Colunista

Elizabeth Misciasci

Ponto de Encontro

Arquivo

Livro polêmico sobre a filosofia do Carnismo

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2014 19:53:00

Livro polêmico sobre a filosofia do Carnismo - o sistema de crenças que nos faz comer alguns animais e outros não, ganha edição brasileira pela Editora Cultrix



A verdade perturbadora sobre este sistema de crenças é revelada no livro Por que amamos cachorros, comemos porcos e vestimos vacas, que nos trás importantes questionamentos sobre ética e o convívio com outras espécies.



Chega ao Brasil pela Editora Cultrix, Por que amamos cachorros, comemos porcos e vestimos vacas – uma introdução ao carnismo, único livro editado em língua portuguesa e que já foi lançado em mais de 10 países

Melanie Joy levanta questões de extrema importância como: é frequente o pensamento de que cachorros são animais de estimação– na verdade quase um membro da família– enquanto bois, porcos e galinhas são tratados e vistos apenas como comida. Porque acreditamos piamente nestas imposições da sociedade?

No livro é possível entender de forma clara e objetiva todo o processo psicossocial que nos foi imposto pela sociedade. A autora Melanie Joy inicia a obra com um exemplo perturbador: Você é um convidado num jantar elegante, e está sentado junto a outros convidados em uma mesa caprichosamente elaborada e a conversa flui livremente. Sua amiga emerge da cozinha com uma travessa fumegante de um apetitoso guisado. Você se serve de uma generosa porção e, depois de comer pedaços de carne macia, pede a receita a sua amiga. Ela responde, começamos com dois quilos e meio de carne de golden retriever, bem marinada e depois... Golden Retriever? Você congela no meio da mordida e reflete: a carne em minha boca é de um cachorro! Muitas ideias passam por sua cabeça, até que a sensação sobre a comida passe do prazer para um certo grau de repulsa. Mas vamos supor que sua amiga ri e diz que estava brincando, e que na verdade é carne de vaca. Como você se sente agora? É provável que mesmo sabendo que o guisado no prato é o mesmo que comia a alguns instantes, você sentisse desconforto emocional residual e na próxima vez que ingerisse uma receita com carne, isso iria afetá-lo. Por que temos este tipo de reação?

Melanie explica que isso ocorre porque reagimos de modo diverso a diferentes tipos de carne, não porque haja uma diferença física entre elas, mas sim porque a percepção que temos em relação aos animais é diferente, conforme uma série de crenças e tradições, e que estas estão enraizadas demais em nosso subconsciente. A razão disto acontecer é que além de nossas percepções com relação a carne variar de acordo com a espécie de animal de que ela provém, temos a percepção de que um cachorro, um animal que amamos, é um bicho de estimação, enquanto as vacas, são apenas um tipo de alimento a ser consumido. É fato que nossas crenças levam a nossas ações e quanto mais comemos vacas e deixamos de comer cachorros, mais reforçamos a crença de que cachorros não são comestíveis e vacas são. Na realidade o carnismo deve ser tratado mais a fundo, por ser uma ideologia dominante, difundida de tal forma que faz todos crermos o que é certo e errado quando na verdade, o ser humano come carne de determinado animal e tem outro como um bicho de estimação por pura ideologia imposta.

A pergunta que precisamos fazer não é por que não devemos comer animais, e sim por que os comemos”. A resposta a essa pergunta está no que a autora chama de os 3 N’s: normal, natural e necessário, acrescentando-se a isso o “mito” da necessidade de ingerir proteínasanimais. Segundo Joy, essa mentalidade (relacionada à ingestão de proteínas animais) já tem mudado em países como Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido, que durante os últimos anos, não só reduziram o consumo de carne, como também substituíram a ingestão de proteína animal pela vegetal, pois há estudos que advogam em prol desta proteína, que não só é livre de colesterol como de gorduras saturadas.

Ainda segundo a autora, a solução para este problema mundial se dará primeiro individualmente, o que pode mudar o nosso modo de pensar e de viver. Ele o levará da negação à consciência do problema, da passividade à ação e da resignação à esperança.

Sobre a autora:

MELANIE JOY, é professora de psicologia e sociologia na Universidade de Massachusetts, em Boston, e autora de Strategic Action for Animals. Obteve seu mestrado (Ed.M.) em ensino e preparo curricular na Harvard Graduate School of Education, e é Ph.D. em psicologia social. Ativista animal, Melanie foi quem cunhou o termo “carnismo”, que descreve a ideologia por trás da produção e do consumo de carne.

Sobre a Editora Cultrix:

Fundada em 1956, a Editora Cultrix tem como objetivo lançar títulos voltados para a área de ciências sociais e humanas, especialmente literatura, linguística, sociologia, psicologia, administração e marketing. Hoje, figura entre as editoras que mais contribuem para o fortalecimento de uma cultura voltada à sustentabilidade.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Universo dos Livros lança nova série de Sylvia Day

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2014 19:50:00

Romance de época, erotismo e suspense inspiraram o best-seller Obstinada


Em Londres, no ano de 1770, uma organização secreta de espiões de elite protegia a Coroa de seus inimigos. Um dia, a viúva Elizabeth Hawthorne recebe um misterioso diário de seu falecido marido, escrito em códigos, e que acaba colocando sua vida em risco. Com isso, seu ex-noivo, Marcus Ashford, um agente da Coroa e Conde de Westfiled, é designado para protegê-la. Agora, ele precisa lidar com a missão de mantê-la a salvo ao mesmo tempo em que tenta conter os desejos sexuais que ainda nutre por Elizabeth.

Essa é a história do livro Obstinada, escrito por Sylvia Day, lançamento da Editora Universo dos Livros no Brasil. Um romance de época, em que um homem, conhecido por encantar as mulheres, deve proteger sua ex-noiva de possíveis inimigos que ameaçam sua segurança para conseguir o misterioso diário de seu falecido marido.

Com sua vida em risco, Elizabeth precisa voltar a se acostumar com a presença em tempo integral de Marcus, mesmo que isso a faça sentir novamente a paixão reprimida quatro anos antes, quando trocou seu ex-noivo pelo Lorde Hawthorne.

O Conde de Westfiled é habituado ao perigo. Ele já passou por inúmeros duelos de espada, foi atingido por dois tiros e se esquivou de mais disparos de canhão do que poderia contar, mas nada disso o deixa mais excitado e com dificuldades de controlar o primitivo apetite sexual que sente quando está perto de Elizabeth.

Após ser atacada duas vezes, Marcus decide se mudar para a casa de Elizabeth durante duas semanas. Com os dias se passando, ele percebe que ao mesmo tempo em que deve se manter focado no dever de proteger Elizabeth, ele precisa se controlar em relação às suas necessidades mais primitivas e carnais.

Com momentos de mistério, tensão e paixão, a autora Sylvia Day consegue mostrar o motivo de ser o maior sucesso no gênero New Adult. Ela ocupa o primeiro lugar na lista de mais vendidos do The New York Times e é autora de diversos best-sellers premiados, publicados em quarenta países.

Ficha Técnica

Título: Obstinada
Autora: Sylvia Day
Editora: Universo dos Livros
Número de Páginas: 296
Preço: R$ 29,90

A Editora

A editora Universo dos Livros possui em seu catálogo mais de 1.250 títulos publicados e 5,5 milhões de livros vendidos, entre os quais destacam-se Deixe os homens aos seus pés, Nunca Fui Santo, Mentes Brilhantes, Cretino irresistível, Os cães nunca deixam de Amar, O homem que não queria ser papa, O homem que falava com espíritos, a Série Irmandade da Adaga Negra, O fascinante império de Steve Jobs, entre outros.



www.universodoslivros.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

MOSTRA TIRADENTES SP

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2014 19:48:00

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA A OFICINA GRATUITA DE ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO


Estão abertas as inscrições para a oficina gratuita de “Assistência de Direção”, a ser ministrada pelo cineasta paulistano Eduardo Aguilar de 25 a 28 de março no CineSESC, integrando a programação da Mostra Tiradentes SP 2014.



São oferecidas 30 vagas, que serão preenchidas considerando a ordem cronológica de inscrição. Os interessados em participar devem acessar


http://www.universoproducao.com.br/site/inscricoes.php?menu=ins


e completar a ficha de inscrição disponível, até o dia 18 de março às 20h (horário de Brasília), ou até que o número limite de vagas seja atingido.



Direcionada a estudantes e interessados na área, a oficina propõe uma aproximação com a função de Assistente de Direção em produções audiovisuais abordando temas como: liderança, planejamento e organização. Serão abordadas noções de linguagem cinematográfica, relacionamento entre áreas, análises técnicas e preparação de set de filmagem, entre outros assuntos.



SERVIÇO



ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO

Instrutor: Eduardo Aguilar – SP

Período: 25 a 28/03/2014 - terça a sexta

Horário: 19:30 às 21:30

Carga horária: 8 horas

Número de Vagas: 30

Faixa etária: acima de 18 anos

Local: CineSESC



MOSTRA TIRADENTES | SP

24 a 30 de março de 2014

Idealização: Universo Produção

Realização: Universo Produção e SESC- SP

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Triplica o número de taxistas da Taxibeat em São Paulo

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2014 19:47:00

Os motoristas de táxi da cidade possuem a média mais alta de avaliação entre os passageiros

São Paulo, 11 de março de 2014 – O número de taxistas em São Paulo que trabalham com o aplicativo gratuito para smartphones Taxibeat triplicou nos últimos dois meses, depois que a empresa o tornou grátis também para os motoristas de táxi. A Taxibeat cobrava anteriormente R$ 2,00 por corrida de cada taxista.

A empresa atua nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, contando com um total de aproximadamente 20 mil taxistas credenciados. “Além de investir na expansão dos taxistas que utilizam o serviço, temos metas de aumentar muito em breve o número de cidades em que atuamos no Brasil e de downloads do aplicativo”, anuncia Sandro Barretto, gerente de Marketing da empresa no Brasil.

O aplicativo Taxibeat possui um diferencial em relação aos outros aplicativos de táxi - as funcionalidades permitem ao passageiro escolher o taxista que ele quer vendo fotos, o tipo do carro e a avaliação dos usuários sobre cada taxista. Necessidades específicas, como transportar um animal doméstico, equipamentos de apoio de deficientes físicos ou bagagens extras, por exemplo, podem ser identificadas no perfil do motorista. “Isso conquista muitos usuários que se tornam fieis ao aplicativo”, observa Barretto. Segundo ele, a Taxibeat possui atualmente mais de 300 mil downloads no país.

São Paulo

A avaliação do motorista de táxi por meio de um ranking de uma a cinco estrelas, que pode ser conferido no status de cada um deles, é o ponto de partida para garantir o poder de escolha dos usuários. Os taxistas de São Paulo, de acordo com os registros da empresa, possuem a média mais alta de avaliação entre os passageiros, que é a de 4,85. Com um público exigente, em São Paulo, a Taxibeat atrai os motoristas de táxi mais profissionais e qualificados. Muitos deles falam o inglês.

Para fazer parte da frota da Taxibeat, o taxista precisa preencher um formulário com dados pessoais e do veículo, além de apresentar documentos que comprovem a habilitação para dirigir e o exercício legal da profissão, com registro autorizado pelas Secretarias Municipais de Transportes das Prefeituras do Rio de Janeiro e São Paulo.



Sobre a Taxibeat

Taxibeat é um aplicativo gratuito para smartphones, disponível nas plataformas Android e iOS, que permite localizar os táxis mais próximos e chamar o motorista da preferência do usuário, sem intermediários. Desenvolvido pela empresa Taxibeat, na Europa, entrou em operação no Brasil em 2012. Atualmente, pode ser usado nas cidades de São Paulo, Rio, Atenas, Cidade do México e Paris. Conta com mais de 30 mil taxistas cadastrados no mundo e 500 mil downloads.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

CIRANDA DE FILMES, PRIMEIRO ENCONTRO SOBRE CINEMA E EDUCAÇÃO

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2014 19:45:00

CIRANDA DE FILMES, PRIMEIRO ENCONTRO SOBRE CINEMA E EDUCAÇÃO

NO BRASIL, REÚNE PRODUÇÕES CINEMATOGRÁFICAS DE DIVERSOS

PAÍSES, ENTRE 31 DE MARÇO E 3 DE ABRIL, NO CINE LIVRARIA CULTURA



Evento terá Mostra de Filmes e Rodas de Conversa com educadores e

cineastas que debaterão sobre os temas Nascimento, Infância e Educação;

A entrada é gratuita com retirada de ingressos no dia, com 30 minutos de antecedência



Inspirar a reflexão nos educadores, pais e interessados na infância e na educação, por meio da exibição de filmes nacionais e estrangeiros, além de debates sobre os temas. Em síntese, essa é a proposta da primeira edição da Ciranda de Filmes, evento que ocorre entre os dias 31 de março e 3 de abril no Cine Livraria Cultura, numa co-realização entre o Instituto Alana, o Circuito Cinearte e a Aiuê Produtora de Conteúdo, com patrocínio do Instituto Alana e do Instituto Península. O evento contará ainda com shows dos artistas Antonio Nóbrega, na abertura, e Tião Carvalho, no encerramento.



Sob curadoria da cineasta Fernanda Heinz Figueiredo e da diretora do Grupo Espaço de Cinema, Patrícia Durães, a Ciranda de Filmes pode ser considerada a primeira mostra de cinema com foco em educação e infância realizada no Brasil. No mundo, existem pouquíssimas iniciativas neste sentido. Serão exibidos mais de 30 filmes – curtas, médias e longas - selecionados a partir da produção cinematográfica mundial relacionada a esses temas, divididos em três eixos principais: Nascimento e Infância, Espaços de Aprendizagem e Movimentos de Transformação (detalhes a seguir).



DESTAQUES - Entre as produções selecionadas estão filmes nacionais e estrangeiros de diversos gêneros, incluindo longas-metragens premiados e inéditos, de países como França, Argentina, EUA, Suíça, Venezuela e Brasil. Vale ressaltar que a abertura da Ciranda de Filmes, no dia 31 de março, marcará também a pré-estreia do documentário “Tarja Branca”, de Cacau Rhoden, enquanto no encerramento, dia 03 de abril, será lançado o filme “Sementes do nosso Quintal”, de Fernanda Heinz Figueiredo. Outro destaque é o lançamento do filme americano da década de 50, ainda inédito no Brasil, “O Pequeno Fugitivo”, dirigido por Ray Ashley e Morris Engel, citado por François Truffaut como um dos grandes inspiradores da Nouvelle Vague.



Já entre os debatedores que participarão das Rodas de Conversa estarão reunidos nomes importantes das áreas da infância e educação, num time de especialistas formado por professores, arte-educadores, pesquisadores, médicos, pedagogos, artistas plásticos e cineastas, todos inspirados pelos temas abordados nos filmes.



Estarão presentes Maria Amelia Pereira (Péo), German Doin, Luiza Lameirão, Renata Meirelles, Adriana Friedman, Ana Lucia Villela, Ana Thomaz, Marcos Ferreira Santos, Regina Migliori, Carlos Eduardo Correa (Cacá) e Stela Barbieri. A jornalista Gabriela Romeu mediará os debates, em que os participantes irão compartilhar ideias e pensar a infância, seus processos de educação, os espaços de cultura e caminhos para sermos cidadãos potentes, transformadores.



Além disso, os participantes da mostra serão convidados a compartilhar uma imagem de sua infância que revele a essência da criança que foi e que ainda traz dentro de si. As imagens ficarão expostas numa instalação, criada pelas artistas plásticas Naná Lavander e Nani Brisque, convidadas pela organização, batizada de Ciranda de Memórias. “O evento é um grande caldeirão poético, que pretende nos conectar com a essência da infância e inspirar educadores e pais a construírem experiências ricas em sentido e aprendizado para si e para as novas gerações”, afirma Ana Claudia Arruda Leite, coordenadora de educação do Instituto Alana.



SELEÇÃO – Para compor a grade com os filmes, a curadoria debruçou-se durante aproximadamente 10 meses num intenso trabalho de pesquisa. Patrícia Durães enfatiza que “além de atentar para as novas propostas de transformação e mobilização, foi muito importante olharmos para os mestres do passado, educadores e pensadores que, de forma ousada e apaixonada, nos apontaram caminhos encorajando-nos a acreditar em uma educação verdadeira. Documentários como ‘Imagine a School, Summerhill’, ‘As 200 Crianças do Dr. Korczak’ e ‘Paulo Freire Contemporâneo’ fazem parte desse resgate”.



Já Fernanda Heinz Figueiredo ressalta a dificuldade em selecionar os filmes, diante de tantas opções disponíveis. “Não foi fácil abrir mão de um bom número de excelentes produções, nem de escolher entre os vários pensadores, educadores e pessoas comprometidas com a infância que admiramos e com quem queremos estar, trocar e aprender. Mas sonhamos longe, e sabemos que teremos mais oportunidades para que outros filmes, artistas, pensadores e militantes entrem nessa ‘Ciranda’”.



EIXOS – Toda a programação da Ciranda de Filmes foi pensada e dividida sob três eixos temáticos: Nascimento e Infância, Espaços de Aprendizagem e Movimentos de Transformação.



Nascimento e Infância - Uma seleção de filmes que convoca toda a atenção para as etapas do desenvolvimento da criança, desde o nascimento, passando pelas fases do crescimento, sua cultura e linguagem próprias. Estarão integrados filmes de variadas culturas e etnias, revelando novas formas de olhar e compreender esse período determinante da vida. “Aqui a criança tem lugar central na seleção dos filmes, sendo o fio condutor para uma tentativa de resgate interno, uma oportunidade para deixar de lado a visão adultocêntrica e mergulhar no universo da criança, desde o seu nascimento”, analisa Fernanda Heinz Figueiredo.



Nesse primeiro eixo serão exibidos os documentários: “Birth Story: Ina May Gaskin And The Farm Midwives”, (EUA), que mostra um grupo de mulheres que modificou a forma de uma geração pensar o parto; “Bebês” (França), que acompanha quatro bebês em quatro países desde o nascimento até seus primeiros passos e as produções nacionais “Ô de Casa”, “Mitã”, além dos curtas do “Território do Brincar”, que refletem sobre as brincadeiras de criança.



Espaços de Aprendizagem e Educação - Os filmes selecionados para este ciclo trazem para o olhar do espectador questões e situações de contextos formais e informais de aprendizagem: a relação professor–aluno, a criança em família, na sociedade, na natureza e suas experiências com as diferentes linguagens. São filmes que auxiliam a reflexão sobre uma educação que extrapola os limites espaciais e curriculares. Entre eles, os brasileiros “Vocacional” e “O Menino e o Mundo”, o francês “C’est Pas Du Jeu”, o romeno “Matei Copil Miner” e, vindo do Japão, “Children Full of Life”. Patrícia Durães ressalta que “o público poderá ampliar o seu olhar sobre as possibilidades de troca e de aprendizado mútuo que podem abrir novas possibilidades para a humanidade em busca da cultura de paz e de uma vida mais lúdica, humana, em que sejamos todos produtores de conhecimento”.



Movimentos de Transformação - Esse terceiro eixo temático também inclui filmes nacionais e estrangeiros que propõem e geram movimentos e transformações na educação e na sociedade, possibilitando ao espectador ter uma visão dos sistemas e propostas educativas, nacionais e estrangeiros, que vêm mobilizando as pessoas em torno de um novo significado do sentido de educação. “A ideia é olhar para outras culturas, sem esquecer de que temos importantes e sábios exemplos transformadores, que nos ajudam a ampliar a visão crítica e a consciência para fortalecer os movimentos transformadores”, conclui Fernanda Heinz Figueiredo.



Para trazer à Ciranda de Filmes provocação e proposição, o projeto contempla os movimentos em busca de novos/velhos paradigmas e olhares refletidos na produção audiovisual. Filmes como o argentino “La Educación Prohibida”, os norte-americanos “Race to Nowhere” e “Free to Learn” e o curta brasileiro “Escola de Bambu” sobre a surpreendente história da construção de uma escola na Libéria, África Ocidental, fazem parte da seleção, materializando os ecos desses debates.



TERRITÓRIO DO BRINCAR – A Ciranda de Filmes terá ainda outro desdobramento, além da exibição dos filmes e dos debates, com uma exposição no Conjunto Nacional, com parte do acervo do projeto Território do Brincar (www.territoriodobrincar.com.br), uma co-realização do Instituto Alana com coordenação da educadora Renata Meirelles e do documentarista David Reeks. Desde abril de 2012, os dois percorrem diversas regiões brasileiras, incluindo comunidades rurais, indígenas, quilombolas, grandes metrópoles e localidades no sertão e no litoral, revelando o país através dos olhos das crianças e realizando um trabalho de escuta, intercâmbio de saberes, registro e difusão da cultura infantil.



PERFIS - CURADORIA

FERNANDA HEINZ FIGUEIREDO

Dedica-se, juntamente com seus parceiros na Aiuê à produção de conteúdo relacionado à educação, cultura e sustentabilidade. “Sementes do Nosso Quintal”, seu primeiro longa, retrata a experiência de sua primeira escola infantil, a Te-Arte, foi premiado pelo público da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e do Festival du Film d’Éducation na França. Dedica-se hoje a uma série infantil para a TV do Território do Brincar e a promover encontros e debates sobre educação por meio do audiovisual.



PATRÍCIA DURÃES

Desenvolve há mais de 20 anos projetos e cursos com cinema e educação para a formação de novas plateias. É diretora do Grupo Espaço de Cinema (Cinemas Itaú, Circuito Cinearte e Cinespaço), criadora do Projeto Escola no Cinema e do Clube do Professor e coordenadora do Festival da Juventude da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Na distribuidora Espaço Filmes é responsável pelo lançamento de filmes infantis no Brasil como o sueco “Línea no Jardim de Monet”, “Kiriku e A Feiticeira” e “Príncipes e Princesas” de Michel Ocelot.



CO-REALIZAÇÃO E PATROCÍNIO


INSTITUTO ALANA

Organização não-governamental, sem fins lucrativos, que trabalha em várias frentes e tem como missão honrar a criança. Seus projetos têm como base o olhar sensível para a infância e o reconhecimento do potencial das várias linguagens da criança, em especial as não-cognitivas. A atuação do instituto vai desde a ação direta na educação infantil até um trabalho jurídico e de advocacy para a efetivação dos direitos da criança. Informações: www.alana.org.br.



INSTITUTO PENÍNSULA

Tem como missão melhorar a qualidade da educação no Brasil com foco na formação do professor. Para isso, desenvolve projetos próprios e apoia projetos e iniciativas de diferentes instituições sociais que buscam valorizar a carreira docente e fortalecer os processos de ensino e aprendizagem. Criado em 2010, o Instituto Península é o braço social da família Abilio Diniz que acredita na força do professor como fator determinante para a transformação da educação brasileira.



CIRANDA DE FILMES

De 31 de março a 3 de abril

Abertura dia 31/03, às 19h, com a pré-estreia do filme Tarja Branca e apresentação especial Antonio Nóbrega (Evento para convidados)



Dia 1º de abril

Sessões de Cinema: às 9h, 11h e 14h

Roda de Conversa sobre o tema “Nascimento e Infância” com Renata Meirelles, Adriana Friedman, Carlos Eduardo Correa e Luiza Lameirão – 16h



Dia 02 de abril

Sessões de Cinema: às 9h, 11h e 14h

Roda de Conversa sobre o tema “Espaços de aprendizagem” com Marcos Ferreira Santos, Stela Barbieri, Maria Amélia Pereira (Peo) e Fernanda Heinz Figueiredo – 16h



Dia 03 de abril

Sessões de Cinema: às 9h, 11h e 14h

Roda de Conversa sobre o tema “Movimentos de Transformação” com Ana Lucia Villela, Ana Thomaz, German Doin e Regina Migliori – 16h



Encerramento

Dia 03 de abril, às 19h

Lançamento do documentário “Sementes do Nosso Quintal” – Direção: Fernanda Heinz Figueiredo.

Apresentação de Ciranda com Tião Carvalho.



SERVIÇO

Entrada Gratuita mediante retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência de cada sessão

Capacidade: 400 lugares para a Mostra de Filmes e 300 lugares para as Rodas de Conversa

Local: Cine Livraria Cultura

Endereço: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073

Telefone: (11) 3285-3696

Informações: www.cirandadefilmes.com.br



A Ciranda de Filmes tem o apoio de divulgação da TV Cultura, Fundação Victor Civita, Rádio Bandeirantes, Band News FM e Jornal Metro.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Evento em São Paulo reúne especialistas nos aparelhos ortodônticos Invisalign®

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2014 19:44:00

Os maiores especialistas internacionais no sistema de tratamento ortodôntico Invisalign® estarão em São Paulo nos dias 11 e 12 de abril para participar do Brazil International Forum.



Organizado pela Align Technology do Brasil com apoio da ABOR (Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial), o evento contará com 7 palestrantes internacionais e vai focar em casos complexos tratados com Invisalign®, incluindo problemas periodontais, maloclusões complexas, extrações, problemas verticais, transversais e ântero-posteriores.



“Para ter acesso a esse nível de conteúdo, seria necessário participar do Summit Invisalign® americano ou europeu. Mas esses eventos têm vagas limitadas para profissionais da América Latina, normalmente apenas 5”, lembra Mauricio Casa, responsável pela operação da Align Technology do Brasil.



Além de casos clínicos complexos, o Brazil International Forum vai abordar tudo sobre o sistema Invisalign®: histórico e evolução do sistema, a exclusiva tecnologia ClinCheck® de simulação virtual da movimentação dos dentes e o desafio de produzir mais de 70 mil alinhadores por dia – nenhum igual a outro.



A palestra de abertura será realizada por Marcelo Amorim, profissional especializado em negócios e empreendedorismo, que vai falar sobre o consumidor do século XXI e as oportunidades de mercado para o sistema Invisalign®.



Mais sobre a Align Technology e a tecnologia Invisalign®

Fundada na Califórnia em 1997, a Align Technology está presente no Brasil desde 2002. Mais de 2 mil ortodondistas brasileiros são Invisalign® Doctors credenciados. Na América Latina são 4 mil. O tratamento é baseado em alinhadores imperceptíveis e no software Clincheck®. O paciente sabe exatamente o resultado de seu tratamento, mesmo antes de iniciá-lo. Outra grande vantagem é estética. Mesmo as pessoas de convívio próximo não enxergam os alinhadores e, portanto, sequer se dão conta do tratamento. Por fim, os alinhadores não incomodam e podem ser retirados durante as refeições, facilitando a higiene.

CONHEÇA OS PALESTRANTES INTERNACIONAIS DO BRAZIL INTERNATIONAL FORUM

Palestra: Histórico e evolução


Dra. Mitra Derakhshan


É graduada pela Universidade de Michigan, e Ortodontista pela Universidade de Illinois em Chicago, tem a função de Diretora Clínica Internacional da Align Technology desde 2006 supervisionando programas clínicos e de pesquisa e desenvolvimento de produtos para os mercados internacionais, com várias funções anteriores desde agosto de 2000. Ela também trabalha como ortodontista associada em uma clínica privada nos EUA. Dra. Derakhshan é palestrante sobre o sistema Invisalign ao redor do mundo incluíndo Europa e Ásia. Dra. Derakhshan publicou no Journal of Clinical Orthodontics, Seminars in Orthodontics, World Journal of Orthodontics; e autora de diversos materiais de Educação Continuada da Align. Ela é membro do AAO, ADA e Fellow of Royal College of Dentists of Canada (FRCD(C)).



Palestra: Maloclusões Complexas & Pacientes com Problemas Periodontais



Dr. Kamy Malekian



-Graduado em 1995 na Madrid Complutense University (UMC).

- Pós-graduado em Ortodontia pela UCM em 1999.

- Professor Honorário do departamento de Ortodontia da UCM

- Pioneiro da técnica Invisalign na Espanha em 2000.

- Palestrante Invisalign desde 2001.

- Invisalign Platinum Elite Doctor desde 2001.

- Membro da AESOR (Associação da Ortodontistas da Espanha).

- Membro da SEDO (Associação de Ortodontia da Espanha)



Palestra: Do processo de Costa Rica ao setup de ClinCheck



Dr. Jose Franco



Juntou-se à Align Technology em 2004 e atualmente é diretor Clínico da Align Technology em Costa Rica responsável pelos setup de ClinCheck de todo o setor internacional, desenvolvimento do produto e treinamento e supervisão dos técnicos. Já ministrou diversas palestras sobre o sistema Invisalign nos EUA e no mercado internacional.

Professor de Ortodontia na Orthodontic School –Jaffa em Israel e Professor dos cursos de mestrado em ortodontia na La Universidad Latinoamericana de Ciencia y Tecnología e na Veritas Univesity em Costa Rica. Também atuou em clínica privada como ortodontista desde 1991 no México e Israel e atualmente em Costa Rica.

Membro da AAO, WFO, Israeli Orthodontic Society e Mexican Orthodontic Society.

ENCONTROS INTERNACIONAIS , PALESTRAS

-Palestrante do Summit Invisalign Europeu nos anos de 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2011, 2013.

-Palestrante do Summit Invisalign Norte Americano em 2001 e 2009.

-Palestrante em diversos Clubes de Estudos na Espanha e em Portugal de 2002 a 2013.



Palestra: Problemas verticais e Mordidas Cruzadas



Dr. Clark D. Colville



É graduado em ortodontia pela University of Texas Health Science Center at Houston e mantêm sua clínica privada em Seguin, Texas. Dr. Colville é diplomado no American Board of Orthodontics e é membro ativo da American Association of Orthodontists e da Southwestern Society of Orthodontists. Dr. Colville trabalha com a Align Technology desde 1998 fazendo pesquisa clínica, e faz parte de grupo de Conselheiros Clínicos, e é palestrante frequente em todo o EUA sobre o sistema Invisalign. Dr. Colville tem usado o Distalizador Carriere em sua clínica desde sua intrudução no mercado americano em 2004. Ele é consultor clínico da Ortho Organizers e palestrante sobre aplicação clínica do Distalizador Carriere com aparelhos fixos e Invisalign.



Palestra: O futuro é claro (O que a Invisalign nos prepara para o futuro)



Dr. Rene Sterental



É diretor clínico da Align Technology nos EUA desde 2003 e se tornou membro do grupo de palestrantes oficiais da empresa em 2004. Ele foi co-autor, do livro “Invisalign” editado pelo Dr. Tuncay. Membro Internacional da AAO, da World Federation of Orthodontics e da Sociedade Venezuelana de Ortodontia.



Palestra: Maloclusões Complexas & Tratamentos com Extrações



Dr. Schwarze



Estudou odontologia em Bolonha, Colônia e em Bonn, onde obteve a especialização e doutorado em ortodontia. Credenciado Invisalign® desde 2001, já tratou mais de 1.000 pacientes, um dos profissionais mais experientes da Europa. Em paralelo a sua clínica particular em Cologne, ele é um constante pesquisador e professor associado nas Universidades de Bonn e Ferrara/Itália. Ele é um palestrante internacional e tem diversas publicações científicas. Dr. Schwarze é membro de diversas associações de ortodontia e é um dos membros fundadores e secretário geral da German Association of Aligner Orthodontics (DGAO), membro do Conselho Clínico da Europa e membro do Conselho Educacional da Align Technology desde seu início. Ele recebeu vários prêmios científicos, incluindo o 1º lugar no Programa de Pesquisa da Align Technology Internacional em 2011 e 2012. Os alicates “Gun I”, “Gun II” e “Slotmachine” foram desenvolvidos por ele e em 2012 ele mostrou pela primeira vez sua extratégia de extração com Invisalign.



Palestra: Correção de Classe II exclusivamente com Invisalign



Dr. Sam Daher



Bilingue nativo de Montreal, Dr. Sam Daher se gradou na McGill University com distinção e na Université de Montréal completou o mestrado em Ortodontia e Ortopedia Dentofacial. Atualmente vive e trabalha em Vancouver, Dr. Daher mantêm sua clínica Invisalign no centro da cidade onde ele já tratou mais de 2.500 pacientes Invisalign com vários graus de complexidade. Ele é o primeiro Elite Premier provider em seu estado e é o Invisalign doctor que mais enviou tratamentos no mundo em 2009 e 2010. Dr Daher é um membro do time da “Aligntech Institute” e principal palestrante, e membro da “Align Clinical Studies Network”; ele é um membro ativo da American and Canadian Association of Orthodontists (AAO & CAO) e membro da World Federation of Orthodontists (WFO). Dr. Daher é Professor Adjunto Associado na University of Pacific, Ortodontia, San Francisco.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Clã Estúdio das Artes Cômicas e Prefeitura Municipal de São Paulo apresentam “Água”

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2014 19:43:00

De 28 de março a 27 de abril, o público da capital e grande São Paulo poderá prestigiar o espetáculo “Água” no Teatro Cacilda Becker, e conferir um espetáculo lúdico que diverte e conscientiza toda a família.



Dirigido por Cida Almeida, o espetáculo traz à cena seis palhaços que acabam “entrando pelo cano” ao desperdiçar a água. Deparando-se com seu desaparecimento, esses personagens atrapalhados partem em uma fantástica jornada e passam pelas mais incríveis aventuras marinhas e ribeirinhas, em busca de tão valioso líquido incolor, inodoro e insípido.



“A questão da água nos serve como um fio condutor, um incremento ao recurso dialógico que permitiu colagens peculiares de números e cenas. Pretende-se aqui tratar o tema não de forma enfadonha e moralista, mas como um elemento que percorre toda a fábula.”, diz Cida Almeida.



O espetáculo “Água” nasceu em 2011, como parte das comemorações aos 10 anos do Clã – Estúdio das Artes Cômicas. Criou-se uma obra de linguagem híbrida com circo, a máscara do clown, o teatro e a pantomima. A história é contada em quadros que abordam a problemática da água sob diversos pontos de vista: desde questões relativas à responsabilidade sócio-ambiental, até as metáforas usadas popularmente com a palavra água, seu significado simbólico, seu poder enquanto agente da natureza e sua importância na vida de todos os seres. A peça procura, de maneira inusitada, tratar de questões que povoam o imaginário coletivo a respeito da água. “Até pra fazer lágrimas precisa de água!”, diz um palhaço em uma das cenas da peça, ao notar que não consegue mais chorar, pois a água acabou! O não didatismo do espetáculo fica por conta da lógica absurda desse personagem clássico do circo, que responde ao mundo com a sua fértil imaginação.



Toda a peça acontece em um picadeiro-piscina inflável, e cada quadro é apresentado valendo-se de elementos cênicos próprios, representando situações onde encontramos água em diferentes estados. Os adereços manipulados pelos palhaços ganham vida, estabelecendo relações diversas e criando situações cômicas variadas. A concepção sonora do espetáculo contempla clássicos do circo, do cinema e da música erudita. A trilha muitas vezes é o elemento norteador dos quadros onde a encenação é calcada por seu ritmo, melodia e andamento e em outras se apresenta como sutil acompanhamento da cena. Algumas músicas e efeitos sonoros são executados pelos palhaços utilizando instrumentos musicais inusitados.





FICHA TÉCNICA

Direção: Cida Almeida // Direção Musical: Célio Collela // Direção de Arte: Emília e Helena Ramos // Elenco: Caio Franzolin, Caio Marinho, Gabriel Küster, Julia Pires, Juliana Oliveira e Paula Praia //Preparação circense: Oswaldo Aurich // Preparação técnica: Ivanildo Piccoli // Preparação vocal e musical: Célio Collela // Cenário, figurino e adereços: Emília Ramos, Helena Ramos e Paulo Galvão // Produção: Julia Pires, Juliana Oliveira e Laura Salerno // Assessoria de Imprensa: Moretti Cultura e Comunicação



SERVIÇO

Onde: Teatro Cacilda Becker

Endereço: Rua Tito, 295 - Lapa - Tel: 3864-4513.

Quando: 28 de março a 27 de abril, Sábados e domingos, 16h.

Quanto: R$10,00 e R$ 5,00

Duração: 55 minutos

Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos




Informações Complementares



Clã Estúdio das Artes Cômicas

Fundado em 2001, o Clã – Estúdio das Artes Cômicas tem em sua trajetória um fazer teatral específico baseado em pesquisas, experimentações e treinamentos em busca de uma antropologia teatral, explorando especialmente a linguagem das máscaras cômicas.

O Clã tem como um de seus principais alicerces a formação de artistas por meio de uma metodologia fundamentada na “Pedagogia das Máscaras” e no estudo da cultura popular brasileira. Este método tem sido aprimorado pela diretora e fundadora da companhia, Cida Almeida em conjunto com os integrantes do grupo.



Núcleo da Cooperativa Paulista de Teatro, o grupo completou 10 anos em 2011 e resultam de sua pesquisa vários espetáculos como “Reminiscor”, “Sonho de Uma Noite de Verão”, “Bisbiglio”, “Pano de Roda – Palhaços em Variedades”, além de intervenções urbanas, conotações de história, cursos e oficinas.


Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

V&R Editora lança “A arte da cozinha italiana”

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2014 19:42:00

A obra é uma viagem extraordinária pela cozinha clássica italiana, na companhia de grandes chefs, que reúne uma herança conjunta de inestimável valor histórico e cultural, transmitida de geração para geração









FICHA TÉCNICA:

Título: A Arte da Cozinha Italiana

Autor: Mario Grazia e Maria Grazia Villa

Formato: 23,5 x 35,6 cm

Nº de Páginas: 304

Capa: Brochura

ISBN: 978-85-7683-559-2

Preço: R$ 159,90





A V&R Editora traz para o Brasil, em março, o livro A Arte da Cozinha Italiana, uma viagem extraordinária pela cozinha clássica italiana, na companhia de grandes chefs da renomada Academia Barilla. A cada receita, foi explorado um mosaico de tradições que constituem uma herança conjunta de inestimável valor histórico e cultural, transmitida de geração para geração. A cada página, o leitor conhecerá a história, tradição e costumes à mesa da cultura Italiana.



Com receitas regionais de norte a sul da Itália, selecionadas a dedo pelo Master Chef Mario Grazia, professor e diretor da Academia Barilla, a obra é uma homenagem a arte de comer bem e ao inigualável talento de uma terra amada por todos nós. A Arte da Cozinha Italiana reúne receitas diferentes, saudáveis, ricas e apetitosas, que variam de cidade para cidade, de região para região, trazendo os diferentes formatos de massas e recheios, pratos principais que levam o nome dos lugares (à veneziana, à milanese, à modenese) ou ainda que adotam o nome original no dialeto da região e sobremesas que são feitas com ingredientes de produção local.



A culinária italiana é resultado de receitas simples que foram passadas, por meio da tradição oral, de geração para geração e depois adaptadas pelos restaurantes até chegarem às nossas mesas. Separadas em aperitivos, entradas, pratos principais, vegetais e legumes e sobremesas, cada uma das 130 receitas escolhidas, traz consigo um breve histórico, peculiaridades e influências regionais, com textos de autoria do Master Chef Mario Grazia e de sua esposa Maria Grazia Villa. Ideal tanto para iniciantes em gastronomia quanto para profissionais do ramo, cada uma das receitas conta com a avaliação do grau de dificuldade de seu preparo, que varia de um a três.



As fotografias que acompanham e dão vida a cada uma das receitas são de autoria de Alberto Rossi – fotógrafo italiano especializado em gastronomia – do próprio Mario Grazia e do também Chef e professor de gastronomia Luca Zanga.



Editado pela renomada Academia Barilla, a obra conta ainda com três textos introdutórios. O primeiro, assinado pelos irmãos Guido, Luca e Paolo Barilla, discorre sobre as diferentes cozinhas italianas, cada qual marcada pela região em que surgiu. Em seguida, Gianluigi Zenti – presidente da Academia Barilla – conta um pouco sobre o conceito da Academia e de sua importância para a preservação dos costumes culinários do país e, consequentemente, da cultura italiana. Por fim, o Chef Davide Oldani, do restaurante D’O Cornaredo, premiado com três estrelas pelo Guia Michelin, traz uma reflexão sobre tradição e gastronomia, em sua visão duas questões indissociáveis e complementares.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O que o Coach pode fazer por você

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2014 19:40:00

* Por Margareth Signorelli

Há alguns dias encontrei num evento uma amiga que me disse: “Leio sempre seus artigos, são bons, a gente aprende, né?”. Lógico que aprende!

Estamos em constante transformação e cada informação é valiosa para que isto aconteça. É a mesma sensação que temos quando lemos um livro de autoajuda, nada contra, já li uns ótimos. Quando lemos, pensamos: “Nossa! Esta é a minha história, ela fala exatamente o que eu preciso”.

Após algumas semanas não conseguimos lembrar o que estava escrito no livro, mas nos acrescentou algo? Sim, sempre acrescenta. Mas isto fará com que você mude, evolua e se transforme? Não posso dizer o mesmo.

Muitas pessoas me procuram, a princípio, para entender melhor como funciona o processo de coaching e verificar se é o que estão precisando. O processo de 10 semanas é pouco conhecido no Brasil, mas é usado e reconhecido há muitos anos na América do Norte e em vários países da Europa.

No Brasil, a maioria dos coaches obtém sua graduação no processo de desenvolvimento. Não se fala em passado e somente foca-se no presente para o futuro. Existem outras formações para se tornar um coach de transformação. O processo, também de 10 semanas, proporciona uma grande transformação. Isto somente é possível indo para o passado, entendendo o que lá aconteceu e seguindo para o futuro de encontro aos seus objetivos.

Existem pessoas que precisam orientar suas ideias para chegarem a uma melhor solução dos problemas, precisam de uma orientação. Baseado nisso, ampliei minhas atividades para atender a demanda daqueles que não procuram um processo de coaching, mas sim, alguém que os oriente como organizar suas diferentes ideias e questionamentos. Esta orientação pode durar 1 ou mais sessões, dependendo da proporção da dificuldade de cada um.

O coach, diferentemente do psicoterapeuta, orienta ações e decisões rápidas que precisamos tomar neste mundo em constante mudança. Este profissional será o “meio de transporte” para orientá-lo onde quiser chegar. Ele te guiará e apoiará durante o processo, mas você será o personagem principal.

Então, pode continuar lendo livros de autoajuda ou mesmo os meus artigos. Sempre escreverei textos que te farão refletir e trarão alguma luz para o seu caminho, mas quando você quiser mudar os resultados da sua vida e começar um processo de transformação pessoal, poderemos conversar.

Margareth Signorelli é Coach de Relacionamento e Terapeuta EFT (www.conexaocoach.com.br).

Margareth Signorelli

Margareth Signorelli é Coach de Relacionamento e terapeuta EFT (Emotional Freedom Techniques), processo que combina os princípios da milenar medicina chinesa com as modernas técnicas do Coaching.

Possui certificação em coaching e Quantum Evolution pelo ICI - Integrated Coaching Institute (São Paulo), e em Coach de Relacionamento e em Feminine Power Mastery (Los Angeles-EUA). Além disso, tem bacharelado em Enfermagem.

Constantemente voltada novos conhecimentos e interessada em ajudar as diversas pessoas que a procuravam com problemas de relacionamento pessoal, encontrou no método “Calling in The One”, de Los Angeles, a abordagem ideal. Tornou-se um dos 170 coaches no mundo com formação neste método, sendo hoje também uma coach de transformação.

Desenvolve os seguintes trabalhos:

- Conexão: ideal para pessoas que querem encontrar um(a) companheiro(a), marido/esposa, enfim, sua alma gêmea.

- Reconexão: coaching indicado para a pessoa que já está em um relacionamento e quer fazer crescer, desenvolver ou aprofundar sua relação, de modo a obter uma maior conexão ou uma reconexão com seu parceiro.

- Transformação: para pessoas que querem uma transformação pessoal, de maneira a mudar os resultados de sua vida. Indicado para quem está cansado de repetir os erros do passado que não permitem a realização de seus maiores objetivos.
Margareth Signorelli mantém-se em permanente contato com as maiores referências mundiais em relacionamento: Katherine Woodword Thomas, Clair Zammit, Ariel Ford, Alison Armstrong, Dra. Pat Allen e John Gray.

Serviço
Margareth Signorelli - Coach de Relacionamento e Terapeuta EFT
www.conexaocoach.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SHOW GRATUITO DE FORRÓ NO TEATRO CIEE

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2014 19:38:00

São Paulo, março de 2014 – O cantor, compositor e acordeonista Chambinho do Acordeon se apresentará no CIEE, às 20 horas do próximo dia 14, sexta-feira, em um show gratuito com muito baião, xote, xaxado e arrasta-pé. O artista também foi elogiado pela crítica especializada por sua atuação no filme Gonzaga – De pai para filho, quando interpretou o Rei do Baião. A apresentação terá início às 20h, no Teatro CIEE (R. Tabapuã, 445 – Itaim Bibi). As inscrições devem ser feitas pelo site www.ciee.org.br/portal/eventos. Há estacionamento gratuito no local. A classificação etária é de 8 anos.



Sob influência do avô Zezinho Barbosa, Chambinho começou a estudar sanfona, mas foi com a banda Caiana que ganhou destaque no circuito de forró universitário. No currículo, o músico soma importantes prêmios como o TIM e Grammy Latino, na categoria música regional. Já tocou com nomes importantes da música brasileira como a Família Gonzaga, Anastácia e João Claudio Moreno. Agora em carreira solo, Chambinho está mais focado no forró de raiz.



Serviço

GRATUITO

Apresentação musical com: As sanfonas do Nordeste com Chambinho do Acordeon.

Data: 14 de março, sexta-feira.

Horário: 20h.

Local: Teatro CIEE (R. Tabapuã, 445 – Itaim Bibi).

Inscrições obrigatórias: pelo site: www.ciee.org.br/portal/eventos.

Classificação: 8 anos.



Sobre o CIEE

Desde sua fundação, há 50 anos, o CIEE já encaminhou 13 milhões de estudantes para estágio e aprendizagem em 250 mil empresas e órgãos públicos parceiros. Para se ter ideia, o contingente de estagiários é maior do que a população da cidade de São Paulo. A marca confirma o crescente reconhecimento da eficácia do estágio e da aprendizagem em duas importantes frentes: como capacitação prática dos jovens para o mercado de trabalho e como fonte de recrutamento de novos talentos. O CIEE também desenvolve uma série de ações de assistência social, com total gratuidade aos beneficiados e destinadas, em especial, a segmentos em situação de vulnerabilidade social como: Programa de Educação à Distância, inclusão de Pessoas com Deficiência, Alfabetização para Adultos, Desenvolvimento Estudantil e Profissional, Orientação e Informação Profissional, Orientação Jurídica Gratuita à População Carente (Projur), Cursos Gratuitos de Informática, além de Ciclos de Palestras, Concursos Literários – que estimulam a escrita e a leitura, Feira do Estudante - Expo CIEE, entre outros.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Netos de Pierino Massenzi lançam campanha para arrecadar fundos pró acervo

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2013 12:34:00

"Vaquinha virtual" visa angariar verba para conservação do ateliê e das mais de 160 obras deixadas aos netos por um dos grandes nomes das Artes Visuais e do cinema nacional



"Bolinhas de Gude (óleo sobre tela)" óleo sobre tela/ sem data (anos 80). tamanho final 1,10x90 cm
Reprodução / Pierino Massenzi



Os Netos de Pierino Massenzi – nome fielmente dado ao grupo responsável pela preservação e divulgação do trabalho deixado pelo avô – acabam de lançar uma campanha na internet que visa angariar fundos que possam auxiliar na conservação das cerca de 160 obras do acervo, parte das mais de 4 mil produzidas ao longo dos mais de 50 anos de carreira do multi-qualificado italiano e ex-morador de São Bernardo do Campo, no Grande ABC. Além das peças, a verba servirá para realizar melhorias no ateliê, utilizado pelo cenógrafo, diretor de arte, projetista e artista plástico até 2009 – ano de seu falecimento –, que deverá ser aberto para visitação pública.

Ao todo, os Netos de Pierino Massenzi esperam conseguir, até dia 23 de janeiro de 2014, cerca de 53 mil reais para que todo o projeto seja viabilizado, o que inclui futuras exposições e participações em eventos culturais. Para isso, recorreram ao crowdfunding, um sistema de financiamento coletivo pela internet, intitulada Salve a obra de Pierino Massenzi (http://catarse.me/pt/massenzi). Parceiro e amigo da família, Douglas Negrisolli, historiador e curador independente de Artes Visuais, lembra que a ferramenta é uma tendência. “É uma ação para acelerar a divulgação do Pierino, visto que outras formas tradicionais de contribuição demoram muito mais”.

A iniciativa recompensará os colaboradores de quatro maneiras diferentes: contribuindo com 20 reais, recebe diretamente no e-mail um papel de parede digital em alta definição reproduzindo uma obra de Massenzi, com agradecimentos. Com 150 reais, o apoiador recebe uma reprodução digital exclusiva da obra "São Paulo XXI" (óleo sobre tela, de 1995, tamanho final 70x50 cm). Ao doar 350 reais, ganha uma reprodução exclusiva da obra "Abstrato sobre azul Tom 1964" (tamanho final 80x50 cm). Para aqueles que doarem valor a partir de 3,5 mil reais, a gratificação é uma reprodução digital exclusiva e com qualidade museológica da obra “Bolinhas de Gude” (óleo sobre tela, anos 80, tamanho final 1,10x90 cm). Todas as peças são edições limitadas.

“Caso permitido por eles, todos os apoiadores terão seus nomes expostos nas exposições realizadas pelos Netos do Pierino Massenzi como demonstração da gratidão”, conta Simone Massenzi, neta e uma promotoras da campanha. “É importante ressaltar que toda a verba terá destino único, sem nenhum lucro aos familiares de Pierino Massenzi”, conclui.



Pierino Massenzi

Pierino Massenzi nasceu em Roma, em 1925, e chegou ao Brasil no período de grande êxodo europeu, no pós Segunda Guerra Mundial. Ao longo de sua carreira e de sua versatilidade de atividades, participou da produção de 47 longas-metragens, realizados entre 1949 e 1973. Dos filmes de maior destaque estão clássicos como O cangaceiro, Tico-tico no fubá, Ravina, Assalto ao trem pagador, Noite vazia, e outros, que lhe renderam inúmeros prêmios de reconhecimento. Aos 84 anos, faleceu em 2009, quando ainda vivia em sua chácara no município de São Bernardo.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Editora Novo Século apresenta “Here, there and everywhere: Minha vida gravando os Beatles”

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2013 16:16:00

Livro traz uma grande riqueza de detalhes sobre a banda mais famosa do mundo





Um jovem inglês de 15 anos que sonha ser engenheiro de som de uma grande gravadora. É assim que começa a história de Geoff Emerick, que superou seus objetivos profissionais ao ter o privilégio de acompanhar praticamente toda a existência da banda formada pelos garotos de Liverpool, contada em sua biografia “Here, there and everywhere: Minha vida gravando os Beatles”, que acaba de chegar ao Brasil pela Editora Novo Século.



Emerick sempre foi um aficionado por música. Quando criança se deliciava nos porões de seus avós com discos antigos tocados numa vitrola. Narra com emoção o primeiro rádio que ganhou de presente do pai. A bateria usada que comprou por três libras. O piano, a guitarra e a flauta que aprendeu a tocar sozinho. Mas desde cedo decidiu que não queria ser músico, queria ser engenheiro de som.



Ao terminar o colégio, optou por não ir para a faculdade. Mandou cartas para as quatro principais gravadoras de seu país pedindo um emprego como técnico. Todas foram negadas. Até que um orientador vocacional de seu colégio soube das intenções do jovem e conseguiu uma entrevista para ele na EMI, uma das mais importantes na época. Mesmo sem experiência, foi contratado.



Logo que começou o trabalho foi escalado para gravar uma banda formada por quatro integrantes: John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr. “A maioria das pessoas pensava que Lennon era o líder dos Beatles por causa das entrevistas e aparições públicas, mas ao longo dos anos sempre me pareceu que McCartney era o verdadeiro líder. Nada era feito sem que ele aprovasse”, lembra.



Ao longo das 480 páginas, Emerick descreve a personalidade e os talentos distintos de cada um dos Beatles. Conta em detalhes os ensaios e os testes que fizeram para dezenas de músicas. As exaustivas horas que passaram dentro dos estúdios. As brigas. As drogas. A constante busca pela perfeição. “Os Beatles estavam exigindo cada vez mais, muito mais, tanto de mim quanto da tecnologia. Eram perfeccionistas e nem sempre entendiam os limites dos instrumentos musicais”.



A fama merece um capítulo à parte. “Nos primeiros dias de Beatlemania sempre parecia haver ao menos uma centena de meninas acampadas do lado de fora do estúdio”. Emerick relata um dia que “meninas histéricas” invadiram a gravadora, correndo e gritando por seus ídolos e sendo perseguidas por policiais e seguranças. “Ringo, ainda em seu banco de bateria, parecia um pouco abalado, mas John, Paul e George logo começaram a brincar com a situação, correndo pelo estúdio, rindo e gritando, imitando as fãs”.



O engenheiro de som participou de alguns dos mais importantes álbuns da banda, revelando as fases pelas quais os Beatles passavam em cada um deles. Revolver, lançado em agosto de 1966, contava com toda a empolgação de jovens recém-lançados ao sucesso. Cansados pelos desgastes de uma turnê internacional, decidiram focar-se apenas nas gravações em estúdios, tendo passado quatro meses e meio na preparação de Sgt. Pepper´s, lançado em junho de 1967.



No ano seguinte, em novembro de 1968, foi lançado o Álbum Branco, ou simplesmente The Beatles. Na mesma época, os integrantes da banda abriram a Apple Corps - para a qual Emerick foi convidado a trabalhar -, uma empresa que pretendia lançar novos artistas ao mercado, mas que, na verdade, nunca decolou. Nem todas as músicas agradavam mais. Precisaram aprender a lidar com as críticas. “Era como se alguém tivesse lhes mostrado que eles não eram tão importantes quanto pensavam. Eles sentiam que podiam gravar quase qualquer coisa e o público aceitaria, mas não era tão simples assim”.



Mesmo em meio às rachaduras e tensões, em 1969 foi lançado o Abbey Road. “A ideia era que o álbum se chamasse Everest, mas eles não quiseram ir até lá para fazer as fotos. Então, Ringo disse: Que se dane, vamos lá fora e chamamos o disco de Abbey Road”, que era o nome da rua onde ficavam os estúdios. Eis que surgia a faixa de pedestres mais famosa do mundo, que ainda hoje todos os dias recebe dezenas de turistas para reproduzir a imagem que estampou o álbum.



Em 1970, logo após o lançamento de Let it Be, é anunciado o fim da banda. Emerick continuou na Apple Corps e fez trabalhos solo para McCartney, de quem se tornou um grande amigo. Lembra ainda quando soube do assassinato de John Lennon, em 1980. “A morte dele me deixou arrasado por um bom tempo. John pode ter tido uma natureza agressiva, mas ele também tinha um senso de humor maravilhosamente sarcástico”.



Quase 25 anos depois, em 1994, fruto de uma parceria entre os três Beatles e a viúva de Lennon, Yoko, o fiel engenheiro de som ajudou no lançamento do documentário The Beatles Anthology, que reuniu imagens e entrevistas inéditas da banda. “Enquanto ouvia cada claquete anunciando o título e o número das faixas, eu sentia que era imediatamente transportado para aquele momento no tempo, de volta ao lugar de inocência e admiração, uma época em que o céu parecia ser o limite para jovens idealistas de todo o mundo... sobretudo para quatro rapazes de Liverpool”.



A riqueza de detalhes é algo que realmente impressiona durante a leitura. Nada passa despercebido aos olhos do atento engenheiro de som. Sua sensibilidade aguçada é capaz de interpretar até os sentimentos mais profundos de um Beatle apenas com um olhar. O leitor sente-se como um convidado de honra para acompanhar a construção de músicas que embalariam toda uma geração - e o melhor: direto do estúdio. Uma experiência indispensável a qualquer Beatlemaníaco.



Serviço

Livro: Here, there and everywhere: Minha vida gravando os Beatles

Autor: Geoff Emerick e Howard Massey

Editora: Novo Século

Número de páginas: 480

Preço sugerido: R$ 39,90

Disponível nas melhores livrarias do país a partir de 15 de novembro

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Poupatempo Itaquera ensina a confeccionar porta panetones para o Natal

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2013 16:14:00

São 30 vagas disponíveis para aulas que acontecem nesta quinta-feira (14)

O Poupatempo Itaquera está com inscrições abertas para a oficina de artesanato que ensinará a confeccionar porta panetones. Além de uma boa opção para presentear neste Natal, o trabalho artesanal também possibilita complementar a renda familiar.

Os interessados devem se inscrever até a próxima quarta-feira (13), pessoalmente, das 7h às 19h, na área da administração da unidade ou pelo telefone (11) 3456-7089.

As aulas acontecem no dia 14 (quinta-feira), em duas turmas formadas, cada uma, por 15 alunos. No período da manhã, a oficina vai das 9h às 12h, e à tarde das 14h às 17h.

O Poupatempo Itaquera fica localizado na Av. do Contorno, 60 - ao Lado da estação Corinthians-Itaquera da Linha Vermelha do Metrô, e o horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h.

Em pesquisa realizada pelo Instituto Vox Populi no ano de 2012, o índice de satisfação dos serviços prestados pelo Poupatempo Itaquera obteve 99% de aprovação.

Programa Poupatempo

O Poupatempo é um programa do Governo do Estado, coordenado pela Secretaria de Gestão Pública que, desde a inauguração do primeiro posto, em 1997, já prestou mais de 375 milhões de atendimentos. Atualmente conta com 32 unidades de atendimento instaladas na Capital, Grande São Paulo, Litoral e Interior.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

CIEE CADASTRA JOVENS PARA ESTÁGIO E APRENDIZAGEM NO CEU ARICANDUVA

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2013 16:54:00

Na próxima quarta-feira, 16, o CIEE atenderá jovens do bairro Aricanduva e região cadastrando-os para vagas de estágio e aprendizagem, no posto volante que será montado no Centro Educacional Unificado (CEU) da região – Rua Olga Fadel Abarca, s/nº, na Vila Aricanduva. Entre 10h e 14h serão distribuídas senhas, para atendimento até às 18h.



No local haverá aplicação de provas para processos seletivos de estágio na prefeitura e no Tribunal de Justiça (TJ), além de encaminhamento para oportunidades de estágio e aprendizagem em empresas parceiras. As equipes também vão orientar os jovens e suas famílias para a participação em ações sociais gratuitas que o CIEE oferece, tais como orientação jurídica e programas de inclusão para pessoas com deficiência e de alfabetização e suplência para adultos.

A ação dá continuidade aos serviços gratuitos que o CIEE presta às periferias e áreas de vulnerabilidade social, visando reforçar sua atuação de assistência social. Nas visitas realizadas pelo CIEE este ano, quase 9 mil jovens foram cadastrados para oportunidades de estágio e aprendizagem.

Sobre o CIEE

Além de administrar programas de estágio e aprendizagem, para jovens de todo o País, o CIEE desenvolve uma série de ações de assistência social, com total gratuidade aos beneficiados, destinados, em especial, a jovens em situação de vulnerabilidade social, como os Programas do CIEE: Educação à Distância, inclusão no mundo do trabalho de Pessoas com Deficiência, Alfabetização e Suplência Gratuita para Adultos, Desenvolvimento Estudantil e Educação Continuada, Orientação e Informação Profissional (OIP), Projeto de Orientação Jurídica Gratuita à População Carente (Projur), Cursos Gratuitos de Informática, além de Ciclos de Palestras, Concursos Literários – que estimulam a escrita e a leitura, Feira do Estudante - Expo CIEE, entre outros.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Matilha Cultural inicia chamada pública para recepção de filmes independentes

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/09/2013 09:25:00

Curtas, medias e longa metragens são aceitos

São Paulo, setembro de 2013 – A partir de 01 de outubro, a Matilha Cultural dá início à chamada pública para recepção de filmes independentes. O projeto tem como proposta fomentar a produção e ajudar na divulgação do cinema nacional, contemplando curtas, medias e longa-metragens independentes, criativos e livres. As exibições iniciam em novembro, sempre às terças-feiras, no Cine Matilha.

Diretores de todo o Brasil podem enviar seus filmes. Todas as propostas e temáticas são aceitas, com exceção de filmes que contenham cenas que incitam o preconceito, a tortura animal, a violência e agressão ao meio ambiente. Filmes internacionais também podem ser enviados.

A ideia é que a maioria dos filmes enviados seja contemplada, mas também não serão exibidos filmes que não atendam ao mínimo de cuidado audiovisual.

Os filmes devem ser enviados para o endereço da Matilha Cultural (confira a seguir), aos cuidados de Patrícia Rabello. É necessário uma cópia do filme, ficha técnica, sinopse, imagens para divulgação e imagem do cartaz.

Mais informações via email cinema@matilhacultural.com.br

Sobre a Matilha Cultural

A Matilha Cultural é uma entidade independente e sem fins lucrativos instalada em um edifício de três andares, localizado no centro de São Paulo. A Matilha integra um espaço expositivo, sala multiuso, café, além de um cinema com 68 lugares. Fruto do ideal de um coletivo formado por profissionais de diferentes áreas, a Matilha foi aberta em maio de 2009 e tem como principais objetivos apoiar e divulgar produções culturais e iniciativas sócio-ambientais do Brasil e do mundo.

A Matilha não é um espaço imparcial ou contemplativo no mundo atual da instantaneidade da produção de conteúdo: assume uma postura politizada e apartidária, atuando junto à cena independente de cultura. Ao aglutinar projetos e expressões culturais atuais, a Matilha funciona como um centro de ideias coletivas.

Toda programação da Matilha Cultural é gratuita ou a preços populares. O espaço pode ser locado para eventos privados e a renda dessa locação é revertida para financiar projetos culturais e sócio-ambientais da entidade.

MATILHA CULTURAL
Rua Rego Freitas, 542 – São Paulo
Tel.: (11) 3256-2636
Horários de funcionamento: terça-feira a domingo, da 12h às 20h/ exceto sábados: 14h às 20h
Wi-fi grátis
Cartões: VISA (débito/ crédito)
Entrada livre e gratuita, inclusive para cães
www.matilhacultural.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Diálogos sobre obras literárias para estudantes no ABC Paulista

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/09/2013 09:22:00

Luis de Tolledo e Mario Martinez discutem Intertextualidade, interdisciplinaridade e processos de construção do conhecimento no Sesc Santo André




Em um espetáculo que mescla diversas obras fundamentais da literatura em língua portuguesa, e tomando como ponto de partida as possíveis relações intertextuais existentes entre elas, Luis de Tolledo e Mario Martinez propõem uma análise teórica acerca das competências e habilidades intrínsecas a todo processo de elaboração do conhecimento: a capacidade de leitura e interpretação de texto. A atividade acontece dia 17, no teatro do Sesc Santo André.


Voltada, sobretudo, a estudantes que pretendem realizar os exames vestibulares, educadores e demais interessados nos processos de construção do conhecimento, a atividade pretende estimular o exercício da interdisciplinaridade em um percurso pelos mais diversos campos do saber humano, fomentando a reformulação dos repertórios individuais e a construção de pontes artísticas que traduzam os abismos da alma humana.


Compartilhando o espaço cênico, o ator Luis de Tolledo e o músico, poeta e professor de literatura Mário Martinez conduzem este colóquio no qual, em meio a explanações acerca dos textos - referências a autoria, contexto histórico, estilo de época, breves análises -, trechos das obras são interpretados, buscando-se a interação com o público. Ao final da atividade os participantes poderão tecer perguntas.


Nascido em Araraquara (SP), Luis de Tolledo iniciou sua carreira artística no ano de 1981. Fez cursos de expressão corporal, jazz, sapateado, técnicas circenses, mímica, técnica vocal, interpretação com o grupo TAPA (SP), Curso de Formação de Leitores/Contadores de Histórias, com Fátima Café (RJ) e Oficina de Teatro para “Espaços não Convencionais”, com Renata Zhaneta (SP), entre outros.


Formado em Letras pela Unesp de Araraquara (onde também cursou quatro semestres de Ciências Sociais), Mario Martinez é professor de literatura e redação em cursos pré-vestibulares e também poeta, cantor, compositor, instrumentista, arranjador e produtor cultural. Em seus quase 20 anos de carreira já produziu música e arranjo para espetáculos de dança, teatro e literatura. Apresentou-se ao lado de artistas de renome, dentre eles Chico César.

Literatura

LIGAÇÕES LITERÁRIAS

Diálogos sobre obras
leitura literária

Literatura e Sociedade

Com Luiz de Tolledo e Mário Martinez.

No Teatro.
Retirada de ingressos na Bilheteria, com 1h de antecedência.

Recomendado para maiores de 16.
Grátis
17/09. Terça, às 19h30.

Sesc Santo André
Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar
Fone: (11) 4469-1200
Acesso para deficientes físicos
Estacionamento: R$ 3,00 a primeira hora e R$ 1,00 cada hora adicional (desconto de 50% para matriculados).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Minha dor de cabeça pode ser aneurisma?

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/08/2013 10:34:00

Preocupação frequente entre quem sofre de dores de cabeça fortes e constantes, na maioria dos casos o que pode ser a possibilidade de um aneurisma cerebral não passa de um caso de cefaleia crônica. A dor de cabeça pode ser, sim, um indício de aneurisma, mas quando apresenta um início súbito, rapidamente progressivo, diferente das dores de cabeça habituais. Mas, independente da dor de cabeça, ela não deve ser ignorada É importante consultar um médico para identificar as causas e tipo de tratamento.
O aneurisma cerebral é uma doença silenciosa que pode passar despercebida. Apesar de ser diagnosticado por meio de uma arteriografia cerebral, é preciso ficar alerta a dores de cabeça quando elas são constantes e surgem acompanhadas de visão dupla, dores no pescoço e nos olhos. O neurocirurgião Paulo Porto de Melo (CRM 94.048), formado pela Unifesp, explica que o aneurisma cerebral é um alargamento, uma dilatação anormal da parede da artéria.
“O aneurisma cerebral é descoberto normalmente quando ocorre uma ruptura de um vaso em qualquer ponto da cavidade craniana, que provoca um sangramento no cérebro, também chamado de hemorragia subaracnoide ou, quando há hematoma cerebral, AVCH (acidente vascular cerebral hemorrágico), que pode ser grave, fatal e causar grandes sequelas”, explica o especialista que é colaborador do Departamento de Neurocirurgia da Universidade de Saint Louis (Missouri- EUA), introdutor e pioneiro da neurocirurgia robótica no Brasil.
Quando o aneurisma é pequeno, de até três milímetros, o aneurisma pode ser assintomático e raramente causar problemas, mas deve ser acompanhado, pois pode aumentar progressivamente de tamanho. “Nesses casos o paciente pode sentir forte cefaleia acima e atrás dos olhos, dilatação de uma pupila e alterações visuais”, diz Melo.
Cérebro em risco
O Aneurisma cerebral é detectado geralmente nas idades de 35 a 60 anos de idade e as mulheres risco maior de ter um que os homens. “Dependendo do tipo de aneurisma a taxa de mortalidade pode ser alta. Cerca de 30% dos pacientes não chegam ao hospital a tempo, não sobrevivem até receber um primeiro atendimento, e outros 50% podem não resistir até após um mês da ocorrência do sangramento”, alerta o neurocirurgião.
A causa mais comum para o desenvolvimento do aneurisma cerebral é uma fraqueza na camada muscular dos vasos, sendo que outros fatores (tabagismo, colesterol alto, hipertensão arterial, diabetes) podem influenciar e aumentar o risco de ruptura. Diagnosticado o aneurisma, deve ser iniciado o tratamento de acordo com o tamanho e as condições clínicas do paciente. Melo explica que, dependendo do aneurisma, pode ser feita uma cirurgia que consiste no fechamento da sua porção mais estreita por meio de um clipe metálico ou por via endovascular, que introduz molas com um cateter que se enrolam no interior do aneurisma e formam um coágulo que impede o sangramento. “Nem todos os aneurismas precisam ser tratados imediatamente. Quando muito pequenos podem ser mantidos sob acompanhamento médico”, esclarece.
Previna-se
•Se você tem algum parente que sofreu de aneurisma, fique atento aos sinais de dores de cabeça agudas e procure um médico;
•Mantenha em níveis adequados a pressão arterial;
•Exerça controle efetivo sobre as taxas de colesterol e triglicérides;
•Não fume;
•Esteja atento: dor forte de cabeça, que surge repentinamente, como se você tivesse levado uma pancada, acompanhada de enjoos e vômitos, indica a necessidade urgente de atendimento médico-hospitalar.

Fonte – Dr. Paulo Porto de Melo (CRM 94.048), médico neurocirurgião formado pela UNIFESP e Colaborador do Departamento de Neurocirurgia da Universidade de Saint Louis (Missouri- EUA), introdutor e pioneiro da neurocirurgia robótica no Brasil.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

FOP: Síndrome pode causar menopausa prematura e infertilidade

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/08/2013 10:33:00

Se você já passou dos 30 e sonha em ser mãe é melhor começar a se programar. Após os 35 anos os óvulos já estão em processo avançado de envelhecimento e as chances de se surpreender com sintomas da menopausa precoce, infertilidade e outros tipos de complicações que distanciam cada vez mais o seu sonho são bem maiores. Como se não bastasse correr contra o tempo, a mulher também deve ficar atenta aos sinais que seu corpo emite: irregularidade menstrual, insônia, irritabilidade, melancolia, secura vaginal, pele e cabelos secos, ondas de calor, diminuição da libido, dores nas relações sexuais e perda involuntária de urina podem indicar uma falência ovariana precoce (FOP), que pode ser considerada um pesadelo para quem ainda deseja se tornar mãe.
“A síndrome conhecida como FOP (Falência Ovariana Precoce) refere-se à perda da capacidade reprodutiva do ovário, ou seja, a mulher para de produzir óvulos e também os dois principais hormônios, estrogênio e progesterona”, explica a ginecologista e obstetra Dra. Erica Mantelli (CRM 124.315).
Conforme a idade avança, é natural que ocorra a falência ovariana em mulheres entre os 45 e 55 anos de idade, mas quando ela ocorre antes dos 40 anos, é chamada de precoce. “A síndrome pode ser causada por fatores genéticos, deficiências enzimáticas, toxinas, tabagismo e também ser conseqüência de doenças autoimunes como a artrite reumatóide, o lupus e a diabetes. Em alguns casos a FOP ocorre quando a mulher é submetida a uma cirurgia nos ovários ou tratamentos de radioterapia e quimioterapia. Outras causas incluem sarcoidose, caxumba, algumas doenças sexualmente transmissíveis e tuberculose. Mulheres com epilepsia também correm risco maior de desenvolver o problema”, afirma a ginecologista.
Infertilidade feminina comprometida
Se a gravidez não vier naturalmente em um ano, o casal deve procurar ajuda médica. Ou até mesmo antes, se houver suspeita de alguma causa de infertilidade ou se a mulher já passou dos 35 anos.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 20% dos casais, ou seja, um em cada cinco têm ou terão problemas de infertilidade. As causas da infertilidade variam, sendo que em 30% dos casos os problemas são de origem feminina, 30% masculina, 30% causas mistas (femininas e masculinas). Os outros 10% restante não têm causa específica. “Nos homens a infertilidade masculina pode ser detectada quando há defeitos no espermatozoide em relação à qualidade e quantidade, já a infertilidade feminina é um pouco mais complexa”, acrescenta a médica.
Entre as causas da infertilidade feminina está a FOP, que afeta cerca de 1% das mulheres e diminui de 5 a 10% as chances da mulher conseguir engravidar sem o tratamento de infertilidade. “A síndrome provoca uma falha na produção hormonal, problemas no ciclo menstrual ou nos próprios ovários, que impedem a gravidez”, alerta Mantelli.
Planeje a sua gravidez
Com o avanço da medicina a mulher tem muito mais suporte para conseguir levar a diante uma gestação aos 35 ou 40 anos de idade. “Mesmo as mulheres que apresentam FOP, com acompanhamento médico adequado muitas delas conseguem realizar o sonho de ser mãe, através da fertilização in vitro ou doação de óvulos”, sugere a ginecologista.
Caso opte pela reprodução assistida, é importante a mulher fazer todos os exames e seguir as orientações no pré-natal para que ela consiga desenvolver uma gestação saudável e feliz.


Fonte - Ginecologista e Obstetra Dra. Erica Mantelli (CRM 124.315)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

FILARMÔNICA BACHIANA SESI-SP FAZ APRESENTAÇÃO GRATUITA NO TEATRO CIEE

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2013 12:31:00

A qualidade dos músicos da Filarmônica Bachiana pode ser vista de perto pelos apreciadores ou interessados em conhecer música clássica. A apresentação, aberta gratuitamente ao grande público, será no dia 23, terça-feira, às 19h30, no Teatro CIEE (Rua Tabapuã, 445 – Itaim Bibi, São Paulo), com coordenação do maestro João Carlos Martins, considerado um dos maiores intérpretes de Bach do século 20 pela crítica internacional.

O repertório terá interpretações de Johann Sebastian Bach – We thank God, We thank you; Mozart – Concerto nº 2 para Trompa e Orquestra, Allegro Maestoso, Concerto nº 27 para piano; Ravel - Bolero; entre outros. Essa é uma oportunidade única do grande público apreciar música da melhor qualidade.

O evento é gratuito e as inscrições devem ser feitas pelo site www.ciee.org.br/portal/eventos. Há estacionamento gratuito no local.

Serviço

GRATUITO

Evento: Apresentação Filarmônica Bachiana SESI-SP.
Data: 23 de julho, terça-feira.
Horário: 19h30.
Local: Teatro CIEE (Rua Tabapuã, 445 – Itaim Bibi, São Paulo).
Inscrições obrigatórias: pelo site www.ciee.org.br/portal/eventos
Estacionamento: Gratuito no local.
Classificação etária: 8 anos.

Sobre o CIEE

Além de administrar programas de estágio, para cerca de 500 mil estudantes, e aprendizagem, para mais de 50 mil jovens, em todo o País, o CIEE desenvolve uma série de ações de assistência social, com total gratuidade aos beneficiados, destinados, em especial, a jovens em situação de vulnerabilidade social, como os Programas do CIEE: Educação à Distância, inclusão no mundo do trabalho de Pessoas com Deficiência, Alfabetização e Suplência para Adultos, Desenvolvimento Estudantil e Profissional, Orientação e Informação Profissional (OIP), Projeto de Orientação Jurídica Gratuita à População Carente (Projur), Cursos Gratuitos de Informática, além de Ciclos de Palestras, Concursos Literários – que estimulam a escrita e a leitura, Feira do Estudante - Expo CIEE, entre outros.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Saber fazer, fazer saber, saber saber!

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2013 12:26:00

Serviço civil obrigatório
Por Tom Coelho



"Quem serve bem o seu país
não precisa de antepassados."
(Voltaire)

A polêmica do momento é a ampliação para oito anos do curso de medicina, com dois anos dedicados ao SUS. Quer saber? Isso deveria ser aplicado a todos os cursos universitários.

Vivemos em um país extremamente desigual, com elevada concentração de renda e oportunidades restritas a poucos. Segundo relatório sobre educação divulgado em setembro de 2012 pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), apenas 11% da população brasileira com idade entre 25 e 64 anos concluiu o ensino superior, o que nos coloca na 38ª posição entre 40 nações.

Desconsiderando-se, por um instante, a qualidade do ensino, é fato estatístico que um diploma garante maior remuneração, oportunidades de emprego e ascensão social. Entre os brasileiros, apenas 6,4% dos trabalhadores ganham mais de cinco salários mínimos, índice que sobe para 33,9% entre os universitários.

Dentro deste contexto, deveria ser princípio de todo e qualquer estudante prestar serviços à população menos favorecida. Mais do que um dever cívico ou social, um dever de consciência.

Advogados deveriam atuar na Defensoria Pública. Administradores, contadores e publicitários deveriam prestar consultoria a pequenos empresários auxiliando-os na gestão de seus negócios, reduzindo os elevados índices de mortalidade das empresas.

Engenheiros e arquitetos deveriam visitar, analisar, avaliar e sugerir melhorias em infraestrutura de favelas, comunidades carentes e áreas públicas em cidades pobres e abandonadas à própria sorte, dentre os 5565 municípios existentes, muitos criados apenas para acomodar mais políticos e cargos públicos.

Enfermeiros, fisioterapeutas, dentistas e outros profissionais da saúde deveriam seguir o mesmo destino aplicado aos médicos. Enfim, todas as carreiras deveriam passar por uma profunda reforma em suas estruturas curriculares, com revisão da grade associada ao ciclo básico e ampliação do chamado ciclo profissionalizante.

Isso não significaria necessariamente a ampliação em um ou dois anos de todos os cursos, nem tampouco a prestação de serviços pelo período proposto pelo governo com relação aos médicos. Cada carreira precisaria ser analisada individualmente.

O fato é que, sem generalizar, mas pontuando como
maioria dos casos, os tais trabalhos de conclusão de curso e
estágios previstos nas estruturas curriculares atuais são um
engodo, pois ensinam pouco e desenvolvem menos ainda. Não é
à toa que estagiários carregam o rótulo de
serviçais nas empresas, por vezes denominados office
boys de luxo.


Ao fazer isso, muitos seriam os benefícios. Aos
assistidos, a redução do abandono, a minimização
do descaso. Aos estudantes, a oportunidade de exercitar a teoria,
tornando-se profissionais mais preparados e
qualificados.


Trabalhos de conclusão de curso e estágios previstos nas estruturas curriculares atuais são um engodo, pois ensinam pouco e desenvolvem menos ainda.

Porém, há alguns pré-requisitos.
Primeiro, a melhoria na qualidade do ensino, mediante
valorização dos docentes (que deverão, além de
ensinar, monitorar os alunos no período de atendimento à
população) e acompanhamento rigoroso dos cursos
universitários, coibindo a ação de
“uniesquinas” que surgem com objetivo meramente
pecuniário. E o melhor mecanismo para isso é a
realização em todos os cursos de um exame similar ao aplicado
pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aos formandos em Direito. Esta
seria uma garantia de que as pessoas carentes não seriam assistidas
como cobaias por profissionais com baixo nível de
instrução.


A segunda providência é de responsabilidade
pública e concerne à infraestrutura. Sem hospitais, postos de
saúde, ambulâncias, equipamentos, remédios, de nada
adianta ter mais médicos. Analogamente, em todas as demais
profissões, o exercício do ofício demanda
condições ideais de trabalho.

Terceiro, deve-se discutir com a sociedade como operacionalizar
esta iniciativa, o que envolve inclusive a remuneração dos
profissionais, uma vez que durante uma parte do período laborativo
estes deverão ser remunerados. Isso afasta a tese de
“serviço civil obrigatório”.

Aos críticos de plantão não faltarão
argumentos. Irão falar em cerceamento da liberdade, nas dificuldades
de alocar estudantes em regiões distantes, em uso de mão de
obra barata. A grande questão é quem terá coragem de
propor e debater esta grande revolução em prol da
elevação da qualidade de ensino e da redução das
desigualdades sociais.

* Tom Coelho é educador,
conferencista e escritor com artigos publicados em 17 países.
É autor de "Somos Maus Amantes – Reflexões sobre
carreira, liderança e comportamento" (Flor de Liz, 2011),
"Sete Vidas – Lições para construir seu
equilíbrio pessoal e profissional" (Saraiva, 2008) e coautor de
outras cinco obras.

Visite: www.tomcoelho.com e
www.setevidas.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Inscrições abertas para o curso de Tecnologia em Radiologia do Centro Universitário Senac no Vestibular 2013 - 2º Semestre

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/06/2013 11:38:00

O curso de Tecnologia em Radiologia do Centro Universitário Senac, disponível para ingresso já no segundo semestre de 2013 e oferecido no Senac Tiradentes, forma profissionais para atuarem em clínicas de diagnóstico por imagens, empresas de equipamentos e insumos, hospitais, setores da indústria e ainda como docentes.



Durante os três anos do curso, os alunos, que recebem base técnica e teórica, são sempre estimulados a desenvolverem habilidades gerenciais. “Consideramos a reflexão, a investigação, a pesquisa e a inovação essenciais nesse processo de aprendizado”, diz Raphael Prado Ruiz, coordenador do curso de Tecnologia em Radiologia do Centro Universitário Senac.



Entre os diferenciais da instituição na oferta está o laboratório de radiologia, com phantons que simulam partes do corpo humano para produção de imagens radiográficas e software de última geração para diagnóstico por imagens. Os espaços contam com acessibilidade total às pessoas com deficiência e utilizam iluminação com lâmpadas e reatores de baixo consumo, além de gás ecológico para o ar condicionado.



Para se inscrever, obter mais informações sobre o curso e ler o edital do vestibular, basta acessar o site www.sp.senac.br/vestibular. A prova será realizada no dia 29 de junho. O resultado será divulgado no dia 12 de julho e as matrículas devem acontecer dias 13 e 15 de julho. A taxa de inscrição é de R$ 80.



Serviço:



Inscrições para o Vestibular 2013 - 2semestre do Centro Universitário Senac – cursos presenciais

Período: até 16/6

Taxa de inscrição: R$ 80

Data da prova: 29/6

Resultado: 12/7

Matrículas: 13 e 15/7

Inscrições pelo site: www.sp.senac.br/vestibular

Informações: 0800 883 2000



Junho/2013

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Doar Sangue faz bem!

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/06/2013 11:37:00

Dia Mundial do Doador de Sangue é lembrado em 14 de junho

Segundo dados do Ministério da Saúde apenas 300 mil pessoas doam sangue por mês, o que representa 1,8% da população brasileira. Como o sangue é perecível, é necessário a reposição do estoque.

Pacientes que utilizam grande volume de sangue, também precisam repor o estoque nos Bancos de Sangue. “Muitos pacientes são de outras cidades e não conseguem a ajuda de familiares ou amigos para doar. Portanto, neste momento os doadores voluntários são fundamentais”, destaca o enfermeiro do Banco de Sangue do Hospital Nossa Senhora das Graças, Leonardo Klettenberg Acioli .

O outro motivo da falta de sangue e da queda nas doações é a falta de informação. “Ao contrário do que muitos pensam, a doação não prejudica a saúde do doador, não torna obrigatória a doação regular, não afina e nem engrossa o sangue, não enfraquece o doador e nem há riscos de contaminação”, ressalta.

Doar sangue também não dói, é apenas uma punção e dura aproximadamente cinco minutos. “Doar sangue não traz nenhum prejuízo ou risco ao doador e o volume doado se recompõe em 24h”, explica o enfermeiro. Não existem substâncias que substituam de forma eficiente o sangue, a única fonte desse elemento tão nobre são mesmo os doadores. O sangue doado é usado em pacientes debilitados. Por isso, quem doa deve estar em perfeito estado de saúde. “Quanto maior a qualidade do sangue, melhor será para a recuperação do paciente que dele necessita”, lembra Leonardo.

O que é necessário saber para ser um doador de sangue:

Para doar sangue é necessário

Ter entre 18 e 67 anos de idade;

A idade máxima para para primeira doação de sangue é de 60 anos;

Pesar mais que 50 quilos;

Estar em bom estado de saúde.

Para homens é preciso dar um intervalo de dois meses, com frequência máxima de 4 doações ao ano.

Para mulheres o intervalo é de 3 meses, com frequencia máxima de 3 doações ao ano.

Não pode doar

Quem está grávida ou com suspeita de gravidez.

Quem fez cirurgias nos últimos meses ou está com doenças infecciosas ou crônicas.

No dia da doação

Ter dormido bem;

O doador não deve estar em jejum;

Após o almoço o intervalo é de 2 horas para doar;

Apresentar documento de identificação oficial e com foto

Ao chegar ao banco de sangue você passará pelas seguintes etapas

Cadastro: preenchimento de um cadastro com seus dados, a sua identificação no banco de sangue;

Pré-triagem: verificação de dados vitais (peso, altura, pulso e temperatura) e na qual é realizado o teste de anemia;

Triagem Clínica: é a conversa com o médico ou enfermeiro sobre sua vida, sua saúde e as doenças que já teve.

Coleta: a coleta do sangue é realizada com material próprio estéril e totalmente descartável.

Lanche: após a doação você recebe um lanche para ajudar na reposição de líquidos e energia.

Após a doação

Ingerir líquido em proporção maior que o habitual;

Não ingerir bebidas alcoólicas no dia da doação;

Não fumar por uma hora;

Evitar esforço físico;

Deixar o banco de sangue somente se estiver se sentido bem.

Serviço: O Banco de sangue do Hospital Nossa Senhora das Graças atende de segunda a sexta das 8h às 18h e aos sábado das 8h às 12h. Mais informações pelo telefone: (41) 3240-6578

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Walter Casagrande autografa livro nesta terça-feira em Campinas

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2013 15:16:00

Ex-jogador escreveu "Casagrande e seus Demônios" com Gilvan Ribeiro.
Jornalista também vem para a cidade para autografar a obra.


Coautoures de “Casagrande e seus Demônios”, Walter Casagrande Jr. e o jornalista Gilvan Ribeiro farão uma sessão de autógrafos em Campinas (SP), às 19h, nesta terça-feira (14).

O livro aborda a reviravolta do ex-jogador do Corinthians, que foi de ídolo do esporte e viciado em drogas, para a recuperação.

Em “Casagrande e seus Demônios”, o atual comentarista da TV Globo faz revelações inéditas, por exemplo, o doping que sofreu quando jogava na Europa.O ex-jogador revela que chegou a tomar uma injeção de Pervitin no músculo, o que melhorava o desempenho em campo.

Casagrande também aborda o amor pelo rock e sua atuação contra a ditadura militar no final dos anos de 1980. Ele também dedica um capítulo inteiro para falar do amigo Sócrates, com quem jogou no Corinthians, mas distanciou por algum tempo.Os dois só se reaproximaram momentos antes de o Sócrates morrer.


Serviço
Local: Livraria Fnac do Parque Dom Pedro Shopping, em Campinas (SP)
Data: 14 de maio
Horário: 19h

Ficha Técnica
Título: Casagrande e seus Demônios
Autor: Walter Casagrande Júnior e Gilvan Ribeiro
Gênero:Biografia e memórias
Páginas: 264
Preço: R$ 34,90
Editora: Globo Livros

Comentários (1)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Seguro de vida e indenizações nos casos de morte e doenças graves

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2013 10:18:00

O Seguro de Vida é uma contratação caracterizada como preservação de interesses futuros, mediante a quitação mensal de um preço ao segurador, que garantirá pagamento de valor ajustado para a cobertura contratada, a depender da ocorrência de eventos previstos no contrato, os quais são chamados tecnicamente de sinistros.
Diante do acontecimento do sinistro, o capital segurado será destinado àqueles que foram indicados como beneficiários (pai, mãe, irmãos, filhos ou qualquer outro terceiro) no ato da contratação da apólice, através do preenchimento da proposta ofertada pelo corretor de seguros, que é o intermediário entre a oferta e a contratação do seguro. O recebimento do capital segurado poderá ocorrer, entretanto, pelo próprio segurado contratante ou então pelos beneficiários previamente indicados.
A ocasião em que os beneficiários poderão fazer jus ao capital segurado propriamente dito ocorrerá com o falecimento do contratante; este é o seguro de vida mais popularmente conhecido, cujo sinistro é a morte.
Já nos casos em que ocorre algum tipo de comprometimento da integridade física, total ou permanente, o beneficiário do capital segurado é o próprio segurado, uma vez que este terá a real necessidade de uma garantia financeira tendo em vista o tipo e o grau da incapacidade que o acometeu.
Uma das coberturas da apólice de seguros é a garantia por Invalidez Funcional Permanente Total por Doença, também conhecida por IFPD, que garante ao contratante o pagamento do capital segurado contratado no caso de invalidez ocasionada por doença grave, que ocasione a perda da existência independente do segurado.
A perda da existência caracteriza-se pela incapacidade física gerada pela doença, que deverá ser irreversível e que inviabilize o pleno exercício das relações autonômicas do segurado, as quais se configuram a partir do momento em que a vítima da IFPD - Invalidez Funcional Permanente Total por Doença - deixa de exercer suas atividades rotineiras de forma autônoma e sem o auxílio de terceiros, como alimentar-se, banhar-se, locomover-se, dentre outras atividades. Tal situação demanda a dependência total de outra pessoa.
No entanto, o Judiciário interpreta o contrato de forma mais branda, afinal, exigir a perda da existência independente do segurado significa dizer que este sequer conseguirá fazer uso do valor da indenização!
Como doença grave, é possível citar alguns tipos de enfermidades que, invariavelmente ocasionam a incapacidade permanente do segurado, gerando o direito ao capital segurado:
◦ doenças cardiovasculares;
◦ doenças neoplásicas malignas;
◦ doenças crônicas de caráter progressivo com repercussão em órgãos vitais;
◦ alienação total ou permanente quando oriundas exclusivamente de doença;
◦ doenças do aparelho locomotor, ou seja, incapacidade e impedimento de locomoção total, dentre outras.
Dentre as enfermidades, o câncer traz bastante polêmica no tocante ao pagamento do capital segurado. Isso acontece uma vez que a caracterização como doença grave ou invalidez muitas vezes é subjetiva, deixando o segurado à mercê da decisão das companhias seguradoras, tendo em vista que a decisão quanto ao caráter incapacitante da doença que gerará o direito ao capital segurado, partirá da própria congênere.
Neste sentido, importante esclarecer que em recentíssima decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o entendimento a respeito da configuração da invalidez permanente pautou-se na idade do enfermo, no tipo do câncer e na sobrevida. No acórdão, o magistrado entendeu que a condição do segurado era de invalidez permanente e não temporária, indo, portanto, expressamente contra o laudo do perito. Segundo o desembargador, “acolher entendimento diverso seria admitir que somente quem estivesse à beira da morte, prostrado e desenganado faria jus a cobertura securitária.” (apelação 0025261-76.2008.8.26.0554, data do Julgamento 20/02/2013, Rel.Francisco Thomaz).
Com relação à Invalidez Permanente por Doença, podemos utilizar como exemplo o câncer de mama, o qual geralmente resulta em invalidez permanente, mas não total, sendo certo que as relações autonômicas do segurado permanecem, em princípio, mantidas.
Podemos citar como favorável, uma decisão pontual do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (apelação n° 81.2006.8.26.0510, Relator Sá Duarte, data do julgamento 02/04/2013) que determinou que a congênere efetuasse o pagamento da cobertura contratada em virtude de câncer de mama diagnosticado ao final do período de carência do seguro. Ou seja, uma vez constatada a enfermidade, assim como seu poder incapacitante, se faz gerar, portanto, o direito ao capital segurado.
Importante salientar que a caracterização das doenças graves e causas incapacitantes variam de conformidade com a apólice de seguro de vida contratada; entretanto, cumpre salientar que as enfermidades supramencionadas apresentam-se como sendo as mais comumente encontradas e que mais geram o direito ao recebimento do capital segurado em decorrência da garantia contratada.
Ante os esclarecimentos acima destacados, é de suma importância atentar-se aos detalhes da proposta de seguro, tendo em vista que é o documento que irá garantir que o contratante receba o capital segurado contratado ao qual faz direito quando do acontecimento de um sinistro incapacitante.
Insta salientar por fim que, no caso de negativa de indenização, o segurado deverá ter em mente que existe a possibilidade de questioná-la perante o Poder Judiciário que, certamente dará o respaldo necessário para que sua pretensão seja avaliada de maneira imparcial.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Programação da Virada Cultural

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2013 10:17:00

PROGRAMAÇÃO DO SESC PINHEIROS, NA VIRADA CULTURAL, TEM COMO TEMÁTICA ‘CACHAÇA: UM BEM BRASILEIRO’
18 E 19 DE MAIO
Com atendimento até às 03h do domingo, a unidade destaca a bebida como elemento formador da identidade cultural brasileira e a sua presença no cotidiano a partir da relação com diversas linguagens artísticas, como nos shows da “Orquestra Contemporânea de Olinda”, “Lira e Samba de Coco Raízes de Arcoverde”, além de espetáculos como “A Festa da Rosinha Boca Mole”, “Avarandado”, entre outros.

Com uma programação que envolve gastronomia, degustação, cinema, teatro, dança e música, o Sesc Pinheiros, dentro da Virada Cultural, apresenta projeto especial direcionado pelo tema “Cachaça: Um Bem Brasileiro”, com a proposta de apresentar a bebida como uma das mais originais e autênticas expressões da cultura nacional.
Confira a programação completa do Sesc Pinheiros na Virada Cultural 2013:
ATIVIDADES DENTRO DA TEMÁTICA:

CACHAÇA: UM BEM BRASILEIRO
Projeto que apresenta a bebida como uma das mais originais e autênticas expressões da cultura nacional. Destaca sua presença em nosso cotidiano a partir da relação com as artes, ritos, festas, culinária entre outros.

TEATRO
A Procissão
O espetáculo mostra a trajetória de romeiros que seguem sua caminhada em busca da sobrevivência e da fé. Num cenário simples, composto de velas, cruzes e lampiões, a peça caracteriza-se pela poesia e humor, embalados ao som da viola cortante e da percussão marcada, típicas das andanças desses sertões. Zé, interpretado por Gero Camilo, encara a platéia olho no olho e convida o espectador a caminhar com ele através do mundo árido, porém cheio de surpresas. A Procissão resgata um teatro onde o ator é a peça essencial, revelado na simplicidade cênica e na eloquência dos contadores de história, que fazem de Zé, um catalisador de nossas buscas.
Texto, direção e atuação: Gero Camilo.
Direção Musical: Tata Fernandes. Anjas: Tata Fernandes e Lelena Anhaia.
Data: 18/05. Sábado,
Horário: às 18h.
Local: Praça.
Duração: 1h.
Grátis.
Livre para todos os públicos

A Festa da Rosinha Boca Mole
O Coronel Liborio celebra o casamento de sua filha Rosinha Boca Mole com o vaqueiro Benedito. Para o acontecimento, uma grande festa é realizada. E eis que o conflito se estabelece: O coisa ruim, o fut como é chamado o diabo, invade a festa impedindo o casamento e obrigando a Rosinha casar com ele. A brincadeira segue um roteiro estabelecido, porém o desfecho é sempre compartilhado com o público que opina e participa, dando mais sabor à brincadeira.
Com Grupo Mamulengo da Folia.
Data:19/05. Domingo,
Horário: às 16h.
Local: Praça.
Duração: 40 minutos.
Grátis.
Livre para todos os públicos

Folia Brasileira
Uma história que se passa na fazenda do coronel Vicente Pompeu que está realizando uma grande festa para comemorar o noivado de sua afilhada Marieta com Simão, seu secretário. O coronel quer que a festa seja uma grande mostra da nossa cultura popular, com apresentações de Bumba meu boi, Reisado, Ciranda, frevo, etc.
Com o teatro de mamulengos do mestre Valdeck de Garanhuns.
Data: 19/05. Domingo,
Horário: às 11h.
Local: Praça.
Grátis.
Livre para todos os públicos


Folia no Terreiro de Seu Mané Pacaru
Seu Mané Pacaru celebra o casamento de sua filha Marieta com o vaqueiro Benedito. Para o acontecimento, uma grande festa será realizada. E eis que o conflito se estabelece: o coisa ruim invade a festa!!!! Para dinamizar a apresentação, o Grupo de Mamulengo da Folia é acompanhado pelo Trio Agrestino.
Data:19/05. Domingo,
Horário: às 17h30.
Local: Praça
Duração: 40 minutos.
Grátis.
Livre para todos os públicos

O Barbeiro Nozin e o Cabra que Queria Ser Hemo
Divertida narrativa sobre um encontro de gerações, personificadas, de um lado, pelo barbeiro, e de outro, por Mané Bonitinho, o rapaz que deseja ter um cabelo “hemo”. Mantendo situações e personagens tradicionais, como o conhecido Cabo 70 (que chega num carro de “puliça”) e as pancadarias em que ele geralmente se envolve, o trabalho traz uma história cheia de singularidades. O espetáculo é repleto de piadas que estimulam o envolvimento na brincadeira. Um momento engenhoso é aquele em que o barbeiro, cortando o cabelo do “cabra”, arranca partes do tecido fixados com velcro na cabeça do boneco.
Com o Grupo Caçuá de Mamulengo, do Rio Grande do Norte.
Data:19/05. Domingo,
Horário: às 16h45.
Local: Praça.
Grátis.
Livre para todos os públicos

MÚSICA
Germano Mathias e Partido na Cozinha
No show em que Germano Mathias se apresenta com os músicos do grupo Partido na Cozinha, o repertório será de seu último trabalho, Raiz e Tradição, que traz composições de Jorge Costa, Haroldo Lobo, Milton de Oliveira, Nelson Cavaquinho, entre outros.
Data: 18/05, Sábado.
Horário: às 21h.
Local: Praça.
Duração: 1h20.
Grátis.
Livre para todos os públicos

Orquestra de Berimbaus
A formação instrumental deste show traz os vários tipos de berimbau: gunga ou berra-boi (som grave), de centro (som médio) e o viola ou violinha (som mais agudo), bem como o berimbum, com sonoridade bastante grave, tocado com arco de violoncelo. Completam a orquestra agogô, pandeiro, reco-reco, ganzá, triângulo, atabaque e matraca. Com Dinho Nascimento e a Orquestra de Berimbaus.
Data:18/05, Sábado
Horário: às 23h.
Local: Praça.
Duração: 50 minutos
Grátis.
Livre para todos os públicos

Tambor de Crioula
Uma espécie de samba de roda, o tambor de crioula é uma dança introduzida pelos negros descendentes de escravo. É considerada uma dança erótica e sensual realizada para o pagamento de promessas aos santos. As mulheres que dançam na frente da parelha de trambores, chamadas de coreiras, usam saias rodas, blusas de cores fortes, flores na cabeça e colares, já os homens usam chapéus de palha e camisas bem coloridas.
Com o grupo Capuaçu.
Data: 18/05. Sábado
Horário: às 23h50.
Duração: 45 minutos.
Local: Praça.
Grátis
Livre para todos os públicos

Grupo Casuarina
O grupo carioca Casuarina, nome constante nas rodas de samba e de choro que acontecem na lapa, traz uma homenagem a Erivelto Martins e Cyro Monteiro na Virada Cultural do SESC Pinheiros. O grupo é formado por Daniel Montes (violão), Gabriel Azevedo (voz e pandeiro), João Cavalcanti (voz e tantan), João Fernando (voz e bandolim) e Rafael Freire (cavaquinho).
Data: 19/05. Domingo
Horário: às 13h.
Duração: 1h15.
Local: Praça.
Grátis.
Livre para todos os públicos

Lira e Samba de Côco Raizes de Arcoverde
O encontro entre Lirinha e o samba Côco Raízes de Arcoverde reúne a sonoridade desses dois grupos originais da cidade de Arcoverde, no interior de Pernambuco. As raízes musicais dessa "Interlandia" são trabalhadas pelos dois grupos de formas diferentes, de forma que a mensagem musical e a instrumentação dos grupos se complementam tendo no Côco percussão e voz e na banda Lira as guitarras, pianos, órgãos, sintetizadores, samples e bateria. Duração: 1h40.
Data: 19/05. Domingo
Horário: 1h.
Local: Praça.
Grátis.
Não recomendado para menores de 10 anos

Orquestra Contemporânea de Olinda
Com forte representação da diversidade sonora de Pernambuco e misturas de ritmos do mundo, a Orquestra Contemporânea de Olinda, composta por dez músicos, apresenta show com repertório autoral de seu último trabalho, Pra ficar, totalmente autoral. Idealizada pelo percussionista Gilú Amaral (percussão) a banda conta ainda com Rapha B (bateria), Hugo Gila (baixo e microkorn), Juliano Holanda (guitarra), Maciel Salú (rabeca e voz), Tiné (voz e percussão fina), Maestro Ivan do Espírito Santo (sax e flauta), Roque Netto (trompete e flugelhorn), Babá do Trombone (trombone) e Alex Santana (tuba).
Data: 18 e 19/05.
Horário: Sábado, às 20h. Domingo, às 18h.
Local:Teatro Paulo Autran.
Duração: 1h20.
Grátis.
Retirada de ingressos: a partir das 17h do sábado (18/5) na Rede INGRESSOSESC, em todas as unidades.
Não recomendado para menores de 10 anos


DJ TRZ + VJ Oco
O duo DJ TRZ e VJ OCO fazem uma ambientação audiovisual nos intervalos das atrações artísticas no SESC Pinheiros. DJ TRZ comanda a discotecagem onde faz um crossover musical passeando por diversos estilos como a eletronica, hip hop, afrobeat e cultura popular brasileira. As projeções de VJ OCO trazem imaginário visual cibernético do universo cultural latino-americano.
Data: 18/05.
Horários: Sábado, às 19h30, às 21h30, às 23h. Domingo, à 00h30.
Local: Praça.
Grátis.
Livre para todos os públicos


CIRCO

AVARANDADO
O espetáculo traz fortes referências da cultura popular brasileira, mesclando sons, ritmos e passos típicos das festas populares. Através de técnicas verticais circenses e usando as possibilidades arquitetônicas do espaço, cria-se um novo olhar sobre a cidade, propondo ao espectador um estado de verdadeira suspensão do tempo e do movimento, em um intenso diálogo entre corpo-espaço, dança-ritmo, chão-céu, tudo embalado ao som de cirandas e maracatus. Com a Cia Cênica Nau de Ícaros.
Direção: Marco Vettore.
Data:18/05. Sábado
Horário: às 19:30h.
Duração: 60 minutos.
Local: Praça.
Grátis.
Livre para todods os públicos

CINEMA E VÍDEO

DEVOTOS DA CACHAÇA
Direção: Dirley Fernandes Brasil, 2009, Cor, 45’. “Atenda que o brasileiro é um devoto da cachaça, não um cachaceiro” A frase, encontrada no livro Prelúdio da Cachaça, do antropólogo, folclorista e historiador Luís Câmara Cascudo, serve de mote para este documentário que faz uma incursão no tempo ao descrever a história e a devoção a esta célebre bebida – relatando o seu reconhecimento ao longo dos anos, sua profunda relação com a alma e a arte popular brasileira. Elenco: Wlademir Frazão, Érika Arruda Vogel, Alessandra Lima.

Data:18/05. Sábado
Horário: às 18h.
Local: Audiório
Grátis.
Não recomendado para menores de 12 anos

ESTRADA REAL DA CACHAÇA
Brasil, 2009, 98 min. Direção: Pedro Urano Sinopse: O documentário é um caminho, uma viagem. Espécie de road-movie espaço-temporal, o filme busca um reencontro com a realidade nacional através da mais brasileira das bebidas, a cachaça. Trata-se de uma investigação histórica, antropológica, sócio-econômica e poética que procura, ao longo da chamada Estrada Real, articular fragmentos significativos da trajetória da nação. Estrada Real da Cachaça propõe a reatualização de um percurso ancestral com o objetivo de mapear a presença da cachaça na cultura brasileira. Melhor Filme Documentário, Juri Oficial, Première Brasil – Mostra competitiva/DOC no Festival do Rio, 2008; Premio Tato Miller, Melhor Documentário no Festival de Mar del Plata, 2008.

Data: 18/05. Sábado
Horário: às 19h
Local: Auditório
Grátis
Não recomendado para menores de 12 anos
BATE PAPO COM OS DIRETORES DIRLEY FERNANDES E PEDRO URANO
Os realizadores Dirley Fernandes de “Devotos da Cachaça” e Pedro Urano, de “Estrada Real da Cachaça” conversam com o público sobre o processo de pesquisa, criação, concepção e produção de seus documentários.

Data: 18/05. Sábado
Horário: às 21h
Local: Auditório
Grátis
Não recomendado para menores de 12 anos

SAÚDE E ALIMENTAÇÃO

QUALIDADE E SABOR: A ARTE DE DEGUSTAR CACHAÇAS
A cachaça de qualidade possui características especiais que a distingue das demais bebidas.Seu aroma e paladar dependem de inúmeros fatores desde o plantio da cana até o engarrafamento. Saiba mais sobre degustação de cachaça com o sommelier de cachaça Leandro Batista do restaurante Mocotó. Convivência.
Data:18/05. Sábado
Horário: às 18h.
Local: comedoria
Inscrições antecipadas na Central de Atendimento, a partir de 07 de maio.
Não é permitida a participação de menores de 18 anos.

FOGÃO CULTURAL COM A CHEF BEL COELHO
Durante a hora do almoço, a chef Bel Coelho, do restaurante Dui, desenvolverá um prato que tem como ingrediente essencial a cachaça. Para o público que for almoçar na unidade, no espaço Fogão Cultural, além de poder experimentar o prato, poderá conversar com a chef sobre a receita, tirando dúvidas e obtendo dicas gastronômicas.
* Como a atividade acontece na Comedoria, na hora do almoço, o acesso é restrito àqueles que almoçarão na unidade.
O prato que será oferecido é mais uma opção dentro do cardápio do dia.
Como o serviço de almoço é por peso, favor verificar a tabela de preços.

Data:19/05. Domingo
Horário: às 11h30
Local: Comedoria

CARDÁPIO DO CHEF
Performance literogastronomica que convida o público a interagir poeticamente com um chef de cozinha. Com Raquel Anastásia.
Data:14/05, 15/05, 16/05, 17/05, 18/05, 19/05, 21/05, 22/05.
Horário: Segunda a sexta, às 12h e às 14h.
Local:Comedoria e térreo
Grátis
Livre para todos os públicos


PROGRAMAÇÃO CONTÍNUA DO SESC COM ACESSO GRATUITO NOS DIAS DA VIRADA
TEATRO INFANTIL
A FLAUTA MÁGICA
O príncipe Tamino é escolhido pela Rainha da Noite para resgatar a princesa Pamina, que está prisioneira em um castelo. Para essa tarefa, a rainha lhe dá uma flauta mágica e lhe oferece a ajuda de Papagueno, um caçador de pássaros muito atrapalhado. A peça é inspirada, livremente, na ópera de Amadeus Mozart e Emanuel Schikaneder.
Com a Cia. Imago de Animação.
Direção, adaptação e cenografia: Fernando Anhê.
Direção Musical: Jamil Maluf.
Data:19/05. Domingo
Horário: às 15h e às 17h.
Local:Auditório – 3º andar.
Duração: 45 minutos.
LIVRE.
Grátis.
Retirada de ingressos: a partir das 17h do sábado (18/5) na Rede INGRESSOSESC, em todas as unidades.
Não é permitida a entrada após o início do espetáculo.

ARTES PLÁSTICAS E VISUAIS: EXPOSIÇÕES
ACERVO EM FOCO
O acervo SESC de Arte se constitui como um conjunto de obras cuja complexidade e riqueza nos oferecem a oportunidade de contato direto com um panorama da produção popular, moderna e contemporânea no Brasil. Acervo em Foco busca, nesse conjunto, recortes que apresentem de forma aprofundada e particularizada, a produção dos artistas cujas obras compõem o acervo.
Carlos Matuck
Foi um dos pioneiros do grafitti em São Paulo. Iniciou seu trabalho ainda na década de 1970, utilizando pesquisas com carimbos, recortes e colagens na confecção de estênceis, cujas imagens espalhou pelas ruas de São Paulo até meados da década de 80. Ilustrador, quadrinista e desenhista, Matuck produz murais e objetos gráficos recortados em madeira, cujas referências vão das histórias em quadrinhos às fotos antigas de São Paulo.
Data:18/05, 19/05.
Horários: Sábado das 10h30 às 21h; Domingo, das 10h30 às 18h30.
Local: No 3º andar, ala Butantã.
Livre para todos os públicos
Grátis.
BAUHAUS
Fundada por Walter Gropius em 1919, a Staatliches-Bauhaus, foi concebida como uma escola combinada de arquitetura, artesanato e academia de artes. Com a missão de promover a união entre arte e técnica, consolidou uma linguagem estética, cujas características são imediatamente reconhecíveis até hoje.
Bauhaus.Foto.Filme
A exposição, proposta no contexto do Ano Brasil-Alemanha em parceria com o Goethe Institut, apresenta 100 fotografias de autoria de professores e alunos, além de uma extensa seleção de filmes produzidos por cineastas ligados à escola. O visitante terá acesso a um material que explicita a diversidade cultural e artística envolvida na composição de um escopo conceitual e técnico de contribuição decisiva para os movimentos de vanguarda do século XX.
Data :18/05, 19/05.
Horários: Sábado, das 10h30 às 20h30; Domingo, das 10h30 às 18h30.
Local: No Espaço de Exposições do 2º andar.
Não recomendado para menores de 10 anos.
DESVIOS
A utilização de espaços alternativos e inusitados da Unidade. Escadas, muros e elevadores são entendidos como formas poéticas de uma experiência transitória.
Obstáculos
O trabalho, idealizado pelos artistas do grupo Base V, utiliza elementos da arquitetura do local - o portão de entrada e o degrau no muro do estacionamento - para criar um diálogo entre duas cenas que poderiam estar acontecendo em tempos e lugares diferentes: de um lado uma corrida de cavalos, de outro a arquibancada, com pessoas que parecem não dar a mínima atenção a isso.
Data: 18/05, 19/05.
Horários: Sábado, das 10h à meia-noite; Domingo, das 0h às 03h e das 10h às 22h.
Local: Na parede de entrada da unidade.
Livre para todos os públicos

Sesc Pinheiros
Endereço: Rua Paes Leme, 195.
Tel.: 11 3095.9400
ESTACIONAMENTO COM MANOBRISTA
Veículos, motos e bicicletas. Terça a sexta, das 7h às 22h; Sábado, domingo, feriado, das 10h às 19h.
Taxas: Matriculados no Sesc: R$ 6,00 três primeiras horas + R$ 1,00 a cada hora adicional; Não matriculados: R$ 8,00 três primeiras horas+ R$ 2,00 a cada hora adicional.
Para atividades no Teatro, preço único: R$ 6,00.


**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
beth@eunanet.net
**Twitter @Revistazap

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Infraestrutura será carro-chefe de negócios em 2013. Avaliação é de empresários do setor de engenharia industrial

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2013 12:23:00

Mais de 70% das empresas consultadas em sondagem da ABEMI acreditam em aumento dos investimentos para infraestrutura neste ano. Energia também deve ser fonte de oportunidades, mas o segmento de siderurgia deve permanecer estagnado.

A ABEMI - Associação Brasileira de Engenharia Industrial realizou, em março, sondagem de expectativas com as empresas associadas sobre o período 2013/2014. O resultado mostra que as companhias vêem o período com cautela. O dado mais otimista é sobre o setor de infraestrutura. Quase 73% dos entrevistados acreditam em aumento dos investimentos na área. Outro setor que é visto como fonte de oportunidades de negócios no período é o de energia: 39,2% dos pesquisados apostam em crescimento de aportes no segmento no próximo período.

O presidente da ABEMI, engenheiro Antonio Müller, acredita que as respostas refletem a percepção sobre a continuidade das obras de infraestrutura no país, em função de fatores como a realização da Copa do Mundo e Olimpíadas, as pressões do setor de agronegócios sobre os portos, e o calendário eleitoral, o que obriga os governos a realizar empenhos imediatamente e até junho de 2014. “A possibilidade de mais investimentos públicos e a ampliação das linhas de crédito do BNDES para financiar projetos de logística, rodovias e aeroportos, por exemplo, são projeções bastante positivas para as empresas de engenharia, que nos últimos anos estruturaram equipes competentes e precisam mantê-las", diz Müller.

Por outro lado, são fontes de preocupação os setores de siderurgia (73,5% dos entrevistados creem que as companhias investirão menos em 2013), óleo e gás (55,8% têm expectativa de menos investimentos) e química e petroquímica (mais de 48% preveem queda nas oportunidades). Para o presidente da entidade, o resultado sobre área de siderurgia é coerente com a paralisia do segmento, que vem sendo afetado seriamente pela crise econômica nos países desenvolvidos. Já as expectativas sobre os setores de óleo e gás, e química e petroquímica estão relacionadas com a postergação de projetos anunciada no ano passado.

A ABEMI também ouviu as associadas sobre os resultados de 2012 e as projeções de negócios para 2013. No ano passado, a maior parte das empresas (62,8%) registrou crescimento e estabilidade no número de projetos em carteira. Para o período atual, a porcentagem de entrevistadas que acreditam em crescimento de novos contratos é de 28,2% e a das que projetam estabilidade nos negócios é de 31,2%.

“A engenharia industrial é dependente do investimento intensivo. Por isso, um cenário como o atual, em que contratantes do setor revisam seus planos de investimentos, sugere uma análise mais cuidadosa por parte das empresas. As indefinições decorrentes da crise na Europa e nos Estados Unidos também influenciam a percepção sobre o momento da economia brasileira”, avalia Müller.

A sondagem com as empresas associadas à ABEMI será repetida no segundo semestre de 2013.

RESUMO DAS RESPOSTAS

Perfil das empresas participantes

O setor de engenharia industrial reúne empresas que projetam e executam empreendimentos nas áreas de óleo e gás, mineração, siderurgia, energia, papel e celulose, química e petroquímica, e infraestrutura. As 140 associadas geram uma receita bruta anual (2011) de US$ 37,85 bilhões e desenvolvem atividades nas áreas de Construção Civil, Montagem e manutenção, Engenharia e Fabricação, com a seguinte distribuição:

Áreas de atividade Empresas (%)

Fabricação 4%
Engenharia 25%
Montagem e manutenção 54%
Construção Civil 17%



Considerando 2013, qual a expectativa da sua empresa sobre os investimentos nos setores de:




Crescimento


Redução


Estabilidade

Energia


39,2%


25,1%


35,7%

Mineração


14,8%


33,3%


51,9%

Siderurgia


3,8%


73,5%


22,7%

Óleo e gás


26,4%


55,8%


17,8%

Infraestrutura


72,7%


3,0%


24,3%

Papel e Celulose


13,6%


22,7%


63,7%

Química e Petroquímica


14,8%


48,1%


37,1%


No ano de 2012, sua empresa:

Aumentou o número de projetos em carteira


32,3%

Reduziu o número de projetos em carteira


37,2%

Permaneceu com o mesmo número de projetos


30,5%



Para o ano de 2013, a expectativa da sua empresa é:

Ampliar o número de projetos em carteira


28,2%

Reduzir o número de projetos em carteira


40,6%

Permanecer com o mesmo número de projetos


31,2%



ABEMI

Fundada em 1964, a ABEMI - Associação Brasileira de Engenharia Industrial é uma entidade sem fins lucrativos, que congrega as empresas que projetam e constroem a indústria brasileira. Suas associadas atuam nas áreas de engenharia, construção, montagem, fabricação e manutenção industrial. Atualmente, conta com 140 associadas que, juntas, empregam 447 mil profissionais e somam mais de US$ 37,85 bilhões em receita operacional bruta.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Calvície: remédios são eficazes no tratamento da queda de cabelo.

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2013 12:22:00

Todo mundo perde diariamente entre 50 e 70 fios de cabelo, principalmente durante o sono, por causa da fricção no travesseiro, e na hora de lavar e pentear. De acordo com os dermatologistas, essa perda é natural e muito comum. O problema é quando essa queda se acentua, ultrapassando mais de 200 fios, e o cabelo começa a ficar mais curto, fino, frágil e com perda de cor. É quando a calvície se instala e os novos fios deixam de compensar as perdas.
Ligada principalmente à genética, a calvície também está relacionada a diversos outros fatores como distúrbios hormonais e emocionais. As consequências são alterações no folículo piloso que, ao provocarem destruição da matriz capilar, resultam na alopecia permanente. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, 80% dos homens terão manifestado o problema até atingir 70 anos, assim como 30% das mulheres o terão até os 50 anos de idade.
Embora não tão comum entre elas, o tratamento da calvície feminina é ainda mais difícil já que a falta de cabelo nas mulheres só é notada quando 30% dos fios já caíram. “Mas depois de perdidos, os fios não nascem novamente, assim como nos homens. E é importante ficar atenta: a perda de mais de cem fios de cabelos por dia é o primeiro sinal de que algo está errado”, alerta a dermatologista Dra. Helua Mussa (CRM/SP 104862).
Xô careca!
Dar adeus à queda dos fios pode não ser tão fácil, mas é possível. Sem cura, a calvície ou alopecia androgenética (AAG), que acomete tanto homens como mulheres, é progressiva e, o quanto antes a pessoa perceber o problema e procurar um médico, maiores são as chances de controlar o processo. “Só existem duas formas de tentar bloquear a miniaturização dos fios e propiciar o crescimento de novos: medicamentos e cirurgia. Mas antes de recorrer aos microtransplantes capilares, é mais indicado optar por substâncias que, além de mais baratas, são eficientes no combate à progressão da calvície”, aconselha a dermatologista.
A base do tratamento médico é a redução do DHT e a proteção dos receptores androgenético contra a sua ação. Normalmente os benefícios obtidos são na redução da velocidade de instalação da AAG e sempre após 6 a 8 meses de uso contínuo. Não existe um tratamento pontual, em curto prazo. “O paciente precisa compreender que o tratamento deve ser contínuo entre os 16 e 50 anos de idade, pois é neste período em que este processo de miniaturização ocorre, sendo que as agressões entre 25 e 35 anos são as mais fortes”, alerta Dra. Helua.
A medicação, no entanto, varia de paciente para paciente, das suas características clínicas e pessoais. Por isso, é importante sempre consultar um médico. É ele quem vai diagnosticar a causa da calvície e o tratamento mais indicado.
Saiba quais são as principais substâncias que ajudam a fortalecer os fios e auxiliam na redução da queda dos cabelos:
Zymo HSOR: Novidade no mercado brasileiro, o Zymo é um complexo enzimático de origem biotecnológica que atua no combate à queda de cabelos causada pela alopecia androgenética (AAG) feminina e masculina. Ele tem a propriedade de degradar a DHT no folículo pilosebáceo permitindo que o cabelo cresça novamente e receba menor agressão no processo da calvície. O uso pode ser complementado pelo Zymo Hair Xampu Enzimático antes da aplicação. Segundo estudo, aumenta em 73% o numero de fios, após 6 meses de tratamento.
Minoxidil: Age melhorando a circulação do couro cabeludo e consequentemente retardando a queda do cabelo. Isoladamente os resultados são limitados. Não há recuperação total dos fios, mas reduz a perda de cabelos.
Finasterida: Utilizado na forma oral ou tópica. Atua bloqueando a ação da DHT sobre os receptores dos bulbos capilares dos fios predispostos à calvície. Funciona bem para as áreas do meio e da coroa, não atuando do mesmo modo para a frente e entradas. Os resultados podem ser observados após seis ou oito meses de tratamento.
17 Alfa Estradiol: Solução capilar indicado nos casos de diminuição da fase anágena no ciclo de desenvolvimento capilar na alopecia leve a moderada, em homens e mulheres (queda de cabelos por fatores hormonais). Estudos clínicos mostraram um aumento na proporção de fios na região frontal, mostrando-se eficaz em aproximadamente 85% dos pacientes.
Fitoterápicos: Ervas e plantas medicinais também têm sido utilizadas para combater a queda de cabelo ou calvície. O alecrim é uma das plantas medicinais mais utilizadas em xampus, condicionadores e cremes para cabelo que auxiliam no tratamento da caspa, retardardamento do aparecimento de cabelos grisalhos e na prevenção da queda de cabelo. Já o gingko biloba tem sido indicado por médicos pela eficácia em restaurar o funcionamento do sistema circulatório e melhorar o fluxo sanguíneo, fatores importantes na perda de cabelo.
Vitaminas: O fator chave para o crescimento do cabelo é uma dieta rica em vitaminas. Todas contribuem para a melhoria dos fios, mas algumas são fundamentais na restauração do folículo, como a vitamina B, uma das melhores para o crescimento do cabelo; a vitamina A, que se não for fornecida nas quantidades adequadas ao corpo, leva à perda de cabelo; e a vitamina E, que ajuda na melhoria da textura dos fios.
Minerais: A falta de minerais, como silício e zinco, enfraquece não só o cabelo, como unhas e pele, por exemplo. Para ajuda a evitar e previnir a queda de cabelo, é importante comer ostras, fígado, leite e farelo de trigo. O zinco tem ação principalmente quando os pacientes são idosos, e os seus cabelos vão ficando finos e frágeis.
Xampu de Cetoconazol: Antifúngico usado topicamente no couro cabeludo para diminuir a população de fungos, o excesso de oleosidade (o sebo é rico em DHT) e alguns estudos mostram que ele também inibe os níveis de DHT. A aplicação deve ser feita de duas a quatro vezes por semana.
GEL FF: Inibe a produção de DHT. O gel transdérmico permite a atuação apenas no couro cabeludo, sem absorção sistêmica.
Revivogen: A fórmula contém ingredientes naturais que reduzem a produção local de DHT, bloqueiam os receptores androgênicos e estimulam o crescimento capilar. Deve ser aplicado diariamente.
Auxina Tricógena®: É um extrato hidroalcoólico obtido da tussilagem (Tussilago farfara), milefólio (Achillea millefolium) e quina (Cinchona officinallis), com ação tônica e nutriente para o bulbo capilar. É usada no tratamento da alopecia, prevenção da queda dos cabelos e em alterações do crescimento da barba. Também é usada como estimulante do crescimento dos cílios
Bioenergizer: Ativo marinho obtido das algas vermelhas laminaria digitata, com tonificante e fortalecedora dos cabelos. Melhora a irrigação sanguínea no couro cabeludo e as trocas intercelulares, fortalecendo a raiz e os fios de cabelo, acelerando seu crescimento. In vivo, aumentou a quantidade dos fios de cabelo (+10%) e sua taxa de crescimento (+27%).
Follicusan: Anti-queda (testado in vitro). Normaliza o ciclo do crescimento capilar. Previne desordens funcionais do couro cabeludo, normaliza a secreção sebácea, evitando a formação da caspa.
Hair Active: Estimula a renovação celular e a microcirculação (ação vasodilatadora devido à vitamina PP). Possibilita uma melhor penetração de nutrientes na papila do folículo.
Cafeína: é um estimulante do crescimento do folículo capilar, aumento o queratinócitos, de acordo com a pesquisa do professor Peter Elsner, do Departamento de Dermatologia da Universidade de Jena, na Alemanha.
L-Carnitina: é responsável pela manutenção do metabolismo energético em todas as células do organismo. Transporta ácidos graxos através das membranas celulares até às mitocôndrias, onde ocorre a beta-oxidação (queima) para serem transformados em energia. Estimula o crescimento capilar do couro cabeludo humano através da redução da apoptose e aumento da proliferação dos queratinócitos da matriz capilar. E também aumenta a resistência física (energia), contribui para o equilíbrio dos triglicérides e ajuda na defesa do sistema imunológico.

Fonte - Dermatologista Dra. Helua Mussa Gazi (CRM/SP 104862)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Os jovens e o descaso com a própria saúde

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2013 12:20:00

No "Dia Mundial dos Jovens", o que chama a atenção são os problemas de audição que aparecem cada vez mais cedo

A juventude, segundo a Assembleia Geral das Nações Unidas, é a fase que acontece entre os quinze e vinte e quatro anos de idade, em que o jovem começa a apresentar sinais de maturidade diante da vida. Os jovens representam mais de um terço da população mundial, e, com isso, ganharam no calendário um dia especial dedicado a eles: o dia 13 de abril. O “Dia Mundial dos Jovens” serve para trazer a tona questões que devem ser discutidas e que envolvem principalmente essa faixa etária. Temas como educação, sexualidade, violência e, claro, saúde, são alguns dos mais visados.

Porém, o tema saúde muitas vezes é deixado de lado erroneamente. “Muitos jovens acreditam que, pelo simples fato de estarem nessa faixa etária, são imunes a problemas de saúde”, comenta Alexandre Cercal, Otorrinolaringologista e membro da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico-Facial, de Curitiba. Eles estão errados. A prova disso é que em estudo realizado nos EUA, foi constatado que problemas auditivos em jovens entre 12 a 19 anos estão se tornando cada vez mais comuns. O estudo comparou pesquisas feitas no início da década de 90 e meados dos anos 2000 e acabou revelando que em 15 anos, o caso de problemas auditivos nos jovens havia aumentado em 30%.

“O uso de reprodutores de música com um volume superior aos 80 decibéis está provocando um aumento dos problemas de audição nos jovens, e um dos motivos é a capacidade das baterias, por exemplo, dos Ipods, que duram quase um dia inteiro, ininterrupto. Outra questão são os fones de ouvido mais modernos, que são de uso interno e causam mais problemas do que os antigos que somente cobriam os ouvidos”, comenta o especialista. Ele explica que os fones de inserção são mais perigosos porque potencializam o som. Quando a fonte sonora é externa, há uma perda de energia vibratória no caminho entre ela e o ouvido, mas com o fone dentro do ouvido, não há essa perda.

Outra questão que envolve principalmente essa faixa etária são pessoas que vão para baladas e shows e, depois de saírem do local, permanecem com apitos, assobios ou barulhos no ouvido que permanecem ali durante horas. “Quando qualquer coisa nesse sentido acontece, é mais do que aconselhado que o indivíduo procure um especialista para iniciar um tratamento preventivo com o objetivo de evitar o surgimento de zumbidos, que, se não tratados com cuidado, podem chegar a ser crônicos”, alerta Cercal.

Além desses ruídos, ainda existem aqueles que são causados por explosões ou fogos de artifício, que provocam um som muito intenso e rápido e podem causar trauma acústico e até perda de audição súbita. “Ficar exposto a esses ruídos também lesiona as células auditivas, e o processo da perda de audição, causado naturalmente pelo envelhecimento, pode ser acelerado, ou seja, as células morrem antes do tempo e a perda é percebida mais cedo”, observa o especialista.

Alexandre Cercal comenta que, para preservar a audição não é preciso muita coisa, apenas cuidado e atenção. “Fique atento à altura do som que está ouvido e ao tempo que ele dura, a gravidade da possível lesão depende da combinação entre tempo de exposição, intensidade (altura) e da suscetibilidade de cada pessoa. Se for ouvir música com fones de ouvido, como regra geral 85 decibéis, durante oito horas diárias, é a intensidade e o tempo máximos de exposição que o ser humano suporta sem ser prejudicado. E lembre-se as lesões causadas pelo uso contínuo e alto volume de Ipods e MP3 players em geral não são reversíveis”. O doutor explica que no início do abuso existe uma perda de audição transitória, que se recupera após um "descanso" auditivo. Porém, após algum tempo, essa recuperação não acontece mais, e a perda de audição vai se tornando progressivamente maior. “Portanto, prevenir é sempre o melhor remédio”, conclui Cercal.
Serviço: Dr. Alexandre Cercal
Otorrinolaringologista, Amah Ouvido, Nariz, Garganta e Estética da Face
Blog: http://amahotorrino.blogspot.com

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Direito - Algumas dúvidas sobre novas regras do aviso prévio

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2013 12:18:00

*Por Sandra Sinatora



A Lei 12506/2011, publicada em 13/10/2011, regulamentou o aviso prévio proporcional, o que gerou muitas discussões e dúvidas. Para auxiliar a aplicação das novas regras, o Ministério do Trabalho e Emprego emitiu a Nota Técnica nº 184/2012 com alguns procedimentos que devem ser observados por empregados e empregadores no ato das rescisões contratuais. Com base na referida Nota Técnica:



O aviso prévio passou a ser de 90 dias?

Com o advento da Lei 12506/2011, o prazo mínimo do aviso prévio continua sendo de 30 dias, porém a cada ano trabalhado este prazo deve ser aumentado em três dias, limitando-se este acréscimo a 60 dias.



Assim, caso o empregado tenha até um ano de contrato de trabalho, o seu aviso prévio será de 30 dias.



Contando com dois anos de contrato de trabalho, seu aviso prévio será de 36 dias.



Contando com cinco anos de contrato de trabalho, o aviso prévio será de 45 dias e assim sucessivamente.



Portanto, o aviso prévio de 90 dias não se tornou regra geral e será válido somente para aqueles empregados que completarem 20 anos ou mais na mesma empresa.



O aviso prévio proporcional deve ser aplicado nos casos em que o empregado pede demissão?

A Nota Técnica do Ministério do Trabalho e Emprego afirma que o aviso prévio proporcional deve ser aplicado somente em benefício do empregado, ou seja, quando o mesmo for dispensado imotivadamente. Nos pedidos de demissão, o prazo continua a ser de 30 dias.



Como fica a aplicação do artigo 488 DA CLT que trata da redução da jornada de trabalho no curso do aviso prévio?

Nos termos da referida Nota Técnica ficam mantidas as possibilidades previstas no artigo 488 da CLT, podendo o empregado optar pela redução de 02 horas de sua jornada diária ou 07 dias corridos.



O tempo do aviso prévio é contado para fins previdenciários?

O aviso prévio integra o contrato de trabalho para todos os efeitos legais, seja ele indenizado ou trabalhado. Para tanto, o empregado deve estar atento em relação a data de baixa em sua CTPS que deve corresponder ao dia que terminaria o aviso prévio caso o mesmo fosse trabalhado.



Sobre Sandra Sinatora

Formada em Direito pela Universidade São Judas Tadeu, é especialista em Direito Material e Processual do Trabalho e responsável pela área de Direito do Trabalho.



Sobre Ragazzi Advocacia e Consultoria

Consciente de que o desenvolvimento de qualquer equipe jurídica esta diretamente ligada ao crescimento e ao sucesso de seus clientes, a Ragazzi Advocacia e Consultoria fornece informações e patrocínio de interesses, com estudo continuo de formas legais aplicáveis a cada caso, objetivando resultados plenos e satisfatórios. O escritório, que em 2011 completou dez anos, nasceu do sonho de um jovem advogado. Hoje, possui diversos profissionais das mais variadas áreas do direito, todos dedicados e engajados na tarefa de oferecer assessoria jurídica com o máximo de qualidade e responsabilidade. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.ragazzi.adv.br. Dúvidas em direito e legislação devem ser encaminhadas para contato@ragazzi.adv.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Osasco lança Projeto Beleza e Estética e traz palestra sobre Gestão Competitiva para Salões

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2013 12:17:00

Oficina gratuita voltada para MEs e EPPs aborda as tendências do setor e estimulam os empresários a transformarem o seu negócio e a terem mais lucro.



Abril/2013 - No dia 29 de Abril o escritório do Sebrae –SP em Osasco lança o Projeto Beleza e estética com a palestra Gestão Competitiva para Salões, ministrada pela experiente jornalista do segmento, Giulian Borges. A profissional foi uma das palestrantes do 6º seminário para as MPE’s promovido pelo Sebrae na Hair Brasil 2013.

A oficina, voltada para os empreendedores de Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP), leva informações sobre gestão empresarial e estimula os empreendedores a inovarem e aumentarem a competitividade do seu negócio. As tendências nacionais e internacionais do setor de beleza e salões também serão abordadas.

O segmento de Beleza está entre os que mais crescem no Brasil e a necessidade de preparar esses empreendedores é grande. “Quem busca qualificação se destaca. A concorrência está cada vez mais acirrada e a capacitação continua sendo o grande diferencial”, afirma o gerente regional do Sebrae-SP em Osasco, Mauro Quereza Janeiro Filho.

O projeto é resultado do trabalho de um ano e é o primeiro plano desenvolvido para atender especificamente o profissional de beleza. “Nesse período, fizemos diversos atendimentos coletivos e individuais em diferentes setores do negócio, participamos de grandes eventos, Hair Brasil, Beauty Fair e Hair Osasco e ainda estamos investindo em visitas técnicas a grandes empresas, como Embeleze e Loreal. Todo esforço foi para entender mais o setor e conhecer melhor as necessidades do empreendedor”, explica o analista de negócios do escritório Regional do Sebrae-SP em Osasco, Reginaldo de Andrade Santos.

Um Talk Show também acontecerá no dia. Empresários de outras áreas, que participaram do projeto 2012, contribuirão com depoimentos de sucesso.



Sobre a Palestrante

Gillian Borges, coordenadora da GB Editorial, jornalista, publisher com curso na Universidade de Stanford, em Palo Alto, EUA, e Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie com a dissertação “O Belo em Revista: A Importância da Beleza para a Mulher Emancipada”. Também participou de várias edições da FIPP e Conferências da Aner, nas quais aprimorou seus conhecimentos sobre os mercados editoriais brasileiro e internacional.

Grande experiência no desenvolvimento de projetos editoriais. Atuou durante 15 anos como jornalista de beleza, saúde e comportamento para várias revistas femininas, como Claudia, Elle, Nova, Boa Forma, Marie Claire, Crescer, Corpo a Corpo, Nova Beleza, entre outras

Data: Segunda-feira, 29 de abril

Horário: das 18h às 21h

Local: Sebrae-SP Escritório Regional Osasco

Endereço: Rua Dona Primitiva Vianco, 640

Inscrições: 0800 570 0800 / 3682 7100

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Trabalhadores reduzem dívidas após curso de educação financeira

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2013 12:17:00

Oferecido pelo SESI, curso ensina como administrar as finanças pessoais de forma consciente

Florianópolis, 12.04.2013 - A taxa de inadimplência no País chegou a 7,7% em março, segundo dados divulgados pelo Banco Central, e mostram uma realidade comum a muitas pessoas. Na contramão deste cenário, estão os interessados em negociar dívidas com os credores e, gradativamente, melhorar a saúde financeira. Para isso, muitos contam com a ajuda de especialistas para administrar da melhor forma as finanças pessoais.

Exemplo disso é a Reivax, empresa de Florianópolis que atua na área de tecnologia da informação. Ela ofereceu a 40 colaboradores o curso Administre seu dinheiro de forma consciente, em parceria com o SESI, uma das entidades que integra o Sistema FIESC. Segundo o gerente administrativo e de recursos humanos da Reivax, Carlos Augusto Silva, o diagnóstico de que os colaboradores precisavam de orientação financeira surgiu da grande procura por empréstimos. "As solicitações tornaram-se frequentes e os motivos eram, às vezes, fúteis. Percebemos que as pessoas careciam de informação para melhor gerir seus recursos", conta. O entendimento de que administrar as finanças é capaz de aliviar as tensões do dia a dia auxilia os trabalhadores a encarar o desafio com tranquilidade.

A realização do curso está ajudando os trabalhadores a alcançar o equilíbrio financeiro por meio do uso consciente do dinheiro, incentivando o hábito de poupar. Carlos conta que o impacto na produtividade é evidente. "Após o treinamento, além de reduzirem o volume de dívidas,elescomeçaram a pesquisar bancos, conveniados com a empresa, e que ofereciam melhores taxas para empréstimo", explica. Se considerar o índice de inflação registrado em 2012, a queda do endividamento dos colaboradores é superior a 12%. A iniciativa deve ser replicada no segundo semestre desse ano para outros colaboradores.

Educação

A Reivax também aposta em outras iniciativas para promover a educação no ambiente de trabalho. Além de uma agenda anual de capacitações oferecidas pelo SESI, a empresa viabiliza cursos de idiomas, de graduação, de pós-graduação e de mestrado aos colaboradores, de acordo com regras pré-estabelecidas e acessíveis a todos. Essas práticas evidenciam a importância da educação e o quanto a Reivax está empenhada em melhorar constantemente seus indicadores. Cerca de 40% do seu quadro de colaboradores possui o ensino superior completo.

Em 2012, o Sistema FIESC iniciou o Movimento A Indústria pela Educação, iniciativa que pretende despertar o interesse das indústrias em apoiar e desenvolver ações relacionadas à qualificação e à formação escolar de seus trabalhadores. A iniciativa tem o objetivo de estimular o setor a apoiar a formação dos industriários, além de elevar fortemente a oferta de serviços educacionais por meio do SESI, SENAI e IEL, entidades do Sistema FIESC, que planejam registrar mais de 800 mil matrículas até 2014.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Por uma terra melhor

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2013 12:16:00

Na próxima segunda-feira (15), comemora-se o Dia da Conservação do Solo e a Fazenda Quinta da Estância explica formas de manter a terra fértil e sadia. A data foi escolhida em homenagem ao nascimento do americano Hugh Hammond Bennett, considerado o pai da conservação dos solos nos Estados Unidos, o primeiro responsável pelo Serviço de Conservação de Solos do país.

“O solo precisa de tratamento adequado, pois nele constam propriedades naturais que podem perder valor em uma terra descuidada”, alerta Rafael Goelzer, diretor da Fazenda Quinta da Estância. Segundo ele, algumas medidas importantes precisam ser tomadas para sua conservação, como preservar a vegetação nativa, por exemplo. “Não praticar o desmatamento e criar a consciência de combatê-lo, de apoiar e contribuir para a fiscalização também é fundamental”, disse. A vegetação natural possui características que conservam o solo e ajudam a preserva-lo.

Outro ponto relevante sobre a conservação de uma terra fértil é o cuidado com a erosão, desgaste do solo e das rochas que destrói suas estruturas. Para combatê-la, um simples sistema de curvas de nível ajuda. “Valetas circulares podem ser feitas no solo de regiões altas como montanhas, morros ou serras. Isso impede que a água forte de uma enxurrada carregue a camada mais superficial do solo, que é a terra mais fértil e produtiva”, explica. O reflorestamento também é importante, pois a falta de vegetação pode facilitar a ocorrência da erosão. “Quando temos um local que tenha sofrido desmatamento devemos plantar árvores nessa região para recompor e evitar desgastes maiores de solo”, conta. O ideal é utilizarmos árvores nativas, pois além da recuperação do solo também estaremos promovendo um melhor equilíbrio ambiental deste local, complementa Goelzer.

“Quando temos uma plantação, seja de legumes, frutas ou um produto específico devemos dividi-la em partes. É essencial que uma parte descanse enquanto a outra trabalha”, indica. O processo é simples. Após a colheita ocorre uma rotação, sendo que a parte que havia descansado recebe o plantio e a que foi usada vai para o descanso. Tudo isso é para evitar o desgaste da terra, a perda de nutrientes e a consequente dificuldade de fertilização.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Estudo da USP comprova despreparo dos aeroportos brasileiros para receber passageiros com deficiência

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2013 12:15:00



“A situação dos aeroportos brasileiros é preocupante no que diz respeito ao direito de ir e vir das pessoas com deficiência” aponta a engenheira responsável por pesquisa da USP, divulgada semana passada, que indica o índice de acessibilidade dos seis principais terminais do país. Em entrevista ao IBDD, a pesquisadora Lígia Gesteira Coelho evidencia que, para a Copa de 2014 e as Olimpíadas no Rio, muitos aspectos dos aeroportos brasileiros devem ser melhorados para atender aos passageiros com dificuldades de locomoção.

Os aeroportos de Guarulhos, em São Paulo, e Juscelino Kubitscheck, em Brasília, apresentaram valores muito próximos e obtiveram os piores resultados entre os seis analisados, ambos com aproximadamente 0,47 (em uma escala de zero a um). “O crescimento da demanda de passageiros não foi acompanhado por uma maior oferta de infraestrutura, o que resulta em uma degradação natural no nível de qualidade oferecido ao usuário”, analisa a pesquisadora em relação à questão da acessibilidade.

Já o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, foi o que obteve a maior pontuação, com valor de 0,63- porém ainda totalmente insatisfatório, enfatiza a engenheira: “Todo mundo sabe que o Rio não está preparado para receber os eventos internacionais. Nenhum dos aeroportos estudados obteve pontuações altas ou, ao menos, satisfatórias”, critica Ligia que, no desenvolvimento e aplicação do índice, considerou perfis de usuários com diferentes restrições de mobilidade, como idosos, gestantes, estrangeiros, cadeirantes e deficientes visuais.

Dentre os principais problemas enfrentados pelos passageiros, o estudo identificou as longas distâncias de caminhamento - com uma quantidade enorme de obstáculos – e a ausência de recursos humanos preparados para comunicação com o usuário, seja para o uso de línguas estrangeiras seja para o uso da língua de sinais para atendimento às pessoas com deficiência auditiva. O único aeroporto que possui linha guia para os cegos é o de Guarulhos. “Os deficientes visuais são praticamente ignorados nos aeroportos”, resume Lígia.

A pesquisadora enumera as melhorias práticas que devem ser estabelecidas com caráter de urgência. “As distâncias de caminhamento devem ser reduzidas ao mínimo possível, as calçadas entre o estacionamento e o terminal de passageiros devem ter superfície regular e devem ser livre de barreiras ou obstáculos. O número de vagas reservadas para pessoas com deficiência nos estacionamentos e nos meio-fios deve ser garantido de acordo com a legislação. Devem estar disponíveis carros para aluguel e táxi adaptados para cadeirantes. O aeroporto deve possuir linha guia ou piso tátil”.



A superintendente do IBDD, Teresa Costa d’Amaral, reclama: “A parte interna do aeroporto precisa ser acessível, assim como o percurso entre as salas de embarque, as aeronaves e a poltrona do passageiro com deficiência. O prazo legal expirou há muito, as autoridades governamentais e as empresas já tiveram tempo suficiente para se adequarem. Espero que a pressão dos grandes eventos no Rio no Brasil mude essa reiterada e absurda realidade de desrespeito aos direitos do cidadão com deficiência”.


**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Dor de cabeça intensa pode ser sinal de doença mais grave?

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2013 13:45:00

A denominação técnica para dor de cabeça é cefaleia e, de acordo com a Sociedade Internacional de Cefaleia, existem mais 150 tipos diferentes de dor de cabeça. Portanto, a cefaleia pode ser primária ou secundária. “A primária pode ocorrer de forma mais regular. O tipo tensional ou em salvas caracterizam este tipo, assim como a enxaqueca, um tipo de cefaleia primária bem conhecida”, diz Paulo Porto de Melo (CRM 94.048), médico neurocirurgião formado pela UNIFESP e Colaborador do Departamento de Neurocirurgia da Universidade de Saint Louis (Missouri- EUA), introdutor e pioneiro da neurocirurgia robótica no Brasil.
Já a cefaleia secundária pode ser provocada por lesões, infecções do sistema nervoso, problemas na coluna, sinusites agudas e até tumores. “Por isso, a cefaleia tem que ser sempre investigada, afinal problemas como hemorragias intracranianas, isquemias, vasculites e trombose venosa podem causar dor de cabeça”, alerta o especialista.
No entanto, Melo ressalta que tais problemas não são tão comuns, pois se estima que apenas 10% de dores de cabeça mais intensas estão associadas às doenças graves. “Ao contrário das cefaleias primárias que, embora não sejam tão graves, podem comprometer muito a qualidade de vida do individuo”, alerta o médico. Por isso, quem tem cefaleia intensa ou recorrente, deve buscar diagnóstico e tratamento médico.
Fique de olho!
O médico Paulo Porto de Melo listou alguns sinais que podem indicar a dor de cabeça secundária. “É importante não tratar a dor de cabeça como algo normal e se automedicar. Mesmo as cefaleias primárias merecem acompanhamento médico”, ressalta o especialista. Portanto, o paciente deve estar sempre atento ao tipo de cefaleia que vem apresentando, confira:
Início recente: existem pessoas que têm dor de cabeça repetidas vezes e, ao longo de muito tempo, considerando isso algo normal. “É importante entender que quanto antes o problema for levado ao médico, mais rápido pode ser identificado e, se for uma cefaleia secundária, o diagnóstico precoce pode fazer toda a diferença”, reforça.
Pré-existente: o paciente deve observar se a dor de cabeça teve alteração em suas características: local, intensidade, tempo de duração. “Isso pode ser sinal de que um novo tipo de cefaleia está se instalando e merece ser avaliado”, comenta.
Com intensidade progressiva: pode ser característica de uma dor de cabeça provocada por hipertensão intracraniana e tem de ser avaliada por especialista.
A pior dor: melhor levar ao conhecimento de um médico para descobrir porque essa dor está tão intensa. As dores de inicio súbito e muito intensas podem indicar hemorragia intracraniana.
Associada a outros sinais como febre, vômito, paralisia facial, crises epilépticas ou convulsões, alterações da consciência: também precisa de um diagnóstico mais completo e investigativo.
Pós 50 anos: geralmente, as cefaleias primárias se manifestam antes dessa faixa etária, por isso, dor de cabeça iniciada nessa fase merece uma investigação médica.
Após esforço físico ou sexual: tem que ser avaliada, pois existem cefaleias benignas que surgem após qualquer tipo de esforço e exigem tratamento específico.



Fonte- Paulo Porto de Melo (CRM 94.048), médico neurocirurgião formado pela UNIFESP e Colaborador do Departamento de Neurocirurgia da Universidade de Saint Louis (Missouri- EUA), introdutor e pioneiro da neurocirurgia robótica no Brasil.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

5 estratégias para uma boa noite de sono

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2013 13:44:00

Dormir bem é indispensável para quem busca saúde e qualidade de vida. Ter uma boa noite de sono ajuda a restabelecer a energia física e mental perdida no dia-a-dia, reparar as células, liberar hormônios e ajustar o sistema imunológico. Noites mal dormidas geram dias com baixo rendimento, mau humor e dificuldades de concentração. Em longo prazo, as pessoas que dormem pouco apresentam mais eventos cardiovasculares, envelhecem mais rápido e estão mais sujeitas a doenças degenerativas.
Segundo o neurologista Leandro Teles (CRM 124.984): “O sono é tão fundamental quando nossa alimentação, quando ele não vai bem, surge um efeito cascata que leva a deteriorização progressiva do organismo”.
Existem inúmeras causas (isoladas ou associadas) para alguém perder o sono. Mas, muitas vezes, pecamos por não darmos a devida atenção a essa importante fase da nossa vida. “As pessoas queixam-se que o sono não vem e se esquecem de ir em direção a ele”, pondera o especialista.
Entre as causas clássicas para a dificuldade em iniciar e manter o sono estão: a insônia primária (sem outra causa reconhecida), problemas hormonais (tireoide, perimenstrual e menopausa, por exemplo), estresse excessivo, falta de tempo, ansiedade, depressão, uso de medicamentos, doenças específicas do sono (apneia obstrutiva, pernas inquietas, terror noturno, etc.) e, principalmente, hábitos e comportamentos inapropriados.
Reconheça os 5 principais sintomas de uma noite mal dormida:

- Ir para a cama e ficar rolando de um lado para o outro antes de adormecer.

- Despertar durante a noite, atrapalhando a arquitetura do sono.

- Despertar cedo demais sem necessidade, encurtando a duração total.

- Sonolência diurna excessiva (por vezes esse é o único sintoma).

- Despertar cansado, apresentar esquecimentos e irritabilidade durante o dia.

Pedimos ao neurologista que aponte cinco estratégias que podem ser adotadas para conseguir ter uma boa noite de sono.

1-Escolha um horário para se deitar e procure manter uma rotina
Nosso relógio biológico sente as oscilações abruptas na rotina. Para que tem dificuldade de sono, nada melhor do que manter uma regularidade de horário e comportamentos. Procure ir para cama e despertar em torno do mesmo horário, se possível, mesmo em finais de semana e feriados.
2-Não consuma bebidas alcoólicas, substâncias estimulantes e não coma demais a noite.
Dicas valiosas. O álcool é um falso amigo, ele pode até relaxar um pouco e induzir o sono, o problema é que o sono que ele propicia é de péssima qualidade, com arquitetura superficial, não reparadora, além de piorar apneia e roncos. Deve-se evitar, após as 18 horas, estimulantes como a cafeína (presente no café, refrigerante de cola, energéticos, chá mate, chocolate ao leite, alguns analgésicos, etc.). Prefira alimentos leves, sem excesso e de fácil digestão.
3- Prepare o Ambiente
Para uma noite reparadora, nada como um ambiente adequado. Dê atenção à organização do quarto, qualidade e tipo de colchão, travesseiro, roupa de cama, controle de ruído, controle de temperatura, etc.
4- Evite exposição luminosa próximo da hora de deitar
Próximo da hora de adormecer o cérebro aumenta a secreção de um hormônio chamado melatonina. O estímulo principal para sua secreção é a redução da luminosidade. O problema é que, nos dias atuais, mesmo após o por do sol, somos bombardeados por aparelhos que emitem luz diretamente aos olhos, entre eles = televisor, celular, tablet e notebook. Prefira iluminação baixa e indireta, restrinja o uso de eletrônicos pelo menos 1 hora antes do horário que gostaria de dormir, opte por televisores com tamanho e distância adequada dos olhos, evite o aparelho dentro do quarto.
5- Faça atividades de transição
É fundamental atentar para as atividades que fazem a transição entre um dia de trabalho ou estudo e sua noite de sono. O ideal são atividades passivas, sem relação com os problemas do dia-a-dia, de modo que o cérebro consiga se desligar progressivamente. Está recomendado um banho morno, uma leitura tranquila, ouvir música relaxante, etc. Do ponto de vista físico, evite exercícios extenuantes após as 18 horas (isso libera adrenalina e eleva a temperatura corporal), prefira massagens, alongamentos ou atividade leves.


Fonte: Neurologista Leandro Teles (CRM 124.984) – www.leandroteles.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SAÚDE BRASILEIRA: UM CAOS CONFIGURADO

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/02/2013 12:16:00



*Renata Vilhena Silva



Recentemente, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) adotou pela terceira vez, em menos de um ano, uma medida proibindo a comercialização dos planos de saúde que não cumpriram os prazos de atendimento para os usuários. No total, foram 28 operadoras e aproximadamente 225 produtos com venda proibida a partir de 13,6 mil queixas, número muito expressivo tratando-se de saúde. Essas queixas são fundamentadas na demora em atendimento com consultas, exames e até mesmo cirurgias.

Na saúde pública esse número é muito maior. De acordo com um levantamento realizado pela prefeitura de São Paulo, 661 mil pedidos estão na fila de espera do serviço médico na rede municipal. Um exame para diagnosticar problemas nos nervos e músculos da perna, denominado eletroneuromiograma, demora até 35 meses para um paciente realizá-lo.

Outros números destacam-se como, o agendamento de cirurgias que possui 26.596 cidadãos na fila de espera e a ultrassonografia transvaginal, exame que detecta o câncer no ovário, chegam a 72.517 pedidos com uma demora de até seis meses para concretizá-lo, uma situação inadmissível.

A justificativa para esse caos configurado na saúde brasileira varia entre falta de profissionais especializados, equipamentos, leitos, e ainda a falta de resoluções eficientes por parte da ANS, políticas públicas competentes pelo Ministério da Saúde e fiscalização rigorosa de ambos. Não precisa ser especialista para saber que hoje a saúde no Brasil deveria ser prioridade para os gestores públicos.

Na saúde suplementar, fica claro que a medida tomada não vem atribuindo resultado favorável ao usuário. Espera-se da ANS uma fiscalização forte e decisões mais rigorosas já que o resultado nunca foi o almejado.

Quanto à saúde pública, é muito mais complexa. Todo o sistema deve ser reorganizado e os gastos para esta finalidade tratados como prioridade. Hoje, o gasto do Brasil na área da saúde gira em torno de 5,9% do orçamento público e, de acordo com apontamento da Organização Mundial da Saúde, está muito abaixo da média internacional que gira em torno de 14,3%.

Enquanto isso, como diz na Constituição Federal de 1988, art. 196 “A saúde é direito de todos e dever do Estado”, resta ao cidadão brasileiro cobrar dos gestores do país a elaboração de políticas públicas mais eficientes, que garantam o acesso ao tratamento médico adequado e quando seus direitos forem ofendidos procurar auxílio do Poder Judiciário.





*Renata Vilhena Silva é sócia-fundadora do Vilhena Silva Advogados, especializado em Direito à Saúde, e autora das publicações “Planos de Saúde: Questões atuais no Tribunal de Justiça de São Paulo” e “Direito à Saúde: Questões atuais no Tribunal de Justiça”.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Festival Club Quinto Sol no Green Valley

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/02/2013 12:15:00

O Green Valley, em Camboriú – litoral norte catarinense, - vai apresentar uma atração inédita neste sábado, 19 de janeiro. Dentro da sua quente e surpreendente programação de verão o club, que é o 2º Melhor do Mundo na lista dos Top 100 Club Dj Mag, terá em seu palco a edição completa do Festival Quinto Sol, show inédito no país. E o líder do projeto, o chileno Ricardo Villalobos não virá ao Brasil sozinho, ou com mais um ou dois artistas como de costume. Nesta edição brasileira do Festival ele virá com nada menos que seis convidados: Zip (ALE), Margaret Dygas (POL), Argenis Brito (VEM), Felipe Valenzuela (CHI), David Delgado (COL) e Umho (CHI), nomes extremamente relevantes na cena undergraund.

Ícone no estilo de e-muisc que defende, Villalobos já foi até tachado de “messias” pelo jornalista brasileiro Zeca Camargo, que resumiu: “Para mim ele é simplesmente o cara que faz a música eletrônica mais original com o mínimo de recursos.” E ele fez isso tudo parecer fácil e refinado, tanto que a revista Rolling Stones defendeu: “Raramente surge um DJ com a capacidade de gerar reverência por parte dos fãs como fez Eric Clapton”.

SERVIÇO:

O que: Festival Club Quinto Sol – Com Ricardo Villalobos e convidados

Onde: Green Valley – Rua Rio Mamoré, 1083

Quando: 19 de janeiro a partir das 23h

Informações: 47.3360.8097 / www.greenvalley.art.br

Ingressos: www.ingressonacional.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Ciência em Show no Catavento

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/02/2013 12:12:00

Sucesso do espetáculo apresentado em dezembro motiva sua volta aos palcos do espaço paulistano dedicado à cultura e à educação



Nos dias 16 e 17 de fevereiro (sábado e domingo), às 15 horas, o auditório do Catavento Cultural e Educacional, espaço de ciência e tecnologia da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, será palco novamente do trio de físicos que apresentam o Ciência em Show. O espetáculo aborda a ciência de maneira empolgante e estimulante, despertando o interesse do público pelo assunto.

O carismático trio de físicos do Ciência em Show é composto pelos professores formados pela Universidade de São Paulo, Wilson, Daniel e Gerson, que somam doze anos de parceria e shows por todo o Brasil. Durante a apresentação, o trio mostrará fantásticos experimentos de ciências como a superespuma, o nitrogênio líquido e várias outras atrações.

O espetáculo do Ciência em Show promove grande intereção com público e traz muitas surpresas e bom humor. Um momento de divertimento e conhecimento!

Sobre o Catavento

Fruto de parceria entre as Secretarias Estaduais da Cultura e da Educação, o espaço foi inaugurado em março de 2009. São mais de 250 instalações, em oito mil metros quadrados, divididas em quatro seções (Universo, Vida, Engenho e Sociedade), cada uma delas elaborada com iluminação e sons diferentes, que contribuem para criar atmosferas únicas e envolventes. Atrações como aquários de água salgada, anêmonas e peixes carnívoros e venenosos, uma maquete do sol e uma parede de escaladas onde é possível ouvir histórias de personalidades como Gengis Khan, Júlio César e Gandhi, são apenas alguns exemplos de como o visitante pode aprender e se divertir ao mesmo tempo.

No local também é possível conferir as atrações da Fundação Museu da Tecnologia de São Paulo, que teve seu acervo transferido para o Catavento no início de 2011. Entre os principais equipamentos estão a locomotiva Dübs (fabricada em 1888 na Inglaterra que pertenceu à Cia. Paulista de Estradas de Ferro e foi usada brevemente para o transporte de carga) e o avião DC-3 (1936), que foi utilizado como cargueiro militar na Segunda Guerra Mundial.



Serviço

Catavento Cultural e Educacional

Onde: Palácio das Indústrias - Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no (Av. Mercúrio), Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP

Quando: terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h)

Quanto: R$ 6 e meia-entrada para estudantes, idosos e portadores de deficiência.

Idade mínima para visitação: recomendado para crianças a partir de seis anos

Como chegar: www.cataventocultural.org.br/mapas.asp

Acesso por transporte público: estação de metrô Pedro II e terminal de ônibus do Parque Dom Pedro II

Estacionamento: R$ 10 até 4 horas (para visitantes do museu). Adicional por hora: R$ 2,00 (capacidade para 200 carros). Ônibus e vans: R$20,00.

Infraestrutura: acesso para pessoas com deficiência locomotora

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Bolinhas e Espinhas no bumbum: Causas e Tratamentos

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/02/2013 12:10:00

Roupa justa e cadeira desconfortável formam a combinação perfeita para o surgimento de bolinhas vermelhas ou cor de pele que insistem em aparecer no bumbum. Essas bolotinhas chamadas de foliculite são consideradas um grau bem leve de encravamento dos pelos causado pelo atrito das roupas pesadas ou de tecido sintético,tratando-se de um problema pouco simpático podendo afetar homens e mulheres.
Segundo o dermatologista Fernando Passos de Freitas (CRM-106.504), a foliculite está associada à tendência individual a ter pelos encravados. “É só a pele inflamar que surgem as bolinhas. Caso a inflamação for mais intensa, nódulos maiores e doloridos podem aparecer. Essas bolinhas podem infeccionar e apresentar pus. Além do bumbum, a foliculite pode ser frequente na virilha de mulheres que se depilam com lâminas ou cera e, nos homens, elas podem aparecer nas regiões de barba e pescoço”, explica. Já sabemos que o problema inicial é o encravamento de pelos, e quem tem pele mais espessa e pelos com tendência a encravamento é um forte candidato a apresentar o quadro.
“Quando usamos roupas apertadas ou tecidos sintéticos a pele não consegue respirar corretamente, com isso o folículos pilosos se tornam meios de cultura favoráveis ao crescimento bacteriano local ”, destaca o dermatologista Fernando Passos Freitas
A pele do bumbum também não pode ser esquecida e os cuidados devem ser mantidos, principalmente na hora da depilação. A foliculite pode aparecer devido às irritações decorrentes das depilações com cera ou lâminas. “As bolinhas que surgem na virilha após uma depilação são uma reação natural da pele a uma inflamação local, chamada de pseudofoliculite, portanto, não se trata de uma infecção causada por bactérias. As mulheres devem ficar atentas à presença de inflamações derivadas de depilações, pois elas podem desencadear outros problemas inconvenientes estéticos, como por exemplo, as temíveis manchas ou escurecimento da área”, alerta o Dr. Fernando Passos Freitas.
É acne ou foliculite?
Geralmente a acne é mais comum em regiões que são ricas em glândulas sebáceas, como a face, tórax e dorso, enquanto a foliculite pode surgir em qualquer parte do corpo que apresente pelos encravados. O dermatologista Fernando Passos Freitas faz um alerta para as espinhas que aparecem no bumbum. “Quando as espinhas aparecem na região glútea pode tratar-se de um caso grave e raro. Nesse estágio a acne de grau IV é denominada de conglobata, pois ela apresenta nódulos numerosos e grandes, com abscessos. Além disso, as causas estão associadas às altas concentrações de glândulas sebáceas, poros dilatados e alterações hormonais. Procure um dermatologista se notar a presença de espinhas nessa região para fazer o tratamento adequado”, revela.
Como tratar a foliculite?
Para quem sofre com as terríveis bolinhas no bumbum, nos braços e na virilha, o tratamento mais indicado será aquele prescrito sob orientação médica, pois existem casos que o problema é mais acentuado e necessita de um tratamento específico.
Para manter o resultado do tratamento, o ideal é investir em depilação a laser e evitar o uso de roupas justas e de tecidos grossos, como jeans. “No caso da depilação é recomendado a definitiva, que é a mais eficaz. Qualquer outro método como lâminas, pinças ou cera, podem provocar a inflamação e a consequente proliferação das bactérias”, garante o dermatologista.
Previna-se e acabe com as bolinhas vermelhas no bumbum
O dermatologista Fernando Passos de Freitas revela algumas dicas acessíveis para minimizar as chances das bolinhas indesejáveis no bumbum:

1. Não use roupas justas, como calças jeans apertadas. E evite tecidos sintéticos. Prefira roupas de fibras naturais, como algodão.

2. Faça uma esfoliação até três vezes por semana. Mas lembre-se que a esfoliação é uma forma de prevenção e deve ser feita antes da crise.

3. Você pode optar em usar um sabonete contra espinhas, que contenha ácido salicílico ou enxofre.

4. Aplique cremes à base de antibióticos. E para evitar que você mesma infeccione a região ao se coçar, passe o creme também sob as unhas, antes de dormir.

5. Conforme indicação do seu dermatologista, use um creme a base de ácido retinóico ou glicólico. Eles podem se combinar a antibióticos tópicos num creme manipulado.

6. Quando a foliculite é intensa é possível que o dermatologista recomende um antibiótico por via oral.

7. Se seus pelos forem grossos ou escuros, considere realizar sessões de depilação a laser. É a melhor maneira de se livrar da foliculite.



Fonte- Dermatologista Fernando Passos de Freitas – (CRM- 106.504)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Direitos e problemas relacionados ao seguro de vida.

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2013 11:59:00

SEGURO DE VIDA: INDENIZAÇÕES DECORRENTES DE DOENÇA



Estela do Amaral Alcântara Tolezani*



Temos como uma realidade o crescimento da comercialização do seguro de vida. Isso porque a necessidade de segurança é inerente ao ser humano. Seguro de Vida é o contrato pelo qual se obriga o segurador, mediante o recebimento de prêmio, a pagar ao segurado determinada quantia, chamada de capital segurado, quando da ocorrência do evento coberto. Pode ser contratado sob as formas individual ou coletiva.

Assim, o consumidor que contrata um seguro de vida e arca, mensalmente, com o pagamento das mensalidades, denominadas prêmios, acredita estar totalmente coberto, quando da ocorrência do sinistro ou que seus beneficiários assim estarão, no caso do seu óbito.

Entretanto, isso nem sempre acontece, porque as seguradoras interpretam as cláusulas contratuais de forma muito rígida e, para dirimir conflitos, os casos são levados à Justiça.

No contrato de seguro de vida as coberturas mais comuns são:

– morte: pagamento de indenização ao beneficiário em caso de morte do segurado;

– invalidez laborativa permanente total por doença (ILPD): pagamento de indenização em caso de invalidez para a qual não se pode esperar recuperação ou reabilitação, com os recursos terapêuticos disponíveis no momento de sua constatação, para a atividade laborativa principal do segurado;

– invalidez funcional permanente total por doença (IFPD): pagamento de indenização em caso de invalidez consequente de doença que cause a perda da existência independente do segurado, na forma estabelecida no plano de seguro;

– doenças graves: pagamento de indenização em decorrência de diagnóstico 76 77 de doenças devidamente especificadas e caracterizadas no plano de seguro.

Paralelamente, temos como principais negativas oferecidas pelas seguradoras:

– doença pré-existente: não é uma terminologia médica, não existe uma definição médica. Caracteriza-se como pré-existente a doença que já existia no momento da contratação do seguro e não foi devidamente declarada no cartão-proposta de adesão ao contrato de seguro.

O Judiciário entende que a simples pré-existência da moléstia não exclui o direito ao recebimento do capital segurado, mas sim, a ausência de boa-fé do segurado que, ciente de sua existência, omite a doença no momento da contratação do seguro, mais especificamente, no preenchimento do cartão-proposta, o que impede o Segurador de calcular o risco que estará assegurando naquele momento.

Importante que as informações sejam prestadas de forma completa e que sejam condizentes com a verdade dos fatos.

– agravamento do risco: refere-se ao aumento da probabilidade de ocorrência da lesão ao interesse garantido, ou da severidade dessa lesão. Normalmente é alegada nos óbitos decorrentes de embriaguez.

O judiciário entende que o agravamento do risco deve ser comprovado, sob pena de a seguradora não efetuar o pagamento do capital segurado. Assim, a perda da cobertura está condicionada à efetiva constatação de que o agravamento de risco foi condição determinante na existência do sinistro. Referida prova é bastante difícil de ser produzida e o beneficiário tem grande chance de ganho.

– suicídio: o novo Código Civil passou a tratar acerca desse assunto e o entendimento já se encontra pacificado, conforme súmula 105 do STF: “Salvo se tiver havido premeditação, o suicídio do segurado no período contratual de carência não exime o segurador do pagamento do seguro”. O período de carência é de dois anos.

– negativa de invalidez: tanto a invalidez funcional como a laborativa devem ser permanentes, para que o segurado tenha direito ao recebimento da indenização contratada.

Entretanto, o Judiciário interpreta o contrato de forma mais branda, afinal, exigir a perda da existência independente do segurado significa dizer que este sequer conseguirá fazer uso do valor da indenização.

Normalmente, nessas ações, é produzida a prova pericial, não sendo suficiente a declaração de invalidez concedida pelo INSS.

– prescrição: é a extinção de uma ação judicial possível, em virtude da inércia de seu titular por um certo lapso de tempo.

No contrato de seguro, o direito que o segurado possui de receber a indenização prescreve em um ano, conforme disposição expressa no Código Civil, a contar da data que teve ciência inequívoca de sua invalidez. Entretanto, há juízes que entendem pelo prazo de cinco anos, fundamentando no Código de Defesa do Consumidor.

Já o beneficiário, ou seja, a pessoa indicada para receber o valor do capital segurado, na hipótese da ocorrência do sinistro, possui um prazo maior, de três anos, existindo entendimento do Judiciário (STJ) no sentido de ampliar para 10 anos, a contar do evento do óbito.



Súmulas do Superior Tribunal de Justiça já existem acerca desse tema:

229: “O pedido do pagamento de indenização à seguradora suspende o prazo de prescrição até que o segurado tenha ciência da decisão”

278: “O termo inicial do prazo prescricional, na ação de indenização, é a data em que o segurado teve ciência inequívoca da incapacidade laboral”.



Felizmente, o Código de Defesa do Consumidor é aplicado nesses casos e o contrato é interpretado de forma mais benéfica ao segurado.

Ainda, deve o contrato de seguro ser interpretado de acordo com os princípios da boa-fé, da transparência, da proteção, da confiança e das expectativas legítimas dos consumidores, sempre a favor do segurado-consumidor. Nesse sentido, as seguradoras pecam, e muito, na medida que suas cláusulas contratuais são de difícil interpretação ou, quando não, são extremamente severas.

Presume-se que todos que aderem ao contrato de seguro de vida querem continuar vivos e estar seguros que, quando houver o óbito, seus beneficiários não sofrerão perda ou redução patrimonial instantânea. Enfim, o segurado busca a proteção do bem mais importante para o ser humano – a vida.

Por todas essas razões, certo é que o segurado possui grande chance de êxito perante a seguradora em uma ação judicial.



Estela do Amaral Alcântara Tolezani é advogada do escritório Vilhena Silva Advogados, especializado em Direito à Saúde. Bacharel em Direito pela Universidade São Judas Tadeu, pós-graduada em Direito Processual Civil pela Faculdade Autônoma de Direito -

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

ONG pede ajuda vítimas de enchentes do Rio de Janeiro

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2013 11:57:00

Os moradores da região serrana do Rio de Janeiro estão em situação de emergência. Em Teresópolis, são cerca de mil moradores desabrigados. Já em Duque de Caxias, no município de Xerém, 45 casas foram destruídas e 200 danificadas, sendo que mil pessoas estão desalojadas e 270 acolhidas em abrigos.



O número de famílias desabrigadas, assim como o de vítimas atingidas pelas fortes chuvas continuam aumentando. Os moradores precisam muito de ajuda. A ONG Make Them Smile do empresário Gabriel Sala está arrecadando água, alimentos não perecíveis, roupas e calçados. Quem quiser doar rações também será bem-vindo, pois há animais também abandonados.



Endereço para entrega: Av. Pacaembu, 1886- São Paulo. Quem quiser doar, mas não tiver disponibilidade para entrega, basta enviar um email para: makethemsmile.ong@gmail.com, que a organização efetue a retirada.



Quanto mais doações, mais pessoas serão ajudadas.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Os 3 segredos da felicidade

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2013 11:50:00

Por Margareth Signorelli

Todos procuram quais são os segredos da felicidade, mas poucos sabem que são muito simples e extremamente profundos.

1 - Seja a Fonte do que você precisa.

Se você olhar uma criança que acabou de nascer, verá que ela é completa, não precisa de nada para sobreviver. Ela é perfeita, tudo funciona sem precisar de uma administração externa. Baseado no fato que somos seres perfeitos fica fácil entender que somos completos.

A física quântica é muito clara mostrando que o que você emana você recebe de volta. Partindo deste princípio conseguimos compreender mais facilmente que somos a fonte do que queremos. Segundo a lei se você vibrar a falta do que precisa, continuará na falta do mesmo, mas se vibrar a abundancia receberá na mesma proporção.

“Nada pode chegar para você se não for por seu intermédio”

O que está lhe faltando? Atenção? Compreensão? Companhia de alguém? Dinheiro? Pare e perceba a sua volta quem está precisando de atenção. Procure a pessoa, fale com ela, ouça para o que ela tem a dizer. Quem está precisando de compaixão? Perceba no que a pessoa precisa que a compreendam, ouça e entenda as razões desta pessoa. Seja empático. Quem precisa de companhia? Ligue para um amigo ou parente que esteja só. Faça companhia para alguém idoso, pois as pessoas se afastam muito dos idosos. Estaá precisando de dinheiro? Olhe a sua volta e faça uma doação para alguém ou uma entidade que necessite.

Dê o que precisa e assim você será uma fonte infindável do que necessita atraindo para si o que mais quer. Este sempre foi o segredo dos grandes líderes de toda historia da humanidade e sempre será. Você se tornará magnético daquilo que mais almeja.


2 - Agradeça sua vida exatamente como ela é.

Agradecendo sua vida exatamente como ela é, é uma atitude transformativa. Aceitando cada detalhe de sua vida, você parará de resistir e transformará suas frustrações em celebrações, porque o que você resiste, persiste. É preciso estar desperto e ver em cada situação difícil a oportunidade de fazer mudanças que só poderão ser feitas por você. Aceitando que não existe nada de errado, você terá acesso às forças que necessita para mudar algo, ao invés de ficar na posição de que está tudo errado e se sentindo fraco para tomar qualquer atitude. Pessoas concordam que os piores momentos de suas vidas foram os mais importantes para que grandes mudanças pudessem acontecer. Gratidão é o grande segredo.


3 - Você não está sozinho

A pior sensação que o ser humano pode experimentar é estar só, tanto que a maior punição para alguém é estar aprisionado em uma solitária. E essa vem acompanhada de abandono e a impotência, que nos absorve tirando todas as forças para lutar. Pensando que você não está sozinho nunca, acreditando que a presença do divino, seja Ele quem for, Alá, Deus, Buda, esta sempre ao seu lado as perspectivas mudam. A sensação de solidão se transformará em plenitude e lhe trará infinita paz interior. Você começará a lidar com os momentos de desafio sabendo que tem um parceiro eterno que lhe guiará sempre pelo melhor caminho. É só você saber escutar. Use sua intuição, pergunte o que quiser e espere pela resposta, mas preste atenção, pois esta virá como um sussurro, calmo e discreto e nunca como um grito querendo que você tome atitudes rápidas e impensadas. Será como um toque suave em seu ombro e acompanhado de uma sensação de tranquilidade e plenitude.

Sabendo usar estes 3 segredos sua vida terá um sentido muito maior e nada bloqueará não só sua felicidade como seu crescimento. Os obstáculos se tornarão transponíveis, os degraus menores e você perceberá sua importância para que o mundo se torne um lugar cada dia melhor.



SOBRE MARGARETH SIGNORELLI

Especializada em relacionamentos, Margareth Signorelli desenvolve dois tipos de trabalho. O primeiro chama-se Conexão e é ideal para pessoas que querem encontrar um companheiro (a), um marido (esposa), enfim, sua alma gêmea. Esse coaching fornece ferramentas para quem está cansado de esperar pelo verdadeiro amor ou quer saber porque está repetindo o mesmo tipo de relacionamento, preparando o indivíduo para receber o amor que ele realmente procura.

O segundo chama-se Reconexão e é um coaching indicado para a pessoa que já está em um relacionamento e quer crescer, desenvolver e aprofundar sua relação para uma maior conexão ou mesmo uma reconexão com mais fundamento. Ele é indicado para indivíduos que estão cansados de tentar ter o relacionamento dos seus sonhos, para quem quer mudar e está preocupado em não conseguir manter um relacionamento equilibrado e acha que só as outras pessoas possuem o “relacionamento ideal”.

Através desses módulos, Margareth quer libertar o indivíduo dos padrões do passado que não permitem que o amor se enraíze na sua vida para que possa evoluir e criar um novo padrão saudável para que o amor flua livremente. Nesses módulos, a pessoa também descobre as barreiras que lhe impedem de encontrar o que o seu coração mais deseja e aprende a se transformar na "pessoa certa", pois só assim ela estará preparada para aceitar o amor quando ele aparecer.

Formação:

· Certificada Coach pelo ICI - Integrated Coaching Institute

· Quantum Evolution - ICI - São Paulo - Brasil

· Coach de Relacionamento - Los Angeles - USA

· Feminine Power Mastery - Los Angeles - USA

· Soulmate Secret - USA

· Certificada EFT - São Paulo – Brasil

Metodologia:

· ICI - Nos padrões internacionais estabelecidos pelo ICF - International Coach Federation

· Coaching de Relacionamento - No método do Programa Calling in "The One" de Katherine Woodward Thomas e Claire Zammit - USA

· EFT - No método do Dr. Gary Graig – USA

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A lição e o peixe

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2013 11:49:00

Por: *Ruy Martins Altenfelder Silva

Uma reflexão, digamos, mais acadêmica sobre os rumos da modalidade de assistência social que deve ser praticada no Brasil esbarra, de início, na dificuldade de estabelecer parâmetros de avaliação. Um exemplo: de quantos e de quais brasileiros estamos falando? Dos 16,2 milhões que vivem em situação de extrema pobreza, citados em pronunciamentos oficiais com base em dados de 2010 do IBGE? Ou dos 60 milhões que outras fontes situam abaixo da linha de pobreza? Não importa o tamanho do problema. Uma visão mais pragmática e próxima da realidade indica que a educação e a formação para o trabalho são os dois principais fatores para o resgate social. A educação, porque dotará o beneficiário de competências pessoais, senso crítico e consciência de seus direitos e deveres como cidadão. A formação para o trabalho, porque tornará esse mesmo cidadão independente, gerará autoestima e assegurará condições de uma vida digna a ele e à sua família.

Assim, os constituintes de 1988 foram sábios ao assegurar a todos os brasileiros o direito à educação e ao trabalho. Tanto assim que buscaram garantir o apoio aos menos favorecidos, estabelecendo no artigo 203 da Constituição Federal que “a assistência social será prestada a quem dela necessitar, independentemente de contribuição à seguridade social”, incluindo entre seus objetivos a promoção da integração ao mercado de trabalho (inciso III). Num Brasil que não é um país pobre, mas um país de muitos pobres, apenas a ação do governo, por mais ampla e bem intencionada que seja, não reduzirá as desigualdades sociais que condenam milhões à exclusão. A sociedade pode e deve dar sua contribuição, como as organizações do terceiro setor vem fazendo há séculos. Entre elas, é referência a atuação do CIEE, com o encaminhamento de 11 milhões de jovens estagiários e aprendizes ao mercado de trabalho e a oferta de dezenas de cursos e oficinas gratuitos, presenciais e à distância, destinados a estimular a formação integral das novas gerações. Sempre dentro da tese de que, mesmo em ações de assistência social, é louvável dar o peixe a quem não tem o que comer e nem forças para pescar. Mas também é preciso – embora mais difícil – não descuidar do ensino da pesca, principalmente para os jovens. Caso contrário, o País corre o risco de ver parte das futuras gerações mergulhada em situações de vulnerabilidade, caso elas não consigam se qualificar para ingressar num mercado de trabalho cada vez mais seletivo e exigente de profissionais bem formados.



*Ruy Martins Altenfelder Silva é presidente do Conselho de Administração do CIEE e da Academia Paulista de Letras Jurídicas.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O poder dos raios solares no desenvolvimento das crianças

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2013 11:47:00

SAÚDE DOS BEBÊS TAMBÉM DEPENDE DO SOL. MAS É PRECISO CUIDADO

Pediatra do Hospital Villa-Lobos explica o poder dos raios solares no desenvolvimento das crianças e como tirar melhor proveito dessa exposição, principalmente na estação mais quente do ano

A orientação é conhecida das mães: os bebês devem tomar sol. A exposição solar ajuda na produção de um componente essencial ao organismo, a vitamina D, que é uma importante aliada da saúde dos ossos, pois influencia na absorção de cálcio. No entanto, a poluição, o clima seco das grandes cidades e a incidência de raios ultravioletas podem servir como obstáculo a essa tarefa. Como as mães devem proceder nesses casos? A pediatra do Hospital Villa-Lobos, Camila Lemiechek Orellana, explica: “A recomendação é de exposição solar a partir da segunda semana de vida, 30 minutos por semana com a criança usando apenas fralda -- de 6 a 8 minutos por dia, 3 vezes na semana -- ou 2 horas por semana, expondo apenas a face e as mãos da criança -- 17 minutos por dia.”

Os benefícios da vitamina D são muitos. Além do papel já reconhecido na preservação da estrutura óssea e no metabolismo do cálcio, evitando fraturas e osteoporose na vida adulta e o raquitismo nas crianças, estudos mais recentes apontam para outros efeitos positivos em relação à melhora da imunidade e prevenção de doenças autoimunes (como diabetes tipo I e esclerose múltipla) e até alguns tipos de câncer (mama, próstata, cólon).

Para aproveitar os benefícios da vitamina D as mães devem adotar algumas medidas de precaução ao colocarem as crianças para tomar sol. “Os cuidados no momento da exposição solar são principalmente em relação à hidratação do bebê. Deve-se oferecer bastante água, usar roupas leves e estar atento aos sinais de desidratação, como urina escassa e escura, olhos encovados, choro sem lágrima, irritabilidade, moleira funda, saliva espessa e boca seca”, detalha a pediatra.

Além da exposição solar, a alimentação e os suplementos também são formas de obtenção da vitamina D. No entanto, menos de 10% é proveniente das fontes alimentares. Por isso, tomar sol ainda é mais efetivo, embora ainda não exista consenso sobre níveis seguros de exposição solar que garantam a produção de vitamina D sem receber os malefícios da radiação ultravioleta, segundo a pediatra. Além disso, a médica ressalta que bebês de até 18 meses devem receber suplementação medicamentosa de vitamina D como prevenção, uma vez que nesta idade as crianças ainda não são expostas ao sol com tanta regularidade.

Sinais como atraso no desenvolvimento, baixa estatura, falência de crescimento, dor óssea, fraturas, atraso na erupção dentária, suscetibilidade a infecções e distúrbios respiratórios e cardíacos podem indicar falta de vitamina D no organismo. Nestes casos, o recomendável é procurar um especialista. “Tais sinais devem ser diagnosticados pelo pediatra, nas consultas de rotina, e esta é a recomendação mais importante a ser dada aos pais, a de continuarem com um seguimento médico regular”, alerta.

Apesar de necessária em todas as fases da vida, a vitamina D é importante, principalmente na infância, época em que cerca de 90% da massa óssea se desenvolve. Uma criança com boas doses deste nutriente no organismo pode evitar problemas futuros como osteopenia e osteoporose. Os benefícios nesta fase são tantos que a Sociedade Brasileira de Pediatria dobrou a recomendação de vitamina D para crianças e adolescentes. Tanto é verdade que, desde 2011, a dose diária indicada passou de 200 para 400 UIs (cada UI equivale a 40 microgramas). Portanto, mães, está aí mais um bom motivo para levar a criançada para aquele passeio à praia.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

33ª Semana de Gestação: Prepara-se para fortes dores de estômago

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2013 11:45:00

Ao completar a 33ª semana de gestação, a barriga praticamente para de crescer, pois o bebê começa a se preparar para nascer. E a partir dessa semana, a gestante deve ficar atenta aos sintomas frequentes nesse período da gravidez podendo sentir dores de estômago, queimação e mal-estar. Isso acontece devido ao crescimento do útero, que pode pressionar o estômago provocando azia diminuindo o apetite.
Segundo o médico e cirurgião geral Dr. Sérgio Barrichello (CRM-111.301), da Clínica Healthme gerenciamento de perda de peso, que também é endoscopista do (HC-FMUSP) e especialista em emagrecimento, as dores de estômago podem ser mais intensas em gestantes que já apresentavam refluxo, gastrite ou úlcera. “O crescimento do bebê deixa o estômago espremido e, consequentemente, passa a abrigar menos alimentos. Por esse motivo, a gestante pode ter ânsia se ingerir uma quantidades maiores. E ao deitar-se, após a refeição, pode sentir um gosto azedo na boca. Todos esses desconfortos são provocados pelo retorno do conteúdo gástrico, o refluxo”, explica.
De acordo com a evolução da gestação, sobra menos espaço para o bebê, causando uma sensação de estômago apertado. “Nesse período, o sistema digestivo também fica mais lento e a gestante precisa se adaptar a consumir alimentos de fácil digestão.”, acrescenta o médico. Além disso, a dor de estômago pode ocorrer em qualquer região do abdômen, pois os órgãos ficam comprimidos por conta do útero que cresce em média até quatro centímetros por mês. “A gestante deve evitar consumir alimentos gasosos, pois costumam aumentar o volume da barriga e comprimir ainda mais os órgãos internos, causando mais dor”, aconselha o endocopista.
O que fazer para amenizar a dor?
São vários fatores que comprometem o aparelho digestivo durante a gestação causando muito desconforto. Porém, seguindo algumas orientações é possível diminuir essas sensações. “Para ajudar, procure fracionar as refeições, comendo várias vezes ao dia e em pequenas quantidades, optando por refeições leves que ajudam a evitar que o volume do estômago aumente”, recomenda Barrichello.
Outras medidas como mastigar lentamente, evitar alimentos gordurosos que têm mais chances de causar indigestão, não ingerir líquidos durante as refeições ajudam a aliviar os sintomas. Além disso, usar roupas confortáveis e que não apertem a barriga e optar por um travesseiro mais alto na hora de dormir também contribui muito nessa fase.
O endoscopista faz um alerta sobre o uso de analgésicos para aliviar a dor. “A gestante só pode tomar alguma medicação após consulta com o seu médico. A automedicação prejudica a saúde da gestante e do bebê. Vale destacar que o nervosismo, a agitação e a ansiedade podem agravar o quadro da dor, por isso, relaxar e manter-se em repouso são essenciais”, finaliza.
A gestante deve ter uma alimentação adequada, praticar exercícios físicos com regularidade e cumprir rigorosamente as consultas médicas do pré-natal. Para um ganho de peso controlado e adequado para o período gestacional, procure um nutricionista e dúvida não deixe de falar com o seu médico.



Fonte- Médico e Cirurgião Geral Dr. Sérgio Barrichello (CRM-111.301), da Clínica Healthme gerenciamento de perda de peso, que também é endoscopista do (HC-FMUSP) e especialista em emagrecimento.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SÓ VOCÊ NÃO SABE... Por Miguel Rubio

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2012 20:04:00

SE VOCÊ SOUBESSE
DO MEU GRANDE AMOR
SE VOCÊ ME OUVISSE
E NÃO SE CALAR
VOCÊ PODERIA
VER NASCER A FLOR
DESSE GRANDE AMOR
QUE EU TENHO PARA TE DAR

SE VOCÊ TIVESSE
AO MENOS UM POUCO
DO AMOR TÃO LOUCO
QUE EXISTE EM MIM
VOCÊ SENTIRIA
O QUE EU SINTO AGORA
O AMOR QUE DEVORA
E NUNCA TERÁ FIM

SÓ VOCÊ NÃO SABE...
SOU O AMOR DA TUA VIDA!!!
**Autor: Miguelzinho da vila
www.poetapoemapoesia.com.br

Contato com o Autor:
miguelzinhodavila@hotmail.com

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Esperando ansioso por você! Por Miguel Rubio

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2012 08:53:00

Esperando ansioso por você!

Quero te abraçar com tanta força...
Vão se estalar todos os teus ossos...
Vou te beijar até morrer com falta de ar,
Por amar você tanto assim... Eu posso.

Colocar teu corpo quente, junto ao meu,
Sentir teus ais de prazer e tesão,
Nesse momento... Tuas curvas se encaixam em mim,
A luz se apaga... Bocas coladas... Batendo juntos os corações!

**Autor: Miguelzinho da vila
www.poetapoemapoesia.com.br

Contato com o Autor:
miguelzinhodavila@hotmail.com

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Alimentos que estimulam o bronzeado: Saibam quais são eles

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2012 08:43:00

Com a chegada do verão, muita gente se anima em se livrar do tom ‘amarelo-escritório’ e pegar um solzinho é quase uma regra. No entanto, o sol pode trazer prejuízos à saúde da pele, por isso alguns cuidados são essenciais. Usar protetor solar é o mais conhecido deles, mas apostar em determinados alimentos também pode contribuir para deixar a pele mais bonita, saudável e com um tom dourado. “Certos alimentos atuam como fotoprotetores porque contêm nutrientes antioxidantes e anti-inflamatórios”, diz André Veinert, nutrólogo da Clínica HealthMe Gerenciamento de Perda de Peso.
O especialista explica que os nutrientes retirados dos alimentos por meio da digestão seguem para a corrente sanguínea, agindo sobre a camada mais profunda da pele (derme) e a mais superficial (epiderme). “A ação desses nutrientes nas células da pele acontece de dentro para fora formando uma barreira protetora contra os raios solares”, acrescenta.
De acordo com o nutrólogo, as frutas e os vegetais amarelo-alaranjados como cenoura, abóbora, damasco, mamão, pêssego, manga, e folhas verdes escuras, como rúcula, agrião, brócolis e espinafre possuem nutrientes fotoprotetores. “Eles fornecem o betacaroteno, que auxilia na formação da melanina e protege a pele contra os raios ultravioletas, além de atribuir uma cor natural ao bronzeado”', comenta. Além disso, estes alimentos são ricos em vitamina A e carotenoides que ajudam a manter a cor.
Já o tomate, a beterraba, o pimentão vermelho, a melancia, a goiaba e o morango contém licopeno, que também protege a pele contra os raios ultravioletas. Vale incluir os alimentos indicados no cardápio diário, pelo menos, uma semana antes de se expor ao sol. “Duas porções por dia já são suficientes e dá para apostar em saladas e sucos”, diz o médico.
Exagerou no sol?
Se a proposta é garantir reidratação e regeneração da pele, a vitamina C é uma excelente fonte. “E ela está presente nas frutas, como acerola, kiwi, caju, goiaba, manga-rosa, morango, melão, pêssego e nos vegetais, como salsinha, pimentão, couve-manteiga, folhas de mostarda, couve-flor, repolho, tomate e brócolis”, enumera o especialista.
Se a pessoa exagerou na exposição solar e deseja reconstituir a camada lipídica da pele, o nutrólogo indica o consumo de frutas oleaginosas, como a castanha do Pará, pois é rica em vitamina E e selênio. “Mas se a pele apresenta vermelhidão, o ideal é consumir chocolate amargo, chá branco e uva roxa que são ricos em flavonoides”, afirma. Neste caso, eles podem ser uma boa estratégia para ativar a circulação sanguínea.
Por fim, aumentar a ingestão da água, é fundamental para manter a hidratação da pele. “Invista em dois litros de líquidos ao dia, podendo variar com água-de-coco, água aromatizada, sucos naturais ou chás gelados”, finaliza.


Fonte- André Veinert, nutrólogo da Clínica HealthMe Gerenciamento de Perda de Peso.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Crianças são atuais pedestres, mas nem sempre futuros motoristas

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2012 08:42:00

Estado e sociedade ainda cometem deslizes na difícil tarefa de avançar nas ações de educação para o trânsito



Elas não têm carteira de habilitação, estão longe de completar 18 anos e muitas sequer serão condutoras no futuro. Mesmo assim, crianças são alvos frequentes de campanhas de conscientização de trânsito no Brasil. O argumento é de que os pequenos repassariam os conceitos aprendidos aos pais. Para discutir o assunto, a Perkons ouviu uma especialista em trânsito que lida diariamente com a questão envolvendo crianças. “Com certeza as crianças podem ser excelentes multiplicadores do tema trânsito. Mas não pode ser atribuído a elas o peso de serem agentes fiscalizadores, ou seja, que tenham a incumbência de ficar ‘de olhos atentos’ nas atitudes erradas e equivocadas dos adultos, para chamarem a atenção dos mesmos”, defende Karine Winter, coordenadora de educação para o trânsito do FUNTRAM (Fundo Municipal de Trânsito/Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú).

Segundo Karine, que também é especialista em Gestão e Segurança de Trânsito, não se pode transferir a responsabilidade de efetivar ações que gerem exemplos positivos por meio de atitudes corretas, que é dos adultos, aos menores. “Acredito que é possível atingirmos as crianças de forma eficaz, sim, principalmente por meio de ações lúdicas. Porém, desde que sejam motivadas e que os adultos sejam exemplo e sirvam de referência para elas”, explica.

Embora avalie que a educação para o trânsito no Brasil passou por avanços consideráveis nos últimos anos, Karine pontua que ainda assim, “é urgente e notória a necessidade de um novo paradigma e de um olhar mais atento para rever alguns conceitos”. O que se vê, muitas vezes, é a tentativa de educar as crianças para que sejam futuros bons motoristas. “Por diversos fatores (culturais, sociais e econômicos), muitas crianças jamais virão a ser condutores. No entanto, todas elas são pedestres e agentes do trânsito e convivem e compartilham do espaço público”, revela.

Crianças como protagonistas - este ano, às vésperas do Dia das Crianças, o Ministério das Cidades lançou a campanha intitulada “Paradinha”, cujas protagonistas são as crianças. A proposta é que elas chamem a atenção dos adultos a não consumir bebidas alcoólicas ao dirigir, assim como não falar ao celular e andar em alta velocidade. Por fazer parte de uma campanha maior – do Pacto Nacional pela Redução de Acidentes – a Paradinha (Campanha Nacional para a Prevenção de Acidentes com Crianças no Trânsito) tem caráter complementar, o que é um ponto positivo, na opinião de Karine. “Percebo atualmente que, mesmo a passos lentos, a educação para o trânsito está sendo direcionada para a construção de valores, para a formação de cidadãos mais éticos e conscientes de seus direitos e deveres, ou seja, para a formação de cidadãos mais preparados para o exercício pleno da cidadania e para o convívio em sociedade”, observa.

Nesse sentido, faz-se extremamente importante que a educação para o trânsito seja constante, e não apenas alvo de campanhas esporádicas. “Acredito que campanhas educativas com curto período de duração inviabilizam o desenvolvimento de um trabalho sistemático e contínuo de conscientização em relação a um trânsito mais seguro”, ressalta a especialista em Gestão e Segurança de Trânsito, acrescentando que “não se pode negar que elas constituem um excelente recurso para atingir o objetivo de um trânsito mais humanizado e com menos acidentes, mas não são as únicas ferramentas para isso”.

Exemplos positivos

Camboriú/SC - Por meio do órgão em que atua, o FUNTRAM, Karine explica o trabalho desenvolvido em Balneário Camboriú, Santa Catarina. Lá, a população participa de palestras, cursos, teatro de fantoches e atividades no Espaço Vivencial de Trânsito. No local as crianças podem interagir e reforçar conceitos de respeito, colaboração e cooperação, não só no trânsito. “As plaquinhas de sinalização foram substituídas, na sua maioria, por placas com imagens que reforçam esses conceitos e atitudes de forma positiva. As crianças se organizam em pequenos grupos que fazem a leitura dessas imagens que devem ser compartilhadas com o grande grupo”, explica Karine.

De acordo com ela, a proposta inclui, ainda, um agente de trânsito, que faz a mediação e interfere quando necessário, acrescentando detalhes e exemplos às falas das crianças. Após a troca das informações, todos transitam a pé pelo espaço, circulando como pedestres. Uma volta pela quadra do bairro também tem o objetivo de mostrar aos alunos que no Espaço Vivencial o trânsito é perfeito, mas que na rua nem sempre é assim.

Curitiba/PR - Em Curitiba, a iniciativa de uma escola privada mostra que é possível levar conceitos de cidadania às crianças de maneira diferente. Criada em 1970, a Cidade Mirim do Colégio Opet é um importante diferencial na formação de alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental. Além das ruas com sinalização e semáforos, as crianças brincam de ser gente grande experimentando na prática como funcionam os principais elementos que constituem uma cidade, como a prefeitura, câmara de vereadores, fórum, posto de saúde, centro cultural, agência bancária entre outros – tudo em miniatura. As crianças elegem seus representantes por meio de votação e sugerem projetos para serem debatidos.

São Paulo - Outra ação que contempla o público infantil é a Minipista de Trânsito da Concessionária Ecovias, que administra as rodovias Anchieta e Imigrantes, em São Paulo. “Os alunos são introduzidos à educação no trânsito com a peça de teatro ‘A viagem da estrela’, inspirada no clássico infantil Pequeno Príncipe, que aborda, de forma lúdica, assuntos sérios, como as regras de trânsito, os perigos de brincar às margens da rodovia, a importância da utilização das passarelas e do uso dos itens de segurança ao andar de bicicleta”, explica Valdir Ribeiro, coordenador de sustentabilidade da concessionária.

As atividades compreendem a realização do trajeto da Minipista de Trânsito a pé, utilizando bicicletas e carrinhos elétricos, conduzidos pela equipe de educadores da Ecovias. As crianças são divididas em três grupos: pedestres, passageiros e ciclistas. São cerca de 200 metros de pista asfaltada, que simulam grande parte das condições encontradas em uma via pública, com cruzamentos, semáforo, telefone de emergência, faixa de pedestre, placas de sinalização, rotatória, ciclovia, e até mesmo túnel.

Políticas públicas

Os exemplos acima apresentados e tantos outros que buscam contribuir com a redução de acidentes de trânsito por meio da educação esbarram em uma contradição criada pela própria sociedade. “Se de um lado, começamos a perceber e efetivar a educação para o trânsito direcionada e voltada para a construção de uma postura ética e cidadã, de outro, percebemos que com o desenvolvimento da indústria automobilística os carros estão cada vez mais confortáveis, luxuosos e potentes, tornando-se para uma grande parcela da população brasileira a representação e a expressão do status e do poder”, argumenta Karine Winter.

Para a coordenadora de educação para o trânsito do FUNTRAM é preciso cobrar ações efetivas da indústria automobilística que, atualmente, aposta no aumento de vendas por meio de propagandas que incitam a competição, violência e busca incessante pelo poder. “Da mesma forma como a propaganda eleitoral é obrigatoriamente exibida em horário nobre na televisão brasileira, deveria haver um modo de as montadoras serem obrigadas a exibir campanhas relacionadas à educação e segurança no trânsito, arcando com todos os recursos financeiros. Elas deveriam ser chamadas para o verdadeiro sentido da responsabilidade social”, expõe Karine.

Como fazer isso? Karine acredita que a busca por mecanismos que abordem sistematicamente o assunto em escolas, empresas, entidades etc. deve ser incessante e precisa envolver a esfera política. “É necessária e se faz urgente a elaboração de políticas públicas que contemplem o verdadeiro e real sentido da responsabilidade social que muitas dessas indústrias afirmam exercer”, analisa.

É bem provável que em futuro não muito distante todos comecem a colher os frutos mais consistentes desta nova visão de educação para o trânsito e, com isso, velhos costumes fiquem para trás. “Um exemplo claro disso é o condutor contumaz, que com certeza é aquele que vem de uma geração em que se falava muito no tal do ‘jeitinho brasileiro’, cujo princípio era levar vantagem em tudo”, conclui Karine.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Acorde Linda: Descubra a técnica que pode deixar as bochechas sempre rosadas

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2012 10:39:00

A maquiagem definitiva é uma técnica de micropigmentação feita na segunda camada da pele, a derme. O procedimento ajuda a corrigir imperfeições de maneira suave, possibilitando realçar a beleza e garantindo praticidade no dia-a-dia. A técnica já é bastante aceita pelo público feminino quando o assunto são as sobrancelhas. “É uma das técnicas mais procuradas, cujo trabalho de fio a fio, imitando ‘pelinhos’ é tão natural que se torna difícil para a própria cliente distinguir qual é o pelo dos fios criados pela maquiagem definitiva”, explica a micropigmentadora Vanessa Silveira, mestra em Micropigmentação Fio a Fio 3D, formada pela Long time Liner - Contore Make Up, em Munique, Alemanha.
A micropigmentação fio a fio 3D consiste na aplicação de pigmentos inorgânicos e hipoalérgicos, que visam definir os traços e os contornos. “É utilizada para maquiar contornos e pode corrigir falhas e cicatrizes”, afirma a especialista. E a novidade que o Instituto Vanessa Silveira esta trazendo para o mercado de beleza Brasileiro é que a técnica pode ser aplicada nas maçãs do rosto para garantir um ar mais saudável, o famoso BLUSH. “A técnica de micropigmentação de blush consiste em dar destaque às bochechas, deixando-as mais rosado”, comenta Vanessa.
De acordo com a especialista, antes de executar o procedimento, é necessário uma avaliação do tom de pele e formato do rosto da paciente. “A pigmentação pode ter um tom mais rosado ou alaranjado dependendo da cor da pele”, diz Vanessa. E qualquer pessoa pode apostar nessa técnica, inclusive, quem tem pele negra. “É uma alternativa perfeita para quem busca estar sempre maquiada, mas vive na correria. A técnica confere um sombreado discreto à pele e deixa o ar bem mais saudável, dispensando o uso de blush”, garante a especialista.
Para realiza-la, é utilizado um aparelho chamado demógrafo com agulhas específicas em suas extremidades (todos os materiais são descartáveis e dispensados na presença do cliente) onde é injetado o pigmento na epiderme. O efeito dura até três anos, mas o ideal é realizar retoque anual. Não há perigo de ficar azulado, avermelhado, esverdeado, cinza ou lilás. O procedimento é indolor e dura cerca de 1 hora para pigmentar as duas bochechas. Na semana em que foi feito, a pessoa não de se expor ao sol, mar ou vapor de sauna.


Fonte- Micropigmentadora Vanessa Silveira, mestra em Micropigmentação Fio a Fio 3D, formada pela Long time Liner - Contore Make Up, em Munique, Alemanha.
Site- www.vanessasilveira.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Descubra como reverter a laqueadura

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2012 10:37:00

Muitas mulheres optam pela laqueadura tubária como método contraceptivo. No entanto, antes de escolher essa cirurgia, é preciso ter certeza de que não deseja ser mãe novamente, pois para sua reversão é necessário profissional especializado num bom hospital. Além disso, é fundamental que essa questão seja discutida entre o casal, pois as chances de reversão podem ser pequenas conforme o modo como foi realizada.
De acordo com o ginecologista Joji Ueno (CRM-48.486), doutor em medicina pela Faculdade de Medicina da USP e diretor na Clínica Gera, a laqueadura é um procedimento que só apresenta 50% de chance em sua reversão. Em alguns casos, se a cirurgia foi realizada com cuidados microcirúrgicos, a laqueadura pode chegar a uma taxa de reversão de 80%. “Isso vai depender da forma como foi realizada a cirurgia. Além disso, a idade da mulher também pode interferir nos resultados da operação”, explica o ginecologista.
A laqueadura é indicada para mulheres que apresentam problemas de saúde, tais como diabetes, histórico de eclampsia e pressão alta. “Só recomendo a técnica em casos de saúde, pois muitas mulheres se submetem a laqueadura e, quando ficam mais velhas ou se casam novamente, decidem reverter, o que é mais complicado”, diz.
Quero engravidar, e agora?
Para reverter a laqueadura, muitos fatores devem ser levados em consideração: comprimento e vitalidade dos segmentos de trompas a ser unidas, faixa etária, habilidade do microcirurgião, método utilizado para laqueadura tubária e quantidade de tecido de cicatrização na região da cirurgia. “A laqueadura não interfere na ovulação da mulher. As tubas uterinas ficam rompidas impossibilitando a fecundação. Se a laqueadura não puder ser revertida, a mulher pode engravidar por meio de reprodução assistida”, orienta Joji Ueno.
A reversão pode funcionar melhor em mulheres mais jovens, com menos de 35 anos, e que não apresente nenhum fator de infertilidade. Para mulheres acima dessa faixa etária, a melhor forma de conseguir engravidar é por fertilização in vitro. Afinal, quando as trompas reconstituídas não recuperam a sua função, após a cirurgia de reversão, a mulher pode enfrentar sérios problemas na gestação. “Após a reversão, há um risco de ocorrer uma gestação ectópica (na própria trompa)”, alerta o ginecologista.
Por isso, é melhor tentar outros métodos contraceptivos como DIU, pílulas anticoncepcionais orais ou injetáveis antes de decidir pela laqueadura.
Como funciona
A laqueadura é um processo de esterilização definitiva, que consiste no fechamento das tubas uterinas para impedir a fecundação. É uma cirurgia simples, as trompas são cortadas e suas extremidades amarradas com o intuito de bloquear a passagem do espermatozoide. A cirurgia pode ser feita de várias formas, umas delas é a laparoscopia que consiste no corte abdominal no umbigo ou por meio de um corte no abdome. Todo o processo tem duração de 40 minutos até 3 horas.
Onde fazer a reversão da laqueadura.
Em alguns hospitais públicos e clinicas privadas. Mas, recomenda-se profissionais experientes, pois não se opera a mesma paciente duas ou mais vezes.


Fonte- Ginecologista Joji Ueno (CRM-48.486), doutor em medicina pela Faculdade de Medicina da USP e diretor na Clínica Gera


Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Mitos e verdades sobre o sono

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2012 10:37:00

Passamos 1/3 da vida dormindo, ou pelo menos deveríamos passar. Será que damos a devida atenção para essa fase da vida? Estima-se que metade da população brasileira tenha queixas relacionadas ao sono, a maioria delas relacionada a hábitos inadequados na hora de dormir.
Segundo Leandro Teles, médico neurologista (CRM 124.984): “O sono é fundamental para uma série de eventos biológicos como: reparação de tecidos, liberação de hormônios, manutenção das funções físicas e mentais, entre outras. Noites mal dormidas geram muitos problemas a curto médio e longo prazos”.
Convidamos o especialista, formado pela Universidade de São Paulo, para comentar alguns Mitos e Verdades a cerca do sono.
1- Durante o sono o cérebro descansa.
R. MITO. O cérebro lentifica seus processos mentais em algumas fases do sono e acelera em outras. Na fase conhecida como sono REM (fase dos sonhos), por exemplo, o cérebro funciona a todo vapor. Ele organiza e consolida memórias do dia anterior, organiza pensamentos, secreta hormônios e exercita a criatividade. Por isso o sono não é só descanso e preparo para o dia seguinte, mas também continuação do complexo processo intelectual.
2- O consumo moderado de bebida alcoólica relaxa e melhora o sono.
R. MITO. O álcool dá sono e realmente relaxa algumas pessoas. No entanto, ele desorganiza a arquitetura interna do sono, tornando-o não reparador. Além desse efeito direto, ele também piora os episódios de ronco e apnéia, causando microdespertares em quem ronca e atrapalhando inclusive o sono de que está ao redor.
3- Cochilar a tarde prejudica o sono da noite.
R. MITO. Não existe nenhuma evidência que o cochilo a tarde comprometa o sono de noite. Após o almoço é natural sentir sono (pelo desvio de sangue para os órgãos relacionados à digestão, aliado a acidificação do estômago, reduzindo a acidez do sangue e gerando sonolência). Esse cochilo, no entanto, não deve passar de 30 a 60 minutos. Você troca um período de baixo rendimento no estudo ou trabalho, por um descanso que aumentará o rendimento das atividades a tarde
4- Não é possível compensar a falta de sono durante a semana dormindo mais no final de semana.
R. VERDADE. O sono encerra as atividades de um dia. Sono atrasado não fica acumulado no cérebro, não funciona assim. A compensação pela noite mal dormida deve ocorrer, idealmente, em até 24 horas. Após isso, os malefícios da privação de sono não são mais compensados adequadamente. Por isso, nada que deixar para dormir bem apenas nas férias, nos feriados e finais de semana. O melhor dia para dormir bem é hoje à noite.
5- Quem dorme pouco engorda.
R. VERDADE. Diversos estudos relacionam a insônia ao ganho de peso. Isso ocorre, pois durante o sono liberamos leptina, hormônio da saciedade. Quem dorme pouco libera mais grelina, hormônio da fome e assalta mais a geladeira de madrugada.
6- Dormir bem é dormir pelo menos 8 horas por noite.
R. MITO. O que define uma noite bem dormida não é sua duração, e sim, sua qualidade. Uma noite bem dormida é aquela noite reparadora, aonde o descanso alcançou todas as suas metas e o paciente acordou bem disposto. Para isso é importante a profundidade do sono, a duração e a ausência de despertares. A duração ideal varia de pessoa para pessoa e de momento para momento da vida. Algo entre 6 e 10 horas de sono são geralmente necessária para a grande maioria da população.
7- A insônia aumenta o risco de diversas doenças, como infarto, derrame e diabetes.
R. VERDADE. A insônia crônica leva a um aumento importante do risco cardio-vascular. Eleva a pressão arterial, predispõe ao diabetes tipo II e aos distúrbios do colesterol. A causa é complexa e envolve aumento da secreção de cortisol e ativação de outras cascatas do metabolismo. Com tudo isso aumenta secundariamente o risco de infarto do miocárdio e derrame cerebral. Em longo prazo, acelera o envelhecimento e predispões também a doenças neuro-degenerativas.
8- Exercícios à noite melhoram o sono.
R. MITO. Muita gente acha que se exercitar a noite gera um cansaço que melhora o sono. Na verdade a atividade física regular próxima da hora de deitar libera adrenalina e aumenta a temperatura corporal, situação antagônica ao sono adequado. A recomendação é evitar atividades vigorosas nas 3 horas que precedem o sono. O exercício pela manhã ou até o final da tarde está altamente recomendado para que tem insônia. No caso de necessidade de exercitar-se a noite, recomenda-se um banho morno e atividades passivas e de relaxamento entre a atividade e o repouso.
9- Faz mal dormir com plantas dentro do quarto.
R. MITO. As plantas fazem fotossíntese de dia e produzem oxigênio. À noite eles consomem oxigênio e eliminam CO2. A quantidade de CO2 eliminada é, de modo geral, muito pequena e insuficiente para causar qualquer problema a um ser humano. Se a afirmação acima fosse verdadeira, seria também muito ruim dormir com outra pessoa ao seu lado, ou mesmo um animal de estimação (pois consomem mais oxigênio e eliminam muito mais CO2 que as plantas).
10- Alimentos estimulantes à noite causam insônia.
R. VERDADE. O consumo de produtos estimulantes, como a cafeína, energéticos, pó de guaraná e mesmo a nicotina (tabagismo) podem realmente tirar o sono. A noite prefira alimentos de fácil digestão e em quantidades menores. Evite o excesso de líquido (que pode piorar o refluxo e dar mais vontade de urinar) e prefira alimentos tranquilizantes, como chás (camomila, erva-cidreira, semente de maracujá, etc...).


Fonte – Neurologista Leandro Teles – CRM 124.984 – www.leandroteles.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Saiba os deslizes que prejudicam a beleza e a saúde

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2012 10:36:00

Nunca a vaidade esteve tão em alta. Cosméticos, tratamentos estéticos e cirurgias plásticas é o assunto predileto do universo feminino. No entanto, de nada adianta investir em tudo isso se, no dia-a-dia, não tomar cuidados simples. Afinal, hábitos inadequados podem colocar tudo a perder e, pior, comprometer a beleza e a saúde da sua pele. “Não passar protetor solar, usar roupas apertadas ou não conferir a data de validade de sua maquiagem pode ser um risco à saúde”, afirma a dermatologista Vanessa Penteado (CRM-SP 95309), médica da Clínica Pantheon, de Campinas (SP).
Para facilitar, a especialista fez uma listinha dos principais erros que podem – e devem - ser corrigidos por quem deseja estar em paz com a beleza. Confira!
Não usar protetor solar
Apesar de todos os alertas sobre os efeitos nocivos do sol, há quem prefira expor-se ao astro-rei sem proteção com a intenção de conquistar aquele tom dourado que deixa a pele mais bonita. No entanto, os raios UVA e UVB prejudicam muito a pele. "Expor-se ao sol predispõe a pele às queimaduras e ao envelhecimento precoce. O sol tem efeito cumulativo, ou seja, quanto mais sol maior a chance de ter rugas, manchas e até desenvolver câncer de pele", alerta a dermatologista. Por isso, é importante lembrar que bronzeado saudável e duradouro é aquele que se conquista lentamente.
Usar maquiagem vencida
O hábito de comprar a maquiagem, colocá-la no nécessaire e usá-la continuamente, sem ficar atenta ao prazo de validade, é um erro comum e perigoso. “O vencimento indica o limite de prazo da estabilidade da fórmula antes de estragar. Portanto, ficar de olho nessa data, é fundamental para evitar infecções e alergias", alerta Vanessa. Portanto, se notar alterações de cor, textura ou cheiro, não utilize o produto. É melhor abrir mão de um batom ou sombra ‘queridinho’ que ter consequências desagradáveis à saúde da pele.
Usar xampu errado
Nas prateleiras, a variedade é enorme. Dá vontade de experimentar tudo. E se aquela amiga diz que usou um determinado produto e funcionou bem, ele já entra na listinha de aprovados. O entanto, é fundamental saber qual é o tipo de seu cabelo e escolher um produto específico para ele. "Quem tem cabelo oleoso e passa xampu para cabelo seco, aumenta a oleosidade. Caso aconteça o contrário, o cabelo fica ainda mais seco. O xampu errado não trata o problema e ainda pode agravá-lo", alerta a dermatologista. Por isso, nada de modismos. Use um produto que realmente seja indicado para os seus fios e, na dúvida, sobre qual escolher, converse com um especialista.
Dormir de maquiagem
Ao voltar de uma festa, bate aquela preguiça de retirar a maquiagem e deixar o rosto limpo. No entanto, este é um erro comum que pode afetar de forma negativa a saúde da pele. "A maquiagem não deixa a pele respirar normalmente, podendo ficar mais oleosa ou mais irritada. Além disso, o descuido provoca a obstrução dos poros", revela Vanessa. E atenção especial com a região dos olhos. “Não retirar o make aumenta as chances de desenvolver terçol (inflamação nas glândulas lacrimais acessórias)”, garante a médica. Portanto, não deixe a preguiça vencer. Antes de deitar, use um demaquilante e lave bem o rosto.
Usar roupas apertadas
Apostar em uma calça jeans justa é sinônimo de sensualidade para muitas mulheres. Porém, isso pode prejudicar o contorno corporal. Afinal, a gordura tende a se estocar acima ou abaixo da zona de compressão das peças. E isso também vale para lingeries justas demais, que marcam o corpo e pioram a celulite. Na hora de escolher o que vestir, use o bom senso. Dá para usar uma calça mais justa, em dias alternados, evitando assim comprometer a beleza e a saúde.
Preguiça de enxugar-se
No inverno, as pessoas querem logo vestir-se! No verão, acham que manter o corpo úmido garante uma sensação de frescor. No entanto, algumas regiões como os pés e a virilha, devem ficar bem sequinhos. “Associar umidade e calor é o mesmo que abrir a porta para as micoses”, avisa Vanessa. . Além de passar a toalha em todos os locais, uma dica é contar com a ajuda do secador de cabelos, principalmente entre os dedos dos pés. "Só não aproxime muito o aparelho do corpo para evitar queimaduras", lembra a médica.



Fonte- Dermatologista Vanessa Penteado (CRM-SP 95309), médica da Clínica Pantheon, de Campinas (SP).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lugar de criança é na cozinha

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2012 16:26:00

No Dia das Crianças, prepare receitas saudáveis e práticas com a ajuda dos pequenos.



Um jeito prático e divertido para inserir alimentos saudáveis nas refeições da criançada, de forma agradável, é levá-las para a cozinha. Passar as tarefas simples, como lavar os alimentos, por exemplo, ajuda a criança a se habituar à comida. Além disso, esse também é um bom momento para explicar a função e importância de cada alimento. Outra dica é montar pratos atrativos e que chamem a atenção dos baixinhos. Para isso, a nutricionista da Vitalin, Alline Cristina Schüncke, diz que o ideal é fazer com que seus filhos brinquem e se divirtam com a comida, fazendo desenhos e formas, por exemplo. “Os principais responsáveis pelos bons hábitos alimentares são os pais, que determinam o que deve ser ingerido dentro e fora de casa”, comenta a nutricionista.

Alline também destaca que a rotina das famílias brasileiras é cada vez mais agitada e, o pouco tempo livre favorece o consumo de alimentos pré-prontos, que possuem grandes quantidades de sódio, gordura e corante. “A inclusão de alimentos integrais, frutas e legumes na alimentação diária da criança auxiliam no controle da obesidade e do aparecimento de doenças crônicas, inclusive até a idade adulta”, explica a profissional.

De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre 2008 e 2009, uma em cada três crianças com idade entre 5 e 9 anos estão com peso acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério do Saúde. “Esse índice pode resultar em uma geração futura de obesos, hipertensos, diabéticos, com riscos cardiovascular e renal”, ressalta Alline.



Confira algumas dicas de como inserir alimentos saudáveis na alimentação das crianças

Alguns comportamentos devem ser evitados na hora de alimentar seus filhos. Obrigar a criança a comer mais do que pode, premiar com guloseimas um bom comportamento ou fazer a restrição de alimentos como castigo e substituir as refeições por lanches são atitudes que fazem com que a criança crie um hábito errôneo. Para a nutricionista, a modificação no hábito alimentar da criança deve ocorrer aos poucos e com um bom exemplo dos pais. A inclusão dos alimentos saudáveis poderá ocorrer em alguma receita que contenha alimentos da preferência da criança. “Uma sugestão é incluir Farinha de Quinoa Real Orgânica Vitalin na tradicional receita de Nega Maluca, ou, acrescentar Amaranto Orgânico em Flocos Vitalin na receita de Smoothie de Morango. Dessa forma, a criança é estimulada a experimentar novos alimentos” sugere Alline.



No horário e local certo

O momento da refeição deve ocorrer em um local tranquilo e com a família, se possível pelo menos em uma das refeições do dia. Desligar os aparelhos eletrônicos para não distrair a criança e sempre incentivar o consumo dos alimentos saudáveis relembrando a importância para a saúde, também é uma ótima iniciativa.



Confira abaixo nossas sugestões de receitas para o Dia das Crianças

Para auxiliar a introdução desses produtos no dia-a-dia da criançada, preparamos um cardápio especial utilizando linhaça, amaranto e quinoa.



Hambúrguer Recheado Grelhado

Rendimento: 10 unidades





Ingredientes

1 kg de carne moída magra

1 cebola grande picada

½ pimentão verde picado

½ pimentão vermelho picado

1 ovo

2 colheres (sopa) de Farinha de Linhaça Marrom Vitalin

150 g de queijo prato em pedaços finos para rechear

Sal, pimenta-do-reino, cebolinha e salsa a gosto

Gotas de molho inglês e azeite para untar a forma



Preparo

Junte todos os ingredientes numa tigela (exceto o queijo) e amasse bem, até virar uma massa homogênea. Pegue uma porção de carne e, com a ajuda de um plástico, abra um hambúrguer e coloque o queijo no meio, abra outra porção e coloque por cima, feche apertando bem dos lados e corte com um cortador redondo de 10 cm de diâmetro mais ou menos. Faça isso com toda a massa de carne. Numa frigideira untada com azeite, coloque os hambúrgueres e doure dos dois lados.



Smoothie de Morango



Rendimento: 1 porção

Ingredientes

½ xícara (chá) de morangos congelados

½ xícara (chá) de suco de laranja

2 colheres (sopa) de Amaranto Orgânico em Flocos Vitalin

2 bolas de sorvete de creme

4 pedras de gelo



Preparo

Coloque no liquidificador todos os ingredientes, começando pelo suco de laranja, em seguida o Amaranto em Flocos Vitalin, o sorvete, os morangos e o gelo. Bata em velocidade máxima por 3 minutos e sirva a seguir.


Nega Maluca

Rendimento: 15 porções


Ingredientes

Massa

3 ovos

1 e ½ xícara (chá) de açúcar

½ xícara (chá) de óleo

1 xícara (chá) de achocolatado em pó

1 xícara (chá) de farinha de trigo

1 xícara (chá) de Farinha de Quinoa Real Orgânica Vitalin

1 xícara (chá) de água quente

1 colher (sopa) de fermento em pó



Cobertura

1 lata de leite condensado

3 colheres (sopa) de achocolatado em pó

1 colher (sopa) de margarina



Preparo

Massa

Bata os ovos e o açúcar até ficar cremoso. Acrescente o óleo, o achocolatado em pó e as farinhas batendo bem até formar uma massa. Acrescente a água quente aos poucos e mexa até a massa ficar mais mole. Em seguida, acrescente o fermento e mexa devagar. Em uma forma untada e polvilhada com açúcar ou farinha de trigo, coloque a massa. Asse em forno preaquecido a 220°C, por 30 a 40 minutos.

Cobertura

Em uma panela coloque todos os ingredientes e em fogo baixo mexa sem parar até engrossar. Após o bolo frio cubra com o preparado. Decore a gosto.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Vitalin lança nova identidade visual

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2012 16:25:00

Mudança traz mais informação para o consumidor e expectativa de aumento de vendas

Os consumidores estão cada vez mais exigentes, e não apenas no que diz respeito à qualidade dos produtos, mas também à aparência, às informações disponibilizadas e à praticidade. Foi pensando nisso que a Vitalin, empresa catarinense que atua no mercado de alimentos orgânicos e naturais, decidiu investir na mudança da identidade visual, contemplando nova logomarca e modernização de todas as embalagens. O investimento, segundo o diretor Rogério Manske, somaram cerca de R$ 300 mil.

“Nossa intenção foi revitalizar a marca, criar um padrão de identidade visual, apresentar melhor os benefícios dos produtos e nos aproximarmos mais dos nossos consumidores”, justifica Manske. A partir da mudança, a empresa prevê um crescimento de 20% a 25% nas vendas. A nova identidade visual chega ao mercado na segunda quinzena de outubro deste ano.

Para os consumidores dos produtos da Vitalin, a principal vantagem é que haverá maior diferenciação entre os produtos integrais e orgânicos, além de mais informações. “As novas embalagens divulgam os principais nutrientes de cada produto e ajudam as pessoas celíacas e intolerantes à lactose a identificar os alimentos sem essas proteínas”, explica o diretor. As novidades vêm acompanhadas da reformulação do site www.vitalin.com.br e da inserção da empresa nas redes sociais.

Concurso cultural

Para ajudar a divulgação e assimilação da nova identidade visual da Vitalin pelos consumidores, a empresa criou uma promoção pela página no Facebook. O público deve entrar na Fan Page da Vitalin e contar quais foram as mudança de hábitos adotadas para que pudessem ter uma vida mais saudável. Entre as dez frases mais “curtidas”, três serão selecionadas por uma comissão julgadora. Os autores serão premiados com Ipods e kits de produtos Vitalin. Além disso, os melhores posts serão avaliados por uma comissão e premiados com kits de produtos. A página no Facebook é www.facebook.com/vitalin.alimentos.

Sobre a Vitalin

A Vitalin atua no mercado de alimentos orgânicos e integrais desde 2004 oferecendo aos consumidores produtos com características únicas. Para isso, busca em diversas culturas e regiões do mundo, produtos que proporcionem bem-estar e qualidade de vida aos consumidores, além de colaborar para um mundo mais sustentável. Atualmente, a Vitalin está presente em todos os estados brasileiros por meio de distribuidores e representantes.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Anfape destaca medidas interessantes no momento de fechar o conserto do carro

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/09/2012 09:41:00

NA HORA DO CONSERTO DO CARRO, SOLICITE AO REPARADOR QUE SEPARE

OS CUSTOS DOS SERVIÇOS DOS CUSTOS DAS PEÇAS





O carro está quebrado e é preciso consertá-lo com urgência ou está na hora da manutenção do veículo. Nesses momentos, é bom contar com um reparador de confiança para efetuar o serviço de forma segura. Para garantir o melhor orçamento, seguem algumas recomendações da ANFAPE – Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças –, que atenta para medidas a serem tomadas no momento de fechar o negócio.

Para não cair em armadilhas, a Associação alerta sobre a importância de solicitar a separação dos custos dos serviços e das peças no orçamento. “De preferência, é melhor pedir para a oficina discriminar as marcas das peças”, diz Roberto Monteiro, diretor executivo da ANFAPE. Dessa forma, o consumidor poderá argumentar sobre alternativas que proporcionem um melhor custo-benefício.

É fato que escolher a marca ideal do retrovisor ou o para-choque de melhor qualidade não são tarefas fáceis para os consumidores, isso porque existe no mercado de reposição uma grande variedade de produtos para os mais diversos bolsos.

Essa é uma prática fácil de ser executada, pois os consumidores podem contar com o mercado de reposição independente de autopeças, que conta com empresas renomadas, oferecendo produtos de marca própria com garantia de qualidade e segurança. Elas disponibilizam peças a valores bem mais acessíveis do que os praticados nas concessionárias.

“Há muitos fabricantes independentes sérios, que atuam neste mercado há mais de 40 anos e seguem rigorosos padrões de excelência. Neste caso, o consumidor deve obter informações com o mecânico de confiança e fazer diretamente a compra consciente da peça de reposição, analisando custo e qualidade”, destaca Monteiro.

O executivo observa que, dessa forma, os consumidores ainda podem, inclusive, avaliar se o valor proposto pelo reparador para o determinado serviço é realmente válido e até mesmo negociar um bom desconto para a execução da mão-de-obra. Além disso, podem também ter a certeza da procedência das peças utilizadas no veículo.

“Para que esse processo seja possível e interessante para o consumidor, ele deve compreender as diferenças importantes das peças no momento da compra. As similares, por exemplo, são reconhecidas no mercado em que atuam, possuem a devida identificação de procedência, ou seja, a própria marca, a devida garantia. São aquelas produzidas pelas empresas independentes, encontradas nos varejos independentes, ou seja, nas lojas de autopeças”, comenta Monteiro.

Há, ainda, outros tipos de peças como as originais, produzidas pelos mesmos fornecedores das montadoras; as piratas, frutos de contrafação, isto é, com a utilização indevida de marcas alheias, que podem ser produto de roubo, furto e descaminho (quando entra no país sem o recolhimento de impostos) ou as usadas, que são demandadas de atividades de desmanche e, bem sabemos, uma quantidade substancial provém de furtos e roubos de veículos.

Monteiro explica que o mercado de reposição independente consegue, ainda, minimizar os problemas do desabastecimento, mas algumas montadoras como Fiat, Ford e Volkswagen querem impedir a livre concorrência no setor e, por consequência, gerar ainda mais transtornos. Ao final, os reféns dessa situação são os consumidores, que acabam lesados pela falta de peças no mercado. “Há pessoas que aguardam mais de dois meses pelo conserto do carro, que fica parado na oficina”, pontua.



Sobre a Anfape – www.anfape.org.br



A Anfape – Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças - surgiu com o intuito de representar e fortalecer o setor de reposição independente de autopeças no Brasil. Desde a sua constituição, em 2007. A entidade tem buscado reverter às ações de algumas grandes montadoras de automóveis que se valem do expediente de registrar os componentes visuais de seus veículos (capôs, para-lamas, para-choques, faróis, retrovisores etc.) como desenhos industriais com o propósito de inibir a atuação dos independentes no segmento de reposição, o que se dá por meio da proibição da produção e da comercialização das peças.

No início de 2007, a Anfape formulou uma representação junto ao Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência – CADE denunciando a conduta das montadoras FIAT, FORD e Volkswagen. Tal iniciativa teve como objetivo assegurar às empresas do mercado independente de autopeças o direito de produzirem e comercializarem itens visuais dos veículos. A Associação considera que as montadoras utilizam seus registros de desenhos industriais de peças automotivas de forma abusiva, o que configura conduta contrária à ordem econômica brasileira.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Insônia do Bebê: Por que alguns bebês sofrem desse mal

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/09/2012 09:40:00

Se há um assunto que literalmente tira o sono dos pais é o sono dos bebês. “A cada dez famílias que me procuram, posso dizer que dez delas, em algum momento, levantam essa questão. Talvez o façam porque pretendem impedir que a insônia aconteça, talvez porque os bebês já não dormem, o que complica a dinâmica familiar, tornando-se muitas vezes a causa de brigas, discussões e estresse. Isso porque, como todos sabem, uma “noite mal dormida” é agravada ainda mais pela presença de um bebê em casa, necessitando de cuidados exclusivos o tempo todo”, afirma a psicóloga Cynthia Boscovich.
Na verdade, o problema se deve ao fato de o ritmo circadiano no bebê ainda não estar ajustado. Esse ritmo ou ciclo circadiano é o período influenciado pela luz solar, de aproximadamente um dia de duração, em que se baseia o ciclo biológico do corpo humano, sendo responsável por todos os nossos ritmos biológicos e psicológicos.
Quanto menor o bebê, de mais horas de sono ele necessita. Um recém-nascido pode dormir em torno de 18 horas; entretanto, faz isso de forma fragmentada, pois não sabe ainda diferenciar o dia da noite. Portanto, tudo o que ele vive requer um tempo de amadurecimento e adaptação. A adaptação do bebê ao mundo ocorre de maneira gradativa, porém não é só ele quem está se adaptando a essa nova realidade. Os pais, também vivem esse processo e é por isso que o início de vida do bebê é descrito por muitas pessoas como caótico.
Embora o horário biológico dos nenês não esteja amadurecido antes dos seis meses de vida, eles passam pelos mesmos ciclos de sono de um adulto, mas se encontram, na maior parte do tempo, no sono leve e com mais despertares, facilmente justificáveis pela necessidade biológica de sobrevivência que apresentam, como por exemplo, fome ou desconforto causado por dor ou por fralda suja.
À medida que o bebê vai crescendo, seu ritmo circadiano vai se ajustando aos padrões considerados mais “normais” e, aos seis meses de vida, ele já tem condições biológicas de dormir uma noite inteira. Contudo, nessa fase, é possível que outros fatores ainda interfiram no sono do nenê e contribuam para que ele tenha insônia, sendo agora de ordem psicológica, como por exemplo, o desmame. Em outros casos, a criança pode ter pesadelos, sentir-se incomodada pelo nascimento dos dentes, pelos sintomas de algumas doenças e até mesmo por mudanças no ambiente.
“Cada vez mais constato a necessidade de os pais receberem boa orientação no tocante à higiene do sono do bebê, pois se trata de um processo biológico e, conforme ele vai crescendo, suas necessidades se modificam e a família precisa se adequar a elas”, explica a especialista.
Segundo alguns estudos, quanto mais cedo as crianças estabelecem hábitos saudáveis de sono, maiores chances têm de se tornarem adultos com melhor qualidade de sono.



Fonte- Cynthia Boscovich Psicóloga clínica, psicanalista. Além de atender adolescentes e adultos em seu consultório, possui um trabalho específico com grávidas, mães e bebês, na área de prevenção e tratamento.
www.cuidadomaterno.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cartel 011 recebe exposição do arquiteto Felipe Protti neste sábado

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/08/2012 11:13:00

Onte. sábado, dia 11 de agosto, o Cartel011 realizou a abertura da exposição do arquiteto e designer Felipe Protti.

Para esta mostra, Felipe apresenta peças de design-arte entre mobiliários e decoração. A exposição se estende até o dia 25 de agosto.

Esta, que é a primeira exposição de Felipe Protti, irá contar com cerca de 20 peças que retratam mais de cinco anos de pesquisa para efetivação do seu trabalho como designer. Suas peças passeiam pelo rock and roll, vintage e retrô e, como o próprio artista define, carregam símbolos já vistos e assimilados por ele e pelo público, que injetam memória em cada uma das criações. Essas características podem ser observadas claramente na produção de suas caveiras de cerâmica que aparecem como cachepôs, mesas de centro ou mesmo adereço.

Felipe mostra mesas de canto inspiradas nos tijolos cobogó, luminárias, mesas de jantar e cachepôs, cujos destaques ficam por conta da utilização de um novo material chamado valchromat (evolução do MDF inteiramente colorido). Felipe criou tampos de mesas feitos com camadas coloridas desse material, bem como a “Poltrona-mola” feita com lâminas de valchromat que imitam lascas de concreto só que trabalhadas em formato orgânico.

Felipe Protti
Formado em arquitetura pela Universidade Belas Artes, Felipe Protti apresenta trabalhos sob influências do design vintage e das artes plásticas. O arquiteto busca sempre utilizar novas tecnologias e novidades em materiais. Já elaborou projetos para áreas de cenografia, direção de arte, experiência que lhe proporcionou um trabalho dinâmico e autoral. Em 2008, desenvolveu móveis diversos, entre eles uma linha exclusiva para a MiCasa. Entre algumas de suas criações, Felipe é responsável pelos projetos das lojas D Box, Doc Dog, Corpo e Arte, Buzz Brasil etc. Em New York, criou o projeto para o bistrô Buzina Pop e, em São Paulo, os bares Farofa Paulista e Vaca Véia.

Sobre o Cartel011
O Cartel011 surgiu da necessidade de transformar o ambiente urbano, proporcionando um local de convivência que une conteúdo de diversos segmentos, além de promover ações para artistas e marcas, com o objetivo de sempre surpreender o público. Trata-se de uma nova proposta de ‘recipiente multidisciplinar’, promovendo a expressão plural no âmbito das artes, design, arquitetura/ decoração, tecnologia, moda, fotografia, música, comunicação e gastronomia. Sob comando dos sócios Cristian Resende e Fernando Sapuppo, o Cartel011 também concentra no segundo andar seu espaço de coworking com profissionais disponíveis para consultorias e prestação de serviços, dentro dos diversos segmentos apresentados pelo núcleo.

Exposição Felipe Protti @ Cartel011
Período expositivo: 13 a 25 de agosto
Rua Artur de Azevedo, 517, Pinheiros
De segunda-feira a sábado, das 11h às 20h
Telefone: (11) 3081-4171
www.cartel011.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

ÚLTIMAS SEMANAS DA EXPOSIÇÃO DE LASAR SEGALL QUE MOSTRA AS IMPRESSÕES SOBRE A GUERRA

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/08/2012 11:11:00

Centro da Cultura Judaica e Museu Lasar Segal apresentam, na íntegra, caderno “Visões de Guerra”, produzido entre 1940 e 1943. Programação inclui lançamento de catálogo inédito sobre a série e Revista 18, que abordará a temática



A obra do pintor e mestre Lasar Segall (1891-1957) chega em sua última semana, e fica em cartaz até do dia 12 de agosto no Centro da Cultura Judaica. Realizada em parceria com o Museu Lasar Segall, a exposição apresenta o caderno “Visões de Guerra”, produzido pelo artista entre 1940 e 1943 e ainda pouco conhecido pelo público. São 75 desenhos aquarelados, deixados praticamente prontos por Lasar, que narram visualmente, como uma sequência quase cinematográfica de imagens dramáticas, um dos momentos mais tenebrosos da insensatez na história da humanidade, a guerra.



Radicado no Brasil desde 1923, o artista de origem judia russa foi um dos grandes nomes da segunda geração do expressionismo europeu, passando, ainda, por fortes influências do modernismo. Tendo vivenciado a brutalidade da Primeira Guerra Mundial na Alemanha, Segall desenha esse caderno já em terras brasileiras, durante a Segunda Guerra Mundial.



O diretor do Museu Lasar Segall, Jorge Schwartz, explica as influências e o processo de criação do artista. “A partir de um jogo entre a memória daquilo que tinha vivenciado, cartas de amigos e parentes da Europa, somado as notícias veiculadas pela imprensa, Segall faz uma dura crítica à incomplacência da guerra, retratando, sobretudo, o sofrimento e a debilidade humana diante do horror”, relata. A exposição, que tem entrada gratuita e fica em cartaz até 12 de agosto, conta também com diversas obras que dialogam com a série, como pinturas, esboços, desenhos e fotografias, apresentadas no primeiro andar e na biblioteca do Centro da Cultura Judaica.



Durante a abertura, será lançado um catálogo inédito com imagens e textos críticos sobre o caderno “Visões de Guerra”. A publicação é resultado da associação entre o Museu Lasar Segall, o Centro da Cultura Judaica e a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, e reúne os 75 desenhos em exposição. Conta, ainda, com textos elaborados por Berta Waldman, crítica literária; Jorge Coli, professor de História da Arte e da Cultura da Unicamp; e Celso Lafer, que, dentre diversas atividades de destaque, como o cargo de ex-Ministro das Relações Exteriores, preside o Conselho Deliberativo do Museu.



Yael Steiner, superintendente executiva do Centro, lembra que a exposição vai ao encontro da missão da instituição de promover a integração entre as culturas judaica e brasileira. “O Centro da Cultura Judaica cumpre o seu papel em contribuir para a diversidade cultural de São Paulo. Ademais, uma exposição como “Visões de Guerra”, de Lasar Segall, está em consonância com os conceitos de Cultura de Paz e Coexistência que defendemos”, reforça Yael.



SERVIÇO: VISÕES DE GUERRA – LASAR SEGALL


Data: de 17 de maio a 12 de agosto – 1º Andar e Biblioteca

Ingresso: gratuito* (Os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência na bilheteria do Centro e estão sujeitos à lotação do espaço)

Classificação: Livre

Horário: 3ª a sábado, das 12h às 19h. Aos domingos, das 11h às 19h

Endereço: Rua Oscar Freire, 2.500 (ao lado da estação Sumaré do Metrô)

Tel.: (11) 3065-4333

E-mail: culturajudaica@culturajudaica.org.br

Site: www.culturajudaica.org.br

[+] O CENTRO EM POUCAS PALAVRAS

Está localizado na Rua Oscar Freire, 2.500. Fica aberto de terça a sábado, das 12h às 19h, e, aos domingos, das 11h às 9h.

Oferece uma programação gratuita e articulada, em diferentes linguagens (artes cênicas e visuais, música, cinema e literatura), que busca instigar a reflexão sobre o que é a cultura judaica.


Sua curadoria criteriosa seleciona atividades artísticas e cursos que evidenciam a face contemporânea de Israel.

Promove a integração entre as culturas judaica e brasileira, além de contribuir para a diversidade cultural de São Paulo.

Trabalha em sintonia com os conceitos de Cultura de Paz, definidos pela ONU, e Coexistência, que busca a igualdade, o respeito e a união entre povos e religiões.

Com uma arquitetura marcante que remete à Torá (o livro sagrado do judeus), a sede do Centro foi projetada pelo renomado arquiteto Roberto Loeb e integra o corredor cultural da Avenida Paulista.

Tem localização privilegiada (ao lado da estação Sumaré, do metrô), sendo um ótimo espaço de convivência, com cafeteria, biblioteca e ambientes com conexão wi-fi gratuita.

Para mais informações, acesse www.culturajudaica.org.br.

· Para mais informações, acesse www.culturajudaica.org.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lançamento do livro - Dark Divine – O Santo Perdido

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/06/2012 16:57:00

V&R EDITORAS LANÇA

“DARK DIVINE – O SANTO PERDIDO”


No segundo volume da série, a personagem Grace Divine precisa lutar contra

a maldição do lobisomem para ficar ao lado do seu irmão e proteger seu grande amor



FICHA TÉCNICA:

Título: Dark Divine – O Santo Perdido

Autora: Bree Despain

Formato: 14x21 m

Nº de Páginas: 384

Capa: Brochura

ISBN: 978-85-7683-369-7

Preço: R$ 34,90



Chega neste mês às livrarias de todo o Brasil, pela V&R Editoras, o livro Dark Divine – O Santo Perdido, de autoria da norte-americana Bree Despain. Segundo volume da série que já conquistou milhares de leitores ao redor do mundo, o romance enigmático traz a saga da garota Grace Divine, que precisará mais do que nunca lutar com todas as forças contra a maldição do lobisomem para encontrar seu irmão desaparecido.



Inconformada com essa perda, ela inicia uma longa e sombria jornada em busca de pistas que a levem a desvendar o mistério que devastou sua família. Em meio aos desafios dessa viagem cheia de surpresas, a chegada de um forasteiro colocará o relacionamento da personagem com o namorado em perigo.



A narrativa envolvente prende a atenção do leitor nessa história de romance e suspense. A trama que entrelaça elementos do passado com o presente marca a luta de Grace, que mais uma vez se encontra acuada entre o bem e o mal e terá que resistir às tentações para fazer as escolhas certas, ao mesmo tempo em que lutará para estar ao lado de seu irmão e proteger seu grande amor.





Sobre a autora:

Bree Despain redescobriu sua paixão de infância por criar histórias ao escrever e dirigir peças para adolescentes da Filadélfia e de No

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lançamento do livro - Bernardo e o enigma das Amazonas

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/06/2012 16:55:00

Callis Editora lança “Bernardo e o enigma das Amazonas” no dia 17 de junho e apresenta a adultos e crianças curiosidades, rituais e costumes da Amazônia



Durante o evento, a história do livro ganha vida na voz de um de seus personagens e promete agitar o público com a narrativa dessa surpreendente aventura



Imaginem uma deliciosa viagem pela Amazônia. As antigas construções de Manaus, um passeio de barco pelos rios Negro e Amazonas. O tão famoso encontro das águas. Rituais indígenas e uma grande aventura em torno de um mistério da selva. Todos esses ingredientes compõem o novo livro da Callis “Bernardo e o Enigma das Amazonas”, que será lançado no dia 17/06, na Livraria da Vila (Unidade Lorena), a partir das 16 horas.



Recheada de personagens históricos, como o botânico João Barbosa Rodrigues, lendas, costumes indígenas, como o Ritual da Tucundeira, e muitas outras curiosidades do território, a obra de Flávia Reis narra uma aventura ocorrida no fim do século XIX. Intrigado após ter uma visão, Bernardo, personagem principal do livro, tenta descobrir quem são as Amazonas. De acordo com lenda local, essas mulheres vivem na floresta montadas em Lhamas - animais tradicionais do Peru.



Para apimentar ainda mais a narrativa, o inseparável cavalo de Bernardo, Pegasus, é raptado por essas misteriosas mulheres. Agora, a saída para Bernardo é descobrir o mistério acerca de um tesouro escondido e só assim resgatar o companheiro de viagem. A obra “Bernardo e o Enigma das Amazonas” faz parte de uma série idealizada pela autora Flávia Reis para revelar aos jovens leitores peculiaridades do Brasil no período imperial.



Durante o evento, a aventura do livro irá ganhar vida por meio de uma narração feita por um dos personagens da trama, que promete transformar o lançamento em uma grande brincadeira. O público ainda poderá pegar um autógrafo com a autora Flávia Reis e a ilustradora Camila Carrossine.


Lançamento

Bernardo e o enigma das Amazonas

Data: 17/06 (domingo)

Horário: das 16h às 19h (narração às 17h)

Local: Livraria da Vila (Unidade Lorena)

Endereço: Alameda Lorena, 1.731 – Jardim Paulista – São Paulo

Informações: (11) 3062-1063



Serviço


Título: Bernardo e a princesa e Cristal
Autora: Flávia Reis
Ilustrações: Camila Corrosine
Formato: 16X23
92 páginas
Preço: R$ 28,90

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Estão abertas as inscrições para o Concurso Público de Monte Belo do Sul

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2012 12:00:00

A Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências – Fundatec está recebendo as inscrições para o Concurso Público da Prefeitura de Monte Belo do Sul até o dia 31 de maio. Os candidatos podem efetuar suas inscrições, que variam de R$ 41,55 a R$ 69,20, pelo site da entidade: www.fundatec.org.br. As vagas destinam-se aos seguintes cargos: assistente social (CR), médico clínico geral (1), médico comunitário (CR), professor de educação artística (CR), professor de educação infantil (CR), agente comunitário de saúde - microárea 1 (CR), agente comunitário de saúde - microárea 2(01), auxiliar de serviços de obras (CR) e merendeira/servente (CR). A provável data da aplicação da prova é dia 17 de junho.

A área de Processos Seletivos & Concursos da Fundatec é recertificada da norma ISO 9001:2008. A entidade é reconhecida por executar com ética, responsabilidade, proatividade e criatividade todos os processos, serviços e produtos. Entre seus diferenciais estão a correção das folhas de respostas através de leitura de escaneamento digital e a utilização de tinta à base de soja e papel reciclado para a confecção das provas.

Sobre a Fundatec - Fundada em 22 de novembro de 1973, a Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec) é uma organização privada sem fins lucrativos de utilidade pública. Atua na aplicação do conhecimento através de pesquisa, desenvolvimento e inovação. O trabalho da instituição se constrói em valores focados na qualidade total, no compromisso ético e na velocidade de ação, visando a resultados voltados à excelência organizacional.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lançamento do Box da Saúde do CIES em comemoração ao Dia das Mães

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2012 11:59:00

AÇÃO DE DIA DAS MÃES TERÁ ATENDIMENTO MÉDICO GRATUITO DO BOX DA SAÚDE E ORIENTAÇÃO NUTRICIONAL

CIES lança nova unidade móvel de atendimento médico em parceria com Fundação da Comunidade da Graça e CREN



Neste sábado (12), em comemoração ao dia das mães, o Projeto CIES - Centro de Integração de Educação e Saúde - lança o Box da Saúde em uma creche na Zona Leste de São Paulo. A ação acontece em parceria com a Fundação da Comunidade da Graça, ONG de assistência e desenvolvimento social, e com o CREN - Centro de Recuperação e Educação Nutricional - para realização de exames médicos gratuitos e palestras sobre como evitar a desnutrição, levando em consideração a realidade das mães de alta vulnerabilidade social.



Depois da premiada Carreta da Saúde, o Box da Saúde é a nova unidade móvel para atendimento médico do Projeto CIES. Com 30 m² de área útil, é dotado de recepção, duas salas para atendimentos, banheiro e uma lateral expansível. Nele serão realizadas mamografias digitais e exames e consultas oftalmológicas neste dia. “O Box foi desenvolvido para ações mais dinâmicas, com até duas especialidades médicas, podendo ser transportado tanto por veículos terrestres quanto por veículos marítimos, fluvial ou aéreos.”, explica o idealizador do CIES, o médico Roberto Kikawa.



Para auxiliar na realização do evento, Kikawa buscou também a expertise do poder público na gestão de políticas para saúde da mulher por meio do deputado estadual Carlos Bezerra Jr., líder do PSDB na Assembleia Legislativa (SP) e criador do programa Mãe Paulistana, da Prefeitura de São Paulo. "Há lugares aonde os governos não chegam. E para preencher esse hiato é preciso trabalhar em parceria com a sociedade civil. Política pública moderna, para saúde ou para qualquer outra área, se faz junto com o terceiro setor", afirma o deputado.

No mesmo espaço onde estará montado o Box, na creche CEI Espaço da Comunidade, mães que visitarem o evento poderão participar de uma palestra sobre alimentação saudável e formas de prevenir a desnutrição infantil, ministrada pelo CREN. “É uma oportunidade para as mulheres avaliarem o cardápio de suas famílias. Na correria é muito comum uma alimentação sem orientação, que acaba resultando em refeições com carência de vitaminas e fontes nutricionais essenciais para um desenvolvimento saudável”, diz Gisela Solymos, psicóloga e gerente geral do CREN. O evento conta ainda com o apoio da ONG de assistência e desenvolvimento social Fundação Comunidade da Graça. A entidade está entre as principais organizações filantrópicas do país, segundo o Instituto Kanitz.


Serviço:

Lançamento do Box da Saúde do CIES em comemoração ao Dia das Mães

Data: 12/05/2012

Horário: 8h às 17h

Local: Creche CEI Espaço da Comunidade

Endereço: Rua Tamaindé, 1233 (paralela à Av. Aricanduva) – Carrão

São Paulo - SP



Atividades: exames e consultas de mamografia e oftalmologia; mensuração de pressão arterial e índice glicêmico; palestras sobre bom uso de alimentos contra desnutrição.



Palestra: O que é alimentação saudável e como prevenir a desnutrição infantil


Sobre o CIES

Denominado Projeto CIES (Centro de Integração de Educação e Saúde), possui unidades móveis de atendimento médico adaptáveis às diversas situações e localidades: Carreta da Saúde, Van da Saúde e Box da Saúde. Um projeto inovador de saúde integrada à educação, destinado à população de alta vulnerabilidade social com um método inovador pela gestão compartilhada, que envolve e mobiliza governo, empresas, sociedade civil e comunidades. Os atendimentos são autossustentáveis e baseados na tabela do SUS. Site: www.projetocies.org.br



Sobre o CREN

O Centro de Recuperação e Educação Nutricional atua há 20 anos no combate à desnutrição infanto-juvenil, oferece atendimento ambulatorial e comunitário, realizados em duas unidades na grande São Paulo, que funcionam como hospital para o tratamento dos casos mais severos de desnutrição infantil. Todo este trabalho acontece dentro de uma abordagem integrada com a família. www.cren.org.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Escritora lança livro infantil no Museu Imperial

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:27:00

No dia 19 de abril, a escritora Maria Elizabeth Labouriau estará na Biblioteca Rocambole, a biblioteca infantil do Museu Imperial/Ibram/MinC, para lançar seu novo livro: “Bichano: o gato xadrez”. O evento acontecerá às 14h30 e, além do lançamento, terá ainda contação de história do livro e tarde de autógrafos.



A obra, da editora Catedral das Letras, foi desenvolvida a partir de um conto que a autora criou para seus filhos. O livro traz uma história de amor e aceitação a partir dos personagens Bichano, um gato preto que, ao passar uma noite sob o luar, torna-se xadrez, e Dondinha.



Assim como todas as atividades da Biblioteca Rocambole, o lançamento será destinado a escolas agendadas. Para informações sobre essa e outras ações educativas do Museu Imperial, basta entrar em contato pelo telefone (24) 2245-7735.



A Biblioteca Rocambole possui cerca de 350 títulos, entre livros, revistas, gibis, atlas, DVDs, jogos e outros. O espaço está aberto para consultas e empréstimos de quarta a sexta-feira, das 9h às 12h e, para atividades educativas, das 14h às 17h.



A programação, outras informações e conteúdos para as crianças estão disponíveis no blog http://bibliotecarocambole.blogspot.com.



SERVIÇOS



Biblioteca Rocambole

Funcionamento: de quarta a sexta-feira, das 9h às 12h (consultas e empréstimos) e das 14h às 17h (atividades com grupos escolares agendados)

Local: Museu Imperial

Informações: (24) 2245-4182 / (24) 2245-4162

Agendamento para grupos escolares: (24) 2245-7735 (setor de Educação)



Museu Imperial/Ibram/MinC

Endereço: Rua da Imperatriz, 220 – Centro – Petrópolis, RJ

Telefones: (24) 2245-5550 / (24) 2245-5560

E-mail: mimp.faleconosco@museus.gov.br

Site: www.museuimperial.gov.br

Twitter: @museuimperial

Facebook: www.facebook.com/museuimperial

Google+: Museu Imperial / Ibram / MinC



Visitação: de terça a domingo, das 11h às 18h

Jardins: de terça a domingo, das 8h às 18h



Preços:

Adultos: R$ 8,00

Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 4,00

Menores de 7 anos e maiores de 80: gratuito

Moradores de Petrópolis e petropolitanos, às quartas-feiras e no último domingo do mês: gratuito

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Comemoração ao Dia Mundial da Saúde.

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:25:00

MASSAGEM NOS PÉS E EXAME DE BAROPODOMETRIA GRATUITO À COMUNIDADE NO PARQUE IBIRAPUERA

Em comemoração ao Dia Mundial da Saúde, o Zahra Spa & Estética em parceria com o Hospital Santa Paula prestará serviços gratuitos à comunidade, como testes de glicemia, colesterol, pressão arterial, escalda pés e teste baropodometria.

Para quem ama uma massagem nos pés e quer checar como está à saúde, vale apena dar uma passadinha no parque Ibirapuera no dia 14 de abril (sábado). O Zahra Spa & Estética e o Hospital Santa Paula estão comemorando o Dia Mundial da Saúde oferecendo serviços gratuitos à comunidade dentro do Parque Ibirapuera. O objetivo é conscientizar as pessoas sobre os cuidados necessários com a saúde para prevenção de doenças e melhor qualidade de vida.

O evento batizado como ‘CUIDE-SE, VIVA A VIDA MELHOR’, acontecerá das 8h às 13h. Para a realização do evento, será montado um stand com 300 m² totalmente equipado, onde a equipe médica do hospital e do Spa prestará atendimento com serviços como avaliação do risco vascular, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, teste de colesterol, avaliação de massa corpórea – IMC, teste de baropodometria e para relaxar um escalda pés.

A equipe médica e multidisciplinar do Hospital Santa Paula, coordenada pelo Dr. Otávio Gebara, diretor clínico do Hospital, e o diretor técnico Dr. Rafael Munerato, fará testes para avaliar a escala de risco cardiovascular, além de informar e orientar sobre os cuidados necessários para uma vida mais saudável.

O fisioterapeuta Bruno Andrade Costa, do Zahra Spa & Estética realizará o teste de baropodometria. Muitas pessoas sabem da importância de correr ou até mesmo fazer caminhada com um calçado correto, mas poucas conhecem a baropodometria. Essa avaliação consiste em um exame computadorizado que mede e quantifica as pressões nas diversas partes da planta do pé durante o apoio. O exame identifica não só o tipo de pisada, mas também alterações da marcha, postura e necessidade de palmilha ou calçado especifico. A baropodometria evita lesões nos pés, joelhos, quadris e coluna, além de minimizar e corrigir desarranjos posturais. Indicação: Esporão de calcâneo, fascite plantar, metatarsalgia, neurônio de morton, tendinites, pés diabéticos, calosidades e alterações biomecânicas. O teste é rápido, tendo duração de 5 minutos.

O evento contará ainda com uma tenda chamada de ‘Cantinho Sustentável’, onde a Tetra Pak fará demonstração do processo de reciclagem das embalagens longa vida usadas pelo Hospital, e distribuirá brindes produzidos com material reciclado. A ideia é expor como é realizada a separação do papel dos outros elementos que compõem a embalagem – plástico e alumínio – e os produtos que podem ser feitos com os materiais reciclados.

Para relaxar será oferecido no evento um escalda pés feito pela esteticista Marilia Gonçalves do Zahra Spa & Estética. A terapia do escalda-pés está na lista dos mimos que fazem a diferença para renovar as energias, promover a auto-estima e ainda curar uma dor! Os pés são à base de sustentação do corpo e que, tratando-os de maneira correta, é possível obter sensação de bem- estar e benefícios para todo o organismo.

Só o fato de deixar os seus pés descansando por 10 minutos numa bacia de água quente, já vai lhe dar um grande alívio nos pés, imagine então acrescentar na água quente sal grosso, ervas e óleos essenciais para desintoxicação e finalizar com uma massagem relaxante nos pés.

Essa terapia é recomendada para relaxar, aquecer os pés e revigorar os sentidos. Indicada para problemas de insônia, estresse e fadiga.

Serviço

Data: 14 de abril de 2012

Horário: Das 8h às 13h

Local: Parque Ibirapuera, em frente ao planetário.

Portões 8 e 10 para pedestres e portões 7 e 3 para carros

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Sven Väth traz long set ao Brasil

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:22:00

SVEN VÄTH PROMETE LONG SET DE MAIS DE SEIS HORAS NO BRASIL

O alemão, um dos mais celebrados DJs de techno do mundo, vem ao país no final de abril e traz consigo sua festa, Cocoon, que carrega o mesmo nome de seu selo



Desde o início da década de 80, Sven Väth é visto no comando de picapes do mundo todo, realizando long sets históricos. No final de abril, o alemão promete mais de seis horas ininterruptas de Techno, quando lidera o Cocoon Stage, durante a Kaballah Circus Festival, que acontece dia 21 de abril, em Itu - SP. O produtor e DJ vem ao Brasil em parceria com a agência Entourage e seu selo Cocoon, com apresentações em São Paulo e Santa Catarina.



Sven Väth

DJ, produtor, promotor, dono de gravadora e de um clube próprio, Sven Väth é uma instituição da dance music. Intimamente envolvido com todas as suas facetas nos últimos 30 anos, Väth testemunhou e resistiu a quase todos os diferentes caminhos e tendências e permaneceu como uma figura central da cena eletrônica e um dos mais populares DJs do planeta.



Cocoon

Iniciada ao final dos anos 90 como uma simples noite de clube, a Cocoon agora é uma holding capitaneada por Sven Väth. A agência de DJs é responsável por muitos dos maiores nomes da dance music. A gravadora construiu um sólido catálogo de ‘monstros’ das pistas e ainda inclui compilações de gente, como Ricardo Villalobos, Loco Dice, Dubfire, Adam Beyer e do homem em si, Väth, é claro. Soma-se a isso a também instituição que se tornou a residência de verão em Ibiza da noite semanal Cocoon, tida por muitos como aquela que representa a verdadeira essência atemporal da ilha. E, por fim, ainda viaja o mundo na forma de evento itinerante, levando o conceito musical e visual da marca para os quatro cantos do mundo.



A Kaballah

A nona edição da Kaballah Festival acontece dia 21 de abril, com o tema ‘Circus’, em uma proposta divertida e inovadora de unir grandes nomes da música eletrônica e uma cenografia mágica de circo, trocando os palcos por picadeiros.

Além de Sven, artistas como Oliver Huntemann, Eli Iwasa, Ilario Alicante, Victor Ruiz e Any Mello garantem abalar o mesmo picadeiro. Mais duas arenas serão montadas com atrações como Steve Aoki no Electric Circus, assinado pela gravadora Dim Mak, Dimitri Vegas & Like Mike, Amo Navas e Joachim Garraud. E no Psychedelic Circus, o duo holandês GMS, Riktam & Bansi e Wega. Dentre outros grandes DJs, em 18 horas de festa.



Sobre a Kaballah

Inspirado em grandes festivais internacionais, o empresário Guga Trevisani começou a fazer história com a festa Kaballah. Há nove anos, sua primeira edição recebia cerca de 300 pessoas e o focava exclusivamente no trance psicodélico e vertentes. Aos poucos, outras sonoridades ganharam o gosto do público e a festa evoluiu para um grande festival, que já chegou a receber quase 20 mil pessoas em algumas de suas edições.

Mais informações: www.kaballah.com.br; www.facebook.com/Kaballah;

www.twitter.com/kaballahbrazil



Sobre a Entourage

Especializada no agenciamento de artistas, criação de conteúdo e produção de eventos, a Entourage é resultado da fusão das agências Crash e SmartBiz. A união dos expertises de seus sócios, Guga Trevisani, Marcelo Arditti e Fernando Moreno, tornou a agência referência internacional, congregando em seu casting diversos dos artistas mais representativos da indústria.

Mais informações: www.entourage.com.br



Serviço:

Kaballah Circus Festival – Arena Maeda (Itu – SP)

Data: 21 de abril 2012

Inicio: 20h

Endereço: Rodovia Santos Dumont, Km 18 - Itu São Paulo

Entrada para maiores de 18 anos

Informações: (15) 4009.8855

Ingressos:

2° lote*

Pista - R$90 (acesso a todas as pistas).

Área VIP - R$125 (acesso a todas as pistas backstage de todos os palcos com serviço de bar diferenciado, banheiros exclusivos e ambiente para descanso front stage Electric Circus).

*Valores promocionais/meia entrada válidos para estudantes, idosos e doadores de sangue, de acordo com as leis 11.182/95, 10741/03 e 13.964/2002.

Pontos de venda:

www.ingressorapido.com.br / www.obaobaingressos.com.br / www.ingressonaweb.com.br

Televendas Ingresso Rápido: (11) 4003-1212

Em São Paulo: Na zona Sul, FNAC (Shopping Morumbi), Made in Brazil, Digital Stadium, Teatro Vivo; Na zona Oeste, Show Tickets (Shopping Iguatemi), FNAC (Pinheiros), Teatro Tuca; no Centro, FNAC (Paulista), Nutra Fit (Shopping Pátio Higienópolis), Central de Turismo (Shopping Frei Caneca), Thelles E.Music; na zona Leste, Corpo e Vida (Shopping Metrô Tatuapé).

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Prêmio Expocom 2012 ainda recebe inscrições

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:19:00

Nesta primeira fase, cada Instituição de Ensino Superior (IES) deve indicar os trabalhos e os respectivos líderes que participarão do Prêmio



A Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação recebe inscrições para o Prêmio Expocom – destinado aos produtos laboratoriais desenvolvidos por alunos de graduação em comunicação – nas regiões Nordeste, Sudeste, Centro-Oeste e Sul em abril e maio. Na região Norte, o período encerrou-se em 30 de março e foram inscritos 142 trabalhos. Nesta primeira fase, cabe a cada Instituição de Ensino Superior (IES) indicar os trabalhos e os respectivos líderes que participarão do Prêmio.

Apenas um trabalho de cada IES pode ser inscrito em cada modalidade. Os interessados devem ficar atentos ao calendário de inscrições e ao novo regulamento, que estão disponíveis no Portal Intercom (www.portalintercom.org.br).

O prêmio também tem novas regras no sistema de júri, com a extinção do júri presencial nos Congressos Regionais, permanecendo os júris virtual e presencial no Congresso Nacional. Diferente dos outros anos, onde 50% da nota era atribuída pelo sistema virtual e 50% pelo presencial, agora as avaliações já estarão estabelecidas previamente. Mas atenção: a não existência do júri presencial não elimina, em hipótese alguma, a apresentação do trabalho nos Congressos Regionais. Se não for apresentado, o trabalho estará automaticamente eliminado do Prêmio.

Outra mudança é no número de integrantes do júri virtual, que pode ser de 3 a 5 pessoas. Até então, eram apenas 3. O júri virtual do Expocom é formado por mais de 300 pesquisadores de todo o país, que atuam em instituições de diferentes regiões, todos com experiência profissional.

A Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação é uma instituição sem fins lucrativos, destinada ao fomento e à troca de conhecimento entre pesquisadores e profissionais atuantes no mercado. A entidade estimula o desenvolvimento de produção científica não apenas entre mestres e doutores, como também entre alunos e recém-graduados em Comunicação, oferecendo prêmios como forma de reconhecimento aos que se destacam nos eventos promovidos pela entidade.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Descubra como é feita a remoção de tatuagem.

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:19:00

REMOÇÃO DE TATUAGEM COM LASER- DESCUBRA COMO É REALIZADA

A tatuagem é o símbolo da liberdade no século XXI e deixou de ser fonte de preconceito para se transformar em arte e expressão. Mas muitas pessoas ainda não têm a consciência de que a pintura na pele é eterna e pode acarretar em consequências desagradáveis na sociedade e na vida pessoal.

Recentemente Bryon Widner, ex-líder de uma facção skinhead americana, considerada a mais violenta do país decidiu remover todas as tatuagens da pele para criar o filho longe dos ideais da já tão ultrapassada supremacia branca. Foram necessárias mais de 25 cirurgias para apagar do passado as marcas da simpatia ao nazismo e dar vida a um pai de família.

Existem casos, não tão extremos quanto ao do americano, que exigem cirurgias para a remoção das tatuagens, mas atualmente as técnicas de remoção a laser têm sido eficazes em 75% dos casos de pacientes que desejam apagar nomes de ex- parceiros, símbolos e outros desenhos da pele.

De acordo com a dermatologista Luciana Macedo de Oliveira, Diretora Médica da Clinique des Arts, não há 100% de eficácia no tratamento, por conta da pigmentação utilizada pelos tatuadores e alguns outros fatores. “Cerca de 15% das pessoas que me procuram não consegue remover as tatuagens em definitivo, isso se dá por conta dos diferentes tipos de pele, cores utilizadas e tamanho das pintura”, explica.

Para iniciar o processo de remoção das tatuagens é preciso ter coragem e dinheiro, as sessões custam caro e doem mais do que as agulhadas na hora de tatuar.

As aplicações realizadas por máquinas de laser, na técnica chamada de fototermólise seletiva, são responsáveis por fragmentar os pigmentos das tatuagens para que sejam eliminados naturalmente pelo organismo. Dependendo da localidade e do tamanho da tatuagem, a pele pode ficar com cicatrizes em função da remoção.

Conheça mais sobre os métodos de remoção de tatuagem entrevistando a dermatologista Luciana Macedo de Oliveira, Diretora Médica da Clinique des Arts.

Fonte- Dermatologista Luciana Macedo de Oliveira, Diretora Médica da Clinique des Arts

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Felicidade e engajamento profissional

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:18:00

Com 10 anos de história, Grupo Kronberg apresenta novidades na área de consultoria.

Há quarenta anos, a idade média das pessoas que sofriam de depressão emocional era de 29.5 anos. Hoje, a média caiu para 14.5 anos de idade. Isso acontece apesar das evoluções tecnológicas, dos avanços na medicina, da fantástica mobilidade social e econômica que o Brasil experimenta desde a estabilização econômica de 1994. Então por que, apesar de todos estes avanços, muitos brasileiros estão mais infelizes?

Segundo Carlos Aldan, CEO do Grupo Kronberg, o fato é que a maioria das pessoas está procurando pela felicidade nos lugares e atividades erradas. “O resultado disso implica em um desengajamento do indivíduo não só no ambiente de trabalho, mas também da família, dos amigos e da sociedade. O custo deste desengajamento para as empresas é enorme. Estima-se que, hoje, um terço da força de trabalho esteja desengajado. O absenteísmo aumenta, a saúde fica mais fragilizada, a produtividade inevitavelmente cai.”, completa ele.

Por isso, hoje, é imperativo que o desenvolvimento de pessoas nas empresas passe por uma revolução. Professar que o maior ativo na empresa é o recurso humano não basta. Há que se fazer as transformações necessárias nas estratégias, na forma como se alocam os recursos para o real desenvolvimento e treinamento de pessoas.

O compartilhamento de conhecimento por meio de sessões presenciais de treinamento, palestras, workshops, de forma isolada, produz resultados limitados no aumento de produtividade, de motivação e de resultados financeiros das empresas. Estas ações endereçam somente o primeiro grande desafio de mudança das pessoas e das empresas que é o de levá-las a enxergar a necessidade de mudar. Se farão e continuarão o processo de mudança permanecerá uma incógnita, sem medições e controles, para as empresas que investem isoladamente em palestras. "Para que se produzam resultados impactantes e duradouros, há de se introduzir um conjunto de ferramentas que permitam acompanhar o indivíduo e o grupo na utilização prática dos conhecimentos adquiridos nas interações com seus clientes finais. Além disso, há que se medir os incrementos de produtividade, de engajamento, de felicidade do colaborador para saber se o investimento produz os resultados esperados.", destaca Aldan.

Pensando desta forma, há dez anos o empresário criou o Grupo Kronberg, que foi o pioneiro no Brasil em programas de consultoria que trabalham o profissional de forma holística, desenvolvendo, primeiro, a consciência para a necessidade de mudança e depois transferindo para o cliente as ferramentas de gestão que possibilitam que esta transformação seja impactante e duradoura, gerando significativos aumentos de produtividade e melhoria no bem-estar de cada profissional submetido a programas específicos.

As ferramentas utilizadas para melhorar o bem-estar e competências técnicas dos clientes são o resultado dos mais recentes estudos científicos da Psicologia Positiva, da Neurociência Cognitiva e da Física Quântica. Estes instrumentos são incorporados nas sessões presenciais e nas ações de acompanhamento, tais como, Action Learning, Cliente Oculto, Coaching Executivo, Coaching de Liderança, Coaching de Equipe e Life Coaching, que auxiliam na transformação da utilização do conjunto de atitudes, comportamentos, técnicas aprendidas e interações com o cliente final das empresas clientes em um plano prático.

Nos programas da Kronberg, o bem-estar é o resultado de cinco elementos, que são: Emoção positiva, já que cientificamente, a capacidade de gerar emoções positivas de forma continuada aumenta a longevidade, criatividade, produtividade, a capacidade de influenciar positivamente no clima organizacional, e melhora a saúde e a percepção de saúde; Engajamento; Relacionamentos; Significado e Conquistas.

Entre os temas de programas do Grupo estão o desenvolvimento de competências técnicas em vendas, de atendimento a clientes, nos vários segmentos de indústria nos quais atua – Varejo, Hospitalar, Seguros, Automobilístico, Óleo e Gás, Hospitalidade, Alimentos e Bebidas – e as competências de liderança, que são mais facilmente assimiladas e empregadas no plano prático quando há transformação no plano individual.

Segundo Carlos Aldan, os clientes do Grupo Kronberg, além de terem o pioneirismo e a inovação como aspectos diferenciadores da empresa, contam também com a demonstração de retorno sobre o investimento que é feita mensalmente para o contratante. Assim, o cliente passa a ter a evidência objetiva de ROI nos Programas desenvolvidos.

Para conhecer mais sobre a empresa que atua em variados segmentos como óleo e gás, seguros, imobiliário, automobilístico, hoteleiro, hospitalar, entre outros,acesse http://www.grupokronberg.com.br/.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Crianças com anemia falciforme poderão fazer exames gratuitos

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:16:00

A campanha “DTC contra AVC” superou expectativas em 2011 e, devido ao sucesso, volta este ano para atender mais crianças e dar continuidade aos tratamentos já iniciados. São Paulo é uma das primeiras cidades a recebê-la este ano, cuja ação acontecerá neste sábado, dia 14 de abril, no Hospital Cândido Fontoura.



Neste dia, crianças portadoras de anemia falciforme e que tenham entre 02 e 16 anos, terão a oportunidade de realizar o Doppler Transcraniano (DTC), exame que detecta o risco de acidente vascular cerebral (AVC) e que, consequentemente, pode salvar vidas.



Promovida pelo Instituto Espaço de Vida (www.espacodevida.org.br) em parceria com instituições locais, a campanha tem como objetivo difundir a adesão ao tratamento. De acordo com Christine Battistini, fundadora do Espaço de Vida, esta ação funciona também como um estímulo para que seja feita a Atenção Especial nos casos necessários. “Este exame é o primeiro passo para que as crianças se mantenham saudáveis, pois quando é detectado um alto risco de AVC, é necessário um tratamento específico”, afirma.



Atenção Especial

Com o “DTC contra AVC”, os hospitais, em que são realizados os exames, detectam os pacientes que devem receber a Atenção Especial, que é um tratamento para aqueles que correm maior risco de ter um derrame cerebral. Desta forma, uma equipe multidisciplinar deve acompanhar com mais frequência este paciente, que precisará fazer transfusão de hemácias. “Isso tudo envolve o comprometimento da criança e de seus pais”, alerta Battistini.



Além da transfusão, outros tratamentos devem ser realizados de acordo com a necessidade de cada paciente. “Seguindo as recomendações médicas, o paciente terá uma qualidade de vida melhor, livre de dores e problemas clínicos”, afirma a fundadora do Espaço de Vida.



A Atenção Especial é realizada em hemocentros ou em centros de tratamento com política de integralização para doença falciforme.



Como participar

Os hospitais entram em contato com os pacientes cadastrados para o agendamento do exame. Para ter garantido seu exame, é necessário a carteirinha do SUS e o documento de identificação do responsável. O agendamento deve ser realizado com antecedência no Hospital Cândido Fontoura.





Sobre a Anemia falciforme

A anemia falciforme é uma doença hereditária que provoca a malformação das hemácias (glóbulos vermelhos), que tomam uma forma semelhante à de foices e, com este formato, o transporte de oxigênio fica deficiente. Christine Battistini explica que este tipo de anemia pode provocar icterícia, crises de dor e complicações em órgãos como fígado, pulmões e sistema nervoso central. “Em diversos casos, pode até mesmo levar à morte”, diz.



Como aproximadamente 11% das crianças que possuem este tipo de anemia devem apresentar AVC até os 20 anos de idade, a prevenção é indispensável. “O risco é ainda maior do nascimento aos dez anos, por isso, nossa ação envolve a distribuição de informativos sobre a doença e tratamento”, esclarece Christine.





Mais de 1.500 crianças atendidas em 2011

Na primeira edição do “DTC contra AVC” em 2011, crianças e adolescentes de 30 cidades do país, tiveram a oportunidade de realizar o Doppler Transcraniano (DTC).



De acordo com o neurologista pediatra Camilo Vieira, um dos médicos que participa da campanha, o exame é semelhante a um ultrassom, em que uma pequena sonda é colocada ao lado da cabeça do paciente. “De uma forma não-invasiva, conseguimos identificar a velocidade com que o sangue passa no cérebro”, diz Camilo.



A campanha esteve nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Alagoas, Mato Grosso, Paraíba, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte, Goiás e Santa Catarina. Nas dezenas de cidades, sendo que algumas tiveram mais de uma etapa devido à grande demanda de crianças com anemia falciforme, foram realizados mais de 1.500 exames.





SERVIÇO

14 de abril de 2012

Das 08 às 17h

Local: Hospital Candido Fontoura

Endereço: Rua Siqueira Bueno, 1757 - Água Rasa - São Paulo/ SP





Sobre o Instituto Espaço de Vida

A ideia do Espaço de Vida é que pacientes e médicos bem informados resultam em qualidade de vida, mesmo depois do diagnóstico de doenças dos mais diversos tipos. O Instituto surgiu da história de sua fundadora, Christine Battistini, ao enfrentar o câncer de mama. “Durante o período de diagnóstico foi difícil encontrar informação consistente e atualizada voltada à pacientes. As orientações eram desencontradas e escassas na comunidade brasileira”, explica Christine. O conteúdo principal do Instituto sobre doenças, como câncer de mama, câncer renal, metástase óssea e acromegalia, é apresentado em tópicos de saúde, que explicam desde o surgimento da enfermidade até seu tratamento, com vídeos e entrevistas exclusivas de especialistas para cada tema (realizadas pelo próprio Instituto). Acesse www.espacodevida.org.br e www.twitter.com/evidaweb .

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Junior C. comemora seu aniversário em dose dupla

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:15:00

No sábado dia 14 de abril, o DJ toca ao lado do inglês Alexis Raphael no Lions Nightclub e logo em seguida, no after-hours do D-Edge



São Paulo, abril de 2012 – O DJ e produtor paulistano Junior C. celebra no dia 14 de abril, sábado, 25 anos de vida, e promete uma comemoração em dose dupla. A primeira parada é no Lions Nightclub, onde é residente da festa Forward. Sim, Junior C. é bem jovem, mas já conta com uma bagagem de 10 anos como DJ, tocou ao lado de grandes nomes como David Guetta, Armin Van Burren, Gui Boratto, Lee Foss, Ellen Aline, Seth Troxler, entre outros, e está a caminho de Londres no meio do ano para estudar design de som e começar a trabalhar em seu primeiro álbum autoral.



O DJ inglês Alexis Raphael será o convidado especial do aniversariante para animar a noite. Completam o line up, além de Junior e do gringo, o DJ Du Serena. Direto de Londres, Alexis é um verdadeiro aficionado pela música eletrônica, pianista de formação clássica, que mergulhou rapidamente na cena underground de Londres. Seus sets são recheados de funk, disco, techno, 80’s e house. Entre os selos que já lançou suas produções musicais, estão Hot Waves, de Jamie Jones e Lee Foss, Lower East e Hot Creations.



E a festa não pode parar! Logo depois, na mesma madrugada, Junior C. discoteca na festa Super After do D-Edge, que começa às 5h da manhã e não tem hora para terminar.



Serviço:



Forward@Lions Night Club

Data: Sábado, 14 de abril de 2012.

Horário: 00h

Preços: Mulher R$ 60 entrada ou R$ 100 consumação / Homem R$ 80 entrada ou R$ 130 consumação

Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antonio, 277 – 1º andar – São Paulo.

Line up: Junior C., Alexis Raphael (UK), Du Serena

Site: www.lionsnightclub.com.br



Super After@D-Edge

Data: Sábado, 14 de abril de 2012.

Horário: 5h

Preços: Com lista R$ 30 entrada ou R$ 60 consumação / Sem lista R$ 50 entrada ou R$ 100 consumação

Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 141 – São Paulo;

Line up: Junior C., Anna, Spavieri.

Site: www.d-edge.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Em abril os canais HBO, Discovery, Bem Simples e ESPN estarão com sinal aberto na NET

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:14:00

Clientes NET Digital e NET HD não podem perder a abertura do sinal dos canais HBO (71), HBO Plus (72), HBO 2 (73), HBO Family (74), Max (75), Max prime (76), HBO Plus e (77), HBO Signature (78), Max* (79), Max Prime e (80), HBO (571), HBO HD (572), Max HD (575), nos dias 20 a 22 de abril. O canal, que possui uma variada programação de filmes, séries de cinemas, documentários, apresenta uma maratona do seriado Game of Thrones. O grande sucesso que chegou ao Brasil no ano passado estreou sua segunda temporada no começo de abril.



Entre os dias 13 e 27 de abril, estará aberto o sinal do canal Discovery (51) para assinantes NET Digital e NET HD. Entre as atrações, os fãs do canal poderão conferir o lançamento da série Planeta Gelado, no domingo 22, às 22 horas. A equipe premiada responsável pela série "Planeta Terra" produziu o documentário definitivo sobre as regiões polares de nosso planeta, o Ártico e a Antártica continuam sendo os lugares mais selvagens da Terra.



Já os apaixonados pelo canal Bem Simples (81) poderão conferir sua programação aberta entre os dias 20 e 30 de abril, no mês de aniversário do canal. Com uma programação voltada essencialmente ao entretenimento feminino, com programas dedicados a culinária, moda, bebês, entre outros assuntos, a grade de programação é composta basicamente por programas de 30 minutos de duração.



E entre os dias 21 e 29 de abril, os amantes do esporte poderão conferir a abertura de sinal do canal ESPN (60) e ESPN Brasil (70) para os clientes digitais e analógicos, e o ESPN HD (570), para os clientes HD. Em sua programação, o canal exibirá as semifinais da UEFA Champions League. Não perca!!

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Sé recebe segunda Operação Cata-bagulho do ano

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:13:00

Serviço já recolheu 254 toneladas de inservíveis



Desde janeiro, este é o segundo sábado no qual os moradores da Sé poderão descartar móveis velhos, madeiras, pneus usados e eletrodomésticos quebrados em suas calçadas. Após este horário, um representante da Operação Cata-bagulho percorre, de motocicleta, todas as ruas do distrito realizando um levantamento dos locais no quais as equipes, programadas pela Subprefeitura Sé, irão recolher os resíduos sólidos em desuso.



O distrito da Sé é delimitado pela avenida Prestes Maia, parque Anhangabaú, avenida 23 de Maio, viaduto Jaceguai, ligação Leste-Oeste, viaduto do Glicério, avenida Prefeito Passos, rua Antônio de Sá, avenida do Estado, rua da Figueira, avenida Mercúrio, avenida do Estado e rua Mauá.
O serviço tem como objetivo evitar crimes de despejo irregular de lixo e entulho. Tais violações são passíveis de multa de até R$ 12 mil, e inviabilizam o escoamento correto das águas torrenciais, causando enchentes. Desde janeiro, as 14 edições recolheram 254 toneladas na região central de São Paulo. O calendário das Operações pode ser consultado do site da Subprefeitura

(http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/se/noticias/index.php?p=29365).



Ecopontos



Em caso de pequenas quantidades, de até 1 m³, o que corresponde a uma caixa d'água de mil litros ou 25% de uma caçamba, o descarte pode ser feito nos Ecopontos. Na região central, cinco estão em funcionamento: Glicério, Liberdade, Armênia, Barra Funda e Cambuci.



Os Ecopontos também recebem entulho, resíduos gerados pelas atividades de construção civil, como fragmentos de tijolo, areia, cimento, entre outros.



Já os grandes geradores de entulho devem contratar uma empresa cadastrada na Prefeitura, que faz a retirada, transporte e o descarte de forma apropriada. A relação dessas empresas está no site www.prefeitura.sp.gov.br.



Lixo eletrônico



A Central de Triagem de Lixo Eletrônico, localizada na Barra Funda, é a primeira da Cidade a recolher e reaproveitar eletrodomésticos como televisões, rádios, microondas, peças de computador, monitores, teclados, mouses, aparelhos telefônicos e fotográficos, dentre outros. Os interessados em se desfazer de peças eletrônicas podem levá-las gratuitamente até Central, ou ainda, solicitar a retirada dos objetos pelo telefone 3666-0849. Mais informações no site www.coopermiti.com.br.



Serviço:

Cata-bagulho na Sé

Data: 14/4/12

Horário para depósito de materiais pelos moradores: das 7 às 12 horas

Grátis



Ecoponto Armênia

Local: rua General Carmona, 140; próximo à avenida Tiradentes, altura da praça Bento de Carmago Barros

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas



Ecoponto Barra Funda

Local: rua Sólon (Baixos viaduto Engenheiro Orlando Murgel)

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas



Ecoponto Cambuci

Local: avenida D. Pedro I, 21

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas



Ecoponto Glicério

Local: avenida do Estado, esquina com rua Nova, baixos do viaduto Glicério

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas



Ecoponto Liberdade

Local: rua Jaceguai, 67, próximo ao viaduto Guilherme de Almeida e avenida Liberdade

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas



Central de Triagem de Lixo Eletrônico - Coopermiti

Local: rua Doutor Sérgio Meira, 268 - Barra Funda

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8 às 17 horas. Sábado, das 9 às 13 horas



Assessoria de Imprensa

Subprefeitura Sé

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Inmetro abre Programa de Estágio 2012

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:11:00

Estudantes dos níveis Médio e Superior podem se inscrever, entre os dias 9 e 26 de abril, no CIEE



Rio de Janeiro, abril de 2012 - O Inmetro abre, nesta segunda-feira (9), as inscrições para seu Programa de Estágio 2012. São 42 oportunidades para estudantes do Ensino Médio e do Ensino Superior, em diversas áreas, a serem distribuídas no Rio de Janeiro, Duque de Caxias e em Goiânia. Os estudantes que desejarem participar do processo seletivo deverão se inscrever, até o dia 26 de abril, em uma unidade do Centro de Integração Empresa-Escola (www.ciee.org.br), pelo telefone (21) 3535-4545 (no Rio de Janeiro), ou (62) 4005-0770 (em Goiás).


O estágio tem duração de até dois anos, com carga horária diária de seis horas para o Ensino Superior, e quatro para o Ensino Médio. Os selecionados receberão bolsa de R$ 203,00 e auxílio transporte para ensino médio e R$520,00 e auxílio transporte para nível superior.



Vagas oferecidas:

Local: Rio de Janeiro - Campus de Laboratórios em Xerém e no Rio Comprido

Nível Superior - Administração de Empresas (5), Arquivologia (2), Ciências Contábeis (1), Comunicação Social - Relações Públicas (3), Comunicação Social – Jornalismo (3), Comunicação Social - Publicidade e Propaganda (1), Comunicação Visual (1), Design Gráfico (1), Desenho Industrial (1), Direito (1), Economia (1), Engenharia de Sistemas (1), Engenharia Elétrica (3), Engenharia Eletrônica (1), Física (2), Pedagogia (2), Secretariado (4) e Sistema da Informação (1).

Nível Médio - Formação Geral (3), Técnico em Administração (3) e Técnico em Eletrônica (1).

Local: Superintendência do Inmetro em Goiânia

Nível Superior - Administração de Empresas (3)

Requisitos para participar:

- Estudantes de nível superior, cursando atualmente do 2º ao 6º período as graduações mencionadas.
- Estudantes de nível médio, cursando em janeiro de 2012 o 2º ano.

Benefícios oferecidos:

- Bolsa no valor de R$ 203,00 (Nível médio) e R$ 520,00 (Nível superior)

- Auxílio transporte (opcional).

Etapas do Processo Seletivo:
- Inscrição – Unidades do CIEE, das 9h às 17h;
- Redação e Provas (Português, Conhecimentos Gerais e Raciocínio Lógico) – de 9 a 26 de abril;
- Entrevista Coletiva – CIEE – de 9 a 26 de abril;
- Entrevista Individual com Supervisor da Área – Inmetro – Durante todo mês de maio;

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cerimônia de Posse - Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2012 09:11:00

Com o carinho de sempre do Jornalista Sylvio Micelli

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Recomendação músical POR: Lucas Inamoto

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2012 22:31:00



Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Recomendação músical POR: Lucas Inamoto

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2012 22:30:00



Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Segunda temporada de Spartacus estreia no NOW

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2012 12:48:00

Spartacus Vengeance, lançado no último sábado no canal Globosat HD, já está disponível no NOW para os assinantes de pacotes HD da NET

O NOW, serviço que possibilita ao cliente NET escolher o conteúdo que deseja assistir em sua TV, na hora em que quiser, com a mais alta qualidade de som e imagem, já disponibiliza desde ontem, dia 11, o primeiro episódio da nova temporada de Spartacus. Todo domingo, o episódio transmitido no sábado pelo Globosat HD estará disponível nos menus NOW Canais da NET e NOW Variedades > Séries de TV.

“Esta é a primeira vez que vamos disponibilizar no NOW a estreia de uma série já no dia seguinte. Os filmes já seguem este modelo e a tendência é disponibilizar cada vez mais conteúdo desta forma, pois os clientes querem a comodidade de assistir seus programas favoritos no momento mais interessante para ele”, explica Márcio Carvalho, diretor de produtos e serviços da NET.

A segunda temporada marca a estreia do novo protagonista, Liam McIntyre, no papel do histórico gladiador que liderou a revolta dos escravos contra a República Romana, de 73 a.C. a 71 a.C. No ano passado, o primeiro intérprete do gladiador, Andy Whitfield, morreu aos 39 anos em consequência de um linfoma. Na nova temporada, Spartacus precisa escolher entre satisfazer sua necessidade pessoal de vingança contra o homem que condenou sua mulher à escravidão e à morte ou realizar os sacrifícios necessários para evitar que seu nascente exército se desagregue.


O NOW possui mais de 3 mil títulos, entre conteúdos pagos (principalmente filmes) e mais de 70% de conteúdo gratuito (conteúdos veiculados pelos canais que fazem parte do pacote do cliente).



Nas opções de conteúdo pago, os destaques do NOW são os grandes sucessos do cinema, que chegam à TV por Assinatura ao mesmo tempo em que chegam às lojas e locadoras de vídeo. Os lançamentos do cinema estão disponíveis por R$ 9,90. Além disso, no menu NOW Canais da NET, os clientes encontram destaques de todos os principais gêneros da programação de TV por Assinatura, como séries, esportes, infantis, shows e documentários. Os vídeos alugados poderão ser assistidos quantas vezes o assinante quiser por um período de 24 ou 48 horas, dependendo do tipo de conteúdo.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Premiada Flora Tietê é referência no país

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2012 12:43:00

Citada e premiada por organizações do mundo todo, a ONG planeja expandir cada vez mais

Divulgação



Destaque em todos os órgãos específicos do Meio Ambiente e inovando na divulgação do quanto é importante para o futuro a preservação do nosso meio ambiente, a Flora Tietê é sempre lembrada como modelo para projeto sócio-ambientalmente preocupados. Em documento, o Banco Mundial, publicou o artigo “The Energy Sector Managment Assistance Program", falando sobre programas de energia sustentável, e citou a FLORA TIETÊ como associação que mais plantou árvores.



Como reconhecimento ao seu trabalho em defesa do Meio Ambiente, a Flora Tietê, carrega em seu currículo importantes prêmios como a Medalha Maria Chica, outorgada pela Câmara Municipal de Penapolis, pelos serviços prestados ao Município e região e o Prêmio Noroeste Paulista de Meio Ambiente, outorgado pela AMA-Associação dos Municípios da Araraquarense, CETESB, DEPRN, Policia Ambiental e TV TEM. Concorreram ao prêmio ONG’s de mais de 140 cidades e a Flora Tietê venceu na categoria Ação. “Sem duvida nos enche de orgulho este reconhecimento. Estamos sempre trabalhando para alcançar cada vez mais resultados positivos.” Afirma o presidente da Flora Tietê, Arnaldo Maschietto Filho. Arnaldo também lembra a importância da origem do projeto, uma iniciativa criada totalmente pelas mãos da sociedade. “A Flora Tiete nasceu da idéia de um grupo de ceramistas e da sociedade de Penápolis, que descontentes com a atitude do governo, o qual recebia a reposição florestal paga por estes ceramistas e não plantava as arvores da obrigação. Preocupados com o futuro, onde não teriam a matéria prima para queimar nos seus fornos, formaram a FLORA TIETE, que no estado de São Paulo foi a primeira ONG que obteve a autorização do governo para receber esta reposição florestal e ela mesma plantar as arvores da obrigação”.



Atualmente, A FLORA TIETÊ está implantando uma Estação Experimental para a produção de um banco de sementes. Essa Estação terá aproximadamente 15.000 árvores com cerca de 200 espécies diferentes, estando muitas delas em grande risco de extinção. Ela ocupará uma área de 15 hectares onde serão realizadas também pesquisas e estudos científicos.


A Flora Tietê atua em todo o Estado de São Paulo e conta com dois viveiros de mudas, localizados nos municípios de Penápolis e São José do Rio Preto. Já foram plantadas mais de 31 milhões de mudas viáveis - mudas que se transformaram em árvores de 130 espécies diferentes, todas nativas do Brasil – o que garantiu um dos recordes da organização. Entre as espécies produzidas, muitas estão em risco de extinção, como por exemplo: Pau-brasil, Mogno, Cedro-rosa, Jequitibá-rosa e Jequitibá-branco. As mudas de espécies nativas produzidas são utilizadas na recuperação de matas ciliares, na manutenção de fragmentos florestais e em projetos de repovoamento de áreas degradadas. Em conjunto, os dois viveiros de mudas são capazes de produzir quatro milhões de mudas por ano, o que torna a FLORA TIETÊ um dos maiores viveiros particulares do Estado de São Paulo.



Além de tudo isso, a FLORA TIETÊ fundou há 9 anos o Parque de Educação Ambiental – PARBI, que visa educar através de um parque temático situado em sua sede na cidade de Penápolis-SP. Com visitas escolares, de associações e do público em geral, busca a conscientização ambiental de crianças e adultos na formação de sua cidadania, com o objetivo de garantir uma melhor qualidade de vida para a população. O PARBI já recebeu, desde sua fundação, mais de 35.000 crianças cadastradas em livros de visitas, de escolas públicas e privadas da cidade e região.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Caso Eloa Pimentel

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/02/2012 19:39:00

Entenda como será o julgamento do caso Eloá
Lindemberg Alves será julgado no Fórum de Santo André nesta segunda-feira 13/02/2012


Foto por Clayton de Souza da AGÊNCIA ESTADO


Lindember Alves Fernandes vai a júri popular neste segunda-feira (13) pelo assassinato de sua ex-namorada Eloá Cristina Pimentel e por manter, além dela, outras três pessoas em cárcere privado. O crime ocorreu em outubro de 2008, no bairro de Jardim Santo André, em Santo André, no ABC paulista. Na época do crime, Eloá tinha 15 anos. Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, o julgamento vai começar às 9h, no Fórum de Santo André.

Para o julgamento desta segunda, 25 jurados foram selecionados para a sessão. Desses, sete serão sorteados para, de fato, participar do Conselho de Sentença e irão presidir o júri. Segundo o Ministério Público, a defesa e a promotoria podem rejeitar três dos escolhidos, sem precisar dar justificativa. Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, os jurados serão acompanhados por oficiais de Justiça e policiais. Eles devem dormir e se alimentar em local determinado pela Justiça, sem contato com outras pessoas, até o final do júri.

Após a escolha dos sete jurados, começa a fase de instrução do processo no plenário. Na sequência, as testemunhas iniciam os depoimentos. As primeiras serão de acusação e, em seguida, as da defesa. Após os depoimentos, terá início a fase dos debates entre a promotoria Daniela Hashimoto e defesa de Lindemberg.

A previsão é de que o julgamento, presidido pela juíza Milena Dias, dure três dias. As sessões deverão começar sempre às 9h e terminar às 21h. Caso a Justiça determine que não seja necessário entrar no terceiro dia, o julgamento pode não ter hora para terminar na terça.


Lindemberg é acusado de homicídio qualificado por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima (Eloá), tentativa de homicídio qualificado por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima (Nayara Rodrigues da Silva, amiga de Eloá), uma tentativa de homicídio qualificado com objetivo de assegurar a execução de outros crimes (contra o policial militar Atos Antonio Valeriano). Além disso, ele também deve responder pelos crimes de cárcere privado contra as vítimas Eloá, Nayara e os adolescentes Victor Lopes de Campos e Iago Vilera de Oliveira, e por disparo de arma de fogo.

Veja quem serão as testemunhas de acusação:
Sonia Abrão - jornalista
Roberto Cabrini - jornalista
Rodrigo Hidalgo - jornalista
Marcio Campos - jornalista
Ana Paula Neves - jornalista
Reinaldo Gotino - jornalista
Nelson Gonçalves - perito
Ricardo Molina - testemunha que analisou o áudio no dia do sequestro
Marcos Assumpção Cabello - advogado chamado pela família
Dairse Aparecida Pereira Lopes - perita
Helio Rodrigues Ramaciotti - perito
Sérgio Ludzita - delegado
Adriano Giovanini - capitão da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar)
Tenente Paulo Sérgio

Veja quem serão as testemunhas de defesa:
Nayara Rodrigues da Silva - amiga de Eloá
Atos Antonio Valeriano - policial militar
Iago Vilera de Oliveira - adolescente mantido refém
Victor Lopes de Campos - adolescente mantido refém
Ronikson Pimentel dos Santos - irmão de Eloá


Três anos após o sequestro de Eloá Pimentel

Se pegar condenação máxima, Lindemberg
deve ficar na cadeia por mais 27 anos
Pena pode passar de 100 anos, mas a Constituição determina tempo limite de cárcere

Apesar da pena elevada, o tempo limite de cárcere previsto na Constituição brasileira é de 30 anos e Lindemberg já cumpriu três. Ele está preso desde o crime, que aconteceu em 2008, e esse período será descontado da pena. De acordo com o advogado Leonardo Pantaleão, mesmo que ele consiga benefícios, como cumprir pena em regime semi-aberto, o tempo de pena reduzido ainda seria superior aos 30 anos permitidos por lei.

- As pessoas não entendem porque alguns réus são condenados a mais de cem anos se o cumprimento máximo é de 30. Mas os juízes fazem isso justamento pensando nos benefícios. Para que o condenado cumpra, de fato, 30 anos.
Com Informações Do R7

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

ABRAPP e ANEFAC tornam-se entidades-membro do CODIM

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/02/2012 19:28:00

Comitê conta agora com 12 entidades representativas do mercado de capitais e reforça a disseminação de boas práticas

A ABRAPP (Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar) e a ANEFAC (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) passam a fazer parte do CODIM (Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado) trazendo outras visões e agregando na melhoria constante da produção de pronunciamentos de orientação.
O Comitê tem o objetivo de divulgar as melhores práticas do mercado de capitais, incentivando assim as companhias a manterem o diálogo permanente com seus públicos estratégicos.
O CODIM foi fundado em 2005 e já divulgou 11 Pronunciamentos de Orientação sobre: Teleconferências; Apresentações Públicas Periódicas; Reuniões Restritas; Guidance; Ato ou Fato Relevante; Release; Período de Silêncio antes das Divulgações Públicas das Demonstrações Contábeis; Melhores Práticas de Divulgação de Resultados Periódicos; Instruções Preparativas para o Formulário de Referência; Comunicação Eletrônica – Website de Relações com Investidores e Período de Silêncio em Ofertas Públicas de Distribuição de Valores Mobiliários – Manifestação na Mídia.
A coordenação do CODIM é dividida entre a APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais) e o IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores) e as 12 entidades-membro agora são as seguintes: ABRAPP (Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar); ABRASCA (Associação Brasileira das Companhias Abertas), ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), AMEC (Associação de Investidores no Mercado de Capitais), ANCORD (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias); ANEFAC (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade); BM&FBOVESPA (Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros), CFC (Conselho Federal de Contabilidade), IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa) e IBRACON (Instituto dos Auditores Independentes do Brasil), tendo ainda como observadora a CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Mais informações http://www.codim.org.br/
E-mail:
codim@codim.org.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Petrobras divulga Reservas Provadas em 2011

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2012 09:25:00

Petrobras divulga Reservas Provadas em 2011
Segundo critério da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) e Society of Petroleum Engineers (SPE):

Em 31 de dezembro de 2011, as Reservas Provadas de óleo, condensado e gás natural atingiram 16,41 bilhões de barris de óleo equivalente (boe), aumento de 2,7% em relação ao ano anterior, assim distribuídos:
Reserva Provada - SPE Volume (bilhões de boe) %
Brasil 15,706 96%
Internacional 0,706 4%
Total 16,412 100%


Durante 2011, foram apropriados 1,315 bilhão de barris de óleo equivalente às Reservas Provadas e produzidos 889 milhões de boe o que resultou num aumento de 0,426 bilhão de boe em relação às reservas de 2010 (15,986 bilhões de boe). O aumento das reservas Petrobras se deve à incorporação das novas áreas descobertas do Pré-Sal da Bacia de Santos e de Campos, a novas descobertas nas demais bacias brasileiras e Golfo do México, e a projetos implantados nos campos maduros nas bacias do Brasil e do exterior.
Composição da Reserva Provada - SPE Volume (bilhões de boe)
A) Reserva Provada em dezembro / 2010 15,986
B) Produção Acumulada em 2011 (0,889)
C) Apropriações de Reserva Provada em 2011 1,315
D) Variação Anual (B + C) 0,426
E) Reserva Provada em dezembro /2011 (A + D) 16,412

De acordo com o critério SPE, para cada barrilde óleo equivalente extraído em 2011, foram apropriados 1,48 barris de óleo equivalente, resultando no índice de reposição de reservas de 148%. A relação Reserva/Produção (R/P) ficou em 18,5 anos.

Informações por: Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional Petrobras

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Luiz Cavalli Expõe no Mestiço

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2012 09:11:00

De 23 de janeiro a 23 de abril de 2012 o Artista Plástico Luiz Cavalli expõe no Mestiço “Movimentos”, uma mostra com 17 obras em acrílica sobre tela. O artista iniciou na pintura e no desenho utilizando a técnica do pontilhismo, hoje expressa a sua arte com pinceladas livres em acrílica sobre tela.

Intensa visão

“Automóveis, bicicletas, lambretas, carrinhos com vendedores de cocada e cadeiras são imagens recorrentes na pintura de Luiz Cavalli. Sua pincelada, livre e em movimentos circulares, é uma solução plástica feliz para transmitir a ideia de um movimento constante.

Cores intensas e gestos largos contribuem para introduzir no trabalho uma dose de humor, no sentido de uma aparente fé na própria vida e nas suas potencialidades. Mesmo que a sua pintura traga o conceito inerente de dinamismo e de que tudo é passageiro, prossegue o compromisso com a qualidade.

A reflexão poética que cada tela traz é a de uma expressão contínua de amor pela vida e pelo gesto sem freios. Não existem limitações de cor ou de forma a tolher o progressivo desenvolver da pintura. Acima de tudo, está a decisão visual de mergulhar em si mesmo para retirar dali a força motriz de sua obra.

O maior mérito de Luiz Cavalli é o poder que ele atinge nas composições. Existe muito mais um caminhar gregário do que uma solidão existencial. As próprias cores utilizadas indiciam justamente o calor da conversa possível com o outro. Assim, Luiz Cavalli traz essa intensidade à tona quanto mais se permite ser fiel a si mesmo”. (Oscar D’Ambrosio é jornalista, mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp e integra a Associação Internacional de Críticos de Arte - Seção Brasil).


Entre 2004 e 2011 Luiz Cavalli participou de diversas exposições individuais e coletivas, no Brasil e no exterior (Estados Unidos, África do Sul, Suécia, entre outros). Obras de sua autoria integram coleções particulares e públicas, no Brasil e no exterior.

Serviço:

Exposição: Luiz Cavalli – “Movimentos”
Realização: Eduardo Esteves Arts Management
Local: Restaurante Mestiço - Rua Fernando de Albuquerque, 277 – Consolação. São Paulo – Telefone: (11) 3256-3165.
Período: 23 de janeiro a 23 de abril de 2012.
Horário: Todos os dias a partir das 11h45.
Técnica: Acrílica sobre tela.
Dimensões: De 30x50cm até 130x200cm
Preços: De R$ 1.000,00 até R$ 11.500,00
Censura: Livre
Entrada: Gratuita (não é necessário consumir no local para visitar a exposição).
Estacionamento: Pago com manobrista

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Pretorian Fighters prometem orgulhar o povo brasileiro no UFC Rio 142

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2012 08:45:00

Além do atual campeão Peso Pena do UFC, José Aldo, mais três Pretorian Fighters carregarão as cores da marca brasileira de equipamentos de luta que apoia atletas que são promessas ou já consagrados no MMA mundial.

A segunda edição do UFC Rio, o UFC 142, que acontece dia 14 de janeiro de 2012, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, promete muitas emoções para a torcida brasileira e também para a Pretorian, marca patrocinadora quatro atletas do card do evento. O público brasileiro poderá ver de perto mais uma vez todo o talento e a garra que os Pretorian Fighters demonstram no MMA.

Divulgação

O destaque fica para José Aldo, invicto no UFC e atual campeão dos Pesos Pena da organização. O brasileiro coloca seu cinturão em jogo no combate contra o norte-americano Chad Mendes, que chega invicto e com 11 vitórias consecutivas no MMA. Aldo aproveitou para dizer a importância de defender o título no Brasil: “Com certeza será uma grande luta e nas melhores condições porque tenho o apoio dessa torcida eletrizante e digo uma coisa, esse cinturão é nosso e ninguém tira. Vou lutar pelos torcedores.”

Thiago Tavares, que na 1ª edição do UFC Rio atropelou o norte-americano Spencer Fisher vencendo a luta por nocaute no 2º round, volta ao local onde conquistou seu último triunfo para lutar agora contra Sam Stout pela categoria Peso Leve. Hoje, o brasileiro de 27 anos tem um cartel de 16-4-1 (vitórias-derrotas-empates) e se prepara para sair mais uma vez vencedor e continuar sua caminhada rumo à disputa do cinturão da categoria.

Já Rousimar Palhares, o “Toquinho”, irá mostrar para a torcida brasileira como é poderosa sua habilidade no chão na luta contra o norte-americano Mike Massenzio. Dono de um dos melhores e mais eficientes jogos de chão de todo o UFC, o Pretorian Fighter ficou mundialmente conhecido pelas suas letais chaves-de-perna. Atleta da categoria Peso Médio, “Toquinho” tem seis triunfos no UFC, dentro de um excelente cartel de 13-3-0 (vitória-empate-derrota) na carreira.

Por fim, outro Pretorian Fighter a subir no octógono do UFC Rio 142 será Yuri Alcântara “Marajó” que tentará repetir o feito da 1ª edição do UFC Rio, quando derrotou o também brasileiro Felipe “Sertanejo” Arantes, mas desta vez contra o japonês Michihiro Omigawa. Atleta Peso Pena, Yuri mistura com ousadia o Muay Thai e Jiu Jitsu, do qual é faixa preta, e tem um cartel de 26-3-0 (vitória-derrota-empate) na carreira e no UFC seu retrospecto é 1-0-0.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Inscrições para Provas Agendadas Belas Artes começam na próxima segunda-feira (16/1)

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2012 08:38:00

As inscrições para as Provas Agendadas do “Processo Seletivo 2012 – 1º Semestre” do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo estarão abertas a partir da próxima segunda-feira (16/1). Destinadas aos interessados nas vagas remanescentes de 11 cursos de graduação oferecidos pela instituição, as provas podem ser agendadas de segunda a quinta, das 9 às 11 horas, das 13 às 15 horas e das 16 às 18 horas. A inscrição custa R$ 100.

Nesta modalidade, o vestibulando tem 2 horas para realizar uma prova constituída por 40 questões objetivas em formato de testes de múltipla de atualidades relativas a História geral, História do Brasil, Geografia, Matemática, Física, Língua Portuguesa e Literatura, redação em língua portuguesa com tema de atualidades, e prova de habilidade especifica com o objetivo de avaliar o grau de habilidades do candidato relacionado ao curso escolhido.

Cursos de graduação oferecidos pelo centro universitário:
‐ Artes Visuais (Bacharelado em Pintura, Escultura e Gravura)
‐ Publicidade e Propaganda
‐ Rádio e TV
‐ Relações Públicas
‐ Design de Interiores
‐ Design de Moda
‐ Design de Produto
‐ Design Gráfico
‐ Programa Especial de Formação Pedagógica
‐ Relações Internacionais

PROVA AGENDADA BELAS ARTES
Processo Seletivo 2012 – 1º Semestre
Inscrições: 16/1 a 1º/3/2012
Realização da prova: 18/1 a 2/3/2012
‐ Documentos necessários: cédula de Identidade e CPF do candidato ou responsável.
‐ Taxa de Inscrição: R$ 100
Datas e horários: segunda a quinta, das 9 às 11 horas, das 13 às 15 horas e das 16 às 18 horas.
www.belasartes.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Uso de células-tronco do cordão umbilical contribui para o tratamento de diversas doenças hematológicas

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2011 19:05:00

Além de tratar mais de 80 tipos de doenças hematológicas, as células-tronco do cordão umbilical trazem bons resultados em pesquisas de outras áreas médicas.

A medicina passou por uma revolução após a descoberta do uso de células-tronco adultas em tratamentos médicos. As primeiras a serem usadas foram as presentes na medula óssea. Mas na década de 1980 descobriu-se que o sangue do cordão umbilical era rico em células-tronco adultas novas, que não foram afetadas por radiação, medicação e estresse. E, a partir de então, elas também começaram a ser utilizadas na medicina.

As células-tronco do cordão umbilical são células coringas, capazes de se transformar em qualquer tecido do corpo humano, como ossos, vasos sanguíneos, pele, músculo, neurônio, entre outros. Hoje, mais de 80 doenças hematológicas, como por exemplo, leucemias, linfomas e mielomas, já são tratadas com essas células. Além disso, há muitas pesquisas em diversas áreas médicas, como na neurologia, oncologia, cardiologia e ortopedia, que trazem resultados positivos, aumentando a possibilidade das células-tronco do cordão umbilical ser usadas para tratar outras enfermidades.

Segundo a Dra. Adriana Homem, médica responsável técnica do Banco de Cordão umbilical Brasil (BCU Brasil), o armazenamento dessas células é essencial para o avanço dos estudos científicos e para o uso nos tratamentos terapêuticos.

Para preservar o sangue do cordão umbilical, os pais podem armazenar as células em um banco privado ou doar para um banco público. A diferença entre estes tipos de bancos é que no privado as células-tronco retiradas do sangue são do próprio bebê. Já no público é feita uma doação para a primeira pessoa compatível que necessitar.

- "Nós estamos confiantes de que nos próximos anos o número de células-tronco do cordão umbilical irá aumentar no Brasil. Por isso é importante que a população seja orientada a coletar essas células quando os seus filhos nascem", diz a Dra. Adriana.

Sobre o BCU Brasil - Desde 2009 no Brasil, o Banco de Cordão Umbilical (BCU) é o maior da América e um dos maiores do mundo. Possui mais de 40 escritórios espalhados em todas as regiões do país. O BCU atualmente tem mais de 25 mil amostras de células-tronco armazenadas. Isso é possível porque a empresa conta com equipamentos tecnológicos de última geração e uma equipe formada por profissionais com mais de 10 anos de experiência em criogenia. Mais informações no site
www.bcubrasil.com.br


**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org



Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Doações por renúncia fiscal para projetos sociais e culturais podem ser feitas até o fim de dezembro

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2011 19:02:00

**Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba, tem projetos aprovados nos conselhos estadual e municipal de direitos das crianças e adolescentes

Empresas brasileiras e pessoas físicas interessadas em fazer doações a projetos sociais e culturais, beneficiando-se de renúncia fiscal, podem fazer a destinação de parte do imposto de renda a pagar até o dia 29 de dezembro. Até esta data, é possível contribuir com diversos projetos que beneficiam o **Complexo Pequeno Príncipe, por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura ou do Fundo da Criança e do Adolescente (FIA) – gerido pelos conselhos municipais e estaduais dos direitos da criança e do adolescente.

**Informações sobre como doar pelo telefone (41) 3310-1080,
pelo e-mail novosprojetos@hpp.org.br
ou acesse o site
www.doepequenoprincipe.org.br

**A destinação do Imposto de Renda pode ser feita aos seguintes projetos do Complexo Pequeno Príncipe:

- Avanços em Tratamento de Saúde pelo Direito à Vida: aprovado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca), o objetivo é contribuir para a diminuição da mortalidade infanto-juvenil a partir da prevenção e tratamento; apoio de novas tecnologias para diagnóstico; formação continuada de profissionais de saúde; desenvolvimento de pesquisas e disseminação do conhecimento, colaborando com o fortalecimento do cuidado humanizado de crianças e adolescentes.

Pessoas físicas podem doar até 6% do imposto devido para este projeto. Pessoas jurídicas podem repassar 1% do imposto devido ou recolhido na fonte.

**Para doar:

• Acesse www.cedca.pr.gov.br;
• Clique no link “Fundo para a Infância e Adolescência (Fia)”;
• Depois clique em “Doe Fia”;
• Preencha as etapas de 1 a 3 com seu CPF ou CNPJ e demais dados de identificação;
• Na terceira etapa, escolha a opção “Banco de Projetos”;
• Selecione o projeto “Avanços em Tratamento de Saúde – Pequeno Príncipe”;
• Preencha o valor da sua doação, data de vencimento da guia, imprima o boleto e pague em qualquer agência bancária.

- Módulo VII do Programa Família Participante: aprovado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comtiba), o programa permite a presença de um acompanhante ao lado da criança durante todo o período de internação. Responsável pela redução em mais de 50% no tempo de internação e pela extinção dos casos de depressão infantil provocados pela hospitalização, o Família Participante existe há 22 anos. Em 2011, o projeto beneficiou 11.500 pacientes e 12.500 familiares.

**Pessoas físicas podem contribuir com até 6% do imposto de renda devido e pessoas jurídicas com até 1% do imposto devido ou recolhido na fonte.

**Para doar:

1. Opte pelo Formulário Completo da Receita Federal quando for fazer a sua declaração;
2. Faça uma estimativa do seu imposto de renda devido ou recolhido na fonte ao longo de 2011. Pessoas físicas podem doar até 1% e pessoas jurídicas até 6%;
3. Acesse o site http://criancaquerfuturo.curitiba.pr.gov.br, clique para doar e preencha os dados solicitados;
4. No campo “Receptor”, escolha a opção “Entidade”. Em seguida, selecione o Hospital Pequeno Príncipe;
5. No campo “Projeto”, selecione “Família Participante Módulo VII;
6. Após preencher os demais campos com os seus dados pessoais/jurídicos, clique em “Gerar Guia”;
7. Faça o pagamento desta guia no banco ou pela internet.

**- Projetos de Lei Rouanet de Incentivo à Cultura

Os pacientes internados no Hospital Pequeno Príncipe têm acesso à educação e cultura por meio diversos projetos. Pessoas físicas podem destinar até 4% do imposto de renda devido, desde que faça a declaração pelo formulário completo. Pessoas jurídicas tributadas pelo lucro real podem destinar até 1% do imposto de renda devido.

**Para 2012, estão previstos os seguintes projetos:

- Bichonário, oficina de arte que combina alfabetização infantil e responsabilidade ambiental;
- Coral Pequeno Príncipe II, oficina e apresentações de música envolvendo colaboradores, voluntários, familiares e pacientes;
- Fazendo Arte no Hospital, oficinas de artes plásticas envolvendo fotografia, pintura e gravura;
- Música ¾, oficinas baseadas em vivências, jogos e brincadeiras musicais;
- Copa Gastronômica II, grande mostra em Curitiba, Paris e Nova York, que combina pratos típicos brasileiros e música erudita, com renda revertida ao Hospital Pequeno Príncipe.

Por que destinar parte do Imposto de Renda ao Complexo Pequeno Príncipe?
• Para contribuir com a redução da mortalidade infantil, ajudando para o cumprimento de uma das Metas do Milênio da ONU;
• Para estimular o desenvolvimento do maior hospital pediátrico do Brasil que destina mais de 70% o seu atendimento a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS);
• Para viabilizar projetos de prevenção, promoção, diagnóstico precoce, assistência, reabilitação em saúde e inclusão social;
• Para investir em programas replicáveis e de grande capacidade de multiplicar cada real investido, transformando todo o investimento em benefício social.

**Complexo Pequeno Príncipe

O Complexo iniciou suas atividades em 1919. Atua nas áreas de assistência em saúde, ensino, pesquisa e mobilização social, por meio das suas três unidades: Hospital Pequeno Príncipe, Faculdades Pequeno Príncipe e Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe. Trata-se de uma instituição sem fins lucrativos mantida pela Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, uma organização não-governamental.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Grupo OncoArte apresenta o espetáculo * Redescobrir o Viver * no TRE (Porto Alegre)

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2011 19:01:00

O evento ocorre nesta terça-feira (13/12) no Plenário

O Grupo OncoArte - formado por artistas que são ou foram pacientes oncológicos da CliniOnco – vai apresentar o espetáculo “Redescobrir o Viver”, no Tribunal Regional Eleitoral em Porto Alegre. O evento ocorre na terça-feira (13/12/2011), às 17h30, no Plenário da entidade (Rua Duque de Caxias, 350).

A apresentação fará parte das atividades desenvolvidas do Projeto Qualidade de Vida do TRE.

O espetáculo terá uma única apresentação e a programação conta com uma coletânea de vários trabalhos desenvolvidos pelo grupo de artistas constituído por pacientes que venceram o câncer. Coreografias e cinema mudo serão algumas das atrações realizadas por 16 mulheres. A responsável pela direção das atividades é a fisioterapeuta da CliniOnco, Iara Rodrigues.

O grupo OncoArte é um grupo de artistas formado por pacientes oncológicos que pertencem ao Núcleo Cultural da CliniOnco. Os trabalhos desenvolvidos por estes pacientes são apresentados em vários locais na cidade e no interior, com o objetivo de mostrar, através da arte, a alegria de viver apesar de um diagnóstico de câncer.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Educação orienta 4,5 milhões de alunos para prevenção contra Hepatite B

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2011 18:58:00

Medida visa incentivar os estudantes para se imunizarem contra a doença durante as férias

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo faz alerta aos pais de 4,5 milhões de alunos sobre a importância da vacina contra Hepatite B, distribuída gratuitamente na rede pública de saúde para jovens com idades até 24 anos.

A partir de hoje (12/12/2011), no Portal da Secretaria (www.educacao.sp.gov.br) estão disponíveis para consulta de pais, alunos, professores e toda a comunidade escolar informações sobre a doença e um vídeo com orientações.

Como parte da ação, em novembro, profissionais da educação das diretorias regionais de ensino de todo o Estado foram orientados sobre a doença e formas de prevenção, por meio de videoconferência realizada em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde.

O objetivo é que os educadores possam abordar o tema na rede de ensino e incentivar a vacinação de alunos

- "Esse alerta é feito agora para que os estudantes aproveitem as férias para se vacinarem. Para que a imunização seja efetiva, é preciso que as três doses sejam tomadas corretamente," explica Eleuza Guazzelli, responsável pela educação em saúde da equipe técnica de Ciências e Biologia da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas.

O tema também será abordado a partir de janeiro dentro do programa Escola da Família.

Sobre a doença

A hepatite B é considerada uma doença sexualmente transmissível. O principal meio de transmissão é a relação sexual sem uso de preservativo, mas o contágio também pode acontecer por sangue contaminado e de mãe portadora para o filho.
Na maioria dos casos não existem sintomas e a hepatite passa despercebida. Em alguns casos ocorrem fadiga, falta de apetite, enjoo, vômitos, urina escura, pele e olhos amarelados e fezes esbranquiçadas.

Evitar a doença é fácil.

É preciso tomar as três doses da vacina, usar preservativos em todas as relações sexuais e não compartilhar objetos de uso pessoal, como lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, material de manicure e pedicure.
A vacina é administrada em três doses. A segunda e a terceira dose devem ser tomadas respectivamente após dois e seis meses da primeira aplicação.

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Assessoria de Imprensa

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Governo de Roraima investe em nova unidade para tratamento de dependentes químicos

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2011 11:49:00

Após entregar R$ 254 mil para a entidade Fazenda Esperança masculina, Anchieta anuncia os planos de criar uma nova unidade no início de 2012


O governador de Roraima, José de Anchieta Júnior (PSDB), anunciou no começo deste mês de dezembro que vai investir na criação da Fazenda Esperança Feminina no início de 2012. A declaração aconteceu no mesmo dia da celebração do convênio, quando o governo beneficiou a unidade masculina com investimento de R$ 254 mil para reformas estruturais e aquisição de um veículo.

Instalada há setenta quilômetros de Boa Vista, na Beira da BR 174, desde dezembro de 2009, o projeto abriga 17 jovens dependentes químicos e 65 internos já passaram por lá. Para Anchieta a construção de uma nova unidade é uma obrigação social com Roraima, uma vez que muitas famílias mandavam os jovens para fazer tratamento fora do estado. O tratamento dura 12 meses e custa em média R$ 7 mil por mês.

A Fazenda Esperança se mantém com a doação de voluntários, contribuição das famílias dos internos e o autossustento, já que os jovens em tratamento produzem pães e outros alimentos que são vendidos na comunidade. Com o investimento do governo, o projeto será ampliando com a construção de mais banheiros e salas de estudo e com isto a oferta de mais vagas.

O padre Vanthuy Neto que estava representando o bispo Dom Roque Palosqui afirmou que mais uma vez o governo revela que um dos principais alicerces da sua gestão é o social.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Escolas e ONG’s se unem para promover educação cidadã

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/12/2011 11:47:00

Que a aliança para ações comunitárias entre escolas e organizações da sociedade civil sem fins lucrativos sempre foi uma articulação defendida pelos educadores, pelo simples fato de propiciar a jovens estudantes ávidos por uma participação mais ativa nos rumos do país, experiências importantes vivenciadas por ONG’s em áreas de vulnerabilidade social, isso é da ciência de todos.

De uns tempos para cá, no entanto, embebida por um desejo de se engalfinharem ainda mais nessa educação cidadã, algumas escolas da capital paulista estão construindo simbiose diferente com o terceiro setor. Esse estreitamento, além de fortalecer a interlocução com a comunidade, tem conferido novos contornos à qualidade da educação.

Essa foi a opção do Colégio Equipe, localizado em Higienópolis, centro de São Paulo. Em 2006, alunos, ex-alunos, funcionários, educadores e demais pessoas vinculadas à sua comunidade reuniram-se e fundaram o Instituto Equipe Cultura e Cidadania, com a finalidade de desenvolver projetos que alavancassem o bem estar social.

Em seus cinco anos de atividade, o Instituto Equipe se aliou a instituições de peso como a Fundação Abrinq, o Centro de Estudos A Cor da Letra, o Hospital Municipal Menino Jesus, EMEI’s, conselhos e fundos de defesa da Criança e do Adolescente para o desenvolvimento de projetos. Um deles é o Era outra vez, que toda quarta-feira, transforma 7 alunos de 15 a 21 anos, do Equipe, em mediadores de leitura para crianças de 0 a 6 anos no Centro de Recuperação e Educação Nutricional.

Outro projeto “tocado” pelo Instituto Equipe é o Arte & Saúde, que acontece às quintas-feiras no Hospital Infantil Menino Jesus, onde 14 estudantes desenvolvem atividades artísticas e brincadeiras com as crianças internadas. Mesma ideia do projeto Chá de Cadeira, uma parceria com Wellington Nogueira, do Doutores da Alegria, que leva para as salas de espera de centros de saúde e hospitais, esquetes cômicas e narração de histórias ligadas à tradição oral. O OBA! envolve em brincadeiras 170 crianças de EMEI’s e o ProCriança atinge 12 escolas públicas do município de Osasco.

Já com o Colégio Sidarta, o processo se deu ao contrário. Seu surgimento foi fruto da ação de um grupo de empresários agregados em torno do Instituto Sidarta, uma organização não governamental sem fins lucrativos, declarada de utilidade pública estadual e federal e que, desde 1998, investe na educação como forma de contribuir para melhoria do país.

O Programa Bolsa Talento é um dos projetos realizados a partir dessa profícua simbiose entre o Instituto Sidarta e o Colégio Sidarta. Os dois se uniram ao ISMART (Instituto Social Maria Telles) para oferecer bolsas de estudo para crianças criativas e talentosas de baixa renda. Desde 2009 selecionam alunos da rede pública dos municípios de Itapevi, Cotia, Carapicuíba e Jandira para cursarem o Ensino Médio no Colégio Sidarta.

Seu Núcleo de Projetos, além de fornecer formação continuada aos professores do colégio, estende o benefício para educadores da rede pública de ensino. Mantém também um Centro de Criação e Gerenciamento de Projetos, focado no desenvolvimento e gerenciamento de projetos de responsabilidade social com foco na educação para diferentes parceiros, de instituições públicas e privadas.

Muito mais do que simples parcerias, o que o Colégio Equipe e o Colégio Sidarta buscam dessa estreita relação com suas próprias ONG’s, são novos caminhos para a educação no Brasil.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Fundação Amazonas Sustentável (FAS) leva ribeirinhos para o SWU

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2011 17:51:00

ONG pretende mostrar a realidade das comunidades do interior do Amazonas para o público do festival

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS), instituição atuante nas comunidades situadas nas Unidades de Conservação (UCs) do Estado do Amazonas, levará para o Festival SWU 2011 um pouco sobre a realidade dos moradores do interior do Amazonas. Por meio de duas atividades a Fundação pretende realizar com o público do evento, principalmente os jovens, um intercâmbio e a troca de informações entre pessoas de diferentes realidades: o público do evento, profissionais e beneficiados de projetos da FAS. “Participar desse evento é uma oportunidade que percebemos de levar um pouco sobre a realidade daqueles que vivem na floresta para pessoas que moram em grandes centros urbanos e que não sabem o que acontece no interior da Amazônia”, afirma o superintendente da FAS, Virgílio Viana.

Para isso, a ONG trará ao evento artesãs que vão demonstrar a produção de artesanatos feitos pelas comunidades do Amazonas. Na ocasião, duas mulheres de diferentes comunidades das Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) de Mamirauá e Amanã irão conversar e realizar o artesanato com o público do evento para mostrar um pouco sobre a cultura da floresta Amazônica. Os interessados poderão ainda comprar alguns desses produtos, e colaborar com a geração de renda das comunidades.

Além disso, a Fundação promoverá algumas rádios-novelas, gravadas em um estúdio montado no local, que serão feitas pelo público, que atuará como personagens e contarão ainda com o auxilio de dois profissionais da organização.

Essa atividade faz parte do Vozes da Floresta, programa feito em parceria da Fundação com a Rádio Cultura do Amazonas. As gravações feitas no SWU resultarão em capítulos a serem veiculados na rádio e enviados para os participantes. Além disso, por ser uma ONG referência em projetos de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), como o Bolsa Floresta e pela sua atuação em mais de 570 comunidades localizadas em 15 Unidades de Conservação do Estado do Amazonas, a FAS foi convidada para participar do II Fórum de Sustentabilidade do SWU.

Na ocasião, Virgílio Viana, superintendente geral da FAS, estará entre os palestrantes do evento, no dia 13 (domingo), das 14h às 17h, para falar sobre Inovação e Sustentabilidade ao lado da atriz Daryl Hannah, das pesquisadoras Milena Boniolo e Carla Mayumi e do cineasta M. K. Asante. Entre os temas abordados nesse painel estará “O valor da floresta em pé”, principal meta da FAS por meio de seus projetos.

Sobre a Fundação Amazonas Sustentável (FAS)
A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é uma instituição sem fins lucrativos, não- governamental e sem vínculos político-partidários, fundada no dia 20 de dezembro de 2007, por meio de uma parceria entre o Governo do Estado do Amazonas e o Banco Bradesco. A missão da FAS é promover o envolvimento sustentável, a conservação ambiental e a melhoria da qualidade de vida das comunidades residentes nas Unidades de Conservação (UCs) do Estado do Amazonas, em uma área de mais de 10 milhões de hectares, por meio da valorização dos serviços e produtos ambientais. A FAS tem como prioridade implementar o Programa Bolsa Floresta (PBF), que é o primeiro projeto do Brasil certificado internacionalmente para recompensar as populações tradicionais pela manutenção dos serviços ambientais prestados pelas florestas. Site http://www.fas-amazonas.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro Geraldão – Escopando a cilibina: O evento reuniu cartunistas como Angeli, Laerte e Pelicano.

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2011 17:50:00

CARTUNISTAS ANGELI, LAERTE E PELICANO COMPARECEM AO EVENTO DE LANÇAMENTO DO LIVRO DE GLAUCO VILAS BOAS.

Livro Geraldão – Escopando a cilibina ! Nos gibis da Circo Editorial, do cartunista Glauco Vilas Boas, é lançado em São Paulo

Organizado por Toninho Mendes e a família de Glauco, o evento reuniu cartunistas como Angeli, Laerte e Pelicano.
Foi praticamente uma homenagem ao cartunista Glauco Vilas Boas. Ontem (10/11) em São Paulo, aconteceu o lançamento do livro dele “Geraldão – Espocando a cilibina! Nos gibis da Circo Editorial.
O evento que lotou a Livraria da Vila, Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, reuniu nomes como Laerte, Angeli, Pelicano, Guto Lacaz e os irmãos Carlos e Rubens Matuck.
Toninho Mendes, Beatriz Galvão e Ipojucã Vilas Boas (víuva e filho de Glauco), foram os anfitriões da noite que ainda teve inúmeros fãs e amigos do cartunista morto em 2010.
Em Geraldão – Espocando a cilibina! Nos gibis da Circo Editorial estão reunidas todas as histórias dos personagens de Glauco (Geraldão, Casal Neuras, Zé do Apocalipse, Doy Jorge, Dona Marta e o Chato), editadas nas dez primeiras edições da revista Geraldão em ordem cronológica, além de trazer as dez capas da revista em edição fac-símile, a cores e com algumas das absurdas seções de cartas dos leitores, que muitos acreditavam serem inventadas pelos editores. Há, ainda, páginas e seções avulsas sobre o comportamento social e político da época: o surgimento da aids, os saques a supermercado, as relações familiares, a inflação e o processo de abertura política, sempre desenhados e tratados com muito humor e ironia.


Sobre o livro:

Geraldão, do cartunista Glauco Vilas Boas, vira livro
Organizado e editado por Toninho Mendes, editor e mentor da Circo Editorial, livro reúne todas as histórias do cartunista Glauco publicadas nos dez primeiros números da revista Geraldão e em outras publicações da Circo entre maio de 1987 e dezembro de 1988.











Considerado um dos mais ousados cartunistas de sua geração, Glauco foi um criador intenso, que durante os trinta anos de publicação na Folha de S.Paulo divertiu seus leitores com seu humor escrachado e irreverente. Sempre muito econômico nos traços, desenhava com muita objetividade utilizando cenários mínimos. Seus personagens e a maneira de fazer as charges políticas trouxeram leveza e renovação para o humor brasileiro, que passava por um período duro de combate e oposição ao regime militar.
Neste mais recente lançamento do Grupo Almedina Geraldão – Espocando a cilibina! Nos gibis da Circo Editorial estão reunidas todas as histórias dos personagens de Glauco (Geraldão, Casal Neuras, Zé do Apocalipse, Doy Jorge, Dona Marta e o Chato), editadas nas dez primeiras edições da revista Geraldão em ordem cronológica, além de trazer as dez capas da revista em edição fac-símile, a cores e com algumas das absurdas seções de cartas dos leitores, que muitos acreditavam serem inventadas pelos editores. Há, ainda, páginas e seções avulsas sobre o comportamento social e político da época: o surgimento da aids, os saques a supermercado, as relações familiares, a inflação e o processo de abertura política, sempre desenhados e tratados com muito humor e ironia.
O período em que esses gibis foram criados e editados (...) foi também o de meu mais contínuo e intenso convívio com Glauco. Trabalhávamos juntos na redação da Circo Editorial onde ele desenhava as histórias e resolvíamos qual seria o conteúdo da edição. Já no primeiro número da revista Geraldão aprofundava-se o comportamento Edipão do Geraldão. Nas edições seguintes viriam o casamento do Casal Neuras, a volta do pai do Geraldão, Doy Jorge, Geraldão no olho da rua, a separação do Casal Neuras, Geraldão prefeitão e, na décima e última edição dessa fase, o Geraldão sem pai nem mãe, relata Toninho Mendes.
Para o jornalista e historiador Gonçalo Junior, que escreveu uma das apresentações, Glauco tinha a sensibilidade de um psicanalista, seus personagens nada mais eram que figuras comuns do nosso cotidiano, com suas loucuras, taras, manias. Glauco era todos os seus personagens e também representava nos quadrinhos as angústias, medos e inseguranças ou noias de seus leitores. Era seu analista, seu terapeuta, seu psicanalista, seu psicólogo, seu psiquiatra, enfim. Daqueles que funcionavam porque tocava todos com suas tiradas cheias de carinhos violentos, quase sadomasoquistas, como tratamento de choque – e que sempre acabavam com um ferro de passar atirado na cabeça de alguém. Nas entrelinhas, Glauco queria dizer: não esquenta, todos nós somos mesmo neuróticos e malucos e se fosse diferente, a vida não teria graça.
Biografia
Glauco Vilas Boas nasceu em Jandaia do Sul, no Paraná, em 10 de marco de 1957. Começou sua carreira nos anos 1970, em Ribeirão Preto. Em 1976, foi premiado no Salão Internacional de Humor de Piracicaba, o que o projetou para a grande imprensa. Começou a publicar na Folha de S.Paulo em 1977 desenhando charges políticas e tiras diárias onde, entre outros, nasceram os personagens, Geraldão, Casal Neuras, Zé do Apocalipse. A revista Geraldão editada pela Circo Editorial que era distribuída em bancas de todo o país tornou o trabalho de Glauco conhecido nacionalmente. Glauco morreu no dia 12 de março de 2010, em Osasco, São Paulo.
Geraldão – Espocando a cilibina! Nos gibis da Circo Editorial

Editora e distribuição: Almedina Brasil
Titulo: Glauco - Geraldão espocando a cilibina! Nos gibis da Circo Editorial
Autor: Glauco
Organização e edição: Toninho Mendes
Edição: 1ª edição, 2011
Formato: 20,5 cm x 27,5 cm
Número de páginas: 304
Especificações: offset 90 g/m², capa dura 4 x 4 cores
Peso: 900 g
ISBN: 978-85-63182-11-1
EAN: 9788563182111
Área: Artes, Quadrinhos
Preço: R$ 77,00
Tiragem: 5.000 exemplares

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O fim da tolerância alcoólica no trânsito

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2011 17:45:00

Por **Antonio Gonçalves

O Senado aprovou o Projeto de Lei que determina que os condutores terão tolerância zero na relação bebida alcoólica e a direção, pois, o Projeto prevê que o condutor não pode ter nenhuma percentagem de álcool em seu sangue, o que vale dizer que até um bombom de licor pode representar uma infração que poderá ser considerada como crime.
O objetivo é a redução forçada dos elevados índices de acidentes (fatais ou não) que envolvem condutores dirigindo sob o efeito do álcool. O Congresso já tentou em diversas oportunidades reprimir os condutores que ingerem bebida alcoólica e, para isso, foi editada a Lei Seca. A polícia foi instrumentalizada com aparelhos que medem o teor alcoólico à distância, sem a necessidade do teste do bafômetro e, em entendimento recente, houve um endurecimento ainda que tácito da legislação de trânsito com vários autores de acidentes com vitimas fatais sendo indiciados por homicídio doloso (com intenção de matar).
De tal sorte que a questão segue sendo a falta de conscientização do brasileiro que prefere não apenas arriscar a sua vida como a dos demais ao invés de andar de táxi ou de algum outro meio no qual não seja o condutor.
Ao invés de auxiliar no controle, o motorista passou a traçar rotas alternativas para ludibriar as blitz da Lei seca. Agora, o Projeto, que ainda irá para uma segunda votação no Senado e, se aprovado, seguirá para a Câmara dos Deputados, considerará como crime dirigir com algum traço de álcool no corpo.
A medida segue o pacote de endurecimento das leis de trânsito. Resta saber como serão os procedimentos e, principalmente, a pena a ser adotada, pois, a pena de multa na Lei Seca não surtiu um efeito prático.
Nesse diapasão, a união da possibilidade de indiciamento por crime doloso, com aplicação de penas, ainda que de detenção, bem como serviços compulsórios de desintoxicação, obrigação de frequentar centro de reabilitação, são as nossas sugestões para que paremos de ver nossas crianças perderem a vida ao serem atropeladas ou verem o fio de esperança se esvair por conta de um motorista imprudente, ou melhor, delinquente.


**Antonio Gonçalves - é advogado criminalista, pós-graduado em Direito Penal - Teoria dos Delitos (Universidade de Salamanca - Espanha).Doutor em Filosofia do Direito pela PUC-SP. É especialista em Direito Penal Empresarial Europeu pela Universidade de Coimbra (Portugal); em Criminologia Internacional: ênfase em Novas armas contra o terrorismo pelo Istituto Superiore Internazionale di Scienze Criminali, Siracusa (Itália). Fundador da banca Antonio Gonçalves Advogados Associados, é autor, co-autor e coordenador de diversas obras, entre elas, "Quando os avanços parecem retrocessos -Um estudo comparativo do Código Civil de 2002 e do Código Penal com os grandes Códigos da História" (Manole, 2007).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Atendimento comercial durante o feriado de Proclamação da República

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2011 17:44:00

A AES Eletropaulo informa os horários de funcionamento de seus canais de atendimento durante o feriado da Proclamação da República.

Central de Atendimento de Emergência (0800 72 72 196)
Informações sobre falta de energia, casos de fio partido, poste abalroado ou problemas na rede de distribuição. Funcionamento: 24 horas, todos os dias da semana, inclusive nos feriados.

Central de Atendimento Comercial (0800 72 72 120)
Consulta de débito, segunda via de conta, religação, pedido de novas ligações, débito automático, oscilação de voltagem, consumo elevado, suspensão do fornecimento de energia. Funcionamento: 24 horas, todos os dias da semana, inclusive nos feriados.

Central de Atendimento Preferencial (0800 77 28 626)
Todos os serviços dos atendimentos de Emergência e Comercial exclusivamente para portadores de deficiência auditiva ou de fala. Funcionamento: 24 horas, todos os dias da semana, inclusive nos feriados.

Contact Center (2195-2800)
Atendimento aos clientes ligados em média e alta tensão. Funcionamento: O atendimento normal é de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 16 horas. Serviço não disponível aos sábados, domingos e feriados. Não haverá expediente no dia 15/11/11.

Central de Teleatendimento da Ouvidoria (0800 72 73 110)
Sugestões, reclamações, críticas e elogios. Funcionamento: O atendimento normal é de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Serviço não disponível aos sábados, domingos e feriados. Não haverá expediente no dia 15/11/11.

Lojas de Atendimento
Todos os serviços. Cliente deve consultar o endereço da loja mais próxima na sua conta de energia ou no site www.aeseletropaulo.com.br. Funcionamento: O atendimento normal é de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30. As lojas não abrem aos sábados, domingos e feriados. Não haverá expediente no dia 15/11/11.

Rede Conveniada (Postos Mais AES Eletropaulo)
Todos os serviços, exceto negociação de consumo irregular e pagamentos (devolução de valores e Pedido de Indenização por Danos Elétricos – PID). Cliente deve consultar o endereço do posto mais próximo na sua conta de energia ou no site www.aeseletropaulo.com.br. Funcionamento: O atendimento normal é de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30. Os postos não abrem aos sábados, domingos e feriados. Não haverá expediente no dia 15/11/11.

Sobre a AES Eletropaulo- Distribui energia elétrica para 24 municípios da região metropolitana de São Paulo - incluindo a capital - que, juntos, abrigam uma população de 16,5 milhões de habitantes. A área de concessão atendida pela empresa abrange 4.526 km² e concentra a região socioeconômica mais importante do país, com 6,2 milhões de unidades consumidoras. Em consumo e faturamento, a AES Eletropaulo é a maior distribuidora de energia elétrica da América Latina.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Sancionada o PL que altera o Supersimples

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2011 17:42:00

O advogado **Fabio Augusto Rigo de Souza, titular do Rigo de Souza Advogados e Consultores*, destaca que ontem foi sancionado o PL 77/11, que altera o SUPERSIMPLES. No dia 6 de outubro o PL havia sido aprovado pelo Senado e seguiu para a sanção presidencial. Entre as principais alterações são:

1. Simplifica o processo de abertura, registro, alteração e baixa do Microempreendedor, mediante trâmite eletrônico;
2. cria possibilidade da ME, EPP e do MEI inativas há mais de 12 meses solicitar o encerramento de suas atividades nos órgãos públicos competentes, mesmo existindo pendências quanto as obrigações tributárias, previdenciárias ou trabalhistas.
3. Quando optante pelo Simples Nacional, a empresa ou microempreendedor aceitará, automaticamente, o sistema de comunicação eletrônica, inclusive para receber notificações e intimações;
4. Define regras de compensação e restituição tributária;
5. Cria a possibilidade parcelamento de débitos em até 60 parcelas mensais, sendo admitido o reparcelamento;
6. Dispensa a emissão de documento fiscal de venda ou de prestação de serviços para os MEIs, salvo quando o consumidor final por pessoa jurídica inscrita no CNPJ;
7. Cria novas hipóteses de exclusão de ofício do Simples Nacional;
8. Alteração dos limites de receita bruta anual para fins de enquadramento no Simples Nacional. MEs: receita bruta anual igual ou inferior a R$ 360.000,00; EPP: receita bruta anual igual ou inferior a 3.600.000,00;
9. Define o limite de receita bruta anual para que o empresário individual se enquadre na MEI, sendo R$ 60.000,00/ano ou R$ 5.000,00 multiplicado pelos meses compreendidos entre o início de atividade e o final do ano-calendário, em caso de empresário iniciando suas atividades

** Rigo de Souza Advogados & Consultores Jurídicos, com sede em São Paulo, possui filial em Porto Alegre (RS), tem escritório associado em Fortaleza (CE) e afiliados nas principais cidades do Brasil. Com mais de 12 anos de experiência no mercado, a banca atua na assessoria integral a empresas dos mais diversos portes e segmentos, tanto nacionais como estrangeiras, com trabalho de aquisições e fusões de empresas, elaboração e análise de contratos de todos os tipos, reorganizações societárias, planejamento fiscal e tributário, patrimonial e sucessório, licitações e contratação com órgãos públicos, privatizações, concorrências publicas, questões ambientais, trabalhistas, etc. Conta com um corpo de advogados altamente capacitados e especializados, cujas principais características são o conhecimento técnico-jurídico, a dedicação ao cliente, a criatividade e a iniciativa de trabalho. Recentemente atuou no processo de abertura do mercado de cartões brasileiro e vem trabalhando junto com seus clientes em novas operações nesse mercado, envolvendo assessoria jurídica nos projetos de tecnologia e meios de pagamento. Dentre outras especializações, o escritório tem forte atuação na área de energia, tecnologia e bancária.

**Fabio Augusto Rigo de Souza – sócio titular do escritório Rigo de Souza Advogados & Consultores – especialista em direito empresarial e administrativo.

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Governador Geraldo Alckmin nomeia 56 novos oficias administrativos para o Detran.SP

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2011 17:38:00

Iniciativa faz parte do plano de reestruturação do Departamento Estadual de Trânsito

São Paulo, 12 de novembro de 2011 – O governador Geraldo Alckmin nomeou nesta quinta-feira, 10 de novembro, por meio da Secretaria de Gestão Pública, 56 novos oficiais administrativos. A iniciativa, publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, faz parte do processo de reestruturação do órgão e implantação de novo padrão de qualidade no atendimento ao cidadão, inspirado no modelo Poupatempo.

Habilitados em concurso público promovido pelo Detran.SP, em julho de 2009, os oficiais administrativos serão lotados no Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo/Detran.SP (22) e as Circunscrições Regionais de Trânsito de Piracicaba (12) Guarulhos (6), Taubaté (6), Franca (5) e Mogi das Cruzes (5).

Os servidores darão suporte no desenvolvimento de projetos das diretorias de Condutores, Veículos, Credenciamento, Sistemas, Fiscalização, Educação para o Trânsito e Administração; e no atendimento das novas unidades do Departamento.

Os oficiais administrativos passarão por capacitação e treinamento sobre os objetivos do novo Detran.SP, fundamentado na desburocratização e simplificação dos processos. “Estamos prevendo um chamamento gradativo, em etapas, dos 331 cargos já autorizados. Este reforço humano é extremamente importante para colocarmos em prática as iniciativas deste novo Detran.SP, mais transparente e moderno, permitindo ainda o retorno dos policiais para as suas atividades fins”, explica Daniel Annenberg, coordenador do Detran.SP.

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Detran
Assessoria de Imprensa

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Infraero assina contrato para instalação de máquinas para venda de alimentos e bebidas em aeroportos

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2011 17:36:00

A Infraero assinou nesta sexta-feira (11/11) o contrato com três empresas para a instalação de máquinas de venda de alimentos e bebidas em 12 aeroportos relacionados à Copa do Mundo e Olimpíadas, além dos Terminais de Congonhas, Santos Dumont e da Pampulha. Ao todo, serão 143 pontos de vendas distribuídos pelos saguões e salas de embarque e desembarque domésticos e internacionais. A estimativa é que os equipamentos entrem em funcionamento ainda neste ano, para atender a demanda da alta temporada.

As máquinas foram distribuídas em oito lotes, arrematados pelas vencedoras num pregão eletrônico realizado em agosto deste ano. Os contratos foram assinados pelo diretor Comercial da Infraero, Geraldo Moreira, e pelos representantes das empresas.

Além dos espaços para instalação das máquinas, o contrato prevê a concessão de 15 locais – um para cada Terminal de Passageiros – destinados ao depósito de alimentos e bebidas, o que deverá auxiliar na rápida reposição das mercadorias pelas empresas responsáveis pelos equipamentos. As máquinas oferecerão bebidas não alcoólicas, como refrigerantes, sucos e água, lanches como salgadinhos e sanduíches, além de opções de café e chás. O contrato prevê que todas as máquinas deverão ter duas opções para pagamento.

Segundo Geraldo Moreira, a instalação das máquinas vai diversificar a oferta de produtos e serviços na área de alimentação nos aeroportos da Infraero. “Com mais oferta, a tendência é que haja mais concorrência entre as empresas para conquistar o cliente, o que vai beneficiar passageiros e usuários dos aeroportos”, afirmou o diretor Comercial da Infraero.

Para Isidro Telo, representante da T&T, umas das empresas vencedoras do pregão, as máquinas serão mais uma opção para passageiros e usuários. “Esse tipo de serviço já é disponibilizado em vários aeroportos em todo o mundo e certamente vai agradar aos usuários dos aeroportos brasileiros”, disse. Essa é a mesma opinião de José Rodrigues, representante da DP Brasil: “As vending machine possuem uma variedade de bebidas e alimentos mais acessíveis aos usuários”, destacou. Já para o representante da empresa Nordeste, que possui máquinas distribuídas no Aeroporto Internacional de São Luís (MA), a facilidade é utilizada principalmente por jovens e crianças.

Entre os aeroportos que receberão as máquinas de venda, 12 estão relacionados às cidades-sede da Copa do Mundo – Recife (PE), Fortaleza (CE), Guarulhos (SP), Viracopos (SP), Confins (MG), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Manaus (AM), Salvador (BA), Galeão (RJ), Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR); além dos aeroportos de Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ) e Pampulha (MG).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Tráfego é liberado para caminhões com mais de 45 toneladas na ponte do km 46+200 da rodovia Dom Pedro I

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2011 17:35:00

Medida foi adotada após estudos técnicos e obras realizadas pela Concessionária Rota das Bandeiras

A ponte localizada no km 46+200 da rodovia Dom Pedro I (SP-065), em Nazaré Paulista, está totalmente liberada para o tráfego de caminhões com mais de 45 toneladas. A restrição que existia na pista sul, sentido Jacareí, foi eliminada após a realização de estudos técnicos e serviços de manutenção e conserva executados pela Rota das Bandeiras.

Entre os trabalhos realizados, a Concessionária efetuou obras de reparo em uma das cabeceiras da ponte, além de melhorias na pavimentação. Os estudos técnicos contaram com inspeções de campo e verificação de cálculos realizados pela equipe de engenharia.

Com a liberação, o percurso das viagens para os veículos pesados poderá ser diminuído em até 42 quilômetros, resultando em economia de tempo e combustível. Atualmente, os motoristas que vinham da Região Metropolitana de Campinas para as cidades do Vale do Paraíba, seguiam pela Dom Pedro I até Atibaia e, no km 74, acessavam a rodovia Fernão Dias (BR-381) até chegarem à via Dutra, na divisa entre São Paulo e Guarulhos.

A medida também é importante para os caminhões que saem de Paulínia e tinham que rodar até São Paulo para acessar a via Dutra. Agora, ao trafegarem pela rodovia Dom Pedro I, esses veículos poderão, além de encurtar a viagem, evitar o pesado tráfego da Marginal do Tietê.

Os mesmos estudos técnicos para a liberação da ponte no km 46+200 foram realizados em outras 19 pontes e viadutos do Corredor Dom Pedro. Nenhuma delas apresentou qualquer problema que pudesse causar restrições aos motoristas.
Responsável pela administração do Corredor Dom Pedro, a Rota das Bandeiras S. A. é uma empresa da Odebrecht TransPort, investidora e operadora no Brasil em negócios relacionados à mobilidade urbana, rodovias, sistemas integrados de logística e aeroportos.

O Corredor Dom Pedro é formado pela rodovia Dom Pedro I (SP-065) e pelo Anel Viário José Roberto Magalhães Teixeira (SP-083), além de trechos das rodovias Professor Zeferino Vaz (SP-332), entre as cidades de Campinas e Mogi Guaçu, Engenheiro Constâncio Cintra (SP-360), entre Itatiba e Jundiaí, e Romildo Prado (SP-063), entre Itatiba e Louveira.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Ctrl-V - Filme transmídia, de Leonardo Brant, que explora as relações de poder da indústria audiovisua

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2011 17:32:00

Filme transmídia, dirigido por Leonardo Brant, explora as relações de poder e efeitos da indústria audiovisual sobre as sociedades contemporâneas.


O documentário será lançado em todas as mídias no dia 24 de novembro, com exibição na TV Cultura, às 23h30, e disponibilizado para download gratuito na internet e pelo celular.

Com lançamento oficial em todas as mídias no dia 24 de novembro, com exibição na TV Cultura, às 23h30, e disponibilizado para download gratuito na internet e pelo celular, o documentário “Ctrl-V”, de Leonardo Brant, é o resultado de uma pesquisa-ação transmídia sobre convergência audiovisual, explorando as relações de poder e efeitos da indústria audiovisual sobre as sociedades contemporâneas.

Na última segunda-feira, dia 7 de novembro, às 20h30, o CineSesc, em São Paulo, foi palco para a pré-estreia do documentário. Após a exibição, gratuita e aberta ao público, foi realizado um debate sobre o tema com a presença do diretor. Também participaram o antropólogo, Massimo Canevacci, o cineasta e ex-secretário do audiovisual do Ministério da Cultura, Newton Cannito, e o gerente do SescTV, Valter Sales.

Para Brant, o assunto ganha nova força com recente promulgação da Lei 12.485/11. “A nova lei engloba as discussões do PL 29/07 e do PLC 116 e promete aquecer o mercado de produção audiovisual independente, além de abrir o mercado de distribuição para empresas de telecomunicações”, afirma o diretor.

O documentário Ctrl-V apresenta uma série de propostas para o desenvolvimento de um novo cenário para o audiovisual, sob a ótica da diversidade cultural e da economia criativa. "Além das oportunidades geradas com as novas tecnologias de informação e comunicação, o filme aborda o papel da televisão, da educação e o foco no desenvolvimento do conteúdo e não somente da técnica, para democratizar e aprofundar a relação com o público, em busca de autonomia no processo de construção do seu território simbólico", reforça Leonardo Brant.


Resgate histórico da indústria audiovisual

O documentário faz um resgate histórico da indústria audiovisual global, com foco nas mudanças, em pleno curso, no processo de formação do indivíduo e na reorganização do imaginário coletivo. Diversidade cultural, democracia audiovisual, autorrepresentação, multiprotagonismo, cultura da convergência são palavras-chave da pesquisa.

As imagens foram captadas com máquina fotográfica digital “dessas que temos em casa”, sem qualquer aparato de produção, como luz, captação de som. O próprio diretor captou sozinho praticamente todas as imagens e entrevistas, no melhor estilo Do it yourself media, explorando as possibilidades de realização audiovisual.

“A autoralidade está sendo discutida no Ctrl-V, pois contraponho o olhar individual com o processo colaborativo”, ressalta o diretor. Outro aspecto marcante do documentário é a presença de trechos de filmes consagrados pela indústria hollywoodiana. Além de elemento narrativo central do documentário, ajuda a organizar, na prática, a discussão sobre propriedade intelectual e os limites da cultura remix.


O projeto e a pesquisa
A plataforma web (www.ctrl-v.net/), reúne bibliografia, filmografia e mais cinquenta entrevistas exclusivas com alguns dos maiores pensadores internacionais sobre a indústria audiovisual, entre eles: Edward Jay Epstein, Neil Gabler (EUA), Gilles Lipovetsky, Yvon Thiec (França), Massimo Canevacci (Itália) Octavio Getino (Argentina), Orlando Senna, Ismail Xavier, Newton Cannito (Brasil). A pesquisa foi financiada pela Aecid (Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento), e o documentário tem o apoio do Sesc e co-produção da TV Cultura.

Além do documentário, a pesquisa inclui livro, a ser lançado em 2012, que relata a experiência, e programa de webTV, com a íntegra das entrevistas. A pesquisa é metalinguística, explora as possibilidades da convergência audiovisual e de criação em rede, enquanto analisa a conformação de um novo processo de produção audiovisual, multiprotagonista, em rede. Dirigido pelo pesquisador cultural Leonardo Brant, o documentário foi pautado e editado colaborativamente no âmbito da RAIA (Rede Audiovisual Iberoamericana – www.raiavirtual.net.



Sobre o diretor
Leonardo Brant está envolvido com os movimentos internacionais sobre diversidade cultural desde 2001. Fundou o Divercult (Instituto Diversidade Cultural), atualmente com sede na Espanha, e foi vice-presidente da International Network for Cultural Diversity, com participação decisiva na construção da Convenção da UNESCO sobre o assunto. É
coordenador editorial da coleção Democracia Cultural, que reúne os livros Artes Sob Pressão, de Joost Smiers, Democracia Audiovisual, de André Martinez, e Diversidade Cultural, do próprio Brant. Brant edita ainda o site Cultura e Mercado e coordena o programa Empreendedores Criativos.
Sinopse
Ctrl-V
Brasil, Espanha, Argentina, Estados Unidos | 2011
documentário | 54 min | digital | cor

O documentário Ctrl-V faz um resgate histórico da indústria audiovisual global, com foco nas mudanças, em pleno curso, no processo de formação do indivíduo e na reorganização do imaginário coletivo. Diversidade cultural, democracia audiovisual, autorrepresentação, multiprotagonismo, cultura da convergência são palavras-chave da pesquisa.

FICHA TECNICA

Concepção, roteiro, entrevistas, câmera e direção:
Leonardo Brant


Produção Executiva:
Fernanda Martins

Direção de Produção:
Roberta Milward

Crowdsourcing:
Rede Audiovisual Ibero-Americana (RAIA)

Pesquisa:
Antonio Sagrado Lovato, Badah, Cleiton Paixão, Fernanda Martins, Julio Cesar Pereira, Piatã Stoklos Kignel, Ricardo Giassetti, Roberta Milward e Leonardo Brant (coordenação)


Trilha sonora:
Alfredo Bello aka DJ Tudo

Rede Audiovisual IberoAmericana (RAIA):
Alina Frapiccini (Argentina), Cesar Piva (Brasil), Dino Pancani (Chile), Eli Lloveras (Espanha), Humberto Mancila (Bolívia) – fundadores

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Jovens têm até 25 de novembro para se inscreverem no programa Au Pair da Cultural Care

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/11/2011 17:27:00

Últimos dias para embarcar em janeiro
Jovens têm até 25 de novembro para se inscreverem no programa Au Pair da Cultural Care

Os jovens que pretendem participar do programa Au Pair da Cultural Care em janeiro de 2012 têm até o dia 25 de novembro para efetuar a inscrição em uma das unidades da multinacional de todo o Brasil. Considerado um dos tipos de intercâmbio mais atrativos do mercado, o programa oferece vantagens para quem pretende embarcar no início do ano. A empresa está presenteando os inscritos até 25 de novembro com uma microfilmadora.

A partir de R$ 1.749,00, a modalidade permite que o intercambiário estude e trabalhe legalmente nos EUA cuidando dos filhos de famílias cadastradas pela empresa que pagam um salário de US$ 195,75, por semana. O programa inclui um ano de trabalho e depois até quatro semanas para turismo, sendo que o visto pode ser estendido por mais um ano.

Podem participar jovens entre 18 e 26 anos, que gostem de crianças e que queiram trabalhar e estudar inglês no exterior. As tarifas já incluem passagens aéreas de ida e volta, traslados, seguro saúde, quatro dias de treinamento na Escola Cultural Care de Nova York com hospedagem e alimentação e uma bolsa de estudos no valor de US$ 500, além de estadia e alimentação na casa de uma família norte-americana por um ano.

Líder mundial na comercialização deste programa, a Cultural Care foi fundada em 1989 na Suécia e hoje está presente em 21 países que já enviaram mais de 80 mil au pairs para os Estados Unidos. No Brasil o escritório da empresa foi aberto em 1999 e encaminhou 8 mil jovens para o programa.

Mais detalhes sobre a promoção no endereço www.culturalcare.com.br ou pelo telefone 0800.707.9353.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Índice de homicídios cai em Diadema

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2011 03:27:00

De janeiro a setembro de 2011 foram 27 homicídios, contra 61 no mesmo período do ano passado, o menor número desde 2002

Diadema (SP) – O município de Diadema, na região metropolitana de São Paulo, reduziu em 55,74% o número de homicídios dolosos no período de janeiro a setembro de 2011, em comparação com o mesmo período de 2010, resultado que levou a taxa de homicídios, pela primeira vez, a ficar abaixo de 10/100 mil. Esta é a menor quantidade de crimes contra a vida registrada no município desde 2002, quando foi implantada a Lei de Fechamento de Bares (Lei Municipal nº 2.107/02). A taxa ficou em 6,99 por 100 mil habitantes, patamar considerado não epidêmico pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Em números absolutos, foram registrados, de janeiro a setembro deste ano, 27 homicídios dolosos (quando há intenção de matar) no Município, contra 61 no ano passado. Quando comparada ao mesmo período de 2002, a redução é ainda mais drástica – 83%, já que naquele ano houve 158 homicídios e a taxa por 100 mil habitantes marcou 42,94.

Esses resultados são do Mapeamento da Criminalidade referente aos nove primeiros meses do ano, elaborado pelo Observatório Municipal de Segurança, da Secretaria de Defesa Social. O Observatório é responsável pelo levantamento estatístico das ocorrências criminais por meio dos boletins de ocorrência da Polícia Civil.

Outros dados do Mapeamento revelam ainda que houve redução, comparado ao mesmo período de 2010, nos seguintes itens: tentativa de homicídio (18,64%); roubo de veículos (10,15%); furto de veículos (9,16%) e violência doméstica (2,93%). Foi registrado aumento nos itens roubo (21,23%), ato infracional (9,90%) e furto (9,46%).

Operação Integrada – Ainda de acordo com o levantamento do Observatório, nos nove primeiros meses deste ano a Operação Integrada de Fiscalização registrou 2.103 ocorrências, sendo a maior demanda o item veículos multados (1.157), vindo a seguir som alto (159), veículos apreendidos (129), “pancadão” (105), bares abertos após 23h (69), outros (27), falta de alvará (20), pesquisa/monitoramento (16), funcionando após 22h (15) e reincidente (6).

Também as denúncias recebidas através do telefone 0800-770-5559 (ligação gratuita) estão mapeadas no levantamento. As reclamações de som alto lideram, com 51% das chamadas, vindo a seguir os “pancadões” (festas de rua irregulares), com 29%, bares abertos após às 23h, com 8%, outros, com 6%, entulho, com 5% e falta de alvará, com 1%.

Cultura de paz – A partir das políticas públicas de segurança com cidadania, implantadas na cidade desde 2001, os índices de criminalidade e violência vêm despencando em Diadema. Ao longo de uma década, essas políticas foram sendo aperfeiçoadas, com a implantação de diversos programas voltados a garantir a segurança e o convívio pacífico entre as pessoas, objetivo maior da cultura de paz.

A política municipal integrada de segurança pública, a expressiva participação popular e as parcerias firmadas pela Administração com os mais diversos setores, constituem os principais elementos da fórmula de redução da criminalidade em Diadema. O Mapeamento da Criminalidade, por exemplo, é uma iniciativa de ação dinâmica, que tem por base os relatórios diários sobre índices de violência no município, o que permite que a Secretaria de Defesa Social elabore seu plano de intervenção com maior exatidão.

Implantada em julho de 2010, a Operação Integrada de Fiscalização é outro exemplo visível dessa política. Trata-se de uma ação conjunta entre a Guarda Civil Municipal, as polícias Civil e Militar e fiscalização da Prefeitura, que busca ampliar os resultados do Programa Diadema Legal. Este, por sua vez, fiscaliza o cumprimento da Lei de Fechamento de Bares e Similares às 23h (LM nº 2.107/02).

Intensificação – A Operação é realizada todas as sextas, sábados, domingos e feriados, dias de maior movimento nas ruas e comércios, enquanto o Diadema Legal segue sua atuação nos demais dias da semana. Nos últimos finais de semana a Operação foi intensificada, trazendo como resultado maior tranquilidade para a população, com a diminuição e/ou dispersão dos “pancadões”.

Neste último final de semana (7 a 9 de outubro), por exemplo, a Operação registrou um total de 139 autuações de trânsito, 13 apreensões de veículos, três notificações a estabelecimentos abertos após às 23h e uma notificação a estabelecimento com som alto.

Além disso, a Guarda Civil Municipal (GCM) e fiscais da Prefeitura, em conjunto com as polícias Civil e Militar, evitaram a realização de “pancadões” em diversos pontos da cidade, através da ocupação do espaço antes da festa.


**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Maria Helena Domingues da Prefeitura de Diadema (SP)
Assessoria de Imprensa
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Petrobras Distribuidora vence a categoria “Melhor Uso de Cinema” do Prêmio MaxiMídia/Grupo RBS

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2011 03:25:00

Nota


A Petrobras Distribuidora foi a vencedora na categoria “Melhor Uso de Cinema” do Prêmio MaxiMídia/Grupo RBS pela ação da promoção “Petrobras Traz o Futuro Pra Você”. A ação foi realizada em setembro nas salas do Rio e São Paulo e chamou a atenção por projetar fora da tela e de forma inesperada, uma máquina do tempo com um cientista explicando aos espectadores sobre a promoção.

O prêmio foi realizado no dia 05 de outubro em São Paulo e contemplou um único vencedor em cada categoria pelas soluções de mídia mais criativas e inovadoras colocadas em prática.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Teatro TUCA - PUC-SP – Programação cultural Outubro – 2011

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2011 03:23:00


LA SERVA PADRONA – ÚLTIMA SEMANA

A ópera cômica La Serva Padrona, de Pergolesi será apresentada pela companhia Ópera Portátil, no Tuca.

O espetáculo em um ato faz sucesso no cinema ( filme de Carla Camurati) e nos palcos, pelo seu grau de comunicação com as peripécias de uma criada que quer se tornar patroa. A novidade é que desta vez a ópera será apresentada toda em português e a encenação está atualizada.

La Serva Padrona paz parte do ciclo de programação de óperas curtas no TUCA, que já apresentou em 2010, além da primeira versão de La Serva Padrona cantada em italiano, as óperas Bastião e Bastiana, de Mozart e Rita, de Donizetti .


O COMPOSITOR

Giovanni Baptista Pergolese (1710-1736)

Este compositor, de origem napolitana, destacou-se tal como muitos da mesma região, pelas suas criações operisticas, que em Nápoles encontravam um gênero especifico, o da "Ópera Buffa" (que significa ópera cômica) embora também tivesse composto obras instrumentais (ainda que poucas), e religiosas. Possuidor de uma grande habilidade melódica e de grande maestria harmônica e de contraponto, as suas criações destacam-se pela sua elegância e beleza extremamente sedutoras, e pela sua aguda expressividade sentimental (principalmente no "Stabat Mater").

No ano de 1731, quando Pergolesi contava somente vinte e um anos, estreou no Teatro São Bartolomeu a sua mais famosa ópera, chamada "La Serva Padrona". Desde então obteve um imenso sucesso, e a 4 de Outubro de 1746 a obra estreava em Paris. Tal sucesso não é nada inesperado: o argumento é simples, divertido e leve, e principalmente a música representa o aperfeiçoamento máximo da ópera napolitana, com recitativos expressivos e ricos, e árias espirituosas de uma qualidade insuperável.

A sua outra obra mais marcante é o "Stabat Mater", obra que segundo uma lenda, mais romântica que outra coisa qualquer, foi a sua última, estreada pouco antes da sua morte. Este trabalho foi aquele que foi reinterpretado durante mais tempo, e aquele que mais se difundiu por toda a Europa, espalhando o nome deste compositor causando admiração por toda Europa.
A vida de Pergolesi, apesar de curta, foi no entanto frutuosa: com duas obras-primas como "La Serva Padrona" e o "Stabat Mater" revolucionou o mundo da música, deixando o seu nome hoje gravado nas páginas da história da música..


SINOPSE

Uberto é um senhor que tem como criada uma jovem órfã, Serpina, que trabalha nos serviços de sua casa. Apesar dele ter criado Serpina desde pequena, ele sente atração por ela. De outra forma, Serpina é uma serva que toma atitudes de muita liberdade dentro da casa, inclusive, não só enfrentando o mordomo Vespone que é mudo, como a Uberto, não fazendo os serviços, como fazer o café da manhã, não completar os serviços de limpeza, almoço, etc. Com o passar da trama os fatos tomam um rumo em que Uberto percebe que Serpina pode se transformar em sua esposa, e assim tornar-se Patroa, o que obviamente ela desejava já há muito tempo. O que o impede de assumir o amor, até então, é a diferença social entre eles. Em uma das árias, por exemplo, ele pensa “ela é uma serva e eu sou o patrão”, mas admite que não será o primeiro patrão a casar com uma serva. Uberto, tem personalidade simples e após uma trama arquitetada por Serpina e auxílio de Vespone, acaba caindo e se vê obrigado pelo amor a se casar com ela.


FICHA TÉCNICA
Compositor: Giovanni Baptista Pergolese
Direção Cênica: Pablo Moreira
Direção Musical e Piano: Wesley Lacerda
Elenco: Jamile Evaristo (soprano), Paulo Menegon (baixo) e Robert Felsen (ator)
Produção: Ópera Portátil

SERVIÇO

Gênero
Ópera
Temporada
até 15 de outubro de 2011
Dias
Sábados às 17h
Duração
50 minutos
Indicação de faixa etária
12 anos
Local
TUCA LAB – Teatro da PUC-SP
Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes - São Paulo - SP
Capacidade
40 lugares
Vendas
Pela Internet: www.ingressorapido.com.br
Central de Vendas: (11) 4003-1212
(aceita todos os cartões de crédito)
Horários de funcionamento da bilheteria:
De terça-feira à domingo das 14h00 às 20h00.
Formas de Pagamento:
Bilheteria - Para o espetáculo Sem Pensar: serão aceitos como forma de pagamento somente cartões de débito ou dinheiro.
Estacionamento conveniado:
Riti Estacionamentos - Rua Monte Alegre, 835 - R$20,00 - Tel.: (11) 3167-7111



VILLA-LOBOS DAS CRIANÇAS

Atualizada e contextualizada montagem reúne obras do folclore brasileiro, eternizadas por nosso compositor erudito mais popular e que ainda povoam e enriquecem o universo infantil; Fábio Saltini, Julia Duarte, Ricardo Monastero e Isabely Tomazi estão no elenco, e a direção musical é de Carlos Bauzys

Mais do que mostrar porque essas músicas tornaram-se cânticos clássicos, interessa à direção de Iacov “contextualizar e atualizar essas criações e os temas que explicitam ou sugerem”. Ele procura evitar um tom passadista ou demonstrativo, e quer manter o encantamento que agrada várias gerações. Ao seguir o que Villa-Lobos dizia – “a melhor maneira de reeducar o espírito é aproximar-se das crianças, conviver com elas” – espera contagiar adultos também.

Canções que todo mundo conhece (Ó ciranda, ó cirandinha, Terezinha de Jesus, O cravo brigou com a rosa, Sambalelê, Sapo Cururu, Nesta rua tem um bosque, Pirulito, Os escravos de Jó e A canoa virou) e menos populares como Vamos ver a mulatinha, Vamos maninha, Garibaldi foi à missa e A moda das tais anquinhas estão no programa. Complementam a lista o Trenzinho caipira, Rosa amarela, trechos de choros e das Bachianas, que não estiveram nas montagens ocorridas em 1986 – quando a peça estreou – e em 1992.

Essas obras foram recolhidas do folclore brasileiro por Villa-Lobos. Iacov explica que para algumas canções, o maestro compôs uma introdução; em outras uma “parte B”, e que todas foram publicadas nos livros Ciranda e Guia prático, para que as crianças pudessem tocá-las ao piano.

Villa-Lobos das crianças – Espetáculo musical de cantigas populares “reúne canções esparsas para concretizar dramatizações cênicas com ações e não com palavras”, explica o diretor, que em 2011 completa 40 anos como diretor de teatro, e 49 anos como integrante dos mais diversos espetáculos, de ópera a shows, muitos deles premiados.

Fábio Saltini, Julia Duarte, Ricardo Monastero e Isabely Tomazi encabeçam o elenco, que contará com a participação de Viviane Godoy (piano), Klayber Varela (clarinete e flauta), Daniel Rocha (violão, cavaquinho e sanfona) e Silvana Raazzante (fagote). A direção musical é de Carlos Bauzys.

A realização desse trabalho coincide com a obrigatoriedade do ensino de Música no Ensino Fundamental e Médio (Lei 11.769 sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva), que passa a vigorar a partir de agosto de 2011. Para estabelecer o processo de formação de público de MPB e do chamado Teatro Musical, a produção prepara um plano para atender ao maior número de escolas e alunos.

Nas suas primeiras montagens, sempre com a direção de Iacov, Villa-Lobos das crianças... a peça recebeu os mais importantes prêmios do teatro infantil, e foi recomendada até mesmo para adultos. A peça surgiu como iniciativa de Guida Borghoff e teve entre seus integrantes Celine Imbert.

DIRECÃO
IIacov Hillel

ELENCO
Fábio Saltini
Bajur.
Julia Duarte
Ricardo Monastero
Izabely Tomazi
Carlos Bauzys

PRODUÇÃO
Fixação Marketing Cultural

MÚSICOS
Daniel Rocha
Klayber Varela
Silvana Raazzante
Viviane Godoy

SERVIÇO
Estreia
13 de agosto
Temporada
Até 20 de Novembro
Dias
Sábado e domingo às 16h
Duração
50 minutos
Indicação de faixa etária
Livre
Local
Tucarena – PUC-SP
Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes
(Entrada pela Rua Bartira)
Capacidade
300 lugares
Vendas
Pela Internet: www.ingressorapido.com.br
Central de Vendas: (11) 4003-1212
(aceita todos os cartões de crédito)
Horários de funcionamento da bilheteria:
De terça-feira à domingo das 14h00 às 20h00.
Formas de Pagamento:
Amex, Aura, Diners, Dinheiro, Hipercard,
Mastercard, Redeshop, Visa e Visa Electron.
Estacionamento conveniado:
Riti Estacionamentos - Rua Monte Alegre, 835 - R$10,00 - Tel.: (11)


SEM PENSAR


O texto, inédito no Brasil, encantou o cineasta Luiz Villaça, que assistiu à montagem pela primeira vez em Londres em agosto do ano passado. “Sem Pensar tem uma carpintaria moderna, enxuta e com tema atual. Apresenta um frescor tal qual sua autora, que tem apenas 17 anos. As cenas acontecem num ritmo muito particular. Toda a ação é realista e até cinematográfica, mas o ritmo da dramaturgia é um grande diferencial na peça. Tudo é cinematográfico e teatral ao mesmo tempo. Todos esses ingredientes me fascinaram.”, relata Villaça que faz sua primeira incursão como diretor teatral.

Sem Pensar transita pelas relações familiares. Põe um olhar irônico nos conflitos, nas ausências e na falta de percepção de si e do outro no cotidiano de uma família.

Delilah é uma menina que, às vésperas de completar 13 anos, está prestes a ter seu primeiro caso de amor com Daniel, um rapaz muito mais velho que aluga um quarto em sua casa. Às voltas com um casamento em crise, seus pais, Vicky e Nick vivem dando um show de cegueira em hilárias discussões e não percebem nem o que acontece com a filha adolescente, descobrindo sua sexualidade, muito menos o drama, quase tragédia, que toma conta do rapaz em conflito entre o desejo e a moral. A situação piora com a chegada de Carol, namorada de Daniel, criando um impressionante vaudeville dramático e cômico ao mesmo tempo. Uma carpintaria teatral perfeita e concisa, de extrema compreensão humana, realmente inacreditável para uma jovem autora de apenas 17 anos.
A peça de Anya Reiss, entre outras coisas, abre ainda uma grande discussão sobre a maturidade. A adolescente imatura em sua atitude romântica dá aula de maturidade a seus pais num desfecho surpreendente.

Denise Fraga vive Vicky e Kiko Marques é Nick, pais de Delilah, interpretada pela jovem e talentosa atriz Julia Novaes. Daniel é vivido por Kauê Telloli e o papel de Carol apresenta a recém-formada atriz Ana Cândida.

O elenco se completa com mais três jovens atrizes que participaram de workshops e intensa preparação. Elas interpretam as amigas de Delilah e apimentam ainda mais os tumultos que rondam sua mente. Ana G é interpretada por Isabel Wolfenson, Natalia por Verônica Sarno e Ana M por Paula Ravache.

“Quando vimos Sem Pensar em Londres saímos do teatro em alvoroço. Entre risos, silêncios e reações verbais da plateia, o texto da jovem inglesa Anya Reiss era mesmo de tirar o fôlego e fazia juz a tudo que a imprensa londrina andava falando sobre ele. O ritmo de sua escrita criava uma cadência alucinada para questões absolutamente reconhecíveis do dia a dia familiar, nos fazendo ver o quanto risíveis e absurdos podemos ser em nossa cegueira cotidiana.”- conta Villaça, animado com o projeto.

Denise Fraga completa: “Não sei exatamente dizer o que mais me cativou na peça. Tenho fascinação pela comédia dramática. Acho que quando o Teatro nos faz rir de nossas emoções e paixões, nos ajuda a compreendê-las melhor. O texto é absolutamente divertido, mas ao mesmo tempo saímos do teatro pensando como somos ridículos, como poderíamos resolver melhor as charadas que a vida nos propõe. Divertir para fazer refletir, eis o que me encanta como atriz.
Vicky é uma mulher que já entrou em um padrão de irritação com o básico do cotidiano. É como se tivesse uma TPM crônica. Ama Nick, seu marido, mas ao mesmo tempo não consegue conter as flechas que saem de sua boca em direção a ele. Vivem numa discussão em espiral, brigam para fazer as pazes e fazem as pazes para poder brigar de novo. Quantos casais não conhecemos assim? Mas poucos sabem fazer isso com o humor com que Anya Reiss envolve esta clássica situação.
Nossos ensaios tem sido riquíssimos. Tenho como parceiro Kiko Marques, grande ator e companheiro de longa data e vamos nos afiando dia após dia neste instigante ping-pong. Os inúmeros testes e workshops nos fizeram conhecer o trabalho de Julia Novaes e esta moçada talentosíssima com quem vamos contracenar.
É um privilégio estar sendo dirigida pelo Luiz mais uma vez e tanto mais agora por estarmos no palco, este mágico e sagrado terreno.
Acho sempre que parte do sucesso de uma peça vem da necessidade, da vontade enlouquecedora de contar uma história. A simples paixão por passar adiante uma ideia que te arrebatou o coração. Foi isso, sem dúvida, que nos levou a encenar Sem Pensar e não vejo a hora de ver o público sentir o que sentimos quando tivemos contato com o texto.”


FICHA TÉCNICA:

ELENCO:

Vicky – DENISE FRAGA
Nick – KIKO MARQUES
Delilah – JULIA NOVAES
Daniel – KAUÊ TELLOLI
Carol – VIRGÍNIA BUCKOWSKI

Ana G – ISABEL WOLFENSON
Natalia – VERÔNICA SARNO
Ana M – PAULA RAVACHE
EQUIPE TÉCNICA:
Texto: ANYA REISS
Tradução: RODRIGO HADDAD
Direção Geral: LUIZ VILLAÇA
Assistente de direção: MARISTELA CHELALA
Assistente pessoal do diretor: LUIZA VILLAÇA
Cenografia: VALDY LOPES JN
Figurinos: CÁSSIO BRASIL
Iluminação: LITO MENDES DA ROCHA
Trilha Sonora: THÉO WERNECK
Visagismo: SIMONE BATATA
Coordenação Financeira: ARGEMIRO MEIRELLES
Coordenação do projeto: CLAUDIA ALVES
Direção de Produção: JOSÉ MARIA
Produção e Realização: NIA TEATRO

Sobre Anya Reiss
Nascida em Londres, em 1991, tornou-se a pessoa mais jovem a ter uma peça encenada em Londres.
Anya Reiss escreveu sua primeira peça aos catorze anos e depois disso se tornou membro do Royal Theatre´s Young Writers Programme - programa de fomento a novos autores teatrais do Royal Court Theatre. Em 2010 ela foi convidada a participar do "Grupo Avançado de Novos Autores" do Royal Court.
Sua peça de estreia "Spur of the Moment", escrita aos seus dezessete anos, entrou em cartaz no Royal Court Theatre em julho de 2010 sob direção de Jeremy Herrin. A peça foi um grande sucesso de crítica e deu a Reiss diversos prêmios como dramaturga.

Sobre Luiz Villaça, Denise Fraga e Nia Teatro
Consulte: www.niafilmes.com.br

SERVIÇO

Gênero
Drama
Temporada
até 30 de outubro de 2011
Dias
Sextas e sábados, às 21h30 e domingos, às 19h.
Duração
100 minutos
Indicação de faixa etária
10 anos
Local
TUCA – Teatro da PUC-SP
Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes - São Paulo - SP
Capacidade
672 lugares
Vendas
Pela Internet: www.ingressorapido.com.br
Central de Vendas: (11) 4003-1212
(aceita todos os cartões de crédito)
Horários de funcionamento da bilheteria:
De terça-feira à domingo das 14h00 às 20h00.
Formas de Pagamento:
Bilheteria - Para o espetáculo Sem Pensar: serão aceitos como forma de pagamento somente cartões de débito ou dinheiro.
Estacionamento conveniado:
Riti Estacionamentos - Rua Monte Alegre, 835 - R$10,00 - Tel.: (11) 3167-7111




DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA


A trama de um dos melhores filmes de tribunal da história, 12 Angry Men (EUA, 1957, de Sidney Lumet, na tradução literal 12 Homens Furiosos) está sendo encenada pela primeira vez no teatro brasileiro com sucesso de público e crítica.

Melhor espetáculo do ano, duas indicações ao Prêmio Shell (melhor diretor, Eduardo Tolentino; melhor ator, Norival Rizzo), mais de 100 apresentações e quase 30 mil espectadores, a peça de Reginald Rose, com duas versões para o cinema, com Henry Fonda e Jack Lemmon, tornou-se um clássico do teatro. Depois de duas bem-sucedidas temporadas – novembro de 2010 no CCBB-SP e 2011 no Teatro Imprensa -, o espetáculo 12 HOMENS E UMA SENTENÇA volta em cartaz dia 9 de setembro, sexta, às 21 horas, no Teatro Tucarena.

Os doze jurados devem decidir se condenam ou não à morte na cadeira elétrica um jovem acusado de assassinar o pai. Surpreendente exercício de argumentação e conflito de paixões acirradas. Adaptação inédita para os palcos do clássico filme dos anos 50, tem direção de Eduardo Tolentino e traz no elenco os atores Adriano Bedin, Brian Penido, Ricardo Dantas, Zé Carlos Machado, Oswaldo Mendes, Augusto Cesar, Fernando Medeiros, Haroldo Ferrari, Henri Pagnoncelli, Oswaldo Ávila, Riba Carlovich, Gustavo Trestini e Ivo Muller. O texto de Reginald Rose tem tradução de Ivo Barroso, encenação de Eduardo Tolentino de Araújo e cenografia e figurino de Lola Tolentino.

O calor escaldante do Verão de nova York faz o suor pingar do rosto dos 12 homens trancados a chave numa pequena e claustrofóbica "sala de júri". Depois de dias de julgamento, está em suas mãos decidir a sorte do réu. O mais importante: o veredicto precisa ser unânime. Se os 12 enclausurados jurados considerarem o réu culpado do assassinato do próprio pai, ele será executado, mas se um deles tiver uma dúvida razoável a respeito da culpabilidade, o garoto não poderá ser condenado.

Para o diretor Eduardo Tolentino, o desafio de transpor o filme para os palcos está no trabalho de atores. “Trata-se de algo que envolve ideias e discussões, por isso é importante saber como tornar isso ao mesmo tempo atraente e impactante, como no filme. Precisamos estruturar a montagem para que vá além da fala e esteja tanto no corpo dos atores como no palco.”

O filme e a história criada para a TV
Esta montagem conduz ao tablado o clássico que trazia no elenco também Martin Balsam, E.G.Marshall, Jack Warden, Ed Begley, Ed Binns, Jack Klugman. O filme, em preto e branco, recebeu três indicações ao Oscar – melhor filme, melhor direção e melhor roteiro adaptado. Henry Fonda ganhou o Bafta como melhor ator. Lumet venceu o Urso de Ouro de melhor filme no Festival de Berlim. No total, foram 13 prêmios e seis outras indicações. Fato curioso é que o filme, exceto três minutos de projeção, foi gravado dentro de uma pequena sala.

A história foi criada originalmente como uma peça feita para a TV e apresentada ao vivo em 1954 pela CBS; durante décadas acreditou-se que a apresentação original havia se perdido, até que, em 2003, houve a descoberta de uma fita gravada com o programa.

Henry Fonda viu a apresentação na TV e ficou impressionado com a peça. Reconhecendo um papel que se adequava com perfeição à sua sinceridade tranqüila e vendo a oportunidade de um filme emocionante, Fonda o produziu do próprio bolso. Entregou a direção a Lumet, um dinâmico veterano do teatro de TV ao vivo, cuja experiência lhe permitiu – e ao diretor de fotografia Boris Kaufman, outro especialista em trabalhar em espaços limitados e em preto-e-branco – extrair a tensão galopante do roteiro bem amarrado de Rose e concluir o filme em menos de 20 dias.

A telepeça de Reginald Rose recebeu uma refilmagem em 1997, também feita para a TV, com o mesmo título original. Foi dirigida por William Friedkin, o diretor de Operação França e O Exorcista. O elenco de grandes nomes tinha Jack Lemmon no papel que havia sido de Henry Fonda, George C. Scott ocupando o lugar de Lee J. Cobb, e os outros jurados foram interpretados por Armin Mueller-Stahl, James Gandolfini, Edward James Olmos e Hume Cronyn.

Entre as montagens teatrais da história no mundo, destaque para a de Harold Pinter, em 1996. Em 2003 o texto teve uma encenação aclamada no Festival de Edinburgo, com Owen O´Neill no papel do jurado 8. Vale ressaltar também a montagem do grupo Roundabout, de Nova York, em 2005, com três indicações para o TONY - melhor revival, melhor direção e melhor ator protagonista - além de vários outros prêmios.

SERVIÇO

Gênero
Drama
Temporada
09 de Setembro a 20 de novembro de 2011
Dias
Sextas e sábados, às 21h e domingos, às 19h30
Duração
100 minutos
Indicação de faixa etária
12 anos
Local
Tucarena – PUC-SP
Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes
Capacidade
300 lugares
Vendas
Pela Internet: www.ingressorapido.com.br
Central de Vendas: (11) 4003-1212
(aceita todos os cartões de crédito)
Horários de funcionamento da bilheteria:
De terça-feira à domingo das 14h00 às 20h00.
Formas de Pagamento:
Amex, Aura, Diners, Dinheiro, Hipercard,
Mastercard, Redeshop, Visa e Visa Electron.
Estacionamento conveniado:
Riti Estacionamentos - Rua Monte Alegre, 835 - R$10,00 - Tel.: (11) 3167-7111



“RODA BESTEIROLÓGIA” - DOUTORES DA ALEGRIA

Reunião de cenas extraídas do trabalho diário nos hospitais é levada ao palco bimestralmente para adultos e crianças

Os Doutores da Alegria iniciam a temporada 2010 de sua tradicional Roda Artística. Reunião de cenas vividas e experimentadas nos hospitais, o espetáculo será apresentado no palco do Teatro Tucarena. A montagem, voltada para adultos e crianças, reúne 15 palhaços do elenco paulistano da ONG que, em duplas e trios, apresentarão esquetes criados a partir das visitas aos leitos pediátricos dos hospitais.
Com um elenco de cerca de 45 palhaços profissionais que atuam em hospitais públicos de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Belo Horizonte, os Doutores da Alegria são reconhecidos em todo o país por seu profissionalismo e atuação inovadora. A organização recebeu o Prêmio Criança 1997 da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança, foi incluída três vezes na lista das 100 melhores práticas globais da divisão Habitat da Organização das Nações Unidas e recebeu também o Prêmio Cultura e Saúde, concedido em junho de 2009 pelo Programa Cultura Viva, iniciativa conjunta dos Ministérios da Cultura e Saúde.

SERVIÇO

Dias
30 de outubro
Horário
Domingos às 11h
Duração
60 minutos
Indicação de faixa etária
Livre
Local
Tucarena – PUC-SP
Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes
(Entrada pela Rua Bartira)
Capacidade
200 lugares
Vendas
Pela Internet: www.ingressorapido.com.br
Central de Vendas: (11) 4003-1212
(aceita todos os cartões de crédito)
Horários de funcionamento da bilheteria:
De terça-feira à domingo das 14h00 às 20h00.
Formas de Pagamento:
Amex, Aura, Diners, Dinheiro, Hipercard,
Mastercard, Redeshop, Visa e Visa Electron.
Estacionamento conveniado:
Riti Estacionamentos - Rua Monte Alegre, 835 - R$10,00 - Tel.: (11) 3167-7111




IMPROVÁVEL – Cia Barbixas

O mestre de cerimônia apresenta as regras do jogo, a platéia sugere os temas e os atores improvisam a cada cena. Essa é a fórmula que o trio Anderson Bizzocchi, Daniel Nascimento e Elidio Sanna encontrou para fazer com que nenhum espetáculo ‘Improvável’ seja igual ao outro. Deu tão certo que a Cia Barbixas de Humor viaja há três anos pelo Brasil conquistando mais de quatro mil espectadores por semana. Neste ano, a turnê tem estreia no Teatro Tuca, em São Paulo. Todas as quintas-feiras entre os dias 19 de maio e 30 de junho, a trupe oferece boas doses de risadas. Como uma das regras é sempre ter dois convidados especiais para completar o elenco, os principais nomes do humor nacional e internacional participam do jogo. O trabalho dos palcos é tão aclamado que rendeu os convites para os programas ‘Quinta Categoria’ na MTV e ‘É Tudo Improviso’ na Band.
Algumas apresentações da turnê são gravadas e estão na web liderando a lista dos vídeos mais vistos no País com uma média de quatro milhões de acessos ao mês. O interativo sucesso é inspirado no programa televiso britânico ‘Whose Line is It Anyway?’ e as peças brasileiras ‘Zenas Emprovisadas’ e ‘Jogando no Quintal’. Parte da turnê, que passará por dez capitais ao longo de 2011, conta com o incentivo do Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). O patrocínio cultural é da empresa 3M do Brasil Ltda. e o apoio são das empresas TVA e Cacau Show.
Fundada em 2004, a Cia Barbixas de Humor tem influência, entre outros, da série cômica inglesa Monty Python; do ator e comediante britânico Rowan Atkinson, famoso pelo seu personagem Mr. Bean; do grupo português Gato Fedorento; dos espanhóis do El Tricicle e da dupla de australianos do Umbilical Brothers. O trio estreou com o espetáculo ‘Onde está o Riso?’ e, de lá para cá, fez com que as apresentações multimídias fossem sua marca registrada e parte do sucesso da trio. Em 2010, venceu um dos eventos de improvisação desportiva de um dos mais importantes festivais de teatro do mundo, o Campeonato de Catch do Festival Internacional de Teatro de Bogotá. Este ano, a Cia Barbixas de Humor foi convidada a participar do 16º Festival de Teatro de Improvisação de Amsterdã, um dos mais antigos e tradicionais festivais de teatro da Europa.
SERVIÇO

Gênero
Comédia
Temporada
04 de agosto a 24 de novembro de 2011
Dias
Quintas-feiras às 21h30
Duração
70 minutos
Indicação de faixa etária
14 anos
Local
TUCA – Teatro da PUC-SP
Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes - São Paulo - SP
Capacidade
672 lugares
Ingressos
R$ 50,00 (Desconto de 50% para Estudantes, Maiores de 60 anos, Aposentados)
Preço especial PUC-SP
R$ 10,00 (Para estudantes, professores e funcionários da PUC sob comprovação - número de ingressos limitado a 10% da lotação do teatro)
Acesso para pessoas com deficiência
Vendas
Pela Internet: www.ingressorapido.com.br
Central de Vendas: (11) 4003-1212
(aceita todos os cartões de crédito)
Horários de funcionamento da bilheteria:
De terça-feira à domingo das 14h00 às 20h00.
Formas de Pagamento:
Amex, Aura, Diners, Dinheiro, Hipercard,
Mastercard, Redeshop, Visa e Visa Electron.
Estacionamento conveniado:
Riti Estacionamentos - Rua Monte Alegre, 835 - R$10,00 - Tel.: (11) 3167-7111

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A atriz Cris Nicolotti lançará neste sábado (15/10) o seu primeiro livro

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2011 03:20:00

A atriz Cris Nicolotti lançará neste sábado (15/10/2011) o seu primeiro livro intitulado “Os Cigarros que a gente fuma de madrugada na mesa da cozinha” (Editora Giostri).

A obra traz pensamentos secretos, libidinosos, doces e cruéis que transitam na mente das pessoas, entre os cafés e os cigarros que são consumidos na madrugada.

A sessão de autógrafos acontecerá das 16h às 19h na Livraria da Vila na Alameda Lorena, 1731, Jardins.
A atriz que se lança como escritora na vida real se prepara também para viver uma jornalista de Economia na nova série da Rede Globo “Brado Retumbante” de Euclydes Marinho.

SERVIÇO:

São Paulo
Dia: 15 de Outubro às 16h até 19h
Local: Livraria da Vila ( Alameda Lorena,1731)

Rio de Janeiro
Dia: 25 de Outubro às 19h
Local: Livraria Cultura (Shopping Fashion Mall)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Câncer de próstata é tema de transmissão ao vivo pelo Twitter nesta 5ª

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2011 03:15:00

Tumor mais comum entre os homens será abordado por especialista na Twitcam do Instituto do Câncer, a partir das 12h30, com participação dos internautas

O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), ligado à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, já marcou a data do próximo bate-papo de um especialista do hospital com os internautas.
O tema do encontro virtual no Twitter, que acontece nesta quinta-feira, 13 de outubro, a partir das 12h30, será câncer de próstata, o tipo da doença mais comum entre os homens. O objetivo da ação é esclarecer dúvidas e estimular a prevenção.
O convidado será o médico Alexandre Crippa, uro-oncologista do Icesp, que esclarecerá dúvidas sobre prevenção, diagnóstico precoce, qualidade de vida, novos tratamentos disponíveis e avanços da medicina no tratamento contra o câncer.
Para assistir, basta acompanhar o perfil do Instituto no Twitter @Icesp_ (http://twitter.com/Icesp_).
A transmissão poderá ser acompanhada através da hashtag #Icesp_previne.

Twitcam sobre câncer e prevenção
Data: Quinta-feira, 13 de outubro de 2011
Horário: 12h30
Acesso: http://twitcam.livestream.com/6fg6h

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Morre Adrian Cowell, maior documentarista da Amazônia

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2011 03:12:00

Cowell gravou 50 anos da maior floresta tropical úmida do mundo.
Ele deixou sete toneladas de filmes, que estão na PUC de Goiás.

Morreu em Londres dia 10 010/07/2011), aos 77 anos, o documentarista Adrian Cowell. O cineasta, que vinha finalizando um filme sobre a violência no Sul do Pará, deixa um legado de 50 anos de gravações dos mais diferentes cenários e situações da Amazônia.

Nada escapou às lentes de Cowell. Ele filmou a destruição da maior floresta tropical úmida do mundo, a situação dos povos indígenas, os sertanistas, garimpeiros e fazendeiros. É considerado o maior documentarista da Amazônia.
Cowell deixou sete toneladas de filmes. Esse acervo foi doado à Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Goiás, e está disponível para consultas.

**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
G1
g1.globo.com/natureza

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Poupatempo Itaquera promove a educação fiscal na semana da criança

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2011 03:07:00

Serão realizadas atividades recreativas e distribuídas cartilhas para a garotada sobre os tributos e a importância de acompanhar os gastos públicos


Nos dias 13 e 14 de outubro, o Poupatempo Itaquera volta a receber o Grupo Estadual de Educação Fiscal, desta vez, para promover a importância da educação fiscal entre as crianças.

Em ambos os dias, das 10 às 16h30, na Praça Laranja do Posto do Governo de SP, vão acontecer atividades educativas, além da distribuição de cartilhas sobre os tributos e a relevância da fiscalização e acompanhamento dos gastos públicos.

Durante a ação, serão realizados os jogos educativos “corrida” e “tabuleiro” da cidadania, entre outras atividades recreativas, como pintura para menores de 10 anos e a exibição dos filmes “O sonho de Betinho” e “O menino que enfrentou o pirata” para crianças de três a 13 anos de idade, e “Que nem gente grande” e “Cadê o Niva?” para jovens de 14 a 18 anos.

O Poupatempo Itaquera fica na Av. do Contorno, 60, ao lado da estação e funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, e aos sábados, das 7 às 13 horas. A última visita da equipe de educadores da Escola Fazendária do Estado de São Paulo (Fazesp) ao Posto aconteceu no mês de maio, em comemoração ao Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte.

Programa Poupatempo
O Poupatempo é um Programa do Governo do Estado, vinculado à Secretaria de Gestão Pública e administrado pela Prodesp – Tecnologia da Informação. Desde a inauguração do primeiro Posto, em 1997, o programa prestou mais de 298 milhões de atendimentos.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

CTN tem programação especial para garotada

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2011 03:06:00

O Centro de Tradições Nordestinas em comemoração ao Dia das Crianças traz atividades especiais para toda a garotada


O Centro de Tradições Nordestinas traz neste dia das Crianças uma programação especial para toda a garotada. No dia 12 de outubro, quarta-feira a partir das 13h00 com entrada gratuita os pais que além de dar um daqueles tradicionais presentes desejarem fazer um passeio em família com os pequenos poderão curtir momentos de muita alegria e diversão.

Haverá equipes de recreação, perna de pau, pintura facial, distribuição de doces, os personagens do Lazytown, Homem Aranha e a Mulher Maravilha e ainda sorteio de brinquedos. E para alegrar este dia ainda terão shows para a garotada até as 18h00 e depois a comemoração fica por conta dos adultos com muito forró e sertanejo.

Para quem quer comer uma comida tipicamente nordestina neste Dia das Crianças, como, por exemplo, um baião de dois com rapadura de sobremesa, o CTN conta com nove restaurantes e tem também parque temático com atrações diversas. O endereço é Rua Jacofer, número 615, no Bairro do Limão. Para mais informações acesse o site www.ctn.org.br ou ligue: (11)3488.9447.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Element leva diversão para a ONG Social Skate no dia das crianças

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2011 03:04:00

Skatistas profissionais da marca vão até a ONG levar skate e diversão para as crianças do projeto Manobra do Bem

São Paulo, outubro de 2011 - A Element, marca americana de urbanwear e skateboard, tem no seu DNA os conceitos familiares de união, estabilidade, consciência ambiental, esporte e lazer em comunidade. Como mais uma forma de reafirmar seu compromisso com a sociedade, a marca participa amanhã da festa de dia das crianças do projeto Manobra do Bem, da ONG Social Skate, presidida por Sandro "Testinha" Soares e, sua esposa, Leila Vieira, pedagoga no projeto.

Para propiciar uma tarde com diversão e muito skate, estarão presentes na ONG, nessa quarta-feira das 14h às 17h, os skatistas do time profissional da Element, como Klaus Bohms, Lucas Xaparral, Murilo Romão, Roger Mancha e Rene Shigueto.
“Propiciar momentos de alegria para essas crianças no dia em que celebramos sua existência é uma troca de grande valor. As crianças são muito importantes também para a continuidade e propagação do skate e a ONG está de parabéns por manter essa iniciativa”, afirma Roger Mancha, Team Manager da Element.

Além de pegar dicas com as feras do skate, a garotada ainda vai aproveitar os presentes (enviados por pessoas que “adotaram” cada uma das crianças nessa data tão importante para as crianças) e as comidas da festa, como carrinho de pipoca, algodão doce, cachorro quente e bolo, comprados com a verba arrecada do “Bazar do Bem”, promovido pela ONG em vários eventos de skate.
A festa é aberta e todos são convidados a compartilhar esse momento. “Tragam seus skates, venham ouvir um bom som, pois, a rua estará fechada e os obstáculos disponíveis para as manobras de skate, juntamente com os feras da equipe Element. A alegria vai ser certa!", afirma Testinha.

O projeto Manobra do Bem é mantido por meio das vendas das camisetas, que garante o já tradicional café da manhã e o lanche da tarde da molecada. Para comprar uma camiseta e ajudar o projeto envie um e-mail para: socialskate@hotmail.com

Serviço: Dia das Crianças no Manobra do Bem.
Local: Ong Social Skate. Rua Rosa 439 Calmon Viana, Poá São Paulo
Horário: das 14 às 17 horas
Dia: 12 de outubro de 2011
Apoio: Sumemo, Central Surf, Element, Session, Converse, LIVE e Colex
Sobre a Element

A Element é uma marca de skatewear fundada em 1992 por Johnny Schilleriff, nos Estados Unidos. É reconhecida internacionalmente como uma das principais representantes do esporte no mundo e como uma das únicas marcas do segmento a atuar fortemente em prol das causas ambientais. Além de criar programas para sensibilizar os jovens e de desenvolver produtos sustentáveis, a Element também se destaca por ser a primeira marca a produzir shapes de skate feitos de madeira do Maple Canadense. Para minimizar o impacto da extração da matéria prima, a Element refloresta todas as árvores usadas na fabricação dos seus shapes.
Presente em todos os continentes e em 1066 pontos de venda em todo Brasil,
a Element se destaca por atender diversos públicos sem abrir mão de suas raízes, recriando constantemente seu universo em uma vasta linha de produtos que incluem, roupas e acessórios femininos e masculinos e equipamentos próprios para a prática do skate como shapes, rodinhas e rolamentos com design diferenciado e qualidade elevada.
Para mais informações: www.facebook.com/ElementSkateboardsBrasil /

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Repor Brasil abre 300 vagas para temporários no final do ano

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/10/2011 03:02:00

Empresa busca profissionais para atuar em redes atacadistas e varejistas em todo país

A Repor Brasil, especializada na terceirização de mão de obra, contratará em todas as unidades da empresa, localizadas em São Paulo, Campo Grande, Cuiabá e Salvador, 300 trabalhadores temporários para suprir a demanda das redes atacadistas e varejistas no final do ano.

Nessa época, os supermercados e atacados têm maior movimento devido às compras de Natal, Ano Novo e férias escolares exigindo a contratação de mais profissionais para repor os produtos nas gôndolas. As vagas abertas serão para os cargos de Promotor de Vendas e Conferente de Produtos. A estimativa é que 40% desses contratados sejam efetivados ao final desse período.

Segundo o presidente da Repor Brasil, Gilmar Edson Nogueira, os recém-contratados terão a oportunidade de efetivação, caso se destaquem nas funções ocupadas. “Nosso objetivo é que nossos funcionários cresçam junto com a empresa. Por isso, sempre buscamos colaboradores que sejam dinâmicos, pró-ativos e comprometidos com o trabalho. Se observarmos essas qualidades, com certeza teremos o maior prazer em contratá-los”, explica.

Os interessados em participar do processo seletivo, que começa a partir do dia 15 de outubro, devem ter ensino médio completo, idade mínima de 18 anos e não é necessário ter experiência anterior. Os candidatos devem enviar o currículo para a Rua Tiquara, 67 – CEP: 03319-070 – Bairro Tatuapé ou encaminhar o perfil para análise no e-mail rh@reporbrasil.com.br.

SOBRE A REPOR BRASIL

A Repor Brasil, empresa especializada na terceirização de serviços de mão-de-obra, atua no mercado atacadista e varejistas há 14 anos. Com profissionais capacitados, a companhia é referência por oferecer aos seus clientes um trabalho diferenciado na organização dos produtos em gôndolas e estoques.

Com cobertura nacional, a companhia, dirigida pelo empresário Gilmar Edson Nogueira, disponibiliza recepcionistas, promotores de abordagem e de vendas, repositores de mercadorias, equipes especializadas em montagem e organização de lojas para inauguração, além de auxiliares de carga e descarga, de produção, de caixa e de empilhadeira para realização de ações específicas dentro de lojas de redes varejistas.

Além desses serviços, a Repor Brasil tambémoferece um trabalho minucioso de Inventário nos varejos, atacados, Centros de Distribuição, indústrias e almoxarifados. Com ampla experiência no segmento, a empresa realiza Inventário Total, Parcial e Rotativo e, ainda, tem know how em Inventário de Patrimônio e Inventário de Presença.

Hoje, a Repor Brasil emprega aproximadamente 1000 colaboradores e, disponibiliza para clientes como Quero, Nita Alimentos, Camil, Da Barra, Estrela Alimentos, Tampico, Panasonic, Copacol, Mika, Palmali e Bel Chocolates, entre outros, a possibilidade tanto de trabalharem com promotores exclusivos para suas marcas dentro das lojas, quanto de terem promotores consorciados que atende diversas marcas simultaneamente, em uma única loja, onde seus promotores(as) não perde tempo em deslocamento de loja em loja, trabalhando todos os dias da semana na mesma loja.

Essa forma de prestação de serviço, através do sistema de consórcio, surgiu de um consenso entre várias empresas que apontaram a necessidade de abastecer os canais de venda, otimizando o trabalho do contratado com redução de custos. Essa é uma inovação criada pela Repor Brasil e que a empresa oferece para seus clientes agregando uma série de serviços a este sistema de trabalho.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Oficialmente confirmada a Entidade Vencedora de 2011 pelo Projeto Social Espaço Digno

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/09/2011 14:11:00

Conforme havíamos anunciado, estamos divulgando o resultado do evento promovido pelo Projeto Social Espaço Digno, de acordo com as informações gentilmente prestadas por seu diretor Ilmo Senhor Marco Aurélio de O. Silva ao qual confirmamos oficialmente, que:




































A entidade Vencedora (significativamente mais votada), a ser beneficiada no ano de 2011, é:

O *Centro Socioeducativo Santo Aníbal se mantém firme trabalhando e exercendo ações importantes e fundamentais para aproximadamente 183 crianças, em situação de risco e vulnerabilidade pessoal e/ou social mesmo que ainda em instalações precárias e de madeirite.

Mas, que abençoadamente agora, através do projeto Espaço Digno, poderá melhorar suas condições físicas, com a ajuda de arquitetos, decoradores e empresas da construção civil.

A senhora Diane Galdino é a Responsável Legal do Centro Socioeducativo Santo Aníbal. Seu endereço e Contatos:
Telefone: (61) 3301-1960
Email: centrosocialsantoanibal@gmail.com
Endereço: localizada na QE 40 RUA 20 LT 2 - POLO DE MODAS - Guará II.
Atende aproximadamente 183 crianças em situação de risco e vulnerabilidade pessoal e/ou social de 1 a 5 anos, oferecendo café da manhã, almoço, lanche e jantar. A instituição conta com doações para se manter.

Por: Elizabeth Misciasci Redação
zaP! ®


O Movimento Maria Cláudia Pela Paz, através de sua Presidente, Srª. ** Cristina Del’Isola , num dedicado incentivo, endossando com referências, á seriedade do Projeto Social Espaço Digno, salientou sua importância e finalidade da iniciativa. Propiciando uma rápida visão, no entanto abrangente pautando a necessidade das entidades participantes, pelo enfoque maior, em relação aos benefícios, objetivos, critérios, ações do Projeto, deu-nos um norte.
Igualmente como: as Mulheres Missionárias Rogacionistas, A Jovem Bia Roscoe do Love Pink Up! e todos que integraram a Corrente do Bem...
Atribuindo, portanto maior Credibilidade Motivadora, levando muitos a acessar, interessados em obter um conhecimento maior do Projeto Social Espaço Digno e assim também, saber um pouco mais das instituições finalistas.

Com Incondicional Apoio, intensa divulgação, extensa promoção e Distribuições de Mailings, entretanto, declinando e solicitando colaboração quanto a votação ao Centro Socioeducativo Santo Aníbal, o Movimento Maria Cláudia Pela Paz, através de sua representante, acrescentando, somou positivamente á sociedade como um todo, já que, apresentando, convidando, sugerindo e indicando, provocou sentimento de solidariedade, despertou "novos olhares direcionados" à frente de nossa realidade social, propiciando conscientização, conhecimento e comoção de muitos...

Também Abraçamos a Causa, entre tanta Gente do Bem que se uniu-se ao Propósito

"Abraçando" essa Nobre causa, pela importância das ações promovidas, objeto que sobrevêm ao seu final, pela credibilidade da indicação, por todos os participantes concorrentes, cada qual, emocionantes iniciativas com necessidades emergenciais, também buscamos nos inteirar e conhecer um pouquinho mais sobre cada entidade finalista, tanto quanto os critérios adotados pelo órgão idealizador e as finalidades resultantes da realização desse evento pelo: - Projeto Social Espaço Digno.

A união solidária de pessoas dispostas, engajadas por ações voltadas pelo bem comum e atuantes em prol do semelhante sempre faz a diferença

O que por fim, indubitavelmente, aguçando, provocou a conquista de um representativo número de Acessos ao Site Oficial do Espaço Digno, novos visitantes, possíveis parcerias futuras e consequentemente aumento dos Votos.

Portanto, o Projeto zaP! ®, e seus respectivos veículos de Comunicação, foram mais um aliado à referendar, divulgando o Espaço Digno. e as entidades filantrópicas finalistas.

O Espaço Digno, promoveu enquete para votações, afim de poder beneficiar devidamente entidade séria, de atuação significativamente importante, totalmente envolvida com desenvolvimento de ações solidárias e pleno comprometimento de atuação voltado para melhorar a vida de muitos.


Sobre o Projeto Social Espaço Digno

Visando atender instituições filantrópicas comprovadamente sérias e comprometidas que necessitam de um espaço físico adequado para o desenvolvimento das suas atividades. As obras de reforma, ampliação ou construção são executadas por meio de parcerias com profissionais e empresas da área da construção civil e deverão ser realizadas num prazo máximo de cinco (cinco) meses, contados a partir da data de aprovação do escopo da obra.

Cada profissional e/ou escritório de arquitetura ou decoração fica responsável pela reforma de um ambiente, seguindo os mesmos moldes do que ocorre em mostras de decoração. Os materiais e a mão de obra utilizada são doados por patrocinadores diretos e indiretos e por empresas que apóiam os profissionais envolvidos.

Principal Objetivo

O principal objetivo do Projeto Social Espaço Digno é identificar e ajudar instituições que precisam de espaços dignos para desenvolver ações solidárias que visem melhorar a vida do próximo.

Como o Projeto Espaço Digno, selecionou as entidades participantes?,

- Representantes do Projeto Social Espaço Digno, foram pessoalmente checar cada entidade inscrita, corroborando assim, as informações prestadas, bem como as condições do local concorrente.
Os mantenedores de cada entidade foram entrevistados e a situação legal de todas as instituições foi apurada com rigor, junto aos órgãos competentes.

A Comissão Técnica do Projeto Espaço Digno, visitando avaliou diversas entidades, tanto as inscritas, como também as inúmeras sugestões que foram enviadas pelo público.

Entre todas as instituições avaliadas, foram pela Comissão Técnica, selecionado 5 finalistas.

Após todos esses procedimentos e escolha das instituições concorrentes e ** finalistas, as mesmas foram acrescentados em uma lista disponibilizada no Portal Oficial do Projeto Espaço Digno,
( www.espacodigno.org ), com um breve resumo de cada entidade, e, aberta para que os internautas, visitantes, leitores e público em geral, pudessem então votar.

Votação em Urnas

O processo de votação não se limitou apenas na participação e apuração de votos online, também foram utilizadas urnas, desde o dia 22 de agosto de 2011, que em pontos estratégicos do Distrito Federal, permitiram apenas um voto por pessoa.

** As Cinco instituições finalistas que concorreram foram:

** Casa do Menino Jesus
** Centro Socioeducativo Santo Aníbal
** Creche Estrela Guia
** Lar dos Velhinhos São Francisco de Assis
** Centro de Valorização da Vida


Portal Oficial do Projeto Social Espaço Digno,
( www.espacodigno.org )


*Veículos de Comunicação zaP!®
www.jornalista.eunanet.net
www.revistazap.org
**

Diretora Responsável e Editora de Conteúdo
Elizabeth Misciasci
*zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos zaP!®
Ações do Projeto zaP!®
Publicação, divulgação, distribuição pelos Veículos zaP!®

Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Vacinação continua sendo a melhor arma contra a poliomielite

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/09/2011 11:47:00

Frente à polêmica recente de efeito adverso em criança em Minas Gerais, pediatra reitera a necessidade de continuidade de vacinação e alerta para necessidade revisão do sistema.

Graças à vacinação em massa, realizada no Brasil e em muitos outros países, a poliomielite, conhecida popularmente como paralisia infantil, está praticamente erradicada, com algumas exceções ainda em países do sudoeste asiático e da África. Nos últimos anos, porém, os Estados Unidos apresentaram casos de poliomielite, provenientes do vírus atenuado da vacina Sabin. Os atingidos foram crianças imunodeprimidas por doenças como o câncer, AIDS, leucemias, ou vítimas de outras doenças - e também crianças medicadas com imunossupressores (principalmente os transplantados), e que tiveram contato com crianças saudáveis, recém-vacinadas, adquirindo assim a doença.

Estes casos motivaram a substituição da vacina Sabin - preparada com vírus da poliomielite atenuado em laboratório - pela vacina Salk, constituída de partículas virais que, por não conter o vírus vivo, não predispõe a tal contaminação. Mas o pediatra membro da Sociedade Brasileira de Pediatria, * Dr.Sylvio Renan Monteiro de Barros, explica que no Brasil tal substituição ainda não foi efetuada, permanecendo no calendário oficial de imunizações do Ministério da Saúde a vacina Sabin. Segundo ele, a Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda em seu calendário de imunizações a vacina Salk, que é a mesma recomendada da Academia Americana de Pediatria e reitera a importância desta indicação pela recente noticia publicada na imprensa sobre uma criança de um ano e quatro meses, do estado de Minas Gerais, que teria apresentado sinais da doença em consequência da vacina Sabin.

"Não há informação de doença prévia desta criança e por isso é preciso aguardar os resultados das pesquisas, mas em caso de confirmação de ela ter sido contaminada pelo vírus atenuado da poliomielite da vacina Sabin, há que se repensar todo o processo de vacinação oficial no Brasil, com a mudança rápida da vacina Sabin para a Salk, no sentido de não termos outras crianças acometidas pelo mal", alerta o pediatra.

Um dado importante a ser citado é que atualmente as clínicas particulares, em sua grande maioria, não utilizam mais a vacina Sabin, e sim a Salk, na vacinação de rotina de seus pacientes.

Para os pais e cuidadores, dr. Sylvio reforça que a atual vacina ainda é a melhor arma para erradicar e proteger as acrianças contra a paralisia infantil, lembrando que as crianças imuno-deprimidas não recebem a vacina Sabin e que devem evitar contato com crianças recém-vacinadas com Sabin.

Entendendo a Poliomielite - A doença é provocada por um enterovirus da família Picornaviridae (que significa vírus de RNA pequeno), que gera sintomas de febre e diarréia."Quando atinge o sistema nervoso, leva a uma paralisia assimétrica, geralmente dos membros inferiores, provocando a diminuição ou perda da função da marcha. Algumas vezes, acomete nervos de membros superiores ou do tórax, levando a impossibilidade da respiração, podendo evoluir para a morte.

*Dr. Sylvio Renan Monteiro de Barros

O dr. Sylvio Renan Monteiro de Barros, autor do livro "Seu bebê em perguntas e respostas - Do nascimento aos 12 meses", é médico formado em 1974 pela Faculdade de Medicina do ABC. Especializou-se em pediatria na Unifesp/EPM, obtendo em seguida título pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

Além de curso de especialização prática pela General Pediatric Service da University of California - Los Angeles (Ucla) e a participação em diversos simpósios do setor, dr. Sylvio atuou por quase 30 anos no Pronto Socorro Infantil Sabará e foi diretor técnico do Hospital São Leopoldo, cargo que deixou para se dedicar ao seu consultório, a MBA Pediatria, e à literatura médica para leigos.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A coreógrafa Carmen Gomide fará uma única apresentação do Espetáculo - LATITUDE 35º - Gratuito em Suzano

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/09/2011 11:45:00

APRESENTADO NO GALPÃO DAS ARTES ÀS 20H. FAZ PARTE DA PROGRAMAÇÃO UM WORKSHOP SOBRE DANÇA CONTEMPORÂNEA NO CENTRO DE EDUCAÇÃO E CULTURA FRANCISCO CARLOS MORICONNI ÀS 15H

LATITUDE 35º é inspirado no oráculo milenar, o “I Ching”, que fornece uma importante chave para compreender e explicar o mundo e os fatos cotidianos. Ao reinterpretar esse oráculo chinês (utilizado como meio de auto - conhecimento desde o século VI A.C.) por meio de elementos coreográficos e cênicos, aquilo que se expressa sob a forma de metáfora ganha materialidade e adquire um significado contemporâneo.

Nesse sentido, ao atualizar o “Livro das Mutações”, o espetáculo LATITUDE 35º, renova o patrimônio simbólico e cultural dessa obra, e sua importância para a criação de pontes entre o Oriente e o Ocidente.

A adoção do “acaso” na composição cênica e coreográfica de LATITUDE 35° se deu a partir da interpretação de dez diferentes conjunções de “acasos” – revelados por meio dos chamados hexagramas – espécie de ideograma formado a partir de 6 linhas contínuas, ou interrompidas. Os hexagramas são obtidos através do jogo de 3 moedas, ou 49 varetas. Transformados em protocolos cênicos, esses “acasos” construíram a dramaturgia das cenas inspiradas na transcriação dos elementos propostos nos hexagramas por meio do corpo.

Nesse contexto, a idéia principal é entrar no universo da performance art, onde o performer é a ponte de contato, o xamã contemporâneo que permite traduzir e combinar elementos que permitirá ao coreógrafo e ao público realizar novas interpretações da obra de forma que cada momento tenha seu caráter único. Os momentos únicos, diz Jung, “podem deixar marcas duradouras”.

A idéia de impermanência, daquilo que se reconstrói e que se esvai nos leva para a idéia de que a matéria que se tornou o suporte desta pesquisa é uma caixa de arroz, um material que permite construir e apagar, para depois reconstruir novamente, um palimpsexto de idéias que se sobrepõe, e criam uma textura, um novo texto que é suporte para as idéias colhidas dos hexagramas, e daquilo que acontece no corpo do artista, ampliando a questão do acaso como fonte de busca e expressão das idéias.

LATITUDE 35º tem criação, concepção e interpretação de Carmen Gomide, direção de Mariana Muniz, o com música original composta por Lívio Tragtenberg. Com figurino assinado por Tânia Marcondes, Cenografia de Júlio Dojcsar CasadaLapa, o projeto de Luz é de Silviane Ticher, e vídeo arte de VJ Scan

LATITUDE 35º é um espetáculo realizado com apoio do Governo de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura – Programa de Ação Cultural 2010 e da Prefeitura Municipal de Suzano.

WORKSHOP

A coreógrafa Carmen Gomide irá ministrar o workshop “Um processo criativo na interface dança, performance. O corpo suas vivências, memórias e formações”.

A Dança e a Performance Art, vieram ao longo do séc. 20, contaminando-se mutuamente. É possível perceber que as fronteiras estão mais livres observando o processo de criação dos artistas contemporâneos, esta contaminação vem ocorrendo ao longo de várias décadas e hoje é possível identificá-las tanto na criação como no discurso.

Este Workshop tem com finalidade investigar o processo de criação a partir das várias influências, que estamos sujeitos diariamente, dando voz às experiências que o corpo traz e nem sempre expressa, utilizando para isso nossas memórias, por meio de movimentação corporal, jogos, técnicas de dança contemporânea.
Como argumentação, usa-se ao final de cada aula a expressão verbal para trazer a voz de cada um, parte de um processo necessário ao despertar da consciência corporal no presente, para redescobrir e entender, na experiência do tempo presente, qual é o corpo que está vivendo a experiência do hoje.


DEBATE

Após a apresentação do espetáculo será realizado um debate com o público, com o objetivo de explicitar os caminhos percorridos durante todo o desenvolvimento do processo de concepção do espetáculo, além de responder às curiosidades dos participantes.

Esses debates com o público são importantes na formação de novas plateias para a dança contemporânea, pois acaba esclarecendo dúvidas e estreitando o entendimento da linguagem, além do contato que sempre é gerador de conhecimento para ambos.


CARMEN GOMIDE

Carmen Gomide é bailarina, coreógrafa e pesquisadora em dança contemporânea e performance art. Bacharel em Comunicação e Artes do Corpo pela PUC de São Paulo. Estudou como bolsista no Joffrey ballet em Nova Iorque. Atuou profissionalmente como bailarina do Balé da Cidade de São Paulo de 1988 a 1990; Balé Opera Paulista de 1991 a 1993; Parsifal ,obra do diretor Jorge Takla e Aulis, com direção de Celso Frateschi e Elias Andreato.

Trabalha como produtora, coreógrafa e pesquisadora desde 1992, sendo autora das obras: Terra Estranha, La Danaide, Corpo Jubiloso: Carne Selvagem, Adiamento, entre outras. Como coreógrafa participou do projeto O Feminino na dança, no Centro Cultural São Paulo, como convidada das Bienais do Sesc Santos de 2000 e 2002, de projetos de fomento à dança em parceria com a Cultura Inglesa, Instituto Goethe, Cooperativa Paulista dos Bailarinos Coreógrafos e Festival de Inverno de Ouro Preto .

Em 2001, ganhou o Prêmio Encena Brasil, da Funarte, pelo projeto 8 Dogmas Novas Dobras, juntamente com o núcleo Tandanz, com a coreografia Adiamento,sob a direção de Renato Cohen. Em 2003, concluiu a Graduação em Comunicação e Artes do Corpo com o projeto teórico e de criação cênica, Para Faca, Relógio e Bala, sobre o poema “Uma Faca só Lâmina”, de João Cabral de Melo Neto. Em 2006, fundou a Cooperativa Paulista de Dança (www.coopdanca.com.br), juntamente com 20 profissionais da dança.

Estreou (Re)volta em setembro de 2006, trabalho de pesquisa em dança e performance, sob a direção da atriz e coreógrafa Mariana Muniz, na Galeria Olido em SP e recebeu os prêmios Klauss Vianna e Caravana Funarte Petrobrás de Circulação Nacional, ambos pela Funarte. Além disto, foi agraciada com o prêmio para uma nova criação pelo 11o Festival Cultura Inglesa, para a produção do espetáculo “Corpo Erótico”.

Em 2009, estreou “Desvio para o vermelho”, projeto de sua autoria que foi contemplado com 5º Fomento a dança para a cidade de São Paulo. No mesmo ano, Gomide foi convidada para participar da mesa “A organização e estrutura do mercado para as artes do espetáculo: o papel do agente e do manager”, da International Society for the Performing Arts ( ISPA).

SOBRE O I CHING

O I Ching ou Livro das Mutações, é um texto clássico chinês composto de várias camadas, sobrepostas ao longo do tempo. Popularizado na década de 1920, pelo sinólogo alemão Richard Wilhelm, e, duas décadas depois por Carl Gustav Jung, o “I Ching” terá papel de relevo na formação da chamada “contracultura”, nos anos 1960.
É um dos mais antigos e um dos únicos textos chineses que chegaram até nossos dias, no século XX ficou conhecido no ocidente como "mudança" ou "mutação".
O "I Ching" pode ser compreendido e estudado tanto como um oráculo quanto como um livro de sabedoria. Na própria China, é alvo do estudo diferenciado realizado por religiosos, eruditos e praticantes da filosofia de vida taoísta.


ESPETÁCULO LATITUDE 35º

Galpão das Artes
Telefone: (11) 4747 4180

ENTRADA GRATUITA
Dia: 16 de setembro ( sexta – feira)

Retirada dos ingressos com 1 hora de antecedência no local
Endereço: Rua: Nove de Julho, 267 – Centro - Suzano
Horário da Apresentação: 20h
Capacidade: 80 lugares
Duração: 50 minutos
Classificação: Recomendado para maiores de 14 anos
Tem acesso para deficientes: Não
Não tem estacionamento: Não

Criação, Concepção e Interpretação: Carmen Gomide
Direção Artística: Mariana Muniz
Música Original: Livio Tragtenberg
Figurino: Tânia Marcondes
Cenografia: Júlio Dojcsar CasadaLapa
Iluminação: Silviana Ticher
Vídeo Arte: Vj Scan
Fotos: Arthur Guttilla
Produção: Cristiane Klein (Dionísio Produção)

WORKSHOP - GRATUITO
Limite de participantes: 20

CENTRO DE EDUCAÇÃO E CULTURA FRANCISCO CARLOS MORICONNI
Rua: Benjamin Constant, 682 – Centro – Suzano

Dia: 16.09.11
Horário: 15h
Duração: 90 minutos

A INSCRIÇÃO PODE SER FEITA NO PRÓPRIO LOCAL
pré – requisito para participar : INICIANTE EM DANÇA

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

CTN apresenta o Festival de Cordel

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/08/2011 01:36:00

**Evento reunirá diversas atividades ligadas à literatura e cultura


















A literatura de cordel é um tipo de poema popular, originalmente oral ou cantada, uma tradição nordestina que sobrevive ao tempo devido à beleza da simplicidade dos versos e suas histórias.

O tema cultural é interessante e muito lembrado atualmente, como por exemplo, na novela intitulada "Cordel Encantado".

Para manter viva esta cultura e rememorar a importância e a particularidade desta tradição, o CTN, Centro de Tradições Nordestinas, apresenta de 11 de agosto a 6 de outubro, o Festival de Cordel.

O projeto visa realizar um evento onde a literatura de cordel seja analisada, estudada e discutida.
Serão 5 oficinas de cordel, 5 de xilogravura, 4 saraus de repentes e cordel, 5 sessões de cinema, uma palestra intitulada "Literatura de Cordel - Origens, Características e Principais Poetas" com o estudioso de cultura popular Assis Ângelo.

Além de tudo isso, o CTN ainda promoverá um concurso onde trabalhos profissionais e amadores de literatura de cordel, serão analisados, os três primeiros colocados serão premiados e os 20 melhores cordéis serão publicados em um kit que será enviado às bibliotecas públicas do estado de São Paulo.

O regulamento do concurso está disponível no site do Festival de Cordel e as inscrições podem ser feitas pelo email: festivaldecordel@ctn.org.br.

O concurso visa promover a literatura de cordel e também criar uma oportunidade para todos aqueles que participarem do sarau, das palestras e demais atividades, para que também possam ser incentivados a desenvolverem o seu próprio trabalho.

**Para obter mais informações e se inscrever acesse o site:
www.ctn.org.br/festivaldecordel
ou www.festivaldecordel.com.br

Serviços: Festival de Cordel

Data e horário Atividade Local

**Dia 11/08 das 19h às 22h
Cerimônia de abertura oficial com apresentação do projeto, objetivo, concurso, premiação e entidades parceiras. Palestra: “Literatura de Cordel: Origens, Características e Principais Poetas” com o estudioso de cultura popular Assis Ângelo.
CTN - Centro de Tradições Nordestinas – Rua Jacofer, 615, Limão, São Paulo/SP

**Dia 11/08 das 19h às 22h

**Abertura das inscrições do concurso A inscrição dos cordéis para o concurso dar-se-á através do envio das obras por correio ou através do site:

www.ctn.org.br/festivaldecordel

**Dia 13/08

Oficina de Xilogravura e Cordel, Sarau e Sessão de Cinema.
Casa de Cultura Antonio Marcos-Rua Irineu Bonardi, 169, Vila Pedroso, São Miguel Paulista/SP.

**Dias 13 e 14/08 Sarau, Cinema, Oficina de Xilogravura e Palestra sobre Cordel Casa de Cultura do Butantã-Rua Junta Mizumoto, 13, Jardim Peri-Peri, São Paulo/SP

**Dia 18/08

Oficina de Xilogravura e Cordel, Sarau e Sessão de Cinema.
Grupo da Melhor Idade do Jardim Popular-Rua Conceição de Brejaúva,617,Jardim Popular,São Paulo/SP.

**Dias 20/08 e 21/08 Sarau, Cinema, Oficinas de Xilogravura e Cordel. Cine Favela-Rua da Alegria, 63, Heliópolis, São Paulo/SP.

**Dia 29/08 Oficinas de Xilogravura, Cordel e Cinema CTN-Avenida Jacofer, 615, Casa Verde, São Paulo/SP.


**Dia 11/09 Encerramento do prazo de inscrições

Para envio via internet o prazo se encerrará até 23h59. Para envio via correio, somente serão recebidos os cordéis postados até dia 09/09.


**De 12 até 21/09

Apuração dos resultados
Leitura e classificação dos cordéis inscritos.


**Dia 22/09 Divulgação dos Resultados Divulgação dos 20 melhores cordéis no site:
www.ctn.org.br/festivaldecordel


**Dias 22 e 23/09 Interposição de recursos
Interposição de recursos dos participantes, questionando o resultado do concurso.


**Dia 26/09 Publicação do julgamento dos recursos

Publicação do julgamento dos recursos.
www.ctn.org.br/festivaldecordel


Dia 06/10 das
19h às 22h

Abertura da exposição de cordéis inscritos e dos trabalhos das oficinas.
Cerimônia oficial de encerramento do festival com a premiação dos vencedores do concurso.

**CTN-Centro de Tradições Nordestinas -Rua Jacofer, 615, Limão, São Paulo/SP.

Portal Oficial do CTN **- **

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Operação Cata-Bagulho percorre As Ruas Do Bom Retiro Neste Sábado (13)

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/08/2011 01:28:00

Serviço percorre todas as ruas da região; morador deve fazer o descarte dos objetos em frente de casa, das 7 às 12h

Neste sábado (13), a Subprefeitura Sé realiza a quarta operação Cata-bagulho do ano no Bom Retiro. O distrito, que terá todas as vias contempladas, já soma 58 toneladas, coletadas desde janeiro deste ano.

O serviço, solução alternativa e gratuita para o descarte de móveis e objetos inservíveis, percorrerá todas as ruas dentro do perímetro formado pela avenida Pacaembu, rua Doutor Veiga Filho, rua Jaguaribe, rua Amaral Gurgel, Largo do Arouche, avenida São João, avenida Duque de Caxias, rua Mauá, Linha CPTM/Alameda Cleveland, viaduto Engenheiro Orlando Murgel, avenida Rudge, ponte da Casa Verde, avenida Doutor Abraão Ribeiro e Viaduto Pacaembu.

Visualize no mapa o roteiro da operação:
























O descarte de materiais em desuso, como móveis velhos, madeiras, pneus usados e eletrodomésticos quebrados, deve ser feito entre 7 e 12 horas do sábado. Para que, na seqüência, sejam recolhidos pelas equipes da Subprefeitura, evitando o despejo irregular por parte da população é realizado.

Cata-bagulho

Desde janeiro deste ano, foram realizadas 29 operações Cata-bagulho na região central da cidade, que acumulam cerca de 696 toneladas de materiais descartados pela população.

O calendário anual completo e o itinerário do serviço podem ser consultados no site da Subprefeitura.

Entulho

O serviço de Cata-bagulho, no entanto, não recolhe lixo domiciliar, nem resíduos gerados pelas atividades de construção civil, como fragmentos de tijolo, areia, cimento e caliça. O descarte de até 1 m³ de entulho, que corresponde a uma caixa d'água de mil litros ou 25% de uma caçamba, pode ser feito nos Ecopontos. Na região central, uma unidade funciona nos baixos do Viaduto Glicério e outra, na Liberdade.

Já os grandes geradores de entulho devem contratar uma empresa cadastrada na Prefeitura, que faz a retirada, transporte e o descarte de forma apropriada. A relação dessas empresas está no site www.prefeitura.sp.gov.br.

Lixo eletrônico

A Central de Triagem de Lixo Eletrônico, localizada na Barra Funda, é a primeira da Cidade a recolher e reaproveitar eletrodomésticos como televisões, rádios, microondas, peças de computador, monitores, teclados, mouses, aparelhos telefônicos e fotográficos, dentre outros. Os interessados em se desfazer de peças eletrônicas podem levá-las gratuitamente até Central, ou ainda, solicitar a retirada dos objetos pelo telefone 3666-0849. Mais informações no site www.coopermiti.com.br.

Serviço
Cata-bagulho no Bom Retiro
Data: 13/8/11
Horário para depósito de materiais pelos moradores: das 7 às 12 horas
Grátis

Ecoponto Glicério
Local: Avenida do Estado, esquina com rua Nova, Baixos do Viaduto Glicério
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 8 às 18 horas. Domingo, das 7 às 14 horas

Ecoponto Liberdade
Local: Rua Jaceguai, 67, próximo ao Viaduto Guilherme de Almeida e Avenida Liberdade
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 8 às 18 horas. Domingo, das 7 às 14 horas

Ecoponto Armênia
Local: Rua General Carmona, 140; próximo à Avenida Tiradentes, altura da Praça Bento de Carmago Barros
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 8 às 18 horas. Domingo, das 7 às 14 horas

Central de Triagem de Lixo Eletrônico - Coopermiti
Local: Rua Doutor Sérgio Meira, 268 - Barra Funda
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8 às 17 horas. Sábado, das 9 às 13 horas

**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Estudantes interessados em estágio no segundo semestre devem atualizar cadastro no CIEE

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/08/2011 00:41:00

O segundo semestre de aulas coincide com um bom número de oportunidades de estágio em empresas e órgãos públicos parceiros do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). São cerca de 9 mil vagas disponibilizadas pelo site do CIEE diariamente. Com o fim do primeiro semestre, novas oportunidades surgirão, já que o final de cada período letivo coincide com o término de muitos contratos de estágio. Em diversas situações, a inclusão da informação de que o aluno avançou uma fase em seus estudos de inglês, por exemplo, pode fazer toda a diferença entre a contratação ou a rejeição de um candidato.

“Para aproveitar as oportunidades, é importante que os interessados acessem o Portal do Estudante (www.ciee.org.br) e atualizem seus dados, aumentando as chances de serem convocados para processos seletivos”, explica Eduardo de Oliveira, superintendente de operações do CIEE. Estudantes ainda não cadastrados também podem fazê-lo gratuitamente. Caso prefira, a atualização dos dados pode ser feita nas unidades e postos de atendimento do CIEE.

De acordo com Oliveira, o estágio é uma ótima forma de o estudante iniciar-se no mundo do trabalho. “Por meio dessa atividade, o jovem tem a oportunidade de aprender a prática da área que escolheu seguir. O estagiário de ensino médio, por sua vez, será beneficiado com a aquisição de posturas comportamentais e pessoais requeridas pelo ambiente corporativo, sem mencionar o contato que terá com várias áreas de atuação, o que o auxiliará na escolha da futura profissão”, completa.

SOBRE O CIEE

Fundado há 47 anos, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) é uma organização não governamental (ONG), filantrópica e sem fins lucrativos, que tem como finalidade principal a inclusão profissional de jovens estudantes no mercado de trabalho, por meio de programas de estágio e de aprendizagem, contando com a parceria de 250 mil empresas e órgãos públicos de todo o País. Mantido pelo empresariado, sua atuação se pauta pela legislação específica: a Lei 11.788/2008 para o estágio e a Lei 10.097/2000 para a aprendizagem.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Disk Detran.SP já opera na Grande São Paulo

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/08/2011 00:37:00

Pelo número (11) 3322-3333, cidadão pode tirar dúvidas sobre emissão de documentos, prazos, taxas e ainda fazer críticas, elogios e sugestões

O novo Disque Detran.SP, central telefônica para atendimento ao cidadão, já está disponível para quem mora na Capital ou nos municípios da Grande São Paulo, abrangidos pelo DDD 11.

Pelo número (11) 3322-3333 é possível tirar dúvidas ou obter mais informações sobre a emissão de documentos, prazos e taxas obrigatórias para solicitar os serviços do Detran.SP.

O horário de atendimento ao cidadão é de segunda a sexta-feira, das 7h às 20h, e aos sábados, das 6h30 às 15h.

Em breve, a central de atendimento estará disponível para os demais municípios do Estado de São Paulo.

Por telefone, é possível, ainda, fazer críticas, elogios e sugestões para a melhoria dos serviços prestados pelo Detran.SP.


**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Detran SP e
Assessoria de Imprensa

*

Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Multinacional americana comemora início das operações no Brasil

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/08/2011 00:30:00

A JAN-PRO, multinacional americana que acaba de se instalar no Brasil, firmou seus primeiros contratos no País, superando as primeiras expectativas.

O plano de expansão em terras tropicais é considerado pela JAN-PRO Internacional como sendo o melhor início de atividade que uma região já teve ao longo de seus 20 anos de experiência.



A operação comercial da empresa no País começou oficialmente na 20ª ABF Expo Franchising, em São Paulo.
- “Durante os quatro dias de feira, mais de 300 pessoas visitaram nosso estande e 108 empreendedores entraram em contato, logo após o evento, interessados em abrir uma franquia JAN-PRO”, sinaliza o diretor comercial da JJAN-PRO no Brasil, José Cabral. Desse montante, 25% refere-se a candidatos da cidade de São Paulo, 15% do interior do estado e os 60% restante, de diversas regiões do país, como: Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Curitiba.

Expansão a passos largos

Em menos de três meses de atuação no Brasil, a empresa já entregou 12 Circulares de Oferta para candidatos em São Paulo, agendou a assinatura de quatro contratos de franquia para o mês corrente e já possui treinamentos previstos para agosto, com o início das prestações de serviço de limpeza em setembro. “Os resultados conquistados, em tão curto espaço de tempo, refletiu a qualidade do programa de franquia da empresa e a sua rápida adaptação ao mercado brasileiro. Essa realidade fez com que a JAN-PRO Internacional ampliasse seu suporte às operações locais, resultando, inclusive, na visita antecipada da diretoria ao país para a realização de Road Show em setembro”, informa Cabral.

Dado o cenário favorável, a JAN-PRO adiantou os planos de abertura dos pontos regionais, ou seja, franqueados responsáveis por vender e gerenciar as demais franquias unitárias em determinada localidade. “Nossa estimativa, é conquistar, ainda esse ano, franquias regionais para o Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Curitiba”, detalha Cabral. “Nesse caso, o investimento mínimo gira em torno de R$ 150 mil (taxa de franquia + capital de giro) e o retorno é obtido após a venda da quarta franquia unitária”, garante o executivo.

Perspectivas nas praças

Em São Paulo, por exemplo, a empresa espera abrir quatro franquias por mês até o final do ano. “Nosso diferencial em relação à concorrência é que todos os novos franqueados já possuem um contrato garantido para iniciar a operação”, comenta o executivo explicando que os franqueados regionais terão a meta de abrir 12 novos pontos por ano, fechando 2011 com, pelo menos, 50 franqueados.

Já no Rio de Janeiro, há 45 empresários interessados na JAN-PRO, dos quais 12 já receberam a Circular de Oferta e quatro aguardam a análise da empresa para iniciar o negócio em novembro, ocasião que reforçará a presença do empreendimento na ABF Expo RJ.
“Em Salvador, Brasília, Curitiba, Porto Alegre e Recife as ações da empresa seguem em ritmo acelerado, o que reforça o interesse de diversos empresários que estão fora da região sudeste”, informa Cabral.

Dessa forma, a JAN-PRO pretende atingir, em agosto de 2012, a marca de 100 franquias em operação. Com receita média de R$ 30 mil por franquia, o objetivo da empresa é alcançar o faturamento anual de R$ 36 milhões somente no primeiro ano de atuação no País. De acordo com Cabral, o potencial brasileiro deve chegar a duas mil franquias em cinco anos e, para atingir esta meta, a multinacional aposta em tecnologia e traz para o Brasil um exclusivo sistema de desinfecção de ambientes, que permite eliminar 99% das bactérias, o enviroshield.

“O mercado de franquias nunca esteve tão aquecido no país e esse é um dos aspectos que acontece em decorrência do novo modelo de consumo dos brasileiros”, afirma Cabral. “Só em 2010, cerca de 20 milhões de pessoas migraram para a classe C, aquecendo a economia. E a ideia de assumir o próprio negócio é o que faz da microfranquia da JAN-PRO, através do planejamento estratégico e do acompanhamento do franqueador, a possibilidade de realização de um sonho”, destaca o executivo.

Modelos de Franquia JAN-PRO

A JAN-PRO oferece três modelos de franquia: a microfranquia –a partir de R$ 5 mil-, a franquia gerencial –a partir de R$ 25 mil- e a franquia empresarial –a partir de R$ 46,8 mil-. Em todas as opções, o franqueado recebe apoio e treinamento antes de iniciar as operações. O diferencial está na garantia do primeiro contrato. “Assim que o empreendedor fecha contrato conosco, garantimos o primeiro cliente, com contrato firmado por um ano, e ele próprio é quem executa o serviço. Depois de iniciar a prestação de serviços, estimamos o retorno do investimento em até seis meses e o faturamento anual de até R$ 70 mil”, explica Cabral. “Além disso, oferecermos o parcelamento de 60% do valor da taxa inicial de franquia em até 36 vezes”, completa.
Para assumir essa responsabilidade com o cliente a JAN-PRO acaba de fechar acordos com administradoras de imóveis e pretende abordar cerca de 110 prédios comerciais em São Paulo.

Sobre a JAN-PRO

A JAN-PRO figura em primeiro lugar entre todas as franquias de limpeza comercial do mundo. Inaugurou suas atividades na cidade de Atlanta, nos Estados Unidos, e hoje possui 118 escritórios e 12 mil franqueados espalhados pelo mundo.

Com a abertura de suas operações no Brasil, durante a 20ª ABF Expo Franchising, a expectativa é atingir o número de 500 franqueados em todo território nacional nos próximos três anos. [Mais informações:
www.jan-pro.com



**

Da Redação Revista zaP!®
Edição de conteúdo:
Por: *Elizabeth Misciasci
imprensa@revistazap.org
Departamento de Comunicação (Jornalismo) zaP!®

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Projeto Remédio Solidário Na Praça em Petrópolis – Tem adiamento da Coleta...

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/08/2011 00:14:00

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

KIT Anti-Homofobia e o contraditório

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 20:28:00

Por: *Carlos Gomes da Costa Souza



























































Um dos maiores desafios do século está sendo a equidade social e de direitos, presenciamos cotidianamente várias formas de violações, seja por questões de raça, gênero, etnia, orientação sexual e por aí vai.

Um fato recente me provocou a pensar políticas como mecanismo de garantia de direitos, e nesse sentido quero provocar algumas reflexões a cerca do "Kit - Gay", pelo menos é assim que está sendo massificado e divulgado, mas vamos aos fatos, primeiro não se trata de um "Kit – Gay", se trata de um Kit – Anti-Homofobia que foi elaborado a fim de subsidiar nossos educadores e educadoras pelo país.

A sexualidade faz parte de nossas vidas assim como suas múltiplas formas de expressão, negar que adolescentes tenham sexualidade e invisibilizar esse debate é um tanto equivocado para não dizer reacionário, existem diariamente vários casos de homofobia que começam nas praticas discursivas e acabam na violência corporal, alguns que desconhecem a proposta do Kit – Anti-Homofobia dizem que atenta contra a família, e aí fico me indagando qual seria essa tal família, vejamos só, recentemente o STF reconheceu a união estável entre pessoas do mesmo sexo, para as ciências sociais já rompemos com o modelo de família nuclear, temos famílias homo afetivas, matriarcal, patriarcal e por aí, o que quero exemplificar é que desqualificar a discussão em torno das violências e violações no contexto educacional é um retrocesso em um Estado Democrático de Direito, o Kit em nenhum momento direciona ou tendência jovens adolescentes a serem homossexuais, ao contrário ele busca justamente o respeito às diferenças e o convívio social dentro da pluralidade.

A suspensão por parte da Presidenta Dilma do Kit – Anti-Homofobia sinaliza a falta de compromisso com uma educação inclusiva, que reconheça as diferenças e a necessidade do respeito à mesma.

Sinto-me profundamente envergonhado em ver que a Presidenta da República tenha de recuar na política para agradar quem nega e viola direitos, esse lobby religioso é o mesmo que vai contra os direitos sexuais e reprodutivos, a liberdade de expressão, que promovem uma "guerra santa" em nome de um Deus para suas benesses e vaidades e isso não pode nem deve pautar uma política de Estado.

O Governo vai mostrando que a politicagem e a possibilidade de salvar quem deve esclarecer o que parece ilícito não podem usar a vida de LGBTs como moeda de troca, lastimável essa atitude de blindagem de companheiros em detrimento de uma política pública.

Recentemente leio em um Jornal local a informação de que a Bancada Evangélica na ALEAC já se articula para barrar o Kit – Anti-Homofobia no Acre, eu faço uma provocação nesse sentido as Excelências que compõem a ALEAC, que façam uma discussão, uma audiência pública com os diversos setores da sociedade. Para que se possa ouvir as mais diversas vozes, a fim de esclarecer qual a proposta do Kit e a ferramenta relevante que ele se torna no combate a homofobia dentro do processo educacional.

Vários LGBTs são marginalizados, estigmatizados e excluídos do âmbito do direito e da cidadania, os índices de evasão escolar por conta da discriminação de lésbicas, gays, travestis e transexuais é um contraditório em um Estado que se propõe a inclusão social e a garantia de direitos.

Ainda temos uma dívida histórica a ser reparada com mulheres, negra, índios... E com homossexuais. Por séculos e séculos tivemos um ciclo da homossexualidade como pecado, posteriormente crime e por fim doença... Parece-me que esse ciclo, vem se renovando e ganhando força, e isso infelizmente, mostra o quão ainda precisamos avançar.

Estamos discutindo a educação, uma das tantas formas de violência vivenciada no processo educacional e aí é nesse momento da educação que temos a construção do futuro, da cidadania, do respeito, do amor ao próximo, da valorização dos direitos fundamentais e da dignidade da pessoa humana. Pensemos para além do que está construído socialmente, vejamos um mundo onde a violência não seja valorizada em detrimento da garantia de direitos.

*Carlos Gomes da Costa Souza é Assistente Social e acadêmico de jornalismo pela Universidade Federal do Acre - UFAC e Diretor Executivo ABGLT. Carlos Gomes da Costa Souza Se apresentou como conferencista no Fórum Inclusão Social AC, realizado na Universidade Federal do Acre UFAC em junho de 2011. Sua participação foi razão a mais para abrilhantar o evento!
Gomes, abordou com notabilidade o Tema: O Movimento Nacional de Inclusão Social da ABGLT, avanços e desafios, onde foi muito bem recepcionado e aplaudido pelos presentes.


Publicação, Distribuição e Edição: Por: Elizabeth Misciasci

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

**

zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)
*
RESPONSABILIDADE DO CONTEÚDO:
A responsabilidade com relação ao conteúdo do trabalho é única e exclusiva do autor. A Revista zaP! O zaP News e os respectivos Veículos zaP!® de Comunicação, não assumem qualquer responsabilidade com relação à originalidade, opinuião e ao conteúdo dos textos e demais trabalhos publicados neste ato, bem como qualquer consequência resultante da publicação desse conteúdo.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A Questão Urbana e o Indígena Palestra do Dr. Reginaldo Gomes Oliveira

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 16:50:00

Com sapiência, brilhantismo, conhecimento de causa, e um tema pouco difundido no País, o Prof. Dr. *Reginaldo Gomes de Oliveira da Universidade Federal de Roraima (UFRR), (Universidade Federal de Roraima) esteve presente como um dos conferencistas convidados no XI Fórum Internacional em Saúde: A Inclusão Social e a Saúde na Amazônia Ocidental e III Fórum de Saúde Coletiva do Estado do Acre.

Com pleno sucesso, importantes abordagens e significativa repercussão, assim como o próprio evento em si, a participação do Professor Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira, foi merecidamente aclamada, rendendo-lhe incontáveis convites, entre estes, para novos congressos, bem como, inúmeras solicitações para que lhe seja proporcionado mais tempo a fim de minudenciar sua fenomenal exposição sobre o tema pautado e seus conhecimentos.


Diante de tais fatos, obviamente, que não poderíamos perder essa excepcional oportunidade, para entrevistá-lo e saber um pouquinho mais sobre a sua trajetória, objetivos, história, enfim.

Referente a participação aos vinte e dois dias do mês de junho do ano de dois mil e onze.

Mesa Redonda: Políticas Afirmativas (Questão Indígena, Religiosa e o Negro) e a inclusão social

Conferencia Por:
Prof. Dr. *Reginaldo Gomes de Oliveira/Universidade Federal de Roraima-UFRR

Tema Abordado: "A Questão Urbana e o Indígena"

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Em que ano se deu o início de suas pesquisas e o porque do interesse dessa abordagem?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Em 2004, durante minhas aulas no curso de Especialização em História Regional, ao analisarmos a política governamental brasileira dos últimos 50 anos, que buscou programar o desenvolvimento de Roraima, identificamos o deslocamento indígena para a cidade de Boa Vista”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – E como tudo começou?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Percebemos que a memória coletiva vivenciada nos depoimentos do povo Makuxi e Wapichana relembrava também a origem da cidade de Boa Vista, com a fundação da Fazenda Boa Vista em 1830, construída na área das malocas Paraviana, Makuxi e Wapichana que habitavam o litoral do rio Branco”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Qual a visão ou entendimento dos indígenas, diante de Boa Vista (RR) como Capital?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Para alguns desses indígenas a organização urbana da cidade de Boa Vista incorporou o antigo território das Malocas do povo Paraviana, do povo Makuxi (Kuwai Kîrî) e do povo Wapichana (Kuaipyre), que se encontravam nas margens do rio Branco na época da instalação da referida Fazenda. Assim, parte dessa população indígena, acredita que nunca deixou o antigo território das malocas que se transformou na capital de Roraima.”


Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – E estes povos indígenas, já aceitaram ou são conscientes das transformações?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Nesse contexto, a capital Boa Vista tornou-se uma cidade com grande contingente indígena que busca por reconhecimento de direitos como antigos habitantes da região”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Existe algum tipo de assistência ou atendimento voltado para cientizar essa população indígena?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Nesse sentido, a Universidade Federal de Roraima (UFRR), vem participando nos últimos anos com propostas de ações extensionistas voltadas ao atendimento dos povos indígenas no Estado de Roraima”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Já foi criado, ou está em andamento algum projeto especifico para este fim, ou são ações isoladas?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Sim, claro! Como foi o caso do Projeto Kuwai Kîrî (na língua Makuxi e Kuaipyre na língua Wapichana significam “Teso de buritizais e igarapé”) desenvolvido em parcerias entre a Pró-Reitoria de Extensão, o Núcleo de Pesquisas Eleitorais e Políticas da Amazônia (NUPEPA) e a Organização dos Indígenas da Cidade (ODIC)”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Então, esse projeto também conta com a participação de índios?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Sim, sem dúvidas! Esse projeto tanto conta com a participação dos índios urbanos de Boa Vista, como foi um dos marcos das propostas da UFRR em desenvolver estudos e divulgar a história dos índios urbanos da capital de Roraima, que habitam um território de fronteira entre Brasil, Guyana e Venezuela”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Como aconteceu a parceria entre ODIC e NUPEPA/UFRR?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “A ODIC, nos fez um convite para desenvolvermos um projeto de consultoria na área de História e Política, com esclarecimentos e estudos que apoiassem as argumentações dos índios urbanos na cidade de Boa Vista na busca de reconhecimento dos direitos indigenistas e de políticas públicas”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Com qual ideia ou objetivo?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “A ideia é que todos juntos possam desenvolver uma leitura mais acurada, que possibilite a percepção da atuação dos índios na cidade como um todo, em todas as trajetórias indígenas que compõem aspectos importantes do processo de formação da História Regional ou da História de Roraima. Nos debates vários termos eram reavaliados sobre a identidade do índio na cidade: caboclos, descendentes de índios, índios civilizados, índios misturados, entre outros termos que foram ganhando visibilidade por meio do processo histórico dos contatos interétnicos”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Fale um pouco mais dessa parceria, ela obteve algum outro resultado?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Neste sentido, a referida parceria resultou na criação de oficinas culturais em cinco bairros de Boa Vista: Araceli Souto Maior, São Bento (Brigadeiro), 13 de Setembro, Monte das Oliveiras e União. Estas oficinas, são voltadas para discussões com temas que contemplaram questões históricas, culturais, de direito e cidadania dos índios urbanos, sobretudo no que concerne sua inserção e participação na sociedade nacional”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Existe alguma estatística, ou dados, que possam nos dar um norte sobre essa ação?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Essa ação assistiu aproximadamente quatrocentos (400) indígenas que vivem no município de Boa Vista, mas, acreditamos que ainda não é suficiente, pois segundo dados divulgados pela ODIC, existem mais de trinta mil (30.000) índios urbanos na cidade boavistense, cuja maioria encontra-se vivendo em condições de extrema precariedade nos bairros menos favorecidos”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Diante de tais constatações, nasceu alguma prioridade de ação ou necessidade de fazer algo em especial?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Nesse conjunto de circunstância, fez-se necessário examinar as particulares experiências culturais indígenas no território circundante do Monte Roraima, antiga morada do herói-cultural Makunaima, (que inspirou Mário de Andrade a criar o personagem Macunaíma), presente na mitologia dos povos indígenas do tronco linguístico Karíb, com narrativas que explicam a formação dessa porção de terra amazônica perpetuada pela memória cultural indígena”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Qual foi a importância da memória histórica?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Ao considerar a disposição da Amazônia, em especial da Amazônia Caribenha, buscamos informações bibliográficas e cartográficas, revisitamos os arquivos, ouvimos os depoimentos dos índios mais idosos, remexemos vestígios da história e da cultura, para compreendermos a ilha da Amazônia Caribenha como antigo território dos índios Makuxi, Wai Wai, Taurepang, Ingarikó, Patamona, Wapichana, Yanomami, entre outros povos”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Onde é a ilha Amazônia Caribenha?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Ao observar a região Norte/Nordeste no Mapa da América do Sul, posso visualizar o caminho das águas marítimas e fluviais que margeiam todo o território da ilha Amazônia Caribenha. Ao apontar o primeiro caminho das águas reconheço o litoral Atlântico Norte entre o delta do rio Orinoco, na Venezuela, e do rio Amazonas, no Brasil, exibindo a imensa trilha marítima que marcou o início da colonização holandesa no referido litoral. Esse litoral amazônico marcou o primeiro encontro dos índios Karíb e Arawak com os holandeses que ocuparam a região desde 1581 até 1804 quando parte desse território amazônico foi formalmente entregue para o reino Britânico durante a Convenção de Londres (1814). Ao investigar o caminho das águas fluviais, percebo outras trilhas indígenas entre os rios Orinoco e Amazonas definindo as fronteiras no interior da Amazônia Caribenha. Outros caminhos fluviais que desenham os limites da ilha são assinalados pela margem esquerda do rio Amazonas e do rio Negro, pelo Canal de Cassiquiare, entre o Brasil e a Venezuela, e a margem direita do rio Orinoco. Isso é comprovado quando analisamos o Mapa Amazônia Caribenha exposto abaixo:-
















































Foto: Prof. Dr. *Reginaldo Gomes de Oliveira


Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Quase nada sabemos ou percebemos na literatura brasileira sobre a presença da cultura holandesa na Amazônia, assim como são pouquíssimas e até raras as explicações históricas neste sentido. Existe alguma literatura mais ampla ou voltada a essa temática?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “A presença da cultura e língua holandesa na Amazônia é pouco estudada. Acerca das fronteiras do Brasil com o Suriname quase nada é encontrado na literatura histórica Luso-Brasileira. É na literatura Inglesa e dos Países Baixos que encontramos parte das explicações históricas sobre os holandeses na liderança do comércio no Atlântico Norte, por volta de 1570. Nesse período, a Holanda era uma das principais províncias dos Países Baixos governada pela Espanha”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – O senhor poderia nos fornecer maiores informações, declinando inclusive, aspectos relevantes que marcaram o passado, bem como fazem parte do presente desse território e suas distinções?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Um aspecto relevante para caracterização desse território é a comunicação marítima, fluvial e terrestre na referida ilha. Nesse contexto, os rios são de difícil navegação em decorrência das cachoeiras e das serras que formam uma espécie de muralha natural entre o interior e o litoral. A complexidade geográfica delineada pelo planalto das Guianas, Tumucumaque e outras serras de pequeno porte, marca os limites das fronteiras nacionais e internacionais nessa área amazônica caribenha.
Assim como no passado e no presente, os indígenas Karíb e Arawak reconhecem esse solo ocupado pelos cinco países (Brasil, Venezuela, Guyana, Suriname e Guiana Francesa) como pertencente aos ancestrais indígenas, pois dominam o conhecimento da malha de comunicação marítima, fluvial e terrestre na região, auxiliando grupos indígenas a deslocarem-se de forma semelhante ao do passado, conduzindo os viajantes ao litoral e para o interior e vice versa, ora navegando, ora caminhando até o próximo rio em direção ao destino desejado. No passado, os viajantes procuravam o lendário El Dorado sem sucesso. Hoje, os viajantes utilizam esses caminhos - aquático e terrestre - entre o interior (rio Branco) e o litoral amazônico-caribenho reorganizando as trocas socioculturais nas fronteiras transnacionais. Em Pós-modernidade, os povos Patamona, Taurepang, Ingarikó, Makuxi, Maiongong, Wai Wai, Pemon, Wapichana, Yanomami, Akawaio, entre outros, (considerados como primeiros habitantes desse espaço amazônico), buscam por direitos históricos. Eles comentam, sobre o enorme esforço em manterem a identidade étnica e absorverem a cultura nacional de cada país, sem perderem o modo de ser índio no contexto amazônico-caribenho”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Como os índios convivem nesse contexto internacional?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Apesar do Estado de Roraima possuir representantes de diversas etnias indígenas que ocupam diferentes áreas num contexto de fronteiras internacionais, ainda são escassos os trabalhos demográficos que abordam de maneira clara o tamanho e a dinâmica dessas populações, as condições de vida desses povos, (em particular das famílias indígenas) moradoras dos municípios e vilas de Roraima e dos países vizinhos”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Os indígenas focam necessidades, reclamam das relações, condições, ou buscam melhorias sob algum aspecto em particular?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Os indígenas da ODIC, reclamam da necessidade de mapearem-se as relações de convivência dos povos indígenas que se deslocam entre o contexto rural e o urbano de fronteiras internacionais, que delimitam a formação da identidade dos países que ocupam a Amazônia. São nações herdeiras da convivência cultural ibérica, anglo-saxão, anglo-germânico e franco-guianês, que ganham outras interpretações quando inclui os povos indígenas no debate de construção da identidade cultural regional e fronteiriça.
Como exemplo, podemos verificar o deslocamento do povo Makuxi ou Wapichana morador da região do Cantá ou Bonfim (Brasil) com os do Anai ou Sul do Rupununi (Guyana), que buscam por melhores condições de vida ora no litoral (em Georgetown/ Guyana) e ora no interior (em Boa Vista/ Roraima-Brasil)”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – A população indígena, percebe essa ramificação, bem como compreende essa divisão entre os estados?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Na cultura indígena, essa divisão entre os Estados Nacionais não é clara! Desse modo, os indígenas chegam à capital Georgetown ou em Boa Vista, ora sozinhos e ora em grupos familiares, redefinindo as identidades étnicas na cidade, sem definição clara de serem brasileiros, guyaneses ou venezuelanos”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – O não respeito à auto-identificação é um dos conflitos?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Com relação às Políticas Indigenistas em Roraima, podemos dizer que esse tema ainda suscita controvérsias em vários segmentos da sociedade roraimense”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Por que?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Porque há uma resistência no reconhecimento do direito do índio urbano, em decorrência de uma política indigenista nacional que reconhece as populações indígenas aldeadas ou em comunidades rurais. O movimento dos índios urbanos, reclamam uma cidadania brasileira diferenciada, que seja assegurado o direito de auto-identificação dos povos indígenas emergentes no contexto urbano de Boa Vista”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Mas, juridicamente falando, existe algum direito à auto-identificação indígena, garantido em lei?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Sim. A auto-identificação indígena é um direito garantido pela Constituição Federal de 1988, mas, é antes de tudo, um importante reconhecimento da consciência política de ser índio. Na cidade de Boa Vista é crescente a tendência da auto-identificação indígena, porém, isso não significa que qualquer um pode ser índio”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Como é possível constituir essencialmente esse reconhecimento, concebendo-o de maneira nítida e correta?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Como exemplo, a Organização dos Indígenas da Cidade (ODIC) realiza na capital de Roraima um levantamento com base em critérios referentes à auto-identificação, com informações étnico-históricas e etnico-fisionômicas”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Como e porque foi criado esse trabalho de levantamento com base em critérios?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Pela mobilização dos povos indígenas no contexto da cidade, com reivindicações de reconhecimento do direito de auto-identificação das identidades étnicas, que deu visibilidade à existência de comunidades indígenas nos diferentes bairros de Boa Vista”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Eles se diferenciam quando chegam a capital de Roraima?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “Ao chegarem à cidade de Boa Vista, trazem toda a sua história sociocultural e misturam com elementos socioculturais urbanos, sem perderem suas identidades étnicas”.

Elizabeth Misciasci - Revista zaP! – Quanto à documentação de permanência e a moradia, há a obrigatoriedade ou necessidade de regularização, e é com facilidade que eles se estabelecem?

Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
- “São poucos que conseguiram regularizar a documentação da casa e do terreno na cidade, mas há muitas áreas na capital que abrigam Makuxi, Wapichana, Wai Wai, Patamona, Taurepang, Ingarikó, entre outros povos que representam um grande contingente da população urbana nessa área amazônica de cultura caribenha”.

Revista zaP! Finalizamos, agradecendo-lhe pelo privilégio e a honra de ter nos concedido essa entrevista, desejando-lhe sempre muito sucesso, com a respectiva valoração, e notoriedade, que há muito, se faz indubitavelmente, necessária! Esperamos que esse seu tão expressivo, importante e essencial trabalho, assim como o de todos os envolvidos na questão, tenham mais olhares direcionados a temática, e estes, que não se limitem... Recebendo especial atenção do nosso Estado Maior, através de seus representantes, e por nossa sociedade como um todo.

Muitíssimo Obrigada!
Elizabeth Misciasci e toda a Equipe zaP!



* Prof. Dr. Reginaldo Gomes de Oliveira
Nasceu em Boa Vista capital do Estado de Roraima, é Doutor em História Social pela USP, Professor Associado do Departamento de História da Universidade Federal de Roraima, Coordenador Científico do Núcleo de Pesquisas Eleitorais e Políticas da Amazônia (NUPEPA), Consultor Voluntário na Organização dos Indígenas da Cidade (ODIC), Pesquisador Visitante na Universidade de Guyana (Georgetown) e na Anton de Kom Universidade do Suriname (Paramaribo) e autor de várias e importantes obras literárias.



Por: Elizabeth Misciasci
imprensa@revistazap.org
Da Redação Revista zaP!®
*

zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos zaP!®
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (1)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cia Athletica patrocina o Prêmio Jovem Brasileiro pelo 5º ano consecutivo

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 16:46:00

A 10º edição do Prêmio Jovem Brasileiro, que acontece dia 19 de setembro no Memorial da América Latina em São Paulo, pelo 5º consecutivo terá como patrocinadora a rede de academias Cia Athletica. No mercado há 26 anos, a empresa atende cerca de 30 mil alunos e conta com 15 unidades espalhadas pelo Brasil. A academia apresenta ainda o maior número de equipamentos importados e o maior parque Aquático do país, com 22 piscinas, sendo 12 delas semiolímpicas.

A premiação já foi responsável por homenagear jovens talentos do esporte brasileiro e que são considerados grandes atletas mundiais, entre eles os destaques do esporte brasileiro, como o César Cielo, na natação; Kaká, no futebol; Sandro Dias, no Skate e no vôlei feminino, Paula Pequeno.

A entrega dos prêmios terá novamente como apresentador Marcos Mion, que este ano contará com uma companhia no palco, que em breve será revelada. Ainda dá tempo de votar no jovem talento que merece destaque em 2011, basta acessar o site da premiação: www.premiojovem.com.br.

PRÊMIO JOVEM BRASILEIRO
O Prêmio Jovem Brasileiro é a maior premiação que homenageia os jovens talentos brasileiros, em diferentes áreas de atuação. Criada pelo jovem Guto Melo, a premiação completa este ano 10 anos. No comando do evento já estiveram: Serginho Groisman, Marcelo Tas e pela segunda vez consecutiva Marcos Mion, mas este ano não estará sozinho, dividirá o palco com outro apresentador (a). Em uma década de existência foram quase 400 jovens premiados, entre eles personalidades como Cesar Cielo, Fiuk, Nathália Dill, Programa Pânico, Carol Celico, Leo Santana, entre outros. O evento acontece no dia 19 de setembro no Memorial da América Latina.


Fonte| Prêmio Jovem Brasileiro – www.premiojovem.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

TNC apresenta dados sobre o ICMS Ecológico em todo o Brasil

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 16:43:00

A maneira que cada Estado brasileiro implementou esse importante instrumento ambiental pode ser conferida no site www.icmsecologico.org.br
A ONG TNC (The Nature Conservancy) acaba de atualizar e expandir para todo o território nacional o portal www.icmsecologico.org.br. O site lançado em 2009, em parceria com Conservação Internacional e Fundação SOS Mata Atlântica, visa divulgar a situação do ICMS Ecológico em cada estado brasileiro, possibilitando ao público em geral acompanhar como o seu estado está trabalhando com essa questão. Também são apresentados os municípios que têm se destacado na utilização consciente do recurso. “A importância do ICMS Ecológico é que seu repasse está baseado na performance ambiental dos municípios, trazendo benefícios para a população e estimulando investimentos em conservação da natureza, o que o torna uma ferramenta poderosa de melhoria da gestão ambiental municipal e valorização de áreas naturais, outrora consideradas um entrave ao desenvolvimento”, afirma Giovana Baggio, coordenadora de Conservação em Terras Privadas da TNC.
Outro ponto importante é a seção do portal que apresenta as informações dos municípios e as ações desenvolvidas em cada um deles. São apresentados casos de sucesso e os destinos conscientes que algumas cidades estão adotando com seu ICMS Ecológico. No estado do Paraná, por exemplo, os municípios de Antonina e Guaraqueçaba receberam juntos mais de R$ 6,5 milhões, referentes a 2010. Esses recursos são provenientes de 5% do ICMS distribuídos anualmente entre os municípios paranaenses que mantêm unidades de conservação ou áreas de mananciais em seus territórios. Desse total, cerca de R$ 2,2 milhões foram arrecadados pela manutenção de quatro importantes RPPNs mantidas pela SPVS - Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental em parceria com a TNC. “Os incentivos econômicos são fatores fundamentais no engajamento para a conservação ambiental”, reforça Giovana.
As informações sobre o valor que cada estado destina para o ICMS Ecológico em seus municípios podem ser acessadas no link ‘Repasses’ do site. Até 2010, os estados que mais tiveram destaque nesse trabalho foram: Ceará, com aproximadamente R$ 53 milhões; Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, com cerca de R$ 55 milhões e São Paulo, com um pouco mais de R$ 92 milhões. Além destes, mais 14 estados possuem suas informações publicadas.
Destino consciente
Para que esse mecanismo seja efetivo é essencial o investimento não apenas em obras públicas e sociais, mas também em projetos ambientais que incrementem a gestão ambiental municipal e valorizem as áreas naturais protegidas, incluindo as RPPNs (Reservas Particulares do Patrimônio Natural) e as UCs (Unidades de Conservação) públicas pertencentes às esferas federal, estadual e municipal. “Esse mecanismo cria uma oportunidade para o estado influir no processo de desenvolvimento sustentável dos municípios. É um instrumento de inteligência administrativa em prol da conservação.” Flávio Ojidos, consultor jurídico que foi responsável pela pesquisa de dados legais do site.
O município de São Miguel Arcanjo, no interior de São Paulo, por exemplo, possui cerca de 20% do seu território ocupado por Unidades de Conservação. Nos últimos cinco anos (2006 a 2010), a cidade recebeu cerca de R$ 2 milhões que vêm sendo aplicados em ações de educação ambiental no Parque Estadual Carlos Botelho, junto ao governo do estado, na construção de novos pontos de coleta de lixo e de coleta seletiva na zona rural.
Outra novidade que vem ganhando força nos últimos anos é a possibilidade do repasse dos recursos a proprietários de RPPNs e comunidades tradicionais. Essa iniciativa permite a possibilidade de parceria entre os gestores municipais e os gestores públicos e privados de Unidades de Conservação localizados nos municípios, com o objetivo de incrementar a gestão dessas Unidades. Essa ação já acontece em São Paulo e no Rio de Janeiro. Nesse contexto, o município recebe o recurso, elabora uma parceria com a associação local de proprietários de RPPN, que, por sua vez, repassa-o para o proprietário, para que ele realize ações de manutenção do patrimônio natural de sua reserva.

Sobre o ICMS Ecológico
De acordo com a Constituição Federal, o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) arrecadado pelos estados deve ser dividido na proporção de 75% para o estado e 25% aos municípios que o geraram. Para a distribuição desses 25%, o estado pode legislar criando critérios próprios até o montante de 1/4 deste valor, a exemplo de educação, saúde, meio ambiente, patrimônio histórico, entre outros. Os critérios ambientais inseridos nesse 1/4 são chamados de ICMS Ecológico ou ICMS Verde.
O mecanismo, regulamentado por leis estaduais e municipais, é uma oportunidade para o estado influenciar o processo de desenvolvimento sustentável dos municípios, premiando a boa gestão ambiental e a prática de atividades ambientalmente desejáveis, como gestão de resíduos sólidos e tratamento de esgoto.
Desenvolvido pioneiramente no estado do Paraná em 1991, o ICMS-Ecológico é realidade hoje em mais de uma dezena de estados brasileiros, como o Acre, Amapá, Ceará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo e Tocantins, e envolve o repasse de aproximadamente R$ 600 milhões/ano para os municípios que abrigam Unidades de Conservação ou se beneficiam por meio de outros critérios ambientais.

Sobre a TNC
A TNC é uma organização não governamental que desenvolve projetos de conservação em mais de 35 países. Atuando no Brasil desde 1988, a organização tem a missão de proteger plantas, animais e ecossistemas naturais, protegendo os recursos necessários à sua sobrevivência. Desenvolve iniciativas nos principais biomas brasileiros (Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado, Pantanal e Caatinga), com o objetivo de compatibilizar o desenvolvimento econômico e social com a conservação dos ecossistemas naturais.
No programa de conservação para a Mata Atlântica e Savanas Centrais, estabelece parcerias com os diversos setores da sociedade a fim de proteger e restaurar áreas prioritárias dentro desses biomas. Atualmente, a organização e seus mais de um milhão de membros ajudaram a proteger 130 milhões de hectares em todo o mundo. Para mais informações, acesse: www.nature.org/brasil.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livraria Cultura São Paulo: Destaques da Semana 12 a 19 de julho

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 16:42:00

Música


Jazz ao meio dia
Música
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Terça-feira, 12 de julho às 12h 30
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Músicos: Tito Martino Jazz Band
Local: Teatro Eva Herz
Capacidade: 166 lugares

Atualmente, perdeu-se muito a conexão cultural do jazz, e muitos o veem apenas como entretenimento. Na verdade, tanto sua interpretação pelo jazzista quanto a apreciação pelo ouvinte tem alcance muito maior que o imaginado, pois o jazz pode ser um alimento para a alma, e esta é a razão das apresentações no horário de almoço. Além de entretenimento, o jazz tradicional é também um tesouro cultural, pleno de história, anedotas, sensualidade, espiritualidade, emoção etc. É isso que o Tito Martino Jazz Band (TMJB), já na sua quarta temporada, divide com o seu público nessas apresentações, que acontecem sempre às terças-feiras, às 12h30. No palco do Teatro Eva Herz, reformado e aprimorado, o (TMJB) traz os seguintes componentes: Carlos Lima (trompete e corneta); Ari Giorgi (piano); Ciddy Junior (banjo e jazz-guitar); Zeca de Araujo (contrabaixo); Billy Ponzio (bateria e washboard); Tito Martino (clarinete e saxofones); e, eventualmente, jazzistas convidados.




Cultura Apresenta - Seu Chico
Música
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 16 de julho às 16h
Loja: Shopping Market Place - Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 - Vila Cordeiro
Músicos: Banda Seu Chico
Local: Auditório
Capacidade: 100 lugares

A Livraria Cultura, com apoio do Restaurante Subito e do Shopping Market Place, continua em Julho o projeto Cultura Apresenta. Serão encontros no auditório da Livraria Cultura do Shopping Market Place com bandas, artistas e coletivos que promovem sua arte em festivais, shows e internet.

Durante as apresentações, com a proposta de estimular a aproximação do público com novos nomes do meio musical, a platéia terá a oportunidade de interagir com os artistas, trocando ideias ali mesmo, sobre a carreira e a música. O evento também será gravado em vídeo e ficará disponível no portal www.culturanews.com.br.


Neste sábado sobe ao palco do Cultura Apresenta a Banda Seu Chico.
Informações Importantes
*As senhas serão distribuídas 1 hora antes do show.

**Os vídeos produzidos durante o projeto serão disponibilizados no www.culturanews.com.br

***Seguidores do @LivCultura e facebook.com/livrariacultura acompanham as novidades através da #CulturaApresenta




Autógrafo




Melhor que chocolate
Autógrafo
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Terça-feira, 12 de julho às 19h
Loja: Shopping Villa-Lobos - Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros
Autor: Cristina Elena Manfredini Marcondes
Editora:
Local: Espaço de loja

Nesta terça-feira, a Livraria Cultura receberá Cristina Elena Manfredini Marcondes para sessão de autógrafos do livro Melhor que chocolate. Na obra, a autora compartilha a essencialidade dos conhecimentos psíquicos com o público em geral. A leitura deste livro é um convite para que cada indivíduo busque seu Eu.




Opção de compra
Autógrafo
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Quinta-feira, 14 de julho às 19h
Loja: Shopping Villa-Lobos - Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros
Autor: Tatiana Bontti Peres
Editora: Juruá
Local: Espaço café

Nesta quinta-feira, a Livraria Cultura receberá Tatiana Bontti Peres para sessão de autógrafos do livro Opção de compra. Esse trabalho estuda o contrato de opção de compra. Seu objetivo principal é analisar as limitações e deficiências para a utilização adequada das opções de compra, especialmente na esfera do Direito Imobiliário.




Tem mais Samba (DVD)
Autógrafo
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 16 de julho às 16h
Loja: Shopping Market Place - Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 - Vila Cordeiro
Elenco: Seu Chico

'Tem Mais Samba' foi gravado na casa Estrela da Lapa, no Rio de Janeiro. O making-off conta com a presença de Chico Buarque, que bate um papo com os pernambucanos e os convida para uma partida de futebol contra o time 'Politheama', fundado pelo próprio Chico, para receber amigos em jogos de confraternização.

Palestra



Gravação do programa No divã do Gikovate
Palestra
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Terça-feira, 12 de julho às 18h
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Palestrante: Flávio Gikovate
Local: Teatro Eva Herz
Capacidade: 166 lugares

Nesta noite, o psicoterapeuta Flávio Gikovate estará na Livraria Cultura para gravar mais uma edição do talk show No divã do Gikovate, veiculado pela rádio CBN. Em um bate-papo informal, o apresentador abordará temas que dizem respeito ao ser humano, de modo a agir positivamente em áreas como família, profissão, saúde e bem-estar interior. A plateia pode participar da gravação do programa, esclarecendo dúvidas sobre relacionamentos afetivos, sexo, comportamento, medos e expectativas. Perguntas também podem ser enviadas pelo e-mail: gikovate@cbn.com.br. O programa vai ao ar todos os domingos, das 21 às 22 horas, em rede nacional pela CBN (SP: 90,5 FM e 780 AM).





Noah Webster e a História dos Dicionários na América
Palestra
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Terça-feira, 12 de julho às 19h
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Palestrante: Peter Sokolowski
Local: Loja de Artes - Mezanino
Capacidade: 40 lugares

Você já se perguntou como uma palavra entra em um dicionário? Por que o inglês americano é soletrado diferente do britânico? Como os dicionários estão fazendo a transição para a Internet? A história dos dicionários na América começa com as publicações de Noah Webster e continua até hoje com uma das páginas de referência mais acessadas na Web e dicionários feitos especificamente para estudantes da língua inglesa. Detalhes sobre edições famosas e tendências das palavras mais procuradas na rede serão discutidas, com disponibilidade para questionamentos sobre dicionários, definições e utilização.





Encontro com finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura - Origens e Raízes
Palestra
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 16 de julho às 11h 30
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Palestrante: Joca Reiners Terron, Miguel Sanches Neto, Carola Saavedra, Nelson de Oliveira e Mona Dorf
Local: Teatro Eva Herz
Capacidade: 166 lugares

Este bate-papo com o tema Origens e Raízes reúne Joca Reiners Terron (Do fundo do poço se vê a lua), Miguel Sanches Neto (Chá das cinco com o vampiro), Carola Saavedra (Paisagem com dromedário) e Nelson de Oliveira (Poeira: demônios e maldições). A mediação é da jornalista Mona Dorf.




Clube do Livro Especial UM DIA - 15 de Julho, O dia de Um Dia
Palestra
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Domingo, 17 de julho às 17h
Loja: Shopping Market Place - Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 - Vila Cordeiro
Palestrante:
Local: Auditório
Capacidade: 100 lugares

Imagine um dia tão especial, que seja capaz de acompanhá-lo pelos próximos vinte anos. Para Emma e Dexter, esse dia é o 15 de julho, quando comemoram seu primeiro encontro enfrentam brigas e desilusões, compartilham sonhos e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. Para os leitores, essa data também se tornou muito especial: nela acompanhamos a trajetória dos dois, em flashes capturados desde a primeira noite que passaram juntos, em 1988, depois de sua formatura, até o 15 de julho de 2007.

Para quem se apaixonou pela história de Emma e Dexter, os protagonistas do romance Um dia, de David Nicholls, nada pode ser mais natural que comemorar o aniversário desse encontro. Por isso, a Editora Intrínseca e os leitores organizaram cinco eventos no próximo final de semana, nos dias 16 e 17 de julho. Além de brindes exclusivos, o encontro é uma grande oportunidade para debater a história com o apoio do Guia de leitura e com outras pessoas que também não conseguiram esquecê-la.



Curso



Fundamentos básicos da fotografia para amadores - Luz, enquadramento e clic fotografico
Curso
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 16 de julho às 9h 30
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Palestrante: Paulo Giandalia
Local: Loja de Artes - Mezanino
Capacidade: 10 lugares

Estudo dos recursos técnicos utilizados pelos fotógrafos que criaram paradigmas da linguagem fotográfica desde o inicio do século XX e da sua expansão artística: fotógrafos que criaram conceitos como o uso da luz natural em cenas cotidianas que enfatizam a elegância e a indumentária.

Informações Importantes
*Para participar deste curso é necessário fazer inscrição através do email - pgiandalia@uol.com.br
Contato: Paulo Giandalia (11) 9218-6229




Transformers - Oficina de Ilustração com Marcelo Matere
Curso
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 16 de julho às 15h
Loja: Bourbon Shopping São Paulo - R. Turiassu, 2100 - Perdizes
Palestrante: Marcelo Matere
Local: Auditório
Classificação etária: A partir de 8 anos


A Livraria Cultura recebe o desenhista Marcelo Matere para uma oficina de ilustração no Auditório da loja.
Na oficina, ele ensinará como desenhar dois personagens do filme Transformers, o Bumblebee e o Optimus Prime.

Marcelo Matere desenvolve trabalhos para a Hasbro desde 2002 e é o único brasileiro a produzir Concept Arts de brinquedos e ilustrações para embalagens das séries Transformers.

A oficina faz parte do evento "Aliança Autobots", promovido pelo Bourbon Shopping São Paulo e pela Hasbro de 01 a 24 de julho.
O evento, que acontece em dois andares do shopping, conta com um espaço para provas, onde as crianças poderão se tornar membros da Aliança, e com uma exposição que reúne dioramas, papercrafts, peças, brinquedos raros e inéditos e fala mais sobre a história dos heróis Autobots e dos vilões Decepticons.




Atividade Infantil




Férias na Cultura - Contação de histórias – Obax
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Quarta-feira, 13 de julho às 17h
Loja: Bourbon Shopping São Paulo - R. Turiassu, 2100 - Perdizes
Local: Setor Infantil
Classificação etária: A partir de 4 anos

Quando o sol acorda no céu das savanas, uma luz fna se espalha sobre a vegetação escura e rasteira. O dia aquece, e é hora de descobrir muitas aventuras.




Férias na Cultura - Contação de histórias – Contos Africanos
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Quinta-feira, 14 de julho às 17h
Loja: Bourbon Shopping São Paulo - R. Turiassu, 2100 - Perdizes
Local: Setor Infantil
Classificação etária: A partir de 4 anos

Nessa apresentação, serão contadas três histórias africanas sobre a origem dos animais, utilizando música e objetos lúdicos: A tromba do elefante, O canto dos pássaros e Porque a garça fica apoiada num pé só.




Férias na Cultura - Contação de histórias – Kroko e Galinhola, com Kiara Terra
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Quinta-feira, 14 de julho às 18h
Loja: Shopping Villa-Lobos - Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros
Local: Espaço Infantil
Classificação etária: A partir de 3 anos

O dia acaba de amanhecer, e Galinhola já está ciscando à beira do rio Luvironza. Ela nem percebe que Krokô, um grande crocodilo esfomeado, está prestes a dar o bote. Será que Galinhola consegue escapar? Nesta tarde, Kiara Terra estará na Livraria Cultura para desvendar as aventuras da Galinhola.




Férias na Cultura - Contação de histórias – O gato da sorte – Maneki Neko
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sexta-feira, 15 de julho às 17h
Loja: Bourbon Shopping São Paulo - R. Turiassu, 2100 - Perdizes
Local: Setor Infantil
Classificação etária: A partir de 4 anos

História da origem do Maneki Neko, o gatinho sentado que tem a patinha levantada, considerado um talismã da sorte, que atrai fregueses para casas comerciais.




Férias na Cultura - Contação de novos contos de fadas e princesas
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sexta-feira, 15 de julho às 18h
Loja: Shopping Villa-Lobos - Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros
Local: Espaço Infantil
Classificação etária: A partir de 4 anos

Como é amiga das princesas, a contadora ensinará curiosidades sobre o dia a dia das princesas e das fadas e contará histórias de princesas que não foram contempladas com histórias clássicas e que só hoje chegaram aos nossos ouvidos.




Férias na Cultura - Brincadeiras daqui e de lá
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 16 de julho às 14h
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Local: Setor Infantil
Classificação etária: A partir de 4 anos

Você sabe da onde se originam as brincadeiras? Como brincam as crianças em várias partes do mundo? Pois então venha participar, brincar e aprender brincadeiras, daqui e de lá, com o educador brincante da turma do Zeki.




Férias na Cultura - Contos daqui e de lá – Os 12 animais do zodíaco Japonês (Japão)
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 16 de julho às 15h
Loja: Shopping Market Place - Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 - Vila Cordeiro
Classificação etária: A partir de 5 anos

Voltamos ao continente asiático para conhecer a estória da criação da ordem dos 12 animais do zodíaco Japonês. A atividade conta ainda com uma oficina de origami para pais e filhos se divertirem depois da contação de história.



Férias na Cultura - Contos daqui e de lá – Viagem pelos contos e lendas do Brasil
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 16 de julho às 17h
Loja: Shopping Market Place - Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 - Vila Cordeiro
Classificação etária: A partir de 6 anos

Esta apresentação faz uma homenagem ao nosso povo, identificando no mapa do Brasil a região de cada história. Serão apresentados três contos do folclore brasileiro, com objetos lúdicos, cantigas de roda e brincadeiras interativas: A Festa no Céu (Centro-Oeste), O Saci (Sudeste) e O Pescador e a Sereia (Sul). Estes contos são do livro Viagem pelo Brasil em 52 histórias, de Silvana Salerno.




Férias na Cultura - Oficina de criatividade Animais daqui e de lá
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 16 de julho às 18h
Loja: Shopping Villa-Lobos - Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros
Local: Espaço Infantil
Classificação etária: A partir de 4 anos

Nesta tarde, as crianças conhecerão animais de todo o mundo. Com ajuda do arte-educador da Turma do Zeki, que apresentará um clipe de imagens, pais e crianças poderão criar a imagem do seu animal preferido e levar para casa.



Férias na Cultura - Jogando nos continentes
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Domingo, 17 de julho às 14h
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Local: Setor Infantil
Classificação etária: A partir de 4 anos

O arte-educador da turma do Zeki preparou um divertido jogo, no qual, sob um tapete do mapa múndi contendo os 6 continentes, os participantes do Férias Daqui e de Lá aprenderão de uma forma lúdica sobre assuntos relacionados a música, literatura, cultura, brinquedos e brincadeiras destes lugares.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

AME Psiquiatria já realizou mais de 33 mil atendimentos

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 16:39:00

Inaugurado em agosto de 2010, o primeiro AME psiquiátrico do país vai aumentar em 70% a capacidade de atendimento até o final do ano e passar a receber 4 mil pacientes por mês
Prestes a completar um ano de funcionamento, o Ambulatório Médico de Especialidades - Psiquiatria (AME – Psiquiatria) vem demonstrando ser uma ferramenta eficaz para articular e integrar a rede de assistência entre as diferentes unidades de saúde mental da Zona Norte de São Paulo, onde está localizado.
O ambulatório, que atua em cinco linhas de cuidados: psicogeriatria, álcool e drogas, psiquiatria da infância e adolescência, psicoses e transtornos afetivos e de ansiedade, até maio deste ano, já registrou mais de 33 mil atendimentos, incluindo consultas com psiquiatras, clínico geral, neurologista, enfermeiros, psicólogos e terapeutas ocupacionais.
Resultado de parceria entre a Secretaria da Saúde de São Paulo e os Departamentos de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa (FCM-SCSP) e Universidade de Santo Amaro (UNISA), além do CREMESP e o Ministério Público Estadual, é o primeiro AME destinado ao atendimento psiquiátrico do país..
"Estamos muito empenhados nesse projeto, pois a experiência dos nossos ambulatórios demonstra como essas unidades, integrada à rede de assistência, inclusive leitos em hospitais gerais e especializados, podem melhorar o atendimento médico e psicossocial, além de contribuir para instituir serviços hierarquizados, que atuem em todos os níveis de atenção", afirma Jair Mari, do departamento de psiquiatria de Unifesp.
Segundo o diretor técnico do AME, Gerardo de Araújo Filho, o serviço atende em nível secundário de atenção, ou seja, é destinado a pacientes que apresentam quadro clínico mais complexo, mas sem a necessidade de internação. Até o final do ano a unidade vai aumentar em 70% sua capacidade, passando dos atuais 2.400 atendimentos por mês, para 4 mil.
“Nosso objetivo é complementar a rede substitutiva de saúde mental, expandindo a oferta de serviços psiquiátricos à comunidade, mas com a presença de critérios para encaminhamento, a necessidade de agendamento prévio das consultas, foco na estabilização clínica e na elaboração de diagnóstico e tratamento”, explica.
Ainda de acordo com o psiquiatra, o paciente chega ao serviço somente quando encaminhado pelas UBS, CAPS, Hospitais ou equipes de saúde mental do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) da região. “A assistência em saúde mental no Brasil tem que começar pela atenção básica, onde os casos de transtornos leves e moderados devem ser identificados e encaminhados para o tratamento especializado”.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que aproximadamente 25% da população irá precisar de algum tipo de atendimento em saúde mental no período de um ano. “Sem o diagnóstico precoce, os pacientes procuram atendimento apenas quando a doença está em um nível mais avançado, o que prejudica o tratamento e o prognóstico”, completa Jair Mari.
Além disso, o AME mantém uma parceria com as Unidades de Internação Psiquiátrica em Hospital Geral existentes na região, para fornecer a retaguarda de internação psiquiátrica aos pacientes. Em contrapartida, o ambulatório atende parte dos pacientes recém-saídos de alta dessas unidades, evitando a reinternação.
“A implantação de uma rede eficaz de serviços extra-hospitalares é fundamental para reduzir a necessidade de internação. Mas em alguns casos, especialmente nos de doenças crônicas, a internação pode ser necessária. Seja porque o paciente apresenta uma recaída com risco de agressividade ou de suicídio ou porque o tratamento ambulatorial não foi eficaz”, conclui Jair Mari.
O ambulatório também oferece, além de atendimento individual, atendimento em grupos e à família, oficinas terapêuticas e atividades voltadas à inserção familiar e social do paciente com transtorno mental, contrapondo-se a um modelo ambulatorial anacrônico com foco exclusivo no tratamento medicamentoso.
“Temos uma conduta terapêutica bem estabelecida, também com atenção psicossocial, mas sem a cronificação da assistência, ou seja, o paciente pertence à rede de saúde mental e não a essa ou aquela unidade de saúde. É fundamental manter a hierarquização dos serviços para atender, de fato, todas as complexidades. A doença mental exige intervenção médica especializada, assim como em qualquer área da saúde”, finaliza Gerardo Filho.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A importância da lista unificada de foragidos

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 16:37:00

* Bernardo Campos Carvalho

O Conselho Nacional de Justiça, atendendo o contido no Projeto de Lei 4063/04, criou o Banco Nacional de Mandados de Prisão, que deverá estar em funcionamento em seis meses, prazo necessário para que os Tribunais dos Estados possam enviar todos os dados dos procurados.
O grande diferencial é que agora os mandados de prisão serão revistos, atualizados e passarão a conter todos os dados sobre a pessoa procurada, como nome completo, filiação, números dos documentos, fotografias nítidas de frente e lado, além dos dados físicos, como defeitos físicos, cicatrizes, tatuagens, manchas ou alterações na pele que possam servir como identificação.
Estuda-se, ainda, a possibilidade de ser incluído nos mandados o DNA dos procurados, para que assim cessem por completo todas as possibilidades de serem presas pessoas com nomes homônimos ou de características físicas semelhantes, como acontece atualmente com certa frequência.
A necessidade da existência desse cadastro unificado é total, medida que já deveria ter sido adotada há mais tempo, pois os mandados existentes, em sua maioria, se encontram totalmente desatualizados e com data de validade vencida. Muitos já foram revogados e perduram como válidos até hoje.
A obrigação de revisão dos mandados passa a ser do juízo emissor que, até mesmo por força do advento da reforma do Código de Processo Penal, deverá revisar e adequá-lo a nova sistemática jurídica, revogando os mandados expedidos para os crimes passivos de pena até 4 anos de prisão.
Outra grande novidade é que a partir de agora qualquer cidadão poderá consultar pela internet o cadastro de foragidos e saber as pessoas que estão sendo procuradas, auxiliando a Justiça de forma segura e sigilosa no cumprimento da prisão, pondo fim ao espírito de impunidade existente.
Por fim, espera-se que o Banco Nacional de Mandados de Prisão, por ser de âmbito nacional, acabe com os problemas estaduais que tanto dificultam o trabalho policial, pois um mandado expedido, por exemplo, no Rio Grande do Sul, dificilmente seria cumprido em Goiás ou Mato Grosso, por total falta de informação e desconexão existente.


* Bernardo Campos Carvalho é advogado formado pela PUC Campinas. Participou de cursos como "Estatuto do Desarmamento" e "Prerrogativas do Advogado". É integrante da Comissão de Prerrogativas da OAB, regional de Barueri. Foi dirigente da OAB, subsecção de Guarujá por duas gestões consecutivas. Ganhou diploma de honra ao mérito da OAB-SP, pela excelência dos serviços prestados no convênio de assistência judiciária à população. É especialista em Tribunal do Júri, participado como defensor em cerca de 600 Júris, destacando-se alguns de grande repercussão nacional: Em 2.007, foi defensor de Pernambuco, perante o Tribunal de Júri, quando este foi acusado de ter, junto com Champinha, praticado o emblemático crime de homicídio, contra um casal de namorados, na cidade de Juquitiba. 2.009. 2.010 – foi um dos advogados de defesa perante o Tribunal do Júri, de Marcos, acusado de ter assassinado o Prefeito Celso Daniel, em Santo André.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Quais os Direitos do consumidor inadimplente?

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 16:35:00

No primeiro semestre deste ano a inadimplência do consumidor avançou 22,3%
em relação ao mesmo período de 2010. Este aumento é o maior dos últimos
nove anos, segundo o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do
Consumidor. Em comparação a junho do ano passado, o indicador avançou
29,8%, o que representa o maior aumento nesta avaliação desde maio de 2002.

Entretanto, mesmo inadimplente, o consumidor tem direitos e precisa ter
conhecimento destes para se proteger de determinadas situações. Segundo a
Dra. Gisele Friso, advogada e consultora jurídica na G.Friso Consultoria
Jurídica, especializada em Direito do Consumidor e Direito Eletrônico, o
consumidor, ao ser cobrado por suas dívidas, não pode ser exposto ao
ridículo nem ser submetido a qualquer tipo de ameaça ou constrangimento
ilegal. Atitudes como deixar recados com parentes, vizinhos ou colegas de
trabalho para entrar em contato com a empresa de cobrança podem
caracterizar constrangimento.

A advogada ressalta que os direitos do consumidor inadimplente estão
previstos no Código de Defesa do Consumidor. Segundo ela, há uma seção
dentro do Capítulo IV, que trata das Práticas Comerciais, a Seção V,
específica para cuidar da cobrança de dívidas. “Nesta Seção, os artigos 42
e 42-A estabelecem as regras para esta cobrança, como a não exposição ao
ridículo, ao constrangimento ou ameaça, a devolução em dobro do valor
cobrado indevidamente e a obrigatoriedade de informar o consumidor sobre os
dados do fornecedor que o está cobrando em todos os documentos de
cobrança”, detalha ela.

Nos casos de cobranças que geram constrangimentos ao consumidor, a empresa
cobradora pode ser processada por danos morais. Além disso, cobrar dívidas
que já estão quitadas, como muitas vezes ocorre por conta de problemas no
sistema de baixa de débitos das empresas, pode gerar condenação da
devolução em dobro do valor pago indevidamente. “Outro ponto importante é
que, em caso de o fornecedor contratar uma empresa de cobrança terceirizada
e ela cometer eventuais abusos contra o consumidor, quem responderá por
isso será o próprio fornecedor”, ressalta a advogada.

Sobre a G.Friso Consultoria Jurídica
A G.Friso Consultoria Jurídica é especializada nas áreas de Direito do
Consumidor e Direito Eletrônico, oferecendo suporte e soluções a pessoas
físicas e jurídicas. À frente da Consultoria está a Dra. Gisele de Lourdes
Friso, advogada especializada em Direito do Consumidor. É professora
convidada da ESA - Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do
Brasil.

Em 2007, lançou o livro "Código de Defesa do Consumidor Comentado", obra
que comenta todos os artigos do Código de Defesa do Consumidor e
jurisprudências correlatas, além de conter peças práticas e legislação
extravagante. Já em 2008, lançou o Livro "Exame de Ordem e Concursos
Públicos", em co-autoria. A advogada é também Coordenadora da Comissão de
Direito do Consumidor da OAB de Santo Amaro e membro da Comissão do
Advogado Professor da OAB Central.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Circulo Militar de Campinas oferece programa especial de férias para garotada

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 16:34:00

Durante todo o mês, o Departamento Cultural do Circulo Militar de Campinas resgata as brincadeiras de rua que perderam espaço no dia a dia da criançada devido às tecnologias atuais (computador, videogame, entre outros) e até mesmo por conta da violência, e traz a Super Férias de julho com diversas atividades para crianças e adolescente de 4 a 15 anos de idade.
Além de facilitar a vida dos pais que não conseguiram casar suas férias a dos filhos, a Super Férias procura de uma forma gostosa e saudável estimular a fantasia, criatividade, independência e físico da criança com atividades como a noite do pijama, dinâmica com escoteiros, trilhas com lanterna, visitação aos brindados do exército, além dos tradicionais jogos e brincadeiras que fazem parte das boas lembranças da infância: batata-quente, cabo de guerra, ovo-chocô, telefone sem fio, queimada, pula corda e muito mais.
O evento, que conta com a coordenação da RR Eventos, iniciou-se na primeira semana de julho e segue até o final do mês, de terça a sexta-feira das 8 às 18 horas e pode ser adquirido em pacotes semanais ou pela diária.
Serviço:
O que: Super Férias Circulo Militar de Campinas
Quando: Durante todas as semanas do mês de julho (3ª a 6ª feira das 08h às 18h)
- 05 a 08 de julho de 2011
- 12 a 15 de julho de 2011
- 19 a 22 de julho de 2011
- 26 a 29 de julho de 2011
Valor do Pacote Semanal:
Sócio do clube: R$ 160,00
Sócio participante das Escolinha do CMC: R$ 140,00
Não Sócio: R$ 210,00
Incluso: Almoço e Lanche

Diária:
Sócio: R$ 60,00
Não Sócio: R$ 75,00
Incluso: Almoço e Lanche

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Não perca! Novo programa Receita de Família

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 16:33:00

Novo programa “Receita de Família”, da TV Brasil, apresenta dicas de alimentação saudável e sustentável

ONG Banco de Alimentos presta consultoria para aplicar o combate ao
desperdício e reeducação alimentar

A TV Brasil, em parceria com o SESI, apresenta aos sábados, às 14h30 o programa Receita de Família. O “Reality Show”, que estreou no dia 28/05, e vêm agradando ao público, tem uma família a cada série, que é dividida em cinco episódios.

O programa que também tem como objetivo ensinar e ajudar as famílias participantes bem como os telespectadores conta com a gastróloga e nutricionista Aline Rissato, que com a consultoria da ONG Banco de Alimentos, apresenta o programa e dá dicas de higiene, alimentação saudável e combate ao desperdício por meio do aproveitamento integral dos alimentos.

Os espectadores têm acesso ao programa pelos canais de televisão encontrados no http://www.tvbrasil.org.br/comosintonizar/ ou então via web, ao vivo pelo link: http://tvbrasil.org.br/webtv/.

Assista! Não perca o próximo episódio.


Sobre a ONG Banco de Alimentos (OBA)
Criada em 1998, a partir da iniciativa civil e pioneira da economista Luciana C. Quintão, a ONG Banco de Alimentos tem como objetivo minimizar os efeitos da fome, por meio do combate ao desperdício de alimentos e da promoção da educação e da cidadania. A organização não governamental Banco de Alimentos atua em três frentes: realiza o trabalho de “colheita urbana”, ou seja, arrecada alimentos que são sobras de comercialização e excedentes de produção e distribui para instituições sociais; promove ações educativas e profiláticas voltadas às comunidades atendidas; e expande os conhecimentos adquiridos em sua área de atuação para a sociedade como um todo por meio de eventos, oficinas culinárias, palestras e workshops, possibilitando uma mudança de cultura e trabalhando para um mundo mais sustentável.

A cada mês, a ONG Banco de Alimentos distribui em média 35,9 toneladas de alimentos, total que alimenta 22.171 brasileiros por dia. De janeiro de 1999 a dezembro de 2010, a ONG evitou que mais de 4.151 toneladas de alimentos fossem transformadas em lixo. Esse combate ao desperdício e à fome resultou, no período, em quase 38 milhões de refeições complementadas e em mais de sete milhões de atendimentos nas 51 instituições sociais cadastradas.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Inscrições Abertas Congresso Brasileiro de Humanização da Saúde em Ação

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/07/2011 16:31:00

Salvador (BA) sediará 7ª edição do Congresso
de Humanização da Saúde em Ação

Iniciativa da Santa Casa de Misericórdia da Bahia e Associação Viva e Deixe Viver, o evento será realizado entre os dias 19 e 21 de setembro na capital baiana. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no site www.vivahumanizacao.org.br.
Já estão abertas as inscrições para o Congresso Brasileiro de Humanização da Saúde em Ação, que acontece nos dias 19, 20 e 21 de setembro, em Salvador (BA). Iniciativa da Santa Casa de Misericórdia e Associação Viva e Deixe Viver, o evento, desde 2001, reúne agentes de transformação para a discussão, aprimoramento e disseminação da humanização hospitalar. Foi iniciado no Brasil com atuação de ONG's e de profissionais de saúde determinados a humanizar os ambientes hospitalares, promovendo atividades com foco no bem-estar dos pacientes. Em sua 7ª edição, o Congresso terá como tema “Comunicação e Liderança na Atenção e Gestão da Saúde” proveniente de pesquisa (anexa) realizada em 2010 junto a um universo de 2200 profissionais e estudantes da saúde em 11 cidades do Brasil. O congresso será realizado no Centro de Convenções da Bahia, contando com a participação de autoridades e profissionais de reconhecido destaque.
A Santa Casa de Misericórdia da Bahia e a Associação Viva e Deixe Viver, organizadores do evento, têm uma forte atuação na área da Humanização. “Desde a realização do primeiro Congresso de Humanização, em 2001, Ano Internacional do Voluntário, trabalhamos em prol desta causa e temos conseguido importantes conquistas”, observa Valdir Cimino, fundador da Associação Viva e Deixe Viver. Segundo ele, o apoio de empresas e instituições governamentais da área de Saúde tem sido fundamental na disseminação deste movimento.
As ações de humanização debatidas nas edições anteriores do Congresso vêm contribuindo para transformar processos e procedimentos que beneficiam pacientes, instituições e toda a sociedade. Para formatar a edição deste ano, foram realizados, ao longo do ano passado, os Fóruns de Humanização. Estes encontros têm o intuito de levantar dados e estimular a troca de experiências sobre a humanização no setor de saúde, de forma que o conteúdo do congresso venha refletir o que vem sendo discutido e aplicado nas diversas regiões do País. E dessa forma, mostrar que a prática de ações ligadas à humanização hospitalar está ao alcance de todos; distribuir informações sobre os trabalhos científicos e cases reais sobre o tema; valorizar as experiências praticadas em hospitais e projetos de sucesso.
Durante o Congresso, serão apresentados novos projetos, cases de sucesso e as principais tendências do setor. As inscrições podem ser feitas no site www.vivahumanizacao.org.br.

As vagas para o evento são limitadas e a taxa de inscrição até 29 de julho é a seguinte:
Profissionais da saúde: R$100,00
Estudantes e voluntários: R$80,00

Até 16 de setembro:
Profissionais da saúde: R$120,00
Estudantes e voluntários: R$100,00

Serviço:
Congresso Brasileiro de Humanização da Saúde em Ação
Centro de Convenções da Bahia
Av. Simon Bolivar, s/ nº
Salvador - Bahia


Informações e inscrições: www.vivahumanizacao.org.br

Sobre a Associação Viva e Deixe Viver - www.vivaedeixeviver.org.br
Fundada em 1997, pelo paulistano Valdir Cimino, a Associação Viva e Deixe Viver é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que conta com o apoio de voluntários que se dedicam a contar histórias para crianças e adolescentes hospitalizados, visando transformar a internação hospitalar num momento mais alegre, agradável e terapêutico, além de contribuir para a humanização da saúde, causa da entidade. Hoje, além dos 1234 contadores de histórias voluntários, que visitam regularmente mais de 80 hospitais em todo o Brasil, a Associação conta com o apoio das empresas Colgate, Mahle Metal Leve, Laboratório Pfizer, Mattos Filho Veiga Filho Marrey Jr. e Quiroga Advogados e AES Eletropaulo.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Prêmio Jovem Brasileiro completa 10 anos trazendo novidades

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2011 17:18:00

A maior premiação jovem do país, o Prêmio Jovem Brasileiro (PJB) chega a sua 10ª edição



A maior premiação jovem do país, o Prêmio Jovem Brasileiro (PJB) chega a sua 10ª edição com muitas novidades para celebrar o seu aniversário. A começar pelo apresentador do evento Marcos Mion, que pela segunda vez consecutiva estará no comando do evento. A novidade é que ele não estará sozinho, dividirá o palco da premiação com outra personalidade, que ainda é surpresa.

Seguindo os conceitos da web 2.0, o site do prêmio está muito mais interativo. Além de poder votar, o público poderá participar de promoções exclusivas pelo site e também nas redes sociais Twitter e Facebook. O idealizador do projeto, Guto Melo, revela que este ano para comemorar os dez anos de PJB haverá diversas ações paralelas à premiação, a começar pelo "Prêmio Jovem Brasileiro - Projeto Balada", que acontecerá no dia 04 de junho, na Balada Secrett, em São Paulo. O projeto é dedicado ao público de 12 à 17 anos, jovens que participam massivamente das votações.

O PJB é um projeto idealizado pelo empresário Guto Melo, proprietário da Agência Zapping, que surgiu com objetivo de homenagear os jovens talentos do país. Os ganhadores são indicados através de uma votação que acontece no site oficial da premiação – www.premiojovem.com.br – ano passado foram mais de 50 mil votos e por uma comissão especial composta por jornalistas, críticos e colunistas, antenados no universo jovem. Algumas categorias, como Publicidade e Fotografia, o premiado é escolhido por meio de concursos e a Categoria do Estudante através da escolha da melhor redação, feita durante a 14º Feira do Estudante, promovida pelo CIEE, que acontece no final deste mês.

Durante esses dez anos mais de 400 pessoas foram premiadas, entre elas: os atores Nathalia Dill, Fiuk, Kayky Britto, Bruno Gagliasso; as bandas Jeito Moleque, Charlie Brown Jr. e Parangolé; os apresentadores Evaristo Costa, Renata Fan e Gianne Albertoni, a modelo Fernanda Mota; os programas CQC, Malhação e Pânico na TV, entre outros.

O Prêmio Jovem Brasileiro faz parte do calendário de eventos da capital paulista, e conta com o apoio da Prefeitura da Cidade de São Paulo, Governo do Estado de São Paulo e do Centro de Integração Empresa Escola – CIEE, Pony Brasil, São Paulo Convention & Bureau e patrocínio da Companhia Athletica. A premiação acontece no dia 19 de setembro, no Memorial da América Latina, local do evento desde 2005. Repetindo o ano anterior, atração também terá transmissão ao vivo pela internet.

Da Redação Revista zaP!®
Edição de conteúdo, Diagramação, e Publicação:
Por: Elizabeth Misciasci
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Fonte| Prêmio Jovem Brasileiro
www.premiojovem.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Coleção de livros infanto-juvenis da Madonna já está nas lojas

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2011 17:09:00


Maio de 2011

Os seis primeiros títulos da coleção As Rosas Inglesas, da cantora pop Madonna já estão nas livrarias de todo o país,
por R$ 39,00 cada, ou na loja virtual
www.nossacultura.com.br/loja

Amigas Para Sempre; Adeus Grace; A Garota Nova; Uma Rosa de Outro Nome Qualquer; Tristezas de uma irmã mais velha; e Ser a Binah, lançados pela Editora Nossa Cultura, fazem parte da série que começou em 2003, quando Madonna lançou seu primeiro livro As Rosas Inglesas, e trouxe a magia dos contos de fadas para o universo atual de cinco garotas inglesas.

Em português e numa edição caprichada com destaque para as cores vibrantes e os traços fortes das ilustrações de Jeffrey Fulvimari, cada livro é um convite para as jovens leitoras refletirem sobre fraquezas e valores como a amizade e a compaixão.


Toda a obra gira em torno das amigas Nicole, Amy, Charlotte, Grace e Binah.

Conhecidas como As Rosas Inglesas, elas inspiram e protagonizam histórias que passeiam pelos mais variados temas, como ciúmes, o nascimento de um irmão, a possível mudança de cidade de uma amiga e a chegada de uma nova aluna à escola, por exemplo. Todas as situações são pano de fundo para, como disse Madonna à época do lançamento da série, “ensinar algo sobre a vida.”

O primeiro título, Amigas Para Sempre, apresenta cada uma das cinco amigas, suas características físicas, gostos, suas famílias, preferências, hábitos, etc.

No segundo título da série As Rosas Inglesas, Adeus Grace, a garota percebe que seus pais estão agindo de forma esquisita e compartilha com as amigas a suspeita que irá mudar de cidade. Adeus Grace narra, então, o dilema das amigas para tentar descobrir o que está realmente acontecendo e as preocupações sobre se a amizade entre elas sobreviverá à distância. A amizade do grupo é o tema central também de A Garota Nova. No terceiro título da coleção, as Rosas Inglesas convivem com os ciúmes e as alegrias da chegada de uma nova garota que se aproxima e ameaça “roubar” Nicole do grupo.

No quarto livro, Uma Rosa de Outro Nome, a amizade entre elas novamente é posta à prova durante o desafio de montar, ensaiar e apresentar uma peça teatral na escola.
Já no quinto livro, Tristezas de uma irmã mais velha, Amy sofre em saber que sua família vai aumentar e As Rosas Inglesas se unirão para mostrar a ela o lado bom de ser uma irmã mais velha. Por fim, Ser a Binah, o sexto livro da coleção, trata das dúvidas de Binah sobre seu jeito bonzinho de ser e sobre como suas amigas se unem para mostrar o que é mesmo importante.
Os primeiros seis livros da coleção As Rosas Inglesas que a Editora Nossa Cultura está lançando no Brasil já estão nas livrarias pelo preço sugerido de R$ 39,00, cada volume. Os interessados também podem comprá-lo na loja virtual da Nossa Cultura www.nossacultura.com.br/loja.

A renda obtida por Madonna com a venda dos livros é doada para a ONG Raising Malawi, que ela fundou em 2006 para cuidar de crianças órfãs e vulneráveis de Malawi, na África.

Serviço:
Coleção As Rosas Inglesas
Formato: Papel
Preço de capa: R$ 39 cada título

Sobre a Nossa Cultura – Com sede em Curitiba (PR), a editora Nossa Cultura é especializada em audiolivros (ou audiobooks) e mídias que destaquem os recursos audiovisuais. Bastante popular em países como Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha, o audiolivro pode ser ouvido em diferentes ambientes e situações, sendo a maneira mais prática de manter-se informado e desfrutar de grandes obras de maneira inovadora. O catálogo da Nossa Cultura é composto por mais de 250 títulos, entre obras próprias e de parceiros. Entre os títulos destacam-se Engolido pelas Labaredas, de David Sedaris, narrado por Marcelo Tas, Febre de Bola, Viva Como Você Quer Viver, O Sol Também se Levanta, a coleção Pensamento Vivo, de Rubem Alves (quatro volumes), a coleção Rubem Alves infantil (três volumes), Clube da Comédia Stand-Up, Darfur – uma nova história de uma longa guerra, China na África e A Família do Milênio. Na área de negócios, a Nossa Cultura tem os audiolivros Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, A Nova Proposta de Warren Buffett, Cartas a um Jovem Investidor, de Gustavo Cerbasi, Terapia Financeira, Porque queremos que você fique rico e Pai Rico, Pai Pobre. As biografias também estão presentes “Cartas a uma jovem atriz” da atriz Marília Pêra e “ A saga das mãos” do maestro João Carlos Martins, são exemplos. O catálogo completo pode ser conhecido no site www.nossacultura.com.br


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Poupatempo Santo Amaro participa de ação comunitária no bairro Veleiros

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2011 17:05:00

Equipe do Posto vai emitir Carteiras de Trabalho para a comunidade neste sábado

O Poupatempo Santo Amaro vai participar, neste sábado, 14 de maio, de uma ação comunitária promovida pela Associação Santa Rita de Cássia. Uma equipe da Unidade estará no bairro Veleiros para emitir Carteiras de Trabalho a quem precisar do documento, que é gratuito e será entregue na hora.

Além da emissão Carteira de Trabalho pelo Poupatempo, os moradores de Veleiros e região poderão contar com diversos outros serviços gratuitos como orientação jurídica, palestras na área de saúde, aferição de pressão, entre outros.

A ação acontece das 9 às 16 horas na Av. Berna, 192, em Veleiros.

O Poupatempo Santo Amaro fica na Rua Amador Bueno, 176/258, próximo ao Largo Treze de maio, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, e aos sábados, das 7 às 13 horas.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SOB CENSURA - Em protesto contra a SDE, CREMESP lança a campanha LUTO PELA SAÚDE

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2011 16:58:00

**
O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) vem a público lançar a campanha Luto pela Saúde, em protesto contra a censura imposta pela Secretaria de Direito Econômico (SDE) do Ministério da Justiça, que decidiu coibir o recente movimento por remuneração digna e melhoria do atendimento aos usuários da saúde suplementar, deflagrado pelas entidades médicas em 7 de abril.

O Cremesp rechaça a tentativa da SDE de controlar e impedir a livre manifestação dos médicos em prol da dignidade profissional.

Ao tentar proibir a ação coletiva do movimento médico, a SDE afronta a Constituição Federal e a democracia, que têm como fundamentos a cidadania e a liberdade de organização e de expressão.

A SDE, ao condenar a utilização dos princípios fundamentais do Código de Ética Médica, extrapola suas atribuições e desrespeita as prerrogativas dos Conselhos de Medicina, asseguradas por lei.

No momento em que ignora as justas reivindicações dos médicos, apoiadas por inúmeras entidades da sociedade civil e de defesa do consumidor, a posição da SDE acaba favorecendo os interesses econômicos das empresas de planos de saúde e, com isso, prejudica ainda mais a população assistida.

O Cremesp, ao lado das demais entidades médicas, adotará todas as medidas judiciais necessárias para reverter a decisão arbitrária da SDE.

O Cremesp não renunciará às suas obrigações, compromissos e competências legais na defesa da sociedade e da classe médica.

Damos início à campanha Luto pela Saúde, estampada na sede do Cremesp e em diversos materiais a serem distribuídos, com o duplo propósito de manifestar a indignação dos médicos e reafirmar o compromisso prioritário com a saúde e a vida dos nossos pacientes.

**Nota emitida através da Assessoria de Imprensa do Cremesp Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org


**


zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)
*

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Movimento Justiça Brasil participa do debate - Impacto de vítimas do trânsito nos hospitais do ES -

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2011 16:26:00

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
DEBATE IMPACTO DE VÍTIMAS DO TRÂNSITO NOS HOSPITAIS DO ESTADO


















































A representante do MOVIMENTO JUSTIÇA BRASIL, **SANDRA CASSARO {Foto ao microfone}, fez um apelo dramático e emocionante em nome das famílias das vítimas do trânsito e defendeu punição mais ágil e severa para os infratores.


A iniciativa da sessão especial na noite de segunda-feira, dia 09 de maio de 2011, no Plenário da Assembléia Legislativa (ALES), foi de autoria do DEPUTADO DOUTOR HÉRCULES DA SILVEIRA (PMDB).

A sessão foi destinada a debater a segurança no trânsito e o crescente número de mortos e feridos graves resultantes de acidentes automobilísticos.

A audiência reuniu representantes de órgãos públicos, organizações da sociedade civil e estudantes universitários.

Os acidentes de trânsito já disputam com os homicídios as taxas de mortalidade.

Todos os palestrantes, à unanimidade, exigiram uma legislação mais rigorosa e exemplarmente aplicada.

De acordo com o delegado de Delitos de Trânsito, Fabiano Contarato, a aplicação rígida do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) só é feita se o infrator for "pobre, preto ou semi-analfabeto".


NÃO HÁ PAZ SEM JUSTIÇA!

**Com Informações:
http://www.al.es.gov.br

**Assista o vídeo da reportagem:
http://www.youtube.com/watch?v=eZ4yUvUvwgE


MOVIMENTO JUSTIÇA BRASIL!
www.justicabrasil.com

**Sandra Cassaro É filha do Prefeito de São Gabriel da Palha-ES, Anastacio Cassaro, covardemente assassinado em 03/04/1986.

Para entender um pouco sobre e Caso Anastacio Cassaro, acesse:
Caso Anastacio Cassaro em Destaque - Revista zaP!


****Por: Sandra Domingues
12/05/2011

****Apoio: Movimento Gabriela Sou da Paz


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org


**

Edição de conteúdo, Diagramação, e Publicação:
Por: Elizabeth Misciasci
zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)
*

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Participe do maior evento sobre segurança pública no Brasil

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2011 16:08:00

Não Perca!
No próximos dias: 13, 14 e 15, acontece o Forum Brasil de Segurança Pública.

MR19 - A situação das mulheres encarceradas - Coordenação: Cristina Zackseski (UNICEUB).

Participantes:

**Davi Eduardo Depiné Filho (DPSP)
**Sonia Drigo (GT Mulheres Encarceradas SP) Dia 15!**
**Adriana Taets (NADIR-USP)
**Representante da Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres.

Mais Informações, Acesse:
www.encontro2011.forumseguranca.org.br
































**Com divulgação e Distribuição Por: Drª. Sonia Drigo**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O bullying sempre existiu

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2011 16:00:00

* Por Tom Coelho

O bullying sempre existiu. Anos atrás as vítimas eram chamadas de CDFs, nerds ou puxa-sacos. Eram jovens que se sentavam nas primeiras fileiras de carteiras na sala de aula, prestavam atenção no professor e na matéria lecionada, inquiriam e respondiam perguntas, faziam o dever de casa e, consequentemente, tiravam boas notas. O contraponto era a “turma do fundão”, formada por rebeldes e descolados.

Os atos de bullying eram bem conhecidos. Desde o “corredor polonês”, onde vários estudantes se enfileiravam para escorraçar o alvo com alguns petelecos, tapas e breves pontapés, a chamada “geral”, até o famigerado “te pego lá fora”. A opressão era mais física do que psicológica, pois o constrangido tinha em sua defesa o fato de ser, normalmente, melhor aluno que seus agressores.

Claro que também tínhamos o assédio ao gordo, ao feio e ao varapau. Mas a questão é que estas ações eram contidas em si mesmas. As escolas mantinham “bedéis” para colocar ordem na casa e coibir atos de violência, sem falar que ir “parar na diretoria” era temido pela maioria dos alunos.

Contudo, se o bullying ocorresse, ao chegar em casa a vítima ainda iria ter com seus pais. Alguns poderiam dizer: "Não reaja, pois não é de sua natureza", no melhor estilo “ofereça a outra face”. Já outros argumentariam: “Se apanhar de novo lá fora e não reagir, vai levar outra surra quando chegar em casa”.

Mas isso tudo são histórias de 30 ou mais anos atrás, tempos em que a educação era partilhada pela igreja, a família e a escola. A igreja católica se viu alvejada, no Brasil, pelo avanço dos evangélicos e outras religiões, de modo que passou a se preocupar mais com seu negócio do que com seus clientes. A família abandonou o modelo patriarcal, migrando para o nuclear. Agora a mulher trabalha fora, acumulando a chamada dupla-jornada, ou seja, cuidar de seu emprego e dos afazeres domésticos, sobrando menos tempo para dar atenção aos filhos. Esta nova rotina profissional levou à desagregação familiar. Assim, a educação foi entregue à tutela quase exclusiva da escola que, por sua vez, também se tornou um grande negócio.

Neste quadro, coloque como tempero os conflitos de valores, a influência da mídia e os novos paradigmas sociais. Agora temos alunos que não respeitam professores, colegas e até os pais, pois têm grande dificuldade de lidar com o conceito de hierarquia. O apelo ao consumo transformou pátios em passarelas, por onde desfilam roupas e celulares. Os péssimos hábitos alimentares promoveram o crescimento da obesidade contrastando com a ditadura da beleza. E a cereja do bolo: a comunicação pelas redes sociais que levam as vítimas à exposição instantânea e em larga escala.

A solução para amenizar o bullying não passa por mais regras, coerção e punição. Passa pelo resgate dos valores e a conscientização sobre o que é certo e o que é errado, tarefa esta da igreja, da família, da escola e também da sociedade.


*Tom Coelho
é educador, conferencista e escritor com artigos publicados em 15 países. É autor de “Sete Vidas – Lições para construir seu equilíbrio pessoal e profissional”, pela Editora Saraiva, e coautor de outros quatro livros. Contatos através do e-mail tomcoelho@tomcoelho.com.br.
Visite: www.tomcoelho.com.br
e www.setevidas.com.br.

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org


**


zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)
*

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Mulheres quitam dívidas mais depressa que os homens

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2011 15:55:00

As mulheres brasileiras são mais consumistas e se endividam mais que os homens. Mas, na hora de se livrar das dívidas contraídas, elas também saem na frente e são mais apressadas do que eles, aponta uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas.

As principais razões que levam os consumidores à situação de inadimplência, segundo o levantamento, são a perda do emprego ou o descontrole financeiro.

Mas, sair dessa condição leva bastante tempo. Segundo o advogado especialista em recuperação de ativos, Luiz Felizardo Barroso, diretor da Cobrart Gestão de Ativos, é preciso disciplina para sair do endividamento e frear o consumo.

Segundo o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), do total de brasileiros com o "nome sujo" 33,31% demoram mais de um ano para se livrar da dívida. Outros 15,14% disseram levar até dois anos para quitar as contas em atraso, e 6,53%, até três anos. Os dados mostram que as mulheres se endividam mais. Elas foram responsáveis por 55,99% das inclusões no cadastro de devedores, enquanto os homens responderam por 44,01%.

Entretanto, o sexo feminino também foi responsável pelo maior número de registros cancelados, o que acontece depois de regularizado o débito, com 54,66%, contra 45,34% deles.

Por isso, especialistas em finanças como o administrador de empresas Omar Malheiro, diretor da Atn Capital, empresa de recuperação de recebíveis, alertam sobre a necessidade de cautela na hora das compras.

- "É preciso ter cuidado com as taxas de juros. Prorrogar o pagamento das dívidas custa caro para o consumidor. O ideal é negociar o que se deve para tentar sair da inadimplência", analisa.


Cobrart - Gestão de Ativos – Av. Rio Branco, 147, 20º andar – Centro - Rio de Janeiro/RJ – CEP 20040-006 – Tel.: (21) 2157-0773. Funcionamento: segunda a sexta de 9h às 18h. www.cobrart.com

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro sobre a infância de Mizael Oliveira será lançado no Museu do Futebol

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2011 00:26:00

Mizael e a autora Paola Gentile participam de bate-papo e fazem sessão de autógrafos no dia 12 de maio, às 17h



































Obra da coleção Pequenos Craques da Callis Editora mostra como o bicampeão paraolímpico buscou independência e autonomia apesar da deficiência visual

A Callis Editora promove no próximo dia 12 de maio, no Museu do Futebol, em São Paulo, o lançamento do livro “Mizael”, da autora Paola Gentile. A obra da coleção “Pequenos Craques” mostra como o bicampeão paraolímpico brasileiro buscou a independência e a autonomia apesar da deficiência visual. “Trata-se de uma homenagem a um atleta relevante do esporte nacional”, afirma Miriam Gabbai, diretora da Callis Editora. Durante o evento, Mizael e a escritora participam de bate-papo com os convidados e de sessão de autógrafos.

Quer saber mais sobre a história desse vitorioso atleta? Bicampeão da Copa América, Bicampeão Mundial, Bicampeão Paraolímpico no futebol de cinco para cegos. Advogado atuante. Essa é a trajetória vencedora de Mizael Conrado Oliveira. Vítima de catarata, desde seu nascimento, em 1977, na cidade de Santo André, enfrentou dificuldades com a visão. Ainda nos primeiros anos de vida, submeteu-se à quatro cirurgias que permitiram que o menino, filho da costureira Maria das Dores e do operário João, enxergasse apenas contornos e borrões. Aos nove anos, recebeu a notícia que mais temia: ficaria completamente cego. Internado no Colégio Padre Chico, entregou-se de cabeça ao esporte. Praticava, com meninos mais velhos, futebol de cinco para cegos. De lá para cá não parou mais.

Serviço:
Lançamento do livro “Mizael” no Museu do Futebol
Data: 12.05.2011
Horário: 17h
Local: Praça Charles Miller, S/N - Estádio do Pacaembu


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

**

**

zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Conheça alguns truques e segredos sobre a depilação

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/05/2011 00:15:00

Hoje a depilação é uma questão cultural, saiba por quê

Se há um programa do qual poucas mulheres gostam é de fazer a depilação. Hoje em dia, já virou quase obrigação e uma questão cultural, como explica a dermatologista Kátia Lutfi, porque ninguém se sente bem com algo a mais no corpo.

No Brasil a mulher se preocupa mais com a aparência do que em outros países, e isso é evidente no cuidado que têm quando o assunto é beleza.

O uso da cera veio em substituição da lâmina, pois existia um mito de que a lâmina engrossava os pelos. Sim, Mito.

A **Dra Kátia Lutfi mostra que a lâmina tira a ponta do pelo, que é a parte mais fina do mesmo, aparando-o tangencial a pele, então quando cresce, não é pela ponta e sim pela haste, o que dá a aparência de ser mais grosso. O truque é usar a lâmina no sentido do pelo e durante ou logo após o banho, mas é um processo irritativo já que é realizado mais frequentemente.

De acordo com a dermatologista, não há uma idade certa para o início da depilação. Após a puberdade, quando os pelos ficam mais grossos e evidentes, geralmente as adolescentes iniciam esse processo, mas o importante é saber o método mais adequado para cada pessoa, que é aquele que supre a necessidade e os objetivos de cada um. - "Se tivesse que escolher, seriam os métodos definitivos, com luz intensa pulsada ou laser, pois é a única maneira de eliminá-los definitivamente", revela a Dra Kátia.

Uma das dúvidas que surge é o que fazer após a depilação. Para tal, existem cremes, que têm efeito calmante à pele, e que diminuem as irritações após o procedimento. Segundo a dermatologista, - "deve-se evitar produtos com álcool e perfumes que podem manchar a pele".

Para evitar e minimizar os possíveis riscos de infecção é necessário ter a pele limpa antes da depilação, e em caso de uso de ceras, certificar que as mesmas são descartáveis.
Não há como negar que o corpo fica mais bonito e apresentável quando está despido de qualquer coisa que incomode a pessoa, mas é sempre importante perceber qual o melhor método para cada um e em caso de dúvida procurar um profissional que ajude a esclarecer.

**Para mais informações (11) 5183 5569 – Spa Kauai.


**Kátia Lutfi é dermatologista

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Ayla Meireles Comunicação
Assessoria de Imprensa
**

**

zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Suicídio: é possível evitar?

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:44:00










Psicólogo *Julio Peres explica o porquê é preciso incentivar pessoas em depressão a buscar tratamento.

O Brasil não tem tradição ou cultura suicida, mas segundo dados do Mapa da Violência/2011, divulgado pelo Instituto Sangari e o Ministério da Justiça, das três causas de mortalidade violenta, os suicídios foram os que mais cresceram na década de 1998-2008: 17% tanto para a população total quanto para a jovem (com idade entre 15 e 24 anos). Para o psicólogo Julio Peres, os brasileiros precisam ficar mais atentos aos sinais dados pelas pessoas em depressão ou com outros transtornos para evitar um final tão trágico.
“Entre as principais causas que levam uma pessoa a acabar com a própria vida estão problemas como depressão, abuso de drogas e situações que despertam forte carga emocional, como o fim de um relacionamento amoroso, a perda de um emprego ou de um ente querido. Porém, muitas dessas situações são vistas por familiares e amigos como algo temporário ou, muitas vezes, como ‘frescura’”, explica Julio Peres, psicólogo e doutor em Neurociência e Comportamento pela USP.

A partir do momento que familiares e amigos percebem que a pessoa começa a desenvolver o pensamento de suicídio é preciso buscar ajuda profissional. As psicoterapias atuais enfatizam as estratégias de superação utilizadas naturalmente por indivíduos resilientes (com a capacidade de atravessar situações traumáticas e voltar a qualidade de vida satisfatória). E segundo Julio Peres, experiências traumáticas podem criar oportunidades de crescimento pessoal através da introdução de novos valores e perspectivas para a vida.

“Essa atitude de desenvolver novos interesses e objetivos de vida após o trauma é um dos cinco fatores do crescimento pessoal. Os outros fatores que podem agir de modo independente ou paralelamente são: apreciação e valorização da vida, melhor relação familiar e interpessoal, resgate da religiosidade e espiritualidade no dia-a-dia e descoberta de força e recursos pessoais para superação de adversidades. Esses fatores podem salvar um indivíduo de optar pelo suicídio e, além disso, permitem a construção de uma qualidade de vida superior a que ele tinha antes do trauma”, afirma *Julio Peres.

*Julio Peres

Psicólogo clínico e Doutor em Neurociências e Comportamento pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Fez Pós-doutorado no Center for Spirituality and the Mind, University of Pennsylvania e na Radiologia Clínica/Diagnóstico de Imagem pela UNIFESP. Autor dos estudos Brasileiros que investigaram os efeitos neurobiológicos da psicoterapia através da neuroimagem funcional (Psychological Medicine 2007 e Journal of Psychiatric Research 2010). Possui artigos científicos publicados sobre trauma psicológico, psicoterapia, resiliência, espiritualidade e superação. Pesquisador do Programa de Saúde, Espiritualidade e Religiosidade (PROSER) do Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo. Autor do livro “Trauma e Superação: o que a Psicologia, a Neurociência e a Espiritualidade ensinam” editora ROCA.
www.julioperes.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

AES Eletropaulo lança manual técnico para clientes de média tensão

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:39:00

Novo guia traz normas, instruções e procedimentos técnicos essenciais de segurança para ligações de energia elétrica em estabelecimentos comerciais, residenciais e industriais


A AES Eletropaulo lança, no dia 14 de abril, a nova edição da norma Fornecimento de Energia Elétrica em Tensão Primária de Distribuição - Instruções Gerais. Trata-se de um manual com informações sobre os procedimentos técnicos e de segurança necessários para a ligação nova ou alteração de cargas em clientes de média tensão. Essa categoria inclui empresas do comércio, serviços e indústria com carga de energia instalada acima de 75.000 W.

O guia é indicado para técnicos, engenheiros e eletricistas. O manual traz distâncias mínimas de condutores, montagem e instalação de equipamentos, além de outras informações técnicas. Reúne também detalhes e etapas necessárias para a construção das SEE (Subestações de Entradas de Energia) para o fornecimento de energia elétrica.

Entre as novidades dessa versão está o novo sistema de aterramento definido na nova ABNT NBR 15.751. Além disso, o manual apresenta a nova SEE Compacta que, além de ocupar menor espaço, é mais segura em relação à versão antiga em poste único.

Todas as dicas estão de acordo com as principais normas e regulamentos do segmento, como, ABNT NBR 14039, NR 10, PRODIST, resolução 414 da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), entre outras. Os nove capítulos trazem informações detalhadas sobre SEE Convencionais, SEE simplificadas e SEE constituídas de conjuntos blindados.

Os clientes podem consultar gratuitamente o Fornecimento de Energia Elétrica em Tensão Primária de Distribuição - Instruções Gerais na rede de atendimento da AES Eletropaulo e no site www.aeseletropaulo.com.br. Os consumidores também podem adquiri-lo por R$ 60,00 em qualquer agência da distribuidora.

A AES Eletropaulo fornece gratuitamente orientação para clientes de baixa tensão, como é o caso de residências. Nesta categoria, a carga instalada é de até 75.000 W. As informações estão disponíveis no site e nas lojas da distribuidora.

Sobre a AES Eletropaulo

Distribui energia elétrica para 24 municípios da região metropolitana de São Paulo – incluindo a capital – que, juntos, abrigam uma população de 16,5 milhões de habitantes. A área de concessão atendida pela empresa abrange 4.526 km² e concentra a região socioeconômica mais importante do país, com 6 milhões de unidades consumidoras. Em consumo e faturamento, a AES Eletropaulo é a maior distribuidora de energia elétrica da América Latina.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Stand- up com ALEXANDRE PORPETONE no bar Seo Leopoldo

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:37:00




















































Foto: Alexandre Porpetone

O humorista, Alexandre Porpetone, conhecido nacionalmente por interpretar o personagem Ronalducho no programa A Praça é Nossa, no SBT e também por apresentar o programa de humor esportivo Galera Gol, na rádio Transamérica SP, apresenta, às terças-feiras, o stand-up Comedy, Liga dos Comédias, no bar Seo Leopoldo, na Vila Leopoldina.
O elenco é formado por outros dois grandes nomes: Renato Tortorelli, também do programa Galera Gol e Enio Vivona, da Praça é Nossa e do Café com Bobagem. Lembrando que toda terça-feira um humorista convidado subirá ao palco do bar para atuar com eles. O espetáculo dura aproximadamente 1h e 30min.

STAND-UP LIGA DOS COMÉDIAS
BAR SEO LEOPOLDO
Rua Carlos Weber, 350, Vila Leopoldina
11 3647 9615
A partir das 21h30
Ingresso: R$ 20
Cartões: Visa, MasterCard, American Express e Dinners
www.seoleopoldo.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SP oferece capacitação profissional para soropositivos e familiares

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:32:00

Objetivo é promover reinserção no mercado de trabalho

Informática, culinária, hotelaria, estética, jardinagem, idiomas. Desde que foi criado, em janeiro deste ano, o projeto de capacitação profissional da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo para pacientes soropositivos e seus familiares já conseguiu encaminhar para cursos profissionalizantes cerca de 60 pessoas.
Os encontros acontecem às segundas e quintas-feiras, das 13h às 15h, ocasião em que assistentes sociais do Centro de Referência e Treinamento em DST/Aids fazem os encaminhamentos de acordo com o perfil do interessado.
O serviço social da unidade pesquisa, em jornais e sites especializados, cursos gratuitos com inscrições abertas, para disponibilizar para pacientes e familiares de portadores de HIV/Aids, e pessoas em situação de rua, acompanhados em ambos os locais.
“Há cursos para todos os gostos e talentos. Ao todo mantemos contato com mais de cem entidades. É uma forma de auxiliar a pessoa a
retornar ao mercado de trabalho.”, relata Carmen Kobayashi, que trabalha há mais de 10 anos no CRT DST/Aids-SP. Os encaminhamentos para os cursos são realizados respeitando-se a situação, perfil e momento de vida do paciente. “Ele pode buscar formação para montar um negócio próprio ou para retornar ao mercado de trabalho”, explica Carmem.
O projeto é oferecido em parceria com a “Casa de Serviço”, entidade filantrópica que assiste a pessoas em situação de alta vulnerabilidade social.
“Identificamos pessoas que se encontram em situação de alta vulnerabilidade social devido ao desemprego e desqualificação profissional. Constatamos que há pessoas que não são alfabetizadas ou são semi-alfabetizadas - sem conclusão do ensino fundamental e médio. A falta de escolarização, aliada à ausência de qualificação, afasta a pessoa dos seus objetivos, deixando-a em exclusão social”, observa Carmen.
Luiza Cerqueira, assistente social do CRT, ressalta que a iniciativa é a ampliação de um trabalho individual iniciado durante atendimento no ambulatório do CRT DST/Aids-SP.. “Alguns pacientes que outrora foram encaminhados para cursos profissionalizantes, hoje se encontram empregados”, declara.
Carmem Kobayashi dá alguns exemplos de sucesso: uma usuária, após freqüentar curso de costura reta e overloque, começou a trabalhar em casa (recebendo trabalho das oficinas), onde conseguiu conciliar filhos e renda; outra, após fazer cursos profissionalizantes trabalha atualmente numa grande rede de supermercados. Além dos cursos profissionalizantes, alguns casos ingressaram em universidades, após orientação e encaminhamento social.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Operação de Olho na Bomba fecha dois postos na Zona Leste

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:31:00

Amostras coletadas indicaram presença de solvente misturado à gasolina

A operação De Olho na Bomba, da Secretaria da Fazenda de São Paulo, por meio da Delegacia Regional Tributária da Capital I, cassou a inscrição estadual do Posto de Serviço Marechal Tito Ltda., localizado na avenida Marechal Tito, em São Miguel Paulista e do Auto Posto País de Gales Ltda., localizado na avenida Aricanduva, no bairro da Vila Aricanduva, na Zona Leste, por constatação de venda de combustível adulterado.

Amostras coletadas durante a operação indicaram a presença de marcador de solvente adicionado à gasolina. O marcador é um produto químico de adição obrigatória determinada pela Agência Nacional de Petróleo - ANP e auxilia a fiscalização na detecção da presença de solvente, produto proibido de ser vendido como combustível. O solvente, por não ter todas as características próprias da gasolina, ocasiona a corrosão de peças do motor de automóveis, causando grandes prejuízos aos proprietários de veículos.

Com estas interdições, sobe para 843 o número de postos que tiveram a inscrição estadual cassada em todo o Estado de São Paulo desde o início da operação, em 2005.

O Fisco paulista tem autoridade para cassar a eficácia da inscrição estadual desses estabelecimentos com o intuito de inibir a comercialização de combustível adulterado e a sonegação de impostos. Esta permissão está amparada na lei 11.929, de 12 de abril de 2005, regulamentada pelas Portarias CAT 28, 32, 61 e 74/05.

A fiscalização consiste em aferir bombas, conferir os dados cadastrais do estabelecimento e coletar amostras do combustível comercializado, que são encaminhadas à Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) para análise. Estão sujeitos à fiscalização postos de combustíveis, distribuidoras e transportadoras.

No caso de infração, os postos são impedidos de funcionar e têm lacrados os tanques que contenham combustíveis, além de suas respectivas bombas de abastecimento. De acordo com a lei, os sócios (pessoas físicas ou jurídicas) do estabelecimento ficam impedidos de exercer o mesmo ramo de atividade pelo prazo de cinco anos, contados da data de cassação.

A legislação estadual prevê a cassação da inscrição estadual de postos, distribuidoras e transportadores flagrados com combustível fora das especificações, além de multas da Secretaria da Fazenda, por sonegação fiscal, e do Procon, por lesão ao Código de Defesa do Consumidor, e abertura de inquérito policial, no qual os proprietários respondem a processos civis e criminais.

A lista completa de postos de combustíveis cassados pode ser consultada no site da Secretaria da Fazenda (www.fazenda.sp.gov.br). Basta acessar a opção "Consulta de postos cassados". Para denunciar posto suspeito de comercializar combustível adulterado, o contribuinte pode ligar para a Ouvidoria da Secretaria nos telefones (11) 3243-3676 e (11) 3243-3683 ou enviar um e-mail para ouvidoria@fazenda.sp.gov.br.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Comunicação Verbal é tema de novo audiolivro da Editora Nossa Cultura

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:30:00

As Sete Dimensões da Comunicação Verbal, de Reinaldo Passadori, agora pode ser ouvida no carro, em casa, na academia etc.

A Editora Nossa Cultura acaba de lançar o audiolivro As Sete Dimensões da Comunicação Verbal, do especialista no assunto, Reinaldo Passadori. Com a didática e conhecimento de um professor com mais de 25 anos de experiência na área, o audiolivro revela os segredos dos grandes comunicadores e suas técnicas de sucesso para conquistar e motivar os ouvintes. Além das faixas de áudio, o audiolivro traz ainda uma faixa especial com um guia prático para o ouvinte exercitar as técnicas aprendidas.
Dentre os tópicos abordados por Passadori para uma comunicação verbal eficiente estão o autoconhecimento, assertividade, empatia, diálogo, domínio da voz, do corpo, da plateia, dos ouvintes e harmonia espiritual. Partindo de princípios como estes, o autor apresenta suas teses para que sejam compreendidas por todos os públicos. Segundo ele, comunicação é poder e quanto mais se aprimora esta habilidade maior é a chance de sucesso em situações de liderança, reuniões, vendas, negociações, entrevistas, palestras e apresentações em público. Passadori explica ainda que uma boa comunicação é fruto de treino e mudança de atitude - não um dom como se poderia pensar.
Com foco na comunicação expressa verbalmente, o audiolivro aborda também a importância da comunicação não verbal e sua estreita relação com o poder de convencimento.
O audiolivro As Sete Dimensões da Comunicação Verbal é um convite aos profissionais e pessoas atentas às mudanças contínuas da chamada era da informação para exercitarem o domínio da comunicação oral e se beneficiarem da segurança e tranquilidade de uma audiência atenta.
O audiolivro custa R$ 38,50 e pode ser encontrado em livrarias em todo país e na loja online da Nossa Cultura www.nossacultura.com.br/loja

Serviço:
Tempo: 3h56min
Formato: MP3
ISBN: 978-85-80660-02-9
Preço: R$ 38,50
Categoria: Autoajuda / Comunicação interpessoal / Psicologia Social

Sobre o autor - Reinaldo Passadori é presidente e Fundador do Instituto Passadori de Comunicação Verbal. Tem mais de 25 anos de experiência em Comunicação, especialização em Recursos Humanos, Comunicação e Neurolinguística e já treinou mais de 50 mil profissionais.

Sobre a Nossa Cultura - Com sede em Curitiba (PR), a editora Nossa Cultura é especializada em audiolivros (ou audiobooks) e mídias que destaquem os recursos audiovisuais. Bastante popular em países como Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha, o audiolivro pode ser ouvido em diferentes ambientes e situações, sendo a maneira mais prática de manter-se informado e desfrutar de grandes obras de maneira inovadora. O catálogo da Nossa Cultura é composto por mais de 250 títulos, entre obras próprias e de parceiros. Entre os títulos destacam-se Engolido pelas Labaredas, de David Sedaris, narrado por Marcelo Tas, Febre de Bola, Viva Como Você Quer Viver, O Sol Também se Levanta, a coleção Pensamento Vivo, de Rubem Alves (quatro volumes), a coleção Rubem Alves infantil (três volumes), Clube da Comédia Stand-Up, Darfur - uma nova história de uma longa guerra, China na África e A Família do Milênio. Na área de negócios, a Nossa Cultura tem os audiolivros Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, A Nova Proposta de Warren Buffett, Cartas a um Jovem Investidor, de Gustavo Cerbasi, Terapia Financeira, Porque queremos que você fique rico e Pai Rico, Pai Pobre. As biografias também estão presentes "Cartas a uma jovem atriz" da atriz Marília Pêra e " A saga das mãos" do maestro João Carlos Martins, são exemplos. O catálogo completo pode ser conhecido no site www.nossacultura.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro sobre Catástrofe: Atuação Multidisciplinar em Emergências é lançado no mercado editorial

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:28:00

Chega ao mercado editorial o livro Catástrofe: Atuação Multicisplinar em Emergências, pela Editora Martinari - São Paulo, obra organizada pelos Enfermeiros William Malagutti e José Carlos Amado Martins.


É lançada no mercado brasileiro, pela Editora Martinari-SP, a obra Catástro¬fes: Atuação Multidisciplinar em Emergências, uma co-produção luso-bra¬sileira, que descreve os “bastidores” do cenário de catástrofes, acidentes e/ou situações em que há múltiplas vítimas, organizada pelos enfermeiros William Malagutti – BRASIL e José Carlos Amado Martins – PORTUGAL.
O objetivo desta obra é mostrar informações técnico-gerenciais a profis¬sionais e docentes e discentes das áreas de Enfermagem e Medicina, em situações de emergência e catástrofes, onde interagem esses profissio¬nais com intervenções eficientes que contribuem com a qualidade da assistência prestada às vítimas em situações supracitadas, possibilitan¬do um atendimento rápido, adequado que pode ser o diferencial entre a vida e a morte desses pacientes e depende do trabalho em equipe, postura e conhecimento técnico da equipe.
No livro, os autores discorrem sobre o cenário dos acidentes, com a atu¬ação de profissionais enfermeiros e médicos no local; a transferência e admissão em serviços emergenciais e ou unidades de paciente crítico, e a assistência intra-hospitalar nestes locais, bem como apresentam um estudo de caso de acidente aéreo no Aeroporto de Faro – Portugal, no último capítulo do livro.
O diferencial desta obra é a diversidade na amostragem de colaboradores brasileiros, portugueses e latino-americanos que contribuíram com seus relatos, dividindo conhecimento e mostrando diferentes facetas de aten¬dimento e realidades práticas que existem em seus países nessa área.
Esperamos que, com isso, esta obra possa atingir o objetivo de mostrar uma realidade pouco desvelada na área da academia, e que essa nossa iniciativa seja uma semente que possa “germinar” em outros ambientes acadêmicos de países co-irmãos, agregando todos os profissionais da área de Emergência/Catástrofes – docentes, discentes e equipe inter¬disciplinar que atua nesta equipe, ou pessoas que se interessem pela temática. Desejamos que os interessados sejam contemplados com ou¬tras obras que discorram sobre essa temática com maior profundidade, uma vez que o assunto é abrangente.

Sobre os Autores: William Malagutti - Enfermeiro, Mestre em Adminsitração, Comunicação e Educação, Especialista em Educação em Saúde Fiocruz-RJ, Pós-Graduação Adminsitração Hospitalar,Licenciado em Enfermagem Universidade Mogi das Cruzes, SP, Coordenador da Pós-Graduação Saúde Pública e PSF para Enfermeiros da Universidade Gama Filho, professor convidado da Universidade Católica de Goiás, Enfermeiro da Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo e Assessor do Periódico Enfermagem Brasil.

José Carlos Amado Martins - Licenciado em Enfermagem, Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgico, Pós-Graduado em Urgências e Emergências. Mestre em Bioética. Doutor em Ciências da Enfermagem. Professor Adjunto da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra - Portugal, Unidade Científico-Pedagógica de Enfermagem Médico Cirúrgica.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Machado de Assis em quadrinhos: Editora Peirópolis lança Conto de EScola em HQ

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:26:00

Célebre conto de Machado de Assis é transposto integralmente para HQ pelo quadrinista Silvino


A Editora Peirópolis e o quadrinista Laerte Silvino lançam o texto integral de Conto de escola em quadrinhos. A obra faz parte da coleção Clássicos em HQ, que conta com adaptações de importantes nomes da literatura como Aluísio Azevedo, Edgar Allan Poe, Luís de Camões e Miguel de Cervantes. Este lançamento traz um dos melhores contos escritos por Machado de Assis, publicado inicialmente no jornal Gazeta de Notícias em 1884 e no livro Várias Histórias em 1896.

Neste grande clássico da literatura brasileira, ambientado em uma época de esplendor do Rio de Janeiro, mas também de autoritarismo dos pais e das temidas palmatórias, Machado de Assis faz um retrato da alma humana e explora a subjetividade psicológica de seus personagens ao narrar um momento de conflito vivido pelo narrador-protagonista, o menino Pilar, durante a época da escola primária. Na obra, Machado de Assis aguça a reflexão do leitor sobre as consequências do medo e do castigo e sobre o papel da escola e da educação na formação do caráter da criança, utilizando linguagem simples, frases curtas, mas muito contundentes. Silvino resgatou as memórias de sua infância para retratar a história do garoto Pilar, que se torna mestre em "cabular" aulas. Certa manhã, porém, Pillar resolve, influenciado pelo medo do castigo do pai, comparecer à aula e recebe uma proposta do colega de classe Raimundo, que desencadeará os conflitos vividos pelo menino.

“Conto de escola veio à minha mente como o texto perfeito. Ao reler o conto já fui imaginando a escola, os personagens, enquadramentos e cenários”, diz Silvino. Para ele, as histórias em quadrinhos são uma nova forma de educar. “É muito mais fácil para um professor fazer uma criança se aproximar de autores clássicos como Machado de Assis, mostrando uma história em formato de HQ", reitera.

A edição traz a apresentação do professor de literatura Maurício Soares Filho, consultor literário da coleção, em que ele faz uma bela relação do ambiente escolar do conto com um ritual de passagem, levando a uma compressão mais aprofundada do conto desde o primeiro parágrafo.
Sobre o autor:
Laerte Silvino nasceu em Recife, cursou Geografia e, após viajar por várias áreas exóticas do país, resolveu se dedicar à ilustração e aos quadrinhos, trocando assim a liberdade das paisagens pelas quatro paredes de seu estúdio. Desde esse dia ilustrou para alguns jornais em Pernambuco e, atualmente, para alguns jornais do Nordeste; também ilustra e faz quadrinhos com frequência para revistas de circulação nacional e livros infantis, juvenis e didáticos. Publica no site www.laertesilvino.com.br ..

Sobre a Editora Peirópolis:

Criada em 1994, a Editora Peirópolis tem como missão contribuir para a construção de um mundo mais solidário, justo e harmônico, publicando literatura que ofereça novas perspectivas para a compreensão do ser humano e do seu papel no planeta. Suas linhas editoriais oferecem formas renovadas de trabalhar temas como ética, cidadania, pluralidade cultural, desenvolvimento social, ecologia e meio ambiente por meio de uma visão transdisciplinar e integrada. Além disso, é pioneira em coleções dedicadas à literatura indígena, à mitologia africana e ao folclore brasileiro. A editora está afinada com os propósitos do terceiro setor, participando ativamente do crescente movimento de sua profissionalização.
Para saber mais sobre a Editora Peirópolis, acesse www.editorapeiropolis.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O leão está de olho em você

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:21:00

Por: * Antonio Gonçalves

Desde os acontecimentos no final do ano passado nos quais o sistema de sigilo e integridade dos dados dos contribuintes foram afetadas e questionados a Secretaria da Receita Federal do Brasil implementou uma série de modificações que afetaram diretamente o contribuinte para a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física de 2011.
O endurecimento varia desde um maior rigor na fiscalização quanto à criação de parâmetros especiais a serem melhor observados quanto à declaração. O plano de metas deste ano pela Secretaria da receita Federal do Brasil é fiscalizar as informações advindas de locações, compra e venda de imóveis e, especialmente, as despesas médicas.
Já existia, no passado, um critério subjetivo, um limite de até 15% da renda ser tolerado a título de despesas médicas. Ora, se o contribuinte possui o dinheiro e passa por necessidade, por que a Receita irá colocá-lo na Malha Fina a seu bel prazer? Isso mesmo, e pior: para os mais experientes, leia-se acima de 65 anos, o drama é ainda maior: o plano de saúde cobra mensalidades astronômicas e o prêmio fiscal é ser conduzido diretamente para a malha por ser “incompatível com a renda”.
Além disso, a receita deseja olhar com mais atenção os abatimentos em busca de fraudes, valores lançados a maior ou inexistentes, tudo para arrecadar e obter uma restituição.
Na mesma esteira temos os aluguéis, muitas vezes omitidos quando entre pessoas físicas e as transações imobiliárias feitas entre particulares, nas quais se convenciona um valor menor que o da venda. A fraude existe e a Receita está ávida pela arrecadação e distribuição de Autos de Infração, que o contribuinte fique atento, pois, definitivamente, o Leão está de olho.

* Antonio Gonçalves é advogado criminalista, pós-graduado em Direito Tributário (FGV) e Direito Penal Empresarial (FGV). Especialista em Direito Penal Internacional e o Combate ao terrorismo - ISISC - Siracusa (Itália) - órgão conveniado com a ONU; em Direito Penal Empresarial Europeu pela Universidade de Coimbra (Portugal); membro da Association Internationale de Droit Pénal - AIDP. Pós-graduado em Direito Penal - Teoria dos Delitos (Universidade de Salamanca - Espanha).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Filme - Vai Ganso - ultrapassa 1,5 milhão de views e chega para TV

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:19:00

Em apenas 10 dias no YouTube, o filme foi o mais visto do mês no canal esporte e o 6º mais visto no geral. O vídeo preparado por Gatorade, foi produzido para comemorar e incentivar a volta do jogador Paulo Henrique Ganso aos gramados e chega a quase 1,5 milhões de views.
Devido ao sucesso na web, o vídeo será adaptado e veiculado também nos principais canais esportivos da TV a cabo. Junto com o filme a marca também lançou um concurso cultural no Facebook (http://www.facebook.com/gatoradebrasil) e no Twitter (@GatoradeBR). Nele as pessoas podem enviar mensagens de incentivo ao atleta usando a hashtag #vaiganso. As frases mais criativas concorrem a 10 camisas da Seleção Brasileira de Futebol autografadas pelo atleta e todas as mensagens serão enviadas para o craque.

Confira o vídeo na página oficial de Gatorade no YouTube: http://www.youtube.com/gatoradebrasil

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Oficina do Shopping Jardim Sul transforma crianças em "chefs" e ensina a fazer chocolates e guloseimas na Páscoa

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:18:00

A iniciativa, comandada pelo Atelier Gourmand, promete fazer os pequenos colocarem a mão na massa no mês de abril

O Shopping Jardim Sul preparou uma atração especial para os pequenos se divertirem e se deliciarem na Páscoa. De 15 a 24 de abril, a garotada vai se transformar em “chefs” e colocar a mão na massa no preparo de alfajores de chocolate. A confecção dos doces vai desde a escolha dos ingredientes até a montagem e decoração final.

No comando da galerinha, estará a equipe do Atelier Gourmand, tradicional escola de gastronomia, que já realizou mais de 4.200 workshops e apresentou mais de 12 mil receitas em todo o Brasil. A oficina é indicada para crianças de 4 a 12 anos. Para participar, basta apresentar notas fiscais no valor mínimo de R$ 50,00 e se deliciar com a brincadeira. Não perca!

Serviço:

Oficina Páscoa Gostosa no Jardim Sul
Data: 15 a 24 de abril
Horários: segunda a domingo 14 às 20hs
Valor: R$ 50,00
Local: Shopping Jardim Sul – Piso térreo – Atrium

Avenida Giovanni Gronchi, 5819 – Morumbi – piso T - Átrium
Tel. (11) 3779-3900 - Fax. (11) 3744-2814
http://www.jardimsul.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Osteopatia nas empresas: economia e produtividade

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:17:00

Profissionais afirmam que a terapia organiza o sistema de saúde, diminuindo os casos de afastamento no trabalho

Os gastos com a saúde têm se mostrado um dos maiores pesos para as empresas. A assistência médica torna-se um desafio para os executivos de recursos humanos. Qual a melhor solução de custo-benefício para uma boa gestão nesta área? A resposta é simples: um programa preventivo.

É neste contexto que a osteopatia representa um dos grandes aliados para a precaução e reabilitação de doenças ocupacionais e acidentes no ambiente de trabalho. Segundo Leandro Sousa, diretor da Laborall, empresa de Campinas que assessora clientes em temas ligados à saúde ocupacional, “quando aplicada dentro de uma análise global, inclusive no próprio ambiente corporativo, a Osteopatia serve como excelente ferramenta de prevenção de DORTs (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho) e de qualquer tipo de disfunção que acompanha o funcionário em seu posto de trabalho”, esclarece.
Ou seja, diminuir os problemas de saúde do trabalhador é sinônimo de qualidade de vida do empregado e, consequentemente, aumento da produtividade na empresa.

Sempre com uma visão Osteopática, o avaliador busca indícios de disfunções sistêmicas que possam afetar o bom funcionamento corporal e levá-lo a lesões. Dr. Gabriel Boal, fisioterapeuta e osteopata que atua nas empresas de Piracicaba e região, explica que “o atendimento é realizado, normalmente, no ambulatório da corporação. Assim, é feita a triagem e o tratamento dos funcionários que estão com alguma dor. É importante ressaltar também, que é uma atividade em conjunto com o médico do trabalho”.

Com uma exigência de espaço e equipamentos praticamente nula, a osteopatia é de rápida aplicação e, em 80% dos casos, os funcionários retornam ao posto sem perder as horas de trabalho. “O tratamento é feito de forma individual e em uma curta duração. Assim que realizado, o empregado já retorna ao seu posto de trabalho. São utilizados o mesmo objetivo e a mesma técnica do consultório, o que diferencia é um contato maior com o paciente”, afirma Dr. Felipe Yamaguchi, osteopata e proprietário da Clínica Reacciona de Piracicaba, que também aplica a técnica osteopática nas empresas.
Já, quando questionado sobre o custo-benefício para as empresas, Dr. Gabriel Boal é enfático: “Além de uma condição física e mental melhor para o funcionário, já que ele trabalha sem dor e, portanto, mais motivado; para a empresa, a diminuição nos custos, por ser uma terapia de rápida eficácia e curta duração, gera uma grande economia nas horas gastas com afastamentos e tratamentos fora do ambiente corporativo”, salienta.

Quem pode comprovar isso, é a assistente executiva da Campluvas, Silvia Macedo, uma empresa que atua em nível nacional no ramo de lavanderia industrial. “Há três anos nossa empresa faz a ginástica laboral acompanhada pela técnica osteopática. Notamos uma grande diferença na postura, na forma de trabalhar, e principalmente nos casos de afastamento, já que não registramos mais nenhuma ocorrência desde o início das atividades”, declara.

Por isso, Dr. Gabriel Boal aconselha: “Toda empresa deve ter este serviço já que gera ótima economia. O projeto é feito de forma específica para cada tipo de companhia, levando em consideração o número de funcionários, risco ergonômico e tipo de atuação da instituição”, conclui.

A osteopatia

É uma forma de medicina não convencional, que usa técnicas manuais para diagnosticar e tratar uma grande variedade de problemas de saúde. Ela se baseia na filosofia de que o corpo funciona como uma unidade composta de diferentes partes móveis, tais como, músculos e articulações, órgãos e vísceras, circulação sangüínea ou interações microscópicas entre as células. Todas as partes do corpo funcionam juntas de uma forma integrada. Se uma das partes está restrita, as restantes deverão sofrer adaptações e compensações, eventualmente levando à inflamação, à dor, à rigidez e a outros problemas de saúde. O papel da terapia, portanto, é remover esses padrões de restrições, de forma que o corpo funcione corretamente. O osteopata utiliza as mãos para perceber os movimentos e tensões do corpo, através de varias técnicas manuais suaves e não invasivas. Isso significa que pessoas de todas as idades podem consultar um osteopata, desde recém-nascidos até idosos.

Sobre a Clínica Reacciona

Coordenada pelos fisioterapeutas Felipe Yamaguchi e Gabriel Boal, a Clínica Reacciona foi idealizada e projetada para oferecer um atendimento de qualidade em um ambiente tranqüilo e aconchegante. Sinônimo de bem estar, o espaço conta com todas as ferramentas necessárias e os equipamentos mais modernos para proporcionar um tratamento eficaz e definitivo. A equipe da Clínica Reacciona é composta por profissionais formados e especializados nas áreas de osteopatia, fisioterapia e nutrição. Todos, com um amplo currículo, estão prontos e aptos a apresentarem os melhores resultados dentro das funções estabelecidas, sempre visando o bem estar e a melhora do paciente. A ética profissional, a competência e o conhecimento adquirido através de anos de estudo e dedicação, fazem da Clínica Reacciona um espaço completo e totalmente capacitado.

A clínica fica localizada na Av. Independência, 350, sala 113, 11º andar, Ed. Primus Center, Piracicaba – SP. Telefone: (19) 3375-2400. Para conhecer mais, acesse o blog: www.clinicareacciona.blogspot.com e o site: www.reacciona.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SOS Mata Atlântica divulga programação do Viva a Mata 2011

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:15:00

Evento, que comemora os 25 anos da Fundação SOS Mata Atlântica, acontece de 20 a 22 de maio, no Parque Ibirapuera.

A sétima edição do Viva a Mata – mostra de iniciativas e projetos em prol da Mata Atlântica – comemora o Dia Nacional da Mata Atlântica (27 de maio) e também o 25º aniversário da Fundação SOS Mata Atlântica. O evento terá uma programação especial, com diversas atrações e atividades gratuitas no Parque Ibirapuera, em São Paulo, entre os dias 20 e 22 de maio, com patrocínio do Bradesco e da Natura.

Aberto ao público, o Viva a Mata tem como objetivo promover a troca de informações e experiências entre os que lutam pela conservação deste Bioma, realimentar o movimento ambientalista, sensibilizar, informar e conscientizar a sociedade.

ONGs que atuam em diversas regiões com projetos pela conservação da Mata Atlântica participarão do evento por meio de exposições, palestras, debates, estandes temáticos, oficinas, peças de teatro, maquetes interativas, atividades com voluntários, entre outras manifestações, tudo gratuito. Em 2010, mais de 80 mil pessoas visitaram a exposição.

As visitas monitoradas para o evento podem ser agendadas pelo email educacao@sosma.org.br. Outras dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (11) 3262-4888 ou pelo email comunicacao@sosma.org.br.


PROGRAMAÇÃO
Auditório

Sexta-feira (20/5)
9h – Painel de abertura: 25 anos de olho na Mata Atlântica
10h30 – Painel: Mosaicos de conservação
12h – Painel: Incentivos econômicos para quem protege a natureza
13h – Painel: Pacto pela Restauração da Mata Atlântica
14h – Palestra: Estudos e Pesquisas nos esforços de restauração
15h – Palestra: Comércio ilegal de animais silvestres
16h30 - Painel: Turismo comunitário na Mata Atlântica

Sábado (21/5)
9h – Debate: O Código Florestal e a vida nas cidades
10h30 – Debate: Planos Municipais de Mata Atlântica
12h – Debate: Acessibilidade em áreas verdes
13h30 – Debate: O que vem com os portos na Mata Atlântica?
15h – Debate: Quem está invadindo a sua praia?
16h30 – Roda de conversa: Mobilização - espaço de articulação e cidadania

Domingo (22/5)
9h – Debate: Tragédias naturais e Mata Atlântica
10h às 12h – Mobilização
12h – Debate: Saúde e Meio Ambiente
13h30 – Debate: Gestão da água na legislação ambiental
15h – Palestra: Emissões de CO2, como medir e compensar
16h30 - Debate de encerramento: Preparativos para a Rio+20

Palco do Caminhão

Sexta-feira (20/5)
10h – Teatro: O caminho da casa do vovô Gepet
11h – Roda de conversa: A Mata Atlântica é aqui
12h – Papo de almoço: alimentação saudável
13h – CineMata: “A carne é fraca”
14h – Roda de conversa: A Mata Atlântica nas escolas
15h30 – Demonstração: Compostagem urbana
17h – Bate-papo Planeta Eldorado

Sábado (21/5)
9h – Avistar: observação de aves no Parque
10h – Debate: A Mata Atlântica menos conhecida
11h – Roda de Conversa: Surf, sustentabilidade e gestão costeira
12h30 – TEDxMataAtlântica – transmissão online
15h30 – Teatro: Pinóquio em uma aventura ecológica
17h – Bate-papo Planeta Eldorado

Domingo (22/5)
10h às 12h – Mobilização
10h às 12h – Jogos
12h às 13h30 – Papo de almoço: vegetarianismo
13h30 às 15h – Oficina: Consumo Crítico Sustentável
15h – Teatro: Água - Cia Bicicletas Voadoras
17h – Bate-papo Planeta Eldorado
18h – Orquestra de Sucata

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Instituto do Câncer ganha centro de estética para pacientes

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/04/2011 12:14:00

Serviço atenderá mulheres e homens em tratamento, com cortes de cabelo, manicure e barbearia, e incluirá atendimento nos leitos

O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), ligado à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), ganha a partir desta segunda-feira, 11 de abril, um serviço gratuito de beleza e estética para pacientes em tratamento na unidade.
Desenvolvido pelo Serviço de Hotelaria e Hospitalidade do Icesp, o projeto irá oferecer aos pacientes com câncer da unidade corte de cabelo, manicure, barbearia, técnicas de maquiagem e dicas para amarrar lenços na cabeça, entre outros. Serão oferecidos cerca de 200 atendimentos por mês.
Os atendimentos serão realizados por dois profissionais todas às segundas, terças e sextas-feiras, durante três horas por dia. Para aqueles que passam pela quimioterapia ambulatorial, o foco são minicursos de automaquiagem e dicas de como utilizar lenços na cabeça.
Quem está internado em leitos comuns ou nas UTIs poderá solicitar corte de cabelo, manicure, higienização da pele, hidratação das mãos ou para ser barbeado, além de minicursos de maquiagem. Neste caso, o atendimento será agendado previamente e realizado no próprio leito.
Segundo a gerente do setor, Vânia Pereira, ações como essa ajudam na autoestima do paciente, além de amenizar o processo do tratamento. “Tanto para os internados quanto para quem está em atendimento ambulatorial, receber uma atenção desse tipo é fundamental para que o dia-a-dia e as vindas ao hospital sejam amenizadas”, avalia.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A infância da atleta brasileira Magic Paula é narrada de forma lúdica em obra infantil

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:41:00

Dos tabuleiros de xadrez às quadras de basquete, livro “Magic Paula” revela a paixão precoce da atleta pelo esporte

Campeã mundial em 1994. Vice-campeã olímpica em 1996. Ao lado de Hortência, a excepcional Magic Paula fez o basquete triunfar no país do futebol. Mas, antes de encantar o Brasil e o mundo com seus dribles e cestas, a pequena Maria Paula Gonçalves da Silva não encarava o basquete como profissão, via-o como uma grande brincadeira. Essas e outras histórias da infância da atleta são reveladas pela Callis Editora na obra “Magic Paula”, na data em que ela completa 49 anos.

Nascida na cidade de Osvaldo Cruz, interior de São Paulo, Maria Paula teve uma infância tranqüila e desde cedo demonstrava seu amor pelo esporte. Praticou atletismo, natação, tênis de mesa e até xadrez. Depois de assistir a algumas partidas de basquete, descobriu sua verdadeira paixão.

Com apenas 10 anos de idade e muito incentivo dos pais, passou a treinar no mesmo time da irmã mais velha. E a primeira adversidade apareceria logo ali, pois o técnico a considerava “baixinha” para o esporte.

Outras, no entanto, estariam por vir. E a saudade da família seria a principal delas, já que, aos 12 anos, o amor pelas quadras fez com que a jovem abandonasse a casa dos pais. O destino? Assis, onde passou a morar na casa do treinador.

Mas, a precocidade não parou aí. Com apenas 14 anos, a jovem atleta foi convocada para jogar na Seleção Brasileira Adulta, tornando-se titular absoluta um ano depois. Só então, Magic Paula passou a encarar o basquete como profissão.

Antes de conquistar o título mundial e a medalha de prata olímpica, ela jogou nas cidades de Piracicaba, Jundiaí. E passou temporadas na Europa, onde defendeu times Itália e Espanha. Após conquistar os dois mais importantes títulos de sua carreira, a esportista ainda foi convidada para jogar no basquete americano, mas recusou a proposta. Deu adeus às quadras em 2000, quando anunciou a aposentadoria.

“Magic Paula” pertence à Coleção Pequenos Craques, idealizada pela jornalista e escritora Paola Gentile. Além deste título, Paola narra à crianças e adultos a infância de grandes esportistas brasileiros como Garrincha, Leônidas da Silva, João do Pulo e o campeão paraolímpico Mizael.

Serviço
Título: Magic Paula
Autora: Paola Gentile
Ilustrações: João Lin
Coleção Pequenos Craques
Formato: 21X21
32 páginas
Preço: 18,90

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Saúde promove campanha motociclista sangue bom neste domingo

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:39:00

Ação visa incentivar doação de sangue entre os motoboys

A Secretaria de Estado da Saúde promove neste domingo, 13 de março, por intermédio da Fundação Pró-Sangue, a primeira rodada da Campanha Motociclista Sangue Bom 2011. A iniciativa conta com a organização do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de São Paulo e Região.
O evento visa incentivar as empresas de motofrete e os próprios motoboys a realizarem ações sociais e participativas que englobam saúde, educação no trânsito, meio ambiente, além de questões de segurança.
Os motociclistas que aderirem à ideia poderão se dirigir ao posto Clínicas da Pró-Sangue, no horário das 8h às 18h. Para doar sangue basta estar em boas condições de saúde, alimentado, ter entre 18 e 65 anos, pesar no mínimo de 50 kg e portar documento de identidade original com foto.
É recomendável evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação, e bebidas alcoólicas 12 horas antes. Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apta à doação.
O Posto Clínicas fica na avenida Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 155, 1º andar, (próximo à estação Clínicas do Metrô). Outras informações podem ser obtidas no Alô Pró-Sangue: 0800-55-0300

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Editora Prumo sorteia no Twitter livro autografado por Chico Anysio

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:37:00

A Editora Prumo, em parceria com o Chico Anysio, um dos maiores humoristas do país, vai sortear neste mês de março, por meio do Twitter, um exemplar autografado do novo livro do ator, O fim do mundo é ali.
A obra apresenta 43 contos inspirados nas cenas do cotidiano do povo brasileiro e nos seus mais variados estereótipos. As histórias têm como ponto comum o humor e a malícia característicos do artista e refletem a sua verve e compreensão pelos sentimentos populares.
Para concorrer, o interessado precisa seguir a Editora Prumo - @editoraprumo, @oficialchico e @ChicoAnysio1 e, em seguida, dar RT (retweet) na frase:
Quero ganhar o livro autografado do @oficialchico e @ChicoAnysio1 que @editoraprumo está sorteando neste mês.( http://kingo.to/vg9)


O sorteio será realizado pelo serviço Sorteie-me (http://www.sorteie.me), que seleciona um ganhador aleatoriamente dentre todos internautas que retuitarem o link da promoção.

A promoção começa no dia 10 de março e encerra no dia 08 de abril.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Zeca Pagodinho no Camarote da Brahma

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:34:00

Zeca Pagodinho, que passou o carnaval no interior do Rio de Janeiro, não resistiu e confirmou presença no Camarote da Brahma no desfile das campeãs. O sambista vai cantar ao lado de Latino na noite de sábado, 12.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

IRPF-As Pegadinhas da Receita Federal

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:32:00

Por: *Maurício Tadeu de Luca Gonçalves


Todo mundo pensa que elaborar uma declaração de imposto de renda é uma tarefa fácil - tão fácil, que basta preencher um formulário na internet com todas as informações, como os ganhos de salários, aluguel, etc., os bens e as despesas permitidas por lei.
Porém, há uma grande inteligência por de trás de cada uma destas informações, a qual ilustro a seguir. Quando é informado, por exemplo, os rendimentos ou ganhos, estas informações são comparadas com as informações que a Receita Federal já possui em seu Banco de Dados, onde as empresas e os bancos já as enviaram, em 28 de fevereiro, a DIRF- Declaração de Imposto de Renda na Fonte.
Quando há a compra ou venda de um imóvel, por exemplo, a imobiliária que intermediou a negociação, já informou a Receita Federal através da DIMOB- Declaração de Informações Imobiliárias.

Quando há compra e venda de ações na Bolsa de Valores é informado pela BOVESPA o valor do imposto de renda retido.
Ainda assim, temos as notas fiscais eletrônicas que estão na base de dados da Receita Federal, informando por CPF os valores gastos com restaurantes, combustíveis, farmácias, supermercados, carros, etc.
Além de todas estas pegadinhas, há a maior e a pior de todas, que é o cruzamento da movimentação bancária. Hoje, a Receita Federal recebe as informações dos bancos contendo todos os ingressos e saídas de recursos.
Portanto todo cuidado é pouco na elaboração de sua declaração e é aconselhável a assessoria de um contador sério e honesto.
Artigo Por: *Maurício Tadeu de Luca Gonçalves, especialista em contabilidade tributária, gestão financeira e administrativa, bacharel em ciências contábil pela Universidade São Judas Tadeu com especialização em administração pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), diretor executivo e fundador da Partwork Associados, do seguimento de BPO (Business Process Outsourcing) - que é a terceirização de processos de negócio – e palestrante. www.partwork.com.br.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Mulheres de pacientes da Urologia compartilham ativamente das decisões de tratamento

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:28:00


Lançamento da campanha "Embaixadora da Saúde"

Mulheres de pacientes da Urologia compartilham
ativamente das decisões de tratamento
Levantamento do Hospital A.C.Camargo aponta que cerca de 80% dos casos os pacientes no setor de Urologia estão acompanhados por mulheres (esposas, mães, filhas) em todas as etapas do tratamento, sendo pessoas determinantes para que o homem seja beneficiado pelo diagnóstico precoce e siga corretamente todas as recomendações da equipe médica


Todos os anos aproximadamente 3 mil pacientes, a maioria homens, são diagnosticados apenas no Hospital A.C.Camargo com câncer urológico (próstata, bexiga, rim, testículo e pênis, via excretora e adrenal). A boa notícia é que eles não estão sozinhos. Levantamento feito pelo Núcleo de Excelência de Urologia do hospital aponta que em 80% dos casos as esposas são participativas em todas as etapas da saúde do homem, desde a busca pelo médico até compartilhar de todas as decisões terapêuticas junto à equipe clínica.

É o caso de Aríete Cohen Tucci, casada há 45 anos com o paciente José Tucci, que recebeu o diagnóstico de câncer de próstata no início de 2010. Ela faz questão de agendar todas as consultas, exames de imagem e laboratoriais e avisar sobre o horário certo para tomar os medicamentos. "Ela cuida de absolutamente tudo. Nunca deixou que eu deixasse de fazer os exames de rotina, ainda mais que tenho histórico familiar de câncer. Ela zela pela minha saúde e dos nossos quatros filhos com imenso carinho e dedicação", afirma o paciente.

Embaixadoras da Saúde - Com base neste levantamento o Hospital A.C.Camargo lançou em 8 de março a campanha Embaixadora da Saúde, que consiste na realização de projetos de humanização e campanhas de prevenção de câncer ao longo de todo o ano de 2011 focadas em atrair ainda mais o público feminino para o papel de levar informações sobre hábitos saudáveis para dentro de seus lares. Para tanto, o A.C.Camargo distribuirá, numa primeira etapa em março, 5 mil bótons acompanhados por manuais de prevenção de câncer trazendo dicas de hábitos saudáveis que previnem câncer.

De acordo com o diretor do Núcleo de Excelência em Urologia do A.C.Camargo e idealizador da campanha, o oncologista Gustavo Cardoso Guimarães, é comum entre as mulheres acompanhar não apenas a primeira, como todas as demais consultas de seus maridos. "Já aconteceu do paciente estar em atendimento em outra área do hospital e foi a esposa dele quem compareceu à consulta de retorno, e quando o paciente chegou ela avisou a ele a decisão tomada", recorda o médico para, em seguida, lembrar de outro paciente que "ligou para a esposa durante a consulta para saber a opinião dela sobre a conduta médica proposta. Se ela não concordasse, ele não optaria por seguir o tratamento".

Mulheres interessadas em ingressar no time de embaixadoras da saúde podem fazer download gratuito dos manuais de prevenção de câncer no www.accamargo.org.br. Os bótons podem ser retirados no hospital, localizado na Rua Professor Antônio Prudente, 211, na Liberdade.

Sobre o Hospital A.C.Camargo - Instituição filantrópica criada em 1953 por Antônio e Carmen Prudente, o Hospital A.C.Camargo é um dos maiores centros de tratamento oncológico da América Latina. De forma integrada e multidisciplinar, atua na prevenção, diagnóstico e tratamento ambulatorial e cirúrgico dos mais de 800 tipos de câncer identificados pela Medicina, divididos em mais de 40 especialidades. A cada ano identifica e trata 14 mil novos casos da doença, com pacientes de diversas partes do país e exterior, totalizando mais de 950 mil atendimentos (consultas, exames laboratoriais e por imagem, internações, cirurgias, quimioterapia e radioterapia, entre outros). Seu corpo clínico é composto por uma equipe fechada de 403 médicos especialistas, a maior parte com mestrado e doutorado. A dedicação e interação destes profissionais em atividades interdisciplinares resulta em um tratamento com melhores índices de sucesso, só comparáveis aos observados em centros oncológicos da América do Norte e Europa.

Na área de ensino, o A.C.Camargo criou a 1ª Residência em Oncologia do país, em 1953, e é responsável pela formação de um em cada três oncologistas em atividade no Brasil. Sua pós-graduação, criada em 1997, é a única em um hospital privado reconhecida pelo Ministério da Educação e foi avaliada com nota máxima durante toda essa década pela CAPES, tornando-se assim, entre escolas públicas e privadas, a melhor do país em Oncologia e uma das duas melhores em Medicina. Tem a maior produção científica da área, com mais de mil trabalhos publicados na última década nas principais revistas internacionais de alto impacto. Centralizou em 2000 o Genoma do Câncer no Brasil, financiado pela Fapesp e Instituto Ludwig, instituição de pesquisas em câncer que o A.C.Camargo abrigou por mais de 20 anos.

Em 2009, o Hospital foi apontado pela edição 500 Melhores Empresas da revista Istoé Dinheiro como uma das melhores em Saúde pelo terceiro ano consecutivo. No mesmo ano foi eleito pelo Guia Você S/A Exame como uma das Melhores Empresas para Você Trabalhar e pela segunda vez consecutiva está entre as 10 melhores empresas de serviços médicos do Brasil na Gestão de Pessoas, de acordo com o anuário Valor Carreira.

Mais informações ao público: www.accamargo.org.br
No twitter: http://twitter.com/haccamargo
No Facebook: http://migre.me/3V79Q

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Até domingo acontecem inscrições para Premio Iberoamericano de Jornalismo Econômico

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:27:00













. A premiação tem como objetivo destacar a relevância dos meios de comunicação na difusão da cultura econômica na sociedade;

O melhor trabalho jornalístico receberá 10 mil euros e será veiculado em jornais, revistas, blogs, web, rádio ou televisão sob o tema '"inovação";

. Além disso, a Fundação Codere, patrocinadora da iniciativa, entregará um prêmio de honra no valor de 2,5 mil euros ao melhor trabalho jornalístico sobre "Inovação na indústria do entretenimento, ócio e turismo";

Inscrições vão até domingo, 13 de março de 2011


Acontecem até o próximo domingo, dia 13 de março, as inscrições para o I Prêmio de Jornalismo Econômico Ibero-americano, organizado pelo Instituto de Empresa (IE Business School) e patrocinado pela Fundação Codere, organização que articula atividades orientadas ao estudo, análise, desenvolvimento normativo e evolução da indústria de entretenimento e jogos. O concurso tem com o objetivo reconhecer o trabalho de difusão da cultura econômica nos meios de comunicação social (jornais, revistas, blogs, web, rádio ou televisão).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

ONG ambiental TNC lança campanha 15 Dias de Água

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:24:00

Em comemoração ao Dia Mundial da Água (22/03), a ONG ambiental TNC (The Nature Conservancy) lança a campanha 15 Dias de Água em toda America Latina e nos Estados Unidos. A iniciativa tem como objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância da água e como ela está presente no dia a dia de cada um, apresentando dicas interessantes de sua utilização na composição de produtos e alimentos.

No período de 15 dias, a ONG dará dicas no seu twitter @TNCBrasil sobre hábitos mais sustentáveis, como “Evite sobremesa. São necessários 10.777 litros de água pra fazer uma porção de chocolate” e, “Ande de bicicleta. A produção de um carro exige aproximadamente 147.971 litros de água”. As dicas podem ser utilizadas por cada um no seu dia a dia e criam a oportunidade para das pessoas participar e beneficiar o meio ambiente e os recursos hídricos.

Projetos Água
Devido à escassez desse recurso natural e a enorme degradação de mananciais e rios, a TNC desenvolve estratégias que ajudam a garantir água em quantidade e qualidade para esta e as futuras gerações, como o apoio ao projeto Produtor de Água no Sistema Cantareira PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí), concebido pela Agência Nacional das Águas (ANA); Produtor de Água na bacia do Pipiripau (DF) e, o programa Produtores de Água e Floresta, no Rio Guandu (RJ).

A TNC apoia também a Pegada Hídrica, um indicador do uso direto e indireto da água, uma parceria com o WWF-Brasil e a Water Footprint Network para a definição da pegada ‘zero’ por meio da compensação da pegada hídrica. Essas organizações promovem encontros para debater esse tema, desde 2009.

Entre 14 e 18 de março, eles promovem uma série de cursos e palestras, em São Paulo. Na próxima segunda-feira (14/03), às 19h30, acontece a palestra “Pegada Hídrica - Conceitos e Aplicações, ministrada pelo prof. Arjen Hoekstra, criador do Conceito de Pegada Hídrica e diretor científico da Water Footprint Network. A palestra é aberta ao público e acontece no Hotel Meliá Jardim Europa, no Itaim Bibi, em São Paulo. Os interessados em participar devem se inscrever até hoje(11/03) pelo email pegadahidrica@gmail.com.

Já na próxima sexta-feira (18/03), às 14h, haverá a Conferência Internacional sobre Pegada Hídrica, no anfiteatro Sérgio Mascarenhas do Instituto de Física de São Carlos (USP-São Carlos). Para participar, os interessados devem enviar um email para cristiane@ifsc.usp.br até o dia 16 de março. Os eventos são realizados pela TNC, WWF e Escola de Engenharia de São Carlos (EESC – USP).
Os especialistas da TNC em recursos hídricos estão à disposição para os meios de comunicação a fim de divulgar e elaborar matérias sobre estratégias de conservação de água.

Sobre a TNC:
A TNC é uma organização não governamental que desenvolve projetos de conservação em mais de 35 países. Atuando no Brasil desde 1988, a organização tem a missão de proteger plantas, animais e ecossistemas naturais, protegendo os recursos necessários à sua sobrevivência. Desenvolve iniciativas nos principais biomas brasileiros (Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado, Pantanal e Caatinga), com o objetivo de compatibilizar o desenvolvimento econômico e social com a conservação dos ecossistemas naturais. Atualmente, a organização e seus mais de um milhão de membros ajudaram a proteger 130 milhões de hectares em todo o mundo. Para mais informações, acesse: www.nature.org/brasil

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Abead apoia iniciativa da ANVISA no combate ao tabagismo

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:21:00

A sugestão da ANVISA de proibir aditivos nos cigarros e restringir a publicidade nos pontos de venda provocou a reação da indústria do tabaco, como era esperado
Em audiência na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, as multinacionais do cigarro retomaram a estratégia de utilizar pequenos produtores e varejistas, além dos seus funcionários, para defender seus lucros. Na ocasião insistiram que a produção de cigarro é a principal fonte de renda de muitas famílias, muitos delas de baixa renda, e que essas pessoas é que seriam as maiores prejudicadas com as restrições propostas pela ANVISA e a conseqüente diminuição nas vendas de tabaco. Omitiram em sua exposição a intenção de defender seus próprios interesses e as milhares de mortes causadas pelos seus produtos.
Obviamente é uma argumentação tacanha, para não dizer oportunista. Não é absolutamente defensável manter, ou criar, empregos à custa da saúde da população. Quem, no mundo civilizado, pode enxergar vantagem nessa troca? Certamente, nem mesmo os trabalhadores da cadeia produtiva do tabaco.
Essas justificativas não levam em consideração o risco à vida causado pelo tabaco, e as medidas sugeridas pela ANVISA serão eficientes no combate ao consumo. Está comprovado que a publicidade em pontos de venda é percebida tanto por fumantes como por não fumantes, principalmente os jovens, e estimula sensivelmente a dependência química. De fato, a inibição dessa publicidade é fundamental para a prevenção.
Também está em questão a proibição do uso de açucares e aromatizantes, que servem de incitação ao consumo entre crianças e jovens e ainda aumenta o risco de dependência. Esta também será uma medida essencial para enfrentar o grave problema de saúde pública representado pelo tabagismo.
Para a Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (Abead), as estratégias de oposição das indústrias do tabaco à ANVISA se chocam com a garantia de saúde à população, uma vez que se posicionam contra medidas fundamentais para a prevenção de uma das maiores causas de morte evitável no mundo. É dever do Estado proteger a população dos males causados pelo tabaco e, ao mesmo tempo, criar condições para que os trabalhadores da cadeia produtiva do cigarro tenham condições de reinserção em novos mercados.


Da Redação Revista zaP!
imprensa@revistazap.org


Com Informações:

Assessoria de Imprensa Abead

Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SP leva Emílio Ribas e Instituto do Câncer para a Baixada Santista

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:19:00

Secretaria de Estado da Saúde irá investir R$ 90 milhões para ampliar assistência em saúde na região

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo irá investir R$ 90 milhões para implantar um novo hospital estadual e um centro especializado em oncologia, além de ampliar o número de leitos para atendimento SUS (Sistema Único de Saúde) nos municípios da Baixada Santista. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 11 de março, durante evento em Santos que contou com a participação do governador Geraldo Alckmin e do secretário de Estado da Saúde, Giovanni Guido Cerri.
Este é o primeiro pacote de medidas da “agência de Saúde” da Baixada, criada em janeiro e que reúne representantes do governo paulista e das prefeituras para debater conjuntamente medidas visando à melhoria da saúde na região. Os novos serviços deverão ser entregues até o final deste ano.
O Centro de Referência do Câncer, em Santos, terá apoio científico, tecnológico e de protocolos clínicos do Instituto do Câncer de São Paulo (Icesp), maior centro especializado em oncologia da América Latina. A nova unidade será implantada nas dependências do Hospital Guilherme Álvaro, que passa por ampliação e reestruturação de serviços.
O “Icesp II” irá oferecer atendimento integral, com serviços de radioterapia e quimioterapia, além de internação. Com tratamento disponível na região, os pacientes não precisarão mais se deslocar até São Paulo.
“O Estado oferecerá um serviço de excelência em tratamento de câncer e preocupado com a humanização do atendimento” explica o infectologista David Uip, coordenador da “agência”.
No Guarujá, será criado um hospital totalmente voltado para o atendimento de doenças infecciosas e parasitárias. O Instituto de Infectologia Emílio Ribas II funcionará no antigo Hospital Ana Parteira. Com uma parceria com a Fundação Faculdade de Medicina já existente, a unidade dará privilégio à contratação de profissionais da região.
O Emílio Ribas da Baixada terá 54 leitos de infectologia. O prédio também irá abrigar uma segunda unidade do Instituto Adolfo Lutz, que fará exames complementares aos já disponíveis no laboratório de Santos.
“A alta incidência na região de doenças como leptospirose e dengue exige que se tenha um serviço especializado para reduzir o número de óbitos de pacientes”, afirma Uip. “O objetivo é que essas instituições virem referência também para a formação de profissionais”.
Mais investimentos
Em Bertioga, o Hospital Municipal receberá investimentos para obra e aquisição de equipamentos, ampliando o número de leitos de 35 para 80.. Será criada também a Unidade de Sustentação de Vida, com recursos e equipamentos capazes de reterem pacientes graves por pelo menos 48 horas, até que seja possível a transferência para um serviço de referência.
Na Praia Grande o Estado discutirá uma gestão compartilhada de leitos de alta complexidade com metas e indicadores a serem atingidos. A proposta é que a Secretaria da Saúde compre leitos no Hospital Irmão Dulce.
Em Peruíbe, será concluído o Ambulatório Médico de Especialidades (AME), com atendimento em diversas clinicas. Os AMEs são unidades de alta resolutividade que oferecem consultas, exames e, em alguns casos, cirurgias em um mesmo local, proporcionando aos pacientes maior rapidez ao diagnóstico e ao tratamento dos pacientes e possibilitando, consequentemente, o desafogamento dos hospitais.
Também em Peruíbe haverá a reforma do pronto-socorro local, que se transformará em uma unidade hospitalar de pequeno porte, com 75 leitos para retaguarda e suporte aos pacientes.
Em Itanhaém, o Hospital Regional será ampliado. O número de leitos dobrará, passando de 70 para 140. Para Cubatão, a atenção primária será reforçada com pelo menos uma unidade básica de saúde.
Já em Mongaguá serão criados 19 leitos de clínica médica para adultos e outros 19 de clínica pediatra no Hospital Municipal “Dr. Adoniran”.
“A importância desses investimentos é criar uma rede de assistência metropolitana, com serviços integrados e de forma que a população tenha atendimentos especializados de qualidade na própria Baixada Santista. E é importante ressaltar que a implantação dos novos serviços será acompanhada da definição de metas assistenciais e indicadores de resultados, além da necessária preocupação com a formação profissional” afirma o secretário de Estado da Saúde, Giovanni Guido Cerri.
A Secretaria estuda investimentos que deverão ser realizados em outros municípios da região.


Agência
A “Agência de Saúde” da Baixada Santista foi criada objetivo de planejar ações integradas para melhorar a saúde pública na região, incluindo a reorganização dos serviços, controle de doenças, prevenção e promoção de saúde. Desde então três reuniões já foram realizadas.
Liderado pela Secretaria por intermédio do médico infectologista David Uip, diretor do hospital estadual Emílio Ribas, o grupo contará com a participação dos secretários municipais de Saúde das nove cidades da Baixada (Santos, São Vicente, Praia Grande, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Bertioga e Cubatão) e representantes do Departamento Regional de Saúde, ligado à pasta, Secretarias de Estado de Saneamento, Educação e Desenvolvimento Social, Associação Paulista de Medicina e universidades da região.
O foco prioritário do trabalho é o desenvolvimento de iniciativas nas áreas de combate à dengue, redução da mortalidade infantil, regionalização do atendimento à saúde, ampliação de leitos hospitalares, medidas para prevenir surtos de viroses, saneamento, entre outras que forem consideradas prioritárias.


Da Redação Revista zaP!
imprensa@revistazap.org


Com Informações:

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo


Assessoria de Imprensa
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Exposição fotográfica de Pets agita Shopping Jardim Sul em março

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:18:00

Público vai conferir mais de 400 fotos de cachorros, gatos, ramsters e passarinhos em mostra gratuita


O Shopping Jardim Sul inaugura esta semana uma exposição fotográfica exclusiva de Pets com seus donos. É isso mesmo! Gatos, cachorros, passarinhos, ramsters e até coelhos estão presentes na mostra Click Pet. São mais de 400 imagens registradas pelo fotógrafo Ricardo Lisboa, que, em 2010, produziu a exposição "A vida em Si...monal", sobre a trajetória do cantor Wilson Simonal.

A exposição é fruto de uma ação realizada pelo Jardim Sul no mês de fevereiro, quando os frequentadores foram clicados com seus animais domésticos. Homens, mulheres e crianças posaram em estúdio profissional e mostraram que os bichinhos de estimação fazem parte da família.

A iniciativa surgiu após uma observação do Jardim Sul em relação ao perfil de seus clientes. “Muitos freqüentadores têm animais em casa. Essa é uma maneira divertida e gratuita de aproximar o público”, afirma Carla Sabato, gerente de marketing. “Estamos muito felizes com o resultado. A iniciativa também teve alcance significativo nas redes sociais”, ressalta.

Além de levar a linda foto para casa, os participantes da exposição também concorreram a prêmios nas redes sociais. O shopping realizou uma promoção no Facebook (Shop Jardim Sul). As três fotos mais “curtidas” na rede faturaram, respectivamente, R$ 300, R$ 100 e R$ 50 reais em compras no Pet Shop Quattro Zampe, localizado no Piso Térreo do Shopping Jardim Sul.

Serviço
Exposição ClickPet
Data: De 10 a 27 de março
Horário: segunda a sábado – das 10h às 22h
Domingo – das 14h às 20h
Local: Shopping Jardim Sul
Endereço: Av. Giovanni Gronchi, 5819 – Piso Térreo – Átrium
Tel. (11) 3779-3900 –
http://www.jardimsul.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Programa envolve colaboradores e familiares em capacitação e atividades de lazer

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/03/2011 12:14:00

Construtora de Balneário Camboriú oferece cursos profissionalizantes, de alfabetização, culinária, informática e música


Na hora de escolher uma vaga de emprego, os benefícios oferecidos são os principais aspectos levados em conta. Porém, o que realmente leva funcionários a se estabelecer por um período maior em uma empresa são outras vantagens. Em Balneário Camboriú, a FG Empreendimentos se destaca ao investir em um Programa de Desenvolvimento Sustentável completo, voltado para o colaborador, familiares e comunidade. “A ideia é promover o conhecimento profissional e cultural de todos, além de contribuir para a qualidade de vida fora da empresa”, afirma a coordenadora de Marketing, Taciane Nitsche.
Entre as ações do programa que iniciam neste primeiro semestre está a Oficina de Culinária, destinada às esposas de funcionários. As aulas de salgados, e doces para festa serão ministradas em parceria com a Universidade do Vale do Itajaí – Univali, na própria instituição. Com 20 vagas abertas, o objetivo é auxiliar na geração de renda da família.
A FG também vai oferecer cursos de alfabetização. Mais de 180 pessoas – cerca de 30% dos funcionários – já demonstraram interesse pelas aulas. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, Balneário Camboriú está entre as cidades com a taxa de alfabetismo menor que 4%. “Além de contribuir para o aperfeiçoamento profissional, nossa meta é trabalhar para melhorar ainda mais a realidade do município”, destaca Taciane. A empresa também vai oferecer cursos de capacitação, em parceria com o Senai. Inicialmente, serão ministradas aulas para formação de carpinteiro, pedreiro, armador e eletricista, além do curso de informática.
Já no mês de março, o Tio Bira, personagem do educador Ubirajara, volta às escolas municipais de Balneário Camboriú. Desta vez, serão aplicadas dinâmicas aos alunos do ensino infantil e fundamental, que destacam a importância da alfabetização.
No ano passado, a Oficina de Música foi sucesso entre os funcionários e teve como resultado a formação de uma banda, que se apresentou na confraternização da FG no final do ano. Em 2011, o projeto continua e desta vez o objetivo é criar também um coral.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Prevenção do câncer de mama começa na alimentação

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2011 20:00:00

Dentre os cânceres, o de mama é o principal vilão das mulheres. Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) revelam que ele é responsável por 22% dos casos na população brasileira. No Brasil, o último levantamento realizado em 2008 aponta que mais de 11 mil mulheres sucumbiram à doença. A prevenção, de acordo com o mastologista do departamento de Mastologia do Hospital Amaral Carvalho, João Ricardo Auler Paloschi, começa pela boca e se constitui, principalmente, em cultivar bons hábitos de saúde.

Apesar de só perder para o câncer de pele em incidência, a neoplasia nas mamas é a que ainda mais mata. Para 2010, a projeção do Inca é de quase 50 mil novos casos em todo país. Além da alta frequência, o câncer de mama é provavelmente o mais temido pelas mulheres: é capaz de deixar marca não só no corpo, mas na mente. Os efeitos psicológicos podem afetar percepção da sexualidade e a própria imagem pessoal, principalmente quando o diagnóstico se faz de forma tardia, seja pela falta da prevenção ou pelo medo, que muitas vezes faz a mulher esconder alguma anormalidade perceptível até não suportar mais. Esses problemas podem ser mínimos se a mulher se valorizar e fizer seus exames de rotina, o que pode permitir o diagnóstico em fase simples para se tratar e se alcançar a cura.

Relativamente raro antes dos 35 anos de idade, o câncer de mama incide sobre pessoas acima desta faixa de forma que a idade maior represente maiores probabilidades de se desenvolver a doença.. Entre outros fatores de risco está o histórico familiar, especialmente se um ou mais parentes de primeiro grau (mãe ou irmã) forem acometidas antes dos 50 anos de idade. Entretanto, o câncer de mama de caráter familiar corresponde a menos de 10% do total de casos de cânceres de mama. A menarca precoce (idade da primeira menstruação), a menopausa tardia (após os 50 anos de idade), a ocorrência da primeira gravidez após os 30 anos e a nuliparidade (não ter tido filhos), constituem também fatores de risco para o câncer de mama..

Sintomas

Para o diagnóstico do câncer de mama, não se pode esperar pela ocorrência de sintomas para buscar auxílio médico. A prevenção deve ser realizada para que seja possível surpreender algo ainda impalpável nas mamas ou muito pequeno. Quanto menor a doença, melhores as condições de tratamento e cura. Nódulo, acompanhado ou não de dor mamária, é um dos sintomas.

Podem surgir alterações na pele que recobre a mama, como abaulamentos ou retrações ou um aspecto semelhante a casca de uma laranja. Podem também surgir nódulos palpáveis na axila ou ferimentos mamilares que não cicatrizam. A consulta com um mastologista deve ser sempre realizada quando for percebido algo que traga dúvida sobre a saúde das mamas, independente do que seja.

Prevenção

A mamografia é hoje e ainda será por muitos e muitos anos o melhor método de imagem para avaliar a saúde mamária, sendo considerada o "Padrão Ouro" para o fim a que se destina. Há ainda vários outros métodos complementares, como a ultrassonografia mamária, a termografia, a ressonância nuclear magnética e a tomossíntese, entre outros.

"Mas não podemos esquecer, entretanto, que os exames de imagem sozinhos não oferecem um diagnóstico e sim uma impressão diagnóstica, que dever ser confrontada com informações clínicas e de exame físico entre outras. Os estudos de imagem não são perfeitos e devem ser interpretados pelo médico-assistente. É possível ter exames de imagem normais ou com aspecto benigno e estarmos diante de um caso de câncer de mama, assim como termos imagens suspeitas e a investigação descartar essa doença", diz dr. João Ricardo.

O auto-exame também pode ajudar a perceber se existe alguma alteração (veja quadro). No entanto, o diagnóstico mais preciso e precoce só se dá com mamografia.

O poder do verde

Alguns estudos apontam várias formas de prevenir-se contra a doença. Ainda que sempre difundida (e nem sempre seguida), a mais famosa delas é manter uma vida regrada e saudável.. Garantir a qualidade de vida pode ajudar a prevenir, além de inúmeras doenças, o câncer de mama. Dr. João Ricardo afirma que é possível agir a fim de reduzir os fatores de risco mutáveis.. "Dietas saudáveis, ricas em frutas, legumes e verduras e pobres em gorduras animais parecem proteger em algum grau do risco de desenvolver o câncer de mama."

Ainda segundo o mastologista, atividade física regular também traria seus benefícios, assim como a redução da ingestão de álcool. "Livrar-se do tabagismo, evitar e reduzir a obesidade também são benefícios claros quanto à redução dos riscos. Não podemos esquecer ainda que a amamentação, além de trazer benefícios enormes para a criança, pode também reduzir os riscos para a mãe que amamenta. Para encerrar, o uso de anticoncepcional e a terapia de reposição hormonal devem ser realizadas sempre com o acompanhamento médico rigoroso".

A auto-medicação hormonal deve mesmo receber atenção redobrada. Segundo Dr. João Ricardo, a terapia de reposição traria consequências para o aumento do risco do câncer de mama, não sendo motivos para não usá-la quando necessária. Porém, a indicação deve seguir critérios precisos e controles rigorosos com o médico que o indicou, podendo também ser acompanhada pelo mastologista, o que pode trazer mais tranquilidade e conforto à paciente e ao médico assistente.

Homens têm câncer de mama?

Os homens também podem ter câncer de mama e todas as patologias mamárias assim como as das mulheres. Existem basicamente dois motivos que determinam que os riscos sejam menores nos homens. "O primeiro deles refere-se à quantidade de tecido mamário nos homens ser mínimo, quando comparado a quantidade de tecido mamário na mulher, já que ele é a sede do início do problema. O segundo diz respeito à quantidade de hormônios femininos circulantes na corrente sanguínea do homem, também infinitamente menor quando comparado à mulher. Sabemos que a atividade hormonal feminina é um fator estimulante. Assim sendo, estatisticamente, identificamos aproximadamente um caso de câncer em homem para cada 100 casos em mulheres."

A vida após o câncer

Detectar o câncer na fase inicial pode significar 100% chances de cura, com tratamentos muito simples, muitas vezes sem quimio e radioterapia, por exemplo. E ter as chances de ter uma vida normal após esse tipo de doença são totais. Para o médico, pode ser uma oportunidade para repensar valores, condutas, objetivos, relacionamentos. "Sou testemunha de muitas e muitas pacientes que, após terem o diagnóstico de câncer de mama e seu tratamento encerrado com sucesso, passaram a viver com muito mais alegria, intensidade e verdade, sabendo a importância real que tem a vida e que viver a felicidade pode ser muito mais simples do que se imaginava antes da doença", diz o médico.

Dr. João Ricardo vai ainda mais longe. "Já tive pacientes que agradeceram a Deus o câncer ter surgido, pois possibilitou rupturas importantes e crescimentos imensos, que, segundo relatos dessas pacientes, superaram em muito as dificuldades do diagnóstico e do tratamento. Obviamente que vamos poder esperar esses resultados em pacientes que conseguirem diagnósticos precoces, por motivos já esclarecidos e evidentes, afirma.

Então, lembre-se: pacientes que tiverem um diagnóstico tardio tem reduzidas as possibilidades de cura. A conscientização sobre a importância da prevenção, do auto-exame, das mamografias periódicas a partir dos 35-40 anos nas mulheres (mesmo sem sintomas) é a chave para alcançar cada vez mais diagnósticos precoces e todos os seus benefícios possíveis. Quanto mais cedo a doença for descoberta, mais chance de não sofrer mutilações físicas e emocionais. "Só depende de nós transformarmos o câncer de mama numa doença sem mitos e que pode sim ser vencida. Basta que valorizemos a nossa própria vida, a nossa saúde", conclui o mastologista.


QUADRO


Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Destruição em Areal

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2011 19:53:00

Breve relato da situação em Areal pelo DJ Vinícius Magalhães do Tamboatá.

Há uma represa na cidade que se programou para escoar o fluxo de água gradativamente, mas neste meio tempo a barragem de Teresópolis rompeu.

Com isso, nossa barragem teve que liberar a água na potência máxima.

Famílias que moram nesta rua á mais de 50 (cinquenta) anos, relatam que: - "Nunca tivemos uma enchente tão forte, o nível nunca subiu tanto".

Por: Vinicius Magalhães

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O que muda com a nova resolução sobre reprodução humana assistida?

Postado por Elizabeth Misciasci em 12/01/2011 19:38:00

A resolução reforça a proibição da escolha do sexo da criança e a necessidade de a clínica manter um cadastro completo com informações dos pacientes e de esclarecê-los sobre as chances de sucesso da fertilização

Após 18 anos de vigência, a Resolução CFM Nº 1.358/92 foi revogada. No seu lugar, contamos com uma nova norma: a Resolução CFM Nº 1.957/2010, publicada em 06 de janeiro, no Diário Oficial da União.
O texto é o único a normatizar os procedimentos em reprodução humana assistida no país, uma vez que o setor atua num vácuo legal: não há leis sobre reprodução assistida. Em casos de problemas e contestações, a Justiça, invariavelmente, segue a determinação do Conselho Federal de Medicina.

Número de embriões

Uma das principais mudanças na nova normatização é a diminuição do número de embriões que podem ser utilizados em cada tentativa de fertilização. Antes, as clínicas podiam implantar até quatro embriões no útero de uma mesma paciente. Com a nova determinação, esse limite cai para dois, no caso das mulheres com até 35 anos de idade, e três, para aquelas que têm entre 36 e 39 anos. Mulheres com mais de 40 anos mantêm o direito de receber quatro óvulos.

“Há muito o nascimento de múltiplos é considerado um problema de saúde pública devido aos riscos causados às mães, às crianças e pelo alto custo gerado ao sistema público de saúde. Os riscos da gravidez múltipla são muitos. Para a mãe, podemos citar a pré-eclâmpsia, o diabetes gestacional, o rompimento do colo uterino e o parto prematuro. Para o bebê, o maior risco é o da prematuridade, o que pode ocasionar a malformação dos órgãos”, explica o Prof. Dr. Joji Ueno, diretor da Clínica GERA.

De uma maneira geral, em termos de reprodução humana, seja pela fertilização in vivo ou pela in vitro, temos poucas chances de sucesso em obter uma gravidez. “Como resolver esta questão? Melhorando o índice de implantação do embrião. Para melhorar as chances de gestação, normalmente, são transferidos para o útero mais de um embrião. Isto porque as chances de gestação aumentam, conforme o número de embriões transferidos, até se estabilizarem em torno de quatro embriões. E