Colunista

Elizabeth Misciasci

Ponto de Encontro

Arquivo

Novo livro de Luiz Antonio Aguiar conta a história de Homero para jovens

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2014 17:22:00

O carioca Luiz Antonio Aguiar é mestre em escrever para o público jovem: já publicou mais de cem títulos infanto juvenis. Com Confidências de um pai pedindo arrego e Os anjos contam histórias,ganhou o prêmio Jabutiem 1994 e em 2013, respectivamente. Conquistou, ainda, em 2009, o Prêmio FNLIJ Malba Tahan na categoria Melhor Livro Informativo. Em sua nova obra, Homero:uma aventura mitológica, lançada pelo selo Galera, Luiz traz o mundo da mitologia grega para os jovens leitores. O poeta épico Homero, autor de obras densas como Ilíada e Odisseia, sempre teve uma vida enigmática e cheia de mistérios. De Aquiles a Ulisses, o romance é um convite para desvendar os percalços que levaram o protagonista a se tornar um dos maiores autores da Grécia Antiga.



Homero: uma aventura mitológica
Luiz Antonio Aguiar

Formato: 21 x 25

Páginas: 248

Preço: R$ 58

Grupo Editorial Record |Galera


Formado em Literatura Brasileira pela PUC-Rio, Luiz Antonio Aguiar é redator, roteirista de histórias em quadrinhos, tradutor, instrutor de oficinas de leitura e professor. Uma das matérias que mais gosta de lecionar é justamente sobre mitologia grega, tema de seu novo livro. Com amplo conhecimento na escrita para jovens, tem livros traduzidos para o italiano e o espanhol, e ajudou a fundar a Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil. Em Munique, ganhou o prêmio White Ravens da Biblioteca de Literatura Infantil e Juvenil da cidade. Para difundir a leiturano país, Luiz faz palestras em colégios e para o público em geral sobre temas ligados à literatura e à criação literária.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Histórias divertidas sobre o futebol para as crianças

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2014 17:20:00

Livro da editora Mundo Mirim traz história divertida sobre o futebol para as crianças

Em A viagem da Bola o leitor encontrará só-imagem. O livro é rico em ilustrações e a história contada é a de dois menininhos bem amigos que, num dia muito quente de sol, resolvem jogar bola na praia. Eles vão se divertindo bastante com o futebol até que, quando um deles dá um chute mais forte na “redonda”, ela acaba caindo no mar e se perdendo das crianças.

A partir daí, a bola passa por diversas aventuras na natureza, chegando às mãos de diversos bichos – como macacos e pardais – que ficam muito felizes com a chegada do brinquedo e acabam se divertindo com ele também. A viagem da bola é a estreia do designer e diretor Adalberto Cornavaca como autor.

Com longa experiência no mercado infantil, ele já ilustrou livros para grandes escritoras, por exemplo: Ruth Rocha, Tatiana Belinki e Stella Carr. Com desenhos bem coloridos e chamativos, a obra é um convite para despertar a imaginação e criatividade de pais, educadores e, principalmente, das crianças que ainda não sabem ler, pois atrai a atenção e é uma ótima oportunidade de iniciação no mundo maravilhoso da leitura.

Em tempos onde o futebol está mais do que nunca em pauta no Brasil, a obra resgata a importância e inocência das brincadeiras simples e divertidas do cotidiano infantil.

Ficha Técnica
Editora Mundo Mirim
Autor/Ilustrador: Adalberto Cornavaca
I.S.B.N.: 978-85-8232-020-4
Formato: 28x21
Número de páginas: 32
Preço: 34,90
Indicação: Pré-leitor (até 6 anos)

Sobre a Editora: A Mundo Mirim é uma editora voltada ao público infantil e juvenil cujas publicações para crianças e adolescentes têm o intuito de estimular o prazer de ler, fazer um apelo à imaginação e trazer à tona as grandes ideias que uma boa leitura desperta. Além disso, como a infância é uma fase de constante aprendizado, alguns livros também permitem abordagens didático-pedagógicas, um diferencial que amplia as possibilidades de aproveitamento das obras.

Sobre o autor: Adalberto Cornavaca é ilustrador, designer e diretor de arte com longa atuação no mercado de revistas e na ilustração de livros infantis. Grandes autoras como: Ruth Rocha, Tatiana Belinki, Stella Carr, e Sônia Robatto, entre outros, tiveram suas obras ilustradas por Adalberto. Foi Diretor de Arte na Editora Abril onde ganhou, três vezes, o Prêmio Abril de Jornalismo na categoria artes gráficas. A viagem da bola é a sua estreia como autor.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Secretaria promove Seminário sobre Desenvolvimento Social – comunidade em foco

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2014 17:20:00

O objetivo do evento é sensibilizar a sociedade, visando a transformação
social por meio de ações comunitárias

São Paulo, 11 de junho de 2014 – Na próxima segunda-feira, 16/06, o
secretário estadual de Desenvolvimento Social, Rogerio Hamam, participa
da abertura do seminário “Desenvolvimento Social – comunidade em foco”. O
encontro – promovido pela Escola de Desenvolvimento Social de São Paulo
(Edesp), a Frente de Inovação Paulista e a Fundação Gol de Letra – será
das 10h às 12h30, na EFAP/ Rede do Saber (Rua João Ramalho, 1546 – 1°
andar - Perdizes). O objetivo é sensibilizar a sociedade para a temática,
visando a transformação social por meio de ações comunitárias.

Participarão como palestrantes Ligia Pimenta (gestora do programa Ação
Família - Viver em Comunidade/ Prefeitura de São Paulo), Sóstenes
Brasileiro de Oliveira (diretor geral da Fundação Gol de Letra) e
Cristiane Narciso (analista social da Fundação Gol de Letra). Além das
150 vagas no auditório do evento, será possível acompanhar a programação
retransmitida por streaming pela EFAP/ Rede do Saber (transmissão
instantânea de áudio e vídeo através da Internet), totalizando 3.000
acessos por meio do site www.rededosaber.sp.gov.br. As interações à
distância poderão ser feitas por e-mail:
faleconosco@rededosaber.sp.gov.br.

“É preciso estimular os diversos atores sociais, públicos e privados, a
pensar formas efetivas de promoção do desenvolvimento local a partir da
participação da comunidade. Para isso, vamos conhecer experiências de
sucesso para então discutirmos o desenvolvimento social e o protagonismo
comunitário, além de criarmos ações focadas na articulação social e a
atuação em rede”, afirma Hamam.

O evento é direcionado a representantes do terceiro setor; trabalhadores
de Centros de Referência (CRAS, CREAS e Centro-Pop); gestores e técnicos
municipais, regionais e estaduais; conselheiros da Assistência Social e
outros órgãos de defesa de direitos.

A participação é gratuita e as vagas no auditório são limitadas. Para se
inscrever, os interessados devem entrar em contato com a Edesp pelo
e-mail eedesp@sp.gov.br ou pelo telefone (11) 2763-8210. Não haverá
emissão de certificados.

PROGRAMAÇÃO
10h - Receptivo – coffee break
10h30 - Abertura do evento – com secretário Rogerio Hamam
11h - Apresentação do tema por Lígia Pimenta (programa Ação Família)
11h30 - Intervalo
11h40 - Estudo de casos - estratégias em comunidades
* Case: Estratégias – Agente Social Comunitário, por Sóstenes de
Oliveira e Cristiane Narciso (Fundação Gol de Letra)
12h10 - Perguntas
12h30 – Encerramento

CURRÍCULOS RESUMIDOS
Sóstenes Brasileiro de Oliveira é formado em Engenharia de Produção pela
Escola de Engenharia de São Carlos. Sua experiência profissional está
relacionada às áreas de Gestão de Projetos e Gestão de Recursos Humanos.
Desde 2002, é diretor geral da Fundação Gol de Letra.

Cristiane Narciso é formada em Psicologia, com Pós-graduação em Gestão de
Projetos. Na Fundação Gol de Letra, é analista social, responsável pelo
Projeto Formação de Agentes Sociais e pelos projetos e ações realizadas
com desenvolvimento local.

Ligia Pimenta é mestre em Psicologia Clínica (PUC/SP), psicóloga, coach,
especialista em Terapia Familiar Sistêmica (PUC/SP), gestora social pelo
Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), mediadora social
certificada pelo International Certificate in Collaborative Practice
(ICCP) – Houston Galveston Institute / Taos Institute and Interfaci
(2010/ 2011). Gestora do Programa Ação Família – viver em comunidade, no
município de São Paulo (SMADS - 2009-2005).


Serviço:
Seminário “Desenvolvimento Social – comunidade em foco”
Local: EFAP “Rede do Saber” (Rua João Ramalho, 1.546 – Perdizes – São
Paulo/SP)
Data: 16/06/2014, segunda-feira
Horário: das 10h às 12h30

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Tramas de texto é o novo lançamento da Editora Contexto

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2014 17:19:00

A Editora Contexto, referência em livros universitários, apresenta o último lançamento direcionado ao estudo da Língua Portuguesa. Trata-se do livro Tramas de texto, de Ingedore Villaça Koch. Resultado e reflexo de uma experiência intelectual intensa e coerente, o livro fala a vários tipos de leitores, desde o aluno em formação até o intelectual que reflete teoricamente sobre escrita e leitura.

A obra responde a uma expectativa que está presente em todo leitor que leva a sério sua própria condição: a crença de que os textos criam sentidos à medida que se desenvolvem, faz com que nos interessemos pelos mecanismos de sua construção, redescobrindo neles nossa própria capacidade de interpretar. A interpretação, por sua vez, afeta sem retorno a nossa vida e o nosso modo de ser.

Livro:Tramas do Texto

Autor: Ingedore Villaça Koch

Formato: 14x21

Páginas: 240

Preço: R$ 29,90

Sobre a Editora Contexto – Idealizada pelo historiador Jaime Pinsky e especializada em ciências humanas, a Editora Contexto está presente há 27 anos no mercado editorial brasileiro, publicando obras voltadas para a universidade e para o público geral.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Toninho Vaz lança livro em Curitiba, Rio e São Paulo

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2014 17:18:00

Nos últimos dias 04, 05 e 10 de junho, o jornalista Toninho Vaz esteve em Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo para lançar o livro A biografia de Torquato Neto. Por onde passou o escritor foi muito bem recebido por amigos, fãs e jornalistas consagrados, que prestigiaram o trabalho do autor curitibano.

Toninho, que é especialista em biografias, gerou uma polêmica no ano passado com a biografia de Paulo Leminski – que foi contestada pela família do poeta.

Agora, com o lançamento da biografia de Torquato Neto, o jornalista tem recebido criticas positivas da mídia, por narrar de maneira reveladora a vida e a obra de um dos poetas mais importantes do Brasil.

A biografia de Torquato Neto é resultado de uma profunda pesquisa de Toninho que viajou por diversas cidades brasileiras e entrevistou amigos e pessoas que conviveram com Torquato.

Quer entrevistar Toninho Vaz e saber mais sobre essa biografia? É só entrar em contato com Ester Vitkauskas: comunicacao@liliancomunica.com.br ou 11 2275-6787 e agendar.

Torquato Neto: Um dos principais personagens do movimento que mudou os rumos da cultura brasileira

O escritor Toninho Vaz conta a história de um dos propulsores da Tropicália

“Como Buda, Confúcio, Sócrates ou Jesus, Torquato não deixou livros”
Paulo Leminski

Torquato Pereira de Araújo Neto era um poeta sensível e inconformado, um polemista inteligente e corajoso e, uma das figuras mais carismáticas da sua geração. Do Piauí para o mundo. Do Piauí para a morte. O menino que saiu de Teresina para Salvador e passou por São Paulo, Londres, Paris e Rio de Janeiro. O herói romântico típico, fadado a morrer ainda jovem como James Dean, Jimi Hendrix, Janis Joplin ou Jim Morrison, faleceu aos 28 anos e por pouco não entrou para esta lista.

Contar a história de Torquato ficou por conta do jornalista curitibano Toninho Vaz, que sondou com acuidade e perspicácia a personalidade fascinante do poeta:

“A decisão de fazer esta biografia – por paradoxal que seja – veio ao mundo no dia em que, surpreso, constatei que Torquato não tinha exatamente uma “obra” literária ou poética.”

Publicação da editora Nossa Cultura, A biografia de Torquato Neto oferece não só um retrato de corpo inteiro desse excepcional artista quando jovem, mas também uma visão justa do espírito libertário que animou toda uma geração.

Alma de contestador, Torquato escapou por pouco do incêndio da sede da UNE (costumava dormir lá), durante o golpe de 1964; participou ao lado de Gil na passeata dos 100 mil, em 1968, no centro do Rio e foi um dos ideólogos da Tropicália. O designer do famoso movimento, Rogério Duarte, lembra:

“Ele teve a coragem de brigar com as esquerdas, com o pessoal do Cinema Novo. Não era um homem de rebanho, ele só era fiel à revolução.”

A experiência de Torquato é típica, exemplar e, portanto, esclarecedora. Em consequência, esta é uma obra fundamental para o estudo dessa geração de artistas brasileiros, da segunda metade do século 20. A biografia de Torquato Neto vem se juntar a Os últimos dias de paupéria, do próprio Torquato, Verdade Tropical, de Caetano, e Tropicaos, de Rogério Duarte como um dos documentos essenciais para a compreensão do que aconteceu com a geração em transe na sua juventude.

Ao longo do livro, Toninho Vaz traça a cartografia do desejo, com foco na intensidade emocional do poeta. Esta biografia mostra a importância do poeta naquilo que Torquato Neto fez e disse – e não exatamente no que escreveu e/ou publicou.

Ficha Técnica
Editora Nossa Cultura
Autor: Toninho Vaz
Páginas: 408 páginas
Formato: 16x23
Preço: R$ R$ 39,90

Sobre o autor: Toninho Vaz, curitibano, 66 anos – 39 de Rio de Janeiro – jornalista há 44, desenvolveu uma sensibilidade especial para pesquisar temas da contracultura. Além de A biografia de Torquato Neto, publicou a biografia de Paulo Leminski (O bandido que Sabia Latim, Record, 2001), e contou a história do Solar da Fossa (Casa da Palavra, 2011), uma “república” de artistas no Rio onde viveram, entre outros, Caetano, Gal Costa, Paulo Coelho, Tim Maia e Paulinho da Viola.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Zetti e Júlio César convidam brasileiros a se juntar a eles na Seleção da prevenção do câncer

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2014 17:17:00


O craque, que foi bicampeão mundial interclubes e tetracampeão mundial com a seleção brasileira, Zetti, e o arqueiro corintiano, campeão da Libertadores e Mundial de Clubes, Júlio César, aderem à campanha #PartidaContraOCâncer, criada pelo A.C.Camargo Cancer Center. Fotos com a #hashtag da campanha poderão ser enviadas até 30 de junho e vão compor o vídeo-case que será exibido nas mídias sociais em julho







Para ser vencedor na partida contra o câncer o melhor esquema tático é apostar na prevenção e no diagnóstico precoce, isso porque o sucesso no tratamento é possível para 8 entre 10 casos de câncer descobertos em fase inicial. Pensando nisso, o A.C.Camargo Cancer Center convocou o bicampeão mundial interclubes pelo São Paulo e tetracampeão mundial na Copa do Mundo de 94 com a seleção brasileira, Zetti, e também o goleiro Júlio César, campeão brasileiro da Libertadores da América e do Mundial de Clubes pelo Corinthians, seu clube atual, para serem os embaixadores da
campanha #PartidaContraOCâncer.

Zetti e Júlio César posaram para fotos com a mensagem "Eu estou escalado para a partida contra o câncer", convidando a torcida brasileira a se engajar nessa causa. Para participar, as pessoas devem publicar suas fotos nas mídias sociais com a referida hashtag ou enviá-las para o e-mailredesocial@accamargo.org.br, até 30 de junho. Ao final da ação será editado um vídeo com todas as fotos enviadas. A veiculação acontecerá em julho, no canal oficial do A.C.Camargo no youtube.

Nossa proposta é sensibilizar as pessoas que nesse momento estão contagiadas pelo clima verde-amarelo sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para o combate ao câncer. Queremos mostrar que quem entra em campo com hábitos de vida saudáveis e procura o médico periodicamente já sai na frente, além de reforçar que conhecer sobre o assunto é fundamental", destaca a Superintendente de Marketing do A.C.Camargo, Adriana Seixas Braga. A ação também será divulgada internamente, visando a participação dos colaboradores, pacientes e familiares.

Sobre o A.C.Camargo Cancer Center - Instituição privada sem fins lucrativos, criada em 1953 por Antônio e Carmen Prudente, é um dos maiores centros mundiais em prevenção, diagnóstico, tratamento, ensino e pesquisa do câncer. De forma integrada e interdisciplinar, atende pacientes vindos de diversas partes do país e exterior. Seu corpo clínico é composto por uma equipe de 500 especialistas, sendo cerca de 200 oncologistas, entre eles clínicos e cirurgiões.

Em 2012, conquistou a Certificação Internacional pelo Canadian Council for Health Services Accreditation (CCHSA). Também conquistou a certificação ISO 14001, firmando seu compromisso com a responsabilidade ambiental. O selo de qualidade ambiental ratifica que o A.C.Camargo atua de acordo com os rigorosos padrões estabelecidos pela Norma ABNT ISO. Em 2013 foi eleito pela quinta vez uma das melhores empresas para Você trabalhar do Guia Você S/A Exame. E foi apontado, pela edição 500 Melhores Empresas da revista IstoÉ Dinheiro, uma das melhores em Saúde e pelo Anuário Valor 1000 uma das cinco instituições mais importantes no segmento de serviços médicos. Também foi eleito a Instituição do Ano pelo Prêmio Saúde 2013, promovido pela Revista Saúde! É Vital.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lançamento: "A Rainha de Chuteiras", de Marcos Alvito

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2014 17:17:00

Em prol da boa relação com o leitor, sejamos honestos: ainda não conseguimos descobrir se a rainha da Inglaterra calça mesmo chuteiras ou se bate uma bolinha em seu palácio de verão. Mas sabemos outras coisas sobre o futebol inglês. Por mais que o Brasil seja o país do futebol, precisamos admitir que esse esporte nasceu do outro lado do Atlântico. A terra da rainha foi a arena dos primeiros passes, dos primeiros dribles, das primeiras regras e, hoje, é palco da liga de futebol mais famosa do planeta – a Premier League.

Com a marca do gênero híbrido, que oscila entre a história, a antropologia e o relato jornalístico, o livro de Marcos Alvito encanta e informa. Em suas páginas, você acompanha uma temporada inteira de futebol inglês – apresentada em divertidíssimas crônicas – com todos os detalhes: os jogos, os times, os hooligans, os torcedores, fish and chips, os campeões, aqueles clubes que não ganham nunca... E, como não poderia deixar de ser, há espaço para o rúgbi, o críquete, opiniões perspicazes e até um passeio a Gales.

Como bem observa o jornalista Flavio Pinheiro no texto de apresentação do livro, Marcos Alvito é um craque. Craque em história, antropologia, samba e em futebol, às margens das quatro linhas. Devoto da Grécia e dos gregos, segue o ensinamento de Aristóteles: “a melhor qualidade do estilo é a clareza”. Produto de astuta observação e longe de estar contaminada por vício de torcedor, a obra enriquece enormemente a rarefeita bibliografia sobre futebol no país do futebol.

Sobre o autor

Carioca de Botafogo, Flamengo até morrer, Marcos Alvito é doutor em antropologia e ganha a vida como professor de história na UFF. Adora ensinar, mas confessa gostar mais ainda de aprender. Suas três paixões intelectuais (e não somente) são o samba, a literatura e o futebol. Em uma encarnação distante diz ter sido professor de história antiga, e em uma mais recente pesquisou o tema das favelas no Rio de Janeiro, tendo publicado livros e artigos sobre estes assuntos. Mas agora é só samba e futebol: em 2013, lançou Histórias do Samba – de João da Baiana a Zeca Pagodinho (Editora Matrix).

Ficha técnica

ISBN - 978-85-8317-015-0

Número de Páginas: 316

Formato: 16x23

Preço: R$ 39,00

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Grupo Sobrevento apresenta seu teatro de animação no Sesc Santo André

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2014 17:16:00

No próximo final de semana, o espetáculo São Manuel Bueno, Mártir, chega ao Sesc Santo André para narrar a trajetória de Dom Manuel, um padre que questiona a própria fé, duvidando da vida após a morte e até mesmo da existência de Deus.

Mas a peça não é apresentada de forma convencional: no centro do palco, uma mesa redonda representa o mundo. Nela, são animados pelo menos trinta bonecos de madeira, confeccionados pelo escultor Mandy. Eles representam o povo da pequena aldeia onde a história - escrita originalmente por Miguel de Unamuno - se desenrola.

Trata-se da primeira encenação do texto de 1930 que é, até hoje, considerado o melhor romance de Unamuno; o poeta, filósofo e escritor faleceu em 1936 e é reconhecido pela qualidade de sua obra, mas também pelas frequentes (e incisivas) críticas direcionadas à monarquia da Espanha.

Os três atores que representam Dom Manuel, Angela e Lázaro manipulam os bonecos como se fossem peças de xadrez ou figuras de um presépio. Ao longo da narrativa, os bonecos vão perdendo a sua forma, se decompondo e se distanciando do seu conceito original. A trilha sonora incidental é realizada ao vivo, criada especialmente pelo pernambucano Henrique Annes.

O espetáculo é uma criação do Projeto “Sobrevento 25 anos: Objetos e Identidade”, desenvolvido em meados de 2011 e patrocinado pela Petrobrás por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

Além dos espetáculos, o Sobrevento também desenvolve atividades variadas no Brasil e no exterior, como cursos, oficinas, palestras e mesas-redondas relacionadas à construção de bonecos e ao processo de animação.

O grupo foi fundado em 1986 com o intuito de produzir repertórios que se dedicam à teoria, pesquisa e prática da animação de bonecos, formas e objetos. O Sobrevento já representou o Brasil em alguns festivais internacionais de teatro e de teatro de bonecos e também se apresentou no Peru, Chile, Espanha, Colômbia, Escócia, Irlanda, Argentina, Angola, Irã, México, Suécia e Estônia.

A apresentação acontece no Teatro da Unidade no próximo sábado, dia 14, às 20h e, no domingo, 15, às 19h. É recomendada para maiores de 16 anos. Os ingressos vão de R$ 4 a R$ 20 e podem ser comprados nas bilheterias das Unidades do Sesc e também pelo portal sescsp.org.br/santoandre.

O Sobrevento é, até hoje, liderado por seus dois fundadores: Luiz André Cherubini e Sandra Vargas, que também dirigem e atuam no espetáculo São Manuel Bueno, Mártir, promovendo a reflexão sobre os atritos entre razão e fé.



SÃO MANUEL BUENO, MÁRTIR

Duração: 80 minutos No Teatro.
Não recomendado para menores de 16.
R$ 20,00 R$ 10,00 R$ 4,00
14/06/2014. Sábado, às 20h
15/06/2014. Domingo, às 19h

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Saiba se o seu Auxílio-doença pode ser convertido em Aposentadoria por invalidez

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2014 17:14:00

Conversão exige avaliação médico-pericial

Quem recebe o auxílio-doença e está impossibilitado permanentemente de exercer suas atividades poderá, de acordo com o Artigo 42 da Lei n°8.213 de julho de 1991, requerer a aposentadoria por invalidez. A concessão só será atendida após a constatação desta condição mediante exame médico-pericial a cargo da Previdência Social, podendo o paciente ser acompanhado, se desejar, por um médico de sua confiança (custos próprios).

“A aposentadoria por Invalidez é um direito do contribuinte, entretanto o benefício só poderá ser concedido ao trabalhador que comprove no mínimo 12 (doze) contribuições mensais. Se a invalidez foi causada por acidente ou doença para as quais a legislação não exige carência, o benefício é concedido independentemente do número de contribuições” afirma, Carlos Elias, advogado do CENAAT – Centro Nacional de Apoio ao Aposentado e Trabalhador Ativo.

O benefício de Aposentadoria por Invalidez apenas não será concedido para o segurado que já era portador da doença/lesão ao filiar-se ao Regime Geral de Previdência Social, a não ser que a incapacidade progrida ou se agrave. Carlos Elias, explica ainda que se o aposentado por invalidez retornar voluntariamente ao trabalho terá o benefício cessado.

Entretanto, mesmo após o segurado fazer um pedido de prorrogação do auxílio-doença, já que não há no INSS a opção de solicitar aposentadoria por invalidez, pode acontecer do pedido não ser aceito, caso o perito entenda que houve melhora do segurado. Além dessa condição o perito do instituto pode prorrogar o auxílio ou liberar a aposentadoria por invalidez. “Tudo dependerá, sobretudo, da avaliação do perito do instituto”, salientou Elias.

Para ter acesso a esse direito é preciso procurar um advogado, associação ou sindicato para ser orientado ou comparecer diretamente na Agência da Previdência Social para agendar avaliação médico-pericial. O CENAAT presta esclarecimentos gratuitos para qualquer cidadão. Para isso é necessário agendamento prévio em uma das unidades, endereços e telefones disponíveis no site www.cenaat.org.br.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A memória, a justiça e o perdão, de Amelia Valcárcel, ganha tradução para o português

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2014 17:13:00



Edições Sesc São Paulo lançam versão traduzida de obra que imerge no mais humano dos sentimentos: o perdão



Pensar o perdão é uma das mais rotineiras atividades humanas, se configurando como um artifício em favor da sobrevivência. Entretanto, quando as teorias acerca deste tema extrapolam as barreiras do indíviduo e rumam de encontro a temas coletivos, o assunto ganha contornos epopéicos e de cabíveis análises para acompreensão do comportamento humano. Tudo posto, as Edições Sesc São Paulo, com seu papel de promoveracesso às intelectualidades e desenvolvimento das áreas humanas, lança tradução inédita de A memória, a justiça e o perdão, de Amelia Valcárcel, uma obra de referência no estudo do perdão. A tradução é de Newton Cunha.

O livro transita pelos signos e filosofias relacionados, para além do próprio perdão, a dois dos pilares que o sustentam: a memória e a justiça.Em tempos modernos, por incrível que possa parecer, ambos os conceitos carregam cargas de seus arcaicos entendimentos, aos quais a justiça é vista como pena e o perdão como esquecimento.

“Poucas vezes empregaremos, verdadeiramente, as formas do verbo “perdoar”. “Perdoou-o” é mais comum que “perdoa-o”, e o uso no futuro, “perdoá-lo-á”, é pouco usual. E, se nos tempos verbais cabe fazer essas distinções, nas pessoas que os usam o campo é ainda mais restrito, porque o uso desse termo não implica que utilizemos o perdão, nem que o conheçamos”

Amelia Valcárcel

Tudo o que envolve o perdão e a justiça passa por uma série de questões que, ao longo dos tempos, se afirmaram de acordo com culturas e tradições vigentes. No oriente médio, por exemplo, tivemos no Código de Hamurábi a base da justiça, que por sua vez era pautada na vingança explícita no conceito “olho por olho, dente por dente”. Já no Velho Testamento, muito a partir da figura bíblica de Caim, é perceptível a presençade vestígios da significação clássica de ‘castigo’ para que, por consequência deste, haja o perdão e a justiça. Portanto, há de se convir que as teorias e reflexões surgidas do estudo da memória, do perdão e da justiça são bastante amplas e, neste sentido, a obra de Amelia Valcárcel permite-se adentrar às pluralidades das temáticas.

Por fim, vale citar as relações do perdão com a ética, religião e questões como “quem deve pagar?”, “como pagar?”. Também destacam-se temas, como‘Crimes contra a humanidade’. A obra investiga a fundo todas essas questões. Esse trabalho de investigação e análise é obrigatório porque não só aqui estamos carentes de perdão. Sua necessidade é agora mundial.

SOBRE A AUTORA:



AmeliaValcárcel é catedrática de Filosofia Moral e Política da UNED (Universidade de Educação a Distância), conselheira eletiva do Estado e vice-presidente do Real Patronato do Museu do Prado. Durante três décadas foi professora titular de Ética na Universidade de Oviedo. Autora de uma dezena de livros, entre os quais Hegel e a ética, Do medo da igualdade, Ética contra estética (publicado no Brasil em coedição Edições Sesc São Paulo e Editora Perspectiva), Ética para um mundo global, Falemos deDeus (em parceria com Victoria Camps), além de artigos para periódicos nacionais e estrangeiros e capítulos em obras coletivas. Dentre essas últimas, Ética ecultura (publicado igualmente em coedição Edições Sesc São Paulo e Editora Perspectiva), livro que resultou de um Seminário Internacional promovido pela instituição, em 2001.

SOBRE AS EDIÇÕES SESC SÃO PAULO

Segmento editorial do SESC, as publicações das Edições SESC SP são pensadas e construídas em um longo processo de maturação e discussão, justamente por estarem envolvidas em projetos de largo alcance. As Edições SESC SP têm em seu catálogo publicações nas áreas de cultura, artes, esportes, ciências sociais, educação, filosofia, terceira idade e história.Muitos desses trabalhos articulam-se em diversas mídias, para atender aos anseios de um público interessado em informações plurais, que podem vir de diferentes recursos multimídia, integrando texto, áudio e vídeo. Seu projeto gráfico, muitas vezes arrojado e experimental, constitui-se também em um campo para a criação. Com o intuito de expandir seu campo de ação, atendendo a um público cada vez maior, o SESC firma-se cada vez mais como uma importante referência em publicações culturais no país.

Serviço:

A memória, a justiça e o perdão

Autora:AmeliaValcárcel

Preço:R$ 36,00

Número de páginas:140 p.

ISBN:978-85-7995-067-4

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Casal do Cozinha para 2 autografa livro em São Paul

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2014 23:28:00

Cozinha para 2: Editora Belas-Letras lança livro de receitas das webcelebridades Carol Thomé e Duda Mendes

Com quase três milhões de acessos na internet, os webcelebridades Carol Thomé e Duca Mendes, criadores do canal Cozinha para 2, vão virar autores pela editora Belas-Letras. O livro chega em maio e traz novidades apresentadas pelo casal.

Cozinhar também é uma forma de amor e, há pouco mais de um ano, eles vem mostrando que preparar receitas deliciosas e com poucos ingredientes pode ser muito divertido. O canal surgiu para ensinar receitinhas fáceis em vídeos divertidos de até 2 minutos. O primeiro deles foi uma Pizza de Pão, que fez tão sucesso, que o casal resolveu investir na brincadeira.

Até agora, Carol e Duca já prepararam quase 60 receitas – que podem ser assistidas a qualquer momento. Confira: http://www.youtube.com/user/cozinhapara2

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro fala sobre a escravidão no Brasil

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2014 23:28:00

Uma pequena lição de liberdade

Livro fala sobre a escravidão no Brasil e a batalha heroica dos quilombolas pela liberdade

“A pior escravidão será sempre a ignorância. Conhecimento é liberdade.”

Imagine um ambiente explosivo, cheio de luta, de coragem, de valentia – e de traições... É nesse clima de tensão e de bravura que Júlio Emílio Braz resgata uma face pouco explorada da história brasileira: a resistência negra por meio da formação dos quilombos.

Uma pequena lição de liberdade relembra alguns dos episódios pouco mencionados nos livros de histórias e mostra o quanto os negros africanos eram oprimidos e, mais ainda, como brigavam e se empenhavam na busca da liberdade perdida. A história ressalta a importância dos quilombos e o exemplo de luta daqueles que viviam refugiados.

O autor que é vencedor de prêmios nacionais e internacionais de literatura traz para este romance um enredo comovente. A história começa com o personagem principal levando a neta para a aula na mesma escola onde estudou. Tomado de lembranças e nostalgia ele começa a relembrar o tempo em que estudava. Um fato triste é lembrado, o dia em que sofreu preconceito por parte dos colegas:

“Veio o soco e com ele foi a raiva, a irritação e um enorme ressentimento pelo que ele disse, a começar por aquele apelido irritante que repetia quando queria me provocar:

- Beiçola!

Beiçola. Nego beiçudo. Carvão.”

Após a briga no pátio e a ida pra diretoria da escola, o personagem tem uma conversa com o professor. O mestre em história acalma o aluno contando sobre a luta dos escravos nos quilombos.

Publicação da editora Mundo Mirim no Brasil, a obra é uma aula de história e um ótimo subsídio a professores que desejem trabalhar o tema da consciência negra.

Em Uma pequena lição de liberdade o leitor vai ter uma verdadeira aula sobre a escravatura no Brasil e a batalha heroica dos quilombolas pela liberdade.

Ficha Técnica
Editora Mundo Mirim
Ilustração: Rubem Filho
Autor: Júlio Emílio Braz
I.S.B.N.: 978-85-617-3035-2
Formato: 12 x 18
Indicação: Leitor fluente (a partir de 11 anos)
Número de Paginas: 72 pag
Preço: 29,90

Sobre o escritor: Júlio Emílio Braz é mineiro, da cidade de Manhumirim. Aos 5 anos mudou-se para o Rio de Janeiro, cidade que adotou como lar. Iniciou sua carreira como escritor de roteiros para histórias em quadrinhos, tendo hoje obras publicadas no Brasil, Portugal, Bélgica, Franca e EUA. Em 1988 recebeu o Prêmio Jabuti pela publicação de seu primeiro livro infanto-juvenil, Saguairu. Já escreveu roteiros para televisão e, em 1997, ganhou o Australian Children Book Awards.

Sobre o ilustrador: Rubem Filho começou a sua carreira de ilustrador em 1996, tendo antes se formado em Artes pela Escola Guignard, da Universidade do Estado de Minas Gerais, com especialização em gravura. Trabalhou também em Multimídia, publicidade, animação, publicou ilustrações em jornais e revistas e lecionou desenho para crianças. Já publicou mais de 50 títulos, entre infantis, juvenis e adultos, como ilustrador, diagramador e projetista gráfico.

Sobre a Editora: A Mundo Mirim é uma editora voltada ao público infantil e juvenil cujas publicações para crianças e adolescentes têm o intuito de estimular o prazer de ler, fazer um apelo à imaginação e trazer à tona as grandes ideias que uma boa leitura desperta. Além disso, como a infância é uma fase de constante aprendizado, alguns livros também permitem abordagens didático-pedagógicas, um diferencial que amplia as possibilidades de aproveitamento das obras.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro reportagem relata sobrevivência de nove prematuros

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2014 23:26:00

A luta dos bebês prematuros pela sobrevivência se transforma em livro
Livro reportagem relata a história de nove crianças prematuras extremas e suas famílias

A cada 100 nascimentos no Brasil, 11 são partos prematuros. 11. A prematuridade é a mais letal das condições para mortes no primeiro ano de vida. Cerca de 8% dos bebês nascem com menos de dois quilos, segundo dados do Ministério da Saúde. Por trás desses números há dramas de pais e mães que lutam pela sobrevivência de alguém que recém acabou de nascer, como Charles e Thais, que ouviram estas palavras de um médico, referindo-se ao filho logo após o parto:

“Se ele sobreviver, o que é muito difícil, ele vai ser cego. Com a sequela cerebral que ele pode ficar, ser cego nem vai ser um problema muito grande. Mas isso se ele sobreviver.”

Thais teve Rodrigo com apenas 24 semanas de gestação, o limite da prematuridade. A história deles e de outras oito famílias está no livro-reportagem Quinhentos gramas de vida: A luta dos bebês prematuros pela sobrevivência, escrito pela jornalista Thais Lazzeri e publicado pela editora Belas-Letras.

Apesar de o assunto ser pouquíssimo abordado pela mídia, o Brasil está em décima posição no ranking mundial sobre número de prematuridade. Os prematuros extremos, que são o tema do livro – aqueles bebês que nascem, em média, com um peso menor ainda, quinhentos gramas ou até menos. Eles podem ser considerados alguns dos menores bebês do Brasil.

A autora trabalhou por quase oito anos na revista Crescer, publicação da editora Globo. Hoje é repórter da revista Época, mas diz que somente com esse livro teve a oportunidade de “desnudar como o nascimento de uma criança em condições tão desfavoráveis é capaz de transformar a visão de mundo”.

Grávida e prestes a dar à luz sua primeira filha – Catarina – juntamente com a vinda do livro, Thais convida todos a se emocionarem por essas 136 páginas, e compartilharem um pouco da realidade vivenciada por todas essas pessoas. Não só das nove histórias retratadas, mas o drama de quinze milhões espalhadas pelos cinco continentes.

Sobre a autora: Thais Lazzeri é repórter da editoria de Vida da revista Época. Trabalhou durante sete anos na Revista Crescer, da Editora Globo, como repórter e editora-assistente de Gravidez, Saúde e Nutrição. Também escreveu para a revista Nova e para a Folha de S. Paulo.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Heitor Werneck ousa mais uma vez no Palco Cabaré da Virada Cultural

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2014 23:26:00



O estilista e produtor de eventos Heitor Werneck, pelo terceiro ano consecutivo será o responsável pelo figurino e atrações do exótico palco Cabaré da Virada Cultural, que acontecerá nos dias 17 e 18 de maio na capital paulista.

De forma ousada, criativa e sensual, serão apresentados diversos estilos de dança, como: egípcia, árabe, tribal (africana), hula hula, burlesque chair dance e vampire belly dance. Além, das extraordinárias performances de contorcionismo (circense) e striptease burlesco.

Heitor, também idealizador e organizador da festa fetichista mais conhecida de São Paulo, o “Projeto Luxúria”, promete inovar mais uma vez e surpreender a todos com sua criatividade peculiar, salientando a força e o conceito da diversidade cultural.

Para saber mais informações sobre a Virada Cultural Paulista, acesse: www.viradaculturalpaulista.sp.gov.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Virada Cultural também terá Cãominhada

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2014 23:25:00

Durante a Virada Cultural a Prefeitura de S.Paulo, por meio da Secretaria do Verde e Meio Ambiente, também apoiará a 1ª Cãominhada Granja Viana, que será realizada no dia 18 de maio, das 9:00 às 12:00, no Parque Cemucam (km 25 da Rodovia Raposo Tavares – sentido capital), e que somará aos diversos eventos familiares que ocorrerão na capital paulista

Idealizado pela MM Agência em parceria com a Prefeitura de S. Paulo, Secretaria do Verde e Meio Ambiente e o Parque Cemucam, além de patrocínio do Grupo Pet Center Marginal, a 1ª Cãominhada Granja Viana será realizada em prol dos direitos animais, e também com o objetivo do desenvolvimento social-afetivo das famílias paulistanas.

A Cãominhada também terá a presença do famoso Jatobá, um vira-lata que vivia pelas ruas de Cotia e que após ser atropelado foi socorrido por um anjo, mas mesmo com todos os cuidados iniciais, Jatobá ficou cego com apenas dois anos.

Seus olhinhos foram retirados e as pálpebras costuradas para evitar infecções, mas a veterinária fez de tal modo a cirurgia que Jatobá sempre está com a expressão feliz... Artista nato, Jatobá já participou de diversos programas para mostrar com habilidade o que pode fazer. O sapeca que foi adotado por uma veterinária, joga bolinha, passeia, e até abre a porta da clínica sem ajuda.

Para participar da Cãominhada será necessário doar 1kg de ração no dia do evento, que será entregue para ONG Patinhas da Liberdade, organização não governamental que atua desde de Janeiro de 2008 em Cotia e região, com a missão de contribuir com o movimento de proteção, defesa e bem-estar animal.

Para que todos possam se divertir durante o evento, alguns cuidados serão necessários, os cães devem estar em boas condições de saúde, identificados com nome e telefone para contato na coleira, focinheiras serão necessárias para as raças consideradas de potencial ofensivo, são eles: Fila Brasileiro, Pit Bull, Dogue Argentino, Rottweiller, Bull Terrier, Terrier Americano.

Além da Cãominhada, as famílias poderão aproveitar o dia no Parque Cemucam que conta com uma infraestrutura de lazer completa com quadras poliesportivas, campo de futebol gramado, circuito de mountain bike, mesas, bancos, pista de Cooper, trilhas para caminhadas, bosques, gramados para piquenique, o viveiro Harry Blossfeld, parquinho para as crianças, bebedouros - também para cães, banheiros e churrasqueiras.

Sobre a MM Agência

Com sede na Granja Viana, a MM Agência trabalha com criatividade, dinamismo e eficiência, buscando estabelecer o melhor relacionamento entre as marcas e seus públicos. Acumulando cases de empresas nacionais e internacionais, a MM Agência planeja, implementa e gerencia ações de marketing promocional, eventos e comunicação.

Serviço

1ª Cãominhada Granja Viana

Local: Parque Cemucam

Endereço: Rua Mesopotâmia, s/n (km 25 da Rodovia Raposo Tavares sentido Capital)

Data: 18 de Maio de 2014 - domingo

Informações sobre o evento na MM Agência: (11) 2769-7743 / 3045-7481

Horário: das 9:00 às 12:00

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cidades brasileiras continuam em situação de risco para surto de dengue

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2014 23:24:00

Apesar da redução em 80% dos casos em relação a 2013, número de pessoas afetadas pela doença ainda cresce



São Paulo, maio de 2014 – Um recente levantamento do Ministério da Saúde apontou que 321 cidades brasileiras estão em situação de risco para surto de dengue e 725 em estado de alerta. O balanço ainda mostra que, apesar do sinal amarelo para 71% dos municípios, houve uma redução de 80% nos casos de dengue e de 95% de óbitos na comparação entre o primeiro bimestre deste ano e o do ano passado.



Até o mês passado, o Brasil registrou 322.230 casos no total, 1.932 casos graves e 69 mortes pela dengue, uma queda expressiva nas três categorias. No mesmo período de 2013, o país registrou 1,1 milhão de casos, 5.384 casos graves e 435 mortes pela doença.

Por ser uma doença endêmica, presente em todos os estados do país, a dengue só pode ser combatida com a colaboração da população. “É importante vedar bem todos os recipientes que possam acumular água”, alerta o Dr. Alberto Chebabo, infectologista do Lavoisier Medicina Diagnóstica. A atenção deve ser redobrada com caixas d’água, pneus e piscinas descobertas, locais ideais para que o mosquito deposite seus ovos.



Febres agudas, dores de cabeça e dores no corpo, que podem levar ao óbito em alguns casos, são os principais sintomas da doença. De acordo com o Dr. Alberto, “o paciente deve estar sempre atento, pois os sinais nem sempre se manifestam imediatamente”.



Caso desconfie que esteja doente, o paciente deve procurar um médico o quanto antes, já que a automedicação pode dificultar o diagnóstico. “Um simples hemograma para verificação do antígeno NS1 determina se o paciente é ou não portador do vírus. A vantagem desse exame é a rapidez para detecção da doença”, explica o infectologista. Outros exames podem ser solicitados de acordo com a gravidade do quadro.



Sobre o Lavoisier



O Lavoisier nasceu há 60 anos em São Paulo e atualmente tem mais de 60 unidades de atendimento na Grande São Paulo e no interior do Estado. Considerado referência em medicina diagnóstica, processa exames clínicos e de imagem com qualidade, confiança, credibilidade, conveniência e tecnologia de ponta. A marca oferece ainda medicina diagnóstica com qualidade a preços acessíveis para quem não tem plano de saúde.



O Lavoisier, Laboratório da Família, é certificado OHSAS 18001, ISO 14001 e ISO 16001, College of American Pathologists (CAP) e National Glycohemoglobin Standardization Program (NGSP), além de acreditado pelo Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (NGSP) e pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Médicos recomendam vacinas antes da Copa

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2014 23:23:00

Vacinação é recomendada antes da Copa do Mundo para evitar doenças disseminadas durante as aglomerações

Ambientes aglomerados favorecem a disseminação de doenças; médico sanitarista do Delboni Auriemo dá dicas de como se precaver com antecedência

São Paulo, maio de 2014 – O ano de 2014 será marcado pela realização da Copa do Mundo no Brasil. Muitas festas em meio às aglomerações podem ser sinônimo de propagação de vírus. “Ao planejar a participação em um grande evento, é importante levar em consideração os riscos à saúde e saber como nos precaver com antecedência. A vacinação é primordial para aqueles que frequentarão ambientes aglomerados”, afirma Dr. Ricardo Cunha, médico sanitarista e responsável pelo setor de vacinas do Delboni Auriemo Medicina Diagnóstica.

Segundo o especialista, os ambientes aglomerados são muito favoráveis à disseminação de doenças. “Uma pessoa doente no meio da multidão pode propagar facilmente o vírus, gerando situações de surtos e epidemias”, revela Dr. Cunha. Ele explica que há formas de contaminação variadas, como por meio de secreções, ingestão de alimentos ou líquidos contaminados, picadas de insetos e contato com ferimentos na pele.

“Sabendo disso, podemos dimensionar como pode ser fácil contrair uma doença quando há uma grande migração de pessoas para um mesmo lugar, sobretudo se considerarmos um local repleto de pessoas oriundas de locais distantes”, diz ele, reforçando que indivíduos de outras localidades podem transportar germes que não são comuns no Brasil.

Ele explica ainda que algumas situações contribuem ainda mais para a facilitação da transmissão das doenças, como por exemplo o estresse físico causado por noites mal dormidas, alimentação inapropriada e deficiente, ingestão de bebidas alcoólicas, particularmente comuns em grandes eventos. “Devemos também lembrar que no período de inverno é quando há os grandes surtos de doenças respiratórias virais e, nesse caso, podemos salientar a gripe como uma importante doença a ser prevenida”.

Várias doenças podem ser prevenidas por vacinação. Para o médico, em geral, as pessoas acreditam que as vacinas estão associadas às crianças e descuidam-se da sua proteção nas outras fases da vida. “Porém, a partir da adolescência passamos a nos expor muito mais a riscos, e em contrapartida não nos atentamos às formas de prevenção”, diz Dr. Cunha. Ele lembra que devemos ter sempre a carteira de vacinação atualizada, para a nossa proteção individual e também na proteção coletiva.

Confira as dicas para evitar doenças em ambientes aglomerados:

· Manter a carteira de vacinação atualizada. “Uma população bem protegida minimiza em muito os riscos de surtos epidemias”, afirma Dr. Cunha.

· Controle a ingestão de líquidos e alimentos: evite os alimentos crus, ou ainda certifique-se que esses alimentos estejam muito bem lavados. Evite alimentos mal cozidos;

· Os líquidos ingeridos devem ser confiáveis, inclusive as pedras de gelo. Feitas com agua de má procedência, elas podem levar a uma infecção séria.

· Cuidado com os frutos do mar, sobretudo aqueles que são ingeridos crus. Eles são um grande risco se não forem de boa procedência;

· Evite ambientes mal ventilados e com excesso de pessoas, por conta da circulação de vírus;

· Redobre a atenção com a higiene das mãos;

· Fique atento também à proteção do ambiente contra a invasão de mosquitos e uso de repelentes.

· Evite regiões de mata onde o risco de picadas podem ser maiores, os pés devem estar calçados com sapatos que protejam contra ferimentos;

· Não compartilhe seringas e objetos perfurantes;

· Pratique o sexo seguro com uso de preservativos. Com esses cuidados podemos minimizar o risco de exposição a doenças infecciosas.

· As crianças devem estar sempre com a carteira de vacinação atualizada. Atenção especial aos reforços das vacinas, pois muitos pais esquecem-se de fazê-los quando a criança tem mais de 2 anos de idade. Uma criança corretamente vacinada também se transformará em um adolescente e adulto bem protegido.

· Atenção especial à vacinação contra a Gripe, que é muito importante aos menores de 5 anos e nem sempre valorizada pelos pais.

· Caso seja morador de região onde normalmente não é feita a vacinação contra a Febre Amarela e vá viajar para uma região com risco da doença, a vacinação está indicada com 10 dias de antecedência à viagem.

Sobre Delboni Medicina Diagnóstica

O Delboni Medicina Diagnóstica tem cerca de 30 unidades de atendimento em todas as regiões da Grande São Paulo. Ao longo de seus 50 anos de história tornou-se referência em medicina diagnóstica, processando exames clínicos e de imagem com qualidade, confiança, credibilidade e tecnologia de ponta, além de agilidade no atendimento e na entrega de exames. A marca também oferece vacinas para todas as faixas etárias, atendimento domiciliar e 24 horas (em algumas unidades). Pioneiro e inovador, criou o conceito de atendimento integrado por meio das MegaUnidades, que processam mais de três mil exames de análises clínicas e diagnósticos por imagem no mesmo local. Credenciado pelos principais planos de saúde, o Delboni Auriemo é certificado OHSAS 18001, ISO 14001 e ISO 16001, College of American
Pathologists (CAP) e National Glycohemoglobin Standardization Program (NGSP), além de acreditado pelo Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

15 DE MAIO - Dia Nacional de Combate à Infecção Hospitalar

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2014 23:23:00

Dia Nacional de Combate à Infecção Hospitalar –

70% dos pacientes internados nas unidades de terapia intensiva recebem tratamento para algum tipo de infecção



Amanhã começa em São Paulo, no Grand Mercure (Rua Sena Madureira, 1.355), o III MCCRC - Multiprofissional Critical Care – Review Course, promovido pela AMIB – Associação de Medicina Intensiva Brasileira e a SCCM – Society Critical Care Medicine. Uma das mesas será apresentada pelo médico intensivita Dr. Thiago Lisboa, presidente do Comitê de Infecções, Sepse e DMOS da AMIB. O médico abordará as infecções nas UTIs.



Para os profissionais que tratam pacientes críticos, as infecções preocupam muito, pois depois do trauma, são responsáveis por altos índices de mortalidade. Os estudos revelam que 70% dos pacientes internados nas unidades de terapia intensiva recebem tratamento para algum tipo de infecção. Nesse ambiente, o risco de infecção é de 5 a 10 vezes maior do em outros ambientes hospitalares e podem chega a representar 20% do total de casos registrados de infecção em um hospital.



“Muitos são os fatores que contribuem para o desenvolvimento de infecções, temos que pensar que, hoje, o perfil do paciente que chega à UTI é muito diferente de 20 anos atrás. Devido à evolução da medicina que promoveu a sobrevida de pacientes com doenças graves, esses, quando são tratados nas UTIs, são mais velhos e, por terem passado por tratamentos radicais, são mais suscetíveis a um processo infeccioso. Por isso, é muito importante a atenção e a prevenção nesses pacientes”, disse Dr. Thiago Lisboa.

Mas o médico intensivista alerta que qualquer paciente que está em uma UTI pode sofrer um processo infeccioso. Portanto, alguns pontos devem ser observados pelos profissionais que cuidam do doente crítico. “A assistência em unidade de terapia intensiva é constantemente desafiada por infecções relacionada aos procedimentos invasivos. Precisamos analisar caso a caso e determinar se realmente tais procedimentos são necessários no paciente”, explica.



Outro ponto levantado pelo médico intensivista é o uso indiscriminado e, às vezes, desnecessário de antibióticos e antimicrobianos. “Esse é um tema muito complexo e que depara com o fato da resistência dos microorganismos e não desenvolvimento de novos fármacos”.



Sepse no Brasil - A sepse, conhecida pelo público leigo como infecção generalizada, mata por ano mais do que acidentes de carros. Os índices foram revelados em estudo desenvolvido pelo ILAS (Instituto Latino-Americano de Sepse), com sede no Brasil. Os dados brasileiros são realmente alarmantes ao serem comparados com as referências mundiais que são de 23,9% e 37,4%, morte por sepse e por choque séptico, respectivamente. Todos os anos, mais de 220 mil pessoas morrem da doença em nosso país, enquanto, por exemplo, acidentes de trânsito mataram, em 2011, cerca de 40 mil pessoas, segundo estatísticas disponíveis no Sistema de Informações.

O Brasil tem uma das maiores mortalidades de sepse do mundo. Alguns estudos epidemiológicos mostraram que a mortalidade brasileira é maior do que a de países economicamente semelhante, como a Índia e a Argentina.



Os motivos desse trágico índice não são totalmente conhecidos. Acredita-se que uma das razões seja devido ao pouco conhecimento da população sobre a doença, o que faz com que os pacientes com sepse sejam admitidos para tratamento em fases mais avançadas da síndrome, quando o risco de óbito é maior.

Além disso, os profissionais de saúde que atendem os pacientes sépticos, seja nos prontos-socorros, enfermarias ou UTIs, também têm dificuldades no reconhecimento rápido da doença e de suas disfunções orgânicas.



As cinco infecções hospitalares mais importantes em todo o mundo: infecção de cateteres venosos; pneumonia associada à ventilação mecânica (respiração artificial); infecções de feridas cirúrgicas; infecção urinária; e infecção por Clostridium difficile (comumente associada ao uso de antibióticos).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Turma do Pagode - Lançamento do DVD

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2014 23:21:00

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Virada Cultural - Dicas de Segurança em eventos públicos

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2014 23:19:00

Para quem pretende aproveitar a programação e show de maneira tranquila, Fabio Milani, especialista em segurança e gerente de projetos do GRUPO GR, empresa que atua há 22 anos no mercado de segurança privada, selecionou algumas dicas para evitar transtornos durante o evento:



Durante o evento:

- Não use bolsos traseiros para carregar carteira ou dinheiro.

- Previna-se contra a ação dos marginais não ostentando objetos de valor como relógios, joias, pulseiras, celulares, tablets, colares, etc.

- Evite transitar em ruas ou praças mal iluminadas.

- Se sentir que está sendo seguido, entre em algum estabelecimento comercial ou atravesse a rua.

- Não saia com grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade.

- Não abra a carteira ou a bolsa na frente de estranhos.

- Evitar comprar e consumir alimentos e bebidas alcoólicas de fontes não confiáveis, principalmente ambulantes. Não se sabe a procedência nem tão pouco como é sua manipulação e preparo. Com isso se evita problemas com intoxicação.

- Ao sair sozinho, procure sempre ficar no centro da calçada e na direção contrária ao trânsito. Fica mais fácil perceber a aproximação de um veículo suspeito.

- Ao retornar para sua residência e notar algum sinal estranho (porta aberta, luzes acesas, etc.), não entre em casa, chame a polícia.



No trajeto, em transportes públicos:

- Cuidado com bolsas ou mochilas transparentes, pois o marginal vai perceber que você leva documentos, dinheiro, aparelho celular, etc.

- Procure não dormir durante o percurso, pois os meliantes aproveitam-se deste momento para realizar o furto.

- Dentro do coletivo mantenha a bolsa, carteira, pacotes ou sacolas na frente do seu corpo.

- Em ônibus com poucos passageiros, procure viajar próximo ao motorista.

- Ande sempre com o dinheiro da passagem contado ou dê preferência ao vale transporte.

- Evite ficar sozinho em pontos de ônibus isolados.



Com celulares e smartphones:

- Atender o celular na rua, deixa o usuário distraído e, ao mesmo tempo, vulnerável.

- Não use celular na cintura e/ou em bolsos, pois permitem que os assaltantes o furtem com facilidade.

- Para evitar chamar atenção, coloque seu aparelho no modo vibratório ou silencioso.

- Nunca o deixe o celular à mostra.

- Não deixe seu celular sobre mesas, balcões e cadeiras de restaurantes ou lojas, pois os meliantes aproveitam qualquer descuido para furtá-los.

Sobre o GRUPO GR

O GRUPO GR é hoje uma das empresas mais consolidadas no setor de segurança privada e terceirização de serviços. Com 22 anos de atuação e presente em 16 Estados, o GRUPO GR tem um sistema rigoroso de treinamento (teórico, físico e comportamental) que envolve técnicas de aperfeiçoamento operacional, postura e comportamento, modernos conceitos, treinamento nas áreas de segurança, portaria, recepção e limpeza.

Seu principal objetivo está em oferecer soluções customizadas e integradas que aumentem a produtividade e reduzam custos. A empresa promove a capacitação e a reciclagem permanente de seus funcionários, também instruídos através de simulações variadas para solucionar uma tentativa de assalto ou invasão, situações atípicas como ocorrências e possíveis falhas na segurança (equipamentos e fator humano) e procedimentos em casos de emergência.

Além disso, conta também com serviços de Segurança Eletrônica, sempre atenta às novas tecnologias de prevenção e proteção de pessoas e patrimônios.

Com mais de 1.100 clientes ativos e 12.000 colaboradores, o GRUPO GR é referência em seu setor de atuação, atendendo com eficácia condomínios (residenciais e comerciais), indústrias, instituições de ensino, hospitais e clínicas médicas, concessionárias e empresas de diversos portes e segmentos.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A Convergência Contábil, essa Indecifrável Esfinge.

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2013 19:43:00

Dr. David Gonçalves De Andrade Silva

(Sócio Diretor da Andrade Silva Advogados)





A Lei 11.638/07 decorreu da aprovação do Projeto de Lei 3.741/00, que tramitava desde o ano de 2000 no Congresso Nacional.



Referida lei alterou e revogou vários dispositivos da Lei nº 6.404/76, definindo e estendendo às sociedades de grande porte disposições relativas à elaboração e publicação de demonstrações contábeis das companhias abertas e dispondo, ainda, sobre os requisitos de qualificação de entidades de estudo e divulgação de princípios, normas e padrões de contabilidade e auditoria como Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público.



O raio de alcance da referida lei e de seus preceitos contábeis foi limitado ao universo das companhias abertas e das sociedades de grande porte, ainda que não constituídas sob a forma de sociedades por ações, definindo a própria lei como sociedade de grande porte, a sociedade ou conjunto de sociedades sob controle comum que possuir, no exercício social anterior, ativo total superior a R$ 240.000.000,00 (duzentos e quarenta milhões de reais) ou ter auferido receita bruta anual superior a R$ 300.000.000,00 (trezentos milhões de reais).



Faculta a lei, a adoção de seus padrões pelas companhias fechadas.



Diante de sua clareza, sempre me pareceu equivocada a posição do Conselho Federal de Contabilidade, exteriorizada através da Resolução 1.159/09, que aprovou o Comunicado Técnico CT 01, segundo o qual as definições da Lei nº. 11.638/07 devem ser observadas por todas as empresas obrigadas a obedecer a Lei das S/A, compreendendo não só as sociedades por ações, mas também as demais empresas, inclusive as constituídas sob a forma de limitadas, independentemente da sistemática de tributação adotada.



A meu sentir, tratou-se de grosseiro equívoco. Nem a lei 11.638/07 nem a Medida Provisória 449/08, convertida na Lei 11.941/09, estenderam sua aplicação à generalidade das empresas brasileiras. Muito pelo contrário.



A lei referencia sua aplicação às sociedades anônimas de capital aberto e às sociedades de grande porte, cuja definição é dada por ela mesma, através de parâmetros objetivos.



Não há, de fato, uma linha sequer nos referidos diplomas legais que possa induzir a conclusão dada pelo Conselho Federal de Contabilidade.



É certo que se pode admitir uma tendência, uma necessidade até, de padronização destas normas, a todo o universo das empresas, inclusive limitadas. Mas esta intenção não passou pelo crivo legal. Não existe qualquer disposição legal que assegure este entendimento ou sustente estas normas.



E aí se iniciou a confusão, que agora atingiu o ápice com a edição da Instrução Normativa 1.397, da Receita Federal do Brasil que, em síntese, passou a obrigar, já a partir do exercício de 2014, para as empresas sujeitas à apuração do imposto de renda e da contribuição social sobre o lucro com base na sistemática do lucro real, que passem a apresentar, no ambiente SPED - Sistema Público de Escrituração Digital, a chamada Escrituração Contábil Fiscal (ECF).



Ou seja, o normativo da Receita Federal do Brasil obriga que todas as empresas sujeitas ao lucro real, em 2014, façam duas demonstrações contábeis apartadas. Uma, nos moldes do “novo padrão contábil”, nascido com a edição da Lei 11.638/07. Outra, baseada naqueles “revogados” padrões contábeis e vigentes até 31/12/2007 e que consubstancia a tal ECF - Escrituração Contábil Fiscal.



É verdade que já anunciam a edição de um decreto legislativo para que seja revogada a citada Instrução Normativa, prova cabal da desorganização absurda que domina a máquina administrativa de nosso Estado, em todos os níveis de poder.



Todavia, é imperioso lembrar que a revogação da citada Instrução em nada modificará o entendimento da Receita Federal e de seus órgãos fiscalizadores de que os lucros, os dividendos, distribuíveis com a marca da isenção, serão aqueles apurados com base nos balanços encerrados nos moldes da “antiga” contabilidade, porque neutros dos efeitos fiscais propagados pela nova legislação (a Lei 11.638/07).



Isto, só para citar um exemplo.



Para isto a Receita Federal havia criado o Regime Tributário de Transição – RTT e as obrigações acessórias dele decorrentes (Fcont). Exatamente para “neutralizar” os efeitos fiscais das modificações oriundas da Lei 11.638/07.



Vejam a confusão, portanto, obra e graça de uma mudança legislativa levada a cabo em afogadilho, sem qualquer preparação e o que é pior, sem qualquer negociação com o órgão a quem, na prática, em nosso País, são destinadas as demonstrações contábeis.



Sim, porque a contabilidade em nosso País, infelizmente, serve muito menos aos interesses dos acionistas, dos fornecedores e das instituições financeiras e muito mais ao Fisco.



Infelizmente, neste cipoal de regras fiscais, amalgamadas numa quase infinita lista de obrigações acessórias, que tornam o sistema tributário brasileiro, para as empresas e cidadãos, uma indecifrável esfinge, surge mais essa imposição, fruto de um erro, de um equívoco de planejamento.



Mantendo-se a regra, as empresas que não se adequarem, ou seja, não informarem no ambiente SPED a Escrituração Fiscal Digital (ECF), estarão submetidas, certamente, a multas de caráter punitivo, pelo descumprimento dessa obrigação acessória, sem prejuízo, claro, das autuações diante da inobservância da “neutralidade fiscal”, que fundamenta o entendimento da Receita Federal em relação ao novo padrão contábil.



Inobstante tal realidade, vigora, ainda, em nosso País o princípio constitucional da legalidade, segundo o qual todos são obrigados a fazer ou a deixar de fazer algo somente em face da lei.



Sem embargo do importante papel reservado tanto ao Conselho Federal de Contabilidade na construção deste novo padrão contábil, quanto à Receita Federal do Brasil, enquanto órgão arrecadador e fiscalizador, não lhes foram outorgados, porque tal atribuição seria flagrantemente inconstitucional, o poder de legislar.



E estes Normativos, respeitando os que pensam em contrário, revelam clara intenção de sobrepujar a lei.



O que impressiona, todavia, para além dos embates legais que o tema sugere, é a infinita capacidade com que as autoridades brasileiras criam, uma após outra, normas tributárias e todo o tipo de procedimento fiscal, jogando sobre os ombros já combalidos dos contribuintes brasileiros, para além de uma carga tributária sem precedentes, uma enxurrada de obrigações acessórias de complexidade ímpar.



Trata-se de uma indústria, fomentada por um seleto grupo de auditores fiscais e burocratas, que certamente jamais trabalharam no setor privado, não sabem nem querem saber como vive uma empresa, como se mantém um negócio, como se gera um emprego e que nada mais fazem do que imaginar que nós, contribuintes, não fazemos mais nada na vida do que atendê-los, no tempo e na forma como eles desejam.



Até quando?

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

CIEE CADASTRA JOVENS PARA ESTÁGIO E APRENDIZAGEM NO CEU JAÇANÃ

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2013 09:52:00

Na próxima terça-feira, 19, o CIEE cadastrará jovens do bairro Jardim Guapira e região para vagas de estágio e aprendizagem, no posto volante que será montado no Centro Educacional Unificado (CEU) – Rua Antonio Cezar Neto, 105. Entre 10h e 14h serão distribuídas senhas, para atendimento até às 18h.



No local, haverá aplicação de provas para processos seletivos de estágio na prefeitura e no Tribunal de Justiça (TJ), além de encaminhamento para oportunidades de estágio e aprendizagem em empresas parceiras. As equipes também orientarão os jovens e suas famílias para a participação em ações sociais gratuitas que o CIEE oferece, tais como orientação jurídica e programas de inclusão para pessoas com deficiência e de alfabetização e suplência para adultos.

A ação dá continuidade aos serviços gratuitos que o CIEE presta às periferias e áreas de vulnerabilidade social, visando reforçar sua atuação de assistência social. Nas visitas realizadas pelo CIEE este ano, 18,5 mil jovens foram cadastrados para oportunidades de estágio e aprendizagem.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

MARINA DE LA RIVA CANTA SEU MAIS RECENTE TRABALHO NO SESC SANTO ANDRÉ

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2013 09:49:00

"O tempo passou, a cantora amadureceu. Mais que isso, ganhou um ingrediente fundamental para formar grandes intérpretes: a dose de tristeza, não em intensidade que obscureça a alegria, mas na dose certa para permitir aflorar sentimentos mais intensos. E aí nasceu esse CD, juntando a nostalgia do samba e do bolero e um laivo de tristeza até em músicas improváveis, como 'Juracy' e 'Estúpido Cupido'"

Luis Nassif



Unindo a nostalgia do samba e do bolero, Marina de La Riva sobe ao palco do Sesc Santo André nos dias 22 e 23 de novembro, em uma apresentação que une a sonoridade da ilha de Cuba – tendo como referência composições das primeiras décadas do século 20 - a um suingue genuinamente nacional, ingredientes que compõem seu mais recente trabalho, o álbum Idílio.

Marina não compõe, apenas interpreta, mas sua atuação tem um grande charme. Além de cantar em português, a moça também encanta em espanhol! Por isso, no seu segundo trabalho procurou mostrar ao público toda sua genealogia musical, com releituras de clássicos da música brasileira e latina. Estupido Cupido de Celi Campelo e Anora do Encuentro são releituras que fazem parte do álbum Idílio.

Marina tem forte ascendência musical. A família de seu pai – cantor de operetas e musica tradicional cubana - deixou a ilha de Cuba e veio para o Brasil em 1964, trazendo na bagagem as referências culturais de sua terra natal e o hábito das rodas de música feitas no quintal de casa, onde o ritmo latino servia como forma de estancar a dor do exílio.

Idílio - uma pequena poesia, que conta com a participação de Davi Moraes e Chico Buarque de Hollanda - demorou cinco anos para ser gravado. Marina fez questão de participar de todo processo criativo, inclusive arranjos e transformações rítmicas. O novo projeto chamou a atenção de Lulu Santos que, sem pestanejar, cedeu à cantora a musica Propriedade Particular, que está disponível para venda apenas pelo site da cantora, em caráter de edição especial.

Mas pra quem vier ao Sesc Santo André na noite dos dias 22 e 23 terá a oportunidade de ver e ouvir todas as músicas do álbum, além de relembrar canções de seu primeiro trabalho!

Confira o serviço!

Duração: cerca de 90 minutos.

No Teatro – 302 lugares

Livre
R$ 20,00 inteira

R$ 10,00 meia entrada

R$ 4,00 comerciário matriculado
22/11. Sexta às 21h·

23/11. Sábado, às 20h

SESC Santo André

Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar

Telefone para informações/publicação: (11) 4469-1200

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Vim e Unicef lançam campanha para melhorar as condições de saneamento das crianças do semiárido brasileiro

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2013 11:21:00

Iniciativa mobilizará recursos para mais de 450 mil crianças que estudam em condições precárias nas escolas da região



Campanha contará com a participação dos consumidores, na maior ação social digital do País

Vim, a marca de cloro em gel da Unilever, e o Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF) lançam no Brasil a campanha social Vim para UNICEF,(www.VimparaUnicef.com.br) com o objetivo de ajudar a garantir acesso a água de qualidade e saneamento adequado às crianças e aos adolescentes em escolas de Educação Básica do Semiárido brasileiro. Hoje, mais de 450 mil meninos e meninas não têm esse direito assegurado.
O projeto faz parte de uma parceria global entre a marca Vim, por meio da Fundação Unilever, e o UNICEF, que tem colaborado com a melhoria do saneamento para milhares de pessoas em regiões onde o acesso a ele é crítico ou inexistente. Desde seu lançamento, em 2012, o projeto já ajudou cerca de 600 mil pessoas, em países como Gambia, Gana, Nicarágua, Nigéria, Paquistão, Filipinas, Sudão e Vietnã. “Sabemos que melhorar o saneamento em todo o mundo é um grande desafio, e a situação não é diferente no Brasil. Em parceria com o UNICEF, percebemos que uma das regiões em que o problema é mais crítico é no Semiárido, onde indicadores de educação e saneamento básico estão totalmente ligados. Existe um grande número de crianças sem acesso a água e saneamento nas escolas e isso tem comprometido sua saúde, seu desenvolvimento e sua aprendizagem”, explica Fernando Fernandez, presidente da Unilever Brasil.

“Quando uma criança tem acesso a água de qualidade e saneamento adequado em sua escola, criamos condições para que outros direitos fundamentais sejam assegurados. Ela será uma criança com mais saúde, dignidade e melhores condições de aprender. O impacto não se dá apenas sobre ela, mas também sobre a família e a comunidade onde vive”, afirma Gary Stahl, Representante do UNICEF no Brasil.

Por meio da parceria, Vim apoiará a realização do Selo UNICEF Município Aprovado, que, pela primeira vez, terá o acesso ao saneamento como uma de suas prioridades. O Selo UNICEF Município Aprovado é um reconhecimento internacional que as cidades podem conquistar pelo resultado dos seus esforços na melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes.

Todos juntos na luta pelo Saneamento

Como parte da parceria, os consumidores poderão participar da campanha, que pretende ser a maior ação social digital já feita no Brasil. As doações em dinheiro poderão ser realizadas por meio do brand channel Vim para UNICEF (www.VimparaUnicef.com.br). No canal, os usuários conhecerão histórias reais de crianças que vivem na região e poderão também compartilhar a campanha. Os Embaixadores do UNICEF Renato Aragão e Daniela Mercury terão vídeos exclusivos no canal, apresentando aos internautas a importância da iniciativa.
O canal também conterá um mapa da situação nos municípios do Semiárido. “Oferecer melhores condições de saúde e higiene para essas crianças é um desafio da sociedade como um todo e, para a Unilever, é de grande importância que nossos consumidores também conheçam e apoiem esta causa, que é determinante para o presente e o futuro de milhares de crianças no Brasil”, pontua Fernandez.

A atuação do UNICEF nesta área está integrada ao Protocolo de Intenções que o Fundo tem com os ministérios da Integração Nacional e de Desenvolvimento Social, para garantir que toda escola pública na região do Semiárido tenha água de qualidade e instalações sanitárias adequadas. "Sabemos da grande importância de se trabalhar com todos os níveis de governos, federal, estadual e municipal, com empresas, a sociedade civil e com cada cidadão para conseguir melhorar a vida de nossas crianças que vivem no Semiárido", afirma Gary Stahl.


Sobre a Fundação Unilever

A Fundação Unilever dedica-se a melhorar a qualidade de vida através do fornecimento de higiene, saneamento, acesso à água potável, nutrição básica e desenvolvimento da autoestima. Para ajudar a alcançar a missão da Fundação, a Unilever tem formado parcerias com cinco organizações globais líderes que estão empenhadas em gerar uma mudança sustentável por todo o mundo: Oxfam, PSI, Save the Children, UNICEF e o Programa Mundial de Alimentos. O objetivo é criar um futuro sustentável e ajudar mais de um bilhão de pessoas a melhorar a saúde e bem-estar.

Sobre Vim

A nova linha Vim Cloro Gel – a evolução da água sanitária para a limpeza doméstica – possui uma formula consitente e capaz de matar todos os tipos de germes, até os que a água sanitaria e outros desinfetantes deixam para trás, inclusive virus e bactérias. A novidade pode ser utilizada em toda a casa, mas principalmente no banheiro; em que há maior concentração de tipos de germes. Um banheiro chega a ter 189 diferentes tipos de germes. Para se ter uma ideia da multiplicação destes micro-organismos, um germe vira dois milhões em sete horas.

A consistência do cloro em formato gel permite que o produto se fixe melhor às superfícies verticais, permanecendo mais tempo e rendendo até três vezes mais que as águas sanitárias comuns. Além disso, a formula contém detergente e fragrâncias agradáveis nas versões original, citrus e floral. Vim cloro em gel pode ser utilizado puro ou diluído.


Sobre o UNICEF

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) é uma agência da ONU que tem como mandato assegurar que cada criança e cada adolescente tenham seus direitos integralmente cumpridos, respeitados e protegidos. Com presença em 191 países, é referência mundial em conhecimento e ações de desenvolvimento relacionados à infância e à adolescência. Mais informações em www.unicef.org.br


Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

V&R EDITORAS LANÇA NOVAS OBRAS DA COLEÇÃO ‘MEU LIVRO DE PENDURAR’

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2013 11:20:00

As personagens mais amadas do mundo viraram livro de decorar e levam a magia da Disney para o quarto da criançada

FICHA TÉCNICA

Título: Valente: Meu livro de pendurar

Formato: 310 x 115 mm

Número de páginas: 8

Acabamento: empastado em papelão Paraná, wire-o

ISBN: 978-85-7683-502-8

Preço: R$ 24,90


FICHA TÉCNICA

Título: Minnie e Margarida: Meu livro de pendurar

Formato: 310 x 115 mm

Número de páginas: 8

Acabamento: empastado em papelão Paraná, wire-o

ISBN: 978-85-7683-500-4

Preço: R$ 24,90



A V&R Editoras lança, este mês, duas obras inéditas da coleção ‘Meu livro de pendurar’: Valente, que traz imagens da corajosa princesa arqueira; e Minnie e Margarida, com cenas das personagens que estão entre as mais carismáticas da Disney.



Criativos e coloridos, os livros possuem design diferenciado tornando cada página da obra um objeto de decoração alegre e descontraído, ideais para pendurar nas portas e enfeitar, levando a magia da Disney para o quarto da criançada. Estimulando a imaginação, as imagens aproximam o pequeno leitor de Merida, a garota valente, e das personagens Minnie e Magarida, que encantam as crianças há gerações.



Já foram publicados pela V&R Editoras os livros de pendurar Angry Birds 1 e 2; Carros 2; Fadas , Enrolados, Toy Story 3; Casa do Mickey Mouse e Princesas.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A endoscopia digestiva alta pode estar sendo usada em demasia em pacientes com azia

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2013 13:18:00

A endoscopia digestiva alta é indicada para pacientes com azia somente quando acompanhada de outros sintomas graves, como dificuldade ou dor ao engolir, sangramento, anemia, perda de peso ou vômitos recorrentes


A azia é uma das razões mais comuns para as pessoas procurarem ajuda médica. Alguns médicos costumam usar a endoscopia digestiva alta para diagnosticar e tratar a doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). No entanto, segundo um novo documento (produzido pela American College of Physicians – ACP) de orientação clínica baseada em evidências, publicado na revista Annals of Internal Medicine, a maioria dos pacientes não necessita realizar o procedimento, a menos que outros sintomas graves estejam presentes.

De acordo com os pesquisadores, as evidências indicam que a endoscopia digestiva alta é indicada para pacientes com azia somente quando acompanhada de outros sintomas graves, como dificuldade ou dor ao engolir, sangramento, anemia, perda de peso ou vômitos recorrentes. O procedimento não é o primeiro passo necessário no tratamento da maioria dos pacientes com azia.

As novas diretrizes recomendam que a triagem com endoscopia digestiva alta não deve ser realizada rotineiramente em mulheres de qualquer idade ou em homens com menos de 50 anos com azia porque a incidência de câncer é muito baixa nestas populações.

Segundo o gastroenterologista Silvio Gabor (CRM-SP 47.042), a endoscopia é um método de investigação de doenças do sistema digestivo. Ela é complementar ao exame clínico realizado pelo médico. “Há dois tipos: a primeira é chamada endoscopia digestiva alta, que visualiza o esôfago, o estômago e as primeiras porções do intestino delgado. A segunda é conhecida como colonoscopia, que proporciona a observação do reto e cólon, que é o intestino grosso”, explica.

“A endoscopia é indicada em pacientes com azia que não respondem aos medicamentos usuais (inibidores da bomba de prótons) para reduzir a produção de ácido gástrico por um período de quatro a oito semanas ou que têm uma história de estreitamento ou aperto do esôfago com dificuldade ou dor ao engolir”, explica o médico.

A triagem com endoscopia digestiva alta pode ser indicada para homens com mais de 50 anos com múltiplos fatores de risco para o esôfago de Barrett, que incluem azia por mais de cinco anos, sintomas de refluxo noturnos, hérnia hiatal, elevado índice de massa corporal, tabagismo e gordura abdominal. Se o exame de triagem inicial é negativo para os critérios de gravidade ou complicação, a endoscopia digestiva alta periódica não é indicada.

“Já para os pacientes com o esôfago de Barrett, a endoscopia digestiva alta é indicada a cada três a cinco anos. Exames endoscópicos mais frequentes são reservados para pacientes com baixo ou alto grau de displasia por causa do maior risco de progressão para o câncer”, explica Silvio Gabor.

Para o médico, os profissionais devem apostar em mais diálogo e em estratégias de educação para informar os pacientes sobre as normas vigentes e eficazes de atendimento e tratamento da azia. Remédios para reduzir a produção de ácido gástrico são justificados para a maioria dos pacientes com sintomas típicos de DRGE, tais como azia ou regurgitação.

“Já a indicação inadequada da endoscopia digestiva alta não melhora a saúde dos pacientes, pelo contrário, os expõe a danos evitáveis que podem levar a intervenções desnecessárias adicionais, e resulta em custos desnecessários com nenhum benefício", defende o gastroenterologista.

Comentários (1)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Em 60% dos casos, transtorno bipolar pode ser tratado erroneamente como depressão

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2013 13:15:00

O transtorno bipolar, embora já tenha sido bem noticiado pela imprensa, ainda é uma doença de diagnóstico difícil. No final do ano passado, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), junto a algumas sociedades de psiquiatria regionais e apoio da Abbott, uma empresa global de saúde, lançou uma Campanha Nacional de Conscientização sobre o Transtorno Bipolar, alertando a população sobre a respeito da importância do diagnóstico precoce da doença, considerada uma das principais causas de afastamento ao trabalho e também de suicídio. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o transtorno bipolar foi considerado a sexta causa de incapacitação entre todas as doenças médicas e a terceira entre as psiquiátricas. Estima-se que cerca de 30% a 50% dos pacientes com essa doença tentam suicídio e 20% deles se suicidam de fato.


O transtorno caracteriza-se pela alternância de períodos de alterações do humor, que podem durar dias ou meses, e períodos de normalidade. A fase depressiva caracteriza-se por profunda tristeza, desânimo, sensação de vazio e de cansaço, perda de interesse em atividades, mudanças nos hábitos alimentares e de sono e pensamentos suicidas. Já a fase de mania ou hipomania apresenta irritação ou euforia, agitação, pensamento e fala rápidos, facilidade de distração, capacidade de envolver-se em vários projetos ao mesmo tempo, insônia ou pouca necessidade de sono, comportamento impulsivo e de risco, como sexo sem proteção, além de agressividade e hostilidade.


A médica Angela Scippa, presidente da ABTB (Associação Brasileira de Transtorno Bipolar), relata que o diagnóstico correto da doença pode levar mais de 10 anos, já que seus sintomas podem ser confundidos com o de outras doenças, como a depressão.


Trata-se de uma doença crônica, assim como a diabetes ou a hipertensão arterial, que não tem cura, mas que pode ser tratada e controlada. “Em 60% dos pacientes, o transtorno bipolar é tratado como se fosse depressão, e a abordagem terapêutica inadequada pode trazer sérias consequências para o paciente, como perda de neurônios e baixa qualidade de vida.” alerta a psiquiatra.


**Números:


· 60% dos pacientes em tratamento para depressão podem ter transtorno bipolar


· 6ª causa de incapacitação entre todas as doenças médicas e 3º entre as psiquiátricas


· De 30% a 50% dos pacientes com essa doença tentam suicídio


· 20% deles se suicidam de fato


· Mais de dez anos: tempo médio que pode levar o diagnóstico correto do transtorno bipolar


· 4% da população: estimativa de portadores do transtorno


**Fontes:


Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP)

Associação Brasileira de Transtorno Bipolar (ABTB)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Senado reabre prazo de adesão ao Refis

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2013 13:11:00



Dr. Eduardo Rodrigues Melhado Junior

O Senado aprovou o projeto de lei de conversão resultante da Medida Provisória 615, que reabre, até 31 de dezembro de 2013, o prazo de adesão ao Refis da crise (programa de parcelamento em até 180 meses de dívidas tributárias vencidas até 30 de novembro de 2008), cria dois novos refinanciamentos - um para bancos e seguradoras e outro para empresa coligada ou controlada, no Brasil ou no exterior - e trata de vários outros temas desconexos.


Dr. Eduardo Rodrigues Melhado Junior- Advogado Tributarista do escritório Duarte e Tonetti Advogados Associados. Especialista em Direito Tributário pelo IBET e Direito Constitucional.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Poupatempo Itaquera participa da Jornada da Cidadania

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2013 13:08:00

Nesta segunda-feira, 16 de setembro, uma equipe de funcionários do Poupatempo Itaquera participa do evento “Jornada da Cidadania”, orientando a população sobre os atendimentos prestados pela unidade.

A ação acontece das 10h às 15h, na Escola Estadual Jardim Limoeiro, localizada na Rua Golfo da Califórnia, nº 8 - Bairro Jardim Limoeiro.

No local serão oferecidos serviços de saúde, beleza e atividades de lazer e recreação.

O evento visa contribuir com o exercício da cidadania, além de promover os serviços públicos prestados à população através do Programa Poupatempo.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Caso Bianca Consoli

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2013 12:55:00

Por carta, o motoboy que sempre negou as acusações e se dizia inocente confessa o crime.





















































Em julho de 2012, Sandro Dota foi para o Complexo Penitenciário de Tremembé, a 147 km de São Paulo. Dota alegou ter sofrido ameaças de morte no Centro de Detenção Provisória 3 de Pinheiros, na zona oeste, onde estava. Por este motivo, a Justiça teria determinado sua transferência.

Caso Bianca Consoli

A estudante Bianca Ribeiro Consoli foi encontrada morta dentro de sua casa1 no Parque São Rafael, zona leste de São Paulo no dia 13 de setembro de 2011. Os pais da jovem estavam trabalhando e ela estava sozinha em casa quando foi assassinada.3

Ao chegar em casa, a mãe de Bianca pediu para um primo da jovem pular o portão e destrancá-lo por dentro, pois ela estava sem as chaves.4 Após entrar ela encontrou o corpo da jovem na sala, próximo a uma porta que dá acesso à sacada.

Bianca apresentava ferimentos no pescoço e alguns moveis da casa estavam revirados, mas nada foi roubado.5 O Corpo de Bombeiros foi acionado e chegou a tentar reanimá-la, mas não foi possível. Bianca já estava morta.

A Polícia científica encontrou sinais de luta na casa. Além dos peritos confirmarem que os móveis de um dos cômodos da casa estavam revirados, eles também encontraram marcas no abdômen da jovem, indicando que Consoli pode ter sido agarrada por trás, de surpresa.

Oficialmente, só três pessoas tinham a chave da casa: a mãe, Marta — que naquele dia esquecera a chave —, o padrasto e a própria Bianca.5 Na residência, os peritos recolheram digitais, mechas de cabelo, uma tesoura — que os parentes afirmaram não estar na casa antes do crime — e o computador da jovem.

Além da mãe e da irmã de Bianca, o padrasto e o ex-namorado da vítima foram ouvidos pela Polícia Civil. Uma balconista da academia que Consoli frequentava também foi chamada pela polícia para depor. O cunhado de Bianca, Sandro Dota, também prestou depoimento e, segundo informações, falou sobre os últimos dias de vida da jovem e do relacionamento dela com a família. Após as declarações, Sandro foi encaminhado para o Instituto Médico Legal. Como apresentava alguns ferimentos no corpo, foi submetido a exame de corpo de delito. Ele afirmou que os machucados ocorreram após uma queda.

Sandro Dota, cunhado de Bianca, foi preso no dia 12 de dezembro de 2011. O acusado negou que tenha cometido o homicídio. Segundo o promotor do caso, Antônio Nobre Folgado, um dos laudos apontou que o sangue que Bianca tinha debaixo das unhas era o mesmo que Sandro tinha na calça que usava no dia do crime. A calça foi entregue pela mulher do suspeito. Ele se recusou a fazer exame de DNA. Ele foi indiciado por homicídio triplamente qualificado. A polícia acredita que o crime pode ter tido motivação sexual.

Violência sexual

Em agosto do ano passado, a acusação de estupro foi incluída no processo contra Sandro Dota. A defesa do réu, entretanto, nega o crime e diz que o laudo pericial é inconclusivo. O documento diz que um “agente contundente” foi introduzido no ânus da vítima, mas não determina o que seria exatamente, conforme esclarece o promotor.

— O agente contundente pode ser o pênis? Pode. Por que a acusação não pode fazer esta afirmação e a perícia também não? A perícia só consegue afirmar isso em um laudo, quando há vestígios, secreções, espermatozoides e não foram encontrados. Então, não há como se afirmar que foi a introdução do pênis no ânus da vítima que caracterizou esse delito.

Indagado se os ferimentos na estudante poderiam ter sido provocados por uma relação sexual anterior, o promotor afirma que a perícia constatou que houve uma ação violenta e argumenta:

— Ela [Bianca] não mantinha relações sexuais, a não ser com o namorado. O namorado não manteve relações sexuais dessa natureza com ela nos últimos dias, nos últimos meses [antes do crime]. Ela não tinha qualquer relação com Sandro. Portanto, pelo contexto da prova, pelo perfil da vítima, pelo local do crime, esse ato não foi consentido. Não há ato consentido com objetos modificados no local do crime, com chumaço de cabelo pelas escadas, com uma casa trancada e, ao final, uma vítima asfixiada com uma sacola prática. Então, é evidente que isso não foi consentido.

As investigações apontaram o motoboy Sandro Dota, cunhado da vítima, como o suposto autor do crime. Ele está preso desde o dia 12 de dezembro de 2011.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Caso Pesseghini

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2013 12:37:00

Em 04/09/2013

Mais de 100 páginas de laudos entregues aos responsáveis pela investigação "fortalecem" a suspeita de que o garoto Marcelo Pesseghini matou a família e se suicidou em seguida, em 5 de agosto. A afirmação é do delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Luiz Maurício Blazeck.

Peritos ouvidos pelo G1 adiantaram que os exames mostram que as vítimas não foram dopadas e que foi achado "cabelo queimado" no cano da pistola, uma suposta prova do suicídio do garoto. Os peritos concluíram, também, que o jovem sofreu uma distensão muscular na mão esquerda quando atirou.

Em entrevista nesta terça-feira (3) ao G1, Blazeck confirmou que os laudos da Polícia Técnico-Científica de São Paulo "caminham na mesma direção" da apuração do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Assim como a investigação, os testes apontam que o adolescente de 13 anos usou uma pistola .40 da mãe para assassinar os pais, policiais militares, a avó materna, a tia-avó e depois se matar na residência onde a família morava na Vila Brasilândia. Todos foram mortos com tiros na cabeça.

"Os laudos apontam para a mesma linha de investigação, que é a questão da morte seguida de suicídio”, disse Blazeck. "No sentido geral, eles caminham para o mesmo norte, a mesma linha da investigação. Agora temos de verificar os detalhes de cada um deles, se necessário formar quesitos para alguma dúvida que possa ocorrer", disse.

Segundo ele, é possível que testemunhas sejam ouvidas novamente para fortalecer a investigação e as provas. "Pode ter divergência de alguns dados, mas, o que eu digo é que, de forma geral, eles corroboram a linha de investigação, eles fortalecem a investigação", disse.

Apesar de receber os laudos, o DHPP pedirá a Justiça mais 30 dias para concluir o inquérito, já que além de ter de analisar os documentos, também aguarda o resultado da perícia psiquiátrica que está sendo feita do perfil psicológico de Marcelo Pesseghini para ser anexado ao caso. Esse exame poderá indicar qual foi o motivo dos crimes.

Ordem das mortes

Peritos e outros policiais civis ouvidos pela equipe de portagem informaram ainda que os laudos do Instituto de Criminalística (IC) e do Instituto Médico-Legal (IML) foram entregues na sexta-feira (30) e na segunda-feira (2) houve uma reunião para debater seus resultados. Os testes sugerem a ordem das mortes. As primeiras vítimas de Marcelo foram o pai, depois a mãe, a avó materna e a tia-avó, nessa ordem. A chacina e o suicídio teriam ocorrido entre 0h20 e 14h do dia 5 do mês passado.

São mais de 100 páginas de laudos, entre eles o necroscópico e o da cena do local do crime. Enquanto Marcelo morava com os pais num imóvel, a avó e tia-avó residiam em outro, todos no mesmo terreno. Segundo os peritos, por volta da 0h20 Marcelo matou o pai, o sargento das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), Luís Marcelo Pesseghini, de 40 anos, com um tiro na cabeça.

O PM estaria dormindo, separado da mulher, num cômodo. Como sofria de apneia e roncava alto, ele dormia sozinho. Com o barulho do tiro, a mãe, a cabo Andreia Bovo Pesseghini, de 36, acordou e foi ver o que ocorreu com o marido. Nesse momento, ela também foi baleada, mas pelas costas, por um disparo que atingiu sua nuca.

Os peritos dizem que após matar os pais, Marcelo caminhou até a outra residência e matou a avó materna Benedita de Oliveira Bovo, 67, que estaria dormindo, e a tia-avó Bernadete Oliveira da Silva, 55, que acordou com o barulho do tiro e depois foi atingida por dois disparos. As duas tinham perfurações na cabeça.

Segundo vizinhos disseram à investigação, os últimos disparos foram escutados perto da 0h30. A perícia realizou uma reconstituição acústica que comprovou ser possível escutar o barulho dos tiros efetuados por uma pistola .40, a mesma usada nos crimes.

Suicídio

Análises feitas pelo IC em câmeras de segurança mostram ainda que o garoto foi para a escola onde estudava horas depois do crime, por volta da 0h40. Para a investigação, ele pegou o carro da mãe, o estacionou perto do Colégio Stella Rodrigues, por volta da 1h, e dormiu no veículo até o horário de entrada, pela manhã. Em seguida, assistiu as aulas e comentou, segundo o depoimento dos colegas, que havia matado a família.

Depois, às 13h, Marcelo voltou para a casa de carona com o pai de um amigo. Lá, teria se matado com um tiro na cabeça, por volta das 14h. Peritos disseram que foram encontrados fios de cabelo queimado perto do cano da pistola, o que demonstraria que ele encostou o cano na cabeça e disparou contra si, cometendo o suicídio. Outro dado que reforça o suicídio é a posição da sua mão esquerda segurando a pistola. O menino era canhoto.

Exames do IML não detectaram substâncias químicas nas vítimas que poderiam ter sido usadas para dopá-las.

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
beth@eunanet.net
**Twitter @Revistazap
Com Informações:
G1

Em 29/08/2013


Garoto ameaçou mãe de morte, diz amigo de PMs em depoimento
Alvo para atirar com espingarda de chumbinho motivou a discussão.
Marcelo Pesseghini é suspeito de matar a família e depois se suicidar.

Um policial militar das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota), amigo do sargento Luís Pesseghini, pai de Marcelo, contou em depoimento que, em certa ocasião, o PM contou que o filho ameaçou matar a mãe, a cabo da corporação Andreia Pesseghini, de 36 anos, durante uma discussão. O motivo foi que a mãe tirou do menino um alvo que ele usava para atirar com uma espingarda de chumbinho, informou o Globo Notícia.

Com Informações:
G1
Clique G1

Em 27/08/2013

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deverá ouvir hoje, (27/08) mais dois policiais militares que trabalhavam com a cabo Andreia Regina Bovo Pesseghini, de 36 anos.

Os investigadores devem ter acesso essa semana aos documentos da quebra do sigilo telefônico da família, o que pode ajudar a polícia a determinar quem mais deve ser ouvido sobre o caso.

Em 26/08/2013

Colegas de Marcelo Pesseghini são convocados para novo depoimento depois de troca de e-mails
Adolescentes trocaram mensagens que dão a entender que uma informação foi omitida

Dois colegas de classe de Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, vão prestar um novo depoimento nesta segunda-feira (26). Ambos já foram ouvidos pelo DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa), mas foram chamados novamente porque a polícia teve acesso uma troca de e-mails entre os dois que leva as autoridades a entender que eles omitiram uma informação importante do caso.

Não foi informado como a conversa entre os colegas chegou até os investigadores. Supõe-se que alguma pessoa ligada a um dos adolescentes possa ter visto os e-mails e comunicado à polícia.

Policiais militares também prestam depoimento nesta segunda-feira. A Previsão é de que pelo menos sete testemunhas sejam ouvidas nesta semana.

Em 23/08/2013

Marcelo Pesseghini sorriu ao confessar mortes, afirmam colegas

O estudante Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 13 anos, sorriu ao contar para dois colegas de classe que havia matado os pais, a avó e a tia-avó no último dia 5, na casa da família, na Brasilândia (zona norte de SP).

Os dois alunos prestaram depoimento ao DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) na última terça-feira e disseram que ouviram esse relato do colega, mas, como Marcelo fez a afirmação sorrindo, eles não acreditaram na história.

Segundo a Polícia Civil, os depoimentos de parentes de Marcelo e de alunos e professores da escola onde ele estudava comprovam que o menino tinha um comportamento em casa e outro bem diferente no colégio.

Com Informações:
Josmar Jozino do AGORA

Em 21/08/2013

Doença não afetava comportamento de Marcelo Pesseghini, diz médica

A médica Neiva Damasceno, ouvida nesta quinta-feira (22), no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou que a fibrose cística do estudante Marcelo Pesseghini, suspeito de matar a família e se matar no dia 5, não causava nenhuma alteração de comportamento no menino, então com 13 anos. Ela também negou qualquer influência dos remédios tomados pelo garoto para contar o avanço da doença na postura dele. Neiva acompanhava o tratamento de Marcelo desde que ele tinha um ano de idade

O delegado Itagiba Franco, responsável pelo caso, procurou com o depoimento esclarecer uma das principais lacunas das investigações: a motivação do estudante para cometer os crimes. Isso porque, segundo os relatos colhidos, ele tinha boa relação com os parentes assassinados. Os corpos foram achados no dia 5 com tiros na cabeça e na nuca, na casa da família, na Brasilândia, zona norte de São Paulo.

Itagiba reafirmou que os laudos do Instituto Médico Legal (IML) e da perícia devem ser entregues na semana que vem, permitindo a conclusão do inquérito. Os documentos irão mostrar detalhes como o horário da morte de cada uma das vítimas.


Em 20/08/2013

Anormalidade mental

O psiquiatra forense Guido Palomba foi convidado pela Polícia Civil para acompanhar as investigações. O especialista disse não ter dúvida sobre a autoria dos crimes. "Possivelmente ele estava num estado de anormalidade mental, num estado de estreitamento de consciência. Nesse estreitamento de consciência ele praticou os delitos, pegou o automóvel, dormiu dentro do carro, foi a aula, saiu da aula e chegou em casa. Quando ele chega em casa a mente volta para o normal, digamos assim. Ela sai daquele estreitamento, ele tem consciência daquilo que aconteceu e se suicida", acredita Palomba.

Depoimentos

Confissão feita aos colegas foi relatada por dois adolescentes ouvidos pelos investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta terça (20/08). No depoimento à Polícia Civil, um dos colegas disse que Marcelo perguntou se o amigo sentiria sua falta caso morresse.

Em 19/08/2013

Peritos fizeram na madrugada desta segunda-feira (19/08/2013) testes com tiros dentro da casa da família dos policiais militares Luís Pesseghini e Andréia Regina Bovo Pesseghini. O objetivo do Instituto de Criminalística foi confirmar se a vizinhança pode ter ouvido os disparos dados pelo assassino entre a noite do dia 4 e a madrugada do dia 5 de agosto.

Durante as investigações, que entram na terceira semana, alguns vizinhos disseram ter ouvido disparos que mataram o sargento da Rota Luís Pesseghini e a cabo da PM Andréia Regina Bovo Pesseghini, a avó Benedita de Oliveira Bovo, e a tia-avó Bernadete Oliveira da Silva.

Portanto, dois aparelhos que medem ruído foram instalados em casas vizinhas de onde tudo ocorreu. Aproximadamente dez disparos foram dados com uma arma semelhante à utilizada no crime - uma pistola .40. Um perito constatou que, de fato, os disparos podem ter sido ouvidos pelos vizinhos.

Se Marcelo deixou as luvas no carro, antes do suicídio, por que o teste não detectou pólvora nas mãos dele?

Resultados negativos de pessoas que atiraram são normais. Por isso, o exame residuográfico só funciona como prova em casos positivos, para comprovar sem dúvida que suspeitos dispararam armas.

Em 17/08/2013

A cabo Andreia Pesseghini, de 36 anos, morta junto à família em uma chacina entre os dias 4 e 5 de agosto, em São Paulo, habitualmente, dormia com a arma ao lado. Segundo as investigações, no dia do crime, ela teria dormido no quarto com o filho Marcelo Eduardo Pesseghini, (principal suspeito até agora). O sargento da Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar), Luís Marcelo Pesseghini, teria dormido na sala porque havia tomado algumas latas de cerveja e como era de costume, não gostava de incomodar os familiares "roncando".

Nesta quinta-feira, (16/08) a polícia afirmou que uma chave encontrada por um repórter de uma grande emissora, embrulhada em uma folha de caderno, no quintal, próximo ao portão da casa da família, não pertence a nenhuma fechadura do local. Laudos com as análises da chave e do papel, e as diligências para os testes com a chave no imóvel, foram divulgados com as informações negativas.

Também nesta quinta-feira, a polícia revelou que colegas do garoto de 13 anos suspeito de matar a família disseram que o jovem fundou um grupo com inspiração criminosa na escola onde estudava, intitulado "Mercenários". Pelas regras adotadas, ganhava mais “energia”, ou seja, pontos, quem matasse membros próximos da família.

Segundo se apurou até o momento, essas informações são os primeiros passos da polícia para esclarecer a motivação e os crimes.

Pontos esclarecidos (preliminarmante)

- Vítimas foram mortas com um único tiro na cabeça cada.
- Marcelo Pesseghini morreu com tiro no lado esquerdo da cabeça; ele seria canhoto, segundo a PM.
- Pistola .40 foi encontrada na mão de Marcelo Pesseghini, com preliminar indício de suicídio.
- Foram encontrados na casa cinco cartuchos de projéteis de pistola .40, arma utilizada pela Polícia Militar.
- Na casa, não foram encontrados sinais de arrombamento, nenhum móvel foi revirado, e tampouco houve sinais de tiroteio no local.
- Chave do carro da cabo da PM Andréia Regina Bovo Pesseghini foi encontrada no bolso de uma jaqueta de Marcelo Pesseghini e recolhida pela perícia dentro da casa.
- Câmeras de segurança mostram Marcelo Pesseghini saindo do carro após estacioná-lo pouco distante da escola.


**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
beth@eunanet.net
**Twitter @Revistazap

Em 15/08/2013

Laudos

Os peritos vão analisar as ligações feitas e recebidas pelos ocupantes da casa entre a noite do dia 4 e a manhã do dia 5. Já se sabe que o celular do policial tinha duas ligações não atendidas, feitas por um oficial da Rota, que comandaria um pelotão até a região de Presidente Prudente. Ele estranhou que o sargento não apareceu no batalhão. Dos computadores, a perícia vai verificar se Marcelo Pesseghini deixou alguma mensagem ou se apagou algum arquivo no dia em que a família morreu.

Os médicos legistas já sabem a posição e a distância dos tiros que mataram as cinco pessoas. Mas ainda não concluíram qual foi a sequência das mortes.

Exames como a concentração de substâncias químicas podem dar essa resposta. Alguns não podem ser realizados pelos laboratórios da Polícia Científica e devem ser feitos na Universidade de São Paulo (USP). Por causa disso, os primeiros laudos sobre o local do crime e a análise dos corpos só devem sair na semana que vem.

Depoimento afirma que Marcelo avisou o que planejava fazer

Adolescente prestou depoimento à polícia sobre mortes na Brasilândia.
Ele contou que Marcelo Pesseghini disse que 'colocaria plano em prática'.

Um amigo de Marcelo Pesseghini, de 13 anos, suspeito de matar a família na Brasilândia, Zona Norte de São Paulo, disse em depoimento à polícia que recebeu um telefonema do garoto, horas antes do crime, avisando sobre os assassinatos. Quatro pessoas foram ouvidas durante esta quarta-feira (14) no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).


Cena do Crime

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo confirmou que a cena do crime onde ocorreu a chacina de cinco pessoas da mesma família na Brasilândia, na capital paulista, não foi totalmente preservada. Em nota divulgada na terça-feira, a pasta informou que “o local não estava totalmente idôneo”.


A divulgação foi feita, segundo a pasta, para confirmar notícias veiculadas pela imprensa. Ainda, conforme a nota, “isso, evidentemente, não quer dizer que houve violação proposital da cena do crime”.

No Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), mais depoimentos deverão ser prestados nesta quarta-feira para ajudar nas investigações. Policiais que trabalhavam com o casal assassinado — o sargento da Rota Luís Marcelo Pesseghini e a cabo da PM Andreia Regina Bovo Pesseghini — deverão ser ouvidos nos próximos dias. A polícia tenta traçar um perfil do casal no ambiente de trabalho e também no convívio familiar.

Foto Arquivo da Família

Todas as cinco vítimas — o casal de policiais, a mãe da PM, Benedita de Oliveira Bovo, de 67 anos, a tia da PM, Bernadete Oliveira da Silva, de 55 anos, e o filho do casal, Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 13 anos — foram mortas com um tiro na cabeça, com exceção de Andreia, que teria sido atingida à queima-roupa na nuca, de acordo com boletim de ocorrência.

Marcelo segue sendo o principal suspeito pelas mortes, mas o secretário de segurança pública, Fernando Grella Vieira, disse nesta segunda-feira que nenhuma hipótese pode ser descartada.

A polícia aguarda a conclusão de laudos para esclarecer o crime. Um deles deverá apontar a ordem em que as mortes ocorreram e o intervalo entre elas. Computadores e celulares da família também estão sendo periciados.

Polícia diz que hipótese de crime passional não está descartada no caso Pesseghini

A chefe do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), delegada Elizabete Sato, afirmou nesta terça-feira, 13, que não está descartada a hipótese de crime passional na morte do casal de PMs Luiz Marcelo, Andreia Pesseghini e de sua família, na segunda-feira passada, 5. Até então o filho do casal, Marcelo, de 13 anos, era o único suspeito do crime ocorrido na Brasilândia, zona norte de São Paulo. Ele teria assassinado os pais, a avó, uma tia-avó, e cometido suicídio em seguida.

A polícia recolheu computadores e celulares da família em busca de mais pistas. Os investigadores querem saber que ligações foram feitas para os policiais e familiares antes das mortes e buscar nos computadores conteúdo que ajude a compreender a motivação para os assassinatos. Além da perícia, que não tem data para ser concluída, serão ouvidos policiais militares que trabalhavam com os PMs mortos: tanto das Rondes Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), onde Luiz Marcelo era sargento, quanto do 18º Batalhão, onde Andréia atuava como cabo.

Um PM e um tio de Marcelo, responsáveis por notificar a polícia sobre o crime, na noite da segunda-feira, 13, também serão intimados a depor.

Uma outra vizinha, que vem difundindo uma versão diferente das conclusões da polícia, também será ouvida. Ela afirma que viu homens entrarem na casa da família durante a tarde de segunda-feira,5, horas antes de o crime ser informado à polícia. O delegado Itagiba Franco, responsável pelo caso, descartou até o momento que alguém tenha invadido a casa, mas o depoimento dessa vizinha será colhido por garantia, informou. Por ter idade avançada e problemas de locomoção, ela será ouvida em casa por uma equipe do DHPP.

De acordo com a polícia, 24 pessoas já foram ouvidas no caso e ao menos mais duas seriam ouvidas nesta terça-feira, incluindo a diretora do colégio onde Marcelo estudava, na Freguesia do Ó, zona norte, e um dos colegas do adolescente.

O crime.

Na segunda-feira, 05/08/2013, foram encontrados na residência da família na Brasilândia os corpos de Andréia Pesseghini, Luiz Marcelo Pesseghini, de 40 anos, Benedita de Oliveira Bovo, de 65, Bernardete Oliveira Silva, de 55, e do estudante Marcelo Pesseghini, de 13 anos, filho do casal. Todos foram mortos com um tiro na cabeça, entre a noite de domingo e a madrugada de segunda-feira, segundo dados preliminares da perícia. Depois de matar os pais, o garoto teria saído com o carro da família, de madrugada, e foi para a escola pela manhã. Câmeras de segurança de um prédio mostram Marcelo a caminho do colégio.

O sargento da Rota entraria às 5h no trabalho e a mulher, às 9h. Como ela não foi à companhia, um oficial foi até a residência, mas pensou que não havia ninguém em casa. À tarde, policiais voltaram à casa, pularam o muro e encontraram a porta entreaberta.

- Mais sobre o Caso Pesseghni, aqui
- Novos Depoimentos, Leia Mais...
- Crime

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Viagem ao país dos outros, um olhar estrangeiro no País

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2013 12:24:00

Uma viagem literária do autor, coreano, no país dos outros, Brasil.


Título: Viagem ao País dos Outros
Autor: Dong Hyun Sung
Formato: 16 x 23
ISBN: 978-85-99460-04-7
184 páginas / 340 gramas
R$ 29,00
Editora Livrocerto
Tel 25240531 25272631



Sobre o autor


O autor é de ascendência norte-coreana. Seus pais rumaram ao sul durante a Guerra (1950-1953). Nasceu em Seul, no dia 11 de agosto de 1968 e, pela tradição familiar, seu nome seria Lak Ho Sung, porém acabou sendo registrado com o nome Dong Hyun Sung e 15 de agosto de 1968 como a data de nascimento. Foi alfabetizado em coreano. Cursou o primeiro e a metade do segundo ano do ensino fundamental em Seul, antes de chegar com a família ao Brasil no fim de 1976, de forma clandestina, através do Paraguai. No Brasil, sem saber falar português, começou os seus estudos a partir do primeiro ano do então curso primário. Procurou sempre conhecer a língua portuguesa lendo, principalmente, os clássicos da literatura mundial. Apesar da dificuldade com português, cursou e se formou em Direito em 1993. Como advogado, teve contato com os kayapós ao acompanhar a fase final do caso do índio Paulinho Paiakan, que estampou a capa da revista Veja em 1992. Isso lhe permitiu conhecer a cultura deles e possibilitou escrever o conto Kaigo. Em 2009, deixou de ser advogado militante, e no final do mesmo ano, começou a escrever os contos que compõem Viagem ao país dos outros e também a fotografar as obras do artista plástico Eduardo Srur, registrando e documentando as intervenções urbanas dele. A foto que ilustra a capa é do autor. Viagem ao país dos outros é o primeiro livro de Dong Hyun Sung, escrito em português, composto de três dos cinco contos que ele escreveu do final de 2009 a começo de 2013.

Três histórias, que trazem mitos e lendas indígenas e reflexões sobre questões filosóficas, sociais e artísticas, compõem Viagem ao país dos outros, de autoria de Dong Hyun Sung, lançado pela Editora Livrocerto. A obra é uma viagem literária do autor, coreano, no país dos outros, no caso, o Brasil.



Com o prefácio de Rui Sá Silva Barros, editor e historiador, o livro traz três contos sobre culturas bem diferentes com abordagens: filosófica, social e estética. Pela perspectiva filosófica, enfoca os limites e alcances do conhecimento humano de forma consciente e inconsciente, através dos quais um homem se diferencia dos outros; em relação ao social, aborda os valores morais dos indivíduos em diferentes grupos. Quanto à artística, investiga o ato da criação e da originalidade. Em Apanhador de sonho temos por enredo a iniciação de um xamã norte-americano; em Kaigo a história e a cosmologia de uma tribo do Brasil Central; em Dr. DE uma situação de duplo exílio: um intelectual acadêmico vivendo no estrangeiro e alguém com pavor da sujeira, barulho e vulgaridade da cultura urbana das grandes metrópoles.



O escritor, coreano residente no Brasil desde os 8 anos e estreante na literatura, usa a intertextualidade e representações para criar um livro elaborado e intrigante. Cursou Direito como desafio para melhor falar a língua portuguesa e lembra que só há 10 anos começou a sonhar em português. “Após 15 anos de advocacia, decidi abandonar a militância, e o lançamento deste livro significa virar essa página na minha vida. Foram quatro anos escrevendo. O conto DR. DE reescrevi 71 vezes. Minha prática de escrita era jurídica”, afirma. O autor explica que a opção por lançar uma obra de contos, e não um romance se deu porque: “As informações precisam ser mais curtas, resumidas. O tempo está cada vez mais acelerado e as pessoas têm pressa para tudo: querem consumir cada vez mais, viajar mais, conhecer mais. E os textos, embora tenham estrutura de romance, tentei não ultrapassar 60 laudas cada. Hoje, é difícil ver alguém lendo um Dom Quixote. Os grandes romances hoje não têm muito espaço”, explica.



Primeiro conto do livro, Apanhador de Sonho, é uma fábula de um símbolo, onde um homem vê o seu sonho, um símbolo, fora do seu sonho, uma teia emaranhada e descontinua. Após descobrir como realizá-lo - “apanhar o sonho”, passa a vida inteira esperando a sua realização, e isso acontece só antes da morte. Duas idéias, uma de Georg Klaus e outra de C. G. Jung, traduzem a linha de raciocínio de uma história de superação e cheia de desafios: “Todas as formas de símbolos têm em comum o fato de não terem como causa determinante aquilo que simbolizam. Isto os diferencia de sinais” e “Os símbolos jamais foram inventados; nasceram do inconsciente, por meio da chamada revelação ou intuição”.



Já no Kaigo, o autor escreve de forma simplificada um épico, que mistura os mitos e os fatos do povo indígena brasileiro kayapó, desde seu surgimento até os dias atuais. O autor conheceu essa cultura quando era advogado e acompanhou a defesa do índio Paulinho Paiakan, acusado de estupro de uma mulher civilizada em 1992. Foram três anos de pesquisa para entender a cultura e os valores morais deste povo. “Todas as lendas existem, fiz uma releitura sem alterar os elementos básicos”, conta Dong Hyun. “Kaigo” quer dizer mentira na língua dos kayapós. O narrador da história é On-ban. É um contador que com suas introduções, que precedem os capítulos - estão em itálico, pretende preparar, esclarecer e complementar os ouvintes com outros mitos não abordados na história e suas opiniões e impressões sobre o que ele irá narrar no capítulo. Faz isso por meio de cantigas, canções e prosas-poéticas. É um contador com o pensamento independente acerca dos fatos e mitos, com conclusões próprias sobre isso. Um narrador bem ativo e atípico, ao ponto de modificar as lendas e alterar os fatos, para criar sua fantasia sobre mitos e fatos, Kaigo.



Em DR. DE, o protagonista em solidão, é levado a uma imersão em sua consciência, complexa e atormentada, guardada no inferno do ressentimento. Há um fluxo na mente, com a linguagem que transita pelo plano existencial e inconsciente, com autoanálise e projeções das memórias remotas, atropelada pela realidade crua e indelicada da metrópole, com suas multidões miseráveis e sua elite abastada. Na história, os “fantasmas” que incomodam e assombram o personagem principal são exteriorizados por um fantasma. Há no texto, principalmente, na última manifestação do fantasma, pistas para descobrir o nome desse fantasma. Para descobri-lo, depende do conhecimento do leitor sobre a cultura clássica, em especial, mitologia grega. E os mais atentos, poderão descobrir muito mais.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Pílulas da beleza: descubra os prós e contras dos nutricosméticos.

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2013 12:21:00

Os nutricosméticos são cápsulas que prometem nutrir o organismo e combater os radicais livres, ou seja, retardar o envelhecimento cutâneo proporcionando uma pele jovem e bonita. Além disso, essas pílulas da beleza melhoram a firmeza da pele, atenuam rugas, reduzem a vermelhidão e ação nociva causada pela exposição solar, diminuem os sintomas da caspa, aliviam o aspecto da celulite e até fortalecem unhas e cabelos. “Essas cápsulas são produzidas a partir de alimentos funcionais ou suplementos alimentares, concentrando vitaminas, sais minerais e outras substâncias essenciais à saúde do organismo”, explica a dermatologista Helua Mussa Gazi (CRM/SP 104862).
Para manter a pele livre de doenças e prevenir o envelhecimento é necessário seguir uma alimentação equilibrada. As vitaminas e os minerais encontrados nos alimentos ajudam a combater os radicais livres, moléculas que degeneram as células saudáveis do organismo. Porém, com a correria diária, consumir a quantidade certa desses nutrientes pode ser difícil. Pensando nisso, a indústria da beleza investiu na criação de nutricosméticos compostos de vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos graxos e proteínas, que abastecem o organismo e amenizam problemas como rugas, flacidez, unhas fracas e queda de cabelo. “Este tipo de produto estimula a produção de colágeno e de elastina, favorecendo a diminuição de rugas e garantindo mais sustentação e elasticidade à pele”, destaca a dermatologista.
De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), os nutricosméticos entram na categoria de alimentos funcionais por produzirem efeitos metabólicos ou fisiológicos ao organismo. É recomendado consultar um médico antes de consumi-los para evitar efeitos colaterais, já que cada um tem concentração específica de um determinado componente. “Quando as pílulas são consumidas em excesso podem ocorrer erupções cutâneas ou aumento de peso. Por isso, é importante consultar um dermatologista para evitar um efeito inverso”, esclarece Gazi.
Nutricosméticos não substituem cremes e tratamentos estéticos
As pílulas devem fazer parte da rotina de beleza, porém não devem ser uma alternativa de tratamento para problemas estéticos. Afinal, os nutricosmésticos não fazem milagres. Você pode aliar a pílula com a alimentação, os exercícios físicos e a hidratação para manter a pele mais bonita. “O ideal é ingerir essas capsulas por três meses para o organismo se adaptar com os nutrientes. Geralmente, é possível notar seus benefícios após 60 dias de uso”, esclarece a dermatologista.
Reduz rugas, manchas, flacidez e fortalece unhas e cabelo
A dermatologista Helua Mussa Gazi revela os prós e contras de consumir a pílula da beleza que promete resultados surpreendentes em pouco tempo:
Prós
•Não existe tempo determinado para o uso dos suplementos;
•Os efeitos são progressivos, surgindo desde o primeiro mês, sendo mais visíveis a partir do terceiro mês de uso;
•Os suplementos podem trazer na fórmula: vitaminas, minerais, óleos essências, aminoácidos e substâncias antioxidantes;
•Cabelos com fios finos e sem brilho, que demoram a crescer, podem ser restaurados com as cápsulas que contêm vitamina A, botina, ômega 3 e licopeno;
•Os nutricosméticos têm ativos que reforçam as defesas e aumentam a produção de melanina, diminuindo a sensibilidade da pele e prolongando o bronzeado;
•Combate a gordura localizada e reduz celulite;
•Só devem ser consumidos com prescrição médica.
Contras
•Cada produto possui concentrações diferentes de determinados componentes, podendo causar efeitos colaterais variados;
•Pessoas alérgicas a algum componente da fórmula não devem consumi-los;
•Gestantes e mulheres em período de amamentação devem ter cuidado redobrado e não dispensar orientação e acompanhamento médico;
•Cada organismo poderá responder de forma diferente ao uso, dependendo de muitos fatores, como a realização de atividade física, alimentação e peso corporal.
Nutricosméticos: quando consumir?
Se você decidiu incluir estes produtos à sua rotina para garantir uma pele jovem e bonita, não deixe de consultar um médico antes de comprar o produto. “Os nutricosméticos são vendidos em farmácias e podem ser manipulados. Antes de consumir, converse com seu médico para que ele indique a quantidades e a formulação ideal para lhe trazer benefícios”, alerta Helua.

Fonte - dermatologista Dra. Helua Mussa Gazi (CRM/SP 104862).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

É Mito ou Verdade: Celular pode provocar câncer cerebral?

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2013 12:20:00

Você já imaginou sair de casa sem o celular? Desde que o uso do telefone móvel se popularizou, é difícil encontrar quem consegue sair para algum compromisso sem ele. Apesar de todos os seus benefícios, o uso frequente do celular levanta diversas discussões sobre os seus efeitos colaterais e como ele pode afetar a saúde dos seus usuários.
O primeiro mito é sobre o a possibilidade do aparelho provocar desastres aéreos, o que ainda não foi comprovado. Depois, uma pesquisa feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Agência Internacional para Pesquisa em Câncer (Iarc) classificou o celular como "possivelmente cancerígeno". Mas será que todas essas discussões sobre o celular, que é tão útil para as pessoas, é verdade ou tudo não passa de um mito?
Uma equipe de 31 cientistas de 14 países, incluindo Estados Unidos, apontou que os usuários que falam diariamente pelo celular durante 30 minutos apresentam mais chances de desenvolver um câncer no cérebro do tipo glioma.
Segundo o neurocirurgião Mauricio Mandel (CRM 116095), formado pela USP e membro da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN), as evidências sobre o câncer causado pelo celular ainda seguem limitadas. “A pesquisa faz um alerta para os usuários que ficam muito tempo no celular, mas a confirmação dessas pesquisas sobre o câncer causado pelo uso constante do aparelho poderá surgir num futuro próximo, a partir das primeiras gerações consumidoras desses telefones, pessoas que já os utilizam há mais de 10 anos”, explica.
Cerca de 5 bilhões de pessoas usam celulares no mundo – são cerca de 212, 6 milhões deles no Brasil, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). “O celular emite um sinal de ondas de radiofrequência, essas ondas são invisíveis e teoricamente o seu único efeito sobre o tecido vivo é o aumento de temperatura, mas como penetram no corpo, podem provocar mudanças no funcionamento das células”, afirma o neurocirurgião.
Além disso, um estudo realizado pela Universidade de Viena afirma que as pessoas que usam o celular 10 minutos por dia, e que fazem isso há pelo menos quatro anos, têm 70% mais chances de desenvolver zumbido crônico no ouvido.
Muitas suposições e poucas conclusões
Ainda não foram comprovadas que a radiação do celular pode alterar o metabolismo das células humanas e muito menos que o tumor cerebral, como gliomas, está associado ao uso indevido do celular. “Vale ressaltar que essas pesquisas estão sendo iniciadas agora e o uso do celular se popularizou há menos de 20 anos, ou seja, ainda faltam muitos estudos e resultados conclusivos sobre os efeitos que ele pode causar no corpo humano”, esclarece Mandel.
Em relação ao tumor cerebral glioma, o diagnóstico é comprovado após o paciente começar a sentir alguns sintomas, como dores de cabeça, náusea e vômito, apreensões e desordens do nervo craniano em consequência da pressão intracranial aumentada. No caso de um glioma do nervo ótico pode até causar a perda visual. Este tumor tende a se desenvolve a partir das células gliais, responsáveis por dar suporte e nutrir os neurônios. Ele começa no cérebro ou na espinha.
“Existem quatro principais tipos de gliomas, o glioblastoma é a forma mais comum e também a mais agressiva. Geralmente, os pacientes que são diagnosticados com esse tumor maligno não apresentam uma expectativa de vida acima de dois anos”, revela o neurocirurgião.
Entre os tumores que atingem o sistema nervoso em pessoas com mais de 45 anos, 45% são benignos e tratados apenas com cirurgia. Outros 45% são malignos e, em geral, precisam, além da cirurgia, de tratamento com radioterapia ou quimioterapia.
Uso consciente do celular
Se você está preocupado com os malefícios do celular e quer evitar possíveis problemas, algumas dicas podem ajudar a diminuir os efeitos colaterais. Veja quais são:
Use o viva-voz
Se o seu celular apresentar essa função, opte conversar pela viva-voz ao invés de colocar o celular no ouvido.
Troque os ouvidos
Evite ficar falando muito tempo pelo celular e mude sempre o lado do ouvido que está em contato com o aparelho.
Limpe o seu aparelho
O celular também precisa de cuidados. Você pode limpar com um pano com um pouco de álcool gel. Lembrando que o produto não danifica o aparelho.


Fonte- Mauricio Mandel (CRM 116095), neurocirurgião formado pela USP e membro da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Quanto+bagunçado, melhor!

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2013 12:19:00

Circo Spacial e Sonia Kessar – Assessoria de Imprensa

Convidam para as últimas apresentações do espetáculo inédito no Brasil

Quanto+bagunçado, melhor!

Comédia física com elementos de pantomima, palhaçaria e malabares, com o internacional Pepé, artista do Circo Spacial



pepe_tira2_crédito_ligiane_braga

Últimas apresentações dias 16, 23 e 30 de agosto e 6 de setembro



Teatro Juca Chaves – Rua João Cachoeira, 899 – Itaim Bibi – São Paulo

(estacionamento gratuito durante a peça no Hipermercado Extra, com acesso direto ao teatro)



· Convite com entrada franca e válido para duas pessoas

· Chegar com uma hora de antecedência

· Confirme presença através dos emails imprensa@soniakessar.com.br ou kessar@terra.com.br



· Mais em www.quantomaisbaguncadomelhor.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Semana de conscientização sobre tromboembolismo venoso é realizada no HNSG

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2013 12:16:00

A campanha visa atualizar conhecimentos da equipe técnica e manter rotina preventiva

O Tromboembolismo Venoso (TEV) é uma das doenças mais comuns entre pacientes hospitalizados. A doença ocorre principalmente em pessoas que permanecem por muito tempo internadas, estão em recuperação de uma cirurgia ortopédica ou sofreram politraumatismos. Para discutir e prevenir a doença, pelo terceiro ano consecutivo, o Hospital Nossa Senhora das Graças promove, entre os dias 19 a 23 de agosto, a Semana de Prevenção do Tromboembolismo Venoso (TEV), voltada aos seus profissionais de saúde.

A proposta é a conscientização da equipe multidisciplinar do HNSG incluindo médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e demais profissionais sobre a importância da atenção no momento de avaliação de risco dos pacientes que estão internados e a prevenção adequada para evitar a trombose venosa.

O tromboembolismo venoso é caracterizado pela formação de coágulos de sangue em uma veia profunda, principalmente nas pernas. Esses coágulos ao se desprenderem podem entupir veias, artérias e outros vasos do corpo, causando infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral AVC e até mesmo a morte. “Quando um coágulo obstrui artérias importantes do organismo, causando o tromboembolismo pulmonar, o paciente pode morrer”, enfatiza a infectologista e chefe do Serviço de Segurança Assistencial ao Paciente do Hospital Nossa Senhora das Graças, Viviane Hessel Dias.

Esta é uma iniciativa do HNSG como hospital membro do programa “TEV Safety Zone” zonas livres de TEV, do Laboratório Sanofi, já implantado em mais de 80 hospitais do país desde 2007. Este programa visa melhorar os índices de redução do risco de tromboembolismo venoso no ambiente hospitalar.

Na III Semana de Profilaxia de TEV serão ministradas palestras pela equipe multiprofissional HNSG entre médicos cirurgiões, intensivistas, e fisioterapeutas. Ainda, alguns convidados especiais estarão abordando temas relevantes como “Pontos Críticos na Prevenção de TEV em pacientes Cirúrgicos” com o Dr. Adilson Ferraz Paschoa, responsável pelo Serviço de Cirurgia Vascular do H. Beneficiência Portuguesa –SP, e “ Como garantir a Segurança do Paciente na Prática”, que será abordado pela Farmacêutica Maria Cristina Moraes, responsável pelo Serviço de Farmácia no Hospital Mãe de Deus em Porto Alegre-RS.

“Intensificando a rotina da prevenção de riscos podemos garantir excelência no atendimento aos pacientes e reforçar a importância do treinamento contínuo”, garante Dra. Viviane.
Incluir medidas de prevenção na rotina do paciente é fundamental. A equipe de médicos e enfermeiros deve avaliar: o risco para trombose do paciente, seguir a prescrição do medicamento profilático indicado ou então, a prescrição de tratamento se a doença já ocorreu. A equipe de fisioterapeutas também tem papel importante na orientação de exercícios específicos. “Os fisioterapeutas são responsáveis pela mobilidade do paciente, a realização de exercícios e massagens, sempre que possível”, aponta a médica.

Tromboembolismo Venoso (TEV)


Estima-se que no Brasil, aproximadamente 170 mil pacientes apresentam o tromboembolismo venoso (TEV,) sendo que 40 das pessoas não sabem identificar os sintomas. De acordo com a Dra. Viviane, os principais fatores de risco para a doença são pacientes hospitalizados com idade superior a 40 anos, tabaco, mulheres que usam anticoncepcionais e fumantes, obesos, diagnóstico de câncer, que possuam varizes nas pernas, pacientes no pós-operatório de cirurgias ortopédicas e politraumatizados. “Os pacientes mais suscetíveis a doença são aqueles que sofrem com a mobilidade reduzida, passaram por uma cirurgia e ainda têm fatores de risco.”

Programa TEV Safety Zone
O Programa "TEV Safety Zone", do laboratório Sanofi, tem como objetivo criar "zonas livres de TEV" em instituições hospitalares. Implantado no Brasil em 2007, o "Safety Zone" já é realizado em mais de 80 hospitais do país.
O Programa de Educação Médica Continuada contempla palestras e treinamento de equipe multidisciplinar dos hospitais, coordenadas por especialistas em TEV, durante as quais são discutidos dados epidemiológicos, casos clínicos e cirúrgicos, cuidados pré-operatórios, prevenção do TEV, entre outros temas.

A implantação do Programa "Safety Zone" contribui para melhorar os índices de redução do risco de tromboembolismo venoso no ambiente hospitalar.

Programação

No dia 19 de agosto será ministrada uma palestra sobre "Profilaxia de TEV em pacientes críticos", ministrada pela médica intensivista do HNSG, Iara B. Chen.

No dia 20 de agosto haverá uma mesa redonda para discutir à prevenção de TEV na prática como o tema "Como eu faço na minha especialidade", como os médicos do HNSG - o cirurgião vascular, Ricardo Moreira, o cirurgião ortopédico, Renato Raad e o cirurgião geral, Eduardo Ramos. Esta mesa também contará com a participação do Dr. Adilson Ferraz Paschoa, responsável pelo Serviço de Cirurgia Vascular do H. Beneficiência Portuguesa – SP que abordará o tema Pontos Críticos na Prevenção de TEV em pacientes cirúrgicos .

No dia 21 de agosto a palestra "Como garantir a segurança do paciente na prática, será ministrada pela farmacêutica industrial, Maria Cristina Moraes, responsável pelo Serviço de Farmácia no Hospital Mãe de Deus em Porto Alegre-RS.

No dia 22 de agosto, o fisioterapeuta do HNSG, Marcelo Ferrare, fará uma palestra sobre "Profilaxia Mecânica na Prevenção de Trombose".

E, no último dia, 23 haverá almoço com a médica do HNSG, Flávia Tristão para tirar dúvidas sobre protocolo institucional de profilaxia do TEV.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Jessika Alves ganha coluna de bem estar

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/07/2013 15:17:00



Divulgação

A atriz Jessika Alves tem feito tanto sucesso com as suas dicas de dietas e boa forma nas redes sociais que recebeu até convite para virar colunista de um site de moda. Ela - que é uma espécie de It Girl Fitness vai escrever sobre bem estar e boa forma para quem gosta de malhação.

"Gosto de manter a boa forma e amo compartilhar o meu dia dia com os meus seguidores. Eles participam junto comigo. Fiquei surpresa e feliz com o convite do Visão da Moda, do qual eu sou leitora. Lá eu vou continuar com a mesma filosofia dos meus perfis sociais: compartilhar saúde", revela Jessika.

A experiência mais distante da atuação que a atriz teve foi quando apresentou o programa TV Globinho em 2010.

Quem quiser acessar as dicas da Jessika Alves basta ir para o endereço www.visaodamoda.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Grupo de dança sacra Expressão de Louvor representa Petrópolis na Jornada Mundial da Juventude

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/07/2013 15:12:00

Levando mensagens de amor, fé e esperança com o grupo de dança sacra Expressão de Louvor, a professora e coreógrafa Roberta Bertelli vai concretizar ainda este mês um grande sonho. O Expressão de Louvor, resultado de um trabalho voluntário de 10 anos da coreógrafa, foi selecionado para se apresentar no maior evento cristão para jovens, a XXVIII Jornada Mundial da Juventude (JMJ), na cidade do Rio de Janeiro, de 23 a 28 de julho, com a presença do Papa Francisco.

Doze bailarinos de Petrópolis, com os espetáculos, Livre Arbítrio e O Tempo, divididos em oito coreografias, vão se apresentar nos espaços do Teatro Angel Vianna, no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro e no Anfiteatro Pão de Açúcar Urca.



Divulgação


As manifestações da dança fazem parte dos intitulados atos culturais do encontro da juventude que vai abranger também concertos de música, espetáculos de teatro, exposições de arte e cinema, em união da oração, meditação e ações com expressões artísticas cristãs. O lema da JMJ é “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28, 19).

Segundo Roberta Bertelli, ela ainda aguarda confirmação nos próximos dias de outras apresentações em palco aberto. Até agora estão confirmadas oito apresentações. “É um momento único do nosso grupo de fé, encantamento e agradecimento a Deus. Estaremos disseminando para jovens de inúmeras nacionalidades a religiosidade através da música e da expressão corporal”, afirmou a coreógrafa.

Os espetáculos

Roberta é a diretora dos dois espetáculos, apresentando oito coreografias. Ela explica que Livre Arbítrio vai utilizar a linha de jazz e dança contemporânea mostrando a influência de nossas escolhas na construção da nossa vida e no reflexo que elas também podem ter na vida de outras pessoas. O espetáculo quer mostrar a opção de que sempre podemos voltar e retomar o caminho de busca pela santidade.

Foi com a proposta de mostrar que tudo tem seu tempo e que Deus está no comando do nosso tempo que criamos o espetáculo “O Tempo”, diz a diretora. “Existe tempo de nascer e morrer, tempo de plantar e colher, tempo de chorar e de rir, tempo de guerra e tempo de paz, no entanto, o mais importante é saber esperar em Deus e confiar que ele fará o melhor em nossas vidas”.

Expressão de Louvor

O grupo foi criado há dez anos pela professora e coreógrafa Roberta Bertelli. Ele conta hoje com 45 bailarinas divididas em turmas: infantil, juvenil e adulto. A coreógrafa, em um trabalho voluntário, dedica suas noites ao ensino da dança sacra no salão paroquial da Igreja Sagrada Família, localizada no bairro Sargento Boening.

São inúmeras as premiações do grupo nos mais renomados eventos de dança sacra do país, entre eles o Festival de Dança Sacra de Joinville e o Festival de Dança Halleluya. Promovido pelo Expressão de Louvor, o Festival de Dança Sacra de Petrópolis que completou este ano a sua décima edição reuniu cerca de 500 bailarinos.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cantor Vavá ganha o quarto de sua primeira filha, Lara

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/07/2013 15:09:00

Atelier Alexandra Abujamra e Rede Record fazem essa surpresa para o casal e montam o cômodo em apenas 12 horas

Ter um filho é o sonho de grande parte dos casais, porém, alguns não conseguem nos métodos tradicionais e precisam recorrer à médicos para dar uma forcinha nesse momento. E com o cantor Vavá e a sua esposa, Carla, a situação foi essa.

Pelo enorme desejo de ter um bebê para completar a família, o Programa da Tarde, exibido na Rede Record, resolveu ajudar o casal nesse momento e criou o Reallity Show “Vavá quer ser pai”. Depois da notícia que a fertilização deu certo, seis meses se passaram, e a filha do casal já está a caminho.

Porém, as surpresas não acabaram aí e a atração resolveu presenteá-los com o quarto da pequena Lara. Para isso, o atelier escolhido foi o da Alexandra Abujamra, localizado no Jardim Paulista, em São Paulo. Em doze horas e sem os papais em casa, a equipe conseguiu montar um quarto lindo e emocionar a todos.

- “É um quarto muito especial, digno de uma princesa, não poderia ser diferente. Tinha que ser bem delicado, nas cores rosa e branco”, afirma Alexandra Abujamra, decoradora do quarto.

Depois de muita correria e dedicação dos profissionais envolvidos o resultado ficou perfeito e a emoção rolou solta quando Vavá e Carla entraram pela primeira vez no quarto de Lara.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Trio Bravana atinge a marca de 18 milhões de visualizações com a música “Mãe, tô na balada”

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/07/2013 15:05:00

Na última semana, o Trio Bravana alcançou a impressionante marca de 18 milhões de visualizações, no Youtube, com a música “Mãe, tô na balada”. A expressiva marca coloca o trio formado por Allan, Bruno e Thiago, entre os artistas mais acessados da música sertaneja.

Divulgação

- “Estamos muito felizes com este marco. E, o que nos deixa ainda mais contentes é que muitas duplas e cantores colocaram o hit em seus repertórios de shows. E, sem dúvida isso contribuiu e muito para essa popularização da música”, disse Allan.


- “É uma marca fantástica. Gostaria de agradecer a todos os fãs que curtem nosso trabalho. Sem o carinho e respeito deles nada disso seria possível. Não deixem de visitar nosso site e redes sociais”, convidou Thiago.


- QUEM TÁ APAIXONADO AÍ?

Ainda curtindo o sucesso do hit “Mãe, tô na balada”, que conquistou o Brasil, os três amigos da cidade de Americana/SP já trabalha nas rádios de todo o país, a canção, “Quem tá apaixonado aí?”. A nova música foi escrita por Giuliano Matheus e já ganhou um clipe.

“Participamos de todo o processo de produção da música, inclusive do clipe que teve a direção dos competentes Heberton Alves e Alex Pereira. Acredito que o resultado ficou com a cara do Trio Bravana: uma música pra cima e que promete contagiar a galera”, explicou o vocalista Bruno.


Quem tá apaixonado aí?:

http://www.youtube.com/watch?v=9iVlPPeteS8&feature=youtu.be

TRIO BRAVANA

Amigos de infância, Allan, Bruno e Thiago, naturais da cidade de Americana/SP, trazem em grande estilo um novo conceito de música sertaneja: O Pop-Sertanejo! Um ritmo explosivo que mistura alegria, energia e muita vibração!


O primeiro grande sucesso do Trio Bravana foi a música “Mãe, tô na balada” lançada em 2012 e que já foi visualizada mais de 18 milhões de vezes, no Youtube. O trio possui ainda outros sucessos como “3 amigos”, “Me chama pra beber”, “No parara sem parar”, entre outras.

Para conhecer um pouco mais do Trio Bravana, acesse o site:-
www.triobravana.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Poupatempo Luz promove semana de orientação sobre Hepatite C

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2013 17:41:00

Unidade oferece informações sobre a doença e testes gratuitos

A partir desta segunda-feira, 17 de junho, o Poupatempo Luz promove a caravana de orientação sobre a Hepatite C no Posto do Governo do Estado. A ação acontece até 22 de junho, de segunda a sexta, das 9h às 16h, e no sábado, das 7h às 13h.

O objetivo da campanha é conscientizar e informar os cidadãos através de folhetos, a respeito da hepatite tipo C, explicando sobre a doença, suas causas, sintomas e meios de prevenção, além de disponibilizar o exame gratuitamente com suporte de profissionais da área de saúde.

Pessoas que ficam expostas aos fatores de risco, tais como equipamentos perfurocortantes não esterilizados, utilizados em salões de beleza, estúdios de tatuagens e piercings ou clínicas de acupuntura, entre outros, estão mais propensas a desenvolver a doença.

Após a realização do teste, em caso de diagnóstico positivo do vírus, o cidadão será encaminhado para tratamento em uma unidade de saúde. O Poupatempo Luz fica localizado na Praça Alfredo Issa, nº 57, - Luz -, e o horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Diabetes pode contribuir para perda auditiva

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2013 17:41:00

Pessoas diabéticas têm mais chance de desenvolver problemas auditivos

Pessoas que são diagnosticadas com diabetes, desde o início, independente da idade, já estão cientes de alguns riscos que correm se não controlarem de forma saudável e correta o nível de insulina no organismo. O que pouco se comenta é que essa enfermidade pode, muitas vezes, contribuir também para a perda auditiva se não for tratada com devida atenção.

Já foram encontradas provas de que o diabetes está ligado ao aumento do risco de problemas cardiovasculares, nos rins e na perda da visão, e estudos científicos apontam que a doença também tem relação com a perda da audição confirmando a interferência do diabetes no sistema auditivo. Em 2008, pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos verificaram padrões semelhantes em um conjunto de 11 mil pessoas. “Os resultados do levantamento mostraram que os diabéticos têm duas vezes mais chance de perderem a audição que os indivíduos saudáveis”, comenta a otorrinolaringologista e ortoneurologista Rita de Cássia Cassou Guimarães, de Curitiba.

O problema em questão pode ocorrer em qualquer idade e pode estar presente também em pessoas não diabéticas que sofrem de hipoglicemia reativa, que se caracteriza por queda significativa da glicose no sangue após a ingestão de doces.

A especialista explica que em uma pessoa diabética, a falta de controle glicêmico pode levar a alterações vasculares que comprometem o ouvido, afetando principalmente a percepção dos sons mais agudos. “Os vasos sangüíneos que irrigam o ouvido são muito pequenos e a perda de flexibilidade dos glóbulos alterados pela glicemia torna difícil que eles consigam atravessar esses vasos muito pequenos”, ressalta.

Outra sequela envolvendo a audição e que pode acontecer com o diabético é a surdez súbita, quando o paciente perde de repente a audição em um dos ouvidos. Esse problema muitas vezes pode ser corrigido se for tratado como emergência e feito um tratamento imediato com vasodilatadores.

Apesar de vários estudos sobre o assunto, a associação entre o diabetes e a redução da capacidade auditiva ainda não é um consenso entre os médicos. Ao mesmo tempo em que alguns estudos demonstram uma frequência mais elevada do sintoma em pacientes diabéticos, existem outros que não conseguiram comprovar esta associação. "O motivo ainda não está completamente esclarecido. Acredita-se que seja uma associação entre o acometimento do sistema nervoso periférico e as lesões vasculares, causadas pelo diabetes", explica a especialista.
Enquanto as investigações científicas não chegam a um consenso, vale a pena colocar em prática um velho conselho dado por otorrinolaringologistas, entre eles Rita Guimarães: controlar a glicemia. "Isto pode ser feito com dieta adequada, atividade física, medicações orais e, em alguns casos, insulina", recomenda a médica.

Dra. Rita de Cássia Cassou Guimarães (CRM 9009)

Otorrinolaringologista, otoneurologista, mestre em clínica cirúrgica pela UFPR

Blog: http://canaldoouvido.blogspot.com

Email: ritaguimaraescwb@gmail.com

Telefone: 41-3225-1665

Endereço: Rua João Manoel, 304 Térreo, Bairro São Francisco, Curitiba PR.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Os perigos e os cuidados com imagens e posts compartilhados em Redes Sociais

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2013 07:49:00

Em tempos de exposição voluntária na internet é possível se proteger e tomar certos cuidados

Uma garota posta uma bela foto em sua página e um tempo depois se depara com a sua imagem sendo usada por uma empresa de cabelos em um site de compras coletivas. Uma modelo luta na justiça por causa de uma foto sua copiada e usada em site internacional de pornografia. Um estagiário é demitido e processado pela empresa por postar informações mentirosas em seu perfil na rede social. Uma pessoa é ofendida na rede social. Outra descobre fotos indesejadas pelo site de busca.

Em uma época em que tudo que as pessoas fazem é voluntariamente compartilhado na internet, a área de Direito de Imagem tem passado por um verdadeiro “chacoalhão” para tentar buscar as melhores soluções para casos como esses. O escritório de São Paulo Valverde Advogados, especializado em Fashion Law – área nova do direito que engloba direito publicitário, de imagem, direitos autorais, entre outros, dá dicas de como se proteger e o que pode ou não acontecer, a partir do momento em que uma foto ou informação é compartilhada.

“A lei nos protege de atos relacionados à internet. Se for invasão do computador, podemos invocar a Lei 12737/12 (Lei Carolina Dieckamn). Além disso, a imagem é constitucionalmente protegida conforme artigo 5º inciso X da Constituição Federal, e o artigo 20 do Código Civil também protege a utilização indevida da imagem”, explica Michelle Hamuche, sócia do Valverde Advogados.

Compartilhamento de imagens

“Ao compartilharmos uma foto no Instagram, estamos automaticamente mais suscetíveis a utilização dessa imagem, já que muitos compartilham e comentam.

No entanto essas imagens não podem ser utilizadas para fins comerciais e ou para outros fins que não os que geraram sua divulgação.” explica Mariana Valverde, também sócia do mesmo escritório.

Racismo e Desrespeito

Ao encarar que sofreu racismo ou desrespeito em posts na internet ou mesmo deseja que uma foto sua seja excluída de um site de busca, o usuário pode fazer denúncia dentro da própria rede social; pode notificar a empresa responsável pela rede social para retirar a imagem ou o comentário de circulação.

É importante sempre gravar a URL através de print scream para facilitar a localização do infrator.

Há ainda mecanismos judiciais, para retirar ou abster o uso da imagem ou das palavras ofensivas.

“O ofendido ainda pode requerer a reparação de eventual dano sofrido. E na esfera criminal, pode o infrator responder também quando a conduta infratora gerar crime, tais como racismo, calúnia, difamação etc”

Segundo as advogadas, o mesmo procedimento cabe para casos em que usuários realizam montagens com imagens postadas.

Citando marcas e empresas

Muitos consumidores adoram reclamar nas redes. “Podemos citar marcas e empresas livremente em nossos comentários como a manifestação de opinião e demonstrar insatisfação. Porém, sempre há um limite, já que os comentários inverídicos ou que constituírem calúnia e ou difamação podem ser coibidos pela empresa.”, explica Mariana. “A empresa ofendida pode denunciar na rede social e solicitar a retirada dos comentários, assim como ingressar com medidas judiciais contra a pessoa, pleiteando inclusive danos morais, por abalo na imagem da marca/empresa. Há jurisprudências favoráveis neste sentido. Além disso as empresas podem tomar medidas no âmbito criminal. Há casos concretos onde pessoas chegam a perder emprego em função de ofensas e calúnias constantes do facebook.

A imagem dos famoso

O uso da imagens compartilhadas pelos famosos em seus perfis, se for para fins jornalístico, não há problema. “Mas o uso não pode ter finalidade caluniosa, difamatória ou mentirosa. Sempre tem que observar a autoria da fotografia, portanto, esta imagem, mesmo que para fins jornalísticos precisa ter autorização do fotógrafo ou citar o nome do fotógrafo ou a fonte”, explica Mariana. “A imagem não pode ser utilizada para fins comerciais sem autorização. A imagem é a fonte de renda de uma celebridade, portanto o uso sem autorização é proibido. Eles compartilham para divulgação e isso não autoriza a utilização comercial, apenas jornalística.”

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Exercício físico é eficiente no controle da pressão arterial

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2013 14:57:00

Obesidade, estresse, fumo, consumo de bebidas alcoólicas, sedentarismo, ingestão de sal e níveis altos de colesterol estão entre os principais fatores de risco da hipertensão arterial, doença que acomete, principalmente, homens e mulheres acima de 50 anos. Conhecida como uma doença silenciosa, a hipertensão quase não apresenta sintomas e, quando ocorrem, são vagos e comuns a outras doenças, como dor de cabeça, tonturas, cansaço, falta de ar ou enjoo. Dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão revelam que a pressão arterial elevada já atinge 30% da população adulta brasileira e está presente em mais de 50% das pessoas na terceira idade.
Apesar de ainda não ter cura, a pressão alta pode ser controlada e evitada com algumas mudanças de hábito. De acordo com o clínico geral e fisiologista do esporte João Pinheiro (CRM-SP 74.184), o exercício físico é um forte aliado para controlar a pressão. “Fazer exercício físico diminui o percentual de gordura, controla os níveis de colesterol e a diabetes, fortalece a estrutura óssea e muscular e melhora a condição cardiovascular do indivíduo. Mas as pessoas hipertensas devem fazer uma avaliação médica antes de iniciar qualquer atividade física”, explica.
A pressão arterial é a força com que o sangue é impulsionado contra as paredes das artérias. Ela pode aumentar ou baixar dependendo da sua idade, condições do coração, emoção, atividade e medicamentos que você toma. “Se a sua pressão estiver alta, não quer dizer que você seja hipertenso. É necessário medir a pressão arterial várias vezes, enquanto estiver descansando confortavelmente, por pelo menos cinco minutos, para confirmar o diagnóstico de hipertensão”, afirma o Dr. João Pinheiro.
Para que sua saúde se mantenha uniforme e sem qualquer tipo de problema é indicado que faça a medição da sua pressão arterial, pelo menos, uma vez por mês. “Quando a pressão arterial ultrapassa de forma consistente os 140/90 mmHg, considera-se que a pessoa tem pressão arterial alta”, afirma o médico.
Como medir a pressão arterial?
A verificação da pressão arterial deve ser feita no consultório médico por um cardiologista ou clínico geral, através do esfigmomanômetro, aparelho que tem a função de liberar a pressão para o sangue fluir. O médico também pode ouvir o fluxo no estetoscópio. “Caso a medida da pressão arterial seja muito alta, quer dizer que o coração está tendo que trabalhar muito, por causa das restrições nos canos, o que pode causar a hipertensão arterial”, acrescenta o médico.
Exercícios físicos aliados à saúde
Existem diversas maneiras de controlar a pressão arterial e uma delas é adotar um estilo de vida saudável e ativo. Manter uma alimentação balanceada, sem a ingestão de gordura saturada e sal, praticar exercícios físicos e evitar consumir bebidas alcoólicas é o primeiro passo. “A prática regular de atividades físicas pode ajudar no tratamento para hipertensão a base de remédio ou até mesmo suspendê-lo”, ressalta Pinheiro.
Os exercícios devem ser de intensidade moderada, de três a seis vezes por semana, em sessões de 30 a 60 minutos de duração. “A caminhada, corrida, natação, exercícios aeróbicos, alongamentos, bicicleta, yoga e hidroginástica são indicados para contribuir na redução da pressão sanguínea exercida sobre os vasos sanguíneos”, aconselha o médico fisiologista do esporte.
É importante evitar se exercitar sob o sol muito forte ou em locais muito abafados e quentes. Use uma roupa confortável e tênis com solados altos no calcanhar para diminuir o impacto com o chão. Não deixe de tomar água antes, durante e após o exercício, principalmente se o dia estiver quente. “Não faça exercício se estiver indisposto ou com dor de cabeça e cansaço intenso. Sempre que possível, verifique sua pressão antes de se exercitar e não faça atividade física se a pressão estiver acima de 16 por 10 (160/100mmm Hg)”, sugere o médico.
Lembre-se: não deixe de verificar a sua pressão arterial, principalmente se você tem histórico familiar de pressão acima de 140/90 mmHg. Procure orientação médica para começar a se cuidar e prevenir a doença.



Fonte- João Pinheiro (CRM-SP 74.184), clinico geral e fisiologista do esporte

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Descubra quais são as cirurgias plásticas que ajudam a perder medidas.

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2013 14:56:00

Você já apostou em dietas milagrosas que prometiam secar todas as gordurinhas em um curto tempo, deu duro na malhação, mas ainda não conseguiu o resultado desejado? Nesses casos, é possível contar com uma ajuda extra, além da alimentação balanceada e exercícios físicos. A solução para quem busca uma silhueta turbinada e remover as gorduras localizadas pode estar na cirurgia plástica.
Segundo o médico Luiz Eduardo Mendonça Pereira (CRM-114141), cirurgião plástico da Clínica Bertolini, a cirurgia plástica é indicada para as pessoas que se preocupam com o corpo e desejam uma boa forma. Geralmente, os homens e mulheres que estão interessados em perder medidas optam por métodos complementares a dieta e os exercícios físicos, como a cirurgia plástica. É um método eficaz e mais rápido, explica.
Entre as melhores cirurgias para perder medidas estão a lipoaspiração, a lipoescultura e a abdominoplastia. “Para remover a gordura localizada, a lipoaspiração é mais indicada. Lembrando que a técnica elimina apenas o tecido adiposo e, por isso, não é indicada para pacientes que apresentam flacidez de pele”, afirma.
Já a abdominoplastia irá remover o excesso de pele e de gordura do abdômen, além de restaurar a musculatura da região abdominal. “No procedimento cirúrgico de abdominoplastia, a pele flácida é retirada, deixando a barriga com o aspecto liso”, ressalta o médico.
Já a lipoescultura é uma técnica complementar da lipoaspiração e consiste em modelar o corpo removendo as gordurinhas indesejadas. A diferença é que na lipoescultura além de remover o excesso de gordura é transferir a gordura para outras regiões harmonizando o corpo, preenchendo sulcos, depressões e proporcionando maior volume, como por exemplo, nos glúteos. Geralmente o que é retirado na lipoescultura pode ser usado para ser enxertado em outras partes, como pernas, bumbum e sulcos do rosto. Como a gordura enxertada é proveniente do corpo do próprio paciente, não há rejeição.
Lipoaspiração, lipoescultura ou Abdominoplastia?
A escolha entre os três tipos de cirurgias depende das características de cada paciente e, principalmente, da opinião do cirurgião plástico. “É importante lembrar que, assim como qualquer procedimento cirúrgico, apenas médicos cirurgiões plásticos têm a permissão de realizar a lipoaspiração, lipoescultura e abdominoplastia. Além disso, é imprescindível escolher um local adequado, com todos os equipamentos médicos e estrutura necessários, para se submeter ao procedimento”, alerta Pereira.
Para acabar com suas dúvidas sobre cada um desses procedimentos, o cirurgião plástico esclarece como a técnica funciona e os resultados:
Abdominoplastia – visa corrigir alterações musculares, pequenos excessos de gordura e, principalmente, flacidez e “sobras” de pele
Para a retirada da gordura na abdominoplastia é feito uma incisão acima dos pelos púbicos para permitir a retirada da pele e de gordura. Depois desse procedimento, o cirurgião irá esticar a pele do abdômen superior até a cicatriz e suturar. Em seguida acerta a posição do umbigo, finalizando a cirurgia. “Nas primeiras semanas de pós-operatório, o paciente não deve realizar esforços físicos, pois existe o risco de abertura das suturas realizadas na musculatura. Depois desse tempo, gradualmente, o paciente vai voltando à sua rotina e notando os resultados”, aconselha o cirurgião plástico.
Lipoaspiração - é indicada quando a pessoa está próxima de seu peso ideal. Grandes volumes de gordura extraídos podem ser nocivos
O procedimento é feito com auxílio de uma cânula, um pequeno tubo de aço inoxidável. Ao ser inserido no corpo do paciente, através de incisões, suga toda a gordura indesejada para fora do corpo do paciente. No pós-operatório, o paciente deve evitar praticar exercícios físicos pesados, como levantar peso ou fazer longas caminhadas. O resultado definitivo da lipoaspiração pode ser notado após seis meses, porém, a partir do quarto mês o resultado obtido já é de 80%.
Lipoescultura - é o aperfeiçoamento da lipoaspiração e melhora a forma corporal
A técnica consiste na retirada da gordura do paciente por meio da lipoaspiração e é injetada novamente para modificar o contorno de certas regiões. A duração da cirurgia depende da quantidade de gordura e da área da remoção. Assim que a cirurgia acaba, o local é coberto com curativos. “Quem opta por esta técnica precisa estar com o peso em dia, com elasticidade e firmeza na pele e sem flacidez”, sugere o cirurgião plástico.
O pós-operatório é muito parecido com o da lipoaspiração. É indicado o uso de cinta elástica durante 45 dias, evitar esforço por pelo menos um mês e não molhar os curativos na primeira fase. Um início de resultado já é percebido por volta do primeiro mês e deverá esperar pelo menos até o final do terceiro ao quarto mês para alcançar a definição total do procedimento.
Em que casos a cirurgia não deve ser feita?
As principais contraindicações referem-se a casos de pacientes que tenham excesso exagerado de peso ou muita flacidez de pele. “Caso o paciente apresente condições clínicas inadequadas, o procedimento é desaconselhado”, conclui o cirurgião plástico Dr. Luiz Eduardo Mendonça Pereira.


Fonte- Médico Luiz Eduardo Mendonça Pereira (CRM-114141), cirurgião plástico da Clínica Bertolini

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Prêmio As Melhores Empresas para Estagiar 2012

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2013 14:55:00

Na terça-feira, 18 de abril, às 19h30, o CIEE anunciará as 36 vencedoras da sétima edição do prêmio As Melhores Empresas para Estagiar, promovido em parceria com a seccional paulista da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-SP) e a consultoria Toledo & Associados. A entrega dos prêmios será realizada, para convidados, no Espaço Sociocultural - Teatro CIEE (Rua Tabapuã, 445 – Itaim-Bibi, São Paulo/SP).

A pesquisa ouviu estagiários e executivos das cerca de 200 organizações privadas e públicas inscritas. A partir da tabulação e análise dos dados, foram identificados os melhores programas de estágio de 2012.

Contamos com sua presença e estendemos o convite para participar do coquetel, que será oferecido logo após a entrega dos prêmios.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Sucos podem ajudar a desintoxicar o organismo e combater anemias

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2013 14:51:00

Para liberar as toxinas acumuladas no corpo pela alimentação em excesso, pelo consumo de alimentos inadequados e até mesmo pelo estresse do dia-a-dia, a ingestão de sucos desintoxicantes é uma alternativa natural e bastante saudável.



De acordo com as nutricionistas da Risa Restaurantes Empresariais – empresa paranaense especializada na administração de restaurantes corporativos – estes sucos podem ser feitos a partir de frutas e vegetais frescos, que são ricos em fibras e excelentes fontes de nutrientes.



Eles têm como função a limpeza e desintoxicação de impurezas do organismo, facilitando ainda o funcionamento intestinal.



“Existem várias frutas e verduras com o poder de desintoxicar o organismo. Entre elas a maçã, laranja, cenoura, abacaxi, melão, tomate, beterraba, agrião, limão, mamão, couve, morango e muitos outros. Os benefícios dos sucos desintoxicantes para o organismo são diversos, entre eles o aumento de disposição, pele hidratada, melhor qualidade do sono, memória e lucidez, melhora no sistema imunológico ativo, resistência a gripes e resfriados, controle da hipertensão, etc. Além disso, eles também promovem um ótimo funcionamento intestinal e ajudam a tonificação de pulmões, rins e fígado”, explica a nutricionista Danielle Santos Nascimento.



Para divulgar as informações, a Risa, através do programa de Educação Nutricional Viva Melhor, realiza nas empresas clientes feiras de sucos. Nos eventos, as nutricionistas mostram diferentes receitas e explicam os benefícios de cada uma delas.



Para fazer sucos desintoxicantes é preciso usar uma centrífuga ou liquidificador para bater bem os ingredientes. Evite usar muita água, mas caso prefira, meio copo de água filtrada ou de água de coco já é o suficiente para deixar o suco mais cremoso. Prefira os sucos in natura e evite ao máximo açúcar e adoçantes.



Nas receitas de suco contra a anemia, a dica da nutricionista da Risa é sempre utilizar um alimento Fonte de Ferro associada a um alimento Fonte de Vitamina C. “As melhores fontes de ferro são as carnes vermelhas, mas seu consumo deve ser evitado mais do que três vezes na semana. Entre os alimentos de origem vegetal destacamos os folhosos na cor verde escura, exceto o espinafre. Além disso, se encaixam neste perfil as leguminosas, grãos integrais ou enriquecidos e o açaí”, explica Danielle. Já os insumos ricos em vitamina C são abacaxi, acerola, agrião, alface, laranja, goiaba, kiwi, couve, caju, morango, entre outros.


**Que tal fazer algumas receitas em casa?



Suco desintoxicante

-1 cenoura
-1 pepino (com casca)
-½ beterraba média e crua
-½ xícara de chá de talos e folhas de hortelã
-1 suco de limão e raspas da casca



Suco desintoxicante e digestivo

-1 xícara (chá) de abacaxi em cubos
-1 cenoura
-1 xícara (chá) de talos de erva doce
-1 suco de limão e raspas da casca



Suco desintoxicante e energético

- 4 cenouras
- 1 maçã
- Suco de 1 limão (sem casca)
- 2 laranjas
- 1 pedaço de gengibre

Contra a Anemia: Suco de laranja, agrião e maçã

8 laranjas

1 maçã com casca

4 galhos de agrião com talos

1 copo de água
Modo de preparo
Esprema as laranjas e reserve. Bata na liquidificador separadamente a maçã com água e depois o agrião com a água restante e coe. Junte os sucos e adoce se preferir.



Contra a anemia: Suco de couve

1 folha de couve, 1 copo de água, 1 maçã, suco de um limão.

Bata no liquidificador e beba em seguida (não deve ser coado).



Site: www.risarefeicoes.com.br

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
beth@eunanet.net
**Twitter @revistazap

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

OAB Tatuapé promoveu Audiência Pública sobre Segurança na Região Leste de São Paulo à exatamente 1 mês antes da morte do Jovem estudante morador do Bairro do Belém

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2013 14:48:00

A morte do jovem estudante universitário Victor Hugo Deppman, de 19 anos no bairro do Belém em São Paulo foi o estopim para uma problemática vivida principalmente na região leste de São Paulo: A Segurança Pública. A Ordem dos Advogados do Brasil sabendo desta problemática promoveu no dia 19 de março de 2013, ou seja, à exatamente 1 mês antes do jovem ter sido assassinado uma audiência onde moradores dos bairros do Belém, Tatuapé, Vila Formosa e outros bairros compareceram para debater a questão. Naquela audiência os problemas relacionados à Segurança foram debatidos, inclusive com reclamações sobre a falta de bases comunitárias no Belém e Tatuapé, iluminação pública e a falta de efetivos tanto da Polícia Civil quanto da Militar. A audiência reuniu representantes da 5ª Delegacia Secional, Subprefeitura e do Comando de Policiamento Militar CPAM11. Segundo o advogado e Presidente da OAB Tatuapé Leopoldo Luis Lima Oliveira, a região leste de São Paulo necessita do olhar atento por parte do Poder Público. Se o Belém possui problemas com a criminalidade, outros bairros também possuem como Tatuapé, Vila Formosa, Carrão e outros. A morte do jovem chocou os moradores e ficamos sensibilizados também com a família e a mãe do jovem que é advogada inscrita na Subseção, comenta o Presidente. Nos colocamos a disposição da família para o diálogo e também para implementar medidas institucionais na região. Estamos atentos e a instituição está dialogando com as autoridades para que medidas sejam realizadas urgentemente, conclui.

Após a audiência uma Nota foi publicada buscando transparecer a necessidade de medidas na região, através de um trabalho conjunto das autoridades, na busca pela melhoria da Segurança Pública. O bairro do Tatuapé está entre os bairros que mais cresce em São Paulo ladeado pelos bairros do Belém e Vila Formosa.

Para o Presidente da OAB Tatuapé a discussão em torno da redução da maioridade penal não resolve o problema da Segurança Pública. Leopoldo destaca que outras medidas devem ser realizadas para melhoria da Segurança através de um trabalho conjunto das autoridades, com inclusão de medidas inclusive no plano diretor da Prefeitura de São Paulo. O problema em torno da Segurança é multidisciplinar comenta.

**www.oabtatuape.org.br
**Leopoldo Luis Lima Oliveira – Presidente OAB Tatuapé
**OAB Tatuapé – Rua Santo Elias, 483 – Tatuapé – São Paulo

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações: OAB Tatuapé

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Atendimento do Poupatempo às vítimas das chuvas em São Sebastião já realizou mais de 900 serviços

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2013 14:45:00

Ação tem continuidade em Juquehy nesta quinta-feira


O Programa Poupatempo, gerenciado pela Secretaria de Gestão Pública do Estado de São Paulo iniciou em abril, uma ação em solidariedade às vítimas das chuvas ocorridas em São Sebastião.

Encerrando as atividades, a partir de hoje (11) até o próximo sábado (13), o programa atende aos moradores de Juquehy. Os funcionários prestam serviços na Escola Municipal Branca de Neve, que fica localizada na Rua Izidoro de Moraes, nº 671- São Sebastião. O horário de atendimento é das 10h às 15h.

Desde o dia 02, os servidores do Poupatempo Caraguatatuba fornecem aos cidadãos, os atendimentos de emissão de Carteira de Identidade (RG), Carteira de Trabalho (CTPS) e diversos serviços eletrônicos pelo e-poupatempo.

A ação já passou por Maresias, Cambury e Boiçucanga pertencentes às regiões afetadas no município, totalizando até o momento mais de 900 serviços gratuitos à população local.

Só em Boiçucanga, foram solicitados de 8 a 10 de abril, mais de 422 serviços entre eles, 281 para Carteira de Identidade (RG), 45 emissões de Carteira de Trabalho (CTPS), e 96 atendimentos do e-poupatempo.

Programa Poupatempo
O Poupatempo é um programa do Governo do Estado, coordenado pela Secretaria de Gestão Pública que, desde a inauguração do primeiro posto, em 1997, já prestou mais de 350 milhões de atendimentos. Atualmente conta com 32 unidades de atendimento instaladas na Capital, Grande São Paulo, litoral e interior.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Morbid Angel faz show no Cine Joia

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2013 14:42:00

São Paulo, abril de 2013 – No dia 23 de maio, quinta-feira, o Cine Joia recebe uma banda de destaque no cenário death metal mundial: Morbid Angel. Surgida na década de 80, na Flórida, a banda é liderada e idealizada por Trey Azagthoth e, apesar de ter passado por inúmeras formações, manteve o status de grande ícone do death metal. Os ingressos já estão à venda e os fãs podem adquirir o lote promocional por R$ 90,00.

A banda Morbid Angel estreou com o álbum “Altars of Madness” (1989) e chamou a atenção pela grande quantidade de energia e adrenalina presente ao longo das 10 faixas. Gravado no Morrisound Tampa Studios, o álbum atingiu a primeira posição na parada do Reino Unido Independente, conquistando ainda mais fãs do gênero musical ao redor do mundo.

A partir do sucesso do primeiro disco, a banda acumula uma discografia composta por oito álbuns, todos bem elogiados pela imprensa especializada e arrastando uma legião de fãs. “Covenant” (1993) é o terceiro disco, sendo considerado um verdadeiro marco para a comunidade underground. Apontado como um dos trabalhos mais obscuros e satânicos da carreira da banda, este disco representa um dos maiores lançamentos de uma banda de death metal, com mais de 150 mil cópias vendidas. Entre as faixas do terceiro disco está “God Of Emptiness”, que tornou-se videoclipe e inovou ao trazer uma guitarra de sete cordas. Com o objetivo de proporcionar um som mais grave, a banda foi a pioneira ao aderir a esse instrumento e aplicá-lo ao gênero extremo do metal.

Caracterizados pela criatividade e forte potencial para o sucesso, a banda acumula no currículo diversas turnês e festivais pela Europa. Com toda essa experiência, Morbid Angel chega ao Cine Joia, com a formação atual: Trey Azagthoth (guitarra e teclado), David Vincent (vocal e baixo), Peter Sandoval (bateria) e Destructhor (guitarra).

Morbid Angel @ Cine Joia
Quinta-feira, 23 de maio
Abertura da casa: 21h
Horário previsto do show: 23h30
Valores:
Lote promocional pista: R$ 90,00
Pista: R$ 120,00 (inteira)/ R$ 60,00 (meia-entrada)
Camarote: R$ 200,00 (inteira) / R$ 100,00 (meia-entrada)
Locais de venda:
• www.facebook.com/cinejoia na aba “Compre seu Ingresso” e cinejoia.tv/ingressos
• Cine Joia: Praça Carlos Gomes, 82 (segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 18h, e durante o final de semana, a bilheteria só abre em dia de show, 1h antes da abertura oficial da casa).

Cine Joia
Praça Carlos Gomes, 82 - Liberdade
www.cinejoia.tv
Telefone: 3231.3705/ 3131.1305
Capacidade: 1.300 pessoas
Cartões de crédito e débito: Visa, Mastercard, Diners, Elo e American Express
Possui área de fumantes e acesso a deficientes
Censura: 18 anos
Chapelaria: R$ 5,00
Serviço de vallet: R$ 25,00
O Cine Joia respeita a lotação máxima determinada por lei.

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
beth@eunanet.net
**Twitter @revistazap

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Club NME abre inscrições para escolha da banda de abertura do show do The Vaccines

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2013 14:42:00

A banda mais votada toca junto com os ingleses no dia 18 de maio em São Paulo

São Paulo, abril de 2013 – o Club NME abre as inscrições para escolher a banda de abertura do show dos ingleses do The Vaccines, que se apresenta no Grand Metrópole, em São Paulo, no dia 18 de maio, sábado. As inscrições poderão ser feitas diretamente pelo site do Club NME, no endereço: http://blog.clubnme.com.br/?p=11681

Para participar, é necessário preencher um formulário com uma breve descrição da banda, o link de uma música, preferencialmente no Soundcloud, e responder a pergunta: “Por que você quer abrir o show do The Vaccines?”. As bandas passarão por uma pré-seleção feita pelo Club NME e as cinco escolhidas irão para votação pública. As inscrições vão de 11 a 25 de abril e a votação acontece de 1º a 10 de maio. No dia 13 de maio, sai o anúncio do grande vencedor. A iniciativa surge dentro do costume do Club NME em promover grupos nacionais nos países em que está presente. Na primeira edição do ClubNME São Paulo, a banda Hatchets foi escolhida para abrir o show de Paulo Banks, realizado no Cine Joia em 14 de março.

The Vaccines, formado por Arni Arnason (baixo), Freddie Cowan (guitarra/ vocais), Pete Robertson (bateria) e Justin Young (vocais/ guitarra), lançou seu segundo álbum, The Vaccines Come of Age, em setembro de 2012. Produzido por Ethan Johns, o disco segue What Did You Expect From The Vaccines, lançado em março de 2011, responsável pelo sucesso meteórico da banda inglesa, indicado ao Brit Awards, MTV Awards, e vencedor do NME Awards.

O show do The Vaccines acontece no Grand Metrópole (Av. São Luis, 187 – São Paulo) e os ingressos podem ser adquiridos por R$ 180,00 (inteira) e R$ 90,00 (meia-entrada) pelo site www.ingressorapido.com.br. A casa abre as às 21h e o show está previsto para às 22h. Censura 18 anos. Outras informações em www.clubnme.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Caso Mércia Nakashima

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/03/2013 17:03:00

Mesmo com a afirmação do acusado: - "não matei ninguém, não devo nada", Mizael Bispo de Souza foi condenado e, reconhecido pelo Conselho de Sentença, (juri popular) como culpado pelo crime de assassinato da advogada Mércia Nakashima.

Pena do Acusado pelo assassinato da advogada Mércia Nakashima é de 20 anos de prisão em regime fechado, segundo sentença.
Decisão dos jurados foi prolatada no Fórum de Guarulhos.

O júri popular durou quatro dias e terminou por volta das 17h40 no Fórum de Guarulhos, na Grande São Paulo. O juiz Leandro Cano afirmou, na sentença, que o réu demonstrou "insensibilidade" e conduta "desprezível e repugnante".

Segundo o magistrado, Dr. Leandro Cano não foi - "amor", mas "delírio de posse" que levou ao crime. "Sentimento amor não faz sofrer. O instinto de propriedade, que é o contrário do amor, é que faz sofrer."

Mizael Bispo de Souza ouviu a leitura da sentença de olhos fechados, com as mãos unidas e voltadas para o rosto.

A irmã de Mércia, Cláudia Nakashima comemorou a pena aplicada, mas, em seguida chegou a passar mal, sendo amparada pelos familiares; já aparentemente cansada e nervosa, a mãe de Mércia, Dona Janete Nakashima, chorou bastante.


Ao final, o juiz Dr. Leandro Cano fez a leitura dos agradecimentos com a voz embargada.
Foram exatos quatro dias de júri no Fórum de Guarulhos (Grande SP).

Participaram do júri cinco mulheres e dois homens.

Quesitos respondidos pelos jurados:

** 1) No dia 23 de maio de 2010, em horário precisamente ignorado, mas certamente entre às 19h e as 21, no interior das águas do reservatório denominado por "represa Atibainha", próximo à rodovia Juvenal Ponciano de Camargo, antigamente conhecida como Estrada Velha Guarulhos-Nazaré, altura do km 51, bairro Cuiabá, município de Nazaré Paulista (SP), a vítima Mércia Nakashima veio a falecer por afogamento, conforme laudo de exame de corpo de delito nº 1.854/2010 - exame necroscópico (fl. 893/903)?

** 2) O réu Mizael Bispo de Souza concorreu para o crime acima descrito, na medida em que praticou todos os atos executórios descritos na denúncia?

** 3) O jurado absolve o acusado?

** 4) O crime foi cometido por motivo torpe, em razão da insatisfação com o rompimento do relacionamento amoroso?

** 5) O crime foi cometido com emprego de meio cruel, decorrente dos disparos efetuados em regiões não vitais do corpo humano, mormente com a nítida intenção de provocar na vítima sofrimento intenso e desnecessário?

** 6) O crime foi cometido mediante a utilização de recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima, consistente na dissimulação?


Às 17hs
Os sete jurados, cinco mulheres e dois homens, do júri popular de Mizael Bispo de Souza pela morte de Mércia Nakashima estão reunidos na sala secreta.

Eles devem responder a seis quesitos formulados pelo juiz Dr. Leandro Cano.


O Caso

O policial reformado e advogado Mizael Bispo de Souza, 43 anos, é julgado desde a segunda-feira (11/03/2013), no Fórum de Guarulhos (SP), pelo assassinato da ex-namorada, Mércia Nakashima, 28 anos. Mizael foi detido preventivamente no dia 24 de fevereiro de 2012 no presídio da Polícia Militar Romão Gomes, em São Paulo (SP).

Segundo a acusação do Ministério Público, o advogado teria atirado contra a ex-namorada e a jogado em uma represa em Nazaré Paulista, no interior paulista, depois que ela se recusou a reatar o relacionamento em maio de 2010. Mércia morreu afogada e o corpo só foi achado quase vinte dias depois, em junho.

Mizael responde por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima). O advogado se declara inocente e optou por fazer parte da própria defesa.

O júri popular de Mizael é o primeiro do Brasil a ser transmitido ao vivo pela TV, rádio e internet, segundo informou a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

Cronologia e Sumário do Caso Mércia Nakashima desde o início em:

Cronologia

Sumário dos acontecimentos ocorridos no Caso Mércia Nakashima nos links abaixo
Veja aqui o que já foi publicado sobre o Caso Mércia Nakashima
Marcio Nakashima encontra o corpo da irmã na água... Abalado e chorando muito a cena comove o País!
Acidente com irmão e Mãe da Advogada Mércia Nakashima em 24/01/2011
Acusados ainda estão foragidos em 18 de Janeiro de 2011
Caso Mércia Nakashima atualizado em 08.12.2010
Notícias 19.10.2010 Clique Aqui
Notícias dia 18/10/2010...
Setembro de 2010 – Laudo Pericial confirma morte por afogamento Mércia Nakashima
Manifestação em frente o Tribunal de justiça de São Paulo
Comunicado dos Familiares da Advogada Drª Mércia Nakashima
Grande Caminhada em prol de Justiça por Mércia Nakashima
Reconstituição do caso da advogada Mércia Nakashima
Quanto a revogação da primeira Prisão de Mizael Bispo
Clique Aqui e veja imagem ampliada
SP Dr. Olin delegado, acredita que mais de uma pessoa matou advogada
Acolhida a Denúncia do Ministério Público
carro de Mércia Nakashima, foi localizado
Rodrigo Merli Antunes, representante do Ministério Público, entendeu que a prisão dos acusados, se faz...
Mizael Bispo não compareceu a reconstituição
Negado o pedido de revogação da prisão preventiva de Mizael Bispo de Souza
Defesa apresenta abaixo assinado a favor de Mizael Bispo, causando Surpresa e Indignação - Atualizado de Agosto de 2011
Sem datas, Previsões, nem Prisões, Caso Mércia Nakashima, ainda permanece em Aberto

Da Redação Revista zaP!
Edição, Diagramação, Publicação e Divulgação:
Por: Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@eunanet.net


Saiba mais sobre os fatos aqui

**

Elizabeth Misciasci

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

BBB 13: Fernanda joga bebida na cara de Nasser e leva bronca de André

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/03/2013 14:13:00

A festa Malandra, que agitou o “Big Brother Brasil 13” na madrugada desta quinta-feira, foi marcada por barracos. Tudo começou quando Fernanda resolveu jogar sua bebida na cara de Nasser para “acordá-lo para a vida”. O gaúcho não gostou nada disso, mas foi de André que a advogada levou o maior puxão de orelha.

O vendedor estava sentado, quando foi surpreendido pela loura. “Acorda, Nasser. Vou jogar o copo na sua cara. Quer que eu jogue para você acordar?”. O gaúcho balançou a cabeça negativamente, mas Fernanda já estava decidida. Ela se distanciou e mandou bala. André, que viu a cena de longe, foi repreender a amada. “Tá louca, Fernanda? Você precisa fazer isso? Vem cá e pede desculpa! O que é isso?”, lançou o brother.

A advogada logo se recompôs, pediu calma e disse que pediria desculpas. Ao ver a sister se aproximando, Nasser se antecipou: “Tá tudo bem”. Mas ela foi atrás dele: “Nasser, me desculpa, viu?”. “Não tem problema”, disse o gaúcho.

Sobrou para Andressa

Quando a confusão parecia resolvida, Nasser resolveu tirar satisfações sobre o ocorrido com Andressa, que não entendeu nada. “Por que você está bravo comigo?”, perguntou a morena. O gaúcho disparou: “Não é a primeira vez... Aliás, é a segunda vez que eu levo um copo de cerveja na cara... E você simplesmente não me deu bola. Estou falando que não gostei”. Incrédula, a paranaense questionou de novo: “O que é que eu tenho a ver com isso?”. Então o brother amenizou a fala: “Eu estou falando que você é a única pessoa que poderia me acolher”.

Fonte: BBB13 Oficial

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Quando você quer ter um bebê e seu companheiro não

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/03/2013 09:13:00

Não é fácil um casal ter afinidades em tudo. Isso mostra o quanto é difícil os relacionamentos darem certo. Às vezes um se interessa por uma coisa e o outro não; um tem um ritmo lento enquanto o outro é mais acelerado. A mulher gosta do dia enquanto o companheiro é notívago, ela é falante, ele é tímido. E as diferenças existem, assim como as divergências, e no assunto “filhos”, elas acontecem também.
Observo muitos casais em conflito pela dificuldade que apresentam no tocante à simples decisão de ter um filho. Percebo que, para muitos, fazer essa escolha não é fácil nem simples.
Cada pessoa tem um estilo de vida e uma personalidade, que incluem também os desejos e aspirações em relação ao outro e, em muitos casos, a existência de um terceiro elemento, como a chegada de um filho ou até mesmo a gestação, pode ser a causa de muita angústia.
Percebo a ansiedade de muitas mulheres em relação ao parceiro que não manifesta interesse em relação ao desejo de ter filhos ou até verbaliza a falta de vontade de tê-los.
O que cada um nesse momento precisa fazer é tentar ficar atento ao que um filho representa para sua vida e o que mobiliza internamente, incluindo dúvidas, medos, ansiedade e angústias.
Antes de mais nada, considero importante que cada um tente entrar em contato com aquilo que espera para sua vida – e todos nós sabemos que decidir ser pai ou mãe, pode ser algo muito importante ou até muito distante para algumas pessoas. É necessário observar que expectativas elas colocam em relação à maternidade ou paternidade.
As mulheres, diferentemente dos homens, têm um prazo para decidirem ser mães, considerando que sua vida reprodutiva termina entre os quarenta e cinquenta anos e, quanto mais o tempo passa, maiores são as chances de se distanciar a concretização desse desejo. Todos sabem o quanto a posição delas no mercado de trabalho, contribui para o atraso da maternidade, mas nem sempre é possível encontrar o parceiro ideal no momento em que desejam ser mães.
Muitos homens se assustam com a dependência de um bebê, e com as responsabilidades de ser pai, incluindo-se nelas também o fato de serem obrigados a provê-los emocional e materialmente por muito tempo. Para alguns isso pode ser motivo até de crises de ansiedade e depressão, além do surgimento de outros sintomas secundários.
A existência de um bebê pode mobilizar questões muito primitivas e profundas nas pessoas, estejam elas conscientes ou não disso. E nem sempre o outro, nesse caso o parceiro, é capaz de compreender o que está ocorrendo com seu companheiro.
Uma conversa franca é sempre importante, para que cada um possa se colocar e deixar claro o que espera para si e para a relação que está vivendo com aquela pessoa. Às vezes é difícil vivenciar sozinho essas situações, e é para isso que existem os psicólogos, que podem contribuir muito para a compreensão e percepção de muitas questões.



Fonte- Psicóloga Cynthia Boscovich

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Irritação Estomacal: descubra os fatores que desencadeiam queixas gastrointestinais na gestação.

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/03/2013 09:12:00

Durante a gravidez, é natural a mulher apresentar dispepsia, nome técnico dado à indigestão alimentar, um tipo de desconforto que acomete a região superior abdominal. “Essa é uma reclamação comum durante a gestação, em especial, nos primeiros três meses, pois é uma fase em que ocorrem muitas alterações hormonais no organismo feminino”, explica o médico e cirurgião geral Sérgio Barrichello (CRM-111.301), da Clínica Healthme gerenciamento de perda de peso.
Nessa fase, náuseas e vômitos são comuns, e recebem uma denominação específica: hiperêmese gravídica. A mulher também pode ficar mais intolerante a alguns alimentos. “A necessidade nutricional sofre mudanças e o estômago pode ficar mais sensível a determinados nutrientes. No entanto, isso tende a diminuir a partir do quarto mês de gestação”, diz Barrichello.
A má digestão pode provocar sintomas como desconforto (e até mesmo dor) abdominal, empaixamento e náuseas. Embora seja algo considerado comum nos primeiros meses de gravidez, é importante comunicar o problema ao obstetra. Além disso, fatores psicológicos como estresse, ansiedade e até depressão podem desencadear indisposiçao estomacal.
O refluxo gastroesofágico - retorno do suco gástrico para o esôfago – acomete cerca de 50% das gestantes. “Isso acontece mais no primeiro e terceiro trimestre gestacional, por motivos diferentes, causando azia e regurgitação”, explica Barrichello. Segundo ele, nos primeiros três meses, o problema se dá pela alteração hormonal que relaxa a musculatura inferior do esôfago propiciando o refluxo e, no último trimestre, volta a acontecer devido ao aumento da pressão abdominal “Nessa fase, as dimensões do útero e do bebê são maiores e podem causar este desconforto”, acrescenta.
A influência hormonal
Na gestação, há uma elevação na produção de hormônios femininos. Por isso, é natural as gestantes sentirem alteração no apetite. “Logo no início da gravidez, ocorre uma redução dos níveis de aminoácidos e glicose provocando alterações metabólicas. As náuseas matinais podem ser justificadas devido a essa oscilação hormonal”, garante.
Outra característica é que a placenta produz uma elevada quantidade de progesterona e isso prolonga o esvaziamento gástrico. “Nessa fase, é natural o tônus e o movimento do trato gastrintestinal diminuir”, afirma o médico.


Fonte- médico e cirurgião geral Sérgio Barrichello (CRM-111.301), da Clínica Healthme gerenciamento de perda de peso, que também é endoscopista do (HC-FMUSP) e especialista em emagrecimento


Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cinco sinais indicam que a gestante está em trabalho de parto

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/02/2013 20:47:00

Tem gestante que sente exatamente quando a hora em dar à luz está chegando. No entanto, há quem confunda o estágio inicial do trabalho de parto com sintomas como gases, azia, dor lombar, indigestão ou diarreia. Por isso, compreender as diversas mudanças que ocorrem no corpo de uma grávida e os sinais que indicam que o nascimento do bebê está próximo pode ajudar a mulher a se preparar para o parto e ter uma experiência saudável ao dar à luz.
Segundo Erica Mantelli (CRM 124.315), ginecologista e obstetra, o trabalho de parto ocorre, gradualmente, podendo levar horas e até dias, até que a gestante perceba que as sensações fazem parte do início do nascimento do bebê. “À medida que o parto se aproxima, o corpo da gestante sofre mudanças e, uma delas, é a eliminação do tampão mucoso pela vagina. É uma secreção gelatinosa branca que pode ter um pouco de sangue e ficar avermelhada ou marrom. O tampão mucoso está associado ao afinamento do colo do útero e início da dilatação. Isso pode ocorrer dias antes das contrações começarem”, explica.
É importante destacar que ao entrar em trabalho de parto, a gestante sente contrações no abdome e nas costas que vão se tornando dolorosas, frequentes e intensas. A partir do sétimo mês já é possível sentir algumas contrações uterinas, porém são mais fracas, rápidas e demoram para se repetir, diferentemente das contrações do trabalho de parto. A melhor maneira de se certificar de que essas contrações sinalizam o início do trabalho de parto e, não um alarme falso, é cronometrá-las. “Marque os horários em que as contrações começam e quanto tempo duram, monitore-as por duas horas. Se ela não avançar ou der uma pausa, comece a cronometrar novamente para notar se houve alguma mudança. As contrações merecem mais atenção quando tiver duração de 30 segundos com intervalos de cinco minutos entre elas”, detalha a ginecologista.
O trabalho de parto é diferente em cada mulher. Algumas gestantes notam os sintomas rapidamente, enquanto outras demoram a sentir contrações. Para aquelas que estão passando pela situação pela primeira vez, o trabalho de parto costuma durar até 16 horas. Já na segunda gestação esse período fica em torno de 7h ou 8h. “A dor e o cansaço sentido no trabalho de parto também variam entre as gestantes. Por isso, é importante a futura mamãe não criar expectativas a partir de comentários de outras gestantes”, diz a médica.
Identificar os principais sinais do trabalho de parto serve de alerta e ajuda a grávida a perceber se é o momento certo de ir para o hospital. A seguir, os principais sinais que indicam o começo do trabalho de parto:
1 -Colo do útero
O colo torna-se cada vez mais fino, amolecido, e dilata em até 10 centímetros. “Essa mudança do colo do útero pode ser comprovada por meio do exame de toque feito pelo obstetra”, ressalta a ginecologista. Para diagnosticar trabalho de parto o colo tem que estar mais fino e acima de 3 - 4 cm de dilatação. Durante o trabalho de parto a dilatação aumenta cerca de 1 cm por hora.
2 -Contrações
Elas acontecem em intervalos regulares e, cada vez menores, tornando-se mais longas e intensas. A gestante deve ficar atenta para não confundir as contrações de trabalho de parto com as de Braxton Hicks. “É normal sentir dificuldade na hora de diferenciar uma contração verdadeira do alarme falso. As contrações que não dilatam o colo uterino são conhecidas como trabalho de parto ‘falso’. Já as verdadeiras são mais demoradas, fortes e têm intervalos menores entre elas”, diz Erica Mantelli. Durante o trabalho de parto as contrações duram em média 30 – 40 segundos, com frequência de 2-3 a cada 10 minutos.
3 -Dores no corpo
A gestante sente uma dor constante na parte inferior das costas ou no abdome, ficando mais forte conforme aumenta a dilatação.
4 -Saída do tampão mucoso
No final da gestação, o colo começa a dilatar e ficar fino, causando a perda do tampão mucoso. A partir disso, a mulher irá notar a saída de uma secreção de muco amarronzado ou avermelhado. “Isso mostra que o trabalho de parto está se aproximando. Geralmente, a gestante entra em trabalho de parto após ocorrer a saída dessa secreção”, afirma Erica Mantelli.
5 -A bolsa rompeu
Isso indica a ruptura das membranas conhecida como bolsa d’ agua, onde fica o líquido amniótico. “Quando a bolsa se rompe, a gestante não sente dor, apenas a sensação de uma água morna escorrendo pelas pernas, podendo ser confundido com urina. A diferença é que o líquido amniótico é transparente como água, e em algumas situações pode estar esverdeado (se o bebê tiver evacuado, podendo ser sinal de sofrimento fetal). Normalmente, a mulher perde meio litro de água, mas a quantidade depende se a bolsa rompeu por completo. Em casos de rupturas altas, a perda de líquido pode ser pequena, apenas suficiente para umedecer a calcinha, sem escorrer”, explica a ginecologista.
Qualquer perda de líquido deve ser avaliada pelo obstetra, para identificar se não é líquido amniótico ou corrimento vaginal. A coloração do líquido amniótico é muito importante para demonstrar se o bebê está bem ou não, então procure médico o quanto antes.
Vale destacar que nas últimas semanas de gestação, é comum ocorrerem contrações irregulares e indolores, sem que isso signifique o início do trabalho de parto.
Quando é hora de ligar para o médico?
Não hesite em ligar para o obstetra ao notar qualquer mudança, contração frequente, perda de líquido ou sangramento, principalmente se for antes de completar a 37ª semana de gestação. É importante tirar todas as dúvidas em relação às contrações para identificar se a hora do parto está próxima. “Alerte seu médico ao sentir um aumento na pressão pélvica, apresentar sangramento vaginal e/ou secreção abundante ou notar diminuição acentuada no nível de atividade do bebê”, alerta a médica. A gestante deve ir ao hospital quando as contrações durarem 30 segundos ou mais, com cinco minutos de intervalo entre elas por, pelo menos, uma hora.


Fonte- Ginecologista e Obstetra Erica Mantelli CRM 124.315

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Gastrite Nervosa na Gestação: Descubra como tratar sem prejudicar o bebê

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/02/2013 20:46:00

A gastrite é uma inflamação da mucosa do estômago que, geralmente é causada pelo aumento da acidez do estômago. Pode ser desencadeada por questões emocionais como ansiedade e estresse. Durante a gestação, é importante atentar-se aos sintomas e à regularidade com que acontecem, pois quanto antes ocorrer o diagnóstico, mas fácil e rápido é o tratamento. “O médico pode prescrever medicamentos para diminuir a secreção do ácido produzido pelo estômago e indicar alterações no cardápio da grávida”, diz o médico Sérgio Barrichello (CRM-111.301), da Clínica Healthme gerenciamento de perda de peso, que também é endoscopista do (HC-FMUSP) .
Ele explica que a gastrite pode se manifestar durante a gestação por meio de perda do apetite, náuseas, vômitos associado a dor e queimação na boca do estômago. “Isso acontece devido às mudanças hormonais e também devido ao crescimento do útero que pressiona o estômago ocasionando o retorno do conteúdo gástrico para o esôfago”, informa. De acordo com o médico, a elevação do nível de progesterona causa o relaxamento da musculatura que separa esôfago do estômago. “A partir disso, os ácidos gástricos sobem para o esôfago causando a sensação de azia e opressão torácica”, completa.
O médico garante que tais sintomas podem surgir durante toda a gestação, sendo mais frequente nos últimos meses. “É essencial que a gestante adquira hábitos saudáveis para ajudar a evitar o problema”, fala Barrichello. E entre estes hábitos, Barrichello destaca:

• Não ingerir grande quantidade de comida antes de dormir.

• Realizar seis refeições diárias fracionadas e em pouca quantidade

• Cortar condimentos e frituras.

• Mastigar bem os alimentos e não beber líquidos durante a refeição.

• Evitar ingerir café, bebidas gaseificadas ou achocolatados no período noturno.

• Fazer uma caminhada leve após cada refeição para ajudar no processo digestivo.

Medidas para evitar o problema
Além de investir em uma boa alimentação e na prática de exercícios físicos, outra questão importante é a posição durante o sono, pois isso pode interferir nos sintomas do refluxo. “O ideal é que a gestante durma em uma posição de modo que a cabeça fique mais alta que os pés, para aliviar a sensação de azia e queimação”, ensina. A futura mamãe também deve usar roupas largas e confortáveis que não apertem a cintura e o estômago.
Medicações anti acidas melhoram bastante os sintomas mas vale destacar que tais cuidados podem aliviar o problema, mas o médico obstetra deve ser notificado sobre tais sintomas, pois ele irá oferecer recomendações específicas para sua paciente”, finaliza o especialista.



Fonte- Médico cirurgião geral Sérgio Barrichello (CRM-111.301), da Clínica Healthme gerenciamento de perda de peso.
www.healthme.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Implante hormonal – aliado da saúde da mulher

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2013 10:35:00

* Dra Denise Coimbra



Os Implantes Hormonais são bioidênticos, ou seja, são iguais aos hormônios produzidos pelo próprio organismo, na estrutura molecular. O implante hormonal é um método anticoncepcional seguro, com duração variável de seis meses, um ano ou três anos - todos reversíveis e de fácil colocação no consultório médico, indolor, não restringi a atividade física ou a exposição ao sol e é praticamente invisível, pois é colocado sob a pele e ninguém percebe o seu uso.

Existem indicações específicas em termos de contracepção e tratamento ou prevenção de doenças para o uso do implante.

condição 1: a menina tem um amadurecimento fenotipico (aparência externa) precoce como: altura, desenvolvimento mamário, curvas e até interesse sexual e, este fato, pode não ser coincidente com o seu amadurecimento emocional e psicológico e, por isso, cabe aos pais interferirem num método contraceptivo seguro e não passível de esquecimento ou falha. Neste caso, o recomendado são os implantes de duração de três anos, até que a menina tenha maturidade suficiente para fazer a própria escolha do método.

condição 2: a adolescente tem fortes cólicas ou acentuada TPM, que pode interferir com a sua vida social e intelectual, por isso deve tratar a patologia com implantes de seis meses (que suprimem a menstruação) ou de um ano (com ciclos regulares). Amenizando os desconfortos e, na maioria das vezes, acabando com a TPM.
condição 3: período pós-parto com ou sem amamentação, voltando ou não a menstruar, com método seguro contra gravidez.

condição 4: mulheres com patologias prévias de: miomas, endometriose, adenomiose em que o uso de implantes de elcometrina ou gestrinona, além de anticoncepcionais, tratam a doença possibilitando que a mulher adie a maternidade sem risco de perda uterina ou várias cirurgias prévias para manutenção de sua fertilidade.

É importante que a mulher converse com seu ginecologista sobre os implantes hormonais, tire suas dúvidas e siga as orientações. Você deve ser feliz, ter uma vida sexual prazerosa e qualidade de vida. Nenhuma mulher precisa sentir dor com o avanço da medicina.



* Dra Denise Coimbra é ginecologista e obstetra – www.dradenisecoimbra.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Dicas de cirurgia plástica na terceira idade

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2013 10:32:00

Eles estão mais ativos e muito mais vaidosos. Os integrantes da terceira idade perderam o medo de hospitais, salas de cirurgias e de agulhas. E fazem de tudo para acabar com os desconfortos estéticos, inclusive se submetem a vários procedimentos cirúrgicos.
Segundo o médico Luiz Eduardo Mendonça Pereira (CRM-114141), cirurgião plástico da Clínica Bertolini, as principais queixas dessa nova geração de pacientes são a flacidez, excesso de pele, rugas e o acúmulo de gorduras acarretadas pelo envelhecimento.
“Cirurgias plásticas como ritidoplastia (correção de rugas e flacidez facial), blefaroplastia (retirada dos excessos pele e gordura nas pálpebras), lipoaspiração (remoção do acúmulo de gordura corporal), ptose mamaria (flacidez da mama), além de tratamentos de pele (rejuvenescimento cutâneo) estão entre os mais requisitados por pessoas com idade superior a 60 anos”, explica o cirurgião plástico.
Os riscos de uma intervenção cirúrgica em idade avançada já não são grandes como antigamente, atualmente com a evolução das medidas anti-evelhecimento e estabilização dos níveis hormonais, os pacientes da terceira idade pode submeter-se a cirurgias com muito mais segurança. Os recursos anestésicos e os equipamentos como o laser proporcionam uma segurança e recuperação adequada aos pacientes.
Todas as pessoas quem pretendem fazer algum procedimento cirúrgico devem realizar uma bateria de exames para identificar qualquer alteração na saúde, que possam interferir na cirurgia, como hipertensão, diabetes ou problemas cardiovasculares.
"Antes de iniciar qualquer cirurgia, o paciente deve ser cuidadosamente examinado e avisado sobre os riscos. Em decorrência do desgaste que as células sofrem com o tempo, a pessoa pode apresentar problemas ocultos, como o acúmulo de gordura nos vasos, que pode gerar uma obstrução”, alerta o cirurgião plástico, Dr. Luiz Eduardo Mendonça Pereira.
Cirurgias plásticas depois dos 60 anos
Quando se trata de melhorar o aspecto da flacidez, rugas e sulcos proeminentes, o cirurgião plástico Dr. Luiz Eduardo Mendonça Pereira indica a ritidoplastia. Esse procedimento cirúrgico procura diminuir a flacidez e atenuar as rugas da face e do pescoço, assim como remover os excessos de pele e gordura localizada nestas áreas, dando ao rosto uma aparência mais rejuvenescida.
Para os homens da terceira idade, a cirurgia mais requisitada é a correção das pálpebras, que elimina a pele e as bolsas de gordura ao redor dos olhos.
A lipoaspiração na terceira idade deve ser realizada com muito cuidado, por causa da capacidade de retrair a pele. O paciente que deseja submeter à lipoaspiração deve apresentar uma qualidade da pele adequada, pois sem elasticidade, pode ocorrer uma flacidez da área lipoaspirada.
O excesso de gordura, flacidez e fraqueza muscular do abdome pode ser resolvido com a abdominoplastia que também é uma alternativa, principalmente para as mulheres que desejam melhorar o contorno da silhueta.
Os tratamentos estéticos como luz intensa pulsada, laser fracionado, peelings químicos e, até mesmo, preenchimentos, são os procedimentos mais adequado para quem está em busca do rejuvenescimento, sem a intenção de passar por um procedimento cirúrgico. Os peelings, por exemplo, estimulam a reorganização e produção de fibras de colágeno, induzindo a pele a um aspecto mais firme e saudável.
Cuidados
Nesta idade as pessoas são mais propensas a terem diabetes e hipertensão, por isso, é importante manter uma atenção redobrada na escolha do seu cirurgião e nos exames pré-operatórios.
“É importante o paciente fazer uma avaliação pré-anestésica com o intuito de avaliar se existe alguma alteração que possa comprometer a segurança e a saúde do paciente”, orienta o cirurgião plástico.


Fonte - Médico Luiz Eduardo Mendonça Pereira, Cirurgião Plástico da Clínica Bertolini - (CRM 114141)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

10 Mitos e Verdades sobre Superdotados

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2013 10:31:00

Quando pensamos em um superdotado pensamos em um menino, de classe média alta, magrelo e míope. Imaginamos uma grande habilidade intelectual, excelentes notas e um futuro brilhante. Certo? Mas será que é por aí? Conversamos hoje com o Neurologista Leandro Teles (formado e especializado pela USP) para identificar o que é MITO e o que é VERDADE em relação às pessoas com elevada habilidade cognitiva. Leia e surpreenda-se.
1- A Superdotação é um fenômeno raro.
MITO. Ocorre em cerca de 5 % da população! Uma a cada vinte pessoas é superdotada. Muitas dessas escondidas por aí, sem que ninguém saiba de sua habilidade especial. Consideramos superdotado (ou portados de alta capacidade) aquele que apresenta uma ou múltiplas habilidades intelectuais inequivocamente acima da média (não podendo explicar essa superioridade apenas por estudo ou treinamento).
2- Existem Superdotados de ambos os sexos e todas as classes sociais
VERDADE. A superdotação é um fenômeno democrático. Ocorre em todas as culturas, épocas, etnias, sexos e classes sociais. No entanto, em família com maior poder aquisitivo a percepção da habilidade, assim com a utilização dela é superior, dando a falsa impressão que ela ocorre mais entre as classes sociais A e B. Aliás, o estereótipo do magrelo de óculos também é errôneo. Existem superdotados gordinhos, fortes, cabeludos, altos, baixos, como ou sem miopia, etc...
3- As pessoas superdotadas têm elevado Q.I.
MITO. Os testes de Q.I. são limitados na captura dos superdotados. Isso, pois avaliam apenas alguns aspectos da cognição e habilidades mentais humanas. Alguns superdotados têm fantástica habilidade artística, esportiva, social, criativa, não abordada nesse tipo de testagem. Pessoas com alta pontuação em testes como esse têm uma boa chance de ser um superdotado intelectual, no entanto o rendimento normal no teste não afasta com segurança essa possibilidade. O teste mostra muitos falso-negativos (pessoas brilhantes em determinados aspectos que tiram notas dentro da média). Por isso identificamos um superdotado pelo seu histórico, sua habilidade, pela opinião de familiares e professores, etc...
4- “Superdotado” e “gênio” são coisas diferentes.
VERDADE. Superdotado é quem tem uma capacidade específica ou múltipla superior, já o gênio é aquele que conseguiu dar uma contribuição grandiosa para a humanidade. São coisas bem diferentes. Um tem um grande potencial, outro tem uma grande realização. Muitos superdotados não são gênios, pois não tiveram oportunidade ou engajamento suficiente, por exemplo. Da mesma forma, existem gênios superdotados e não superdotados, pois muitas realizações grandiosas são frutos de perseverança, doação ou mesmo sorte.
5- Superdotados são sempre bons alunos.
MITO. Alguns são excelentes alunos, outros medianos, outros alunos ruins. Isso se explica pois, muitas vezes, falta estímulo específico, o aluno sente-se desmotivado e pode até considerar a escola comum entediante. Alguns superdotados têm dificuldade de seguir regras, podem se sentir diferentes do grupo e manifestar certa vulnerabilidade social. Tudo depende do caso, de que tipo de habilidade está em destaque. As matérias e o método de pontuação (nota) muitas vezes não contemplam o diferencial intelectual daquele aluno especificamente. O aluno com alta capacidade precisa frequentemente de apoio pedagógico diferenciado para atingir todo desenvolvimento de seu potencial peculiar. Por isso é fundamental a identificação desse aluno e do suporte escolar personalizado.
6- A grande maioria deles tem um futuro brilhante.
MITO. O que chamamos de “futuro brilhante” é fruto de várias variáveis, não só de uma capacidade mental acima da média. De modo geral, a vantagem intelectual tende a levar as pessoas para boas universidades, bons empregos, grandes realizações, etc. Mas não ocorre sempre assim... Muitos talentos são pouco reconhecidos e muitas pessoas, infelizmente, não tem oportunidades, não são bem aconselhadas ou mesmo não tem sorte de estar no lugar certo na hora certa. Quantas pessoas você conhece com uma capacidade subaproveitada por estar no emprego errado? E se o Messi nascesse em uma aldeia indígena tradicional e nunca tivesse visto uma bola de futebol? Sucesso depende de uma junção complexa de ocorrências aonde a inteligência e talento são apenas parte do processo.
7- Superdotados podem ser muito ruins em determinadas atividades intelectuais.
VERDADE. A superdotação exige algum aspecto acima da média, não precisam ser todos. Em alguns casos a pessoa pode ser brilhante em alguma coisa e péssima em outras. Tem autista, por exemplo, com franca dificuldade social que apresentam imensa habilidade de memória, ou numérica, ou para desenho, chamamos de síndrome de Asperger (autismo de alto funcionamento). Os desvios do desenvolvimento ocorrem para mais (superdotação) e podem ocorrer para menos (deficiência), sendo que o processo pode coexistir na mesma pessoa. O que os superdotados têm de forma mais ou menos semelhante é muita curiosidade, certa dose de independência intelectual e precocidade (desenvolvem habilidades antes de outras crianças).
8- O cérebro deles é maior.
MITO. O tamanho do cérebro não tem, de modo geral, relação direta com o grau de inteligência. Oque ocorrem são redes funcionalmente superiores, modalidades mais e melhor integradas, comunicação mais eficiente e arborizada entre neurônios, gerando maior velocidade de informação, melhor estratégia, melhor percepção de variáveis, melhor capacidade de percepção antecipada de resultados, etc... A inteligência é resultado final dessas e de outras inúmeras capacidades do cérebro humano.
9- Podemos identificar um superdotado antes da fase escolar.
VERDADE. Crianças intelectualmente superdotadas mostram muito interesse e curiosidade. Desenvolvem soluções criativas e surpreendentes. São focadas (quando gostam de determinada tarefa), tem memória boa, são geralmente precoces em alguma modalidade do desenvolvimento, tem vocabulário geralmente diferenciado, etc... Agora, temos que tomar cuidado no julgamento e na condução do desenvolvimento. Muitas crianças ditas “precoces” acabam se nivelando à população média com o passar dos anos. O mesmo pode ocorrer com os ditos “atrasados”, que podem ultrapassar a população média. Outro risco, é em estimular demais crianças com predisposição a superdotação e transformá-las em pequenos adultos, ou gerar deficiências pelo super-treinamento de determinada modalidade em destaque. Com crianças temos que ter, acima de tudo, bom senso no diagnóstico e na forma de condução.
10 – A superdotação é, em grande parte, genética.
VERDADE. A inteligência é fruto do nosso código genético e de fatore ambientais, como a nutrição, ocorrência de exposições nocivas na fase de desenvolvimento, etc... A inteligência apresenta 80 % de semelhança entre gêmeos idênticos e cerca de 40-50% entre gêmeos não idênticos. Isso significa dizer que há um grande componente do código genético, mas também há 20 % de questões ambientais envolvidas. Quando digo que é genético não estou falando que necessariamente é herdado dos pais! O código genético da criança é um misto do código do pai e da mãe e podem ocorrem algumas mutações durante o processo de passagem. Por isso, temos pais superdotados com filhos dentro da média e também filhos superdotados de pais com cognição mediana.


Fonte – Neurologista Leandro Teles (CRM 124.984) – www.leandroteles.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cuide de suas pernas e evite as três patologias que mais as afetam

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2013 10:30:00

Dores e inchaços nas pernas ao final do dia são queixas frequentes, principalmente quando acompanhadas de queimação e formigamento. Tais sintomas podem ser um sinal de alerta para problemas no sistema circulatório.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças venosas comprometem cerca de 17% da população, sendo a maioria mulheres devido às questões hormonais. Apesar de a hereditariedade ser um fator inalterável, a prática de atividade física e hábitos alimentares saudáveis podem estagnar e até retardar o aparecimento de doenças que comprometem o aspecto das pernas.
De acordo com o angiologista Ary Elwing (CRM-22.946), especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser, quando as pessoas se queixam da sensação de peso e cansaço nas pernas geralmente referem-se às alterações do retorno venoso. “Problemas no sistema circulatório é hereditário, porém obesidade, sedentarismo ou quem permanece muito tempo em pé ou sentado, faz força excessiva e o uso de hormônios femininos, incluindo os anticoncepcionais, são fatores que podem desencadear alguma doença venosa”, explica.
O sistema circulatório que compreende o sangue, o coração e os vasos sanguíneos é responsável pelo fornecimento de nutrientes e de oxigênio para as células e tecidos corporais. “Qualquer transtorno pode causar complicações sérias à saúde, que podem variar de uma doença leve a uma condição ameaçadora”, destaca o angiologista.
Conheça os três vilões que podem alterar o aspecto da perna e provocar uma série de danos:
Insuficiência venosa
As varizes são inimigas das pernas e é caracterizada pela dificuldade de retorno do sangue das pernas ao coração, provocado pela falha das válvulas venosas que dirigem o fluxo sanguíneo nesse sentido. As varizes podem surgir em qualquer fase, mas geralmente se manifesta na puberdade. “As varizes iniciam com uma sensação de peso nas pernas, dor, cansaço, comichão e câimbras. As veias dilatam e deformam se tornando visíveis e de aspecto sinuoso”, ressalta o médico. Dependendo da gravidade, podem deixar de ser um problema estético e causar sequelas graves como feridas de perna de cicatrização difícil, as úlceras varicosas.
A causa: ainda não são claramente identificadas, mas os fatores hereditários desempenham um papel importante no desenvolvimento da doença. Obesidade, gravidez, tratamentos hormonais e profissões que exigem longos períodos em pé ou sentado podem desencadear o problema.
Como evitar: é fundamental começar a eliminar os fatores de risco ou, pelo menos, minimizá-los. Converse com familiares e procure saber se sofrem com a doença venosa, se a resposta for positiva, os cuidados devem ser reforçados. “Neste caso, procure um angiologista para realizar um diagnóstico e identificar o grau da doença para indicação do tratamento mais adequado”, destaca Elwing. Além disso, manter hábitos saudáveis pode retardar o seu aparecimento. Pratique exercícios físicos como bicicleta, natação ou hidroginástica e cuide da sua alimentação.
Isquemia Crônica
Essa patologia é mais frequente em pessoas com idade entre 40 e 50 anos. A dor se manifesta geralmente quando o paciente esta caminhando e é uma dor forte que obriga o paciente a ficar parado alguns minutos para poder andar novamente o mesmo espaço ate aparecer de novo , esse processo repetitivo é chamado de claudicação intermitente. “A isquemia crônica acontece quando o sangue deixa de ser suficiente para irrigar os tecidos dos músculos, diminuindo a sua oxigenação”, afirma o especialista.
A causa: pode ser desencadeada por aterosclerose que entope as artérias ou Diabetes que causa fibrose da artéria tornando-a muito afunilada e atacando os capilares.
Como evitar: mantenha uma alimentação saudável sem gorduras, cuide da higiene dos pés, caminhe sempre, controle o colesterol e pare imediatamente de fumar.
Doença do sistema linfático
As pessoas que apresentam essa doença têm menor circulação da linfa pelo corpo. “Como a linfa fica mais estagnada, uma parte do líquido sai de dentro para fora do vaso linfático, ficando acumulado debaixo da pele. Por esse motivo, ocorre os inchaços nos pés, tornozelos e pernas”, explica o angiologista. Quando o linfedema aumenta, pode causar dor local, deformidades e dificuldades para movimentar as pernas e braços.
A causa: pode ser congênita ou adquirida por infecções dos vasos linfáticos.
Como evitar: o tratamento é feito por meio de medicamentos que promovem a contração dos capilares linfáticos. Além disso, manter a higiene dos pés é uma maneira de evitar infecções e feridas.
Pernas mais lindas
Para evitar doenças e deixar aas pernas livres de qualquer inchaço ou sensação de peso, confira algumas dicas importantes:
Mexa-se: Caminhe, suba escadas, ande pelo escritório e em casa. Evite ficar muito tempo sentado ou em pé para evitar dor e inchaço.
Relaxe as pernas: Depois de um dia cansativo, relaxe as pernas com um banho frio. Evite a exposição prolongada ao sol. Banhos quentes ou saunas podem provocar dilatações das veias e induzir o inchaço.
Eleve as pernas: Para ajudar o retorno do sangue venoso, eleve suas pernas ao sentar-se no sofá ou quando for se deitar.
Mantenha seu peso: Procure adotar uma dieta saudável para evitar o excesso de peso. Não alterar os ponteiros da balança suaviza os sintomas e os inchaços das pernas.


Fonte - Angiologista Ary Elwing (CRM 22.946), especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Eu Amo Você Por Miguel Rubio

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2012 08:54:00

EU,
FUI TE AMANDO AOS POUCOS,
FUI,
FICANDO LOUCO,
POR VOCÊ;
OLHA,
PARECIA POUCO
HOJE ESTE SUFOCO
E TANTO QUERER!

VOCÊ,
É RICA “VITRINA”
QUE TODA RETINA
NÃO CANSA DE VER
TENS,
O LINDO CONTEÚDO!
QUE EU QUERO TUDO
EU AMO VOCÊ!

VOCÊ,
É A NOITE E O MANTO
QUE ENXUGA O MEU PRANTO
POR NÃO TER VOCÊ,
VOCÊ,
É O DIA MAIS CLARO
POR RECEIO NÃO FALO
QUE EU AMO VOCÊ!

EU VOU
PERDER ESSE MEDO
DEIXAR DE SEGREDO
PARA TE DIZER:
MESMO,
QUE VOCÊ NÃO QUEIRA,
DE TODAS MANEIRAS,
EU AMO VOCÊ!

27/05/1996

**Autor: Miguelzinho da vila
www.poetapoemapoesia.com.br

Contato com o Autor:
miguelzinhodavila@hotmail.com

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Um trote pode levar alguém ao suicídio

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2012 08:43:00

Chamou a atenção de todos, o caso da enfermeira Jacintha Saldanha, que trabalhava no hospital londrino Rei Edward VII, onde Kate Middleton, a duquesa de Cambridge, foi tratar dos enjoos causados pela gravidez, fato desconhecido por todos até então. Dois radialistas australianos ligaram para a recepção do hospital e se fizeram passar pela Rainha Elizabeth II e pelo Príncipe Charles, solicitando informações sobre a situação de Kate, a futura rainha da Inglaterra. Ao que parece, Saldanha acabou dizendo aos radialistas – a daí para o mundo todo – que Kate estava grávida.
No dia seguinte, a enfermeira foi encontrada morta no seu apartamento. As autoridades inglesas dizem que foi suicídio,
Reações negativas vieram de todos os lados e os radialista foram acusados pela população de terem causado a morte de Saldanha. O programa deles foi suspenso e eles fecharam as suas contas nas redes sociais.
Mas até que ponto esses radialistas são culpados pelo suicídio da enfermeira? Será que um trote telefônico pode levar a pessoa a se matar?
Claro, não foi um trote qualquer, houve uma repercussão mundial, até porque uma gravidez na família real inglesa, em especial na linha de sucessão direta do trono britânico, é algo que chama a atenção de todos. Não sei quais foram as repercussões internas em seu trabalho, se ela sofreu algum tipo de advertência de sua chefia, se temeu ser demitida por ter revelado informações que não poderia. Não sei como foi que ela reagiu ao ocorrido, mas provavelmente não tenha achado nenhuma graça no trote. Só que muita gente que se riu enquanto ouvia a transmissão da rádio passou a criticar a atitude dos radialista.
“Não creio que um trote telefônico vá levar alguém ao suicídio. É mais fácil crer que a enfermeira Saldanha já estivesse passando por algum sofrimento mental sério antes da ligação e do trote. É difícil pensar que se não tivesse havido o trote, a enfermeira estaria hoje lépida e satisfeita com a sua vida e o seu trabalho. Ok, pode ser que o trote tenha sido o estopim para que a enfermeira se desse conta de que a vida não vale a pena e melhor seria matar-se, mas ainda assim vamos admitir que já não havia nela o equilíbrio mental apropriado, explica o psiquiatra, Deyvis Rocha (CRM- 127821).
Não podemos acusar os radialistas de terem causado a morte da enfermeira. É importante agora fazer o que se chama de autópsia psíquica, isto é, entrar em contato com os familiares e os colegas de trabalho de Jacintha Saldanha para tentar descobrir comportamentos e traços de personalidade mórbidos que pudessem levá-la a acabar com a própria vida.



Fonte- Psiquiatra Deyvis Rocha (CRM- 127821)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cirurgia na Adolescência: Quais os cuidados necessários

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2012 08:40:00

A cada ano, aumenta o número de adolescentes que, inconformados com a imagem e/ou para estar dentro do padrão de beleza imposto pela mídia, trocam suas festas de aniversário e viagens por uma cirurgia plástica. No entanto, o procedimento em adolescentes exige cuidados muito especiais. “Nessa fase, há inúmeras mudanças hormonais e, em alguns casos, é necessário estar com o corpo totalmente formado para se submeter a uma cirurgia plástica”, informa a cirurgiã plástica Ana Paula Polato Guiné (CRM-87. 718). As plásticas de redução e aumento de mamas com caráter puramente estético, por exemplo, são indicadas apenas quando a menina está com, pelo menos, 80% total de seu crescimento para que não haja interferência no seu desenvolvimento corporal. Segundo a médica, essa análise pode ser feita por meio da idade óssea e da estatura dos pais e parentes de primeiro grau. Outros fatores como idade da primeira menstruação em meninas, tratamento ortodôntico em curso e exames hormonais dos meninos na fase do estirão também são avaliados.
Entre as cirurgias mais procuradas pelo público jovem estão: lipoaspiração, cirurgia de mama (aumento e redução), ginecomastia (retirada do excesso de mamas nos homens), rinoplastia (nariz) e otoplastia (orelhas de abano). Porém, não basta o adolescente querer se submeter a uma dessas cirurgias, antes de qualquer decisão, é fundamental que o jovem acompanhado dos pais e/ou responsáveis procure um cirurgião plástico para discutir detalhadamente o seu desejo, avaliar suas expectativas e confrontá-las com o resultado possível de ser obtido. “Faça todas as perguntas, esclareça todas as dúvidas, realize os exames solicitados, siga as recomendações do médico e retorne ao consultório, quantas vezes, julgar necessário”, aconselha Ana Paula.
Segundo a médica, o cirurgião plástico tem de ter muita consciência e conhecimento para operar apenas quando for trazer benefício para o paciente. “Há muitos casos de cirurgias reparadoras, mas as estéticas têm crescido e, entre os fatores que influenciam este interesse, estão opinião de amigos e o padrão de beleza imposto pela sociedade, por isso é fundamental avaliar o tipo de cirurgia, considerar a idade, maturidade corporal e, sobretudo, a maturidade emocional deste jovem paciente”, alerta Ana Paula. O conhecimento do núcleo familiar desse jovem também é essencial.
Idade mínima recomendada para alguns procedimentos:
Redução de mamas: é importante ouvir a opinião de um ginecologista. Além disso, é necessário levar em consideração que tipo de problema está causando, pois se for respiratório e de coluna a indicação pode ser, realmente, necessária. Na medicina, há relatos de uma menina que foi operada com 11 anos, pois tinha mamas de número 48.
Aumento de mamas: neste caso, um mastologista deve ser consultado para que analise se a paciente ainda terá desenvolvimento das glândulas mamárias. A escolha do tamanho das próteses deve considerar, como em todos os casos a proporção do tórax, peso, altura, elasticidade da pele e vontade da paciente, porém também deve considerar as futuras trocas que essa paciente provavelmente terá.
Lipoaspiração: só pode ser feita após 16 anos, com avaliação do caso. Desvios de imagem corporal e a procura pela magreza extrema, comum na adolescência, devem ser pesquisados, se necessário com ajuda de um psicólogo ou psiquiatra.
Cirurgia de orelha (otoplastia): as orelhas param de crescer entre 5 e 6 anos. Portanto, se a criança estiver sofrendo algum tipo de bullying, que irá atrapalhar o seu desenvolvimento social e emocional, a cirurgia já pode ser indicada a partir desta idade.
Cirurgia de nariz (rinoplastia): Após 15 anos, principalmente se houver problema septal, ou seja, se a pessoa respirar pela boca. Quando houver a necessidade de tratamento ortodôntico, a rinoplastia deverá ser considerada após o término do mesmo.


Fonte- Cirurgiã Plástica Ana Paula Polato Guiné (CRM-87. 718)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Olheiras: Descubra como combatê-las

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2012 07:04:00

Não tem jeito! É só olhar no espelho que é possível ver as temíveis olheiras que deixam o aspecto do rosto cansado. As olheiras são manchas arroxeadas ou acastanhadas que surgem nas áreas dos olhos, podem ser ocasionais ou permanentes e são visíveis, pois apresentam tonalidades diferentes das pálpebras inferiores e do resto do rosto. Para escondê-las podemos contar com alguns truques de maquiagem, como o uso dos corretivos que ajudam a disfarçar as olheiras. A boa notícia é que existem tratamentos eficazes e cremes potentes que combatem esse incômodo. O segredo é atingir o que provoca as olheiras: o excesso de pigmentação nas áreas dos olhos e a má circulação na região.
Segundo o dermatologista Fernando Passos de Freitas (CRM-106.504), as olheiras são marcas profundas e de colorações arroxeadas que se formam ao redor dos olhos. “Se a circulação local não funcionar corretamente, os pigmentos do sangue não passam no interior dos vasos, acumulando-se no tecido conjuntivo e dando à pele uma cor particular, que varia entre o amarelo e o negro. E assim surgem as olheiras”, explica o médico.
Mesmo quem mantém um estilo de vida saudável, pode ter propensão ao desenvolvimento das olheiras. Entre suas causas, podemos destacar a hereditariedade, a vasodilatação local mais intensa, a tensão pré-menstrual, além da desidratação da pele, doenças em geral, os medicamentos , bebidas alcoólicas, fumo, café e o próprio cansaço.
Recursos estéticos e cremes potencializadores
Está cansada de se levantar todos os dias e olhar para o espelho e ver que as indesejadas olheiras continuam lá? Alguns tratamentos estéticos podem amenizar o aspecto das olheiras em apenas algumas sessões.
“As causas do problema e o hábito de vida de cada um podem interferir na indicação e na durabilidade dos tratamentos estéticos. Cuidar da pele, utilizar produtos que agem diretamente no local e recorrer aos procedimentos estéticos podem,quando associados, garantir um resultado satisfatório”, alerta o dermatologista Fernando Passos de Freitas.
Conheça alguns dos recursos estéticos e cremes para combater as olheiras:
Carboxiterapia
Esse tratamento é indicado para tratar as olheiras de causa hereditária. A técnica permite que o gás carbônico seja injetado ao redor dos olhos, estimulando a circulação e fazendo que o oxigênio chegue ao local.
Fototerapia
O procedimento é feito por meio de um laser que atinge os pontos escurecidos da pele para descongestionar a região. Esse efeito melhora a circulação e clareia a pele ao redor dos olhos.
Peeling
Ele age por meio da esfoliação e retira as camadas de pele escurecida. Como o tratamento é agressivo, o uso de protetor solar por até 15 dias após o processo é obrigatório.
Preenchimento
A técnica tem a finalidade de preencher a concavidade abaixo dos olhos com ácido hialurônico, que estica a pele. O resultado é o clareamento da região após algumas sessões.
Drenagem linfática
Se você tem bolsas abaixo dos olhos a drenagem linfática é a melhor opção para tratar esse incômodo. O método age na circulação e ameniza os pontos escuros, eliminando o inchaço de toda a região ao redor dos olhos.
Invista em vitaminas
Opte em usar cremes a base de vitamina A, C, K e de ácido mandélico. Eles aumentam a tonalidade da pele e evitam problemas na vascularização.
Truques para disfarçar as olheiras
Para disfarçar as olheiras você pode usar um corretivo do mesmo tom da pele. Com a ajuda de um pincel, você deve passar o produto nas pálpebras superior e inferior, no canto dos olhos, canto do nariz e abrindo levemente para as maçãs do rosto para uniformização com o restante da pele do rosto. A base e o pó também devem ser usados para amenizar as imperfeições.“O corretivo deve ser aplicado após a base, para melhorar o acabamento. Em relação aos olhos fundos, é importante aplicar a base, pó e o corretivo nas duas pálpebras”, aconselha o dermatologista Fernando Passos de Freitas.
Compressas vasoconstritoras
Aplique compressas com água gelada ao redor dos olhos pelo menos três vezes ao dia. As compressas podem ser feitas com substâncias calmantes ou derivados de camomila. Esse procedimento feito diariamente atenua o problema e melhora o aspecto da pele.
Se livre das olheiras:
-Coloque fatias de pepino frio sobre os olhos fechados por 15 minutos. Não há necessidade de tal rotina todos os dias, bastam duas vezes por semana.
- Beba bastante água. A água é um bem essencial que faz maravilhas à sua pele. Beba pelo menos dois litros de água por dia, e verá que a pele ao redor dos seus olhos ficará muito mais hidratada e menos translúcida, logo atenuará o quadro.
- Use protetor solar com um fator mínimo de 30 para evitar o enfraquecimento causado pelo sol.
-Descanse bastante. Durma pelo menos 8 horas por dia.
-Consuma alimentos ou suplementos ricos em Vitamina C. Esses alimentos ajudam a fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos.



Fonte- Dermatologista Fernando Passos de Freitas - CRM- 106.504

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Gigantomastia Gestacional: Mais que estética, uma questão de saúde

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2012 07:03:00

O sonho de ser mãe pode se transformar em pesadelo para as mulheres que enfrentam uma doença rara relacionada ao crescimento excessivo dos seios durante a gravidez. A desordem deixa as mamas inchadas, com congestão venosa, podendo ocasionar mastalgia (dor nas mamas), dor cervical, problemas posturais, ulceração da pele, celulite e hemorragia.
Na gestação, é normal acontecer o aumento dos seios. Entretanto, a gigantomastica gestacional é um crescimento que compromete a saúde da mulher, gerando problemas na coluna e dores insuportáveis.
De acordo com a cirurgiã plástica Ana Paula Polato Guiné (CRM-87.718), a gigantomastica gestacional é uma doença provocada pelos receptores da mama aos hormônios gravídicos, o que causa um rápido crescimento mamário. “O crescimento excessivo mamário compromete o esqueleto e a musculatura das costas e ombros. O seu excesso pode provocar necrose da pele com formação de úlceras, desencadeando uma grande infecção das glândulas”, explica.
A gigantomastia pode ser caracterizada por um volume exagerado de mama, distância longa entre a clavícula e a borda do complexo areolar e também por meio da desproporção da glândula. “Apesar de sua causa ainda não ser totalmente esclarecida, a gigantomastia gestacional pode estar relacionada com a estimulação anormal do tecido mamário, que pode ser desencadeada por níveis excessivos de hormônios. Também pode estar ligada a uma hipersensibilidade deste tecido em níveis hormonais normais”, destaca a cirurgiã plástica.
O problema aparece nos primeiros meses da gestação e pode afetar qualquer mulher durante a idade reprodutiva, sendo menos frequente que a hipertrofia mamária juvenil (virginal). As gestantes que sofrem de gigantomastia sentem fortes dores nas costas, enfrentam problemas de postura, principalmente com o arqueamento das costas para frente e para os lados. Dependendo do caso, a pele pode apresentar feridas, assaduras e infecções na parte inferior das mamas.
A gigantomastia gestacional é uma complicação que, geralmente, necessita de intervenção cirúrgica. A gestante pode ser submetida à cirurgia de redução de mamas, desde que seja diagnosticado que o bebê está em perfeita condições de saúde. “É importante ressaltar que existe a possibilidade de a doença voltar após a mamoplastia redutora, caso haja outra gestação. A presença da hipertrofia maciça das mamas pode complicar as próximas gestações”, esclarece a médica.
Como tratar?
Para corrigir esse tipo de distúrbio, a cirurgia plástica para redução de mamas é o mais indicado. Isso porque é um procedimento cirúrgico seguro, com resultado eficaz e sem complicações. Além de garantir autoestima, elimina todo o sofrimento causado pelo excesso de mama.
Para a gigantomastia gestacional existem duas indicações cirúrgicas: mastectomia simples e mamoplastia redutora. “A cirurgia de mastectomia simples consiste na remoção de toda a glândula mamária. O cirurgião remove toda a mama, incluindo o mamilo, porém não remove linfonodos axilares e tecido muscular de baixo da mama”, ressalta a médica. Já a mamoplastia redutora tem a finalidade de diminuir as mamas, porém mantendo e até melhorando o aspecto estético das mesmas. É indicada em casos menos graves, para o tratamento profilático prevenção de problemas causados pelas mamas muito volumosas. “Vale lembrar que o tratamento cirúrgico da gigantomastia gestacional não tem o caráter estético puro e a saúde da gestante e do bebê vêm em primeiro lugar”, explica.


Fonte - Cirurgiã Plástica Ana Paula Polato Guiné (CRM-87.718)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Erros durante a prática de atividade física

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2012 10:43:00

Os erros durante a prática de atividade física são mais comuns do que se imagina. É fácil encontrar na academia pessoas que realizam os exercícios de forma incorreta, seja pela execução errada do exercício, excesso de carga, forma de segurar nos equipamentos, velocidade do movimento ou até mesmo pela postura. Porém, para garantir um resultado seguro, é preciso estar atento a esses erros e evitá-los. Dessa forma, além de conquistar um corpo em forma mais rápido, também evita o risco de lesões.



Praticar atividade física com segurança é tão importante quanto fazê-la regularmente. No entanto, alguns cuidados são deixados de lado na busca de resultados imediatos. A consequência? Lesões graves nos músculos e articulações. Com esses deslizes, o hábito que deveria trazer benefícios acabam fazendo mal a saúde.



Segundo Marcelo Rodrigo, profissional de educação física da Smart Fit/ São Paulo, alguns exercícios são campeões tanto em resultado quanto em erros de execução. “Pegar mais peso do que aguenta, fazer um intervalo entre as séries maior do que indicado e realizar menos repetições do que o professor indica são alguns dos principais deslizes”, afirma Marcelo. Atenção! Identificar e corrigir esses erros irá fazer total diferença no resultado do treino.



Principais erros:



Executar os exercícios de maneira errada por ter vergonha de perguntar ao professor o jeito certo de fazê-los

Alguns iniciantes ignoram as orientações dos professores sobre o uso correto dos equipamentos, se preocupando apenas com o resultado imediato. O resultado são dores no corpo e lesões. O trabalho do profissional de educação física é justamente orientar os alunos na forma correta de fazer o exercício. Confie nele, ele está capacitado para isso.



2. Não ajustar os aparelhos de acordo com seu biotipo

O equipamento tem que estar ajustado a sua força e altura, senão o risco de se machucar é grande. Nos primeiros meses de atividade, peça sempre a ajuda de um profissional.



Acelerar as repetições entre as séries

Nada de fazer o treino com pressa de ir embora. A velocidade moderada nas séries contribui para um trabalho mais eficiente, enquanto a rapidez pode fazer com que tenha fadiga muscular e não termine o treino.



Sempre fazer a mesma série de exercícios

O corpo também vicia. Ele precisa de estímulos para contribuir obtendo resultados eficazes por isso, é importante modificar as cargas, séries e o treino para avançar nos resultados. Mas sempre com a orientação de um profissional.



5. Pegar mais pesos do que aguenta

Malhar intensamente e com frequência, seguir uma série que não condiz com seu condicionamento físico ou não aumentar progressivamente a intensidade dos exercícios pode causar lesões ou até mesmo problemas mais sérios, como um infarto.



Serviço:

www.smartfit.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Prêmio Professor Emérito CIEE/Estadão chega à sua 16.ª edição

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2012 10:41:00

O economista receberá o 16º Troféu Guerreiro da Educação
em 15 de outubro, no Teatro CIEE.



São Paulo, outubro de 2012 ­– O CIEE convida para a entrega do prêmio Professor Emérito CIEE/Estadão 2012 – Troféu Guerreiro da Educação ao economista Antônio Delfim Netto, conferido anualmente a personalidades que se destacaram na educação, que será realizada às 10h de 15 de outubro, Dia do Professor, no Espaço Sociocultural – Teatro CIEE (Rua Tabapuã, 445, Itaim Bibi), em São Paulo. O Professor Emérito 2012 será saudado pela premiada do ano passado, a médica e professora Angelita Gama.



Formado em economia pela Universidade de São Paulo (USP), em 1951, o paulistano do bairro do Cambuci começou a exercer, já no ano seguinte da graduação, a função de docente como assistente na disciplina estatística econômica e econometria. Em 1963, converteu-se no primeiro ex-aluno da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA-USP) a ocupar a posição de professor catedrático na universidade.



Na vida pública, Delfim Neto também teve uma atuação destacada. Foi secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, em 1966, e ministro da Fazenda, no período compreendido entre 1967 e 1974, nos governos de Costa e Silva e Garrastazu Médici. Foi ainda ministro da Agricultura e do Planejamento, no governo de João Batista Figueiredo e também eleito para quatro mandatos como deputado federal por São Paulo.



Com a escolha de Delfim Netto, o Prêmio Professor Emérito CIEE/Estadão chega à sua 16.ª edição, já tendo sido outorgado a Adib Jatene, Ruth Cardoso, Miguel Reale, Esther de Figueiredo Ferraz, Paulo Vanzolini, Ives Gandra Martins, entre outras personalidades.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Pesquisa investiga e expõe comportamento do jovem brasileiro

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2012 10:39:00

Feito pela agência Namosca, o estudo pretende transformar a visão que empresas e instituições sociais possuem deste grupo



Uma pesquisa que acaba de ser apresentada ao mercado promete revolucionar a maneira como as empresas e instituições sociais enxergam os jovens brasileiros. Além de desmistificar conceitos, propõe soluções para conflitos frequentes entre as gerações.



Segundo Marcos Calliari, autor do estudo e proprietário da agência Namosca (www.namosca.com.br), especializada no universo jovem, o resultado mais significativo a que se chegou foi a existência de uma necessidade imperativa de que a sociedade se adapte aos novos tempos, já que dogmas, imposições e autoridade não funcionam com a geração Y e certamente não servirão para as próximas. “Não adianta dizer que os jovens são imediatistas, infiéis, instáveis e descompromissados. O desafio – e isso vale para todos os setores, seja econômico, educacional, político, corporativo, familiar ou até religioso - é criar atrativos para mantê-los interessados”, afirma.



A pesquisa foi realizada em 2011 com 784 universitários de sete cidades (São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Salvador) e revelou dados extremamente interessantes.



Em comparação com outra pesquisa da Namosca feita em 2009, a idade média dos universitários saltou de 21,5 para 23 anos. O perfil sócio-demográfico também mudou: enquanto em 2009 a maioria era da classe B, agora metade representa a C. Além disso, aumentou consideravelmente o percentual de estudantes que pagam suas faculdades.



Ainda sobre o cenário acadêmico, a oferta de cursos de interesse e uma melhor preparação para o mercado são os fatores mais determinantes na escolha de uma faculdade/universidade e os jovens parecem saber o que querem. A maioria diz que teve total liberdade para escolher a carreira, considera o ingresso na vida universitária uma grande conquista e pretende continuar estudando após se formar.



Porém, surpreendentemente, a evasão é grande, talvez em função de crenças como “pretendo ter um dia meu próprio negócio” e “ter sucesso na vida só depende de mim”. “Outra boa explicação pode ser a seguinte: como um jovem que passa boa parte de seu dia totalmente conectado e domina as tecnologias mais avançadas pode se interessar em aprender diante de um quadro negro e ainda mais conteúdos desafados?”, questiona o empresário.



No quesito profissional, considerando a média de todas as cidades, 63% dos jovens estagiam – de forma remunerada ou não – ou já foram efetivados. Os de Salvador e Curitiba são os que mais se destacam: respectivamente 73% e 72%. Entre os que apenas estudam estão os mineiros, com 58%, e os cariocas, com 43%. Outro dado curioso é que seis em cada 10 entram no mercado de trabalho já no primeiro ano do ensino superior.



A religiosidade também passou por transformações. Enquanto em 2009 apenas 35% eram católicos, 16% evangélicos e 29% acreditavam em Deus mas não seguiam uma religião específica, agora são 44%, 18% e 14%, respectivamente.



O mito de que a diversão é prioridade para os jovens veio por terra. Só 6% a citaram como algo extremamente importante, enquanto 62% colocaram a família em primeiro lugar e 50% os estudos. Os que mais gastam com lazer semanalmente são homens maiores de 24 anos das capitais paulista e mineira.



O gosto musical é cada vez mais eclético. Exalta Samba, Legião Urbana, U2, Ivete Sangalo, Cold Play, Jota Quest, Paula Fernandes, Titãs, Djavan, Restart, Pitty, Metallica, Pink Floyd, Lady Gaga e até Roberto Carlos estiveram entre os grupos/cantores mais citados. Ou sejá, há espaço para todos os estilos, de sertanejo e pagode até MPB e rock progressivo.



As celebridades mais admiradas pelos jovens são, nesta ordem, Cesar Cielo, Wagner Moura, Luciano Huck, Selton Melo, Ronaldo Fenômeno, Bernardinho, Roberto Justus, Lula, Gisele Bundchen e Giba. Todas ficaram com mais de 30% dos votos. Já entre as que mais os entendem ficaram Serginho Groisman, com 34% das citações, Marcos Mion (26%) e Rodrigo Faro (21%). Grazi Massafera, Juliana Paes, Paula Fernandes e Maria Gadu são as que eles mais gostariam de conhecer, todas também com mais de 30% dos votos.



Tirando Lula e Dilma, nenhum outro político foi citado pelos jovens. Aliás, 57% dos membros da geração Y sentem falta de algum que lute por seus interesses e 69% estão insatisfeitos com a política brasileira. Só 24% gostariam de se envolver mais com ela.



Por fim, o poder de consumo. Consultados sobre o que já possuem, 98% dos entrevistados responderam celular, 97% pares de tênis e calças jeans, 93% contas de e.mails, 92% perfis em redes sociais, 77% contas correntes, 71% computadores de mesa, 65% cartões de crédito e 58% MP3 Players ou Ipods. Quanto aos itens que pretendem adquirir em curto prazo, no topo da lista, com 28%, estão laptops e calças jeans, e com 25% dos votos estão celulares e pares de tênis. No lado mais fraco das preferências ficaram as bicicletas: só 6% dos jovens sonham em comprar uma.



Marcos Calliari vê um cenário positivo diante dos resultados que obteve com a pesquisa. “O desafio para o futuro é aprender a engajar e comprometer os jovens e não apenas criticá-los, o que só aumenta o abismo geracional. Porém, com a chegada dos jovens dessa geração a posições de decisão nas instituições, é inevitável que elas mudem para sempre”, conclui.



Sobre a agência Namosca



De acordo com o censo de 2005 do IBGE, há 35 milhões de jovens entre 15 e 24 anos no Brasil. Além de muitos, atualmente eles são poderosos, influentes e ganham bons salários, o que os transforma em excelentes consumidores de produtos e serviços. Se antes as decisões de compras eram tomadas pelos chefes de família, hoje são os jovens que lideram a família toda neste quesito.



Por outro lado, trata-se também de um público extremamente exigente, o que representa um grande desafio para empresas acostumadas com o marketing e a comunicação tradicionais. Foi assim que nasceu, em 2003, a agência Namosca, com a proposta de ser a maior conhecedora dos hábitos, atitudes, sonhos e tendências do público jovem e fazer isso matéria-prima para seus projetos.



Hoje, a empresa já é a número 1 em marketing jovem e tem ou teve como clientes Skol, Snickers, Adidas, Anhembi Morumbi, Accenture, Belas Artes, Unibanco e Sadia, entre outras. Para se infiltrar neste universo de maneira adequada, a empresa utiliza até universitários influentes – como diretores de centros acadêmicos e atléticas - como embaixadores.



Outro grande diferencial é seguir um conceito único de foco no target e não nas ferramentas. Ou seja, a agência faz tudo o que for preciso para estabelecer uma comunicação eficiente com este público-alvo, seja publicidade, venda de produtos, eventos ou webmarketing, entre outras especialidades.



A Namosca está organizada em unidades de negócios que atendem cinco cenas diferentes: Esportes e Saúde; Entretenimento; Dinheiro e Finanças; Telefonia e Tecnologia; e Educação e Carreira. Desde 2007, passou a publicar frequentemente pesquisas de opinião sobre as mudanças comportamentais dos jovens, em relação a temas como tecnologia, moda e beleza, sexualidade, cultura e empregabilidade.



Seus proprietários são Alfredo Motta, que ocupou os cargos de executivo de marketing da AmBev, diretor de marketing da L’Oreal no Brasil e na França e vice-presidente da agência JW Thompson, e Marcos Calliari, que foi executivo da Souza Cruz e AmBev e diretor da EF Educação em Boston, Xangai e São Paulo, além de diretor do instituto de pesquisa Ipsos.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Na dúvida, beije!

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2012 10:38:00

Por Margareth Signorelli, coach de relacionamento



Há algum tempo estive ensaiando para falar sobre esse tema e quando assisti o filme Divã para dois, com Meryl Streep and Tommy Lee Jones, senti que havia chegado a hora.

O que vejo que tem acontecido com os mais jovens, entre 20 e 30 anos, é que eles vão para a balada e saem beijando várias pessoas e, quando acaba a noite, nem conseguem contar com quantos trocaram saliva. O toque se tornou banal e sem sentido, perdendo a informação e até deixando a libido “meio sem julgamento” pois, se os beijos tivessem despertado algo mais, não trocariam de lábios com tanta frequência. Não estou julgando, mas sim observando o que tem acontecido.

Por outro lado, tenho notado que após os 30 e principalmente depois de um casamento desfeito, as pessoas têm ficado cheias de medo, cicatrizes e, às vezes, com tantas exigências que o próprio julgamento fica confuso na hora de tomar decisões. Tenho pensado e muitas vezes incentivado meus clientes a darem uma chance para que uma chamazinha ou faísca surja da possibilidade de um “toque” entre os dois.

Algumas vezes ouço “conversamos por horas, mas fisicamente ele não me atrai em nada”, “Ela tem um papo muito legal, me sinto a vontade com ela, mas não vai rolar, eu só gosto de morenas”. Costumo incentivar o “toque” quando os dois fazem uma conexão de amizade, de companheirismo. Quando se sentem a vontade juntos para falar qualquer assunto que lhes venha a cabeça. Às vezes as exigências são tantas que as pessoas não percebem que já criaram o vinculo mais difícil de ser criado, o da amizade. Nesse ponto eu digo “Na dúvida, BEIJE”.

O que aconteceu com o casal do filme foi que o que os dois perderam com os anos de convivência, esse "toque". Sem ele, acabaram se perdendo um outro. O amor sem o "toque" não consegue se manifestar de uma forma prazerosa, confundindo nossos sentimentos e julgamentos.

Então vai minha dica: se você formou uma relação de amizade e não sente o tempo passar ao lado desta pessoa, dê a chance de uma pequena faísca se manifestar e acender a chama de um amor. Na dúvida, BEIJE.



SOBRE MARGARETH SIGNORELLI

Especializada em relacionamentos amorosos, Margareth Signorelli desenvolve dois tipos de trabalho. O primeiro chama-se Conexão e é ideal para pessoas que querem encontrar um companheiro (a), um marido (esposa), enfim, sua alma gêmea. Esse coaching fornece ferramentas para quem está cansado de esperar pelo verdadeiro amor ou quer saber por que está repetindo o mesmo tipo de relacionamento, preparando o indivíduo para receber o amor que ele realmente procura.

O segundo chama-se Reconexão e é um coaching indicado para a pessoa que já está em um relacionamento e quer crescer, desenvolver e aprofundar sua relação para uma maior conexão ou mesmo uma reconexão com mais fundamento. Ele é indicado para indivíduos que estão cansados de tentar ter o relacionamento dos seus sonhos, para quem quer mudar e está preocupado em não conseguir manter um relacionamento equilibrado e acha que só as outras pessoas possuem o “relacionamento ideal”.

Através desses módulos, Margareth quer libertar o indivíduo dos padrões do passado que não permitem que o amor se enraíze na sua vida para que possa evoluir e criar um novo padrão saudável para que o amor flua livremente. Nesses módulos, a pessoa também descobre as barreiras que lhe impedem de encontrar o que o seu coração mais deseja e aprende a se transformar na "pessoa certa", pois só assim ela estará preparada para aceitar o amor quando ele aparecer.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Hemangioma: Causas, Sintomas e Tratamentos

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2012 12:24:00

Recentemente você notou bolinhas vermelhas entre o couro cabeludo e no pescoço do seu bebê? Manchas com cor de vinho no rosto ou nas mãos? Fique atento as marcas de nascença do seu filho. Os pais devem acompanhar o surgimento de cada hemangioma no corpo da criança.
Mas, afinal o que são Hemangiomas?
São pequenos tumores benignos formados por vasos sanguíneos enovelados. Normalmente, surgem durante a formação do embrião, antes do nascimento, podendo ocorrer em diversos órgãos, entre eles a pele e o fígado. Eles são pequenas “bolinhas” de cor vermelha ou vinho e são localizadas na pele e mucosas. Os tipos mais comuns de hemangiomas são o plano, o angioma rubi, o granuloma piogênico e a mancha vinho do porto.
Segundo uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Pessoas com Hemangioma e Linfangimas (Abraphel), aponta que 60% dos hemangiomas surgem na cabeça e pescoço, sendo classificados como plano e tumoral.
Outro estudo mostra que a hemangioma afeta 5% dos recém-nascidos do sexo feminino, mas numa proporção menor aparecem no sexo masculino tambem .
De acordo com Angiologista Ary Elwing, especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser (CRM 22.946), em média, 50% do hemangioma desaparecem aos cinco anos e 90% antes dos noves anos. “Os Hemangiomas planos não apresentam repercussão clínica. Alguns destes tumores, mesmo pequenos, podem provocar complicações como nas pálpebras, ao impedir a visão e resultar em ambliopia, ou ainda na região subglótica ao provocar obstrução respiratória”, explica o angiologista.
Tipos de Hemangioma
O angioma rubi também é umas das causas mais frequentes. São pequenas "bolinhas" vermelhas semelhantes a pedras de rubi que surgem principalmente no tronco de indivíduos de ascendência ibérica ao longo da idade adulta.
“Existem alguns medicamentos que podem parar o crescimento e até fazer regredir estas lesões. Os corticoides sistêmicos e o imiquimod tópico produzem esse efeito na criança. Mas, antes de iniciar qualquer medicamento é preciso verificar os riscos e os efeitos colaterais”, alerta o angiologista, Ary Elwing
O Granuloma piogênico é conhecido como “carne esponjosa”, sendo uma proliferação de vasos sanguíneos que forma uma lesão tumoral secundária a um traumatismo, como os provocados pelos alicates das manicures ou por uma unha encravada. Ela pode ser encontra no canto da unha.
Angioma estelar corresponde a pequenas dilatações vasculares que formam "braços" a partir de um ponto central. Também são chamados de aranhas vasculares (nevus araneus) devido à semelhança de formato com o animal.
E por último a mancha vinho do porto, são manchas com cores de vinho ou salmão, encontradas no rosto ou nas mãos. A melhor opção para remover essas manchas é o laser.
Tratamentos
Os pais devem estar atentos a qualquer aparecimento de bolinhas vermelhas no corpo da criança. Cerca de 70% dos tumores vasculares da infância estão localizados, na região da cabeça. O diagnóstico é importante para verificar se é um hemangioma tumoral e evitar complicações futuras no crescimento do bebê. O exame no caso de lesões profundas é feito por uma tomográfica computadorizada ou por ressonância magnética.
O tratamento para as lesões pequenas pode ser feito por meio da eletrocoagulação, excisão e sutura das lesões, ou até mesmo a criocirurgia, mas o tratamento de escolha mais moderno e mais seguro é o tratamento com o laser.
Nos tumores maiores o uso do laser para a redução de tamanho tem sido mais indicado. A luz emitida pelo laser danifica os vasos do hemangioma sem afetar a pele.
“Esse tipo de tratamento exige um amplo conhecimento no assunto, principalmente para que se evitem tratamentos inadequados ou ineficazes decorrentes de um diagnóstico incorreto. As cirurgias ligadas à cura ou melhorias dos hemangiomas devem ser realizadas por profissionais especialistas na área”, orienta o angiologista.
Quando buscar ajuda do médico?
Infelizmente, ainda não existe prevenção contra esse tumor benigno ou exames que possam denunciar a patologia nas crianças. Qualquer mancha no rosto, marcas de nascença bolinhas vermelhas que surgir no corpo do bebê os pais devem procurar o médico. Algumas hemangiomas podem interferir na respiração da criança e também na alimentação.
“Se não tratados rapidamente e de forma correta, os hemangiomas que surgem no rosto do bebê podem causar desfiguração e interferir no desenvolvimento visual, além de, causar obstrução das vias aéreas, podendo até evoluir para uma lesão mais grave por insuficiência vascular”, destaca o angiologista, Ary Elwing. Nesses casos é melhor procurar um especialista para iniciar o tratamento o quanto antes.

Fonte- Angiologista Ary Elwing, especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Nossa Saúde recebe decisão favorável contra a ANS

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2012 12:22:00

Decisão judicial



Nossa Saúde recebe decisão favorável contra a ANS



No dia 12 de setembro de 2012, o Poder Judiciário do Paraná, em ação da 7ª Vara Cível de Curitiba, proferiu sentença favorável à operadora de saúde Nossa Saúde, associada à Abramge – Associação Brasileira de Medicina de Grupo PR/SC, contra a suspensão de comercialização de alguns produtos perpetrada pela ANS.



A operadora promoveu ação judicial contra a ANS por ter sido incluída na lista de empresas com a suspensão de seus produtos. A operadora lembrou nos autos que em um universo de mais de 40 mil clientes, houve apenas seis reclamações a respeito de descumprimento dos prazos mínimos de autorização de cobertura exigidos, sendo que foram todas resolvidas e arquivadas.



A ausência da instauração de processo administrativo por parte da ANS – o que proporcionaria à Nossa Saúde a possibilidade de ampla defesa – levou a Justiça a reconhecer como nulo o ato que suspendeu comercialização dos planos e a determinar que a Agência retire o nome da operadora da relação de operadoras com produtos suspensos divulgada no site da ANS na internet.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Show do Claustrofobia

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2012 11:17:00

São Paulo, agosto de 2012 - A produção do show e o Cine Joia informam que a banda Claustrofobia remarcou seu show em São Paulo para o dia 27 de outubro (sábado).

A data do show foi remarcada por problemas na agenda. As pessoas que já adquiriram os ingressos, receberão um novo ingresso direto pelo site do Cine Joia (www.cinejoia.tv). Quem optar pelo cancelamento da compra, poderá ter o reembolso nos pontos de venda abaixo:

Cine Joia: Praça Carlos Gomes, 82 – Liberdade/ segunda-feira a sexta-feira, das 11h às 18h;
Consulado do Rock - Avenida São João, 439 – Loja 234, 1º andar.

Serviço atualizado:

Claustrofobia @ Cine Joia

Sábado, 27 de outubro

Abertura da casa: 21h

Horário previsto show Project46: 21h30

Horário previsto show Oitão: 22h30

Horário previsto show Claustrofobia: 23h45

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Museu da Energia de Itu recebe exposição sobre a Revolução Constitucionalista de 1932

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2012 11:16:00

Mostra integra comemorações do Dia Nacional do Patrimônio Histórico




No próximo dia 17, às 19h, o Museu da Energia de Itu, com o patrocínio da Gás Natural Fenosa, inaugura a exposição “1932, o Ano da Revolução Paulista”. A mostra, que integra as comemorações do Dia Nacional do Patrimônio Histórico, celebrado em 17 de agosto, conta a história da mobilização que teve a participação de diferentes setores da sociedade paulista da época, inclusive trabalhadores do setor de energia.

Os visitantes terão a oportunidade de conferir, por meio de fotos históricas, alguns dos acontecimentos mais marcantes da revolução: o alistamento e os exames médicos dos soldados, a preparação das mulheres para atuarem como enfermeiras durante os confrontos, e até a participação de indígenas na batalha. Além das imagens, a exposição traz também documentos da época.

A Revolução de 32 foi um marco na formação do povo paulista. Suas bandeiras, a constitucionalização do país e a autonomia e superioridade de São Paulo, defendidas pela elite, sensibilizaram grande parte da população, que aderiu às manifestações, conforme explica Mariana Rolim, superintendente da Fundação Energia e Saneamento, que administra o museu: “A exposição ilustra bem o grande impacto do movimento constitucionalista no cotidiano social de todo o Estado de São Paulo”.

O apoio da Gas Natural Fenosa ao projeto marca o início da parceria com o Museu da Energia de Itu e reforça a participação ativa da empresa nos temas de interesse da população ituana: “A exposição evidencia um momento decisivo para o Estado de São Paulo e todo o país, e está alinhada com os valores do Grupo multinacional ao qual pertencemos, que englobam responsabilidade social e cultural”, destaca o Diretor-Geral da empresa em São Paulo, Armando Laudorio.



Sobre a Fundação Energia e Saneamento

Criada em 1998, a Fundação Energia e Saneamento pesquisa, preserva e divulga o patrimônio histórico e cultural do setor de energia e de saneamento ambiental. Atuando em várias regiões do Estado de São Paulo por meio da Rede Museu da Energia e do Núcleo de Documentação e Pesquisa, localizado na capital, realiza ações culturais e educativas que reforcem conceitos de cidadania e incentivem o uso responsável de recursos naturais.



EMPRESAS MANTENEDORAS

AES Eletropaulo, Sabesp e Cesp

Patrocínio:

Gas Natural Fenosa



Serviço:

Exposição: “1932, o Ano da Revolução Paulista”

Abertura: 17 de agosto, 19h

Data: de 18 de agosto a 30 de setembro

Funcionamento: de terça-feira a domingo, das 10 às 17 horas

Endereço: Rua Paula Souza, 669 - Centro

Informações: 11 4022 6832

Site: www.energiaesaneamento.org.br

Ingresso: R$ 4,00

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Como atrair a pessoa amada Por Margareth Signorelli

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2012 11:08:00

Nesse artigo vou dar dicas sobre três formas de atrair a pessoa amada. Dentro do meu trabalho, acredito que nossa vida é o resultado do que somos e acreditamos hoje. Baseados nisso, sabemos que se mudarmos o nosso modo de ser e agir, os resultados também mudarão.

Para começar essa transformação, seguem as dicas!


1. Saber o que você quer.

Por exemplo, se você entra em uma sorveteria e diz que quer um sorvete, o atendente vai lhe perguntar detalhes do tipo qual sabor, se quer cobertura, etc. Só ai é que ele lhe dará o sorvete correto e como você queria. O Universo funciona assim. Você precisa saber claramente o que quer da pessoa amada, senão continuará cometendo os mesmos erros do passado. Em relação às características físicas, digo que são muito supérfluas para que você se atenha a elas, mesmo porque, se você começar a se trabalhar mais neste sentido, posso garantir que seu termômetro em vários sentidos mudará. Em relação às características pessoais é importante ter claro algumas que seriam essenciais para que você se relacionasse com a pessoa, mas não todas as características que você gostaria, senão ele se tornaria um príncipe encantado. Falando em príncipe encantado, cá entre nós, ainda bem que ele não existe porque se existisse nós morreríamos de tédio ao seu lado, porque ele seria simplesmente perfeito. Não tem nada mais sem graça do que alguém prefeito, concorda?

Coloque em prática:

Você deve pensar:

- Quais as qualidades que eu mais quero na pessoa amada? Pense em 3

- Como ele me faz sentir?

Um bom modo de saber também é pensar nos seus relacionamentos anteriores. Apesar de serem relacionamentos que já se foram, podemos lembrar as características que mais apreciávamos neles. Então pense:

- Qual o aspecto da minha relação que mais sinto falta?

- O que mais sinto falta dele como pessoa?

Pode ser como ele fazia você se sentir quando estava chateada, lhe dando toda atenção. Pode ser também o senso de humor que vocês cultivavam juntos, além da relação em si. Nas qualidades poderia ser a pessoa atenciosa que aceita sua família e filhos. Pense no que é muito importante para você. Tenha isto claramente na sua cabeça porque, se tiver, aumentará a sua vibração em direção a estas características e as atrairá.


2. Se libertar física, emocional e psicologicamente dos relacionamentos do passado.

Se liberte das âncoras energéticas do seu passado que podem ser:

Itens Físicos - Roupas, jóias, fotos

Itens Emocionais - Memórias, desapontamentos

Itens Psicológicos - Traumas

Tudo ao nosso redor é feito de energia. Quando seguramos a energia do passado estamos bloqueando a energia nova de chegar e fluir.

Coloque em prática:

Comece a identificar na sua casa os objetos que lhe tragam memórias do passado. Pode ser algo muito simples, mas que carrega uma energia grande do seu passado. Observe. Reveja a sua casa, mas com o olhar de uma observadora. Pode ser que algo que antes não tinha a menor importância agora passe a ter, uma vez que você busque na memória o significado dele para você. Você se surpreenderá como pequenas coisas podem estar carregadas de energias passadas.

Note a resistência que você sente no seu corpo para se livrar desses itens. Perceba que em alguns deles vai notar o quanto você estava ligada, mas não percebia.


3. Lei da Atração

Normalmente as pessoas entendem a Lei da Atração erroneamente. Na física quântica temos 28 leis e uma delas é a Lei da Atração.

Nós atraímos o que sentimos e o que pensamos.

Se você quer emagrecer, mas só pensa o quanto está gorda, você atrai mais gordura. Na verdade, estamos pensando no negativo, na gordura, então é isto que vamos atrair.

Se você pensar que atrai para a sua vida o que você acredita, você vai começar a mudar seus pensamentos. Se você pensa em algo várias vezes, isso se torna o que você acredita e a sua realidade.

Se você pensa “Eu quero emagrecer”, “Eu quero ter um companheiro”, “Eu quero ganhar dinheiro”, você está vibrando na energia da falta, do querer o que você não tem. Com isto você vai gerar mais falta. Ficou claro?

Precisamos viver a abundância de tudo que queremos. A solução é substituir o pensamento negativo pelo positivo. Veja que se pensa no negativo, você vibra o negativo e atrai o mesmo. Por exemplo, se você pensar “Não tenho dinheiro”, você vibra a carência do mesmo, atraindo a mesma carência. Mas como evitar?

Perceba quando você estiver tendo um pensamento negativo e pergunte-se:

- Este pensamento está fazendo eu me sentir bem?

Para isso, precisamos de autoconhecimento, maturidade. Então, quando o pensamento negativo surgir:

PARE o pensamento,

OBSERVE seus sentimentos e

REVERTA pensando em algo bom e positivo

Coloque em prática:

Quando você pensar como seria se você JÁ TIVESSE o seu companheiro note quais os sentimentos que aparecem deste pensamento, os cultive e se coloque na experiência de já ter isto na sua vida. Exemplo: Se você sentir plenitude quando pensa no seu futuro companheiro, segure este sentimento no seu coração ou lembre-se de um momento ou situação na sua vida que se sentiu assim, se transporte para aquele momento e segure esse sentimento por segundos. Com isto você estará vibrando o que você está buscando e mandará o Universo buscar para você e ele, com certeza, lhe obedecerá. Esta é a Lei e é assim que funciona cientificamente.

Afinal, somos magnetos ambulantes e responsáveis pelo que atraímos.



SOBRE MARGARETH SIGNORELLI

Especializada em relacionamentos amorosos, Margareth Signorelli desenvolve dois tipos de trabalho. O primeiro chama-se Conexão e é ideal para pessoas que querem encontrar um companheiro (a), um marido (esposa), enfim, sua alma gêmea. Esse coaching fornece ferramentas para quem está cansado de esperar pelo verdadeiro amor ou quer saber por que está repetindo o mesmo tipo de relacionamento, preparando o indivíduo para receber o amor que ele realmente procura.

O segundo chama-se Reconexão e é um coaching indicado para a pessoa que já está em um relacionamento e quer crescer, desenvolver e aprofundar sua relação para uma maior conexão ou mesmo uma reconexão com mais fundamento. Ele é indicado para indivíduos que estão cansados de tentar ter o relacionamento dos seus sonhos, para quem quer mudar e está preocupado em não conseguir manter um relacionamento equilibrado e acha que só as outras pessoas possuem o “relacionamento ideal”.

Através desses módulos, Margareth quer libertar o indivíduo dos padrões do passado que não permitem que o amor se enraíze na sua vida para que possa evoluir e criar um novo padrão saudável para que o amor flua livremente. Nesses módulos, a pessoa também descobre as barreiras que lhe impedem de encontrar o que o seu coração mais deseja e aprende a se transformar na "pessoa certa", pois só assim ela estará preparada para aceitar o amor quando ele aparecer.



Formação:

· Certificada Coach pelo ICI - Integrated Coaching Institute

· Quantum Evolution - ICI - São Paulo - Brasil

· Coach de Relacionamento - Los Angeles - USA

· Feminine Power Mastery - Los Angeles - USA

· Soulmate Secret - USA

· Cerfificada EFT - São Paulo – Brasil

Metodologia:

· ICI - Nos padrões internacionais estabelecidos pelo ICF - International Coach Federation

· Coaching de Relacionamento - No método do Programa Calling in "The One" de Katherine Woodward Thomas e Claire Zammit - USA

· EFT - No método do Dr. Gary Graig – USA

Veja mais dicas da especialista em vídeos no http://www.conexaocoach.com.br/blog/

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

A nova aventura de Cauã Reymond está na da Revista TAM Nas Nuvens de agosto

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/08/2012 11:07:00

Ele já foi bicampeão brasileiro de jiu-jítsu, é apaixonado pelo
surf, pratica natação, musculação e ...ufa, corrida na areia fofa. "Sou
viciado em endorfina", revela Cauã Reymond, ator que vive o personagem
Jorginho na novela global Avenida Brasil. Incansável, o moço já passou por
diversas empreitadas na vida: morou sozinho no exterior, abandonou sua
promissora carreira de modelo para correr atrás do sonho de ser ator, foi em
busca da onda perfeita no Havaí, tornou-se pai recentemente e agora aos 32
anos revela para a Revista TAM Nas Nuvens o mais novo desejo de se aventurar
como produtor de cinema entre outros projetos de vida.

Alice Braga, outro talento brasileiro também está nesta nova edição. A atriz
brasileira de maior projeção fora do Brasil, fala um pouco sobre seu curto
papel no filme de Walter Salles -baseado na obra do escritor Jack Kerouac -
Na estrada, seus próximos filmes e sobre o modesto sonho de passar um mês na
França.

O leitor ainda encontra nas páginas da TAM Nas Nuvens de agosto a aventura
vivida por cinco personagens que viajam pelo Brasil coletando histórias e
disseminando conhecimento; fotos incríveis sobre o encontro das baleias
jubartes no arquipélago de Abrolhos; uma matéria com as peculiaridades da
Costa da Croácia e muito mais.

Sobre a New Content (www.newcontent.com.br)

Especializada em conteúdo customizado, a New Content desenvolve e gerencia
plataformas proprietárias de comunicação. No mercado desde 2007, a empresa
tem no comando os sócios Giovanni Rivetti, Roberto Féres, Edoardo Rivetti e
Raphael Alcântara. Os executivos são pioneiros nesse segmento no Brasil,
denominado branded content. Dentre seus principais negócios estão projetos
de conteúdo multiplataforma para marcas como Unilever, TAM, Cyrela,
Telefônica, Bradesco e Petrobras.

Sobre a revista TAM Nas Nuvens (www.tamnasnuvens.com.br)

A revista "TAM Nas Nuvens" é uma publicação bilíngue (português e inglês)
distribuída gratuitamente aos passageiros que utilizam os voos nacionais e
internacionais da TAM. Publicada há quatro anos, a revista aborda temas como
turismo, negócios, comportamento, cultura e lazer. A tiragem mensal é de 150
mil exemplares, e sua realização é fruto de uma parceria entre a TAM, New
Content e Touch Inflight Solutions.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Volver faz show de lançamento do novo disco em São Paulo

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2012 11:14:00

Volver faz show de lançamento do novo disco em São Paulo
A banda apresenta “Próxima Estação” no Beco 203



A banda Volver prepara o lançamento do disco “Próxima Estação”, em São Paulo, no dia 08 de agosto. O grupo se apresenta no Beco 203, às 22h. O novo trabalho da banda já se encontra disponível para download gratuito no Álbum Virtual da Trama (http://albumvirtual.trama.uol.com.br).

Formada em 2003, a banda pernambucana mostrou em 2005, com o lançamento de seu primeiro disco “Canções Perdidas Num Canto Qualquer”, que fugia do regionalismo e caminhava na contramão da estabelecida cena local. Com grande influência da estética do rock dos anos 60, jovem guarda e novo rock, as músicas da Volver se destacam pela qualidade das composições do vocalista Bruno Souto, assim como pelos arranjos simples, porém bem construídos e certeiros.

Com doze faixas que capturam essencialmente medos, mudanças, saudades e anseios das relações humanas, o álbum pode ser considerado o mais maduro e pop da discografia da banda, muito bem sintetizado na apaixonada faixa-título. Além disso, uma das canções, “Saudades do Verão”, traduz claramente o amor da banda por sua cidade natal, com versos como “Recife, eu vim te ver / Teu jeito eu sei de cor / Lembranças de você me fazem bem melhor”.

A Volver é composta por Bruno Souto (Voz e guitarra), Kleber Croccia (Guitarra), Thiago Nistal (Bateria), Augusto Passos (Baixo) e Missionário José (Teclados).

Facebook: http://www.facebook.com/volver.brasil
Twitter: @volverbrasil



Serviço:

Show de lançamento – “Próxima Estação”
Data: 08 de agosto
Local: Beco 203 - Augusta, 609 - Consolação
Abertura da casa: 22h00
Valor: 20 inteira/10 meia
Telefone: (11) 23390358
@beco203_sp

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

OUTLIER volta a se apresentar em São Paulo

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2012 11:11:00

Dia 17 de junho, às 15h, no Parque Villa-Lobos



Após festejada participação no Festival Rock’n Park, OUTLIER volta a se apresentar em São Paulo



A banda paulista de rock OUTLIER – que acaba de lançar seu primeiro EP, intitulado “Taste me” - se apresenta novamente em show aberto ao público de São Paulo



Depois do sucesso de público durante Festival Rock’n Park, os músicos paulistas da banda OUTLIER anunciam novo show, no domingo, dia 17 de junho, às 15h, no Parque Villa-Lobos, iniciando a temporada de divulgação de seu novo trabalho, o EP "Taste me".



O EP foi gravado durante o 1º semestre de 2012 e confirma a banda como uma das apostas do ressurgimento da cena independente do rock paulista.



No Festival Rock’n Park, que contou com um público de 1.000 pessoas, o OUTLIER fez uma prévia do novo EP, com algumas músicas já conhecidas do público e dos internautas. O destaque fica para “Million Buck$”, 1º single da banda e que tem atraído a atenção de um representativo número de visitantes do YouTube e seguidores do Twitter.



O resultado do novo trabalho da banda paulista é uma mistura singular de vertentes do Rock, associando riffs clássicos à irreverência sonora e lírica do Post-punk revival, resultando em um espírito indie bastante inusitado e acaba de ser lançado online, através do site MySpace: www.myspace.com/bandaoutlier.



O show que acontece no próximo domingo integra o Projeto Arte no Parque. Além de suas composições autorais, o OUTLIER apresentará versões de bandas consagradas mundialmente, como Pearl Jam, Bon Jovi, e nomes de peso nacionais como Barão Vermelho e Capital Inicial.





SERVIÇO:



Data: Domingo, dia 17/06/12

Horário: 15h

Local: Anfiteatro do Parque Villa-Lobos, em São Paulo.

Endereço: Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 2001 – Alto de Pinheiros

Entrada gratuita

Estacionamento gratuito no local.



Sobre o Projeto Arte no Parque:



O Projeto Arte no Parque é uma iniciativa da Secretaria de Cultura do Governo Estadual de São Paulo que leva música e entretenimento à população através da apresentação de festejadas bandas independentes da cena musical paulista.



As 10 bandas participantes foram selecionadas entre centenas de inscritos por uma criteriosa curadoria realizada pela organização do Projeto e se apresentam regularmente aos fins de semana e feriados para o público em shows gratuitos realizados em espaços de convivência como Parques e Praças da capital.



www.ambiente.sp.gov.br/parquevillalobos/agenda.php



Sobre o OUTLIER:



O OUTLIER é uma banda de Rock independente influenciada pelos grandes nomes da música mundial. Formada em São Paulo por estudantes do tradicional Conservatório Souza Lima, única instituição latino-americana credenciada junto ao renomado Berklee College of Music, de Boston-EUA.



Além de versões de grandes clássicos do rock mundial e nacional, o OUTLIER também apresenta composições autorais no melhor estilo rock independente.





INTEGRANTES: Felix Theodoro (Vocal), Luis Penna (Bateria), Edu Penna (Guitarra), Breno Schwarz (Baixo e vocais)



MySpace: www.myspace.com/bandaoutlier

YouTube: www.youtube.com.br/bandaoutlier

Facebook: www.facebook.com/bandaoutlier

Twitter: @bandaoutlier

e-mail: bandaoutlier@gmail.com

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cerca de 3,5 milhões de pessoas prestigiaram a Parada Gay

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2012 11:04:00

Pelo 9º ano consecutivo a Preserv, marca de preservativos, patrocinou a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que para este ano trouxe o tema "Homofobia tem cura: educação e criminalização! – Preconceito e exclusão, fora de cogitação!". Além de distribuir um jornal informativo e amostras de preservativos, a marca ofereceu no seu lounge a bebida espanhola Sangria.

Em sua 16ª edição, o evento foi prestigiado pelo prefeito Gilberto Kassab, Governador Geraldo Alckmin, a cantora Fafá de Belém, o primeiro casal gay do Brasil casados oficialmente, entre outros. E segundo informações da organização, cerca de 3,5 milhões de pessoas passaram pela região da Avenida Paulista.

Linha Preserv

Pioneira no país no lançamento de preservativos de maior e menor diâmetro, respectivamente Extra e Teen, a Preserv é a única a possuir uma linha de produtos com tamanhos variados, ou seja, que podem ser definidos como P, M ou G, além dos géis lubrificantes. A linha é composta por:

Extra Premium®: feito de poliuretano, possui 58 mm de largura e 0,02 de espessura, sendo maior e mais fino do país. Possui ainda lubrificante inodoro sem cheiro. Certificado voluntariamente pelo instituto Falcão Bauer.

Extra Sensitivity®: com 54 mm de largura, é maior que os preservativos tradicionais, sendo mais fino e resistente. O Sensitivity apresenta apenas 0,0045mm de espessura, enquanto a maioria dos produtos do mercado apresenta de 0,0060 a 0,080mm, ou seja, praticamente a metade da espessura de látex dos concorrentes.*

Extra®: primeiro preservativo lançado com o maior diâmetro do mercado, que possui 55 mm.*

Lite®: possui lados paralelos, lubrificante e espessura mais fina.*

Alta Proteção®: com agente espermicida Nonoxinol 9, possui formato anatômico.*

Prolong®: com princípio ativo que retarda a ejaculação, possui 53mm de diâmetro proporcionando conforto e segurança.*

Plus®: com 53 mm de diâmetro e texturizado, proporciona mais estímulo.*

Teen®: único para Adolescentes, com o menor diâmetro, 49 mm, é indicado para quem está começando a vida sexual, perfeito para a idade adolescente.*

*Todos os preservativos da marca são certificados compulsoriamente pelo Inmetro.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Queixo: um figurante importante na cirurgia plástica

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2012 11:01:00

Aumento pelo procedimento operatório é cada vez mais crescente no exterior





De acordo com pesquisas realizadas recentemente pela Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS, na silha em inglês) nos EUA em 2011 foi registrado um grande número de cirurgias plásticas feitas no queixo. Apesar de não ser tão popular quanto os procedimentos cirúrgicos mais comuns como a Lipoaspiração e o implante de seios, no ano passado, esta cirurgia cresceu 71% em relação a 2010, ou seja, 20.680 operações.



Em busca de modificar o contorno da face, homens e mulheres dividiram em números quase iguais a plástica do queixo. Poucas pessoas se importam realmente com ele, já que na face, o que mais chama atenção para operações é o nariz, dependendo se ele for grande ou pequeno. “O queixo pequeno faz o nariz parecer maior e poucos conseguem observar este detalhe.”, afirma Arnaldo Korn, diretor do Centro Nacional – Cirurgia Plástica. Cerca de 80% dos procedimentos com o queixo são realizados por outros fatores estéticos, que na maioria das vezes, levam o paciente até o consultório para ajustar tudo, menos ele. O queixo é uma parte fundamental para a composição do rosto e precisa estar em harmonia e proporcional com as características da face juntamente com boca, nariz e fronte. Alguns o possuem mais pontudo, outros mais redondos, outros até tem mais afundado do que o normal.



Em uma cirurgia como a de Aumento de Queixo, por exemplo, são colocadas próteses de silicone entre os ossos e os músculos do queixo e a cicatriz pode ser interna (por dentro da boca) ou externa com uma pequena incisão na parte inferior do queixo. Não existem mudanças bruscas, ou seja, não vai modificar totalmente a pessoa, mas lhe deixará com a face mais em perfeita harmonia, mantendo suas características. “Um estudo é feito para ver o tamanho da prótese e o pós-operatório é indolor, requerendo apenas cuidados especiais quanto à higienização fora e dentro da boca”, conta Korn.



Nesse período recomenda-se a alimentação a base de sopas, sucos, vitaminas, purês, etc., sem mastigação intensa que pode dificultar a fixação da prótese. Porém muitas pessoas que sonham em fazê-la acham que não é possível, principalmente por causa do dinheiro que pesa no bolso. Para tanto há outras opções, como o próprio Centro Nacional – Cirurgia Plástica que funciona como uma empresa administrativa, assessorando pacientes perante médicos e hospitais, com o objetivo de intermediar e organizar as questões financeiras entre um e outro, além de todo o procedimento da cirurgia. As cirurgias plásticas custam acima da média que o público deseja, no entanto, é possível sim realizá-la. Nesse caso, para auxiliar no pagamento dos procedimentos, o paciente pode optar pelo financiamento da cirurgia. Para saber mais acesse: www.plasticaparcelada.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

ONGs lançam Avaliação da Agenda Socioambiental dos últimos 20 anos

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2012 10:59:00

Documento preparado em parceria com 10 organizações será divulgado na Cúpula dos Povos para mostrar os avanços e retrocessos da área



A Fundação SOS Mata Atlântica, ao lado de outras 10 organizações da sociedade civil, lança no dia 16 de junho, na Cúpula dos Povos, no Rio de Janeiro, uma avaliação da agenda socioambiental brasileira dos últimos 20 anos. Na atividade intitulada Agenda socioambiental: avaliação dos avanços e obstáculos pós Rio-92 será lançado o documento “Na contramão do desenvolvimento sustentável: o desmonte da agenda socioambiental no Brasil”, que visa sistematizar os avanços e retrocessos da política ambiental no Brasil desde a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, a Rio-92. A Cúpula dos Povos é um encontro paralelo à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), que também acontece no Rio de Janeiro.



O documento tem o objetivo de inaugurar um esforço permanente de exame anual da agenda socioambiental nacional por organizações da sociedade civil, para monitorar ações como a sanção de um inconsequente Código Florestal, a inédita redução de unidades de conservação na Amazônia e os atropelos no licenciamento ambiental, com mudança de normas para facilitar a implantação de empreendimentos com grande impacto sem as devidas condicionantes.



Apesar de desacreditada pela ausência de importantes chefes de Estado, a Rio+20 representa o momento no qual os anseios da sociedade civil sobre o tema ganham voz e evidência a nível nacional e internacional. A apresentação da Agenda socioambiental contará com a participação da ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva e do diretor de Políticas Públicas da Fundação SOS Mata Atlântica, Mario Mantovani.



Entenda os avanços e retrocessos da agenda socioambiental brasileira



Quando sediou a Rio-92, o Brasil vinha na esteira da elaboração da nova Constituição Federal, um intenso trabalho legislativo que culminou em um texto considerado pioneiro em relação à preservação do meio ambiente. Desde então, a pressão da sociedade civil permitiu a criação de uma série de normas que consolidaram os compromissos assumidos pelo País na Rio-92. Exemplos disso são a promulgação da Lei de Crimes Ambientais, de 1998, e a formulação de um Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia, em 2004, que encerrou um ciclo de aumento vertiginoso do desmatamento ilegal na região. Entretanto, constatou-se uma completa descontinuidade desse processo no último ano, principalmente pela aprovação de um Código Florestal que atende amplamente as demandas dos setores mais atrasados do ruralismo e pela redução de unidades de conservação na Amazônia via Medida Provisória, sob o pretexto de instalação de megaprojetos hidrelétricos.



O lançamento do documento “Na contramão do desenvolvimento sustentável: o desmonte da agenda socioambiental no Brasil” é uma iniciativa do IDS em parceria com o Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais pelo Desenvolvimento e Meio Ambiente (FBOMs); Instituto Socioambiental (ISA); Fundação SOS Mata Atlântica; Greenpeace do Brasil; Vitae Civilis; Imazon; Associação Alternativa Terrazul; Grupo de Trabalho Amazônico; Instituto de Pesquisas Ambientais da Amazônia (Ipam); e Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida.



CÚPULA DOS POVOS – TENDA VASCONCELOS SOBRINHO (das 10h30 às 13h)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Como tratar a endometriose.

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2012 10:58:00

A ENDOMETRIOSE PODE ESTAR PRESENTE NA SUA VIDA

Não existe idade para que ela seja diagnosticada e a cólica menstrual é um dos principais sintomas

Qual mulher nunca se deixou levar pelos sintomas e sensações do período menstrual? Sensações essas que as fazem desenvolver a famosa “TPM”. Mas é durante esse processo que todas deveriam se atentar aos sintomas que o corpo desenvolve, pois são através deles que muitas doenças podem ser descobertas.

Uma delas é a endometriose. Especialistas não sabem explicar, criteriosamente, como ela realmente ocorre e como o endométrio se implanta e cresce em lugares que não deveria. Existem teorias que tentam explicar a doença, mas nenhuma definitivamente comprovada.

Endométrio é o tecido que envolve a parte interna do útero que o deixa preparado para receber a gestação quando há a fecundação. Quando não há a fecundação do óvulo durante o período fértil da mulher, não ocorre a gravidez, sendo assim o corpo elimina esse endométrio que estava preparado, aumentado de tamanho para receber o embrião através da menstruação, e quando essa descamação ocorre de maneira errada, ela pode subir ao invés de descer, e se alojar perto das trompas, útero e ovários, causando inúmeros problemas para as mulheres, como fortes cólicas no período menstrual, dores durante a relação sexual e dificuldade para engravidar.

De acordo com o ginecologista e obstetra Dr. Domingos Mantelli Borges Filho, a endometriose é uma das principais causas de infertilidade. Além disso, o doutor alerta que as cólicas, dores e excesso de sangramento durante o período menstrual podem ser indícios da doença. Mulheres que sentem dores durante a relação sexual também devem ficar atentas.

Se diagnosticada precocemente, a doença pode ser tratada através de remédios e/ou anticoncepcional. Em casos avançados, é necessário que vários fatores sejam considerados, depois disso, o médico pode optar por uma cirurgia. A suspensão da menstruação em muitos casos esta indicada.

Portanto, fique atenta aos possíveis sintomas que a possam suspeitar de endometriose, e em caso de dúvidas procure o seu médico para que ele possa examina- lá e esclarecer todas as suas duvidas.

Fonte- Ginecologista e Obstetra Dr. Domingos Mantelli Borges Filho

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Instituto Bowker revela crescimento de 60% do mercado de autopublicação, alimentado pelo setor de impressão por demanda

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2012 10:56:00

Pesquisa mostra que e-books JÁ representam

7% dos gastos com livros nos EUA



Instituto Bowker revela crescimento de 60% do mercado de

autopublicação, alimentado pelo setor de impressão por demanda



São Paulo, junho de 2012 – Os norte-americanos estão consumindo mais livros eletrônicos. Isto é o que revela uma pesquisa realizada pela Bowker, empresa que é líder mundial em informação bibliográfica. A venda de obras literárias nos Estados Unidos cresceu 6% no último ano, passando de 328.259 títulos em 2010 para 347.178 em 2011. O impulso no consumo, segundo a Bowker, deve-se quase que exclusivamente ao mercado de autopublicação, que apresentou a maior alta nos últimos quatro anos: quase 60%. Já os gastos com livros eletrônicos (ou e-books) tiveram um incremento considerável nas vendas naquele país, passandode 2% em 2010 para 7% em 2011.



Os e-books passaram a representar 14% das unidades comercializadas nos EUA. Em 2010, era de 4%. Além disso, a Bowker, que é responsável pela concessão de ISBNs (International Standard Book Number) nos EUA, registrou no ano passado mais de 211 mil autopublicações, sendo 41% livros eletrônicos, quase 60% a mais do que em 2010. Vale lembrar que nem todos os materiais deste setor levam ISBN.



Outra pesquisa, realizada na Inglaterra e encomendada pelo Writer's Workshop, mostra que a maioria dos autores britânicos consultados (60%) consideram a possibilidade de eliminar seus editores para autopublicar seus livros. Ainda na mesma divulgação, quase ¾ dos entrevistados (74,2%), responderam sim para a questão: “Se e-books continuarem a ganhar mercado, você consideraria eliminar sua editora?”.



Já no Brasil, o mercado de autopublicação também está crescendo. O portal Perse, que trabalha com impressão por demanda e e-books, registrou uma considerável alta de publicações em menos de um ano de atuação. No segundo semestre de 2011, foram publicados 200 livros. Neste ano, até o final do mês de maio, o número pulou para mais de 700 títulos. Uma das explicações para esse aumento é a facilidade que os autores encontram em publicar as suas obras através de serviços como esse. Além de terem ao alcance das mãos o poder de decisão sobre sua publicação, também contam com sistema de impressão sobre demanda e versão digitalizada (os e-books).



Com valores mais baixos, os títulos eletrônicos têm a vantagem de serem acessados logo após a compra, em qualquer lugar do mundo. Para aumentar o alcance dos livros virtuais entre seus usuários, a Perse realizou parcerias com grandes lojas do ramo, como as americanas Amazon e Xeriph e as brasileiras Livraria Cultura, IBA, Ponto Frio, Livraria da Travessa, Gato Sabido e Nuvem de Livros.



“Estamos em um mercado que tem crescido muito. A autopublicação já conquista a confiança de autores de todo o território nacional, que utilizam o nosso sistema para viabilizarem a difusão de suas obras”, afirma Antônio Hércules Jr., sócio e diretor geral do PerSe.



SOBRE A PERSE



A PerSe é uma plataforma web de publicação e comercialização de livros e eBooks para autores independentes, com um novo conceito no mercado editorial brasileiro: o autor é quem faz sozinho a publicação do seu livro. O objetivo principal do site é auxiliar autores independentes a publicar seus livros da forma mais simples e prática possível, direto pela Internet. Os autores fazem isso sem qualquer intermediação e gratuitamente.



Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Monster lança concurso cultural no Facebook

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2012 10:54:00

O famoso “QI” do mercado de trabalho virou concurso cultural no Facebook com o Monster. A empresa, líder mundial em recrutamento e gerenciamento de carreiras online, lança um concurso cultural para engajamento na rede social para reforçar o conceito do “quem indica” também em ambiente web.



Ao seguir a fan page do Monster no Facebook (http://www.facebook.com/MonsterBrasil), o participante deve responder à pergunta “Quem da sua rede de amigos você indicaria para uma vaga de emprego? E por quê?” para concorrer a prêmios. É preciso fazer o “tag” do amigo (@fulano) na resposta e citar as características mais inusitadas desse amigo e a oportunidade de trabalho para qual ele foi indicado.



A data limite para participação é 25 de junho e o regulamento da promoção está disponível no link (http://www.empregoecarreira.com/concurso-cultural-amigo-indica-amigo-no-monster) do concurso. A lista dos vencedores será divulgada em 9 de julho. A ação faz parte da estratégia do Monster de reforçar a importância do networking profissional por meio das redes sociais.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Callis leva literatura a público da Baby Bum entre 17 e 20 de maio

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2012 17:59:00

Única a participar da feira infantil, editora vai apresentar a adultos e crianças as novidades de seu catálogo



Entre os destaques do estande, estarão as obras premiadas “Lino”, “Como Começa?” e “Uma lagarta muito comilona”



Roupas, sapatos, brinquedos, móveis, acessórios, papelaria e...livros. Isso mesmo, livros! Essa é uma das apostas da 5° edição da Baby Bum, uma das principais feiras infantis, que acontece entre os dias 17 e 20 de maio, na zona oeste de São Paulo.



Convidada pelo segundo ano consecutivo, a Callis é a única editora a participar do evento, que é destinado a crianças de 0 a 12 anos de idade, e promete encantar o público com histórias e personagens lúdicos e divertidos. Obras premiadas da editora como “Lino”, de André Neves, que já ganhou o prêmio FNLIJ de ilustração, “Como Começa”, de Silvana Tavano, premiado com o selo Top 30 da Revista Crescer e o prêmio Altamente Recomendável FNLIJ e “Uma lagarta muito comilona”, bestseller de Eric Carle traduzido para mais de 30 países, são alguns dos destaques do estande Callis.



Entre os outros destaques estão o novo livro da coleção “A infância de...”, que tem como personagem a ilustre escritora Ana Maria Machado. Outro título que promete atrair a criançada é o “Atrás do Olho Fechado”, de Alessandra Roscoe. A obra reúne uma coletânea de pequenos verbetes que retratam descobertas e curiosidades do universo infantil.



Serviço

Baby Bum Feira Infantil

Data: de 17 à 20 de maio

Local: Av. Mofarrej, 1505 – Vila Nova Leopoldina

Informações: (11) 3082-2365 ou http://babybum.com.br/sao-paulo/contato

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Tipos de doenças de pele em bebês.

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2012 17:58:00

10 TIPOS DE DOENÇAS DE PELE EM BEBÊS

A pele da criança se diferencia da pele do adulto. Nos pequenos, ela é mais fina, tem menos cabelo e as glândulas sudoríparas são menos ativadas. Em um recém-nascido, por exemplo, tem menos fibras elásticas e colágenas. Isso justifica porque na infância a penetração de substâncias tóxicas pela pele é muito maior. “E os cuidados devem ser redobrados, pois é mais fácil os pequenos desenvolverem bolhas ou feridas ao serem expostas ao calor, irritantes químicos, traumatismos, além das doenças inflamatórias”, diz o dermatologista Fernando Passos de Freitas.

Enumeramos as doenças de pele mais comuns entre os pequenos, confira:

1. Dermatite seborréica: é um tipo de caspa que, geralmente, surge de forma leve na cabeça no bebê. No entanto, pode evoluir e se espalhar para outras regiões do corpo. É muito comum e pode desaparecer ao longo dos meses.

2. Cútis marmorata: espécie de rendilhado que surge na pele do bebê nos dias mais frios, devido a uma reação vasomotora. É considerada normal.

3. Icterícia fisiológica: mais popular, é identificada quando a pele do bebê fica em um tom amarelado; mas se não desaparece em alguns dias, um médico deve ser consultado.

4. Substância caseosa: uma camada que recobre a pele, semelhante ao efeito do verniz. Não deve se removida, pois possui função bactericida e acaba se soltando naturalmente com a sequência de banhos.

5. Lanugem: são pelos que alguns bebês têm no rosto, tronco e costas. Mas são eliminados de forma natural.

6. Hiperpigmentação dos genitais: alguns bebês podem apresentar um tom mais escuro nos órgãos genitais que desaparece com o tempo.

7. Hiperplasia sebácea: são bolinhas que surgem na região do nariz e somem em pouco tempo.

8. Dermatite das fraldas: ocorre devido à ação irritativa da amônia da urina, associada às bactérias ou fungos presentes na região. Desaparece totalmente, até sem tratamento, quando a criança para de usar fraldas.

9. Dermatite de contato: como a criança tem a pele mais delicada, é mais suscetível à alergia. Por isso, é melhor evitar talcos perfumados, hidratantes e sabonetes.

10. Pintas e manchas de nascença: o bebê pode nascer com uma mancha vermelha na nuca, porém a lesão normalmente desaparece. Se a criança tiver alguma pinta de nascença escura deve ser avaliada por um especialista, para evitar evolução para outro tipo de lesão.

Fonte- Dermatologista Fernando Passos

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Governo Estadual e setor da Construção Civil discutem destinação de Resíduos Sólidos

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2012 17:57:00

O Sindicato da Indústria da Construção
Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) e a Secretaria de Meio
Ambiente do Estado de São Paulo (SMA) realizam, no próximo dia
17 de maio, das 13h às 17h30, na Assembleia Legislativa de São
Paulo, o evento "Resíduos da Construção Civil -
Soluções e Oportunidades".



Esta iniciativa conjunta entre governo, entidades de classe e iniciativa
privada pretende incentivar a melhoria da gestão dos resíduos
da construção por parte dos diversos atores envolvidos. O
encontro conta com o apoio do deputado Campos Machado, líder do PTB
na Assembleia Legislativa.



Na ocasião, as empresas de reciclagem e aterro de resíduos da
construção vão entregar à Cetesb (agência
ambiental paulista) moção pedindo para que seja alterada a
Resolução 56 SMA, que permite, sem controle de contaminantes,
disposição de solo para correção
topográfica.



Especialistas enxergam na Resolução 56 uma brecha para que
sejam depositados na cidade, sem controle, solos contaminados. "Esta
resolução permite a contaminação do solo de
São Paulo. Temos que saber, por meio de registros, a origem e os
destinos do entulho depositado na cidade", disse Fernando Pinheiro
Pedro, advogado ambientalista que, durante o evento, vai apresentar painel
sobre a "Responsabilidade dos Agentes Envolvidos".



O evento é gratuito, mas as vagas são limitadas. Mais
informações e inscrições pelo site
http://www.anggulo.com.br/rcc/index.html.



A abertura do evento será feita pelo Secretário Adjunto do
Meio Ambiente, Rubens Rizek e pelo presidente do Sinduscon-SP, Sergio
Watanabe.



O evento acontece em um momento que, após sancionada a
Política Estadual de Resíduos Sólidos (PERN), de 2006,
e em 2010 a lei que institui a Política Nacional de Resíduos
Sólidos (PNRS), está para ser divulgado o Plano Nacional de
Resíduos Sólidos, que estipula metas para os diferentes
setores darem destinação adequada a seus resíduos,
incluindo, no caso do setor da construção, metas para que os
municípios implantem áreas de transbordo e triagem,
recicladoras e aterros para receber os resíduos inertes da
construção. Com isto, são diversas as iniciativas
distribuídas pelo Brasil, que visam cumprir as
determinações da Política, além da recém
atualizada resolução do Conama 307/2002, que traz prazos a
serem cumpridos pelos municípios e geradores.



Com o objetivo de colaborar para essa discussão e apresentar
avanços e soluções desse setor na gestão de
resíduos, diversos especialistas e autoridades convidadas
apresentarão exemplos que podem ser seguidos, além de debater
sobre os desafios do setor da construção civil para o
cumprimento das metas estabelecidas pela Política Nacional de
Resíduos Sólidos.



Entre os especialistas estão Lilian Sarrouf, coordenadora
técnica do Comitê de Meio Ambiente do Sinduscon-SP (Comasp),
que apresentará exemplos de gestão de resíduos
sólidos pelos grandes geradores; Gilberto Meirelles, presidente da
Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da
Construção Civil e Demolição (Abrecon) e
Horácio Peralta, diretor da Associação Paulista das
Empresas de Tratamento e Destinação Final de Resíduos
Urbanos (Apetres), que apresentarão quais são as áreas
de destinação e reciclagem de resíduos da
construção.



Estarão presentes também representantes de diversos
órgãos públicos, como Flavio de Miranda Ribeiro,
assessor técnico do Gabinete da Secretaria de Meio Ambiente do Estado
de São Paulo e João Luiz Potenza, diretor do Centro de
Projetos da Coordenadoria de Planejamento Ambiental da Secretaria de Meio
Ambiente do Estado de São Paulo, entre outros.



Durante o evento, André Aranha Campos, coordenador do Comitê de
Meio Ambiente do Sinduscon-SP, fará o lançamento da
publicação "Resíduos da Construção
Civil e o Estado de São Paulo", um levantamento da
situação da implementação da gestão de
resíduos da construção no Estado, feito por meio de uma
pesquisa desenvolvida pelo Sinduscon-SP com 348 municípios do
Estado.





Veja abaixo a programação completa do evento:



Programação



13h - 13h30



Recepção e brunch



13h30 - 14h30



Solenidade de abertura





Autoridades convidadas



Ministério do Meio Ambiente



Governo do Estado de São Paulo



Secretaria Estadual de Meio Ambiente



Prefeitura da Cidade de São Paulo



Assembleia Legislativa de São Paulo



Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de
São Paulo - Sinduscon-SP





14h30 - 15h30 | Painel 1



Políticas Públicas e Responsabilidades dos Agentes
Envolvidos





Plano Nacional de Resíduos Sólidos e as Metas para os
Resíduos da Construção Civil



Representante do Ministério do Meio Ambiente





Política Estadual de Resíduos Sólidos,
ações de Implementação



Flavio de Miranda Ribeiro - Assessor Técnico do Gabinete da
Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo





Responsabilidades dos Agentes Envolvidos



Fernando Pinheiro Pedro - Advogado





15h30 - 16h | Painel 2



Lançamento da Publicação: "Resíduos da
Construção Civil e o Estado de São Paulo" -
levantamento da situação da implementação da
gestão de resíduos da construção no estado de
São Paulo





André Aranha Campos - Coordenador do Comitê de Meio Ambiente do
Sinduscon-SP (Comasp)





João Luiz Potenza - Diretor do Centro de Projetos da Coordenadoria de
Planejamento Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente do Estado de
São Paulo





16h - 17h | Painel 3



Iniciativa Privada: Avanços do Setor





Gestão de Resíduos pelos Grandes Geradores, atendimento
à Resolução Conama 307 de 2002 e suas
alterações



Lilian Sarrouf - Coordenadora Técnica do Comitê de Meio
Ambiente do Sinduscon-SP (Comasp)





Áreas de Destinação e Reciclagem de Resíduos da
Construção



Gilberto Meirelles - Presidente da Associação Brasileira para
Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e
Demolição (Abrecon)





Horácio Peralta - Diretor da Associação Paulista das
Empresas de Tratamento e Destinação Final de Resíduos
Urbanos (Apetres)





17h00 - 17h15



Encerramento

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Superproteção ou Supervisão?

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2012 17:56:00

Sabe aquelas mães e todos os agregados da família que ficam o tempo todo ao lado da criança, segurando a mão, não deixando ela cair, se levantar sozinha? A cena é muito comum, porém, a má notícia é que eles não sabem que estão prejudicando e muito o desenvolvimento motor da criança. Se a criança tropeça muito, não corre tanto quanto deveria para a idade, tem dificuldades em subir degraus ou sentar, atenção! Alguma coisa está errada e é hora de procurar um especialista.

Superproteção ou Supervisão?

A superproteção familiar impede que as crianças conheçam e se aventurem pelo mundo por conta própria. Uma das causas desse zelo excessivo é o medo de expor os filhos em situações de risco. Com isso, pais e familiares passam a acompanhar cada passo desta criança, que fica “presa” em uma redoma de vidro, colocando em risco seu desenvolvimento motor. Este monitoramento exagerado inibe vivências e experiências próprias da idade, relevantes para o crescimento saudável. “Superproteção é diferente de supervisão”, alerta a fisioterapeuta Fernanda Davi, especialista em fisioterapia infantil.

Filhos únicos, bebês prematuros ou adotivos também são fortes candidatos a sofrerem superproteção. Se pensarmos que o número de casais hoje com apenas um filho aumenta a cada dia, a quantidade de crianças que vão andar mais tarde ou se desenvolver de forma lenta também só tende a crescer. Por conta disso, as crianças estão desaprendendo as brincadeiras tradicionais, que até algum tempo atrás eram primordiais no desenvolvimento e na evolução motora.

Segundo Fernanda, além do atraso motor, outras consequências devem ser levadas em consideração, como perda de personalidade, medo de enfrentar situações diferentes, dificuldade de relacionamento com outras crianças, reclusão, falta de iniciativa. “Pequenos gestos já sinalizam a falta de desenvolvimento, como por exemplo, quando a criança tem falta de equilíbrio, tropeça muito, não corre, tem dificuldades em subir degraus, sentar”, explica, ressaltando que “não existe criança preguiçosa, se ela não está querendo brincar alguma coisa está acontecendo com ela”, afirma.

Veja as dicas da fisioterapeuta para ajudar no desenvolvimento da criança e a perceber se tem algo errado com o desenvolvimento motor:

• Recém nascido
Conversar próximo ao rosto para começar a fixar e dar mobilidade a cabeça. A ação também ajuda a desenvolver a visão e audição.

• 2 meses a 3 meses
Os pais devem ficar atentos ao reflexo do bebê. Se a criança não te segue e não se assusta com barulhos, algo está errado.

• 4 meses
Normalmente neste período, o pescoço deve já estar firme e a criança sempre está alerta, dorme menos. É necessário colocar a criança de barriguinha pra baixo para começar a estimulá-la a controlar a cabeça. Brincar de rolar é um bom estímulo nesse período.

• 5 a 6 meses
O ideal é começar a deixar a criança mais sentada para que ela vivencie a postura. Tirar o encosto ajuda na conscientização do corpo.

• 7 a 8 meses
Explorar o meio em que vive, deixar engatinhar e estimular colocando os brinquedos distantes para que vá até eles.

• 9 a 10 meses
Começa o momento em que os pais tem que começar a pensar no andar. O ideal é colocar a criança em pé para que sinta o próprio peso, e assim, crie equilíbrio.

• 1 a 2 anos
Realizar atividades que ajudam no desenvolvimento motor como subir e descer escada, pular obstáculos, correr, dançar, entre outras.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

20 de maio – Dia dos Celíacos

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2012 10:54:00

Amaranto apresenta benefícios para saúde dos celíacos

Cerca de um milhão de brasileiros são intolerantes ao glúten e necessitam de uma dieta rica em proteínas e minerais. O cereal Amaranto pode ser um bom aliado contra esta doença.

Pouco conhecida e divulgada no Brasil, a intolerância ao glúten atinge cerca de um milhão de brasileiros, segundo a Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil (Fenacelbra). A doença afeta, de forma crônica, o intestino delgado ocasionando a intolerância permanente ao glúten, uma proteína encontrada no trigo, centeio, cevada, aveia e malte. A ingestão desta proteína causa atrofia das vilosidades, dobras da mucosa do intestino delgado, causando danos na absorção dos nutrientes, vitaminas e sais minerais.

A nutricionista da Vitalin, Alline Cristina Schüncke, explica que a intolerância ao glúten pode levar anos para ser diagnosticada. “Os principais sintomas são diarreia crônica ou prisão de ventre, inchaço e flatulência, irritabilidade e pouco ganho de peso, além de, em alguns casos, apresentar atraso de crescimento e da puberdade, anemia da carência de ferro e osteoporose. A única forma de tratamento é a exclusão total do glúten na dieta”, explica Alline.

As pessoas com essa disfunção no organismo necessitam de complementos para suprir a carência de nutrientes e a profissional explica que é possível encontrar soluções para esse problema em alguns alimentos. “Atualmente existem no mercado diversos alimentos sem glúten que são indicados para todos os consumidores, como a Linhaça, Chia, Quinoa e o Amaranto” comenta a nutricionista.

O consumo regular, segundo ela, de Amaranto – que é um cereal de origem vegetal – auxilia na prevenção da osteoporose, pois é fonte de cálcio. “O Amaranto possui 15% de proteínas com alto teor biológico e é fonte de cálcio biodisponível, ou seja, pronto para ser absorvido pelo corpo, além dos nutrientes como fibras, zinco e fósforo”, explica a nutricionista.

Além disso, o Amaranto contribui para a diminuição do colesterol, protege o coração e auxilia na redução da pressão arterial.

Originário dos Andes, o Amaranto pode ser adicionado em sopas, molhos, sucos e vitaminas, sem alterar o paladar de cada opção. O cereal também é indicado para atletas, pois estimula a recuperação e ganho de massa magra, além de reforçar o sistema imunológico.

Amaranto Vitalin

A Vitalin, de Jaraguá do Sul (SC), oferece o Amaranto em flocos, de origem orgânica, ou seja, cultivado sem agrotóxico, com rodízio de plantio e proibição do trabalho escravo ou infantil. O produto é certificado e inspecionado pelo Instituto Biodinâmico (IBD), além de contar com o selo de identificação do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (Sisorg), que exige rigorosos padrões de conservação do meio ambiente e sustentabilidade do planeta.

Conheça a Vitalin

A Vitalin atua no mercado de alimentos orgânicos e integrais desde 1997 oferecendo aos consumidores produtos com características únicas. Para isso, busca em diversas culturas e regiões do mundo, produtos que proporcionem bem-estar e qualidade de vida aos consumidores, além de colaborar para um mundo mais sustentável.

Entre os produtos oferecidos pela Vitalin estão os orgânicos, Linhaça Dourada, Quinoa, Amaranto e Açúcar Mascavo, e, os integrais, Chia, Linhaça Dourada e Marrom, Fibra de Maracujá, Gergelim e Aveia Mais Quinoa e Amaranto.

Ficha técnica do Amaranto Vitalin

INFORMAÇAO NUTRICIONAL

Porção de 30g (3 colheres de sopa)

Quantidade por porção


%VD(*)

Valor Energético


107,1kcal = 449,82kJ


5%

Carboidratos


20,4g


7%

Proteínas


4,3g


6%

Gorduras Totais


0,92g


2%

Gorduras Saturadas


0g


-

Gorduras Trans


0g


-

Fibra Alimentar


1,5g


6%

Sódio


4,2mg


0,2%

Colesterol


0mg


0%

Cálcio


77,7mg


8%

Ferro


1,8mg


13%

Fósforo


162,3mg


23%

(*)% Valores Diários de referência com base em uma dieta de 2.000kcal ou 8.400kJ. Seus valores podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

Amaranto Vitalin - Embalagem com 150 gramas (R$7,00), preço sugerido.

Smoothie de Morango (sem glúten)

Rendimento: 1 porção

Ingredientes

½ xícara (chá) de morangos congelados, ½ xícara (chá) de suco de laranja, 2 colheres (sopa) de Amaranto em Flocos Vitalin, 2 bolas de sorvete de creme, 4 pedras de gelo.

Preparo

Coloque no liquidificador todos os ingredientes, começando pelo suco de laranja, em seguida o Amaranto, o sorvete, os morangos e o gelo. Bata em velocidade máxima por 3 minutos e sirva a seguir.

Bolo de Laranja (sem glúten)

Rendimento:15 porções

Ingredientes

1 laranja pêra com casca e sem sementes, 4 ovos, ½ copo de óleo de canola ou de milho (125 ml), 2 xícaras (chá) de açúcar, 1 xícara (chá) de Amaranto em Flocos Vitalin, 1 xícara (chá) de Farinha de Linhaça Dourada Vitalin, 1 xícara (chá) de amido de milho, 1 colher (sobremesa) de fermento em pó.

Preparo

Corte a laranja em pedaços e retire todo o bagaço. Coloque a laranja, os ovos, o óleo e o açúcar no liquidificador. Bata até ficar homogêneo e reserve. Coloque em uma tigela o Amaranto em Flocos Vitalin, a Farinha de Linhaça Vitalin, o amido de milho e o fermento misturando bem. Despeje a mistura do liquidificador aos poucos misturando bem. Coloque em fôrma de bolo com furo central, untada e polvilhada com farinha de linhaça. Asse em forno pré-aquecido à 180ºC por 40 minutos ou até que furando com um palito, ele saia limpo.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Convite à navegação – Uma conversa sobre literatura portuguesa - lançamento

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2012 10:51:00

CONVITE À NAVEGAÇÃO – UMA CONVERSA SOBRE LITERATURA PORTUGUESA



Lançamento da Editora Peirópolis leva o leitor a embarcar numa viagem pela história da literatura portuguesa









FICHA TÉCNICA



Título: Convite à navegação - Uma conversa sobre literatura portuguesa

Autora: Susana Ventura

Formato: 19 x 24 cm

Nº de páginas: 128

ISBN: 978-85-7596-253-4

Preço: R$ 32,00





Em homenagem ao Ano de Portugal no Brasil (2012/2013), a Editora Peirópolis lança, este mês, a obra Convite à Navegação – Uma conversa sobre literatura portuguesa. De autoria de Susana Ventura com ilustrações de Silvia Amstalden, o livro apresenta de forma ágil e poética a história da formação da literatura portuguesa.



A obra convida o leitor a fazer uma viagem a mar aberto que o levará a conhecer a fascinante história da formação da literatura portuguesa e seus principais autores. A jornada acontece sob o comando de Susana Ventura, que faz um apanhado histórico que se inicia na Idade Média, com o objetivo de situar o viajante no contexto em que emergiram as primeiras manifestações literárias na Península Ibérica. Nesta jornada por um mar de palavras e de sentimentos, o leitor descobrirá as principais características das cantigas que marcaram o Trovadorismo e conhecerá uma importante obra em prosa – A demanda do Santo Graal -, do mesmo período literário, assim como a análise crítica das chamadas novelas de cavalaria.

Como não poderia deixar de ser, Gil Vicente tem seu lugar no palco desta aventura com seu teatro e a análise de algumas de suas peças famosas, como o Auto da Barca do Inferno e A farsa de Inês Pereira.



E por falar em mar, nada como viajar com Luis Vaz de Camões e conhecer a sua obra-prima Os Lusíadas, poema épico que exalta a coragem e a valentia do povo português na época das grandes navegações, e também alguns de seus sonetos, que convidam as pessoas a uma viagem pelos sentimentos, tendo o amor como elemento de realização existencial.



Apresentado de forma ágil, precisa e poética, o livro convida a todos os que lidam com a língua portuguesa, tanto em suas manifestações literárias quanto na comunicação diária, na escola e na vida, a embarcar na paisagem sociocultural em que a língua portuguesa se formou. As ilustrações atemporais de Silvia Amstalden dão vida e emoção a esta viagem, que pode ser considerada uma obra de referência sobre os primórdios da literatura portuguesa.





Sobre a autora:

Susana Ventura é doutora em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Como professora e pesquisadora das literaturas de língua portuguesa, tem trabalhado em diferentes universidades brasileiras, portuguesas e francesas ministrando cursos e palestras. Além disso, tem atuado ao lado de atores, músicos, grafiteiros, artistas plásticos e videoartistas em atividades que buscam levar a literatura a um grande número de pessoas. Organizadora da I Jornada Luso-Brasileira de Literatura para Crianças e Jovens – Lisboa, 2010, o primeiro grande evento a discutir a literatura infantil e infantojuvenil brasileira em Portugal – e do Colóquio Internacional de Literaturas de Língua Portuguesa para Crianças e Jovens – Lisboa, 2011, ampliação da Jornada, contemplando as literaturas produzidas nos países africanos de Língua Portuguesa. Pesquisadora ligada ao Núcleo e Estudos Ibéricos da Universidade Federal de São Paulo e ao Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.



Sobre a ilustradora:

Formada em Arquitetura e Urbanismo pela USP em 2002, Silvia atualmente trabalha com artes gráficas, ilustração e arte-educação. É integrante do grupo de ilustradores Charivari, selecionado pelo edital Conexão Artes Visuais da Funarte em 2007. Dentre os livros que publicou como ilustradora, estão: "Foz e Falésia" (Espaço Editorial, 2003 e 2005) e Amigagem (Editora Peirópolis, 2009). Elaborou também o projeto gráfico de vários livros, entre os quais se destacam: "Histórias para ler sem pressa" (Editora Globo, 2007); "Niobe Xandó - a arte de subverter a ordem das coisas" (Pinacoteca do Estado, 2007); "Alice passou por aqui..." e "Drosófila, a mosquinha famosa" (Editora Terceiro Nome, 2007).





Sobre a Editora Peirópolis

Criada em 1994, a Editora Peirópolis tem como missão contribuir para a construção de um mundo mais solidário, justo e harmônico, publicando literatura que ofereça novas perspectivas para a compreensão do ser humano e do seu papel no planeta. Suas linhas editoriais oferecem formas renovadas de trabalhar temas como ética, cidadania, pluralidade cultural, desenvolvimento social, ecologia e meio ambiente – por meio de uma visão transdisciplinar e integrada. Além disso, é pioneira em coleções dedicadas à literatura indígena, à mitologia africana e ao folclore brasileiro. A editora está afinada com os propósitos do terceiro setor, participando ativamente do crescente movimento de sua profissionalização. Para saber mais sobre a Peirópolis, acesse www.editorapeiropolis.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Orlando Duarte lança livro sobre os Pioneiros do futebol brasileiro

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2012 10:47:00

Com o subtítuto de ‘Deus criou a bola. E o homem descobriu o que fazer com ela’, o jornalista Orlando Duarte mostra no livro “PIONEIROS” a história do futebol através de uma viagem pelo tempo, registrando em um diário de bordo. Você sabia que o futebol começou na China? O livro traça a trajetória de como uma bola e a disputa entre duas pessoas começou o futebol, mostra a evolução das regras, a história de fundação dos principais clubes de futebol no Brasil e traz imagens históricas e fotografias.

Orlando Duarte registra, em 165 páginas, a história do futebol através do tempo; a chegada de Charles Miller e a introdução do futebol no Brasil; a fundação dos principais clubes em São Paulo e a criação da Liga Paulista de Futebol; detalhes do primeiro campeonato paulista em 1919; a formação dos tradicionais times do Rio e São Paulo; os clubes mais antigos do Brasil ainda em atividade; os primeiros confrontos entre S.Paulo e Rio; e a história de fundação dos principais times de cada estado brasileiro.



Diário de Bordo – a trajetória do futebol



A história do futebol começa em 2.600 a.C. na China, no vale do Rio Amarelo, onde artesãos e agricultores disputavam um jogo com bola de crina de cavalo, com oito pessoas de cada lado, bem parecido com o futevôlei, que levava o nome de Tsu-Chu. A peleja é ilustrada no livro “Pioneiros” por uma pintura em seda do acerco da Bridgeman Art Library.

O livro segue com o futebol jogado na Grécia no século 3 a.C., passa pela América pré-colombiana, que em 1400 a.C. já usava bola de borracha; como o Império Romano disseminou o esporte a partir do século 2 a.C. com a expansão de seus domínios pela Europa e Ásia; chega a Idade Média, na Florença renascentista, que moldou as regras do esporte, que chamava Calcio; até a definição da denominação “football” pelos ingleses no século 18.

A história registra que foi na Taverna Freemason, em Great Queen Street, em Londres, dia 26 de outubro de 1863, que 11 clubes e escolas criam o conjunto universal de regras do futebol. A partir dos marcos históricos do futebol, “Pioneiros” acompanha a formação do futebol no Brasil com Charles Miller em São Paulo e Oscar Cox no Rio de Janeiro, além da fundação dos primeiros clubes do país.

“Fiz uma caminhada na vida ao redor do futebol para deixar informações para os jovens e esportistas. São informações que foram desprezadas, em outros livros. O objetivo é preservar a história”, define o jornalista Orlando Duarte, que completa 80 anos, já cobriu 14 campeonatos mundiais de futebol, escreveu mais de vinte livros sobre a história e as regras de diversos esportes.

Ficha Técnica – PIONEIROS



Título – Pioneiros – Deus criou a bola. E o homem descobriu o que fazer com ela

Autor – Orlando Duarte

Editora Abook

Páginas – 165

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lançamento da obra Frankenstein em quadrinhos,

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2012 10:45:00

EDITORA PEIROPÓLIS LANÇA FRANKENSTEIN EM QUADRINHOS EM SP E NO RJ



Eventos de lançamento da versão HQ de Frankenstein acontecem no dia 19 de abril, às 19h, na Livraria da Vila da Alameda Lorena, em São Paulo, e no 14º Salão FNLIJ do Rio de Janeiro, no dia 26 de abril, às 11h.

FICHA TÉCNICA



Título: Frankenstein em quadrinhos

Autora: Mary Shelley

Versão em quadrinhos: Taisa Borges

Formato: 20,5 x 27 cm

Nº de páginas: 64

ISBN: 978-85-7596-251-0

Preço: R$ 35,00





A artista plástica Taisa Borges, ganhadora do prêmio ‘Melhor Livro de Imagem de 2006’ pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), lança, este mês, em eventos em São Paulo e no Rio de Janeiro a obra clássica de autoria de Mary Shelley, Frankenstein, em versão HQ. Os lançamentos acontecem no dia 19 de abril, às 19h, na Livraria da Vila da Alameda Lorena, e no dia 26 de abril, às 11h, no 14° Salão FNLIJ do livro para crianças e jovens, respectivamente.



Criado pela inglesa Mary Shelley em 1817, então com apenas 19 anos, o romance Frankenstein tornou-se extremamente popular, com inúmeras adaptações para o teatro, o cinema e TV. Nesta versão em quadrinhos da Editora Peirópolis, Taisa apresenta seu olhar sobre a obra, buscando alcançar em imagens os temas que atravessam a história e que ainda hoje ecoam na cultura, como as contradições que envolvem o desenvolvimento da ciência frente aos mistérios da natureza, o desejo de realizações grandiosas em contraponto ao sossego da vida doméstica, a dificuldade de o homem exercer uma conduta acolhedora frente a um outro radicalmente diferente.



Nas palavras do consultor literário Maurício Soares Filho, autor do texto de introdução de Frankenstein em quadrinhos, o livro é produto do encontro da mente inquieta da jovem inglesa Mary Shelley com os traços fortes e de personalidade marcante da artista Taisa Borges. “Taisa foi capaz de fazer a terrível trajetória de Victor Frankenstein emergir das profundezas escuras do Romantismo diante de nossos olhos”, destaca.



Como em todos os títulos da coleção Clássicos em HQ da Editora Peirópolis, há um posfácio assinado pelo cartunista. No caso de Frankenstein em quadrinhos, Taisa Borges escolheu a forma epistolar para contar sua experiência, escrevendo para sua irmã, sintonizando-se assim com a forma do livro de Mary Shelley. No posfácio de Taisa, ela registra que “ao desenhar essa história, que é uma peróla de simplicidade e, ao mesmo tempo, de densidade incomum, pensava na jovem Mary Shelley com seus 19 anos, de férias, na Suíça, escrevendo essa pequena obra-prima. Durante o trabalho, eu me perguntava se conseguiria alinhavar com os meus desenhos um texto tão especial. Que desafio!”



A Coleção Clássicos em HQ da Editora Peirópolis inclui também versões para quadrinhos das obras: Dom Quixote (Cervantes por Caco Galhardo); Os Lusíadas (Camões por Fido Nesti); O Corvo (Poe por Luciano Irrthum); Demônios (Aluísio Azevedo por Eloar Guazzelli); Conto de escola (Machado por Silvino); Auto da barca do Inferno (Gil Vicente por Laudo Ferreira) e A Divina Comédia (Dante por Piero e Giuseppe Bagnariol). Já para o final de 2012, a editora prevê o lançamento do livro de Virginia Woolf, Orlando, que será transposto para a HQ pela quadrinista Luana Geiger em parceria com a roteirista Luciana Penna.



Sobre Mary Shelley

Nasceu em 1797, em Londres, e era filha de uma das precursoras do feminismo militante – Mary Woolstonecraft – que morreu apenas dez dias após o nascimento da menina. Foi criada pelo pai, William Godwin, renomado filósofo de inspiração iluminista. Casou-se aos 19 anos com o poeta Percy Bysshe Shelley, após a mulher dele ter se suicidado. Com uma vida repleta de desilusões, que incluem a perda prematura de três dos quatro filhos que teve com Shelley e do próprio marido com apenas 30 anos, sua história já seria assunto para uma grande obra romântica. Embora muito reclusa e reticente em falar de sua vida pessoal, tornou-se conhecida como escritora – logo após publicar Frankenstein, seu primeiro e mais famoso romance, em 1818, aos 21 anos de idade. Mary Shelley morreu de um tumor cerebral, em sua cidade natal, em 1851, aos 54 anos.



Sobre Taisa Borges

Desde criança Taisa Borges gosta de contar histórias. A menina faladeira foi percebendo que as palavras não eram suficientes para expressar-se. Quando pintou seu primeiro quadro, se deu conta de que uma imagem “esconde” inúmeras palavras. Desde então, Taisa fala pouco e conta muitas histórias. Depois de graduar-se em Artes Plásticas, estudou artes e desenho de moda em Paris. De volta a São Paulo, desenvolveu estampas e trabalhou com design gráfico. Hoje, a artista plástica dedica-se à ilustração infantil. É autora de quatro livros que integram a coleção “Livro de imagem”, da Editora Peirópolis.





Sobre a Editora Peirópolis

Criada em 1994, a Editora Peirópolis tem como missão contribuir para a construção de um mundo mais solidário, justo e harmônico, publicando literatura que ofereça novas perspectivas para a compreensão do ser humano e do seu papel no planeta. Suas linhas editoriais oferecem formas renovadas de trabalhar temas como ética, cidadania, pluralidade cultural, desenvolvimento social, ecologia e meio ambiente – por meio de uma visão transdisciplinar e integrada. Além disso, é pioneira em coleções dedicadas à literatura indígena, à mitologia africana e ao folclore brasileiro. A editora está afinada com os propósitos do terceiro setor, participando ativamente do crescente movimento de sua profissionalização. Para saber mais sobre a Peirópolis, acesse www.editorapeiropolis.com.br



SERVIÇO: SÃO PAULO – LIVRARIA DA VILA

Lançamento do livro Frankenstein em quadrinhos - Sessão de autógrafos com a presença da ilustradora Taisa Borges.

Quando: 19 de Abril

Onde: Livraria da Vila – Alameda Lorena

Horário: às 19h

Endereço: Alameda Lorena, 1731 – Jardim Paulista

Telefone: (11) 3062-1063



SERVIÇO: RIO DE JANEIRO – 14º SALÃO FNLIJ

Lançamento do livro Frankenstein em quadrinhos - Sessão de autógrafos com a presença da ilustradora Taisa Borges.

Quando: 26 de Abril

Onde: Centro de Convenções SulAmérica – no Auditório

Horário: às 11h

Endereço: Av. Paulo de Frontin, 1 – Cidade Nova

Telefone: (21) 2262-9130

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Navio naufragado há mais de 100 anos é localizado por equipe de mergulhadores em Alagoas

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2012 10:40:00

Com operação montada por empresas especializadas em mergulho foi possível localizar e identificar embarcação desaparecida em 1896



No último dia 11 de março, um grupo de mergulhadores localizou no fundo do mar do litoral alagoano uma peça que resgata e desvenda uma parte da história de uma antiga embarcação: um veleiro de 60 metros e três mastros, de nome Thyatira, que saiu de Londres rumo ao Rio de Janeiro, no dia 16 de julho de 1896, mas que não chegou ao seu destino final, pois naufragou a 14 quilômetros da foz do rio São Francisco, entre os estados de Alagoas e Sergipe.



A expedição para esta busca e identificação foi montada depois de um pescador perder sua rede enroscada em algo desconhecido e procurar ajuda para descobrir o que estava sob as águas. No primeiro mergulho não foi possível identificar nada, devido às más condições do mar e a pouca visibilidade embaixo d´agua. Na segunda vez, foi encontrada uma peça do navio, onde estava gravado o nome Thyatira. Os mergulhadores conseguiram realizar uma pesquisa e descobrir toda a história do naufrágio e confirmar então que o objeto capturado era mesmo do veleiro. A peça foi doada à Capitania dos Portos de Alagoas.



A estrutura desta expedição foi montada pela operadora de mergulho, Atlantis Divers, que ofereceu toda a possibilidade de operação no mar, como alimentação, pernoite e navegação com o Catamarã Atlantis Voyager; o centro de mergulho do Recife, Aquaticos contribuiu com uma equipe de mergulhadores e pesquisadores; e a Ecoscuba Maceió, que havia localizado o naufrágio, e apoiou com cilindros e as coordenadas do naufrágio, além de equipe.



Mais informações podem ser obtidas no site www.atlantisdivers.com.br e no blog www.aquaticos.com.br/blog

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

II Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário recebe trabalhos até 30 de abril

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2012 10:39:00

O Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário recebe trabalhos que devem ser enviados para avaliação até às 24 horas do dia 30 de abril de 2012. O Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário é organizado conjuntamente pela Intercom e pelo Museu Nacional da Imprensa, de Porto (Portugal). Ele consiste num espaço de arte que visa fortalecer as relações universitárias entre Brasil, Portugal e demais países de idioma português, através da linguagem universal do humor, privilegiando o uso das tecnologias multimídia e a Internet. Mas ele não está sujeito a temas e os concorrentes podem apresentar trabalhos nas categorias: charge, caricatura, tiras em quadrinhos e cartum.

O Concurso destina-se a alunos de graduação e pós-graduação inscritos em instituições de Ensino Superior do Brasil, Portugal ou dos demais países de idioma português, podendo concorrer com qualquer desenho de humor, nas categorias acima identificadas, desde que enviados em suporte digital. Todos os trabalhos devem ser enviados pela Internet, conjuntamente, para os seguintes endereços eletrônicos www.intercom.org.br e www.museudaimprensa.pt. Os formatos de envio dos desenhos são JPG, GIF e/ou PDF, devendo os arquivos ter, no máximo, 10 MB. Cada participante poderá enviar até 3 trabalhos por categoria. Os projetos com mais de um autor receberão um único prêmio.

A entrega da premiação será feita em cerimônia durante o Congresso Nacional da Intercom de 2012. Além disso, será realizada uma exposição dos trabalhos vencedores no Museu Nacional da Imprensa (em Porto, Portugal). Outras exposições poderão acontecer em outras cidades, de acordo com um plano das entidades organizadoras. Vale ressaltar que a participação no Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário implica na cedência automática dos direitos de publicação e reprodução dos trabalhos em qualquer suporte, no âmbito da produção e divulgação, nos Congressos da Intercom (regionais e nacional) e no Museu da Imprensa de Portugal, durante os dois anos seguintes ao concurso.



A Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação é uma instituição sem fins lucrativos, destinada ao fomento e à troca de conhecimento entre pesquisadores e profissionais atuantes no mercado. A entidade estimula o desenvolvimento de produção científica não apenas entre mestres e doutores, como também entre alunos e recém-graduados em Comunicação, oferecendo prêmios como forma de reconhecimento aos que se destacam nos eventos promovidos pela entidade.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Remix de Junior C. para Move Your Feet é lançado no Beatport

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/03/2012 17:24:00

Lançada pelo selo inglês Nasty Funk, a faixa já tem suporte de grandes DJs da cena eletrônica mundial

São Paulo, março de 2012 – Acaba de ser lançado, exclusivamente no site de compras de música eletrônica Beatport, o remix de Junior C. para a música “Move Your Feet”, do DJ Glen, pelo selo inglês Nasty Funk Records. A track já está no case e recebeu suporte de grandes DJs da cena eletrônica mundial, entre eles: Hot Since 82 (UK, Hot Creations), Manik (NY, Ovum, Poker Flat), Miguel Puente (SPA, Hot Creations), Cubiq (UK, Love not Money) e Cera Alba (UK, Hot Waves). Além do Junior C., o single ainda conta com versões de Matt Fear, Click Click e Erik Christiansen.

O remix pode ser ouvido e comprado no link: http://www.beatport.com/track/move-your-feet-junior-c-remix/3323314. Para saber mais informações e ficar por dentro do que acontece na carreira do DJ, acesse www.juniorc.com.br ou siga o twitter: www.twitter.com/junior_c.

Sobre Junior C.
Sua história com a cena eletrônica começou cedo. Aos 17 anos seu nome já aparecia nos flyers do lendário Lov.E em São Paulo e, com apenas 19 anos, fez parte do line up do maior festival da América Latina, o Skol Beats, emplacando como o DJ mais jovem a ter tocado na história do festival.

De lá para cá, Junior C. vem colecionando uma série de prêmios e memoráveis apresentações nos maiores clubs e festivais do país. Em 2009, representou o Brasil, ao lado de Anderson Noise, no famoso Avalon em L.A. (EUA), na festa Made in Brazil. No mesmo ano tocou na festa da revista DJ MAG no Winter Music Conference, em Miami (EUA), e em 2010 tocou ao lado de nomes, como Seth Troxler, Joris Voorn, Nic Fanciulli, Armin Van Burren, Ellen Alien, Kaskade, Lee Foss, Booka Shade, Phonique, Fedde Le Grand, e foi escolhido para abrir a tour do francês David Guetta no Brasil.

Seu último lançamento, o EP Disco Charge, recebeu remix do escocês François Dubois a.k.a. Funk D' Void e foi lançado pelo Clash Music Label, selo que já lançou nomes como Anthony Rother, Renato Cohen, Gui Boratto, Chistian Smith, entre outros. Junior C. é também o único brasileiro patrocinado pela Pioneer DJ, empresa japonesa líder mundial em aparelhos eletrônicos para DJs. Atualmente, é residente do Clash Club e do Lions Nightclub, ambos em São Paulo.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Um alívio para a ATM

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/03/2012 17:23:00

Botox pode ser aliado ao tratamento de disfunções da articulação temporomandibular



Segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 30% da população mundial sofrem com disfunções da ATM – articulação temporomandibular. Entre um dos principais sintomas, está a dor de cabeça, causada pela contração muscular excessiva. “Essa contração, em especial na hora de dormir, é a causa de muitas dores de cabeça e no pescoço. A disfunção precisa ser diagnosticada e devidamente tratada por um cirurgião dentista. Nesse processo, o botox pode ser um aliado, relaxando a musculatura”, explica a dermatologista Annia Cordeiro Lourenço.



A dermatologista explica que a aplicação da toxina botulínica (botox) funciona como um tratamento complementar ao paciente que sofre de disfunções da ATM. “Muitas vezes, a musculatura do paciente tem uma ‘memória’ da contração. O botox ajuda a relaxar o músculo, enquanto são realizados os tratamentos odontológicos”, comenta.



É comum que os pacientes, mesmo já iniciando o tratamento com placas ou outras técnicas, ainda sintam dor devido a essa memória muscular. Com o botox, ele pode ter um alívio mais rápido, em especial, nas dores de cabeça, nuca, pescoço e face. “O ideal é que o cirurgião dentista faça a indicação e encaminhe ao dermatologista os pacientes em que as dores persistem, mesmo com o tratamento adequado.”



Sem medo

Dra. Annia lembra que não é preciso ter medo em relação aos resultados da aplicação do botox e esclarece algumas dúvidas:



Como acontece a atuação do botox? Quando inserido, o produto faz com que o músculo não contraia ou apresente menos movimento que o normal. A aplicação é feita com agulhas, mas o gelo utilizado reduz a sensação de dor.



Quanto tempo dura a ação do produto? “A duração do resultado varia de três a cinco meses, por isso é indicado aplicar o produto entre esse intervalo.”



Há contra-indicação? O botox é indicado para pessoas adultas com idades até 65 anos de idade. “Está contra-indicado em casos de alguns casos de doenças como a miastenia gravis, enfermidade neuromuscular que causa fraqueza e fadiga anormalmente rápida dos músculos voluntários.”



Sobre a doutora Annia Cordeiro Lourenço

(www.annia.med.br | www.twitter.com/Dra_Annia)

Graduada em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 1995, fez residência em Dermatologia na Santa Casa de Curitiba e especialização na mesma área na Sociedade Brasileira de Dermatologia. É também membro da SBD, da Academia Americana de Dermatologia (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Fez estágios em hospitais de Miami e Barcelona e, atualmente, atende em Curitiba.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Fifa Interactive World Cup 2012 realiza etapa carioca na Estácio

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/03/2012 17:21:00

Maior campeonato de futebol virtual do mundo dará a um felizardo a chance de conhecer os grandes craques do futebol



O campus Tom Jobim da Estácio, na Barra da Tijuca, está sediando até a próxima sexta-feira (16) a etapa carioca do FIFA INTERACTIVE WORLD CUP 2012, maior campeonato de futebol virtual do mundo. O vencedor, que será definido em agosto, na grande final na Europa, receberá, além do prêmio em dinheiro, a chance de conhecer os craques do futebol real na festa da Fifa, no fim do ano.



Esta é a quarta fase do torneio, que é dividido entre disputas presenciais, quando os jogadores se enfrentam num lugar específico, e online. No Brasil, também estão ocorrendo etapas classificatórias em outras cinco cidades: Salvador, São Paulo, Brasília, Curitiba e Porto Alegre. Ao fim destas etapas, os campeões vão disputar a fase final latino-americana, que acontece nos dias 5 e 6 de maio, em São Paulo.



A fase final do torneio, que será realizada na Europa em agosto, envolverá 11 vencedores de diferentes países/regiões (América Latina, Austrália, França, Alemanha-Suíça-Áustria, Japão, Oriente Médio, Suécia-Dinamarca, Oceania, Polônia, Espanha e Reino Unido), mais 12 campeões das disputas online e o atual campeão do torneio, o português Francisco Cruz, que irá defender o seu título.



Sobre a Estácio

Um dos maiores e mais conceituados grupos de ensino superior da América Latina, a Estácio atua há mais de 40 anos no país. A instituição, presente em todas as regiões geográficas do Brasil, possui cerca de 4 mil funcionários, um corpo docente de 7,5 mil professores e mais de 247 mil alunos matriculados. Formada por 33 instituições de Ensino Superior, entre Universidades, Centros Universitários e Faculdades, está presente em 36 cidades de 17 estados. Com um total de 70 campi, a instituição oferece diversos cursos presenciais e a distância de Graduação Tradicional, Tecnológica e Licenciatura nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas, cursos de pós-graduação lato sensu presenciais e a distância, cinco cursos de Mestrado e três cursos de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação), avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (Capes), além de cursos de extensão e educação corporativa.

A Estácio mantém parceria com a Ecole hôtelière de Lausanne (Hotelaria suíça), a Alain Ducasse Formation (Gastronomia francesa) e a Universidade de Coimbra (Direito em Portugal). Um dos principais diferenciais da Estácio é a oferta de material didático gratuito aos alunos. São capítulos integrais das melhores obras para cada disciplina e curso, com o pagamento dos direitos autorais devidos. E em 2011 a Estácio inovou mais uma vez levando para os alunos dos cursos de Engenharia, Arquitetura e Direito em todo o Brasil, Gastronomia e Hotelaria no Rio de Janeiro e em São Paulo e de Administração em Goiás todo o conteúdo do material didático dentro de um tablet.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Bela Vista é roteiro da Operação Cata-bagulho deste sábado (17)

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/03/2012 17:19:00

Serviço, que já completou 10 edições este ano, coletou 185 toneladas na região central



Neste sábado (17), os moradores da Bela Vista poderão aproveitar a segunda edição da Operação Cata-bagulho na região para descartar móveis velhos, madeiras, pneus usados e eletrodomésticos quebrados. As equipes, programas pela Subprefeitura Sé, farão o recolhimento dos inservíveis, depositados nas calçadas entre 7 e 12 horas.



Todas as ruas do distrito – delimitado pela avenida Paulista, avenida Bernardino de Campos, rua do Paraíso, viaduto do Paraíso, avenida 23 de Maio, viaduto Jaceguai, ligação Leste-Oeste, rua Avanhandava, escadaria de ligação e rua Frei Caneca – serão contempladas pelo serviço.

O Cata-bagulho é uma alternativa gratuita para o descarte de objetos e materiais inservíveis, que tem como objetivo evitar crimes de despejo irregular de lixo e entulho. Tais violações são passíveis de multa de até R$ 12 mil, e inviabilizam o escoamento correto das águas torrenciais, causando enchentes.



Desde janeiro, as 10 edições do serviço recolheram 185 toneladas na região central de São Paulo. O calendário das Operações pode ser consultado do site da Subprefeitura

(http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/se/noticias/index.php?p=29365).



Ecopontos



Em caso de pequenas quantidades, de até 1 m³, o que corresponde a uma caixa d'água de mil litros ou 25% de uma caçamba, o descarte pode ser feito nos Ecopontos. Na região central, quatro estão em funcionamento: Glicério, Liberdade, Armênia e Barra Funda.



Os Ecopontos também recebem entulho, resíduos gerados pelas atividades de construção civil, como fragmentos de tijolo, areia, cimento, entre outros.



Já os grandes geradores de entulho devem contratar uma empresa cadastrada na Prefeitura, que faz a retirada, transporte e o descarte de forma apropriada. A relação dessas empresas está no site www.prefeitura.sp.gov.br.



Lixo eletrônico



A Central de Triagem de Lixo Eletrônico, localizada na Barra Funda, é a primeira da Cidade a recolher e reaproveitar eletrodomésticos como televisões, rádios, microondas, peças de computador, monitores, teclados, mouses, aparelhos telefônicos e fotográficos, dentre outros. Os interessados em se desfazer de peças eletrônicas podem levá-las gratuitamente até Central, ou ainda, solicitar a retirada dos objetos pelo telefone 3666-0849. Mais informações no site www.coopermiti.com.br.



Serviço:

Cata-bagulho na Bela Vista

Data: 17/3/12

Horário para depósito de materiais pelos moradores: das 7 às 12 horas

Grátis



Ecoponto Glicério

Local: Avenida do Estado, esquina com rua Nova, Baixos do Viaduto Glicério

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas



Ecoponto Liberdade

Local: Rua Jaceguai, 67, próximo ao Viaduto Guilherme de Almeida e Avenida Liberdade

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas



Ecoponto Armênia

Local: Rua General Carmona, 140; próximo à Avenida Tiradentes, altura da Praça Bento de Camargo Barros

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas



Ecoponto Barra Funda

Local: Rua Sólon (Baixos Viaduto Engº Orlando Murgel)

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas



Central de Triagem de Lixo Eletrônico - Coopermiti

Local: Rua Doutor Sérgio Meira, 268 - Barra Funda

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8 às 17 horas. Sábado, das 9 às 13 horas



Assessoria de Imprensa

Subprefeitura Sé

http://se.prefeitura.sp.gov.br

14/MARÇO/2012

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Os benefícios do cosleeping para o recém-nascido

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/03/2012 17:18:00

BEBÊ QUE DORME NO QUARTO DOS PAIS TEM FISIOLOGIA MAIS ESTÁVEL E MAIOR FACILIDADE DE REGULAÇÃO DA RESPIRAÇÃO E DA FREQUÊNCIA CARDÍACA

Cosleeping é o termo em inglês que se refere à prática em que bebê e pais dormem juntos. É o método mais antigo e bem sucedido de sono familiar da história da humanidade, sendo o padrão em diversas partes do mundo, onde os bebês são vistos como extensões naturais de suas mães durante os primeiros anos de vida, passando tanto as horas de vigília quanto as de sono ao seu lado.

Na cultura ocidental o sono infantil é, na maioria dos casos, uma prática solitária e há uma forte pressão social para que o bebê durma sozinho, a noite toda, desde muito cedo. No entanto, evidências médicas e antropológicas sugerem que esta separação precoce talvez seja mais prejudicial do que benéfica.

Estudiosos recomendam que o ambiente de sono seja compartilhado, pelo menos, durante os seis primeiros meses de vida do bebê. O recém-nascido que dorme próximo à mãe tem uma fisiologia mais estável, incluindo maior facilidade de regulação da respiração e da frequência cardíaca e no mantenimento da temperatura corporal do que bebês em comparação aos que dormem sozinhos.

A relação de vínculo e segurança emocional também é favorecida por este método. O Cosleeping contribui, sobretudo, para a amamentação por períodos mais longos, o que, por si só, promove a proteção contra uma série de agravos à saúde do bebê.

Dormir com o bebê próximo favorece o sono e descanso materno, a redução de medos, cumprindo o instinto maternal de proteção. “As vantagens do sono em local compartilhado não se limitam apenas à mãe e a criança; os pais também relatam desfrutar de mais tempo de vínculo com o bebê como resultado direto de compartilhar o espaço de dormir, explica a naturóloga e doula Raquel Oliva.

As contraversões em torno desta prática, cada vez mais comum também entre famílias ocidentais, estão, muitas vezes, relacionadas à confusão entre dormir junto (cosleeping) e compartilhar a cama (bed sharing).

“O compartilhamento da cama é a prática em que bebês ou crianças pequenas dormem na mesma cama que um ou ambos os pais. Embora seja uma modalidade de cosleeping, deve haver maiores precauções, principalmente no que se refere a medidas de segurança”, explica a especialista.

Quem deverá tomar a decisão sobre o que é válido para si e seu bebê é a mãe ou os pais.

Entretanto, ao optar por compartilhar a mesma cama, deverá levar em consideração uma série de medidas extra de segurança como: dormir sempre sobre uma superfície firme e plana, não deixar o bebê entre os pais, certificar-se que o bebê não cairá ou rolará para fora da cama, sempre usar cobertores leves que não cobram o rosto do bebê e nunca deixar o bebê sozinho na cama são algumas das recomendações.

Em algumas situações, entretando, não se deve dormir com o bebê. Dentre estas situações destacamos os casos de pais fumantes, sob a influência de drogas ou álcool ou muito cansados. Também não se deve dormir com o bebê em sofás ou poltronas.

O Cosleeping é recomendado desde o nascimento pela La Leche League International, (LLLI, 1997), bem como pela American Academy of Pediatrics e muitos profissionais consultores de lactação e pediatras.

Apesar de contar com diversas opiniões desfavoráveis, inclusive de mães que passaram pela experiência, o cosleeping vem ganhando espaço e cada vez mais adeptos, que buscam uma forma mais natural de cuidar de seus filhos.

Fonte - Raquel Oliva é Naturóloga e Doula. Com formação acadêmica e experiência internacional é especialista no cuidado de gestantes, bebês e famílias. É membro da Associação Paulista de Naturologia e possui registro no site Doulas do Brasil.

Site- http://www.comparto.com.br/

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Fundatec e Faccat recebem inscrições para MBA em Gestão em Saúde

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/03/2012 17:17:00

A Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências – Fundatec e as Faculdades Integradas de Taquara - Faccat estão com as inscrições abertas para o curso de especialização MBA em Gestão em Saúde. O curso destina-se a profissionais e gestores com formação na área da saúde que visem aperfeiçoar e aprofundar sua capacidade de atuação em instituições de saúde públicas e privadas, através de um currículo focado no inter-relacionamento entre teoria e prática.
Os interessados podem se inscrever através do site www.fundatec.org.br. O período de duração do curso vai de 13 de abril de 2012 a junho de 2013. As aulas acontecem nas sextas-feiras, das 19h às 23h e sábados das 8h30 às 16h30 e a carga horária total é de 364 horas/aula acrescidas de 60 horas de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). O curso é oferecido na sede da Fundatec em Porto Alegre (Rua Prof. Cristiano Fisher, 2012).
Sobre a Fundatec - Fundada em 22 de novembro de 1973, a Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciência (Fundatec) é uma organização privada sem fins lucrativos de utilidade pública. Atua na aplicação do conhecimento através de pesquisa, desenvolvimento e inovação. O trabalho da instituição se constrói em valores focados na qualidade total, no compromisso ético e velocidade de ação, visando resultados voltados à excelência organizacional.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Depoimentos de vítimas no Caso Eloá

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/02/2012 09:11:00

Depoimento de Nayara

Durante seu depoimento na segunda, Nayara afirmou que Lindemberg sempre teve intenção de matar Eloá. O depoimento começou por volta das 15h e terminou duas horas depois

- Ele falou que iria matá-la e sair andando, se Eloá estivesse sozinha no apartamento.

Segundo Nayara, Lindemberg chegou a falar para o pai da Eloá de sua intenção de matar a adolescente de 15 anos.

- Ele falou para o pai [da Eloá] que se ela não fosse dele não seria de ninguém [...] A intenção dele era matá-la, não tinha muito que negociar. Ele era irredutível.

Já o policial Atos Valeriano disse que Lindemberg afirmou ter atirado contra ele “para provar que não era bonzinho”. De acordo com o PM, essa foi a resposta que obteve do réu quando o questionou sobre o disparo.

A partir de então, o policial passou a se esconder atrás de uma parede. Solicitado por Lindemberg para que mostrasse o rosto, o sargento foi alvo de um novo disparo. Valeriano contou que a bala atingiu a parede cerca de 30 cm acima de sua cabeça e que pôde sentir areia caindo sobre seu cabelo.
Ainda de acordo com Valeriano, Lindemberg alterava dois estados de humor. Em alguns momentos, ele o ofendia e o xingava. Em outras horas, ele conversava. Entretanto, segundo o policial, sua intenção quanto ao desfecho do sequestro foi sempre a mesma.

- Desde o primeiro momento, ele disse que iria matar os quatro reféns e se matar. Após as duas primeiras vítimas serem liberadas, dizia que iria matar as duas [restantes] e se matar.

Iago de Oliveira, colega de Eloá que também prestou depoimento na segunda, disse que o réu chegou a ameaçar de morte todos que estavam no apartamento no bairro Santo André, em Santo André, na tarde de 13 de outubro de 2008.

- Teve uma hora que ele disse que ninguém sairia vivo de lá. Ele apontava a arma para todos nós. Outra hora ele dizia que mataria Eloá e depois se mataria.

Após o término do primeiro dia de julgamento, Lindemberg foi levado para o CDP (Centro de Detenção Provisória de Pinheiros), na zona oeste de São Paulo, onde passou a noite.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

2º dia de júri do caso Eloá

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/02/2012 09:06:00

Lindemberg Alves chegou por volta das 8h20 desta terça-feira ao Fórum de Santo André, no ABC Paulista, para o segundo dia de seu julgamento pela morte da ex-namorada Eloá Pimentel, em outubro de 2008.

A sessão de hoje deve ser marcada pelo depoimento da família da vítima.


Mãe de Eloá fala nesta terça como testemunha
Por Cadu Proieti, Elaine Granconato e Rafael Ribeiro

Se a advogada Ana Lúcia Assad prometia esconder as estratégias usadas na argumentação de defesa de Lindemberg Alves Fernandes, 25 anos, agora parece claro que, além das críticas à atuação da imprensa e da Polícia Militar no caso, a tática é mostrar que o rapaz era íntimo da família de Eloá Pimentel, a quem é acusado de ter assassinado em outubro de 2008.

Ontem, no primeiro dia do julgamento de Lindemberg, no Fórum de Santo André, nada menos do que três testemunhas da defesa, sendo dois jornalistas, foram dispensados. A única alteração foi polêmica: saiu o perito Nelson Gonçalves para a entrada da mãe de Eloá, Ana Cristina Pimentel.
Entre as testemunhas do juízo, o irmão mais novo da menina, Douglas Pimentel, substituirá uma jornalista. Como o mais velho, Ronickson Pimentel dos Santos, já iria participar como peça da acusação, hoje toda a família da menina será ouvida.

"A participação dela (Ana) servirá para elucidar alguns pontos do caso", justificou Ana Lúcia. A promotoria, contrária à substituição no início, acabou cedendo após ameaça da defesa em abandonar o júri, o que provocaria adiamento para hoje. E acredita que pode se beneficiar da decisão. "É um tiro na cabeça. Acho loucura, vai trazer ainda mais emoção ao caso", destacou o advogado da família, Ademar Gomes.

Para convencer os seis homens e uma mulher que formam o júri, Ana Lúcia gastou cerca de três horas e meia de vídeo com reportagens da época, seja com entrevistas com Lindemberg dentro do cárcere, até análises que mostram erro de atuação da Polícia Militar. Esse será o assunto abordado com a mãe de Eloá, crítica da forma como o Gate (Grupo de Apoio Tático Especial) e a corporação de Santo André cuidaram do assunto.

"Estamos aqui para descobrir a verdade real", disse a advogada, em meio a momentos de nervosismo, principalmente do depoimento de Nayara Rodrigues, onde discutiu com a promotora Daniela Hashimoto. Mesmo assim, ela considerou o dia "relativamente positivo". "Os depoimentos não prejudicaram a defesa", analisou.

Sem comer e dormir desde anteontem, Ana Cristina chegou abalada ao Fórum, sob gritos de justiça dos populares e aplausos, ainda sem saber do que lhe estaria reservado minutos depois. "Nunca participei de algo assim antes, nem sei o que posso esperar", disse.

Réu aparece mais forte e mantém a cabeça erguida
Camisa de surfe, calça jeans e tênis de marca, mais forte do que quando foi preso e com feições sérias. Durante todo o tempo em que permaneceu no plenário, Lindemberg não abaixou a cabeça, nem esboçou qualquer reação. A não ser quando Iago Vilera de Oliveira, o primeiro refém libertado, disse ter levado coronhadas dele.

Foi o único sinal do homem que protagonizou o maior sequestro em cárcere privado do Brasil. Após cerca de uma hora e 50 minutos de viagem, Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André trazido da Penitenciária de Tremembé, no Interior paulista. Quatro parentes, entre eles sua irmã, acompanharam o júri. Ana Lúcia Assad conseguiu que lhe tirassem as algemas. "É um rapaz ingênuo", garantiu.

"Esse caso é uma aberração jurídica. Um rapaz de periferia, que nunca teve passagem nem passou em porta de delegacia, sequer ganhou o direito de esperar o julgamento em liberdade", completou sua advogada.

Ana Cristina Pimentel reiterou em sua chegada que não perdoa o ex-genro. E espera, pela primeira vez desde o ocorrido, suas explicações. Ana Lúcia promete que chegou a hora. "Nada mais justo que ele falar com quem vai julgá-lo."
‘Eloá disse saber que ia morrer'
A hoje vendedora e modelo Nayara Rodrigues, 18 anos, parecia ter superado os dias de cativeiro ao lado de Lindemberg. Mas bastou a juíza Milena Dias perguntar o que aconteceu no dia da invasão ao apartamento do Jardim Santo André, em outubro de 2008, para ela perder o fôlego. "A Eloá sabia que ia morrer", resumiu.
A certeza veio um dia antes, quando, convocada pela polícia para retornar ao local, após ter sido libertada. "Ele me queria no sétimo andar. Quando cheguei, vi Eloá ajoelhada e ele apontando a arma para a cabeça dela."

Nayara viu ou ouviu Lindemberg atirar oito vezes no período em que estava no cárcere. Um deles acertou sua face. No dia, enquanto a colega apresentava diversos hematomas pelo corpo, graças aos tapas que levava do ex-namorado, viu o rapaz anunciar o fim do cárcere. Por demorar a acreditar, deram tempo para ele mudar de ideia. "Ele pediu para que tampássemos a porta com uma mesa, foi quando houve a invasão." Os policiais tentavam entrar aos chutes. Com medo, a garota se cobriu com um edredom. Ao lado, viu a amiga sem vida.

Lindemberg culpava Nayara pelo fim do namoro. A obsessão chegou a tal ponto que a menina viu a colega ser estapeada pela primeira vez algumas semanas antes, em um ponto de ônibus.
"Ele deixou bem claro que ia a mataria. Que não adiantava mais ela falar que queria reatar o namoro. Ele se vangloriava de atirar nos policiais", completou. Lindemberg se autointitulava "Príncipe do Gueto".

Segundo a menina, em nenhum momento ele foi gentil. "Eu dormia com ela na cama de casal, com a arma na minha barriga", disse.

Garoto feito refém diz que foi tenso reencontrar réu
O assistente de acusação José Beraldo pediu para que Iago Vilera de Oliveira, um dos amigos de Eloá que foram feitos reféns por Lindemberg, olhasse diretamente para o réu durante seu testemunho. Na saída do Fórum, Iago definiu em poucas palavras o que sentiu ao rever o acusado. "Foi tenso e triste", relatou o garoto.

O jovem, que atualmente tem 18 anos, era namorado de Nayara Rodrigues na época da tragédia. Em suas declarações aos jurados, Iago afirmou que depois do fim do namoro Lindemberg ia diariamente à escola perseguir Eloá na saída das aulas.
Sobre o dia do acontecido, Iago disse que, enquanto esteve na casa, era o que mais tinha diálogo com Lindemberg, tentando acalmar o ex-namorado de Eloá, inclusive com a entrega de um crucifixo. "Tinha alguma afinidade com ele, mesmo sem conhecer, pelas coisas que ela me falava dele", declarou ao júri.

Acompanhado dos pais, Iago falou da expectativa sobre o julgamento. "Espero que a justiça seja feita."
Primeiro da fila chegou à meia-noite
O julgamento de Lindemberg Alves Fernandes, réu confesso do assassinato da ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, mudou o cenário do Fórum de Santo André. Logo nas primeiras horas do dia de ontem, fila de populares já se formava para tentar acompanhar, do Tribunal do Júri, o destino do réu - preso há cerca de três anos e meio na penitenciária do Tremembé, em São Paulo. O primeiro deles chegou à meia-noite.

Na longa fila, desde curiosos e estudantes de Direito a representantes do movimento UDVV (União em Defesa das Vítimas de Violência), presidido pela deputada federal Keiko Ota (PSB). "A gente fica meio anestesiado durante o julgamento", afirmou a parlamentar, ao relembrar a morte do filho Ives Ota, sequestrado e morto aos 8 anos - Keiko estava acompanhada do marido e do filho mais velho.

Além de Keiko, outra mãe vítima da violência social, Marta Consoli, 47 anos, que teve a filha Bianca, 19, morta brutalmente há exatos cinco meses ontem, dentro de sua residência, na Zona Leste, em São Paulo - o ex-genro Sandro Dota é acusado de matar a jovem. "Infelizmente, é algo que ainda terei de passar", afirmou, no encerramento do primeiro dia do julgamento.

Mineiro de Ponte Nova, há cerca de 521 quilômetros de São Paulo, André Luiz dos Santos, 50, roubou a cena. Após viagem de ônibus de cerca de 28 horas, o publicitário protestou contra a violência e em defesa da paz. Durante parte do julgamento, ficou amarrado junto a uma cruz com fotos e cartazes de Eloá. Uma delas trazia: "Mãe, estou bem! A Justiça divina será feita. Agora, só falta a dos homens."

Com informações do DGABC

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Festival de Cinema Brasileiro em Toronto® realiza inédita premiação no Brasil dia 18 de janeiro na Cinemateca Brasileira.

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2012 09:02:00

Cerimônia acontece na quarta-feira 18 de janeiro na Cinemateca Brasileira, em São Paulo

O BRAFFTv – Festival de Cinema Brasileiro em Toronto® - conquistou o público e a crítica canadenses em suas cinco edições realizadas. Em 2011, o Festival contou com um número recorde de apresentações de filmes brasileiros, com 60 longas, médias e curta-metragens exibidos. Além de divulgar a diversidade cultural do Brasil e dar visibilidade a marcas e produtos brasileiros no exterior, o BRAFFTv, uma iniciativa da Puente (Brasil) e da Southern Mirrors (Canadá), aporta agora em território nacional, na cerimônia de premiação 2011, que acontecerá na quarta-feira 18 de janeiro – para convidados – a partir das 19h30, na Cinemateca Brasileira, em São Paulo (Lg. Senador Raul Cardoso, 207).

Com os vencedores das diferentes categorias já definidos, após votação do júri técnico e do júri popular, a cerimônia de premiação em São Paulo objetiva tornar o Festival mais conhecido no Brasil, assim como aproximar o público e os produtores nacionais do BRAFFTv e de suas mostras paralelas, como o UpTo3’ – Mostra de Animação e Novas Mídias com até 3 minutos de duração, e o Pink Latino – de filmes com temática de gênero e GLBT.

Realizado entre os dias 29 de setembro e 2 de outubro de 2011, o BRAFFTv consagrou vencedores os filmes Boca do Lixo (ficção), Doce Brasil Holandês (documentário), As Mães de Chico Xavier (júri popular para longa-metragem), A Fábrica (média/curta-metragem), Segundo Movimento para Piano e Costura (média/curta-metragem) e Os Magníficos (júri popular para média ou curta-metragem).

Edição 2011 – Com a apresentação de 60 filmes, número recorde em relação às edições anteriores, o BRAFFTv – Brazilian Film & TV Festival of Toronto contou com uma programação intensa e diversificada que inclui mostras como o UpTo3’, a apresentação de filmes para mídias alternativas pelo quarto ano consecutivo, a estreante Vitrine Televisiva, o workshop Mobile Intercultural e a I Exposição Brasil de Produtos e Serviços.
No total foram exibidos 28 filmes na Mostra Competitiva, além dos cinco da Mostra Convidada, dois do Pré-BRAFFTv, três da Mostra BRAZUCA, cinco da Vitrine Televisiva e 18 do UpTo3’. O Pink Latino apresentou 13 produções (7 brasileiras), de 7 a 9 de outubro de 2011. Conheça abaixo a lista completa dos vencedores:

JÚRI TÉCNICO
Ficção curta e média-metragem
• Melhor Ator : Andrew Knoll – A Fábrica
• Melhor Atriz: Adriana Pires – Segundo Movimento para Piano e Costura
• Melhor Diretor: Marco Del Fiol – Segundo Movimento para Piano e Costura
• Melhor Filme: EMPATE – A Fábrica e Segundo Movimento para Piano e Costura
Ficção longa-metragem
• Melhor Ator: Daniel de Oliveira - Boca do Lixo
• Melhor Atriz: Via Negromonte - As mães de Chico Xavier
• Melhor Diretor: Flávio Frederico - Boca do Lixo
• Melhor Filme: Boca do Lixo
Documentário
• Melhor Documentário: Doce Brasil Holandês

JÚRI POPULAR
Ficção e Documentário
• Melhor Filme Longa-metragem: As mães de Chico Xavier
• Melhor Filme Curta/média-metragem: Os Magníficos
UpTo3´
• Melhor de Público – Mr. Burguer

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

CD em homenagem a John Cage será lançado por pianistas paranaenses

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2012 08:54:00

O concerto de lançamento será apresentado em Curitiba, dentro da programação da 30ª Oficina de Música e, em seguida, na Alemanha, no evento "Tage für Neue Musik”









































No dia 18 de janeiro, quarta-feira, as pianistas paranaenses Lilian Nakahodo e Grace Torres fazem um concerto de lançamento do CD gravado com as Sonatas e Interlúdios para Piano Preparado de John Cage, às 19 horas, na Capela Santa Maria, dentro da programação da 30ª Oficina de Música de Curitiba. Em fevereiro, elas embarcam para Alemanha para lançar o CD em Darmstadt, no evento tradicional de música erudita contemporânea mundial, "Tage für Neue Musik - Darmstadt 2012”. Durante os eventos, John Cage será homenageado em comemoração ao seu centenário, pela célebre atuação como compositor, pensador e artista performático norte–americano nas revoluções e invenções estéticas do século XX.

O projeto “John Cage: Sonatas e Interlúdios para Piano Preparado” contou com subsídio cultural da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e resultou em um belo álbum, gravado em fevereiro de 2011, no Teatro HSBC, com direção musical de Vera Di Domênico. A obra foi o projeto pioneiro gravado no Brasil e o primeiro registro ao vivo de que se tem notícia na América do Sul.

O concerto tem duração de aproximadamente 70 minutos – tempo de execução indicado pelo compositor – com o ciclo completo de 20 peças, sendo 16 Sonatas e 4 Interlúdios. Com o piano de cauda cuidadosamente preparado, com a inclusão calculada de parafusos, porcas, pedaços de plástico e borracha, conforme orientações de Cage, revelam um som gracioso, sensível e incomum que o transformam em uma orquestra especial de percussão.
Com as Sonatas e Interlúdios para Piano Preparado (1946-1948) o compositor contribuiu de forma decisiva para o desenvolvimento estético da música no século XX. A sonoridade desta obra de Cage é inspirada em orquestras de Gamelão (Indonésia) e na filosofia hindu que identifica nove estados emocionais (rasas) que são experimentados por qualquer ser humano: o Erótico; o Cômico; o Patético; o Furioso; o Heróico; o Terrível; o Abominável; o Maravilhoso e, finalmente, a Tranqüilidade, pré-requisito para que o espectador desfrute o estético.


SERVIÇO:
CD em homenagem a John Cage será lançado por pianistas paranaenses
Data: 18/01/12 - Quarta-feira.
Local e horário: Curitiba: Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273, Centro) às 19 horas.
Mais informações: (41) 3321 - 2840.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SESC Osasco apresenta Os Opalas

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2012 08:47:00

Com dez anos de estrada, a banda promete colocar o público pra dançar
Em mais uma parceria com a Prefeitura Municipal e com a Secretaria de Cultura, o SESC Osasco traz os experientes músicos do grupo Os Opalas. A apresentação, que acontecerá na sexta, dia 20 de janeiro, às 20h30, no Centro de Eventos Pedro Bortolosso (Av. Visconde de Nova Granada, 513 – Km 18), tem ingressos a partir de R$ 3,00.
Formado por músicos com vasta experiência no cenário nacional, adquirida em trabalhos ao lado de expoentes do gênero, Os Opalas, há dez anos, embalam o público com seu repertório, que inclui, além da vanguarda do samba rock, todos os outros gêneros que o compõe: samba, soul, rock, jazz, groove, reggae e afrobeat. As fortes influências dos músicos, como Jorge Benjor, Tim Maia, James Brown, Fela Kuti, Ray Charles, Stevie Wonder, Chuck Berry e outros nomes, também vêm à tona na apresentação, recheada de ritmo e balanço, contagiando e convidando o público pra dançar.
SERVIÇO
Os Opalas
Dia: 20 de janeiro. Sexta, às 20h30.
Local: Centro de Eventos Pedro Bortolosso
End.: Av. Visconde de Nova Granada, 513 – Km 18 - Osasco
Indicação: Não recomendado para menores de 10 anos.
Ingressos: R$ 12,00 (inteira); R$ 6,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 3,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).
Capacidade: 500 pessoas
Estacionamento: 150 vagas

Thais Amendola
Assessoria de Imprensa
SESC Osasco

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Tireóide - Confira quais são os exercícios apropriados para quem sofre deste problema

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2012 08:36:00
























A tireóide é uma glândula do nosso organismo, ela é responsável por várias funções, entre elas controlar o metabolismo. Localizada na parte anterior do pescoço, produz os hormônios T3 e T4 que agem em todo organismo, contribuindo para o crescimento, digestão e metabolismo.

Segundo Leonardo Nestal, gerente da Acqua academia, a tireóide pode trazer sintomas que podem passar despercebidos em algumas ocasiões, por isso é necessário para aqueles que sofrem deste mal, praticar alguns exercícios como a caminhada. “Quem já possui este problema, algumas dicas de atividades a serem praticadas para melhorar isso é uma caminhada ou alguma atividade com mais impacto como a pedalada e natação”, conta.

Para resolver este problema, é necessário que procurem um médico, para que assim, o primeiro passo para o tratamento seja de forma adequada. A prática da musculação é importante, pois aumenta a massa muscular e o metabolismo. Uma dica é praticar exercícios com um aparelho que controla a frequência cardíaca para evitar um descontrole hormonal.

Mais informações:
www.acquacademia.com.br
ou curta a página no
Facebook:
http://www.facebook.com/#!/ACQUAACADEMIA
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Novo curso da PUC-SP fala da História da Filosofia

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2012 08:30:00

Curso tem por objetivo fornecer uma visão ampla da Filosofia enquanto expressão cultural

Como nos adverte Émile Bréhier, em sua Histoire de la philosophie, temos motivos suficientes para “temer o passado, quando ele pretende apresentar-se em continuidade no presente e eternizar-se, como se apenas a duração criasse algum direito”. Mas o “passado eternizado”, o “passado temível”, não é o da história propriamente dita (entendida como disciplina); ao contrário, a história implica em considerar o passado como tal, penetrando-o na medida em que se trata de “enxergar, em cada um de seus momentos, uma originalidade sem precedente e que não retornará jamais”.
Nestes termos, e a despeito de uma gama de posições possíveis de serem adotadas face ao problema que nos ocupa – as relações da “história” com a “filosofia” – não há produção filosófica que não assimile ou integre, em alguma medida, sua herança histórica; assim como não há trabalho de história (filosófica) da filosofia que não dê provas da presença de uma corrente de pensamento. Mais do que um recorte de informações ilustradas ou uma erudição sobre um “passado eternizado” – e, por isso mesmo, temível –, o estatuto da História da Filosofia deve ser aquele de uma “história” assumida como “libertadora”.
Não seria demasiado, portanto, recuperar o valor crítico da História da Filosofia na estratégia geral do pensamento: é ela quem “nos ensina que o pensamento filosófico não é uma destas realidades estáveis que, uma vez encontradas, subsistem como uma invenção técnica”. Longe de apresentar-se como pura regra de demonstração no campo de uma linguagem operativa, a atividade do pensamento filosófico é, antes, uma atividade do argumento – enquanto tal, jamais a histórica.
São objetivos do curso, oferecido pela PUC-SP por intermédio de sua Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão (COGEAE), introduzir os interessados no campo da História da Filosofia, de modo a proporcionar os instrumentos para divisar, no percurso do pensamento ocidental, as marcas de seu confronto com o tempo e fornecer uma visão ampla da Filosofia enquanto expressão cultural, percorrendo o arco de suas balizas históricas: filosofia antiga, medieval, moderna e contemporânea.
Dirigido a interessados em geral pelo tema, o curso tem início em 9 de Fevereiro e aulas sempre as quintas-feiras, das 19h30 às 21h30, no Campus Perdizes, que fica na Rua Ministro Godói, 969 – Perdizes.
Mais informações e inscrições: (11) 3124-9600, www.pucsp.br/cogeae e infocogeae@pucsp.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Espetáculo Um Sarau Imperial tem recesso em janeiro

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2012 08:29:00

Durante o mês de janeiro de 2012, o espetáculo Um Sarau Imperial, realizado pelo Museu Imperial, entrará em um período de férias. A dramatização, que recria um sarau oferecido pela princesa Isabel em 1878, voltará a ser apresentada normalmente em fevereiro.

O espetáculo, com duração de 45 minutos, conta com a participação de quatro atrizes, sendo uma também cantora lírica, e um pianista. Eles interpretam a princesa Isabel, a condessa de Barral, a baronesa da Loreto, Adelaide Taunay e Isidoro Bevilacqua, professor de piano da princesa.

Ao longo da dramatização, o público tem a oportunidade de acompanhar diálogos baseados na correspondência da família imperial, que abordam aspectos políticos, econômicos, culturais e sociais do século XIX. Tudo isso é embalado por modinhas imperiais e declamação de poesias.

A partir de fevereiro, Um Sarau Imperial voltará a ser apresentado às sextas-feiras, às 18h30. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), com oferecimento ainda de pacotes promocionais.

SERVIÇOS

Um Sarau Imperial
Datas: sextas, às 18h30, a partir de fevereiro
Preços:
Adultos: R$ 10,00
Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 5,00
Pacotes promocionais visita Museu + Sarau + Som e Luz
Informações ao público: (24) 2245-8962 ou (24) 2245-4668
Agendamento de escolas: (24) 2245-7735, de segunda a sexta-feira, das 11h às 17h.

Museu Imperial
Endereço: Rua da Imperatriz, 220 – Centro – Petrópolis, RJ
Telefones: (24) 2245-5550 / (24) 2245-5560
E-mail: mimp.faleconosco@museus.gov.br
Site: www.museuimperial.gov.br

Visitação: de terça a domingo, das 11h às 18h
Jardins: de terça a domingo, das 8h às 18h

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Obesidade Infantil

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2012 08:28:00

Programa especial busca barrar obesidade na adolescência

Mariana Wofchuk, de 17 anos, emagreceu 75 KG, passando do número de 62 de calça para o 40.


A obesidade já não é mais apenas um problema estético, que incomoda por causa da gozação dos colegas. O excesso de peso pode provocar o surgimento de vários problemas de saúde como diabetes, problemas cardíacos e a má formação do esqueleto. Segundo pesquisas, cerca de 15% das crianças e 8% dos adolescentes sofrem de problemas de obesidade, e oito em cada dez adolescentes continuam obesos na fase adulta.
Segundo a psicóloga do centro de Recuperação e Estudos da Obesidade – CREEO, Janice Fischmann, a verdade é que o adolescente está procurando aprender a lidar com sentimentos novos e ambivalentes, os quais surgem devido às múltiplas e súbitas mudanças, tanto corporais como afetiva. “A comida, neste caso, assume um papel afetivo, parecendo falsamente suprir algumas necessidades, quando na verdade aumenta o ciclo de angústia e a culpa ao comer mais do que o necessário,” explica.
Para atender a demanda crescente de jovens obesos, o CREEO está lançando um tratamento especial exclusivo para adolescentes na faixa dos 12 aos 18 anos. O programa em grupo é realizado uma vez por semana e inclui reuniões mensais com os pais, pessoas fundamentais no processo de reeducação alimentar dos filhos.
“Aprendi com o CREEO que o comer não traz o prazer para a vida inteira, mas sim o prazer momentâneo. Não é isso que estava querendo pra mim e os grupos são peças-chaves nesse processo,” conta a adolescente Mariana Wofchuk, de 17 anos, que emagreceu 75 KG, passando do número de 62 de calça para o 40. “Vou à academia três vezes por semana e saio sempre com minas amigas,” diz entusiasmada sobre a nova fase da vida.
De acordo com Marcelo Kessler – diretor e fundador do CREEO, o programa em grupo se justifica pela tendência natural do ser humano ao agrupamento. “Na adolescência o agrupamento fica bastante intensificado e uma das razões para esse comportamento deve-se ao fato de que, em grupos, os adolescentes sentem-se menos expostos às criticas, discriminam-se dos adultos, confiam mais nos valores de seus pares, diluem a vergonha, a culpa e os sentimentos de inferioridade quando partilham os mesmos problemas entre si”.

CREEO - Centro de Recuperação e Estudo da Obesidade

Há mais de 20 anos nascia em Porto Alegre - RS um método diferenciado e eficaz de combater o excesso de peso, o CREEO - Centro de Recuperação e Estudos da Obesidade. Hoje com mais de 15000 clientes espalhados pelo Brasil, o método CREEO de emagrecimento se enquadra perfeitamente àquelas que atualmente são consideradas as mais eficientes técnicas de combate à obesidade, a reeducação alimentar.
Marcelo Kessler, diretor e fundador do CREEO, desenvolveu um método próprio que difere das técnicas tradicionalmente empregadas pelos centros clínicos e estéticos por oferecer uma abordagem interdisciplinar de tratamento, baseada na experiência mundialmente consagrada dos grupos de auto-ajuda, combinada com equipe multidisciplinar de profissionais da área da saúde e educação física, estimulando o indivíduo a buscar posturas mais positivas de vida.

Jornalistas responsáveis:
Eliana Camejo
Karina Abrahão

www.camejo.com.br


Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Guarulhos terá posto avançado da Agência de Fomento Paulista

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2012 08:26:00

Localizado dentro do Sebrae, no centro da cidade, posto terá atendimento especializado a empresários interessados em financiamentos
A Agência de Fomento Paulista/Nossa Caixa Desenvolvimento e o Sebrae-SP inauguram na quinta-feira, 19 de janeiro, em Guarulhos, o primeiro posto de atendimento da Agência de Fomento na Região Metropolitana de São Paulo fora da Capital. A estrutura funcionará dentro do escritório do Sebrae-SP, no centro da cidade, e oferecerá desde consultoria para a indicação da linha de crédito mais adequada a cada projeto até a finalização do processo de concessão do financiamento.
A opção por Guarulhos para sediar o posto avançado da Agência de Fomento Paulista se deve à importância do município para economia do Estado de São Paulo e pelo grande potencial das industrias e do setor de serviços da cidade. Segundo o IBGE, Guarulhos possui mais de quatro mil indústrias e 40 mil estabelecimentos do setor de prestação de serviços. O posto funcionará no escritório do Sebrae, na Avenida Esperança, 176, no centro da cidade.
“Guarulhos é a segunda maior economia do Estado, com um PIB de R$ 27,4 bilhões. O potencial econômico da cidade é muito grande. A participação da Agência de Fomento no município tende a aumentar muito este ano”, diz Milton Luiz de Melo Santos, presidente da instituição.
O posto de atendimento é resultado do sucesso da parceria entre a Agência de Fomento Paulista e o SEBRAE-SP. “O SEBRAE é fundamental para que possamos falar especialmente com o empresário paulista”, diz Santos. Para o presidente, a parceria com o Sebrae-SP e a capilaridade da entidade, por meio das suas unidades regionais, vêm de encontro com as ações da Agência de Fomento Paulista.
“O apoio do governo na criação e manutenção de programas e medidas de desburocratização do crédito tem sido fundamental para diminuir esse problema crônico enfrentado pelas micro e pequenas empresas. As facilidades de pagamento e os juros baixos dessas linhas de financiamento, que chegam agora em Guarulhos com a parceria com o Sebrae-SP, asseguram mais recursos para que os empreendedores possam ampliar ou melhorar a gestão do seu negócio”, avalia o diretor superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano.
A Agência de Fomento Paulista financia empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões. As taxas de juros oferecidas são as menores do mercado e os prazos chegam até 10 anos. O empresário interessado pode entrar no site da instituição (www.nossacaixadesenvolvimento.com.br), realizar uma simulação de empréstimo e obter o financiamento diretamente no portal, por meio da ferramenta “Negócios On-line”. Ele pode acessar também o site Canal do Empresário (canaldoempresario.com.br) para tirar dúvidas sobre projetos e ter acesso às principais informações e serviços para facilitar a vida do pequeno e médio empresário.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Taxa de retenção de matrícula escolar ainda gera polêmica

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2012 08:26:00

Especialista afirma que brecha no Código do Consumidor permitiu cobranças abusivas das universidades

No início do ano letivo, pais e alunos devem atentar-se a mudanças nas instituições de ensino. Antes de fazer a matrícula é necessário avaliar situações de reajuste de valores e alterações contratuais para evitar transtornos no futuro. A falta de comunicação entre instituições de ensino e alunos proporcionam frequentes reclamações no Procon. Uma delas é em relação à retenção da primeira mensalidade, quando o aluno opta por cancelar a matrícula.

É comum o aluno passar em vários vestibulares e optar por desistir de uma universidade. Ele deve requerer o cancelamento da matrícula, senão ele continua vinculado à instituição. Algumas delas especificam em contrato retenção que varia de 20% a 30% do valor da mensalidade, a título de remuneração. Até alguns anos atrás, algumas instituições de ensino chegavam a reter 50% do valor da matrícula e, em alguns casos, não era devolvido nada ao aluno.

Segundo o PROCON/SP, o aluno ou o responsável tem direito à devolução do valor pago a título de matrícula, quando a solicitação de rescisão ocorrer antes do início das aulas. Ele também entende que poderá ser retida parte do valor da matrícula em função de despesas administrativas. No entanto, o aluno deve ser prévia e adequadamente informado, devendo a Instituição de Ensino justificar o percentual retido.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, as faculdades são obrigadas a reembolsar os estudantes que desistam de estudar nas instituições, após terem realizado as matrículas. No entanto, o Código deixa uma brecha para as faculdades, e considera normal que eles retenham de 10% a 20% do valor integral, para cobrir possíveis gastos com as matrículas.
Os Tribunais entendem que o aluno deve requerer formalmente o cancelamento de sua matrícula e a devolução do valor pago, caso contrário, a matrícula será válida e regular, tornando-se o aluno destinatário dos serviços disponibilizados e prestados pela Instituição de Ensino. Em relação à multa cobrada pelas Instituições de Ensino, referente ao cancelamento da matrícula, os Tribunais têm entendido que o percentual de 30% sobre o saldo devedor mostra-se abusivo e excessivo, demonstrando desequilíbrio contratual em favor das instituições, e não uma compensação, admitindo o abatimento não superior de 20% a título de compensação pelos serviços administrativos prestados.

A especialista em direito tributário e educacional, Maria Ednalva de Lima**, explica que para a instituição processar a matrícula existe um custo e o percentual retido serve para cobrir essa despesa da instituição. Mas, a lei não diz se pode ou não reter essa taxa, ela é omissa. “Então, as instituições passaram a reter o valor que elas queriam, tanto que houve uma época em que não se devolvia nada ao aluno. Só que isso é contrário ao Código do Consumidor, além de ser enriquecimento ilícito. Ou seja, a instituição não prestou o serviço e ficou com o valor”, explica.
Existe um Projeto de Lei tramitando na Câmara que fixa a retenção a 10% do valor da matrícula, sendo 90% reembolsado ao aluno. “Apesar do projeto ainda ter de passar por aprovação de duas comissões, ele é importante e acredito será aprovado, pois está de acordo com o Código do Consumidor e também com o mercado. O custo que as faculdades têm não é superior a 10% do valor da mensalidade”, finaliza a especialista.

** Advogada. Professora de Direito Tributário. Doutora e Mestre em Direito Tributário pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lis Simon no TM FASHION: novidades, tendências e muito mais.

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/01/2012 08:23:00

A feira de calçados e acessórios de moda que acontece a quatro anos em São Paulo está de endereço novo e garante muitas melhorias para expositores e lojistas.

Mudar para continuar crescendo, é assim que a TM Fashion pensa e age. E já na próxima edição de 15 a 18 de janeiro estará num novo espaço, o Salão Nobre Marc Chagall da Hebraica, localizado em Pinheiros, atrás do Shopping Iguatemi e entre as avenidas Brigadeiro de faria Lima e Marginal Pinheiros.

O endereço é luxuoso, conceituado, de arquitetura exuberante e de acesso privilegiado. Além disso, a Hebraica possibilita uma montagem muito mais prática e funcional, já que o espaço é único, ou seja, somente um piso, o que facilita o trabalho de expositores e lojistas. Todas essas questões agregam ainda mais valor a TM Fashion que há quatro anos reúne o melhor line up de grifes com conceito de moda do país.

São mais de 80 marcas expondo os lançamentos mais quentes para aquecer o Inverno 2012 e antecipando os calçados, bolsas e acessórios que estarão em voga nas vitrines, entre as marcas estão: Alforje, Andarezzy, Anzetutto, Armelin, Arzon, Barnaby, Bonitat, Byzetto, Carbana, Carolina Cury, Cellso Afonso, Claudia Arbex, Cláudia Dávila, Cláudia Marisguia, Compasso, Courofício, Covenant, Cris Pineroli, Dautore, Debora Germany, Dhoti, Dona Sinhá, Donna Brasil, Donna Sinhorelli, Drizza, Dutti, Empório Mix, Forma, Gabriela Aidar, Gazzoli, Givit, Guilhermina, Helena Saran, Heliana Lages, Idarrô, Incontri, Irá Salles, Isla, Joíssima, Júnia Gomes, Korpusnu, La Spezia, Laura Lima, Leonardi Foulardi, Lis Simon, Lorraci, Luciana David, Mara Spina, Marcelo Gioielle, Marcia Rocha, Marcos & Rudy, Margot, Maria Sem Vergonha / Chicnyc, Marília Capisani, Mary Design, Masqué, Maxia, Mezzo Punto, Miss Zaruy, Mollianni / Mollibijoux, My Way Bags, Naddya Emmendoerfer, Nosnuah, Pashmina, Patrícia Momesso, Patty Ramany, Paula Bahia, Peccato, Piedad, Pitanga, Platoon, Pulo do Gato, Rasa, Regina Martinez, Rosaly Rezende, Rosana Mattua, S&B Acessórios, Salustiano, Simone Guimarães, Stagione, Tches, Torus, Turpin, Urbana Colares, Vernay e Who's.

A TM Fashion é voltada para o segmento de boutiques a fim de satisfazer à demanda desse grupo específico, que trabalha com marcas diferenciadas e gosta de receber tratamento especial na hora de fechar pedidos e escolher produtos. A expectativa é de receber cerca de 5000 lojistas e visitantes, de domingo à quarta-feira, e movimentar milhões.

Diferente, charmosa, completa. A TM Fashion é o lugar certo para encontrar produtos com alto padrão de qualidade, realizar negócios de maneira confortável e conferir aquilo que vai estar em alta na próxima temporada. Sendo assim, um próprio universo, ou quase! Afinal de contas, uma feira com todas essas qualidades e que sempre procurar inovar a cada edição é muito além de evento, é um verdadeiro mundo feito à mão especialmente para você.

TM FASHION 2012
15 a 18 de janeiro
Salão Nobre Marc Chagall da Hebraica
Rua Hungria nº 1000
Jardim Paulistano
São Paulo/SP
www.tmfashion.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Dilma entrega Prêmio FINEP aos vencedores no Planalto, quinta, 15/12/2011

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2011 08:46:00

Julgamento dos finalistas ocorre hoje dia 14/12/2011, em Brasília










































** A presidenta Dilma Rousseff entregará o Prêmio FINEP de Inovação 2011 aos vencedores de cada uma das categorias no dia 15/12/2011, às 11h30, no Palácio do Planalto em Brasília.

Os vencedores receberão recursos não reembolsáveis, que variam de R$ 120 mil a R$ 2 milhões, dependendo da categoria premiada.

Na quarta-feira, 14/12/2011, os ** finalistas fazem a defesa de seus projetos para a comissão julgadora formada por especialistas, no Hotel Lake Side, em Brasília, das 8h30 às 18 horas.

Esta fase encerra o Prêmio deste ano.

**Ao todo, 24 candidatos, selecionados e premiados nas cinco regiões concorrem à etapa nacional.

Nesta edição, houve sete categorias – Instituição Científica e Tecnológica, Pequena Empresa, Média Empresa, Grande Empresa, Tecnologia Social, Inventor Inovador (apenas para candidatos com patente concedida no INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial e efetiva comercialização de suas criações nos últimos três anos). A categoria INOVAR tem calendário próprio.

No Prêmio INOVAR eram três as categorias: Governança, Equipe e Operação. Houve inscrições de 10 empresas gestoras. Saíram vitoriosos o FUNDOTEC II, gerido pela FIR Capital (Categoria Equipe), o fundo Logística Brasil FIP, da BRZ Investimentos (Categoria Governança) e o FMIEE Stratus GC, liderado pelo Stratus (Categoria Operação).

A **Grande Empresa é considerada especial. As candidatas se inscrevem como as demais, mas concorrem apenas em nível nacional. Este critério foi criado porque grande parte delas, embora tenha suas fábricas sediadas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, opera por seus escritórios centrais no Sul e Sudeste.

Os concorrentes na categoria Grande Empresa foram analisados por um júri especial e os três mais bem avaliados receberão troféus Ouro, Prata e Bronze.

O resultado também será conhecido em Brasília. Estão na disputa a catarinense WEG Equipamentos Elétricos e as paulistas Embraer e Braskem.

**Conheça, abaixo, os concorrentes:

Grande Empresa

**- Braskem (SP)
**- Embraer (SP)
**- WEG Equipamentos Elétricos (SC)

Pequena Empresa
Região Norte
Amazongreen Indústria e Comércio de Cosméticos e Perfumaria da Amazônia (AM)
Região Nordeste
BioClone Produção de Mudas (CE)
Região Centro-Oeste
Z Tecnologia em Comunicação (DF)

Região Sudeste
Orbital Engenharia (SP)

Região Sul
Reason Tecnologia (SC)

Média Empresa
Região Nordeste
Protensão Impacto(CE)

Região Centro-Oeste
Scitech Produtos Médicos (GO)

Região Sudeste
Módulo Security Solutions (RJ)
Região Sul
Keko Acessórios (RS)
Instituição Científica e Tecnológica
Região Norte
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA (PA)

Região Nordeste
Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco (PE)

Centro-Oeste
Laboratório de Purificação de Proteínas e suas Funções Biológicas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - LPPFB (MS)

Região Sudeste
Fundação Aplicações de Tecnologias Críticas – Atech (SP)

Região Sul
Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI-PR (Observatórios SESI / SENAI / IEL)

Tecnologia Social
Região Norte
Associação dos Trabalhadores Agroextrativistas da Ilha das Cinzas (AP)

Região Nordeste
Serviço de Assessoria a Organizações Populares Rurais - Quintais produtivos Agroecológicos (BA)

Região Sudeste
Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais - EMATER (MG )

Região Sul
Organização e Gestão Participativa das Atividades de Pequenos Agricultores – Centro de Formação em Agroecologia (SC)

Inventor Inovador
Região Sudeste
Vladimir Jesus Trava Airoldi (SP)



**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Márcia Telles
FINEP
Assessoria de Imprensa

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Lançamentos de Obras literárias: Nossa amizade é para sempre e Acredite sempre em você

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2011 08:42:00

A V&R Editoras acaba de lançar no mercado brasileiro duas opções de livros presente do fotógrafo europeu Kim Anderson, Nossa amizade é para sempre e Acredite sempre em você.



Os livros reúnem imagens e cliques de crianças com roupas estilizadas em diversas situações cotidianas como forma de retratar a importância da amizade e dos sonhos.

Em Nossa amizade é para sempre, Kim celebra aquela pessoa que sempre está ao seu lado, nas horas de alegria e nos momentos mais delicados, com palavras de carinho, de amiga para amiga. Já em Acredite sempre em você, o autor usa as imagens para transmitir mensagens especiais para àqueles que desejam reafirmar a autoestima e renovar as esperanças. Seus cliques criativos e descontraídos mostram a importância de nunca se desistir.

As obras integram a coleção de livros presente da V&R Editoras - com livros que transmitem de forma criativa e sensível o que muitas vezes uma pessoa gostaria de dizer a outra, em diversas ocasiões, tanto nas mais corriqueiras como nas mais íntimas e delicadas.

Sobre o autor:

Renomado fotógrafo europeu. Suas encantadoras imagens de crianças trajando roupas estilizadas são um verdadeiro sucesso no mundo todo e já foram publicadas em livros, cartazes e produtos de papelaria. A ideia de fazer imagens de crianças surgiu ao observar e retratar os próprios filhos. A espontaneidade de suas brincadeiras serviu ao pai como grande fonte de inspiração. Atualmente, Anderson conta com a colaboração de sua mulher, que escolhe os cenários e as roupas para cada uma das fotos. Anderson e sua família vivem num povoado montanhoso na Suíça.

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O Quebra Nozes encerra temporada do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2011 08:22:00

Um dos balés mais populares do mundo, a clássica história natalina O Quebra-Nozes está de volta ao palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Ana Botafogo e o cubano Rolando Sarabia dançam na estreia.**

Divulgação

Um dos balés mais populares do mundo, a clássica história natalina ‘O Quebra-Nozes’ está de volta ao palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, vinculado à Secretaria de Estado de Cultura, em grande produção que encerra a temporada 2011. A versão assinada por Dalal Achcar retorna para dez apresentações, a partir de 16 de dezembro. A récita de abertura contará com os talentos da Primeira Bailarina Ana Botafogo e do solista convidado, o cubano Rolando Serabia. Ao longo da temporada, revezam-se nos papeis principais Cláudia Mota, Márcia Jaqueline e Karen Mesquita como ‘Fada Açucarada’, e Denis Vieira, Filipe Moreira e Cícero Gomes interpretando o ‘Príncipe Quebra-Nozes’. À frente da Orquestra Sinfônica e Coro do TMRJ estará o maestro Silvio Viegas.

- "É um clássico do balé mundial e do repertório do Theatro que não pode faltar na programação anual. Uma tradição que é aguardada pelo público, pelos bailarinos e por todos nós do TM", afirma Carla Camurati, presidente da Fundação TMRJ.

- "Tenho uma relação muito especial com este balé, que dirigi pela primeira vez em 1974, e que passei a dirigir no Theatro Municipal do Rio, desde 1981", explica Dalal Achcar.

- "Gosto especialmente porque a história tem uma magia única e desperta um clima de fraternidade que deveríamos ter sempre. É uma obra que agrada a todas as idades".

A enorme popularidade de O Quebra-Nozes comprova o fascínio exercido nas platéias a partir do encontro do conto de Alexandre Dumas com a música de Tchaikovsky e a coreografia original de Marius Petipa e Lev Ivanov. Sua estréia foi em 1892, na Rússia. A primeira apresentação no ocidente só aconteceu em 1934, no Sadler’s Wells Theatre, em Londres. Desde então, tornou-se um dos balés mais montados em todo o mundo.

**A PRODUÇÃO

A grandiosa produção envolve números expressivos. As mudanças dos quatro cenários completos que compõem a montagem são todos feitos em cena aberta por uma equipe de 65 técnicos. Um total de 123 bailarinos – sendo 71 do BTM e 52 alunos da Escola de Dança Maria Olenewa – se reveza nas cenas do prólogo e nos dois atos do balé. Soma-se a isto 89 músicos da Orquestra Sinfônica e 44 coristas do Coro do Theatro Municipal, totalizando 256 pessoas trabalhando diretamente. “Para se ter uma idéia do que envolve uma produção deste porte, são usados 60 rolos de esparadrapo e 400 pares de sapatilhas, desde os ensaios até o fim da temporada”, contabiliza Hélio Bejani, diretor artístico do BTM.

**A HISTÓRIA

O ballet conta a história da menina Clara, que ganha do padrinho um quebra-nozes em formato de soldadinho e se encanta pelo presente. Ela fica desolada, no entanto, quando seus irmãos dela o quebram durante a brincadeira. O padrinho a consola e conserta o brinquedo. Ela vai dormir e a partir daí, a magia toma conta do ballet: Clara sonha que um exército de ratos está invadindo o salão. O boneco quebra-nozes adquire vida e ataca os ratos, comandando um exército de soldadinhos de chumbo. O “Rei dos Ratos” fere o boneco que, desarmado, está prestes a perder a batalha, quando ela o salva, atirando seu sapato na cabeça dele. Clara sente a presença do padrinho, que, num passe de mágica, transforma o boneco em um belo príncipe.
O príncipe a conduz ao “Reino das Neves” e depois ao “Reino dos Doces”, onde vive a “Fada Açucarada”, que homenageia a menina com uma grande festa, com danças típicas da Espanha, China, Rússia, entre outras, e com um pas-de-deux da “Fada Açucarada”. O espetáculo continua com uma sucessão de danças de diversas regiões do planeta, e outras que simbolizam o café, os chocolates, as flores e, por fim, o pas-de-deux entre a fada e o príncipe. No dia seguinte, os pais de Clara a encontram dormindo ao lado da árvore de Natal abraçada ao boneco. Ela acorda e percebe que tudo foi um sonho.

****Solistas

**Ana Botafogo (Fada Açucarada)

Ana Botafogo é Primeira Bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro já tendo se apresentado em vários países da Europa e das Américas do Norte, Central e do Sul. Nasceu e foi criada no Rio de Janeiro onde começou seus estudos de balé. Sua carreira profissional iniciou-se na França integrando o Ballet de Marseille, de Roland Petit. Participou de festivais em Lausanne (Suíça), Veneza (Itália), Havana (Cuba) e na Gala Iberoamericana de La Danza, representando o Brasil, em Madrid (Espanha), em comemoração aos 500 Anos do Descobrimento das Américas. Optando por continuar sua carreira no Brasil, foi Bailarina Principal do Teatro Guaíra (Curitiba-PR), da Associação de Ballet do Rio de Janeiro e em 1981, ingressou no Theatro Municipal do Rio de Janeiro como Primeira Bailarina. Entre os muitos títulos, recebeu da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro o de Embaixador da Cidade do Rio de Janeiro e da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, o de Benemérito do Estado do Rio de Janeiro. O Ministro da Cultura da República Francesa nomeou-a em 1997 “Chevalier Dans L’Ordre des Arts et des Lettres” e em 1999, o Ministério da Cultura do Brasil outorgou-lhe o Troféu Mambembe-1998, pelo reconhecimento ao conjunto do trabalho e divulgação da dança em todo o território nacional. Em 2002 recebeu do Ministério da Cultura a Ordem do Mérito Cultural, na classe de Comendador, por ter se distinguido por suas relevantes contribuições prestadas à cultura no país, e em 2004 recebeu a Medalha Pedro Ernesto da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Como artista convidada dançou com importantes companhias tais como Saddler’s Wells Royal Ballet (Londres, Inglaterra), Ballet Nacional de Cuba e no Ballet da Ópera de Roma (Itália). Já se apresentou praticamente em todos os estados brasileiros com o Theatro Municipal do Rio de Janeiro ou com companhias e academias de ballet de diferentes estados. Levou para diversas capitais brasileiras os espetáculos Ana Botafogo In Concert e Três Momentos do Amor. A divulgação da dança é uma preocupação constante de Ana Botafogo, que leva sua arte para todos os cantos do Brasil, assim como ministra palestras com o intuito de estimular jovens bailarinos aos encantos dessa profissão. É considerada tanto pelo público como pela crítica, uma das mais importantes bailarinas brasileiras.

**Cecília Kerche (Rainha Neves)

Cecília Kerche possui o título de Embaixatriz da Dança outorgado pelo Conselho Brasileiro da Dança, órgão vinculado à UNESCO, por reconhecimento às suas atuações internacionais. Primeira Bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, estudou com Vera Mayer, Halina Bienarcka e Pedro Kraszcuzuk, dançando junto ao BTM um vasto repertório de grandes clássicos, bem como obras criadas para esta companhia. Convidada do English National Ballet, como Sênior Principal, atuou junto a esta Cia de 1993 a 2000 quando protagonizou A Fada Lilás (papel criado especialmente para ela) e Carabosse, na mega produção de “A Bela Adormecida” apresentada no Albert Hall em Londres. Como bailarina convidada do Ballet Nacional do Chile para a temporada de comemoração dos 40 anos desta companhia, atuou nas produções de: ”La Bayadère”, “O Lago dos Cisnes” e “Giselle”. Australian Ballet contou com sua presença em “Spartacus”, apresentado nos Teatros de Melbourne e Sidney Opera House. Artista convidada periodicamente para atuações no Teatro Colón, dançou ainda em todas as companhias oficiais da Argentina, bem como percorrendo todo o país em inúmeras turnês. A Rússia é um lugar de destaque em sua carreira internacional, convidada para atuar nas versões integrais de grandes clássicos nas companhias de Odessa, Novosibirsky, Tashkent, Ufá. Em 2005 retorna à Rússia para dançar “O Lago dos Cisnes” em Perm, a convite de Natália Makarova. Em 2007 recebeu o título de Embaixadora do Rio de Janeiro concedido pela Secretaria de Turismo e UNIVERCIDADE. Nesse mesmo ano esteve nos Estados Unidos, apresentou-se na gala de encerramento do YAGP (Youth American Gran Prix) no City Center, como também no Razzel Dazzel gala de ballet em Connecticut , assim como em Ohio. Apresentou-se como bailarina convidada do Connecticut Ballet na montagem do ballet “A Bela Adormecida” de Tchaikovsky, durante a turnê de outono desta companhia
Em de 2008 dançou em Dallas – Texas no Tittas Command Performance of International Ballet. Junto ao BTM apresentou-se no Festival de Joinville. Apresentou-se em turnê na Argentina, dançando ainda no Festival de Miami. Retornou ao Connecticut Ballet para ser a protagonista de Romeu & Julieta, coreografia de Brett Raphael, especialmente criada para ela.

**Márcia Jaqueline (Fada Açucarada)

Márcia Jaqueline, natural do Rio de Janeiro, iniciou seus estudos de ballet clássico aos 9 anos de idade na Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, onde aos 14 se formou, obtendo sempre nota máxima. Com apenas 14 anos, ingressou no Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Desde 2007 ocupa o cargo de Bailarina Principal, recebendo elogios por suas performances de toda crítica de dança no Brasil. É detentora de diversos prêmios em concursos nacionais, tais como: Primeiro Lugar e Bailarina Revelação do Concurso Brasileiro de Dança (CBDD – RJ); Primeiro Lugar no Festival de Danças de Joinville; Primeiro Lugar no Festival de Dança Alice Arja (RJ), entre outros. Participou como solista convidada de várias galas em cidades do Brasil e do exterior, dentre elas: Gramado (RS), Brasília (DF), São Paulo (SP), Natal (RN), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Bahia (BA), Corumbá (MS), São Luís (MA), Belém (PA) Campos de Goytacazes (RJ), Campina Grande (PB), Londrina (PR), Indaiatuba (SP), Montevidéu e Punta Del Este (Uruguai), Assunción (Paraguai) e Toronto (Canadá). Em setembro representou o Brasil na Gala Internacional de Miami. Em seu repertório estão incluídos papéis principais de montagens como O Lago dos Cisnes, La Bayadére, Onegin, Paquita, La Fille Mal Gardée,Raymonda, Serenade, A Bela Adormecida, Don Quixote, L Arlesiénne, Carmen, Giselle, Coppélia, O Quebra Nozes, Voluntaries, Floresta Amazônica.

**Cláudia Mota (Fada Açucarada)

Bailarina Principal do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, iniciou seus estudos com Valéria Moreira. É formada pela Escola Estadual de Danças Maria Olenewa, onde estudou com Amélia Moreira, Regina Bertelli, Jacy Jambay e Pedro Kraszczuk. Frequentou aulas no Le Jeune Ballet de France, Ópera de Zurique, Bèjart Ballet Lausanne, e, em 2007, fez intercâmbio no San Francisco Ballet e American Ballet Theatre, indicada por Makarova e Dalal Achcar. Trabalhou com Fernando Alonso, no Ballet de Camagüey, Cuba, e aperfeiçoou-se no Ballet Dalal Achcar com Miriam Guimarães, Maria Luíza Noronha e Sergio Lobato. No Ballet do Theatro Municipal dançou em todas as grandes montagens da Cia, interpretando os principais papéis, entre elas A Megera Domada; Giselle; O Lago dos Cisnes; La Bayadère; A Bela Adormecida; Coppélia; Onegin; Romeu e Julieta (Lady Capuleto – Vladimir Vassiliev – neste foi considerada a Melhor Intérprete no Mundo em suas remontagens, por Vladimir Vassiliev).Ganhou Medalha de Ouro no Certámen Americano de Ballet, Buenos Aires, sendo considerada a Melhor Bailarina da América Latina no ano de 1994 no Concurso Internacional del Chaco, Argentina. Representou o Brasil na VIII Gala de Ballet Latino Americana, na cidade de Assunção, Paraguai, em 2004. Apontada como um dos maiores talentos dos últimos anos do Theatro Municipal do RJ e do país, foi agraciada com o Diploma de Melhores de 2005, na categoria Artes Cênicas (ballet), pela Sociedade Cultural Latino Americana, por seu reconhecimento técnico, sua versatilidade e grande potencial artístico.

**Rolando Serabia (Príncipe Quebra-Nozes), bailarino convidado

No início da sua carreira, as atuações explosivas renderam comparações ao estilo de Nijinsky e Baryshnikov. Ingressou no mundo do ballet em 1990 como estudante na Escola Elemental de Ballet Alejo Carpentier de La Habana, Cuba. Foi ensinado pelo pai, Rolando Sarabia, Alicia Alonso, Magaly Suarez e Lázaro Carreño na Escola Nacional de Ballet de Havana. Em 1994, foi agraciado com a Medalha de Ouro e Revelação de Competência no MERCOSUL, no Brasil. Em 1998, ingressou no Ballet Nacional de Cuba, onde foi rapidamente promovido a bailarino principal. Seu repertório inclui os papeis principais das obras clássicas, assim como obras contemporâneas. Ganhou a Medalha de Ouro de USA IBC em Jackson, Mississipi; o Grand Prix do Encontro Internacional de Academias, Cuba (1995 e 1998); o Grand Prix da Internacional de Ballet em Paris, em 1998; Medalha de Ouro no Concurso Internacional de Nagoya, Japão, e o Grand Prix em 1998 ma Competição Internacional de Ballet em Varna, Bulgária. Sarabia saiu de Cuba em 2003, quando BNC negou permissão para ingressar no Ballet de Boston Sarabia desertou através do de México, de onde havia estado ensaiando com permissão do governo cubano. Ingressou no Houston Ballet como bailarino principal e em 2007 ingressou no Miami City Ballet, onde permaneceu como bailarino principal até 2010. Rolando Sarabia tem participado de Galas ao redor do mundo com bailarinos de renome como Maya Plisetskaya, Patrick Dupont, Farouk Ruzimatov, Alicia Alonso, Tamara Rojo, Mary Carmen Catoya, Xiomara Reyes entre outros. Em 2010, Rolando Sarabia participou com Lorena Feijoo no ballet de Don Quixote com o Ballet Clásico Cubano de Miami. Em setembro de 2010, regressou a Brasil depois de vários anos para deleitar seu público com La Fille Mal Gardée e Don Quixote. Acompanhado da primera bailarina do ABT, Xiomara Reyes,participa na Gala de Encerramento do 15º aniversario do Festival Internacional de Ballet de Miami e, posteriormente, viajam a Singapura para participar do Festival Dans Esplanade 2010, recebendo as melhores críticas do festival. O ano de 2011 tem sido de grande repercussão para Rolando Sarabia, que logrou as melhores críticas internacionais. Em Taipei, deleitou o público com uma mágica interpretação do pas de deux de Manon ao lado de Xiomara Reyes, nos EUA. Posteriormente o convidam a participar do American Ballet Theater para a temporada deDon Quixote, onde a critica destacou sua atuação como um dos melhores Basilios dos últimos anos. O primero semestre foi encerrado com chave de ouro com a vitória no Premio Benois de la Danse 2011 em Moscou. Sarabia participou da Gala de República Dominicana ao lado de Iana Salenko com Don Quixote e O Lago dos Cisnes. Logo parte para a Espanha para participar do Festival de El Escorial e imediatamente regressa aos Estados Unidos para encerrar o Festival Internacional de Ballet. Recentemente se apresentou em Caracas-Venezuela com o Ballet Teresa Carreño. Rolando Sarabia é artista exclusivo de World Dance Agency, LLC.

**Denis Vieira (Príncipe Quebra-Nozes)

Nascido em Joinville, Santa Catarina, iniciou aos oito anos de idade seus estudos de dança na Escola do Teatro Bolshoi, onde mais tarde formou-se e entrou para a Companhia Jovem do Bolshoi – Brasil. Foi intérprete de grandes ballets como Don Quixote, O Quebra-Nozes, Giselle. Participou de Galas em Ravello na Itália, dançando o Clássico Chopiniana. Teve oportunidade de trabalhar com grandes mestres da dança clássica como Vladimir Vasiliev, Galina Koslova e Laura Alonso no Curso do Cuballet. Integra o Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro desde 2010 e participou com destaque das produções da Companhia nas temporadas Parsons, Don Quixote como o matador Espada, O Quebra-Nozes, Giselle e Gala Roland Petit.

**Filipe Moreira (Príncipe Quebra-Nozes)

O paulistano Filipe Moreira começou seus estudos de ballet clássico com Ilara Lopes, estudando também com o professor Ismael Guizer. Como formação profissional estagiou na Cia Cisne Negro e Grupo Studio 3. Em 2003 prestou concurso oficial para o Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e desde então vem se destacando em todas as temporadas da companhia. Em seu repertório estão O Lago dos Cisnes, Coppelia, Onegin (John Cranko), Sétima Sinfonia e A Criação (Uwe Scholz). Em pouco tempo, assumiu a posição de solista em papeis como: A Bela Adormecida (Pássaro Azul), Giselle (Pas-de-Six), La Fille Mal Gardée (Allan), e nos balletsMetafísica (Roberto Oliveira) e A Criação (Uwe Scholz). Teve a oportunidade de trabalhar no BTM com nomes internacionais no cenário da dança como Richard Cragun, Slavick, Gustavo Mollajoli, Boris Storojkov e Tatjana Thierbach.entre outros. Apresentou-se em 2002 como convidado na Gala do Mercosul e em 2005 na Mostra de Dança da Cidade de Belém. Apresenta-se também como convidado na Cia Brasileira de Ballet. Assim como é convidado também para apresentar-se em Galas e Festivais em todo o Brasil.

**Cícero Gomes (Príncipe Quebra-Nozes)

Formado em 2002 pela Escola Estadual de Danças Maria Olenewa Cícero é primeiro Solista do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Antes, estudou na Escola de Ballet da Ópera de Vienna (Áustria – 1999) e na Elmhurst School for Dance by Birmingham Royal Ballet (Inglaterra – 2003). Foi bailarino da Cia. Jovem El Passo de Dança durante seis anos, trabalhando com Dalal Achcar e Mariza Estrela. Por dois anos e meio foi contratado pelo Ballet do Theatro Municipal, pelo qual dançou em O lago dos cisnes (2007), Giselle (2008) e Coppélia (2008). Ao final de 2008 participou como solista nas temporadas dos ballets O Quebra Nozes e Um Conto de Natal, ambos do TMRJ. Em julho de 2007, foi convidado pelo Festival de Joinville para ser personagem central do espetáculo A Gala das Estrelas, do qual também participaram grandes nomes como Fernanda Oliveira (English National Ballet), Wiliam Pedro (Ballet Maurice Bejart) e Cecília Kerche (Theatro Municipal do Rio de Janeiro). Em 2005 e 2009 participou da Gala Latino Americana de Ballet, em El Salvador e no Paraguai, respectivamente. E em 2010 dançou Carmen no papel de Bandido, numa curta temporada no TMRJ, e no papel principal de L’Arlésienne, ambas de Roland Petit. Em julho de 2010 dançou o ballet Wolfgang, coreografado por David Parsons. Em outubro de 2010, dançou o ballet Don Quixote no papel principal, Basílio, e realizou ensaios comandados pelo Ciryll Atanasof, primeiro bailarino e ensaiador do Ballet da Ópera de Paris.

**Francisco Timbó (Príncipe Quebra-Nozes)

Iniciou seus estudos de dança na Escola do SESI, em Fortaleza, sua cidade natal, sob a direção de Dennis Gray. Aos 15 anos, complementa sua formação, cursando a escola Mudra, em Bruxelas, Sob direção de Maurice Béjart. Sua carreira como bailarino, inclui trabalhos em companhias como: Balé da Cidade de São Paulo, Corpo de Baile Lina Penteado (Campinas-SP), Ballet Nacional de Cuba e o Ballet Teatre L’Ensemble (Itália)

De seu repertório, como Bailarino Principal do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, destacamos sua atuação em: Giselle, Don Quixote, O Lago dos Cisnes, A Bela Adormecida, Coppélia, O Quebra-Nozes, Raymonda, La Fille Mal Gardée, Paquita, La Bayadère, La Sylphide, Les Sylphides, Les Présages, A Megera Domada, Romeu e Julieta (Vasiliev), Suíte en Blanc (Serge Lifar), Divertimento nº. 15 (George Balanchine), Les Noces (Nijinska), Serenade (George Balanchine), Tempo de Tango (Luis Arrieta), Onegin (John Cranko) e Floresta Amazônica, lenda brasileira com música de Villa-Lobos e coreografia de Dalal Achcar, entre outros ballets neoclássicos e contemporâneos. Teve a oportunidade de trabalhar com os seguintes profissionais: Jean-Yves Lourmeau, Peter Wright, Henrique Martinez, Pierre Lacotte, Tatiana Leskova, Eugenia Feodorova, Jaroslav Slavick, Natália Makarova, Elisabeth Platel, Vasiliev, Boris Storojkov, entre outros. Recebeu do Ministério da Cultura o Prêmio MINC – 1º. Mambembe de Dança: Melhor Bailarino Nacional. Participou do Encontro Contemporâneo de Dança em New York, com coreografia de Regina Miranda.

**Silvio Viegas, regência

Natural de Belo Horizonte, Silvio Viegas é Mestre em Regência pela Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais, tendo sido discípulo dos maestros Oiliam Lanna, Sergio Magnani e Roberto Duarte. Ainda jovem, foi agraciado com uma bolsa de estudos, indo estudar regência na Itália. Em 2001, ficou com o primeiro lugar no Concurso Nacional Jovens Regentes, organizado pela Orquestra Sinfônica Brasileira no Rio de Janeiro. Desde o início de sua carreira tem-se destacado por sua atuação no meio operístico regendo óperas como Così fan Tutte, Le Nozze di Figaro e A Flauta Mágica de Mozart, Tiradentes de Manuel Joaquim de Macedo, La Bohèmede Puccini, O Barbeiro de Sevilha de Rossini, Carmen de G. Bizet, Cavaleria Rusticana de P. Mascagni, Il Trovatore de Verdi e, mais recentemente, Romeu e Julieta de Gounod. Esteve à frente das Orquestras Sinfônica Brasileira, Petrobras Sinfônica, Orquestra do Teatro da Paz, Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, Sinfônica de Minas Gerais, Filarmônica Nova, Sinfônica de Burgas (Bulgária) e Sinfônica do Festival de Szeged (Hungria), entre outras. Foi Diretor Artístico da Fundação Clóvis Salgado – Palácio das Artes de 2003 a 2005 e, atualmente, é Maestro Titular da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Professor de Regência na Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais e Regente da Orquestra Ouro Preto.

**SERVIÇO
Ficha técnica:

**Balé O Quebra-Nozes
Ballet, Orquestra Sinfônica e Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Música: Piotr Ilitch Tchaikovsky
Regência: Silvio Viegas
Concepção, Coreografia e Mise-En-Scène: Dalal Achcar
**Bailarinos principais: Ana Botafogo, Cláudia Mota, Márcia Jaqueline, Roland Sarabia (convidado) e Denis Vieira
Cenários e Figurinos: José Varona
Diretor Artístico do Ballet do Theatro Municipal: Hélio Bejani
**Solistas:

**Protagonistas

Dia 16/12
Ana Botafogo (Fada Açucarada) e Rolando Sarabia (Príncipe)
Ana Botafogo (Rainha Neves) e Rolando Sarabia (Príncipe)
Dia 18/12
Cláudia Mota (Fada Açucarada) e Denis Vieira (Príncipe)
Cecília Kerche (Rainha Neves) e Francisco Timbó (Príncipe)
Dia 20/12
Cláudia Mota (Fada Açucarada) e Denis Vieira (Príncipe)
Márcia Jaqueline (Rainha Neves) e Filipe Moreira (Príncipe)
Dia 22/12
Márcia Jaqueline (Fada Açucarada) e Rolando Sarabia (Príncipe)
Bettina Dalcanale (Rainha Neves) e Francisco Timbó (Príncipe)
Dia 23/12
Márcia Jaqueline (Fada Açucarada) e Rolando Sarabia (Príncipe)
Cláudia Mota (Rainha Neves) e Denis Vieira (Príncipe)
Dia 28/12
Karen Mesquita (Fada Açucarada) e Cícero Gomes (Príncipe)
Deborah Ribeiro (Rainha Neves) e Moacir Emanoel (Príncipe)
Dia 29/12
Márcia Jaqueline (Fada Açucarada) e Rolando Sarabia (Príncipe)
Bettina Dalcanale (Rainha Neves) e Francisco Timbó (Príncipe)
Dia 30/12
Cláudia Mota (Fada Açucarada) e Denis Vieira (Príncipe)
Cecília Kerche (Rainha Neves) e Francisco Timbó (Príncipe)
Dia 03/01
Márcia Jaqueline (Fada Açucarada) e Filipe Moreira (Príncipe)
Bettina Dalcanale (Rainha Neves) e Filipe Moreira (Príncipe)
Dia 04/01
Karen Mesquita (Fada Açucarada) e Cícero Gomes (Príncipe)
Deborah Ribeiro (Rainha Neves) e Moacir Emanoel (Príncipe)
Dia 05/01
Cláudia Mota (Fada Açucarada) e Denis Vieira (Príncipe)
Márcia Jaqueline (Rainha Neves) e Filipe Moreira (Príncipe)
Temporada:

**Estreia em 16 de dezembro de 2011, às 20h
Dias 22, 23, 28, 29 e 30 de dezembro, 3, 4 e 5 de janeiro, às 20h
Dia 18 de dezembro às 17h
Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Praça Floriano s/n° – Centro
Informações: 2299-1711

Preços:
Plateia e balcão nobre – R$ 84,00
Balcão superior – R$ 60,00
Galeria – R$ 25,00
Frisas e camarotes – R$ 504,00
Desconto de 50% para estudantes e idosos
Classificação etária: Livre
Duração: 2h (com intervalo)
Informações: (21) 2332-9191
Vendas na Bilheteria, no site da Ingresso.com ou por telefone 21 4003-2330

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Midiorama

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Estudo reforça que a reconstrução mamária deve ser feita logo após a mastectomia

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2011 08:05:00

Imagem apenas Ilustrativa

**Em pacientes submetidas a mastectomia, o objetivo maior da cirurgia reconstrutora é a reabilitação estética, retirando da paciente o estigma do câncer e da mutilação

**Mulheres submetidas à mastectomia, devido ao câncer de mama, podem ser submetidas à reconstrução mamária imediata.

**O procedimento apresenta um baixo risco de complicações e não provoca atrasos injustificados no tratamento do câncer. As conclusões são de um estudo – Immediate Free Flap Reconstruction for Advanced-Stage Breast Cancer: Is It Safe? – publicado, recentemente, no jornal Plastic and Reconstructive Surgery.

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores avaliaram um número significativo de mulheres com câncer de mama avançado que se submeteram à reconstrução mamária imediatamente após a mastectomia. Ao longo de um período de dez anos, a reconstrução imediata foi realizada em 170 mulheres, incluindo a reconstrução de ambas as mamas em 13 pacientes. As reconstruções foram feitas principalmente usando tecidos da área abdominal.

**Os resultados da reconstrução mamária imediata foram analisados com foco em taxas de complicações, tempo de outros tratamentos de câncer e os resultados cosméticos.

****Objetivo

**O objetivo era determinar se os benefícios comprovados da reconstrução imediata eram justificados em termos de riscos e possíveis efeitos adversos.
Segundo os pesquisadores, 15 complicações foram registradas: uma taxa de 8,8 %. As complicações levaram a atrasos nos tratamentos de câncer (quimioterapia e / ou radioterapia) em apenas oito pacientes. O atraso máximo foi de três semanas.

Quinze mulheres tiveram câncer de mama recorrente durante o acompanhamento e a reconstrução imediata não provocou atrasos no reconhecimento destas recorrências.

****A importância da rápida reconstrução mamária

**Para mulheres submetidas à mastectomia por câncer de mama, a reconstrução mamária imediata oferece diversas vantagens sobre a reconstrução tardia, incluindo melhores resultados cosméticos, menor tempo de recuperação e custos menores do tratamento.

- "A reconstrução imediata também é um importante mecanismo de enfrentamento do câncer associado a uma melhor qualidade de vida e à redução do risco de depressão. Como a mama é um dos símbolos da identidade feminina. A sua extração significa muito, tanto do ponto de vista físico, quanto do ponto de vista psicológico. A sua imediata reconstrução é de suma importância para que a paciente recupere a auto-estima, auxiliando, assim, o tratamento do câncer e o restabelecimento do convívio social", afirma o cirurgião plástico Ruben Penteado diretor do Centro de Medicina Integrada.

O novo estudo sobre reconstrução mamária imediata é um dos maiores já realizados até hoje sobre o tema. Os resultados sugerem que a reconstrução imediata é segura e bem tolerada pelas pacientes e não conduz a um risco aumentado de complicações. “Os atrasos no tratamento do câncer encontrados são comparáveis aos das mulheres submetidas à mastectomia sem reconstrução mamária”,explica o médico.

****Direito assegurado

**A cirurgia de reconstrução da mama é assegurada pelo Sistema Único de Saúde, SUS, desde 1999. Os procedimentos cobertos incluem o implante da prótese de silicone. A saúde suplementar também prevê a cirurgia plástica reconstrutiva da mama, após tratamento para retirada de câncer para os contratos celebrados após 1998.

******CONTATOS:

** Site: http://www.medintegrada.com.br/site
** E-mail:ruben.ribeiro@terra.com.br
** Twitter: http://twitter.com/#!/rubenpenteado
** Blog: http://dicadebeleza.wordpress.com/
** Canal de vídeos: http://www.youtube.com/user/Medintegrada

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Márcia Wirth da MW-Consultoria de Comunicação
Site:
www.marciawirth.com.br/

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Petrobras é premiada por comunicação com a imprensa

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2011 07:49:00

Dentre os trinta setores da economia que a pesquisa abrangeu, a Companhia foi a única empresa eleita em três categorias: Biocombustível e Energia Alternativa, Petróleo e Gás e Química e Petroquímica.

A revista destacou a criação, em 2006, do projeto Agência Petrobras, que consiste na adoção de práticas e ferramentas corporativas de relacionamento com a imprensa.



Foto: AGENCIA PETROBRAS


A Petrobras foi uma das principais vencedoras do prêmio “Empresas que Melhor se Comunicam com Jornalistas”, promovido pela revista Negócios da Comunicação. A escolha foi feita por 25 mil profissionais de imprensa das principais redações e agências de comunicação do País. Eles foram ouvidos numa pesquisa realizada pela empresa H2R e auditada pela BDO Brasil, consultoria com atuação em 119 países.

Dentre os 30 setores da economia que a pesquisa abrangeu, a Companhia foi a única empresa eleita em três categorias: Biocombustível e Energia Alternativa, Petróleo e Gás e Química e Petroquímica.

O prêmio visa reconhecer a qualidade do relacionamento que as companhias mantêm com os jornalistas e o mercado e ressaltar o nível de tratamento que elas conferem aos profissionais da imprensa quanto ao acesso, disponibilização e facilidade de apuração de informações empresariais, setoriais e gerais.

Agência Petrobras – A revista destacou a criação, em 2006, do projeto Agência Petrobras, que consiste na adoção de práticas e ferramentas corporativas de relacionamento com a imprensa.

O conceito da Agência Petrobras é de garantir um processo integrado de assessoria de imprensa, ágil, preciso e confiável. O projeto permitiu a criação de um site específico para a imprensa global (português, inglês e espanhol) com o apoio de divulgação do conteúdo por SMS e pelas redes sociais (twitter). No site, os jornalistas encontram textos sobre vários assuntos, fotos em alta resolução, gravações em áudio, vídeos de eventos e entrevistas de executivos, mapas e infográficos.

Além disso, o projeto promoveu o treinamento de assessores, a adoção de procedimentos globais, treinamento de executivos (media training), palestras para jornalistas sobre as diversas atividades da Petrobras e a adoção e sistematização de uma avaliação qualitativa e quantitativa do trabalho com a imprensa no Brasil e no mundo.

**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
AGENCIA PETROBRAS
Assessoria de Imprensa

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Batata está fora da lista de alimentos contaminados com agrotóxicos irregulares.

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2011 07:36:00

A batata está fora da lista de alimentos contaminados com agrotóxicos irregulares. A informação é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que constatou que produtores rurais têm usado substâncias não autorizadas no plantio de determinados alimentos.

A pesquisa, realizada em meados de 2010, avaliou 2488 amostras de alimentos em todos os estados e Distrito Federal, com exceção de São Paulo. Deste total 28% apresentaram resultado insatisfatório para a presença de resíduos. Porém, 24,3% do total das amostras estavam com limites de agrotóxico acima do recomendável ou substâncias não aprovadas.

No ranking de alimentos campeões na contaminação com resíduos agrotóxicos figuram pimentão (92%), morango (64%) e pepino (57%). “Saber que a batata, principal ingrediente utilizado no cardápio da Roasted Potato, está fora desta lista nos dá mais tranqüilidade para trabalhar e desenvolver novos produtos”, explica a diretora de marketing da Roasted Potato, Camila Carone.

Presente no carro chefe da rede – as batatas assadas e recheadas – o tubérculo também figura em sobremesas e pratos tradicionais como o escondidinho. “Nossa equipe de gourmets desenvolve deliciosas iguarias, elaboradas com ingredientes frescos e selecionados para oferecer opções de qualidade aos consumidores. E, em todos os pratos a batata marca presença, já que é um dos alimentos mais consumidos desde a antiguidade”, reitera Camila.

Com 79 unidades espalhadas pelo Brasil e também na América do Sul, a Roasted Potato tem a proposta de assegurar a melhor experiência de consumo para os clientes. Diferenciais como o exclusivo cardápio aliados ao atendimento primoroso destacam a marca como um novo conceito em fast food.

Sobre a Roasted Potato
A Roasted Potato – www.batatarecheada.com.br – é a maior rede brasileira de fast food especializada em batatas recheadas. Fundada em 1987 em Presidente Prudente (SP), a operação constitui uma sólida e bem sucedida rede de franquias, presente em diversas regiões do Brasil e também na América do Sul. O delicioso cardápio, cuidadosamente elaborado por uma equipe de gourmets e nutricionistas, é composto por batatas assadas e recheadas com legumes, queijos, carnes e molhos especiais servidos em porções generosas para atender aos mais exigentes paladares.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Curso online ensina como montar e gerir uma agência de comunicação

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2011 07:32:00

Objetivos

• Analisar o potencial de mercado de comunicação corporativa no Brasil.
• Apresentar tendências, oportunidades e recompensas.
• Indicar modelos de gestão de negócio no segmento.
• Mapear os papéis do empreendedor.
• Abordar indicadores de sucesso.


Conteúdo

• Radiografia de mercado (volume de negócios, número de agências, clientes).
• Onde estão os nichos mais promissores (mercado em que vale a pena investir).
• Suportes indispensáveis (Marketing, RH, Comercial, Finanças, Jurídico).
• O perfil do empreendedor num segmento de risco (ousadia e pé no chão).
• Para melhorar, é preciso medir (custos, precificação, margens).


A quem se destina

• Empresários do setor de comunicação corporativa.
• Gestores de departamentos de comunicação.
• Profissionais de comunicação interessados em abrir seu próprio negócio.
• Profissionais de Marketing, RH ou Administração interessados em conhecer a dinâmica do segmento.


Professor

Fábio Bouéri é empresário do segmento de Comunicação Corporativa. Há mais de dez anos é sócio diretor da FBCOM, agência fornecedora de serviços de comunicação corporativa para empresas de grande porte, como Pricewaterhousecoopers, C&A Modas, Lojas Riachuelo, Atlantica Hotels International, Fiesp, Avon, American Airlines, entre outras. É jornalista, com especialização em Marketing e mestre em Comunicação e Práticas de Consumo pela ESPM/SP.


Serviço

Curso online: “Como montar e gerir uma agência de comunicação”
Data: 20/12/2011, das 19 às 22 horas
Inscrição: R$ 120,00
Como se inscrever: acesse www.escoladecomunicacao.com.br
Mais informações pelo telefone (11)3897-0855

**


Da Redação Revista zaP!®

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Aprovada a Licença Prévia (LP) para a duplicação do Trecho de Planalto da Rodovia dos Tamoios

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/12/2011 07:29:00

COM 30 VOTOS A FAVOR, CONSEMA APROVA LICENÇA PRÉVIA PARA DUPLICAÇÃO DA RODOVIA DOS TAMOIOS

Por 30 votos a 01, foi aprovada a Licença Prévia (LP) para a duplicação do Trecho de Planalto da Rodovia dos Tamoios (SP-099), do Km 11,5 ao Km 60,48, entre os municípios de São José dos Campos, Paraibuna e Jambeiro. A votação da concessão da licença ocorreu na manhã de hoje, em reunião do Consema (Conselho Estadual do Meio Ambiente). Com a decisão, a Cetesb (Agência Ambiental Paulista) fica autorizada a emitir a Licença Prévia para as obras da Nova Tamoios.

Com a Licença Prévia, uma das etapas do licenciamento ambiental da obra, o DER (Departamento de Estradas e Rodagem) e a DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S/A poderão detalhar os estudos para responder às deliberações da Cetesb, solicitando a Licença de Instalação (LI). O início das obras depende da liberação da LI.

A próxima fase do processo de duplicação da Tamoios é a publicação no DOE (Diário Oficial do Estado) da lista de empresas habilitadas para participar da concorrência, apresentando proposta comercial para os dois lotes de obras da Tamoios. A publicação deve ocorrer nos próximos dias. Vinte e sete empresas entregaram os envelopes com documentação e proposta técnica no edital de Pré-Qualificação.

Segundo o edital, as obras são compostas de dois lotes. O Lote 1 abrange desde o Km 11,5 até o Km 35,8. O Lote 2 vai do Km 35,8 ao Km 60,48. As empresas participam isoladamente ou reunidas em consórcio formado por duas empresas. As obras de engenharia para os dois lotes estão estimadas em R$ 775 milhões.

O Trecho de Planalto da Rodovia dos Tamoios é um dos principais acessos dos turistas ao Litoral Norte e também importante ligação desta área litorânea com o Interior do Estado, na região do Vale do Paraíba.

A duplicação da Tamoios, que opera em pista única em quase todos os seus 80 quilômetros entre São José dos Campos e Caraguatatuba, proporcionará melhor qualidade operacional, elevando o nível de segurança do trecho, reduzindo o número de acidentes. As obras atendem a demanda de turistas e também a demanda urbana de moradores e trabalhadores da região.

O cronograma de duplicação prevê o início da obras para março de 2012, com expectativa de conclusão em 20 meses, ou seja, em novembro de 2013. As obras têm previsão de início em março de 2012, logo depois do período de veraneio, e serão concluídas até novembro de 2013, antes da temporada de verão 2013/2014.


**

Elizabeth Misciasci
Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Dersa – Desenvolvimento Rodoviário S.A.
Assessoria de Imprensa

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Universo Bem Me Quer arrecada alimentos para as vítimas das enchentes em Londrina

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2011 18:24:00

Durante o Super Touros Londrina, projeto de conscientização ambiental se une ao Provopar em prol da população atingida pelas fortes chuvas que castigam a região de Londrina nas últimas semanas



Foto: Ana Paula Cegantini

Usina da Reciclagem, montada dentro do recinto, também está servindo de espaço para arrecadação de alimentos

Além do trabalho de conscientização ambiental e reciclagem de todo o lixo produzido durante o Super Touros Londrina – maior evento de montaria em touros da região -, o Universo Bem Me Quer (UBMQ), em parceria com o Provopar (Promoção Social de Londrina), está realizando uma campanha para arrecadação de alimentos para as vítimas das enchentes que atingem a região nas últimas semanas. No último dia da festa, a expectativa de arrecadação é grande e as doações, segundo os responsáveis pelo projeto em Londrina, serão realizadas ainda esta semana.

Promovido pelo Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano (ICDH), em parceria com a Ambev e a Santarena Eventos, o UBMQ está presente nos maiores eventos de montaria do País e leva ao público noções básicas de responsabilidade sócio-ambiental, além de promover a reciclagem de todo o lixo produzido, em parceria com cooperativas e associações locais.

Durante o Super Touros, o público doou alimentos ou contribuiu com a compra de um ticket no valor de R$ 2,00, que será revertido em suprimentos para a população atingida pelas chuvas. De acordo com a diretora executiva do ICDH, Denise Marconi, o trabalho realizado pela entidade é amplo e busca atender às necessidades locais de cada região. “A situação das famílias atingidas aqui em Londrina é bastante crítica e estamos confiantes que vamos conseguir auxiliar com uma boa arrecadação. Pedimos o comprometimento de todos que estão vindo para se divertir na festa”, afirmou Denise.

A gerente do Provopar, Ana Lúcia Conde, também pediu a colaboração da comunidade. “O auxílio de todos é fundamental neste momento. Estamos priorizando a doação de arroz, óleo e o leite em pó, por conta da durabilidade", ressaltou a responsável.

O prefeito Barbosa Neto (PDT) disse que a iniciativa é positiva, uma vez que Londrina passou por uma das maiores catástrofes naturais de sua história. "Nós já fizemos a nossa parte em relação à ajuda pedida ao governo do Estado. Com a arrecadação de alimentos será possível amparar as famílias que atualmente vivem em uma situação crítica", afirmou.

Sobre o Universo Bem Me Quer e o ICDH

O Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano (ICDH) é uma instituição sem fins lucrativos, que congrega forças de diversas empresas, entidades e pessoas com objetivo de promover o desenvolvimento humano em diversos âmbitos. Durante a Expo Rio Preto, o ICDH promoveu atividades relacionadas direta ou indiretamente com educação, formação profissional, cultura, música, informação, esporte, meio ambiente e o desenvolvimento de tecnologias sociais, visando melhorar as condições de vida da comunidade. Estas atividades foram conduzidas em parceria com outras instituições sociais, órgãos públicos e empresas.

Com a preocupação do impacto gerado pelo acúmulo de resíduos sólidos no meio ambiente, principalmente em eventos de grande porte, o ICDH criou o Universo Bem Me Quer, que é considerado atualmente o maior projeto de responsabilidade socioambiental presente nos maiores eventos country do Brasil.

Em cinco anos de atuação, o projeto apresenta grandes resultados. Já são milhares de toneladas de material reciclável e centenas de catadores de lixo transformados em agentes ambientais. Além disso, milhões de pessoas foram conscientizadas pela Comitiva Consciente em todo o Brasil.

Informações:
www.universobemmequer.com.br
www.superbullcuritiba.com.br
www.vipsuperbull.com.br
www.superbullbrasil.com.br
www.brahma.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Show em benefício da Escola Carlito Maia

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2011 18:20:00

Celso Sim, Zé Miguel Wisnik, Jo de Souza, Tuco Freire, Ná Ozzetti e Pepê Mata Machado
no Teatro Oficina, domingo, 20.11.2011 às 20:00 horas




Os músicos Celso Sim, Zé Miguel Wisnik, Jo de Souza, Tuco Freire, Ná Ozzetti e Pepê Mata Machado e o Teatro Oficina realizam no próximo domingo, 20 de novembro, um grande show com o intuito de ajudar na arrecadação de recursos para andamento da Escola Carlito Maia, que desde 2009 vem sendo implantada no município de Cunha no estado de São Paulo.

Trata-se de uma escola técnica profissionalizante, que teve seu projeto pedagógico desenvolvido pelos conceituados profissionais Flávia Aidar e Ricardo Lobo. A escola funcionará com dois modelos de ensino: o primeiro, composto por cursos rápidos de (re) qualificação para trabalhadores já ativos, voltado para a geração de renda e de melhores oportunidades profissionais, que já se encontra em funcionamento em sede localizada no centro da cidade. O segundo será um curso técnico experimental de dois anos de duração, com foco nas áreas de agropecuária ecológica, turismo, hotelaria, teatro música, cultura e artesanato, destinado a jovens egressos do ensino médio. A política pedagógica aponta para a integração da escola ao município e pelo município, de modo que seus projetos e ações promovam uma participação cidadã plena dos jovens e adultos ali formados.

Todo o financiamento da escola tem sido arrecadado graças à colaboração de artistas, clubes esportivos e esportistas, que doaram obras de arte e camisas de futebol para a realização de leilões. O primeiro foi feito com camisas autografadas doadas por times e jogadores de futebol de renome, além de uma do Politheama, com autógrafo de Chico Buarque, que é padrinho da escola. O segundo contou com obras de artistas plásticos consagrados.

No total foram arrecadados 103 mil reais, somados a 11 mil reais doados por um grupo do Vale do Paraíba, encabeçado pelo jornalista José Luís de Souza. Estes recursos permitiram a reforma de uma casa alugada no centro da cidade, a aquisição de material básico para os cursos iniciais, e ainda viabilizará o funcionamento de uma estrutura mínima por um ano, incluindo a contratação de uma secretária, o pagamento de uma diarista para a limpeza e as despesas de escritório, assim como aluguel, luz, telefone e internet.

Simultaneamente às atividades citadas, está sendo desenvolvido um trabalho de captação de recursos para a construção de uma sede própria em zona rural. Esta sede abrigará o modelo de ensino técnico profissionalizante de longa duração e em regime de internato, no sítio cedido pelo Governo do Estado à municipalidade e destinado à instalação da Escola Carlito Maia. Todos os cursos se orientam pela preocupação com o meio-ambiente e contam com o apoio da FAT - Fundação de Apoio à Tecnologia, que deverá ser gestora da escola.

Mais uma vez a Escola recorre à classe artística paulistana, através de sua idealizadora Dulce Maia num trabalho incansável de reunir pessoas interessadas em colaborar com o projeto. Os ingressos para o show estão sendo oferecidos a um valor mínimo de R$30,00, podendo variar de acordo com a possibilidade e interesse de cada um que assistir a esse belo show que reunirá talentos da música paulistana atual.

Links para trabalhos de alguns dos músicos:
http://www.joetuco.com.br/
http://naozzetti.bandcamp.com/
http://www.myspace.com/celsosim

Serviço:
Data: 20.11.2011 – domingo
Local: Teatro Oficina Uzyna Uzona
Endereço: Rua Jaceguai, 520 – Bexiga – São Paulo – SP (metrô liberdade)
Horário: 20hs
Ingressos: valor mínimo R$ 30,00 - na bilheteria do Teatro a partir do dia 16.11
Informações: 11.3104.0678

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Dia Mundial em Memória das Vítimas do Trânsito Terá Caminhada no Ibirapuera em SP.

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2011 18:17:00




























































No próximo domingo, dia 20 de novembro de 2011 às 09h30m faremos uma caminhada no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, em homenagem ao Dia Mundial das Vítimas de Trânsito.

O Grupo UDVV (União em Defesa das Vítimas de Violência), presidido pela deputada federa **Keiko Ota, estará presente e, **contaremos com a presença de familiares de vítimas de trânsito:

**Rafael Baltresca - filho e irmão de Miriam Baltresca e Bruna Baltresca;
**José Carlos Marino e Jandira Urbinati - pais de João Victor Urbinati;
**Iolanda Silva - mãe do pequeno Werwethon Fernando Assis de Jesus;
**Nilton Gurman - tio de Vitor Gurman;
**Maria Luisa Hauschi - mãe de Alex Hausch;
**Ariomar Damasceno - irmão do gari Alex Damasceno de Souza.

**Venham participar conosco dessa caminhada!

**Contamos com o apoio e presença de todos!

Data: 20 de novembro de 2011
Horário: 09h30m
Local: Parque do Ibirapuera - São Paulo
Concentração: Parque do Ibirapuera - Portão 4


**GRUPO UDVV (União em Defesa das Vítimas de Violência)

- "Junte-se a nós por amor, antes que alguém o faça pela dor"

**Por: Sandra Domingues
14/11/2011

**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

O Automóvel Clube do Brasil traz 2 grandes eventos para os amantes do Antigomobilismo

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2011 18:12:00

- o Raid Cidade de São Paulo, é parte do projeto Corridas do Passado, que visa reviver as glórias e o glamour das provas automobilísticas nacionais. Este evento acontece no dia 20 de novembro de 2011, das 8h00 às 12h00, irá percorrer o antigo trajeto da última corrida de rua realizada na cidade, em meados dos anos 30;


- e, em parceria com a Reed Exhibitions Alcântara Machado, acontece o já consagrado evento, Salão Internacional de Veículos Antigos. De 24 a 27 de novembro, no Pavilhão do Anhembi, também em São Paulo.


O Salão Internacional de Veículos Antigos 2011 acontece de 24 a 27 de novembro no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

O evento, uma iniciativa da Reed Exhibitions Alcântara Machado em parceria com o Automóvel Clube do Brasil, promete grandes atrações tanto para aficionados por automóveis antigos como do público em geral.


O visitante terá a oportunidade de conhecer a história do automóvel no Brasil e no mundo, acompanhando cada etapa, desde os primeiros veículos construídos artesanalmente aos modernos carros da atualidade, chegando inclusive aos avançadíssimos carros-conceito.


Numa autêntica viagem pelo tempo, estarão expostos veículos que marcaram época, carros que representaram verdadeiras revoluções na indústria automobilística e que transformaram o modo de vida em todo o planeta.


Logo de início, está programado o Raid Cidade de São Paulo, onde raridades sobre rodas deverão percorrer o percurso da última corrida de rua realizada na capital paulista, na década de 30.


A emoção deve bater forte, principalmente com duas homenagens muito especiais: os 20 anos do tricampeonato de Ayrton Senna e o centenário do eterno Juan Manuel Fangio.


Dentre as atrações do evento, merecem especial destaque a comemorados dos 125 anos da Mercedes Benz e também os 100 anos da mitológica estatueta do Rolls-Royce, "The Spirit of Ecstasy".


Também haverá um tributo aos 50 anos de O Vigilante Rodoviário, primeira série de televisão brasileira. Já está confirmada a presença de Carlos Miranda, astro que viveu o personagem-título, bem como de outros atores que participaram da lendária produção.


No lançamento do quadro "De Volta Para o Futuro", será exposto o raro Karmann Ghia conversível, todo original. O carro, em fase final de restauração, pertence ao músico Paulinho da Viola, que deve participar de um happy hour para a confraternização entre clubes e colecionadores.


Além disso, haverá ainda os lançamentos do projeto Discuta o Trânsito e do Prêmio Literário Automóvel Clube do Brasil. Ambos os projetos terão como tema a segurança no trânsito.


Uma série de outras atividades foram planejadas para garantir a diversidade de opções para diversos o gostos. Haverá Show de Ilusionismo, Leilão de Automóveis Antigos e Palestra com Rexford Parker, uma das maiores autoridades mundiais em design automobilístico.


Serviço: Salão Internacional de Veículos Antigos
Data: 24 a 27 de novembro de 2011


Horário: Quinta (24), Sexta (25) e Sábado (26) das 12h às 22h e no Domingo (27) das 10h às 20h00.


Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi - Av. Olavo Fontoura, 1.209 | Santana, São Paulo/SP.


Ingressos: ADULTO (R$ 25) Ingressos válidos para qualquer dia e para maiores de 12 anos, INFANTIL (R$ 12) Ingressos válidos para qualquer dia para quem tem de 5 a 12 anos e MEIA ENTRADA (R$ 12) Estudantes, Professores e Aposentados Critérios para compra da ½ entrada estão à disposição no site oficial do evento no link: http://salaodeantigos.com.br/como-visitar/. O pagamento somente em dinheiro e cartão de débito. Caixas eletrônicos do Banco do Brasil, Bradesco e Santander disponíveis na entrada do evento.


Os ingressos também poderão ser adquiridos online, através do site oficial do evento: www.salaodeantigos.com.br


Informações:
www.automovelclubedobrasil.org.br / www.salaodeantigos.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Aprovados no 5º ciclo de cursos do Prominp devem atualizar cadastro

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2011 18:09:00

14 de novembro de 2011

Aprovados no 5º ciclo de cursos do Prominp devem atualizar cadastro

As instituições que realizam os cursos gratuitos de qualificação profissional do Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural) estão convocando para matrícula alunos aprovados no 5º ciclo de seleção pública. A comunicação por carta aos futuros alunos acontece nos 13 estados onde foi realizado o último processo seletivo (Amazonas, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul) e deve se estender até meados de 2012. O Prominp orienta, portanto, que os futuros alunos mantenham seus dados cadastrais atualizados no Portal de Qualificação Profissional do site (www.prominp.com.br). A instituição de ensino responsável pelo curso escolhido pelo candidato efetuará a convocação para a matrícula por meio de carta, que será enviada para o endereço cadastrado no ato da inscrição.

Aviso por carta

Desde o início do ano, o Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural) vem realizando cursos gratuitos de qualificação dos aprovados no 5º ciclo de seleção pública, como forma de preparar mão de obra para atuar nas obras da Petrobras em todo o País.

O último processo seletivo ofereceu 27.915 vagas de qualificação em diversas categorias profissionais, todas voltadas para o setor de petróleo e gás. As convocações para matrícula contemplarão todos os aprovados. As chamadas são sucessivas, respeitando a classificação do candidato no processo seletivo, até o preenchimento total das vagas.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Rio de Janeiro sedia final de competição e reúne os 20 melhores alunos de geografia do Brasil

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2011 18:07:00

Programação da final do Desafio National Geographic 2011

Os 20 melhores alunos de geografia do Brasil se preparam para a Fase Nacional da competição, no Rio de Janeiro

Mais de 300 mil jovens estudantes brasileiros disputaram o Desafio neste ano. O aluno Ivo Lopes Azevedo, de Teresópolis, é o representante do Rio de Janeiro.

Entre os dias 17 e 19 de novembro de 2011, os 20 melhores alunos de geografia do Brasil se reúnem no Rio de Janeiro para uma maratona de atividades que compõem a fase final do Desafio National Geographic 2011. Com o patrocínio da Petrobras, apoio do Grupo Windsor Hotéis e da Associação de Hotéis Roteiro de Charme, esta é a primeira vez que a grande final do Desafio National Geographic será realizada na cidade do Rio de Janeiro. Idealizado pela Editora Abril e a revista National Geographic Brasil, a competição estudantil visa despertar nos jovens estudantes o interesse pelo conhecimento histórico-geográfico e pela chamada “cultura de viagem” em todas as suas fases (local, regional e nacional). A agenda de atividades preparada pela organização do desafio para os finalistas visa cumprir este objetivo.

Programação:

Quinta - 17 de novembro – Chegada dos participantes e Jantar de Abertura

A partir das 19h: encontro dos 20 alunos finalistas, pais e professores com a equipe do Desafio National Geographic 2011, seguido por jantar.
Local: Hotel Windsor Guanabara, Av. Pres. Vargas, 392, Centro, Rio de Janeiro – RJ

Sexta - 18 de novembro – Prova de Múltipla Escolha e Trabalho de Campo

Das 8h às 10h, os alunos realizarão a prova de múltipla escolha no Hotel Windsor Guanabara, Av. Pres. Vargas, 392, Centro, Rio de Janeiro – RJ.

De manhã e à tarde, haverá atividades de campo.

Sábado - 19 de novembro – Trabalho de Campo, visita ao Pão de Açúcar e Cerimônia de Encerramento

De manhã, haverá atividades de campo.
A partir das 11h30, os alunos realizam a prova dissertativa.
À tarde, a partir das 15h30, alunos, pais e professores visitarão o Pão de Açúcar.
A partir das 19h30, acontece a Cerimônia de Encerramento com entrega de medalhas e jantar no Hotel Windsor Guanabara, Av. Pres. Vargas, 392, Centro, Rio de Janeiro – RJ.

Domingo, dia 20 de novembro – fim da Viagem do Conhecimento e retorno dos participantes do Desafio National Geographic 2011 para suas cidades.

Abaixo, os 20 finalistas por região:

Centro-oeste
 Keityane de Lima Pedrosa - Colégio Militar de Campo Grande – Campo Grande/MS
 Matheus Takada Gonçalves - Centro de Ensino Candanguinho – Brasília/DF

Norte
 Luísa Corrêa Janaú - Colégio Marista Nossa Senhora Nazaré – Belém/PA
 Márcio Pinheiro Lima - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – Manaus/AM

Nordeste
 Carolina Tavares de Araújo Bonfim Ribeiro - Colégio Militar de Fortaleza – Fortaleza/CE
 Cecília de Oliveira Lúcio Tavares - Instituto Federal do Rio Grande do Norte – Caicó/RN
 Jackson Agra Cunha Júnior - Colégio Motiva – Campina Grande/PB
 Maria Helena Andrade Rabelo - Colégio Cândido Portinari – Salvador/BA
 Paulo César Rodrigues de Albuquerque Júnior - Organização Educacional Farias Brito – Fortaleza/CE
 Rodrigo Reis Silva - Colégio Santo Antônio de Jesus – Mutuípe/BA

Sudeste
 Alexandre Nogueira Martins - Colégio Objetivo Americana – Sumaré/SP
 Alexandre Perozim de Faveri - Carlos Chagas Filho – Neves Paulista/SP
 Gabriel Augusto Bianchi Azevedo Ferreira - Colégio Camões – Santa Cruz do Rio Pardo/SP
 Gustavo Henrique Silva - Escola Estadual Paulo Pinheiro da Silva – Caeté/MG
 Ivo Lopes Azevedo - Escola Municipal Ginda Bloch – Teresópolis/RJ
 Júlia Siemann de Athayde Silva - Colégio Jardim São Paulo – São Paulo/SP
 Kelly Thaís de Pellegrin - Instituto Teresa Valsé – Uberlândia/MG
 Mariza Lopes Sena - Escola Estadual Maria Aparecida David – Canaã/MG

Sul
 Fernando José dos Santos Dutra - Colégio Militar de Curitiba – Curitiba/PR
 Mariana Mezacasa Weiand - Colégio Madre Bárbara – Lajeado/RS

Serviço:

Viagem do Conhecimento – Desafio National Geographic 2011
Quem participa do desafio: alunos do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio de escolas públicas e privadas.
Fase Nacional: de 17 a 20 de novembro de 2011, no Rio de Janeiro.
Regulamento completo e outras informações:
www.viagemdoconhecimento.com.br.



Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SalomãoZoppi Diagnósticos participa da 7ª Jornada Paulista de Mastologia

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2011 18:01:00

A Sociedade Brasileira de Mastologia - Regional São Paulo promove, entre os dias 24 e 26 de novembro, a 7ª Jornada Paulista de Mastologia. O evento acontecerá no Centro de Convenções Shopping Frei Caneca, em São Paulo, e abordará temas como a nova era do diagnóstico e tratamento do câncer de mama, discussões de casos, radioterapia, sequenciamento de genoma e avaliação prognóstica de câncer de mama invasivo, entre outros.

SalomãoZoppi Diagnósticos participa pela sexta vez do evento. Nesta edição, terá um estande institucional para estreitar relacionamento com o público formado por mastologistas e divulgar novos exames que serão fornecidos em breve, além de apresentar seus tradicionais e reconhecidos exames, como a mamografia digital, realizados na sua nova Unidade Ibirapuera, à Av. Divino Salvador, 876, e nas outras três unidades, Moema Araguari, Morumbi Panamby e Paraíso.

Segundo os fundadores do SalomãoZoppi Diagnósticos, “participar de um evento desses é essencial para reforçar a nossa atuação junto aos especialistas, por sermos um Centro de Diagnóstico referência em São Paulo. Realizamos também uma série de exames moleculares complementares que permitem o correto diagnóstico e até mesmo auxiliam no prognóstico de qualquer doença na mama, visando sempre à qualidade da saúde da mulher”.

Além disso, no estande haverá distribuição de “folders”, de canetas e “bottons”, estes últimos alusivos à campanha Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama, além da exposição de um painel com os principais exames.


Sobre o SalomãoZoppi Diagnósticos
Em 1979, os controladores da rede e então médicos patologistas em início de carreira, Luis Salomão e Paulo Zoppi, encontraram-se na Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo. Atuantes na Anatomopatologia da faculdade, eles traçaram um plano de um laboratório. O plano se transformou, em 1981, em uma bem-sucedida parceria, com a criação da primeira empresa, um pequeno laboratório dentro da então Análises Clínicas Osvaldo Cruz. Desde então, a parceria se fortaleceu com a fundação da rede SalomãoZoppi, que em 2011 completa 30 anos. Para mais informações, acesse www.szd.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livraria Cultura São Paulo: Destaques da Semana 15 a 22 de novembro

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/11/2011 18:00:00

Atividade Infantil


Hora do conto Zastras - Coleção Mini pegadas e Mini pegadinhas
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 17 de dezembro às 14h
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Local: Setor Infantil

O projeto 'Hora do conto Zastras' é uma parceria entre a Livraria Cultura e a editora Zastras e tem o propósito de proporcionar momentos únicos entre pais e filhos. Neste sábado, haverá contação de histórias baseadas na Coleção Mini pegadas e Mini pegadinhas.


MINI Orquestra
Atividade Infantil
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 19 de novembro às 15h
Loja: Shopping Villa-Lobos - Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros
Local: Espaço Infantil
Classificação etária: A partir de 5 anos

Com instrumentos e objetos do cotidiano, Fábio Freire mostrará às crianças como obter sons e como transformá-los em música. Depois de tocar, as crianças formarão uma orquestra e criarão arranjos para músicas conhecidas.


Autógrafo

Feliz aniversário, querida estranha
Autógrafo
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Quinta-feira, 17 de novembro às 18h 30
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Autor: Tatiana Busto Garcia
Editora: Sá Editora
Local: Loja de Artes

Numa segunda-feira de extremo calor, em que todos esqueceram o seu aniversário, nada poderia ser mais tedioso para Sara que comparecer a uma sessão de terapia. Mas as coisas tomam rumo diferente quando ela testemunha um assalto e é trancada com outro refém, um jornalista bem mais velho que ela, no depósito de um edifício comercial. Confinada num espaço minúsculo com um desconhecido, é que Sara, ironicamente, enfrentará de verdade seus piores medos pela primeira vez. E aí, então, tudo vira de cabeça para baixo.

Ledd Vol. 1
Autógrafo
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sexta-feira, 18 de novembro às 19h
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Autor: J. M. Trevisan e Lobo Borges
Editora: Jambô Editora
Local: Loja de Artes

Nesta sexta-feira, a Livraria Cultura recebe J. M. Trevisan e Lobo Borges para uma sessão de autógrafos. Ledd está na prisão mais temida do mundo, mas não faz ideia de seus próprios crimes. Não sabe quem é, não lembra de seu passado. Uma misteriosa tatuagem em sua mão direita brilha com estranhos poderes. Com o mago Ripp, a bela e corajosa Drikka e o ogro Horlogh, o jovem guerreiro buscará a verdade sobre si mesmo e suas origens. Mas, no caminho de Ledd, está o violento reino de Yuden e seus odiosos militares — entre eles o implacável Coronel Barba Branca. 'Ledd' é a nova HQ de Tormenta, mesmo cenário de 'Holy Avenger','DBride - A Noiva do Dragão', 'O Inimigo do Mundo' e diversas outras obras.

O Manuscrito Secreto de Marx
Autógrafo
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Quarta-feira, 23 de novembro às 0h
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Autor: Armando Avena
Editora: Casarão do Verbo
Local: Térreo

Lançamento de um livro de ficção do escritor e economista Armando Avena. É a história de Karl Marx, que, antes de morrer, esconde no Museu Britânico um manuscrito secreto e a procura desse manuscrito é o pretexto para apresentar ao leitor de forma simples e literária asidéias dos principais pensadores da Ciência Econômica, Keynes, Adam Smith, etc, e a biografia de Marx.

Exposições

Live Painting Cultura - Camila Morita
Exposição
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: De 27 de agosto a 18 de novembro de 2011
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Local: Loja de Artes

A intervenção na vitrine acontece em meio à produção da série de telas “Re_Volta”, que se baseia em deuses de histórias e contos. Nesta fase, a personagem interage com seres da natureza, que tiveram a sua imagem ligada a algum sentido místico ou metafórico.

Live Painting Livraria Cultura - Alexandre Soma
Exposição
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: De 24 de setembro a 18 de novembro de 2011
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Local: Loja de Artes

Na obra "A Soma", o artista apresenta a equação de diversas raízes culturais brasileiras referenciando a “nanociência”. Com pulsos de partículas respirando o agora, processando o passado e ansiando o futuro, no qual tudo é wireless, sem conexões visíveis: hiperativo e transdimensional. Mergulhado em suspensão, Alexandre Soma decupa materiais e técnicas incomuns para espalhar seu IP e contaminar o mundo.

Live Painting Livraria Cultura - Anna Anjos
Exposição
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: De 29 de outubro a 18 de novembro de 2011
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Local: Loja de Artes

A arte-ilustradora Anna Anjos recria seu universo lúdico, criativo e hipercolorido nas vitrines da Livraria Cultura, tendo como principal inspiração seu projeto pessoal Afrotropicalismo, que mescla elementos das culturas africana e do movimento Tropicalista das décadas de 1960/70.
A cultura nordestina é uma referência recorrente nos trabalhos da artista.

Sobre o Live Painting
A loja de Artes da Livraria Cultura no Conjunto Nacional – já consolidada como uma verdadeira galeria de arte – onde realiza, “entre livros”, exposições de artistas de diferentes estilos – inaugurou em maio a 1ª edição do Live Painting Livraria Cultura. A pintura ao vivo, como é conhecida, é a expressão da improvisação performática de seus participantes e costuma acontecer em locais públicos. O movimento, que vem ganhando força desde a década de 90, conta com a participação de artistas de vários gêneros, fortemente marcado pela arte de rua e grafiteiros. O projeto tem curadoria de José Carlos Honório – artista plástico, escritor e responsável pelo acervo de livros de artes da Livraria Cultura. A programação conta com grandes artistas convidados como Rafael Lucena, João Pirolla, Rafael Calixto, Camila Morita, Alexandre Soma, Anna Anjos e Xavier Lima.

A ação tem como objetivo apresentar ao público obras diferenciadas, suas formas de criação e técnicas. As intervenções acontecerão sempre a partir das 9 horas da manhã no último sábado de cada mês. As performances poderão ser acompanhadas ao vivo pelo público, e o resultado de cada obra ficará exposto na vitrine da loja de Artes, em frente ao Cine Livraria Cultura.

Música


Vigor Criativo
Música
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Quinta-feira, 17 de novembro às 21h
Loja: Shopping Villa-Lobos - Av. Nações Unidas, 4777 - Jardim Universidade Pinheiros
Músicos:
Local: Auditório

Choros 5 – Alma Brasileira – Heitor Villa-Lobos
Piano – Claúdio Tegg

Boizinho de chumbo da Prole do bebê 2 - Heitor Villa-Lobos
Prelúdios - Claude Debussy
- Des eas sur la niege
- Ce qu’a vu le vent d’ouest
Piano - Alexandre Zamith

Choros 2 – Heitor Villa-Lobos
Flauta – Hélcio de Latorre
Clarinete – José Luiz Braz

Bachianas Brasileiras 6 - Heitor Villa-Lobos
Flauta – Renato Correia
Fagote – Erick Ariga

A lenda do Caboclo – Heitor Villa-Lobos
Los caminos del viento - Leo Brower
Frevo e Fuga – Paulo Bellinati
Quaternaglia
Violões – Chrystian Dozza, Fabio Ramazzina, Thiago Abdalla e Sidney Molina



Jam Session - Lotus Combos
Música
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 19 de novembro às 10h 30
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Músicos: Rodrigo de Marsillac (piano), Domenico Botelho (baixo) e Miguel Couto (bateria)
Local: Teatro Eva Herz
Capacidade: 166 lugares

Formada em 2004 por três jovens cariocas interessados em descobrir novas maneiras de se interpretar, compor e arranjar a música instrumental, a Banda Lotus Combo procura fazer um som sem rótulos. Jazz, música brasileira, rock, música erudita, pop, nenhuma dessas classificações pode com propriedade definir o som do grupo. A Banda procura materiais musicais interessantes, de qualquer procedência ou estilo, apenas como um ponto de partida
para um arranjo e execução que privilegiem a sonoridade de grupo. Assim, a comunicação e a interatividade passam a ser o real centro da atenção dos ouvintes e a se sobressair sobre o talento e o virtuosismo individual.

A banda é composta por Rodrigo de Marsillac no piano, Domenico Botelho no baixo e Miguel Couto na bateria. Todos são profissionais dedicados e pesquisam com afinco as possibilidades musicais de seus instrumentos, pertencendo a um grupo seleto dentre sua geração que decidiu levar o estudo da música a sério, estendendo-o até as últimas conseqüências. Suas formações variadas se harmonizam cuidadosamente na escolha do repertório, que consegue conciliar em um mesmo show compositores tão distintos como Brahms, Duke Ellington, Rage Against the Machine e Tom Jobim, sem perder de vista a coerência e a uniformidade do conjunto.



Cultura Apresenta - Artur Menezes
Música
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Sábado, 19 de novembro às 16h
Loja: Shopping Market Place - Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 - Vila Cordeiro
Músicos: Artur Menezes
Local: Auditório
Capacidade: 100 lugares
A Livraria Cultura, com apoio do Restaurante Subito e do Shopping Market Place, continua em outubro o projeto Cultura Apresenta.

http://ja.lc/culturaapresenta

Neste sábado sobe ao palco do Cultura Apresenta Artur Menezes.

Informações Importantes
*As senhas serão distribuídas 1 hora antes do show.

Jazz ao meio dia
Música
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Terça-feira, 22 de novembro às 12h 30
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Músicos: Tito Martino Jazz Band
Local: Teatro Eva Herz
Capacidade: 166 lugares

Atualmente, perdeu-se muito a conexão cultural do jazz, e muitos o veem apenas como entretenimento. Na verdade, tanto sua interpretação pelo jazzista quanto a apreciação pelo ouvinte tem alcance muito maior que o imaginado, pois o jazz pode ser um alimento para a alma, e esta é a razão das apresentações no horário de almoço. Além de entretenimento, o jazz tradicional é também um tesouro cultural, pleno de história, anedotas, sensualidade, espiritualidade, emoção etc. É isso que o Tito Martino Jazz Band (TMJB), já na sua quarta temporada, divide com o seu público nessas apresentações, que acontecem sempre às terças-feiras, às 12h30. No palco do Teatro Eva Herz, reformado e aprimorado, o (TMJB) traz os seguintes componentes: Carlos Lima (trompete e corneta); Ari Giorgi (piano); Ciddy Junior (banjo e jazz-guitar); Zeca de Araujo (contrabaixo); Billy Ponzio (bateria e washboard); Tito Martino (clarinete e saxofones); e, eventualmente, jazzistas convidados.


Palestras

Café Filosófico - A coragem da verdade e democracia em Michel Foucault
Palestra
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Quinta-feira, 17 de novembro às 19h
Loja: Shopping Market Place - Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 - Vila Cordeiro
Palestrante: Prof.Dr. Edelcio Serafim Ottaviani
Local: Auditório
Capacidade: 100 lugares

A Livraria Cultura em parceria com a UNIFAI desenvolveram ciclo de encontros mensais sobre filosofia e o nosso cotidiano. A ideia do projeto Café Filosófico é questionar os assuntos da atualidade com temas revelantes, em debates que envolva o público em reflexões do seu dia a dia.

Tema do mês: A coragem de verdade e democracia em Michel Foucault

"A parrêhsia ou coragem da verdade era um pressuposto fundamental para o bom desempenho da democracia grega. Mais do que o ‘aparecer’ ao outro por meio dos atos e palavras, como interpretou Hannah Arendt, o espaço público é, por excelência, o meio em que se molda o sujeito ético, cuja beleza existencial transcende o tempo e irrompe na história como um acontecimento, um referencial, tornando sublime a patética condição humana".


JK no exílio
Palestra
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Segunda-feira, 21 de novembro às 19h
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Titulo: JK no exílio
Palestrante: Celso Lafer, Carlos Alberto Maciel, Charles Cesconetto, Serafim Jardim e Maria Estela Kubitschek Lopes
Elenco:
Distribuidora:
Local: Teatro Eva Herz
Capacidade: 166 lugares

A GeoFilmes, o Instituto Pensando o Brasil e a Livraria Cultura convidam para o lançamento do documentário JK no exílio, uma co-produção entre Brasil e França. Através dos relatos de familiares, amigos e dos depoimentos de Maria Alice Berengas, leal secretária do presidente Juscelino Kubitschek na França, podemos conhecer um outro capítulo, até então pouco conhecido do brasileiro, da magnífica história de JK: a sua dramática vida no exílio. Um documentário fascinante sobre o homem que só pensou o Brasil. O filme será seguido de um debate com o ex-chanceler Celso Lafer, com o idealizador do documentário Carlos Alberto Maciel, professor da Université de Nantes, com o diretor da produção Charles Cesconetto, com o presidente da Casa de Juscelino Serafim Jardim e com a presidente do Instituto Pensando o Brasil Maria Estela Kubitschek Lopes.

Informações Importantes
Para assistir ao filme e ao debate, retire sua senha na Livraria Cultura da Avenida Paulista a partir das 18h (1 senha por pessoa)


Clube de leitura Penguin-Companhia das Letras e Livraria Cultura
Palestra
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Segunda-feira, 21 de novembro às 19h
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Palestrante:
Local: Cia das Letras
Capacidade: 15 lugares

Descrição do EventoO Clube de Leitura é um espaço de relacionamento entre pessoas que gostam de ler e que se encontram mensalmente a fim de trocar ideias e socializar impressões sobre suas leituras. Não é uma aula, não é um curso, é um espaço para diálogo e interação.

Informações Importantes
*As vagas são limitadas. Mais informações e inscrições: clubedeleitura@penguincompanhia.com.br (é obrigatória a leitura do livro escolhido para a reunião).


Gravação do programa 'No divã do Gikovate'
Palestra
Cidade: São Paulo/SP
Data e Hora: Terça-feira, 22 de novembro às 18h
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Palestrante: Flávio Gikovate
Local: Teatro Eva Herz
Capacidade: 166 lugares

Nesta noite, o psicoterapeuta Flávio Gikovate estará na Livraria Cultura para gravar mais uma edição do talk show 'No divã do Gikovate', veiculado pela rádio CBN. Em um bate-papo informal, o apresentador abordará temas que dizem respeito ao ser humano, de modo a agir positivamente em áreas como família, profissão, saúde e bem-estar interior. A plateia pode participar da gravação do programa, esclarecendo dúvidas sobre relacionamentos afetivos, sexo, comportamento, medos e expectativas. Perguntas também podem ser enviadas pelo e-mail: gikovate@cbn.com.br. O programa vai ao ar todos os domingos, das 21 às 22 horas, em rede nacional pela CBN (SP: 90,5 FM e 780 AM).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro mostra a arte visual do rock dos anos 70, 80 e 90

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2011 13:02:00

Quando o rock vira arte

Livro que mostra que ao longo de três décadas, as artes gráficas ajudaram a impulsionar o rock dos palcos para o mundo


Nas décadas de 1970, 1980 e 1990 foram criadas as mais gloriosas peças de arte gráficas do rock, transformando este gênero musical em um dos mais populares do mundo. Toneladas de dinheiro eram arrecadadas com a produção de gravações e eventos ao vivo fazendo surgir grandes festivais, chamados de shows de rock.

Para promovê-los milhares de peças foram elaboradas culminando no desenvolvimento das artes gráficas: capas de disco, cartazes de shows, anúncios de jornal, displays colocados em lojas de discos, crachás de bastidores e todos os tipos de artigos oferecidos pelas gravadoras.

Para ilustrar esse período chega ao Brasil o livro A arte do rock (Editora Nacional), que mostra como grandes ícones do rock desenvolveram seus visuais e até mesmo suas identidades com ajuda de artistas de outras áreas.

Lançado em outubro de 2010 na Inglaterra e Estados Unidos, o livro tem como base uma coleção particular, a de Rob Roth, um produtor de show da Broadway com envolvimento direto no negócio rock and roll. Ele juntou durante décadas diversas peças que chamou de “coisas incríveis do rock” incluindo alguns itens de campanhas criadas para os maiores músicos do gênero.

O livro é dividido entre oito ícones: The Rolling Stones, Pink Floyd, The Who, Led Zeppelin, David Bowie, Alice Cooper, Elton John e Queen. Com base nas peças de Ruth, o autor Paul Grushkin recupera toda a composição da discografia e apresenta as peças publicitárias de divulgação e promoção de cada um desses grandes nomes do rock.

Cada parte do livro cobre uma determinada ação enfocando turnês e álbuns para mostrar as mudanças no design e estilos gráficos. Uma introdução coloca as imagens no contexto, descrevendo o desenvolvimento dos grupos e suas ações em termos de apresentação visual e discutindo a arte gráfica e seus criadores. Todos os itens apresentados têm legenda, com a coleção em geral destacando o excesso às vezes exorbitante, a inegável criatividade e as despesas monumentais envolvidas na promoção do rock nos anos 70, 80 e 90.

Um aspecto interessante mostrado no livro é como a arte desenvolvida para a promoção das bandas acabou moldando o comportamento e se tornando símbolos emblemáticos de muitas delas. A língua dos The Rolling Stones, o visual teatro de horror de Alice Cooper, o simbolismo do Pink Floyd, a feitiçaria do Led Zeppelin, o androgenismo de David Bowie e até a destruição de instrumentos do The Who foram incorporados a eles em meio à criação de peças gráficas, em um processo de trocas que ajudaram a desenvolver tanto o estilo do rock como novas técnicas visuais. O autor, Paul Grushkin, diz no livro, por exemplo, que Mick Jagger recrutava os principais artistas e fotógrafos para supervisionar os projetos da banda. Prefácio de Alice Cooper.

SOBRE O AUTOR – Paul Grushkin é um dos principais historiadores de rock dos Estados Unidos. É autor de cinco best-sellers de referência na área, como Grateful Dead: The Official Book of the Dead Heads 1983; The Art of Rock: Posters from Presley to Punk 1987; Treasures of the Hard Rock Café 2001; Art of Modern Rock: The Poster Explosion 2004; e Rockin´Down the Highway: The Cars and People That Made Rock Roll 2006. Grushkin também é um dos profissionais mais bem sucedidos na área de vendas. É formado pela Stanford University e vive em San Francisco, EUA.

Sobre o colecionador - Rob Roth foi indicado ao Tony na categoria de melhor diretor em sua estreia na Broadway com A Bela e a Fera, da Disney, que se transformou em atração produzida no mundo inteiro, conquistando prêmios, como o Laurence Olivier de melhor musical em Londres. Também dirigiu a estreia mundial de Elaborate Lives: The Legend of Aida, com trilha sonora de Elton John e Tim Rice. Na Broadway, Rob dirigiu Lestat, musical baseado em As Crônicas Vampirescas, de Anne Rice, com trilha sonora de Elton John e Bernie Taupin. Rob coescreveu e dirigiu o musical The Opposite of Sex, e criou grandes produções para a The Walt Disney Company. Dirigiu várias turnês de Alice Cooper e de Steve Miller, dentre outros artistas. Rob coleciona material impresso do mundo do rock desde a adolescência.

Serviço
Livro: A arte do rock
Autor: Paul Grushkin
Editora: Companhia Editora Nacional
Páginas: 256
Preço: R$ 98,00

**

Da Redação Revista zaP!®
Com Informações:
Luís Fernando Guidi
Assessoria de Imprensa Responsável
da Companhia Editora Nacional


News n]zaP!®
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos zaP!®
Ações do Projeto zaP!®
Diretora Responsável e Editora de Conteúdo
Elizabeth Misciasci
imprensa@revistazap.org
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Hospital das Clínicas dá dicas para encarar o horário de verão

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2011 12:50:00

À zero hora deste domingo, 16 de outubro, relógios deverão ser adiantados uma hora


Todo mês de outubro, os brasileiros recebem uma notícia já corriqueira: o início do horário de verão do País, que afeta os estados do Sul, Sudeste e Centro Oeste, além do Distrito Federal.

Isso significa dormir e acordar uma hora mais cedo em algumas regiões, fato que exige certa adaptação do ser humano. Segundo o médico Arnaldo Lichtenstein, do Hospital das Clínicas da FMUSP, unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde, o melhor sono ocorre duas a três horas depois de escurecer.

Segundo ele, o hormônio regulador do sono "melatonina", acionado pela falta de luz, é alterado com a mudança de horário.
- "Para se adaptar ao novo horário, o ideal é evitar situações estimulantes no final da tarde ou na parte da noite", afirma, explicando que quanto mais estímulo maior a dificuldade do organismo em relaxar. Ele observa que outros hormônios, como o cortisol e o hormônio do crescimento, também sofrem variações durante o dia.

Evitar o consumo de café ou chá preto é uma das dicas dadas pelo médico do HC. - "Exercícios físicos muito extenuantes também devem ser evitados", observa, citando ainda outras atitudes que podem prejudicar o descanso, tais como se alimentar demais no jantar, ir dormir sem comer, tomar banho muito frio ou muito quente, e ler livros ou ver filmes muito estimulantes nas horas que antecedem o sono. - "O horário de verão não é única instância que desequilibra o organismo. Novos turnos de trabalho ou viagens internacionais podem agir da mesma forma", lembra.

Para manter a saúde, esses cuidados com o sono devem ser constantes o ano todo. - "Dificuldade de dormir ou de acordar podem predispor o paciente a problemas cardíacos. O infarto, por exemplo, costuma ocorrer algumas horas depois de acordar e, principalmente, na segunda-feira, dia que o estresse comumente aumenta", diz Lichtenstein.

Ele lembra que o bom ambiente de sono envolve local silencioso, escuro e arejado, e ressalta que uma boa dica para os dias que antecede à mudança é dormir a cada dia alguns minutos mais cedo.

Segundo o médico, outra dúvida comum é quanto aos horários das medicações. - "A orientação é seguir o horário do relógio", diz. E complementa com outra dica: “aproveite o final de tarde e início de noite mais claros para fazer atividades prazerosas e caminhadas”.

O horário de verão brasileiro terá início neste domingo, dia 16 de outubro, à zero hora, quando os relógios deverão ser adiantados uma hora.

Da Redação

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Curso online ensica como montar e gerir uma agência de comunicação

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2011 12:42:00

**Como montar e gerir uma agência de comunicação


*Objetivos

**• Analisar o potencial de mercado de comunicação corporativa no Brasil.
**• Apresentar tendências, oportunidades e recompensas.
**• Indicar modelos de gestão de negócio no segmento.
**• Mapear os papéis do empreendedor.
**• Abordar indicadores de sucesso.

*Conteúdo

**• Radiografia de mercado (volume de negócios, número de agências, clientes).
**• Onde estão os nichos mais promissores (mercado em que vale a pena investir).
**• Suportes indispensáveis (Marketing, RH, Comercial, Finanças, Jurídico).
**• O perfil do empreendedor num segmento de risco (ousadia e pé no chão).
**• Para melhorar, é preciso medir (custos, precificação, margens).

*A quem se destina

**• Empresários do setor de comunicação corporativa.
**• Gestores de departamentos de comunicação.
**• Profissionais de comunicação interessados em abrir seu próprio negócio.
**• Profissionais de Marketing, RH ou Administração interessados em conhecer a dinâmica do segmento.

*Professor

Fábio Bouéri é empresário do segmento de Comunicação Corporativa. Há mais de dez anos é sócio diretor da FBCOM, agência fornecedora de serviços de comunicação corporativa para empresas de grande porte, como Pricewaterhousecoopers, C&A Modas, Lojas Riachuelo, Atlantica Hotels International, Fiesp, Avon, American Airlines, entre outras. É jornalista, com especialização em Marketing e mestre em Comunicação e Práticas de Consumo pela ESPM/SP.

*Serviço

**Curso online: "Como montar e gerir uma agência de comunicação"
Data: 25/10/2011, das 19h30 às 22h30
Inscrição: R$ 90,00

*Como se inscrever:
Acesse www.escoladecomunicacao.com.br

*Mais informações pelo telefone: (11)3897-0855


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
**Comunique-se Educação Corporativa
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Blacktie no palco do Tamboatá 15/10/2011

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2011 11:59:00

Sábado, dia 15 de outubro, a partir das 22h, o Tamboatá, casa de shows e club de Itaipava, apresenta a banda Blacktie com o suporte dos residentes DJ Vinícius Magalhães, Vitor Ventura e a VJ Pupille, além da presença pra lá de especial do DJ Nytrous. Tudo isso com shot de tequila a cada hora certa.

**Na Foto Abaixo o DJ Vinícius Magalhães e a VJ Pupille

**Crédito da Imagem: Divulgação





















**

Da Redação Revista zaP!®
Com Informações:
Carla Coelho
Jornalista Responsável
da Comunicação Livre

*zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos zaP!®
Ações do Projeto zaP!®
Diretora Responsável e Editora de Conteúdo
Elizabeth Misciasci
imprensa@revistazap.org
Departamento de Comunicação (Jornalismo)
*

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Psicopedagogia: Evento reúne os mais representativos profissionais em SP

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2011 11:52:00

Estão abertas as inscrições para o II Simpósio Nacional de Psicopedagogia realizado pela ABPp – Associação Brasileira de Psicopedagogia em parceria com o Centro Universitário UNIFIEO, que acontece nos dias 4 e 5 de novembro, em Osasco, na Grande São Paulo.

O evento reunirá profissionais interessados no desenvolvimento e na discussão das diferentes interfaces da Psicopedagogia, particularmente com a Educação e com a Saúde, e terá como tema central - "O fazer psicopedagógico na contemporaneidade: o aprender e o ensinar em foco".

Cursos, colóquios, palestras e exposição de trabalhos científicos compõem as atividades do encontro, que contará com os mais renomados profissionais da área, além de Palestra Magna de Alicia Fernández. Informações e inscrições : www.abppsimposio2011.com.br

Sexta, 04/novembro

8h30/10h – Credenciamento
10h30/12h – Sessão Comunicação Oral
12h/13h – Almoço
13h/13h45 – Pôsteres/Exposições
13h45/15h – Encontro Coordenadores
13h45/15h – 1ª parte – CURSOS:
• Diálogo e intervenção nos transtornos de aprendizagem – Maria Irene Maluf e Gabriela Dias
• “O papel da família na Psicopedagogia : Contribuições e Desafio" – Maria Luiza Puglisi Munhoz e Elizabeth Polity
• Inclusão nas diversas possibilidades de atuação – Marilene Cardoso
• O lúdico na aprendizagem – Angela Maluf
• Transtornos e síndromes de aprendizagem na sala de aula – Jobair Ubiratan
• O papel do educador e o cuidado com a diversidade na escola – Nivea Maria de Carvalho Fabricio
15h/15h30 – Intervalo / Visita à exposições / Café com Autores e autógrafos
15h30/17h45 – 2ª parte curso/Encontro Coordenadores
18h15/21h – Abertura - Palestra Magna Título: O fazer psicopedagógico e os novos cenários sociais" com a Profª Alicia Fernández

Sábado – 05/Novembro

8h/9h – Sessão Comunicação oral
10h/10h30 – Intervalo/ Visita às exposições / Café com Autores e autógrafos
9h/10h30 – PALESTRAS
• Contribuições da psicanálise à psicopedagogia – Leda Barone
• Neuropsicanálise e as Dificuldades de Aprendizagem – Maria Ambrosina Costa
• Coaching na Educação – Profº Roberto Hirsch
10h30/11h – Intervalo / Visita à exposições
11h/12h30 – PALESTRAS
• Educar para Tolerância: a diferença nos desafia hoje – Marcelo Andrade
• Aprendizagem nas gerações atuais - Denilda Morra
• Origem do conhecimento e a aprendizagem escolar – Fernando Becker
12h/13h30 – Almoço
13h30/15h30 – COLÓQUIOS
• Instrumentos psicopedagógicos: Jogo de areia: Tereza Andion e Beatriz Scoz; Par educativo: Sandra Freitas e Ana Maria Zenícola
• Psicopedagogia no contexto hospitalar e da saúde – Eliane Latterza e Sonia Colli
• Avaliação e intervenção psicopedagógica: Edith Rubinstein e Maria Célia Malta; Cleomar Azevedo e Leda Barone
• Por que Representações Sociais em Psicopedagogia : Maria Laura e João Clemente e Neide Noffs
15h00/15h30h – Intervalo / Visita à exposições / Café com Autores e autógrafos
15h30h/17h00 – 2ª parte - COLÓQUIOS
17h/19h - Assembleia

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

José de Anchieta Junior faz palestra com oficiais do exército

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/10/2011 11:50:00

Governador acredita que precisa do apoio de toda a sociedade, para ter melhorias no estado

Em seu curto prazo, que vem desde 2007, o governador de Roraima José de Anchieta Junior (PSDB) demonstra preocupação em buscar parcerias com diversas entidades para promover melhorias no estado de Roraima.

Em suma, ele já se reuniu com a Ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campelo, em busca de soluções para amenizar a miséria. E agora, mais recentemente esteve ministrando uma palestra para os oficiais do exército da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército.

O assunto da palestra foi sobre desenvolvimento e desafio que o estado ainda tem que superar. Anchieta afirmou em palestra, que desde o inicio de sua gestão os três pontos que considera prioridade são: regularização fundiária, reestruturação das rodovias e matriz energética. Após a fala do governador, foi aberto para que os visitantes fizessem perguntas, os assuntos destacadas foram: segurança pública, soberania nacional, saúde e educação. O assunto mais questionado pelos militares foi a questão indígena, sobretudo, as demarcações de reservas, como a Raposa Serra do Sol.

Na questão de reestruturação das rodovias junto com a distribuição de água potável, as ruas estão sendo cortadas para a implantação de um novo sistema de distribuição de água potável que pretende suprir as necessidades da população até o ano de 2027, outras obras que estão sendo executadas é no setor de reestruturação e tratamento do esgoto. Também foi reconstruída a BR-174 no trecho da Boa Vista Caracaraí.

A regularização fundiária que vem sendo discutida desde o mandado do governador está em andamento. No baixo do Rio Branco já foram entregue 80 títulos, com lotes de 600 metros quadrados. O governador considera importante unir forças para a promoção das melhorias do estado.

O resultado da palestra foi positivo já que o coordenador do curso, afirmou que ela serviu para mostrar aos alunos uma visão nova sobre o estado, diferente do que a mídia passa. Outra consideração feita pelo mesmo é de acreditar nas palavras do governador e no seu foco para o desenvolvimento da região.

**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

RPM se apresenta domingo em Santo André

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2011 12:19:00

Após duas datas com ingressos esgotados no Credicard Hall, em São Paulo, o grupo RPM leva ao ABC Paulista o show da “Tour 2011”.



Divulgação

O quarteto liderado pelo cantor Paulo Ricardo se apresenta dia 18 de setembro, domingo, no Clube Atlético Aramaçan, em Santo André. Os ingressos para o público em geral já estão disponíveis na bilheteria do clube, pela internet (www.ticketbrasil.com.br) e nas lojas Pixolé.

O evento é uma realização JBO com produção ONE MUSIC, G1 PRIME e VENUS.

O RPM volta à cena com sua formação original, os músicos Paulo Ricardo (baixo e vocal), Luiz Schiavon (teclado), Fernando Deluqui (guitarra e vocal) e Paulo P.A. (bateria). Além dos clássicos, serão apresentadas músicas do novo CD, que tem lançamento previsto ainda para o segundo semestre de 2011.

Em toda sua história a banda inovou nas músicas, sendo a primeira no Brasil a mesclar o pop rock com música eletrônica. Isso se repete neste novo show pelas mãos do maestro Luiz Schiavon, que utilizará recursos modernos e tecnologia de ponta que, mesclados com grandes sucessos como “Olhar 43”, “Rádio Pirata” e “Alvorada Voraz”, devem levar os fãs ao delírio. O RPM, que se notabilizou por suas performances ao vivo, volta com força total, com músicas mais maduras e um repertório dançante, sem deixar para trás sua tradição politizada.

Ingressos
PISTA 1º lote (antecipado) – R$ 40,00
PISTA 2º lote (no dia do evento) – R$ 60,00
MESA Setor 1 (4 cadeiras) – R$ 400,00
MESA Setor 2 (4 cadeiras) – R$ 350,00
CAMAROTE SUPERIOR (Mezanino / 10 cadeiras) – R$ 700,00

Pontos de Venda
SANTO ANDRÉ
Clube Atlético Aramaçan – (11) 4972-8206
Loja Pixolé Centro – (11) 4994-6488
Loja Pixolé ABC Plaza Shopping – (11) 4979-5369
Loja Pixolé Shopping ABC – (11) 4437-1266

SÃO BERNARDO DO CAMPO
Loja Pixolé Jurubatuba – (11) 4330-6930
Loja Pixolé Marechal – (11) 4122-5044
Loja Pixolé Shopping Metrópole – (11) 4337-6576

SÃO CAETANO DO SUL
Loja Pixolé Centro – (11) 4229-3899

MAUÁ
Loja Pixolé Mauá Plaza Shopping – (11) 4547-4793

DIADEMA
Loja Pixolé Shopping Praça da Moça – (11) 4057-8373

INTERNET
www.ticketbrasil.com.br

Obs.: Ingressos para mesas e camarotes serão vendidos apenas no Clube Atlético Aramaçan, de segunda a sábado das 12h às 19h30min.

Serviço RPM – Clube Atlético Aramaçan
Abertura: Stand-Up Comedy com “C2”
Data e horário: 18 de setembro de 2011, domingo, às 18:30horas
Local: Clube Atlético Aramaçan - Rua São Pedro, 345 - Vila América - Santo André/SP
Faixa Etária: 16 anos. Menores devem estar acompanhados pelo responsável.
- Não será permitida a entrada de pessoas portando qualquer tipo de alimento, bebidas e objetos cortantes. Chapelaria no local.
Site: www.aramacan.com.br
Informações: (11) 2422-4331
Realização: JBO, VENUS, G1PRIME e ONE MUSIC.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Ana Botafogo celebra 35 anos de carreira e dança clássico inédito em seu repertório

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2011 12:15:00

Marguerite e Armand , baseado em A Dama das Camélias, de Dumas, terá apresentações em Curitiba (17/09, no Teatro Guaíra), São Paulo (24 e 25/9, no Teatro Alfa) e Rio de Janeiro (1 e 2/10, no Theatro Municipal)

Lá se vão 35 anos desde que Ana Botafogo dançou profissionalmente pela primeira vez, no tradicional Les Ballets de Marseille. Com uma estreia estimulante, o que se viu depois foi uma trajetória meteórica. Na volta ao Brasil, ingressou como bailarina principal do Balé Teatro Guaíra (de Curitiba) e, cinco anos depois, em 1981, debutou no lendário Theatro Municipal do Rio de Janeiro já como primeira bailarina. Nestas três décadas, interpretou os papéis principais das mais importantes obras do repertório da dança clássica, como ‘Coppélia’, ‘O Quebra Nozes`, ‘Giselle’, ‘Romeu e Julieta’, ‘Don Quixote’, ‘O Lago dos Cisnes’, ‘Floresta Amazônica’, entre várias outras. Há 35 anos, os grandes momentos do balé clássico brasileiro passam, inevitavelmente, pelos pés de Ana Botafogo.

Para celebrar a dupla comemoração, os 35 anos de carreira e 30 como primeira bailarina do Theatro Municipal, Ana se propôs um novo desafio: escolheu ‘Marguerite e Armand’, uma versão de ‘A Dama das Camélias’, de Alexandre Dumas, com coreografia de Frederick Ashton, criada em 1963, especialmente para a bailarina inglesa Margot Fonteyn, uma das maiores de todos os tempos. Nesta primeira montagem– que chegou a ser apresentada no Brasil, em 1967 - Armand foi interpretado por Rudolf Nureyev, que formou com Margot a mais famosa parceria da história do balé.

- Pensei muito até definir qual personagem eu interpretaria. Queria algo novo , que nunca tivesse dançado . Quando me ocorreu a Marguerite, não tive dúvida. Há alguns anos Dalal Achcar e Peter Wright sugeriram que este era um balé talhado para mim. Pouco depois foi a vez de Bibi Ferreira dizer que havia visto Margot dançar, que esta coreografia tinha elementos dramáticos e ela me imaginava neste papel . Decidi-me – contextualiza Ana. “É um papel sob medida para este momento da minha carreira, para uma bailarina experiente e com tantos anos de estrada. Marguerite e Armand é a culminância dos clássicos que eu já encenei nestes 35 anos “, complementa.

Ana terá como partner, no papel de Armand, Federico Fernández, o principal bailarino do Teatro Colón. Os dois dançarão a música original de Liszt, no ano do bicentenário de nascimento do compositor húngaro. Completando, há as participações especiais dos bailarinos Marcelo Misailidis e Joseny Coutinho que interpretam, respectivamente, o pai de Armand e o duque.

Os cenários e figurinos do espetáculo são do teatro argentino . Além de Federico Fernández, a montagem contará também com o jovem e virtuoso pianista do Colón, Iván Rutskauskas. A regência fica a cargo do maestro Henrique Morelenbaum, que também participou da estreia de Ana Botafogo como primeira bailarina do Theatro Municipal, em ‘Coppélia’, e regeu para Margot Fonteyn quando ela esteve no Brasil em 1967 . A remontagem é de Grant Coyle, o principal coreólogo do Royal Ballet, de Londres.

A turnê que marca os 35 anos de carreira de uma das mais importantes bailarinas do país começa dia 17 de setembro, no Teatro Guaíra. Na apresentação de Curitiba, a primeira parte constará da coreografia ‘Treze Gestos de um Corpo’ - da portuguesa Olga Roriz, e música de Antonio Emiliano -, com participação do Balé Guaíra (no qual Ana Botafogo estreou profissionalmente no Brasil), e ainda do ‘Dupo Beatriz , de “ O Grande Circo Mistico “, coreografia de Carlos Trincheiras . Na sequência, o espetáculo segue para São Paulo, dias 24 e 25, no Teatro Alfa. E, finalmente, aporta no Rio Janeiro, 1 e 2 de outubro, no Theatro Municipal. No Rio e em São Paulo haverá a participação da Cia Jovem de Ballet do Rio de Janeiro nas coreografias ‘Mozarteando’ e ‘FugA_Technic@’ (de Éric Frédéric, e música de Alexander Bàlànescu). Ana Botafogo dançará ainda, com Joseny Coutinho, a coreografia ‘Sabiá’ (de Vasco Wellenkamp, com base na canção de Chico Buarque e Tom Jobim).

Sinopse

Na Paris da primeira metade do século XIX, a elegante cortesã Marguerite se deixou conquistar pelo amor do jovem Armand. Quando os dois decidiram viver juntos, o pai de Armand, preocupado com a reputação da família e o casamento da filha, implorou a Marguerite que rompesse a relação. Culpada por sua condição e buscando a redenção pelo sacrifício, Marguerite se afastou de Armand sem que ele soubesse a razão. Revoltado, Armand se vingou humilhando Marguerite publicamente. Tuberculosa e endividada, Marguerite foi abandonada pelos amantes e falsos amigos. Somente depois de sua morte, Armand descobriu o sacrifício feito por ela.

FICHA TÉCNICA – MARGUERITE E ARMAND

Coreógrafo Frederick Ashton
Remontador, coreólogo Grant Coyle
Maestro Henrique Morelembaum
Pianista Iván Rutkauskas
Marguerite Ana Botafogo
Armand Federico Fernandez
Piano Iván Rutskauskas
Bailarinos convidados Marcelo Misailidis e Joseny Coutinho
Partner ensaiador Victor Ciattei
Bailarinos Andrei Lopes, Cristian Aguilar, Daniel Oliveira, João Luis da Matta,
Jorge Assunção, Luan Batista,
Lucas Nunes, Luis Santiago,
Pedro Quaresma, Leonardo Moraes e
Rodrigo Marcel Soares
Ensaiadores Inês Pedroza e Sérgio Lobato
Pianista – ensaiador Itajara Dias
Professora de Ballet Inês Pedroza
Professor de Teatro Fred Tolipan
Pilates Equipe de Roberta Lomenha
Fisioterapeuta Liliane Dell Bosco
Confecção de Figurinos Teatro Colón
De “ Sabiá” Marilda Fontes
Assistência de Figurinos Lojas Ana Botafogo
Equipe técnica do Teatro Colón: Eduardo Alvarez, Stella Lopez
Iluminador Paulo César Medeiros
Fotógrafo e Designer gráfico Henrique Pontual
Perucas e apliques: Divina Lujan
Tradução Texto s Vinicius Peccin
Assessoria de Imprensa Uns Comunicação
Produção Executiva em Buenos Aires Santiago Rosso
Produção Executiva no Brasil Cleusa Amaral
Idealização Montenegro e Raman
Ana Botafogo Instituto de Dança

Serviço

Dias: 24 e 25 de setembro de 2011
Local: Teatro Alfa
Duração: 1h10
Horário: Sábado às 21h e domingo às 18h
Valor do Ingresso: Plateia Inferior: R$100,00 (cem reais);
Plateia Superior: R$40,00 (quarenta reais)
Lotação: 1110 lugares
Estacionamento: Valet c/ manobrista = R$ 25,00 - Self = R$ 18,00
Como Comprar:
Por Telefone:
Bilheteria do Teatro: 5693-4000 e 0300-789-3377 (Serviço exclusivo do Teatro Alfa)
Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, MasterCard e Diners Club), de segunda à sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 17h. Em dias de eventos até 1 (uma) hora antes do início dos mesmos. Os ingressos poderão ser retirados no próprio teatro no dia do espetáculo.
Ingresso Rápido: 4003.1212 (sujeito a taxa de conveniência)
Internet:
Ingresso Rápido - www.ingressorapido.com.br
Pessoalmente - Bilheteria do Teatro Alfa:
Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, MasterCard, Diners Club), cartões de débito (Visa Electron e Redeshop) ou dinheiro, de segunda à sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 18h. Em dias de eventos até o início dos mesmos.
Site: www.teatroalfa.com.br

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Inclusão digital na terceira idade - palestra gratuita

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2011 12:03:00

INCLUSÃO DIGITAL NA TERCEIRA IDADE É TEMA DE PALESTRA GRATUITA NO HOSPITAL SANTA CATARINA
Relacionamento online, dicas e orientações sobre como navegar na web estão entre os temas do encontro
promovido pela instituição de saúde

São Paulo, 13 de setembro de 2011 - No dia 22, a partir das 14h, acontece a no Hospital Santa Catarina (HSC) a palestra “Inclusão Digital na Terceira Idade”. No auditório do HSC, Avenida Paulista, 200, o evento gratuito reunirá interessados no tema para a troca de informações com Rosangela Novembre. A enfermeira ministrará palestra sobre a web como uma das ferramentas de inclusão social do idoso por meio do relacionamento virtual entre familiares e a importância da ampliação do círculo de amizades e a descoberta de um mundo online também para aqueles que já passaram dos 60 anos. O encontro é aberto à comunidade e organizado pelo Centro de Estudos e Pesquisas do HSC.

O evento contará ainda com indicações de escolas que promovem cursos dedicados à terceira idade e sugestões de literatura especializada como o livro “Inclusão Digital de Idosos: a descoberta de um novo mundo” de Anderson Jackle Ferreiro. O autor considera que a socialização do idoso incorpora as relações que se estabelecem também pela tecnologia seja para contatos interpessoais como para o acesso à informação.

As inscrições podem ser feitas pelos telefones (11) 3016-2465/ 3016-2466 ou pelo e-mail centrodeestudos@hsc.org.br.

SERVIÇO
Palestra: Inclusão Digital na Terceira Idade
Data: 22 de setembro 2011 | quinta-feira
Horário: 14h às 16h
Local: Hospital Santa Catarina
Av. Paulista, 200 – Bela Vista – SP
Estação do metrô mais próxima: Brigadeiro
Capacidade: 264 lugares
Inscrições: (11) 3016-2465/ 3016-2466 | centrodeestudos@hsc.org.br

Hospital Santa Catarina
O Hospital Santa Catarina (HSC) faz parte da Associação Congregação de Santa Catarina, segunda maior instituição filantrópica do País, de acordo com a Kanitz&Associados. O HSC é referência na prestação de serviços de alta complexidade, como cirurgias neurológicas, cardiológicas e atendimento a crianças prematuras. Fundado em 1906 pelas Irmãs de Santa Catarina, o Hospital dispõe de 321 leitos, 24 salas de cirurgia, cinco unidades de tratamento intensivo (UTIs Neurológica, Cardiológica, Pediátrica, Neonatal e Geral) e Pronto Atendimento 24 horas. A Associação Congregação de Santa Catarina é composta por 34 Casas distribuídas em saúde (12 hospitais - entre eles o HSC), educação (11 unidades - colégios e creches), assistência social (8 obras entre lares para idosos e outros públicos) e 3 AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidade).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Agência humanitária sinaliza com 20 mil dólares para Santa Catarina

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2011 12:01:00

Agências humanitárias com atuação internacional estão movimentadas para ajudar Santa Catarina com os efeitos das últimas chuvas ocorridas no estado do sul do Brasil.

Um exemplo é o da ADRA Brasil (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais), em parceria com a entidade internacional, que está disponibilizando inicialmente recursos na ordem de 20 mil dólares para auxiliar as vítimas, especificamente para Blumenau e Rio do Sul. Inicialmente essa ajuda pode beneficiar 400 famílias.

Os recursos serão destinados principalmente para compra de kits de higiene pessoal a fim de auxiliar as vítimas. Além disso, a Associação Catarinense da Igreja Adventista do Sétimo Dia criou uma campanha imediata nas igrejas desde o último sábado, dando a possibilidade para que as pessoas possam colaborar com produtos de necessidade básica.

O diretor da ADRA Brasil, Paulo Lopes, explica que há possibilidade de se buscar mais recursos com outros doadores.
A ADRA (http://adra.org.br) está presente em 125 países mundiais e trabalho em cinco frentes: segurança alimentar, desenvolvimento econômico, educação básica, saúde primária e preparo e resposta a situações de emergência. Em todo o planeta, seus projetos beneficiam mais de 25 milhões de pessoas a cada ano.

No Brasil, em 2009, a ADRA executou mais de 120 projetos que beneficiaram mais de 350 mil pessoas com investimento de mais de US$ 11 milhões.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Mooca recebe a IV Caminhada de Combate à Osteoporose

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2011 11:58:00

Para marcar o Dia Mundial de Combate à Osteoporose – 20 de Outubro – a Mooca receberá a IV Caminhada de Combate à Osteoporose. A quarta edição do evento, organizada pelo reumatologista Sérgio Bontempi Lanzotti, diretor do Iredo, Instituto de Reumatologia e Doenças Osteoarticulares, acontecerá no dia 23 de outubro, domingo, na Praça Visconde de Souza Fontes, a partir das 08:30.

As inscrições para participar do evento estão abertas até o dia 20 de outubro e são limitadas aos 600 primeiros inscritos. Para participar da Caminhada, é possível fazer a inscrição por telefone (11) 2936 8788 ou pelo site www.caminhadaosteoporose.com.br .
A osteoporose é a doença óssea mais comum em homens e mulheres, após a quinta década de vida, Pode surgir antes, mas o seu desenvolvimento é mais comum com o avançar da idade. "Apostar na orientação e na disponibilização de informações sobre a doença é muito importante. É papel do médico alertar seus pacientes sobre a osteoporose. Em minha experiência clínica, constatei que quando os pacientes não são bem orientados sobre a doença, logo, abandonam o tratamento. Por isto, estamos realizando a IV Caminhada de Combate à Osteoporose, buscando sensibilizar a sociedade sobre a gravidade desta doença, que acomete, principalmente, a terceira idade", diz o médico.

Caminhe conosco!

IV Caminhada de Combate à Osteoporose
Dia: 23 de outubro (domingo).
Local: Praça Visconde de Souza Fontes, na Mooca.
Horário: 08:30 às 12:30.
Inscrições gratuitas pelo telefone (11) 2936 8788 ou pelo site www.caminhadaosteoporose.com.br .
Participação limitada aos 600 primeiros inscritos.

CONTATO:
Site: Iredo
E-mail: contato@iredo.com.br
Blog: Vivendo sem Dor
Twitter: @sergiolanzotti
Vídeos: Canal da Reumatologia

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

SOS Mata Atlântica promove debate online sobre Dia do Tietê

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2011 11:56:00

Na próxima quinta-feira (15/9), a Fundação SOS Mata Atlântica promoverá, às 15h, um bate-papo online sobre o Dia do Tietê (22/9). A entrevista será transmitida ao vivo pela Conexão Mata Atlântica, rede social da ONG, que pode ser acessada em www.conexaososma.org.br. Participam o diretor de Políticas Públicas da SOS Mata Atlântica, Mario Mantovani; a coordenadora do programa Rede das Águas da ONG, Malu Ribeiro; e o Secretário do Desenvolvimento Metropolitano do Governo do Estado de São Paulo, Edson Aparecido.

Durante o bate-papo, os entrevistados falarão sobre os novos desafios que o Rio enfrenta (hidrovias, PCH e a intenção de ampliar o trecho navegável do Tietê), os impactos das mudanças no Código Florestal e, ainda, sobre as ações que a SOS Mata Atlântica promoverá na data. A entrevista é aberta a qualquer interessado. Para participar, basta fazer a inscrição gratuita na rede e acessar o link para o bate-papo, que está em destaque na home. Quem tiver interesse pode, ainda, encaminhar perguntas por vídeo ou por escrito, antecipadamente ou durante a entrevista.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Cirrose hepática atinge dois em cada 10 pacientes com problemas no fígado

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2011 11:51:00

Levantamento foi realizado no Hospital de Transplantes do Estado; consumo excessivo de álcool é uma das principais causas da doença

Os pacientes com cirrose hepática representam 20% dos mais de mil atendimentos ambulatoriais do serviço de hepatologia do Hospital de Transplantes do Estado de São Paulo, unidade da Secretaria de Estado da Saúde na capital paulista. Dentre as principais causas da doença está a ingestão diária e abusiva de bebidas alcoólicas.

O álcool inflama e destrói gradualmente as células do fígado que, com o tempo, fica tomado por pequenas cicatrizes. Esta fase, em que o órgão está repleto de “machucados”, é a cirrose hepática. Estima-se que em torno de 15% dos alcoólatras cheguem a esta etapa em um período entre 10 e 15 anos de dependência.

As complicações decorrentes da doença podem acontecer lentamente e desencadear o acúmulo de água na barriga (ascite), inchaço nas pernas, confusão mental (encefalopatia), entre outros incômodos, ou com o desenvolvimento de câncer no fígado e hemorragias digestivas.

“O acompanhamento com o especialista e a aderência ao tratamento medicamentoso retardam a evolução da patologia, mas é fundamental que o doente não faça a ingestão de nenhum tipo de bebida alcoólica, nem em pequena quantidade”, destaca o médico coordenador do serviço, Carlos Baia.

Hepatites virais – do tipo C, em sua maioria – também desencadeiam a cirrose hepática. Por isto é importante realizar o teste laboratorial através do exame de sangue. “Prevenção é sempre a melhor escolha. A hepatite C, por exemplo, é uma doença silenciosa e o combate fica mais fácil se o diagnóstico for precoce”, explica o hepatologista. A associação da hepatite com o consumo de álcool acelera a progressão das lesões no fígado.

O transplante de fígado só é indicado em casos muito graves, quando o paciente já está com as funções vitais do fígado totalmente comprometidas.
"Uma das características do álcool é induzir tolerância e a pessoa precisa de uma quantidade cada vez maior para sentir o mesmo efeito de 'relaxamento' inicial”, finaliza Baia.



**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Músicas auxiliam no aprendizado de uma segunda língua

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2011 11:49:00

Escola bilíngue Maple Bear Campinas aposta nas
músicas durante as aulas das crianças



Os filósofos gregos já diziam que a música tem papel importante na educação e formação dos jovens. A verdade é que isso vem sendo comprovado também com as crianças. Faz parte do aprendizado alfabético entender e discriminar diferentes sons. Para quem já sabe ler e escrever, essa ideia parece básica, entretanto, durante o processo de alfabetização é importante que os pequenos entendam que aqueles sons associados às letras são os mesmos da fala.

Hoje, as escolas que priorizam o aprendizado de uma segunda língua estão ainda mais inseridas no processo de trabalho auditivo. A Maple Bear Canadian School Campinas, que deu início à suas primeiras turmas em fevereiro deste ano, utiliza as músicas para cada momento do dia, a fim de desenvolver nas crianças a percepção e o entendimento das palavras.

Hello song, Goodbye song, Lets wash hands, I like to eat e We´re going home são exemplos de músicas trabalhadas em situações específicas, como hora da chegada, da saída, de lavar as mãos e de tomar o lanche. As canções auxiliam o aluno a reunir o som da palavra com o timbre do instrumento musical, além de ser um momento de descontração entre as crianças.

Paula Figueiredo Sobreira Marques comenta que sua filha Lygia, 2 anos, não vê a hora de as férias terminarem para retornar a Maple Bear Campinas. “Ela está sempre cantando ‘we are going home right now’ pelos cantos da casa”, diz a mãe. A prova de que as músicas, em sua linguagem universal, ultrapassam as barreiras do tempo e do espaço é que até mesmo o pai de Lygia, Kleber Marques, aprendeu com a filha a canção Old Mac Donald. “Até eu decorei uma estrofe”, afirma.

Pesquisas indicam que aproximadamente 25% das crianças em fase de alfabetização, que não passam por um processo de consciência fonológica, apresentam sérias dificuldades para aprender a ler e escrever.

É necessário, portanto, encontrar formas de fazer com que as crianças notem os fonemas e descubram sua existência e possibilidade de separá-los, para ajudá-las a desenvolver a consciência fonológica. Para isso, nada melhor que uma boa música, compreendida cada vez mais, como prática e vivência para as crianças.

Para Erica Moreira Ferreira, Coordenadora Acadêmica da Maple Bear Campinas, o trabalho com música exige um cuidado ainda maior por parte dos educadores. “Falamos com as crianças, cantamos e criamos rimas, tudo em inglês. Essa aprendizagem requer uma percepção sonora ainda mais específica, pois eles aprendem repetindo o que ouvem. Com a introdução de músicas na rotina dos alunos, fica mais fácil repetir as palavras, dentro de um contexto que faz sentido para eles. Há um refinamento dessa percepção e é isso que permite a eles captarem as informações e repetirem com clareza as palavras em uma nova língua. Isso torna o trabalho com música numa sala de aula bilíngue ainda mais especial e importante”.

Sobre a Maple Bear

O CCBEUC (Centro Cultural Brasil Estados Unidos Campinas) adquiriu a certificação de escola credenciada no sistema de ensino Maple Bear, unindo culturas e a excelência metodológica canadense, e abriu suas portas em Campinas em outubro de 2010. Estão disponíveis aulas nos períodos da manhã e tarde, podendo desenvolver período semi-integral ou até integral, conforme demanda necessária.

A matriz da Maple Bear é na cidade de Vancouver, no Canadá, mas a marca está presente em diversos países do mundo (Índia, Coréia, Turquia, Vietnã entre outros) e chegou ao Brasil em 2006. Atualmente são 20 escolas em operação no Brasil e a intenção é de abrir mais 12 unidades até o próximo início de ano, segundo Fernando Cofiel, da Maple Bear Brasil. As escolas da rede têm um índice de renovação de matrícula superior a 98%.

Serviço
Maple Bear Canadian School Campinas
Rua Guapuruvu, 461 no Alphaville
Telefone: (19) 3262.0777
Campinas SP
Mais informações sobre a Maple Bear poderão ser obtidas pelo e-mail coordenacao.campinas@maplebear.com.br e pelos sites www.maplebearcampinas.com.br www.maplebear.com.br.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Intercom recebe trabalhos sobre Comunicação e Desenvolvimento para II Code

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2011 11:46:00

A Sociedade é a representante do campo da Comunicação e será responsável pela seleção de 25 trabalhos.

Até o dia 18 de setembro, professores, pesquisadores e estudantes podem enviar à Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) propostas de trabalhos para a II Conferência do Desenvolvimento (Code). O evento acontece entre os dias 23 e 25 de novembro, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF).

A conferência é realizada em parceria com 11 instituições científicas, cada uma delas representando uma área temática. A Intercom é a representante do campo da Comunicação e será responsável pela seleção de 25 trabalhos sobre Comunicação e Desenvolvimento.

A Code é uma conferência que reúne diversos setores da sociedade, autoridades públicas e especialistas para debater temas ligados ao desenvolvimento brasileiro. O objetivo é fomentar um debate sobre o assunto com caráter multidisciplinar, a fim de produzir estudos que possam melhor assessorar o Estado em suas políticas públicas.

Cada autor poderá enviar apenas um trabalho e a seleção será feita pelo sistema blind review, preservando-se o anonimato da proposta. Outras informações podem ser acessadas no Portal Intercom (www.intercom.org.br).

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

AES Eletropaulo distribui 5 mil lâmpadas econômicas em feiras livres

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/09/2011 11:45:00

Lâmpadas fluorescentes são 79% mais econômicas em relação às tradicionais


Durante o mês de setembro, a AES Eletropaulo distribui gratuitamente 5 mil lâmpadas fluorescentes em feiras livres nas cidades de São Paulo, Cotia, Itapevi, Mauá, Pirapora do Bom Jesus, Rio Grande da Serra e São Bernardo do Campo. Cada pessoa terá direito a uma lâmpada. A iniciativa tem como objetivo incentivar o uso de lâmpadas econômicas e conscientizar a população sobre o uso adequado da energia elétrica.

Para ganhar a lâmpada é necessário que cada participante responda um quiz sobre dicas de economia de energia. “Nosso objetivo é orientar a população dos benefícios do uso consciente da energia elétrica, contribuindo para a redução do valor da conta de energia e diminuição de impactos ambientais”, afirma Luciana Alvarez, gerente de Comunicação Externa e Sustentabilidade da AES Eletropaulo.

Segundo pesquisas do Instituto de Defesa do Consumidor (IDEC), as lâmpadas fluorescentes chegam a ser 79% mais econômicas do que as convencionais (incandescentes). Além disso, em dias muito quentes, essas lâmpadas produzem 70% menos calor, reduzindo o uso de ventiladores.

Locais:




São Paulo Data Local
14/9 R. Brás de Abreu – Cidade Ademar
15/9 R. Dr. Renato Bueno Neto – Campo Limpo
17/9 Av. Berna, 228 – Socorro
20/9 Av. Otacílio Tomanik – Rio Pequeno
22/9 R. Belchior Felix - Jardim São Luís
24/9 R. das Modulações – Jardim Ângela
27/9 Av. Prof. Gióia Martins – Vila Sônia
28/9 R. São José do Rio Preto, 495 – Grajaú
30/9 R. Dr. Romeu Ferro

São Bernardo do Campo 23/9 R. Santiago – Assunção

Itapevi 16/9 R. Ismênia de Abreu Dias – Engenheiro Cardoso

Pirapora do Bom Jesus 18/9 Av. Jundiaí – Vila Nova

Mauá 21/9 R. Ricardo Gonçalves – Jd. Santa Lídia

Cotia 25/9 R. Ralf Bolli – Granja Carolina

Rio Grande da Serra 29/9 Avenida Santa Teresa


Sobre a AES Eletropaulo

Distribui energia elétrica para 24 municípios da região metropolitana de São Paulo – incluindo a capital – que, juntos, abrigam uma população de 16,5 milhões de habitantes. A área de concessão atendida pela empresa abrange 4.526 km² e concentra a região socioeconômica mais importante do País, com 6,1 milhões de clientes. Em consumo e faturamento, a AES Eletropaulo é a maior distribuidora de energia elétrica da América Latina.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Theatro Municipal do Rio de Janeiro apresenta a ópera Nabucco, de Verdi

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/07/2011 03:44:00

Uma das mais grandiosas óperas de Verdi, Nabucco será apresentada pela 1ª vez no Theatro Municipal do Rio de Janeiro em sua versão integral.



























































Fotos: Divulgação


Primeiro grande sucesso de Giuseppe Verdi, a ópera Nabucco retorna ao palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro – vinculado à Secretaria de Estado de Cultura – depois de 14 anos, para uma temporada de cinco apresentações, a partir de 21 de julho. Assinada por André Heller-Lopes, a nova montagem apresenta, pela primeira vez no Theatro Municipal, a partitura integral da obra, sem os chamados cortes de tradição – partes mais difíceis normalmente suprimidas da execução.

A grandiosa produção, que envolve mais de 400 profissionais, será também a primeira desta obra com elenco inteiramente brasileiro, reunindo nomes de destaque na cena lírica nacional e internacional como a soprano Eliane Coelho, os barítonos Rodrigo Esteves e Rodolfo Giuliani; o baixo Sávio Sperandio; os tenores Marcos Paulo e Eric Herrero e a mezzo-soprano Denise Freitas. Nabucco contará com direção musical e regência do maestro Silvio Viegas, à frente da Orquestra e Coro do TMRJ, cenários de Renato Theobaldo, figurinos de Marcelo Marques e iluminação de Fábio Retti.

“É uma satisfação reunirmos grandes solistas brasileiros em uma das maiores obras do repertório operístico mundial”, comemora a presidente da Fundação TMRJ, Carla Camurati
O carioca André Heller, que volta ao Theatro Municipal do Rio – a última produção dirigida por ele foi Idomeneo, de Mozart, em 2006 – optou por priorizar as relações humanas em sua concepção da obra nesta temporada que considera sua volta ao lar: “O que torna Nabucco atemporal é justamente o drama pessoal, que pode estar, por exemplo, nas vilanias de Zaccaria, que seqüestra, ameaça, faz tudo em nome da fé, uma intolerância religiosa que é inteiramente atual”, explica o diretor. Da mesma forma, os cenários de Renato Theobaldo e figurinos de Marcelo Marques evitam cópias fiéis do lugar e dos costumes da época em que se desenrola a trama: “É um cenário monumental, como pede a obra, mas que usa materiais inusitados que remetem ao relevo do lugar sem ser explícito”, esclarece André. “Os figurinos estão mais ligados à alta costura do que propriamente aos trajes assírios. A referência está presente na paleta de cores de tons turquesa”, completa.

Ópera grandiosa de Verdi, Nabucco é um drama lírico com libreto de Temistocle Solera dividido em quatro partes. A estreia em março de 1842, no Teatro alla Scala de Milão, foi um enorme sucesso, dando início a uma extensa turnê por vários teatros italianos e europeus. Nabucco revelou a veia passional de Verdi, e seu sucesso é derivado do impressionante poder evocativo de "Va', Pensiero", uma das mais famosas melodias de todos os tempos, em homenagem à saudade que o povo hebreu sentia de sua terra natal. Durante o século XIX, os italianos ainda não tinham uma nação unida, estavam sob o domínio da Áustria e da Espanha e adotaram a ária como canção nacional - canção de um povo que ansiava por ver a sua terra livre dos inimigos e novamente unida.

A história

Parte I – Jerusalém

Nabucco, rei da Babilônia, avança sobre Jerusalém. Os hebreus são forçados a se esconder no templo de Salomão, onde a filha de Nabucco, Fenena, é mantida como refém, sequestrada pelo sumo-sacerdote de Jerusalém, Zaccaria. Fenena é deixada sob os cuidados de Ismaele, chefe militar, que mantém um relacionamento secreto. A outra filha de Nabucco, Abigaille, que assim como a irmã é apaixonada por Ismaele, promete ajudá-lo caso aceite seu amor, mas Ismaele a rejeita. Com a entrada do exército de Nabucco, Zaccaria tenta matar Fenena, mas Ismaele a salva, o que é condenado pelos hebreus. Nabucco incendeia e destrói o templo.

Parte II – A Blasfêmia

Os hebreus são mantidos em cativeiro na Babilônia. Abigaille, de volta à Babilônia, descobre que é filha de escravos e não de Nabucco. Os babilônios acreditam que Nabucco está morto por causa de um boato espalhado pelo Sumo-Sacerdote da Babilônia e clamam para Abigaille assumir o trono. Zaccaria anuncia a conversão de Fenena ao judaísmo. Nabucco retorna e se proclama Deus. Um raio o atinge, tirando-lhe a coroa, e então é tomado pela loucura. Abigaille pega a coroa.

Parte III – A Profecia

Babilônia saúda Abigaille como sua regente e o Sumo-Sacerdote pede pela morte dos judeus, começando por Fenena, agora convertida. Abigaille faz Nabucco assinar a ordem de execução. Ele o faz mas teme por Fenena. Ele denuncia Abigaille como escrava mas ela já está de posse do documento que revela sua origem e o rasga. Os hebreus cativos cantam às margens do rio Eufrates, relembrando sua pátria (Va pensiero sull’ali dorate). Zaccaria profetiza que a Babilônia cairá.

Parte IV – O ídolo caído

Fenena está sendo preparada para a execução. Nabucco, recuperado de sua loucura, pede a Deus que perdoe os hebreus. Fenena, junto com outros hebreus, está em frente ao altar quando gritos de "Viva Nabucco" são ouvidos. Nabucco destrói o falso ídolo, a estátua de Baal, e liberta os hebreus. Abigaille se envenena, pedindo perdão à Fenena. Nabucco é proclamado Rei dos Reis.

Os intérpretes

Rodrigo Esteves, barítono (Nabucco)

Atualmente morando na Espanha, o barítono brasileiro Rodrigo Esteves fez seu debut em 1998, como Shaunard, em La Bohème, no Teatro de la Zarzuela de Madri. No ano seguinte, assumiu o papel de Alfonso XI em La Favorita, em Pamplona, Espanha. Em 2002, interpretou Mercutio, em Romeu e Julieta, na Espanha, ao lado de Ainhoa Arteta (Julieta) e Fernando de la Mora (Romeu). Seguiram-se Dandini, em La Cenerentola, no VII Festival de Ópera do Amazonas, e Carmina Burana, em Madri. Na Itália, fez Germont (La Traviata) e Almaviva (Le Nozze di Figaro), em Spoleto. Outros papéis de seu repertório são Marquês de Posa (Don Carlos), Marcello (La Bohème), Valentin (Fausto), Ford (Falstaff), Macbeth (Macbeth). Apresentou-se ainda no Japão, México, Argentina e Brasil.
Rodolfo Giugliani, barítono (Nabucco)

Aluno de Benito Maresca, o jovem barítono paulistano de 26 anos Rodolfo Giugliani, que iniciou seus estudos de canto aos 14 anos, acumula diversos prêmios em sua carreira, incluindo o de finalista do IX Concurso Jaume Aragall, na Espanha, além do Concurso Internacional de Canto Bidu Sayão, Concurso Brasileiro de Canto Maria Callas e Concurso de Canto Aldo Baldin. Em agosto do ano passado, foi premiado em 2º lugar no concurso Vozes do Brasil – Prêmio Nacional de Canto Lírico do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Em seu repertório incluem-se as óperas Rigoletto, Attila, Madame Butterfly, Le Villi, Tosca, La Traviata, Gianni Schicchi, I Pagliacci, Carmen, Cavalleria Rusticana, oratório Colombo e Lo Schiavo.
Eliane Coelho, soprano (Abigaille)

A carioca Eliane Coelho mudou-se para a Europa há mais de trinta anos. É a mais importante cantora lírica brasileira, de expressiva carreira internacional. No Brasil, ingressou primeiramente no curso de arquitetura até se dedicar exclusivamente ao canto, estudando com Solange Petit-Reneaux. Estudou ainda na Escola Superior de Música e Teatro de Hannover, na Alemanha. Nesse país manteve carreira profícua, fazendo parte do elenco da Ópera de Frankfurt. Desde 1991 é membro fixo do elenco da Ópera de Viena, onde já interpretou grandes obras do repertório operístico, tais como Maria Stuart, Idomeneo (Elettra), Otello (Desdemona), Aida, Jerusalém (Hélène), Madame Butterfly, Tosca, La Bohème (Mimi), Il Trovatore (Leonora), Salomé, Fedora, Herodiade (Salomé), Arabella. Na mesma instituição, foi condecorada com o título Kammersängerin, considerado de grande relevância, já que somente os principais profissionais da ópera recebem tal condecoração.
Sua experiência, domínio de amplo repertório e elogiosa determinação dramática fizeram com que Eliane tenha participado de concertos ao lado de nomes de extrema importância, como Plácido Domingo, José Carreras, Bryn Terfel e Samuel Ramey. A soprano também faz recitais solos, cerca de 40 ao ano. Incansável, dedica-se ainda à música de câmara, sendo solista frequentemente convidada em vários concertos. Sua invejável atuação internacional compreende apresentações nas melhores casas de ópera da Europa, principalmente da Alemanha, França, Itália e Áustria.
Eric Herrero, tenor (Ismaele)

Natural de São Paulo, Eric Herrero deu início aos seus estudos de canto em 1998, no Conservatório Musical Debussy, com Aurora Fujisaka. Em sequência, foi aluno da maestrina e preparadora vocal Vânia Pajares. Vencedor do Prêmio Especial do VII Concurso Maria Callas e semifinalista do XVI Concours International de Chant de Verviers, ambos em 2005, o tenor deu início à sua carreira cantando pequenos personagens. Com o reconhecimento da crítica, passou a interpretar grandes papéis do repertório de tenor lírico, como Nemorino em L’Elisir d’Amore; Tebaldo em I Capuleti ed I Montecchi; Alfredo, em La Traviata; Rodolfo, em La Bohème; e Pinkerton, em Madame Butterfly. Em 2007, participou da estreia mundial de Poranduba, do compositor brasileiro Edmundo Villani-Côrtes, no XI Festival Amazonas de Ópera. Em 2008, fez sua estreia internacional, com o papel-título de Les Contes d’Hoffman, em Pézenas, na França, e no Teatro Municipal de São Paulo como Roberto em Le Villi, papel que lhe rendeu a aclamação do público e da crítica especializada. No mesmo ano, integrou o elenco do XII Festival Amazonas de Ópera, em que cantou o papel de um oficial do exército francês na estreia brasileira de Ça Ira, de Roger Waters. Atualmente, tem aulas de canto com Antonio Garofalo e de repertório com Maria Rasetti. Herrero tem aprimorado seus estudos em masterclasses ministrados por ícones do canto lírico, como o tenor catalão Jaume Aragall, a mezzo-soprano italiana Fiorenza Cossoto e a soprano húngara Sylvia Sass. De seu repertório sinfônico, constam obras como Requiem, Coronation Mass e Missa Brevis de Mozart. Herrero participou ainda das estreias brasileiras da obra Therese Mass, de Haydn, e do oratório de natal El Pessebre, do catalão Pablo Casals.
Marcos Paulo, tenor (Ismaele)

Natural do Rio de Janeiro, o tenor lírico Marcos Paulo estudou canto lírico com Graziela di Salerno e teoria musical com Mário Godoy. Em 1993, foi finalista do II Concurso de Canto Lírico Carlos Gomes, que lhe rendeu o prêmio de Cantor Revelação. Mais recentemente, passou a orientar-se com o maestro Larry Fountain. A convite do tenor Luciano Pavarotti, Marcos Paulo debutou na Ópera da Filadélfia, nos EUA, em 1996, integrando o elenco de Falstaff. No mesmo ano foi um dos vencedores do importante Luciano Pavarotti International Vocal Competition na Filadélfia. Ao retornar ao Rio de Janeiro, participou de montagem de II Tabarro no Teatro Municipal. No mesmo teatro, atuou em Norma e Die Fledermaus. Em 1997, foi Alfredo em La Traviata, em montagem itinerante apresentada nos palcos de Recife, João Pessoa e Natal, sob regência de Aylton Escobar. Entre os compromissos que cumpriu em seguida estão a estreia no Teatro Nacional Claudio Santoro, em Brasilia, como Rodolfo em La Bohème – papel que interpretou também no V Festival Amazonas de Ópera, em Manaus. Em 2008, interpretou Fenton em Falstaff no Teatro Municipal de São Paulo. No ano anterior, cantou Janik em Diary of One Who Disappeared, de Janácek, e Satyavân em Savitri, de Holst, apresentadas em conjunto no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro e de Brasília. Nos anos de 2006 e 2007 participou do Festival Amazonas de Ópera, cantando as óperas Otello (Verdi), Werther (Massenet) e Lady Macbeth (Verdi). Marcos tem trabalhado com renomados regentes, como Karl Martin, Luis Gustavo Petri, Luis Fernando Malheiro, Marcos Armiliato, Roberto Minczuk, Silvio Viegas, Henrique Morelenbaum e Silvio Barbato. Entre os diretores com quem já trabalhou estão Sonja Frisell, Tito Capobianco, André Heller-Lopes, Jorge Takla e Diva Pieranti.
Savio Sperandio, baixo (Zaccaria)

A voz e a presença cênica marcantes de Savio Sperandio o têm tornado um dos artistas mais solicitados do Brasil. Tem se apresentado nos Theatros Municipais do Rio de Janeiro e São Paulo, Theatro da Paz (Belém), Festival Amazonas de Ópera e em concertos sinfônicos com as principais orquestras brasileiras (OSESP, OPES, OSMG, OSM SP, OSB, Amazonas Filarmônica etc). No exterior, apresentou-se no Theatro Colón de Buenos Aires, no Festival de Ópera de Lecce, Itália, Festival de Ópera de Ercolano, Itália e no Rossini Opera Festival em Pesaro, Itália. Em 2008, cantou O Barbeiro de Sevilha (Bartolo), no Teatro Real de Madrid, L’Italiana in Algeri (Don Magnifico), em Wildbad, Alemanha, e Il Viaggio a Reims (Don Profondo), no Teatro Arriaga de Bilbao, sob direção de Emilio Sagi e regência de Alberto Zedda. Recebeu os Prêmios: “Melhor Intérprete de Canção Brasileira”, no IV Concurso Internacional de Canto Lírico Carlos Gomes, “Melhor Intérprete de Canção de Osvaldo Lacerda” e “Revelação do Ano” no Prêmio Carlos Gomes de Música Erudita (2005). No Brasil, recentemente, cantou Betto di Signa, de Gianni Schicchi, de Puccini, com a OSESP; Missa Solemnis e a Nona Sinfonia de Beethoven e o Oratório O Messias, de Haendel, com a Orquestra Petrobras Sinfônica. Cantou também Lucia de Lammermoor no Teatro São Pedro em São Paulo, a ópera Il Guarany, em Belém; L’Orfeo, de Monteverdi, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Falstaff, em Belo Horizonte, e Macbeth e o oratório Colombo, em São Paulo. Bacharel em Canto pela Universidade Federal de Goiás, é orientado por Isabel Maresca.
Denise de Freitas, mezzo-soprano (Fenena)

A artista exibe qualidade de voz impecável e uma musicalidade extremamente sensível, adjetivo que, no mais, pode-se aplicar às suas interpretações, sempre marcantes, de papéis como Niklaus, nos Les Contes d’Hoffmann (Offenbach); Cherubino, no Le Nozze di Figaro (Mozart); João, no João e Maria (Hänsel un Gretel, de Humperdinck) ou no papel-título da La Cenerentola (Rossini). Em todos eles, Denise tem chamado a atenção da crítica e do público pelo seu timbre profundo e penetrante, bastante adequado à tessitura de papéis como “Dalila”, da ópera de Saint-Saëns, por exemplo. Artista múltipla em suas possibilidades de expressão, Denise de Freitas também estende seu repertório em direção à música sinfônica: El Amor Brujo, de Manuel de Falla, e Das Lied von der Erde, de Mahler, são bons exemplos disso. A versatilidade da cantora espraia-se, também, pela música de câmara, onde destaca-se o brilhante disco gravado ao lado da pianista Eudóxia de Barros dedicado a canções do compositor paulista Osvaldo Lacerda. Denise, aliás, já recebeu prêmios da Rádio Mec e foi vencedora do 4.ª Concurso de Interpretação da Canção Brasileira, o que mostra sua importante relação com a música de seu país.
Carlos Eduardo Marcos, baixo (Grande Sacerdote)

Carlos Eduardo nasceu em São Paulo e graduou-se em Música e Direito, sendo Mestre em Teologia. Estudou canto lírico com Mitzi Frölich, Caio Ferraz e Benito Maresca, tendo também participado de masterclasses com os baixos Yevgeny Nesterenko e Robert Holl. Carlos Eduardo tem interpretado os principais papéis de baixo nas óperas Die Zauberflöte, Le Nozze di Figaro e Der Schauspieldirektor (Mozart), Otello, Nabucco e La Forza Del Destino (Verdi), Salome, Der Rosenkavalier e Ariadne Auf Naxos (R. Strauss), Il Guarany e Condor (Gomes), Il Signor Bruschino e Il Barbiere di Siviglia (Rossini), Madame Butterfly, Tosca e Gianni Schicchi (Puccini), Amelia al Ballo e Amahl and The Night Visitors (Menotti), Orfeo e Ballo delle Ingrate (Monteverdi), Carmen (Bizet), The Rake’s Progress (Stravinsky), Pelléas et Mélisande (Debussy), Lohengrin (Wagner), L’Elisir D’amore (Donizetti), La Serva Padrona (Pergolesi), Candide (Bernstein), Il Matrimonio Segreto (Cimarosa), Jenufa (Janácek), Hercules (Haendel), Arianna (Marcello), The Bear (Walton), A Hand of Bridge (Barber), e das estréias mundiais das óperas brasileiras O Anjo Negro (Ripper), A Tempestade (Miranda), Eros-ion! (Chagas), Olga (Antunes), e O Rei que Ninguém Viu (Travassos). Na área de música sacra e sinfônica já cantou obras de Haendel, Bach, Haydn, Brahms, Mendelssohn, Bruckner, Berlioz, Mozart, Beethoven, Schubert e Stravinsky, entre outros. Já cantou sob a regência de Eleazar de Carvalho, Francesco La Vecchia, Gianluca Martinenghi, Ira Levin, Isaac Karabtchevsky, Jamil Maluf, José Maria Florêncio, John Neschling, Kristian Commichau, László Marosi, Luís Fernando Malheiro, Naomi Munakata, Sir Richard Armstrong, Roberto Tibiriçá, Túlio Colaccioppo, Víctor Hugo Toro e Walter Lourenção, entre outros.
Jacques Rocha, tenor (Abdallo)

Carioca formado em canto pela Escola de Música Villa-Lobos, Jacques Rocha participou de corais como Polifonia Carioca, Coro Sinfônico do Rio de Janeiro e Núcleo de Ópera da Escola de Música Villa-Lobos. Como solista, atuou em A Criação, de Haydn; Messias, de Häendel; Oratório de Natal, de Camille Saint-Säens, e Romeu e Julieta, de Gounod, entre outros.
André Heller-Lopes, direção

Especialista em ópera, André acumula extensa carreira no Brasil e no exterior. É Professor do Departamento Vocal da Escola de Música da UFRJ desde 1996, onde cursou também o Mestrado. Sua monografia, Vozes Brasileiras, foi a primeira a debruçar-se de forma detalhada sobre a vida de cantoras líricas europeias que vinham ao Brasil entre 1844 e 1852. Recentemente, defendeu Doutorado junto ao Kings College, de Londres. Bolsita da CAPES, defendeu em sua tese o universo operístico brasileiro do século 19, desta vez ao pouco conhecido movimento pela Ópera Nacional, entre 1857 e 1863. Em 2003 tornou-se Coordenador de Ópera da Prefeitura do Rio, desenvolvendo extensa programação dedicada ao público jovem, durante cinco anos. Ganhou, por dois anos consecutivos, o Prêmio Carlos Gomes de melhor diretor cênico. Espetáculos como Diário do Desaparecido e Savitri (CCBB-SP e DF) e Ariadne em Naxos (TMSP) foram aclamados pela crítica especializada. Sua mais recente encenação, Tosca, no Kleinesfestpielhaus (Haus für Mozart), em Salzburgo, foi descrita como um “retumbante sucesso”, colhendo elogios de pública e critica. No Brasil destacam-se suas encenações de espetáculos tão diversos como os ciclos ‘Palavras Brasileiras’, ‘Viva Verdi’ e ‘Portinari: Música e Poesia’ (CCBB RJ e SP), Samson et Dalila, Andrea Chenier e La Fille du Régiment (TMSP) e Idomeneo (TMRJ), Cavalleria Rusticana e A Ópera dos 3 Vinténs (FAO), Mozart & Salieri (Festival de Campos do Jordão), Der Schauspieldirektor (OSB), Falstaff e Der Rosenkavalier (OSESP), Der Zwerg (OPS). Idealizou ainda a criação de novas óperas brasileiras (Caixeiro da Taverna, Domitila, Anjo Negro). Trabalhou na San Francisco Opera, Metropolitan Opera de NY e Royal Opera House (Londres) e Teatro Nacional de São Carlos (Lisboa). Ao longo de duas temporadas no Covent Garden, dirigiu O Imperador de Atlantis (Viktor Ullmann) e Diário do Desaparecido (Janácek), trabalhando ainda na equipe de direção de 15 óperas com artistas como Domingo, Mattila, Villazon, Graham, Terfel, Hampson, Hvorostovsky, Allen, Ramey, e ao lado de diretores como Copley, K. Warner, Miller, Martone ou Armfield. Mais recentemente dirigiu O Barbeiro de Sevilha (Iford Arts Summer Festival, UK); Yerma in concert de Villa-Lobos (Berlim/Lisboa/Paris); além de Dido & Aneas, Trouble in Tahiti e L’Occasione fa Il ladro (Teatro São Carlos) e Tosca (Kleinesfestspielhaus, Salzburg).
Silvio Viegas

Silvio Viegas é Mestre em Regência pela Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais, tendo sido discípulo dos maestros Oiliam Lanna, Sergio Magnani e Roberto Duarte.
Ainda jovem, foi agraciado com uma bolsa de estudos, indo estudar regência na Itália. Em 2001, ficou com o primeiro lugar no Concurso Nacional Jovens Regentes, organizado pela Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB).
Desde o início de sua carreira tem-se destacado por sua atuação no meio operístico regendo óperas como Così fan Tutte, Le Nozze di Figaro e A Flauta Mágica de Mozart, Tiradentes de Manuel Joaquim de Macedo, La Bohème de Puccini, O Barbeiro de Sevilha de Rossini, Carmen de G. Bizet, Cavalleria Rusticana de P. Mascagni, Il Trovatore de Verdi, Romeu e Julieta de Gounod e mais recentemente Lucia di Lammermoor de Donizetti. Silvio Viegas tem também uma ligação estreita com a dança, tendo dirigido, neste Theatro, os ballets Giselle, Coppélia, O Quebra-Nozes e Carmen de Roland Petit.
Esteve à frente das Orquestras Sinfônica Brasileira, Petrobras Sinfônica, Orquestra do Teatro da Paz, Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, Sinfônica de Minas Gerais, Sinfônica de Burgas (Bulgária), Sinfônica do Festival de Szeged (Hungria), Orquestra do Algarve (Portugal), entre outras.
Foi Diretor Artístico da Fundação Clóvis Salgado – Palácio das Artes de 2003 a 2005 e, atualmente, é Diretor Artístico Interino da Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro e ainda o Maestro Titular da Orquestra Sinfônica da casa. É também Professor de Regência na Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais.

Serviço

Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Orquestra Sinfônica e Coro do Theatro Municipal
Programa: Nabucco
Música: Giuseppe Verdi
Libreto: Temistocle Solera
Cenários: Renato Theobaldo
Figurinos: Marcelo Marques
Iluminação: Fábio Retti
Caracterização cênica e maquiagem: Elizinha Ducarmo
Direção de produção: Cláudia Malta
Concepção e direção de cena: André Heller-Lopes
Direção musical e Regência: Silvio Viegas
Apresentando os solistas:
Rodrigo Esteves (21, 27 e 31) e Rodolfo Giuliani (23 e 29), barítono – Nabucco
Eliane Coelho, soprano - Abigaille
Sávio Sperandio, baixo – Zaccaria
Marcos Paulo (21, 27 e 31) e Eric Herrero (23 e 29), tenor – Ismaele
Denise de Freitas, mezzo-soprano – Fenena
Carlos Eduardo Marcos, baixo – Grande Sacerdote
Jacques Rocha, tenor – Abdallo
Celinelena Ietto, soprano – Anna
Estreia – 21 de julho, às 20h
Temporada – 23, 27 e 29 de julho, às 20h
31 de julho, às 17h
Preços:
Plateia e balcão nobre – R$ 84,00
Balcão superior – R$ 60,00
Galeria – R$ 25,00
Frisas e camarotes – R$ 504,00
Desconto de 50% para estudantes e idosos
Classificação etária: Livre
Duração: 180 minutos (incluindo dois intervalos de 20min)
Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Praça Floriano, s/nº – Centro
Informações: (21) 2332-9191
Vendas na Bilheteria, no site da Ingresso.com ou por telefone 21 4003-2330

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Comédia beneficente em prol ao Instituto do Câncer

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/07/2011 03:23:00

O Xcaret Bar irá apresentar, dia 27 de julho próximo, o Stand-up Comedy Beneficente, a fim de reverter parte da renda ao ICAVC - Instituto do Câncer Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho.
O evento acontecerá às 20:00hs e contará com a participação dos atores André Bernardes, Mhel Marrer e Marcos Castro

A noite deste evento (uma quarta-feira) promete boas risadas para o público presente no Xcaret Bar. A casa recebe comediantes de stand-up em apresentações imperdíveis até meia-noite! Desde o início do mês o Xcaret Bar funciona em novo endereço, em Moema, proporcionando ao público uma programação variada em ambiente com mais conforto e diversão.
Além de todos estes atrativos, o público presente estará abraçando uma causa nobre.

Sobre o ICAVC

O ICAVC foi idealizado em 1920 pelo Dr. Arnaldo Augusto Vieira de Carvalho, sendo a primeira instituição brasileira destinada ao estudo e tratamento do câncer, tem como missão garantir tratamento digno e humanitário aos pacientes com câncer, empregando, para isso, os mais avançados estudos científicos.

O ICAVC é responsável por 11% dos tratamentos quimioterápicos do Estado de São Paulo, através do SUS, sendo o segundo maior serviço filantrópico de quimioterapia e o primeiro em radioterapia na Cidade de São Paulo, respondendo pela marca de 15 mil procedimentos por anos, mais de 500 atendimentos/dia.

SERVIÇO

Xcaret Bar
Avenida dos Pamaris, 42 – Moema
Fone (11) 3569-7920
www.xcaretbar.com.br

ICAVC
Largo do Arouche, 66 - República
São Paulo - SP
CEP 01219-000
Fone (11) 3367-3844
www.doutorarnaldo.org


Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org
Com Informações Por:
Pedro Nastri
Assessoria de Imprensa
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

**


Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Livro Gabriela Sou da Paz já está à venda no site

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/07/2011 02:38:00



























































Livro Gabriela Sou da Paz - R$ 24,00

Já está disponível a venda do Livro Gabriela Sou da Paz escrito pela filósofa Claudia Castro, que acompanhou toda a trajetória dos pais de Gabriela e conseguiu relatos e depoimentos de amigos e parentes de Gabriela com passagens emocionantes e intrigantes. O livro ainda abre uma discussão sobre as verdadeiras causas da violência e solução.

O livro pode ser adquirido através do site:

www.gabrielasoudapaz.org
com diversas formas de pagamentos: cartões de crédito, transferência bancária ou boleto.

O custo postal é gratuito para remessas em todo território nacional.
Prazo de entrega, após aprovação do PagSeguro, em média 4 dias úteis.

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Convite Grandezas da Literatura Sul-Mato-Grossense

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/07/2011 02:23:00

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Sarau na Consolação em São Paulo Por: Ivan Ferretti Machado

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/07/2011 02:14:00

Sarau
Encontro de Utopias
Sexta Feira 15 de julho às 22h30



Traga a voz, a rima, o tom, instrumentos e adereços.
Palco aberto, interferências e intercâmbios.
Compartilhe o espaço que é seu

Pocket show de Luciana D'Avila
Lançamento do CD "Ao Seu Lado"
Chiu Yi Chih- lançamento do livro "Naufrágios"

Teatro Studio 184
Praça Roosevelt, 184 - Consolação
Próximo ao Metrô República
Ao lado da Igreja da Consolação

Atenciosamente

Ferretti
Ivan Ferretti Machado
Cel. 9106-0948
Após as 17h30min horas

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Desfile Amendoeiras - 2011/2012 dia 28 de Julho no Flamengo

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/07/2011 01:18:00

Convite Desfile Amendoeiras - 2011/2012 dia 28 de Julho de 2011 no Flamengo

Realização e Organização: Coisa de Mulher

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Jornalismo brasileiro é destaque em...

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2011 18:07:00

Jornalismo brasileiro é destaque em I Prêmio de Jornalismo Econômico Iberoamericano

Época Negocios é a ganhadora do
I Prêmio de Jornalismo Econômico Iberoamericano


• A reportagem Negócios movidos a idéias, publicada na revista Época Negócios, foi a vencedora e os jornalistas Rafael Barifouse e Raquel Sagado receberão como prêmio 10 mil euros;

• O Suplemento iEco, do jornal Clarín (Argentina) recebe a distinção como Melhor Publicação Econômica da região;

• A iniciativa conta com o patrocinio da Fundação Codere e colaboração do Yahoo. A entrega dos prêmios acontecerá no dia 16 de junho, na Cidade do México;

• O Prêmio Destaque da Fundação Codere, patrocinadora da premiação, é para a área editorial do Instituto Mexicano de Ejecutivos em Finanzas, instituição que abordou o mercado dos jogos de entretenimento no México na revista Ejecutivos em Finanzas, que receberá como prêmio a quantia de 2,5 mil euros;

• Os jornais: Diário do Nordeste, Gazeta do Povo e Zero Hora foram as outras três publicações brasileiras que ficaram entre as 20 finalistas do total de 300 obras julgadas de mais de 200 jornalistas de 150 meios de comunicação de idiomas português e espanhol;


A reportagem Negócios movidos a idéias, dos jornalistas Rafael Barifouse e Raquel Salgado, publicada na revista Época Negócios (Ed. 48, dezembro de 2010), foi à vencedora do I Prêmio de Jornalismo Econômico Ibero-americano, que é organizado pelo Instituto de Empresa (IE Business School) e patrocinado pela Fundação Codere.

A profunda análise do ecossistema da economia criativa no Brasil e o relevante número de fontes utilizadas, bem como o impacto social das idéias e da criatividade como fator determinante para aumentar o valor agregado da economia na América Latina são elementos que influenciaram pela decisão dos jurados em escolher a reportagem como a vencedora desta primeira edição da premiação.

Já o suplemento iEco, do diário argentino Clarín,foi considerada a publicação de destaque na difusão da cultura econômica nas bases sociais, na amplitude de assuntos abordados e na maneira didática de enfocar o tema para informar ao grande público.

O Prêmio de Destaque da Fundação Codere vai para o Instituto Mexicano de Ejecutivos de Finanzas (IMEF), instituição que por meio de sua revista Ejecutivos de Finanzas abordou o segmento de jogos de entretenimento como relevante ramo da economia do México, país em que a Codere desenvolve uma política de responsabilidade social baseada no jogo responsável e no qual se posiciona a favor de uma regulação clara e significativa, que assegure a transparência no segmento e a solidez financeira de seus integrantes.

Os resultados serão disponibilizados no site oficial do concurso:
http://premioperiodismo.ie.edu/pt/index.php

Cerimônia de entrega no dia 16 de junho, na Cidade do México (México)

A entrega dos prêmios acontecerá na quinta-feira, dia 16 de junho, no Centro Banamex, na Cidade do México. O evento contará com personalidades das áreas acadêmicas e de negócios dos países latinos, a exemplo de Santiago Iñigues, reitor da IE University e decano da IE Business School; José Ignacio Casés Méndez, vice-presidente da Fundação Codere e Beatrice Rangel, presidente da Codere México.

Cerca de 300 obras jornalísticas precedentes de mais de 200 meios de comunicação de praticamente todos os países latino americanos, de autoria de 150 jornalistas econômicos de referência participaram da primeira edição do prêmio.

Os trabalhos passaram pelo crivo de um júri formado por jornalistas renomados, com experiência em meios internacionais (como CNN, Financial Times, Búsqueda, por exemplo), bem como das instituições organizadora, patrocinadora e colaboradora do evento. Também contribuíram no julgamento, outras instituições de expressiva atuação na região, como a Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), a Organização dos Estados Americanos (OEA) e a Confederação Andina de Fomento (CAF).

Na lista dos 20 finalistas que disputaram a final há quatro veículos do Brasil.
Além de Época, também estão a Gazeta do Povo (Curitiba - PR), Zero Hora (Porto Alegre – RS) e Diário do Nordeste (Fortaleza – CE).
Há também trabalhos da Argentina (com quatro trabalhos), México (3), Colômbia e Chile (2 cada) e Panamá, Perú, Equador, El Savador e Uruguai (1 cada) (veja lista abaixo).

Quote:

Santiago Iñiguez, reitor da IE University e decano da IE Business School:

- "A premiação é um reconhecimento ao papel social dos meios de comunicação para difundir a cultura econômica nas bases sociais da América Latina. Trabalhar a cultura econômica de base é elemento chave neste momento de desenvolvimento da região. Se uma ampla base social compreende os fundamentos da economia e os mercados, bem como os fatores de empreendedorismo e inovação que trazem mais progresso e prosperidade, a América Latina observará muitos anos de crescimento futuro. E os meios de comunicação tem um papel chave nesse processo".

José Ignacio Casés, vice presidente da Fundação Codere:

- "O Prêmio Destaque contemplou especialmente as publicações que abordam a indústria de jogos recreativos responsáveis e saudáveis".


Acompanhe a lista dos trabalhos finalistas, veículos e seus autores:-

Brasil

Negócios movidos a idéias. "Época Negocios" (Brasil) Rafael Bariouse e Raquel Salgado.

Guerra Declarada. "Gazeta do Povo". (Brasil) Marcio Antonio Campos / Breno Baldrati / Gilberto Yamamoto / Lyn Jannuzzi.

Vida a crédito. "Diário do Nordeste" (Brasil) Iracema Sales, Fernando Maiai y Samira de Castro.

Talento Recompensado. "Zero Hora" (Brasil) Flávio Ilha


Argentina

Los impuestos legan al fondo del bolsillo. "La Voz del interior" (Argentina). Diego Dávila e Paula Martinez

Cuál es el código genético de las empresas de Mayor Crecimiento. "Clarin" (Argentina). Damian Kantor e Annabella Quiroga.

Buenos Aires Creativa: el sector innovador crece más que el resto. "La nación" (Argentina) Emilia Subiza.

La sustentabilidad como oportunidad. "Apertura" (Argentina). Juliana Monferrán.

México

Gana dinero con tu smartphone. "Soy Entrepreneur" (México). Luis Gonzalez y Gonzalez

Cine ganga. "Expansión-CNN" (México). Regina Moctezuma

Sistema Financiero. ¿Hacia donde va?. "Ejecutivos de finanzas" (México). Adriana Reyes

Chile

Rescatistas Urbanos. "Revista IN". (Chile) Xabiera San Miguel

Industria de capital riesgo urge por reformas radicales en este mercado. "Diario Financiero" (Chile) Karen Río/Carmen Mieres.

Colômbia

Salario a medida. "Dinero" (Colombia). Carlos Andrés Vanegas

Privatizaciones traerían 4,5 billones. "Portafolio" (Colombia) Marta Morales.

Panamá

CO2, el gas que brilla en los mercados. "El Panamá América" (Panamá). Grace Kelly Chi

Peru
Efecto Arrastre. "El Comercio" (Perú). Ricardo Serra Fuertes

El Savador

El Debate por del Dólar Continua. "El Economista-La Prensa" (El Salvador) Irma Cantizzano e outros.

Equador

Una guía para comprar acciones en la bolsa. "El Comercio" (Equador). Cesar Augusto Sosa e redação.

Uruguai

La Lupa puesta en la inflación. "El Observador" (Uruguai). Manuel Sanchez


Sobre a Premiação

O I Prêmio de Jornalismo Econômico Ibero-americano tem como objetivo reconhecer o trabalho de difusão da cultura econômica nos meios de comunicação social (jornais, revistas, blogs, web, rádio ou televisão). Nesta primeira edição foram analisados os projetos relacionados ao tema "Inovação", dada a importância que este tipo de informação vem conquistando na mídia, como reflexo do dinamismo da cultura empresarial e financeira da sociedade latino-americana.

Sobre IE Business School

Fundado em 1973, o IE Business School é uma das principais escolas de negócios do mundo e é reconhecida por seu expressivo enfoque em inovação e empreendedorismo. A escola de negócios, com escritórios nos cinco continentes, conta com um corpo docente de 400 professores que lecionam suas especialidades a estudantes de 88 países em programas de doutorado e mestre de educação executiva.

Fundação CODERE

A Fundação Codere é uma organização sem fins lucrativos criada com a finalidade de estruturar e coordenar as atividades voltadas para pesquisa, análise, avaliação, desenvolvimento de políticas e da evolução da indústria do jogo.

Sobre o Grupo CODERE

CODERE é uma multinacional espanhola, referência no setor de jogos privados na Europa e América Latina, que gerencia mais de 53 mil máquinas recreativas, 140 salas de bingo, 160 salas de apostas de esportes, 3 hipódromos e 6 cassinos na Argentina, Brasil, Colômbia, Espanha, Itália, México, Panamá e Uruguai.

Codere se tornou em outubro de 2007, a primeira empresa privada de jogo autorizada pela Comisión Nacional del Mercado de Valores (CNMV), que é o organismo encarregado pela supervisão e inspeção dos mercados de valores na Espanha, a ingressar com ações em bolsa de valores.
Site: www.codere.com
*
**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

**

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Show de Bira e Osmar (do Jô) no Anália Franco (SP)

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2011 15:52:00





















A loja de instrumentos musicais Made in Brazil, do Shopping Anália Franco, recebe nesta quinta-feira, dia 16 de junho, a dupla Bira e Osmar Barutti, músicos do Programa do Jô, da Rede Globo.

O pocket show terá início às 20h e vai durar cerca de uma hora.
Para o repertório, eles preparam músicas de bossa nova, MPB e jazz.
Os músicos estarão disponíveis para autógrafos e fotos com o público.
A Made in Brazil fica localizada no piso Lírio do *Shopping Anália Franco.
A entrada é gratuita.

*Endereço:
Av. Regente Feijó, 1739 - Piso 04 Lírio - Loja 05
Bairro: Jardim Anália Franco - São Paulo - SP
CEP: 03342-000
Telefone: (11) 2643-4141

**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

**

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Convite: Sarau a Flor da Pele dia 18/06/2011

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2011 15:12:00


Convite

A Prefeitura de Cotia,(Sp) por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, promove no dia 18 de junho, o 3º Sarau Cultural "Poemas à Flor da Pele".

O evento gratuito é desenvolvido em parceria com a Associação Poemas à Flor da Pele e contará com ampla programação cultural, exposição de fotos, homenagens e interpretações.


Tradicionalmente realizado na Granja Viana, este ano o evento será no Salão da Maçonaria Cotia, que fica na Rua Topázio, 566, no bairro do Portão, Cidade de Cotia, Estado de São Paulo a partir das 17 horas.





Confira a programação:

Música: Marcos Assumpção; Coral das Mulheres de Cotia (regente Magaly Oliveira-diretora de Cultura); Grupo MMSorge; Daniel Zechinni; Laudinéia Raymundo e Conceição Aparecida Vieira;
Poesia: Sonia Porto (Presidente da Associação Cultural Poemas à Flor da Pele) e
Damaris Lopes (membro da Associação Cultural Poemas à Flor da Pele);
Declamações: Valdina Maria de Souza;
Dança: Dellé Orré Studio;
Exposição: Chau Min Shia (tela );
Edson Pereira de Andrade Junior, Claudinei Gonçalves Pereira e Inimar dos Reis;Roda de poesia.

*

Mais informações com o departamento de Cultura, pelo telefone: 4148.8929.

APOIO

*Veículos de Comunicação zaP!®

www.jornalista.eunanet.net
www.revistazap.org

**

Diretora Responsável e Editora de Conteúdo
Elizabeth Misciasci
*zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos zaP!®
Ações do Projeto zaP!®
Publicação,divulgação, distribuição pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Presidente do FNDC e Fenaj debaterá sobre TV pública na UFPB

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2011 04:40:00



























































Durante evento, jornalistas Sandra Moura e Madrilena Feitosa lançam livro sobre democratização da comunicação

O Pólo Multimídia da UFPB e o Sindicato dos Jornalistas da Paraíba estão trazendo a João Pessoa o presidente do FNDC (Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação), Celso Schröder, para debater O papel da sociedade na construção da TV Pública, no próximo dia 16, às 9h, no auditório da UFPB Virtual, localizado por trás da Reitoria.
Durante a palestra, as jornalistas Sandra Moura e Madrilena Feitosa, da TV UFPB, lançam livro que traz as primeiras contribuições dos paraibanos para a construção de um modelo de televisão pública para a Paraíba.

A palestra de Celso Schröder, que também é presidente da Federação Nacional dos Jornalistas, é uma dentre as ações do Pólo Multimídia da UFPB visando reunir todos os segmentos da sociedade civil organizada em torno da discussão de um modelo de televisão pública, democrática, interativa e de qualidade, num momento em que a TV UFPB se prepara para transmitir a programação da TV Brasil, em sinal aberto, a partir do segundo semestre.

No decorrer da palestra de Celso Schröder, o movimento social organizado e representantes dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário vão discutir o papel social na construção da TV Pública, uma oportunidade para que os paraibanos digam como querem participar da TV UFPB ou, em outras palavras, como desejam ser vistos na nova fase da programação da emissora.

O livro, organizado pelas jornalistas Sandra Moura, diretora do Pólo Multimídia da UFPB, e Madrilena Feitosa, sistematiza as primeiras contribuições da sociedade para a futura programação da TV UFPB. Nessa obra, os leitores vão ter acesso a todas as discussões do I Fórum Paraibano de TVs Públicas na Era Digital, realizado na UFPB, e que se traduz como a primeira iniciativa, da qual se tem conhecimento, em nosso Estado, em que um canal de tevê convida os cidadãos para opinarem sobre os conteúdos que serão veiculados pela emissora.

Ao acessar as páginas do livro, o leitor encontra uma abordagem atual e esclarecedora sobre o processo de migração das TVs, do sistema de transmissão analógico para o digital, em franca expansão no país, com informações sobre as novas funcionalidades e potencialidades que a digitalização proporciona e que possibilitam uma maior interação do telespectador como esse meio de comunicação.

Também na mesma obra são disponibilizados conteúdos sobre regulamentação, financiamento e propaganda nas TVs públicas; produção audiovisual da Paraíba; programação regional e integração de conteúdos, além de controle social da mídia. Todos esses temas foram abordados por diversos representantes da sociedade civil e estão fartamente reproduzidos nas 160 páginas do livro.

**

Da Redação Revista zaP!®

imprensa@revistazap.org
Com Informação e Divulgação:
Portal dos Movimentos Sociais do Estado da Paraíba

Apoio:

Site Movimentos Sociais
www.movsocial.org
e
*Veículos de Comunicação e Projeto zaP!®
www.jornalista.eunanet.net
www.revistazap.org

**

**
Edição de conteúdo
Por: Elizabeth Misciasci
*zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos zaP!®
Ações do Projeto zaP!®
Publicação,divulgação, distribuição pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Advogado de Suzane Richthofen não será indenizado pela IstoÉ

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2011 03:24:00

O advogado de Suzane Richthofen, Denivaldo Barni, teve negado o seu pedido de indenização por danos morais contra a revista IstoÉ.

No processo, o advogado alega ter sofrido dano moral depois de veiculada a reportagem "Feliz Aniversário Suzane".

A sentença é da juíza da 3ª Vara Cível da Lapa, Maria de Lourdes Lopes Gil Cimino. Cabe recurso.

O texto, assinado pelo jornalista Alan Rodrigues, narra um sábado em que o advogado de Suzane teria levado um bolo em comemoração ao seu aniversário de 23 anos. O advogado alegou, contudo, que a reportagem é falsa. Ele diz que sequer pisou na penitenciária neste dia, por ser um dia não permitido a advogados. Suzane, em outra ação que ainda não foi julgada, pediu R$ 50 mil de indenização por ter sido perseguida pelas presas depois da reportagem.

Segundo a juíza, mais do que provar que a reportagem disse o que não aconteceu, é preciso provar quais foram os danos causados. Além disso, a titular da 3ª Vara Cível ressaltou que o advogado tem o direito de ir e vir livremente em delegacias e prisões, mesmo fora do expediente, para se comunicar com os seus clientes.

Por isso, acredita que a notícia não causou qualquer dano à honra e à dignidade, como argumentou o advogado. - "Nada impedia o autor de manter simpatia pela jovem, a ponto de homenageá-la com um bolo no dia de aniversário. Essa conduta em absoluto seria capaz de causar espécie — salvo junto a pessoas de poucas luzes —, ao contrário, enfatizaria, junto à sociedade, a crença do autor na cliente que defendia."

Ainda segundo a sentença, tornou-se público e notório, por ser amplamente divulgado pela mídia, a relação de proximidade, que extrapola a fronteira jurídica, entre o autor e sua cliente, filha de seu falecido amigo. Diante disso, é natural que o mesmo se tornasse seu advogado e ainda a prestigiasse em data comemorativa. Até porque, a linha de defesa adotada por Barni defende a ingenuidade da ré, que terminou por se deixar conduzir pelos executantes da ação que levou à morte seus pais.

Contribuiu para a decisão da juíza o fato de que nenhum motim foi causado pela entrada do bolo na prisão. Também não ficou provado que Suzane Richthofen tenha sofrido perseguição por parte das outras presas.

A alegação do autor

Consta do recurso de Barni que a reportagem feriu sua reputação profissional ilibada. Para ele, a notícia veiculada dava a falsa impressão de que a cliente tinha regalias no estabelecimento penal, em franca conivência com o autor, colocando em xeque a sua lisura profissional, bem como a transparente probidade da Administração do presídio.

Defesa da IstoÉ

A revista, representada pela advogada Lucimara Melhado, sustentou que a reportagem veiculada tinha como foco principal as investigações do Ministério Público sobre as suposta existência de contas bancárias em nome de Suzane no exterior, e a relação que elas teriam com o desvio de dinheiro das obras do Rodoanel pela Dersa, empresa onde o pai da jovem foi diretor.

Argumentou também que, por mais que não tenha visitado sua cliente naquela data, o advogado a visitou em datas anteriores, oportunidade em que lhe levou alimentos e outros objetos, como noticiado na imprensa, não decorrendo desse comportamento nenhuma ofensa moral.

Leia a sentença:

Disponibilização: quinta-feira, 9 de junho de 2011.
Arquivo: 362 Publicação: 48
Fóruns Regionais e Distritais IV - Lapa Cível 3ª Vara Cível
Processo 0208590-58.2009.8.26.0004 (004.09.208590-7)
Procedimento Ordinário - Denivaldo Barni - Três Editorial LTDA - fls.142/149.- Vistos.

DENIVALDO BARNI ingressou com ação de INDENIZAÇÃO sob o rito ordinário em face da TRES EDITORIAL LTDA porquanto esta, por meio da revista que edita ISTO É -, publicou reportagem sob o título Feliz Aniversário Suzane, fazendo constar que ele, autor, teria levado um bolo de aniversário para a sua cliente custodiada na penitenciária feminina de Ribeirão Preto.

Ocorre que a notícia, segundo, o autor, não é verídica, e lhe abalou deveras, porquanto inúmeras pessoas de seu convívio social passaram a lhe indagar sobre a visita que na realidade não se realizou. Pessoa de reputação ilibada, que ocupou vários cargos de direção importantes no Governo do Estado de São Paulo, atuante na área jurídica desde 1976, professor universitário, o autor sentiu-se diante da notícia inverídica, indignado e revoltado.

Ainda mais porque a notícia veiculada dava a falsa impressão de que a cliente tinha regalias no estabelecimento penal, em franca conivência com o autor, colocando em xeque a sua lisura profissional, bem como a transparente probidade da Administração do presídio (sic). Pugnando pela procedência da ação com a condenação da ré no pagamento de indenização por danos morais, aos autos juntou documentos.

Citada, a ré apresentou contestação às fls. 37/52 sustentando que a matéria veiculada tinha como foco principal as investigações do Ministério Público sobre as suposta existência de contas bancárias em nome de Suzane no exterior, e a relação que elas teriam com o desvio de dinheiro das obras do Rodoanel pela Dersa, empresa onde o pai da jovem foi diretor. Alias, a reportagem também se referia à sua convocação do autor -, para prestar esclarecimentos sobre o desvio mencionado. Prossegue afirmando que não valorou a conduta do autor, (sic) razão pela qual não poderia este ter experimentado danos na sua esfera moral.

Outrossim, ainda que o autor não tenha visitado sua cliente naquela data, a visitou em datas anteriores, oportunidade em que lhe levou alimentos e outros objetos, como noticiado na imprensa, não decorrendo desse comportamento nenhuma ofensa moral. Por derradeiro, após comentar o lapso temporal decorrido entre a data da reportagem e a propositura desta ação, cuja improcedência pediu. Réplica às fls. 84/89.

Este Juízo expediu à penitenciária feminina de Ribeirão Preto ofício requisitando informações sobre as visitas feitas à Suzane Louise von Richthofen no dia 04/11/2006. Ofício juntado às fls. 127.

A ré pugnou pela expedição de novo ofício, enquanto o autor, por meio da petição de fls. 140, pelo julgamento antecipado da lide diante da resposta do ofício corroborar o que alegou. É a síntese.

DECIDO.

A reportagem veiculada na imprensa pela ré, consistente na suposta visita do autor à sua cliente, por ocasião do aniversário desta, na penitenciária feminina de Ribeirão Preto, na posse de um bolo de chocolate, aviltou a honra e dignidade do autor, porquanto inverídica, o que ensejou a propositura desta ação. Alega o autor ter sido alvo de inúmeros questionamentos de pessoas a ele ligadas, o que o fez sofrer pois a reportagem falsa teria exposto sua credibilidade como profissional, além de desacreditar a Administração Pública.

Com relação à descrença do cidadão quanto à conduta da Administração pública, o problema se resolve em outra esfera; nada existindo nos autos, ainda, demonstrando a existência de processo administrativo instaurado contra a pessoa que teria, em tese, permitido o ingresso do advogado e da iguaria.

Quanto às conseqüências derivadas da reportagem, ainda que o autor não tenha ingressado na penitenciária onde sua cliente se encontrava presa, a fim de homenageá-la com um bolo, não poderiam ser denominadas nefastas à sua honra e dignidade, mormente quando sabido que do advogado se exige independência no exercício de seu mister, justamente para preservar os direitos de seus clientes (art. 31 par. 1º).

No caso versado, tornou-se público e notório, porque amplamente divulgado pela imprensa falada e escrita, a consideração especial que o autor possuía junto à sua cliente, pois, filha de seu falecido amigo. Nada mais natural, portanto, que o mesmo se tornasse seu advogado e ainda, a prestigiasse em data tão especial. Até porque, a linha de defesa adotada baseava-se - como foi de conhecimento público -, na ingenuidade da ré que terminou por se deixar conduzir pelos executantes da ação que levou à morte seus pais. Logo, nada impedia o autor de manter simpatia pela jovem, a ponto de homenageá-la com um bolo no dia de aniversário.

Essa conduta em absoluto seria capaz de causar espécie - salvo junto a pessoas de poucas luzes - ao contrário, enfatizaria, junto à sociedade, a crença do autor na cliente que defendia. Outrossim, nenhum motim causou o ingresso do bolo no estabelecimento penal, pois, não noticiado pela imprensa, e não provado pelo autor que a reportagem tenha de alguma forma prejudicado o convívio de sua cliente com as demais custodiadas.

Quanto à missiva encartada às fls. 28, sabido que o advogado não apenas tem o direito de ingressar livremente, mesmo fora do expediente, em delegacias e prisões dentre outros lugares - (art.7º. VI, a, da Lei n. 8906/94), como comunicar-se pessoalmente e reservadamente com seus clientes quando estes estiverem presos (inc.III).

Portanto, o conteúdo da missiva revela-se um tanto quanto equivocado diante do teor da lei sobre o tema. É que os advogados não necessitam agendar previamente seus encontros com os clientes presos, motivo pelo qual a Diretoria da Penitenciária de Ribeirão Preto não enviou a este Juízo documento nesse sentido. Aliás, essa Diretoria enviou, isto sim, cópia de registro de visitas feitas à Suzane Louise Von Richthofen aos 02/09/2006,e não aos 04/11/2006 (fls.128/129).

Daí essa informação não corroborar a primeira juntada aos autos pelo autor. Em suma, para se cogitar da indenização por dano moral , não bastava ao autor provar a mentira total ou não da chamada, mas também, os danos que esta lhe provocou.

E no caso em testilha, reprise- se, nenhuma nocividade dela se pode extrair, motivo pelo qual não se pode condenar a ré pagar indenização por veicular uma chamada incapaz de provocar sofrimento ou indignação pessoal. Isto posto, JULGO IMPROCEDENTE a ação,nos termos do art. 269,I,do CPC, suportando o autor o pagamento das custas do processo e honorários de advogado que fixo em dez por cento sobre o valor estimado à causa, com correção monetária na forma da lei. PRIC.

Cumpre-me informar que, para fins de apelação, o valor do preparo é de R$ 1443,19 equivalente a 484,5195 INPC e porte de remessa no valor de R$ 25,00 por volume. Int. - ADV: DENIVALDO BARNI (OAB 51448/SP), DENIVALDO BARNI JUNIOR (OAB 235518/SP), LUCIMARA FERRO MELHADO (OAB 176931/SP)

Por: Camila Ribeiro de Mendonça - Conjur
Consultor Jurídico

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

DJ Mary Oliveti no Festival de Inverno Tamboatá Petropólis - RJ

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2011 02:36:00





















Sábado, dia 18 de junho, a partir das 22h, o Tamboatá, club mais badalado de Itaipava, recebe a DJ Mary Olivetti na Eletromag Party com o suporte do residente DJ Vinícius Magalhães.

Mary Olivetti teve sua rotina acentuada por muita música desde que nasceu e essa superexposição musical trouxe consequências irreversíveis à vida. Batizada por ninguém menos que Tim Maia, a filha de um dos principais produtores musicais dos anos 70 e 80, Lincoln Olivetti, ganha luz própria e se destaca na cena eletrônica nacional.

Mary , que acaba de ocupar o 5º lugar entre as female-DJs da revista eletrônica ElectroMag (BRA), diz estar na fase mais madura de seus 7 anos de carreira e mostra à que veio quando toma o comando dos decks.

Com técnica precisa e um carisma notável, Mary Olivetti surpreende a todos por onde passa.
Apontada pela imprensa como a mais expressiva DJ de sua cidade, já é habituê das concorridas cabines da Privilege, Pacha, Anzu e BeeHive, entre inúmeras outras. Também dividiu palco com ícones da cena eletrônica mundial, como: - Steve Angello, Erick Morillo, HedKandi, Funkagenda, Tocadisco, Chris Lake, Roger Sanchez, Oliver Giacomotto, Glenn Morrison, DJ Meme, Gui Boratto, Marky, Renato Cohen e Anderson Noise.

Hoje, traz com bom gosto único o que há de melhor na House Music, fazendo centenas de pessoas dançarem durante seu DJ-set.

A carreira internacional se consolida com inúmeras apresentações fora do país.
Destacam-se clubes como a Avalon, o maior nightclub de Hollywood (Los Angeles - USA), onde a DJ recebeu aplausos do exigente público americano; Pacha, em Buenos Aires (Argentina); El Divino em Ibiza e BroadBar em Barcelona (ambos em Barcelona). Mary se apresentou também na United Music Party - Winter Music Conference 2010, estampando seu nome no maior encontro da música eletrônica mundial.

Mary Olivetti também trabalha na rádio de maior ascensão nacional, a Oi FM. Seus sets vão ao ar para todo o país aos sábados na hora exata em que todos se preparam para balada. Sua experiência em dials FM é extensa. Teve programa próprio semanal durante dois anos na Jovem Pan (RJ) e posteriormente na Mix FM (RJ) por mais dois anos. Estrelou o argentino Frisky Radio Show em 2010 e na Rádio Atlântida, Mary fez participações especiais nos programas Warung Waves e Programa Groove.

Em fevereiro de 2010, foi convidada pelo time de diretores da Rede Globo para tocar no reality de maior audiência da televisão brasileira, o Big Brother Brasil 10. Sua apresentação foi um sucesso entre os "brothers" e deu o que falar dentro e fora da casa.

A apresentação de Mary conta com o suporte do DJ Vinicius Magalhães que iniciou a carreira há 10 anos e possui um estilo variado com base no Club House. A base da apresentação tem como meta mostrar que mainstreem e underground podem andar juntos.

As mixagens perfeitas que já animaram as dance floor de algumas das melhores casas do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo vão agitar a night da Serra Carioca.

Com formação musical baseada nos anos 90, onde mantém um constante trabalho de pesquisa por novos sons e tendências, Magalhães alia a técnica apurada a muita animação e seu set promete ferver a pista.

Dentre as inúmeras apresentações que marcam o currículo, algumas ficaram na memória e o DJ lembra que já esteve e sacudiu o público em casas noturnas como Nuth Lounge (RJ), Euro Club (Itaipava -RJ), DC10 Club e Lounge (Três Rios - RJ), Zapata Mexican Bar (Itaipava -RJ) , Tupâna Café (Teresópolis-RJ), Parlatórium Music Lounge (Juiz de Fora – MG), Raro Choperia (Ouro Preto - MG), Wall Street (Vitória - ES), dentre outras.

O Festival de Inverno de 2011 do Tamboatá promete literalmente esquentar a Serra Carioca com programação variada e destinada a diversos públicos, dentre as atrações confirmadas estão o show com o cantor Armandinho, uma apresentação com a DJ Nath Carreiro e com o DJ Jesus Luz, dentre outros eventos.

Os ingressos para a apresentação da DJ Mary Olivetti variam de acordo com a localização.

A censura para a festa é de 18 anos e a capacidade da casa é de 650 pessoas na pista e 250 na área vip.

O Tamboatá está localizado:- Estrada União Indústria, 12.360 – Itaipava – Petrópolis/ RJ
Mais informações podem ser obtidas através do telefone (24) 2222-5007
ou ainda nas mídias sociais:

Facebook (http://www.facebook.com/tamboata)
e Twitter (http://twitter.com/tamboata).

Serviço

Festival de Inverno 2011
TAMBOATÁ
Data Sábado 18 de junho a partir das 22h
Endereço: Estrada União e Indústria, 12.360
Itaipava – Petrópolis/ RJ
Fone (24) 2222-5007
Portal Oficial Link abaixo:
www.tamboata.com.br
Censura: 18 anos.


Da Redação Revista zaP!®
Edição de conteúdo, Diagramação, e Publicação:
Por: Elizabeth Misciasci
imprensa@revistazap.org
Com Informações:
Reg Murray Assessoria de Imprensa e
Carla Coelho Comunicação Livre
Imprensa*

**

zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos zaP!®
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Voo Cultural - Expondo o Artista em Capinas (SP) no Tucano´s Crepe

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2011 02:14:00

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Encontro de Utopias faz 2 anos com muita poesia e música e artistas convidados...

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2011 00:46:00

Por: Regina Tieko

O Encontro de Utopias faz 2 anos esse mês e convidamos o compositor e percussionista **Dinho Nascimento e o escritor e poeta **Euler Sandeville Jr para iluminar nossa noite! Venha festejar conosco, traga seus versos, suas canções, os instrumentos, adereços, seu livro de cabeceira, interfira, solte a voz, o gesto, a palavra.

Serviço:
Aniversário de 02 anos do Encontro de Utopias com Convidados Especiais
Local:Teatro Studio 184
Endereço:Pça Roosevelt, 184, Consolação - São Paulo.
Data: Dia 17 de junho de 2011 Sexta-Feira às 22h30min: 0.


















































**Dinho Nascimento

Com conhecimento dos ritmos étnicos e adepto das fusões musicais, o percussionista, compositor e cantor, baiano radicado em São Paulo , capoeirista na essência, mestre **Dinho Nascimento acrescentou novas sonoridades à música brasileira, especialmente ao fazer deslizar um copo na corda do berimbau para conceber a melodia do blues e ao criar seu berimbum, berimbau super-grave com corda de contra-baixo também citado na enciclopédia "Popular Music of the World" publicada por Richard P. Graham e N. Scott Robinson em Ohio, USA (www.nscotrobinson.com.br).

Dinho Nascimento possui três CDs: BERIMBAU BLUES (que mereceu o X prêmio Sharp de Música em 1997), GONGOLÔ, lançado em 2000, dirigido por Ronaldo Rayol, e SER-HUM-MANO, lançado em 2006, dirigido por seu filho Aluá Nascimento, todos do selo independente Genteboa e distribuídos no Brasil, pelaTratore.

Atualmente, a Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene, idealizada, coordenada e regida por Dinho Nascimento, tem reconhecimento nacional como Ponto de Cultura do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura. Dinho realiza um projeto para inclusão social utilizando a linguagem da cultura para tratar diversos conflitos, questões educacionais e saúde: ensina os meninos a construir e tocar seus próprios berimbaus, dirige a Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene, orienta o Treme Terra, coordena Rodas de Capoeira e Oficinas de Rua, organiza e participa de Festas Comunitárias. O talento e a seriedade com que realiza estas atividades levaram a Câmara Municipal de São Paulo a lhe conferir, em março de 2004, o título de Cidadão Paulistano.

Dinho Nascimento teve a oportunidade de acompanhar consagrados artistas da música brasileira, entre eles, João Donato, Tom Zé, Pena Branca e Xavantinho, Renato Teixeira, Inezita Barroso, Zé Ketti, Clementina de Jesus, Osvaldinho da Cuíca, Batatinha, Alcione, Marcos Suzano, Walter Franco, Flávio Venturini, Marlui Miranda, Tetê Spíndola, Bendegó, O Terço, Made in Brazil, Berimbrown, Vidal França, Renato Borghetti, Tião Carvalho, Toninho Carrasqueira, João Bá, Nasi e Lumumba. No cenário da música internacional, tocou com os instrumentistas Bill Close e Kewin Welch (EUA), Tim Winsey (Burkina Faso), Cheny Wa Gune (Moçambique) e, com a Frente 3 de Fevereiro, participou do Encontro de Agentes Culturais de Comunidades com Doudou Ndiaye Rose (2007).

**Euler Sandeville

AS PAREDES, A PAISAGEM, AS FORMAS DA MORTE, AS POSSIBILIDADES DA VIDA
um livro do escritor e poeta **Euler Sandeville Junior

Maiores informações no Portal: http://arte.arq.br

**Sinopse

Este é um **livro poético sobre o vivido, tendo como sua matéria os sentimentos, as lutas, impasses, demandas, lugares e pessoas, incertezas diante de situações novas. É também, juntamente com os dois volumes de “Paisagens Partilhadas”, parte de um ritual de desvelamento e encerramento; como ambos são também arte com a vida. Intenso. Limiar. No primeiro dia dos acontecimentos indago. Fiz isso a vida toda, mas a intensidade agora me surpreendeu. Provavelmente, nos dias seguintes, ainda indagarei incansavelmente.

Foi escrito em prosa poética ao longo de 2010, a partir de abril, e concluído em março deste ano, em processo durante os acontecimentos. A maior parte das fotos e desenhos foi realizada nesses contextos. Foi escrito inúmeras vezes sobre essa matéria vital em fluxo desde que assumiu a forma de um livro em novembro, com a maior parte do material produzido. Mas, forma definida e instável, foi reescrevendo-se e escrevendo-se a partir daí em dezembro, fevereiro e março sob as bases múltiplas e diversas da experiência, na continuidade da busca de aprofundar a linguagem e o pensamento sem alterar a força geratriz original na qual surgiu cada capítulo.

Foram situações imensas, como subir a montanha, vagar pela paisagem, aprender, aprender, aprender, entre as paredes, na imensidão do destino humano, no sussurro dos quartos, na véspera que invade o noturno da cirurgia, no perceber-se vivo na uti (e, não conseguindo escrever, então desenhar), no penhasco sobre o oceano com o vento em brasa envolvendo tudo na tempestade (foto da capa), as ruas fazendo confissões e escorrendo desejos, embriaguez, banhos em todas as águas, aprender, aprender, aprender.

Optar por uma razão tênue, mas vital, que insinua em tensão e risco, com imperfeição, um projeto cujo desenho é atitudes por tomar; uma validade que se mostra sempre além do pequeno ponto de onde contemplamos o círculo imenso da existência. Estou em suspensão entre fronteiras até então impensáveis.

**

Da Redação Revista zaP!®
imprensa@revistazap.org

Edição de conteúdo, Diagramação, e Publicação:
Por: Elizabeth Misciasci
zaP!® News
Revista zaP!®
Boletins, Informativos, Eventos,
Ações do Projeto zaP!®
Publicados pelos Veículos zaP!® de Comunicações.
Departamento de Comunicação (Jornalismo)

**

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

7º Belo Poético em Belo Horizonte de 14 a 16 de junho 2011

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/06/2011 00:33:00




























































7º Belo Poético
Por: Rogério Salgado


Ações/Reflexões
Reflexões/Ações Poéticas no Universo da Cultura Popular
Local: Sesc Laces JK
Rua Caetés, 603 - 3º andar
(Esquina com Rua São Paulo)
Belo Horizonte – MG

Exceto as atividades Sarau Lítero Musical e Exercício Poético de Cidadania, verifiquem local na programação.

Inscrições Abertas até 30 de Junho de 2011

Valor da Inscrição: R$ 15,00 (Quinze Reais)
Como se inscrever:
Deposite o valor da inscrição na conta corrente do organizador do evento:
Rogério Salgado da Silva
Banco Bradesco - Agência: 081
Conta Corrente: 091915-2

Após o depósito enviar e-mail para:

inscricoesbelopoetico@yahoo.com.br

informando nome completo, nome artístico (se houver), endereço, telefone, data e horário em que foi feito o depósito bancário (vide no recibo de depósito).

Obs.: Os Poetas En\Cena V e demais apoiadores que constam na programação estão automaticamente inscritos no 7º Belô Poético .


Mais Informações:
(31) 3464-8213 - (31) 8421-6827
E-mail para contato: belopoetico@yahoo.com.br
Blog Oficial do Belo Poético:
www.blogdobelopoetico.blogspot.com


Com Informações
Rogério Salgado
Belo Poético 2011

**

Da Redação Revista zaP
!
®
imprensa@revistazap.org

**

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Hopi Hari recebe 3 mil crianças carentes no 4º Dia de Sonho

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2011 12:32:00

Evento, organizado pela ONG Sonhar Acordado, ocorre no próximo domingo, dia 15


Cerca de 3 mil crianças carentes de Campinas, Jundiaí e São Paulo participarão no próximo domingo, dia 15, do 4º Dia de Sonho, no Hopi Hari, o maior parque temático da América Latina. A ação é organizada pela ONG (Organização Não Governamental) Sonhar Acordado. O parque vai ceder gratuitamente os passaportes para todas as crianças e para os cerca de 3 mil voluntários que irão aproveitar um dia de muita alegria no "país mais divertido do mundo".

De acordo com a diretora de Comunicação do Sonhar Acordado Campinas, Jéssica Beletatti, o objetivo do evento é promover a integração entre as crianças de instituições carentes e os voluntários, que em sua maioria são jovens estudantes. "É uma oportunidade de unir em uma atmosfera mágica crianças de baixa renda e voluntários para uma experiência nova.. Ao longo do dia, cada voluntário compartilhará com uma criança toda sua atenção, suas experiências, valores, e acima de tudo, todo o seu carinho", afirmou Jéssica. "E o Hopi Hari é um parceiro importante para que essa ação possa ser realizada", completou.

Por meio de ações como essas, o Hopi Hari cumpre seu papel social e oferece oportunidade para que pessoas carentes possam curtir um dia de muita diversão e encantamento. Anualmente, o parque realiza duas ações sociais. O Dia da Alegria é realizado no primeiro semestre, quando o parque abre exclusivamente para receber entidades que atendem crianças e adolescentes carentes. Neste ano, houve recorde de inscrições, com o credenciamento de 338 instituições, das quais 147 foram contempladas. Cerca de 10 mil crianças foram beneficiadas. No final do ano, o Hopi Hari realiza o Dia Especial, quando recebe cerca de 8 mil pessoas com deficiência. Nas duas ações, o parque oferece, gratuitamente, passaporte, lanche, refrigerante, batata-frita e sorvete, e todos podem desfrutar das 58 atrações do Hopi Hari.

Outra ação do parque na área social é o Hopi Voluntaris, na qual colaboradores do Hopi Hari visitam hospitais e entidades carentes levando alegria e solidariedade, especialmente às crianças.

Sobre o Hopi Hari
Localizado a 15 minutos de Campinas e meia hora de São Paulo, o Hopi Hari conta com completa infraestrutura. Possui cinco regiões temáticas (Kaminda Mundi, Infantasia, Aribabiba, Wild West e Mistieri) distribuídas em 760 mil metros quadrados. Conta, ainda, com um dos teatros mais modernos de São Paulo, um bar show, cinema 3D, simuladores, 10 lojas e jogos de diversão. Foi eleito pelo 9º ano consecutivo o Melhor Parque Temático do Brasil, por leitores da revista Viagem e Turismo, da Editora Abril. O parque oferece 58 atrações para todas as idades, além de cerca de 60 pontos de alimentos e bebidas, bebedores, enfermaria, sanitários, fraldários, área específica para amamentação, estacionamento para 5 mil veículos e telefones.

ONG
O Sonhar Acordado é uma organização internacional, sem fins lucrativos, que visa comprometer jovens líderes com o desenvolvimento da sociedade, independente da religião ou afiliação política, a fim de formar elos de consciência social por meio de ações positivas no âmbito cultural, socioambiental, recreativo e esportivo em favor das crianças de baixa renda.

Atualmente, a ONG Sonhar Acordado está presente em dez cidades do Brasil e em nove países no mundo. Formado por jovens líderes que atuam no desenvolvimento de trabalhos voluntários regulares, o Sonhar Acordado chegou ao Brasil em 2000, mas teve início em 1998 no México.

Serviço
4º Dia de Sonho
Onde: Hopi Hari - Rodovia dos Bandeirantes, km 72 - Vinhedo (SP).
Quando: 15 de maio, a partir das 9h30

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Concertos de Outono: 25 de maio no Palácio de Cristal

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/05/2011 12:29:00

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Noite da Cultura - Encerramento da Campanha Páscoa Solidária 2011

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2011 13:51:00

Apresentação de Lisbela e o Prisioneiro


Encerrando a Campanha Páscoa Solidária 2011, a Cia. Loucos do Tarô e o CICESP apresentam o espetáculo “Lisbela e o Prisioneiro” no dia 19 de Abril no Teatro União Cultural (rua Mario Amaral, 209) as 20h.

A apresentação é aberta ao público cuja entrada é um ovo de páscoa para doação as Instituições apoiadas pela Campanha como Casa da Sopa de Limeira e Fundação Edmilson.

Celebrando o aniversário da Capital Federal, o CICESP outorgará a Personalidades a Cruz do Mérito Empreendedor Juscelino Kubitschek , a “Jóia de JK”, a Mais Alta Condecoração da Sociedade Brasileira, dentre os homenageados, o empresário Linomar Barros Deroldo, CEO da TEBE, principal patrocinadora da Cia. Loucos do Tarô.

O evento lança a Fundação Sócio-Cultural Prof. José Carlos Titanero que nasce com o objetivo de administrar as campanhas e ações sociais da Cia. Loucos do Tarô. O nome é uma homenagem em memória a um dos grandes patrocinadores e apoiadores da Cia. desde 2005 e em seu lançamento, a Fundação homenageia apoiadores da Campanha como Sandrinha Sargentelli, Lilian Gonçalves, Mara Bastos, os atores Luiz Baccelli e Bruce Gomlevsky, a dupla Marlon & Maicon e o filho de Chico Xavier, Eurípides Higino, padrinho da Campanha de 2011.

Na ocasião, também será entregue pela Cia. Loucos do Tarô a “Homenagem Renato Russo – Ousadia & Arte” a Angela Lins, filha de Osman Lins, ao apresentador Geraldo Luis e ao cantor Nasi. A Homenagem foi idealizada pela Cia. com o apoio da Familia Manfredini em 2010, em função das comemorações do Cinqüentenário do Patrono da Cia., Renato Russo e entregue a grandes ícones de nosso País como Arlete Salles, Biquini Cavadão, Fábio Assunção, o jogador Ganso e Beth Goulart dentre outros.

Programação:

19h30 – Recepção do evento


20h – Abertura do Evento com apresentação do espetáculo “Lisbela e o Prisioneiro”


21h - Outorga da “Jóia de JK” pela Academia Brasileira de Honrarias ao Mérito

- Dr. Linomar Barros Deroldo



Entrega do Prêmio Top Qualidade Brasil 2011 as Entidades abaixo pela Academia Brasileira de Honrarias ao Mérito

- TEBE, Concessionária de Rodovias


Entrega da Homenagem “Renato Russo – Ousadia & Arte” ao apresentador Geraldo Luis representando a Casa da Sopa de Limeira e a Soraia Marão representando a Fundação Edmilson


Entrega da Placa de Entidade Empreendedora Social pela Fundação Sócio-Cultural Prof. José Carlos Titanero aos apoiadores da Campanha:

- TEBE, Concessionária de Rodovias
- Capemisa Seguradora de Vida e Previdência S/A
- Omega Invest
- TV Biosegredo
- Link Moto
- Caras

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Eventos Nacionais e Internacionais do Terceiro Setor em 2011

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2011 13:42:00



- Feiras - Congressos - Conferências - Cursos – Simpósios -

*Agenda fornecida pelo Planeta Voluntários.



Prêmio Folha Empreendedor Social de Futuro e Prêmio Empreendedor Social 2011
http://www1.folha.uol.com.br/empreendedorsocial
Data- Inscrições abertas até 1º de maio de 2011

A ReciclAção - Feira Brasileira de Reciclagem/2011
http://www.montebelloeventos.com.br/reciclacao2011
Data- 04 a 07 de maio de 2011

Ecorreto - II Feira de Produtos e serviços Ecologicamente corretos
http://ecorreto.ning.com
Data- 07 e 08 de maio de 2011

IV Feira de Responsabilidade Social Empresarial Bacia de Campos 2011
http://www.feirarsebaciadecampos.com.br
Data- 17 a 19 de maio de 2011

Conferência Internacional de Cidades Inovadoras 2011
http://www.cidadesinovadoras.org.br/cici2011
Data- 17 a 20 de maio de 2011

IV Congresso Nacional de Responsabilidade Socioambiental
http://www.cnrs.com.br
Data- 20 e 21 de maio de 2011

VIII Congresso Nacional de Meio Ambiente de Poços de Caldas 2011
http://www.meioambientepocos.com.br
Data- 25 a 27 de maio de 2011

Eco Business 2011/ Feira e Congresso Internacional de Econegócios e Sustentabilidade
http://www.ecobusiness.net.br
Data- 01 a 03 de junho de 2011

CIEPG - Congresso Internacional de Educação 2011
http://www.isapg.com.br/2011/ciepg
Data- 09 a 11 de junho de 2011

FIBOS- Feira Internacional para o Intercâmbio das Boas Práticas Socioambientais
http://www.fibops.com.br
Data- 26 a 28 de julho de 2011

Sustentável 2011
http://www.cebds.org.br/cebds/sustentavel2011.asp
Data- 27 a 29 de setembro de 2011

Bionat Expo 2011 / Feira de Sustentabilidade
http://www.bionatexpo.com
Data- setembro de 2011

III Feira e Congresso de ONGs Brasileiras 2011
http://www.ongbrasil.com.br
Data- novembro 2011

...outros Eventos em 2011, acesse:
http://www.planetavoluntarios.com.br/eventos

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Coletânea do Núcleo Canoas/RS da UBE: Coleção Amigos - CONVIDA!

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2011 13:35:00
















O Núcleo Canoas/RS da União Brasileira de Escritores (UBE), através de sua
Coordenadora NEIDA ROCHA em parceria com a Editora Alternativa, está organizando a COLEÇÃO AMIGOS (Coletânea Cooperativada), cujo primeiro homenageado será o conceituado Escritor (*) JOAQUIM MONCKS, cuja obra terá o título: JOAQUIM MONCKS & AMIGOS.
A participação é aberta a escritores em geral, com número ilimitado de páginas, cuos textos NÃO precisam ser inéditos (Artigos, Contos, Crônicas, Ensaios e Poemas) e tema livre.

O livro terá o formato 16x23 cm/capa plastificada e cuidadoso acabamento/encadernação costurada.
O custo será de R$ 74,00 por página (com direito a 4 exemplares por página).
O lançamento da obra COLETÂNEA "JOAQUIM MONCKS & AMIGOS" realizar-se-á em data e local a confirmar, em Jantar de Adesão em Porto Alegre e Sessão de Autógrafos na Feira do Livro de Porto Alegre de 2011, a maior da América Latina e lançamento no III Congresso de Escritores, em Ribeirão Preto.

Os textos, e breve currículo poderão ser enviados até 31.05.2011, devidamente revisados, para neidarocha@ube.org.br ou neidarocha@terra.com.br
O depósito derá ser feito no Banco do Brasil (ag. 2663-8 c/c 196.749-5).
Neida Rocha - (51) 9942-3898

(*) JOAQUIM MONCKS é Tenente Coronel da Brigada Militar (PM), na reserva. Advogado. Poeta. Ativista Cultural. Ensaísta. Analista Literário. Nascido em Pelotas, em 29 de setembro de 1946. Deputado estadual constituinte, 1987/1990. Oito livros publicados, desde 1973, ressaltando o OVO DE COLOMBO, poesia, 2005, e CONFESSIONÁRIO – Diálogos entre Prosa e Poesia, 2008. Está com três livros prontos para a edição: BULA DE REMÉDIO, poemas; LIVRO DOS AFETOS, prosa poética e O NOVELO DOS DIAS, sentenciais, tutoriais e aforismos. Da Academia Sul Brasileira de Letras; da Academia Literária Gaúcha, da Casa do Poeta Rio-Grandense e da Estância da Poesia Crioula. Fundador e instituidor da Academia Brigadiana de História, Artes, Ciências e Letras – ABRHACEL, em 2003, em processo de instalação. Também em 2003 assumiu a Coordenação Executiva da Casa do Poeta Brasileiro - POEBRAS NACIONAL, confederação líder do associativismo literário, hoje com 75 sedes municipais em 20 Estados da Federação. Jurado em festivais de música e poesia, no RS e MS. Oficinou poética, de 2003 a 2007, em Campo Grande/MS, a convite de sua Fundação Municipal de Cultura.
Possui método próprio de oficinação de poesia para escritores-alunos. Divide-se entre Porto Alegre/RS e Passo de Torres/SC.
http://recantodasletras.uol.com.br/autores/moncks;

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

V Festival Internacional de Poesia Palavra no Mundo

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2011 13:21:00

Vorto en la mondo, Palavra no mundo, Parola nel Mondo,
Worte in der Welt, Rimayninchi llapan llaqtapi, Paràula in su Mundu, Cuvânt în Lume, Parole dans le Monde, Ordet i verden, Word in the world, Palabra no mundo, Ñe’ê arapýre, Paraula en el Món, Chuyma Aru, Koze nan lemond, Kelma fid-dinja, מילה בעולם (milá baolam), Nagmapu che dungu, Tlajtoli ipan tlaltikpaktli,
19 al 24 de mayo del 2011
Démosle una oportunidad a la paz




A las y los poetas que también son personas de palabra, organización y acción;
a las maestras y maestros en la tarea de alumbrar futuros;
a las y los periodistas que no callan verdades;
a las trabajadoras y trabajadores de la cultura, aquellos que hacen florecer los sueños,
a quienes desde la promoción y la creación hacen la diferencia,
a las miles de personas que luchan por la paz y la justicia social.

En el umbral del quinto festival de poesía en todas partes, convocamos desde treinta países, desde más de quinientas ciudades, a ensanchar el mundo en poesía, en esta oportunidad alzando el símbolo de la paz para multiplicar encuentros y buenos sueños, el trabajo concreto desde la cultura de nuestros pueblos, celebrando las hermandades, abriendo espacios de integración, surco y semilla poética. Todo de forma horizontal y plural, amplia participación y libertad de acción.

Dijimos que se intentan realizar más lecturas de poesía que bases y centros militares hay en el mundo, lo reafirmamos hoy en la certeza que, con infinita paciencia, se entra en las ciudades de la luz y estas no son sino la expresión palpable de los mejores sueños humanos.

Démosle una oportunidad a la paz y en poesía y canto y arte y mucho más, comencemos la fiesta de la cultura dedicada a celebrar lo humano en armonía con la naturaleza. Queremos Paz Permanente para dedicar la mejor energía a las soluciones que la vida reclama, para desarrollar las potencialidades de creación y felicidad del género humano.

No son las noticias diarias de corrupciones, crímenes, tragedias, las que hacen el mundo, el mundo somos todos en la suma de nuestras vivencias pequeñas, gestos cotidianos, anónimos, proyectos, empeños y trabajos, vocaciones y encuentros y reencuentros, por más que los medios que forman el coro de los establecidos apetitos de lucro se empeñen en borrar las huellas de nuestro paso. Toda crisis puede ser la oportunidad para un nuevo comienzo, hagamos de la vida no lo que sucede en otra parte sino lo que queremos que sea realidad en nuestro palmo de planeta, démosle a la vida una nueva oportunidad sobre la tierra, ahora y para todos, siempre entre todos.

Las formas pueden ser múltiples, la pasión una sóla: organizar en escuelas, universidades, teatros, cafés, restaurantes, anfiteatros, playas, parques, plazas, calles, casas particulares, casas de cultura, estaciones de radio, estudios de televisión, salas de conferencia, centros comerciales o donde la imaginación lo aconseje, una o muchas lecturas de poesía, que unidas a otras en distintos lugares, serán el V Festival de Poesía: Palabra en el mundo, del 19 al 24 de mayo del 2011, en mil puntos del planeta tierra. Qué si son más, estaremos aún más cerca del lugar soñado en la fraternidad de la alegría.

Este llamado lo hace “Proyecto Cultural SUR Internacional”, “Revista Isla Negra” y el “Festival Internacional de Poesía de La Habana”, en cada lugar lo pueden asumir como suyo y trabajar en común acuerdo las más diversas entidades culturales. Lo dejamos en sus manos en la esperanza de que cada uno le agregue corazón, fuerza y razones para que la poesía sea algo más que palabras.

Démosle una oportunidad a la paz haciendo florecer la vida. ¡Qué todos sepan las razones de nuestro canto! ¡Hagamos nuestro el mundo! ¡Seamos actores de nuestro destino!


Lo posible (y también lo imposible) en breves líneas

Palabra en el mundo es una iniciativa unitaria y se construye desde la participación de todos. La idea básica es que cada uno de nosotros arme una actividad poética en su ciudad, la suma de todas nos dará como resultado un Festival de Poesía En Todas Partes.

Quienes lo acojan en cada lugar, están en la plena libertad de integrarle las variantes que estimen necesarias: música, teatro, artes plásticas, títeres, fotografía, cine, danza, ciencia, historia, etc.

La publicidad debe llevar el encabezado:

V Festival: Palabra en Mundo,
Vorto en la mondo, Palavra no mundo, Parola nel Mondo, Worte in der Welt,
Rimayninchi llapan llaqtapi, Paraula in su Mundu, Cuvânt în Lume,
Parole dans le Monde, Ordet i verden, Word in the world, Palabra no mundo,
Ñe’ê arapýre, Paraula en el Món, Chuyma Aru, Koze nan lemond,
Kelma fid-dinja, Milim ba ólam, Nagmapu che dungu, Tlajtoli ipan tlaltikpaktli

19 al 24 de mayo del 2011

Démosle una oportunidad a la paz

y se añade la institución, el grupo, etc, que convocan a nivel local en cada punto de encuentro.

Promoción:
Todos los organizadores asumen la misión de promover entre sus contactos el Festival, en la idea de lograr la más amplia participación de público y ampliar el Festival a otras ciudades y países.

Poesía en la escuela:
Charlas de poetas en escuelas; los mismos docentes hablan de poesía; los alumnos la escriben; elijen poesía y la ilustran; Las ilustraciones pueden montarse como muestra en la escuela o intercambiarse con otras que participen e incluso exponerlas en las vidrieras comerciales de la ciudad. Actividades lúdicas en torno a la poesía. Interacción de la poesía con la escultura-pintura-música-teatro-circo-títeres-etc.

Universidad:
Organización de coloquios, seminarios, conferencias, en torno a aspectos de la poesía, obra de autor/es, generaciones, etc. Homenajes a poetas locales, debates sobre el papel de la poesía hoy.
Actividades de extensión
Realización de recitales, muestras de poesía ilustrada y/o poesía visual. Las secretarías de Extensión u órganos de vinculación con la comunidad ya tienen la dinámica necesaria para estas propuestas, en el espíritu de integración: comunidad universitaria – sociedad.

Canto y poesía:
Invitamos a los músicos, cantautores, grupos musicales, que programen un recital con participación de uno o más poetas. Compartir escenario, musicalizar poemas u otras variantes novedosas. Lo esencial es que la música y el canto se den la mano para expresarnos poéticamente.

Radio:
Durante los días del Festival emitir programa o microprogramas de poesía, con poetas invitados, entrevistas, lectura, etc. Transmisión de encuentros poéticos en el marco de Palabra en el mundo. Apoyo desde las radios a las actividades de la ciudad.

Televisión:
Puesta al aire de programa o serie de entrevistas a autores locales o incluso cápsulas culturales con poesía leída en el estudio o exteriores. También placas musicalizadas con audio de lectura de una poesía. Etc.

Prensa y revistas:
Los periódicos pueden publicar una página o un suplemento de poesía. Las revistas pueden participar con un número especial dedicado a la poesía.

Bibliotecas:
Organizar homenajes a poetas o recitales de poesía. Difundir en esa semana, de manera especial, el patrimonio poético de la Biblioteca acercando los libros al público, invitaciones a lecturas con participación de autores y comunidad. Realizar campañas para acrecentar el patrimonio de libros de poesía.

Jardínes Botánicos, campus iniversitarios, parques:
Organizar una lectura y plantar un árbol por la poesía o en homenaje a uno o varios poetas, con la idea simbólica de crear, con el tiempo, un “Bosquecito de la Poesía” o “Bosquecito de la Palabra Poética en el mundo”, etc.

Municipios:
Muchas municipalidades han declarado la actividad de la ciudad en el marco de Palabra en el mundo: de interés municipal. El interés de las autoridades culturales del municipio o la provincia se ha manifestado en varias oportunidades y esto ha ayudado mucho a los organizadores locales.
Para ser declarado de interés se realiza un simple trámite ante las autoridades de Cultura con el debido tiempo de antelación. Los municipios que lo han hecho se han visto retribuidos enormemente con el éxito de cada convocatoria, que ha tenido eco en diversos medios, no sólo locales.
Los municipios a través de su gestión cultural pueden realizar con gran éxito actividades vinculadas a la poesía en todo su territorio.

Otras Acciones:
Diversos grupos culturales y-o poéticos han llevado poesía a las calles, estaciones de subterráneos, centros comerciales, cárceles, hospitales, parques y museos. Se han trazado recorridos en parques y bosques bautizando árboles con nombres de poetas finalizando el camino con la plantación de un árbol y una lectura o pequeño acto artístico. También varios grupos distribuyeron poesía por las calles, realizaron afiches con poesía ilustrada que se mostraron en vidrieras, carteleras, paredes, vehículos de transporte público de pasajeros.
¡La imaginación es inagotable!

Compromisos:
A cada organizador se le enviará el poster promocional via mail para que pueda ser impreso y distribuído; también – por la misma vía – el certificado de participación para los asistentes.

A cada organizador le solicitamos los siguientes datos (que serán incluidos en los programas generales y dados a difusión):

país:
ciudad:
lugar exacto:
día y hora:
Organizadores:
Poetas participantes:
Coordinador para Palabra en el mundo y mail de contacto:
Apoyos de:

Para programas de radio y tv agregar:
Emisora / programa/ conductores, si tiene emisión por la web, el link.

Para las escuelas:
Niveles que participan, docentes y otros datos institucionales que sean oportunos.

Cada organizador debe comunicar los avances y hacer un resumen de resultados.


¡Nada puede acallar el canto, cuando existen justas razones!
En poesía!

Un abrazo cordial

Tito Alvarado (presidente honorario Proyecto Cultural Sur) pcsur@aei.ca
Gabriel Impaglione (director Revista Isla Negra) poesia@argentina.com
Alex Pausides (presidente Festival Internacional de Poesía de La Habana) proyectosurcuba@uneac.co.cu
Carolina Orozco (Responsable del blog oficial del Festival) pcsur-nc@colombia.com

- Festival integrante de la Red Nuestra América de Festivales Internacionales de Poesía-

blogger: http://palabraenelmundo.blogspot.com/
space: http://festivalpalabraenelmundo.spaces.live.com

Vorto en la mondo (esperanto), Palavra no mundo (portugués), Parola nel Mondo (italiano), Worte in der Welt (alemán), Rimayninchi llapan llaqtapi (quechua), Paraula in su Mundu (sardo), Cuvânt în Lume (rumano), Parole dans le Monde (francés), Ordet i verden (danés), Word in the world (inglés), Palabra no mundo (gallego). Ñe’ê arapýre (guaraní), Paraula en el Món (catalán), Chuyma Aru (aymara), Koze nan lemond (creole), Kelma fid-dinja (maltés), מילה בעולם (milá baolam), (hebreo), Nagmapu che dungu (mapuche), Tlajtoli ipan tlaltikpaktli (nahuatl),

Comentários (0)

Ver Comentarios deste Post  Comentar este Post  Enviar para  Amigos  Imprimir este Post

Festival Internacional de Dança em Paisagens Urbanas estara concentrada na avenida Paulista - Grátis!

Postado por Elizabeth Misciasci em 14/04/2011 13:10:00

PARQUES DA AVENIDA PAULISTA ABRIGAM
VI VISÕES URBANAS - FESTIVAL INTERNACIONAL DE DANÇA











Inspirado nas figuras desproporcionais de Botero, o grupo belga Irene K. dança com maçãs; a cia. turca
Taldans coloca geladeira em cena de Dolap; e Maren Strack, da Alemanha, faz coreografia com pneus

Mais de trinta bailarinos de sete países, de três continentes, mostram o que está sendo feito em dança pelo mundo, precisamente em paisagens urbanas, no cartão-postal da cosmopolita São Paulo, a avenida Paulista, de 27 a 30 de abril (quarta a sábado) de manhã, à tarde e à noite. O VI Visões Urbanas – Festival Internacional de Dança em Paisagens Urbanas divide 16 espetáculos gratuitos em três espaços: o jardim da Casa das Rosas e os parques Tenente Siqueira Campos, mais conhecido como Trianon, e Mario Covas.

Na abertura, uma geladeira, um homem (Mustafa Kaplan) e uma mulher (Filiz Sizanli), da companhia turca Taldans (pela primeira vez em São Paulo), fazem uma coreografia “a três” em Dolap, dia 27 (quarta), 11h30, no parque Mario Covas. Logo em seguida, cinco bailarinos da Proyecto La Casa, de Montevidéu, encenam um encontro fortuito entre estranhos.

A performer Maren Strak, que mora em Berlim, faz apresentação tripla de Estepe, solo em que dança com pneus inspirado nas corridas de carros norte-americanas, realizadas em pistas com forma de 8 - duas no parque Mario Covas (quarta e quinta) e outra, no jardim da Casa das Rosas (sexta).

A companhia da americana Maida Withers, que mescla movimento e tecnologia, mostra Limites Cruzados, dança-teatro baseada nas torturas impostas a prisioneiros no Iraque e em Guantánamo, com vocal e violoncelo ao vivo, no parque Mario Covas, quinta-feira (dia 28/4) e na Casa das Rosas, sexta.

Sexta-feira, dia dedicado às atrações brasileiras, a Artesãos do Corpo dá vida à instalação coreográfica Olhar Urbano. Em um jogo lúdico, os sete intérpretes buscam a interação com o espaço e o público, através de movimentos inusitados feitos em solos ou pelo grupo todo, na Casa das Rosas. “O cenário está aqui, as pessoas tomam contato ou lançam um novo olhar tendo a dança como interlocutora. O espaço altera menos a dança do que ela o influencia, lhe imprimindo outros significados. É uma celebração”, afirma Mirtes Calheiros, responsável pela coordenação artística geral do festival Visões Urbanas.
Outro destaque da programação, o grupo belga Irene K. participa do último dia (sábado), com Xtra Large (foto acima), usando figurinos inspirados nas figuras rotundas e desproporcionais do colombiano Fernando Botero, no parque Trianon.

Como em suas edições anteriores, o VI Visões Urbanas – Festival Internacional de Dança em Paisagens Urbanas leva ao pé da letra o título: todas as performances foram criadas para a rua, explorando a cidade como tema e/ou palco. O espaço urbano é o ponto de partida para a criação de coreografias integradas à arquitetura.

As atividades paralelas às apresentações dos bailarinos, como a mostra de videodança (na Casa das Rosas) e as duas palestras (no teatro Eva Herz, da Livraria Cultura, no Conjunto Nacional), visam motivar no Brasil a pesquisa da linguagem dança-teatro em paisagens urbanas. “A meta é a criação de mecanismos criativos de intervenção da dança no cotidiano da cidade”, fala o produtor Ederson Lopes, um dos organizadores do festival.

A programação inclui dois eventos, fora da avenida Paulista: a oficina de hip-hop (no estúdio Artesãos do Corpo, em Santa Cecília) e a exposição de fotos São Paulo – Cidade que Dança sobre as edições anteriores do festival, na Caixa Cultural – Sé. A relação completa dos programas estará no blog www.festivalvisoesurbanas.blogspot.com, no comecinho de abril. Informações pelo telefone (11) 3667-5581.

Criado em 2006 por Mirtes Calheiros e Ederson Lopes, o Visões Urbanas faz parte da rede internacional CQD - Cidades que Dançam. Ela reúne festivais que integram a dança à paisagem urbana em 34 cidades de 18 países da América Latina e Europa. No Brasil, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo estão entre as cidades pertencentes à rede. O movimento surgiu em Barcelona em 1992 (informações no site: www.cqd.info).

A sexta edição tem patrocínio da Caixa Econômica Federal, do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Estado da Cultura, através do ProAC 2010 (Programa de Ação Cultural). Conta também com apoio do Instituto Goethe - SP, do Consulado Geral da Turquia em SP e do Instituto Italiano de Cultura de São Paulo.



VI Visões Urbanas. Programação gratuita, 27 a 30/4. Recomendação etária: livre

Dia 27/04 (quarta-feira)

9h
Exposição fotográfica São Paulo – Cidade que Dança
Reúne imagens das edições anteriores do festival feitas por Fabio Pazzini, em um mosaico de momentos dançantes em São Paulo. Pontos significativos da cidade, como o Pateo do Colégio, serviram de cenário ao evento. Sem preocupação cronológica, a mostra busca um ponto de convergência entre o corpo e a metrópole, através da dança.
Duração: 27 a 30 de abril, das 9h às 21h
Onde: Caixa Cultural – Sé. Praça da Sé, 111, Centro. Tel. (11) 3321-4400.

11h30
Dolap, Cia. Taldans (Istambul, Turquia)
A dupla que já se apresentou no Brasil escolheu para o festival uma coreografia criada em 2000/1. O ponto de partida é "o corpo no trabalho". Um frigorífico precisa ser movido e dois bailarinos (um homem e uma mulher) assumem a tarefa. Enquanto dançam, a geladeira parece ganhar vida e aquilo que começou como um dueto termina como uma dança-teatro para três. O Taldans foi criado como um grupo de estudos no Theatre Research Laboratory (TAL), do Teatro da Cidade de Istambul, em 1996. Em 2000, Mustafa Kaplan e outros membros do grupo afastaram-se do teatro para montar seu espaço de criação de dança independente, o Cati Studio.
Coreografia: Mustafa Kaplan, com a colaboração de Filiz Sizanli e Omer Uysal
Bailarinos: Mustafa Kaplan e Filiz Sizanli
Figurino: Petra
Duração: 36 minutos
Onde: Parque Mario Covas (Av. Paulista, 1.853)

12h
Siredia/Sistema Relacional Dinâmico Adaptativo, Cia. Proyecto La Casa (Montevidéu, Uruguai)
A trama sugere um encontro fortuito na cidade entre dois estranhos, não há passado nem futuro. Pela pesquisa contínua em espaços urbanos e por ser um grupo representante da América do Sul participa pela segunda vez consecutiva do Visões Urbanas.
Concepção geral, produção e intervenção urbana: Valentina Bolatti e Mariana Marchesano
Performers: Mariana Marchesano, Patricia Mallarini, Nicolás Parrillo, Florencia Lucas e Santiago Turenne
Concepção fotográfica: Valentina Bolatti
Projeto e concepção cênica: Mariana Marchesano
Direção cênica: Mariana Marchesano e Patricia Mallarini
Desenho sonoro: Nicolás Parrillo
Realização audiovisual: Juan Ignacio Fernández
Montagem da instalação fotográfica: Vladimir Muhyich
Duração: 45 minutos
Onde: Parque Mario Covas

12h45
Estepe (Spare Tire), Maren Strack (Berlim, Alemanha)
Lida com o movimento e sua interrupção e com as quebras e riscos que emergem disto. O número 8, um padrão de movimento que permite um fluxo de energia fluido e ininterrupto, e a interrupção não planejada deste fluxo, construiu os elementos de movimento da coreografia com pneus. Estepe é um fragmento da performance Corrida do Número 8, inspirada nas corridas de carro norte-americanas em pistas em forma do número oito, onde acontecem batidas eventualmente. A escultora, coreógrafa, bailarina e musicista, que nasceu em Hamburgo e vive em Berlim, recebeu o prêmio especial alemão de Melhor Dança Solo. Durante os estudos na Academia de Belas Artes de Munique travou relação entre a escultura e o movimento/dança, desenvolvendo instalações cinéticas e performances-solos.
Coreografia e performance: Maren Stack
Figurino: Maren Strack e Sarah Pontius
Duração: 15 a 20 minutos
Onde: Parque Mario Covas

13h
Bem Me Quer – Estudo I Duo, coletivo Flores (Macaé, Rio de Janeiro, Brasil)
Participantes do projeto de intercâmbio internacional em dança urbana para o corpo feminino com a França, as duas intérpretes brasileiras mostram o resultado da sua pesquisa de linguagens na área. Pensando no corpo hip-hop como um lugar de identidade coreográfica mais masculinizada inclusive por mulheres, busca dar outro olhar a esta estética sem perder a força. “Bem Me Quer é um deslocamento de valores dentro das danças urbanas, numa brincadeira entre a rua e a cena”, fala a diretora Taís Vieira.
Direção e coreografia: Taís Vieira
Intérpretes-criadoras: Bia Popper e Dani Possidônio
Trilha sonora: Filipe Itagiba
Professores de corpo: João Carlos Silva, Rogério Araújo e Julius Mack
Duração: 20 minutos
Onde: Parque Mario Covas

13h30
Croatã, Cia. Artesãos do Corpo e Levante – Centro Integrado de Artes e Dança para Espaços Urbanos (São Paulo, Brasil)
Estreia do espetáculo que propõe uma onda de deslocamentos estéticos, colocando corpos para dançar em meio ao caos da cidade. A intervenção urbana une integrantes da Artesãos e alunos da primeira turma do Levante. A dança em paisagens urbanas; a experimentação contínua dos princípios de Rudolf Laban; a improvisação e a criação em ato; e o tripé antropologia-dança-cidade são linhas de pesquisa da Artesãos do Corpo desde sua formação, em 1999, pela bailarina, socióloga e pesquisadora do movimento Mirtes Calheiros. A companhia é formada por atores/bailarinos e pesquisadores de artes cênicas e apresenta mostra-repertório no festival, com Croatã, Olhar Urbano e Cadência.
Direção: Mirtes Calheiros
Intérpretes Cia. Artesãos do Corpo: Bárbara Freitas, Ederson Lopes, Elder Sereni, Gisele Ross, Ken Kronaz, Mirtes Calheiros e Rodrigo Caffer. Intérpretes Levante: Carolina Vasconcelos, Jeanice Ferreira, Marcia Gorenzvaig, Margarita Hernandez, Odete Machado e Wladia Beatriz
Coprodução: Levante – Centro Integrado de Artes e Dança em Espaços Urbanos
Duração: 25 minutos
Onde: Parque Mario Covas
19h às 21h30
Workshop Hip-hop Experiências do Corpo, com Taís Vieira (Macaé, Rio de Janeiro, Brasil)
A pesquisadora e coreógrafa Taís Vieira coordena oficina de danças urbanas, principalmente o hip-hop. “É possível mover-se entre diferentes técnicas, trazendo ao corpo múltiplas possibilidades para brincar entre a dança e o gesto”, diz a diretora e coreógrafa do coletivo Flores e presidente do Centro Integrado de Estudos do Movimento Hip-hop, em Macaé.
Duração: 2h30
Público-alvo: Interessados na cultura hip-hop, bailarinos, atores, performers, estudantes de teatro e dança.
Inscrições através do e-mail: levantecentro@hotmail.com
Número de vagas: 15
Onde: Estúdio Artesãos do Corpo (Rua Martim Francisco, 661, Santa Cecília. Tel. 3667-5581).

DIA 28/04 (quinta-feira)

10h30
Palestra Ma - o Espaço Intervalar com Michiko Okano (São Paulo, Brasil)
Professora de história da arte da Ásia na Universidade Federal de São Paulo e doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, a japonesa que mora no Brasil desde os 8 anos fala sobre a espacialidade Ma, elemento cultural oriental explorado nas artes cênicas, que concebe o espaço de forma mais flexível, vendo-o com disponibilidade para mutação. Sua tese de doutorado Ma: Entre-espaço da Comunicação no Japão - Um Estudo Acerca dos Diálogos entre Ocidente e Oriente investiga possibilidades de tradução do Ma; conceito que representa um entre-espaço, de onde e quando acontece o processo de comunicação com múltiplas abordagens: a conjunção tempo-espaço; um espaço vazio, de tudo poder ser; ou um espaço intervalar entre dois movimentos corporais.
Duração: uma hora e trinta minutos
Onde: Teatro Eva Herz (166 lugares), Livraria Cultura. (Av. Paulista, 2.073)
17h
Despacho – Experimento Coletivo, Cia. Ltda. (Maceió, Brasil)
O solista procura uma relação entre o corpo que se movimenta e a atenção do público. A meta é fazer com que o ambiente incentive a coreografia. A performance trata das tentativas de encontrar sabor nos relacionamentos humanos e propõe ao espectador a dança como meio de contato. Em abril, participará do Tanzilpulse, em Salzburgo, ligado ao Impulstanz, festival internacional de Viena, na Áustria. A Cia. Ltda. foi criada em Maceió em 2006.
Concepção e performance: Jorge Schutze
Duração: 30 minutos
Onde: Parque Mario Covas (Av. Paulista, 1.853)



17h30
Estepe, Maren Strack (Berlim, Alemanha)
Segunda apresentação da multiartista que nasceu em Hamburgo e vive em Berlim nesta edição do Visões Urbanas. Durante os estudos na Academia de Belas Artes de Munique, ela estabeleceu relação entre a escultura e o movimento/dança, desenvolvendo solos e instalações cinéticas. Estepe é um fragmento da performance Corrida do Número 8, inspirada nas corridas de carro norte-americanas em pistas com forma do número oito.
Coreografia e performance: Maren Stack
Figurino: Maren Strack e Sarah Pontius
Duração: 20 minutos
Onde: Parque Mario Covas
18h
Happy Hour, Cia. Adarte - Associazione Danza Arte Teatro (Siena e Florença, Toscana, Itália)
Os dançarinos se movem ao longo de caminhos circulares desenhados no chão, com uma linguagem corporal sensual e agressiva. Transitando do jazz ao funk-soul e blues, sem intenção narrativa, o trabalho é baseado na ideia de espaço circular.
Direção e coreografia: Francesca Lettieri
Bailarinos: Luca Campanella, Francesca Lettieri e Marta Bevilacqua
Produção: Luca Losi
Duração: 35 minutos
Onde: Parque Mario Covas (Av. Paulista, 1.853)

18h40
Limites Cruzados (Parte II – Abu Ghraib), Cia. Maida Withers Dance Construction (Washington, EUA)
Dança-teatro sobre o abuso e a exploração humana, com radicais vocais e violoncelo ao vivo. A coreografia e o filme projetado são baseados nas fotografias das torturas e humilhações impostas a prisioneiros iraquianos de Abu Ghraib, complexo penitenciário na cidade homônima (32km de Bagdá) e em fotos chocantes tiradas em Guantánamo, prisão militar dos Estados Unidos em Cuba, onde os prisioneiros (encarcerados como terroristas globais) foram vendados e forçados a ficar nus, rastejar sobre as mãos e joelhos com uma corda amarrada em volta do pescoço. Para o VI Visões Urbanas, três artistas atuarão em Abu Ghraib, segunda parte de Limites Cruzados, com música eletrônica original de Steven Hilmy. A temática social e política e a união de dança e tecnologia marcam o estilo de Maida Withers, que coreografa desde os anos 1960.
Coreografia: Maida Withers
Cineasta: Linda Lewett
Bailarinos: Maida Withers e Anthony Gongora
Compositora e musicista (violoncelo, vocais e eletrônicos): Audrey Chen
Duração: 25 minutos
Onde: Parque Mario Covas
DIA 29/04 (sexta-feira)