da gravidez inicial”, afirma o Ginecologista Joji Ueno, doutor em medicina pela Faculdade de Medicina da USP e Responsável pelo Setor de Histeroscopia Ambulatorial do Hospital Sírio Libanês.
Esse exame permite a visualização da cavidade uterina por meio da endoscopia, além de, observar o canal cervical e a vagina. Ele pode ser feito em ambulatório, sem o uso de anestesia e sem internação.
De acordo com o Ginecologista, o exame proporciona um diagnóstico mais precoce e eficaz sobre o desenvolvimento de algumas patologias uterinas.
“A Histeroscopia acontece por meio de uma fina óptica que é introduzida no canal uterino, que leva luz ao seu interior, bem como soro fisiológico. Nessa fina óptica acopla-se uma microcâmera que leva a imagem até um monitor de TV, permitindo assim a visualização do canal cervical e as patologias existentes neste local com excelente nitidez”, explicou.
O exame permite o médico acompanhar a evolução clínica das pacientes portadoras de hiperplasias endometriais, sob tratamento hormonal e pós-menopausa, são patologias que exigem um cuidado e uma ampla investigação.
Além disso, também é indicado para identificação e localização de restos ovulares após abortamentos e acompanhamento da doença trofoblástica gestacional.
Como é feito o exame?
O exame deve ser marcado com o ginecologista entre o 8º e o 15º dia do ciclo menstrual, tendo a duração aproximada de 20 minutos e pode ser um pouco doloroso.
A paciente deve estar em posição ginecológica e não pode estar menstruada.O procedimento ocorre com a introdução do histeroscópio pela vagina que chega até a cavidade endometrial, provocando algum desconforto no abdómem como se estivesse menstruada. Em alguns casos, o médico pode ter que recorrer a medicamentos, anestesia local ou geral.
Após o histeroscópio entrar na vagina com uma câmera acoplada, ele transmitirá imagens até um monitor de TV, até mesmo a paciente poderá acompanhar o seu exame em tempo real. Em seguida ela poderá retornar às suas atividades cotidianas, sempre seguindo as orientações de seu médico.
A histeroscopia diagnóstica pode ser realizada sem anestesia, é rápida e, em muitos casos, quando há pequenos pólipos, a retirada da lesão pode ser feita no mesmo ato, sem necessidade de internação.
Quando eu posso fazer?
O ginecologista irá solicitar o exame quando a mulher apresentar algum sintoma em que o problema possa estar dentro do útero. A finalidade deste exame é completar as investigações sobre o surgimento de uma doença, como um sangramento anormal logo após a menopausa, espessamento endometrial ou, com intuito de cirurgia para a retirada de mioma ou DIUS (Dispositivos intra-uterinos).
Existem inúmeras situações em que esse exame possa ser solicitado, pois a histeroscopia também pode auxiliar no tratamento e no estudo de casos de infertilidade, abortos ou pacientes no climatério, que poderão ser submetidas à reposição hormonal, para excluir qualquer patologia endometrial.
A primeira fase do ciclo menstrual é propícia para realização desse exame, pois permite uma visualização apurada do canal cervical. O endométrico se apresenta mais fino e plano nesse período proporcionando uma imagem com maior qualidade. Além disso, esse estágio é fundamental para a entrada do aparelho pelo orifício interno do colo que está um pouco maior, facilitando a passagem.
Em outros estudos, como o caso da infertilidade o ideal é fazer a histeroscopia após o 15° dia de menstruação.
O exame pode ser feito em qualquer época por mulheres que estão na pós-menopausa.


Fonte- Ginecologista Joji Ueno, doutor em medicina pela Faculdade de Medicina da USP e Diretor da Clínica Gera.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Menopausa chega para todos: Dicas de tratamentos e dicas para conviver bem com ela

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/10/2012 11:54:00

Beba bastante água, tome sol, faça refeições leves e aposte em atividades como dança e natação. Aderir esses hábitos no seu dia a dia pode ajudar a diminuir os sintomas da menopausa. Além disso, podem melhorar a qualidade de vida e prevenir outras doenças como: câncer de mama e osteoporose. Entenda que o climatério e a menopausa não são doenças. Apenas são eventos naturais do ciclo de vida das mulheres.
De acordo com a ginecologista e obstetra Dra. Denise Gomes (CRM-117642), Diretora Médica da Plena Clínica, a menopausa marca o fim da idade reprodutiva e a suspensão do ciclo menstrual. Quando a mulher entra nesse estágio, ela passa a sentir alguns sintomas como ondas excessivas de calor, alterações de humor, insônia, irritabilidade, diminuição do desejo sexual, ressecamento da vagina e pele.
“No período da menopausa o organismo da mulher para de produzir o estrogênio. Essa irregularidade hormonal provoca diversos sintomas, período chamado de climatério. Em geral ele inicia dois anos antes de acontecer a menopausa e se estende até dois anos depois dela. Essa fase pode variar de mulher para mulher”, explica a ginecologista.
Já que a menopausa não é uma doença, porque tratá-la?
Algumas mulheres não precisam recorrer a tratamento durante a menopausa. Manter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos pode amenizar os sintomas. Porém, as mulheres que sentem incomodadas com essa fase podem querer tentar algum tipo de tratamento.
“Há várias opções de tratamento, baseadas principalmente na terapia de reposição hormonal, dependendo dos sintomas e outros fatores. A mulher deve conversar com seu médico sobre os riscos e benefícios dos tratamentos”, destaca a ginecologista.
O tratamento para a menopausa consiste no uso de medicamentos que mantenham as taxas hormonais mais elevadas. Mas, nem todas as mulheres poderão tomar este tipo de medicamento, pois eles contêm algumas contra indicações, como a hipertensão arterial, colesterol alto e risco positivo para o câncer de mama.
A reposição hormonal consiste em administração de dosagens relativamente baixas de estrógenos, às vezes associado ao hormônio progesterona, o que pode ser feito por meio de adesivos sobre a pele, gel ou por via oral. No caso dos adesivos, o recomendo o usá-lo por duas vezes durante a semana.
Antes de iniciar o tratamento a paciente passa por uma série de avaliações diagnósticas. Será avaliada a idade, tempo pós-menopausa, tipo e grau de sintomatologia, histórico de doenças e hábitos do dia a dia. Exames laboratoriais e de imagem também devem ser realizados.
O uso de estrógeno é o mais eficaz e completo no tratamento para aliviar os sintomas da menopausa, diminuindo os “fogachos”, aumentando a lubrificação vaginal e a libido feminina. Além de, prevenir doenças cardiovasculares, colesterol e osteoporose, que podem ser causadas pela ausência de estrógeno no organismo feminino durante a menopausa.
Cuidando de você
A menopausa é inevitável na vida da mulher e normalmente ela surge entre os 45 aos 55 anos. A ginecologista Dra. Denise Gomes dá algumas dicas para você aprender a viver melhor durante essa fase.
“Consultar regularmente seu médico, praticar exercícios físicos e manter uma alimentação leve e balanceada, rica em frutas, vegetais e peixes, contribuem para a qualidade de vida da mulher, além de, aumentar a autoestima”, aconselha a médica.
Alimentação
Mantenha uma alimentação equilibrada. Opte pelas fibras, vitaminas, cálcio e sais minerais.
“Insira em seu cardápio alimentos ricos em vitamina E, C e D3, zinco, ácido fólico, magnésio, carboidratos integrais e proteínas. Eles amenizam as queixas provocadas pela falta de estrógenos e progesterona”, esclarece a médica.
Exercícios Físicos
Fazer atividades físicas reduz a perda óssea e contribui para saúde do coração e dos vasos sanguíneos. Os benefícios oferecidos pelos exercícios podem manter o peso e evitar o aumento do risco cardiovascular e deformação do corpo.
“Eles são essenciais para melhorar a qualidade de vida da mulher, principalmente quando ela está na menopausa. Praticar exercícios físicos ajuda a combater os sintomas típicos do período, tais como: fadiga, insônia, dores no corpo e ondas de calor”, recomenda a ginecologista.
Hábitos saudáveis
A mudança de hábito nesse estágio é fundamental. Diminua o consumo de café, chá, bebida alcoólica e sal.
“O consumo exagerado de café aumenta o risco de osteoporose e as bebidas alcoólicas podem causar alterações no fígado. Evite o sal, ele pode desencadear a hipertensão arterial”, ressalta a médica Dra. Denise Gomes.
Rotina de exames
Faça todos os exames anuais recomendados pelo seu médico, incluindo controle de glicemia, colesterol, mamografias e exames pélvicos. Os resultados desses exames podem evitar futuras doenças.


Fonte- Ginecologista e Obstetra Dra. Denise Gomes (CRM-117642), Diretora Médica da Plena Clínica.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Descubra como prevenir e tratar as assaduras no bebê

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/10/2012 11:53:00

Elas incomodam muito os bebês e atormentam os pais. É muito comum as crianças ou os bebês sofrerem com as lesões causadas pela assadura. Esse incômodo consiste numa irritação na pele provocada pelo contato com a urina e fezes que muitas vezes ficam retidas nas fraldas. A assadura deixa a pele avermelhada, inchada e que causa um grande desconforto e mal-estar ao bebê.
De acordo com a dermatologista, Vanessa Penteado (CRM-SP-95309), Médica da Clínica Pantheon, a demora na troca de fraldas e o uso de produtos não apropriados para a pele do bebê favorecem o surgimento da dermatite das fraldas. “A umidade da fralda suja favorece a absorção das toxinas irritantes a pele do bebê. Já a fricção ajuda a esfolá-la. A falta de luz solar e o calor contribuem para a proliferação de alguns fungos que também podem provocar assaduras”, explica a dermatologista.
Fralda de pano ou descartável? Usar amido de milho (maizena) ajuda na prevenção?
Essas são as maiores dúvidas dos pais quando bebê está com assadura. Medidas simples podem contribuir para o desaparecimento da pele avermelhada. A primeira prevenção ainda é trocar frequentemente a fralda do seu bebê.
“Não existe uma regra para a troca em relação às assaduras. Porém, quando a criança atinge dois anos, ela passa a ter hábitos alimentares que podem desencadear a dermatites das fraldas. O tipo de comida que o bebê consumir pode contribuir para a liberação de substâncias irritantes a pele”, alerta a médica.
Enquanto a fralda ser de pano ou descartável, a escolha é dos pais. A fralda descartável é responsável pela diminuição dessas lesões nos bebês, já as de pano também causam menos dermatite, elas deixam a região mais arejada e irrita menos a pele.
Em relação aos lenços umedecidos, os pais devem saber que a pele do bebê é muito sensível a qualquer produto que contenham substâncias químicas ou que possam deixar resíduos na pele. Os lenços devem ser usados o mínimo possível. A higiene diária do bebê deve ser feita com água morna e algodão. Use o sabonete líquido apropriado para a pele do bebê, caso for necessário.
“Os cremes preventivos, a base de óxido de zinco são essenciais para prevenir as assaduras. Eles funcionam como uma barreira mecânica as substâncias provocadas pela irritação. Toda vez que for possível, procure deixar o seu filho por alguns minutos sem fralda e evite que o seu bebê consuma alimentos com grandes quantidades de ácidos”, orienta a dermatologista, Vanessa Penteado.
Quando chegar o verão a frequência das trocas de fraldas deve aumentar, pois o bebê precisa de mais líquido e acaba mamando em intervalos menores. O ideal é manter a higiene adequada, com a troca da fralda diária e usar um antiassaduras.
Existe tratamento para assadura?
Para o alívio dos pais e das crianças, o melhor tratamento para assadura são os cuidados diários.
Independente da causa lave bem a região afetada com água morna e sabão neutro ao dar banho no bebê. Na hora de colocar a fralda, faça a higiene com 120 ml de água morna e uma colher de sopa de bicarbonato de sódio. Procure não esfregar com força o algodão, passe levemente para não machucar o bebê. Em casos mais graves, procure um médico. Somente ele poderá prescrever as pomadas específicas, como as antimicóticas ou recomendar a troca do tipo ou da marca da fralda do seu bebê.
Cuidados diários com o bebê
Conheça algumas dicas para cuidar da pele do seu bebê e evitar a assadura:
-Utilize as fraldas de material hipoalergênico e de preferência marcas confiáveis e de qualidade
- Troque a fralda a cada evacuação ou urina
- Mantenha a área genital sempre limpa e seca
- Utilize produtos que formam barreiras protetoras contra assadura
- Não friccione durante a higienização
- Evite utilizar pós e talcos
- Se quiser, pode deixar seu bebê sem fralda por alguns minutos para que a pele fique exposta ao ar.
- E não se esqueça de que a prevenção de assaduras é feita por meio da higiene e pela troca frequente de fraldas.



Fonte - Dermatologista Vanessa Penteado - CRM- SP- 95309, Médica da Clínica Pantheon

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Meningite: Tipos, Sintomas e Tratamentos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2012 16:57:00

Uma doença que já assusta só de pensar. Quem nunca ouviu histórias sobre meningite causando sequelas neurológicas e mesmo a morte. Vamos abordar um pouco sobre seus tipos, sintomas, tratamento e meios de prevenção.
Convidamos o Médico Neurologista Leandro Teles, formado pela Universidade de São Paulo (CRM124.984) para elucidar os pontos chaves sobre essa terrível patologia.
1- O que é? Quais os tipos principais?
R. Meningite é uma inflamação nas membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal, geralmente causada por infecção. Os tipos principais são a meningite viral (a mais comum) e a meningite bacteriana (menos comum). Vamos a diferença entre elas:
1- Meningite Viral = Causada geralmente por vírus intestinais (que causam geralmente diarreia). Esse tipo é mais leve e o paciente melhora sozinho em dias a poucas semanas. Não precisa, de modo geral, de antibióticos e de internação. Não é fatal e não costuma deixar sequelas. É um quadro relativamente comum e benigno.
2- Meningite Bacteriana = essa sim é muito mais grave e, felizmente, mais rara também. Pode ser causadas por diversas bactérias que tem o poder de chegar nas meninges, mas atualmente duas delas são as mais importantes = o Pneumoco (causador também de sinusite e pneumonia) e o Meningococo. O quadro é agudo e dramático, configura uma emergência médica. Exige internação imediata (geralmente em UTI), isolamento respiratório para evitar contagio de outras pessoas, antibiótico imediato. É um quadro com risco de vida e sequelas, mas tratado a tempo e incisivamente pode ter evolução também satisfatória.
2- Como reconhecer ?
R. Os sintomas principais são: dor de cabeça (geralmente constante e difusa); náuseas e vômitos; sinais gerais de infecção: febre, calafrios, dores no corpo, mal estar. No caso da meningite bacteriana (mais grave), o paciente pode ficar sonolento, confuso e surgir leões avermelhadas na pele.
3- Qual tratamento?
R. O tratamento dependerá do tipo. Na meningite viral usa-se medicação para os sintomas de febre, dor e náuseas. O paciente deve ficar em repouso e se recupera sem necessidade de antibiótico ou de internação. Na meningite por bactérias o antibiótico deve ser dado rapidamente e na veia, o paciente fica internado em UTI para receber cuidados intensivos.
4- Como podemos nos prevenir?
R. A transmissão da meningite viral ocorre por contado com pessoas portadores do vírus (secreções orais), alimentos, água e mesmo utensílios contaminados. No caso da bacteriana o principal meio de contágio é o contato com pacientes doentes ou mesmo portadores assintomáticos da bactéria. Ele reside na cavidade oral e passa de pessoa para pessoa por gotículas expelidas durante a respiração e tosse. Importe frisar que não basta ter contato com o vírus ou a bactéria, é preciso que haja uma predisposição imunológica para que o contato se manifeste como uma meningite.
A prevenção é feita com medidas gerais como: lavar as mãos, alimentar-se bem, evitar contato com secreção oral de pacientes com infecções virais ou bacterianas sem tratamento, etc... Outra recomendação é a vacinação, disponível para o Pneumococo, Haemófilos e para o Meningococo tipo C.


Fonte – Leandro Teles – Neurologista – www.leandroteles.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Editora Lafonte traz preciosidades do Rock para as prateleiras

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2012 16:56:00

Edições especiais falam sobre clássicos do rock britânico


A Editora Lafonte lançará, em setembro, edições especiais sobre duas das maiores bandas de rock do mundo – Led Zeppelin e Queen.



O livro Tesouros do Led Zeppelin, escrito por Chris Welch, conta a trajetória da banda de hard rock inglesa liderada por Robert Plant e Jimmi Page, com detalhes preciosos sobre a história do grupo e de seus integrantes, ricamente ilustradas com imagens de época e fac-símiles de impressos raros, em uma box set inédita. Apresentado em uma caixa exclusiva e encadernado em capa dura, o livro representa visualmente o tesouro deixado pelo Led Zeppelin para a música.



A banda atualmente faz aparições especiais, com Jimmi Page na guitarra, Jason Bonham na bateria – substituindo seu pai, John Bonham, falecido em 1980 – John Paul Jones no baixo e Robert Plant nos vocais. Os shows cada vez mais raros fizeram o Led Zeppelin entrar para o Guinness – O Livro dos Recordes 2009 como “A banda com maior procura por ingressos para um único show”.



No mesmo mês, a Editora Lafonte celebra o aniversário da realeza do rock. Com o livro 40 Anos do Queen, a história do grupo britânico liderado pelo carismático Freddie Mercury é contada por meio de passagens, depoimentos e imagens raras. A banda, que continua na ativa com participações especiais nos vocais, mantém o espírito pioneiro, que colocou o Queen na vanguarda da música mundial.



Recentemente, na cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Londres, o guitarrista Brian May e o baterista Roger Taylor dividiram o palco com a cantora Jessie J, apresentando o maior clássico da banda “We will rock you”, após a participação holográfica do ícone do grupo, Freddie Mercury, nos telões do Estádio Olímpico. A voz mais conhecida do mundo, que alcançava a rara e impressionante marca de quatro oitavas, ecoa até hoje, 21 anos após o seu falecimento.



A box set conta com 30 souvenirs em fac-símile e um CD com entrevista inédita, de 1977, com a formação original. Os autores do livro são Brian May e Roger Taylor.



Até o final de 2012 a Editora Lafonte lançará mais dois novos títulos, completando a coleção das grandes lendas do rock de sua época – Tesouros dos Beatles e Tesouros do Nirvana.


Ficha Técnica:

Obra: Tesouros do Led Zepellin

Autor: Chris Welch

Editora: Lafonte

Número de Páginas: 62

Preço: R$ 150,00



Obra: 40 Anos do Queen

Autor: Brian May e Roger Taylor

Editora: Lafonte

Número de Páginas: 94

Preço: R$ 150,00

www.editoralafonte.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

V Caminhada de Combate à Osteoporose será realizada no dia 21 de outubro

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2012 18:01:00

O evento tem como objetivo principal promover uma reflexão sobre as sérias consequências da osteoporose e um maior engajamento social na prevenção e no tratamento da doença



“Há trinta anos atrás, a maioria das pessoas considerava que a osteoporose e as fraturas na terceira idade eram inerentes ao envelhecimento. Essa visão mudou. Atualmente, trabalhamos com um novo conceito: você nunca é muito jovem ou muito velho para cuidar da saúde dos seus ossos. A prevenção da osteoporose deve começar na infância, mas seja qual for a sua idade, os hábitos que você adota, agora, podem afetar a sua saúde óssea para o resto de sua vida. Este é sempre o momento certo para pensar em prevenção. Apesar de sua natureza ‘silenciosa’, a osteoporose não é uma doença que pode ser ignorada”, alerta o reumatologista Sérgio Bontempi Lanzotti, idealizador da V Caminhada de Combate à Osteoporose.

E quando lidamos com uma doença crônica, além do tratamento medicamentoso e do acompanhamento médico, precisamos investir e promover mudanças no estilo de vida do paciente. “É muito difícil convencer o paciente que além da cirurgia, do medicamento, do acompanhamento médico regular, ele precisa mudar também posturas e comportamentos para manter a osteoporose sob controle. Por isto, realizamos anualmente esta caminhada de combate à doença, visando conscientizar a população a respeito dos fatores de risco modificáveis”, explica o reumatologista Sergio Bontempi Lanzotti, que também dirige o Iredo, Instituto de Reumatologia e Doenças Osteoarticulares.

Um destes fatores, por exemplo, é a prática de exercícios físicos, muito importante para a prevenção e para retardar a progressão da osteoporose. “A prática leve de exercícios não interfere na saúde óssea, mas o exercício moderado - mais de 3 dias por semana, totalizando mais de 90 minutos semanais - reduz o risco de osteoporose e de fraturas em homens e mulheres com mais idade. O ideal, em termos de prevenção da doença, é que os exercícios sejam feitos de forma regular e ao longo da vida. Esta é a mensagem chave que procuramos transmitir durante o evento”, recomenda Lanzotti.

Longas caminhadas rápidas e regulares melhoram a densidade óssea e a mobilidade. A maioria dos idosos deve evitar exercícios aeróbicos de alto impacto - como a ginástica aeróbica - pois eles aumentam o risco de fraturas osteoporóticas. Embora os exercícios aeróbicos de baixo impacto - como a natação e o ciclismo - não aumentem a densidade óssea, eles são excelentes para o condicionamento cardiovascular do idoso e devem ser parte de um regime regular de treinamento físico.

“Já os exercícios com pesos exercem tensão muscular e óssea e, em jovens, podem aumentar a densidade óssea em até 8% ao ano. Para mulheres na menopausa, estes exercícios são muito protetores. Um treinamento de musculação cuidadoso também é muito benéfico para as pessoas de meia idade e idosos, especialmente mulheres”, diz o diretor do Iredo.

V Caminhada de Combate à Osteoporose

“Por acreditarmos que a prática da atividade física é muito benéfica e colabora efetivamente para a prevenção e o tratamento da osteoporose, estamos promovendo a V Caminhada de Combate à Osteoporose, no dia 21 de outubro (domingo), no Mooca Plaza Shopping. As inscrições para participar do evento são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.caminhadadaosteoporose.com.br ”, diz Sergio Bontempi Lanzotti, organizador do evento.

SERVIÇO:

Quer participar da V Caminhada de Combate à Osteoporose?

Organização: Targets Eventos

Idealização: Dr. Sergio Bontempi Lanzotti

Data: 21 de outubro de 2012

Local: Mooca Plaza Shopping, Rua Capitão Pacheco e Chaves 313 - Mooca - São Paulo

Horário: 08:00 às 11:00

Limite de inscrições (gratuitas): 1.000

Inscrições e mais informações: http://www.caminhadaosteoporose.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/VCaminhadaDeCombateAOsteoporose

Parceiros da V Caminhada de Combate à Osteoporose: Pfizer, Drogasil, Academia Prime, Praça dos Pães, ONG Novos Passos, Nutrimental, Farmácia de Manipulação Princípio Ativo, Associação Amigos da Praça, Rotary Club de São Paulo, Mooca Plaza Shooping e Jornal Atividade Física.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Como tratar a faringite.

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2012 17:59:00

FARINGITE – O QUE É E COMO TRATAR

Nessa época de tempo frio é comum algumas pessoas pegarem uma gripe ou resfriado, mas o que elas não sabem é que esses sintomas podem estar associados à faringite.

Essa doença é causada por um vírus ou bactéria que provoca uma dor aguda de garganta, atingindo a mucosa faríngea podendo acarretar também febre alta, rouquidão, calafrios, dores no corpo, tosse seca e até vômitos, além de um aumento de gânglios linfáticos na região do pescoço. O portador da doença normalmente tem dificuldades para ingerir qualquer tipo de alimento sólido.

A inflamação afeta pelo menos 30% das crianças e 5% a 15% dos adultos. O vírus e/ou bactéria é transmitido através da saliva ou pelas mãos de pessoas infectadas. Os sintomas se iniciam após um período de incubação que varia de 24 a 72 horas. No entanto, há outras causas de faringites não infecciosas, tais como: refluxo gastro esofágico, gota pós-nasal devido a rinites, alergias e tireoidites. Tempo seco e mudanças bruscas de temperatura facilitam o aparecimento de secreções infecciosas que dão espaço para as inflamações de garganta.

A Dra. Angela Shimuta, otorrinolaringologista da Clínica de Especialidades Integrada explica os tipos de faringite infecciosa:

- Bacteriana: É provocada por vários tipos de bactérias como a estreptococo, micoplasma

- Fúngica: Provocada pelo fungo Candida Albicans, muito perigoso para quem já está com a saúde debilitada;

- Viral: Vários tipos de vírus, assim como o da gripe e resfriado; A faringite pode ser:

- Aguda: Aparece espontaneamente e o processo inflamatório dura alguns dias;

- Crônica: A faringite se prolonga por muito tempo e pode voltar regularmente.

Para obter um tratamento adequado e evitar complicações serias como: febre reumática e glomerulonefrites é fundamental diferenciar os casos suspeitos de faringites pela bactéria do grupo estreptococos beta hemolítico do grupo A. O melhor método de avaliação baseia-se na história clinica da doença, exame físico e apropriados testes laboratoriais, como teste rápido para detecção do estreptococos e se necessário exame de cultura Nos casos de infecções por bactéria a medicação pode ser feita através de antibióticos. As virais são tratadas com remédios antitérmicos ou anti-inflamatorios O tempo de cura da faringite é o mesmo que a do resfriado, cerca de 7 a 10 dias. Dentro desse período, evite ficar em contato com outras pessoas, já que a doença é contagiosa. A alimentação deve ser feita com alimentos líquidos ou pastosos por causa da garganta.

Fonte- Dra Angela Shimuta, Otorrinolaringologista da Clínica de Especialidades Integrada

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Vingança Por Margareth Signorelli

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2012 17:58:00

Como se sente alguém que move sua vida com o sentimento de vingança no coração? Simplesmente esta pessoa não tem mais o poder sobre sua própria vida e é movida pela vida do outro. Cada passo que ela dá é direcionado à destruição do outro. Mas, como sobreviver assim?

Muitas pessoas se sentem ressentidas por algo que alguém lhes fez e o ressentimento funciona como uma parede em frente ao seu nariz, que não lhe permite dar um passo para frente. Pessoas ressentidas sempre reclamam que não conseguem realizar nada em suas vidas, que dão um passo para frente e dois para traz, imagine isso tudo somado à vingança.

O que pode nos custar este sentimento?

Energeticamente falando é o mesmo que estar rodeada por um campo negativo e negro que não lhe deixa ver além do mal que você deseja à pessoa que lhe machucou. Então, vale à pena viver a vida do outro? Viver sua preciosa vida a espera de uma oportunidade para que o outro sinta o que você sentiu? Não, não vale!

Na vida não importa o que lhe fizeram, o que importa é o que você fará com o que lhe fizeram.

Pessoas são machucadas todos os dias e existem as que usam o que lhes aconteceu para crescerem e se tornarem pessoas melhores, enquanto outras param suas vidas para saborear a vida do outro na esperança de um dia poderem sentir-se vingadas.

A vingança vem sempre acompanhada de um dos piores sentimentos que existe, o ódio. Esse, diferente da raiva, que é positiva e pode ser aproveitada para que você se supere e tenha ações que tome direções para que isto não se repita, é extremamente negativo. O ódio corrói.

Em tudo o que nos acontece existe nossa parte de responsabilidade. Ninguém tem o poder de nos fazer algo e ter 100% da responsabilidade por isso. Nem que seja mínima, existe a nossa parte e podemos descobrir qual foi e crescermos com isso.

Pare e pense onde você deixou que alguém lhe machucasse tanto a ponto de despertar em você algo tão destruidor. Use a sua responsabilidade por isto para fazer um juramento e não permitir nunca mais que isso aconteça.

Baseado no princípio de que tudo o que chega para você só pode chegar por seu intermédio, pense duas vezes antes de desejar algo de mal a alguém, porque, dependendo do tamanho do seu desejo, você pode sair muito machucado.



SOBRE MARGARETH SIGNORELLI

Especializada em relacionamentos amorosos, Margareth Signorelli desenvolve dois tipos de trabalho. O primeiro chama-se Conexão e é ideal para pessoas que querem encontrar um companheiro (a), um marido (esposa), enfim, sua alma gêmea. Esse coaching fornece ferramentas para quem está cansado de esperar pelo verdadeiro amor ou quer saber por que está repetindo o mesmo tipo de relacionamento, preparando o indivíduo para receber o amor que ele realmente procura.

O segundo chama-se Reconexão e é um coaching indicado para a pessoa que já está em um relacionamento e quer crescer, desenvolver e aprofundar sua relação para uma maior conexão ou mesmo uma reconexão com mais fundamento. Ele é indicado para indivíduos que estão cansados de tentar ter o relacionamento dos seus sonhos, para quem quer mudar e está preocupado em não conseguir manter um relacionamento equilibrado e acha que só as outras pessoas possuem o “relacionamento ideal”.

Através desses módulos, Margareth quer libertar o indivíduo dos padrões do passado que não permitem que o amor se enraíze na sua vida para que possa evoluir e criar um novo padrão saudável para que o amor flua livremente. Nesses módulos, a pessoa também descobre as barreiras que lhe impedem de encontrar o que o seu coração mais deseja e aprende a se transformar na "pessoa certa", pois só assim ela estará preparada para aceitar o amor quando ele aparecer.



Formação:

· Certificada Coach pelo ICI - Integrated Coaching Institute

· Quantum Evolution - ICI - São Paulo - Brasil

· Coach de Relacionamento - Los Angeles - USA

· Feminine Power Mastery - Los Angeles - USA

· Soulmate Secret - USA

· Certificada EFT - São Paulo – Brasil

Metodologia:

· ICI - Nos padrões internacionais estabelecidos pelo ICF - International Coach Federation

· Coaching de Relacionamento - No método do Programa Calling in "The One" de Katherine Woodward Thomas e Claire Zammit - USA

· EFT - No método do Dr. Gary Graig – USA



Veja mais dicas da especialista em vídeos no http://www.conexaocoach.com.br/blog/

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Banda Sensimilla Dub leva reggae original a Poá

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2012 17:58:00

Show da turnê “Ten Years After Tour”, que traz a chancela da JF Produções, será realizado no próximo dia 19, com entrada gratuita



Com a proposta de levar originalidade ao raggae, um grupo de talentosos músicos do cenário paulistano formou, em 2000, a Sensimilla Dub. Após mais de uma década na estrada, com CDs lançados e premiações no currículo, a banda iniciou a elogiada turnê comemorativa "Ten Years After Tour", que agora chega ao Alto Tietê para uma apresentação no próximo dia 19, em Poá.



Promovido pela JF Produções, o show será realizado durante o Reggae Fest, a partir das 17 horas, na rua Clemente Cunha Ferreira, 697, Jardim Pereta. A entrada é gratuita. Depois de Poá, a banda segue a turnê por outras cidades do Estado.



Na banda, Nescau assume os vocais, Fabiano Littleass a percussão, Bruno Bucha o baixo, Caio Garcia a guitarra e Leonardo Arge o teclado, enquanto Guilherme Tamer fica com a bateria e Fabio Cirino com o trompete.



Juntos, os músicos apresentam um som com influências mistas, que passeiam de Black Sabbath, Led Zeppelin e The Clash a nomes já famosos do raggae, como Bob Marley, Black Uhuru, Israel Vibration, entre outros.



“Estamos muito ansiosos para fazer o show no Alto Tietê. Faz tempo que não nos apresentamos na região e, por isso, o público está reagindo bem. A novidade é que preparamos um repertório cheio de músicas clássicas, além de novas”, adianta o baterista Tamer.



Trajetória



Precursora do estilo Dub no Brasil, a Sensimilla gravou seu primeiro CD independente, que levava o nome da banda, já emplacando hits como “Litoral Norte” e "Ondas" nos principais programas segmentados de rádios, o que lhe rendeu o prêmio de banda revelação em 2001, pela Rádio Imprensa FM.



Com "Dois por Um", lançado em 2003, a banda superou as expectativas e apresentou releituras de "Litoral Norte" e "Ondas" com guitarras pesadas e dubs mais trabalhados. O trabalho repercutiu nas mídias especializadas, como Revista MTV e o site Dinamite.



"Na Vibe", lançado em 2006, foi o terceiro disco da banda e marcou o início de uma nova fase, com produção assinada por Cotô Guarino (Rita Lee, Zizi Possi, CPM 22, Capital Inicial, entre outros). Hits como "Fernando de Noronha", "Terra Mãe" ou "FDP (Filhos da Pátria)" caíram no gosto do público.



Fortalecidos no cenário reggae, resolveram lançar, em 2012, o disco comemorativo que leva o nome da atual turnê: “Tem Years After Tour”. Trata-se de uma comemoração por uma década de trabalho e uma coletânea dos melhores momentos e hits do grupo.



DUB



Surgido na Jamaica, na década de 1960, o estilo começou como uma forma de remix de músicas de reggae, que valorizava o baixo e a bateria por meio da retirada de parte dos vocais da música. Hoje, além de valorizar os instrumentos citados, inclui nas mixagens sons de música eletrônica e efeitos sonoros variados.





SERVIÇO:

Sensimilla Dub – Show “Ten Years After Tour”

Data: 19/08, a partir das 17h

Local: Rua Clemente Cunha Ferreira, 697, Jardim Pereta, Poá

Entrada gratuita

Comentários (1)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Multinacional anuncia a instalação de uma unidade dentro do complexo penal

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2012 10:09:00

Foi inaugurada na manhã do dia 01/06/2012 a nova creche “Cantinho Feliz”, dentro da Penitenciária Feminina de Piraquara, região metropolitana de Curitiba. O local abriga cerca de 40 filhos de detentas e há mais de 20 anos não recebia manutenção adequada. Além de toda a pintura renovada, as crianças ainda ganharam um playground, duas salas de leitura, espaço para atividades pedagógicas, além de vários brinquedos distribuídos pelos diretores da empresa alemã Pro-Aqua, que investiu 20 mil reais na reforma do local.

Na mesma ocasião foi anunciada a parceria entre a Secretaria de Justiça do Paraná e a multinacional, que decidiu montar a sede brasileira da empresa dentro do complexo penal de Piraquara. Engenheiros alemães virão para o estado para capacitar presos que cumprem pena em regime semiaberto. Eles vão produzir um aparelho que purifica o ar de ambientes. A máquina usa água como filtro e também pode ser usada para limpar e eliminar ácaros e micro-organismos de tapetes e colchões. Além de receber um salário mínimo mensal, os detentos terão um dia da pena reduzida para cada três dias trabalhados.

A secretária de Justiça do Paraná, Maria Tereza Gomes, participou do evento e afirma que o projeto é de extrema importância para a reintegração social do preso: “Trata-se de uma experiência inovadora que serve de exemplo para o Brasil. É uma empresa internacional que tem a intenção de capacitar e dar um emprego para quem está preso. Isso é importante para que quando ele saia daqui ele tenha condições de ter um emprego. Isso diminui a possibilidade de ele retornar ao mundo do crime e ainda facilita a reintegração com a família e com a sociedade”.

O diretor do Departamento Penitenciário do Paraná, Maurício Kheune, também elogiou a parceria: “Isso serve para mostrar que devemos tratar os presídios como locais em que há a necessidade de interação com a sociedade. O comportamento do preso, após cumprir a pena, será sempre um reflexo do que ele vive aqui dentro”.

Também estiveram presentes na inauguração a diretora da Penitenciária Feminina de Piraquara, Rita de Cássia Costa, o presidente mundial da Pro-Aqua, Gerhard Meier, o diretor mundial de vendas, Giuseppe Madonia e o presidente da empresa no Brasil, Gerson Marçal. Todos assistiram a uma apresentação musical das detentas que cantaram três músicas com os filhos no colo, como uma forma de agradecimento pelas melhorias na creche e pela oportunidade de profissionalização dos presos.

O início da produção dos equipamentos está previsto para o começo do ano que vem. A empresa começará a produzir para o Brasil e, posteriormente, venderá também para outros países da América.


**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Redação Bem Paraná
Bem Paraná

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Caso Eliza Samudio

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2012 10:00:00

O desaparecimento e morte de Eliza Samudio, ex-namorada do goleiro Bruno Fernandes, completa dois anos neste fim de semana. Além do jogador, há sete réus no processo, que acumula 44 volumes e um amontoado de páginas.

O documento já tem 500 folhas guardadas na 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e tende a crescer até a conclusão do caso. Segundo a Justiça Mineira, não há data para o júri popular.

Os advogados de defesa negam a autoria dos crimes imputados pela polícia, denunciados pelo Ministério Público Estadual e pronunciados pela juíza Marixa Fabiane Rodrigues Lopes, presidente do I Tribunal do Júri de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Leia mais aqui...
http://www.eunanet.net/beth/news_coluna.php?col=58&pst=6213

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cia das Artes revive universo das vedetes do Teatro de Revista na comédia Ladeira da Memória

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2012 09:16:00

Divulgação


Elas usavam plumas e paetês. Dançavam sobre enormes saltos plataforma com segurança e desenvoltura invejável e tinham pernas sensuais que arrancavam suspiros das plateias masculinas e o ódio das mulheres puritanas. A Cia. das Artes volta aos palcos e relembra o universo de luxo e cores das vedetes do Teatro de Revista com a comédia “LADEIRA DA MEMÓRIA”, que estreia dia 26 de maio e fica em temporada até 24 de junho de 2012 no Teatro Coletivo (Rua da Consolação 1623). Antonio Netto faz a direção do texto de Luis Alberto de Abreu, dramaturgo premiado e com quase 30 anos de carreira e mais de 40 peças adaptadas para os palcos. A produção da peça é da Cia. das Artes em parceria da Oficina de Atores, do Rio de Janeiro.

A inspiração não poderia ser diferente. Vedetes emblemáticas como Virgínia Lane, Luz Del Fuego, Dercy Gonçalves e Wilza Carla serviram de inspiração para as atrizes que levarão ao palco a magia que hipnotizou e lotou os teatros brasileiros desde seu surgimento em 1859, no Rio de Janeiro, até sua decadência, em idos de 1960. São Paulo é o foco de “Ladeira da Memória”. Antonio Netto, diretor, explica que o espetáculo narra o cotidiano de uma companhia de Teatro de Revista, em que a principal figura é Deodora (Talma Salem), uma atriz de primeira linha que vive um duplo momento crítico: a pressão de seu namorado Ariovaldo (Hugo Leonardo), um professor de português que anseia pela saída da atriz do glamour da noite paulistana, e a ferrenha disputa entre três vedetes que desejam o seu posto de destaque dentro da Companhia e a preferência dos espectadores, a dita “rivalidade amiga”, que permeava os bastidores dos espetáculos da época.

A companhia de Teatro de Revista é dirigida por Brás (Vagner Vaz) um genuíno canastrão, mas divertido e bem-humorado, que administra os egos inflados das atrizes. Para ilustrar o ambiente boêmio tipicamente paulista, Zelinho (Sergio Buck) é um bêbado que troca o dia pela noite no bar da D. Arízia (Fernanda Gonçalves), um lugar decadente localizado no bairro do Bixiga, zona central de São Paulo. Zelinho bate ponto no bar, todos os dias, e sabe exatamente o que acontece por lá. Alguns fatos são recorrentes, quase cronológicos e o personagem acompanha esses fatos sempre sob sua ótica, movida à malandragem, com um “tempero” de melancolia e humor.

Em cena, 26 atores interpretam o dia a dia da companhia de Teatro de Revista, trazendo à tona características que marcaram época, como a dança, os quadros musicais, as fantasias coloridas usadas como elementos coreográficos e cenográficos.

“Ladeira da Memória” leva os palcos do Teatro Coletivo em São Paulo um gênero teatral derivado dos vaudevilles parisienses, comédias acompanhadas de pequenos coros, onde os personagens se envolviam sempre em situações equivocadas. O elemento mais poderoso desse estilo de teatro era a paródia, recurso desaprovado pelos intelectuais e adorado pelo povo, que sempre lotava os teatros.

Sobre o autor

Luis Alberto de Abreu destacou-se como autor ligado ao grupo Mambembe com as peças Foi Bom, Meu Bem? e Cala a Boca Já Morreu. Em seu repertório, destaque para a antológica Bella Ciao, as premiadas Borandá e Auto da paixão e da alegria, ambas encenadas pela Fraternal Companhia de Arte e Malas Artes, com o Teatro da Vertigem O Livro de Jó, em 1995 fez história. Como roteirista se destacou no cinema com os filmes Maria (1985); Lila Rapper (1997), juntamente com Jean Claude-Bernardet; e os premiados Kenoma (1998) e Narradores de Javé (2000); além de Andar às Vozes (2005), juntamente com Eliane Caffé. Já para TV, escreveu os roteiros de duas minisséries, Hoje é Dia de Maria (2005) e A Pedra do Reino (2006). Foi, ainda, professor de dramaturgia da Escola Livre de Teatro de Santo André e dramaturgo residente no Centro de Pesquisa Teatral (CPT) de Antunes Filho. Recebeu prêmios da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA – 1980, 1982, 1985, 1996), Prêmio Mambembe do Instituto Nacional de Artes Cênicas (1982), Prêmio Molière da Companhia Air France (1982), Prêmio Mambembe (1995), Prêmio Apetesp (1995), Prêmio Panamco (2002) e Prêmio Shell (2004).

Ficha Técnica

Texto: Luis Alberto de Abreu Direção Geral: Antonio Netto Assistencia de Direção: Diego Lima Preparação corporal: Talma Salem Figurinos e Adereços: Márcio Tadeu Design Gráfico e preparação de atores: Jair Aguiar Produção: Cia. das Artes com parceria da Oficina de Atores do Rio de Janeiro Direção de Produção: Jair Aguiar e Cia. das Artes Produção Executiva: Wesley Keri Elenco: Sergio Buck, Hugo Leonardo, Wagner Vaz, Talma Salem, Fernanda Gonçalves e grande elenco.

Serviços

Temporada: 26 de maio a 24 de junho Horário: Sábado 21h e Domingo 20h Duração: 1h10

Recomendação: 12 anos Local: Teatro Coletivo Endereço: Rua da Consolação 1623

Telefone: 11 3255.5922 Ingresso: R$15,00(antecipado) R$40,00 (inteira) R$20,00 (meia)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Ciúme: o veneno do relacionamento

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2012 09:13:00

As pessoas precisam saber dosá-lo para não destruir as relações

Durante toda a nossa vida temos relações que de um jeito ou de outro o ciúme aparece. Seja entre pais e filhos, irmãos, amigos ou com os cônjuges. Quando esse sentimento torna-se exagerado pode ser prejudicial para todos os lados. E isso acontece porque a relação não foi bem trabalhada “as pessoas não podem colocar a alegria e expectativas em cima de uma pessoa e da vida dela”, explica a psicanalista Dra. Taty Ades. Esse sentimento, às vezes, nasce sem percebermos e cresce no nosso interior a partir de uma desconfiança ou algum rancor. Por isso, precisamos saber dosar para que ele não atrapalhe a harmonia e saúde dos relacionamentos.

“Os ciumentos sempre olham para tudo com óculos de aumento, os quais engrandecem as coisas pequenas, agigantam os anões e fazem com que as suspeitas pareçam verdades." (Cervantes)



Durante toda a nossa vida temos relações que de um jeito ou de outro o ciúme aparece. Seja entre pais e filhos, irmãos, amigos ou com os cônjuges. Quando esse sentimento torna-se exagerado pode ser prejudicial para todos os lados. E isso acontece porque a relação não foi bem trabalhada “as pessoas não podem colocar a alegria e expectativas em cima de uma pessoa e da vida dela”, explica a psicanalista Dra. Taty Ades.



Existem vários estágios do ciúme, quando moderado ele pode ser positivo em uma relação. Por exemplo, para um casal o ciúme potencializa e aumenta as emoções. Ele protege o amor, nos relacionamentos em que os sentimentos de ciúme são moderados e ocasionais, ele relembra ao casal que um não deve considerar o outro como totalmente conquistado e submisso.



“A partir do momento em que a pessoa sente-se ameaçada pelo sentimento de desconforto, necessidade de vingança, ódio, raiva, depressão, o ciúme vira doença”, completa a Dra. Taty Ades.



Para quem tem que conviver com essa doença, por conta do parceiro (a), é importante que não ceda às chantagens emocionais e nem caia em jogos doentios. Depois disso é necessário conscientizar que a pessoa é doente e precisa procurar uma ajuda profissional para melhorar as suas relações pessoais.



Esse sentimento, às vezes, nasce sem percebermos e cresce no nosso interior a partir de uma desconfiança ou algum rancor. Por isso, precisamos saber dosar para que ele não atrapalhe a harmonia e saúde dos relacionamentos.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Wellington Nogueira dos Doutores da Alegria Palestrará na EXPO CIEE 2012

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2012 09:11:00

Wellington Nogueira mostrará aos jovens como a alegria pode colaborar para um ambiente de trabalho e para uma vida saudável. Fundador da ONG Doutores da Alegria, proferirá palestra na 15ª Feira do Estudante – EXPO CIEE 2012, dia 18 de maio, às 14, no Auditório 1. A Feira, que já conta com 70 mil será de 18 a 20 de maio, a partir das 10h, no Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo/SP.





“A ONG Doutores da Alegria é uma organização sem fins lucrativos que tem como missão promover a experiência da alegria como fator potencializador de relações saudáveis, por meio da arte do palhaço” explica Nogueira. A organização já realizou mais de 890 mil visitas a crianças hospitalizadas. “Os resultados mostram que a intervenção contínua de artistas, especialmente treinados, pode gerar bons resultados para a saúde da criança” conta.



As apresentações realizadas nas empresas surgiram como uma das formas de ampliar o alcance de trabalho do Doutores da Alegria e buscar levar a cultura da alegria em ambientes corporativos. “A intervenção cênica do palhaço pode inspirar pessoas nesses locais. E pessoas inspiradas, por sua vez, podem promover verdadeiras transformações”, acredita o fundador da Ong.



Wellington Nogueira é fundador e coordenador geral dos Doutores da Alegria, além de ator graduado pela Academia Americana de Teatro Dramático e Musical de Nova Iorque. Trabalhou em algumas das melhores companhias de teatro, cinema e circo do país. Integrou o elenco da Big Apple Circus Clown Care Unit, programa pioneiro em levar palhaços profissionais especialmente treinados para visitar crianças hospitalizadas. No Brasil, realizou diversas temporadas teatrais e participações em cinema e televisão. É um empreendedor social reconhecido internacionalmente como fellowship da Ashoka e líder Avina Nordeste.

Para participar da palestra basta retirar a senha 20 minutos antes da apresentação na frente do auditório 1.





SOBRE O CIEE



O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) conta, diariamente, com cerca de 10 mil vagas de estágio abertas em seu site (www.ciee.org.br), para todo o País. Fundado há 48 anos, o CIEE é uma organização não governamental (ONG), filantrópica e sem fins lucrativos, que tem como finalidade principal a inclusão profissional de jovens estudantes no mercado de trabalho, por meio de programas de estágio e de aprendizagem, contando com a parceria de 250 mil empresas e órgãos públicos de todo o País. Mantido pelo empresariado, sua atuação se pauta pela legislação específica: a Lei 11.788/2008 para o estágio e a Lei 10.097/2000 para a aprendizagem.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Grupo SNJ retoma as atividades e faz show na Matilha Cultural

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2012 09:01:00

O Grupo de rap SNJ - A Sigla, volta com show em que relembra antigos sucessos e se prepara para lançamento do novo disco “É nóis na vida”



Imagem: SNJ - Divulgação



São Paulo, maio de 2012 – Neste sábado, 12/05, junto ao fechamento da exposição Essência na Matilha Cultural, será realizado o show do grupo SNJ – A Sigla, às 20h30, com discotecagem dos DJs Venom, Zero e Tuco, a partir das 18h. A entrada será a doação de um agasalho ou cobertor, que serão doados aos moradores do entorno do local, lno Centro de São Paulo.

Apadrinhados por grandes nomes do rap nacional, como Edi Rock, KL Jay, Thaíde e DJ Hum, o grupo se apresenta para uma prévia de novas faixas do EP “É nóis na vida” com lançamento previsto para o fim do ano com o single “Viajando na balada parte2”. O show contará com participação especial de William Vickman Nvc, Interna Mente e Greguinho.

O grupo dos anos 90 formado por Gilmar de Andrade, Ninare Groove Box, Cris, Rebelde e Sombra, conhecido por sucessos como “Mundo da Lua”, de 1997, “Pensamento”, “Se tu lutas tu conquistas”, “Sentimento abstrato”, “Desculpa mãe” e “Viajando na balada”, indicado ao prêmio de melhor clip de rap do VMB da MTV, retoma suas atividades relembrando os antigos singles de levadas contagiantes e letras que exploram temáticas contemporâneas e importantes no desenvolvimento da cultura marginal, como o poder da autoestima, positividade e valorização da vida.


Show SNJ – A Sigla

12 de maio de 2012

Horário: 20h30

Discotecagem a partir das 18h

Entrada: agasalho ou cobertor em bom estado



Matilha Cultural

Rua Rego Freitas, 542 – São Paulo

Tel.: (11) 3256-2636

Horários de funcionamento: De terça-feira a domingo, exceto sábado, das 12h às 22h

Sábado 14h às 20h

Wi-fi grátis

Cartões: VISA (débito/crédito)

Entrada livre e gratuita

www.matilhacultural.com.br

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Rede Museu da Energia marca presença na 10ª Semana de Museus com programação especial

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2012 08:57:00

Oficinas de conservação de fotografias e de aproveitamento de material reciclável estão entre as atividades dos cinco museus da rede



Com unidades espalhadas por cinco cidades do Estado de São Paulo (Capital, Itu, Jundiaí, Rio Claro e Salesópolis) a Rede Museu da Energia participará da 10ª edição da Semana de Museus, que acontece entre os dias 14 e 20 de maio. Ao longo dos sete dias, haverá uma programação especial, com destaque para o projeto Cinergia, com sessões de cinema, seguidas de debates com o público. Mariana Rolim, superintendente da Fundação Energia e Saneamento, que mantém os museus, comenta o projeto: “Essas atividades propõem uma reflexão sobre a questão dos recursos naturais e a sustentabilidade do atual padrão de consumo e comportamento da sociedade, visando despertar a consciência crítica dos visitantes”.

Criado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), o evento tem como objetivo incentivar instituições de todo o Brasil a apresentarem programações voltadas para um tema central - em 2012, o debate terá como enfoque o mundo em transformação, com seus desafios e motivações.



Confira a programação da rede Museu da Energia:



MUSEU DA ENERGIA DE SÃO PAULO



15/05 (terça-feira) - das 14h às 16h

Oficina de experimentos - tem como objetivo integrar o público à temática da energia por meio de experimentos e atividades lúdicas e educativas.



17/05 (quinta-feira) - das 14h às 17h

Projeto Cinergia - exibição do filme “História dos Bairros de São Paulo – Campos Elíseos”.



19/05 (sábado) - das 14h às 16h

Gincana Educativa – “Caçadores do Museu - em busca do templo da energia”.



Serviço:

Endereço: Alameda Cleveland, 601 – Campos Elíseos

saopaulo@museudaenergia.org.br

Tel.: (11) 3333-5600

Vagas limitadas

Inscrições: www.energiesaneamento.org.br





MUSEU DA ENERGIA DE ITU

16/05 (quarta-feira) - das 09h às 17h

Oficina - conservação de fotografias.



17/05 (quinta-feira) - das 10h às 17h

Projeto Cinergia - exibição do filme “Logorama”.



18/05 (sexta-feira) - das 10h às 17h

Com visitação gratuita, o Museu da Energia de Itu estará aberto ao público, das 10h às 17 horas.



Serviço:

Rua Paula Souza, 669 - Centro

itu@museudaenergia.org.br

Tel.: (11) 4022-6832 / (11) 4013-1038

Vagas limitadas

Inscrições: www.energiaesaneamento.org.br





MUSEU DA ENERGIA DE JUNDIAÍ

15/05 (terça-feira) - das 14h às 17h

Projeto Cinergia - exibição do filme “Ilha das Flores”.



18/05 (sexta-feira) - das 09h às 17h

Oficina - conservação de fotografias.



19/05 (sábado) - das 14h às 16h

Gincana educativa – “FBI da Energia: em busca das lâmpadas”



Serviço:

Rua Barão de Jundiaí, 202 - Centro

jundiai@museudaenergia.org.br

Tel.: (11) 5421-4997 / (11) 4586-8993

Vagas limitadas

Inscrições: www.energiaesaneamento.org.br





MUSEU DA ENERGIA DE RIO CLARO

15/05 (terça-feira) - das 10h às 17h

Oficina - aproveitamento de produtos recicláveis.



16/05 (quarta-feira) - das 14h às 17h

Projeto Cinergia - exibição do filme “Energia Renovável”.



17/05 (quinta-feira) – das 14h às 17h

Gincana educativa – “Gincana da Energia”



Serviço:

Rodovia Fausto Santomauro, Km 3

corumbatai@museudaenergia.org.br

Tel.: (19) 3523-4885

Vagas limitadas

Inscrições: www.energiaesaneamento.org.br





MUSEU DA ENERGIA DE SALESÓPOLIS

15/05 (terça-feira) - das 14h às 17h

Projeto Cinergia - exibição do filme “A História das Coisas”.



17/05 (quinta-feira) - das 14h às 17h

Projeto Cinergia - exibição do filme “A História das Coisas”.



Serviço:

Estrada dos Freire ou Contorno da Barragem, Km 6

salesopolis@museudaenergia.org.br

Tel.: (11) 4696-8131

Vagas limitadas

Inscrições: www.energiaesaneamento.org.br





Sobre a Fundação Energia e Saneamento

Criada em 1998, a Fundação Energia e Saneamento pesquisa, preserva e divulga o patrimônio histórico e cultural do setor energético e de saneamento ambiental. Atuando em várias regiões do Estado de São Paulo por meio da Rede Museu da Energia e do Núcleo de Documentação e Pesquisa, localizado na capital, realiza ações culturais e educativas que reforcem conceitos de cidadania e incentivem o uso responsável de recursos naturais.



EMPRESAS MANTENEDORAS

AES Eletropaulo, Sabesp e Cesp

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lançamento da Obra de Monica Barki no SP Arte

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2012 08:55:00

Publicação documenta a trajetória de 35 anos da artista plástica carioca





Os 35 anos de trajetória da artista plástica carioca Monica Barki estão reunidos no livro homônimo, que a Aeroplano Editora lança dia 12 de maio, às 15h, na SP Arte (Pavilhão Ceccillo Matarazzo, Parque do Ibirapuera). Ao todo, estão reunidos 140 trabalhos produzidos desde o início de sua carreira, em 1976, até os dias atuais, entre desenhos, estudos com colagem, gravuras, pinturas, assemblages, ensaios fotográficos, vídeos e máquinas em diferentes técnicas e dimensões.



Com projeto gráfico assinado pela própria artista, em parceria com o designer e também artista João Modé, o livro aborda uma trajetória assimétrica que passeia por temas recorrentes na obra de Barki, como cultura popular, literatura de cordel, educação burguesa, erotismo e a questão da condição feminina. “É interessante olhar para trás e perceber como meu trabalho é ligado à minha vida. Arte para mim é uma necessidade vital e através dela digo o que é preciso”, resume a artista.



Em edição bilíngüe, a publicação documenta grande parte do acervo de Barki e conta com ensaios críticos de oito autores selecionados. O texto de apresentação é da crítica e curadora Luiza Interlenghi. A biografia é assinada pela jornalista e escritora Cleusa Maria. Participam ainda os críticos e professores Agnaldo Farias, Mauro Trindade, Frederico Morais, Fernando Cocchiarale, Lauro Cavalcanti e Elvira Vigna.



Fazem parte obras nunca expostas e também inéditas, como a continuação da série Lady Pink et ses garçons, na qual aparecem mulheres dominadoras que subjugam o homem como objeto de prazer. “Essa série é uma homenagem a mulher desse novo século, a mulher que tomou uma atitude corajosa e conseguiu se libertar. São trabalhos realizados com diversos tipos de lápis (crayon, pastel seco e oleoso) e inspirados no YouTube ”, explica a artista.



Sobre a série Lady Pink et ses garçons, o professor de história da arte Mauro Trindade explica em seu texto: “...Em sutis deformações anatômicas, o desenho meticuloso de Monica Barki focaliza a mulher vencedora, guerreira, em ringues de telecatch ou em seu duplo simbólico, prostíbulos e alcovas. Assim, Monica subverte o olhar sobre a condição feminina, uma questão recorrente em sua produção. A lógica de dominação é invertida, com lutadoras submetendo e humilhando o masculino sob corpos sobre-humanos, com deboche e abundância”.



Constam obras de diversas séries expostas anteriormente em mostras individuais como: Lady Pink et ses garçons (2010); Bobinas (2004); Ana C. e outras histórias (2006); Colarobjeto (2000/2001); Pintura & Caixa-objeto (1997) e Álbum de Família, litografias (1982).





SOBRE A ARTISTA

Nascida no Rio de Janeiro em 1956, Monica Barki entrou para o mundo das artes aos 12 anos, matriculada no Ateliê Infantil de Ivan Serpa. De lá para cá, não parou mais. Apresentou suas obras em 29 mostras individuais e cerca de 100 coletivas, no país e no exterior, incluindo participação na Bienal Internacional de São Paulo, em 1991. Suas obras se encontram nas coleções do Museu de Arte da Pampulha (Belo Horizonte), Museus Castro Maya (Rio de Janeiro), Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (coleção Gilberto Chateaubriand), Museu de Arte Moderna (São Paulo), Museu Nacional de Belas Artes (Rio de Janeiro), Museu de Arte Contemporânea do Paraná (Curitiba), Itaú Cultural (São Paulo), Museu de Arte Contemporânea de Niterói (coleção João Sattamini), Museu de Arte Contemporânea / Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Fortaleza), entre outras.



LANÇAMENTO: dia 12 de maio, às 15h, na SP Arte

Local: SP Arte, Pavilhão Ceccillo Matarazzo, Parque do Ibirapuera.



SOBRE O LIVRO: Monica Barki

Publicação: Aeroplano Editora

Número de páginas: 208

Brochura: 4/4 , 23,5 x 28,5cm

Edição bilíngüe: português e inglês

Textos: Monica Barki, Luiza Interlenghi, Cleusa Maria, Agnaldo Farias, Mauro Trindade, Frederico Morais, Fernando Cocchiarale, Lauro Cavalcanti e Elvira Vigna.

Produção: Paulo Branquinho

Projeto gráfico: Monica Barki e João Modé

Preço: R$ 120

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Conciliação, uma escolha possível e necessária

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2012 08:51:00

Por Rodrigo Martins de Oliveira*, sócio do C. Martins & Advogados Associados


Filas, longas esperas e altas doses de paciência e persistência. Embora pareça a descrição das condições do trânsito nas grandes metrópoles, o quadro reflete uma situação ainda mais preocupante. Trata-se da morosidade crônica que assola as várias instâncias do Judiciário. Além de causar prejuízos imensuráveis à sociedade, o “congestionamento” da justiça brasileira também gera danos sociais à medida que dificulta o acesso do cidadão aos seus direitos fundamentais, ferindo de morte a Constituição Federal (artigo 5º, inciso XXXV). Do ponto de vista empresarial, os prejuízos são visivelmente expressivos, já que as empresas destinam grande parte do seu resultado ao provisionamento dessas ações, comprometendo diretamente o lucro dos acionistas. Em resumo: perdem todos, inclusive o Judiciário, que tem sua imagem arranhada por não conseguir atuar de maneira célere e eficiente.

Para um país com perfil contencioso como o Brasil, esse cenário precisa ser revisto e já há ensaios de mudanças com práticas sustentáveis e importantes implementadas por alguns setores do segmento, cultuando a conciliação em nome da celeridade da engrenagem e com investimentos em mutirões e em acordos que tragam uma resposta satisfatória e dinâmica aos envolvidos. O endividamento, que infelizmente afeta grande parte da população, faz com que milhares de brasileiros percam seus créditos, sendo colocados à margem da sociedade de consumo. Mas é possível promover uma reintegração e, acima de tudo, “destravar” o número de demandas que esperam por resposta na Justiça. Com orientação jurídica adequada, essas pessoas podem recorrer aos acordos para resolver suas pendências.

Muito mais do que retórica, os números comprovam o sucesso desse tipo de iniciativa. Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, no período de 28 de novembro até 1º de dezembro, foram atendidas mais de 30 mil pessoas em todo o Estado. Os acordos ultrapassaram R$ 21 milhões, somados os casos processuais e pré-processuais. No Rio de Janeiro, o Tribunal de Justiça contabilizou um índice de cerca de 90% de acordos, com uma média de 4.800 audiências realizadas no total. Já na Justiça estadual do Espírito Santo, os acordos firmados entre as partes chegaram ao montante de R$ 3.951.689 até o quarto e penúltimo dia de movimento, 1º de dezembro, de acordo com o segundo balanço parcial. Das 3.429 audiências feitas no período, 1.169 terminaram em acordos.

Os resultados comprovam que a mediação e os acordos são a maneira mais adequada de resolução de litígios, contribuindo para promover a paz social, que não é exercida apenas com o julgamento das ações propostas, mas, sobretudo, por meio da conciliação e da mediação.

A relevância do tema fez com que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) elaborasse a Resolução nº 125, que institui a Política Judiciária Nacional de Tratamento Adequado dos Conflitos de Interesses. Essa iniciativa estabelece que cabe ao Poder Judiciário organizar em âmbito nacional, não apenas os serviços prestados nos processo judiciais, mas também a solução de conflitos por meio de outros mecanismos, principalmente a conciliação e a mediação. Por isso, a partir da Resolução 125, tais práticas são sedimentadas como instrumentos efetivos de pacificação social, solução e prevenção de litígios, essenciais em qualquer democracia.

É essencial salientar que as práticas sociais de mediação e conciliação apresentam-se como ferramenta ao exercício da cidadania, uma vez que educam e apóiam os envolvidos a decidirem sem a intervenção de terceiros. Diferentemente do que acontece em um processo judicial, no qual são os advogados que intervêm e manejam o conflito, na conciliação as partes são os grandes protagonistas, indicando a melhor forma de resolver o problema em questão.

Não restam dúvidas de que o acordo decorrente da mediação tem muito mais condições de corresponder aos anseios e expectativas dos envolvidos, pois estes contam com plenas condições de manifestarem o que pretendem e esperam. Em decorrência dessa transparência, diversas alternativas podem ser encontradas. É possível trilhar um novo caminho, construir um desfecho diferente e incutir no cidadão conhecimento sobre seus direitos e deveres. Acima de tudo, fomentamos a paz e estimulamos a cidadania, requisitos primários e essenciais no Estado Democrático de Direito.


Rodrigo Martins de Oliveira*

Advogado especialista na área de Direito Comercial, Falimentar, Societário e presta consultoria de contratos cíveis e comerciais. Com MBA em Direito da Economia e da Empresa pela Fundação Getúlio Vargas, é também pós-graduado em Direito Empresarial pela Universidade Estácio de Sá. Delegado da Comissão de Direitos Humanos e Assistência Judiciária da OAB/RJ (2003-2005). É o sócio-gerente do C. Martins & Advogados Associados, membro da OAB e da Sociedade Internacional de Direito Penal Militar e Direito de Guerra (Luxemburgo).


C. Martins & Advogados Associados


Líder do Direito Bancário no Rio de Janeiro e com atuação no sistema full legal assistance, o C.Martins & Advogados Associados conta com expertise nas áreas bancária e empresarial e equipe especializada para cada nicho do direito - Cível, Comercial, Juizados Especiais, Tributário, Contábil, Fusões, Aquisições e Incorporações de Empresas - Recuperação de Crédito Administrativo e Judicial, Previdenciário, Trabalhista, Due Dilligence, Mercado de Capitais e agora atua também no Direito Desportivo. Com uma iniciativa inédita no país, criou um Núcleo de Acordos que apresenta economia de tempo – uma causa que demandaria 18 meses pode ser sanada em apenas três – e de dinheiro, em três anos e meio de existência o Núcleo zerou mais de seis mil ações, o que resultou num alívio de milhões aos seus clientes e também contribui com agilidade e desova de ações para o sistema Judiciário. O escritório fomenta a cultura Conciliatória no Estado carioca especialmente para as áreas de Juizado e Contencioso de Ações Cíveis.

A banca jurídica teve seu trabalho na advocacia empresarial e em especial na área de contencioso reconhecido pelas mais importantes publicações setoriais do país. Atualmente, o escritório tem mais de 70 mil ações, e conta com um staff superior a 400 pessoas, possui em sua carteira de clientes instituições financeiras como os mais importantes bancos brasileiros e internacionais. Na área empresarial, atua em diversos ramos como petroquímico, informática, telecomunicações, grupos de hotéis e serviços, além de cuidar da parte jurídica de alguns serviços conduzidos pelo próprio Estado. Com presença não apenas no Brasil, o escritório mantém parceria e correspondência em Portugal (Lisboa e Porto), atuando em toda a Comunidade Européia. Acesse: www.cmartins.com.br.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Nova Lei de Precatórios e Parcelamento: Benefício ao Contribuinte ou Inconstitucionalidade?

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2012 08:49:00

***Mariana Corrêa Monteiro Seccatto



A Assembleia Legislativa do Estado do Paraná aprovou o projeto de lei n.º 940/11 e publicou, em 09 de fevereiro de 2012, ainda que com alguns vetos, a Lei Estadual n.º 17.082, que entrará em vigência no próximo dia 09 de maio. Referida Lei regulamenta o novo acordo direto de precatórios do Estado do Paraná, realizado através de conciliação entre o Estado e os titulares originais e cessionários dos referidos créditos. Além disso, a Lei estabelece políticas fazendárias, dando regramento sobre o parcelamento de débitos perante a Fazenda Estadual, decorrentes de ICMS, IPVA e ITCMD, e a hipótese de negociação destes débitos com os créditos de precatórios.



A Lei 17.082, não traz novidade permitindo a compensação de débitos tributários, mas apresenta nova regulamentação e nova política fiscal para a quitação dos débitos estaduais, mediante algumas exigências. A primeira delas é o recolhimento em dia das GIA’s (Guias de Informação e Apuração), no caso dos débitos de ICMS, posteriores a 01 de novembro de 2011.



Além disso, é necessária a adesão ao parcelamento previsto no art. 19 da Lei, o qual permite o ingresso de débitos, cujos fatos geradores tenham ocorrido até 30.11.2009, a serem parcelados na seguinte proporção: 25% (vinte e cinco por cento) do débito, em 59 (cinquenta e nove) parcelas e os 75% (setenta e cinco por cento) restantes, alocados em uma última parcela, a ser paga com os créditos dos precatórios inscritos tempestivamente.



Quem não tiver crédito a compensar, mas ainda quiser parcelar seu débito, poderá fazê-lo também. Nesse casso, a regra só vale para débitos de fatos geradores ocorridos até 30 de setembro de 2011, que poderão ser pagos em até 120 (cento e vinte) parcelas. Ambos os parcelamentos trazem alguns benefícios aos contribuintes: (i) redução de 95% (noventa e cinco por cento) de multas e 80% (oitenta por cento) de juros de mora para pagamento à vista; (ii) redução de 80% (oitenta por cento) das multas e 60% (sessenta) por cento de juros de mora no pagamento em até 60 (sessenta) parcelas; (iii) ou redução de 65% (sessenta e cinco por cento) das multas e 50% (cinquenta por cento) dos juros de mora para pagamento em até 120 parcelas.



Habilitado para esta primeira rodada de negociações, o contribuinte terá a possibilidade de ver o seu débito quitado através dos créditos de precatórios que possui. Obviamente, nada pode ser perfeito. A Lei fixa deságio mínimo de 20% para a utilização destes precatórios. E, além disso, faculta ao Chefe do Poder Executivo ordenar o pagamento dos precatórios, dentre outros, de acordo com a melhor oferta de maior deságio, conforme dispõe o art. 8º, II. Ou seja, quer der mais – ou melhor, quem estiver disposto a receber menos – leva primeiro. Daí o apelido “carinhosamente” dado à sistemática da Lei n.º 17.082: “Leilão do Deságio”.



De qualquer modo, caso o credor titular dos precatórios acredite nas benesses da Lei e resolva se inscrever, seja para negociar o seu crédito, seja para solicitar a compensação com um débito seu, precisa fazê-lo em até 60 (sessenta) dias a partir da entrada em vigor da Lei, que se dará, repita-se, em 09 de maio. A partir da solicitação da compensação, os requerimentos deverão ser protocolados junto à Câmara de Conciliação de Precatórios em 90 (noventa) dias, contados do encerramento do primeiro prazo. Ainda, quem já participa de outros acordos de parcelamento poderá pedir a sua rescisão, renunciando dos seus benefícios para participar deste novo parcelamento.



Quem recebe a boa notícia, de verdade, são os pequenos devedores de ICMS, cujo débito não tenha ultrapassado os R$ 10.000,00 (dez mil reais) até 31 de dezembro de 2010, pois terão suas dívidas canceladas, de acordo com o art. 30.



Feito o breve resumo do teor da Lei, necessária uma reflexão sobre seus efeitos práticos. Isto porque, mesmo antes de sua entrada em vigor, a Lei 17.082 cria diversos questionamentos a seu respeito. É cediço que a utilização de precatórios para o pagamento de débitos tributários Estaduais é medida que agrada a muitos contribuintes e também necessária, visto que reduz o problema financeiro daqueles que se veem obrigados a desembolsar quantias muitas vezes impraticáveis e, cujos débitos nunca seriam efetivamente quitados.



Todavia, este não é um caminho fácil a se seguir, e se há vantagens, também há uma parcela de perdas aos envolvidos, que devem abrir mão de alguns direitos para que haja uma composição o mais justa possível. Diante desse cenário, muitos veem campo fértil para calorosos debates, questionamento de brechas na Lei e algumas irregularidades. E nesse sentido, muito tem se discutido acerca de questões como: a possibilidade de favorecimento ao inadimplente; a violação à ordem de preferência prevista no art. 100, da Constituição Federal; o impedimento do acesso ao judiciário, e; o incentivo à quitação dos precatórios com deságio. Esses fatores podem acarretar a inconstitucionalidade da Lei em comento. Argumentos prós e contras podem ser elencados.



A constitucionalidade da Lei pode ser defendida, já que tal procedimento é previsto pelo art. 97, do ADCT, em seu §8º, III. O dispositivo estabelece a possibilidade de os estados aplicarem os 50% (cinquenta por cento) dos recursos que não são utilizados obrigatoriamente para o pagamento dos precatórios na forma do §6º, à sua escolha, para o pagamento de demais precatórios por meio de leilão, ou por meio de acordo direto com credores, opção feita pelo legislador paranaense no diploma em estudo (o §6º do art. 97 determina que pelo menos a metade dos recursos arrecadados nos termos do artigo seja revertida em pagamento de precatórios na ordem cronológica de apresentação, respeitada a ordem de preferência do art. 100, §§1º e 2º da Constituição).



Da leitura da Lei 17.082, nota-se que a intenção do Estado do Paraná é se valer desse permissivo constitucional, para utilizar os recursos que vem depositando em razão do regime de pagamento especial pelo qual optou nos termos do art. 97, §1º, II, do ADCT, reduzindo o tamanho de sua dívida com os seus credores.



Contudo, o que se tem questionado é o modo como a Lei vem dispondo sobre tal permissivo, e talvez seja nesse ponto que incida a sua inconstitucionalidade. O primeiro ponto que se discute é o de que a Lei possibilita o favorecimento ao inadimplente, prejudicando aqueles contribuintes que pagam os seus tributos em dia. A mera possibilidade de que as hipóteses de parcelamento e remissão previstos na Lei instituam benefícios aos maus pagadores de tributos, que não possuem os contribuintes que pagam seus tributos em dia, pode ser considerada uma forma de tratamento desigual. De fato, sob tal prisma, parece factível que a Lei 17.082 ofende ao princípio constitucional da igualdade, previsto no art. 5º, caput, da CFB/88.



Além disso, é fragrante o incentivo da legislação à quitação dos precatórios com o maior deságio possível o que pode causar algum prejuízo aos credores desses títulos. A Lei prevê como requisito para inscrição dos precatórios, de início um deságio mínimo de 20% (vinte por cento). E, ainda, para aqueles que oferecerem maior “desconto” possam receber preferencialmente seus créditos.



É crível que a demora no pagamento de tais créditos pelo Estado, o maior inadimplente de todos, gera impaciência e desespero aos credores, pela sensação que nunca receberão seus créditos. Com isso, o poder de barganha do Estado gera desequilíbrio, desigualdade na relação entre as partes, o que pode convencer muitos credores a se inscrever, na tentativa de adiantar seus pagamentos, ainda que percam parcela relativa dos seus créditos, desde que tenham em mãos o seu dinheiro, e não mais apenas um título sem um prazo real para pagamento.



O adiantamento desses pagamentos aos credores inscritos também pode gerar, por consequência, uma violação à ordem de preferência para o pagamento dos precatórios, tal como prevista no art. 100, da Constituição Federal. É notória a inconstitucionalidade aqui considerada, visto que a possibilidade da violação à ordem de preferência fere disposição prevista na própria Constituição Federal.



Por fim, há dispositivos na Lei em comento que condicionam a celebração do acordo previsto à renúncia a qualquer discussão ou tipo de defesa do contribuinte, importando em confissão irrevogável e irretratável dos débitos inscritos. Ocorre que tal conduta caracteriza nítido impedimento de acesso à justiça, direito assegurado pelo art. 5º, inciso XXXV, da CFB/88, que estabelece que "a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça de direito".



Desta feita, qualquer barreira que vise limitar o direito constitucionalmente garantido a todos os cidadãos de pleitearem seu direito ou se defenderem de eventual ameaça a este, ainda que por meio da lei, passa a ser um também um elemento de irregularidade do procedimento, ilegitimando o dispositivo.



Em razão desses fatores, várias são as reflexões sobre a possível inconstitucionalidade da Lei 17.082 e ainda outras podem surgir. A começar pelo próprio Governo do Paraná, que ajuizou em 25 de Abril, no Supremo Tribunal Federal Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o diploma legal, sob o argumento de que a Lei faz concessão de parcelamento, mantendo benefícios já concedidos na Lei n.º 15.290/2006, sem, no entanto, convênio que autorize a prorrogação de tais efeitos. A ação se encontra sob-relatoria do Min. Cezar Peluso.



Segundo a fundamentação da ADI, o novo parcelamento criou modalidade de suspensão de exigibilidade de crédito tributário, qual seja, a apresentação do requerimento para a conciliação. Tal fato seria inconstitucional, posto que avançaria a competência da União, que já regulou a matéria no Código Tributário Nacional.



De todas essas possíveis inconformidades com a Constituição, resta observar quais elementos serão sopesados pelos contribuintes, sejam eles devedores, credores do Estado do Paraná, ou ambos, e o que valerá mais a pena a cada um: beneficiar-se dos dispositivos da nova Lei, ou questioná-los, protestando em função de eventuais inconstitucionalidades apontadas.



Todo modo, será um caminho difícil a ser seguido, acompanhado de acalorados debates e muitas adaptações, abrindo um leque de possibilidades, que pode ir da redução em grande escala da fila dos precatórios estaduais e do êxito nos acordos e parcelamentos de débitos tributários, à enxurrada de ações judiciais e bombardeios à Lei recém-chegada e, quem sabe, já de início fadada ao insucesso.



***Mariana Corrêa Monteiro Seccatto é Advogada Associada do Escritório Katzwinkel & Advogados Associados

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

12 de maio - Dia Mundial do Enfermeiro

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2012 08:43:00

O Enfermeiro é o grande cuidador do paciente oncológico



































Quem está doente precisa de cuidados médicos, mas isso não significa o trabalho exclusivo dos doutores em Medicina. Para ajudar os médicos a cuidar dos doentes, outra categoria profissional tem um papel decisivo, a dos enfermeiros, que têm no dia 12 de maio o dia internacional que comemora sua profissão.

A data lembra e homenageia o nascimento da britânica Florence Nightingale uma pioneira da enfermagem moderna, que nasceu em 12 de maio de 1820.

A ANA - American Nurses Association - define a Enfermagem como "uma ciência e uma arte, levando em consideração que o objetivo principal do trabalho é o de cuidar dos problemas reais de saúde, por meio de ações interdependentes com suporte técnico–científico, bem como reconhecer o papel significativo do enfermeiro de educar para saúde, ter habilidades em prever doenças e o cuidado individual e único do paciente".

A palavra Enfermeiro se compõe de duas palavras do latim: “nutrix”, que significa Mãe, e do verbo “nutrire”, que tem como significados criar e nutrir. Essas duas palavras, adaptadas ao inglês do século XIX, acabaram se transformando na palavra NURSE que, traduzida para o português, significa Enfermeira.

De acordo com a Médica Oncologista, Drª Carla Ismael, do CTO – Centro de Terapia Oncológica, o papel do enfermeiro é muito importante, pois é ele que fica em contato com o paciente quando o mesmo vai receber o tratamento oncológico propriamente dito. “Este contato é de extrema relevância, pois é o carinho que a equipe de enfermagem tem com os pacientes que muitas das vezes o auxiliam na recuperação”.

Atualmente a equipe de enfermagem do CTO, composta por quatro Técnicos de Enfermagem e dois Enfermeiros, atende entre 70 e 80 pacientes por dia. Rogério Cabral Machado, Coordenador da Enfermagem, explica que além da administração do atendimento propriamente dito, uma das mais marcantes características do trabalho no Centro de Terapia é a tentativa de confortar os pacientes e os familiares.

“Como em toda profissão, o enfermeiro tem que se dedicar ao que faz e ter carinho e respeito aos pacientes, além de saber compreender a dor e o sofrimento pelo qual os pacientes oncológicos estão passando”, frisou Rogério.

Para a oncologista, vale ressaltar que é muito importante que o enfermeiro tenha a formação adequada para exercer essa importante função e que o CTO se orgulha de ter profissionais habilitados para isso, mas que independente dessa formação e muita das vezes tão importante quanto a formação é que esse profissional tenha habilidades no trato com o paciente. “O Enfermeiro é o grande cuidador do paciente oncológico. É ele, o enfermeiro, que segura à mão do paciente quando ele mais precisa e está aqui nas dependências do CTO”, finalizou Carla Ismael.

UM POUCO DE HISTÓRIA
Nightingale foi uma jovem que se rebelou contra o papel submisso que as mulheres exerciam na sociedade de sua época, destinadas ao casamento e à maternidade. Por isso, ela se tornou enfermeira, profissão normalmente exercida por freiras.

Ela se destacou por organizar e chefiar uma equipe de 38 enfermeiras voluntárias que partiram para o front da Guerra da Criméia (1853-1856) onde tratavam dos soldados feridos. Depois, na volta a seu país natal, também desenvolveu grandes esforços para melhorar as condições de tratamentos médicos dados a pobres e indigentes.

Além disso, foi ela quem lutou para dar à atividade um caráter profissional, fundando a Escola de Enfermagem do Hospital St. Thomas, que depois receberia seu nome. Lá foram lançadas as bases do ensino de enfermagem e de lá saíram as primeiras enfermeiras diplomadas.

No Brasil, entre 12 e 20 de maio, comemora-se a Semana da Enfermagem, que relembra outra mulher que se dedicou à mesma profissão, pioneiramente, em nossa terra: a baiana Ana Justina Ferreira Néri.

Nascida em 13 de dezembro de 1814, Néri morreu em 20 de maio de 1880. Foi uma mulher de posses, que deixou uma vida tranquila para servir voluntariamente como enfermeira na Guerra do Paraguai (1865-1870), cuidando dos soldados brasileiros na frente de batalha.

Enquanto acompanhante, que cuidava dos enfermos, a enfermagem existe desde a Antigüidade. Tornou-se uma prática não profissional durante a Idade Média e era desenvolvida por religiosas, principalmente, como uma forma de sacerdócio. Só depois da atividade de Florence Nightingale a atividade receberia status profissional. Inicialmente feminina, a profissão hoje é exercida por ambos os sexos.

No Brasil, a formação de pessoal de enfermagem para atender inicialmente aos hospitais civis e militares e, posteriormente, às atividades de saúde pública, principiou com a criação, pelo governo, da Escola Profissional de Enfermeiros e Enfermeiras, no Rio de Janeiro, junto ao Hospital Nacional de Alienados do Ministério dos Negócios do Interior.

Esta escola, que é de fato a primeira escola de Enfermagem brasileira, foi criada pelo Decreto Federal nº 791, de 27 de setembro de 1890, e denomina-se hoje Escola de Enfermagem Alfredo Pinto, pertencendo à Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Atualmente, a profissão de enfermeiro(a) é regulamentada por lei e existe tanto no nível técnico (ensino médio) quanto no ensino superior. Da mesma maneira existem um Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) com seções nos diversos Estados brasileiros.

SERVIÇO
CTO – Centro de Terapia Oncológica
Rua Dr. Sá Earp, 309
Centro – Petrópolis/ RJ

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Carla Coelho
COMUNICAÇÃO LIVRE

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Caso Eliza Samudio - Goleiro Bruno quer reconhecer paternidade de filho com Eliza Samudio, diz advogado

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2012 08:38:00

Goleiro Bruno quer reconhecer paternidade de filho com Eliza Samudio, diz advogado
Segundo Rui Pimenta, o atleta deve dividir 10% do dinheiro entre seus três filhos

O goleiro Bruno Fernandes quer reconhecer legalmente o filho de dois anos e meio que teve com Eliza Samudio. O advogado do atleta, Rui Pimenta, disse que entrará na sexta-feira (11) com uma escritura pública na Vara da Família da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

O advogado informou que a ação foi uma iniciativa do goleiro. O valor da pensão deverá ser estipulado pela Justiça, mas segundo o advogado, o atleta está disposto a pagar 10% de todo o dinheiro que dispõe entre os filhos. Além do menino, o jogador tem outros dois filhos.

Em conversa com o site nesta quinta-feira (10) a mãe de Eliza, Sonia Fátima de Moura, disse que ficou surpresa com a informação. Ela ainda não foi informada oficialmente e cuida do neto desde o desaparecimento da filha.

— Fiquei surpresa de saber disso. Já tem dois anos que pedi para que ele pagasse e ele nunca tomou iniciativa. Nunca se sabe o que se passa na cabeça da pessoa.

Eliza já movia uma ação para que Bruno reconhecesse a paternidade da criança. O pedido de pensão foi feito quando ela ainda estava grávida. Segundo a advogada da mãe da jovem, Maria Lúcia Gomes, o valor estipulado de pensão naquela época foi de 20 salários mínimos.

- Está me soando uma estratégia de defesa esse reconhecimento de paternidade porque o pedido foi feito há anos. Ele não estará fazendo nenhum favor, mas sim uma obrigação. Caso esse valor não coincida com a atual situação financeira de Bruno, o advogado dele tem que entrar com uma revisão mas, caso isso não ocorra, o valor estipulado é de 20 salários mínimos.

A jovem desapareceu no início de junho de 2010. No dia 25 de junho, o filho da jovem foi encontrado na casa de uma amiga de Dayanne Rodrigues do Carmo Souza, ex-mulher de Bruno.




Após ouvir depoimento de dois suspeitos, a polícia diz que Eliza teria sido sequestrada com seu filho no Rio de Janeiro no dia 4 de junho e levada para Minas Gerais. Segundo a polícia, a jovem teria sido mantida com o filho no sítio de Bruno e, dias depois, teria sido morta na casa do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG).

Apesar de a polícia não ter encontrado o corpo de Eliza, o delegado que cuida do caso diz que as investigações concluem que ela está morta.

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:

Jornal de Floripa

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Estão abertas as inscrições para o 11º Prêmio Literário CIEE/CADE

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:23:00

CIEE E CADE PROMOVEM PRÊMIO LITERÁRIO PARA ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR
Os três primeiros colocados receberão medalhas,
diplomas e R$ 13 mil reais em prêmios

"Estão abertas as inscrições para o 11º Prêmio Literário CIEE/CADE, promovido pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). O tema do concurso, que divulga a cultura concorrencial entre os universitários, é Desafio da Análise Prévia em Ato de Concentração.

Os trabalhos deverão ser entregues ou enviados para a sede do CIEE (Rua Tabapuã, 540 – 11º andar – Itaim Bibi – São Paulo/SP – CEP 04533-001), até o dia 30 de abril, devidamente assinados. Podem participar estudantes do ensino superior, que deverão informar em uma folha à parte: nome e endereço completo, idade, telefone, e-mail, nome da faculdade ou universidade e curso em que estão matriculados.

Os trabalhos devem ter entre 2.800 e 4.200 caracteres (incluindo os espaços), ser digitados e impressos em papel A4, fonte Arial, corpo 12, espaço 1,5 centímetro. Os três primeiros colocados receberão medalhas, diplomas e prêmios em dinheiro, sendo R$ 6 mil para o primeiro classificado; R$ 4 mil para o segundo, e R$ 3 mil para o terceiro.

A entrega dos prêmios será em dezembro, em solenidade na sede do CADE, em Brasília/DF, com viagem paga pelos organizadores. Outras informações sobre o regulamento podem ser obtidas no site www.ciee.org.br

SOBRE O CIEE

Fundado há 48 anos, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) é uma organização não governamental (ONG), filantrópica e sem fins lucrativos, que tem como finalidade principal a inclusão profissional de jovens estudantes no mercado de trabalho, por meio de programas de estágio e de aprendizagem, contando com a parceria de 250 mil empresas e órgãos públicos de todo o País. Mantido pelo empresariado, sua atuação se pauta pela legislação específica: a Lei 11.788/2008 para o estágio e a Lei 10.097/2000 para a aprendizagem.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Senac São Paulo abre inscrições para cursos técnicos com dois lançamentos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:20:00

Técnico em Guia de Turismo e Técnico em Hospedagem são as novidades do portfólio, que conta com ampla diversidade de áreas

Os interessados em ingressar rapidamente no mercado de trabalho já podem escolher entre as mais de 100 opções de cursos técnicos que o Senac São Paulo disponibiliza. Voltados para a educação profissional técnica de nível médio, os cursos são desenvolvidos para atender às necessidades do mercado, com foco na prática e no empreendedorismo. As inscrições podem ser feitas pelo portal do Senac (www.sp.senac.br/cursostecnicos) ou em uma das unidades da instituição na capital, Grande São Paulo, interior e litoral.

Segundo estimativa da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec – MEC), em 2011, o número de matrículas nos cursos técnicos já representou de 15% a 18% do total das inscrições no ensino médio, quase o dobro do percentual de cinco anos atrás. Isso significa um contingente de 1,5 milhão de alunos nesses cursos.

“A formação técnica é importante para o desenvolvimento do setor produtivo, por ter um foco prático. Atualmente, vivemos um apagão de mão de obra em diversos setores da economia. O ensino técnico contribui com a qualificação profissional e, consequentemente, com o desenvolvimento socioeconômico do País”, afirma Roland Zottele, gerente de desenvolvimento do Senac São Paulo.

Os dois lançamentos de 2012 –Técnico em Guia de Turismo e Técnico em Hospedagem – são resultado de uma pesquisa de mercado realizada pelo Senac, que identificou uma grande demanda por profissionais qualificados nessas áreas. Como pré-requisito para participar de qualquer um dos cursos, o estudante deve ter no mínimo 16 anos e cursar ou já ter concluído o ensino médio.

Além das novidades, são oferecidos cursos nas áreas de administração e negócios, arquitetura e urbanismo, arte e cultura, beleza, comunicação social, desenvolvimento social, educação, eventos, finanças e contabilidade, gestão de pessoas, marketing e vendas, moda, saúde e bem-estar, turismo e hotelaria.


No Senac São Paulo, alguns dos títulos mais procurados são: Técnico em Administração, Técnico em Contabilidade, Técnico em Design de Interiores, Técnico em Enfermagem, Técnico em Estética, Técnico em Farmácia, Técnico em Logística, Técnico em Massoterapia, Técnico em Meio Ambiente, Técnico em Nutrição e Dietética, Técnico em Podologia e Técnico em Segurança do Trabalho.

Há 65 anos, o Senac prepara o aluno para o mundo do trabalho, tendo como diferencial metodologias ativas no processo de ensino-aprendizagem, a aprendizagem de forma prática e colaborativa com foco na autonomia do aluno, utilizando ambientes educacionais equipados com infraestrutura de ponta que simulam a realidade profissional. Para mais informações sobre os lançamentos, portfólio completo, unidades participantes e prazos para inscrições, clique em www.sp.senac.br/cursostecnicos. Os interessados podem, ainda, participar da Política Senac de Concessão de Bolsas de Estudos. Para conferir os pré-requisitos acesse www.sp.senac.br/bolsasdeestudo.

Sobre o Senac São Paulo
Instituição educacional comprometida com a inclusão social, o Senac São Paulo organiza uma programação de cursos livres, técnicos, de graduação e pós-graduação em diversas áreas do conhecimento. São 54 unidades educacionais em todo o Estado de São Paulo, além de três campi do Centro Universitário Senac, dois hotéis-escola – Grande Hotel São Pedro e Grande Hotel Campos do Jordão –, e mais a Editora Senac São Paulo. A diversidade dessa atuação possibilita a oferta de atendimento corporativo e de cursos a distância.

Sob a gestão da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio), o Senac São Paulo reúne a força de 1,8 milhão de empresas e promove a difusão de conhecimento e empreendedorismo há 65 anos.

Serviço:
Cursos Técnicos 2012
Informações: www.sp.senac.br/cursostecnicos ou 0800 883 2000

Mais informações pelo site: www.sp.senac.br
Acompanhe o Senac São Paulo nas redes sociais: www.sp.senac.br/redessociais

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Guitarrista Beto Kaiser do Galo da Madrugada lança CD solo

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:18:00

NOVO CD DO GUITARRISTA BETO KAISER
TRAZ RIQUEZA MELÓDICA

A fórmula para uma composição instrumental de Beto Kaiser é bem simples: uma coleção de bons “riffs” de guitarra, costurados com uma melodia que muda constantemente de mais lenta para mais apressada, sem sair da harmonia.

O DISCO - Além da riqueza melódica o novo CD de Beto kaiser, “Seu Serafim, Profissão Herói”, mistura faixas em estilos para os mais variados gostos musicais. Do pop contemporâneo ao rock progressivo, com influências freqüentes de blues e heavy metal.

O resultado são 10 canções boas de escutar e fáceis de gostar: 1-Itapuama: um hard rock “chiclete”, com solos no estilo Iron Maiden e referências ao frevo na bateria; 2-O Negão: um rock romântico, com sabor “nostálgico”; 3-Seu Serafim: um rock-pop “adocicado”, que empresta o título ao CD; 4-Maxambomba: outro hard rock, com solos distorcidos de guitarra; 5-Beethoveen: a única executada ao violão, é uma canção lenta com muito “bom astral”; 6-Azul Marinho: uma balada romântica, com forte apelo sentimental; 7-Seu Guezim: um divertido country, com uma “nervosa” bateria (que certamente agradará às crianças); 8-Los Germanos: um rock´n´roll, hora modernizado hora tradicional, com solos “eloqüentes”; 9-Doce Mar: mais progressiva, traz um arranjo inspirador; e 10-Fratelli Vita: fechando brilhantemente o CD, com um “esperto” heavy metal.

O GUITARRISTA - A maturidade de Beto Kaiser, como instrumentista, lhe permitiu experimentar as mais diversas possibilidades técnicas da guitarra em cada faixa. E, mesmo com um estilo original bem definido desde seu trabalho anterior (“Mensageiro do Vento” - 2004), Beto não pode negar ter bebido das fontes de Eric Clapton e Stevie Ray Vaughan.

Outros destaques do novo álbum são os arranjos para a bateria, criados e interpretados por Ebel Perrelli (baterias Gretsch); e as contribuições de baixo, divididas entre Gustavo Bigode e Sérgio Eduardo. O disco foi gravado e mixado nos estúdios Casona (PE), com produção de Beto Kaiser e masterização da KevorKian Mastering (EUA), e está à venda pelo email beto.kaiser@yahoo.com.br

No final, “Seu Serafim, Profissão Herói” acaba sendo uma bela homenagem de um guitarrista a sua própria profissão, na qual muitas vezes precisa ser ele mesmo um verdadeiro herói.

SERVIÇO
Fotos, teasing das músicas e vídeos:
SITE: http://www.seuserafim.k6.com.br
PERFIL: http://www.facebook.com/beto.kaiser
FAN PAGE: http://www.facebook.com/beto.kaiser1

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Perito em crimes digitais, mostra os perigos da web e como se proteger deles

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:15:00

MANUAL DO DETETIVE VIRTUAL É ADOTADO POR ESCOLAS PARA CONSCIENTIZAR JOVENS SOBRE O USO CORRETO DA INTERNET



No livro, Wanderson Castilho, perito em crimes digitais, mostra os perigos da web e como se proteger deles

O livro “Manual do detetive Virtual – Casos verídicos e dicas para se precaver contra problemas no mundo digital”, do especialista em segurança da informação, Wanderson Castilho, está sendo adotado por escolas, como o colégio Objetivo e acaba de ganhar uma edição atualizada. Na obra, o autor ressalta a importância de conscientizar crianças e jovens sobre uso correto da internet. “Os pais precisam saber o conteúdo que seus filhos acessam e enquanto o governo não tomar medidas que esclareçam o comportamento de cada cidadão no mundo virtual, muitas pessoas serão prejudicadas”, alerta. Segundo ele, o jovem precisa ter limites na internet, para não correr o risco de se meter em encrencas.

O especialista também relata no livro outros casos de pessoas que tiveram seus computadores invadidos e até mesmo empresas que tiveram dados sigilosos roubados por concorrente e explica como se proteger desses ataques. Para Castilho, cada vez mais as realidades física e virtual tendem a se confundir. “A chave para não se deixar levar pela tecnologia é ter consciência digital. Ou seja, saber que qualquer ação no mundo virtual se propagará no mundo físico”, afirma.

Na nova edição, o autor mostra o desfecho do caso da jornalista Rose Leonel, que teve suas fotos em momentos íntimos com o ex-namorado publicadas na rede por ele, como se ela fosse uma garota de programa, trazendo danos terríveis para a vida real da vítima.

A obra é de suma importância para vários segmentos da sociedade. “Empresários precisam se inteirar dos assuntos que saem de sua empresa, mulheres desconfiam dos maridos que ficam horas e horas no computador, enfim, todos passam cada vez mais horas navegando e, por isso, a importância dessa leitura nestes novos tempos. Precisamos saber os riscos aos quais estamos submetidos e os perigos que podemos causar aos outros”, conclui ele.

Sobre Wanderson Castilho:
É bacharel em Física pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Atualmente, conta com mais de 700 casos de crimes digitais resolvidos com sucesso, como difamação, vazamento de informações, espionagem industrial, roubo de senhas, pedofilia, entre outros. Wanderson é o único membro do Brasil do Conselho da CDE (Cyber Defense Education) - instituição que promove campeonatos entre estudantes de universidades, com o objetivo de verificar falhas nos sistemas computacionais de segurança e aprimorá-los. Também é o único membro brasileiro certificado pelo Instituto para Treinamento de Análises Comportamentais (Behaviour Analysis Training Institute), em San Diego, Califórnia, a obter o treinamento de detecção de mentira, por meio de microexpressões e análise comportamental. É membro consultor da Comissão de Direito na Sociedade da Informação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP). É palestrante no Brasil e no exterior sobre Investigação Forense Digital, Crimes Cibernéticos e Segurança da Informação.

Manual do detetive Virtual – Casos verídicos e dicas para se precaver contra problemas no mundo digital
112 páginas
R$ 19,00

Sobre a Editora Urbana:
Publica livros com temas de autoajuda, negócios e saúde.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O artista-escritor Oscar Araripe lança Artbook Oscar Araripe na Livraria da Vila da Fradique

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:13:00

O artista-escritor Oscar Araripe lança seu Artbook Oscar Araripe, no dia 15 de março, na Livraria da Vila da Fradique
O livro é uma biografia comentada do artista, com telas de duas importantes fases de sua pintura e comentários filosóficos sobre arte e vida
Carioca radicado em Minas Gerais, Oscar Araripe lança livro sobre sua vida e trajetória profissional na Livraria da Vila da Fradique no dia 15 de março. A obra contém cerca de quatrocentas imagens, textos do autor e fragmentos críticos de renomados críticos e intelectuais brasileiros e estrangeiros.
O slogan na contracapa do livro – “uma valiosa seleção de imagens e textos de um renomado e excêntrico artista atemporal” – é fiel ao luxuoso projeto editorial, concebido pelo próprio artista com a esposa, Cidinha Araripe, além de amigos e colegas. O projeto gráfico é de Clarice Laender e a versão em inglês foi realizada por Robert Ballantyne.
Além de uma biografia ilustrada em imagens, o livro reúne textos autorais provocativos e depoimentos críticos de intelectuais brasileiros, como a apresentação crítica de Alexei Bueno.
Tanto sua trajetória artística como sua história pessoal estão presentes nessa obra, por meio da reunião de telas reproduzidas e imagens e os comentários de cunho filosófico de sua autoria.
O lançamento em São Paulo dá sequência aos dois lançamentos já realizados em Belo Horizonte e no Rio de Janeiro, cidades com as quais Araripe mantém forte vinculação artística.

Serviço:
Lançamento do livro Artbook Oscar Araripe
De Oscar Araripe
Ed. Fundação Oscar Araripe
Capa dura, bilíngue, 348 páginas.
Dia 15 de março, das 19h às 22h
Livraria da Vila – Rua Fradique Coutinho, 915 – Pinheiros. Tel: (11) 3814-5811
Térreo.
Grátis. Livre.
www.livrariadavila.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Mulheres realizam mais exames preventivos do que os homens, constata Delboni Auriemo

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:12:00

Em 2011, cerca de 60% das mulheres realizaram exames preventivos, contra 30% dos homens

São Paulo, março de 2012 – A prevenção do câncer de mama, acompanhamento da idade reprodutiva e da menopausa, além dos cuidados com doenças coronárias e problemas hormonais são os principais motivos que fazem as mulheres procurarem mais os médicos e realizarem exames preventivos, comprova o Delboni Auriemo Medicina Diagnóstica. Segundo o levantamento, a proporção de homens e mulheres que realizam exames não é sempre desigual. Até os nove anos de idade, principal período em que as crianças dependem dos pais para cuidar da saúde, meninos e meninas passam por testes em quantidades iguais.

Quando a adolescência chega, as meninas passam por modificações e o início do ciclo menstrual provoca alterações nos hormônios. Mais tarde, com a gestação, a mulher também precisa de cuidados especiais e outros tipos de cuidados são exigidos como controlar a pressão arterial, diabetes, pré-eclâmpsia e anemia. E depois dos 50 anos, com a chegada da menopausa, ocorre uma predisposição ao desenvolvimento de algumas patologias como câncer de mama, osteoporose e doenças cardiovasculares. Por este motivo elas estão mais presentes em consultórios e laboratórios zelando pela sua saúde.

Segundo Dra. Natalya Maluf, gerente médica do Delboni Auriemo “A prevenção é a melhor forma de manter a saúde em dia. Toda mulher deve se consultar com um ginecologista, a partir da primeira menstruação e antes do início da vida sexual, no mínimo uma vez por ano. Dentre os exames que são indicados, independentemente da faixa etária, destacam-se: glicemia, colesterol total e suas frações, triglicerídeos, uréia e creatinina (avaliação da função renal), TGO e TGP (avaliação da função hepática), hemograma e exame de urina”.

Conheça os exames mais indicados para cada faixa etária:

• Aos 20 anos, ou no início da atividade sexual: papanicolau, colposcopia, ultrassonografia pélvica ou transvaginal, ultrassonografia de mamas.
• Acima de 30 anos: somando-se aos solicitados aos 20 anos, está indicada a realização de exames para avaliar a função tireoidiana TSH, T4 Livre, T3. A primeira mamografia deve ser feita aos 35 anos.
• A partir dos 40 anos: mamografia anualmente, somados aos exames citados para as outras faixas etárias.
• A partir dos 50 anos: quando a maioria das mulheres inicia o período da menopausa, o foco deve ser os ossos e o coração. A realização de uma densitometria óssea logo após o início da menopausa se faz necessário. Dosagens hormonais e exames relacionados ao metabolismo do cálcio vão ajudar no acompanhamento e prevenção da Osteoporose.

• Mulheres com antecedentes de câncer de mama ou ovário na família devem iniciar seu acompanhamento médico com antecedência. A época ideal depende da idade com que seu familiar teve a doença e também do tipo de câncer. O melhor a fazer é procurar um médico e explicar o seu histórico para dar início ao tratamento preventivo.
• Antes da gravidez é importante realizar exames de sorologia para sífilis, sorologia para HIV, sorologia para toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus, herpes simples tipo I e II, hepatites B e C. Caso não consiga engravidar durante um ano, procure seu médico para realizar exames de fertilidade.

Sobre Delboni Auriemo Medicina Diagnóstica

O Delboni Auriemo Medicina Diagnóstica tem cerca de 30 unidades de atendimento em todas as regiões da Grande São Paulo. Ao longo de seus 50 anos de história tornou-se referência em medicina diagnóstica, processando exames clínicos e de imagem com qualidade, confiança, credibilidade e tecnologia de ponta, além de agilidade no atendimento e na entrega de exames.

A marca também oferece vacinas para todas as faixas etárias, atendimento domiciliar e 24 horas (em algumas unidades). Pioneiro e inovador, criou o conceito de atendimento integrado por meio das MegaUnidades, que processam mais de três mil exames de análises clínicas e diagnósticos por imagem no mesmo local.

Credenciado pelos principais planos de saúde, o Delboni Auriemo é certificado OHSAS 18001, ISO 14001 e ISO 16001, College of American Pathologists (CAP) e National Glycohemoglobin Standardization Program (NGSP), além de acreditado pelo Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC) e pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).

Para mais informações acesse: www.delboniauriemo.com.br.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Criogênesis está adequadas às novas normas que regulamentam a propaganda médica

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:10:00

Ética na propaganda médica

Normas proíbem fotos, imagens e voz de artistas e celebridades na propaganda médica

Novas normas nacionais que regulamentam a ética na propaganda médica, em vigor desde 15/02/12, proíbem o uso de fotos e imagens de pessoas, incluindo de artistas e celebridades, em toda a propaganda médica em folders, sites e qualquer material promocional. Dessa forma, todas as empresas médicas (clínicas, laboratórios, hospitais, bancos de sangue entre outros) que estiverem em desacordo deverão mudar sua forma de abordagem, com o risco de sofrerem sanções e multas e de serem consideradas antiéticas e ilegais pelo público em geral.

As normas são do Conselho Federal de Medicina (CFM), vem sendo discutidas desde 2010 e são amplas. Elas incluem também a relação dos médicos com as indústrias farmacêuticas e foram assinadas por várias entidades como Interfarma (Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa), AMB (Associação Médica Brasileira) e Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo).

Muito antes dessa decisão, ainda no final de 2010, a Criogênesis, um dos primeiros bancos de sangue de cordão umbilical do país, já havia se adequado a essas normas, tanto que recebeu carta da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovando todo seu material de propaganda. Também o site da Criogênesis, reformulado em janeiro de 2011, passou a usar desenhos e brinquedos infantis, ao invés de imagens de mães e bebês.

“Nós nos preocupamos muito com isso e queremos que o público e principalmente os pais atentem para essas novas normas. Ou seja, mostrar a foto de um artista em um folder ou site não é positivo para a clínica ou banco de sangue. É ilegal. Significa que eles não seguem as Normas da ANVISA e do Conselho Federal de Medicina”, observa o Dr. Nelson Tatsui, hematologista do Hospital das Clínicas e do setor de transfusão e coleta de células-tronco da Faculdade de Medicina da USP e diretor técnico da Criogênesis.

A Carta da ANVISA à Criogênesis data de 31/01/11. Após analisarem o material publicitário e o folder intitulado “Saiba mais sobre a coleta de células-tronco”, a agência informou que “não foi constatada infração à legislação sanitária”. E essa carta nos deixou bastante tranquilos, enfatiza o Dr. Luiz César Espirandelli, médico do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da USP, também diretor da Criogênesis.

“O material publicitário da Criogênesis apresenta esclarecimentos sobre as possibilidades do uso clínico do sangue do cordão umbilical e sobre o uso autólogo. Observamos adequação do material publicitário enviado, uma vez que não foi constatada indicação alogênica ou realização de atividades alheias a bancos de sangue de cordão umbilical e placentário para uso autólogo”, atestou a carta da ANVISA.

Criogênesis

Fundada como banco em 2003, a Criogênesis já realizava pesquisas na área de células-tronco desde 1996. Preocupada com a ética, a Criogênesis expõe aos clientes as vantagens em realizar o procedimento e as possibilidades futuras da guarda e uso das células-tronco. Além de explicar detalhadamente todo o processo de coleta, preservação, possíveis usos e apresentar o texto da legislação em vigor (RDC 56 - ANVISA) aprovada pelo governo brasileiro, que impõe regras, como a obrigatoriedade de armazenar as células-tronco em baixíssimas temperaturas e em múltiplas unidades.

Com sua nova área de Medicina Reprodutiva – iniciada em 2011 - a Criogênesis passou a ser o primeiro laboratório do país a agregar todas as indicações ligadas à criopreservação com nitrogênio líquido-vapor.

No final de 2011 a Criogênesis deu um importante passo na direção de conquistar o selo de “acreditação” da AABB (American Association Blood Bank). A empresa foi aceita para iniciar o processo - que poderá durar um ano -, mas que permitirá o reconhecimento internacional de todos os seus processos, de forma com que suas bolsas com sangue de cordão possam ser usadas em qualquer parte do mundo. A Criogênesis já conta com a parceria e registro junto ao ICCBBA (International Council for Commonality in Blood Banking Automation), órgão que regulamenta adequação de etiquetas e práticas de hemoterapia, primeiro passo para a “acreditação”.

No início de 2012 a Criogênesis inaugurou uma sede no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, para facilitar o acesso aos casais que moram na cidade. No Rio a Criogênesis está associada a enfermeiras e médicos das melhores maternidades da cidade, para realizar a coleta no momento do parto e encaminhar o material para seu laboratório em São Paulo.

Maiores informações podem ser obtidas no site www.criogenesis.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Que mulher é essa que precisava se esconder?

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:09:00

Por **** Sueli Brusco

A condição da mulher mudou muito ao longo da história. E chegar nos dias de Gabrielle “Coco” Chanel, Angela Merkel, Christine Lagarde, Li Edelkoort, entre milhares outras, custou a cura da psique feminina, a libertação dos sentimentos e de tantos outros estigmas. Sempre fui movida por mudanças e busquei outras tantas. Talvez mais lutei por elas do que elas me exigiram transformações. Sempre fui inquieta por natureza. Se tinha que gritar, eu gritava. Aprendi a guardar a dor, a prender as lágrimas, a sorrir mesmo quando queria desabar em prantos; a vibrar com minhas conquistas, mesmo que sozinha. E por qual razão? Porque fiz parte da onda feminista que iniciou nos anos 1960 na Europa e que foi chegando no Brasil lentamente. Essas minhas palavras são também de outras milhares de mulheres. Não é uma questão de feminismo. É mais reconhecimento do que qualquer outro conceito.
Se hoje temos uma condição melhor, saiba que toda mudança chega com um motivo. O meu não era um apenas. Desde o início busquei o sucesso pessoal e profissional e não o do meu ex-marido, embora visse minhas amigas vivendo às sombras de seus amores. Foi assim que conquistamos o que desejávamos, o que era possível. Se para trabalhar precisávamos de uma “babá” para os filhos, assim fomos buscar motivação. Se para pagar as contas sozinhas era preciso virar diretora financeira, calculadoras não faltaram. Ainda que éramos obrigadas a ter vergonha desse tipo de comportamento, a conquista da autoestima foi o principal motivo das minhas mudanças.
Cabelo comprido, saia curta, canela aparecendo, blusa decotada, maquiagem e batom vermelho nos lábios eram detalhes que não nos pertenciam facilmente. Eu é que me apropriei de tudo isso e fui lutar pela minha beleza. Já perdi a conta de quantas vezes mudei de corte de cabelo, quantas cores passei nas unhas, quantos vestidos já adotei. Perdi também o medo de ser quem eu sou e com ele se foram as dúvidas se era por esse caminho que eu deveria seguir ou não. Aprendi a apostar em mim, a me reconhecer como mãe solteira, e por duas vezes. Casei mais de uma vez, abri uma empresa após perder tudo com o “calote” do governo Collor. Não importava a causa, eu estava sempre disposta a encarar e superar o que viesse.
Todas nós temos os mesmos anseios, as mesmas vontades, o desejo por estar bonita e de carregar a jovialidade conosco. E quando me vejo dirigindo uma equipe enorme, podendo estar com a roupa que eu desejo, usar maquiagem e salto alto sem ser repreendida, lembro que há anos atrás eu precisava me “enfear” diante do mercado em que atuava. Assédio? Sim. A verdade é que eu estava sempre escondida atrás de roupas estranhas e pesadas, fugindo da minha confiança. Mostraram-nos que não era aceitável despertar desejo, arrancar elogios e olhares dos homens em ambiente de trabalho. Clarissa Pinkola, autora do livro Mulheres que correm com lobos, já dizia que “a mulher que se enfeitava despertava suspeitas. Um traje ou o próprio corpo alegre aumentava o risco de ela ser agredida ou de sofrer violência sexual. Não se podia dizer que lhe pertenciam as roupas que cobriam os seus próprios ombros. Era uma época em que os pais que maltratavam seus filhos eram simplesmente chamados de "severos", em que as lacerações espirituais de mulheres profundamente exploradas eram denominadas "colapsos nervosos", em que as meninas e as mulheres que vivessem apertadas em cintas, amordaçadas e contidas, eram consideradas "certas", enquanto aquelas que conseguiam fugir da coleira uma ou duas vezes na vida eram classificadas de ‘erradas’”.
Aprendemos a nos conhecer intimamente e a libertar as algemas, apesar que muitas ainda sofrem com situações de abandono, violência psíquica e física. A verdade é que ocorreu uma grande mudança de comportamento da mulher nesses últimos tempos. Somos o terceiro País que mais consome produtos de beleza, o segundo em plásticas estéticas e por que será? Acredito que a brasileira busque constantemente a beleza externa para suprir os vazios internos, muito em função das conquistas que ocorreram rapidamente. Fomos preparadas para nos apresentar ao mercado de trabalho, a estar lado a lado dos homens, a criar nossos filhos sozinhas, e, por isso, um vazio interno se apresentou.
Para os próximos anos, percebo que estaremos voltando mais ao íntimo, cuidando da nossa beleza interior e das nossas características. Esse é o caminho. Não queremos virar “sargentonas” do lar, tampouco ríspidas e amarguradas pelas novas obrigações que pegamos. Acho que carregamos mais “malas” do que precisamos e seria muito bom começar a se despir do pensamento coletivo, impregnado pelas culturas antigas. Esse fardo é velho e impede nossa felicidade plena. Neste dia, dedico minhas palavras a todas as meninas que cresceram e se tornaram mulheres fortes capazes de superar as dificuldades com garra e perseverança.

****Sueli Brusco é diretora executiva da agência SimGroup e especialista em comportamento humano. A SimGroup é especializada em motivação, reconhecimento e premiação. Perfil da executiva no Linkedin: http://www.linkedin.com: SueliBrusco

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Fim do uso das sacolas plásticas para a preservação do meio ambiente

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:08:00

Já está em vigor o acordo assinado entre a Associação Paulista de Supermercados (APAS) e o Governo do Estado de São Paulo pelo lançamento da campanha “Vamos tirar o planeta do sufoco”, que pretende eliminar a circulação de 2,4 bilhões de sacolas plásticas mensalmente descartadas em todo o Estado. O acordo proporcionará um maior tempo de adaptação para os consumidores, além de diretrizes para que as lojas não associadas da APAS coloquem fim à cultura do descarte.

A medida trouxe novos hábitos à população na ida ao supermercado, pois para carregar as compras o cliente deverá utilizar a sua própria sacola retornável ou carrinho de feira. “Ainda existem as opções de caixas de papelão ou sacolas biodegradáveis, que se decompõe em 90 dias no meio ambiente, cedidas em determinados estabelecimentos”, explica o professor Daniel Granato, docente do curso de Ciências Biológicas do Complexo Educacional FMU.

Com o cultivo de hábitos sustentáveis, a população contribuirá para que um menor volume de sacolas plásticas seja descartado no meio ambiente. “Atualmente apenas 8% dos materiais reutilizáveis são processados em empresas de reciclagem no estado, destes, 60% são derivados do petróleo, o restante é levado aos aterros sanitários e contribuem com a contaminação de lençóis freáticos”, comenta o professor.

O uso da sacola retornável ou carrinho na hora de ir ao mercado comprova a conscientização e a preservação do meio ambiente a partir de simples hábitos no cotidiano da população. “Se estiverem fora de circulação e forem descartadas em locais adequados, as sacolas plásticas deixarão de entupir os bueiros, por exemplo, na ocorrência de novas enchentes nas cidades”, afirma o docente.

Por isso, a grande contribuição para preservar o meio ambiente está na regularidade de atos como fazer compras e utilizar sacolas retornáveis, biodegradáveis ou recicláveis. “Algumas pessoas ainda estão resistentes a este novo hábito, pois os supermercados costumavam disponibilizar gratuitamente as sacolinhas, porém apenas a conscientização irá solucionar este problema”, finaliza o professor.

Sobre a FMU
O Complexo Educacional FMU, que reúne as Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), Faculdades Integradas de São Paulo (FISP) e Faculdades Integradas Alcântara Machado e Faculdade de Artes Alcântara Machado (FIAM FAAM), é referência na qualidade de ensino e empregabilidade de seus alunos há mais de 40 anos. Atualmente, a instituição oferece mais de 70 cursos de Graduação, 70 opções de Pós-graduação (Especialização e MBA), 40 cursos de Extensão e Mestrado em Direito. Possui estrutura moderna, campi de fácil acesso e professores mestres e doutores, que oferecem aos estudantes um ensino diferenciado e inovador.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Transformando Sorrisos Artesanalmente

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:07:00

O Ateliê Oral, dos sócios Marcelo Kyrillos, Marcelo Moreira e Luis Eduardo Calicchio, ministra nesta sexta-feira (09/03), em sua sede na Vila Nova Conceição, o curso “Transformando Sorrisos Artesanalmente”. A iniciativa, voltada para profissionais do setor, conta com parceiros de peso como Oral B e Dentsply, um dos maiores conglomerados da área no mundo.


Sobre o Ateliê Oral
Especializados na recuperação de sorrisos, tanto no procedimento curativo quanto estético, os sócios Marcelo Kyrillos, Marcelo Moreira e Luis Eduardo Calicchio comandam o Ateliê Oral, clínica odontológica de altíssimo padrão. O espaço, instalado no antigo endereço da boutique Daslu, na Vila Nova Conceição, conta com um time formado pelos melhores profissionais do Brasil em cada especialidade da saúde e da estética bucal.
Única no Brasil a oferecer ao cliente uma equipe de 22 especialistas, com todos os procedimentos centralizados, a clínica utiliza o mais moderno sistema de implante em uso atualmente no mundo.

Ateliê Oral
R. João Lourenço, 564, Vila Nova Conceição
Tel. (11) 3040-8888
www.atelieoral.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Mapeamento de stakeholders - Como identificar e elaborar projetos de comunicação

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:06:00

O mundo moderno tem colocado empresas e públicos consumidores em posições cada vez menos distantes. Mas na mesma medida em que essa proximidade se intensifica, os riscos de ter a imagem abalada se ampliam. Nesse cenário de busca pela produção e controle de uma comunicação segura e assertiva, o planejamento e o relacionamento figuram como partes essenciais da estratégia. Mas como operá-los sem identificar com precisão os públicos com os quais falamos e a melhor forma de conduzir o relacionamento com cada um deles?
Para explicar melhor como fazer isso, este curso explora conceitos, estratégias de relacionamentos e cases pontuais, trazidos por uma experiente profissional de mercado.

• O que é stakeholder e sua importância nos projetos comunicacionais
Os principais conceitos sobre esse tipo de público, como exerce sua influência e quais as formas adequadas de comunicação para cada stakeholder.

• Como identificar stakeholders
A avaliação dos tipos e graus de influência dos stakeholders. Os cuidados com a legitimidade desse tipo de público.

• Metodologia de análise de stakeholders
Quais os princípios para entender o comportamento e prever as ações futuras de stakeholders. Quais elementos podem ser utilizados para essa análise.

• Técnicas de comunicação e relacionamento
Como criar programas de relacionamento e de comunicação com as partes interessadas. Como atender as demandas de informação. Quais os formatos mais adequados.

Serviço
Curso online “Mapeamento de stakeholders – Como identificar e elaborar projetos de comunicação”
Data: 14/03/2012
Horário: 19h00 às 22h00
Inscrição: R$ 120,00

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Ietec organiza workshop gratuito de Engenharia Ambiental Integrada

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/03/2012 19:05:00

No dia 12 de março, o Instituto de Educação Tecnológica (Ietec) vai organizar um workshop sobre o curso de pós-graduação em Engenharia Ambiental Integrada, voltado para profissionais vinculados ao setor industrial e áreas correlatas, que atuam ou que venham atuar na área ambiental.

O evento será composto por três partes, sendo que a primeira terá uma apresentação do curso de pós-graduação e a discussão sobre um tema central que será proposto pelo palestrante e coordenador do curso, Luiz Ignácio Fernandez. Na segunda parte, a professora do Ietec e gestora ambiental, Raquel de Melo, fará uma palestra sobre a evolução da legislação ambiental e seu impacto nos empreendimentos. Após um coffe break de 15 minutos, a terceira e última parte vai contar com uma palestra sobre gestão ambiental estratégica, ministrada pelo gerente de meio ambiente da FIEMG, Wargner Soares Costa.

O evento será realizado das 19h às 21h30, na sede do próprio IETEC, localizado na Rua Tomé de Souza, 1065, Savassi. Mais informações podem ser adquiridas através do telefone (31) 3116-1000 ou pelo site www.ietec.com.br.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Como aliviar a Dor

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2012 14:06:00

Ninguém precisa conviver com a dor. Mas, no Brasil, cerca de 60 milhões sofrem com esse problema. A grande maioria, mulheres


Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que 30% da população mundial sofre com dor crônica. No Brasil, esse número chega a quase 60 milhões de pessoas. Desse total, cerca de 50% já apresentam algum tipo de comprometimento de suas atividades rotineiras, o que afeta consideravelmente a qualidade de vida desses indivíduos.

Para discutir esse tema e conscientizar a população de que é possível viver sem dor, a SBED (Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor) promove a 'Caminhada Pare a dor", todas as semanas em São Paulo.

O projeto, encabeçado pela SBED e com apoio da Zodiac, tem como objetivo fazer com que as pessoas que sofrem com a dor crônica pratiquem atividades físicas, proporcionando a melhora da respiração, força, flexibilidade, conscientização da postura adequada, além de auxiliar na reintegração profissional e social.

Entre os participantes da 'Caminhada Pare a Dor' que acontece todas as quintas e sábados no Parque do Ibirapuera, 69% é do sexo feminino, com idade entre 44 a 64 anos. A dor de maior incidência nessa população é a lombar, com durabilidade de mais de seis anos e de intensidade moderada.

'A dor normalmente faz com que as pessoas se isolem e fiquem imóveis com receio de aumentar mais ainda o sofrimento, no entanto, estudos mostram o benefício da prática de atividade física no organismo das pessoas, com resultados muito positivos', declara Dra. Fabiola Minson, diretora da SBED e coordenadora da Caminhada Pare a Dor.

Dessa forma, as Caminhadas sensibilizam as pessoas que sentem dor, as encorajando a praticar alguma atividade física, estimulando assim a liberação de substâncias no organismos que podem proporcionar prazer e satisfação, minimizando a sua dor e sofrimento. "A realização de uma atividade física regular libera beta endorfinas, promove bem estar e melhora as dores crônicas", completa Dra Fabiola.

A Caminhada Pare a Dor acontece todas as quintas e sábados, no Parque do Ibirapuera, zona sul da capital paulista. A ação conta com a supervisão, apoio e acompanhamento de um personal trainer e fisioterapeuta. O evento é aberto ao público em geral. Para participar, basta chegar ao local, no Portão 7 - acesso pela Av República do Libano - do parque e se juntar aos participantes. A caminhada tem aproximadamente cinco quilômetros, seguida de alongamento.

O que é a dor

Segundo a Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP), a dor se caracteriza como "experiência sensorial e emocional desagradável associada a um dano real ou potencial dos tecidos, ou descrita em termos de tal dano. A dor sempre é subjetiva e cada indivíduo aprende a utilizar este termo por meio de suas experiências".

A dor é um sintoma e uma das causas mais frequentes da procura por auxílio médico. Para conhecer o impacto da dor no estado do paciente, criaram-se formas de mensurá-la, com medidas das mais simples às mais complexas. As mais simples consistem em fazer a avaliação por meio de uma escala numérica de 0 a 10 o grau da dor.



SERVIÇO:



Parque do Ibirapuera, sempre às 8h30

Local: Concentração no Portão 7 - Acesso pela av. República do Líbano





Agenda de fevereiro:

Dia 16 - Quinta - feira

Dia 23 - Quinta - feira

Dia 25 - Sábado



Agenda de março:

Dia 01 - Quinta - feira

Dia 03 - Sábado

Dia 08 - Quinta - feira

Dia 10 - Sábado

Dia 15 - Quinta - feira

Dia 17 - Sábado

Dia 22 - Quinta - feira

Dia 24 - Sábado

Dia 29 - Sábado

Dia 31 - Sábado

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Governador Geraldo Alckmin autoriza convocação de novos oficiais administrativos para o Detran.SP

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2012 14:02:00

Iniciativa faz parte do processo de reestruturação do órgão e implantação de
novo padrão de qualidade no atendimento ao cidadão


O governador Geraldo Alckmin autorizou na última quarta-feira, 8 de
fevereiro, a convocação de 309 novos oficiais administrativos para
compor, prioritariamente, o quadro de funcionários do Departamento
Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP).


A iniciativa, publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, faz
parte do processo de reestruturação do órgão e implantação de novo
padrão de qualidade no atendimento ao cidadão, inspirado no modelo
Poupatempo.


Os oficiais são remanescentes de concursos realizados por outras
secretarias do Governo de São Paulo. Aqueles que forem convocados para
o Detran.SP serão lotados nas unidades piloto do Departamento, em
Aparecida, Americana, São Bernardo do Campo e na capital – Aricanduva
e
Interlagos; e nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) do
interior.


A nomeação será realizada de forma gradativa, por meio da Secretaria de
Gestão Pública. Desde novembro de 2011, cerca de 150 funcionários
tomaram posse no Detran.SP. Com a convocação dos novos oficiais, poderá
chegar a 640 o número de novos servidores à disposição do
Departamento.


Os oficiais darão suporte no desenvolvimento de projetos das diretorias
de Condutores, Veículos, Credenciamento, Sistemas, Fiscalização,
Educação para o Trânsito e Administração; e no atendimento das novas
unidades do Detran.SP.


Antes de assumirem os cargos, os servidores passarão por capacitação e
treinamento sobre os objetivos do novo Detran.SP, com foco na
desburocratização e na simplificação dos processos.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Câncer de ovário: doença silenciosa

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2012 20:09:00

Ele é o câncer ginecológico mais difícil de ser diagnosticado. Quando aparece, geralmente, está em estágio avançado e é considerado um dos mais letais. Trata-se do Câncer de Ovário, um tumor maligno que atinge mulheres em idade fértil. Sempre ao se falar de câncer, a prevenção ou o diagnóstico precoce são os melhores aliados, os melhores “antídodos” contra a doença. Mas, infelizmente isso nem sempre é possível no caso de Câncer Ovariano.
Embora ele seja menos frequente que o câncer de colo do últero, o câncer de ovário merece atenção especial. Fatores hormonais, ambientais e genéticos estão relacionados com o aparecimento da doença. Em 90% dos casos, ele se apresenta de forma esporádica, isto é, não apresenta um fator de risco reconhecido. Já os 10% restantes acomete mulheres que apresentam um componente genético ou familiar. O histórico familiar é o fator de risco isolado mais importante. Ter conhecimento é fundamental nesses casos.
"É preciso saber diferenciar a presença de cistos no ovário, bastante comum entre as mulheres, e um tumor maligno. O perigo é maior quando os cistos são maiores que 10 cm e possuem áreas sólidas e líquidas. Também podemos encontrar massas sólidas nos ovários, o que deve ser sempre investigado. Em ambos os casos, quando detectados, a cirurgia é o tratamento mais indicado", explica a médica ginecologista Dra. Denise Gomes.
O diagnóstico precoce é o caminho mais adequado a se manter e, para isso, é importante consultar regularmente o seu médico. Mulheres com fatores de risco e acima de 50 anos devem ter atenção especial. "O chamado exame preventivo ginecológico (Papanicolaou) não detecta o câncer de ovário, já que é específico para detectar o câncer do colo do útero", revela a médica. Para isso lançamos mão de propedêutica mais específica.
O Câncer de Ovário é suspeitado através de um exame clínico ginecológico com o toque vaginal. Neste procedimento o médico tenta palpar os ovários e dimensioná-los. Caso alguma suspeita seja levantada, deve-se realizar uma ultra-sonografia pélvica para buscar o diagnóstico.
Mas, é importante lembrar que todos os exames acima citados não diagnosticam com certeza e precisão o câncer de ovário, pois todos são falhos quando o tumor é pequeno. Sendo assim, quando a suspeita persiste a melhor opção para o diagnóstico do câncer de ovário é a realização de tomografia computadorizada, podendo assim realizar uma avaliação mais detalhada do tumor e se há ou não o comprometimento de outros órgãos. O diagnóstico de certeza se faz com uma biópsia da lesão e estudo anátomo-patológico da mesma, o que é realizado por cirurgia.
O tratamento da doença é feito, geralmente, através de cirurgia, radioterapia e quimioterapia. A escolha vai depender principalmente do tipo do tumor, da idade da paciente, de suas condições clínicas, e do estágio de evolução da doença. Se a doença for detectada no início - especialmente nas mulheres mais jovens - é possível remover somente o ovário afetado.
Fonte- Ginecologista e Obstetra Dra. Denise Gomes
Site- www.plenaclinica.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Exposição Dinossauros da Patagônia chega ao ABC Paulista

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2012 20:08:00

Exposição itinerante apresenta réplicas de fósseiscom mais de dez metros de comprimento

Os dinossauros vão invadir o ParkShopping São Caetano de 20 de janeiro a 28 de fevereiro. A exposição “Dinossauros da Patagônia” tem caráter educativo e é aberta ao público de todas as idades. São dez réplicas de fósseis das criaturas que habitaram a região sul da Argentina há milhões de anos em tamanho natural – alguns com 11 e 13 metros de comprimento como o epachtosaurus e o giganotosaurus, o maior carnívoro do mundo.
As gigantescas réplicas dos períodos Cretáceo, Jurássico e Triássico, montadas por paleontólogos argentinos já passaram por shoppings da Multiplan em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A exposição é gratuita e será montada no piso São Caetano e poderá ser apreciada no horário de funcionamento do shopping.
Além de totens explicativos, o shopping contará com monitores para passar informações e tirar dúvidas sobre os animais extintos.

FICHA TÉCNICA DOS ANIMAIS:

Giganotosaurus - Giganotosaurus carolinii
Características: É o maior dinossauro da América do Sul, ainda maior que o Tyrannosaurus rex. Calcula-se que o bípede de dimensões gigantescas chegou a pesar nove toneladas.
Dieta: Carnívoro.
Período: Cretáceo Médio, cerca de 100 milhões de anos atrás.
Significado do nome: O nome genérico significa: “dinossauro gigante do sul”, e o nome da espécie é uma homenagem ao seu descobridor, Rubén Carolini.
Ano da descoberta: 1993.
Local da descoberta: Formação Rio Limay (a 15 km de Villa O Chocón), na Província de Neuquén, Argentina.

Epachtosaurus - Epachtosaurus sciuttoi
Características: Mais conhecido por pertencer à família Titanosauridae, é um dos “pesos pesados” da Patagônia. Quadrúpede, com patas pesadas e corpo compacto.
Dieta: Herbívoro.
Período: Cretáceo Superior, cerca 95 milhões de anos atrás.
Significado do nome: O nome genérico significa: “réptil pesado”, e a espécie foi nomenada em homenagem a Juan Carlos Sciutto, seu descobridor.
Ano da descoberta: 1984.
Local da descoberta: Sierra de San Bernardo, Província de Chubut, Argentina.

Carnotaurus - Carnotaurus sastrei
Características: Famoso por possuir um par de chifres na parte frontal da cabeça, o bípede possui pernas longas e fortes, membros superiores
curtos com fortes garras. Como seu esqueleto foi encontrado completo e impressões de sua pele estavam preservadas em uma rocha, sabe-se que seu corpo apresentava uma superfície rugosa, o que sugere uma pele áspera e grossa.
Dieta: Carnívoro.
Período: Cretáceo Superior, cerca de 75 milhões de anos atrás.
Significado do nome: O nome genérico significa: “touro carnívoro”. O nome da espécie é uma homenagem a Anselmo Sastre, dono do estabelecimento onde foi encontrado.
Ano da descoberta: 1984, por José Bonaparte.
Local da descoberta: Baixada Moreno (Pampa de Gastre, centro norte da Província de Chubut), Argentina.

Amargasaurus - Amargasaurus cazaui
Características: Possuía uma extraordinária estrutura dorsal formada pelas espinhas neurais no pescoço e nas costas que atingiam 80 cm de comprimento. Com crânio triangular em perfil lateral, suas narinas ficavam entre os olhos e seus dentes possuíam forma de cravelha.
Dieta: Herbívoro.
Período: Cretáceo Inferior, cerca de 130 milhões de anos atrás.
Significado do nome: O nome genérico faz referência à “A Amarga”,
localidade onde foi encontrado e específico é homenagem a Luis Cazau, seu descobridor.
Ano da descoberta: 1984.
Local da descoberta: A Amarga (70 km ao sul de Zapala), Província de Neuquén, Argentina.

Titanosaurus - Titanosaurus
Características: Este quadrúpede de pescoço longo e cabeça pequena possuía dentes cilíndricos e estreitos e placas ósseas figurando uma armadura sobre sua pele.
Dieta: Herbívoro.
Período: Cretáceo Superior, cerca de 70 milhões de anos atrás.
Significado do nome: O nome genérico significa: “réptil titânico” e o específico faz alusão à sua posição geográfica austral.
Ano da descoberta: 1877, por Richard Lydekker.
Local da descoberta: Norte da província de Rio Negro, Argentina.

Piatnitzkysaurus - Piatnitzkysaurus floresi
Características: Bípede de patas longas e braços curtos, este ágil e temível predador possuía grandes garras curvas, lateralmente comprimidas e pontas que o ajudavam a capturar suas presas.
Dieta: Carnívoro.
Período: Jurássico Médio, cerca de 165 milhões de anos atrás.
Significado do nome: Tanto o nome genérico, como o da espécie lhe foram dados em homenagem aos geólogos argentinos Alejandro Piatnitzky e Miguel Flores.
Ano da descoberta: 1977, por José Bonaparte.
Local da descoberta: Cerro Cóndor, ao norte de passagem de Índios, Província de Chubut, Argentina.

Abelisaurus - Abelisaurus comahuensis
Características: São comparáveis aos tiranossauros do hemisfério norte. A formação de seu crânio (de 85 cm) indica fortes músculos mandibulares e dentes lateralmente longos.
Dieta: Carnívoro.
Período: Cretáceo Superior, 65 milhões de anos.
Significado do nome: O nome genérico refere-se a seu descobridor: Roberto Abel, Diretor do Museu de Cipolleti (Rio Negro, Argentina). O nome da espécie refere-se à região do Comahue (Neuquén, Argentina), onde foi encontrado.
Ano da descoberta: 1985.
Local da descoberta: Gral. Rocha, Província de Rio Negro, Argentina.

Eoraptor - Eoraptor lunensis
Características: Eoraptor é, junto com Herrerasaurus, um dos dinossauros mais antigos. Representa as primeiras evidências do reinado dos dinossauros sobre a Terra, de cuja linhagem surgiria os grandes carnívoros do Jurássico e do Cretáceo. Este ágil predador bípede de pernas longas possuía uma combinação de dentes serrados e curvos com alguns dentes em forma de folhas na mandíbula superior.
Dieta: Provavelmente carnívoro.
Período: Triássico Superior, cerca de 225 milhões de anos outros.
Significado do nome: O nome genérico significa: “ladrão do amanhecer”, e o da espécie refere-se ao Vale da Lua (San Juan, Argentina), onde foi encontrado.
Descobridores:
Ano da descoberta: 1991, por Paul Sereno e Cathy Forster.
Local da descoberta: Vale da Lua, Província de San Juan, Argentina.

Herrerasaurus - Herrerasaurus ischigualastensis
Características: A espécie possuía mandíbulas com dentes curvos e pontiagudos, garras os membros superiores para captura das presas.
Dieta: Carnívoro.
Período: Triássico Superior, cerca de 225 milhões de anos atrás.
Significado do nome: O nome genérico foi uma homenagem a seu descobridor, Victorino Herrera, e o da espécie pelo local onde foi encontrado.
Descobridor: Victorino Herrera (Argentino).
Ano da descoberta: 1960.
Local da descoberta: Ischigualasto, Vale da Lua, Província de San Juan,
Argentina.

Gasparinisaurua - Gasparinisaura cincosaltensis
Características: Pequeno dinossauro que vivia em grupos numerosos.
Seus membros posteriores eram fortes e tinham capacidade para correr em alta velocidade, enquanto os superiores apresentavam uma redução de tamanho. Sua dentição era adaptada para triturar vegetais resistentes.
Dieta: Herbívoro.
Período Cretáceo Superior, cerca de 90 milhões de anos atrás.
Significado do nome: O nome genérico é uma homenagem a Zulma Gasparini, paleontóloga do Museu da Prata, Buenos Aires, Argentina. O nome específico refere-se à localidade de Cinco Saltos, onde foi encontrado.
Ano da descoberta: 1988, por Leonardo Salgado.
Local da descoberta: Cinco Saltos, Província de Rio Negro, Argentina.

Ninhada de dinossauros
Características: Os répteis pertencentes à família Titanosauridae estiveram amplamente distribuídos na Patagônia. Os ovos esféricos de 10 a 18 cm de diâmetro têm uma casca de 5 mm de espessura.
Período: Cretáceo Superior, 70 milhões de anos.
Local da descoberta: Província de Rio Negro, Argentina.

SERVIÇO
ParkShopping São Caetano - Exposição Dinossauros da Patagônia
Local: Praça de Eventos - Piso São Caetano (térreo)
Endereço: Alameda Terracota, 545, Espaço Cerâmica, São Caetano do Sul – SP
Data: de 20 de janeiro a 28 de fevereiro
Horários: de segunda a sábado, das 11h às 23h, e domingos e feriados, das 11h às 22h.
Preço: Gratuito
Call Center: 4003-4174

Sobre o ParkShopping São Caetano
Inaugurado em 10 de novembro de 2011, o ParkShopping São Caetano, empreendimento da Multiplan, foi construído no novo bairro da cidade de São Caetano do Sul, o Espaço Cerâmica, que possui uma área de 300 mil m². O shopping possui 218 lojas, sendo 15 âncoras e megalojas distribuídas em dois pisos (São Caetano e São Paulo), além de 2.000 vagas de estacionamento em uma área construída de 109.968m². Entre as marcas presentes no empreendimento estão algumas grifes que não estavam no ABC Paulista, como M.A.C., Zara, Le Lis Blanc, Animale, Richards, Accessorize e Farm. Focado nos públicos das classes A e B, o ParkShopping São Caetano atende não só as sete cidades do Grande ABC como também a bairros de São Paulo no entorno, como Ipiranga, São João Clímaco, Mooca, Vila Prudente, entre outros. O shopping reúne ainda outras marcas nacionais e internacionais como Brooksfield e Brooksfield Donna, Calvin Klein, C&A, Riachuelo, Renner, Saraiva Mega Store, Fast Shop, Camicado, Ponto Frio, PB Kids, Luigi Bertolli, Nike Store, L'Occitane e Centauro. Marcas que nasceram ou têm franqueados no Grande ABC Paulista também estão presentes no ParkShopping São Caetano, como desejo dos próprios moradores de São Caetano. No total são 101 das 218 operações, o que representa 45% do mix. Na área de alimentação, o empreendimento contará com mais de 40 opções, como Selleti, Bob’s, Mc’Donalds, Giraffas, Backet Potato, Camarão & Cia, Amor aos Pedaços, entre outros, além de sete sofisticados restaurantes com terraço gourmet, como Outback, America, Viena, The Fifties, Andiamo, Galeto’s e Dona Joanna.
O shopping possui um horário de funcionamento diferenciado: Lojas - de segunda a sábado, das 11h às 23h e domingos e feriados, das 14h às 20h / Alimentação - de segunda a sábado, das 11h às 23h e domingos e feriados, das 11h às 22h.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Peeling de Verão: Peeling Nanoencapsulado

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2012 20:06:00

O ano de 2011 foi de muito trabalho, stress, noites mal dormidas, má alimentação e muitas vezes dormimos de maquiagem e deixamos de usar nosso creme nutritivo e hidratante; no fim do dia já não estamos mais com aquele rostinho descansado e todo nosso trabalho e cansaço aparece na nossa face. Agora precisamos correr atrás do tempo perdido.
Ainda bem que a cosmetologia sempre vem com inovações para salvar a nossa pele para as festas de fim de ano.
O novo Peeling de Verão, chamado de Peeling Nanoencapsulado, vem para diminuir flacidez, rugas e linhas de expressão, deixando seu rosto com um ar leve e descansado.
A nanotecnologia permite que as partículas minúsculas penetrem de forma direcionada nas diferentes camadas da pele. Esse Peeling é inédito no mundo e age de forma direcionada, de acordo com a necessidade de cada uma das camadas. Os resultados são rápidos e perceptíveis: deixam a pele firme, lisa e uniforme.
Esta tecnologia atua como um mediador de sinalização celular por determinar atividades celulares que são necessárias para manter a aparência da pele jovem e saudável.
A principal delas, o colágeno, sempre presente na matriz extra celular forma uma rede de múltiplas interações com outros componentes.
Esta nova tecnologia de peeling nanoencapsulado com peptídeos sintéticos bioconjugados atuam na superfície especifica e permite que haja um acoplamento físico potente de biomoléculas ativas. Garante uma pele rejuvenescida através de uma microtraumatização nas múltiplas camadas da pele, graças à inovadora combinação de fragmentos ativos que renova e corrige a reparação das células cutâneas para que a pele mantenha-se integra.
A proposta é o rejuvenescimento da pele em apenas um mês de tratamento, sendo duas aplicações em cabine pela profissional e quatro cosméticos que devem ser usados noite e dia.
O investimento sai por R$990,00.
Teste in Vivo
94% elasticidade
87% redução de rugas
66% hidratação
Créditos:
O Instituto Blanch Marie, oferece os melhores tratamentos de estética e bem estar, para todos aqueles que procuram qualidade de vida, beleza e rejuvenescimento. Liderado pela esteticista e especialista em estética corporal e facial, formada em Medicina Chinesa e massoterapia, pós-graduada em Yoga pela FMU com especialização na Índia, Blanch Marie, oferece atendimento voltado para cuidados especiais com o cliente, objetivando os melhores equipamentos faciais, corporais e profissionais especializados. Blanch Marie também ministra em seu Instituto diversos cursos como: Iridologia, Florais de Bach, Oligoelementos, Auriculoterapia, Cromoterapia entre outros.
www.blanchmarie.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Centro de Estudos Paulista de Psiquiatria abre inscrições para cursos em dependência química

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2012 20:05:00

Direcionados aos profissionais da saúde e educação, cursos irão abordar tratamento, aconselhamento, prevenção e prática clínica
O Centro de Estudos Paulista de Psiquiatria (CEPP) já está com inscrições abertas para os cursos em dependência química de 2012. Direcionados aos profissionais da saúde e educação, os cursos irão abordar tratamento, aconselhamento, prevenção e prática clínica. Veja a lista:

Terapia cognitiva comportamental aplicada ao tratamento da dependência: o curso voltado para profissionais graduados ou com experiência mínima de cinco anos na área da saúde fornecerá embasamento ao aluno para realização de diagnóstico para dependentes químicos. O curso será dividido por debates teóricos e apresentação e discussão de casos clínicos.
Inscrição até: 27/01/2012

Aconselhamento em dependência química: coordenado pelos especialistas Ronaldo Laranjeira e Neliana Figlie, o curso tem carga horária de 180 horas. Profissionais da área da saúde terão a oportunidade de se aprofundar em relação aos aspectos biológicos e psicológicos da droga, descobrir diferentes linhas de tratamento e construir noções básicas de prevenção, políticas públicas e organização de serviços.
Inscrição até: 31/01/2012

Capacitação de profissionais para prevenção ao uso indevido de drogas: o curso tem como objetivo principal capacitar profissionais da saúde e da educação para atuar em projetos de prevenção. Com carga horária de 60 horas teóricas divididas em quatro meses, o profissional terá aulas expositivas, dinâmicas em grupo, discussão de casos e trabalhos individuais.
Inscrição até: 10/02/2012

Neuropsicologia e a clínica da dependência química: com a coordenação de especialista Fátima Ratto Padin, profissionais da saúde e da educação poderão entender as alterações cognitivas e comportamentais no uso de substâncias psicoativas para uma ampla compreensão do problema e adequado manejo das estratégias de intervenção.
Inscrição até: 17/02/2012


Para mais informações acesse: http://www.cepp.org.br/cursos.asp

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lançamento A Menina e o Mendigo - Charles Kiefer em fábula sobre inclusão e solidariedade

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2011 12:53:00

Com vários Jabutis no currículo, fenômeno de vendas no Sul do Brasil e ganhador do cobiçado selo de Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, **Charles Kiefer é um dos mais versáteis escritores da atualidade.

Além de contos, romances e livros para jovens, também mostra talento quando se dedica aos pequenos. Em A menina e o mendigo, ele cria uma delicada história sobre as mazelas sociais do Brasil, preconceito e solidariedade.

Com o traço colorido de **Marília Bruno, a história de Carolina e um Mendigo mudo ganha ainda mais delicadeza.


A Menina e o Mendigo
Charles Kiefer
Ilustrações Marília Bruno
Grupo Editorial Record/Galerinha Record
32 páginas
Preço: R$ 32,90
Formato: 21 x 24 cm
ISBN: 978-85-01-09326-4

Consagrado no Sul, onde já vendeu mais de 300 mil livros, e aclamado pela crítica, com três prêmios Jabuti na bagagem, o gaúcho Charles Kiefer retorna à literatura infantil depois do sucesso de Revolta das coisas. Para quem acompanha a carreira do escritor, sua identificação com o público mais jovem não é novidade: Você viu meu pai por aí?, juvenil com a marca do talento do escritor, lhe rendeu o cobiçado selo de Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

Em A MENINA E O MENDIGO, Kiefer conta uma delicada história sobre solidariedade e integração. Com a ajuda do belo traço de Marília Bruno, que empresta textura e cores a esta fábula atual, ele nos apresenta à Carolina. É através de sua voz de adulta, que entramos no seu universo de menina e nos tornamos espectadores privilegiados de uma de suas aventuras de infância. Registrada no diário que, além de mania, mais tarde a levaria a se tornar uma escritora. E nos “contar” sua história.

É num sábado que a menina, como de costume, sai à tarde para comprar pão e leite na mercearia do bairro. E como muitas vezes acontecia, passou pelo mendigo que vivia na vizinhança. Carolina não entendia por que ele não podia se abrigar embaixo das marquises dos prédios quando chovia, algo que os porteiros nunca impediram ela e a mãe de fazer. Mas admitia ter um pouco de medo do homem, até que o pai explicou que ele era apenas um homem-tartaruga, que levava às costas todos os pertences.

Este morador de rua, mudo, é o único que ajuda Carolina a levar um menino perdido até sua casa. É ele que, por meio de bilhetes, se comunica com a garota e avisa que sabe onde vive o choroso Digão. Mas em vez do reconhecimento, o mendigo é recebido com desconfiança e grosseria pelo pai do menino.

Com sutileza, Kiefer nos mostra as mazelas sociais do país e como os preconceitos são construídos a partir de exemplos e atitudes equivocadas.


**Charles Kiefer nasceu em Três de Maio (RS), em 1958. É professor de Literatura e Escrita Criativa na graduação, mestrado e doutorado da Faculdade de Letras da PUCRS. Fez mestrado em Literatura Brasileira e doutorado em Teoria da Literatura. Publicou mais de 30 títulos, entre eles O pêndulo do relógio, A dentadura postiça, Dedos de pianista, Quem faz gemer a terra, O escorpião da sexta-feira, Nós, os que inventamos a eternidade & outras histórias insólitas, O perdedor, Contos escolares, O poncho, Antologia pessoal, O elo perdido, Os ossos da noiva, Um outro olhar, Valsa para Bruno Stein, A face do abismo, Para ser escritor e A poética do conto: de Poe a Borges, um passeio pelo gênero. Já recebeu, entre muitos outros, prêmios da Academia Brasileira de Letras, o Jabuti, o Prêmio Afonso Arinos, o Prêmio Monteiro Lobato e o P rêmio Altamente Recomendável, ambos da FNLIJ. Fez parte de dezenas de antologias brasileiras e tem livros publicados em Portugal, França e Espanha. Alguns romances seus foram adaptados para cinema e teatro.

**Marília Bruno é carioca da gema, nascida em 1988. Cursando Design Gráfico na Universidade Federal do Rio de Janeiro, já trabalhou em ramos de video, web design e diagramação, mas é na criação que se encontra seu verdadeiro amor. Admiradora das técnicas clássicas de desenho como aquarela e nankin, tenta sempre usar em seus trabalhos uma pitada de cada coisa, pois acredita que o desenho deve ser tão livre e "misturado" quanto cada um de nós.



Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lançamento do Livro Gotas da Alma do Autor Antônio Júnior de Santa Cruz acontece no próximo dia 20

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2011 12:46:00

Lançamento - Imperdível!-



O poeta e escritor Pernambucano Antônio Júnior de Santa Cruz do Capibaribe, lança dia 20 de dezembro de 2011, seu mais recente livro de poesias Gotas da Alma.


Contatos com o Autor, podem ser feitos, através do e-mail: oapologista@yahoo.com.br


Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Dia 15 TATARITARITATÁ Show com Luiz Alberto Machado em São Paulo

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2011 12:35:00

CANTARAU TATARITARITATÁ – Comemorando os 5 anos e mais de 200 mil acessos do Tataritaritatá no YouTube ( http://www.youtube.com/luizalbertomachado ), realizarei o Cantarau (cantoria + sarau) no Sopa de Letrinhas – O sarau do Caiubi, dia 15/12, às 21hs, no Bagaça Botequim & Petiscaria, em São Paulo.

Aproveite e veja os detalhes e outras novidades enquanto curte o clipe da nossa mensagem de Feliz Ano Novo na WebTVRádio Tataritaritatá na minha home page abaixo:

Beijabrações & tataritaritatá procê.
www.luizalbertomachado.com.br
Escritor, compositor & radialista (DRT 1511-PE)


Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Um assalto de fé - Filme traz nomes da comédia e da música brasileira em seu elenco

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2011 11:44:00

O GOLPE QUE SÓ PODE DAR CERTO SE DEUS QUISER


Com estreia nacional em 02 de dezembro de 2011, **o filme "Um assalto de fé", de ** Cibele Amaral, é uma comédia de ação cuja matéria-prima principal é a ganância.

Ela permeia desde os pequenos roubos de um trio de amigos até a sede de doações de algumas igrejas evangélicas, sempre tratada com muito humor.

**Segue a sala de exibição do filme Um assalto de fé, de Cibele Amaral, em São Paulo, que acontece na semana de 09/12/2011 a 15/12/2011.
Local: Bristol Playarte - São Paulo/SP - **Horário sob consulta.

**Sobre o Filme

O filme foi baseado no conto "Trabalho do Galinha Preta", de Evandro Vieira, e traz em seu elenco Alexandre Carlos, vocalista da banda Natiruts como Galinha Preta, Jovane Nunes, o Zeca de Zorra Total como o pastor Ozéas, a própria Cibele Amaral (a stripper Nildinha), os atores Lauro Montana (Lapão), André Deca (Jerônimo), Alessandro Santos (Japonês) e a **participação especial do cantor Falcão como o Pastor Rick de Souza.

**
Alguns grupos de comédia como “Os melhores do mundo” e “G7” também dão o “ar da sua graça” no filme.

Todo rodado na cidade satéliteBrazlândia – entorno de Brasília – “Um assalto de fé”, já percorreu os Festivais de Cinema de Brasília e do Rio em 2010 e agora parte para sua distribuição nacional, com estreia em 02 de dezembro.

**Sinopse:

Depois de vários golpes frustrados, que os levaram a trabalhar como empacotadores num supermercado, os amigos, Galinha Preta e Lapão aceitam participar do assalto a uma igreja evangélica, organizado pelo agora desafeto de Galinha, Jerônimo. Ele se infiltrou ali e trabalha como tesoureiro, namora a filha do pastor e planeja o golpe justamente no dia de um grande show Gospel.

Para fechar o grupo contratam como motorista - o Japonês - um glutão que só pensa em comida e Nildinha, uma streaper evangélica, que por conta de um sonho, passa a seguir os ‘conselhos’ de Galinha. Apesar das muitas besteiras, a improvável quadrilha se dá bem, até um determinado momento onde tudo começa a fugir do planejado, provocando as mais hilariantes situações que misturam muita ação e comédia.


**UM ASSALTO DE FÉ

Ano de produção: 2011
País de origem: Brasil
Direção: Cibele Amaral
Produção: Cibele Amaral, Liane Muhlenberg e Ana Maria Muhlenberg
Roteiro: Cibele Amaral, Evandro Vieira e Fernando Campos
Distribuição: Alberto Bitelli InternationalFilms e Festival Filmes
Duração: 96 minutos
Categoria: Longa-Metragem Ficção
Gênero: Comédia de ação.
Classificação indicativa: solicitada 12 anos

**
● Créditos:

Elenco Principal

GALINHA PRETA - ALEXANDRE CARLO (NATIRUTS)
RICK DE SOUZA - FALCÃO
LAPÃO - LAURO MONTANA
JERÔNIMO - ANDRÉ DECA
NILDINHA - CIBELE AMARAL
JAPONÊS - ALESSANDRO SANTOS
PASTOR OSÉAS - JOVANE NUNES (ZORRA TOTAL)
ALMEIDA - CHICO S’ANTANNA
ZÉ WILHAM – SIMILIÃO AURÉLIO
DELEGADO – ANDRADE JR.
OLGA – ADRIANA LODI
PAI RONALDO – RONALDO GUEDES
ENFERMEIRA – CATARINA ACIOLLY
DONA ZILDA – ADRIANA VASCONCELOS
VIVIANE – STEPHANIE DE JONGH
POLICIAIS – FERNANDO BOOYOU E EDISON DUAVY

**
Companhia de Comedia G7:
BENETI – WESLEY DILMER
FELIPE – POSSUIDO
FRED – PASTOR
RODOLFO – PASTOR

**
Ficha Técnica



**
Equipe de Roteiro:
CIBELE AMARAL
EVANDRO VIEIRA
FERNANDO CAMPOS

**
Equipe de Direção:
CIBELE AMARAL DIRETORA
GUILHERME CAMPOS DIRETOR ASSISTENTE
ANDRÉ MIRANDA 2ºASSISTENTE DE DIREÇÃO
BRENO FERREIRA CONTINUISTA
PEDRO LADEIRA STILL

Equipe de Produção:
LIANE MUHLENBERG PRODUTORA
CIBELE AMARAL PRODUTORA
ANAMARIA MUHLENBERG PRODUTORA EXECUTIVA
TAMARA HABKA DIRETORA DE PRODUÇÃO
MARIANA ACCIOLY SECRETÁRIA DE PRODUÇÃO
VINÍCIUS JABUR ASSISTENTE DE PRODUÇÃO
DOUGLAS DOS SANTOS ASSISTENTE DE PRODUÇÃO
PAULO HUMBERTO DE ALMEIDA PRODUTOR LOCAL
RAMON BARROS PRODUTOR DE LOCAÇÃO
PIERRE ALEXSANDER PLATÔ
DIRCEU LUSTOSA PRODUTORDE FINALIZAÇÃO

**
Equipe de Fotografia:
KRISHNA SCHIMIDT DIRETOR DE FOTOGRAFIA
IGOR SCHMIDT 1º ASSISTENTE DE CAMERA
ANDRE AUGUSTO FERREIRA 2º ASSISTENTE DE CAMERA
CÍCERO BEZERRA OPER. CAMERA ADICIONAL
JOÃO PAULO PROCÓPIO OPER. CAMERA ADICIONAL

**
Equipe de Arte:
POEMA MUHLENBERG DIRETORA DE ARTE
ANNA KARLA LACERDA PRODUTORA DE ARTE
JULIA MASS FIGURINISTA
MARCELO ALMEIDA PRODUTOR DE FIGURINO
DANIEL DINELLI PRODUTORDE CENOGRAFIA
ENOQUE ABIKIAN MAQUIADOR

**
Equipe de Efeitos:
YURI CREMA EFEITOS ESPECIAIS
JOSÉ RICARDO DUBLÊ

Equipe de Som
PATRICK DE JONGH DESIGNER DE SOM
RAFAEL MICROFONISTA
ASSISTENTE DE SOM FERNANDO DA ROCHA E TARCÍSIO

**
Equipe de Produção Musical
PATRICK DE JONGH DIREÇÃO MUSICAL
BRYAN DE JONGH ASSISTENTE

**
Equipe de Montagem:
JULIANA CORSO MONTAGEM
SANTIAGO DELLAPE MONTAGEM

**
● Filmografia do produtor e diretor:

**CIBELE AMARAL CORREIA

**Direção

O GALINHA PRETA
Ficção, 35mm, 96’. Brasil 2011.
Prod.: 34 Filmes

ENCICLOPÉDIA DO INUSITADO E DO IRRACIONAL
Ficção, 35mm, 15’. Brasil 2007
Prod.: 34 Filmes

MOMENTO TRÁGICO
Ficção, 35mm, 16’. Brasil 2003
Prod.: 34 Filmes

FLOR DE OBSESSÃO
Ficção, 35mm, 8’. Brasil 2000
Prod.: Pólo de Cinema e Vídeo de Brasília

Produção e Produção Executiva

ANGÉLICA ACORRENTADA
Ficção, 35mm, 15’. Brasil 2011.
Dir.: Anna Karina de Carvalho

SE NADA MAIS DER CERTO
Ficção, 35mm, 90’. Brasil 2008
Dir.: José Eduardo Belmonte
Prod.: 34 Filmes (DF), Filme Noise (DF)

MEU MUNDO EM PERIGO (produtora associada)
Ficção, 35mm, 90’. Brasil 2007
Dir.: José Eduardo Belmonte
Prod.:Anhangabaú (SP), 34 Filmes (DF)


**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Jucilene Mendonça da Vicente Negrão e
Assessoria

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Aprenda como instalar luzes de natal com segurança

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2011 11:23:00

Instrutherm alerta sobre alguns cuidados básicos durante a compra e colocação das luzes natalinas

Clima solidário, diferentes cores, brilhos e enfeites pelas ruas e casas destacam-se nessa época do ano. E com a proximidade do Natal, as luzes de diversos tipos são instaladas em todos os lugares – árvores, fachadas, sacadas de apartamentos etc.

Porém, alguns cuidados básicos são imprescindíveis para evitar incêndios e outros acidentes domésticos.

De acordo com o técnico da Instrutherm, Alex Guilhermino, é preciso estar atento desde a hora da compra do produto, e alerta: “o primeiro passo é testar as luzes ou produtos que serão instalados no ato da compra, se possível, certificando-se sobre a voltagem – 110V ou 220V”, explica.

Outra dica é usar luvas durante a instalação, assim, caso estoure alguma lâmpada, por exemplo, temos menos riscos de ferimentos; antes de ligar na tomada, certifique-se sobre a tensão –110V ou 220V–, evitando curto-circuito, que é o principal causador de incêndios.

- "Para se ter uma ideia, a Instrutherm dispõe de aparelhos bem simples, como o MD-300, com preço aproximado de R$11, além do TV-300, por cerca de R$6,00, que indicam a voltagem exata", explica Guilhermino.

Também é importante evitar mais de uma ligação por tomada, pois o acúmulo de instalações gera aquecimento do condutor, podendo queimar ou danificar os aparelhos conectados, além do perigo de curto-circuito.

A Instrutherm é uma empresa especializada em instrumentos de medição, há 27 anos, possui atendimento diferenciado, com departamentos que testam cada item antes de sua comercialização, assistência técnica multimarcas, além de calibração de instrumentos com certificado rastreável RBC/Inmetro.

Instalada em São Paulo, a empresa atua em todo o mercado nacional através da loja virtual www.instrutherm.com.br. Mais informações pelo telefone (11) 2144-2800 ou
pelo e-mail instrutherm@instrutherm.com.br


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

TV Câmara estreia campanha que estimula integração entre pessoas com e sem deficiências

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2011 11:17:00

Como parte das comemorações pelo Dia da Acessibilidade (6 de dezembro de 2011), a TV Câmara estreou em sua programação a série Convivendo com as Diferenças , composta de cinco interprogramas que buscam incentivar a convivência entre pessoas com e sem deficiência.

A ideia é quebrar preconceitos e mostrar que, a partir de atitudes simples, qualquer um pode se relacionar com os portadores de deficiência no dia-a-dia, ajudando-os quando necessário.

Os vídeos, de curta duração, incluem algumas dicas pouco conhecidas, como nunca se fazer carinho em um cão-guia enquanto ele está trabalhando. Também alertam para atitudes incorretas mas muito comuns em todas as cidades brasileiras, como estacionar carros em lugares reservados aos deficientes, sob alegação de que a parada será rápida.

As peças utilizam o recurso da animação com linguagem simples e direta. Os roteiros foram concebidos com base no Manual de Convivência , elaborado pela deputada federal Mara Gabrilli.


Serviço

Série Convivendo com as Diferenças
Produção: TV Câmara, 2011
Roteiro e direção: Dulce Queiroz
Ilustração: Daniel Carvalho
Animação: Tiago Keise
Informações: (61) 3216-1622

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Secretaria de Comunicação Social
Assessoria de Imprensa

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Programa de Prevenção do Melanoma (HAC) Jaú realizará atendimento é gratuito e aberto à população dias 13 e 15/09

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2011 15:49:00


O **Programa de Prevenção do Melanoma do Hospital Amaral Carvalho (HAC) em Jaú - SP, que além da atuação na instituição, realiza atendimento nos postos de saúde, estará nos dias 13 e 15 de setembro, pela primeira vez, no Shopping Popular da cidade.

O objetivo do Programa é diagnosticar precocemente o melanoma, que quando detectado em fase inicial é 100% curável.

Os profissionais também orientam a população sobre os perigos da exposição ao sol, medidas de prevenção do câncer de pele e sobre o autoexame.

De acordo com a responsável pelo Programa, a dermatologista Ana Gabriela Salvio, entre os anos de 2008 e 2010 foram realizadas cerca de 5 mil orientações à população jauense. “Isso é muito bom, pois cada vez mais pessoas sabem o que é o melanoma. No autoexame, por exemplo, para encontrar alguma lesão suspeita que leve ao diagnóstico, é preciso saber o que se procura”, explica.

**O atendimento é gratuito e aberto à população.


Serviço

Programa de Prevenção do Melanoma
**Dias 13 e 15 de setembro (terça e quinta-feira)
Horário: das 8h às 12h
**Local: Shopping Popular Ferdinando Cocato – Jaú, SP, à Rua Quintino Bocaiúva, 851 – Centro

Informações: (14) 3602-1200 - ramal 1627


**


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Especialista ensina como se proteger da violência

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2011 15:28:00

Livro Diálogos sobre Segurança Pública – O fim do Estado Civilizado explica como é possível conviver com a violência
Dados do “Mapa de Violência 2011”, realizado pelo Ministério da Justiça e Instituto Sangari, revelam a proporção da violência no Brasil.


A média nacional de homicídios é de 26,4 para cada 100 mil habitantes. No âmbito internacional, o país ocupa a 6ª colocação em países com mais homicídios. Esses números expressivos mostram a realidade da violência no país, tema discutido pelo livro Diálogos sobre Segurança Pública – O fim do Estado civilizado (Editora Íthala). Além disso, questões essenciais relativas à segurança pública também são abordadas pelo autor, o pesquisador e delegado, Rafael Ferreira Vianna. O livro - que traz uma compilação de artigos – é um convite a refletir sobre a criminalidade, violência, segurança pública e possíveis soluções para combater esses problemas.

Com linguagem explicativa e prática, o livro dá dicas para não se tornar vítima da criminalidade, auxiliando os leitores a entender como os crimes funcionam e como prevenir-se. Perguntas como: é possível tornar sua rua, sua casa e sua família mais seguras? Como não cair em golpes? Como evitar que seus filhos se envolvam com drogas ou sejam vítimas de homicídios? Esses são alguns dos questionamentos debatidos e respondidos pelo autor. Mais do que orientações, Vianna mostra como entender e desempenhar o papel de cidadão ativo nas questões relacionadas à segurança pública.

Outro destaque do livro são as reflexões de assuntos polêmicos como a pena de morte, sistema penitenciário, bullying e a recente tragédia do massacre na escola de Realengo no Rio de Janeiro (RJ).

Sobre o autor

Rafael Ferreira Vianna é Delegado, mestre em Ciências Jurídico-Criminais pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (FDUL) e graduado em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Foi o 1º colocado no Curso de Formação Técnico Pro¬fissional de Delegado de Polícia da Escola Superior de Polícia Civil do Paraná, 1º colocado no Curso de Direito da UFPR (Prêmio Professor Teixeira de Freitas), 1º colocado na Disciplina de Direito Penal do Curso de Direito da UFPR (Prêmio Professor Laertez Munhoz), 1º colocado no concurso Sugestão Premiada, Área Jurídica, da Mostra Talentos 2005/2006 do Tribunal de Justiça do Paraná e obteve o Prêmio Aluno Destaque do Colégio Marista Santa Maria. É membro da American Society of Criminology, da Société Internationale de Criminologie e da Associação Brasileira de Professores de Ciências Penais.

Sobre a Editora Íthala

A Editora Íthala possui um conceito editorial diferenciado: promover a cultura, viabilizando projetos de novos autores. Com apenas três anos de atuação, já publicou mais de 28 livros de diversas áreas. A Editora tem como foco os projetos diferenciados de baixa demanda e tiragem tradicional para distribuição nacional, sem abrir mão da qualidade nos projetos gráficos e de impressão de seus livros.

Serviço

Diálogos sobre Segurança Pública - O fim do estado civilizado
Editora: Íthala
Preço: R$ 34,70
Páginas: 134
Mais informações: www.ithala.com.br
twitter.com/EditoraIthala

**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Diabetes e hipertensão aumentam o risco de desenvolvimento do glaucoma

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2011 15:12:00

Com o aumento dos distúrbios metabólicos é preciso compreender todos os fatores de risco associados ao glaucoma de ângulo aberto, o que pode ajudar a identificar pessoas que possam estar em risco aumentado para esta condição

A combinação do diabetes tipo 2 e da pressão arterial elevada pode aumentar significativamente as chances de um indivíduo de desenvolver glaucoma de ângulo aberto. Os resultados são de um estudo recente da Universidade de Michigan, publicados na revista Ophthalmology.

De acordo com os pesquisadores norte-americanos, o diagnóstico de diabetes tipo 2 aumenta o risco de glaucoma em 35%. O de hipertensão arterial em 17%. Mas, quando ambas condições estão presentes, a probabilidade de desenvolver glaucoma é de 48%.

Para chegar a estes números, a equipe de Joshua D. Stein analisou dados de mais de 2 milhões de pessoas, com 40 anos ou mais, que integravam uma rede de atenção gerenciada nos Estados Unidos, entre 2001 e 2007. O objetivo da pesquisa era analisar como as possíveis associações entre os vários componentes da síndrome metabólica - um conjunto de condições que inclui obesidade, hipertensão, diabetes e hiperlipidemia (colesterol alto e triglicérides elevados) - afetava a saúde da população americana.

Além de descobrir que o diabetes tipo 2 e a hipertensão aumentam o risco de desenvolvimento do glaucoma de ângulo aberto, os pesquisadores descobriram também que a hiperlipidemia reduz em 5% o risco de desenvolver a doença. “Mais estudos sobre esta pesquisa estão em andamento para avaliar se é a hiperlipidemia em si, os medicamentos usados para tratar a condição, ou ambos, que ocasionam a redução do risco de glaucoma. Um aprofundamento deste estudo pode levar, inclusive, a novos tratamentos para o glaucoma de ângulo aberto”, afirma o oftalmologista Virgílio Centurion, diretor do IMO, Instituto de Moléstias Oculares.

Um alerta importante

"Já sabíamos do grande risco de cegueira por doenças da retina que os pacientes que tem diabetes e hipertensão correm. O que o novo estudo sugere é que estes pacientes também apresentam uma maior probabilidade de desenvolvimento do glaucoma, outra grande preocupação. A nova pesquisa reforça a importância dos exames oftalmológicos regulares", afirma a oftalmologista Roberta Velletri, que também integra o corpo clínico do IMO.

“O glaucoma é uma das principais causas de cegueira irreversível no mundo. Nos Estados Unidos, mais de 2,2 milhões de pessoas têm a doença. No Brasil, as estimativas apontam para mais de 1 milhão de pessoas portadoras de glaucoma, em seus vários tipos”, observa a médica.

“Como o aumento da longevidade é um fenômeno mundial, o diagnóstico dos casos de glaucoma devem aumentar muito. Como os sintomas do glaucoma de ângulo aberto não aparecem até que a doença tenha progredido e prejudicado definitivamente a visão, é fundamental mapear os grupos de risco para a doença, visando aumentar a eficácia do rastreamento e do monitoramento da doença. Além dos grupos de risco já conhecidos (indivíduos com mais de 40 anos, raça negra, altos míopes e pacientes que tiveram trauma ocular), devemos estar atentos também aos portadores de diabetes tipo 2 combinada com hipertensão arterial”, observa o oftalmologista Ricardo Giacometti Machado, que também integra o corpo clínico do IMO.

Após a quarta década de vida é importante consultar o oftalmologista todos os anoS. “E a recomendação é mais forte para quem apresenta fatores de risco como diabetes mellitus e/ou hipertensão arterial”, afirma Ricardo Giacometti Machado.

CONTATO:
Site: www.imo.com.br
E-mail: imo@imo.com.br
Twitter: http://twitter.com/clinicaimo

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Fundação Abrinq reduz índice de trabalho infantil em 90%

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2011 15:07:00

Em apenas 4 meses, Programa Nossas Crianças apresenta resultados positivos em município do Ceará

É na pacata cidade de Porteiras, distante 530 quilômetros de Fortaleza (CE), que vive Maria Daniele Costa Santos, de 14 anos. Cheia de sonhos, ela vem de uma família de quatro irmãos e pensa em fazer um curso de Computação e se formar advogada. Sonho este que está mais próximo desde o início de 2011, quando ingressou no Projeto Fortalecendo a Rede de Atenção a Criança e ao Adolescente de Quilombo, localizado no Sítio Malhada Redonda, Ceará, e que hoje conta com 90 crianças e adolescentes entre 7 e 18 anos. “Antes eu ajudava a minha mãe na roça e no serviço doméstico. Hoje tudo é diferente. De manhã estou no projeto e à tarde na escola”, diz a garota, que com um sorriso no rosto aproveita as aulas de dança, esporte, capoeira e reforço escolar.

Maria Daniele é um exemplo da mudança de realidade da região após a inserção do projeto, que em 2010 teve de encerrar as suas atividades por falta de recursos. O retorno só foi possível graças ao convênio feito junto a Fundação Abrinq - Save the Children, em abril de 2011. “Posso dizer que, de lá para cá já conseguimos erradicar o trabalho infantil em 90% na região, nos reunimos com os pais e mostramos, por meio de palestras e atividades práticas, os malefícios do trabalho infantil e de que forma ele prejudica o desenvolvimento e a aprendizagem”, diz José Arnaldo de Oliveira, coordenador da Associação Porteirense de Assistência à Família (APAF). “Meus filhos estão tendo uma chance que eu não tive. Além da Daniele, tenho outras duas crianças dentro de projetos como esse, e acredito que essa é uma chance muito grande. Lá eles têm atividades, almoço, ônibus que vai levar e buscar... As notas também melhoraram bastante. Apoio demais! Eu, por exemplo, estudei só até a primeira série”, desabafa a agricultura Cícera Tomaz, de 42 anos, mãe de Maria Daniele.

O projeto cearense é uma das 27 inciativas apoiadas pelo Programa Nossas Crianças (2010-2011), da Fundação Abrinq – Save The Children, que tem como principal objetivo fortalecer e ampliar os serviços prestados pelas organizações sociais por meio de apoio técnico e financeiro. Criado em 1993, ele une 166 organizações sociais e beneficiou até o momento mais de 60 mil crianças e adolescentes de todo o Brasil, não só com a transferência de recursos financeiros, como também com ações pontuais e igualmente importantes. “Em Porteiras, nossa atuação vai além do apoio técnico e financeiro. Ela está relacionada também à articulação com o município. Conveniamos a organização na condição de que o prefeito providenciasse cisternas que abastecessem as famílias, assim como as inserissem em programas de transferência de renda, posto que o convênio com a organização foi firmado com o objetivo de erradicar o trabalho infantil no município”, explica Andreia Lavelli, líder do Programa Nossas Crianças da Fundação Abrinq – Save the Children. “Nosso maior desafio é possibilitar um aumento no número de crianças e organizações beneficiadas, ampliando e qualificando suas ações, assim como fortalecê-las para que influenciem políticas públicas na área da infância e adolescência.”, diz.

Erradicar o trabalho infantil na região é um dos objetivos da Fundação Abrinq – Save the Children. Antes da atuação do projeto, muitas crianças eram submetidas a trabalhos agrícolas e domésticos e, por conta do excesso de tarefas, acabavam deixando a escola, não evoluindo mental, social e psicologicamente. “Hoje os pais incentivam e compreendem a importância do estudo para o futuro de seus filhos”, conclui José Arnaldo de Oliveira.

Sobre a Fundação Abrinq – Save the Children

A Fundação Abrinq é uma organização social que, desde 1990, trabalha para que os direitos de crianças e adolescentes sejam respeitados. A partir de 2010, firmou parceria com a maior e mais antiga ONG de defesa de direitos da criança no mundo, a Save the Children International.

Os projetos que ambas desenvolvem na área da educação, saúde e proteção em todo o Brasil continuam a ser operados, porém a rede de programas de abrangência nacional foi ampliada, o que vem dar voz às questões que envolvem o cenário da infância brasileira para o mundo e fará com que o número de crianças e adolescentes atendidos salte dos atuais 260 mil, para aproximadamente um milhão por ano, nos próximos cinco anos.

Pautada pela Convenção Internacional dos Direitos da Criança (ONU, 1989), Constituição Federal Brasileira (1988) e Estatuto da Criança e do Adolescente (1990), a Fundação tem como estratégias: estímulo e pressão para implementação de ações públicas, fortalecimento de organizações não governamentais e governamentais para prestação de serviços ou defesa de direitos, estímulo à responsabilidade social, articulação política e social na construção e defesa dos direitos e conhecimento da realidade brasileira quanto aos direitos da criança e do adolescente.

**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Por que os exercícios são fundamentais no tratamento da osteoporose?

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2011 14:57:00

IV Caminhada de Combate à Osteoporose acontece na Mooca, no dia 23 de outubro

“Mudar no estilo de vida do paciente portador de uma doença crônica é um tema muito delicado... É muito difícil convencer o paciente que além da cirurgia, do medicamento, do acompanhamento médico regular, ele precisa mudar também posturas e comportamentos para manter a doença sob controle. Este é o caso da osteoporose, onde os hábitos de vida saudáveis são extremamente importantes para prevenir a doença, mas também são um complemento essencial ao tratamento médico”, explica o reumatologista Sérgio Bontempi Lanzotti, que dirige o Iredo, Instituto de Reumatologia e Doenças Osteoarticulares.

Quando falamos em novos hábitos, a prática de exercícios físicos é muito importante para retardar a progressão da osteoporose. “A prática leve de exercícios não interfere na saúde óssea, mas o exercício moderado - mais de 3 dias por semana, totalizando mais de 90 minutos semanais - reduz o risco de osteoporose e de fraturas em homens e mulheres com mais idade. O ideal, em termos de prevenção da doença, é que os exercícios sejam feitos de forma regular e ao longo da vida”, recomenda Lanzotti.

É preciso lembrar que quando o idoso é diagnosticado com osteoporose, ele já pode ter desenvolvido outras doenças crônicas relacionadas ao envelhecimento. “Por isso, antes de iniciar qualquer programa de exercícios, os pacientes mais velhos ou aqueles que apresentam graves condições clínicas devem conversar com seus médicos”, diz o reumatologista.
Mexa-se contra a osteoporose...

Segundo Sérgio Lanzotti, para a prevenção e o tratamento da osteoporose, alguns exercícios específicos podem ser bem melhores que outros:

• Exercícios com pesos exercem tensão muscular e óssea e, em jovens, podem aumentar a densidade óssea em até 8% ao ano. Para mulheres na menopausa estes exercícios são muito protetores. Um treinamento de musculação cuidadoso também é muito benéfico para as pessoas de meia-idade e idosos, especialmente mulheres;
• Longas caminhadas rápidas e regulares melhoram a densidade óssea e a mobilidade. A maioria dos idosos deve evitar exercícios aeróbicos de alto impacto - como a ginástica aeróbica - pois eles aumentam o risco de fraturas osteoporóticas. Embora os exercícios aeróbicos de baixo impacto - como a natação e o ciclismo - não aumentem a densidade óssea, eles são excelentes para o condicionamento cardiovascular do idoso e devem ser parte de um regime regular de treinamento físico;
• Exercícios voltados especificamente para fortalecer as costas podem ajudar a prevenir fraturas no futuro e podem ser benéficos para melhorar a postura, reduzindo assim a cifose (corcunda), mesmo em pessoas que apresentam condições severas da doença;
• Exercícios de baixo impacto que melhoram a concentração, o equilíbrio e a força também são recomendados, especialmente a yoga e o tai chi chuan, que podem ajudar a diminuir o risco de quedas.

Caminhe conosco!

“Por acreditarmos que mudanças no estilo de vida são muito benéficas e colaboram efetivamente para a prevenção e o tratamento da osteoporose, estamos promovendo a IV Caminhada de Combate à Osteoporose, no dia 23 de outubro (domingo), na Praça Visconde de Souza Fontes, na Mooca. As inscrições para participar do evento são gratuitas e podem ser feitas pelo telefone (11) 2936 8788 ou pelo site www.caminhadadaosteoporose.com.br . Os primeiros seiscentos inscritos caminharão conosco em prol desta grande causa”, diz Sérgio Bontempi Lanzotti, organizador do evento.

SERVIÇO:

IV Caminhada de Combate à Osteoporose
Dia: 23 de outubro (domingo).
Local: Praça Visconde de Souza Fontes, na Mooca.
Horário: 08:30 às 12:30.
Inscrições gratuitas pelo telefone (11) 2936 8788 ou pelo site www.caminhadadaosteoporose.com.br .
Participação limitada aos 600 primeiros inscritos.

CONTATO:
Site: Iredo
E-mail: contato@iredo.com.br
Blog: Vivendo sem Dor
Twitter: @sergiolanzotti
Vídeos: Canal da Reumatologia


**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Oxi começa a ser difundido no Brasil

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2011 14:54:00

Por: * Bernardo Campos Carvalho

Tocam-se os trompetes, acendem-se os holofotes, terá início mais um grande e, ao mesmo tempo, aterrador evento. Espere, não é a “van premier” de nenhum filme em hollywood, nem uma super produção teatral na Broadway Americana. Chega à Imprensa informações do Oxi, a pior e mais devastadora droga que se tem notícia até o momento.

Mais potente e destruidora que o crack, a nova droga é feita em dosagem composta do resto das folhas de cocaína ou pasta de coca, querosene ou gasolina, amônia e cal. Toda essa mistura se transforma em pedra e é consumida como se fosse um cigarro, só que numa espécie de cachimbo.

O mais impressionante é que o oxi, por ser feito de resto de material da folha de coca, pode custar até quatro vezes menos do que o crack. É uma pedra mais escura e quando consumida, deixa um resíduo oleoso, proveniente do querosene, e sua fumaça é mais densa e escura.

Apareceu no Brasil, há cerca de quatro anos e entrou no Brasil através do estado do Acre, na fronteira com a Bolívia e Peru.
Hoje já se espalhou por todos os Estados da Federação. Só na “cracolândia”, local de grande consumo de entorpecentes localizada na região central da cidade de São Paulo, o oxi já compete em igualdade com o crack e outras substâncias tóxicas.
Outra característica devastadora da nova droga é que basta uma vez de consumo, para a pessoa ficar viciada e de retorno quase impossível. A primeira vez, a pessoa sente a falsa sensação de um grande prazer, para posteriormente entrar em estado de depressão.

Em poucas semanas de uso, a pessoa começa a apresentar sérios problemas no fígado e nos aparelhos respiratórios e digestivos. O usuário começa a sentir fortes dores de cabeça e abdominais, iniciando-se um processo agudo de diarreia e vomito. O alarmante é que 30% dos usuários morrem no primeiro ano.

Tanto o oxi quanto o crack, o seu uso é um passaporte de ida, sem volta. O tratamento é extremamente difícil, com resultados terapêuticos ainda duvidosos e questionáveis.

O melhor tratamento ainda é o diálogo constante, o acompanhamento diário pelos pais, a verificação das atitudes ou mudanças no comportamento, a recusa em se alimentar, o emagrecimento agudo e sem causa, o isolamento e a esquiva em dialogar. Já em segundo grau, o usuário apresenta tremores, suores e começo de alucinações.

Não se deve ter vergonha em procurar ajuda em centros de tratamento especializados em dependentes químicos. O estado, inclusive, dispõe de alguns bastante eficientes. Procure urgente centro de apoio mental, tanto para o dependente quanto para seus familiares que é muito necessário. E, se o dependente acreditar, reze muito, que é um remédio fantástico.

* Bernardo Campos Carvalho é advogado criminalista. Integrante da Comissão de Prerrogativas da OAB, regional de Barueri. É especialista em Tribunal do Júri, tendo participado como defensor em cerca de 600 Júris, destacando-se alguns de grande repercussão nacional: foi defensor de Pernambuco, acusado de ter, junto com Champinha, praticado o emblemático crime de homicídio contra um casal de namorados, na cidade de Juquitiba. Foi um dos advogados de defesa de Marcos, acusado de ter assassinado o prefeito Celso Daniel, em Santo André. Possui diversos artigos publicados, entre eles “mães que abandonam ou matam seus filhos”, alcançando mais de um milhão de consultas na internet.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Instituto do Câncer lança programa de prevenção no Twitter

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2011 14:51:00

Ação vai disponibilizar aos internautas informação qualificada sobre a doença; primeiro bate-papo, via Twitcam, acontece em 14 de setembro

O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), ligado à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, está lançando uma ação de prevenção com foco no uso das redes sociais. A partir do dia 14 de setembro, quinzenalmente, irá realizar “mini-conferências” entre profissionais da instituição e os internautas, via Twitcam. O objetivo é disseminar importantes temas relacionados aos principais tipos de câncer, diagnóstico precoce e qualidade de vida.

A primeira entrevista acontecerá com a coordenadora da Oncologia Clínica do Icesp, Maria Del Pilar Estevez Diz. A médica estará à disposição dos internautas para esclarecer dúvidas sobre a doença, novos tratamentos disponíveis e avanços da medicina no tratamento contra o câncer.

Para assistir, basta acompanhar o perfil do Instituto no Twitter @Icesp_ (http://twitter.com/Icesp_). A transmissão poderá ser vista através da hashtag #Icesp_previne.

O cronograma inicial das atividades também prevê a participação de especialistas para abordar aspectos dos principais tipos de câncer, como mama, próstata, pulmão, estômago, colo de útero e intestino, além da importância da prática de exercícios e da nutrição na prevenção e durante o tratamento oncológico.

“O objetivo da ação é disseminar a informação de maneira simples e oferecer um canal para que a população possa esclarecer suas dúvidas com relação aos temas abordados. E a informação é o primeiro passo para a manutenção da saúde”, afirma o diretor geral do Icesp, Paulo Hoff.

Twitcam sobre câncer e prevenção
Data: Quarta-feira, 14 de setembro de 2011
Horário: 13h30
Convidada: Dra. Maria Del Pilar Estevez
Acesso: http://twitcam.livestream.com/6fg6h

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Projeto Social Espaço Digno selecionou 05 entidades participantes para que uma possa ser beneficiada por Benfeitorias

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/09/2011 02:22:00

















































O Movimento Maria Cláudia Pela Paz, através de sua representante, Senhora Cristina, num dedicado incentivo, endossando com referências, a seriedade do Projeto Social Espaço Digno, salientou sua importância e finalidade da iniciativa. Propiciando uma rápida visão, no entanto abrangente pautando a necessidade das entidades participantes, pelo enfoque maior, em relação aos benefícios, objetivos, critérios, ações do Projeto, deu-nos um norte.

Atribuindo, portanto Credibilidade Motivadora, levando muitos ao acesso, interessados em obter um conhecimento maior do Projeto Espaço Digno e saber um pouco mais das instituições finalistas.

Através de Incondicional Apoio, intensa divulgação, extensa promoção e Distribuições de Mailings, entretanto, declinando o Centro Socioeducativo Santo Aníbal, o Movimento Maria Cláudia Pela Paz, através de sua representante, somou positivamente á sociedade como um todo, quando apresentando, convidando, sugerindo e indicando, provocou sentimento de solidariedade, despertou "novos olhares direcionados" à frente de nossa realidade social, propiciando conscientização e comovendo muitos...
O que por fim, indubitavelmente, aguçando, provocou a conquista de um representativo número de Acessos ao Site Oficial do Espaço Digno, novos visitantes, possíveis parcerias futuras e consequentemente aumento dos Votos.

O Espaço Digno, promoveu enquete para votações, afim de poder beneficiar devidamente entidade séria, de atuação significativamente importante, totalmente envolvida com desenvolvimento de ações solidárias e pleno comprometimento de atuação voltado para melhorar a vida de muitos.


Sobre o Projeto Social Espaço Digno

Visando atender instituições filantrópicas comprovadamente sérias e comprometidas que necessitam de um espaço físico adequado para o desenvolvimento das suas atividades. As obras de reforma, ampliação ou construção são executadas por meio de parcerias com profissionais e empresas da área da construção civil e deverão ser realizadas num prazo máximo de cinco (cinco) meses, contados a partir da data de aprovação do escopo da obra.

Cada profissional e/ou escritório de arquitetura ou decoração fica responsável pela reforma de um ambiente, seguindo os mesmos moldes do que ocorre em mostras de decoração. Os materiais e a mão de obra utilizados são doados por patrocinadores diretos e indiretos e por empresas que apóiam os profissionais envolvidos.

Principal Objetivo

O principal objetivo do Projeto Social Espaço Digno é identificar e ajudar instituições que precisam de espaços dignos para desenvolver ações solidárias que visem melhorar a vida do próximo.

Como o Projeto Espaço Digno, selecionou as entidades participantes?,

- Representantes do Projeto Social Espaço Digno, foram pessoalmente checar cada entidade inscrita, corroborando assim, as informações prestadas, bem como as condições do local concorrente.
Os mantenedores de cada entidade foram entrevistados e a situação legal de todas as instituições foi apurada com rigor, junto aos órgãos competentes.

A Comissão Técnica do Projeto Espaço Digno, visitando avaliou diversas entidades, tanto as inscritas, como também as inúmeras sugestões que foram enviadas pelo público.

Entre todas as instituições avaliadas, foram pela Comissão Técnica, selecionado 5 finalistas.

Após todos esses procedimentos e escolha das instituições concorrentes e ** finalistas, as mesmas foram acrescentados em uma lista disponibilizada no Portal Oficial do Projeto Espaço Digno,
( www.espacodigno.org ), com um breve resumo de cada entidade, e, aberta para que os internautas, visitantes, leitores e público em geral, pudessem então votar.

Votação em Urnas

O processo de votação não se limitou apenas na participação e apuração de votos online, também foram utilizadas urnas, desde o dia 22 de agosto de 2011, que em pontos estratégicos do Distrito Federal, permitiram apenas um voto por pessoa.

** As Cinco instituições finalistas que concorreram foram:

** Casa do Menino Jesus
** Centro Socioeducativo Santo Aníbal
** Creche Estrela Guia
** Lar dos Velhinhos São Francisco de Assis
** Centro de Valorização da Vida


Portal Oficial do Projeto Espaço Digno,
( www.espacodigno.org )


*Veículos de Comunicação zaP!®
www.jornalista.eunanet.net
www.revistazap.org
**

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Solteiro, Selton Mello vai badalar em Gramado

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2011 18:44:00

Além de Reginaldo Faria e Marcelo Faria,

Selton Mello também confirmou presença na festa do Green Valley, sábado 13, em Gramado.

Trata-se da festa oficial de encerramento do Festival de Cinema de Gramado e a expectativa é que dezenas de atores comemorem nesta super balada o sucesso do maior encontro da sétima arte na América Latina. Muitos deles, no entanto, preferem não divulgar sua presença, querem tentar curtir no anonimato.

Selton é foi um dos destaques do festival com seu novo filme “O Palhaço”, emocionando o publico e arrematando o prêmio “Cidade de Gramado” pelo conjunto de sua obra.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lula e ministro Fernando Haddad estarão na 1ª Feira Literária

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2011 18:29:00

Lula e ministro Fernando Haddad estarão na 1ª Feira Literária de São Bernardo nesta sexta-feira (12/8)


O ex-presidente Lula e o prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, acompanhados do atual ministro da Educação, Fernando Haddad, estarão nesta sexta-feira (12/8), às 15h, na 1ª Feira Literária de São Bernardo do Campo (FELITSBC), que está sendo realizada no Pavilhão Vera Cruz. O evento, pioneiro no Grande ABC, acontece até o dia 14 de agosto. Na ocasião, o ex-presidente Lula e o ministro Haddad irão fazer uma leitura de livros e conversarão com crianças e professores.

Serviço:
Ex-presidente Lula e ministro Fernando Haddad na 1ª Feira Literária de São Bernardo
Dia: 12/8 (sexta-feira)
Horário: 15h
Local: Pavilhão Vera Cruz
Endereço: Avenida Lucas Nogueira Garcez, 856, Jardim do Mar

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Seminário em SP apresenta benefícios do videomonitoramento para o setor de Educação

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2011 18:08:00

Evento irá destacar as vantagens de soluções de segurança eletrônica na prevenção de atos de violência física e moral em instituições de ensino

São Paulo, Agosto de 2011 – A Axis Communications promove na próxima terça-feira, dia 16, às 11hs, uma palestra em São Paulo (SP) sobre benefícios da adoção de soluções de videomonitoramento IP (Internet Protocol) voltadas para escolas, faculdades e universidades. A apresentação faz parte do seminário “Segurança Física Integrada”, promovido pelo distribuidor Anixter.

“A instalação de tecnologias de segurança como a vigilância por vídeo tem um papel importante de prevenção. A presença de câmeras impede, até certo ponto, vandalismos e potenciais agressões. Estudantes e professores passam a se sentir reconfortados pela presença de câmeras nos espaços públicos da escola”, aponta Sergio Dias, gerente de contas da Axis Communications e responsável pela apresentação..

Fora do horário escolar, o mesmo sistema de vigilância pode ser utilizado para monitorar remotamente a propriedade e deter o vandalismo. Além disso, administradores de escolas e universidades muitas vezes precisam gerar provas documentais após a ocorrência de um incidente, a fim de apontar responsabilidades. Quanto melhor a qualidade da imagem, mais fácil é identificar pessoas e detectar detalhes importantes.

Em comparação com sistemas analógicos, as câmeras em rede ainda permitem redução de custos. De acordo com o palestrante, sistemas digitais de vigilância que operam por uma rede podem utilizar a conexão à Internet que a escola já possui, operando em computadores próprios. Aproveitar essa infraestrutura gera redução de custos, pois não requer cabeamento adicional.. As imagens podem ser armazenadas em um disco rígido de computador, ou na própria câmera.

O Liceu São Paulo, por exemplo, na Baixada Santista, instalou 12 câmeras nos laboratórios de informática, rádio e vídeo. A instituição privada, pertencente ao Sistema Anglo de Ensino, precisava evitar danos e roubo de equipamentos.

Outra instituição que investiu em segurança foi a Universidade Federal do Paraná, que implantou 72 câmeras de videovigilância. O principal desafio, nesse caso, era monitorar a entrada de veículos roubados, que eram deixados no estacionamento da Universidade durante dias. Como a Polícia Militar, por força de lei, não pode agir naquela área, os criminosos estavam usando a área da universidade para estacionar os carros antes de levá-los para o desmanche.

Recentemente, a Universidade de Brasília (UnB) instalou 30 câmeras em pontos estratégicos, que ajudarão a Polícia Militar a montar um policiamento orientado para os problemas específicos.

Para participar do seminário gratuito, interessados devem enviar e-mail para mkt.anixter@anixter.com.

SERVIÇO
Seminário “Segurança Física Integrada”
Data: 16/08/2011
Horário: 8h30 às 13h30
Local: São Paulo Center
Av. Liceu de Paula Machado, 1088 – Cidade Jardim

Axis Communications
Fundada em 1984, na Suécia, a Axis Communications é uma empresa de TI que oferece soluções de vídeo para ambientes de rede em instalações profissionais. Líder mundial em seu segmento, a companhia orienta a mudança do vídeo analógico para digital com produtos e soluções focados em vigilância e monitoramento remoto.
A Axis opera globalmente com escritórios próprios em mais de 18 países e em parceria com distribuidores, integradores de sistemas e via parceiros OEM em 70 países. Os mercados fora da Suécia respondem por mais de 95% das vendas e mais de 3 milhões de canais de vídeo já foram vendidos em todo mundo. Atualmente, suas soluções são distribuídas no país pela CNT Brasil, Anixter, Network1 e Delta Cable. Para mais informações, acesse: www.axis..com.

Capital Informação
www.capitalinformacao.com.br
Assessoria de Imprensa da Axis Communications
Tel/fax: (11) 3926-9517/(11) 3845-0111
Rodrigo Guedes – rodrigo@capitalinformacao.com.br
Diretora responsável: Luciane Bernardi

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Hospital promove grupos de apoio psicológico gratuitos a portadores de dor

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2011 18:05:00

No próximo dia 19 de agosto, o Centro de Dor do Hospital 9 de Julho dá continuidade ao Grupo de Apoio Psicológico aos Portadores de Dor, pela campanha Viva Sem Dor 2011. Com sessões mensais e gratuitas, a ação tem como objetivo promover a interação e troca de experiências entre os portadores de dor que sofrem importante interferência emocional e consequente queda de qualidade de vida.

Com até 30 integrantes por sessão, o grupo de apoio psicológico atuará estimulando o compartilhamento de vivências físicas e emocionais com a dor, com orientações da equipe de psicólogos para o melhor entendimento e enfretamento de suas limitações. Os participantes ainda são educados sobre técnicas de relaxamento corporal que podem ajudar a evitar ou amenizar crises dolorosas.

Segundo a coordenadora da ação, dra. Dirce Perissinotti, "as dores causam diversos transtornos emocionais aos seus portadores, com prejuízo em suas relações sociais e laborativas. Em longo prazo, estas pessoas comumente desenvolvem depressão, que por sua vez, somatiza ao quadro de dor física já instalada".

Ao longo do ano, o grupo de atendimento psicológico do Centro de Dor mapeará o perfil dos participantes, que deve resultar num estudo analítico de caso e resultados obtidos.

FICHA TÉCNICA
Grupo de apoio psicológico a portadores de dores crônicas e cuidadores
Data: 19/08
Horário: das 10h30 às 12h
Local: Sala Paulo Freire – anexa do Hospital 9 de Julho
Endereço: Rua Peixoto Gomide, 527
Inscrições: gratuitas e limitadas pelos telefones 11 3539.9901 e 11 3539.9902


Sobre a campanha Viva Sem Dor

Este é o quarto ano consecutivo que o Centro de Dor do Hospital 9 de Julho dedica parte de suas atividades para a campanha educativa Viva Sem Dor, alinhando seus temas aos trabalhos da associação americana IASP (International Association for the Sutdy of Pain).

Desde o inicio da campanha, em 2008, a Viva Sem Dor auxiliou mais de 1.800 pessoas em ações presenciais e milhares de outras por seus canais da web.

Sob o slogan Prevenir, Tratar, Preservar, o foco da campanha em 2011 são as dores agudas, em que conta com atividades de palestras, diagnósticos gratuitos, atividades físicas, entre outros.


Centro de Dor de Dor do Hospital 9 de Julho

Com quase dez anos de atividades o Centro de Dor do Hospital 9 de Julho oferece o mais completo serviço para o tratamento da dor.

Características:
• Equipe multidisciplinar composta por mais de 40 profissionais médicos e paramédicos.
• Recursos físicos e tecnológicos de ultima geração para o atendimento de casos de alta complexidade, como neuroestimulação cerebral profunda, implante de isótopos no tratamento de tumores cerebrais e outros.
• Cobertura de assistência por dezenas de operadoras de planos de saúde.


Viva Sem Dor na web:
Twitter: http://www.twitter.com/vivasemdor
YouTube: http://www.youtube.com.br/centrodedor

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

15º Encontro das Ligas de Combate ao Câncer da FAC é neste sábado

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2011 17:40:00

Frei Rinaldo Stecanela, um dos divulgadores da campanha “Apoie uma vida” estará presente no evento


Neste sábado, dia 13, ocorre o 15º Encontro das Ligas de Combate ao Câncer, grupos vinculados à Fundação Amaral Carvalho (FAC) e à Federação Brasileira de Entidades de Combate ao Câncer (Febec). O evento é direcionado aos mais de cinco mil voluntários em vários pontos do país, que prestam apoio e atenção aos pacientes que se tratam no Hospital Amaral Carvalho.

Apoie uma Vida
Durante o encontro o presidente da Febec e diretor-superintendente da FAC, Antonio Luís Cesarino de Moraes Navarro, fará o lançamento nacional da campanha “Apoie uma Vida”, além do catálogo de produtos e ações envolvidas neste projeto, voltadas para a área de assistência social dos pacientes em tratamento de câncer.
Também se apresenta o Frei Rinaldo Stecanela, da TV Século 21, que é um dos divulgadores da campanha. O religioso irá fazer um pequeno show com músicas de seu repertório na emissora de televisão e das missas da Família e da Saúde que realiza pelo Brasil afora.


SAIBA MAIS
Campanha
O Hospital Amaral Carvalho, referência nacional no diagnóstico e tratamento oncológico, incentivou a criação das Ligas de combate ao Câncer, que cumprem relevante papel complementar ao tratamento ministrado no ambiente hospitalar. Tais Ligas, algumas associadas à Federação Brasileira das Entidades de Combate ao Câncer, se dedicam ao suporte psicológico, assistencial e material dos pacientes e seus familiares, com resultados de sobrevida acima de 12,4%. Essa realidade demonstra que a escassez de recursos financeiros para enfrentar o câncer tem sido constante e compromete os resultados de prevenção, tratamento e cura da doença.
Nesse cenário, estruturou-se a Campanha Nacional de Combate ao Câncer “Apoie uma Vida”, por meio da qual se propõe alavancar recursos financeiros expressivos a serem alocados na aquisição de equipamentos de tecnologia avançada, implementação de obras civis — principalmente casas de apoio, melhoria das condições do trabalho voluntário das Ligas de Combate ao Câncer, e de outras prioridades a serem elencadas.

Frei Rinaldo Stecanela
Religioso da Ordem dos Servos de Maria (OSM), o Frei é diretor-geral da TV Século 21, apresentador, cantor e compositor. Ganhou o prêmio Microfone de Prata (importante ponto de referência para as emissoras católicas do Brasil, que seleciona as melhores produções radiofônicas de caráter evangelizador) por cinco anos consecutivos. Apresenta os programas Vida e Saúde, Caminhos da Fé, Sócios na Fé, Por um Brasil Cristão, Missa da Saúde e Ação Social.
Entendendo a importância da campanha “Apoie uma vida” e as ações que engloba, Frei Rinaldo passou a ser divulgador da mesma por onde passa.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SP quer vacinar 2,8 milhões de crianças contra paralisia infantil neste sábado

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2011 17:22:00

Na capital, abertura da segunda fase da campanha será em posto volante no Parque do Ibirapuera, com
piscina de bolinhas, palhaços, pintura de rosto e distribuição de máscaras do Zé Gotinha

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo pretende vacinar 2,83 milhões de crianças menores de cinco anos contra a paralisia infantil durante a segunda etapa da campanha de imunização, que acontece no neste sábado, 13 de agosto. O número corresponde a 95% do total de 2,98 milhões de paulistas nessa faixa etária (veja dados regionais abaixo).
Na capital paulista, a abertura da segunda etapa da campanha será realizada às 8h no Parque do Ibirapuera, nas proximidades do Museu Afro Brasil, em São Paulo. Entre 8h e 15h, as crianças poderão ser vacinadas e brincar em um parque infantil montado para o evento, com piscina de bolinhas, pula-pula e palhaços, além de participar de atividades lúdicas, como pintura de rosto, e ganhar máscaras do Zé Gotinha.
Na primeira etapa da campanha, realizada em junho, 2,85 milhões de crianças menores de cinco anos de idade foram vacinadas. Nesta fase, serão mobilizados aproximadamente 14,8 mil postos fixos e volantes e 58,3 mil profissionais em todo o Estado, em parceria com as prefeituras.
Todas as crianças incluídas na vacinação, independentemente de terem sido ou não imunizadas na primeira fase da campanha, devem retornar aos postos de saúde no dia 13. A maioria das salas de vacina funcionará das 8h às 17h. Será possível também atualizar a caderneta de vacinação, gratuitamente.
“Os pais e responsáveis devem proteger seus filhos contra a poliomielite, levando as crianças para tomar a segunda dose da vacina Sabin. Desta forma, todos colaboram para evitar o retorno da circulação do vírus causador da doença ao Estado”, afirma Helena Sato, diretora de Imunização da Secretaria.
São Paulo não registra nenhum caso de paralisia infantil desde 1988. No entanto, como o vírus da poliomielite ainda circula em países da África e da Ásia, é fundamental que todas as crianças menores de cinco anos sejam imunizadas todos os anos.
O posto volante do Parque do Ibirapuera, na capital, ficará na Av. Pedro Álvares Cabral, área de eventos, com entrada pelo portão 10, nas proximidades do Museu Afro Brasil.

População de crianças menores de cinco anos no Estado (por região)
Obs.: meta é vacinar 95% desse total

Capital 859.148
Grande ABC 182.556
Alto Tiete e Guarulhos 217.336
Franco da Rocha 41.587
Osasco 235.047
Araçatuba 43.752
Araraquara 59.006
Assis 30.435
Barretos 26.296
Bauru 69.213
Botucatu 38.285
Campinas 271.167
Franca 46.422
Marília 37.097
Piracicaba 92.820
Presidente Prudente 44.898
Vale do Ribeira 21.557
Ribeirão Preto 87.915
Baixada Santista 123.324
São João da Boa Vista 48.364
São José dos Campos 161.108
São José do Rio Preto 85.356
Sorocaba 159.489

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Psicanalista Tatiana Ades lança novo livro sobre amor patológico

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2011 16:49:00

É a sua quarta obra e vem de encontro a uma temática que está cada vez presente, inclusive em novelas



Tatiana Ades é dramaturga e psicanalista e a sua especialidade é atender casos leves e graves relacionados ao amor patológico.

A autora é fonte internacional e nacional para todos os que necessitam de soluções para problemas ligados ao amor, como codependência, depressão afetiva, ciúme exagerado, vítima de agressões físicas e verbais.

Em "Escravas de Eros", quarto livro da autora, ela analisa através de vários depoimentos femininos a dor e a luta de um sofrimento cuja cura não é encontrada apenas com uma denúncia: é necessário um acompanhamento terapêutico e especializado.



Este tema já foi outras vezes retratado por Taty Ades que escreveu também "HADES- homens que amam demais", que trata do assunto no outro lado da moeda, ou seja, aqueles homens que sentem na ausência da mulher amada e idealizada uma abstinência igual à do viciado em cocaína e desenvolvem espasmos, dores no corpo, depressão, vontade de suicídio e a incapacidade de lidar com a perda.

Vale a pena lembrar que é um assunto que tem vindo a ganhar cada vez mais espaço na mídia, principalmente agora com a brilhante atuação do ator Bruno Gagliasso, o Timóteo, na novela das seis da Rede Globo, que tem um amor doentio pela moçinha da história.

O evento conta também com o lançamento de mais três livros, e durante a noite haverá leitura de trechos dos livros pelos autores e alguns atores e atrizes.


Serviço
Dia: Sábado, 25 de junho
Horário: 19 h
Local: Centro Cultural Plug & Play
Av. Indianápolis, nº 1.337 - Moema


**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Ayla Meireles Comunicação
Assessoria de Imprensa
Departamento de Comunicação (Jornalismo)
*
**

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Registro de Câncer de Base Populacional (RCBP) de Jaú participa de livro de destaque nacional e internacional

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2011 16:34:00

O Registro de Câncer de Base Populacional (RCBP) de Jaú integrou pela primeira vez a publicação O câncer no Brasil - Dados dos Registros de Câncer de Base Populacional, Volume 4.

O livro, consolidado pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca), é editado a cada cinco anos e apresenta a incidência de vários tumores em 17 cidades, sendo 16 capitais - apenas Jaú representando os municípios não-capitais. Os dados foram coletados pelas equipes que trabalham nos registros das cidades que monitoram seus casos de câncer entre 2000 e 2005, e analisados pela equipe da Divisão de Informação do Inca em 2010.



Dezessete registros de câncer foram incluídos na publicação, que é criteriosa e estabelece que os RCBPs consigam alcançar os níveis exigidos para integrar a obra. - "A participação é relevante porque agregamos uma rede de qualidade nacional. O registro não é do Hospital Amaral Carvalho e não envolve o atendimento que o hospital faz, é uma parceria entre a Fundação Amaral Carvalho e o município de Jaú e avalia todos os casos de câncer dos pacientes que residem na cidade, independentemente do hospital em que foram tratados", diz o médico José Getúlio Martins Segalla, responsável pelo RCBP de Jaú.

Ainda de acordo com o médico, por meio do livro é possível analisar as diferenças entre os registros. Em Jaú, por exemplo, o número de casos de câncer de pulmão é menor que nas capitais. - "Do ponto de vista epidemiológico nosso registro é muito interessante porque consegue dar uma visão de um Brasil que fica escondido das estatísticas. À medida que estudamos esses dados e os comparamos, vemos que eles têm importância para a nação, já que 60% da população brasileira não mora em grandes centros urbanos. Por isso é imprescindível saber informações sobre essas pessoas que ficam ocultas dos dados oficiais", enfatiza.

Análise

Enquanto os casos de câncer de pulmão registram número menor que a média nacional, a incidência de câncer de pele em Jaú é quase o dobro. No Brasil, este tipo de neoplasias soma cerca de 20% dos casos. Em Jaú, são 40%. - "Provavelmente nosso índice tem relação com a população que temos. São muitos imigrantes italianos e europeus que trabalham na zona rural expostos ao sol, a principal causa de câncer de pele. Além disso, registramos 100% dos casos da nossa cidade, enquanto a maioria dos registros populacionais não atinge a totalidade. Então provavelmente esse índice deve ser o mesmo de todo país, mas isso não fica evidente pela dificuldade de fazer o registro", explica.

Para o médico, este é o principal problema: conscientizar os profissionais da importância de armazenar informações..

Registrar dados de câncer, segundo Dr. Getúlio, ajuda o paciente caso exista alguma complicação em seu caso, já que todas as informações ficam disponíveis no prontuário.

Além disso, as principais informações são armazenadas em um banco de dados no qual é possível realizar estudos e pesquisas em determinados períodos. - "Isso faz com que tenhamos condição de modificar o tratamento se entendermos que existe algo que possa melhorar ou corrigir o que está sendo feito de forma inadequada. Só os casos do estudo dos registros hospitalares é que permitem isso. Então é necessário ter um registro muito acurado, muito correto, com o menor número de falhas e, se possível, com um número de informações que você possa cruzar para obter respostas para as perguntas científicas que irá fazer."

Expertise

O Registro Hospitalar de Câncer (RHC) do Hospital Amaral Carvalho é reconhecido por seu trabalho em todo país. Serve como base de treinamento para a Fundação Oncocentro de São Paulo (Fosp), além de fazer curso de reciclagem a cada dois anos com a participação de mais de 50 hospitais do Brasil.

A instituição jauense reúne RHC e RCBP e com isso abre suas portas para hospitais interessados em aprender pelo padrão de registro dos profissionais do HAC. Também está em negociação parceria entre Ministério da Educação e Amaral para a abertura de um curso profissionalizante de técnicos registradores.

**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

**

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

KTK marca presença na feira hospitalar 2011

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2011 16:27:00

A KTK– uma das principais fabricantes de equipamentos de anestesia e terapia intensiva do país – marcou presença com o equipamento Servoventilador Carmel na "Hospitalar 2011" - maior feira e mais importante fórum de saúde da América Latina.

O Servoventilador Carmel é um ventilador com tecnologia e design avançado. Um ventilador eletrônico projetado para tratamentos de longa duração em insuficiência respiratória de pacientes em estado crítico - uso adulto, pediátrico e neonatal em UTI.



O Carmel possui ventilação de alto desempenho com oito modalidades ventilatórias; sensor de oxigênio; inspiração manual sincronizada; recurso de nebulização com fluxo sincronizado na inspiração; sistema de proteção contra apneia em modos espontâneos. Permite 100% de O2 temporizado em 90 segundos e não necessita de válvulas reguladoras de parede. Um produto que alia a tecnologia com uma grande facilidade de uso e todos os controles e parâmetros monitorados são apresentados no monitor LCD colorido de 15 polegadas.

Disponíveis nas modalidades:- VCV, PCV, PCV/AV, SIMV/V, SIMV/P, BIPV, CPAP, PSV; e modalidades neonatais: Modalidades Neonatais: PLV, SIMV/P, BIPV, CPAP/PSV.

Há 53 anos no mercado a KTK é uma das principais empresas no segmento de fabricação de equipamentos anestésicos. Possui fábrica localizada em São João Clímaco – São Paulo e conta com 200 colaboradores. Exporta para mais de 30 países e dispõe de mais de 90 patentes registradas no mundo.

Para mais informações: www.ktk.ind.br


Por: Lucia Nunes
Diretora e jornalista responsável da LN Comunicação
Contatos: (11) 4332.3704 / 4332.4120

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SOS Mata Atlântica promove bate-papo online sobre Saúde e Meio Ambiente

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2011 16:20:00

Entrevista com o Dr. Paulo Saldiva e a jornalista Flávia Freire será transmitida pela rede Conexão Mata Atlântica, dia 14 de junho, às 14h, ao vivo.

A Fundação SOS Mata Atlântica realiza nesta terça-feira (14 de junho), às 14h, um bate-papo online sobre a relação entre saúde e meio ambiente. Para debater o assunto, a ONG receberá o Dr. Paulo Saldiva, coordenador do Laboratório de Poluição Atmosférica da Universidade de São Paulo (USP), e a jornalista Flavia Freire, coordenadora e apresentadora do projeto RespirAR, da Rede Globo.

A entrevista, que é aberta a qualquer interessado, será transmitida pela Conexão Mata Atlântica, rede social da ONG que pode ser acessada em:
www.conexaososma.org.br.

Para participar, basta fazer a inscrição gratuita na rede e acessar o link para o bate-papo, que estará em destaque na home.

Os participantes podem ainda encaminhar perguntas por vídeo ou por escrito, antecipadamente ou durante a entrevista.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

TV Senado estreia programa - Assunto de Estado - no próximo dia 13

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2011 16:16:00

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Caso Mário Sergio Gabardo

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2011 00:56:00





















































Por:**Elizabeth Metynoski

O jovem empresário Mário Sérgio Gabardo 20 anos, no entardecer do dia 29 de setembro de 2005, saiu da empresa em que era sócio com seu pai, a Transportadora Gabardo Ltda, por volta das 18h30.

Mário Sérgio tinha dois compromissos para a noite daquela quinta-feira, sendo que um destes era ir a PUC, onde iria prestar prova no curso de Direito, aonde cursava o 8º semestre. Concluída a prova, foi para a cidade de Canoas, situada na região metropolitana de Porto Alegre, onde morava.

Ele estava habituado, nas noites de quinta-feira, realizar um churrasco com amigos, em uma casa particular na Rua Tomé de Souza nº. 258 em Canoas, sempre que sua agenda lhe permitia.

Naquela dia, por volta das 20h50m, Mário Sérgio deixou seu automóvel Peugeot 307, cor cinza, placa IXX 0307, no estacionamento do Shopping Bourbon Zaffari Canoas. Nesse momento Mário falou ao telefone celular com Anderson (um amigo).

Mário teria informado a Anderson, que estava no supermercado e que fazia as compras para o churrasco. *Conforme a nota fiscal da Companhia Zaffari Comércio e Indústria, encontrada posteriormente entre seus pertences.
O jovem passou pelo caixa do supermercado às 21h18m/21h20m, em seguida, foi para o estacionamento do shopping, onde ficou das 20h50 às 21h30.

Após esse período, o empresário Mário Sérgio foi para a casa do amigo, na Rua Tomé de Souza, bairro Niterói, onde seria realizado o churrasco.
Ele, como morador de Canoas, sabia que a cidade era dividida pela BR 116. Assim sendo, com toda a certeza escolheu um caminho seguro entre os dois pontos (shopping e o local do churrasco) para trafegar naquele horário da noite.

Partindo do shopping, o rapaz chegou à Rua Humaitá e a seguir entrou na Rua Venâncio Aires, percorrendo-a no sentido centro-bairro.

Pela Rua Venâncio Aires, Mário Sérgio, passou por cinco quadras até alcançar a esquina da Rua Tomé de Souza. Quase no cruzamento da Rua Venâncio Aires com a Rua Tomé de Souza, exatamente às 21h37m38, Mário fez uma ligação de seu telefone celular para o aparelho celular de seu amigo Anderson, ligação essa, que durou 30 (trinta) segundos, ou seja, tempo suficiente para que Anderson soubesse que ele estava nas imediações da casa, pois o amigo iria abrir o portão da garagem, como era de hábito.

Mário Sérgio parou na esquina da Rua Venâncio Aires com a Rua Tomé de Souza e deu o sinal que iria virar à esquerda. Ao realizar a manobra, cumprimentou o manobrista da Galeteria Piatto Bello, que estava postado a frente dos veículos estacionados na área do restaurante. Este retribuiu o aceno de mão.

O funcionário da Piatto Bello viu o Peugeot 307 de Mário dobrar a Rua Tomé de Souza, bem como viu também, que atrás do carro dele seguia um automóvel Ford KA, cor prata, o qual realizou a mesma manobra.

Mário Sérgio, não dava indicativo de se sentir ameaçado ou perseguido.

Parando em frente a casa, aguardou por alguns segundos para que fosse aberto o portão. Nesse momento, encostou na perpendicular ao carro de Mário e paralelo a rua, (com luzes apagadas e de forma brusca), o automóvel Ford KA prata, que o estava seguindo. Deste automóvel Ford Ka prata, saltou pela porta dianteira do lado direito (a do carona), um homem de 1,80 m de altura, com uma arma na mão direita. Aos gritos, e intimidando o meliante determinou que Mário Sérgio saísse do carro.

- "Desce do carro, desce do carro" - ordenou o assassino!
Mário Sérgio Gabardo, sem reação e prontamente, de imediato obediente, atendeu a determinação.
O individuo, estando com o completo domínio da situação, tendo á sua frente e sob seu controle o jovem empresário não se satisfez.
Segurando com as duas mãos, a arma que portava (como um experiente atirador e executor), disparou então, duas vezes.

Um dos tiros disparados destroçou o vidro da porta lateral esquerda traseira, penetrando no corpo de Mário Sérgio Gabardo e, lacerando o lobo superior do pulmão esquerdo, ventrículo esquerdo, se alojando no interior do saco pericárdico (tecido fibroso que envolve o coração).

Gravemente ferido, Mário Sérgio, conseguiu, inacreditavelmente, engatar a marcha e acelerar o veículo, percorrendo alguns metros pela Rua Tomé de Souza, entrando à esquerda na Rua Conde de Porto Alegre, no sentido do centro da cidade de Canoas.

O automóvel Ford KA prata, ainda com as luzes apagadas, saiu em discreta perseguição, atrás do veículo conduzido pelo jovem baleado.

O algoz, condutor do automóvel Ford KA prata, fazendo o mesmo percurso que a vítima, continuou seguindo-o a uma pequena distância.
Os dois carros percorreram duas quadras da Rua Conde de Porto Alegre.
Ainda nesta via, (Rua Conde de Porto Alegre), esquina com a Rua da Figueira (segunda rua paralela com a Rua Tomé de Souza), conforme declarações, uma testemunha disse ter ouvido três disparos de arma de fogo, sequenciando continuamente mais tiros.

Essa testemunha afirmou recordar nitidamente de um barulho de colisão, (pois o Peugeot 307 acabou subindo na calçada, onde se chocou com uma árvore).

Sem qualquer reação, Mário Sérgio, estava desmaiado dentro do veículo, apoiado pelo cinto de segurança, que o protegia, mas, inconsciente, totalmente inerte.

O automóvel Ford KA prata, parou junto ao Peugeot 307, dele, desceu o meliante, atroz perseguidor, que se aproximando de Mário Sérgio Gabardo, observou por alguns instantes o jovem empresário, que estava sem movimentos, inerte, paralisado... Diante disso, e na sequência, o assassino retornou para o Ford KA prata, fugindo em seguida.

O automóvel Ford KA prata, desceu a Rua Conde de Porto Alegre de ré, com as luzes apagadas, entrando também de ré na Rua FAB - Força Aérea Brasileira, (uma abaixo da Rua da Figueira), onde engatando marcha a frente pela mesma Rua FAB, saiu duas quadras depois, na avenida Getúlio Vargas (via de acesso que margeia a BR 116), sentido para o centro de Canoas.

Alertados pelo som dos tiros e da batida, vários moradores do local se juntaram em volta do Peugeot 307, sendo que um destes, pediu socorro por telefone.

O jovem empresário e estudante Mário Sérgio Gabardo, foi levado ao Hospital Nossa Senhora das Graças, em Canoas e lá declarado morto.

Já se passaram cinco anos e nove meses do crime e não se sabe o porque do ocorrido, nem tão pouco quem foi o Autor e Responsável desse assassinato!

Cinco anos e nove meses dessa barbárie, que permanece impune...

Um assassinato, com todas as características de crime profissional e sob encomenda, onde nada foi esclarecido.

Uma barbárie sem razão e inexplicável, que se assemelha aos inúmeros casos em que um beneficiário, contrata um assassino profissional, para que este, execute o desejo de seu mandante, (exterminando assim definitivamente o que/quem é ou seria) um empecilho para seu contratante.

Em um "crime encomendado" , o que faz a distinção é a intenção com que se mata.
Já um matador de aluguel ou atirador profissional evidencia-se pela agilidade e habilidade no manuseio de arma, disposição para praticar atos de violência, pela segurança e firmeza em desempenhar o que lhe fora incumbido, pela indiferença com plena frieza, e, principalmente pela observância do "assassino profissional", diante da vítima. Prática comum para o a fim de garantir o resultado da prática criminosa, tendo a certeza da execução.

**Nota - Quero dizer aos pais do Mário Sérgio e Iracema, que estamos juntos nesta luta, que não vamos "esquecer" e "nem parar de cobrar"! Queremos os assassinos do Mário Sérgio, identificados e presos! Queremos justiça!

O pai de Mário Sérgio Gabardo, no dia 29 de cada mês, nestes cinco anos, escreve uma "carta aberta" para cobrar das autoridades alguma solução.

**Matéria, abordagem e texto Por: **Elizabeth Metynoski

Abaixo a Carta Aberta de 29/12/2010 deste pai:

- "Senhores:


A maioria das pessoas está vivendo momentos de confraternização. São datas universais onde o amor e a fraternidade está no ar. Mas há pessoas, como eu, que perderam entes tão queridos que preferem a reflexão mais profunda, pois sempre está faltando alguém, embora externamente tentem, à medida do possível, mostrar uma discreta alegria. É o que acontece comigo e certamente com milhares de outros Pais que perderam seus filhos. Também como outros tantos, mostro minha indignação pela falta de vontade política e de empenho das ditas autoridades da área da segurança pública que, a essa altura, preferem esquecer o caso do assassinato do meu filho Mário.

Inaceitável!

Neste dia 29, se completam 63 meses do seu brutal assassinato. Mário foi morto no dia 29 de setembro de 2005, quando chegava para um churrasco de confraternização com amigos de infância. O descaso das autoridades da segurança pública começou exatamente naquele momento. Os erros nos trabalhos de investigação foram infantis, inexplicáveis para profissionais caso estivessem empenhados, como deveriam estar, em identificar os responsáveis por este hediondo assassinato.

Durante estes 1.890 dias, tenho me debatido, bradado aos quatro ventos, cobrado Justiça, tentando fazer valer o meu direito de Pai, mas o que tenho recebido em troca dessas autoridades, é simplesmente nada!

Com toda a minha crença, asseguro que essas autoridades não tem o menor interesse em apontar os responsáveis pelo assassinato do meu filho Mário. São insensíveis. Entra Governo e sai Governo, e nada muda. Nitidamente se percebe que o interesse é outro: o eleitoral e nada mais importa.

A insensibilidade e os interesses eleitoreiros tomaram conta das cadeiras de quem senta no comando da área da segurança pública e porque não dizer, também na cadeira de Governador (a).

Desse trágico momento, ficou para mim a dor de um pai que perdeu o filho aos 20 anos de idade. Acompanha-me junto dessa dor, lágrimas incontidas diariamente, dor acentuada no peito e uma saudade incalculável.

Minha indignação é enorme. Minha sede de Justiça também. E ela está bem distante de um possível sentimento de vingança, pois desejo apenas que os assassinos do meu filho Mário sejam identificados e encaminhados para o banco dos réus da Justiça terrena.

Talvez essas autoridades imaginassem que eu calaria pelo cansaço.

Enganam-se.

Estarei cobrando o que me é de direito como cidadão cumpridor das suas obrigações, principalmente para com o Estado que tem o dever constitucional de investigar à exaustão, ao invés de simplesmente acrescentar o assassinato do meu filho Mário na estatística cruel que revelam contra a vontade: a dos crimes insolúveis.

No mês que vem estarei aqui novamente. E no outro também. E assim por diante, enquanto restar um sopro de vida em mim.

Meu filho Mário merece isso!


Sérgio, Pai do Mário".

**

**Por: **Elizabeth Metynoski
Movimento Giorgio Renan Por Justiça


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

**

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Décio Piccinini comandará novo programa na Rede Brasil

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2011 15:08:00





















































O jornalista Décio Piccinini comandará o novo programa de entrevistas da Rede Brasil de Televisão, denominado:

"É 10!"

O programa terá o formato talk show, com convidados de diversas áreas - como política, economia e entretenimento - e plateia.

"É 10!", será ao vivo, com duração de uma hora e apresentação nas quintas-feiras, às 22h.

A estreia vai ser na próxima quinta-feira, 12/05, e receberá o diretor Luiz Carlos Miele.

Décio Piccinini ficou nacionalmente conhecido quando foi jurado do Show de Calouros de Silvio Santos, do SBT, entre as décadas de 1970 e 1990.


Novos programas


Há dois meses a RBTV vem estreando nova programação. Já estão no ar o programa de variedades "Online", apresentado por Cláudia Carla; o infantil "Manhã Criança" (apresentado por Andrezza Baltrukonis); e o de saúde e qualidade de vida "Dra. Ritz" (apresentado pela médica especialista em anti-aging Michelle Ritzmann).

Até o final do ano terão outras novidades: programa musical com Jacqueline Petkovic; jornalístico com João Leite Neto; e de debates com Ney Gonçalves Dias, ex-âncora do Rede Brasil Notícias.

Informações da Rede Brasil

A Rede Brasil saiu do canal 45 UHF e passou a operar, desde abril deste ano, no canal 50 UHF em São Paulo e região metropolitana. No decorrer deste ano a emissora também inaugurará o canal digital (56 UHF).


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Graciana Feitosa
assessora de comunicação RBTV

**

**

Edição de conteúdo, Diagramação, e Publicação:
Por: Elizabeth Misciasci
zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lobão se apresenta em duas cidades durante a virada cultural paulista, dias 14 e 15 de Maio

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2011 14:30:00

São João da Boa Vista e Caraguatatuba são as primeiras cidades vão receber a recém lançada turnê Elétrico 2011


A Virada Cultural Paulista é o maior evento cultural do interior e litoral de São Paulo. Inspirada na Virada Cultural da capital, a Virada Cultural Paulista foi lançada em 2007 em 10 cidades, que receberam 381 atrações. Em 2008, mais de 740 mil pessoas compareceram já na edição de 2009, o público presente nas 20 cidades ultrapassou a marca de um milhão de pessoas. Em 2010, a Virada atingiu a marca de 1,6 milhão de pessoas.

Para 2011, a expectativa é atingir o mesmo número de público e quem espera contribuir para que o evento seja novamente um sucesso é o músico Lobão, que participará da Virada Cultural Paulista em duas cidades. No dia 14 de maio ele se apresenta em São João da Boa Vista e depois segue para Caraguatatuba onde será o responsável pelo encerramento do evento no Palco Externo.

As duas cidades serão as primeiras a conhecer o novo show da turnê Elétrico 2011, depois do lançamento que será realizado dia 11 de maio na capital paulista.

Com shows aleatórios – como grandes ensaios abertos - sem qualquer tipo de pretensão, essas apresentações foram nomeadas de "formato elétrico", apenas como uma forma de identificar a fase de transição que viria apresentar o que hoje é – de fato – uma turnê que se iniciou em 2011 cheia de frutos colhidos ao longo dos anos de uma carreira musical turbulenta, apaixonada e muito singular!



























































E ele tem muito para celebrar no palco:

- Canções inéditas (Song for Sampa e Das Tripas Coração)
Ambas foram compostas, produzidas e executadas pelo próprio Lobão e gravadas em seu estúdio caseiro, onde também foi escrita a maior parte da autobiografia. O download pode ser realizado gratuitamente por meio do site:

www.ediouro.com.br/50anosamil.

- Repertório repleto de hits que ultrapassaram gerações e as modas musicais. Tais como: Me chama, Decadence avec elegance, Vida louca vida, Rádio Blá, Corações psicodélicos.

- O lançamento do Box 81-91 Acústico MTV, que faz um balanço inédito da sua carreira em músicas raivosas, líricas, desesperadas, apaixonadas, radiantes, soturnas, delirantes, lúcidas – todo o espectro de sentimentos, na paleta de um artista raro, que preferiu viver dez anos a mil que mil anos a dez

- O livro "50 Anos a Mil", autobiografia que chega às livrarias pela Editora Nova Fronteira - escrito em parceria com o jornalista Cláudio Tognolli - que já se tornou Best Seller no Brasil.
Lobão volta agora com esses frutos colhidos, certo de que é momento para dividir com seu público, solo fértil de pessoas, que assim como Lobão buscam sempre a música para expandir o seu modo de viver.

O show Elétrico 2011 é feito de um repertório compatível e atualizado com 2011, ou seja, totalmente baseado nas músicas com a proposta de um som potente, com guitarras repletas de timbres que dialogam com uma poderosa uma cozinha de baixo e bateria. No palco, o artista é acompanhando pelo renomado baixista Duda Lima (Dudinha), a mais nova baterista Michelle Abu e André Caccia Bava na guitarra. Uma poderosa equipe que dará o melhor de si para continuar colhendo e celebrando os bons frutos desse Big Wolf do rock nacional.

**A Virada Cultural Paulista 2011 será realizada nas cidades de Araçatuba, Araraquara, Assis, Botucatu, Caraguatatuba, Franca, Indaiatuba, Jundiaí, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi-Guaçu, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santa Bárbara D’oeste, Santos,Santo André, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

**Para Acessar a Programação Completa - Clique:

http://www.cultura.sp.gov.br/StaticFiles/SEC/HotSite/ViradaCultural2010/index.htm

**Breve programação:

**São João da Boa Vista – 14/05 (madrugada pra 15/05)
Palco externo: Estação Ferroviária
18h30 - 19h20 - DJ Tuto Moraes
19h30 - 20h30 - Beatles 4 Ever
20h30 - 21h - Cor de Fogo- Sextasy
21h - 21h50 - Os Imprevisíveis
22h - 22h30 - Panos Dançantes- Sextasy
22h30 - 23h30 - Leela
23h30 - 0h - Brincando com Fogo- Sextasy
0h - 1h30 - Lobão

**Caraguatatuba – 15/05
Palco externo: Praça de Eventos
14h - 15h - Gabriel Grossi Trio
15h - 15h30 - Maracatu de Caragua
15h30 - 16h30 - As Choronas
16h30 - 17h - Maracatu de Caragua
17h - 18h30 - Lobão


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Fabiana Cardoso
Imprensa Lobão

**

**

Edição de conteúdo, Diagramação, e Publicação:
Por: Elizabeth Misciasci
zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro Mãe de Candidato traz crônicas do cotidiano político

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2011 14:23:00

Humor na medida certa


Livro Mãe de Candidato traz crônicas sobre o cotidiano do universo político e econômico
Na próxima quinta-feira, 12 de maio, a partir das 15h30, na Legião Paranaense do Expedicionário (Praça do Expedicionário), em Curitiba, acontece o lançamento do livro Mãe de Candidato e Outras Crônicas (Editora Íthala), do general Hamilton Bonat. Com uma boa dose de humor, o livro reúne crônicas do cotidiano político e traz ilustrações do artista Carlos Gustavo Ehalt, o “Coalha”, que tornam a obra ainda mais irreverente.

Com a proposta de interpretar a realidade de uma forma leve e de fácil leitura, Bonat une crítica e humor a sua visão sobre política, economia, relações internacionais e diversos fatos importantes que marcaram o mundo. Sua cidade-natal, Curitiba, e passagens de seu dia a dia como militar são temas recorrentes nos textos do autor. As crônicas são – sobretudo – um convite para que os leitores reflitam sobre assuntos políticos, militares e econômicos do país.

Na crônica que rendeu nome ao livro, Mãe de Candidato, o autor retrata a história de uma mãe que se vê entre o amor pelo filho e seu compromisso com a verdade. “É uma crítica bem-humorada, pois acredito que as mães conhecem seus filhos melhor do que ninguém, então, são elas que devem dizer se o filho político é ‘ficha limpa’ ou não”, brinca o autor.

Sobre o autor
O general Hamilton Bonat nasceu em Curitiba. Seguiu carreira militar, passando para a reserva em 2005, no posto de General de Brigada, após ter cumprido sua última missão: Adido Militar nos Estados Unidos e no Canadá. Desde que se retirou do serviço militar dedica-se a escrever crônicas que são publicadas em seu site www.bonat.com.br. O autor também já publicou o livro Sessenta Crônicas em 2005.

Sobre a Editora Íthala
A Editora Íthala possui um conceito editorial diferenciado: promover a cultura, viabilizando projetos de novos autores. Com apenas dois anos de atuação, já publicou mais de 20 livros de diversas áreas. A Editora tem como foco livros de baixa demanda, sem abrir mão da qualidade nos projetos gráficos e de impressão de seus livros.

Serviço
Lançamento do livro Mãe de Candidato e outras crônicas
Local: Legião Parananese do Expedicionário - Praça do expedionário, Alto da XV
Data: 12/05 – quinta-feira
Horário: das 15h30 às 21h
Editora: Íthala
Preço: R$ 26,00
Páginas: 117
Mais informações: www.ithala.com.br
twitter.com/EditoraIthala

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Novo estudo revela que a qualidade de vida dos pacientes artríticos é severamente afetada pela doença

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2011 13:17:00














































O conceito de qualidade de vida abrange muitos aspectos: ter uma boa saúde física ou mental; estar de bem consigo mesmo; estar em equilíbrio...

Um novo estudo publicado na edição on line do Arthritis Care & Research (http://doi.wiley.com/10.1002/acr.20430) relata que a qualidade de vida dos pacientes adultos que sofrem com artrite reumatóide é inferior à de vida de adultos com a mesma idade, que não apresentam a doença.

O estudo revela que tanto a saúde física, quanto a saúde mental são seriamente afetadas pela artrite reumatóide.

No estudo realizado por Sylvia Furner da Escola de Saúde Pública da Universidade de Illinois em Chicago, dados do Behavioral Risk Factor Surveillance System (BRFSS) foram comparados com a o índice de qualidade de vida dos adultos americanos com e sem artrite.

O BRFSS é um banco de dados das secretarias estaduais de saúde que reúne dados sobre qualidade de vida, demográficos e informações sobre os fatores de risco comportamentais de uma amostra representativa de adultos nos EUA. Questões relacionadas com a artrite reumatóide são incluídas na pesquisa anual nos anos ímpares, e o estudo de Furner usou dados de 2003, 2005 e 2007.

Mais de 1 milhão de entrevistados foram incluídos na análise, durante o período de 3 anos do estudo.

27% dos entrevistados que relataram ter artrite reumatóide declararam um estado de saúde pior em comparação aos 12% dos participantes sem artrite. O número médio de dias de saúde física abalada (7 vs.3), de saúde mental afetada (5 vs.3), o total de dias insalubres (10 versículo 5), e os dias com atividades limitadas (4 vs.1) foi maior para indivíduos com artrite do que para aqueles sem a doença.

A análise mostrou que os valores para os cinco índices que avaliam a qualidade de vida foram 2-3 vezes piores em pessoas com artrite, em comparação com aqueles sem a doença. E dentre o grupo de pacientes com artrite reumatóide, os indivíduos que eram fisicamente ativos apresentaram índices de qualidade de vida significativamente melhores em comparação com aqueles que estavam inativos. Além disso, quem tinha artrite e conseguiu permanecer ativo apresentava menor probabilidade de relatar problemas de saúde graves.

O desafio de melhorar a qualidade de vida do paciente com artrite

- "Ao analisarmos os dados da pesquisa de Sylvia Furner, percebemos a necessidade de aumentarmos a atividade física dos pacientes com artrite reumatóide, reduzindo as comorbidades da doença. É fundamental que o paciente tenha acesso aos cuidados apropriados de saúde para melhorar a qualidade de vida de adultos com artrite", afirma o reumatologista Sérgio Bontempi Lanzotti, diretor do Iredo, Instituto de Reumatologia e Doenças Osteoarticulares.

Para isto, é preciso compreender que o conceito de qualidade de vida abrange muitos aspectos: ter uma boa saúde física ou mental; estar de bem consigo mesmo; estar em equilíbrio.
- "Para ter qualidade de vida, é preciso muitas mudanças de vida: hábitos saudáveis, cuidados com o corpo, atenção para a qualidade dos relacionamentos, equilíbrio entre vida pessoal e profissional, tempo para lazer, saúde espiritual, dentre muitos outros", destaca o reumatologista.

Mas, a partir do momento em que as doenças crônicas são diagnosticadas, elas provocam um forte impacto na qualidade de vida. Os estados físico e mental estão relacionados com esse fato, - "por isso, precisamos auxiliar o paciente artrítico a fazer a gestão da sua própria saúde e, em alguns casos, da sua doença", defende Sérgio Bontempi.

Algumas medidas são consideradas pelo reumatologista fundamentais para o alcance do equilíbrio e da conseqüente qualidade de vida pelo paciente artrítico. Veja o que Sérgio Bontempi destaca:

Prática de atividades físicas apropriadas: exercícios reduzem a dor e rigidez nas articulações e aumentam a flexibilidade, a força muscular, a saúde do coração e a resistência. Eles também ajudam na redução de peso e contribuem para uma sensação de bem-estar. - "Um dos benefícios da atividade física é o estímulo na produção de endorfinas, aumentando a sensação de bem-estar. As endorfinas também funcionam como analgésico, proporcionando alívio da dor no organismo", destaca o médico.

Alimentação saudável: uma dieta equilibrada ajuda a manter a energia ao longo do dia. A ingestão de bebidas em quantidades adequadas para manter a hidratação do corpo é muito importante:

**Abandonar o consumo de tabaco,
**Diminuir o consumo de álcool.

Suporte emocional: ansiedade e depressão são comuns nos pacientes reumáticos, o que afeta muito a qualidade de vida destes pacientes. - "Pessoas com doenças reumáticas, como, por exemplo, artrite, espondilite ou artrose necessitam de um respaldo psicológico e fisioterápico para superarem suas dificuldades e necessidades", diz o diretor do Iredo.

Cuidados familiares: é muito importante o envolvimento da família no dia-a-dia do paciente, pois é da família que o paciente extrai forças para enfrentar as dificuldades. - "Como algumas doenças reumáticas impõem várias limitações, interferindo nas atividades diárias, o cuidado familiar tem um papel decisivo na manutenção da qualidade de vida do paciente", destaca Sérgio Bontempi.

Contatos e Mais Informações, podem ser obtidas através dos links:

Site: www.iredo.com.br
Blog: http://vivendosemdor.wordpress.com
Twitter: http://twitter.com/sergiolanzotti
Canal de vídeos: www.youtube.com/user/canaldareumatologia

ou pelo e-mail:
contato@iredo.com.br

**


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Márcia Wirth
MW- Consultoria de Comunicação
Assessoria de Comunicação
saude@marciawirth.com.br
www.marciawirth.com.br

**

**

Edição de conteúdo, Diagramação, e Publicação:
Por: Elizabeth Misciasci

zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Defensores Públicos de todo o país se unem pelos direitos da criança e do adolescente

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2011 12:54:00












Crianças - e Adolescentes - Primeiro! Defensores Públicos pelos direitos da criança e do adolescente

Defensores Públicos de todo o país estão mobilizados para o lançamento da Campanha Nacional Crianças - e Adolescentes - Primeiro! Defensores Públicos pelos direitos da criança e do adolescente, que abre as comemorações do dia 19 de maio - Dia Nacional da Defensoria Pública.

O lançamento oficial da campanha será realizado nesta quinta-feira, dia 12 de maio, em uma escola da rede pública de ensino de Fortaleza/CE, com a presença de crianças e professores.

Em parceria com o caricaturista e escritor Ziraldo, a Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP) produziu uma cartilha que traz na capa o mesmo título da campanha, realizada com o apoio das associações estaduais de Defensores Públicos e Defensorias Públicas de todos os estados da federação.
"Acreditamos nas crianças e adolescentes como multiplicadores das informações. Ao receber um ensinamento, eles multiplicam, transmitem para a família. Por isso produzimos esta cartilha, para que as informações acerca dos direitos das crianças e adolescentes cheguem a todos", destaca o Presidente da ANADEP, André Castro.
A Defensora Pública e Secretária da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará, Mariana Lobo, destaca a importância da parceria com a ANADEP. "É uma preocupação do Governo do Ceará trabalhar na construção da cidadania com a implementação de programas que esclareçam à população sobre seus direitos e promovam o atendimento de qualidade dos serviços básicos. Apoiamos esta iniciativa porque acreditamos que um pequeno cidadão hoje, ciente de seus direitos, garantirá ao país um futuro mais justo e solidário", enfatiza.
Nesta primeira edição, cerca de 50 mil cartilhas serão distribuídas durante as atividades desenvolvidas pelas associações estaduais e Defensorias Públicas em escolas públicas, centros comunitários, centros de referência e assistência social e demais espaços públicos de apoio à crianças e adolescentes.

A Campanha Crianças - e Adolescentes - Primeiro! Defensores Públicos pelos direitos da criança e do adolescente é uma parceria da ANADEP com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado do Ceará, Conselho Nacional dos Defensores Públicos Gerais e Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça.
A iniciativa faz parte do Plano Nacional de Educação em Diretos, criado pela ANADEP em 2009, e que visa democratizar as informações acerca dos serviços oferecidos pela Defensoria Pública e da função do Defensor Público, aliado a um trabalho de educação jurídica da população carente de recursos e de conhecimentos acerca de seus direitos e deveres perante a sociedade.

Dados sobre criança e adolescente no Brasil

Crianças chefiam 132 mil casas
O Censo 2010 divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou um cenário preocupante: existem 132.033 domicílios no Brasil chefiados por crianças entre 10 e 14 anos. De acordo com o presidente do IBGE, Eduardo Pereira Nunes, "esta é uma evidência da existência do trabalho infantil e que, em muitas famílias, é a principal fonte de renda."

Segundo a pesquisa, o Sudeste é a região com a maior concentração no número de responsáveis nesta faixa etária, com 62.320 casos.

Violência doméstica é principal motivo que leva crianças e adolescentes às ruas
De acordo com o censo da Secretaria de Direitos Humanos (SDH), cerca de 70% das crianças e adolescentes que dormem na rua foram violentados dentro de casa. Além disso, 30,4% são usuários de drogas ou álcool.

Os dados divulgados pela SDH apontam que 32,2% das crianças e adolescentes tiveram brigas verbais com pais e irmãos, 30,6% foram vítimas de violência física e 8,8% sofreram violência e abuso sexual. A busca da liberdade, a perda da moradia pela família, a busca de trabalho para o próprio sustento ou da família, os conflitos com a vizinhança e brigas de grupos rivais também levam os jovens à situação de rua.

Brasil precisa de 12 mil novas creches
Se todas as crianças com até 3 anos de idade estivessem matriculadas em creches, seriam necessárias 12 mil novas unidades no país. Os números foram apresentados em um relatório da Fundação Abrinq - Save the Children. O documento mostra também que 1,8 milhões de crianças entre 7 e 14 anos ainda precisam aprender a ler e a escrever, e que 51% dos adolescentes de 15 a 17 estão fora do ensino médio.

Adolescência é grupo de risco
Relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) revelou a realidade dos jovens no Brasil. De acordo com o documento, 38% dos adolescentes vivem em situação de pobreza, sendo o grupo etário mais vulnerável ao desemprego e às inúmeras manifestações da violência.

Em 1998, foram registrados mais de 27 mil nascimentos de mães com idade entre 10 a 14 anos. Em 2008, este número subiu para 28 mil. A maioria das meninas foi vítima de abuso sexual ou de exploração sexual comercial, o que as leva a abandonar a escola e a se afastar do convívio familiar.

Pesquisas revelam dados assustadores sobre bullying
Todos os dias, alunos no mundo todo sofrem com um tipo de violência que vem mascarada na forma de "brincadeira". Estudos recentes revelam que esse comportamento, que até há bem pouco tempo era considerado inofensivo e que recebe o nome de bullying, pode acarretar sérias conseqüências ao desenvolvimento psíquico dos alunos, gerando desde queda na auto-estima até, em casos mais extremos, o suicídio e outras tragédias.

Serviço:
12 de Maio - 14h
Lançamento da Campanha Nacional Crianças - e Adolescentes - Primeiro!
Defensores Públicos pelos direitos da criança e do adolescente
Local: Centro de Atenção Integrada à Criança e Adolescente (Caic) Maria Felício Lopes
Endereço: Rua 20 de julho, 480, Cais do Porto, Fortaleza - Ceará

19 de Maio
Mutirões de Orientação Jurídica
Em locais públicos, Defensores Públicos de vários estados vão realizar atendimento e orientação jurídica para a população que não tem condições financeiras de pagar um advogado e as custas judiciais.


Mais Informações:

Luzia Cristina Giffoni
Assessoria de Comunicação Social
Associação Nacional dos Defensores Públicos
(61) 9333-1036

**

zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Jornalismo Esportivo no IID - Centro Europeu

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2011 12:45:00

Lecionado por grandes nomes da imprensa paranaense, o curso oferecido pelo Instituto de Inteligência Desportiva Centro Europeu terá duração de três meses

CURITIBA, 11/05/2011 – Lançado oficialmente no segundo semestre de 2010, o Instituto de Inteligência Desportiva Centro Europeu (IID - Centro Europeu), projeto desenvolvido por umas das principais escolas de profissões e idiomas da América Latina, está com as matrículas abertas para o seu curso de Jornalismo Esportivo, atividade que conta com o apoio e certificação da Associação de Cronistas Esportivos do Paraná (ACEP-PR).

Coordenado pelo jornalista Gustavo Marques, profissional com vasta experiência no segmento, o curso de Jornalismo Esportivo do IID – Centro Europeu terá duração de três meses e irá abordar temas como Introdução no Jornalismo Esportivo – Histórico e Mercado Atual; Edição e Reportagem Impressa; Edição e Reportagem Rádio; Edição, Reportagem e Apresentação TV; Edição e Reportagem para Internet; Fotojornalismo Esportivo; Ética e Marketing Pessoal; Grandes Eventos Esportivos; Assessoria de Imprensa; e Mulher no Jornalismo Esportivo.

De acordo com Gustavo Marques, o jornalismo esportivo se transformou em um amplo campo de trabalho e a grande demanda por profissionais capacitados aumentou, também, as exigências para a colocação profissional no segmento. “Nos próximos anos, o Brasil irá receber dezenas de eventos esportivos internacionais, entre eles a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, atividades que irão exigir uma grande capacitação da imprensa. Por este motivo, o mercado está em busca de novos talentos e, pensando nisso, estamos lançando um curso que abrange aspectos fundamentais para a formação de um jornalista esportivo capacitado para atuar em televisão, rádio, veículos impressos, internet e assessoria de imprensa”, explica o jornalista.

Além de contar com um programa acadêmico dinâmico e atualizado, o curso será ministrado por um quadro de professores renomados e ativos no mercado profissional, entre eles Rodrigo Fernandes, Paulo Mosimann, Felipe Lestar, Marcos Xavier Vicente, Albari Rosa, Cristian Toledo, Edson Militão, Rodrigo Weinhardt e Nadja Mauad. “Nos últimos anos, o Estado do Paraná revelou jornalistas esportivos brilhantes e, analisando os nomes, conseguimos montar um time perfeito. Escolhemos profissionais talentosos, que realmente vivem o mercado, e que possuem uma didática muito interessante para capacitar grandes jornalistas”, completa Marques, que também integra o grupo de professores do IID – Centro Europeu.

O curso de Jornalismo Esportivo terá início no próximo dia 10 de junho, com aulas nas sextas e sábados. As atividades serão realizadas na sede do Centro Europeu (Alameda Princesa Isabel, nº 1.427) e os interessados precisam ter o ensino médio completo. Mais informações no site www.centroeuropeu.com.br
ou pelo telefone (41) 3222-6669.

Sobre o Instituto de Inteligência Desportiva Centro Europeu

Seguindo o embalo das oportunidades que serão geradas pela Copa do Mundo de 2014 e pelas Olimpíadas de 2016, o Centro Europeu, uma das principais escolas de profissões e idiomas da América Latina, comprovou mais uma vez o seu pioneirismo e lançou o Instituto de Inteligência Desportiva Centro Europeu (IID - Centro Europeu), projeto voltado para a formação de profissionais interessados em atuar diretamente em áreas ligadas ao esporte. Coordenado por Juliano França Tetto, o IID - Centro Europeu oferece quinze cursos (Políticas Públicas para o Esporte; Jornalismo Esportivo; Arbitragem; Direito Desportivo; Medicina Esportiva; Treinador de Futebol; Agenciamento de Carreira de Atletas e Preparatório Agente FIFA; Gestão Desportiva e Negócios; Marketing Esportivo; Nutrição Esportiva; Personal Training; Educação Física Escolar; Fisioterapia Esportiva; Gestão de Academias de Ginástica; e Psicologia do Esporte), todos contando com professores ativos no mercado profissional, aulas 100% presenciais e seguindo as políticas educacionais que fizeram do Centro Europeu referência nacional no ensino de profissões.


**

zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Mostra de música popular reunirá de tambores africanos a japoneses

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2011 12:39:00

UMOJA PROMOVE ENCONTRO DE TAMBORES

A Casa de Cultura do M’Boi Mirim, um dos primeiros pólos culturais da região, localizada na Zona Sul de São Paulo, sediará na noite do 13 de maio, a partir das 19h, o evento Noite dos Tambores, realizado pelo grupo Umoja em parceria com o Sesc Santo Amaro. Esta atividade consiste em reunir grupos que promovem a musicalidade percussiva e suas diversidades presentes nas culturas brasileiras.

Esta mostra de música popular promoverá um intercâmbio e uma interação entre os grupos convidados e o público. Por meio de uma programação bem diferenciada, que iniciará com a palestra A presença do tambor nas culturas brasileiras, ministrada pelo Profº Drº Salloma Salomão e também por uma exposição de fotos idealizada pelo Instituto Tambor em parceria como fotógrafo Guma.

A diversidade da música percussiva estará presente no evento que começará com os tambores do candomblé Oya Aguerê, depois tambores árabes - Trio do Oriente, tambores do maracatu - Ilê Alafia e Umoja, tambores japoneses – Taikô Kôdaiko, tambores do maculelê – Espírito de Zumbi, tambores africanos – Ballet Afro Koteban, tambores do Maranhão – Tambor de Crioula Juçaral dos Pretos e a finalização com o Jongo do Tamandaré, tambores do jongo.

Programação:
19h - Palestra: A presença do Tambor nas culturas brasileiras, com o Prof. Drº Salloma Salomão.
20h - Exposição fotográfica: Noite dos Tambores parceira do fotográfo Guma e Instituto Tambor.
20h30 - Tambores do Candomblé - Oya Aguerê.
21h30 - Tambores Árabes – Trio Tambores do Oriente.
22h30 - Tambores do maracatu – Ilê Alafia e Umoja.
23h20 - Tambores Japoneses – Taikô Kôdaiko
23h50 Tambores do Maculelê – Espírito de Zumbi
00h20 - Tambores Africanos – Ballet Afro Koteban
01h - Tambores Maranhão – Tambor de Crioula Juçaral dos Pretos
02h30 - Tambores do Jongo – Jongo do Tamandaré

Dia 13 de maio de 2011, a partir das 19h. Casa de Cultura do M’Boi Mirim – Av. Inácio Dias da Silva, S/N. Piraporinha, Zona Sul. Entrada franca.

Informações: (11) 8626-4283/8079-5169. eulleralves@gmail.com. http://umojabrasil.wordpress.com.
http://www.youtube.com/watch?v=vDq496Jk8kA

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Uninter abre vagas para curso de extensão sobre Dificuldades na Aprendizagem

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2011 12:37:00

O Grupo Educacional Uninter, por meio da Facinter, está com as inscrições abertas para o curso de extensão na modalidade a distância sobre Dificuldades na Aprendizagem. O objetivo do curso é dar diretrizes para que as pessoas envolvidas no processo educativo identifiquem as dificuldades de aprendizagem dos alunos. As inscrições poderão ser feitas pelo site
www.grupouninter.com.br/extensao

As aulas acontecerão de 22 de agosto a 10 de outubro, toda segunda-feira das 18h às 18h50, via satélite para mais de 420 cidades no país. Mais informações pelo telefone 0800 702 0500.

Serviço
Curso de extensão a distância sobre Dificuldades na Aprendizagem
Data: 22/08 a 10/10/11
Horário: 18h
Investimento: R$50,00
Inscrições: www.grupouninter.com.br/extensao
Informações: 0800 702 0500

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro Paz Guerreira, que será lançado na Travessa do Leblon dia 11 de maio, ganha versão RPG

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2011 00:11:00



























































Com mais de sete mil exemplares vendidos em três meses, a ficção “Paz Guerreira – O Caminho das Dezesseis Pétalas” será lançada na Travessa do Leblon dia 11 de maio e ganha versão RPG

O livro Paz Guerreira – O Caminho das Dezesseis Pétalas, de Talal Husseini, que será lançado na próxima quarta-feira, dia 11, na livraria Travessa do Leblon, ganhará uma versão em RPG (Role Playing Games), um jogo colaborativo que tem por atributo principal a imaginação. Um narrador desenvolve uma história, que pode se passar em qualquer época e em qualquer lugar, inclusive em mundos imaginários. Os demais jogadores interpretarão personagens nessa história, desenvolvendo suas habilidades e lidando com situações propostas pelo mestre. É uma atividade que desenvolve a inteligência e a criatividade.

O RPG tem um número estimado de 200.000 seguidores no Brasil, e dezenas de milhões ao redor do mundo. Trata-se de um público jovem e dinâmico, afeito à leitura e à tecnologia. O RPG PAZ GUERREIRA está sendo desenvolvido no sistema GURPS e será lançado nos dias 14 e 15 de maio em Curitiba durante o Wold RPG Fest, que contará com palestrantes internacionais como Steve Jackson, autor de GURPS e Iluminatti; e Chris Pramas, autor de Dragon Age e Mutants & Masterminds, entre outros.

SERVIÇO – Lançamento do livro “Paz Guerreira – O Caminho das Dezesseis Pétalas”:
Data e Horário: 11 de maio de 2011, quarta-feira, às 19:30
Local: Livraria da Travessa do Leblon
Endereço: Shopping Leblon (Avenida Afrânio de Melo Franco, 290 - loja 205 A)
Informações: (21) 3138-9600


“Paz Guerreira – O Caminho das Dezesseis Pétalas”, de Talal Husseini, é uma ficção que une aventura, fantasia e filosofia numa intrincada rede de disputa pelo poder que entrelaça duas histórias e apresenta ao leitor o conceito da “paz guerreira”, segundo o qual a verdadeira guerra é aquela que cada indivíduo trava no seu interior para desenvolver suas virtudes.
Esta filosofia é apresentada por meio da fantasia presente em cada trecho, como quando Ayamarursa, aquele cujo nome não deve ser pronunciado, pune seu poderoso seguidor: “Seus olhos...eram mais negros do que a noite. Adaran já havia caído de joelhos ao chão, sucumbindo pela falta de ar. A figura parecia flutuar à sua frente. Sem mover os lábios, Ayamarusa falou com uma voz metálica e penetrante que atingiu Adaran em todo o seu ser. O Rei sabia que era o seu fim, por certo fizera algo para desagradar o mestre e agora iria pagar por isso. Toda sua soberba desaparecera, era o mais reles dos mortais. Sim, já via a figura obscura esperá-lo para levá-lo ao além. A vida não lhe entrava mais nos pulmões. Foi o último sopro que ainda pôde ouvir daquela voz...”
A história do reino de Anthar contempla batalhas físicas, políticas e morais, apresentadas em 16 capítulos num total de 708 páginas. São jogos psicológicos e emocionais que culminam em batalhas sangrentas, nem sempre vencidas pelo lado que detém superioridade de força física ou numérica. Com personagens e relações bem construídas, aliados a uma narrativa de ritmo instigante em um ambiente épico e onírico, já se revelou sucesso de público. Desde sua chegada às livrarias em fevereiro passado vendeu mais de sete mil exemplares.


Sobre o autor
Talal Husseini é especialista em filosofia do Oriente e do Ocidente e mestre na arte marcial filosófica do Nei Kung* há mais de 15 anos. Desde 2007, atua como diretor internacional do Instituto Bodhidharma, órgão pelo qual ministra cursos e palestras em todo o mundo sobre a aplicação dos valores das artes marciais filosóficas para a formação do indivíduo. Dirige a Associação Nova Acrópole do Paraná. O livro é a conclusão de um projeto iniciado há dez anos, dos quais dois foram utilizados para escrevê-lo. Segundo o autor, é uma obra voltada para os “jovens de espírito de todas as idades, que sabem que a verdade está nos sonhos e na esperança.” Nascido em 1972, na cidade de Curitiba, Husseini é empresário e presidente o Grupo THPrime.
O *Nei Kung é uma arte marcial que, além de utilizar técnicas corporais, trabalha aspectos energéticos, emocionais e mentais., Fortalece valores atemporais como a busca por justiça, a ética e a sabedoria. Propõe um caminho de valor e de harmonização do homem com a sua própria vida e com o meio.

O Paz Guerreira está sendo traduzido para o inglês e espanhol, com lançamento internacional previsto ainda para o segundo semestre de 2011.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livraria Cultura São Paulo: Destaques da Semana 11/05 a 17/05

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/05/2011 00:07:00















Memórias nos ajudam a viver com sabedoria. E se elas vierem acompanhadas de muita emoção, ajudam a tornar a vida mais pulsante. Em Vivendo em voz alta, Miguel Falabella – que participará de uma sessão de autógrafos na Livraria Cultura nesta terça-feira – nos convida a fazer parte de sua vida. Escreve na velocidade do pensamento e de suas emoções, como quem traz cada cena viva no coração. E se abre em livro para cada um de nós. Um cachorro branco, árvores de frutas, pensamentos na coxia, lembranças de um tempo distante.


Música
Sábado, 14 de maio às 11h 30
Tema: Dave Matthews Cover
Músicos: 3Steps

Unidade: Conjunto Nacional
Endereço: Av. Paulista, 2073 - Bela Vista - São Paulo/SP
Local: Teatro Eva Herz

Sujeito a lotação. Capacidade de 166 lugares.

Tente imaginar uma banda que conseguiu unir cinco músicos que carregam em seus cases inspirações peculiares como Dave Matthews Band, Lenine, Moska, Miles Davis, Ben Harper, Radiohead, Led Zeppelin, Neil Young, Jeff Buckley... Talvez o que pareça à primeira vista ousado, possa ser chamado de liberdade musical. Essa é a proposta da 3STEPS, que lançou no começo de 2008 o CD 'Um ao vivo qualquer', gravado em julho de 2007, em uma das mais de 70 apresentações que a banda fez nos últimos dois anos entre Rio de Janeiro e São Paulo. São oito faixas que representam bem o quinteto carioca e passeiam pelo vasto e ramificado rock da atualidade, com influências da MPB, pop, jazz, blues e folk. O grupo comemora o recorde de público em 2006, 2007 e 2008, com shows sempre lotados, realizados em casas do Rio como Estrela da Lapa (média de 400 pessoas por show), Mistura Fina, Teatro Odisséia e Cinemathèque, e em São Paulo, n’O Básico e no Bleecker St. Além da rotina de apresentações, a 3STEPS já participou de eventos marcantes, como a primeira apresentação no Canecão (junto com a banda Som da Rua) e shows no Circo Voador com o Teatro Mágico e no Tributo aos Los Hermanos. Atualmente, o quinteto é formado por Pedro Agapio (voz e violão), Felipe Alves (guitarra), Lugui Garcia (baixo), Marcelo Cebukin (saxofone e flauta) e Miguel Couto (bateria).
Orientações Importantes:
*Será distribuída apenas 1 senha por pessoa, na bilheteria do Teatro Eva Herz, a partir das 9h, no dia do evento (quantidade total de senhas distribuídas: 166).

Palestra
Quinta-feira, 12 de maio às 19h
Tema: Café Filosófico - Liberdade de imprensa é quase sempre liberdade de pensamento.
Palestrante: Prof. Dr. Newton Pereira

Unidade: Shopping Market Place
Endereço: Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 - Vila Cordeiro - São Paulo/SP
Local: Auditório
A Livraria Cultura em parceria com a UNIFAI desenvolveram ciclo de encontros mensais sobre filosofia e o nosso cotidiano. A ideia do projeto Café Filosófico é questionar os assuntos da atualidade com temas revelantes, em debates que envolva o público em reflexões do seu dia a dia.

Tema do Dia: Liberdade de imprensa é quase sempre liberdade de pensamento.
Prof. Dr. Newton Pereira
Constatar a liberdade do pensamento é uma platitude desde a época dos estóicos. Sabemos que os únicos limites para o correto entendimento é a contradição. No entanto, o que queremos discutir é a liberdade DE pensamento, que só adquire realidade se aparece aos outros, em outras palavras, se se torna uma aparência. Ora, pretendo mostrar que o sentido político da liberdade de pensamento é sempre a liberdade de imprensa, e que esta só se torna realidade em uma comunidade política comprometida com sua defesa a qualquer custo. O pressuposto é uma célebre frase de Rosa Luxemburgo: "A liberdade é sempre a liberdade de quem pensa diferente da gente"


Autógrafo
Quinta-feira, 12 de maio às 19h
Livro: Lei de Recuperação Judicial, Recuperação Extrajudicial e Falência Comentada
Autor: Mário Sérgio Milani
Editora: Malheiros Editores

Unidade: Shopping Villa-Lobos
Endereço: Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros - São Paulo/SP
Local: Espaço de loja
Nesta quinta-feira, Mário Sérgio Milani estará na Livraria Cultura para participar de sessão de autógrafos do livro Lei de recuperação judicial, recuperação extrajudicial e falência comentada. Nesta obra, o autor aborda alguns dos principais problemas e dúvidas que cercam a lei sobre recuperação judicial, extrajudicial e falência. Milani compara os dispositivos do texto legal em vigor com aqueles constantes do Decreto-lei 7.661/1945 e menciona a repercussão, sobre a matéria ora comentada, da legislação existente que, de alguma forma, possa influir na compreensão dos artigos analisados.

Autógrafo
Sexta-feira, 13 de maio às 15h
Tema: Monster High, Vol 2 - O Monstro Mora ao Lado
Autor: Participação da Personagem
Editora: iD Editora

Unidade: Shopping Market Place
Endereço: Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 - Vila Cordeiro - São Paulo/SP
Classificação etária: a partir de 12 anos.
Nesta sexta-feira 13 a personagem Frankie estará na Livraria Cultura Shopping Market Place para uma divertida e assustadora sessão de autógrafos do segundo volume da série Monster High.
No segundo livro da série, Cleo percebe que está perdendo sua popularidade para as “novatas” Frankie e Melody. Tentando manter sua influência sobre as duas, os normies e os IRADOs, ela oferece às amigas a oportunidade de fotografar um editorial para a Teen Vogue, o que faria tudo retornar a realidade se as duas não escapassem para estrelar o filme O Monstro mora ao lado. Frankie, por sua vez, está de olho em Bekka, que não para de dar em cima de Brett. A ameaça de Bekka não para por aí: Melody passa por problemas semelhantes ao tentar salvar Jackson, seu namorado, da superexposição prometida por uma vingança tramada pela mesma garota.

Palestra
Sexta-feira, 13 de maio às 19h 30
Tema: Pais e filhos - Desenvolvendo seu lado paterno
Palestrante: Ana Bach e Rosa Berger

Unidade: Shopping Villa-Lobos
Endereço: Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros - São Paulo/SP
Local: Auditório

Sujeito a lotação. Capacidade de 129 lugares.
No mundo atual, com os papéis familiares sendo restabelecidos, qual é o papel do pai na criação de uma criança? Como esse homem pode se preparar para iniciar essa tarefa e quais são os desafios que encontrará pela frente? Neste bate-papo, essas e outras questões sobre o universo da paternidade estarão em discussão.
Orientações Importantes:
Este projeto conta com patrocínio da Bluebonnet School e do Disney Junior, Novo Canal. Onde a Magia Começa.


Autógrafo
Sábado, 14 de maio às 11h
Livro: Educação para a Era da Sustentabilidade
Autor: Arnoldo José de Hoyos Guevara, Alessandro Marco Rosini, Mônica Cairrão Rodrigues, José Ultemar da Silva, Luiz Roberto Calado
Editora: Saint Paul

Unidade: Shopping Villa-Lobos
Endereço: Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros - São Paulo/SP
Local: Espaço de loja
Educação e sustentabilidade caminhando juntas, reciprocamente interligadas para a manutenção da vida e do bem-estar social, rumo ao tão sonhado desenvolvimento sustentável. Essa é a proposta de Educação para a Era da Sustentabilidade. Especialistas prestigiados lançam mão de sua experiência, para reafirmar a importância da educação e de todos os agentes que compõem a comunidade educacional para o processo de construção da sustentabilidade. A obra contextualiza a educação consciente e sustentável, mediada pelos recursos da sociedade do conhecimento, como é chamada a sociedade de nosso tempo, com suas tecnologias e práticas de responsabilidade socioambiental. Apresenta-se a educação como meio para o resgate de valores, como cidadania, cooperação, solidariedade, responsabilidade e ética, que são facetas da sustentabilidade e colaboram para o aprimoramento de uma cultura voltada para o desenvolvimento humano e a manutenção do planeta. A obra reflete a emergência de uma nova educação, em sua forma sustentável, que está levando à transformação da consciência coletiva e pode ajudar a humanidade a dar um salto qualitativo e alcançar o equilíbrio entre a realidade interior e exterior do ser humano e entre este e a natureza.


Palestra
Sábado, 14 de maio às 14h
Tema: Terapias alternativas - Mas o que é exatamente o Tarot?
Palestrante: Bela Chazan

Unidade: Shopping Villa-Lobos
Endereço: Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros - São Paulo/SP
Local: Auditório
Sujeito a lotação. Capacidade de 129 lugares.
Desde o começo de sua história, a humanidade sempre buscou formas de abrir 'janelas' que permitissem vislumbrar o futuro, fazendo uso de concentração, de drogas cerimoniais ou de oráculos, dos quais talvez o tarô é um dos mais divulgados. Tendo sobrevivido a perseguições científicas e religiosas, chega até os dias de hoje abrindo caminho em pleno século 21. Mas o que é exatamente o tarô? Trata-se de um conjunto de 78 cartas chamados de arcanos (do Latim arcanum, que encerra o mistério, o oculto, o secreto) que por sua vez se subdividem em 22 Arcanos Maiores - experiências universais arquetípicas - e 56 Arcanos Menores - desdobramento destas experiências na nossa vida diária. Apesar de seus símbolos estarem presentes, de uma forma ou de outra, em todas as culturas existe uma incerteza a respeito das origens da criação do tarô. Sua história se perde no tempo, confunde-se com a própria história do desenvolvimento da consciência humana e da formação de sua cultura. No entanto, sabemos que o tarô começou a ganhar a forma conhecida atualmente na Europa da Idade Média, que se configurava então em um centro cosmopolita. Ensinamentos esotéricos do oriente e ocidente mesclaram-se com a arte da época formando um conjunto de imagens em que suas 78 lâminas ilustravam a história da evolução humana desde o mais remoto passado até o futuro distante. Seus símbolos, através de uma linguagem única, combinam-se para formar um léxico próprio, quer seja para obter respostas para o dia a dia ou para grandes impasses que paralisam a ação e deixam o corpo e a alma doentes. O mais importante quando se consulta o tarô é conhecer as representações simbólicas das cartas e saber interligá-las, usando sempre a sensibilidade e a capacidade de perceber o outro.


Atividade Infantil
Sábado, 14 de maio às 15h
Tema: Pais e filhos – Técnicas de signing

Unidade: Shopping Villa-Lobos
Endereço: Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros - São Paulo/SP
Local: Espaço infantil

Classificação etária: a partir de 2 anos.

Signing é uma técnica para desenvolver a comunicação entre os pais e o bebê, através de sinais, músicas e brincadeiras.

Orientações Importantes:
Este projeto conta com patrocínio da Bluebonnet School e do Disney Junior, Novo Canal. Onde a Magia Começa.


Palestra
Sábado, 14 de maio às 17h
Tema: Pais e filhos - Oficina de mandala para gestantes
Palestrante: Ana Bach

Unidade: Shopping Villa-Lobos
Endereço: Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros - São Paulo/SP
Local: Espaço de loja
Nesta oficina, os participantes irão se conectar com a energia interior em atividades com mandalas, buscando harmonia e integração com o bebê, criando, para isso, a sua própria mandala.

Orientações Importantes:
Este projeto conta com patrocínio da Bluebonnet School e do Disney Junior, Novo Canal. Onde a Magia Começa.

Música
Sábado, 14 de maio às 18h
Tema: Pocket show
Músicos: Diego Martins

Unidade: Bourbon Shopping São Paulo
Endereço: R. Turiassu, 2100 - Perdizes - São Paulo/SP
Local: Auditório

Sujeito a lotação. Capacidade de 125 lugares.

A Livraria Cultura apresenta a nova revelação do Blues paulistano, o cantor e compositor Diego Martins. Tocando profissionalmente desde os 16 anos, sua voz marcante e estilo vigoroso de tocar guitarra trazem à tona toda a sua influência do blues e do rock. Porém, não só o blues e o rock influenciam seu trabalho. Jazz e suas vertentes, além de muito pop, fazem parte do seu processo criativo. As influências vão desde Wes Montgomery, Joe Pass e Buddy Guy até John Mayer, Jonny Lang e Jamie Cullum. Em 2011, o músico mostra toda sua bagagem lançando EP com dez composições próprias. O disco, totalmente independente, foi idealizado, composto, arranjado e produzido por Diego (voz e guitarra solo) e sua banda, Daniel Kon (guitarra), Leopoldo Coalho (baixo), Douglas Felix (bateria), e conta com faixas de blues rock como 'Dice Once Again', 'Fearless Man' e 'Louisiana Voodoo Charm', algumas com influências do soul e de baladas românticas, 'I Wanna Fly Away', 'Cash 'n Boogie', 'Those Big Black Eyes' e 'So in Love', e outras mais pop, como as acústicas 'Everything I See', 'You're My Home' e 'Never Too Late'. O trabalho vem sendo reconhecido pelo público e por centros culturais, o que gerou convite para apresentação no projeto Cultura Apresenta da Livraria Cultura, além de entrevista na Web Rádio e TV do Centro Cultural São Paulo. A proposta é apresentar a qualidade da sua música nas principais casas de show e centros culturais de São Paulo.


Palestra
Segunda-feira, 16 de maio às 19h
Tema: Clube de leitura Penguin-Companhia das Letras e Livraria Cultura

Unidade: Conjunto Nacional
Endereço: Av. Paulista, 2073 - Bela Vista - São Paulo/SP
Local: Cia das Letras

Sujeito a lotação. Capacidade de 15 lugares.

O Clube de Leitura é um espaço de relacionamento entre pessoas que gostam de ler e que se encontram mensalmente a fim de trocar ideias e socializar impressões sobre suas leituras. Não é uma aula, não é um curso, é um espaço para diálogo e interação. Esta reunião terá como propósito a discussão o livro Papéis avulsos, de Machado de Assis.

Orientações Importantes:
* As vagas são limitadas. Mais informações e inscrições: clubedeleitura@penguincompanhia.com.br (é obrigatória a leitura do livro escolhido para a reunião).



Música
Terça-feira, 17 de maio às 12h 30
Tema: Jazz ao meio dia
Músicos: Tito Martino Jazz Band

Unidade: Conjunto Nacional
Endereço: Av. Paulista, 2073 - Bela Vista - São Paulo/SP
Local: Teatro Eva Herz

Sujeito a lotação. Capacidade de 166 lugares.
Atualmente, perdeu-se muito a conexão cultural do jazz, e muitos o veem apenas como entretenimento. Na verdade, tanto sua interpretação pelo jazzista quanto a apreciação pelo ouvinte tem alcance muito maior que o imaginado, pois o jazz pode ser um alimento para a alma, e esta é a razão das apresentações no horário de almoço. Além de entretenimento, o jazz tradicional é também um tesouro cultural, pleno de história, anedotas, sensualidade, espiritualidade, emoção etc. É isso que o Tito Martino Jazz Band (TMJB), já na sua quarta temporada, divide com o seu público nessas apresentações, que acontecem sempre às terças-feiras, às 12h30. No palco do Teatro Eva Herz, reformado e aprimorado, o (TMJB) traz os seguintes componentes: Carlos Lima (trompete e corneta); Ari Giorgi (piano); Ciddy Junior (banjo e jazz-guitar); Zeca de Araujo (contrabaixo); Billy Ponzio (bateria e washboard); Tito Martino (clarinete e saxofones); e, eventualmente, jazzistas convidados.



Autógrafo
Terça-feira, 17 de maio às 19h
Tema: Fui Contratado! E agora?
Autor: Gutemberg Macedo
Editora: Campus

Unidade: Conjunto Nacional
Endereço: Av. Paulista, 2073 - Bela Vista - São Paulo/SP
Local: Térreo

Inspirado em sua experiência de mais de 30 anos no aconselhamento de profissionais em processo de transição de carreira, Gutemberg B. de Macêdo realiza noite de autógrafos para lançar o livro Fui contratado! E agora? O seu sucesso ou insucesso em nova empresa depende de seu primeiro dia de trabalho'. Nesta obra, o autor orienta os profissionais no delicado momento de adaptação em um novo emprego. Com base em pesquisas e exemplos retirados de anos de dedicação à recolocação, a obra é uma ferramenta importante para quem busca o sucesso em uma nova função e a aceitação da equipe, mostrando os caminhos e o que se deve ou não fazer no mundo corporativo.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Rádio Nacional de Brasília tem novo programa sobre assuntos jurídicos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2011 20:19:00













A Rádio Nacional AM de Brasília apresenta aos ouvintes, a partir desta segunda-feira (14/02), o programa Enfoque Jurídico, com conteúdo sobre direitos dos cidadãos.

Diariamente no ar, das 13h às 14h, o programa traz matérias, reportagens e entrevistas sobre temas da justiça brasileira em linguagem acessível aos ouvintes.

O apresentador do programa, Miguelzinho Martins, explica que o objetivo do Enfoque Jurídico "é proporcionar conhecimento básico jurídico aos ouvintes sobre as diversas relações do cotidiano que envolvam direitos e deveres individuais e coletivos".

Inicialmente, o Enfoque Jurídico fazia parte de outro programa da emissora, mas devido à importância dos temas tratados, seu tempo de veiculação foi ampliado e ele ganhou seu próprio espaço e horário.

Serviço:

Enfoque Jurídico - Rádio Nacional AM de Brasília
Horário: segunda a sexta-feira, das 13h às 14h.
Apresentação:Miguelzinho Martins e produção de Luzinete Marques.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Poupatempo Itaquera abre as portas para 1ª mostra individual de jovem artista

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2011 20:17:00

Exposição “Anônimos”, de Isaac Arrais Gonçalves, fica montada na Ala Azul do Posto até a última semana do mês


A partir do próximo sábado, dia 12, o Poupatempo Itaquera vai receber a exposição “Anônimos”, com 24 desenhos inéditos do jovem artista Isaac Arrais Gonçalves.

Os trabalhos são feitos com diversas técnicas, como pastel seco, grafite, nanquim e manipulação digital e, segundo o artista, visam a dar voz aos menos afortunados, àqueles que passam despercebidos em meio às multidões metropolitanas.

Para Arrais, o objetivo de usar diferentes técnicas é o de tornar sua arte mais próxima das inovações dos dias atuais. “Busquei usar várias linguagens, pois não há nada mais contemporâneo que isso”, afirma.

Isaac Arrais nasceu em São Paulo em outubro de 1990 e, apesar de bastante jovem, já possui em seu currículo oficinas no Museu de Arte Moderna, Pinacoteca, Centro Cultural de São Paulo e Instituto de Arte e Design da UFPel, além de uma mostra coletiva na Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul, onde atualmente estuda Artes Visuais.

Os desenhos podem ser vistos até o dia 26 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, e aos sábados, das 7 às 13 horas, na Ala Azul do Poupatempo Itaquera, que fica na Av. do Contorno, 60, ao lado da estação Corinthians-Itaquera do Metrô.

Programa Poupatempo
O Poupatempo é um Programa do Governo do Estado, vinculado à Secretaria de Gestão Pública e administrado pela Prodesp – Tecnologia da Informação. Desde a inauguração do primeiro Posto, em 1997, o programa prestou mais de 272 milhões de serviços.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

95% dos casos de câncer de testículo atingem jovens com até 35 anos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2011 20:16:00

Autoexame pode ajudar a detectar doença, alerta médico do Instituto do Câncer de SP

Levantamento realizado pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) Octavio Frias de Oliveira, ligado à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, apontou que 95% dos casos de câncer de testículo atingem jovens com até 35 anos.

O levantamento apontou também que cerca de 60% dos pacientes tratados no Icesp com esse tipo de tumor, já inicia o tratamento com a doença em estágio avançado, tendo que se submeter ao tratamento quimioterápico.
Por ano o Instituto atende cerca de 150 pacientes com o problema. Apesar de raro, o tumor de testículo pode ser evitado. O diagnóstico precoce é fundamental e extremamente eficaz para combater a doença. Para isso, é importante que os homens realizem o auto-estame.

Em 98% dos casos, a queixa é de dor e aumento de volume testicular. Quando detectado inicialmente, as chances de cura são enormes, além do tratamento, que não será tão agressivo.
- "É essencial que os homens realizem o autoexame e fiquem atentos a qualquer anomalia na região dos testículos. Apesar de raro, o tumor existe e o diagnóstico precoce aumenta as chances de sucesso na cura contra a doença", alerta o coordenador do setor de urologia do Icesp, Marcos Dall´Oglio.


Da Redação Revista zaP!
imprensa@revistazap.org


Com Informações:

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo

Instituto do Câncer do Estado de São Paulo
Assessoria de Imprensa
Departamento de Comunicação (Jornalismo)
*

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Com O Leão de Ouro em Cannes, Guga Ketzer Ministra Aula Magna Gratuita na Belas Artes

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2011 20:12:00

O vice-presidente de criação da Loducca, Guga Ketzer, ministrará no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo uma aula magna no dia 21.02, às 20h30. O encontro marca o retorno dos alunos do curso de Publicidade e Propaganda às aulas e dá a oportunidade aos interessados de conhecer a carreira do profissional.

Ketzer, jornalista graduado pela PUC-RS, iniciou sua carreira publicitária em 1997, como redator na Escala, em Porto Alegre, e veio para São Paulo, onde começou a sua brilhante trajetória profissional na Loducca. Em 2001, o criativo integrou a delegação brasileira do Young Creatives 2001, e representou o País no Young Creative Competition, em Cannes, onde venceu a competição garantindo o único Leão de Ouro ao Brasil nesta categoria.

A galeria de prêmios do profissional é composta por troféus nacionais e internacionais como Caboré 2009, Festival de Londres, Festival de Nova York, Clio, Fiap, El Ojo de Iberoamerica, Clube de Criação de São Paulo, Revista da Criação. Alguns dos trabalhos de Ketzer também pode ser vistos na revista Archive, uma das mais importantes publicações da área publicitária.

Aula Magna com Guga Ketzer, aberta ao público
Local: Centro Universitário Belas Artes de São Paulo
Endereço: Rua Dr. Álvaro Alvim, 90 – Vila Mariana
Data: 21.02
Horário: 20h30
Mais informações: (11) 5576 7300 ou pelo site www.belasartes.br
Evento gratuito e aberto à comunidade

Sobre o Centro Universitário Belas Artes de São Paulo

O Centro Universitário Belas Artes de São Paulo completou 85 anos de existência em 2010, e oferece formação inovadora e pioneira aos seus alunos. Por isso, é a escola ideal para jovens que valorizam a criatividade e a liberdade de expressão e buscam conhecimento com aplicação prática no mercado profissional.

Esse ambiente criativo e estimulante é proporcionado pelo caráter interdisciplinar dos cursos, a qualificação dos professores e a infraestrutura completa oferecida pela instituição. Estes são aspectos favoráveis à formação diferenciada do futuro profissional, que poderá exercer a carreira escolhida com competência e personalidade.

www.belasartes.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Alunos criam livro digital com as espécies da flora escolar

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2011 20:10:00

Alunos da Educação Infantil da Escola Móbile observam plantas, aprendem ciências, fruem a arte, pesquisam espécies, escrevem texto e editam livro

No segundo semestre de 2010, os alunos de 4 anos de idade (infantil 4) da Escola Móbile, zona sul da capital, passaram a explorar o jardim da escola além das usuais brincadeiras. O jardim, tornou-se também um local de estudo e pesquisa, uma vez que o tema estudado eram as "Plantas". O projeto resultou em um belo livro eletrônico feito pelos pequenos, com a identificação das espécies e ilustrações das mesmas.

http://www.escolamobile.com.br/arquivos/2010/infantil/livro-nosso-jardim/

Segundo Helena Samara, diretora da Educação Infantil, " no primeiro passeio que fizeram Segundo Helena Samara, diretora da Educação Infantil, " no primeiro passeio que fizeram com o objetivo de olhar o jardim, a curiosidade dos alunos foi aguçada com as intervenções da professora e, rapidamente, se encantaram com a beleza e diversidade das plantas".

A partir das observações e dúvidas que foram surgindo, os estudantes formaram grupos e pesquisaram as diferentes espécies e criaram texto descritivo de cada uma delas.
As ilustrações do livro, segundo Samara , foram inspiradas pelos traços e cores das obras de Margarete Mee (artista inglesa que retratava fielmente a flora brasileira).


O livro é um registro desse estudo que foi intitulado "Nosso Jardim".


Clique para ver o livro "Nosso Jardim" no link:
http://www.escolamobile.com.br/arquivos/2010/infantil/livro-nosso-jardim

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Callis Editora mostra curiosidades da infância de Galileu Galilei em livro infantojuvenil

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2011 20:09:00

“Era uma vez Galileu Galilei” revela genialidade precoce de um dos ‘pais da ciência moderna’


Em 1632, Galileu Galilei revolucionou a ciência ao publicar uma obra que saia em defesa da teoria heliocêntrica de Nicolau Copérnico, em que a Terra girava em torno do Sol e não ao contrário como, até então, afirmavam os estudiosos da época. E para homenagear o cientista no dia de seu aniversário, a Callis Editora apresenta a crianças e adultos a obra “Era uma vez Galileu Galilei”, que conta a infância e a trajetória de um dos maiores cientistas de sua época.

Apaixonado por música e matemática, desde cedo Galileu revelava uma inteligência aguçada. Aos 17 anos ingressou na faculdade de medicina na Universidade de Pisa, na Itália, abandonando-a quatro anos depois para dedicar-se ao estudo da física, da astronomia e da matemática. Com apenas 25 anos, foi nomeado professor da mesma instituição. Durante sua carreira acadêmica, descobriu vários conceitos científicos, entre eles o aprimoramento do Telescópio, onde ficava horas observando os céus e a Via Láctea.

Além de contar os desdobramentos de suas convicções científicas, como as ameaças de tortura e a prisão domiciliar as quais fora submetido, o título, de Rita Foelker, conta quem foi? Como viveu? E o que pensava um dos ‘pais da ciência moderna’.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Estilo de vida interfere no tratamento de doentes reumáticos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2011 20:06:00

Obesidade, pouco exercício físico e nada de sol!
Quais as consequências para a sua saúde destes comportamentos?


Muitas vezes, o diagnóstico de uma doença reumática cai como uma verdadeira “bomba”. "Saber-se portador de uma doença reumática ou auto-imune pode trazer consigo uma sensação de fragilidade e desamparo”, afirma o reumatologista Sergio Bontempi Lanzotti, diretor do Instituto de Reumatologia e Doenças Osteoarticulares (Iredo). É compreensível que o ser humano se sinta inconformado com as limitações impostas pelas doenças crônicas. Isso ocorre não apenas com as doenças reumáticas e auto-imunes, mas também com o diabetes, com a obesidade, com a hipertensão arterial...

"Há um estágio inicial, após o diagnóstico, em que as pessoas até ‘tentam seguir as orientações médicas’. Mas, com o passar do tempo, o ânimo inicial cede lugar para o cansaço, a dieta tão importante para o tratamento eficaz, já não é seguida à risca, o uso comedido do álcool sucumbe ao abuso. As práticas de atividade física e a suspensão do tabagismo parecem muito difíceis de serem implementadas. Há uma rebeldia ou uma total negligência às recomendações médicas, que são facilitadores do tratamento", diz o reumatologista.

Após o diagnóstico de uma doença reumática ou auto-imune, devemos ser realistas. A vida não poderá mais ser como antes, para um percentual de pacientes. “Mas ela pode ser melhor que antes, se formos maduros e estivermos engajados com o nosso próprio tratamento. Nesse momento, é muito importante que o paciente possa contar com um médico reumatologista que possa ser acolhedor o bastante e esclarecedor o suficiente para dar a esse paciente a chance de aderir ao tratamento de uma maneira bem amadurecida", alerta Sergio Lanzotti.

Sedentarismo invencível
Conciliar uma rotina saudável nos tempos modernos não é tarefa para qualquer um: após um dia de trabalho árduo, tudo o que queremos é chegar em casa e descansar. “Mas, se o descanso é importante para combater o estresse diário, manter a atividade física também é. Se você trabalha o dia todo na maior correria, saiba que o seu esforço no trabalho não substitui a atividade física. Ainda mais quando você recebe o diagnóstico de uma doença reumática como artrite, artrose, fibromialgia, lombalgia crônica”, diz o médico.
O sedentarismo é um comportamento induzido por hábitos decorrentes dos confortos da vida moderna. Com a evolução da tecnologia e a tendência cada vez maior de substituição das atividades físicas por facilidades automatizadas, o ser humano adota cada vez mais a lei do menor esforço, reduzindo assim o consumo energético do corpo.
“O exercício físico é uma peça chave no tratamento dos pacientes reumáticos, pois o sedentarismo agrava o quadro das doenças reumáticas. A prática de atividades físicas - além de proporcionar prazer e relaxamento - contribui para o emagrecimento, reduz a dor e a rigidez nas articulações e aumenta a flexibilidade, a força muscular, a saúde do coração e a resistência”, diz Sérgio Lanzotti.

Um dos grandes benefícios da atividade física é o estímulo à produção de endorfinas, aumentando a sensação de bem-estar. “As endorfinas também funcionam como analgésico, proporcionando alívio da dor no organismo. A produção de endorfinas é fator muito importante para os pacientes reumáticos, que apresentam propensão a desenvolver quadros de depressão e ansiedade”, explica o diretor do Iredo.

Os exercícios físicos mais recomendados para os pacientes reumáticos são do tipo aeróbico ou dinâmico, como caminhar, correr, nadar e andar de bicicleta. “As pessoas fisicamente ativas têm uma qualidade de vida melhor comparada com as sedentárias, e isso também se aplica a pacientes portadores de doenças reumáticas como artrite, espondilite, artrose. No entanto, a prática de exercícios físicos deve ser supervisionada e não deve ser iniciada antes da avaliação do médico que acompanha este paciente. O reumatologista poderá indicar a necessidade da prática de atividade física por doentes com acometimento articular de membros ou coluna vertebral”, esclarece Sérgio Bontempi.

Obesidade e sobrepeso crescentes

“Parece simples, após o diagnóstico de uma doença reumática, além do medicamento apropriado, dos exercícios físicos propostos, dizemos ao paciente que ele também precisa emagrecer. Basta comer menos ou queimar mais calorias. Ou ainda: fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Mas, com anos de experiência clínica, percebemos que esta recomendação não é simples. Mesmo seguindo dietas bem planejadas, utilizando medicamentos de última geração e encontrando pacientes motivados, muitas vezes, a obesidade desafia o nosso conhecimento e consegue minar a resistência e a confiança de médicos e pacientes”, observa o diretor do Iredo.

De acordo com os dados colhidos, recentemente, no último Censo, o Brasil, seguido de outros países emergentes, vem liderando o ritmo de crescimento dos índices de sobrepeso e obesidade em todo o mundo. Por aqui, cerca de 50% dos adultos e 30% das crianças e adolescentes encontram-se acima do peso normal. Nos Estados Unidos, as estatísticas apontam que o número de obesos tende a dobrar nos próximos 25 anos. A obesidade também assombra a Europa. De acordo com o estudo Health at a Glance – Europe 2010, 50% dos adultos e uma em cada sete crianças na Europa são obesas ou têm excesso de peso.

Recentemente, pesquisadores da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia concluíram um trabalho, estabelecendo uma relação entre a falta da prática de exercício físico e o risco futuro de mulheres desenvolverem a fibromialgia. “Segundo a pesquisa, as que praticavam mais exercícios apresentaram um risco menor de desenvolver a doença em relação às inativas. O estudo revelou ainda que um IMC alto é um fator de risco forte para o desenvolvimento futuro da doença”, explica o reumatologista.

Com o aumento da expectativa de vida e a pandemia de obesidade, a artrose também amplia suas estatísticas. Um terço dos adultos, entre 25 e 74 anos de idade, tem evidência radiológica de artrose, esta prevalência aumenta com a idade, em todas as populações e regiões. “Depois dos 50 anos, quase ninguém escapa desse problema marcado pelo desgaste da articulação, mas nem todo mundo apresenta os sintomas dolorosos. Por isto, emagrecer é muito importante para quem tem artrose, pois, por suportar o peso de todo o corpo, joelhos, quadril e coluna são muito afetados”, explica o médico.
Sol, nem pensar!
Mesmo vivendo num país tropical, onde contamos com lindos dias de sol, praticamente o ano todo, ainda assim, os brasileiros apresentam níveis muito baixos de vitamina D no organismo. “Este é outro fator de risco para doenças reumáticas relacionado ao estilo de vida moderno. Estamos, cada vez mais, fugindo do sol. A prática de atividades físicas passou a ser em locais cobertos; o lazer também acontece dentro de recintos fechados, como o shopping. Assim, fica difícil garantir a exposição solar diária recomendada", diz o reumatologista.
O medo das doenças de pele, especialmente do câncer, também tem impacto sobre o hábito tão atual de se evitar o sol. “A falta de vitamina D no organismo é uma consequência direta dessa baixíssima exposição à luz solar. Sem ela, o micronutriente não é sintetizado pelo organismo. Hoje, grande parte das pessoas não recebe luz solar suficiente para satisfazer as suas necessidades biológicas. Para ajudar, a quantidade desta vitamina nos alimentos é pequena e a suplementação não é feita de forma universal. Então, sua ingestão também é baixa", explica Sérgio Lanzotti.
No Brasil, nossa dieta é relativamente pobre em vitamina D e dependemos muito da luz solar para garantir estoques adequados desta vitamina no organismo. Nossa incidência de hipovitaminose D alcança 40% das mulheres, na menopausa, e 80% delas, aos 80 anos. Daí a importância da suplementação para as pessoas na terceira idade.
A ação mais conhecidas da vitamina D ocorre no sentido de promover a mineralização óssea. Somente através dela é que conseguimos absorver o cálcio dos alimentos que ingerimos e o depositamos eficientemente nos ossos. Esse efeito garante o crescimento das crianças e dos adolescentes e ossos fortes e ricos em cálcio em todas as idades. "Daí, podemos imaginar, que quando os estoques de vitamina D se tornam insuficientes na criança, ela não cresce, passando a apresentar ossos e dentes sujeitos a fraturas e ossos amolecidos que vão se deformando ao longo da vida. Trata-se de uma doença chamada raquitismo. Nos adultos, a mesma doença é chamada osteomalácea e as queixas são de dores ósseas generalizadas com a evidência laboratorial de osteopenia e osteoporose, quando se realiza a densitometria óssea", diz Lanzotti.
Hoje, novos estudos nos mostram que a vitamina D parece ter também um papel essencial na habilidade com que o nosso corpo reage contra vários microorganismos, dentre estes, o bacilo da tuberculose, infecções do trato urinário e o vírus da gripe. "Além de interferir na imunidade inata, a vitamina D é capaz de induzir a chamada tolerância imunológica, que faz com nosso corpo deixe de reagir contra si mesmo, como ocorre em muitas doenças auto-imunes, como a esclerose múltipla, o lúpus eritematoso sistêmico e o diabetes tipo 1", explica o reumatologista.
CONTATO:
Nosso site: http://www.iredo.com.br
Nosso e-mail: contato@iredo.com.br
Nosso blog: http://vivendosemdor.wordpress.com
Nosso twitter: http://twitter.com/sergiolanzotti
Nosso canal de vídeos: http://www.youtube.com/user/canaldareumatologia

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Anfape esclarece a questão do desabastecimento no mercado de reposição

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2011 20:05:00

“APAGÃO” DE AUTOPEÇAS SÓ NÃO É PIOR PORQUE EXISTEM OS FABRICANTES INDEPENDENTES

Mercado vive uma crise sem precedentes com a falta de peças

Cada vez aumenta mais o número de consumidores insatisfeitos com a falta de peças de reposição no mercado automobilístico. Há quem fique com o carro parado por vários meses na oficina, aguardando um item que está em falta no mercado. Engana-se quem pensa que o problema está somente nos carros importados. Peças de carros nacionais, inclusive alguns populares como um para-choque traseiro do Fiat Siena ou um paralama do Volkswagen Fox causam uma grande dor de cabeça aos consumidores. Também há grande dificuldade de se conseguir capôs, para-lamas e faróis do Ford Fiesta e Ecosport, entre diversos outros itens de veículos nacionais e importados. O problema é tão sério que já vem sendo chamado pela imprensa de “apagão” das autopeças.
“A situação só não é ainda mais grave porque existem os fabricantes independentes, que ajudam a abastecer o chamado aftermarket”, afirma Renato Fonseca, presidente da Anfape – Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças. Segundo ele, a situação também não teria chegado a tal ponto se algumas montadoras de veículos não estivessem tentando impedir a atuação dos fabricantes independentes.
“Três grandes montadoras –Ford, Fiat e Volkswagen– entraram com ações judiciais para impedir as independentes de comercializar peças similares às de seus veículos. Elas alegam direito de propriedade intelectual sobre o design das peças e instauraram uma disputa que começou em 2007 e já chegou ao Cade. Ou seja, não conseguem abastecer o mercado de reposição, mas não querem que outras empresas o façam.”, afirma Fonseca.
E o problema não afeta somente o consumidor e os fabricantes, mas também as seguradoras, que não conseguem atender os clientes por falta de peças. “Se as seguradoras autorizassem o uso de peças não-originais nos carros, o tempo de conserto reduziria absurdamente”, explica Fonseca. Isso sem mencionar a possibilidade da redução do preço do seguro o que o tornaria mais acessível à população menos favorecida. Ele ressalta que as peças não-originais disponíveis no varejo (lojas de autopeças) também têm qualidade, marca própria, garantia e seguem rigorosos padrões de excelência, muito diferente da imagem que as montadoras tentam propagar, de baixa qualidade. Isso sem entrar no mérito do preço, que chega a ter diferenç a de maiores do que 30% dependendo do item.
Para a Anfape, a atuação livre do mercado já seria um grande passo para reduzir o “apagão” das autopeças. “Claro que não resolveria todos os problemas, especialmente considerando a questão dos importados, mas o consumidor estaria bem mais amparado do que situação crítica que vivemos hoje”, avalia.
De acordo com dados da Anfape, o mercado independente de autopeças gera mais de 934 mil empregos diretos em mais de duas mil indústrias, mais de mil distribuidores, 35 mil varejistas e 120 mil oficinas. Todos diretamente interessados na preservação do segmento. Muitos desses players estão no país há muito mais tempo que as próprias montadoras, já que alguns foram fundados há 40 anos. São mais de 200 mil itens para 400 modelos de veículos de todos os tipos, entre ônibus, caminhões, automóveis e motocicletas.

Sobre a Anfape – www.anfape.org.br
A Anfape – Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças surgiu com o intuito de representar e fortalecer o setor de reposição independente de autopeças no Brasil. Desde a sua constituição, em 2007, a entidade vem batalhando para reverter uma ação de grandes montadoras de automóveis. Essas estão registrando os componentes visuais de seus veículos (capôs, para-lamas, para-choques, faróis, retrovisores etc.) como desenhos industriais com o propósito de inibir a atuação dos independentes no segmento de reposição, o que se dá por meio da proibição da produção e da comercialização das peças.
No início de 2007, a Anfape apresentou uma representação junto ao CADE (Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência) denunciando a conduta das montadoras Fiat, Ford e Volkswagen. Tal iniciativa teve como objetivo buscar a garantia do direito das empresas do mercado independente de autopeças de produzirem e comercializarem itens visuais dos veículos. A Associação considera que as montadoras estão utilizando seus registros de desenh os industriais das peças automotivas de forma abusiva, o que configura uma conduta infringente à ordem econômica brasileira. O problema é tão grave que o CADE determinou a abertura de investigação contra Fiat, Ford e Volkswagen.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Estudo aponta Salvador como a cidade do carnaval até nas redes sociais

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2011 20:04:00

Estudo inédito da MITI Inteligência avalia os destinos preferidos para o feriado carnavalesco

A MITI Inteligência realizou um estudo inédito sobre os destinos mais procurados no Brasil para o carnaval e constatou que, nas redes sociais, Salvador é a cidade mais citada quando esse é o assunto em pauta. No período de 12 a 16 de janeiro de 2011, foram monitoradas, pela plataforma postX, interações no Twitter, Facebook, Youtube, blogs, fóruns e sites de reclamação, para encontrar citações sobre as cidades mais visadas para o feriado.

“A partir da relação feita pelo Ministério do Turismo, dos estados com maior infraestrutura turística, procuramos verificar as interações sobre as principais cidades nas redes sociais”, explica Elizangela Grigoletti, gerente de inteligência e marketing da MITI Inteligência. Foram encontradas mais de 20 mil interações citando as cidades: Salvador, Olinda, Rio de Janeiro, São Paulo, Ilhéus, Porto Seguro, Porto de Galinhas, Ouro Preto, Recife e Fortaleza.

Contrariando as expectativas e os grandes investimentos com os desfiles das escolas de samba nas capitais paulista e carioca, a cidade mais mencionada nas redes sociais foi Salvador, com 23,77% das interações encontradas. Quando o assunto é carnaval, 80,6% dos posts são positivos, falando, em especial, sobre o status de participar do melhor carnaval do mundo, na capital baiana. “Verifica-se ainda uma quantidade mínima – 3,4% – de comentários negativos, a respeito, principalmente, dos problemas estruturais da cidade ao receber o grande número de turistas esperado para a festa”, comenta Elizangela.

Após Salvador, as cidades mais citadas foram Rio de Janeiro e São Paulo, em 17,4% e 16,9% das interações, respectivamente. No caso da capital carioca, há mais comentários negativos do que positivos. “No período monitorado, uma quantidade significativa de usuários questionava o investimento que o governo faz no carnaval, em contraposição com a falta de atitude governamental para evitar desastres como os deslizamentos na região serrana do Rio”, observa.

Em contrapartida, quando se referem às viagens de turismo ou intenção de viajar, São Paulo é a cidade mais citadas pelos internautas. Rio de Janeiro fica em segundo, com uma diferença de apenas 4 pontos percentuais, seguida de Salvador com 25% das menções.

Quando o termo monitorado é apenas “carnaval”, percebe-se que mais da metade dos comentários são positivos (50,2%), remetendo aos dias como tempo de festa, diversão e descanso. Ainda há, entretanto, cerca de 15% de interações negativas, principalmente, de usuários que não gostam do carnaval e reclamam sobre os excessos que os foliões cometem nesses dias.

Na imprensa
No mesmo período, a MITI Inteligência capturou mais de 7.800 notícias sobre as cidades preferidas do carnaval, por meio da plataforma Clipping Express. Nesse caso, Salvador continuou como a cidade mais citada, mas seguida por Recife e Fortaleza. De forma geral, a imprensa notificou tanto a preparação quanto a expectativa para a festa nessas cidades, famosas pela longa duração do carnaval.

Há ainda muita repercussão, tanto nas redes sociais quanto na mídia on-line, sobre destinos alternativos para as pessoas que não gostam do carnaval, mas querem aproveitar os dias de folga para viajar. São destinos que abordam o turismo ecológico, como nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Goiás.

“Com esse estudo, podemos comprovar que, cada vez mais, os desejos e expectativas dos consumidores estão disponíveis na web. As conversas que eram particulares agora são compartilhadas nas redes, e os governos e empresas precisam estar atentos a esse movimento e monitorar essas informações de maneira a definir suas estratégias de atuação.”.

Sobre a MITI Inteligência
Com dez anos de atuação, a MITI Inteligência (miti.com.br) possui uma completa rede de monitoramento, através de plataformas de rádio e TV – Só Clipping, mídias sociais - postX e mídias on-line, segmento no qual é líder nacional com a plataforma Clipping Express.

Em 2010, passou também a oferecer soluções em inteligência de mercado aos seus clientes, utilizando suas bases tecnológicas para apuração, cruzamento e análise de dados. Os estudos e pesquisas desenvolvidos fornecem informações estratégicas para auxiliar as empresas na tomada de decisões institucionais e competitivas.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Mais peixes e menos problemas oculares?

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/02/2011 20:03:00

Consumo de Ômega 3 está relacionado a menor risco de desenvolvimento da degeneração macular relacionada à idade: DMRI


Resultados de estudos recentes realizados pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, sugerem que pacientes com DMRI avançada - Degeneração Macular Relacionada com a Idade - são menos propensos a consumir peixes e mariscos.
Os pesquisadores americanos reuniram e analisaram dados dietéticos e oftalmológicos de 2.520 idosos entre 65-84 anos de Maryland. Neste grupo, foram acompanhados de perto os participantes que já apresentavam drusas - acúmulos de substâncias tóxicas nas camadas mais profundas da retina - e os que tinham anormalidades no epitélio pigmentar da retina.
Só então a relação entre o desenvolvimento de DMRI e o consumo de peixes e crustáceos foi examinada. Os resultados indicam que os idosos que consumiram uma ou mais porções de peixes e crustáceos por semana, alimentos ricos em ácidos graxos Ômega-3, tiveram um risco reduzido de desenvolver a DMRI em sua versão mais avançada, em comparação com aqueles que consumiam peixes ou mariscos com menos freqüência.
Além da pesquisa realizada na Hopkins, outros estudos de base populacional têm mostrado uma associação inversa entre a ingestão dietética de ácidos graxos Ômega-3 e o risco de DMRI tardia. Atualmente, um ensaio clínico randomizado conduzido pelo National Eye Institute, o AREDS2, investiga o efeito que o Ômega-3 e outros suplementos de ácidos graxos podem ter na progressão para DMRI avançada.
Importância do Ômega3
O papel protetor dos peixes parece potencialmente ligado ao seu teor de Ômega-3. “Ainda não foram investigados completamente os impactos dos diferentes tipos de peixes ou frutos do mar como fator de proteção das doenças oculares, mas já sabemos que a ingestão elevada de peixes e frutos do mar, ricos em ácidos graxos Ômega-3, como o caranguejo e ostras, têm um efeito protetor sobre a retina, o que diminui o risco de desenvolvimento da DMRI”, afirma o oftalmologista Virgilio Centurion, diretor do IMO, Instituto de Moléstias Oculares.

O Ômega-3 é importante para preservar os pequenos vasos que irrigam os olhos e ainda protege a retina contra inflamações. Não são apenas os peixes que merecem entrar no prato com mais frequencia: as nozes também são protetoras da visão. Dois punhados por semana aumentariam o escudo contra o declínio da mácula. O azeite de oliva é outro exemplo. Assim como as oleaginosas, o benefício vem da mistura de gorduras saudáveis e substâncias antioxidantes, aquelas capazes de atenuar os efeitos do tempo na visão.

As gorduras benéficas selecionadas para o cardápio ainda mantêm um elo com a lubrificação do globo ocular. E quem se sobressai de novo é o Ômega-3, também consagrado no combate ao olho seco. “Esse problema é causado por uma mudança na composição da lágrima que umidifica a córnea, que passa a evaporar mais depressa. Como os lipídios são ingredientes desse líquido, há evidências de que o ômega dos peixes e da linhaça contribua para restabelecer a normalidade das lágrimas”, destaca Centurion.

Por que prevenir o aparecimento da DMRI?

Ainda que não haja uma única causa conhecida para a origem da doença, sabemos que a idade é o principal desencadeador da DMRI e que existem outros facilitadores para o aparecimento da degeneração macular, como por exemplo, o excesso de colesterol no sangue.

“A exposição à luz solar também pode desencadear a oxidação na mácula, por ocasionar morte celular na região e degenerá-la. Por isso, devemos, sempre, usar óculos de sol com proteção contra os raios UV-A e UV-B, que podem lesionar a retina”, alerta o oftalmologista Juan Caballero, que também integra o corpo clínico do IMO.

Fumantes também têm mais propensão à doença, pois o cigarro acelera a oxidação do organismo e favorece a formação de drusas. “As drusas são fortes indicativos de que há propensão para o surgimento da degeneração macular e mostram que o metabolismo está envelhecendo e não tem mais condições de eliminar as substâncias que produz”, explica Juan Caballero.

Enquanto os estudos sobre a relação da dieta e a prevenção da degeneração macular avançam, a forma mais efetiva de prevenir a doença ainda é o exame oftalmológico de rotina, que deve ser feito anualmente. “O oftalmologista também pode solicitar exames complementares, como a angiofluoresceinografia e a tomografia de coerência óptica (OCT) para complementar o diagnóstico da DMRI”, diz o oftalmologista.

A degeneração macular relacionada à idade atinge especialmente pessoas com mais de 60 anos e pode levar à acentuada perda da visão central, se não for tratada. Estima-se que aproximadamente 10% das pessoas entre 65 e 74 anos e cerca de 30% das com mais de 75 anos tenham a doença no mundo. De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, 2,9 milhões de pessoas com mais de 65 anos sofrem com o problema no Brasil.

“Para enfrentar a degeneração macular, apropriadamente, precisamos de campanhas para a educação dos pacientes, especialmente os idosos, sobre a existência da doença. É preciso envolver o oftalmologista generalista e o paciente, visando capacitá-los a realizar a detecção precoce da DMRI, quando as chances de melhora da visão e o controle da doença são maiores. São necessárias também ações educativas após o diagnóstico da doença, para que o paciente faça o tratamento adequadamente”, defende Caballero, oftalmologista do IMO.

Assista no site do IMO dois vídeos educativos que trazem outras informações sobre a DMRI:
DMRI: forma seca
http://www.imo.com.br/filmes-educativos/?video=687
DMRI: forma úmida
http://www.imo.com.br/filmes-educativos/?video=688

CONTATO:
Nosso site: www.imo.com.br
E-mail de contato: imo@imo.com.br
Nosso twitter: http://twitter.com/clinicaimo

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

EDITORA PHORTE LANÇA O LIVRO EDUCAÇÃO EM SAÚDE

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2011 20:08:00

Elaborado por William Malagutti e Sonia Maria Rezende Camargo de Miranda o livro explora desde um planejamento educativo na saúde até mesmo a educação ambiental


O educador em saúde está em processo de constante elaboração e revisão de sua prática. Por atuar, muitas vezes, em situações que envolvem "perdas" da saúde e mudanças de estilo de vida, um dos principais desafios a enfrentar é a formação do vínculo entre o educador e o educando.
Sem o vínculo, não há transformação. Por isso, a palavra educador é tão significativa, pois nos leva a inferir que é um processo doloroso, principalmente quando se fala de educação em saúde.
Educação em saúde apresenta experiências de profissionais que enfrentam esses desafios no seu dia a dia de trabalho.



Sobre o produto
Páginas: 312
Formato: 17 x 24 cm
ISBN: 9788576552833
Peso (em gramas): 505
Ano: 2010
Edição: 01


Sumário
1 - Diagnóstico e planejamento educativo em saúde
2 - A promoção da saúde e a educação em saúde como campo de conhecimentos e práticas
3 - O olhar holístico na educação superior
4 - Educação permanente em saúde
5 - Intervenções educativas para pacientes fumantes
6 - Ações educativas em saúde do trabalhador
7 - Controle da tuberculose no Brasil: estratégias, educação em saúde e participação social
8 - Educação em saúde no cuidado ao idoso
9 - Educação em saúde para pessoas com lesão medular
10 - Terapia Familiar Sistêmica Breve: uma nova abordagem em instituições
11 - Participação popular: realidade ou utopia?
12 - Educação ambiental em resíduos sólidos: uma prática pedagógica possível


Sobre os autores:

William Malagutti
Coordenador e professor-convidado do curso de pós-graduação em Saúde Pública e PSF para Enfermeiros da Universidade Gama Filho;
Mestre em Administração, Comunicação e Educação pela Universidade São Marcos (2002);
Especialista em Educação em Enfermagem pela Escola Nacional de Saúde Pública - Fiocruz;
Pós-graduação em Administração hospitalar pelo IPHSP;
Licenciado e graduado em Enfermagem pela Universidade de Mogi das Cruzes;
Professor-convidado da Universidade Católica de Goiás;
Assessor do periódico Enfermagem Brasil;
Enfermeiro da Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo.


Sonia Maria Rezende Camargo de Miranda
Doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006);
Educadora em Saúde Pública pela Prefeitura Municipal de São Paulo;
Professora da Universidade Anhembi Morumbi na graduação de Enfermagem e demais áreas das Ciências da Saúde;
Professora da pós-graduação da Universidade Gama Filho no curso de Saúde Pública e PSF para Enfermeiros e do Curso de Enfermagem Obstétrica da Universidade Anhembi Morumbi.


Como adquirir:
http://www.phorte.com.br/livro-educacao-saude-449


Sobre a Phorte Editora:

Quando a Phorte Editora começou as suas atividades, em 1996, tinha como compromisso colaborar para o progresso da área de Saúde, editando e oferecendo ao mercado títulos assinados por renomados profissionais do segmento, especialmente da Educação Física.
O tempo passou e a Phorte Editora cresceu. Acompanhando os movimentos do mundo moderno, a empresa abriu o leque de seu catálogo para outras áreas de interesse (como Fisioterapia, Nutrição, Educação, Enfermagem entre outras), que também passaram a pautar as publicações.
Ao longo dessa jornada de evolução editorial, muitos foram os prêmios conquistados pela Editora, entre eles o Prêmio Clio de História, em 2001, pelo título "Tietê - O Rio do Esporte", de Henrique Nicolini, obra de presença garantida nas bibliotecas das escolas públicas em todo Estado de São Paulo. Ainda no ano de 2001, a Phorte Editora foi laureada com o Prêmio Indesp pelo título "Futebol - Teoria e Prática", de Ariobaldo Friselli e Marcelo Mantovani. Em 2003 e 2004 vieram as confirmações de que a Phorte Editora tinha - de fato - conquistado, com louros, um importante lugar no mercado editorial. Respectivamente, os prêmios "Best Quality", concedido pelo International Quality Service e "Top of Quality", oferecido pela Ordem dos Parlamentares do Brasil, vieram atestar a alta qualidade das publicações da Editora.
Em permanente evolução, a Phorte Editora está sempre atenta aos movimentos do mercado editorial. Além disso, novos produtos e novos suportes vem sendo utilizados para a distribuição do conhecimento editado, tais como Cd´s, DVD´s, hotsites, arquivos em flashpaper para publicações eletrônicas além de plataformas multimidiáticas usadas na divulgação deste acervo no Instituto Phorte Educação e na PhorteTV . Todas estas tecnologias a Phorte Editora vem colocando ao dispor da sociedade brasileira, buscando prover acesso rápido e irrestrito ao conhecimento.
O saber é o mais valioso bem que o ser humano pode deter. Com um bom livro nas mãos, você transpõe barreiras e chega a um mundo novo. Ao abraçar o ideal da educação, a Phorte Editora entra em consenso com o sábio dito popular que dá conta de uma verdade incontestável: É possível perder quase tudo numa vida, menos o conhecimento adquirido.


Contato:
Phorte Editora Ltda
R. Treze de Maio, 596
Bela Vista - São Paulo - SP
CEP: 01327-000
Tel/Fax: (55) (11) 3141-1033
E-mail: phorte@terra.com.br


Por: Fabiana Cardoso - Imprensa
Central de Cursos - UGF

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

PASSAGEM LITERÁRIA TRAZ HOMENAGEM AOS CEM ANOS DO TEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2011 20:04:00

Mostra fotográfica gratuita traz, até o final de janeiro, cronologia e personalidades que fizeram parte da história do Teatro


A Passagem Literária abre a programação de 2011 com uma homenagem ao centésimo aniversário do Teatro Municipal de São Paulo. A mostra de imagens Centenário do Teatro Municipal de São Paulo, organizada pela Associação Via Libris, que mantém um sebo de livros e cuida da manutenção e do acervo cultural do espaço em parceira com a Subprefeitura Sé, é a décima segunda do curador Dario Bueno no local.

A série fotográfica especial sobre o Teatro apresenta, a partir deste final de semana, a cronologia e os personagens que marcaram a época incipiente do equipamento e o tornaram um dos principais postais da cidade. São 160 gravuras divididas em 40 painéis na vitrine e na parede, que mostram desde o terreno em que foi construído, o trabalho dos engenheiros e arquitetos do escritório F.P. Ramos de Azevedo e Cia, responsáveis pela idealização, à estréia do Teatro e seu entorno, como o Viaduto do Chá, ainda sobre as águas do rio Anhangabaú.

Um outro bloco ilustrativo destaca as personalidades que fizeram história no Municipal e no país, durante o movimento cultural modernista em 1922, período em que a cenografia se constituía essencialmente na arte da pintura. Entre elas cenógrafos (Romolo Lombardi), autores (Alfredo Mesquita) e companhias teatrais (Sebastião Arruda e Procópio Ferreira).

A exposição pode ser conferida das 7 às 22 horas durante a semana e das 10h às 22 horas aos sábados e domingos e feriados.

História do Teatro Municipal
Com a perda em incêndio, em 1898, do Teatro São José, na Praça João Mendes, a Câmara Municipal aprovou o projeto de Gomes Cardim para a construção de um novo teatro. O arquiteto Ramos de Azevedo e os italianos Cláudio Rossi e Domiziano Rossi iniciaram a edificação em 1903, que foi considerada arrojada para a época. A obra realizada em oito anos, recebeu influência da Ópera de Paris e sua arquitetura exterior tem traços renascentistas barrocos do século XVII.
Considerado cartão-postal da cidade de São Paulo, o Teatro Municipal já foi palco de importantes manifestações artísticas, como a Semana de Arte Moderna de 1922. Hoje, além de oferecer ao público óperas, concertos e espetáculos de dança, o Teatro é a sede da Orquestra Sinfônica Municipal, do Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo e dos Corais Lírico e Paulistano. O calendário de eventos traz nomes brasileiros e internacionais, sempre valorizando o trabalho de seus próprios conjuntos.
O Teatro será reaberto esse ano, após passar por obras de restauração desde 2008. O novo reparo contempla elementos do prédio que não foram feitos na última reforma, entre 1986-1991.

Serviço
Exposição em homenagem ao centenário do Teatro Municipal
Local: Passagem Literária da Consolação
Data: Até 30 de janeiro
Horário de funcionamento da Passagem: das 7h às 22h (de segunda a sexta-feira) e 10h às 22h (sábados, domingos e feriados)
Endereço: Rua da Consolação, esquina com a avenida Paulista (Metrô Paulista)
Grátis

MAIS INFORMAÇÕES
Assessoria de Imprensa
Subprefeitura Sé
http://se.prefeitura.sp.gov.br/
http://twitter.com/subprefeiturase

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

PREJUDICADOS PELAS CHUVAS PODEM RECORRER AO JUDICIÁRIO

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2011 20:02:00

Segundo especialista, vítimas das enchentes devem acionar a Justiça

As fortes chuvas que atingem o Brasil nos últimos dias tem deixados mortos, feridos e ainda milhares de desabrigados. Imóveis, carros e empreendimentos comerciais também sofreram severas danificações ou ficaram totalmente destruídos devido a inundações, deslizamentos e quedas de árvores.
O advogado Antonio Gonçalves* explica que os prejudicados pelas enchentes devem reclamar seus prejuízos, quando o dano for causado por falha do Poder Público municipal ou estadual. “O primeiro passo é registrar um boletim de ocorrência. Depois, a pessoa que se sentir prejudicada ou que perdeu efetivamente um bem, deve recorrer ao Procon, Decon e, sobretudo, ao Judiciário”, afirma.
Gonçalves acrescenta que registros e documentos, como fotografias, filmagens, notícias de internet ou de impressos são extremamente importantes, pois comprovam os danos. "Todo processo é demorado e situações como essa, de desrespeito ao direito do cidadão, preocupa muito. O importante é não se omitir nesse momento, pois a pessoa lesada pode entrar na Justiça com pedido por danos morais”, acrescenta o advogado, que admite a morosidade da justiça, mesmo assim encoraja as pessoas a procurarem seus direitos quando se sentirem lesadas.
“”É importante ressaltar que a população precisa da implantação de um sistema de monitoramento e fiscalização, com participação ativa das comunidades, para que áreas consideradas como impróprias ou de risco não sejam ocupadas. Outra medida importante seria iniciar a implementação de programas habitacionais capazes de providenciar moradias seguras para a população de baixa renda”, finaliza.

* Antonio Gonçalves é advogado, especialista em Direito Penal Internacional e o Combate ao terrorismo - ISISC - Siracusa (Itália) - órgão conveniado com a ONU; em Direito Penal Empresarial Europeu pela Universidade de Coimbra (Portugal); membro da Association Internationale de Droit Pénal - AIDP. Pós-graduado em Direito Penal - Teoria dos Delitos (Universidade de Salamanca - Espanha). Mestre em Filosofia do Direito e Doutorando pela PUC-SP. Fundador da banca Antonio Gonçalves Advogados Associados.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

INVESTIMENTO CHINÊS ABRE NOVO CENÁRIO ECONÔMICO E JURÍDICO PARA O BRASIL

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2011 20:01:00

Crescimento do investimento Chinês abre novo cenário econômico e jurídico para o Brasil

O significativo e ascendente investimento chinês no Brasil deve-se ao fato de que o País possui recursos naturais que atende as necessidades estratégicas da China para a manutenção do alto ritmo crescimento econômico. Com isso, é possível observar que os investimentos chineses concentram-se nos setores de petróleo, mineração, siderurgia e agricultura, e, eventualmente, no setor de infraestrutura para transporte e envio desses recursos para a China. “Essa crescente demanda possibilitou altos preços das commodities, que tem representado a maior parte e evolução do superávit comercial brasileiro”, explica o advogado Marcelo Guedes Nunes, sócio da Guedes Nunes, Oliveira e Roquim Sociedade de Advogados*, especializada em Direito Empresarial.

O advogado comenta, ainda, que “os investimentos chineses e os altos preços contribuíram para que a crise mundial afetasse de forma sutil o Brasil, já que manteve aquecida a nossa economia”. Dados da Câmara de Comércio e Indústria Brasil China (CCIBC) apontam que os investimentos daquele país no Brasil deverão chegar a US$ 25 bilhões só neste ano e a previsão é que deve ultrapassar os US$ 40 bilhões em 2014.
Marcelo Guedes Nunes comenta que, com isso, o Brasil passa a ter uma crescente participação no mercado de commodities e poderá utilizar os recursos provenientes para investimentos e desenvolvimento de outros setores mais necessitados. Quanto à legislação, o investimento de capital estrangeiro está sujeito a regimes distintos com base no setor econômico.
Guedes Nunes explica que a lei brasileira define como capital estrangeiro bens, máquinas e equipamentos que tenham sido trazidos sem dispêndio inicial de divisas estrangeiras e que serão utilizados na produção de bens ou serviços, bem como dos recursos financeiros que tenham sido trazidos ao País para serem investidos em atividades econômicas.
“Em ambos os casos, este conceito de capital estrangeiro só se aplica se as mercadorias, máquinas, equipamentos e/ou recursos financeiros forem detidos por pessoas físicas ou jurídicas residentes, domiciliadas ou com sede fora do Brasil”, elucida o advogado. “Por isso, todas as transações de câmbio no Brasil são realizadas em um mercado de câmbio estrangeiro unificado através de instituições financeiras autorizadas e, este mercado de câmbio engloba as seguintes operações: compra e venda de moeda estrangeira, as transferências internacionais de reais, compra e venda de instrumentos de trocas de ouro a capital brasileiro detido no exterior e capitais estrangeiros detidos no Brasil”, detalha Marcelo Guedes Nunes.
Para efeitos de controle e de registro, os investimentos estrangeiros são divididos em duas categorias distintas: (i) investimentos de longo prazo em atividades produtivas no âmbito da Lei 4.131 e (ii) investimentos em portfólio. Os investimentos em atividades produtivas podem ser feitos basicamente de duas maneiras diferentes: (i) através do envio de uma quantia em moeda estrangeira (como contribuição de capital para uma empresa brasileira ou como o preço de compra de ações/quotas existentes) que é vendido no exterior através de um banco autorizado a operar com moeda estrangeira ou (ii) mediante a capitalização de empresas com bens (ou seja, máquinas, equipamentos). “Nos dois casos, o valor da moeda ou o valor desses bens é posteriormente registrado no Banco Central. Os ativos intangíveis, como marcas e patentes podem ser utilizados para a capitalização das empresas, desde que sejam avaliados por especialistas”, detalha.
Outras formas de investimento, que possuem taxações específicas, como o recente aumento de 2% para 4% sobre o IOF, são os investimentos em Ações, Fundos de Renda Fixa, outros fundos, em valores mobiliários ou dos instrumentos financeiros disponíveis para brasileiros residentes no mercado financeiro e no de capitais. Além disso, a Resolução nº 2.689 do CMN (Conselho Monetário Nacional) permite que os investidores domiciliados no exterior invistam em todos os valores mobiliários ou dos instrumentos financeiros disponíveis para residentes brasileiros e também para adquirir o controle acionário de uma companhia aberta.
Apesar de todo esse cenário positivo de investimentos asiáticos na economia brasileira, ainda faltam profissionais da área jurídica que possam orientar as empresas nacionais e chinesas a conduzir todos os contratos oriundos desse mercado em ascensão. Pensando nesse nicho, os advogados da Guedes Nunes, Oliveira e Roquim Sociedade de Advogados (Gnor) saíram à frente e prestam uma ampla consultoria jurídica Empresarial e em Relações Internacionais. Inclusive, os profissionais da Gnor foram em “missão” para Ásia em novembro do ano passado, com objetivo de visitar clientes ativos na área de comércio exterior, infraestrutura e tecnologia na China e na Coréia do Sul e formalizar acordo de parceria com a HeJun Consulting, a mais prestigiada firma de consultoria chinesa, com sede em Beijing, e o Itaim Banco de Negócios - IBN, para assessorar clientes brasileiros com interesses na China e clientes chineses com interesses no Brasil. O encontro, de acordo com Marcelo Guedes Nunes, foi positivo e importante para estreitar os investimentos asiáticos no mercado brasileiro.

* Marcelo Guedes Nunes é advogado graduado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). É mestre e doutorando em Direito Comercial pela mesma Universidade. Associado-fundador do Instituto de Direito Societário Aplicado (IDSA). Atua nas áreas de Contencioso Comercial e Empresarial em geral, com atuação nos mais diversos tipos de ações e procedimentos judiciais, inclusive Contencioso Societário, envolvendo companhias participantes do Mercado de Capitais e arbitragem.

Guedes Nunes, Oliveira e Roquim Sociedade de Advogados é formada por profissionais renomados e especializados, oferecendo soluções jurídicas eficientes e inovadoras, voltadas ao atendimento de clientes corporativos. O escritório foi criado para servir de alternativa aos clientes que buscam no mercado a seriedade e qualidade técnica na prestação dos serviços de assessoria jurídica, aliados à exclusividade no tratamento, que se pauta pela disponibilidade dos sócios e pela presteza na apresentação de resultados. O escritório atua das principais áreas do Direito Empresarial e Público, contando com mais de 40 profissionais em harmonia com os valores que inspiraram a concepção do escritório: honestidade, excelência e parceria. O escritório também valoriza a atuação social do empresário e a parceria de associações com entidades do terceiro setor que desenvolvem projetos de relevância para a sociedade brasileira. Com o objetivo de colaborar para o desenvolvimento socioeconômico do País, o escritório também incentiva o serviço pro bono, sem fins lucrativos, destinado a entidades comprovadamente desprovidas de recursos financeiros.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

ESTADO NUTRICIONAL DE IDOSOS HOSPITALIZADOS É TEMA DE PESQUISA

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2011 19:59:00

Equipe de nutrição do São Cristóvão Saúde avalia o papel dos profissionais da área em relação à recuperação do estado nutricional dos idosos internados e quanto isso interfere em sua alta e em novas internações

Com o objetivo de identificar se há relação entre o estado nutricional de pacientes da terceira idade com o tempo de internação, reinternação e óbitos em hospitais privados, uma equipe de nutricionistas do São Cristóvão Saúde realizou um estudo com 186 idosos que estavam hospitalizados entre os meses de maio a julho deste ano.
Segundo Fátima Corradini, supervisora de gastronomia e nutrição do São Cristóvão Saúde e uma das pesquisadoras, os grupos de pacientes foram submetidos à avaliação nutricional para identificar o quanto essa recuperação interfere em sua alta e em reinternações futuras. A literatura usada como base aponta que idosos com risco nutricional ou desnutridos evoluem com a piora do quadro clínico geral. “Estudamos dois grupos hospitalizados, sendo um eutróficos (bem nutridos) e o outro em risco nutricional e notamos que a realidade condiz com o material teórico. O resultado nos mostrou que é importante o acompanhamento nutricional na recuperação dos internados e que o nutricionista é o profissional mais preparado para acompanhar e intervir na evolução do quadro”, afirma.
Os dados da pesquisa apontam que o grupo de pacientes eutróficos tem os melhores índices de tempo de internação (9 dias em média), menos ocorrência de óbitos (5,4%) e de reinternação (7,6%). Os pacientes considerados em risco nutricional passam mais dias internados (12,6), têm mais chances de óbito (25,5%) e de reinternação (26,6%).
A nutricionista comenta ainda que a manutenção do estado nutricional é importante para a recuperação da saúde dos pacientes internados, já que pode atenuar mudanças decorrentes do envelhecimento e favorecer o sistema imunológico. “Embora não haja relação entre a desnutrição e a permanência no hospital, pacientes desnutridos tendem a ser submetidos a internações mais prolongadas e até mesmo ter algum tipo de complicação em seu quadro clínico”, explica.
Por isso, a identificação precoce e a intervenção desses fatores podem representar benefícios no desfecho clínico, com redução de custos e do tempo de internação, redução das taxas de morbidade e mortalidade, evolução clínica favorável e melhora na qualidade de vida. “Ressaltamos a importância do profissional de nutrição em acompanhar a evolução de seus pacientes e interferir de forma positiva na sua melhora”, esclarece Fátima.

São Cristóvão Saúde - Administrado pela Associação de Beneficência e Filantropia São Cristóvão, o grupo São Cristóvão Saúde é constituído pelo Hospital e Maternidade, Plano de Saúde e Hotel Recanto São Cristóvão, instalado em Campos do Jordão. Tradicional no atendimento aos moradores da Zona Leste paulistana, o São Cristóvão Saúde completa 100 anos, em 2011, e vem promovendo uma grande modernização em sua estrutura de atendimento, investindo em equipamentos, tecnologia da informação e profissionais qualificados. Atualmente, o Hospital e a Maternidade São Cristóvão contam com 220 leitos, além do Centro Ambulatorial que realiza, diariamente, mais de mil consultas, proporcionando qualidade assistencial ao Plano de Saúde.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

ESCREVER BEM É A PROPOSTA DE CURSO EM SP

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2011 19:58:00

Mais do que redigir sem cometer erros de Português, as aulas do curso de Redação e Estilo abordam aquilo que profissionais de comunicação buscam: escrever bem. A próxima turma será no dia 29 de janeiro.

Uma série de exercícios é realizada previamente. Em sala de aula, a ministrante Mariana Duccini transmite o conteúdo com base não apenas em seu amplo conhecimento, mas também nos erros e acertos da própria turma.

Quando
29 de janeiro
Pré-curso via web. Aula presencial: sábado, de 9h a 18h.

Onde
Aceesp
Avenida Paulista, 807 / 9° andar - cj 904
São PauloSP

Ministrante
Mariana Duccini, professora do curso de pós-graduação da Universidade de Mogi das Cruzes, SP (UMC)

Página do curso
http://www.escoladecomunicacao.com.br/conteudo/teor.asp?id_curso=1027

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

PROJETO GURI ABRE INSCRIÇÕES PARA O SEU PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2011 19:55:00

Bolsas, cujos valores podem chegar até a 45 mil reais, são destinadas a ex-alunos que desejam continuar seus estudos em instituições do Brasil ou do exterior. Inscrições a partir de 10 de janeiro no site www.projetoguri.org.br.

Com o objetivo de incentivar ex-alunos que desejam continuar seus estudos na música, a Associação Amigos do Projeto Guri (AAPG), organização social ligada à Secretaria de Estado da Cultura, criou em 2010 o Programa de Bolsas de Estudo.
A primeira edição do programa selecionou 13 ex-guris que contaram, por um período de até um ano, com o apoio da organização para realizarem seus estudos em diversas instituições de ensino musical. Entre os destinos estão escolas como o Conservatório de Tatuí, a Academia Nacional de Música Pancho Vladigerov (Bulgária) e o Conservatório del Liceu de Barcelona (Espanha), entre outros.
A partir de 10 de janeiro, a organização abre processo seletivo para a segunda edição deste programa. Podem se inscrever ex-alunos, com idades entre 16 e 22 anos, que tenham freqüentado as atividades do Projeto Guri entre os anos de 2005 e 2010, por um período mínimo de 18 meses consecutivos.
As bolsas de estudo podem chegar até a 45 mil reais por candidato, valor que deve ser destinado a despesas com cursos no Brasil ou no exterior, com duração de até 12 meses, além de moradia, alimentação, transporte, material didático e papelaria, acessórios musicais, despesas pessoais e atividades pedagógicas e artísticas.
As inscrições vão de 10 de janeiro a 31 de março. Regulamento, mais informações e formulário de inscrição no site www.projetoguri.org.br.

GURIS DE DESTAQUE
A história de Anna Murakawa, ex-aluna do Projeto Guri, foi um dos exemplos que inspirou a criação do Programa de Bolsas de Estudos. Anna teve o primeiro contato com o ensino musical no Projeto Guri quando adolescente, deu continuidade ao curso em outras instituições e foi selecionada para estudar na Bulgária. Com o apoio da AAPG, que custeou passagens aéreas, seguros e despesas da estadia no país de destino, a ex-guri foi uma das primeiras a serem beneficiadas por esta iniciativa, fazendo parte também, da primeira turma de bolsistas do Programa. Nasceu assim a proposta da AAPG de criar um Programa de Bolsas de Estudos para que ex-alunos pudessem concretizar o sonho de se aprofundarem em seus conhecimentos musicais.
A principal fonte de recursos do programa são os colaboradores da categoria “pessoa física”, que podem contribuir com doações mensais a partir de 20 reais. Todo o recurso obtido é destinado ao fundo e o número de bolsas de estudos concedidas é sempre proporcional ao saldo disponível. Portanto, quanto maior a colaboração advinda das doações, maior será o número de ex-guris contemplados. Para contribuir basta entrar em contato com a área de Mobilização de Recursos da organização pelos tels. (11) 3862-3323 e 3874-3357.
Os colaboradores ou os interessados em incentivar o programa podem conhecer os perfis dos bolsistas de 2010 e acompanhar o dia a dia desses jovens talentos da música no “Blog dos Bolsistas”: http://bolsistasdoprojetoguri.wordpress.com. O blog, gerenciado pela equipe de comunicação da AAPG, traz vídeos, fotos e relatos dos próprios bolsistas sobre seus estudos, participações em shows, histórias de quando eram guris e reflexões sobre diversas questões musicais, entre outros. Além disto, reúne as principais informações sobre como se tornar um colaborador e apresenta a “Rádio dos Bolsitas”, uma rádio online produzida pela AAPG com repertório indicado e escolhido pelos próprios jovens.

SOBRE A AAPG
A Associação Amigos do Projeto Guri (AAPG), organização social de cultura, administra desde 2004 o Projeto Guri em convênio com a Secretaria de Estado da Cultura. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. A missão da AAPG é promover, com excelência, a educação musical e a prática coletiva de música, tendo em vista o desenvolvimento humano de gerações em formação.
Idealizado pela Secretaria de Estado da Cultura, o Projeto Guri é o principal projeto da AAPG e existe desde 1995. O Guri é um projeto socioeducativo que oferece continuamente, nos períodos de contra-turno escolar, cursos de iniciação e teoria musical, coral e instrumentos de cordas, madeiras, sopro e percussão. Atualmente o Projeto Guri realiza 52 mil atendimentos em 310 municípios do Estado de São Paulo. Qualificada como organização social de cultura pelo Governo de São Paulo, a AAPG conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas.
Visite o site www.projetoguri.org.br ou entre em contato com Mobilização de Recursos pelos tels. (11) 3862-3323 e 3874-3357.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

GABI DIEHL - A MAIS JOVEM ESCRITORA DO PAÍS TRAZ TRILOGIA SOBRE LITERATURA FANTÁSTICA

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2011 19:54:00


Com apenas 17 anos, Gabi Diehl é a mais nova escritora brasileira. Lançou sua primeira obra na Bienal do Livro, em 2009, ‘As Bruxas de Westfield’, o primeiro livro da trilogia. A escritora oferece, através da literatura fantástica, uma história baseada em elementos da fantasia juvenil, fictícios e repletos de mágica e mistério.

O segundo livro da trilogia, “As Bruxas de Westfield e o Reino Desconhecido”, já está finalizado e, em pouco tempo, será lançado. Gabi Diehl se inspira em grandes nomes da literatura, como Agatha Christie, J. K. Rowling, entre outros.

Sua história: Com apenas oito anos de idade, Gabi Diehl começou a adquirir gosto pela leitura durante o período em que viveu nos Estados Unidos. Nesta época, ganhou um concurso na escola Chapel Trail Elementary School, em Pembroke Pines, na Flórida, com o conto “A Princesa e o Dragão”. A partir daí, não parou de escrever e pesquisar sobre elementos sobrenaturais. Ao completar 13 anos de idade, iniciou sua primeira trilogia, ‘As Bruxas de Westfiel’, lançado no ano passado.

Sobre o livro: Mortes sem explicações começam a alterar o cotidiano da pacata cidade de Westfield. Um grupo de adolescentes decifra uma lógica por trás das mortes e defronta pela primeira vez em suas vidas com a magia. Quando estão definitivamente envolvidos com toda essa trama, descobrem que já é tarde demais para se arrepender e voltar atrás. Só resta uma alternativa: colocar suas vidas em risco diante do desconhecido. Nesta áurea de magia e aventura, talvez nem todos daquele grupo irão sobreviver.

GABI DIEHL

A mais nova escritora brasileira, Gabi Diehl, com apenas 16 anos, lançou sua primeira obra, ‘ As Bruxas de Westfield’, na Bienal do Livro, em 2009. O segundo livro da trilogia, ‘As Bruxas de Westfield e o Reino Desconhecido’ já esta finalizado, e em pouco tempo será lançado. Suas obras são baseadas na literatura fantástica, e envolvem elementos sobrenaturais e fictícios, trazendo aos leitores muito mistério e magia.
http://www.gabrieladiehl.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

EDITORA LEYA BRASIL ANUNCIA O LANÇAMENTO DE DUAS OBRAS DE CARLOS NEJAR

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2011 19:52:00

História da Literatura Brasileira é lançada pela editora LeYa Brasil

A Editora LeYa Brasil lança a nova edição, revista e ampliada, da “História da Literatura Brasileira”, escrita por Carlos Nejar, membro da Academia Brasileira de Letras. Resultado de um criterioso trabalho de pesquisa, o livro tem alcance abrangente, indo de Pero Vaz e Caminha – cuja “carta fundadora” dá nome ao primeiro capítulo - até autores contemporâneos.
A nova versão da obra traz quatro novos capítulos, que abordam a ficção produzida na década de 1960; a obra de Ariano Suassuna; uma síntese dos autores teatrais, dos primórdios até “a sombra prodigiosa de Nelson Rodrigues”, e nomes representativos da poesia brasileira nas décadas de 1960 e 1970. Assim, o leitor tem acesso a uma história completa e atual, em que figuram ícones como Machado de Assis, Carlos Drummond de Andrade, Manoel Bandeira, e também os autores das gerações seguintes, como Moacyr Scliar, Adélia Prado, Raduã Nasssar e Paulo Leminski. Completam o volume observações, um texto sobre ensaístas, memorialistas, críticos, tradutores; extensa bibliografia e um índice onosmático.
“História da Literatura Brasileira” segue as tradicionais classificações que agrupam a produção literária em períodos como romantismo, realismo, naturalismo e modernismo. Entretanto, Carlos Nejar concentra seu foco antes no escritor mais que nos gêneros ou nas escolas literárias. Sendo ele também ficcionista e poeta, além de crítico e tradutor, acredita que sua condição de escritor faz de sua “História da Literatura Brasileira” uma obra singular exatamente por tratar-se de um autor analisando outros autores, alguém que conhece intimamente a dinâmica da produção artística.
Carlos Nejar, imortal que ocupa a cadeira quatro da ABL, lançou em 2007 a primeira versão de “História da Literatura Brasileira”, cuja análise ia até a década de 1960. Esta nova edição inclui nomes já consagrados como Rubem Fonseca, João Ubaldo Ribeiro, Nélida Piñon, Silviano Santiago, Lya Luft, além de poetas José Carlos Capinam, Olga Savary e Bruno Tolentino. Também inclui a dramaturgia e seus expoentes, compreendendo que esta produção tem um lugar de destaque na cultural nacional.
Ficha Técnica
Título: História da Literatura Brasileira
Autor: Carlos Nejar
Formato: 16 x 23 cm
Capa Dura
Nº de páginas: 1104
Preço: R$ 99,90

“Os viventes”, de Carlos Nejar, chega às livrarias pela Editora LeYa Brasil


O escritor e imortal Carlos Nejar lança o livro “Os viventes”. Publicado pela primeira vez em 1979, a obra ganha nova edição pela Editora LeYa Brasil com 300 novas “criaturas poemas”, como define o autor.
O poeta Carlos Drummond de Andrade afirmou, à época da primeira edição: “É obra que, sucedendo ao canto anterior e antecipando o canto que continuará extraindo de sua mina poética, nos dá um belo exemplo de permanência e invenção contínua”. Palavras proféticas, pois Nejar afirma que voltou à redação dos “viventes” logo após a publicação do livro, adicionando personagens e tópicos.
Novos capítulos foram criados, como “A casa dos nomes”, morada dos entes familiares e íntimos do autor; “A arca da aliança”, onde habitam personagens do Velho e do Novo Testamento; ou ainda “Entre o bem e o mal: baldeações”, em que mitos como Sísifo e Narciso coabitam com figuras históricas como Napoleão Bonaparte, e criaturas da arte como os bufões de Velásquez e as figuras de Goya. Fazendo uso do sentido original da palavra, de que “vivente é tudo o que tem fôlego, sopro de vida”, Carlos Nejar criou também o “Livro das bestas e insetos”.
Nestes poemas, Nejar não expressa apenas sua profunda afeição pelos seres reais e imaginários, mas procura resgatar, de cada um, a essência tantas vezes esquecida ou menosprezada. Para o poeta, todas as criaturas estão de alguma forma unidas, pois “não há pátria/a quem ama”. Produz assim uma obra única no panorama da poesia contemporânea brasileira, pela multiplicidade de vozes que apresenta, construindo a um só tempo um mosaico amplo, diverso e coeso. Abaixo, trechos de algumas “criaturas poemas”:


“E ao se derreter no Sol a cera,
não pude mais conter a humanidade
que foi caindo junto. Nem se espera
da ambição mais que o breve tempo há de
arder no tempo e se mostrar perempto.
E por erguer-me além, cegou-me o vento”.
(Ícaro)

“Cortei a minha orelha,
para não cortar o tempo.
Para não cortar o grito
de minha cara. Para
não cortar a grama
sobre a tumba, que, hoje,
cresce. Para que possa
entrar no Reino, com
ouvidos novos. Um deles era
gasto e queria delirar
além de minha vontade
e eu cortei. Cortarei
sempre que algo me impedir
a obra que se desvairou
de alma.”

(A orelha de Van Gogh)


Ficha Técnica
Título: Os viventes
Autor: Carlos Nejar
Formato: 14 x 21 cm
Brochura
Nº de páginas: 560
Preço: R$ 69,90

Sobre o autor
Carlos Nejar, membro da Academia Brasileira de Letras e da Academia Brasileira de Filosofia. É considerado um dos 37 escritores chaves do século, no período compreendido de 1890-1990, segundo o crítico suíço Gustav Siebenmann. É autor de marcantes livros, dentre eles, História da Literatura Brasileira. Recebeu vários prêmios como o Machado de Assis para o melhor romance (Riopampa) de 2000, da Fundação da Biblioteca Nacional. Por três vezes foi premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte/APCA. Participou como jurado dos prêmios Camões e Casa das Américas.

Sobre a editora
A LeYa nasceu em Portugal, em janeiro de 2008, como empresa holding na qual se integram algumas das mais prestigiadas editoras nacionais e duas das mais bem-sucedidas editoras africanas. Compõem a LeYa as seguintes editoras: ASA, Caderno, Caminho, Casa das Letras, Dom Quixote, Estrela Polar, Gailivro, Livros d'Hoje, Lua de Papel, Ndjira (Moçambique), Nova Gaia, Nzila (Angola), Oceanos, Oficina do Livro, Quinta Essência, Sebenta, Teorema e Texto. A força destas marcas e a qualidade do que produzem, aliada aos objetivos ambiciosos e à dinâmica de grupo, fazem da LeYa uma empresa forte e coesa nos seus objetivos gerais e diversa nos seus programas editoriais.
Para mais informações entre em contato em SP com Cátia Rejane catiarejane@belemcom.com.br , Andrea Jocys andrea@belemcom.com.br ou Regina Buffolo regina@belemcom.com.br no (11) 2769 3806 e no RJ com Kátia Carneiro katia@belemcom.com.br (21) 2555 8918.

A Belém Com é fundadora da Rede Brasileira de Gestão
de Imagem, formada por empresas de comunicação
especializadas e que atendem a poucos e selecionados clientes.

Por: Regina Buffolo
www.belemcom.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

CONVITE PARA A 4ª E ÚLTIMA MESA-REDONDA SOBRE CARLOS PENA E SUA OBRA

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/01/2011 19:50:00

Confira a programação da 4ª e última mesa-redonda sobre Carlos Pena e sua obra, a ser realizada na próxima quarta-feira, dia 12 de janeiro de 2011, às 19 horas, no Santander Cultural.

Clique: http://omundocircundante.blogspot.com

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lançamento do Livro: De trivela e Sem Firula: cenas de amor, futebol e outras histórias da Jornalista Suleima Senna

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2010 14:28:00

De trivela e sem firula: cenas de amor, futebol e outras histórias
Autora: Suleima Senna*





























































O livro De trivela e sem firula: cenas de amor, futebol e outras histórias de autoria da escritora e jornalista *Suleima Senna, é uma narrativa alegre, divertida e emocionada sobre ícones esportivos do Brasil, dividido em várias crônicas, onde estão contextualizados momentos marcantes da história do país.
Para amantes do futebol, uma ótima oportunidade histórica para saborear as crônicas escritas por Suleima, pois a obra é uma releitura de celebração de temporadas vibrantes de títulos, gols, clássicos e bastidores dos grandes clubes.

Descrição de erros e acertos de lendários jogadores como Pelé, Rivelino, Beijoca etc., e outros profissionais que fazem parte do cenário esportivo nacional, levando o leitor a raciocinar junto com a autora.

Para quem não gosta de futebol, é uma leitura agradável e altamente informativa. Em crônicas como O Tempo das paixões, ou A casa da memória o leitor pode conferir detalhes sobre a Bossa Nova, João Gilberto, Elvis Presley, ou Pixinguinha, nos cenários da bucólica Salvador, e da cosmopolita São Paulo.


Um livro moderno e nascido no ventre de um Brasil sempre em movimento no esporte, na música e nas paixões. Passando “Do radinho de pilha ao twitter 24 horas”, ou olhando “Por detrás dos bigodes do Rezinho do Parque”, os personagens se revelam em seu lado mais humano e verdadeiro, ou seja, sem firulas. Mas com cenas de amor, futebol e outras histórias.

Sobre a autora:
Suleima Senna é graduada em Jornalismo, com especialização em Jornalismo Esportivo. Iniciou sua carreira na Bahia, em 2004.
Apaixonada por futebol, na Bahia, Suleima Senna, foi à primeira mulher a apresentar um programa de esportes no Estado.
Atualmente radicada em São Paulo, a Jornalista é a apresentadora do programa Contos da Bola.
A autora desenvolve pesquisas sobre o esporte mais popular do mundo desde sua graduação, com centenas de horas de entrevistas com grandes personalidades do mundo esportivo, como jogadores, cronistas e comentaristas de rádio e TV.

Prefaciante: *
*Flávio Prado é comentarista da Rádio Jovem Pan, onde apresenta os programas "Jovem Pan no Mundo da Bola" e "Comentarista de Plantão". É apresentador da TV Gazeta, no programa "Mesa Redonda".

SERVIÇO
Lançamento da Obra Literária:
De trivela e sem firula: cenas de amor, futebol e outras histórias
Autora: Suleima Senna*
Complementos Básicos da Ficha Técnica
Formato 14x21
120 paginasi
ISBN 504.633
valor R$ 28,00

Site e Portal Oficial:
www.suleimasennacom.br
www.boleirasfc.com.br
Twitter
@suleimasenna


Edição, Diagramação, Publicação e Distribuição:
Por: Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!
imprensa@revistazap.org

Com Informações:
Maria Emilia Genovesi
Escritora/ Assessoria/ Produtora Cultural
GIRARDI REPRESENTAÇÕES LTDA
Departamento de Comunicação (Jornalismo)
Telefones para Contatos: (11) 2362.9959 e (11) 9997.4230

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

CONVITES - 02 Eventos - E você é Convidado - a. Ateliê da Imagem Dia 15/12 e b. Museu Histórico de SC - início: 10/12

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2010 09:06:00

Com Informações Por Mario Capelluto

AGENDA CULTURAL


Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Dez presos em operação policial na Favela Mandela são liberados por falta de provas

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2010 08:16:00

Por: Ana Claudia Costa
O GLOBO

Dez homens detidos na operação da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) na Favela Mandela, no Complexo de Manguinhos, foram liberados após averiguação na delegacia. Segundo a polícia, os detidos não possuíam mandado de prisão e não foram presos em flagrante, por isso foram liberados.

Entre os detidos estava Carlos Eduardo de Pinho Queiroz, o Chininha, que foi preso em 2007 por tráfico de drogas e estava em liberdade. Segundo o delegado adjunto da DRFA, Fábio Ferreira, ele confessou que já morou na Vila Cruzeiro, mas em depoimento negou que tenha fugido da favela no momento da ocupação policial. Ele alegou para a polícia que era viciado e já morava há um tempo em Manguinhos. ( Fotogaleria: As imagens da operação )

Na ação, foram apreendidos uma escopeta calibre 12, munição calibre 762, maconha, crack, cheirinho da loló, além de duas motocicletas roubadas. Na chegada dos policiais à favela, houve intenso tiroteio na comunidade entre policiais que estavam no helicóptero Águia e bandidos. Cerca de 50 policiais participaram da ação.

Na quinta-feira, um cabo da Polícia Militar foi preso durante uma operação conjunta da Subsecretaria de Inteligência, Polícia Civil e Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Rio nas favelas de Antares e do Rola, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. A ação também tinha como objetivo encontrar traficantes que fugiram do Complexo do Alemão e desarticular a quadrilha que atua nas comunidades.

A polícia tem feito operações pontuais para prender criminosos que fugiram dos complexos da Penha e do Alemão após a ocupação das comunidades.

Na terça-feira, agentes conseguiram prender o traficante Tiago Augusto dos Santos, o Tiaguinho do Complexo , de 27 anos, que estava foragido do Alemão. Segundo as investigações, o acusado era responsável pela lavagem de dinheiro da quadrilha que atua no conjunto de favelas.

No mesmo dia, Edson Ventapane da Silva, o Mãozinha, de 36 anos, foi preso na casa de uma tia, mãe de um cabo da Polícia Militar. Na semana passada, foi a vez do irmão dele, Emerson Ventapane da Silva, o Mão .

O traficante Gleber Pessoa Goulart, o Fofito , de 37 anos, gerente do tráfico na Cidade Alta, uma das comunidades do Complexo do Alemão, e o segurança dele, Paulo Roberto Oliveira da Silva, de 30, também foram presos em Angra dos Reis e transferidos para um presídio do Rio.

Da Redação Revista zaP!

Com Informações:

Ana Claudia Costa

O Globo RJ - Departamento de Comunicação

Para imagens e acesso direto aos links citados na reportagem de Ana Claudia Costa, Basta acessar a Página Fonte (de origem) pelo Link:


Dez presos pela polícia em favela no Rio são soltos por falta de provas Jornal O Globo

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Presidente Lula em formatura do TOPA - Bahia, uma referência nacional na alfabetização de alunos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2010 07:45:00

Presidente Lula na formatura dos alunos do programa Todos Pela Alfabetização (TOPA).

Foto: ricardo Stuckert/PR



































É para Heloísas, Andrés e Franciscas – alunos formandos do programa Todos pela Alfabetização (Topa) – que vale a pena governar, que faz com a tarefa de ser presidente da República seja prazerosa e não difícil. Foi com emoção que o presidente Lula fez essa declaração, nesta sexta-feira (10/12), em Salvador, na cerimônia de formatura de 291.682 alunos do Topa. Na ocasião, estavam presentes mil alunos, representando os demais formandos da terceira etapa do programa.

Para o presidente, o [programa Topa, resultado de parceria entre o governo da Bahia e o governo federal, é uma referência nacional e provavelmente o melhor programa de alfabetização de adultos do Brasil e, quem sabe, do mundo. Ao ministro da Educação, Fernando Haddad, Lula fez o pedido que, caso continue ministro de Estado no governo Dilma, “apesar de não saber se será”, que ele se dedique a uma viagem ao interior da Bahia para que o programa Topa possa ser replicado e para que prefeitos sejam sensibilizados. Sem o total comprometimento dos prefeitos, disse Lula, será impossível extinguir o analfabetismo.

- “Os prefeitos precisam participar. A gente não consegue acabar com o analfabetismo sem eles. Não importa se é de partido de direita ou de esquerda. O ser humano, quando está motivado, é tocado por uma ideologia chamada paixão, chamada coração.”

Leia abaixo a íntegra do discurso do presidente Lula.

E foi exatamente essa “paixão” que fez com que o ex-metalúrgico, sem diploma universitário, ao lado do empresário, também sem diploma universitário – Lula e o vice-presidente José Alencar – entrassem para a história como os que mais “construíram” universidades e escolas técnicas. Foi observando o pai Aristides, que morreu analfabeto, que o presidente Lula passou a enxergar a importância da educação. E é com a sensação de dever cumprido que Lula diz deixar a Presidência da República no dia 31 de dezembro.

“Valeu a pena governar esse pais. Não é difícil governar esse país, quando a gente sabe de que lado a gente está, quem são as prioridades. Para mim foi gostoso fazer as coisas que pude fazer, fiz com a alma e com o coração. A gente governa não apenas com a sabedoria da cabeça, mas a gente governa com a sabedoria do coração. Saio feliz.”

Instituído em 2007, o Topa – que faz parte do Programa Brasil Alfabetizado – atende pessoas na faixa etária acima de 15 anos que não tiveram acesso à escolaridade. Incluindo os atuais formandos, o Topa já alfabetizou 751,7 mil pessoas e possui, ainda, outros 185.260 alunos em sala de aula.

Já o Brasil Alfabetizado, voltado para a alfabetização de jovens, adultos e idosos, está presente em todo o território nacional, com atendimento prioritário aos 1.928 municípios que apresentam taxa de analfabetismo igual ou superior a 25%. Desse total, 90% estão na região Nordeste. Criado em 2003, o programa atendeu mais de 12 milhões de alfabetizandos, alcançando cerca de 4 mil municípios.


Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!

Com Informações:

Blog do Planalto

Blog do Planalto

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Convite Especial - Academia Marginal de Letras NESTE SABADO! Por Claudia Gomes

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2010 06:27:00

Último Ensaio do ano!

Nesta edição da AML:

Mu Chebabi, Mano Melo, Jean Cândido, Marco Lyrio, Isa Blue, Joni Lammas, Mama Giuly Sil Hendges, Banda Minha Terra (do Daniel Novik!), Lena Moraes, Alexandre Blasifera Tarcisio Perna Angela e SARAU ARTÍSTICO! Venha se apresentar com a gente!


















































- "Depois do sarau nós sairemos do CCZM e vamos tomar uma cervejinha e uma sopa quentinha na Dona Dalva. - Quem vem?"

Neste sabado 11 de dezembro de 2010
No Centro Cultural Zezé Motta / Tavares Bastos - Catete / RJ
Ás 18h
ENTRADA FRANCA

Siga: http://silencio-poetasensaiando.blogspot.com/
Nos adicione: Evento Ensaios II
Página no Facebook: Academia Marginal de Letras

Edição, Diagramação, Publicação e Divulgação:
Por: Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!
imprensa@revistazap.org

Com Informações:

Claudia Gomes.
Se7e Ar7es Produções
Departamento de Comunicação
http://mariazinhaemversoeprosa.blogspot.com
http://poesiaaosgritos.blogspot.com



Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Femina Arte no Lira da Vila é Hoje! Por Regina Tieko

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/12/2010 06:18:00

Devido à recepção carinhosa e participativa, o O Femina Arte volta ao Lira da Vila

Dia 11 de dezembro às 20 horas: Sarau, espaço aberto para manifestações diversas. Traga a sua expressão, solte a voz, interfira!

O Femina Arte tem por proposta buscar a sensibilidade de mulheres e homens que gestam, acalentam e acreditam num mundo onde a arte deva estar ao alcance de todos, na sua expressão mais democrática: a que busca um olhar humanitário e solidário. O reducionismo sexual e a violência não precisam funcionar como pricipais atrativos para a expressão artística ( embora sejam garantia de platéia ou audiência). A arte não é apenas um produto, mas o principal meio refinamento da expressão humana. Apareça, dê o seu recado, compartilhe!


-"E o que o ser humano mais aspira é tornar-se ser humano." Clarisse Lispector.


R Major Sertório 450, Vila Buarque - São Paulo
Bar do André- Restaurante Estrela do Sabor

*Se você não quiser mais receber essas mensagens retorne essa com a palavra remover na linha de assunto.
Encontro de Utopias/Femina Arte: 97172176


Edição, Diagramação, Publicação e Divulgação:
Por: Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!
imprensa@revistazap.org

Com Informações:

Regina Tieko - Encontro Utopias

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Exposição Maria 2000 e amigos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 23:46:00

Comentários (1)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

É AMANHÃ! ELLEN GRACIE RECEBE MÉRITO FARROUPILHA

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 23:41:00

ELLEN GRACIE RECEBE MEDALHA
DO MÉRITO FARROUPILHA NESTA SEXTA-FEIRA (12)

Além de ser agraciada com a maior distinção do parlamento gaúcho, a ministra do STF estará em Porto Alegre para a conferência magna de encerramento do XXI Simpósio Nacional de Estudos Tributários

A Ministra do Supremo Tribunal Federal Ellen Gracie Northfleet, jurista homenageada no XXI Simpósio Nacional de Estudos Tributários, receberá a Medalha de Mérito Farroupilha, maior distinção do parlamento gaúcho, nesta sexta-feira (12), às 11h, em uma solenidade na Assembleia Legislativa, por proposição do presidente da Assembleia, Deputado Giovani Cherini.
O XXI Simpósio Nacional de Estudos Tributários ocorre até esta sexta-feira no auditório Romildo Bolzan, do TCE, em Porto Alegre. Ellen Gracie fará a conferência magna de encerramento do evento abordando o tema A Federação e o Poder Judiciário: A Suprema Corte como Árbitro do Federalismo.

O encontro é uma realização da Academia Brasileira de Direito Tributário, do Instituto Municipalizar, da Villela Consultoria, da CDP, do Colégio Notarial e do Colégio Registral, contando com a participação de 122 instituições do Poder Público e da Sociedade Civil Organizada. Maiores informações no site www.municipalizar.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Scrap Tour Internacional trará 4 designers internacionais ao país

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 23:37:00

SCRAP SAMPA REALIZA SCRAP TOUR INTERNACIONAL

EVENTO CONTARÁ COM 4 RENOMADAS DESIGNERS INTERNACIONAIS


A Scrap Sampa realizará nos dias 27 e 28 de novembro, no São Paulo Center, em São Paulo, a 1º edição do Scrap Tour Internacional – evento que reunirá 4 consagradas artistas internacionais que darão aulas exclusivas aos participantes.

Estarão no Brasil, as renomadas designers – Adrienne Looman – artista americana que hoje faz parte do design team da marca americana Prima Marketing, Carolyn Peeler – artista e coordenadora do Design Team da Melissa Frances e Ginger John e Laura Funk - proprietárias e coordenadoras da marca Glitz Design.

O evento tem um formato inovador já que nos dois dias de realização os participantes farão 9 projetos, 3 de cada designer, em salas de aulas simultâneas, o que permite um contato único entre professor e aluno.

Os eventos promovidos pela Scrap Sampa são conhecidos pela excelência em organização e inovação. As empresas interessadas em patrocinar o evento podem conhecer mais sobre o evento, com Bruna no fone: 11.55429870.


Sobre Scrap Sampa

Consagrada pela sua vocação como fomentadora do mercado de scrapbooking no Brasil, a Scrap Sampa é hoje a maior e mais tradicional loja de produtos para scrapbooking do Brasil.

Reunindo num espaço de 600 m² as principais tendências do mercado, comercializando produtos e lançamentos nacionais e internacionais de scrapbook, a loja oferece cerca de 30.000 itens das principais marcas mundiais e nacionais como plotters de corte digital, furadores, papéis, adesivos, ferramentas, álbuns, acessórios e organizadores ideais para o desenvolvimento dos mais variados projetos e álbuns decorados.

No início deste ano, a loja inaugurou uma nova ala e com isso, ampliou o espaço destinado ao scrapbooking. Com essa expansão, a empresa amplia seu portfolio de serviços, passando a oferecer estúdio fotográfico comandado pela fotógrafa Priscila Azul, espaço fotopresentes em parceria com a Digipix e o espaço Goodies onde poderão ser encontrados todos os produtos como carimbos e chipboards da marca.

A empresa também inaugurou um espaço destinado a decoração de bolos onde serão comercializados os renomados produtos da marca Wilton.

Atendendo com excelência seu consumidor, a loja conta com uma equipe altamente qualificada de designers que estão sempre aprimorando seus conhecimentos em eventos no Brasil e no exterior. Com o compromisso de oferecer projetos exclusivos e diferenciados com o que há demais moderno e atual, esses profissionais administram aulas e cursos ensinando o consumidor a montar o seu projeto, criando recordações personalizadas.

Scrap Sampa

http://www.scrapsampa.com.br

Av. Vereador José Diniz, 3226
Campo Belo – São Paulo
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h00 Sábado das 9h00 às 14h00.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Como funciona a vida em condomínio?

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 23:34:00

Morar em condomínios de prédios ou casas exige regras rígidas, principalmente quando o assunto é segurança

Será que existe uma vida diferente para aqueles que moram em condomínios residenciais? Um dos maiores prédios residenciais de São Paulo, o Copan, situado no centro da cidade, possui mais de 2mil moradores. Mas, como lidar com as regras impostas em conjunto pelos condôminos?

“Morar em prédios exige que todos estejam de acordo com as normas, principalmente as de segurança.”, afirma o especialista em condomínios, Jorge Margueiro, da GS Terceirização. Segundo o gerente de condômino, Rick Oliveira, deve existir o entrosamento com síndicos e moradores.

A diferença de convivência está ligada a dois tipos de áreas: privativas e comuns, que se referem a corredores, salão de festas, elevadores e escadarias, “A forma de utilização de locais de uso exclusivo, deve respeitar as decisões votadas pelo direito da vizinhança e as normas gerais de comportamento.”, declara Margueiro.

Para qualificar o trabalho de segurança, dentro das regras estipuladas pelas normas da assembléia gerais, muitos síndicos optam por pessoal treinado, “Hoje vejo a importância de ter uma equipe treinada de zeladoria, limpeza e portaria, pronta para resolver qualquer situação que por ventura venha acontecer.”, detalha Oliveira.

No último ano, a GS Terceirização registrou aumento de 35% na demanda por contratação de profissionais nas áreas de auxiliares de limpeza, porteiros e ajudantes gerais, “Os candidatos passam por um rigoroso treinamento preparatório, com testes situacionais e são instruídos a ter boa convivência com os moradores. Quando há uma boa comunicação entre moradores e funcionários, as chances de maior segurança e serviços bem executados são maiores. Mas, apesar de um relacionamento, os condôminos devem evitar intimidades com esses profissionais, como por exemplo, deixá-los adentrar em suas casas, entre outras atitudes.”, fala o especialista.

Além de treinado e qualificado o colaborador deve ter uma boa relação com o síndico, que passará todas as normas estipulas em convenção, entre os moradores, para que a convivência seja tranquila e saudável. “Essa é uma boa forma de fazer, com que todos estejam de acordo no lugar em que vivem.”, finalizada Jorge Margueiro.

Para mais informações acesso o site:
www.gsterceirizacao.com.br

As regras do condomínio devem ser
estipuladas pelos moradores e síndicos



Da Redação Revista zaP!

Com Informações:

Euracy Campos
da es.ti.lo Press

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

AUTORIDADE MUNDIAL EM DIREITO TRIBUTÁRIO FALA EM PORTO ALEGRE

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 23:30:00

AUTORIDADE MUNDIAL EM DIREITO TRIBUTÁRIO FALA EM PORTO ALEGRE
Palestra do mexicano Manuel Tron será nesta sexta-feira no XXI Simpósio Nacional de Estudos Tributários. O evento está sendo realizado no Auditório Romildo Bolzan, do Tribunal de Contas do Estado


O mexicano Manuel Tron, presidente da International Fiscal Association (IFA), entidade mundial do Direito Tributário responsável pela análise dos tratados de Comércio Exterior do EUA, estará em Porto Alegre participando do XXI Simpósio Nacional de Estudos Tributários. Tron falará, nesta sexta-feira (12), às 10h30min, sobre a IFA e O Direito Tributário Internacional, onde mostrará os maiores cases de reforma tributária que ocorreram no mundo.

Atuando nas áreas de Imposto de Renda, Tributação Federal e Fusões Transfronteiriças e Aquisições, Tron é considerado um dos maiores tributaristas em atividade na atualidade. Além da IFA, o mexicano também é reconhecido por seu trabalho na Câmara Americana de Comércio do México e Associação Nacional de Especialistas Fiscais.

O XXI Simpósio Nacional de Estudos Tributários reunirá 36 palestrantes de oito Estados brasileiros e ocorre até esta sexta-feira (12), no Auditório Romildo Bolzan do Tribunal de Contas do Estado (Rua Sete de Setembro, 388).

Realizam o Simpósio a Academia Brasileira de Direito Tributário, o Instituto Municipalizar, a Villela Consultoria, a CDP, o Colégio Notarial e o Colégio Registral, contando com a participação de 122 instituições do Poder Público e da Sociedade Civil Organizada. Maiores informações no site www.municipalizar.com.br



Da Redação Revista zaP!

Com Informações:

Valeria Pereira

da

Camejo Comunicação

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Centro Cultural São Paulo recebe Mário Cappi com seu projeto solo

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 23:27:00

MDM, projeto do guitarrista do Hurtmold, apresenta seu rock experimental, misturando Jazz, Punk, Rock e Funk

MDM, projeto solo de Mario Cappi, guitarrista do Hurtmold, apresenta seu álbum homônimo de estreia. São oito faixas que encontram no rock experimental a base para o flerte com uma série de outros estilos musicais. Estão ali ingredientes extraídos do jazz, funk, punk rock, música africana e MPB, que se unem em uma sonoridade atípica, que transita entre o experimentalismo dos trabalhos de Mário e um groove próprio.


Mario leva para música o modo de trabalho com as artes plásticas. A música parece surgir de uma tela branca, que recebe os instrumentos por camadas, desenhando texturas, ora mais suaves, como um leve dedilhar de guitarra ou o colorido de uma percussão, ora mais intensas, se apossando de efeitos e vozes distorcidas, ou até a mesmo da soma de todas essas ferramentas.


“Bandit”, música que abre o disco, é um bom cartão de visitas. A faixa vai se delineando a partir de uma frase quase tímida de guitarra. O instrumento se impõe, e acompanhado da bateria de Maurício Takara (parceiro de Hurtmold), conduz a música para um cenário dançante, que se completa com a aplicação de uma linha contínua de efeitos, em um momento de quase tensão que encontra no suingue seu ponto final.


Em “Pra mim já era”, outro lado do disco vem à tona. Além da flauta e dos efeitos de Mário, há a utilização de ruídos de K7 conduzidos por Marcelo Camelo, que também toca guitarra na faixa, o que imprime uma estética Lo-fi ao disco, incorporando a baixa qualidade da velha fitinha como elemento sonoro. Nas vozes distorcidas da música, o próprio Marcelo.


As parcerias e contribuições dos convidados são parte importante do processo criativo que concebeu o disco. Mário compunha as músicas e convidava amigos e músicos que admira para as gravações, que ocorriam em sua casa e na casa dos convidados. Mas não há apenas a execução de suas idéias, todos tinham total liberdade para imprimir sua marca, em uma releitura. De certo modo, Mário terminou de compor suas músicas após as sessões com os convidados, ao mixar as faixas em estúdio. O disco se torna ainda mais rico com a utilização de uma série de instrumentos como marimbas, teclados, trompetes, entre outros.


No palco, o MDM é um quarteto formado por Mário Cappi, Fernando Cappi, Richard Ribeiro e André Calvente. O disco foi lançando pelo selo independente Submarine Records.

MDM
1 – Bandit
2 – Soporos
3 – Cores voltando
4 – Malhuco
5 – Mundoente
6 – Mascote
7 – Sol sobre a cabeça
8 – Pra mim já era


Ficha Técnica:
Baterias: M.Takara, Fernando Seixlack, Fernando Cappi, Miguel Gerez, Richard Ribeiro, Flavio Cavichioli
Guitarras: MDM, Fernando Cappi, Marcelo Camelo, Rafael Crespo
Violão: MDM
Teclados: Guilherme Granado, Fernando Cappi
Marimbas: Fernando Cappi, Guilherme Granado
Vibrafone: Guilherme Granado
Baixos: Marcos Gerez, André Calvente
Vozes: MDM, Fernando Cappi, Marcelo Camelo
Trompete: MDM
Flauta: MDM
Percussão: Rogério Martins, MDM
Clarone: Rogério Martins
Samplers: Fernando Cappi
Masterizado por Fernando Sanches no Estudio El Rocha, em São Paulo.
Preço sugerido: R$ 5,00


Da Redação Revista zaP!

Com Informações:

Cartaz Comunicação
Leandro Matulja/ Letícia Zioni/ Sandra Calvi

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

São Luiz do Paraitinga lança projeto cultural

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 23:25:00

Calçadão Cultural ocorre em um dos pontos mais visitados da cidade












































Foto Divulgação - AD Comunicação & Marketing

Começa no próximo dia 12 de novembro e segue até 19 de dezembro, sempre as sextas, sábados e domingos, a nova iniciativa cultural da Prefeitura de São Luiz do Paraitinga, o Calçadão Cultural. Com os objetivos de entreter os visitantes e dar visibilidade aos artistas da região, o projeto oferece arte, cultura e informação gratuitas no calçadão da praça central da cidade.

Dentre as atrações do evento, destaque para a discotecagem, que traz músicas e gravações de artistas locais, e os shows ao vivo, espaço aberto para manifestações artísticas diversas e espontâneas, como música, contação de histórias, poesias, performances dramáticas e entrevistas.

A programação inicia sempre às 22h de sexta feira, com uma seresta que parte do coreto e percorre o centro histórico da cidade, continua aos sábados das 11h às 20h, e se encerra aos domingos, quando o público pode curtir as apresentações das 11h às 17h30.

Da Redação Revista zaP!

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Amanhã é dia de combate ao Diabetes no Poupatempo

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 23:21:00

Unidades de Itaquera e Santo Amaro, na capital, terão testes de glicemia e orientações gratuitamente


Os Postos do Poupatempo Santo Amaro e Itaquera, na capital, realizam amanhã, 12 de novembro, uma Campanha de Prevenção ao Diabetes, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

Na Praça Laranja das duas Unidades, serão realizados gratuitamente exames de glicemia, orientações nutricionais e esclarecimento de dúvidas sobre a doença e sobre os serviços de saúde adequados ao tratamento.

No Poupatempo Itaquera, que fica na Av. do Contorno, 60, ao lado da Estação Corinthians-Itaquera do Metrô, a Campanha vai acontecer durante o horário de atendimento do Posto, das 7 às 19 horas.

Já em Santo Amaro, a Campanha será realizada das 9 às 16 horas. O Posto fica na Rua Amador Bueno, 176/258, próximo ao Largo Treze de maio.

Da Redação Revista zaP!

Com Informações:

Assessoria de Comunicação do Poupatempo

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Nutricionista esclarece diferença entre o leite integral, o semidesnatado e o desnatado

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 00:17:00

Além de gostoso, prático e saudável, o leite é um alimento com um balanço nutricional único: contêm proteínas, carboidratos e minerais. Mas a grande variedade e a quantidade de produtos nas gôndolas dos supermercados pode confundir o consumidor.

Segundo a nutricionista Ana Beatriz Barrella, da consultoria RG Nutri, cada tipo de leite procura atender, da melhor maneira possível, as necessidades de uma categoria específica de consumidores. - "A grande diferença entre a composição nutricional dos três tipos de leite - integral, semidesnatado e desnatado - é a redução parcial da gordura", explica Ana Beatriz.

Ainda de acordo com a profissional, em relação aos outros nutrientes, nota-se que apesar de ter uma redução de gordura, o leite semidesnatado mantém as mesmas quantidades de nutrientes e minerais, principalmente o cálcio, além de manter a mesma quantidade de proteínas, mantendo a qualidade nutricional do leite. Assim, o leite semidesnatado é uma boa opção para quem aprecia o sabor original da bebida e se preocupa em manter uma alimentação rica em nutrientes, porém com atenção ao consumo de gorduras. - "Ao optar pelo semidesnatado o consumidor garante uma redução significativa da ingestão de gorduras totais de aproximadamente 50%, mas mantém a quantidade de vitaminas e cálcio oferecida pelo integral", acrescenta.

No entanto, a nutricionista alerta que o leite integral é importante principalmente para crianças e adolescentes, já que a gordura é um nutriente fundamental para o bom funcionamento do corpo e, se consumida dentro das quantidades recomendadas, desempenha diversas funções como: prover energia, manter a temperatura corporal constante, proteger os órgãos vitais, facilitar a absorção das vitaminas e promover o esvaziamento lento do estômago, garantindo maior saciedade.

Da Redação Revista zaP!

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

ATENÇÃO: POSTOS POUPATEMPO NÃO FUNCIONAM NO FERIADO DE 15 DE NOVEMBRO

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 00:15:00

São Paulo, 10 de novembro de 2010
ATENÇÃO: POSTOS POUPATEMPO NÃO FUNCIONAM NO
FERIADO DE 15 DE NOVEMBRO

Os Postos Poupatempo Fixos e Móveis que atendem na Capital, Grande São
Paulo e Interior, bem como o Disque Poupatempo, não funcionarão na
segunda-feira, 15 de novembro, feriado nacional.

Na terça-feira, 16 de novembro, todos os Postos Poupatempo Fixos e Móveis e o
serviço de teleatendimento voltam a atender normalmente, em seus horários
habituais.

Os endereços dos postos Fixos, os roteiros das Unidades Móveis e todos os
horários de funcionamento podem ser consultados no site do Poupatempo
(www.poupatempo.sp.gov.br) ou através do Disque Poupatempo 0800 772 36 33
– ligação gratuita.

Informações Por:
Assessoria de Comunicação do Poupatempo: (11) 3456 8844 / 8851

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

CONCURSO PÚBLICO - BARRA MANSA - RJ - inscrições prorrogadas até 22 de novembro

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 00:12:00

CÂMARA MUNICIPAL DE BARRA MANSA - RJ

Inscrições prorrogadas até 22 de novembro

A Câmara Municipal de Barra Mansa, no Rio de Janeiro, está com inscrições abertas para concurso público que vai preencher vagas imediatas de nível fundamental, médio e superior.

Ao todo, são 31 vagas imediatas, com remuneração entre R$ R$ 540,00 a R$ 1.800,00. A taxa de inscrição é de R$ 30,00 para nível fundamental, R$ 50,00 para o nível médio, e R$ 70,00 para o superior.

Entre os cargos estão Auxiliar de Assessoria de Imprensa, Auxiliar de Serviços Gerais, Contabilista de Controle Interno, Oficial Administrativo e Telefonista.

As inscrições podem ser feitas, via internet, pelo site www.aocp.com.br, até o dia 22 de novembro de 2010.

Serviço:
CONCURSO PÚBLICO

CÂMARA MUNICIPAL DE BARRA MANSA - RJ

Data e local de prova: a prova será aplicada na data provável de 05/12/2010, em horário e local a ser informado por meio de edital que será disponibilizado no endereço eletrônico www.aocp.com.br.

Inscrições: até o dia 22 de novembro – por meio do site www.aocp.com.br.

Taxas de inscrição: R$ 30,00 para nível fundamental e R$ 50,00 para o nível médio e R$ 70,00 para o superior.

Informações: (44) 3344-4222

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Leis que desafogam o judiciário são destaque em Congresso da Anoreg-BR

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 00:11:00

Processo de desjudicialização é um dos temas do XII Congresso Nacional de Direito Notarial e de Registro, entre os dias 15 e 18 de novembro, em João Pessoa

Nos últimos seis anos, o Congresso Nacional aprovou diversas leis que ajudaram a desafogar o Judiciário e, como consequência, facilitaram a vida do cidadão. Serviços simples, como retificar um erro em uma certidão, ou assuntos mais delicados, como as separações e divórcios, passaram a ser atribuições dos cartórios extrajudiciais. Essas mudanças garantiram à população mais agilidade nos serviços e contribuíram para que milhares de processos deixassem de passar pelos fóruns e juizados do país.

Mais conhecido como Desjudicialização, o fenômeno será um dos temas do XII Congresso Nacional de Direito Notarial e de Registro, em João Pessoa. Entre os dias 15 e 18 de novembro, renomados profissionais de Direito nacional se reúnem com notários, registradores, ministros, juízes e desembargadores para debater diversos temas que envolvem reflexões jurídicas e acadêmicas. Tudo para melhorar cada vez mais a vida da população brasileira.

Conheça algumas das leis que ajudaram a desafogar o Judiciário:

12.133/10- Acelerou o processo de habilitação para o casamento, acabando com a passagem pelo judiciário
No caso da habilitação para o casamento, antes o processo podia levar até 60 dias. Quinze deles era destinado á publicação dos proclamas, cinco para a anuência do Ministério Público e depois dependia da tramitação no Judiciário. Em função da quantidade de processos que tramitavam nos fóruns, a data do casamento acabava sendo incerta. A lei diminuiu esse tempo em cerca de 30 dias. Hoje não há mais o aval do juiz.

11.441/07 – Permitiu que o divórcio, inventário, separação e partilha fosse feito diretamente nos cartórios
Antes da aprovação da 11.441, o processo de uma separação amigável, por exemplo, levava em média dois meses. Já com a nova lei, ele pode ser feita no mesmo dia. Em casos de inventários sem bens envolvidos, o procedimento, que levava meses, passou a ser feito em cinco dias. Em inventários onde existem bens, o procedimento é realizado em 15 dias, contra meses pelo modelo anterior.

Além disso, em julho, com a publicação da Emenda Constitucional nº66 e a extinção da separação, também é possível se divorciar em até cinco dias, se não houver partilha de bens. Se tiver, é preciso fazer o inventário e, aí, o processo todo pode chegar a 45 dias. (antes era preciso esperar dois anos da separação para só depois pedir o divórcio)

12.100/09 – Permitiu a retificação de erros nos registros de nascimento, casamento, diretamente nos cartórios

Não só erros como esses podem ser corrigidos através da nova legislação. Ela permite ainda a alteração de nomes que trazem constrangimento, por exemplo. Para isso, o interessado precisa se dirigir ao cartório em que foi efetuado o registro para solicitar a mudança. O oficial de registro civil enviará o pedido ao Ministério Público que, em cinco dias, despachará com manifestação conclusiva. Com o pedido aceito, será averbado no cartório o erro ou a alteração do nome.

11.790/08 – Permitiu o registro de nascimento tardio diretamente nos cartórios
Hoje, basta apresentar duas testemunhas para ter direito a retirar o registro diretamente no cartório, no mesmo dia. No caso das crianças, as testemunhas devem ser os pais, mas se não estiverem vivos, podem ser levados os irmãos. Na falta deles, pode testemunhar qualquer pessoa capaz de atestar que o interessado na nova certidão está dizendo a verdade.

Antes da nova lei, qualquer família que deixasse de registrar seu filho no prazo de até 15 dias após o nascimento precisava de uma autorização judicial para fazê-lo. Os pais da criança precisavam apresentar testemunhas, esperar correr um processo e obter a aprovação de um juiz. A tarefa se tornava difícil nos pequenos municípios do interior do Brasil, onde a falta de registro de nascimento é maior e onde também, muitas vezes, não há juiz.


Confira a programação completa:

16 de novembro (terça-feira)

10 horas
“A função pública exercida por titular de delegação é garantidora da segurança jurídica dos atos e negócios realizados" - Prof. Celso Antonio Bandeira de Mello - advogado
11 horas
"A atividade notário-registral como hiperextensão do poder estatal pacificador" - Prof. Clèmerson Merlin Clève - advogado
15 horas
“A natureza jurídica dos serviços notariais e de registro" - Prof. Maurício Zockun - advogado
16 horas
"A atuação do notário e do registrador no processo de desjudicialização" - Prof. Marcelo Figueiredo- advogado



17 de novembro (quarta-feira)

10 horas
“Regime tributário aplicável ao tabelião e oficial de registro" - Sandra Demardi - advogada
11 horas “As novas legislações e seus reflexos na atividade notarial e registral” - Prof. Rodrigo Toscano de Brito - advogado
15 horas
“A atividade notarial e de registro frente à atuação do Código de Defesa do Consumidor” - Prof. Frederico Viegas de Lima - advogado
16 horas
“O direito ambiental e atividade notarial e registral" - Prof. Paulo Roberto Pereira de Souza- advogado e Prof. Paraguasú Éleres – advogado

18 de novembro (quinta-feira)

10 horas “A função social dos notários e registradores na defesa dos cidadãos” - Prof. Romeu Felipe Bacellar - advogado
11 horas Função institucional-política da Anoreg-BR na defesa dos serviços notariais e de registro" - Prof. Antenor Madruga - advogado



SERVIÇO

Dia: 15 e 18/11 (segunda a quinta-feira)
Local: Hotel Tambaú
Endereço: Av. Almirante Tamandaré, 229 - Tambaú | João Pessoa - Paraíba

Da Redação Revista zaP!

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Engenheiros brasileiros discutem os desafios da categoria para o desenvolvimento sustentável

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 00:10:00

O IV Eco São Paulo vai debater temas ambientais como: veículos elétricos, nanotecnologia na agricultura e energia

Profissionais do desenvolvimento por excelência, engenheiros se reúnem em São Paulo, entre os dias 17 e 19 de novembro, para propor iniciativas sustentáveis no contexto do aquecimento econômico brasileiro. Com vistas à realização de grandes obras de infraestrutura para a Copa de 2014 e Olimpíadas 2016, além da exploração das camadas pré-sal, o desafio da categoria é ainda maior no sentido de considerar aspectos sustentáveis em seus projetos. A análise e discussão desse cenário é o objetivo do IV Eco São Paulo 2010, ciclo de debates promovido anualmente pelo Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo (SEESP), em parceria com a Federação Nacional dos Engenheiros (FNE).

Tendo como base o documento “Cresce Brasil Engenharia Desenvolvimento”, elaborado por especialistas de diversas áreas da engenharia nacional, novas soluções serão discutidas e apresentadas. O centro da discussão é ampliar o crescimento econômico do país sem comprometer os recursos para as gerações futuras.

“Como percebemos, cada vez mais o tema sustentabilidade ambiental vem sendo sedimentado na cultura brasileira. Foi tema dos presidenciáveis e é tema no mundo inteiro. E o mais importante é mostrar que crescimento e preservação ambiental não são ideias antagônicas. A engenharia pode ajudar muito na busca desse ideal sustentável”, garante o presidente da Federação Nacional dos Engenheiros, Murilo Pinheiro.

Veículos Elétricos
A tecnologia de veículos elétricos está se desenvolvendo a passos largos. Já existem modelos sendo comercializados e a tendência é que esse número aumente ainda mais com melhoria da tecnologia e a massificação de seu consumo. No entanto, os principais gargalos para que os veículos elétricos estejam cada vez mais presentes nas ruas das cidades são os ainda altos custos de produção e a criação de infraestrutura que atenda às novas formas de abastecimento.
“Atualmente, o custo de um veículo elétrico, sem impostos, é o dobro de um veículo convencional. A justificativa disso é o custo da bateria. A bateria é o principal desafio técnico a ser vencido”, elucida Celso Novais, da Coordenação-Geral Brasileira do Projeto Veículo Elétrico da Usina de Itaipu.

Nanotecnologia na Agricultura
Em um país em que o agronegócio tem grande importância como o Brasil, a nanotecnologia pode ser um grande diferencial se aplicado devidamente à agricultura. No entanto, os recursos para pesquisa e desenvolvimento nessa área ainda são recentes e escassos. Um dos benefícios da aplicação da nanotecnologia na agricultura é o aumento da produção em uma mesma área cultivada, sem a necessidade de expansão territorial. Além da eficiência no plantio, a tecnologia pode ajudar na melhoria dos produtos agrícolas.

Na Embrapa, por exemplo, são desenvolvidos revestimentos comestíveis e embalagens inteligentes que são aplicados em frutos e hortaliças diretamente, aumentando o seu tempo de vida e garantindo qualidade e higiene. “Esses benefícios serão observados do ponto de vista econômico, social e ambiental, o que certamente terá reflexo na qualidade de vida da população, só basta esforço e interesse no assunto”, explica Cauê de Oliveira, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Sobre o Eco-SP - Resultado do Eco-Vale, realizado por quatro anos na cidade de Taubaté para discutir as questões ambientais da região do Vale do Paraíba, o Eco-SP firma-se como importante fórum de debate na busca de soluções para uma sociedade sustentável e justa.

Serviço
IV Eco São Paulo
Data: 17 a 19 de novembro de 2009
Local: Novotel São Paulo Center Norte
(Av. Zaki Narchi, 500 – Vila Gulherme – São Paulo)

Inscrições e informações:
www.ecovale-seesp.com.br

Da Redação Revista zaP!

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

10º Seminário de Comunicação Institucional

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 00:08:00


Sistema Confea/Crea promove a 10ª edição do
Seminário de Comunicação Institucional

Durante dois dias, 16 e 17 de novembro dezenas de profissionais participarão do evento. Inscrições abertas.

Pelo décimo ano consecutivo o Sistema Confea/Crea promove o Seminário de Comunicação Institucional. Programação discute a gestão em comunicação pública, o direito do cidadão e as novas tecnologias para a comunicação integrada.
LOCAL: Auditório do Confea - SEPN 508, Bloco B - Asa Norte - Brasília, DF.

Programação
16 DE NOVEMBRO - TERÇA-FEIRA

10h - Mesa de Abertura
Marcos Túlio de Melo - presidente do Confea; Jonas Dantas - Coordenador do Colégio de Presidentes; René Bayma - Coordenador do Colégio de Entidades Nacionais; José Wellington Costa - Presidente da Mútua e José Augusto Viana Neto - coordenador do Fórum de Conselhos de Fiscalizações Profissionais Regulamentadas e presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis SP - 2ª Região.

10h30 - Conferência de abertura: Comunicação Pública na Gestão da Sustentabilidade
Prof. Dra. Margarida Kunsch - USP - Doutora em Ciência da Comunicação.

11h20 - Debates
12h30 - Almoço livre

14h - Informação Pública - Direito do Cidadão
Rodrigo Baena - Assessor de Imprensa Internacional e Relações Públicas da Secom-PR;
Mário Vinícius Spinelli - Secretário de Prevenção à Corrupção e Informações Estratégicas da CGU - Controladoria Geral da União;
Aristóteles dos Santos - Presidente da Associação Nacional dos Ouvidores Públicos - Ouvidoria da Anatel
Prof. Luiz Martins - Faculdade de Comunicação - Universidade de Brasília UnB

15h - Debates
15h45 - Café

16h - Comunicação Integrada e Construção da Imagem Institucional (Jornalismo, Publicidade, Relações Públicas e Marketing)
João Alberto Ianhez - presidente do Conselho Federal de Profissionais de Relações Públicas;
Suzana Tatagiba - Membro da Comissão Nacional de Ética da Federação Nacional dos Jornalistas - Fenaj;
Inácio Muzzi - Diretor do Grupo CDN Brasília
17h às 18h - Debates

17 DE NOVEMBRO - QUARTA-FEIRA

9h - Mídia das Fontes: um novo ator no cenário jornalístico brasileiro
Francisco Sant'anna - doutor em Comunicação e jornalista da TV Senado;
Getsemane Luiz da Silva - diretor da TV Câmara;
Joyce Maria Magalhães Russi - coordenador geral de comunicação social do STF.

10h - debates

11h - Internet - as redes sociais e o novo perfil da comunicação institucional (interna/externa)
Gisele Maciel - profissional de comunicação institucional multimeios - Petrobrás;
Alberto Luchetti - diretor geral da All TV
Daniel Resende Rocha - 90 Graus
14h - Diretrizes para um Plano de Comunicação Integrada do Sistema Confea/Crea
Membros do Conselho de Comunicação e Marketing
- Apresentação do Planejamento de Comunicação 2011
- Interfaces com Creas, Mútua e Entidades

15h30 - Café
15h45 - Debates

17h - Encerramento
Inscrições gratuitas até o dia 10/11 pelo email acom@confea.org.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A música na formação dos alunos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 00:07:00

A Música no currículo da Escola Viva

A partir de 2011, todas as escolas brasileiras serão obrigadas a ensinar Música para os alunos da Educação Básica, como prevê a lei 11.769. Há 33 anos mantendo um currículo voltado para o desenvolvimento das diferentes linguagens - música, artes visuais, corpo e meio ambiente, entre outras -, a Escola Viva, na zona sul da capital, é hoje uma das poucas escolas privadas de São Paulo que não precisará alterar ou adequar o currículo para cumprir a nova lei.
Nesta escola, os alunos adquirem, já na educação infantil e 1º ano, um repertório amplo na linguagem musical. Quando ingressam no 2º ano do Ensino Fundamental, o trabalho com música é intensificado, avaliado e incorporado transversalmente ao eixo temático que abrange as demais disciplinas, proporcionando o desenvolvimento das habilidades e do conteúdo proposto. Em cada série, há um professor especialista de música que propicia atividades de apreciação, contextualização e prática, promovendo uma formação ampla e integrativa dos alunos.
Pulsação é o conteúdo central trabalhado nas aulas de Música do 2º ano. O principal objetivo é sensibilizar o aluno e solidificar o conceito. "Quando os alunos estão brincando, pulando corda, estão trabalhando a pulsação. Durante estes momentos, procuramos conceitualizar", diz a professora de música do 3º ano, Mariana Borges Anacleto.

Este trabalho percorre os anos subsequentes, mas as ferramentas utilizadas passam a ser outras. "Quando estão no 4° ano, por exemplo, este conteúdo é trabalhado em forma de jogos de mãos, latas, copos e sequências rítmicas executadas com instrumentos de percussão", conta Gisele Pires Milani, professora de música desta série. No 5° ano, com uma experiência musical já adquirida, os alunos da Escola Viva percorrem o maracatu, o samba, o baião e outros ritmos de nossa cultura popular, com a prática de instrumentos de percussão. Ao mesmo tempo que compreendem as estruturas rítmicas destas manifestações, constroem instrumentos de percussão utilizando galões de água, canos de PVC e outros materiais do cotidiano.

Os sons presentes no cotidiano fazem parte do estudo de percepção auditiva desenvolvido no 3° ano. Os alunos partem para a exploração da "Paisagem sonora" (termo usado pelo músico Murray Schafer) que os cercam. Os sons da rua, da natureza, de uma obra ou da Escola saem de seu entorno e se transformam em composições musicais. "Como a ´água´ é um conteúdo importante do eixo temático que norteia as demais disciplinas desta série, aproveitamos para explorar os sons que podem advir do elemento", conta Mariana. Segundo ela, explorar e descobrir os sons é um grande exercício de percepção musical. "Juntamos potes de vidro, de plástico, panelas e outros objetos que, com diferentes quantidades de água e com a interferência de objetos - colher, pedra e outros -, produzem uma variedade de sons, a partir das distintas formas de propagação", diz Mariana. "Se o aluno jogar a pedra na água bem de perto, terá uma sonoridade diferente do que se jogar de distância maior", explica.

Exploração dos sons - Musica no currículo (vídeo)

A apreciação musical é um outro momento garantido em todas as séries, pois, segundo Gisele, além de ampliar o repertório musical e desenvolver um ouvido crítico e ativo, é um forte instrumento para que os alunos desenvolvam uma postura de ouvinte. "É importante perceberem que, para ouvir com propriedade, são necessários o silêncio, a atenção e disponibilidade. Este exercício é levado para outros contextos, não se limitando apenas às atividades na área de música", diz a professora.

A notação musical também aparece no planejamento, a partir da necessidade de registro de composições e de compreensão da música como uma linguagem universal. Na Escola Viva, esse processo se inicia com a utilização de uma simbologia livre. "São criadas estratégias com símbolos, muitas vezes inventados pelos alunos, que os orientam na formatação de um registro próprio", conta Mariana. Já no 4°ano, com a introdução da prática instrumental de flauta doce no currículo, os alunos vão compreendendo as convenções de altura (sons mais agudos e mais graves) e de ritmo (elemento musical ligado à duração do som) presentes na escrita formal. "Percebem, por exemplo, que as notas grafadas mais acima (na pauta) são notas mais agudas, enquanto que as grafadas mais abaixo, são notas mais graves", diz Gisele. Aos poucos, vão decifrando os códigos, um a um.


A produção do registro musical (vídeo)

"Podemos dizer que, ao investirmos na compreensão da linguagem musical e de seus códigos, além de estarmos buscando a ampliação do universo cultural do aluno, estamos investindo também no desenvolvimento das suas estruturas de pensamento", finaliza a professora Gisele Milani.


Da Redação Revista zaP!

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Prefeitura abre inscrições para curso de Mosaico com material reciclável

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 00:05:00

Curso formará alunos para atuarem como multiplicadores da técnica do mosaico promovendo a conscientização e proteção ambiental

A Prefeitura de São Bernardo do Campo, por meio da Secretaria de Gestão Ambiental, está com inscrições abertas até o dia 15 de novembro para o curso Mosaico, a arte do lixo. No total estão disponíveis 20 vagas e, para participar, é necessário ter acima de 15 anos. O curso tem carga horária total de 24 horas e será oferecido duas vezes por semana, das 9h às 12h, na Sociedade Amigos de Bairro do Jardim Jussara. As aulas têm início no dia 19 de novembro e vão até 14 de dezembro.

Além de ensinar a técnica do mosaico por meio da reciclagem e da reutilização dos resíduos da construção civil, como restos de azulejo, vidros, peças cerâmicas, entre outros, o curso tem como objetivo formar multiplicadores para a disseminação da conscientização e da proteção ambiental.

Durante as aulas, os participantes aprenderão sobre a reconstituição de paisagens naturais dentro do cenário devastado ou modificado pelas construções, com aulas práticas e teóricas que terão como conteúdo História do Mosaico, Elaboração e Transferência de Desenhos, Familiarização com a Técnica e a Produção de Pequenos Objetos, Aplicação de Técnicas em Larga Escala, Aproveitamento de Material Reciclável e Criação Artística e Histórica.

Os interessados podem se inscrever na Sociedade Amigos de Bairro do Jardim Jussara (Estrada do Vergueiro, 286, Jardim Jussara) ou na Secretaria de Gestão Ambiental (Rua Jacquey, 61, Rudge Ramos). Informações pelo telefone 4367-6404 ou 4367-6371.

Da Redação Revista zaP!

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Plano estratégico eficiente alia revisões periódicas de processos com envolvimento do capital humano

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 00:03:00

Escolhas de mercado equivocadas e a falta de conhecimento sobre os concorrentes podem afetar a perpetuação do negócio

A competitividade cada vez mais acirrada e a percepção de que é preciso alinhar a equipe em torno de objetivos comuns são os principais motivadores para a implantação de um plano estratégico. A falta de meta, a ausência de resultados e de diretrizes do que será feito e de onde se quer chegar indicam a necessidade de redesenhar a gestão da empresa. A análise é de Valdivo Begali*, consultor de empresas, fundador da Cia de Planejamento e autor do livro “Trabalho de Equipe, Como Revolucionar Sua Empresa” (Juruá Editora). Para ele, o plano estratégico é a “trama” da organização, capaz de definir os rumos, os resultados e as recompensas corporativas.

Segundo o consultor, não implementar um plano estratégico pode afetar o negócio de diversas formas. A mais comum é a organização não conhecer os produtos e as práticas dos seus concorrentes, deixando de aprender com eles. Outra situação é não compreender e não acompanhar como a necessidade ou desejo do cliente evolui, perdendo o timing para criar novas soluções. Entretanto, pela sua experiência, o pior caso é quando a companhia insiste em uma escolha equivocada.

“Vivenciei situações em que, quanto mais a companhia procurava crescer, mais subiam seus prejuízos, porque sua tecnologia não lhe permitia concorrer no segmento de mercado que estava inserida. Em outro exemplo, a empresa estava exageradamente alavancada e os juros que pagava aos bancos consumiam seu lucro. No fundo, trabalhava de graça, já que ao final do mês não sobrava nada, apesar de seus gestores e colaboradores lutarem para serem eficientes”, explica.

Felizmente, os empresários têm valorizado a adoção de metodologias estratégias que possam garantir a perpetuação do negócio. Com isso, o papel do gestor de RH passou a ganhar importância. Para Begali, no desenvolvimento do plano estratégico o capital humano é tão importante quanto qualquer outro recurso, seja material ou tecnológico, já que ações elaboradas em consenso e por meio do trabalho de equipe eliminam os atritos comuns entre o setor de RH e o pessoal operacional. “A trama acaba sendo de todos e aí temos a grande vantagem do alinhamento do time em torno de metas e projetos compartilhados”, completa.

Na metodologia criada por Begali uma das vantagens é que, ao desenvolver o plano estratégico com a equipe, a empresa aproveita o conhecimento de seus funcionários, cujo tempo está à disposição gratuitamente. Isso torna o custo do projeto mais barato em relação à metodologia da consultoria tradicional, que aloca consultores externos para realizar levantamentos, entrevistas e análises.

De acordo com Begali, a mobilização da equipe começa antes que o planejamento seja iniciado. No começo, é comum a iniciativa tornar alguns membros da equipe receosos, pois pensam que se trata de mais um disfarce para corte de pessoal. Mas logo todos se dão conta de que o processo é outro, que objetiva decidir os rumos da empresa. “O receio se transforma em empolgação quando nas últimas etapas do planejamento são discutidos pela equipe os critérios de recompensa ou premiação pelos resultados que forem alcançados. A recompensa é o fecho da trama, é o que a torna legítima e atraente”, afirma.

Para que o plano seja implantado é necessário que se crie um processo de acompanhamento de sua evolução, com revisões periódicas, inicialmente semanais e, depois, com intervalos maiores quando a equipe já tiver conquistado confiança, os projetos e programas tiverem se tornado realidade e os resultados evidentes. Essas revisões precisam ter como foco os obstáculos que estejam dificultando o avanço e as decisões de como removê-los. “A implantação requer disciplina e persistência por parte dos gestores. Mas a recompensa vislumbrada compensa o esforço de todos”, diz.

O consultor enfatiza que no ambiente corporativo dos dias atuais nenhuma empresa sobreviverá sem uma revisão estratégica periódica. Isso se dá porque os atores do mercado estão a todo o momento em busca de eficiência para seduzir a maior quantidade possível de clientes, em detrimento de seus concorrentes.

Na prática

Para uma empresa de pequeno ou médio porte o projeto de elaboração de um plano estratégico dura de dois a três meses. Na metodologia elaborada por Begali o primeiro passo é a realização de uma reunião preparatória. Depois são realizados quatro workshops com a equipe, um a cada duas semanas. “Esse intervalo é necessário para que seja possível executar algumas tarefas que são encomendadas e, também, para que certos insights que ocorrem durante o projeto amadureçam, ganhem nitidez. Esses insights mexem com as convicções da equipe, criando pontos de inflexão, tornando as escolhas evidentes e necessárias”.

Quanto mais política é a organização, maior será o número de consensos que precisam ser construídos fora das reuniões. No extremo oposto temos a empresa que possui um líder forte e admirado. Nesse caso, os consensos são construídos em torno de suas opiniões, sem grande dificuldade, durante os encontros.

“Nossa metodologia leva a equipe a um alinhamento notável, congregando os modelos mentais individuais em torno de metas e projetos claros e valiosos. A regra geral para superar barreiras é a maioria expor seus argumentos de maneira sincera à minoria, processo esse que tem funcionado muito bem em 100% dos casos. Como a trama da empresa tem que ser propriedade da equipe, o processo decisório durante os workshops é o consenso, isto é, não se vota. Voto é coisa da democracia, pois não há outra maneira para multidões decidir. Mas na empresa o voto não é necessário porque o grupo de “eleitores” é pequeno, o que torna o uso da argumentação plenamente adequado para se alcançar os resultados necessários e com uma qualidade muito melhor daqueles obtidos pelo voto. Sem falar que no processo decisório por consenso você gera compromisso verdadeiro com a trama criada”, ensina.

Benefícios

As mudanças dentro da empresa começam a ocorrer já durante o planejamento e as vantagens surgem rapidamente. O consultor afirma que um dos subprodutos mais apreciados pelos clientes é a melhoria do entrosamento da equipe, do clima e, ainda, da qualidade de vida resultante do menor estresse nas relações de trabalho. A camaradagem e a tolerância aumentam, especialmente porque crescem a confiança e o interesse, outras duas questões-chave para que exista o trabalho em equipe em qualquer organização.

“Embora os benefícios gerados pela revisão estratégica variem de situação para situação, temos tido casos em que o projeto se pagou em questão de meses. Um exemplo de retorno muito rápido foi de uma empresa que conseguiu aumentar em 12% suas vendas, por meio de uma melhor cobertura geográfica, com aumento desprezível de custos. Tivemos outro caso em que uma organização conseguiu liberar um andar inteiro que usava em uma avenida de primeira linha em São Paulo”, exemplifica. Essas ocorrências são muito comuns porque, como já comprovado por pesquisas, as organizações acumulam ineficiências com o passar do tempo. “Por isso é vital que as empresas se submetam periodicamente a revisões estratégicas conduzidas por profissionais independentes”, defende.

Metodologia

A metodologia do consultor, trazida da Universidade Columbia, contempla cinco etapas: na primeira é feita a análise e revisão de aspectos institucionais da empresa – como missão, valores, visão e objetivos estratégicos de longo prazo. Depois são analisadas as condições internas da companhia – como tecnologia, competitividade de seus recursos humanos, adequação de sua infraestrutura, solidez de seu balanço patrimonial, entre outros aspectos.

Na terceira etapa são estudadas as tendências e as forças externas que influenciarão a empresa no médio/longo prazo, já que até mesmo as grandes mudanças são em sua grande maioria precedidas de sinalizações que devem ser aproveitadas pelos empresários atentos. Posteriormente, é formulada a estratégia propriamente dita, na qual a equipe fará as escolhas cruciais que decidirão se o rumo trilhado pela organização será mantido ou sofrerá ajustes. E, por fim, na última fase, é construído o mapa estratégico, com os projetos e programas necessários para que a estratégia formulada se torne realidade.


Sobre o autor
Valdivo Begali é consultor de empresas, fundador da Cia de Planejamento e possui cursos de especialização em Planejamento Estratégico nas Universidades Columbia e Michigan State, dos EUA. Estudou Engenharia Industrial, Administração de Empresas e trabalhou, antes de ser consultor, em grandes companhias, no Brasil e no exterior. Defende o planejamento da empresa feito em equipe, “porque o resultado é mais equilibrado, o plano fica pronto mais rápido, e o grupo se compromete em implantar o que for decidido”. É membro da Association for Strategic Planning de Los Angeles. Atua como consultor em gestão empresarial há dez anos. Sua metodologia – já aplicada com sucesso em inúmeras empresas – consiste em planejar o futuro da empresa com a própria equipe dela.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Segurança no trânsito é tema em escolas da Capital - SP

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/11/2010 00:01:00

Allianz traz piloto do Safety Car e ex-piloto da F-1 para discutir segurança no trânsito com adolescentes em SP


Especialistas em automobilismo da Alemanha estiveram em duas escolas da capital paulista para falar sobre segurança no trânsito com jovens de 13 a 17 anos

Para mostrar a cerca de mil adolescentes brasileiros que reduzir os acidentes no trânsito é um desafio global, o piloto do Safety Car da Fórmula 1, Bernd Maylander, o ex-piloto da categoria e embaixador de segurança da Allianz, Christian Danner, além da gerente de Marketing Global da Allianz, Sandra Nulty, estiveram hoje de manhã no Centro Educacional Unificado de Cangaíba - CEU -, na Zona Leste, e, agora à tarde, estão no Colégio Visconde de Porto Seguro, no Morumbi, em São Paulo, para apresentar a esses jovens como é importante a prevenção de riscos no trânsito.

"Há 61 milhões de veículos no Brasil, sendo 20 milhões somente no Estado de São Paulo. Quase 150 mil pessoas morrem em acidentes de trânsito na cidade. A principal causa desses acidentes é que somente 11% dos passageiros usam o cinto. Pior, apenas 20% dos alunos do Ensino Médio usam esse importante item de segurança. Além disso, mais de 55% desses jovens já pegaram carona com um amigo que dirigiu após beber", diz Sandra Nulty, que promove esse ciclo de palestras para adolescentes em todos os 19 países que abrigam o GP de Fórmula 1.

Durante a apresentação, o trio expõe aos adolescentes filmes de crash tests realizados no Centro de Tecnologia Allianz, em Munique, na Alemanha. Os vídeos foram capazes de deixar muda a barulhenta plateia. "Não uso cinto de segurança, mas depois de ver que mesmo em uma velocidade tão baixa (cerca de 30 km/h) o estrago que faz é tão grande, vou passar a usar", relata Alisson da Costa Santos, 14 anos, freqüentador do CEU de Cangaíba, que ficou impressionado de como é possível prevenir acidentes com atitudes simples. Além de números, os palestrantes falaram bastante sobre a importância de usar capacete, ao andar de moto. Maylander disse que aprendeu a dirigir em uma autoescola e que medidas simples como cumprir as normas de trânsito são as mais eficazes. "É fácil prevenir acidentes. Basta fazer a sua parte", disse o piloto.

Somente nas estradas brasileiras, a cada 25 acidentes uma pessoa morre, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal. Por dia, mais de 3 mil pessoas morrem no mundo em acidentes automotivos e, para especialistas no assunto, as estatísticas tendem a dobrar até 2020 se não houver uma conscientização do quanto é necessário priorizar a segurança nas estradas e vias públicas.

Experiência na Fórmula 1
A categoria máxima do automobilismo mundial é reconhecida pela alta performance e, ao mesmo tempo, por ser muito segura. Os carros chegam a mais de 300 km por hora e mesmo assim a taxa de acidentes é baixa e, quando eles acontecem, os pilotos quase sempre não sofrem ferimentos graves.
"Prevenção é algo simples. A Fórmula 1 é prova disso, pois é uma grande pista de teste para equipamentos de segurança, que depois são adotados pela indústria automobilística em geral. O conhecimento gerado nas pistas de Fórmula 1 é de alguma forma incorporado nas ruas, e ajuda a prevenir e minimizar sinistros, ou acidentes", ressalta Maylander, que traz na bagagem 10 anos de experiência como piloto de Safety Car da Fórmula 1.
"Acreditamos que esse esporte seja uma das maneiras mais efetivas de atrair atenção para o assunto da segurança nas estradas e no trânsito, e contribuir para modificar o comportamento dos motoristas em escala global", finaliza Nulty.


Mais sobre o Allianz Center for Technology (AZT)
O Centro para Tecnologia da Allianz oferece gestão de risco de sucesso, bem como pesquisa sobre acidentes e danos, há mais de 70 anos. O conhecimento obtido pelas pesquisas do Allianz Center for Technology (AZT) oferece contribuição real para o aumento da segurança, a diminuição da gravidade dos danos e a redução de sua frequência.


Allianz e a Fórmula 1®
A companhia patrocina a Fórmula 1® desde 2000 quando firmou parceria com a BMW Williams F1, em uma aposta para posicionar a marca Allianz em uma plataforma mundial. Essa parceria, que completa seu 11º ano, continua a integrar assuntos relacionados à Fórmula 1® com as principais linhas de negócios da Allianz. Em 2002, a propaganda nas laterais da pista foi iniciada para aumentar a percepção de marca no mundo todo, inicialmente priorizando a Europa e a Ásia. Em 2007, a Allianz tornou-se parceira mundial oficial da Fórmula 1®, com maior foco em segurança. A meta agora é intensificar o acordo de renovação de patrocínio à Fórmula 1®, com a complementação da ação de branding com os carros de segurança e Médico pela Allianz. Pela primeira vez a empresa patrocina o GP Brasil de Fórmula 1. Sua logomarca estará estampada no pit Lane, ferme garage, Safety Car, em Interlagos.


Sobre a Allianz Seguros
No país há 106 anos, a Allianz Seguros está presente em todo o território nacional por meio de suas 60 filiais, 1400 funcionários e com o apoio de mais de 16 mil corretores, os responsáveis pela comercialização de seus produtos e serviços para pessoas e empresas. A Allianz Seguros atua no Brasil em ramos elementares e saúde empresarial.
A Allianz Seguros é uma empresa do Grupo Allianz SE, um dos líderes mundiais em seguros e o maior da Europa. O grupo possui 180 mil funcionários que atendem cerca de 80 milhões de clientes em mais de 70 países. Além de oferecer produtos e serviços, a Allianz também se destaca na área de pesquisa de grandes riscos, estudos de sustentabilidade e nos investimentos em fontes renováveis de energia.

A Allianz SE é membro da Transparência Internacional e apóia os princípios do Pacto Global das Nações Unidas e as Diretrizes da OCDE para Multinacionais por meio de seu Código de Conduta. A organização é uma das líderes do setor de seguros no índice Dow Jones de Sustentabilidade, listado no FTSE4GOOD e no Carbon Disclosure Leadership Index (Carbon Disclosure Project, CDP6).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Eficiência Energética: Como identificar e eliminar fontes de desperdício de energia

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/10/2010 19:30:00

O custo de energia elétrica no Brasil é um dos mais altos do mundo, o que valoriza a implementação de estratégias e a adoção de medidas de combate ao desperdício de energia. Projetos de eficiência energética ao longo de todo processo produtivo permite significativa redução de custos.
Participe deste Seminário InterNews para desenvolver programas de eficiência energética nos processos empresariais. Avalie os benefícios dessas iniciativas para a sua empresa.
Ganhos de eficiência energética podem ser obtidos através de diversas iniciativas, que incluem troca ou manutenção de lâmpadas, motores elétricos, bombas, refrigeradores, sistemas de ar condicionado, fornos, caldeiras e sistemas de cogeração. Até na utilização de computadores, pode-se obter reduções substanciais de custos com a adoção de melhores técnicas de gerenciamento de energia.
Programas de ganhos eficiência energética trazem o benefício adicional de preparar as empresas para a eventualidade da volta do racionamento dentro de alguns anos.
Promova uma expressiva redução de custos e aumente a lucratividade através da implementação de programa de eficiência energética adequado às necessidades da sua empresa.
PROGRAMA
8h30 Credenciamento
9h00 Caso Elektro: Gestão energética como instrumento para redução de custos e aumento da competitividade
Evandro Gustavo Romanini
Coordenador do Programa de Eficiência Energética da Elektro
10h30 Coffee break
10h50 Caso Sabesp: Medidas de eficiência energética adotadas por esta empresa para reduzir custos
Alan de Oliveira
Engenheiro-MLLN da Sabesp
12h00 Almoço
14h00 Novas tecnologias para ganhos de eficiência energética
André Obst
Engenheiro do Departamento de Eficiência Energética da Schneider Electric
15h20 Como viabilizar projetos de eficiência energética na empresa
• Acordo de cooperação técnica
• Medidas de economia
• Uso eficiente de energia elétrica
Alexandre Sedlacek Moana
Diretor das empresas Energia e ESCO Energias. Diretor da ABESCO (Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia). Participação ativa desde 1998 no debate de diversos Programas de Eficiência Energética da ANEEL
16h30 Coffee break
16h50 O papel da eficiência energética nos processos empresariais
Gustavo Nogueira Salume
Engenheiro de Soluções Energéticas da Efficientia, uma empresa do Grupo Cemig
18h00 Encerramento
INFORMAÇÕES
Data
20 de outubro de 2010
Local
Tulip Inn Interative Hotel
Rua José Maria Lisboa, 555
Jardins - São Paulo - SP
INSCRIÇÕES E/OU RESERVAS
Você pode reservar quantas vagas quiser, para você ou para sua equipe enviando apenas, o nome completo dos participantes para ellen.agostinho@internews.jor.br, e as vagas ficarão reservadas sem ônus financeiros até que sejam devidamente aprovadas por sua empresa e possamos oficializá-las.
Efetue sua inscrição com sua Consultora: Ellen Agostinho, solicite a ficha que deve ser preenchida para oficializar a participação, através do telefone (11) 3683-4778 ou pelo e-mail ellen.agostinho@internews.jor.br.
Preço
R$ 1.890,00 para inscrições pagas até o dia 08 de outubro de 2010
R$ 2.140,00 para inscrições pagas após o dia 08 de outubro de 2010
• Os pagamentos podem ser feitos por boleto, depósito bancário ou por cartão de crédito
• Consulte-nos sobre descontos especiais para mais de 3 inscrições
• Estão inclusos os custos de material, coffee break, almoço e estacionamento

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Reforço escolar: aliado dos pais e dos filhos

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/10/2010 19:25:00

Avaliar os resultados que as crianças vêm obtendo na escola deve ser um trabalho constante durante todo o ano. A qualquer momento, o reforço escolar pode ser necessário, para que elas consigam acompanhar o ritmo das matérias até o final da série em que se encontram. Hoje, existem escolas que têm toda a estrutura para ajudar o aluno a enfrentar e superar suas dificuldades em relação ao rendimento escolar.

“Muitas vezes o aluno precisa apenas de um reforço pontual, pois não conseguiu compreender o conteúdo dado em sala de aula. Porém, em outras ocasiões, é necessário um trabalho mais intenso, já que o objetivo é ensiná-lo a raciocinar naquela matéria, para que a compreensão venha naturalmente”, afirma Inês Reingeheim, educadora e diretora do PASSATEMPO. O trabalho de reforço escolar inclui, também, aconselhamento psicopedagógico com os pais, independentemente das atividades com seu filho.

O trabalho de acompanhamento escolar atua dentro do contexto de grandes cidades, onde há grande dificuldade de os pais participarem da educação das crianças. “Muitas vezes os pais chegam bem tarde em casa e não conseguem mais ajudar os filhos nos estudos. Em outras situações, a falta de conhecimento sobre a matéria ou de didática dificultam o diálogo com a criança, que também passa a evitar estudar com os pais”, avalia Ana Cristina Luzzi, psicóloga educacional do PASSATEMPO . Nesses casos, sua equipe atua de forma a aparar essas arestas, explicando para os pais como o acompanhamento pode ser desenvolvido, ao mesmo tempo em que os alunos são orientados em relação às matérias em que encontram dificuldades.

O reforço escolar ainda pode ajudar na adaptação de crianças que mudaram de escola no meio do ano. “O aluno se depara com outros métodos de ensino e enfrenta dificuldades para acompanhar as matérias”. Nesses casos, a equipe entra em contato com a escola para obter orientações a respeito da metodologia empregada, a fim de ajudar o aluno a perceber como a matéria é apresentada em aula.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Publifolha | Livro infantil em pop-up reúne histórias de cinco gatinhos brincalhões

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/10/2010 19:23:00
















































http://www.unicbuilding.com.br/Publifolha/os_gatinhos_brincalhoes/os-gatinhos-brincalhoes.html

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

I Concurso Nacional de Poesia Júlia da Costa

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/10/2010 18:57:00

O “I Concurso Nacional de Poesia Júlia da Costa” em parceria com O Instituto Superior do Paraná - ISULPAR, visa à estimulação cultural de seus participantes, incentivando-os a literatura. Seu objetivo também é difundir novos poetas.
1. Participação
Será aberta a todos os autores que escrevam em Língua Portuguesa, residentes no Brasil. Categoria: Adulto acima de 18 anos.
2. Inscrições
a) De 01 de julho de 2010 a 20 de novembro de 2010.
b) Será cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$: 8,00 (oito reais). Para custear as despesas com correios. Deverá ser feito depósito bancário, na seguinte conta: Banco Itaú, Agência 3786, Conta Poupança 11190-0/500. Titular: Letticia Correia (coordenadora do concurso). Enviar o comprovante do depósito em anexo no e-mail de inscrição, ou o comprovante original do depósito dentro do envelope de inscrição (caso o envio seja por correio).
c) Inscrições por correio:
Enviar a obra para o seguinte endereço: Rua Xavier da Silva, nº 332, Bairro: Tuiuti. CEP: 83203-620. Paranaguá – Paraná
O envelope deverá conter:
- Três cópias impressas da poesia em fonte Arial 12, inédita, com no máximo 30 versos, identificada apenas por pseudônimo;
- Comprovante original do depósito bancário da taxa de inscrição;
- E um envelope menor lacrado com os dados do escritor.
Nome completo, endereço, telefone(s), e-mail, título da obra, pseudônimo, nº RG.
d) Inscrições por e-mail:
A obra deverá ser enviada para: concursojuliadacosta@yahoo.com.br
- O e-mail deverá conter 3 anexos:
- No primeiro anexo deverá constar a poesia fonte Arial 12, inédita, com no máximo 30 versos, identificada apenas por pseudônimo;
- No segundo anexo deverá constar os seguintes dados do autor: Nome completo, endereço completo, inclusive CEP, telefone(s), e-mail, título da obra, pseudônimo e RG.
- No terceiro anexo deverá constar o comprovante de depósito bancário da taxa de inscrição;
e) Desclassificação
Serão desclassificados do concurso os candidatos que não efetuarem a taxa de inscrição, não obedecerem aos critérios para a inscrição da poesia e não enviarem todos os dados pedidos no regulamento.

3. Modalidade
a) Poesia de versos livres, com no máximo 30 versos, inéditas.
Casos de plágio são de inteira responsabilidade do(a) candidato(a), sendo este desclassificado no ato.
4. Comissão Julgadora
As obras inscritas serão analisadas por uma equipe de 3 (três) jurados especialmente convidados para o prêmio, e responsáveis por selecionar as obras vencedoras. Serão considerados no julgamento: Correção de linguagem, beleza das imagens poéticas e originalidade.
- A decisão do júri é soberana e irrecorrível.
5. Premiação
O “I Concurso Nacional de Poesia Júlia da Costa”, premiará os vencedores na seguinte ordem de classificação:

1° Lugar Nacional: R$ 400,00 (Quatrocentos reais) e Certificado de Menção Especial expedido pelo “O Instituto Superior do Litoral do Paraná – ISULPAR”.
1º Lugar Municipal: R$ 350,00 (Trezentos e cinquenta) e Certificado de Menção Especial expedido pelo “O Instituto Superior do Litoral do Paraná – ISULPAR”.
2° ao 10° Lugar: Certificado de Menção Honrosa expedido pelo “O Instituto Superior do Litoral do Paraná – ISULPAR”.
- O prêmio em dinheiro será depositado na conta do ganhador em até 7 dias após o resultado. E os certificados serão enviados pelo correio até 7 dias após o resultado.
6. Resultado
O resultado do concurso será divulgado através de correio eletrônico, jornal municipal, site oficial do evento e site do Instituto Superior do Litoral do Paraná – ISULPAR (Instituição Parceira), dia 27 de novembro de 2010.
Site do Concurso: http://concursojuliadacosta.blogspot.com/

Comentários (1)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Casos de Impunidade - 4 Crianças Vítimas do Esquecimento e do Descaso das Autoridades - Caso Lucas Pereira Parte 06

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 20:59:00

Por Cida Valadares - ampla distribuição para listas e grupos





















Caso na íntegra
Aqui - Caso Lucas Pereira Por Sandra Domingues

Apoio Memorial Gabriela Sou da Paz
http://www.gabrielasoudapaz.org/memorial

Apoio Projeto zaP! e Veículos de Comunicação zaP!

Da Redação Revista zaP!
11.08.2010

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Casos de Impunidade - 4 Crianças Vítimas do Esquecimento e do Descaso das Autoridades Caso Lucas Pereira Parte 05

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 20:44:00

Por Mary Trujillo - ampla Divulgação para seus mailings
























Caso na íntegra
Aqui - Caso Lucas Pereira Por Sandra Domingues

Apoio Memorial Gabriela Sou da Paz
http://www.gabrielasoudapaz.org/memorial

Apoio Projeto zaP! e Veículos de Comunicação zaP!

Da Redação Revista zaP!
11.08.2010

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Casos de Impunidade - 4 Crianças Vítimas do Esquecimento e do Descaso das Autoridades - Caso Lucas Pereira Parte 04

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 20:31:00

Por Carlos Santiago

























Caso na íntegra
Aqui - Caso Lucas Pereira Por Sandra Domingues

Apoio Memorial Gabriela Sou da Paz
http://www.gabrielasoudapaz.org/memorial

Apoio Projeto zaP! e Veículos de Comunicação zaP!

Da Redação Revista zaP!
11.08.2010

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Casos de Impunidade - 4 Crianças Vítimas do Esquecimento e do Descaso das Autoridades Caso Lucas Pereira Parte 03

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 20:14:00

Por Elizabeth Misciasci




















Caso na íntegra
Aqui - Caso Lucas Pereira Por Sandra Domingues

Apoio Memorial Gabriela Sou da Paz
http://www.gabrielasoudapaz.org/memorial

Apoio Projeto zaP! e Veículos de Comunicação zaP!

Da Redação Revista zaP!
11.08.2010



Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Casos de Impunidade - 4 Crianças Vítimas do Esquecimento e do Descaso das Autoridades - Lucas Pereira Parte 02

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 18:25:00

Por Antonio Carlos Ratto









































Caso na íntegra
Aqui - Caso Lucas Pereira Por Sandra Domingues

Apoio Memorial Gabriela Sou da Paz
http://www.gabrielasoudapaz.org/memorial

Apoio Projeto zaP! e Veículos de Comunicação zaP!

Da Redação Revista zaP!
11.08.2010

Comentários (1)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Casos de Impunidade - 4 Crianças Vítimas do Esquecimento e do Descaso das Autoridades - Lucas Pereira Parte 01

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 18:24:00

Por Sandra Domingues





























































Caso na íntegra
Aqui - Caso Lucas Pereira Por Sandra Domingues

Apoio Memorial Gabriela Sou da Paz
http://www.gabrielasoudapaz.org/memorial

Apoio Projeto zaP! e Veículos de Comunicação zaP!

Da Redação Revista zaP!
11.08.2010

Comentários (1)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

1º Concurso Literário Guemanisse de CRÔNICAS, CARTAS E TROVAS

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 13:29:00

Objetivando incentivar a literatura no país, dando ênfase na publicação de textos, a GUEMANISSE EDITORA E EVENTOS LTDA. promove o 1º CONCURSO LITERÁRIO GUEMANISSE DE CRÔNICAS, CARTAS E TROVAS, composto por três categorias distintas:
a) Crônicas – Narrativa breve, sobre a vida cotidiana, podendo ser informal, intimista, familiar, etc.
b) Cartas – Textos reais ou imaginários em forma de missivas.
c) Trovas – No estilo tradicional (composta de estrofes de QUATRO versos, com sete sílabas poéticas, rimadas em ABAB).
o qual será regido pelo seguinte
REGULAMENTO
1. Podem concorrer quaisquer pessoas, de qualquer país, desde que os textos inscritos sejam em língua portuguesa. Os trabalhos não precisam ser inéditos e a temática é livre.
2. As inscrições se encerram no dia 10 de SETEMBRO de 2010. Os trabalhos enviados após esta data não serão considerados para efeito do concurso, e, assim como os demais, não serão devolvidos. Para tanto será considerada a data de postagem (correio e internet).
3. O limite de cada CRÔNICA ou CARTA é de até 4 (quatro) páginas e as TROVAS se prendem ao estilo tradicional. Os textos devem ser redigidos em folha A4, corpo 12, espaço 1,5 (entrelinhas) e fonte Times ou Arial.
4. As inscrições podem ser realizadas por correio ou pela internet da forma seguinte:
a) Via postal (correio): os trabalhos podem ser enviados em papel, CD ou disquete 3 ½ para Guemanisse Editora e Eventos Ltda. CAIXA POSTAL 31.530 – CEP 20780-970 - Rio de Janeiro – RJ;
b) Internet: os trabalhos devem ser enviados, em arquivo Word, para o e-mail concursoliterario@guemanisse.com.br (com cópia para) editora@guemanisse.com.br
5. Os textos devem ser remetidos em 1 (uma) via, devendo, em folha (ou arquivo, no caso de Internet) separada, conter os seguintes dados do concorrente:
a) nome completo;
b) nome artístico, com o qual assina a obra e que será divulgado em caso de premiação e/ou publicação;
c) categoria a que concorre;
d) data de nascimento / profissão;
e) endereço completo (com CEP) / e endereço eletrônico (e-mail).
6. Cada concorrente pode realizar quantas inscrições desejar.
7. Para as categorias CRÔNICAS e CARTAS, o valor de cada inscrição é de R$ 30,00 (trinta reais), podendo o autor inscrever até 2 (dois) textos por inscrição. Para a categoria TROVAS, o valor de cada inscrição é de R$ 30,00 (trinta reais) podendo o autor inscrever até 5 (cinco) textos por inscrição. Os valores devem ser depositados em favor de GUEMANISSE EDITORA E EVENTOS LTDA, na Caixa Econômica Federal, Agência 2264 – Oper. 003 – Conta Corrente Nº 451-7
8. A remessa do numerário referente à inscrição, quando feita do exterior, deve ser efetuada através dos correios;
9. Os comprovantes de depósito (nos quais os concorrentes escreverão o nome) devem ser remetidos para Guemanisse Editora e Eventos Ltda. pelo correio, pela internet (escaneados) ou para o fax (21) 3734-2005. Nenhum valor de inscrição será devolvido.

10. Os resultados serão divulgados pelo nosso site www.guemanisse.com.br, pela mídia e através de circular (por e-mail) a todos os participantes, no dia 11 de OUTUBRO de 2010.
11. Cada Comissão Julgadora será composta por 3 (três) nomes ligados à literatura e com reconhecida capacidade artístico-cultural. Ambas as Comissões podem conceder menções honrosas ou especiais.
12. As decisões das Comissões Julgadoras são irrecorríveis.
13. Para cada Categoria (CRÔNICAS, CARTAS e TROCAS), a premiação será nos seguintes valores:
a) Premiação em dinheiro:
1º lugar: R$ 3.000,00 (três mil reais) e publicação do texto em livro;
2º lugar: R$ 2.000,00 (dois mil reais) e publicação do texto em livro;
3º lugar: R$ 1.000,00 (mil reais) e publicação do texto em livro.
b) Premiação de publicação em livro:
Os textos premiados, inclusive os que forem agraciados com MENÇÃO HONROSA e/ou MENÇÃO ESPECIAL, serão publicados em livro (sem ônus para seus autores, inclusive de remessa postal) e cada um destes autores receberá dez exemplares, a título de direitos autorais. Os direitos autorais subseqüentes a esta edição são de propriedade dos seus autores, não tendo a Guemanisse nenhum direito sobre os mesmos. Esta edição específica não poderá ultrapassar a tiragem de 2.000 (dois mil) exemplares, e os livros restantes desta edição serão preferencialmente distribuídos por bibliotecas e escolas públicas.
14. A inscrição no presente concurso implica na aceitação plena deste regulamento.

www.guemanisse.com.br
editora@guemanisse.com.br
concursoliterario@guemanisse.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

No Ginásio do Ibirapuera dias 13 e 14 - Haiti socorrendo os inocentes! Saiba como participar!

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 13:25:00

Geila Carla no "Haiti socorrendo os inocentes"


Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Como o Congresso endureceu as regras eleitorais na TV

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 13:04:00




O fato é que, gostem ou não, as emissoras de televisão passaram a ficar com a atenção redobrada após o início do período eleitoral. Desde o dia primeiro de julho, elas estão na mira da legislação eleitoral (9.504/97). E a norma diz que os candidatos não podem ser submetidos a trucagens ou montagens que tenham tom de deboche e os coloquem em situações constrangedoras ou ridículas. A regra não poderia ser mais clara: é proibido fazer piada com eles. Por conta disso, o CQC parou de fazer suas trucagens com desenho animado. E o Casseta & Planeta Urgente!, da TV Globo, simplesmente aboliu do programa qualquer referência aos presidenciáveis e outros candidatos nestas eleições. Os humoristas cogitam até mesmo fazer uma passeata no Rio de Janeiro para protestar contra a situação.

Não se deve, porém, debitar o rigor contra os programas humorísticos à Justiça Eleitoral. O Congresso em Foco refez o caminho que estabeleceu a regra. Ela foi incluída pelo Congresso Nacional, mais especificamente pela Câmara dos Deputados, quando foi discutida, em setembro do ano passado, a minirreforma eleitoral. O texto encaminhado pelos deputados e senadores ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) preocupou-se, entre as alterações, em ampliar as restrições ao humor e mais do que isso: proibir a ridicularização contra candidatos, partidos e coligações.

Desde 1997, já havia uma norma que vedava o uso dos recursos audiovisuais que pudessem causar prejuízos aos candidatos. Entretanto, não detalhava quais os recursos que seriam proibidos, nem de que forma eles seriam vedados. O texto aprovado na minirreforma, assim, passou a descrever de forma detalhada todas as restrições, além de definir o entendimento do que era trucagem e montagem no audiovisual. Dessa forma, o que até então era uma norma sem aplicação virou uma rigorosa restrição à sátira política. Se a lei já previa limitações, com o novo texto, o risco de transgredir a regra passou a ser pesado pelas emissoras de TV. Quem desrespeitar as vedações que lhes são impostas desde o dia 1º de julho, até o fim das eleições, fica sujeito à multa entre R$ 20 mil a R$ 100 mil, duplicada em caso de reincidência.

Lacunas preenchidas

Relator da minirreforma na Câmara, o deputado Flávio Dino (PCdoB-MA) foi quem apresentou o substitutivo (veja o documento) ampliando as restrições. O artigo 45 da Lei teve dois parágrafos acrescidos. Pela redação, passou a ficar definida como montagem "toda e qualquer junção de registros de áudio ou vídeo que degradar ou ridicularizar candidato, partido político ou coligação, ou que desvirtuar a realidade e beneficiar ou prejudicar qualquer candidato, partido político ou coligação".

Procurado pela reportagem, o parlamentar, que atualmente concorre ao governo do Maranhão, rebateu as críticas que ganharam forças após o início do calendário eleitoral. Dino rejeita veementemente que sua intenção tenha sido de preservar os políticos nos programas humorísticos. “Essa lei já existia há 13 anos. Eu apenas preenchi as lacunas existentes, pois não se definia o que é trucagem e montagem. Ou seja, fiz melhorar a lei. Agora, dizer que eu endureci a Lei para preservar os políticos é uma afronta”, argumenta Dino.

Na verdade, havia dois propósitos. Primeiro, impedir montagens e trucagens na internet nas quais os candidatos aparecessem em situações que os ridicularizassem ou gerassem forte prejuízo. Como diabo ou Drácula, por exemplo. Segundo, evitar que a guerra entre os candidatos ganhasse contornos muito fortes em localidades em que um político tem uma emissora de rádio e TV e pode usá-la para ofender seu adversário. O problema é que a norma, muito restritiva, tolheu os programas humorísticos.

O substitutivo de Flávio Dino foi um complemento a uma proposta originalmente apresentada pela deputada Manuela D'Àvila (PCdoB-RS). A emenda da parlamentar previa limites para a cobertura eleitoral, mas apenas na internet. Pelo texto, a deputada sugeria que ficasse “vedada a utilização e veiculação de trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação”.

O Congresso em Foco entrou em contato com a parlamentar para que ela comentasse o fato de sua emenda ter sigo a gênese da restrição. Manuela, entretanto, não retornou o contato feito pela reportagem. Sua assessoria de imprensa também não comentou o assunto.

Da Redação Revista zaP!

Com Informações na íntegra:

Congresso em Foco

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

MERCADO DE SEGUROS EM DEBATE NO CIEE

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 12:46:00

São Paulo, agosto de 2010 – O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) promove no dia 18 de agosto, quarta-feira, às 8h30, o Seminário sobre a Atividade seguradora – crescimento e potencial profissional. O evento, antecedido por um café da manhã, será realizado no Teatro CIEE (Rua Tabapuã, 445, Itaim Bibi – São Paulo – SP).
O Seminário contará com a participação dos presidentes do Conselho de Administração e executivo do CIEE, Ruy Martins Altenfelder Silva e Luiz Gonzaga Bertelli; do presidente do Sindicato das Seguradoras, Previdências e Capitalização do Estado de São Paulo (Sindseg/SP), Mauro Batista; do presidente da ACE Seguradora S/A, Marcos Couto; do vice-presidente do Sincor/SP, Leôncio de Arruda; do diretor presidente da Jopema Reguladora de Sinistros Ltda, José Roberto Macéa e do vice-presidente do CIEE, Antonio Penteado Mendonça.
O seminário tem o apoio das Academias Paulistas, do Sindicato das Seguradoras, Previdência e Capitalização, do Sindicato dos Corretores de Seguros, de Empresas Corretoras de Seguros, Resseguros, de Saúde, de Vida, de Capitalização, de Previdência Privada no Estado de São Paulo (Sincor/SP), do jornal O Estado de São Paulo, da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB-SP), do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP) e da Associação dos Advogados de São Paulo (AASP).
O evento é gratuito e as inscrições devem ser feitas pelo site www.ciee.org.br, clicando no ícone Institucional/Agenda de Eventos. Há estacionamento conveniado no local.

Serviço
GRATUITO
Evento: Seminário sobre a atividade seguradora – crescimento e potencial profissional.
Data: 18 de agosto, quarta-feira.
Horário: 8h30.
Local: Teatro CIEE (Rua Tabapuã, 445 – Itaim Bibi, São Paulo).
Inscrições obrigatórias: pelo site www.ciee.org.br, clicando no ícone Institucional/Agenda de Eventos.
Estacionamento: Conveniado no local.


SOBRE O CIEE

Fundado há 46 anos, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) é uma organização não governamental (ONG), filantrópica e sem fins lucrativos, que tem como finalidade principal a inclusão profissional de jovens estudantes no mercado de trabalho, por meio de programas de estágio e de aprendizagem, contando com a parceria de 250 mil empresas e órgãos públicos de todo o País. Mantido pelo empresariado, sua atuação se pauta pela legislação específica: a Lei 11.788/2008 para o estágio e a Lei 10.097/2000 para a aprendizagem.

Da Redação Revista zaP!

Com Informações:

Jacyra Octaviano e
Andrea Barros

Assessoria de Comunicação do CIEE

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

POSTOS PETROBRAS DE COTIA (SP) UNIDOS NO COMBATE À ADULTERAÇÃO DE COMBUSTÍVEL

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 12:20:00

A Petrobras Distribuidora realizará em Cotia, na grande São Paulo, na quinta-feira, dia 12 de agosto, mais um Dia da Qualidade, ação do Programa De Olho no Combustível (DOC), em dez postos de sua bandeira.

O objetivo é divulgar a marca do DOC e atestar a qualidade dos combustíveis comercializados nos postos certificados pelo programa, a fim de mostrar a importância de se combater a prática de adulteração. A operação contará com o apoio de quatro Laboratórios Móveis de Qualidade (LMQs) e de um Laboratório de Grandes Eventos (LGE).

Serão realizados testes nos seguintes postos a partir de 9h da manhã: RT 23, Portal de Aldeia, D+, Cotia e Portão. No período da tarde, a partir de 14h, o roteiro segue pelos postos Passargada, Kikos, Mari Manos, Rodoanel e São Camilo.

Para combater a adulteração de combustível em sua rede de postos, a Petrobras Distribuidora criou, em 1996, o Programa De Olho no Combustível. "O monitoramento da qualidade dos combustíveis nos postos Petrobras certificados pelo programa tem permitido aos consumidores um abastecimento com segurança, minimizando os riscos de compra de combustível adulterado", afirma Luiz Claudio Caseira Sanches, diretor da Rede de Postos de Serviço da Petrobras Distribuidora.

Da Redação Revista zaP!

Com Informações:

Marcelo Siqueira (21) 3876 4856
Felipe Dias - (21) 3876.5155
Carmen Navas - (21) 3876.4199
Vera Costa Barros - (21) 3876.4979


11 de agosto de 2010

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Rally a Pé Dia 29 de agosto - Participe!

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/08/2010 12:07:00

DATA DO EVENTO - 29 /08/2010.
Etapa do Campeonato Paulista de Rally a Pé
(aberto a todos, basta gostar de caminhada junto a natureza,
de fazer amigos e ter mais de 10 anos) no Parque Mágic City em Suzano, bem
no miolo da Serra do Mar.

Leve sua família, conheça o parque, venha curtir o conglomerado de
piscinas, piscina térmica, aprenda a fazer rally de regularidade e de
quebra, venha se confraternizar com a galera.
Frutas e água no percurso, troféus as melhores equipes de iniciantes e de
praticantes.

Se não tiver equipe, montamos uma equipe para você, as equipes devem ter
de 03 a 06 integrantes.
Valor da inscrição é de R$26,00 por pessoa, desconto para grupos acima de
10 pessoas e sócios do clube, pois o Parque é um clube também.
Não Perca! O evento será dia 29 de agosto de 2010.
Para mais informações: TEL (11)9345-3036
Site
http://www.rallyape.com.br






































http://www.rallyape.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Brasil Instrumental abre inscrições para shows editais e oficinas

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2010 19:11:00



Já estão abertas as inscrições para shows editais e oficinas do IX Brasil Instrumental. O festival, que a partir dessa edição passa a ser itinerante, acontece em Campinas (SP) de 25 de julho a 01 de agosto. Poderão participar candidatos que pertencerem à região administrativa de Campinas ou que façam parte da comunidade docentes e discentes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).


Tanto para shows editais quanto para oficinas, as inscrições deverão ser realizadas no site do festival até as 24 horas do dia 30 de junho.



Laércio de Freitas, Alexandre Bauab, Nailor Proveta, Teco Cardoso, Daniel Alcântara, Cléber Almeida, Adalto Soares, Oswaldinho da Cuíca, Luiz Amato, Ésdras Rodrigues, Emerson Di Biaggi, Adriana Holtz, Ney Vasconcelos, assim como Rafael dos Santos, Luiz Amato, Ésdras Rodrigues, Emerson Di Biaggi, Luiz Guéllo, Chico Santana, Adriana Holtz, Ney Vasconcelos, Sidney Borgani, Adalto Soares, Sílvia Zambonini, Alexandre Bauab são os músicos que comandarão oficinas como: Orquestra Jazz Sinfônica, Banda Marcial, Bateria de Escola de Samba, Prática de Choro, Bateria, Cordas, Maracatu, Metais, Choro e Prática de Conjunto.





O Brasil Instrumental, este ano, saiu de Tatuí, cidade onde foi criado pelos músicos Paulo Flores e Paulo Braga, para percorrer cidades do estado de São Paulo, com o objetivo de incentivar a Música Popular Brasileira e proporcionar que mais músicos tenham a oportunidade de participar tanto das oficinas quanto de seus shows/editais.



Com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) como seu palco principal, o Brasil Instrumental pretende realizar a maioria de suas apresentações em espaços públicos da cidade, para aproximar ainda mais a música instrumental brasileira da população e mostrar sua importância como fonte de arte e lazer.







Shows/Editais

Os shows/editais da nona edição do festival pretendem incentivar a MPB Instrumental, aprimorar e desenvolver a cultura musical, além de promover o intercâmbio artístico-cultural. Além disso, amplia a participação de trabalhos representativos da cultura brasileira com a livre inscrição e valoriza a produção musical da região administrativa de Campinas (nomes das cidades na seção de serviços). Os trabalhos deverão ser enviados pelo site do festival, na página da inscrição.



Serão selecionados doze trabalhos, no valor bruto de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para uma apresentação de 60 minutos no Auditório do Instituto de Artes, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e um "Bate-Papo" com 40 minutos de duração e chat, durante o IX Brasil Instrumental.





Oficinas



. OFICINA BANDA MARCIAL

Maestro - Adalto Soares e Sílvia Zambonini - vagas (50)

Sopros e Percussão

Horário de ensaios das 9h30 às 12h e das 14h30 às 16h30



. OFICINA DE BATERIA DE ESCOLA DE SAMBA

Oficina Bateria de Escola de Samba

Professores - Luiz Guéllo e Chico Santana - vagas 50

Instrumentos de Percussão

Horários - das 10h às 12h



. OFICINA PRÁTICA DE CHORO

Professor - Alexandre Bauab - vagas 30 (sendo 15 por turma)

Todos os instrumentos

Horários - Turma 1 14h30 às 16h30 - Turma 2 16h30 às 18h30



. OFICINA PERCUSSÃO

Professores - Luiz Guéllo e Chico Santana - vagas 30

Instrumentos de Percussão

Horário - 14h30 às 16h30



. OFICINA CORDAS

Professores Luiz Amato; Ésdras Rodrigues; Emerson Di Biaggi; Adriana Holtz; Ney Vasconcelos - vagas 60

Interpretação em instrumentos de corda da Música Brasileira com enfoque nas articulações e aspectos rítmicos.

Instrumentos de cordas (Violino, Viola, Violoncelo e Contrabaixo Acústico)

Horário 16h30 às 18h30



. OFICINA MARACATÚ

Professor Cléber Almeida - vagas 30

Instrumentos de Percussão

Horário - 16h30 às 18h30



. OFICINA METAIS

Professor Sidney Borgani - vagas 30

Instrumentos de Metal

Horário - 16h30 às 18h30



. OFICINA CHORO AO PIANO

Professor Laércio de Freitas - vagas 20

Instrumentos - Piano

Horário - 16h30 às 18h30



. OFICINA PRÁTICA DE CONJUNTO

Professores - Laércio de Freitas, Téco Cardoso, Nailor Proveta, Daniel Alcântara e Cléber Almeida - vagas (160)





Os alunos interessados serão selecionados em 5 classes com 3 grupos cada, que permanecerão fixos durante o festival.



Ao contrário da dinâmica de grupo tradicional, onde o grupo trabalha com um mesmo orientador, nesta edição do Brasil Instrumental, cada classe trabalhará cada dia com um orientador diferente, todas com um mesmo repertório, proporcionando desta forma vivenciar 5 abordagens diferentes durante o festival.



Instrumentos: piano (15); baixo (15); bateria (15); percussão (15); guitarra/violão (15) - 85 vagas para outros instrumentos, sopros (madeiras e metais), cordas (friccionadas e dedilhadas), percussão (teclados), sanfona, voz, etc.

Horário - 14h30 às 16h30



Cada candidato terá que enviar gravação pelo site do festival em arquivo mp3 e/ou link com performance compatível à oficina desejada.



Para as demais oficinas, as inscrições serão encerradas de acordo com o preenchimento das vagas. Cada oficina terá um custo de R$ 50,00.

Para alimentação, quem quiser pode pagar R$ 50,00 e ter duas refeições diárias durante o período do festival (de 25 de julho a 01 de agosto)



Serão aceitos também, para as oficinas, alunos ouvintes. Nesse caso as inscrições poderão ser realizadas durante o período do Festival no valor de R$ 50,00 e darão acesso livre a todas as atividades do dia. Com o crachá "Por um dia!", que será válido no dia escolhido, o aluno terá direito a alimentação (2 refeições).





Serviço:

Inscrições para shows/editais e oficinas:

http://www.brasilinstrumental.mus.br/

Cidades da região administrativa de Campinas:

Aguaí, Águas da Prata, Águas de Lindóia, Águas de São Pedro, Americana, Amparo, Analândia, Araras, Artur Nogueira, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bragança Paulista, Brotas, Cabreúva, Caconde, Campinas - ERP, Campo Limpo Paulista, Capivari, Casa Branca, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Corumbataí, Cosmópolis, Divinolândia, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Holambra, Hortolândia Indaiatuba, Ipeúna, Iracemápolis, Itapira, Itatiba, Itirapina, Itobi, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Joanópolis, Jundiaí, Leme, Limeira, Lindóia, Louveira, Mococa, Mogi Guaçu, Moji Mirim, Mombuca, Monte Alegre do Sul, Monte Mor, Morungaba, Nazaré Paulista, Nova Odessa, Paulínia, Pedra Bela, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia, Piracicaba, Pirassununga, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Bárbara d'Oeste, Santa Cruz da Conceição, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra, Santo Antonio de Posse, Santo Antonio do Jardim, São João da Boa Vista, São José do Rio Pardo, São Pedro, São Sebastião da Grama, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Tambaú, Tapiratiba, Torrinha, Tuiuti, Valinhos, Vargem, Vargem Grande do Sul, Várzea Paulista, Vinhedo



Data final das inscrições:

até as 24 horas do dia 30 de junho de 2010



Valor da inscrição de Oficina:

R$ 50,00 por Oficina



Alimentação:

Pacote de 2 refeições por dia durante o período do festival:

R$ 50,00




Sobre o Brasil Instrumental

O Festival Brasil Instrumental foi criado no Conservatório de Tatuí, pelos músicos Paulo Flores e Paulo Braga com a proposta de propiciar o encontro entre as músicas instrumentais brasileiras, tradicional e contemporânea. Há quase uma década vem cumprindo com maestria, ser o encontro para discussões, trocas e difusões de trabalhos e shows dos instrumentistas do Brasil e também ser referência para os amantes da música instrumental brasileira.

Desde sua criação, em 2000, dele já participarão centenas de músicos. Na primeira edição que foi uma homenagem a Pixinguinha estiveram presentes as Bandas Mantiqueira e Savana, Orquestra Popular de Câmera, Toninho Ferragutti, Nelson Ayres, Trio Curupira, Nenê, Fernando Correa, Vinicius Dorin, Paulo Freire e Mônica Salmaso.

A edição seguinte contou com a presença de César Camargo Mariano, Época de Ouro, Toninho Horta, Guinga, Arrigo Barnabé e Hamilton de Holanda. A Banda de Pífanos de Caruaru, o Grupo Curupira, Carlos Malta & Quarteto de Cordas, Trio Bonsai e Arranca Toco formada por Maurício Carrilho, Pedro Amorim, Proveta e Jorginho do Pandeiro, foram as grandes estrelas de terceira edição. Enquanto João Donato, Mauro Senise, Paulo Russo, Gilson Peranzzeta, Grupo Uakti, Marcio Motarroyos, Dori Caymmi & Banda Brasil Instrumental, dividiram o palco da quarta edição com Yamandu Costa e a Orquestra Jazz Sinfônica.

Já a quinta edição contou com a participação de Zimbo Trio, Marcelo Onofre e Banda, Rubinho Antunes Quarteto, Maogani, Mente Clara, Jaz in 4, Fábio Leal, André Marques, Paulo Moura, balaio de Gato, Raspa de Tacho, entre outros grupos como a Big Band Samjazz e Orquestra Tabajara de Severino Araújo.

Egberto Gismonti esteve na sexta edição, na qual participaram também Orquestra de Sopros do Brasil, Sax Bem Temperado, Sujeito a Guincho, Cacique Jazz Combo, Filó & Arismar Espírito Santos. Para a sétima entre os grupos convidados estavam o: Quarteto Café, Marcos Paiva, Trio Carapiá, Amanda Bonfim, Comboio, Sizão Machado, Daniel Alcântara, Chico Pinheiro e Fábio Torres.

E na oitava edição, estiveram presentes a Banda Brasil Instrumental, Sinfonética, Irio Jr. Amanjé, Rafael Vernet, Laércio e Freitas e Alessandro Penezzi, Banda João Camargo, Nó de Pinho, Coração Quiáltera, André Marques, Marcelo Onofre Quinteto, Lula Galvão, Valdir Verona & Rafael Deboni, Ricardo Herz, Gafieira Toninho Ferragutti. Forró Trio Macaíba, Dr. Cipó e Ricardo Vignini, Eduardo Neves Sexteto, Paulo Freire e Ivan Vilela, Marcos Tardelli, Índio Cachoeira, Orquestra a Base de Cordas de Curitiba, Trio Carapiá, Orquestra a base de Sopros de Curitiba, Cléber Almeida Sexteto, Orquestra Mundunda, Fernando Caselato, Ítalo & Renno, Hanor Gomes, Banda Marcila de Hortolândia, Caci Nunes Quarteto, Duofel, Izabel Padovani e André Marques. Além de Proveta, Moderna Tradição, Gabriel Grossi, Marco Preira, Rosinha Passos e Paulinho Paulelli, Vinicius Dorin, Na Ozzetti e André Mehmari, Borghetinho, Thiago Espirito Santo, Tri 363 e Maestro Branco.




Mais informações para imprensa:

Claudia Corbett

19 3342 1066/9112 0567

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Direito Bancário - CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO – TÍTULO EXECUTIVO LÍQUIDO, CERTO E EXIGÍVEL

Postado por Elizabeth Misciasci em 11/06/2010 19:09:00

Por Eduardo de Oliveira Gouvêa, advogado sócio do C. Martins & Advogados Associados


Criada pela lei nº 10.931/2004, fruto da conversão da Medida Provisória nº 2.160-25/2001, em que em seu art. 28, §2º, II, estabeleceu a Cédula de Crédito Bancário como titulo de credito representativo de operações realizadas por instituições financeiras no exercitamento do seu mister de intermediação de fluxos financeiros, em geral e, especificamente, servido como alavanca propulsora da atividade empresarial como o financiamento de capital de giro.

Em verdade, a Cédula de Crédito Bancário (CCB), não é um instituto que se possa dizer exatamente como inovador, na exata medida do que antes de sua existência já se conhecia na realidade mercadológica brasileira outros similares, como por exemplo, a cédula de Credito Rural (Decreto-Lei nº 167/67), a cédula de Credito Comercial (Lei nº 6.840/80), a cédula de Credito Industrial (Decreto-Lei nº 413/69) e a cédula de Credito De Exportação (Lei nº 6.313/75), todas elas vinculadas a atividade bancária no seu perfil de implementadora do giro da atividade empresarial daqueles que buscassem atuar na produção rural, comercial, industrial e de importação.

Nessa linha, a CCB (Cédula de Crédito Bancário) pode ser categorizada como um título causal, onde a sua emissão encontra amparo em uma hipótese legal contemplada previamente por uma norma jurídica, servindo sempre como instrumento garantidor de um mutuo feneratício que tenha sido celebrado tendo como credor uma instituição financeira e, como financiado o devedor além da cedularidade, ou seja, outras garantias como penhor, hipoteca e até alienação fiduciária podem ser estabelecidas no próprio corpo da cártula, sem a necessidade de outras solenidades adicionais.

Com o advento do novo título, surgiu grande debate a respeito se o mesmo poderia ser na linha do art. 585, III do CPC, reconhecido como título executivo extra-judicial e, portanto, embasador de uma ação de execução caso, sobreviesse o inadimplemento da obrigação nele encarnada, o que de fato se justificava diante das súmulas do Superior Tribunal de Justiça de nº 247 e 258 que no concernente a contratos de abertura de crédito, somente contemplavam como medida judicial para implementação do credito a propositura de ação monitoria.

Eis, o teor dos citados verbetes: Súmula nº 247 “O contrato de abertura de crédito em conta-corrente, acompanhado do demonstrativo de débito, constitui documento hábil para o ajuizamento de ação monitória”, súmula nº 258 “A nota promissória vinculada a contrato de abertura de crédito não goza de autonomia em razão da iliquidez do título que a originou”.

Ou seja, com a criação do novo título instalou-se a dúvida se o mesmo seria líquido e certo, quando estivesse vinculado a contratos de abertura de crédito já que, naquele momento a doutrina especializada especulava a respeito da possível aplicação das sumulas do STJ editadas tendo como pano de fundo a nota promissória, frente a cédulas de crédito bancário, que inclusive, admitia para à apuração do quantum debeatur que os bancos confeccionassem unilateralmente planilha representativa do débito, e, também, admitia que o valor ser executado viesse a ser consubstanciado com a juntada de extratos da conta corrente da empresa devedora.

Diante deste contexto, o Superior Tribunal de Justiça em decisão do dia 15/12/2009, no Resp 599.609, salientou que a cédula de crédito bancário é titulo executivo extrajudicial, reconhecendo-lhe plena e eficácia executiva, ainda que o credor lançado ao do art. 28, §2º,II, da lei nº 10.931/2004, venha na forma da lei delimitar o montante do crédito que seria o suficiente para atestar sua liquidez, certeza e exigibilidade, aspecto esse que encontra aparo na opção do legislador ao estabelecer o titulo, vontade esse política e que é absolutamente suficiente para que o mesmo venha a servir como instrumento de dinamização da atividade empresarial moderna.

Não se perca de mira, que o novel título executivo vem se juntar à aqueles que lhe antecederam e que de forma tão oportuna serviram de lastro para o desenvolvimento de atividades capitais do mercado empresarial, colocando também verdadeira pá de cal na oscilação de entendimentos quanto a validade da emissão de títulos que fossem veiculados à contratos de financiamentos, quando via de regra, o acertamento dos valores nele contemplados não podem ser admitidos como sendo fruto de simples cálculos aritméticos.

Perfilhando a exegese hoje vitoriosa na jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça a Instituição Financeira credora poderá propor à ação de execução competente visando excutir a cédula de crédito bancário em face do devedor principal, ou ainda de seus garantidores, o que em suma traduzirá um cenário de maior tranqüilidade para o credor, e frise-se, também para as empresas financiadas que irão usufruir o mesmo beneficio, com um maior aporte de recursos para que as atividades do giro empresarial sejam disponibilizados, com custos financeiros razoáveis.

Eduardo de Oliveira Gouvêa, Procurador-chefe da Secretaria Municipal de Administração do Rio de Janeiro; mestre em Direito Processual Civil; professor dos cursos de pós-graduação em Direito do Consumidor, Direito Societário e Direito Securitário da Universidade Estácio de Sá, do curso da Universidade Veiga de Almeida, do curso Cepad e da Escola da Magistratura do Rio de Janeiro, advogado sócio do C. Martins & Advogados Associados.



Sobre o C.Martins & Advogados Associados
Entre as maiores bancas jurídicas do Rio de Janeiro e líder no direito bancário, o C.Martins & Advogados Associados conta com expertise nas áreas bancária e empresarial e equipe especializada para cada nicho do direito - Cível, Comercial, Juizados Especiais, Tributá